Você está na página 1de 27

EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

Virgínia Coutinho é considerada uma das maiores


especialistas em Social Media
e Marketing Digital, em Portugal. No seu percurso
profissional destaca-se como consultora estratégica
de social media, como oradora em conferências
e seminários nacionais e internacionais do sector e
pela formação, já formou mais de 7000 formandos,
desde 2009.

É formadora oficial Google, no Programa Google


Atelier Digital, destinado a profissionais que queiram
adquirir mais competência digitais. Lançou o livro
“The Social Book - Tudo o que precisa de saber sobre
o Facebook”, em Maio de 2014, que se revelou um
sucesso de vendas.

Fez parte da equipa do Facebook, como consultora


estratégica para as PME do mercado brasileiro. Na
Socialbakers, a empresa de referência em Social
Media Analytics, exerceu várias funções entre as
quais a de estratega de social media e marketing
digital para o mercado da América Latina.
Linkedin: www.linkedin.com/in/virginiacoutinho/

Como consultora teve assim, a oportunidade de


trabalhar com algumas das marcas nacionais e globais
mais reconhecidas, entre outras a Nestlé,
Vodafone, FIFA, Globo, L'Oréal, Esporão e Bimbo.
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

Introdução
Para fazer uma excelente campanha de facebook precisa de duas coisas:
uma boa segmentação e bons materiais.

É evidente que para o fazer, precisa de conhecer em profundidade os


vários formatos e suas especificidades . É também inevitável fazer testes e
melhorias contínuas.

Nos últimos 8 anos dei formação a mais de 7000 pessoas sobre Facebook,
onde a parte de anúncios era um dos temas, ou mesmo o tema principal.
Constatei que as dúvidas e erros eram comuns, pelo que decidi fazer este
ebook para ajudar anunciantes a melhorarem as suas campanhas e a terem
maiores e melhores retornos.

Assim, ebook tem como objectivo dar-lhe algumas dicas (uma introdução
ao tema) para construir bons anúncios do ponto de vista de copy (texto) e
materiais (imagem, vídeo,..). Para além disso, encontrará vários exemplos
de anúncios (de diversos sectores), para que se possa inspirar e retirar
algumas ideias.

Ficarei a aguardar os seus comentários! 


Obrigada.

Virgínia Coutinho
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

1. Organização e segmentação da
campanha
O primeiro passo do processo

Quando vai fazer uma campanha (anúncios) no Facebook, deverá ter já em


mente:

- O que vai anunciar (quer seja um produto, vários produtos, ...)


- Qual é o seu objectivo (notoriedade, vendas, leads?)
- Qual será a mensagem/ mensagens principais (uma promoção, um
lançamento, mensagem focada em características do produto).
- Quando está disposto a investir para conseguir o seu objectivo
(exemplo, valor por lead, isto é, por “pedido de informações”, ou
conversão, isto é, venda).

Após saber o porquê de estar a considerar fazer anúncios de Facebook, que


são, sem dúvida, um formato de anúncios que lhe permitirão atingir bons
resultados com um investimento reduzido, está na hora de estruturar a sua
campanha.

Muitos anunciante limitam-se a fazer um anúncio (um texto e uma


imagem) para toda a campanha, o que faz com que não estejam a
maximizar o seu potencial de retorno.

Para o ajudar nesta tarefa, na próxima página mostro-lhe um exemplo de


uma estrutura de campanha, com o objectivo de vender um único produto.
Caso o objectivo fosse vender vários produtos, esta estrutura deveria ser
replicada para todos os grupos de anúncios.

Na página seguinte partilho consigo um exemplo de um excel de criação de


campanhas que uso para as minhas campanhas, clientes e partilho com os
meus formandos, para que se possa inspirar e criar o seu próprio modelo.
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

Ex. estrutura de uma


campanha
Venda Produto X
Segmento 1 - Segmento 2 - Segmento 3-
Mulheres Adolescentes Homens

Apelo 1 –
Apelo 2 -
últimas
desconto
unidades

Imagem 1 Imagem 1

Imagem 2 Imagem 2

Imagem 3 Imagem 3

Imagem 4 Imagem 4

Neste exemplo, para esta campanha foram identificados vários


possíveis públicos-alvo para o mesmo produto. Logo, para cada
público-alvo serão criados diferentes grupos de anúncios, com
diferentes apelos, copys e imagens, pensadas para captar o interesse
do grupo de anúncios que foi definido.
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

Organização de
campanhas

Para melhor estruturar a sua campanha, sugiro-lhe que crie o seu


próprio excel.
Na imagem consegue ver o documento que elaborei para fazer as
minhas campanhas e as dos meus clientes (que partilho habitualmente
com os meus formados).
No separador 1 encontra informações gerais da campanha. Segue-se o
separador da estrutura da campanha (onde são construídos os copys,
adicionados os materiais,... Isto é, onde estão os vários copys para
diferentes produtos ou segmentos). No separador segmentos são
detalhados os pormenores de um determinado público-alvo. Por fim,
no último separador são adicionados os resultados da campanha.
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

Exemplo de anúncio

Copy

Imagem

Atenção: Nos
anúncios para o feed
de notícias esta é a
parte do anúncio
com maior destaque.

