Você está na página 1de 52

Instalação

Operação
Manutenção

Trane Oasis
Unidade Condensadora TDXU
Unidade Evaporadora TDXP
Split System – 60 Hz

AVISO DE SEGURANÇA
Apenas pessoal qualificado deverá instalar e reparar o equipamento. A instalação, inicialização e manutenção de
equipamentos de aquecimento, ventilação e ar condicionado podem ser perigosas e exigem conhecimentos específicos e
treinamento. Equipamentos incorretamente instalados, ajustados ou alterados por pessoa não qualificada poderá resultar
em morte ou ferimentos graves. Quando se trabalha com o equipamento, imprescindível observar todas as precauções na
literatura e nas etiquetas, adesivos e rótulos que estão afixados no equipamento.

Setembro 2019 TDX-SVN001B-PB


Aviso Importante

Controle de Emissão de Refrige-


IMPORTANTE:
rante
As unidades de medida dimensional
A conservação e redução da emis-
neste catálogo estão em milímetros
são de gases deve ser conseguida
(mm). (Exceto aquelas que estejam
seguindo os procedimentos de ope-
devidamente referenciadas)
ração e serviço recomendados pela
Trane com atenção especifica ao
Histórico da Literatura seguinte :
O manual descreve a instalação, ope-
ração e manutenção das unidades O refrigerante utilizado em qualquer
condensadoras TDXU e evaporado- tipo de equipamento de ar condicio-
ras TDXP, as quais constituem o split nado deverá ser recuperado e/ou
system. Para obter mais informações reciclado para sua reutilização, re-
sobre a instalação, operação e manu- presado ou completamente destruí-
tenção dos sistemas split system, con- do sempre que o mesmo seja remo-
sultar o departamento de marketing. vido do equipamento. Nunca deve
marketing.brasil@irco.com. ser liberado para a atmosfera.

Sempre considere a possível reci-


clagem ou reprocesso do refrigeran-
te transferido antes de começar a
recuperação por qualquer método.

Questões sobre refrigerantes recu-


perados e qualidades aceitáveis es-
tão descritos na norma AHRI 700.

Use cilindros aprovados e seguros.


Cumpra com todas as normas de
segurança e transporte aplicáveis
quando transportar containers de
refrigerante.

Para minimizar emissões enquan-


to transfere o gás refrigerante use
equipamentos de reciclagem. Sem-
pre use métodos que façam o vá-
cuo o mais baixo possível enquanto
recuperam e condensam o refrige-
rante dentro do cilindro.

Importante:
Uma vez que a Trane tem como política o contínuo desenvolvimento de seus produtos, se
reserva o direito de mudar suas especificações e desenhos sem prévio aviso. A instalação
e manutenção dos equipamentos especificado neste manual, deverão ser feitos por técnicos
credenciados e/ou autorizados pela Trane, a não observância e/ou adoção dos procedimentos,
apresentados neste manual, poderá implicar na perda de garantia do produto.

2 TDX-SVN001B-PB
Índice

Dados Gerais 4

Inspeção das Unidades 6

Transporte e Movimentação 7

Procedimentos de Instalação TDXP 9

Tubulação Frigorífica Interligação 10

Procedimentos de Manutenção TDXP 13

Manutenção Preventiva Periódica TDXU 15

Manutenção Corretiva TDXU 16

Manutenção Preventiva Periódica TDXP 17

Características Elétricas e de Operação TDXU 18

Características Elétricas TDXP 20

Esquemas Elétricos TDXU 22

Layout de Quadros Elétricos TDXU 26

Layout de Quadro Elétrico TDXP40/50 29

Esquema Elétrico TDXP05 a TDXP30 30

Esquema Elétrico TDXP40 e TDXP50 31

Dados Dimensionais 32

Dimensionais - Montagens 41

Considerações de Aplicação TDXU 48

Considerações de Aplicação TDXP 49

Tabela para Conversão 50

TDX-SVN001B-PB 3
Dados Gerais

Tab. 01 - Dados Gerais Unidades Condensadoras TDXU

Unidade Externa TDXU05 TDXU07 TDXU10 TDXU15 TDXU20


Capacidade Nominal 5T 7.5T 10T 15T 20T
Compressor
Número - Estágios 1-1 1-2

Tensão (V) - Número de Fases - 220 - 3F - 60


Frequência (Hz) 380 - 3F - 60

Ventilador Externo
Número 1
Diâmetro 22" 26" 30"
Número de Velocidades 1
Vazão (m3/h) 7.900 10.700 18.680
Número de Motores - HP 1 - 0.33 1 - 0.75 1 - 1.0
RPM 1100

Tensão (V) - Número de Fases - 220 - 3F - 60


Frequência (Hz) 380 - 3F - 60

1.40 (220-3F-60) 3.10 (220-3F-60) 3.40 (220-3F-60)


Corrente (A)
0.85 (380-3F-60) 1.80 (380-3F-60) 1.90 (380-3F-60)
Serpentina Externa
Rows - FPI 2 - 18 2 - 17
Área de Face (m2) 0.51 1.12 2.62
Diâmetro do Tubo 3/8"
Gás Refrigerante
Fornecido de Fábrica Não
Diâmetro de Tubo (Externo) - Gás 7/8" 1 1/8" 1 3/8" 1 3/8" 1 5/8"
Diâmetro de Tubo (Externo) - Líquido 1/2" 1/2" 5/8" 5/8" 7/8"
Subresfriamento (°F) 9
Dimensões
Embalado 800 x 700 x700 1000 x 800 x 800 1650 x 1060 x 1060
Peso
Líqui o 112 135 145 204 226
Embarque 117 140 150 207 229
Nota:
(1) Capacidade nominal atendendo a norma ARI; (2) Corrente Nominal de Operação - 220V/60Hz; (3) Corrente Máxima de Operação - 220V/60Hz; (4) Variação de voltagem: +/- 10%.

4 TDX-SVN001B-PB
Dados Gerais

Tab. 02 - Dados gerais Unidades Evaporadoras TDXP

Modelo TDXP05 TDXP07 TDXP10 TDXP15 TDXP20 TDXP25 TDXP30 TDXP40 TDXP50
Capacidade Nominal 5T 7.5T 10T 15T 20T 25T 30T 40T 50T
MÓDULO VENTILADOR
Ventilador Centrífugo

Número volutas 1 2 3

Diâmetro - Largura 10 - 10 12 - 12 15 - 15 12 - 12 15 - 15 15 - 15 18 - 18 18 - 18 18 - 18

Transmissão - Número de Velocidades Polia e Correia - 1

Vazão (m3/h) 3.000 - 3.800 4.500 - 5.600 6.100 - 7.500 9.000 - 12.000 12.000 - 15.000 16.800 - 20.600 18.000 - 23.000 24.500 - 30.000 30.500 - 37.500

Pressão Alta Pressão Alta Pressão Alta Pressão Alta Pressão Alta Pressão Alta Pressão Alta Pressão Alta Pressão Alta
Pressão Estática (mmca) Standard Pressão Standard Pressão Standard Pressão Standard Pressão Standard Pressão Standard Pressão Standard Pressão Standard Pressão Standard Pressão

10 - 30 35 - 50 10 - 30 35 - 50 10 - 30 35 - 50 10 - 30 35 - 50 10 - 30 35 - 50 20 - 35 40 - 60 10 - 30 35 - 50 25 - 35 40 - 60 25 - 35 40 - 60

Número de Motores - HP 1 - 1.0 1 - 1.5 1 - 1.0 1 - 2.0 1 - 1.5 1 - 3.0 1 - 3.0 1 - 5.0 1 - 3.0 1 - 5.0 1 - 6.0 1 - 7.5 1 - 5.0 1 - 7.5 1 - 7.5 1 - 10.0 1 - 10.0 1 - 15.0

RPM 1730

Tensão (V) - Número de Fases - 220 - 3F - 60


Frequência (Hz) 380 - 3F - 60

Dimensões (mm) 860 x 670 x 670 1120 x 670 x 670 1395 x 845 x 845 1700 x 875 x 875 1950 x 875 x 875 2250 x 1250 x 1250 2250 x 1250 x 1250 2760 x 1250 x 1250 2760 x 1250 x 1250

Peso (kg) 63 65 74 80 101 107 137 145 163 171 230 237 243 253 377 385 420 436

MÓDULO SERPENTINA
Serpentina Tubo - Aleta

Rows - FPI 2 - 12 3 - 12 2 - 13

Área de Face (m2) 0.43 0.55 0.85 1.12 1.43 2.75 2.75 3.47 3.47

Diâmetro de Tubo 3/8"

Gás Refrigerante R410a

1 x 1 5/8"
Diâmetro de Tubo (Externo) - Gás 7/8" 1 1/8" 1 3/8" 1 3/8" 1 5/8" 2 x 1 3/8" 2 x 1 3/8" 2 x 1 5/8"
2 x 1 3/8"

1 x 7/8"
Diâmetro de Tubo (Externo) - Líquido 1/2" 1/2" 5/8" 5/8" 7/8" 2 x 5/8" 2 x 5/8" 2 x 7/8"
2 x 5/8"

Dimensões (mm) 860 x 670 x 670 1120 x 670 x 670 1395 x 845 x 845 1700 x 875 x 875 1950 x 875 x 875 2250 x 1250 x 1250 2250 x 1250 x 1250 2760 x 1250 x 1250 2760 x 1250 x 1250

Peso (kg) 39 47 76 83 94 155 155 208 208

Notas:

(1) As dimensões de comprimento, profundidade e altura, apresentadas na tab. 01 (acima), são medidas nominais de referência, atentar quanto as possibilidades de
descarga dos ventiladores e a montagem dos módulos. Consultar os desenhos dimensionais dos modelos neste catálogo.
(2) Capacidade segue norma ARI 210 para equipamentos até 5,0 TR e ARI 340 para equipamento superiores a 5,0 TR.

