Você está na página 1de 4

1

CLARETIANO – CENTRO UNIVERSITÁRIO

ALUNO: LISMARA DE OLIVEIRA – RA: 8051318


CURSO: ARTES VISUAIS - LICENCIATURA

PROJETO SOCIAL
MULTIPLICADORES ARTÍSTICOS

DISCIPLINA: ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

PROFESSORA: KELLY DOS REIS CANAVEZ

BATATAIS
2020
2

1 Multiplicadores artísticos

Formar educadores a partir da sensibilização pela arte, que se tornem


multiplicadores dessas técnicas artísticas.

2 Introdução

O projeto de formação artística para estudantes de Magistério será desenvolvido


em escolas do ensino médio que ofereçam o curso de Magistério e abrangerá
jovens de 14 a 16 anos previamente inscritas no local.

3 Objetivos Gerais (e específicos)

- proporcionar novas técnicas para enriquecer a práxis;


- oportunizar a troca de experiências ;
- desenvolver habilidades criativas;
- criar pontos de cultura;
- formação artística;
- formação política;
- formação literária;
- criar polos de cultura.
4 Metas

Oportunizar para estudantes de magistério uma experiência transformadora do


seu cotidiano escolar. Fazer com que quando esses novos profissionais cheguem
na escola, o objetivo seja transformar vidas. Por meio da arte desenvolver o
vínculo tão necessário para o envolvimento dos estudantes. A meta mais
importante é criar esse espírito empreendedor de transformação da sociedade
por meio da arte.

5 Justificativa

Com a crescente necessidade de atualização, em consequência da novas


tecnologias e novos modelos de aprendizagem, faz-se necessário o profissional
da educação ter uma formação de qualidade, atualizada e procurar novas formas
de envolver o aluno nas práticas escolares. Por meio de conhecimento cultural,
articula-se o pensamento e isso influencia diretamente no discurso ativo. No
cotidiano não encontra-se tempo para a apreciação e o fazer artístico. Diante
disso, faz-se necessário a criação de novos agentes culturais, que espalhem esse
conhecimento pelas escolas, transformando o espaço escolar. Para isso é preciso
formação de novos profissionais, comprometidos com a cultura e interessados
3

em se atualizar, entrar em contato com novos saberes, comprometendo-se com


a transformação social por meio da arte.
6 Metodologia

Promover um encontro semanal com os estudantes de magistério, inscritos


previamente. A partir desses encontros, desenvolver oficinas criativas que
envolvam todas as áreas artísticas: artes visuais, dança, teatro, música e ainda
pode-se incluir novas tecnologias, para integrar ainda mais esses
multiplicadores com a escola que se apresenta depois da pandemia. As oficinas
serão de 2 horas, com ênfase no fazer artístico, nas novas experiências para que
elas sejam replicadas de maneira simples e orgânica nas futuras escolas.
As oficinas serão divididas por área, cada semana uma área será contemplada.
1- Teatro: as oficinas começarão pelo teatro, pois abrange várias fazeres
artísticos de maneira lúdica.
2- Música: será apresentada a música corporal, pois não depende de
instrumentos e é uma técnica muito acolhedora e criativa.
3- Dança: a partir de pesquisa de dança-teatro, será elaborada uma técnica
desenvolvida pelos próprios participantes, dando ênfase ao conhecimento do
próprio corpo
4- Artes Visuais: a seleção de artistas trabalhados, deverá ter como critério a
contribuição artística desenvolvida pelo autor, artistas que se identifiquem com
a cultura popular terão preferência e todos os materiais usados, serão
alternativos
5 – Novas tecnologias: celular, computador, câmeras, gravadores digitais, a
partir desses aparelhos tão presentes no cotidiano, serão feitas experiências
com o registro das atividades desenvolvidas nas outras áreas pelos
participantes.
A partir da 5ª oficina, retoma-se a primeira e assim sucessivamente até um mês
antes do término, onde será feito um projeto final que envolva todas as áreas.
Esse projeto poderá ser apresentado na escola ou nas redes sociais, dependendo
do que for proposto.
7 Cronograma

Um encontro por semana, durante um semestre.

8 Recursos Materiais

• Computador
• Sala de ensaio
• Aparelho de som
• Sucatas
• Tesouras/colas/papéis coloridos
4

9 Avaliação

A avaliação será feita de modo contínuo, procurando observar o


desenvolvimento artístico de cada um. A partir da elaboração do projeto, cada
participante deverá assumir um compromisso, dentro da área que lhe é mais
confortável. Por meio do empenho na realização das atividades, poderá ser
avaliado o participante dentro do projeto.

10 Referências Bibliográficas

• Teatro do Oprimido – Augusto Boal


• O Corpo Cênico – Joana Ribeiro da Silva Tavares
• https://www.barbatuques.com.br/
• O olhar em construção – Ana Mae Barbosa

Você também pode gostar