Você está na página 1de 21

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará

Campus Belém

Física 3 (Integrado)

Prof. Hardiney dos Santos Martins

Cap. 5 - Associação de Resistores e Medidas Elétricas

Belém-Pará
Introdução
Ao preparar um dado circuito elétrico e realizar todos os cálculos
necessários, podemos que precisamos de um valor específico de uma
resistência elétrica.
Ao procurar em lojas de eletrônica, descobrimos que esse valor não é
fabricado. O que faremos agora?
A solução para esse problema é realizar uma associação de resistores
para que o efeito da associação seja equilavente ao de um dispositivo
com o valor de resistência elétrica desejado.
Existe três formas de associação de dispositivos elétricos: associação
em série, associação em paralela e associação mista.
Nó em um Circuito Elétrico
Antes de falarmos sobre as diferenças
entre as associações de dispositivos
elétricos, precisamos falar sobre um
ponto em circuitos elétricos que promove
divisão ou agrupamento de correntes
elétricas, este ponto é chamado de nó.
“Em um nó, a soma das correntes que
entram nele é igual a soma das correntes
que saem dele.”
Associação em Série
Uma associação em série tem as
seguintes características:
1) Não possuí nó entre os
dispositivos;
2) A corrente elétrica que passa
por todos os dispositivos é igual;
3) A ddp total da associação é
igual a soma das ddp's para cada
dispositivo;
Vamos aplicar essas propriedades para encontrar a resistência elétrica
equivalente ou simplesmente resistência equivalente. Vamos construir as
equações para cada elemento:
U1 = R1.i1 (para o resistor 1 a associação).
U2 = R2.i2 (para o resistor 2 a associação).
U3 = R3.i3 (para o resistor 3 a associação).
Ueq = Req.ieq (para o resistor equivalente a associação).
Lembrando que, para a associação em série:
Ueq = U = U1 + U2 + U3
ieq = i = i1 = i2 = i3
Logo,
Req.ieq = R1.i1 + R2.i2 +R3.i3
Req = R1 + R2 +R3
Generalizando para N resistores em série,
Req = R1 + R2 + R3 + ...+ RN
Associação em Paralelo
Uma associação em paralelo tem
as seguintes características:
1) Possuí nó entre os dispositivos;
2) A corrente elétrica total para
todos os dispositivos é igual a
soma das correntes para cada
dispositivo;
3) A ddp total da associação é
igual as ddp's para cada
dispositivo;
Vamos aplicar essas propriedades para encontrar a resistência equivalente.
Vamos construir as equações para cada elemento:
U1 = R1.i1 (para o resistor 1 a associação).
U2 = R2.i2 (para o resistor 2 a associação).
U3 = R3.i3 (para o resistor 3 a associação).
Ueq = Req.ieq (para o resistor equivalente a associação).
Lembrando que, para a associação em paralelo:
Ueq = U = U1 = U2 = U3
ieq = i = i1 + i2 + i3
Logo,
U U U U 1 1 1 1
      
Req R1 R2 R3 Req R1 R2 R3

Generalizando para N resistores associados em paralelo,


1 1 1 1 1
    ... 
R eq R1 R2 R3 RN
Associação Mista
Para a associação mista temos trechos
da associação em série e outros em
paralelo.

OBS: Para encontrarmos o resistor


equivalente é necessário “resolver” o
circuito por partes (aplicando as
regras já estudadas). Assim, ao final da
resolução encontramos a resistência
equivalente.
Reostatos
Existem dispositivos que modificam
sua resistência elétrica e
consequentemente a corrente elétrica
com facilidade.
E ste s d i s p o s i t i vo s c h a m a d o s d e
reostatos modificam a resistência
elétrica com uma alteração do
tamanho da sua associação de
resistores.
Curto-Circuito
Dois pontos estão em curto-circuito quando
estão interligados por uma fio de resistência
elétrica desprezível (isso anula a ddp entre
eles).

Um ponto que esteja em curto-circuito


comporta-se como se não estivesse na
associação, pois não apresenta ddp (pontos
eletricamente equivalentes).
Medidas Elétricas
Vamos analisar agora, as condições e a ) A m p e r í m e t ro ( m e d i d a d e
instrumentos que são utilizados para corrente elétrica):
fazer medidas elétricas.
Para medir a corrente elétrica é
Vamos discutir medidas de três necessário colocar o amperímetro
grandezas:
em série com o trecho que deseja-
a) Intensidade de Corrente Elétrica se medir a corrente.
utilizando o amperímetro;
b) Diferença de potencial utilizando
o voltímetro;
c) Resistência elétrica utilizando o
ohmímetro.
OBS: O amperímetro ideal seria
aquele que não possuí resistência
e l ét r i ca i nte r n a e p o r i sto, n ã o
modificaria a corrente.

b) Voltímetro (medida de ddp):


