Você está na página 1de 3

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS

Pelo presente instrumento particular de Contrato de Prestação de Serviços


Odontológicos, de um lado, DENTE FELIZ SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS LTDA ME, pessoa jurídica de
direito privado, estabelecida com sede à Rua Plácido de Castro, 8172, Bairro Juscelino Kubitschek, na
cidade de Porto Velho, Estado de Rondônia, inscrita no CNPJ sob o nº 10.980.289/0001-06, JUCER N 0
11200523197, neste ato representada pelo cirurgião-dentista,
_________________________________________________, portador do CRO-RO n._______________,
e de outro lado ________________________________________________________________, R.G.n 0
______________________, C.P.F. n0_____________________ residente à
________________________________________________________________________, número_____
cidade__________________________________, doravante denominado simplesmente paciente ou
responsável pelo paciente_______________________________________, têm entre si justo e
acordado:
Cláusula 1(Do Objeto):O objeto deste contrato é a execução, por um cirurgião-dentista indicado pela
clínica, de Tratamento Odontológico no paciente de acordo com as técnicas e procedimentos atuais. Caso
o cirurgião-dentista se encontre impossibilitado de atender o paciente ele desmarcará a consulta com
antecedência remarcando um horário extra sem qualquer atraso no tratamento .
Parágrafo 1: Estão excluídos todos os serviços prestados por outros Cirurgiões Dentistas/Ortodontistas
alheios ao consultório supra citado.
Cláusula 2 (Das Garantias): Quanto às garantias, o paciente está ciente de que a prática da
Ortodontia não é um ciência exata, além dos riscos, regras e benefícios envolvidos. Sendo assim,
reconhece que o prognóstico (o que foi previsto) apresentado não corresponde necessariamente ao
resultado, uma vez que este depende da cooperação do paciente (comparecimento as consultas, uso de
elásticos e/ou casquete ortodôntico, higiene oral adequada, evitar quebras e/ou danos aos aparelhos
ortodônticos) bem como de fatores biológicos muitas vezes alheios ao controle do Ortodontista (p.ex:
crescimento ósseo).
Cláusula 3 (Do Pagamento):Os honorários referentes ao tratamento ortodôntico serão pagos em
dinheiro e correspondem aos valores dos aparelhos utilizados e as manutenções previstas no orçamento
inicial (cláusula 10). Qualquer alteração no Plano de Tratamento deverá ser comunicada aos responsáveis,
antes de sua execução, para devida autorização. A perda de aparelhos inteiros ou partes do mesmo
(acessórios) ou a sua quebra não estão incluídas no orçamento inicial (cláusula 10) sendo o custo da
reposição dos aparelhos completos ou em parte acrescidos ao valor do orçamento inicial conforme a
tabela de acessórios discriminada na cláusula 10. A primeira parcela será paga quando do início do
tratamento e a partir daí de 30 em 30 dias até o término do mesmo. O tratamento tem início a partir da
montagem dos aparelhos sendo, portanto, necessário o pagamento das parcelas nesse período.
Cláusula 4 (Da Inadimplência): O pagamento de qualquer soma em atraso,ou seja, mais de 30
(trinta) dias após o último pagamento, estará sujeita a atualização monetária e a multa de
mora de 2% (dois por cento) e juros de 1% (um por cento) ao mês. Em caso de cobrança
judicial, devem ser acrescidas custas processuais e 20% de honorários advocatícios. O valor
das parcelas será reajustado proporcionalmente ao índice de reajuste do salário mínimo
sempre no mês de maio e também pôr variações do plano econômico vigente no país.
Cláusula 5 (Da Freqüência)): O paciente deverá ser assíduo às consultas de manutenção, pois as
ativações dos aparelhos, bem como o controle dos resultados devem ser realizados em intervalos de 20 a
30 dias. Qualificar-se-á abandono de tratamento quando o paciente faltar a três consultas consecutivas ou
se ausentar do consultório por mais de quarenta dias ou, ainda atrasar o pagamento por mais de
quarenta dias. O abandono de tratamento equivale à rescisão do presente contrato por iniciativa do
paciente mesmo que o tratamento não tenha sido concluído, eximindo portanto o Ortodontista e seus
auxiliares de qualquer obrigação em relação ao mesmo.
Cláusula 6 (Da Cooperação): O sucesso do tratamento depende muito do uso correto dos aparelhos e
do comparecimento do paciente às consultas. Caso o paciente não esteja usando os aparelhos
adequadamente os responsáveis deverão comunicar imediatamente ao Ortodontista.

O paciente ou responsável declara estar ciente de que a iniciativa e a realização de todo e


qualqde qualquer um desses proc

Eu abaixo assinado, reconheço que as principais considerações e riscos sobre


o Tratamento Ortodôntico foram a mim apresentados. Foi discutido comigo o Tratamento Ortodôntico e
foram apresentadas informações esclarecedoras para ajudar no processo de tomada de decisão, tive a
oportunidade de me informar a respeito de todas as minhas dúvidas sobre o Tratamento Ortodôntico
proposto e sobre as informações contidas no Contrato de Tratamento Ortodôntico. Autorizo o uso da
documentação ortodôntica, incluindo fotografias realizadas antes, durante e após o tratamento e período
de contenção , com propósitos de consulta profissional , pesquisa, educação ou publicação em revistas
profissionais. Para dirimir quaisquer dúvidas sobre o presente contrato fica eleito o Foro da Cidade de
Porto Velho, com exclusão de qualquer outro, por mais privilegiado que seja.

Porto Velho,

_________de_____________________________________de____________________

___________________________________________
__________________________________________
Ortodontista paciente ( ) ou responsável ( )
_____________________________________________
__________________________________________
testemunha 1 testemunha 2