Você está na página 1de 2

Externas

1 – Eleições presidenciais nos EUA impactam todo o cenário mundial: Essa eleição, que
pode ser considerada uma das mais importantes da história, por conta do momento em
que ocorre, em meio a uma pandemia, adquire ainda mais relevância em todos os cantos
do mundo, pois o que acontece nos EUA, impacta cada país do mundo.
https://www.nytimes.com/2020/09/29/us/politics/biden-on-the-issues-trump-on-the-
issues-debate.html

2 – Casos de racismos nos EUA (Movimento Black Lives Matter): geraram um


engajamento mundial na luta pela igualdade, pela luta contra a discriminação e o
preconceito, principalmente praticado pelas autoridades. Esse movimento incentivou
ações como das empresas: Pepsico, Netflix, Walmart e Apple. Essas empresas são
grandes players do mercado e das maiores bolsas de valores do mundo, por isso o
impacto nas taxas cambiais.
https://blog.enem.com.br/caso-george-floyd-o-estopim-do-blacklivesmatter/

3 – Eleição da revista Time 100 das pessoas mais influentes do mundo, citando por
exemplo os líderes: Donald Trump, Jair Bolsonaro, Xi Jinping, Angela Merkel, Joe Biden.
Com destaque para os dois primeiros, que possuem textos que os definem com
características bem negativas.
https://time.com/collection/100-most-influential-people-2020/#leaders

4 – Ataque de Trump a China e a OMS na Assembleia da ONU dizendo que a china é


culpada por tudo e deixou o vírus a solta no mundo e também que a OMS é controlada
pela China. Essa “Guerra Fria” por assim dizer, tem impactos claros na economia mundial
e, consequentemente, na flutuação cambial. Essa guerra, que não vem de hoje, parece
estar longe de acabar.
https://g1.globo.com/mundo/noticia/2020/09/22/trump-ataca-china-na-assembleia-
geral-da-onu.ghtml

5 – Término do período de transição do Brexit: um exemplo um pouco fora do radar. Sai


do foco do dólar, porém é uma situação que impacta grande parte das relações
comerciais mundiais, afinal de contas o Reino Unido terá que renegociar acordos
comerciais, relações políticas. E o prazo para essas negociações está acabando. Isso
inclui o Brasil, que já renegociou acordos comerciais para evitar bitributação.
https://www.publico.pt/2020/06/12/mundo/noticia/periodo-transicao-brexit-acaba-
fim-2020-confirma-reino-unido-1920344
Internas
1 – Visão global impactada pelas queimadas no pantanal e falta de ações efetivas por
parte do governo, inclusive divulgando dados errados sobre as queimadas, esse
tratamento dado para a situação, é algo preocupante e mostra o descaso do governo
em relação as questões primordiais relacionadas à nação.
https://www.bbc.com/portuguese/brasil-53662968

2 – Redução sucessiva da Selic: essa situação joga pra cima a cotação do dólar pois
evidencia o longo ciclo de retração dos juros básicos da economia, o que torna os
rendimentos menos atrativos para o investidor estrangeiro.
https://economia.uol.com.br/noticias/bbc/2020/03/06/por-que-real-e-a-moeda-que-
mais-perdeu-em-relacao-ao-dolar-em-
2020.htm#:~:text=Na%20nova%20realidade%2C%20a%20perspectiva,o%20pre%C3%A
7o%20da%20moeda%20americana.&text=Para%20Cristiano%20Oliveira%2C%20econo
mista%2Dchefe,a%20economia%20apresentasse%20crescimento%20expressivo.

3 – Sucessivas atitudes de propagação de “descrença” em relação a pandemia de COVID-


19 por parte do governo, como em falas do presidente de que a doença seria uma mera
“gripezinha”, ou se referir a mesma como “histeria” e “fantasia” ou de que o uso da
cloroquina, fato CIENTIFICAMENTE negado, era eficaz.
https://congressoemfoco.uol.com.br/governo/gripezinha-e-histeria-cinco-vezes-em-
que-bolsonaro-minimizou-o-coronavirus/
https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/06/02/bolsonaro-
volta-a-defender-cloroquina-quem-reclama-de-alternativa.htm

4 – Sucessivas demissões de ministros da saúde por parte do governo Bolsonaro: após


demissão de dois ministros de saúde em meio a uma pandemia global e sem um ministro
definitivo, aparentemente hoje a situação parece estar controlada.
https://www.cartacapital.com.br/saude/brasil-completa-tres-meses-sem-ministro-da-
saude-definitivo/

5 – Prisão de Fabricio Queiroz: ex-assessor de Flavio Bolsonaro, filho do presidente,


investigado pelo suposto esquema de “rachadinha”, segundo investigação esquema se
tratava de lavagem de dinheiro.
https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2020/06/18/fabricio-de-queiroz-e-
preso.ghtml