Você está na página 1de 2

Artigo

Home » Artigos » Linux » Miscelânea » Visualização de artigo

Instalando o Linux direto do HD

LisandroGuerra
09/11/2010
Instalando o Linux sem precisar gravar CD ou DVD de instalação. Serve para qualquer distribuição,
mas tem que ter um sistema já instalado no computador.

Início
Este artigo é uma tradução adaptada de um tutorial do site www.instantfundas.com e foi escrita no
original por Kaushik em 2007.

Depois de fazer o download da sua distribuição favorita da internet, você teria que gravar um ou
mais CDs ou DVDs para proceder a instalação.

Na melhor das hipóteses você vai usar a gravação feita por uma única vez e depois vai fazer as
atualizações pela internet, o que é um desperdício, ou você não tem uma internet boa e vai ficar
gravando uma quantidade sem fim de mídias, o que é um desperdício maior ainda.

No entanto é possível instalar o Linux sem queimar um único CD ou DVD, mas para isso é
necessário ter um sistema operacional qualquer instalado no computador e no caso o nosso foco
aqui será uma instalação partindo do MS Windows.

Vamos então ao que interessa...

Partindo do Windows
Quase a totalidade dos sistemas Linux fazem o boot usando dois arquivos: o Kernel Linux e um que
providencia um sistema mínimo de diretórios que são montados provisoriamente enquanto o
verdadeiro sistema de arquivos do root não é criado, também chamado RAM disk (initrd). Vamos
usar então estes dois arquivos para dar o boot.

1) A primeira coisa a se fazer é copiar a imagem ISO para o disco, de preferência com partição
FAT32, a menos que você tenha certeza que sua distribuição suporta leitura e escrita em partições
NTFS. Algumas distribuições exigem uma cópia do arquivo de ISO na partição raiz, se colocar em
uma pasta ela simplesmente não reconhece o arquivo.

2) Use o winrar ou o 7zip para desempacotar (abrir pra ver os arquivos dentro da ISO), mas sem
extrair tudo. Vamos precisar apenas extrair dois arquivos, aqueles dois que falamos antes.
Normalmente os arquivos que queremos estão em diretório chamado "isolinux", algumas
distribuições podem colocar em local diferente, mas não é difícil de achar onde podem estar. Além
disso os nomes dos arquivos variam um pouco entre as distribuições, alguns exemplos, na ordem
Kernel e RAM disk são:
• Fedora: vmlinuz e initrd.img
• SUSE: linux e initrd
• Mandriva: vmlinuz e all.rdz
• Ubuntu: vmlinuz e initrd.gz
• Gentoo: gentoo e gentoo.igz
• Knoppix: vmlinuz e initrd.img
• Slackware: bzImage e initrd.img
• Debian: vmlinuz e initrd.gz

3) Crie na raiz um diretório chamado "boot" (exemplo: c:\boot) e extraia os dois arquivos da ISO
pra dentro dele.

4) Agora faça o download do grub4dos. Extraia a pasta "boot" e o arquivo "grldr" arquivo baixado.
Dentro da pasta"boot" tem uma outra pasta chamada "grub", copie essa pasta "grub" para o diretório
c:\boot que foi criado anteriormente, conforme o item anterior e copie o arquivo "grldr" para o raiz
c:\.

5) Abra o arquivo c:\boot\grub\menu.lst e adicione o seguinte:


title Instalar Linux
kernel (hd0,0)/boot/Kernel_Linux
initrd (hd0,0)/boot/Ram_Disk

Obs.: hd0 faz referência ao primeiro HD, se houvesse um segundo seria hd1, um terceiro hd2 e
assim por diante. Então no lugar em que diz hd0 você deve colocar o número correspondente ao seu
HD que contém o windows. Onde diz Kernel_Linux e Ram_Disk você deve substituir pelos nomes
corretos, aqueles que foram copiados para c:\boot e dos quais falamos no item 2 logo acima.

6) Agora você tem que adicionar o grub no arquivo c:\boot.ini do Windows. Abra o arquivo e no
final dele acrescente:
C:\grldr="INICIAR GRUB"

7) Agora está tudo pronto para a instalação, é só reiniciar o computador. Na tela de boot selecione
"INICIAR GRUB", ele será carregado e na tela do GRUB selecione "Instalar Linux". Durante a
instalação quando solicitada a fonte de instalação indique ou selecione o HD e a partição para onde
copiou os arquivos da imagem ISO.