Você está na página 1de 3

IMUNIDADE INATA E ADAPTATIVA:

1 – Como é dividido o sistema imune? Descreva os principais componentes de cada tipo de


imunidade.
R- O sistema imune é divido em inato e adquirido. Os principais componentes do inato são as
células fagocíticas (macrófagos e neutrófilos), as barreiras epiteliais, as células natural killer e
proteínas do sistema complemento; já do adquirido são os linfócitos B e T.

2 – Quais são as principais características da imunidade adaptativa? Descreva as mesmas e


diferencie da imunidade inata.
R- As principais características da imunidade adaptativa são:
* especificidade: permite ao sistema ter uma resposta diferenciada para cada antígeno
* diversidade: a capacidade do sistema de reconhecer vários tipos de antígenos
* memória: depois de encontrar uma vez o antígeno os linfócitos guardam memoria, assim no
próximo encontro já tem-se uma resposta melhor e mais rápida
* especialização: respostas ótimas para vários tipos de microrganismos
* não reatividade ao próprio: impede que os linfócitos ataquem as próprias células do
hospedeiro
A imunidade inata por sua vez não possui capacidade de memória e de
especificidade/especialização e sua diversidade é muito menor do que a do sistema imune
adquirido

3 – Descreva as fases de uma resposta imune adaptativa.


R- (1) Ligação do antígeno nos receptores presentes nos linfócitos, podendo ser apresentada
por uma célula apresentadora de antígenos
(2) os linfócitos imaturos sofrem um processo de clonagem, ficando em uma quantidade muito
maior
(3) os linfócitos se diferenciam, tornando-se ativos
(4) ativos os linfócitos B produzem anticorpos e os T produzem células T efetoras que
destroem o patógeno
(5) ocorre a apoptose desse patógeno e sobram apenas células de memória

CÉLULAS E ÓRGÃOS:

1 – Como se originam as células na medula óssea? Cite as células geradas em ambos os


precursores.
R- As células tronco auto renováveis presentes na medula óssea se diferenciam em progenitor
mieloide comum e em progenitor linfócito comum, do primeiro surgem as células como
eritrócitos, plaquetas, basófilos, eosinófilos, neutrófilos e monócitos; já do segundo surgem os
linfócitos B e as células NK, também os linfócitos T porém esses passam pelo timo para ter a
maturação completa.

2 – Quais são as funções de um macrófago? Qual sua origem?


R- São fagócitos mononucleares que tem função de fagocitose tanto para eliminar
microrganismos como para limpeza de células mortas, liberação de citocinas e podem ser
células apresentadoras de antígenos. Sua origem pode ser residual ou a partir de monócitos. A
residual seria a partir de uma célula tronco que é percursora do macrófago, que vai pela
corrente sanguínea e pode se diferenciar nos tecidos como cérebro, baço, pulmão e fígado. A
partir de monócitos seria que o monócito estaria na corrente sanguínea e quando instalado e
ativado no tecido vira macrófago.

3 – O que é uma célula apresentadora de antígeno? Qual a principal APC no sistema imune?
Qual sua origem?
R- APC seria uma célula que captura um microrganismo e migra ele até o linfonodo afim de
apresentá-lo para os linfócitos afim de destruí-lo. O principal APC do sistema imune são as
células dendríticas e sua origem é a partir de um percursor comum de células dendríticas ou
por um monócito.

4 – Descreva o interior do baço e do linfonodo.


R- O linfonodo possui uma cápsula, um córtex e paracórtex, folículos primários e secundários e
cordões paracorticais. O linfócito B fica presente nos folículos e o linfócito T no paracórtex.
O baço possui a polpa vermelha e a polpa branca, tendo os B presentes nos folículos e centros
germinativos e os T nas zonas marginais e bainhas pertos das arteríolas.

5 – Qual a importância do timo?


R- O timo é importante porque é nesse órgão que ocorre a maturação dos linfócitos T,
possuindo uma localização mediana acima do coração e sofre involução com a idade.

IMUNIDADE INATA E INFLAMAÇÃO:

1 – Como o sistema inato reconhece os microrganismos? O que significa PAMP e DAMP?


R- O sistema imune inato reconhece os microrganismos pelos receptores presentes nas
membranas das suas células. PAMP são moléculas padrões associadas à patógenos e DAMP
são moléculas padrões associadas à dano.

2 – Quais são os principais receptores que as células inatas possuem?


R- Os principais receptores são os do tipo TOLL e do tipo NOD

3 – Quais são as principais citocinas envolvidas na inflamação?


R- As principais citocinas envolvidas na inflamação são a interleucina 1 (IL-1), a interleucina 6
(IL-6) e o fator de necrose tumoral alfa (TNF-alfa)

4 – Quais são as etapas mais importantes no episódio inflamatório?


R- O recrutamento das células fagocíticas para o local de inflamação, a fagocitose do patógeno
e o encerramento da inflamação

5 – Descreva o mecanismo de fagocitose.


R- (1) o microrganismo se liga a um dos receptores presentes na membrana da célula
(2) a membrana da célula começa a invaginar até formar uma vesícula contendo o patógeno
chamada de fagossomo
(3) o fagossomo se junta a um lisossomo (vesícula cheia de enzimas) formando fagolisossomo
(4) as enzimas principais contidas nesse fagolisossomo retiram componentes necessários para
a vida do microrganismo e por fim destrói as proteínas que os compõe, matando então o
patógeno

****6 – O que é atividade antiviral da imunidade inata? Quem são os responsáveis?


R- Atividade antiviral da imunidade inata é um tipo de resposta que envolve células NK e uma
citocina chamada IFN