TDX-SVN001B-PB 5
Inspeção das Unidades

Inspeção das Unidades Instruções para uma correta ins- Segurança Geral
Ao receber a unidade no local da talação Os equipamentos Trane, são pro-
instalação proceder da seguinte Para uma instalação apropriada jetados para trabalhar de forma se-
maneira: considere os seguintes itens, antes gura e confiável, sempre que ope-
de colocar a unidade no local: rados de acordo com as normas de
- Verificar se os dados contidos na segurança.
placa de identificação são os mes- - O local da instalação deverá possuir
O sistema trabalha com componen-
mos que os dados contidos na or- uma iluminação coerente, para exe-
tes elétricos, mecânicos, pressões
dem de venda e na nota fiscal de cução de serviços e/ou manutenção.
de gases etc. que podem ocasionar
embarque (incluindo as caracterís- - O piso ou a base das unidades de-
danos às pessoas e aos equipamen-
ticas elétricas); vem estar nivelados, sólido e com re-
tos, caso não sejam atendidas as
- Verificar se a alimentação de força sistência necessária para suportar o
normas de segurança necessárias.
local cumpre com as especifica- peso da unidade e acessórios. Nive-
Portanto, somente instaladores cre-
ções da placa de identificação; le ou repare o piso, do local a ser ins-
denciados e/ou autorizados Trane,
- Inspecionar cuidadosamente a talado a unidade, antes de colocar.
deverão realizar a instalação, parti-
unidade em busca de sinais de da- - Providenciar calços de borracha
da e executar a manutenção nestes
nos no transporte. ou isoladores de vibração, para as
equipamentos.
Se a inspeção feita na unidade re- unidades.
Siga todas as normas de segurança
velar danos ou falta de materiais, - Realizar a instalação hidráulica
relativas aos trabalhos e aos avisos
notifique imediatamente a trans- necessária para drenagem da
de atenção das etiquetas coladas
portadora. Especifique a classe e água da bandeja de condensados.
nas unidades, assim como utilize
magnitude do dano no próprio co- - Providenciar os espaços mínimos
sempre ferramentas e equipamen-
nhecimento de embarque/desem- recomendados para manutenção e
tos apropriados.
barque antes de assinar; serviços de rotina.
- Considerar as mesmas distâncias
Identificação de Perigos
- Informe à Trane e/ou a Empresa nos casos de várias unidades jun-
Instaladora dos danos e das pro- tas ou unidades condensadoras.
vidências a serem tomados para - Realizar a instalação elétrica. En- ATENÇÃO !
tradas para as conexões elétricas !
os devidos reparos. Não repare a Avisos de atenção deverão aparecer
unidade até os danos terem sido são previstas em ambos lados das
em intervalos adequados e em pon-
inspecionados. unidades. tos apropriados deste manual para
- Providenciar espaços suficientes alertar aos operadores e pessoal de
Armazenamento para ter acesso às tubulações e serviço sobre situações de risco po-
remoção das tampas. tencial que PODERÃO resultar em
Caso a unidade, no momento da en- lesões pessoais severas ou danos
trega ainda não possa ser colocada - O fornecimento de energia elétrica
aos equipamentos, caso não sejam
no local definitivo da instalação, ar- deve seguir a Norma NBR 5410 , atendidas as normas de segurança.
mazene a mesma em local seguro os códigos locais e/ou da NEC.
protegida da intempérie e/ou outros - O instalador deverá providenciar e
causadores de danos. A armazena- instalar as tubulações frigoríficas - ! CUIDADO:
gem e a movimentação indevidas linha de líquido e linha de sucção, Avisos de cuidado deverão aparecer
dos equipamentos, implicará na per- afim de interligar as unidades eva- em intervalos adequados e em pontos
da de garantia dos mesmos. poradoras UE e condensadoras UC. apropriados deste manual para alertar
- Equipamento sai de fábrica sem aos operadores e pessoal de serviço
gás. Instalador deve fazer carga sobre situações de risco potencial
que poderão gerar danos aos
de gás e complemento do óleo equipamentos e ou meio ambiente.
conforme página 09.

6 TDX-SVN001B-PB
Transporte e
Movimentação

Fig. 01 - Instrução de Transporte e Movimentação - TDXU

Instruções para manobras e 4. Não retirar a embalagem do mó-


! movimentação dulo até o mesmo estar no lugar
ATENÇÃO !
Para evitar, lesão pessoal severa ou
Para transporte e movimentação da definitivo da instalação. Atentar ao
danificação da unidade a capacidade unidade siga as instruções abaixo: realizar a movimentação dos equi-
de levantamento do equipamento pamentos.
deve exceder o peso da unidade com 1. Verificar no manual ou na etique- 5. Durante o transporte não balance
um fator de segurança adequado ta da unidade o peso real dos equi- o equipamento mais de 15° (quinze
pamentos. graus) com referência à vertical.
! ATENÇÃO ! 2. Para todas as unidades , colocar 6. Sempre faça o teste de levanta-
os cabos ou as correntes de levanta- mento para determinar o balanço e
Cada cabo, correia ou corrente utiliza- mento por debaixo do estrado de ma-
do para levantar a unidade deverá ter
estabilidade exato da unidade antes
deira. Outras formas de levantamento de levantar a mesma para o local
a capacidade de suportar o peso total
da unidade poderão causar danos ao equipa- da instalação.
mento e lesões pessoais graves.
7. Na movimentação horizontal utili-
3. Evitar que as correntes, cordas ou ze roletes do mesmo diâmetro em-
cabos de aço encostem no equipa- baixo da base de madeira.
mento, para evitar danos ou aciden-
tes. Utilize barras separadoras ade-
quadas como mostra o desenho.

TDX-SVN001B-PB 7
Transporte e
Movimentação

Fig. 02 - Instrução de Transporte e Movimentação - TDXP.

Instruções para manobras e mo- doras adequadas como mostra o


! ATENÇÃO ! vimentação desenho.
Para evitar, morte ou danificação da Para transporte e movimentação da 4. Não retirar a embalagem do mó-
unidade a capacidade de levantamen- unidade siga as instruções abaixo: dulo até o mesmo estar no lugar
to do equipamento deve exceder o definitivo da instalação. Atentar
peso da unidade com um fator de se- 1. Verificar no manual ou na placa ao realizar a movimentação dos
gurança adequado da unidade o peso real dos equi- equipamentos.
pamentos. 5. Durante o transporte não balance
2. Para todas as unidades , colocar o equipamento mais de 15° (quin-
os cabos ou as correntes de levan- ze graus) com referência à verti-
! ATENÇÃO ! tamento por debaixo do estrado de cal.
Cada cabo, correia ou corrente utiliza- madeira. Outras formas de levan- 6. Sempre faça o teste de levanta-
do para levantar a unidade deverá ter tamento poderão causar danos ao mento para determinar o balanço
a capacidade de suportar o peso total equipamento e lesões pessoais e estabilidade exato da unidade
da unidade graves. antes de levantar a mesma para
3. Evitar que as correntes, cordas ou o local da instalação.
cabos de aço encostem no con- 7. Na movimentação horizontal uti-
dicionador, para evitar danos ou lize roletes do mesmo diâmetro
acidentes. Utilize barras separa- embaixo da base de madeira.