Botão
CTA
Exemplo de anúncio mostrado no Feed de
Notícias de Computador.
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

Segmentações
Públicos- personalizados

Públicos personalizados dá-lhe a possibilidade de segmentar o seu anúncio


para pessoas que já tiveram algum contacto com a sua empresa. Isto é, pode
segementar a sua campanha para:
- Uma base de dados que tenha (de emails, números de telemóveis,
Facebook ids)
- Pessoas que visitaram o seu site (retargeting)
- Pessoas que interagiram com uma aplicação sua
- Pessoas que interagiram com a sua página (viram um vídeo, interagiram
com publicações, entre outros.

Tomemos o exemplo de uma loja de e-commerce com uma base de dados


de 2000 clientes que não compram nada há mais de 5 meses. Poderá fazer
uma campanha específica, através do Facebook para esses clientes.
Ou poderá definir que sempre que alguém visite a página de um produto no
seu site, mas não chegue a comprar, que quer que aquela pessoa seja
impactada com um desconto.
As opções são inúmeras, e a chave é que as conheça todas para que possa
escolher as que melhores de adequam ao seu negócio.

Outros públicos

Para além dos públicos personalizados, existem muitos outros critérios que
lhe permitirão impactar pessoas que nunca ouviram falar da sua empresa.
Poderá escolher impactar pessoas de apenas uma cidade do país, de vários
países, de todo o país, excepto uma cidade. Poderá escolher a faixa etária
das pessoas que procura impactar com os seus anúncios, bem como o seu
género e estado civil.
Pode impactar pessoas por estado civil, grau de escolaridade, cargo ou
empresa onde trabalha.
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

Pode impactar apenas pessoas que tenham filhos e até definir a idade dos
filhos.
E as opções não páram. Pessoas que tenham o seu aniversário brevemente,
pessoas que mudaram de casa recentemente ou que regressaram há pouco
tempo de viagem. Pode ainda impactar pessoas que gostem de páginas de
concorrentes ou de outras marcas, e muito mais.
A chave passa por saber quais os critérios disponíveis , definir segmentos
para atingir o seu público-alvo e testar.

Por exemplo:
Para o webinar em que se inscreveu fiz uma campanha com dois públicos-
alvos diferentes.

Público 1 Pessoas que gerem uma página de Facebook

Homens e Mulheres, de várias cidades do país (onde darei formações


este ano), dos 24 aos 52 anos, que administram uma página de
facebook (este é um critério disponível).

Público 2 Profissionais da área de Marketing


Homens e Mulheres, de várias cidades do país (onde darei formações
este ano), dos 24 aos 52 anos, que gostem das páginas
Meios&Publicidade, Imagens de Marca e Revista Marketeer (3
publicações da área de marketing.

Sugestão: se nunca usou a plataforma de self-service de anúncios do


Facebook vá a facebook.com/ads/create e explore. As opções de tipo de
anúncios, bem como de opções de segmentação, são inúmeras.
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

2. Anúncios de imagem
Capte a atenção e aumenta as conversões com boas
imagens

Os materiais gráficos, quer sejam imagens, quer sejam vídeos, são


importantíssimos para:
- Captar a atenção dos potenciais clientes (é o elemento chave para que
alguém preste atenção aos seus anúncios).
- Transmitir o que é a sua empresa, produto, para que receba leads
(contactos) qualificados.

Como tal, deverá ter a preocupação de ter imagens de qualidade, várias


imagens diferentes (para fazer testes) e que criem impacto.

Abaixo encontrará mais recomendações para fazer imagens para anúncios


de Facebook com qualidade.

• Não coloque demasiado texto. Embora não exista nenhuma regra de % de


texto que a imagem pode ter , o Facebook penaliza imagens com muito
texto. Isto é, terá menor alcance nos seus anúncios e, por conseguinte,
piores resultados. Podem testar as vossas imagens no Creative Hiub do
facebook em : https://www.facebook.com/ads/creativehub/;

• Escolha imagens pouco confusas, com cor e que acrescentem informação


ao anúncio (quer seja a imagem do produto, alguma característica ou
alguma associação);

• Aproveite todo o espaço disponível para a imagem (faça a imagem à


medida), quer seja no feed de notícias ou na coluna do lado direito. As
imagens captam mais facilmente a atenção dos utilizadores;

• Teste pelo menos um grupo de anúncios com imagens de pessoas.


Compare o seu desempenho com os restantes;
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

• Coloque várias imagens diferentes (pode colocar até 6 no mesmo grupo


de anúncios) e veja se existe grande diferença de interacção entre os
anúncios;

• Tente entender se as imagens ao serem apresentadas na coluna do lado


direito ficam perceptíveis e irão captar facilmente a atenção dos
utilizadores de Facebook (ao criar o anúncio na plataforma de self-serve
pode pré-visualizá-lo);

• Confirme se as imagens não ficam cortadas no feed de notícias;

• Se escolheu o Instagram como “placement”, verifique se a imagem é


adequada para anúncios nessa rede social;

• Tenha ainda em atenção os direitos de imagem e autor. A imagem que


usar deve ser sua ou então deve ter os seus direitos de utilização;

•Para além de anúncios de imagem considere anúncios em formato


carrossel. Exemplos abaixo.
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

3. Anúncios de vídeo
Os vídeos são o formato por excelência do Facebook

O vídeo é considerado hoje conteúdo por excelência, e anúncios de vídeos


com vídeos de qualidade, conseguem ser muito eficazes.
Para conseguir fazer bons anúncios de vídeo, deixo-lhe abaixo algumas
recomendações.

