Você está na página 1de 7

EXAME-TIPO DE FÍSICA E QUÍMICA A

1ª Fase | Ensino secundário | 2020


11º Ano de escolaridade
Duração da prova: 120 minutos | Tolerância: 30 minutos 7 Páginas

A prova inclui 11 itens, devidamente identificados no enunciado através de uma


moldura que rodeia o(s) item(ns), cujas respostas contribuem obrigatoriamente
para a classificação final. Dos restantes 9 itens da prova, apenas contribuem para a
classificação final os 7 itens cujas respostas obtenham melhor pontuação.

INSTRUÇÕES

Indique de forma legível a versão da prova.

Para cada resposta, identifique o grupo e o item.

Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta azul ou preta.


Não é permitido o uso de corretor.
Risque aquilo que pretende que não seja classificado.

É permitido o uso de régua, esquadro e transferidor

É permitido calculadora gráfica apenas em modo de exame.

Apresente apenas uma resposta para cada item.

Nas respostas aos itens de escolha múltipla, selecione a opção correta. Escreva, na
folha de respostas, o grupo, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.

Utilize os valores numéricos fornecidos no enunciado dos itens.

1
GRUPO I

O estudo experimental do efeito da variação da temperatura no estado de equilíbrio


químico pode ser realizado através da reação de síntese do tetróxido de dinitrogénio a
partir de dióxido de nitrogénio, em sistema fechado.

Neste sistema, atendendo a que o N2O4 é um gás incolor enquanto o NO 2 é castanho,


o progresso da reação pode ser controlado pela cor da mistura. As mudanças de cor
observadas, quando a reação ocorre a diferentes temperaturas, encontram-se
registadas na tabela seguinte:

1. O átomo de nitrogénio possui __________ eletrão(ões) desemparelhado(s) em


orbitais com uma distribuição __________ da densidade eletrónica, de modo a garantir
__________.

(A) …um …esférica …o Princípio de Exclusão de Pauli


(B) …um …lobular …a Regra de Hund
(C) …três …esférica …o Princípio de Exclusão de Pauli
(D) …três …lobular …a Regra de Hund

2. Qual das seguintes alterações intensificaria a cor castanha da mistura de reação, a


uma temperatura constante?

(A) Aumento do volume do sistema.


(B) Aumento da pressão do sistema.
(C) Adição de um gás inerte.
(D) Adição de um catalisador.

2
3. Identifique o elemento químico do período do nitrogénio que apresenta menor valor
de energia de ionização.

4. A variação da entalpia da reação de síntese do tetróxido de dinitrogénio será positiva


ou negativa? Justifique.

5. Para diminuir o pH do solo pode optar-se pela adição de enxofre, que as bactérias do
solo metabolizam e convertem em ácido sulfúrico, H 2SO4, ou adubos com nitrato de
amónio, NH4NO3, uma vez que o ião amónio é um ácido fraco com uma constante de
acidez 5,6 x 10-10, a 25 ºC. Considere que na primeira etapa de ionização o ácido
sulfúrico se comporta como um ácido forte.

5.1. Considerando a adição de iguais volumes de duas soluções aquosas de ácido


sulfúrico e de ião amónio de igual concentração, a adição da solução aquosa de
__________ irá ___________ mais a acidez do solo.

(A) … NH+4 … aumentar


(B) … NH+4 … diminuir
(C) … H2SO4 … aumentar
(D) … H2SO4 … diminuir

5.2. Preparou-se uma solução aquosa de ião amónio 0,30 mol/dm3. Determine o pH da
solução, a 25 ºC. Apresente todas as etapas de resolução.

6. Para perceber se um adubo líquido de nitrato de amónio, com pH inferior a 7 a 25 ºC,


deveria ser armazenado num recipiente de ferro ou num recipiente de cobre, realizou-
se a experiência esquematizada na figura.

Com base na equação química que traduz a reação ocorrida e na comparação do poder
redutor dos dois metais com o hidrogénio, H2, indique, justificando, o recipiente
apropriado.

3
7. Em três recipientes, 1, 2 e 3, colocaram-se, respetivamente, sódio metálico, Na (s),
água, H2O (l) e enxofre, S8 (s).

Dados: M(Na) = 22,99 g mol-1; M(H2O) = 18,02 g mol-1; M(S8) = 256,56 g mol-1

Selecione a opção correta.

(A) A substância que tem maior massa é a que se encontra no recipiente 1.


(B) O recipiente 1 é o que contém menor número de moles de substância.
(C) O recipiente 3 é o que contém a substância de menor massa.
(D) O recipiente 1 contém menos átomos que o recipiente 2.

