Você está na página 1de 3

21/12/2020 Não nascemos iguais.

Deus nos fez assim – Edição 385 | Revista Ultimato

ULTIMATO ONLINE REVISTA LOJA

Pesquisar ... BUSC

ÚLTIMAS eira cura vem somente quando podemos admitir nossas próprias falhas.

     (31)3611 8500 (31) 99437 0043

CAPA edição 385

Setembro-Outubro 2020 Visualizações: 479 comente! +A -A compartilhar

Curtir 1 Compartilha
Tweetar

Não nascemos iguais. Deus nos fez NESTA


assim MATÉRIA:
Por Ariane Gomes Racismo – A Bíblia, a igreja
e uma conversa que
Ajudando crianças no enfrentamento do racismo e na celebração da nasce da dor
diversidade de Deus Minando o racismo – Uma
tarefa da igreja
É consenso que, se questionados sobre práticas racistas contra crianças, diríamos policromática, multiétnica
que é errado e que todas as crianças deveriam ser protegidas, respeitadas e e mutuamente solidária
incentivadas a amar a si mesmas, os outros e toda a beleza que há na criação, Não nascemos iguais.
incluindo a diversidade de povos. Se acertamos tão rapidamente no discurso, por Deus nos fez assim
que as diferenças ainda são tão marcantes na experiência real de milhões de Hora de ouvir
crianças? Por que adultos e crianças têm atitudes racistas? Por uma teologia que leve
a igreja à tristeza segundo
A resposta mais importante quanto ao racismo é que ele é pecado, e reconhecer Deus
isso é um passo decisivo no enfrentamento desse grande mal. Adultos precisam Cristianismo: entre o
recordar-se constantemente e crianças precisam ser ensinadas que somos
racismo e a reparação
pecadores e que com atitudes racistas ferimos os outros com palavras, desprezo,
Celebrando a diversidade
indiferença e violência por causa do orgulho. Insistimos em acreditar na
na criação de Deus
superioridade biológica, cultural, histórica até o absurdo de que a cor da pele e
traços étnicos também de nem quem é melhor e, logo, quem é pior entre os seres Frases
humanos. Versículos

Racismo é pecado também porque insulta o projeto de Deus, que criou cada pessoa de uma maneira especial e
única, colocando nela a sua própria imagem. Assim, atitude superior e violência contra qualquer pessoa é ofensa
direta contra o próprio Deus e à expressão da beleza e criatividade dele em cada detalhe da criação.

Adultos e crianças precisam também ser ensinados e lembrados de que “De um só homem Deus criou todas as
nações da terra” (At 17.26). Isso signi ca que toda a humanidade está unida em Adão e Eva e, não importa onde
nasçamos, a época em que isso aconteça, quem seja o nosso antepassado próximo, as diferenças vistas nos
cabelos crespos ou lisos, na pele clara, amarela, vermelha ou escura, nos olhos pretos ou esverdeados não são
incidentes ou erros da parte de Deus; antes, são motivos para celebrar a maneira exata e perfeita que ele
escolheu ao criar cada um.

Adultos devem se lembrar e crianças devem ser ensinadas que para resolver o mal do racismo – assim como para
todos os outros males decorrentes da desobediência – Deus enviou o seu Filho Jesus, que, na cruz, revelou o
signi cado do amor do Pai, oferecido indistintamente a todos os homens, mulheres, crianças, jovens e velhos e
que reúne, numa só família, pessoas de todas as tribos, povos e nações para, como um só povo, dar glória ao
Criador.

A responsabilidade pelas crianças e pelo ensino quanto ao pecado do racismo, a necessidade do arrependimento
e da busca de formas de reparação e reconciliação é dos pais e da igreja. E não apenas isso, mas é também sua
responsabilidade ensinar às crianças sobre a diversidade de Deus e celebrar junto com elas essa dádiva
maravilhosa. Que colaboração e testemunho importantes a Igreja pode dar à sociedade ao assumir a existência
do racismo e ao demonstrar que existem caminhos seguros e formas de diálogo respeitosas para superá-lo! Que
diferença uma igreja pode fazer ao acolher, proteger, ouvir e encorajar crianças negras da comunidade que são
vítimas de racismo! Que transformação o Espírito de Deus pode operar já para que pessoas – incluindo crianças,
claro! – de toda tribo, língua, povo e nação, reconhecidas e restauradas em sua dignidade, deem a ele toda glória
e todo louvor!