8 TDX-SVN001B-PB
Procedimentos de
Instalação TDXP

Instruções de Instalação Movimentação da Unidade manho, bem como na direção,


Seguir estas instruções assim que a
Proceder conforme seção de a com uma distancia mínima de
unidade esteja instalada para verificar transporte e manutenção, deste três vezes o diâmetro do mesmo,
se todos os procedimentos de instala- manual. em relação a descarga de insu-
ção recomendados tem sido executa- flamento. Colocar pelo menos 8
dos antes dar partida na unidade; Montagem da Unidade centímetros de duto flexível ou
A unidade está localizada no lo- lona;
Estes procedimentos por si só, não cal de instalação final; O duto principal está ligado as
substituem as instruções detalha- Os parafusos do estrado de ma- unidades terminais sem ter vaza-
das fornecidas nas seções deste deira e o mesmos foram removi- mentos;
manual. dos; Todos os dutos estão de acordo
Sempre leia totalmente as seções A unidade está devidamente ins- com as normas da ABNT.
para se familiarizar com os procedi- talada e o dreno tem caimento;
mentos. Os calços de borracha ou os iso- Tubulação do Refrigerante
ladores estão devidamente ajus- Foram instalados sifões na linha
tados (Se instalados); de sucção quando necessário;
! ATENÇÃO ! Foram rearpertados os parafusos Foram feitos teste de vazamen-
dos coxins dos compressores. tos nas tubulações;
Desligue a energia elétrica para evitar As tubulações de refrigerante não
ferimentos ou morte devido a cho-
ques elétricos.
Revisão dos Componentes estão encostando em nenhum
Os eixos do ventilador e do motor objeto.
estão paralelos; A carga de refrigerante foi identifi-
Recebimento As polias do ventilador e do mo- cada a partir da tabela da página
A unidade e componentes foram tor estão alinhadas; 10.
inspecionados para verificar da- A tensão da correia do ventilador A carga complementar de óleo -
nos de embarque; está correta; se necessária - foi identificada a
A unidade foi verificada contra Os rotores giram livremente; partir da tabela da página 12.
falta de materiais e controles; Os parafusos de trava, parafusos
Checados que os dados de placa dos mancais e polias estão aper- Controles
são iguais aos do pedido. tados; O termostato de controle está cor-
Os mancais não oscilam quando retamente instalado em área que
Localização da Unidade giram. não está sujeita ao calor de lâmpa-
A embalagem foi removida e re- das, atrás de portas, correntes de ar
tirada da unidade. Não remova o Dutos de Ar quente ou frias ou luz solar
estrado até que a unidade esteja O duto de retorno (se usado)
na posição final. para a unidade está seguro e Esquemas Elétricos
A localização da unidade é ade- existem pelo menos oito centíme- Checar os esquemas elétricos
quada para as dimensões da tros de duto flexível ou lona; colados na tampa interna do qua-
mesma e de todos os dutos de ar, O duto de insuflamento não de- dro elétrico;
tubulações frigoríficas e elétricas. verá ser instalado com transfor- O fornecimento de energia elétri-
Espaços para acesso e manuten- mações e ou reduções no ta- ca está feito através de chaves
ção ao redor da unidade são ade- seccionadoras ou disjuntores à
quados. unidade de ar condicionado;
Checar o reaperto de todos os
terminais elétricos;
Checar a seqüência de fase e co-
nexão na unidade.

TDX-SVN001B-PB 9
Tubulação Frigorífica
Interligação

Tubulações de refrigerante Tab. 03 - Bitolas das conexões e das tubulações recomendadas por circuito.
A interligação das unidades deverão ser Bitola de Conexão (pol.) Comprimento Equivalente da Tubulação
feitas preferencialmente com tubos de TDXP TDXU <12m 12~18m 18~24m 24~30m 30~36m 36~46m
cobre interligando as unidades. Linha (TR) Líq. Sucç. Líq. Sucç. Líq. Sucç. Líq. Sucç. Líq. Sucç. Líq. Sucç. Líq. Sucç. Líq. Sucç.
5 1/2 7/8 1/2 7/8 1/2 7/8 1/2 7/8 1/2 7/8 1/2 1-1/8 5/8 1-1/8 5/8 1-1/8
As bitolas das conexões das unidades 7,5 5/8 1-1/8 1/2 1-1/8 1/2 7/8 1/2 1-1/8 5/8 1-1/8 5/8 1-1/8 5/8 1-1/8 7/8 1-3/8
evaporadoras TDXP e das unidades 10 5/8 1-3/8 5/8 1-3/8 5/8 1-1/8 5/8 1-1/8 5/8 1-1/8 7/8 1-3/8 7/8 1-3/8 7/8 1-3/8
condensadoras remotas TDXU e as bi- 12,5 5/8 1-3/8 5/8 1-3/8 5/8 1-1/8 7/8 1-3/8 5/8 1-5/8 7/8 1-5/8 7/8 1-5/8 7/8 1-5/8
tolas das tubulações de líquido e sucção 15 5/8 1-5/8 7/8 1-3/8 5/8 1-3/8 7/8 1-3/8 7/8 1-3/8 7/8 1-5/8 7/8 1-5/8 7/8 1-5/8
recomendadas para a interligação de 20 5/8 1-5/8 1 1/8 1-5/8 7/8 1-3/8 7/8 1-5/8 7/8 1-5/8 7/8 1-5/8 7/8 1-5/8 1-1/8 2-1/8
ambas estão indicadas na Tabela 03. Nota: Para comprimentos equivalente maiores que os indicados, favor consultar a Trane ou instalador credenciado.

As tabelas abaixo se referem as reco- Distância máxima (Recomendadas)* As instruções para fixação do bulbo ter-
mendações quanto a especificação das distância entre as unidades : 46 m. mostatico da válvula de expansão são:
tubulações de cobre para a interliga- desnível entre as unidades : 18 m. - Na linha de sucção, o mais próximo possí-
ção entre as unidades (evaporadoras e vel da saída do evaporador;
condensadoras), a espessura informa- (*) – Distância calculada, já considerando - Antes da equalização externa;
da corresponde a mínima recomendada comprimento equivalente de elementos numa parte horizontal da linha;
de conexão. - Com o tubo de cobre perfeitamente limpo;
para atender as pressões de trabalho
- Na posição 12h para tubos menor que
com o refrigerante R410a na sua condi- 7/8” a na posição 4h ou 8h para tubos 7/8”
ção crítica de operação do equipamento. Para distâncias maiores que as reco-
ou maiores;
mendas consultar a Trane.
- Isolar posteriormente com manta térmica.
Linha de líquido Linha de Sucção
Tubo Espessura Tubo Espessura
1/2" 12,7 mm 0,79 mm 7/8" 22,2 mm 1,04 mm
5/8" 15,9 mm 0,79 mm 1.1/8" 28,6 mm 1,17 mm
7/8" 22,2 mm 1,04 mm 1.3/8" 34,9 mm 1,59 mm
1.1/8" 28,6 mm 1,17 mm
1.5/8" 41,3 mm 1,83 mm
2.1/8" 54,0 mm 2,11 mm

Os comprimentos equivalentes indica-


dos já incluem as perdas geradas por
válvulas, curvas, cotovelos, reduções,
etc.

ESQUEMA DE MONTAGEM
FILTRO SECADOR

Módulo Serpentina Diâmetro do Filtro Secador Tipo Solda (pol)


TDXS05/07 1/2"
TDXS10/15 5/8"
TDXS20 7/8"
TDXS25/30 5/8" (quantidade 2)
TDXS40 7/8" (quantidade 2)
TDXS50 5/8" (quantidade 2) e 7/8" (quantidade 1)

10 TDX-SVN001B-PB
Tubulação Frigorífica
Interligação

Tubulações de refrigerante Fig.- 03 - Esquema de montagem UE acima da UC


A interligação das unidades deverão
ser feitas, preferencialmente, com tu- UNIDADE
bos de cobre interligando as unidades. EVAPORADORA

As bitolas das conexões das unida-


- 20 cm
des evaporadoras TDXP e unidades
condensadoras TDXU e as bitolas
das tubulações de líquido e sucção INCLINAÇÃO
recomendadas para a interligação de
ambas estão indicadas nas tabelas
seguintes.
UNIDADE
Os comprimentos equivalentes indi-
CONDENSADORA
cados já incluem as perdas geradas
18 m MÁXIMO

por válvulas, curvas, cotovelos, redu-


ções, etc.

Distância máxima (Recomendadas)*


distância entre as unidades : 46 m.
SUCÇÃO
desnível entre as unidades : 18 m.
(*) – Distância calculada, já considerando com-
LÍQUIDO
primento equivalente de elementos de conexão.

Para distâncias maiores que as reco-


mendas consultar a Trane.
Fig. 04 - Esquema montagem UC acima de UE
Unidade Evaporadora acima da
Unidade Condensadora UNIDADE CONDENSADORA
- Construir um sifão invertido de 20
cm na linha de sucção logo à saída
da unidade evaporadora, após o si-
fão normal de acúmulo de óleo.
- Nos trechos horizontais da linha de
sucção deve ter uma inclinação de INCLINAÇÃO
45 mm a cada 10 m de linha no sen-
tido da unidade condensadora.

Unidade Condensadora acima da


Unidade Evaporadora
- Construir um sifão de 10 cm logo UNIDADE
na subida e mais um sifão a cada EVAPORADORA
7,5 m de linha vertical.
7,5 m MÁXIMO

- Nos trechos horizontais da linha de LÍQUIDO


sucção devem ter uma inclinação de
45 mm a cada 10 m de linha no sen-
SUCÇÃO
tido da unidade condensadora.