8. Pretende-se preparar 250 mL de uma solução aquosa de dicromato de potássio,


K2CrO4, com concentração igual a 2,50 × 10 -1 mol dm-3.

Dado: M(K2CrO4) = 194,20 g mol-1

Pretende-se preparar uma solução de dicromato de potássio com a concentração 0,100


mol/dm3, a partir da solução inicial. Que volume de água se deve adicionar à solução
inicial?

9. Sabendo que a solubilidade do cloreto de sódio, a 25 ºC, é 35,9 g / 100 g de água,


dissolvendo 0,230 g do sal em 1,0 g de água, obtém-se…

(A) … uma solução saturada com sólido depositado no fundo.


(B) … uma solução saturada sem sólido depositado no fundo.
(C) … uma solução sobressaturada com sólido depositado no fundo.
(D) … uma solução não saturada.

4
GRUPO II

1. Os astrofísicos descobriram que existe um buraco negro no centro


da nossa Galáxia com uma massa aproximada de 4 milhões de
massas solares e com um diâmetro estimado em 0,3 UA.

1.1. Calcule a intensidade da força gravítica que o buraco negro exerce no Sol, que dista
cerca de 26 000 anos-luz do centro da galáxia.

Dados: mSol = 2,0 x 1030 kg; 1 ano-luz = 9,5 x 1012 km

1.2. Se duplicasse a distância entre o buraco negro e o centro da galáxia, de quanto


variaria a intensidade da força gravítica que o buraco negro exerceria no Sol?

2. Um carrinho de plástico, de massa 2,5 kg, move-se ao longo de uma calha de atrito
reduzido com velocidade constante, de módulo 3,0 m/s, como mostra a figura.

O carrinho transporta uma espira retangular rígida de um fio condutor, com massa
desprezável quando comparada com a massa do carrinho. Ao longo do seu movimento
o carrinho encontra, entre as posições 𝑥 = 0,00 m e 𝑥 = 0,40 m, um campo magnético
uniforme de intensidade 2,0 T, perpendicular à espira e dirigida do leitor para o plano da
página. Considere que a posição do carrinho é determinada pela parte frontal.

2.1. Durante a passagem do carrinho o ponteiro do galvanómetro oscila. O módulo da


força eletromotriz registado foi 0,6 V. Esse valor quadruplicaria se fosse utilizada uma
bobina de igual área com…

(A) … 3 espiras e se aumentasse a velocidade do carrinho para 4,5 m/s.


(B) … 3 espiras e se reduzisse a velocidade do carrinho para 2,0 m/s.
(C) … 6 espiras e se aumentasse a velocidade do carrinho para 4,5 m/s.
(D) … 6 espiras e se reduzisse a velocidade do carrinho para 2,0 m/s.

5
2.2. Qual das figuras traduz o esboço do gráfico da variação do fluxo magnético que
atravessa a espira em função do tempo, quando o carrinho se move entre a posição
representada na figura e a posição 𝑥 = 0,80 m?

2.3. Atendendo à Lei de Faraday, entre que posições do movimento do carrinho se


origina uma força eletromotriz induzida na espira? Justifique.

3. Uma pequena esfera, redutível a uma partícula, é lançada da base de uma rampa, de
baixo para cima. O movimento é registado por um sensor de movimento, S. As forças
dissipativas são desprezáveis. No referencial representado na figura, o movimento é
descrito pela seguinte equação:

x(t) = 1,0t2 − 3,0t + 2,5 (SI)

Determine a amplitude do ângulo α da rampa. Apresente todas as etapas de resolução.

6
4. Produz-se uma onda numa corda oscilando uma sua extremidade na direção vertical.
O movimento dessa extremidade da corda, ao longo do tempo, é descrito pelo gráfico
seguinte. A onda propaga-se ao longo da corda com velocidade de módulo 4,0 m s−1.

Após uma oscilação completa da extremidade da corda, a que distância se terá


propagado a onda?

5. Um fio de 80,0 m de comprimento e secção reta com área de 0,400 mm 2 é percorrido


por uma corrente elétrica de intensidade 10,0 A, quando sujeito a uma diferença de
potêncial de 220,0 V nos seus terminais.

Determine, com três algarismos significativos e em notação científica, a resistividade do


material. Apresente todas as etapas de resolução.

6. Uma amostra de um material sólido desconhecido, com 10,0 g, recebe energia por
calor de modo que a sua temperatura se modifica de acordo com o gráfico da figura
(que não está à escala).

1 cal = 4,18 J

6.1. Porque é que no troço DE o material recebe energia e a sua temperatura não varia?

6.2. Determine a capacidade térmica mássica da fase líquida, em J g-1 K-1 . Apresente
todas as etapas de resolução.