Você está na página 1de 3

Vida de intensidade ao Deus intenso

Nesses últimos dias fui ao estádio de Itaquera “arena Corinthians”


assistir um jogo com meu filho.  A forma como os torcedores se unia e
gritava continuamente, com toda força, o nome do seu time me chamou
bastante atenção, eles eram intensos e incansáveis. Não paravam de
torcer nem por um instante. Estavam ali com o corpo, alma e coração
envolvidos, foi algo contagiante.

Enquanto observava as ações, reações das torcidas, os brados, gritos, e


a paixão ardente de cada um pelo seu time, algumas palavras de
despertamento em relação a nossa postura diante do Rei e com o Reino,
chegaram ao meu coração.

Discípulos, chegou a hora de nos levantarmos com força, veemência e toda


intensidade pela causa do Evangelho, pelo Reino. Pessoas intensas e incansáveis,
com uma paixão ardente por Jesus, unidas em um só propósito ao ponto de
contagiar todos que estiverem ao seu redor.

Você já parou para pensar que verdadeiramente estamos nos últimos


dias? Nunca tivemos uma geração tão depressiva. Existe um intenso
clamor! A criação aguarda ansiosamente a manifestação dos filhos de
Deus. E nós precisamos ser rápidos em atender e manifestar o socorro
do Pai à humanidade. Para isso, devemos estar em intimidade com o
nosso Rei e assim procedermos de forma correta, como Ele quer.

Espelhamo-nos muitas vezes em homens e mulheres admiráveis, mas


acredito que o nosso maior referencial a ser seguido deve ser
JESUS.  Ele viveu uma vida com intensidade, tudo que Ele fez foi com
intensidade. Ele nos deu o seu melhor. Ele se deu tão intensamente a
ponto de entregar sua própria vida ali na cruz.

Discípulos tão intensos ao ponto de queimarmos até o fim por Jesus, e assim
cumprirmos com excelência o propósito para o qual fomos criados.
Creio que o nosso incrível Mestre espera, portanto, que venhamos viver
uma vida intensa para Ele, obedecendo aos seus comandos. Sermos
homens e mulheres tão intensos ao ponto de nos entregarmos
verdadeiramente como sacrifício vivo, para que o fogo de Deus sobre a
nossa vida permaneça acesso, incendiando outros, mudando destinos,
alterando rotas, levando alegria, paz e vida.

Em Marcos 12.30 Jesus fala que devemos amar ao Senhor de todo o


nosso coração, de toda nossa alma (emoções, sentimentos), de todo o
entendimento (conhecimento, estudo, leitura, procurando saber cada
vez mais sobre Ele), e de todas as nossas forças (com nosso corpo,
nosso serviço).

Não sei se você observou, mas a palavra “todo(a)” é repetida 4 vezes.


Tenho certeza que o emprego dessa não foi em vão! Existe intensidade
impressa nesse versículo, existe intensidade no primeiro e maior
mandamento deixado por Jesus, intensidade essa que deve envolver
todo nosso ser trino no amor ao Senhor. Amor esse que tem uma voz,
amor esse carregado de ações.

Ou é tudo de nós, ou é nada. O morno, o mais ou menos, a


mediocridade, o meio termo, a superficialidade nunca foi algo aceito por
Deus. Ou nos entregamos por completo a Ele e vivemos uma vida
intensa na oração, leitura e meditação da Palavra, comunhão
e intimidade ou não desfrutaremos de toda plenitude que Ele tem para
nós e deixaremos de cumprir o chamado, vivendo assim uma vida
miserável, fora da vontade Dele.

Tenho certeza que você não quer viver uma vida dessa, acredito
que você queira, sim, viver o plano e propósito Dele, então:  ACORDA
POVO ELEITO! Se levante com intensidade nesse tempo, não se
conforme a viver uma vida na mesmice, sendo movido por
circunstâncias, ou fatores externos, como se não houvesse uma causa
maior para se viver.
Sei que em certos momentos das nossas vidas algumas adversidades
surgem, nos sentimos fisicamente cansados ou até mesmo
emocionalmente abatidos. Mas, mesmo assim precisamos nos esforçar,
romper com seus próprios limites e aprender a confiar em Jesus na hora
da adversidade, não deixando que os momentos difíceis roubem nossa
intensidade de amor por Ele, não deixando o exterior nos moldar, mas
sendo moldados de dentro pra fora.

Estou aqui hoje para te encorajar, te sacudir e te incentivar a viver uma


vida de intensidade para Ele, por Ele e com Ele. Não temos tempo a
perder. Pode ter certeza, nada se compara, nada pode trazer maior
satisfação que viver intensamente dessa forma.

O corpo de Cristo precisa de homens e mulheres intensos, que liberem essa


intensidade e despertem outras pessoas a viverem dessa maneira. Que sejamos
nós.

Creio em um exército de homens e mulheres poderoso se levantando


com força, veemência e ousadia como agentes de transformação,
pessoas que não se conformam a não se dar por inteiro, mas se
derramam aos pés de Jesus e se entregam por completo a causa do
Evangelho. Discípulos que não negociam o que é inegociável. Discípulos
simples, mas profundos.  Discípulos que não se importam com as críticas
e reprovações das pessoas em relação a nossa atitude de intenso amor
diante do nosso Dono.  Discípulos que por onde passam, assim como
Jesus, fazem a diferença. Discípulos que se levantam e amam ao Senhor
com todo o ser, queimando de amor pelo Abba e consequentemente pelo
que Ele mais ama: VIDAS! Discípulos esses: INTENSOS que vivem
uma vida de intensidade ao Deus intenso.

BISPO DAYVIDSON – 15/02/19 DISCIPULADO

Você também pode gostar