TDX-SVN001B-PB 11
Tubulação Frigorífica
Interligação

Unidade Condensadora no mesmo Fig. 05 - Esquema de montagem UE mesmo nível UC


nível da Unidade Evaporadora UNIDADE
- Construir um sifão invertido de 20 cm EVAPORADORA
na linha de sucção logo à saída da uni-
dade evaporadora, após o sifão normal
de acúmulo de óleo.
- Nos trechos horizontais da linha de
sucção devem ter uma inclinação de INCLINAÇÃO UNIDADE
CONDENSADORA
45 mm a cada 10 m de linha no sentido
da unidade condensadora.
SUCÇÃO

Carga Nominal de Refrigerante


As unidades evaporadoras TDXP e LÍQUIDO

condensadoras TDXU saem de fábri-


ca SEM carga de refrigerante. O ins- Tab. 04 Carga nominal de refrigerante R410a e carga de óleo - Unidades
talador DEVE inserir a carga nominal Evaporadoras TDXP + Unidades Condensadoras TDXU.
segundo a tabela 04 e quando neces- Refrigerante 410a (kg) Óleo OIL00068 (L)*
sário complementar, usando as instru- Evaporadora Condensadora C1 C2 C3 C1 C2 C3
ções a seguir. TDXP05 TDXU05 2,03  - - 1,57 - -
A carga nominal de refrigerante R410a TDXP07 TDXU07 1,59 - - 1,57 - -
e de óleo dos equipamentos estão indi-
TDXP10 TDXU10 2,15 - - 2,46 - -
cadas nas tabelas ao lado.
TDXP15 TDXU15 10,01 - - 3,14 - -

Estas cargas não consideram o refrige- TDXP20 TDXU20 8,60 - - 4,92 - -


rante das tubulações que deve ser adi- TDXP25 TDXU10 + TDXU15 4,3 9 - 2,46 3,14  -
cionado. Será necessário fazer a com- TDXP30 TDXU15 + TDXU15 6,37 6,37 - 3,14 3,14 -
plementação da carga de refrigerante, TDXP40 TDXU20 + TDXU20 8,47 8,45 - 4,92 4,92 -
quando a distância entre as unidade
TDXP50 TDXU20 + TDXU15 + TDXU15 8,86 9 9 4,92 3,14 3,14
evaporadora e unidade condensadora
for maior que 7,5 metros. O cálculo se OBSERVAÇÕES:

faz utilizando a tabela Tab. 05. - A carga de óleo informada é fornecida na máquina nova, sendo necessária a adição somente em caso de
tubulação acima de 7,5 m de distância entre unidades.
- Para retrofit, as cargas de refrigerante e gás devem ser inteiramente repostas.
A carga de refrigerante somente estará
correta quando o superaquecimento e Tab. 05 - Carga adicional de refrigerante R410a.
o subresfriamento estiverem na faixa Diâmetro Linha de Sucção Linha de Líquido
de 8° C a 12°C e 5°C a 10°C, respecti­
(kg/m) (kg/m)
vamente.
1/2" 0,004 0,120
Carga Nominal de Óleo 5/8" 0,007 0,187
Em instalações onde o comprimento 3/4" 0,010 0,269
real seja maior de 20 m ,adicionar 0,10 7/8" 0,013 0,366
litros de óleo por cada kg de refrigeran-
1 1/8" 0,022 0,606
te adicionado por causa das tubulações.
Obs.: O óleo utilizado é o Trane 1 3/8" 0,033
OIL00068 (PVE - Sintético). 1 5/8" 0,046
2 1/8" 0,060

12 TDX-SVN001B-PB
Procedimentos de
Manutenção TDXP

Procedimentos de Manutenção Polias e Correias


Estas seções descrevem os proce- O correto alinhamento e operação
dimentos de manutenção que de- das polias deverá ser verificado.
vem ser realizados como parte de
um programa de manutenção nor- 1. Gire manualmente as polias para
mal das unidades. verificar se as mesmas se movi-
mentam livremente;
Filtros de ar 2. Verificar os eixos do motor e do
Os filtros permanentes e laváveis, ventilador .Os mesmos devem estar
fornecidos com os condicionadores, paralelos entre si;
devem ser limpos com solução de 3. Verificar que as polias do ventila-
água fria e detergente neutro. dor e do motor estejam alinhadas.
Os filtros devem ser escovados No caso de polias com diferentes
dentro da solução, enxaguados em larguras ,alinhar a parte central das
água fria e soprados com jato de ar mesmas como mostra a fig. abaixo.
comprimido. 4. Verificar a tensão adequada da cor-
Os filtros descartáveis devem ser reia para dar uma vida útil maior aos
substituídos. rolamentos do motor e do ventilador.

! CUIDADO:
Não coloque a unidade em funciona-
mento sem os filtros de ar.

Fig. 09 - Alinhamento das correias

TDX-SVN001B-PB 13
Procedimentos
de Manutenção TDXP

Voltagem desbalanceada Medição da Tensão da Correia Quando o mesmo apresenta cor


Excessivo desbalanceamento en- Para realizar a medição da tensão amarela indica a presença de umida-
tre as fases de um sistema trifásico das correias é necessário um me- de residual no circuito refrigerante.
causará um sobreaquecimento nos didor de tensão como o mostrado Em operação normal o visor deve
motores e eventuais falhas. O des- na Figura 06. A defliexão correta é apresentar ausência de borbulha-
balanceamento máximo permitido é determinada pelo resultado da di- mento e coloração verde, o que in-
de 2 %. Desbalanceamento de Vol- visão da distância entre polias (em dica que o circuito frigorífico está
tagem pode ser definido como 100 polegadas) por 64 (Figura 07). Caso com a carga correta de refrigerante
vezes o máximo desvio das três vol- não haja o medidor de tensão aci- e está desidratado.
tagens (três fases) subtraída da mé- ma para verificar a tensão da cor-
dia aritmética (sem ter em conta o reia, a mesma deve ser comprimida Serpentina do Condensador
sinal) dividida pela média aritmética. com o polegar e apresentar uma O mesmo deve ser limpo com uma
flecha de aproximadamente 10 mm. escova macia e jato de ar compri-
Exemplo: Se houver necessidade de troca por mido ou água a baixa pressão no
Se as três voltagens medidas em nova, tensione-as e deixe-as fun- contra-fluxo do movimento normal
uma linha são 221 volts, 230 volts e cionando durante várias horas até do ar.
227 volts, a média aritmética deverá adaptarem-se aos canais das po- Movimente a mangueira no sentido
ser : lias, depois tensione-as de novo. vertical e regule a pressão da mes-
( 221 + 230 + 227 ) / 3 = 226 volts ma para que não deforme as aletas.
Visor de Líquido
O percentual de desbalanceamento Quando o mesmo está borbulhan-
é de: do pode indicar um ou mais dos se-
100 x ( 226 - 221 ) / 226 = 2.2 % guintes problemas: ! CUIDADO:
a. Falta de refrigerante; Atentar para não amassar as aletas
O resultado indica que existe um b. Filtro secador obstruído; por ocasião da limpeza, o que poderá
desbalanceamento acima do máxi- c. Válvula de expansão muito aberta; prejudicar a perfeita troca de calor.
mo permitido em 0.2 %. Este des- d. Subresfriamento baixo;
balanceamento entre fases pode e. Presença de incondensáveis.
resultar em um desbalanceamento
de corrente de 20 % tendo como re-
sultado um aumento da temperatura Fig. 11 - Ajuste da tensão da correia
do enrolamento do motor e uma di-
minuição da vida útil do motor.

Fig. 10 - Medidor de tensão da correia

14 TDX-SVN001B-PB
Manutenção
Preventiva Periódica TDXU

Manutenção Preventiva do Conjunto Se as condições de operação e Tenha um técnico qualificado que