Para medir a ddp é necessário colocar
o voltímetro em paraleo com o trecho OBS: O voltímetro ideal seria aquele
que deseja-se medir a ddp. que possuí resistência elétrica
interna infinita e por isto, não
passaria corrente pelo mesmo.
c) Ohmímetro (medida de resistência
elétrica):
Para medir a resistência basta ligar os
terminais do ohmímetro aos
terminais do resistor.
Exercícios
1) Dada uma associação de resistores abaixo:

Determinar:
a) a intensidade da corrente em cada resistor;
b) a tensão entre os terminais de cada resistor.
Solução:
Primeiramente calculamos a resistência equivalente a associação em série
acima: Req = R1 + R2 + R3 = 8 + 2 + 20 = 30Ω
Utilizamos a 1ª Lei de Ohm para obter a corrente para o trecho,
U = Req . i -> i = U/Req
i = 60/30 -> i = 2A
como os resistores estão em série, a corrente é igual para todos os resistores.
b) Para obtermos a tensão em cada resistor, basta aplicar a 1ª Lei de Ohm
para cada um, ou seja,
U1 = R1.i -> U1 = 8.2 = 16V
U2 = R2.i -> U2 = 2.2 = 4V
U3 = R3.i -> U3 = 20.2 = 40V
Sendo que,
U = U1 + U2 +U3 = 16 + 4 + 40 = 60V
2) Dada uma associação de resistores abaixo:

Determinar:
a) a intensidade da corrente em cada resistor;
b) a tensão entre os terminais de cada resistor.
Solução:
a) Primeiramente vamos encontrar a resistência equivalente da associação
em paralelo acima.
1 1 1 1 1 1 1 3 1 2 6 1
        
Req R1 R2 R3 10 30 15 30 30 5
Req  5
Utilizamos a 1ª Lei de Ohm para obter a corrente para o trecho,
U = Req . i -> i = U/Req
i = 60/5 -> i = 12A
como os resistores estão em paralelo, a corrente total será dividida para cada
resistor. Para obtermos as correntes em cada resistor basta aplicar a 1ª Lei de
Ohm para cada um. Lembrando que para a associação em paralelo as ddp's
são iguais (resposta para a letra b), ou seja,
U = R1.i1 -> 60 = 10.i1 => i1 = 6A
U = R2.i2 -> 60 = 30.i2 => i2 = 2A
U = R3.i3 -> 60 = 15.i3 => i3 = 4A
Sendo que,
i = i1 + i2 + i3 = 6 + 2 + 4 = 12A
3) No trecho de circuito, temos i = 2A e U = 100V. Calcule R e U'.

Solução:
A associação de resistores acima está em série, portanto a corrente é igual
para todos os elementos. Assim, aplicando-se a 1ª Lei de Ohm para o resistor R,
U = R.i -> 100 = R.2 -> R = 50Ω
e posteriormente, aplicamos para o resistor de 20Ω:
U' = R.i -> U' = 20.2 -> U' = 40V
4) Sendo i = 8A, calcule as intensidades de corrente i1 e i2 na associação de
resistores a seguir:
Solução:
Calculando-se a resistência equivalente da associação
1 1 1 1 1 1 3 4 2
      
R eq R1 R 2 18 6 18 18 9
9
R eq   4 ,5 
2
aplicando-se a 1ª Lei de Ohm para o resistor equivalente,
U = Req.i = 4,5.8 = 36V
agora que obtemos a ddp para a associação, podemos aplicar a lei de Ohm
para cada resistor:
U = R1.i1 -> 36 = 18.i1 => i1 = 2A
U = R2.i2 -> 36 = 6.i2 => i2 = 6A
5) Uma bateria fornece uma ddp de 6,0V à associação de resistores apresentada
na figura. Os amperímetros A1, A2 e A3 são digitais e supostos ideais. Determine
suas leituras, sabendo que: R1 = 1,0Ω, R2 = 3,0Ω, R3 = 5,0Ω.
Solução:
Primeiramente encontramos a resistência equivalente,
sendo que R1 e R2 estão em série:
Req1 = R1 + R2 = 1 + 3 = 4Ω
Esse resistor equivalente parcial estará em paralelo com
R3, logo:
1 1 1 1 1 5 4 9
     
Req Req1 R3 4 5 20 20
20
Req  
9
calculando-se a corrente para a associação,
U = Req.i => i  U  6 6 9 54
.  2 ,7 A
R eq 20 9  
1 20

20

então a medida em A1 será 2,7A.


A ddp para o trecho em que está A3 é a ddp fornecida para o circuito
(associação em paralelo). Assim, aplicamos a 1ª lei de Ohm para o resistor R3
para encontrar a corrente que passa pelo mesmo:
U3 = R3.i3 => 6 = 5.i3 ->i3 = 1,2A (medida em A3)
Por fim, fazemos o mesmo para A2, contudo precisamos verificar que a ddp é
aplicada para os dois resistores, assim:
U2 = Req1.i2 => 6 = 4.i2 ->i2 = 1,5A (medida em A2)