Você está na página 1de 26

FEAPA FACULDADE DE

ESTUDOS AVANÇADOS DO
PARÁ
SISTEMA DE
INFORMAÇÕES
GERENCIAIS
PROFESSOR:
MS.CARAPAJÓ
ERP - ENTERPRISE
RESOURCE PLANNING

ERP
ENTERPRISE RESOURCE
PLANNING
INTRODUÇÃO
O Sistema ERP (Enterprise Resource Planning) surge
neste contexto com a proposta de solucionar
problemas ao agregar, em um só sistema integrado,
uncionalidades que suportam as atividades dos
diversos processos de negócio das empresas.Mas os
gestores para adotarem um novo sistema de
planejamento de recursos empresariais, é necessário
analisar com atenção se este sistema adapta-se
ealmente a sua realidade empresarial, as
necessidades de cada empresário .
HISTÓRICO DO ERP

 .
Década de 50:No final desta década, os
conceitos de controle tecnológico e gestão
corporativa iniciaram,a tecnologia em
vigência nesta época era baseada em
gigantescos mainframes que
operacionalizavam os primeiros sistemas
para o controle de Estoques ,apesar de
lentos,eram melhor que o método manual.
Década de 70- Com crescimento econômico e, po
conseguinte maior expansão do
computadores,surgiram os MRP(Material Requiremen
Planning ou Planejamento de Materiais),este
começaram a funcionar com controle de insumos.

 Década de 80 - Foi o marco no uso de redes d


computadores ligados a servidores por ficarem com
preços mais acessíveis e mais funcionais que o
mainframes,as atividades de gerenciamento d
produção e logística.O MRP tranformou-se em MRP
II(Manufacturing Resource Planning) ,ou seja
Planejamento de Recursos de Manufatura.
Década de 90 – A Divulgação do
Sistema ERP começou a ser feita com
mais ênfase,justamente pelo grande
avanço tecnológico das redes de
comunicação entre os clientes e
servidores.
  Década de 2000: Com preços menores no
mercado da tecnologia ,o Brasil começa a
divulgar os seus fornecedores, em razão do
Bug do ano 2000, estes fornecedores
lucraram muito com este tipo de sistema.
Visão do Planejamento de Recursos
ERP- Enterprise Resource Planning
 

Mostra o acompanhamento em tempo real


Dos seguintes dados:

• Qualidade
• Disponibilidade
• Satisfação do cliente
• Performance
• Lucratividade da empresa
DEFINIÇÃO / ERP- ENTERPRISE RESOURCE
   PLANNING

Segundo Chopra e Meindl-(2003) Podemos dizer


que o ERP é um sistema integrado que possibilita
o fluxo de informações único,contínuo e
consistente por toda a empresa em uma única
base de dados,é na verdade um instrumento para
a melhoria de processos de negócios como
produção de compras ou distribuição de
informações on line e em tempo real.Finalizando o
Sistema permite visualizar por complemento as
transações efetuadas pela empresas,desenhando
um amplo cenário de seus negócios.
A arquitetura de solfware facilita o fluxo de
informações entre as transações comerciais de
uma organização tais como custos de
produção,logística,finanças e R.H, significa que
o usuário (cliente),roda uma aplicação (rotina do
Módulo de sistema) que poderá ter todas essas
informações ao acessar um banco de dados
único (servidor),o banco de dados vai interagir
com os dados aplicativos do sistema.  
Motivos que levam uma Empresa a utilizar o
Sistema ERP:
Parecer competitiva

Melhorar a qualidade

Melhorar a produtividade

Melhorar os serviços prestados aos clientes

Reduzir Estoques

Melhorar o planejamento e alocação de


recursos
Componentes de um Sistema ERP:
 

•Finanças;
•Contabilidade;
•Planejamento e Controle da Produção
•Recursos Humanos;
•Custos;
•Vendas;
•Marketing.
Implantação de um Sistema ERP

As diversas funcionalidades dos módulos do


sistema ,representam uma solução genérica que
vai refletir sobre como as organizações operam
em geral.Na implantação de um Sistema ERP,a
customização é uma concordata entre o que a
empresa necessita e as funcionalidades que
estão disponíveis no sistema,em geral o gestor
vai definir o que é melhor para o negócio e
redefini-los para que os requisitos aproximem-
se do que o sistema oferece.
IMPORTÂNCIA DO ERP NAS
CORPORAÇÕES