Evaporador e Condensador o visor de líquido indicam falta de verifique a regulagem e funciona-
gás, meça o superaquecimento mento de cada controle e inspe-
IMPORTANTE e o subresfriamento do sistema. cione e substitua, se necessário,
Fazer todas as inspeções e serviços Vide o item “Superaquecimento as contatoras ou os controles.
de manutenção nos intervalos reco- Retire os painéis do gabinete e
do Sistema” e “Subresfriamento
mendados. Isto prolongará a vida útil
do Sistema”. elimine focos de ferrugem.
do equipamento e reduzirá a possibili-
dade de falhas do equipamento. Se as condições de funcionamento Troque a isolação térmica e guar-
indicam sobrecarga, retire refrige- nições que apresentem defeitos.
Registre mensalmente as condições rante pela válvula schrader de ser- Retoque as pinturas externas e
de operação para esta unidade. A folha viço da linha de líquido, de forma internas, se necessário.
com os dados de operação pode ser cuidadosa para minimizar perdas Elimine ferrugens.
uma ferramenta valiosa de diagnóstico de óleo. Inspecione os tubos do conden-
para o pessoal de assistência técnica. Inspecione o sistema para detec- sador e limpe se necessário.
Anotando tendências nas condições tar condições anormais. Use a Inspecione o bulbo da válvula de
de operação o operador pode freqüen- folha de leitura para registrar as expansão para limpeza. Limpe se
temente prever e evitar situações pro- condições da unidade. necessário. O bulbo deve ter um
blema antes deles serem sérios. excelente contato com a linha de
Manutenção Trimestral sucção e estar apropriadamente
Manutenção Semanal Faça todos os serviços da manu- isolado.
Uma vez que o equipamento esteja tenção mensal. Medir o isolamento elétrico do
funcionado há aproximadamente 30 Verifique os parafusos de fixação motor do compressor
minutos e o sistema estabilizado, dos mancais e polias, ajuste-os
verifique as condições de operação se necessário.
e siga os procedimentos de verifica- Limpe o condensador com maior IMPORTANTE
ções como segue: freqüência dependendo do local A não realização de manutenção pre-
da instalação. ventiva nos equipamentos poderá
Limpe os filtros de ar da unidade Limpe o evaporador com maior acarretar perda de rendimento e até a
evaporadora permanentes com perda de garantia dos mesmos.
freqüência dependendo do local
maior freqüência dependendo do da instalação.
local da instalação. Verifique e anote as tensões e
correntes de serviço dos motores
Manutenção Mensal dos ventiladores e compressores.
Limpe os filtros de ar permanen- Teste os controles de segurança.
tes. Os filtros descartáveis devem Verifique e anote as temperaturas
ser substituídos. de bulbo seco e bulbo úmido na
Verifique a tensão, alinhamento e entrada e saída do evaporador.
estado das correias dos ventila- Verifique a pressão de sucção e
dores. descarga com o manifold.
Limpe a voluta dos ventiladores. Meça e registre o superaqueci-
Reaperte todos os parafusos dos mento do sistema.
terminais. Meça e registre o subresfriamen-
Limpe a bandeja do evaporador, to do sistema.
a mangueira e o ralo da água Manutenção Anual
condensada. Faça todos os serviços de manu-
Verifique o visor da linha de líqui- tenção mensais e trimestrais re-
do. Teste vazamentos e corrija-os comendados.
se necessário.

TDX-SVN001B-PB 15
Manutenção
Corretiva TDXU

Procedimentos Evacuação
! ATENÇÃO ! - Instalar a válvula reguladora de - A evacuação é necessária para
Nunca ligue o equipamento sem antes pressão no cilindro de nitrogênio; retirar do sistema o vapor de água
eliminar a causa do defeito apresen- - Injetar progressivamente este e gases não condensáveis;
tado. gás no sistema até chegar a uma - Usar uma bomba de alto vácuo
pressão máxima de 200 psig; do tipo rotativo;
Testes de vazamento com nitrogênio - Procurar vazamentos em todas - Instalar o jogo de manometros
O teste de vazamento deverá ser exe- as soldas e conexões e flanges -manifold;
cutado após efetuar a instalação das do circuito com espuma de sabão - Recomenda-se um tempo mínimo
tubulações de interligação das unidades
que forma bolhas no local do de- de vácuo de uma hora para efetu-
divididas , sempre que o visor de líqui-
do apresentar borbulhamento ou após o
feito; ar a primeira leitura. A evacuação
aparelho sofrer reparos no circuito frigo- - O teste com R410a é feito injetan- só estará concluída se o vácuo fi-
rífico. do uma pressão de 80 psig antes nal ficar entre 250 e 500 microns.
Use refrigerante como um elemento de de colocar a pressão de nitroge- Como teste de liberação o regis-
teste para a detecção de vazamentos e nio.Procurar o vazamento com tro da bomba deve ser fechado
nitrogênio seco para atingir a pressão detetor eletrônico ou lâmpada de durante 5 minutos e o vácuo não
de teste. halogênio; deve aumentar mais de 100 mi-
- Caso detecte algum vazamento crons.
! ATENÇÃO ! libere a pressão, faça o reparo e
Use sempre válvula reguladora de
pressão no cilindro de nitrogênio faça novo teste para ter certeza
seco para testar vazamento, a não de que o vazamento foi eliminado.
utilização desta poderá causar conse-
quências severas, devido a explosão.
! ATENÇÃO ! IMPORTANTE
Em hipótese alguma use oxigênio ou Uma perfeita evacuação deve ser
acetileno em lugar de nitrogênio seco acompanhada através de equipamen-
para testar vazamento, o uso indevido tos apropriados, e nunca medida por
destes gases poderá causar tempo de evacuação, e sim por pres-
consenquências severas, devido a ex- são negativa: 250 a 500 microns.
plosões, pelas reações químicas ou
outro tipo de reação.
Diagnóstico de falhas elétricas
Ficará mais fácil descobrir a causa do
- Instalar manômetro em uma das mau funcionamento do sistema, iden-
válvulas Schrader localizada tificando qual é o controle que abriu o
nas linhas de refrigerante para circuito.
verificar se o circuito permane- Confirme verificando a falta de continui-
ce pressurizado. Se não estiver dade através do controle indicado.
pressurizado, houve vazamento Assegure-se de que o controle em
durante o transporte e necessita questão está corretamente ajustado e
funcionando adequadamente.
ser localizado e reparado antes
de prosseguir a instalação.

16 TDX-SVN001B-PB
Manutenção Preventiva
Periódica TDXP

Manutenção Preventiva do Conjunto Limpe a evoluta dos ventiladores. Verifique e anote as temperaturas
Evaporador e Condensador Reaperte todos os parafusos dos de bulbo seco e bulbo úmido na
terminais. entrada e saída do evaporador.
IMPORTANTE Limpe a bandeja do evaporador, Verifique a pressão de sucção e
a mangueira e o ralo da água descarga com o manifold.
Fazer todas as inspeções e serviços
condensada. Meça e registre o superaqueci-
de manutenção nos intervalos reco-
mendados. Isto prolongará a vida útil Verifique o visor da linha de líqui- mento do sistema.
do equipamento e reduzirá a possibili- do. Teste vazamentos e corrija-os Meça e registre o subresfriamen-
dade de falhas do equipamento. se necessário. to do sistema.
Se as condições de operação e
o visor de líquido indicam falta de Manutenção Anual
Registre mensalmente as condições gás, meça o superaquecimento e Faça todos os serviços de manu-
de operação para esta unidade. A o subresfriamento do sistema. tenção mensais e trimestrais re-
folha com os dados de operação Se as condições de funciona- comendados.
pode ser uma ferramenta valiosa mento indicam sobrecarga, deva- Tenha um técnico qualificado que
de diagnóstico para o pessoal de gar (para minimizar as perdas de verifique a regulagem e funciona-
assistência técnica. Anotando ten- óleo) retire refrigerante pela vál- mento de cada controle e inspe-
dências nas condições de operação vula schrader de serviço da linha cione e substitua, se necessário,
o operador pode freqüentemente de líquido. as contatoras ou os controles.
prever e evitar situações problemas Inspecione o sistema para detec- Retire os painéis do gabinete e
antes deles serem sérios. tar condições anormais. Use a elimine focos de ferrugem.
Se a unidade não funciona propria- folha de leitura para registrar as Troque a isolação térmica e guar-
mente vide seção de análise de irre- condições da unidade. Uma folha nições que apresentem defeitos.
gularidades, no final deste manual. de leitura completa é uma ferra- Retoque as pinturas externas e
menta valiosa para o pessoal de internas, se necessário.
Manutenção Semanal assistência técnica. Elimine ferrugens.
Uma vez que o equipamento está Inspecione os tubos do conden-
funcionado há aproximadamente 30 Manutenção Trimestral sador e limpe se necessário.
minutos e o sistema está estabiliza- Faça todos os serviços da manu- Inspecione o bulbo da válvula de
do, verifique as condições de ope- tenção mensal. expansão para limpeza. Limpe se
ração e siga os procedimentos de Verifique os parafusos de fixação necessário. O bulbo deve ter um
verificações como segue: dos mancais e polias, ajuste-os excelente contato com a linha de
se necessário. sucção e estar apropriadamente
Limpe os filtros de ar permanen- Limpe o condensador com maior isolado.
tes com maior freqüência depen- freqüência dependendo do local Medir o isolamento elétrico do
dendo do local da instalação. da instalação. motor do compressor
Limpe o evaporador com maior
Manutenção Mensal freqüência dependendo do local IMPORTANTE
Limpe os filtros de ar permanen- da instalação.
tes. Os filtros descartáveis devem Verifique e anote as tensões e A não realização de manutenção pre-
ser substituídos. correntes de serviço dos motores ventiva nos equipamentos poderá
Verifique a tensão, alinhamento e dos ventiladores e compressores. acarretar perda de rendimento dos
estado das correias dos ventila- mesmos, e até a perda de garantia dos
Teste os controles de segurança.
dores. equipamentos.