• Os primeiros 3 segundos (que geralmente são mostrados em autoplay,


isto é, se o utilizador estiver a usar wifi, ser-lhe-á mostrado sem que tenha
de clicar no anúncios) devem ser impactantes;

• Os primerios 3 segundos devem ser perceptíveis e cativantes;

• O vídeo não deverá ser demasiado longo e deverá manter as pessoas


interessadas;

• Transmita a mensagem mais importante no íncio;

• Considere fazer anúncios em formato carrossel com vídeos. Veja um


excelente exemplo aqui.

• Opte por colocar legendas grandes, isto é, faça com que o seu video seja
compreensível mesmo para quem o está a visualizar sem som.
Os vídeos do buzzfeed são excelentes exemplos de como o aplicar.

Nota: Para além de anúncios de imagem e vídeo, um outro formato que


pode utilizar e que resulta muito bem são os GIFs.
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

4. Copy (texto) do anúncio


Crie mensagens claras e impactantes

O copy (texto) dos anúncios é mais uma das partes que não deverá
descurar. Fazer copys cuidados e claros, vários copys diferentes (para
testar), é um passo básico para criar anúncios que lhe garantam resultados.
Abaixo encontra algumas recomendações para criar excelentes copys para
os seus anúncios.

• Certifique-se que o seu anúncio tem um botão de Call-to-action ou


coloque o CTA (“saiba mais” “peça informações”,...) no seu anúncio;

• Considere colocar questões nos anúncios para além de conteúdo


informativo. Por exemplo, “Vai casar-se?”;

• Escolha o tom e mensagem adequados ao seu público-alvo. Por exemplo,


se está a fazer um anúncio para jovens até aos 25 anos, pode tratá-los por
“tu”. No entanto, se for para pessoas com mais de 45 anos, o tom deve
pode ser diferente (dependerá também do seu tom de marca);

• Ponha sempre o nome do produto, da empresa ou do que estiver a


anunciar;

• Teste anúncios com diferentes apelos e veja qual surtiu melhores


resultados. Por exemplo, teste anúncios com e sem preço do produto ou
serviço;
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

• Sempre que possível comunique um desconto ou promoção – isto é, os


descontos/ promoções, não só captam a atenção como aumentar a
possibilidade de conversão.

• Dê todas as informações que lhe pareçam pertinentes e que possam


influenciar a escolha do utilizador. Por exemplo, se o anúncio for relativo a
um evento, coloque o dia, o local, o nome do orador principal. Se é uma
loja de roupa multi-marcas, mencione as marcas mais importantes que
vende,...
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

5. Medidas de imagem
Por norma esta são as medidas que deverá usar:

6. Número de caracteres
Embora possa colocar mais caracteres para os anúncios que vão ser
mostrados no feed de notícias, se está a fazer anúncios para que os
mesmos sejam mostrados na coluna do lado direito, tenha em atenção ao
número de caracteres (para que o texto não fique cortado).

Se estiver a fazer anúncios para o feed de notícias e coluna do lado direito,


opte por colocar a mensagem mais relevante nos primeiros 90 caracteres.
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

7. Exemplos de anúncios
Apresento-lhe alguns anúncios com comentários, pois gostaria que
prestasse especial atenção à mensagem deles ou à forma como o anúncio
foi desenhado.
A ideia é que fique a conhecer vários formatos, e que se inspire nalguns
deles.

Anúncios da telepizza com desconto. Imagem com cor que se


destaca facilmente no feed de notícias.

O anúncio é divulgado às segundas-feiras.


EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

Anúncio formato carrossel em que cada imagem destaca um


benefício do produto.
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

Anúncio formato carrossel em que cada imagem destacaum produto


diferente. O copy é directo e focado nos principais benefícios do
produto.
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

Exemplo de anúncio a direccionar para um webiste. Como pode


constatar no topo tem também a opção do utilizador gostar da
página, mas caso o mesmo clique no anúncio irá para um outro site
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

Anúncios cujo principal objectivo é que o público-alvo descarregue


um ebook disponibilizado pela Socialbakers.
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

Anúncio multi-producto, onde mostra vários modelos e,


os utilizadores clicando serão direccionados para a página
daquele modelo específico.
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook

Outros anúncios para analisar

Anúncios de várias marcas, com diferentes mensagens, apelos, imagens, para


se inspirar para as suas campanhas.
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook
EBOOK | Anatomia de um bom anúncio de Facebook
Acompanhe mais
informações úteis em:

Facebook
Facebook.com/virginiacoutinho.pt

Você também pode gostar