A importância nas Corporações do Sistema ERP,


se dá pela maior confiabilidade dos dados,
monitorados em tempo real e diminuindo o
retrabalho.Mas para alcança-los o gestor deverá
contar com a assistência e o comprometimento
de seus colaboradores, que estão na
responsabilidade da atualização sistemáticas
dos dados que alimentam toda a cadeia modular
do ERP, e isto faz com que as organizações
interajam e a informação fique em tempo real.
VANTAGENS DO SISTEMA ERP

•Eliminar o uso de inetrfaces manuais


•Redução de custos
•Otimizar o fluxo das informações dentro da mesma organizaçã
•Otimizar processos de tomada de decisão
•Eliminar a redundância de atividades
•Reduzir os limites de tempo de resposta ao mercado
•Redução de estoques
•Integralizar a informação
•Reduzir custos de Operacionalização
•Substituir documentação em papel
•Consolidar diferentes sistemas
•Melhor serviço ao cliente
DESVANTAGENS DO SISTEMA ERP

Longa Implementação

Resistência a mudanças

Elevado custos

PaybackLongo
FASES DO PROJETO ERP
FASE 1 -RAIO X

FASE 2 -DESENVOLVIMENTO

FASE 3- TESTE

FASE 4-TREINAMENTO

FASE 5-IMPLEMENTAÇÃO

FASE 6-AVALIAÇÃO
A IMPORTÂNCIA NA UTILIZAÇÃO
DESTE SOLFWARE PARA AS
EMPRESAS

O ponto crucial deste sistema é a integração


modular,a padronização do sistema a medida
que o utilizador se familiariza com um módulo
, instruísse facilmente em agilidade com os
demais.O acesso é feito através de menus com
a utilização de senhas de acesso é permitido
escolher terá acesso a essas informações .Os
menus são customizados para que cada
usuário visualize e tenha acessibilidade
somente a operação que que estão autorizados
aos seus objetivos no trabalho.
SURGIMENTO DO ERPII

O ERP II vem com o objetivo de dar ênfase na


colaboração comercial que utiliza a
internet,atividade esta chamada e-
commerce.Este sistema além de desenvolver
produtos e formas de comercialização
específica ele permite ainda o incremento do
fluxo de informações entre as empresas
interligando sistemas entre as mesmas.
O ERP II tem o papel de gestão amplificado, o
que mostra a evolução contínua da família de
sistemas, a filosofia de sistemas da demanda
está presente no ERP II, mas foi possível ser
mais disseminada em larga escala pela
internet,principal estrada de dados para ocorrer
a dinâmica do tempo real.
MODELO DE UM ERP

 
 
O SARP/3 é uma das soluções mais viáveis de ERP
utilizada nas organizações, e uma das mais utilizadas no
mundo.O Sistema ERP foi desenvolvido para a
organização como um todo, e não apenas na visão de um
único departamento.Todos os dados são inseridos em um
único banco de dados facilitando que interliguem-se.O
solfware pode ser configurado para atender as exigências
específicas do negócio do cliente, e suporta até milhares
de clientes.
 
Fornecedores do Sistema ERP e Valores
para a compra

Baan – http://www.baan.com

Datasul - http://www2.datasul.com.br/

JD Edwards - http://www.jdedwards.com/

Microsiga - http://www.microsiga.com.br/

MKGroup (Computer Associates) -


http://www.mkgroup.com/

Oracle - http://www.oracle.com/applications/
CONCLUSÃO

Sistemas Integrados de Gestão, são sistemas objetivam tornar


possível a gestão global da empresa, utilizando para isto a sigla
ERP (Enterprise Resource Planning).
Conseqüentemente, a implementação de sistema de informação
gerencial tornou-se uma preocupação administrativa importante,
enfocando na efetiva difusão da Tecnologia da Informação
dentro das organizações, unidades de negócios e grupos de
trabalho, melhorando o desempenho processual de todos os
dados gerando informações importantes para o procedimento
de informação global na Tomada de decisões estratégicas
gerenciais, as Organizações como um todo necessitam destas
ferramentas para obterem competividade e qualidade em sua
jornada atual tecnológica.
 
A TODOS

OBRIGADO!