TDX-SVN001B-PB 17
Características Elétricas
e de Operação TDXU

Dados elétricos TDXU05

Modelo Motor Cons. Total (kW) Tensão Corrente Total (A)


Compressor
Compressor Condensador (V)
Nom. Máx. CNO CMO Partida

HLH061T2LC6
220 21,30 31,40 174,60
(220V-3F-60HZ)
1 x 5 TR 1 x 0.33 CV 5,98 7,77
HLH061T9LC6
380 13,65 20,85 99,10
(380V-3F-60HZ)

Dados elétricos TDXU07

Modelo Motor Cons. Total (kW) Tensão Corrente Total (A)


Compressor
Compressor Condensador (V)
Nom. Máx. CNO CMO Partida

HLJ083T2LC6
220 28,00 41,50 204,25
(220V-3F-60HZ)
1 x 7,5 TR 1 x 0.75 CV 9,01 11,38
HLJ083T9LC6
380 15,55 23,84 118,22
(380V-3F-60HZ)

Dados elétricos TDXU10

Modelo Motor Cons. Total (kW) Tensão Corrente Total (A)


Compressor
Compressor Condensador (V)
Nom. Máx. CNO CMO Partida

DCJ106T2LC6
220 30,80 47,50 264,25
(220V-3F-60HZ)
1 x 10 TR 1 x 0.75 CV 10,40 13,06
DCJ106T9LC6
380 20,45 31,44 163,22
(380V-3F-60HZ)

Dados elétricos TDXU15


Modelo Motor Cons. Total (kW) Tensão Corrente Total (A)
Compressor
Compressor Condensador Nom. Máx. (V) CNO CMO Partida

HLJ083T2LQ6
220 55,30 81,30 392,50
(220V-3F-60HZ)
2 x 7,5 TR 1 x 1 CV 17,89 22,41
HLJ083T9LQ6
380 30,70 46,70 227,20
(380V-3F-60HZ)

Dados elétricos TDXU20

Modelo Motor Cons. Total (kW) Tensão Corrente Total (A)


Compressor
Compressor Condensador Nom. Máx. (V) CNO CMO Partida

DCJ106T2LC8
220 60,90 93,30 512,50
(220V-3F-60HZ)
2 x 10 TR 1 x 1 CV 20,67 25,77
DCJ106T9LC8
380 40,50 61,90 317,20
(380V-3F-60HZ)

18 TDX-SVN001B-PB
Características Elétricas
e de Operação TDXU

Tab. 09 - Condições normais de operação

1. Pressão de Alta 329 a 548 psig

2. Pressão de Baixa 124 a 134 psig

3. Superaquecimento 5.5°C ~ 11°C

4. Subresfriamento 5°C ~ 10°C

5. Visor de líquido Fluxo de refrigerante sem indícios de gás

6. Tensão (V) Não deverá exceder +/- 10% da tensão (voltagem) da placa

7. Corrente (A) Não deve ultrapassar a corrente de placa

Tab. 10 - Ajuste dos controles

Controle Desarme Rearme Observações

Pressostato de Alta 625 +/- 17 psig 465 +/- 30 psig Condensação a ar

Pressostato de Baixa 50 +/- 7 psig 45 +/- 7 psig Para ambos

Termostato dos enrolamentos do motor 105°C 82°C Para ambos

Notas:
(1) A medida do subresfriamento deve ser feita com os dados do saturado líquido.
(2) A medida do superaquecimento deve ser feita com os dados do saturado vapor.

! ATENÇÃO !
Nunca eliminar com “jumper” os dispo-
sitivos de segurança e proteção, para
evitar danos aos compressores e mo-
tores e preservar integridade física dos
operadores e pessoal da manutenção.

TDX-SVN001B-PB 19
Características
Elétricas TDXP

Dados elétricos TDXP05


Cons. Total (kW) Corrente Total (A)
Motor Tensão
Opção RPM
Evaporadora (V)
Nom. Máx. CNO CMO Partida

220 3,26 3,75 23,15


Standard 1,0 HP 1740 0,75 0,86
380 1,89 2,17 13,40

220 4,72 5,43 31,17


High 1,5 HP 1740 1,10 1,27
380 2,73 3,14 18,05

Dados elétricos TDXP07


Cons. Total (kW) Corrente Total (A)
Motor Tensão
Opção RPM
Evaporadora (V)
Nom. Máx. CNO CMO Partida

220 3,26 3,75 23,15


Standard 1,0 HP 1740 0,75 0,86
380 1,89 2,17 13,40

220 5,79 6,65 39,92


High 2,0 HP 1740 1,50 1,73
380 3,35 3,85 23,11

Dados elétricos TDXP10


Cons. Total (kW) Corrente Total (A)
Motor Tensão
Opção RPM
Evaporadora (V)
Nom. Máx. CNO CMO Partida

220 4,72 5,43 31,17


Standard 1,5 HP 1740 1,10 1,27
380 2,73 3,14 18,05

220 8,50 9,80 67,10


High 3,0 HP 1730 2,20 2,53
380 4,90 5,70 38,90

Dados elétricos TDXP15/TDXP20


Cons. Total (kW) Corrente Total (A)
Motor Tensão
Opção RPM
Evaporadora (V)
Nom. Máx. CNO CMO Partida

220 8,50 9,80 67,10


Standard 3,0 HP 1730 2,20 2,53
380 4,90 5,70 38,90

220 14,10 16,20 112,80


High 5,0 HP 1735 3,70 4,26
380 8,20 9,40 65,50

Dados elétricos TDXP25


Cons. Total (kW) Corrente Total (A)
Motor Tensão
Opção RPM
Evaporadora (V)
Nom. Máx. CNO CMO Partida

220 16,47 18,95 102,14


Standard 6,0 HP 1740 4,50 5,18
380 9,54 10,97 59,13

220 20,20 23,20 127,30


High 7,5 HP 1740 5,50 6,33
380 11,70 13,50 73,70

20 TDX-SVN001B-PB
Características
Elétricas TDXP

Dados elétricos TDXP30


Cons. Total (kW) Corrente Total (A)
Motor Tensão
Opção RPM
Evaporadora (V)
Nom. Máx. CNO CMO Partida

220 14,10 16,20 112,80


Standard 5,0 HP 1735 3,70 4,26
380 8,20 9,40 65,50

5,50 220 20,20 23,20 127,30


High 7,5 HP 1740 6,33
380 11,70 13,50 73,70

Dados elétricos TDXP40


Cons. Total (kW) Corrente Total (A)
Motor Tensão
Opção RPM
Evaporadora (V)
Nom. Máx. CNO CMO Partida

5,50 220 20,20 23,20 127,30


Standard 7,5 HP 1740 6,33
380 11,70 13,50 73,70

220 25,75 29,61 203,42


High 10 HP 1760 7,50 8,63
380 14,91 17,14 117,77

Dados elétricos TDXP50


Cons. Total (kW) Corrente Total (A)
Motor Tensão
Opção RPM
Evaporadora (V)
Nom. Máx. CNO CMO Partida

220 25,75 29,61 203,42


Standard 10 HP 1760 7,50 8,63
380 14,91 17,14 117,77

220 37,04 42,59 303,69


High 15 HP 1760 11,00 12,65
380 21,44 24,66 175,82

CNO - Corrente Nominal de Operação


CMO - Corrente Máxima de Operação

TDX-SVN001B-PB 21
Esquemas Elétricos TDXU

Fig. 12 - Diagrama Elétrico - TDXU05

22 TDX-SVN001B-PB
Esquema Elétrico TDXU

Fig. 13 - Diagrama Elétrico - TDXU07/10

TDX-SVN001B-PB 23
Esquemas Elétricos TDXU

Fig. 14 - Diagrama Elétrico - TDXU15/20

24 TDX-SVN001B-PB
Esquema Elétrico TDXU

Diagrama Elétrico - Interligação de Unidades Condensadoras” TDXU + TDXP


LIGAÇÃO TDXU 05 + TDXP 05 / TDXU 07 + TDXP 07 LIGAÇÃO 2 x TDXU 15 + TDXP 30
TDXU 10 + TDXP 10 / TDXU 15 + TDXP 15 TDXU 15 + TDXU 10 + TDXP 25
TDXU 20 + TDXP 20

TERMOSTATO TERMOSTATO

1 2 3 5 6 1 2 3 5 6

1 2 3 5 6 6 1 2 3 5 7 1 6 7 5
EXCETO TDXU 10

BORNE DE COMANDO (BC) BORNE DE COMANDO (BC) BORNE DE COMANDO (BC)

QUADRO ELÉTRICO TDXU QUADRO ELÉTRICO TDXU 1ª UNIDADE QUADRO ELÉTRICO


TDXU 2ª UNIDADE
RS1 2T1 4T2 6T3 RS1 2T1 4T2 6T3

R S T R S T
MOTOR (MÓDULO VENTILADOR) MOTOR (MÓDULO VENTILADOR)

LIGAÇÃO FEITA PELO CLIENTE (INSTALADOR) LIGAÇÃO FEITA PELO CLIENTE (INSTALADOR)

LIGAÇÃO 2 x TDXU 20 + TDXP 40

QUADRO ELÉTRICO TDXV


MÓDULO VENTILADOR

BORNE DE COMANDO (BC) TERMOSTATO

1 2 3 3 6 5 2 1

1 6 5 7 7 5 2 1 6

BORNE DE COMANDO (BC) BORNE DE COMANDO (BC)