• Ariane Gomes atua como coordenadora de produção de Ultimato e gestora de conteúdo do Portal Ultimato.

https://www.ultimato.com.br/revista/artigos/385/nao-nascemos-iguais-deus-nos-fez-assim 1/3
21/12/2020 Não nascemos iguais. Deus nos fez assim – Edição 385 | Revista Ultimato
Leia mais:
»ULTIMATO ONLINE
7 dicas para educar criançasREVISTA LOJA
contra o racismo em casa e na igreja

Setembro-Outubro 2020 Visualizações: 479 comente! +A -A compartilhar


Pesquisar ... BUSC

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.


Ultimato quer falar com você.
A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs
e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como
John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente
nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.

OPINIÃO DO LEITOR
Debate social

0 Comentários Ultimatoonline 🔒 Disqus' Privacy Policy 


1 Entrar

 Recomendar t Tweet f Compartilhar Ordenar por Mais votados

Iniciar a discussão...

FAZER LOGIN COM


OU REGISTRE-SE NO DISQUS ?

Nome

Seja o primeiro a comentar.

✉ Inscreva-se d Adicione o Disqus no seu siteAdicionar DisqusAdicionar ⚠ Do Not Sell My Data

COLEÇÕES ENCADERNADAS

ASSINE EXEMPLARES AVULSOS

Curtir Paulo Henrique Brandão e outras 88 mil


pessoas curtiram isso

+ LIDOS
Quarenta livros que zeram a cabeça dos
evangélicos brasileiros nos últimos quarenta
anos, edição 315

A resistência de Jó frente à dor e ao


sofrimento, edição 308

O gadareno teria sido o primeiro


missionário na Jordânia?, edição 325

Divórcio e novo casamento - um estudo


bíblico inicial, edição 294

https://www.ultimato.com.br/revista/artigos/385/nao-nascemos-iguais-deus-nos-fez-assim 2/3
21/12/2020 Não nascemos iguais. Deus nos fez assim – Edição 385 | Revista Ultimato

A vida de oração de Jesus, edição 336


ULTIMATO ONLINE REVISTA LOJA
O clamor de Habacuque: que o Senhor faça
a sua obra no meio da história sem adiá-la
Pesquisar ... BUSC
para um futuro indeterminado!, edição 315

Amor e sexo nos Cantares de Salomão,


edição 258

O formidável "consolo" dos amigos de Jó e


de Eliú, o jovem, edição 308

Gunnar Vingren e Daniel Berg: os pioneiros


das Assembleias de Deus, edição 331

Raízes históricas da teologia da


prosperidade, edição 313

ULTIMATOONLINE APOIE COM UM CAFEZIN


Prateleira
Opinião Se estamos em Cristo, toda
Palavra do leitor bênçãos espirituais já sã
Devocional nossas.

John Stott

REVISTA
Edição atual
Edições anteriores
Coleções encadernadas
Assine

LOJA VIRTUAL
Livros
Promoções
Livrarias
Atendimento

EDITORA
Quem somos
Blog editorial
Perguntas frequentes
Fale conosco

Fale Conosco: atendimento@ultimato.com.br    (31)3611 8500    (31) 99437 0043

Todo o conteúdo do site da Editora Ultimato está licenciado sob a Creative Commons Atribuição-Uso não- Regras de uso | Política de privacidade | An
comercial-No Derivative Works 3.0 Brasil License.

https://www.ultimato.com.br/revista/artigos/385/nao-nascemos-iguais-deus-nos-fez-assim 3/3

Você também pode gostar