QUADRO ELÉTRICO TDXU QUADRO ELÉTRICO TDXU

LIGAÇÃO FEITA PELO CLIENTE (INSTALADOR)

LIGAÇÃO 2 x TDXU 15 + TDXU 20 + TDXP 50

QUADRO ELÉTRICO TDXV


MÓDULO VENTILADOR

BORNE DE COMANDO (BC) TERMOSTATO

1 2 3 3 6 5 2 1

1 6 5 7 1 5 6 10 3 7 5 2 1 6

BORNE DE COMANDO (BC) BORNE DE COMANDO (BC) BORNE DE COMANDO (BC)

QUADRO ELÉTRICO TDXU QUADRO ELÉTRICO TDXU QUADRO ELÉTRICO TDXU

LIGAÇÃO FEITA PELO CLIENTE (INSTALADOR)

TDX-SVN001B-PB 25
Layout de Quadros
Elétricos TDXU

Layout de Quadro Elétrico – TDXU05

26 TDX-SVN001B-PB
Layout de Quadros
Elétricos TDXU

Layout de Quadro Elétrico – TDXU07/10

TDX-SVN001B-PB 27
Layout de Quadros
Elétricos TDXU

Layout de Quadro Elétrico – TDXU15/20

Notas:
A) LOCAL INDICADO PARA INSTALAÇÃO DE CONTATOR E RELÉ DE SOBRECARGA OFERECIDO COM A UNIDADE EVAPORADORA (TAG’S: C1 E RS1);
B) LOCAL INDICADO PARA INSTALAÇÃO DE BORNE FUSÍVEL PARA OPCIONAL AQUECIMENTO DE CÁRTER (TAG’S: FC3 E FC4);
C) LOCAL INDICADO PARA INSTALAÇÃO PARA OPCIONAL DE SUPERVISOR DE TENSÃO TRIFÁSICA (TAG:STT).

28 TDX-SVN001B-PB
Layout de Quadro
Elétrico TDXP40/50

TDX-SVN001B-PB 29
Esquema Elétrico
TDXP05 a TDXP30

Fig. 13 - Esquema Elétrico de Partida

30 TDX-SVN001B-PB
Esquema Elétrico
TDXP40 e TDXP50

TDX-SVN001B-PB 31
Dados
Dimensionais

Dimensional Unidades Condensadoras TDXU05 (dimensões em mm)

32 TDX-SVN001B-PB
Dados
Dimensionais

Dimensional Unidades Condensadoras TDXU07 (dimensões em mm)

TDX-SVN001B-PB 33
Dados
Dimensionais

Dimensional Unidades Condensadoras TDXU10 (dimensões em mm)

34 TDX-SVN001B-PB
Dados
Dimensionais

Dimensional Unidades Condensadoras TDXU15 (dimensões em mm)

TDX-SVN001B-PB 35
Dados
Dimensionais

Dimensional Unidades Condensadoras TDXU20 (dimensões em mm)

36 TDX-SVN001B-PB
Dados TDXP05
Dimensionais TDXP07
TDXP10

Módulo Serpentina (dimensões em mm)


A FILTRO G4

A FILTRO G4

LINHA DE LÍQUIDO Ø1/2"


DIREITA E ESQUERDA

LINHA DE SUCÇÃO Ø7/8"


DIREITA E ESQUERDA
LINHA DE LÍQUIDO Ø1/2"
DIREITA E ESQUERDA

LINHA DE SUCÇÃO Ø7/8"


DIREITA E ESQUERDA

153 B 34
DRENO Ø3/4" BSP
DIREITA VISTA FRONTAL
335
153 B 34
DRENO Ø3/4" BSP
VISTA LATERAL DIREITA
DIREITA VISTA FRONTAL
335

32
Módulo Ventilador (dimensões em mm)
VISTA LATERAL DIREITA

32

Ø27

Ø27

VISTA LATERAL ESQUERDA F G 203

H
VISTA LATERAL ESQUERDA F G 203
VISTA TRASEIRA
H
Lorem ipsum

VISTA TRASEIRA

TDXS5
MÓDULOS SERPENTINA E VENTILADOR - 05TR, 7,5TR E 10TR (dimensões em mm) Lorem ipsum

A B C D E F G H
670
TDXS5
5 GABINETE 860HORIZONTAL
670 296 289 139 326 860

DESCARGA
7,5 670 1120HORIZONTAL
670
GABINETE HORIZONTAL
244 341 250 326 1120
10 844 1392 844 331 402 390 326 1392
DESCARGA HORIZONTAL
TDX-SVN001B-PB 37
Dados TDXP15
Dimensionais TDXP20

Módulo Serpentina (dimensões em mm)


A

F
A

Módulo Ventilador (dimensões em mm)


E
C

H I J K
B

MÓDULOS SERPENTINA E VENTILADOR - 15TR E 20TR (dimensões em mm)

A B C D E F G H I J K
15 875 1700 875 353 341 5/8" 1 3/8" 163 386 255 386

20 875 1950 875 325 402 7/8" 1 5/8" 168 473 381 473

38 TDX-SVN001B-PB
Dados TDXP25
Dimensionais TDXP30
TDXP40

Módulo Serpentina (dimensões em mm)

A B C D E F G H I J K
25 5/8" 1 3/8" 5/8" 1 3/8" 424 402 354 479 375 479 2250
30 5/8" 1 3/8" 5/8" 1 3/8" 598 402 243 473 381 473 2250
40 7/8" 1 5/8" 7/8" 1 5/8" 520 480 464 562 451 562 2760

TDX-SVN001B-PB 39
Dados
Dimensionais TDXP50

40 TDX-SVN001B-PB
670 FILTRO G4

Dados
Ø27

Dimensionais - Montagens
ESQUERDA 139 326 1120 203 35
DRENO Ø3/4" BSP
DIREITA VISTA FRONTAL
860

LATERAL DIREITA VISTA TRASEIRA


TDXP05 - Montagem Horizontal (dimensões em mm)
FILTRO G4 1340 32

4 FILTRO G4
670
S5
ORIZONTAL
ORIZONTAL Ø27

860 34
VISTA FRONTAL 1392 34
DRENO Ø3/4" BSP
DIREITA 250 VISTA 326
FRONTAL 203
ERAL ESQUERDA

ERAL DIREITA
1120(dimensões em mm)
TDXP07 - Montagem Horizontal
VISTA TRASEIRA
FILTRO G4 1340 32

844

XS 7.5
HORIZONTAL
HORIZONTAL
Ø27

Ø27

139 326 1120 203 35


P
VISTA FRONTAL
390 326 326
AL ESQUERDA
860
1392
VISTA TRASEIRA

TDXP10 - Montagem Horizontal (dimensões em mm)


VISTA TRASEIRA

FILTRO G4 1340 32
1688 32

10

RIZONTAL Ø27

ORIZONTAL
1392 34

VISTA FRONTAL

250 326 203


TDX-SVN001B-PB 41
1120
Dados
Dimensionais - Montagens

TDXP15 - Montagem Horizontal (dimensões em mm)


1751

1751 32

32

875
875

1700 35

1700 35

TDXP20 - Montagem Horizontal (dimensões em mm)


1751

1751 1751

32

32
875
875
875

1950 15
15

1700 35

TDXP25 - Montagem Horizontal (dimensões em mm)

42 TDX-SVN001B-PB
TDXP30 - Montagem Horizontal (dimensões em mm)
1751

1751 32

32

875
875

1700 35

1700 35

TDXP40 - Montagem Horizontal (dimensões em mm)

TDXP50 - Montagem Horizontal (dimensões em mm)

TDX-SVN001B-PB 43
Dados
Dimensionais - Montagens

TDXP05 - Montagem Vertical (dimensões em mm)


32 670

860 34

TDXP07 - Montagem Vertical (dimensões em mm)

TDXS5
GABINETE VERTICAL

1120 35

TDXP10 - Montagem Vertical (dimensões em mm)

TDXS 7.5
GABINETE VERTICAL

1392 34

44 TDX-SVN001B-PB
Dados
Dimensionais - Montagens

TDXP15 - Montagem Vertical (dimensões em mm)

TDXP20 - Montagem Vertical (dimensões em mm)

TDX-SVN001B-PB 45
Dados
Dimensionais - Montagens

TDXP25 - Montagem Vertical (dimensões em mm)

TDXP30 - Montagem Vertical (dimensões em mm)

46 TDX-SVN001B-PB
Dados
Dimensionais - Montagens

TDXP40 - Montagem Vertical (dimensões em mm)

TDXP50 - Montagem Vertical (dimensões em mm)

TDX-SVN001B-PB 47
Considerações de
Aplicação TDXU

Espaços para Manutenção e Circulação de Ar (dimensões em mm)

48 TDX-SVN001B-PB
Considerações de
Aplicação TDXP

Fig. 28 - Espaços sugeridos para manutenção e circulação de ar para os módulos


serpentina e ventilador. (Gabinete Vertical – dimensões em mm)

Descarga Livre

Descarga Livre
Descarga
Livre

1200 1200 800 800

Fig. 29 - Espaços sugeridos para manutenção e circulação de ar para os módulos


serpentina e ventilador. (Gabinete Horizontal – dimensões em mm)

Descarga Livre

Descarga
1200 Livre

800 800

TDX-SVN001B-PB 49
Tabela para
Conversão

De Para Fator de De: Para Fator de Conversão


Comprimento metros (m) Conversão Energia, Força e Capacidade
Pés (ft) milímetros (mm) 0,30481 Unidades Térmicas Inglesas (BTU) Kilowatt (kW) 0,000293
Polegadas (in) 25,4 Unidades Térmicas Inglesas (BTU) Kilocaloria (kcal) 0,252
Toneladas de Refrigeração (TR) Kilowatt (kW) 3,516
Área Toneladas de Refrigeração (TR) Kilocaloria por hora (kcal/h) 3024
0,93
Pés Quadrados (ft2) metros quadrados (m ) 2
Cavalo Força (HP) Kilowatt (kW) 0,7457
645,2
Polegadas Quadradas (in2) milímetros quadrados (mm ) 2

Pressão
Volume Pés de Água (ft.H2O) Pascal (Pa) 2990
Pés Cúbicos (ft ) metros cúbicos (m ) 3 0,0283 Polegadas de Água (in.H2O) Pascal (Pa) 249
Polegadas Cúbicas (in ) mm cúbicos (mm ) 3 16387 Libras de polegadas quadradas (psi) Pascal (Pa) 6895
Galões (gal) Galões (gal) litros (L) 3,785 Psi Bar ou kg/cm 2
6,895 x 10-2
metros cúbicos (m ) 3 0,003785
Vazão Peso
Pés cúbicos / min (cfm) metros cúbicos / segundo (m3/h) 0,000472 Ounces (oz) Kilograms (Kg) 0,02835
Pés cúbicos / min (cfm) metros cúbicos / hora (m /h) 3
1,69884 Libras (lbs) Kilograms (Kg) 0,4536
Galões / min (GPM) metros cúbicos / hora (m /h) 3
0,2271
Galões / min (GPM) litros / segundo (L/s) Velocidade
0,06308
Pés por minuto (ft/min) metros por segundo (m/s) 0,00508
Pés por segundo (ft/s) metros por segundo (m/s) 0,3048

T emperatura Temperatura Temperatura Temperatura Temperatura


°C C ou F °F °C C ou F °F °C C ou F °F °C C ou F °F °C C ou F °F
-40,0 -40 -40 -15,0 5 41 10,0 50 122 35,0 95 203 60,0 140 284
-39,4 -39 -38,2 -14,4 6 42,8 10,6 51 123,8 35,6 96 204,8 60,6 141 285,8
-38,9 -38 -36,4 -13,9 7 44,6 11,1 52 125,6 36,1 97 206,6 61,1 142 287,6
-38,3 -37 -34,6 -13,3 8 46,4 11,7 53 127,4 36,7 98 208,4 61,7 143 289,4
-37,8 -36 -32,8 -12,8 9 48,2 12,2 54 129,2 37,2 99 210,2 62,2 144 291,2
-37,2 -35 -31 -12,2 10 50 12,8 55 131 37,8 100 212 62,8 145 293
-36,7 -34 -29,2 -11,7 11 51,8 13,3 56 132,8 38,3 101 213,8 63,3 146 294,8
-36,1 -33 -27,4 -11,1 12 53,6 13,9 57 134,6 38,9 102 215,6 63,9 147 296,6
-35,6 -32 -25,6 -10,6 13 55,4 14,4 58 136,4 39,4 103 217,4 64,4 148 298,4
-35,0 -31 -23,8 -10,0 14 57,2 15,0 59 138,2 40,0 104 219,2 65,0 149 300,2
-34,4 -30 -22 -9,4 15 59 15,6 60 140 40,6 105 221 65,6 150 302
-33,9 -29 -20,2 -8,9 16 60,8 16,1 61 141,8 41,1 106 222,8 66,1 151 303,8
-33,3 -28 -18,4 -8,3 17 62,6 16,7 62 143,6 41,7 107 224,6 66,7 152 305,6
-32,8 -27 -16,6 -7,8 18 64,4 17,2 63 145,4 42,2 108 226,4 67,2 153 307,4
-32,2 -26 -14,8 -7,2 19 66,2 17,8 64 147,2 42,8 109 228,2 67,8 154 309,2
-31,7 -25 -13 -6,7 20 68 18,3 65 149 43,3 110 230 68,3 155 311
-31,1 -24 -11,2 -6,1 21 69,8 18,9 66 150,8 43,9 111 231,8 68,9 156 312,8
-30,6 -23 -9,4 -5,6 22 71,6 19,4 67 152,6 44,4 112 233,6 69,4 157 314,6
-30,0 -22 -7,6 -5,0 23 73,4 20,0 68 154,4 45,0 113 235,4 70,0 158 316,4
-29,4 -21 -5,8 -4,4 24 75,2 20,6 69 156,2 45,6 114 237,2 70,6 159 318,2
-28,9 -20 -4 -3,9 25 77 21,1 70 158 46,1 115 239 71,1 160 320
-28,3 -19 -2,2 -3,3 26 78,8 21,7 71 159,8 46,7 116 240,8 71,7 161 321,8
-27,8 -18 -0,4 -2,8 27 80,6 22,2 72 161,6 47,2 117 242,6 72,2 162 323,6
-27,2 -17 1,4 -2,2 28 82,4 22,8 73 163,4 47,8 118 244,4 72,8 163 325,4
-26,7 -16 3,2 -1,7 29 84,2 23,3 74 165,2 48,3 119 246,2 73,3 164 327,2
-26,1 -15 5 -1,1 30 86 23,9 75 167 48,9 120 248 73,9 165 329
-25,6 -14 6,8 -0,6 31 87,8 24,4 76 168,8 49,4 121 249,8 74,4 166 330,8
-25,0 -13 8,6 0,0 32 89,6 25,0 77 170,6 50,0 122 251,6 75,0 167 332,6
-24,4 -12 10,4 0,6 33 91,4 25,6 78 172,4 50,6 123 253,4 75,6 168 334,4
-23,9 -11 12,2 1,1 34 93,2 26,1 79 174,2 51,1 124 255,2 76,1 169 336,2
-23,3 -10 14 1,7 35 95 26,7 80 176 51,7 125 257 76,7 170 338
-22,8 -9 15,8 2,2 36 96,8 27,2 81 177,8 52,2 126 258,8 77,2 171 339,8
-22,2 -8 17,6 2,8 37 98,6 27,8 82 179,6 52,8 127 260,6 77,8 172 341,6
-21,7 -7 19,4 3,3 38 100,4 28,3 83 181,4 53,3 128 262,4 78,3 173 343,4
-21,1 -6 21,2 3,9 39 102,2 28,9 84 183,2 53,9 129 264,2 78,9 174 345,2
-20,6 -5 23 4,4 40 104 29,4 85 185 54,4 130 266 79,4 175 347
-20,0 -4 24,8 5,0 41 105,8 30,0 86 186,8 55,0 131 267,8 80,0 176 348,8
-19,4 -3 26,6 5,6 42 107,6 30,6 87 188,6 55,6 132 269,6 80,6 177 350,6
-18,9 -2 28,4 6,1 43 109,4 31,1 88 190,4 56,1 133 271,4 81,1 178 352,4
-18,3 -1 30,2 6,7 44 111,2 31,7 89 192,2 56,7 134 273,2 81,7 179 354,2
-17,8 0 32 7,2 45 113 32,2 90 194 57,2 135 275 82,2 180 356
-17,2 1 33,8 7,8 46 114,8 32,8 91 195,8 57,8 136 276,8 82,8 181 357,8
-16,7 2 35,6 8,3 47 116,6 33,3 92 197,6 58,3 137 278,6 83,3 182 359,6
-16,1 3 37,4 8,9 48 118,4 33,9 93 199,4 58,9 138 280,4 83,9 183 361,4
-15,6 4 39,2 9,4 49 120,2 34,4 94 201,2 59,4 139 282,2 84,4 184 363,2

50 TDX-SVN001B-PB
A Trane otimiza o desempenho de residências e edifícios no mundo inteiro. Um negócio da Ingersoll Rand, líder na criação de ambien-
tes sustentavelmente seguros, confortáveis e energeticamente eficientes, a Trane oferece um amplo portfólio de controles e sistemas
HVAC avançados, serviços inerentes nos edifícios e peças. Para mais informações, visite www.trane.com.br

A Trane tem uma política de melhoria contínua de produtos e dados de produtos e se reserva o direito de alterar projetos e especificações sem prévio aviso.

© 2019 Trane
Todos os direitos reservados Estamos comprometidos com práticas de
TDX-SVN001B-PB Setembro 2019 impressão ecologicamente corretas que
Substitui TDX-SVN001A-PB Junho 2019 reduzem o desperdício.