Você está na página 1de 24

Sexta-feira, 4 de março de 2011

ASPECTOS GLOBAIS SOBRE CURA DO CORPO ETÉRICO

MENSAGEM DE MARIA DE NAZARÉ

ASPECTOS GLOBAIS SOBRE CURA DO CORPO ETÉRICO

Louvado sejas para todo o sempre, Pai Amantíssimo

Hoje eu gostaria de falar sobre o corpo humano, essa


engrenagem sábia perfeita e miraculosa porque a cada
segundo existe um milagre dentro de cada corpo humano
vivo.

São verdadeiras explosões que ocorrem nas células no


encontro das substâncias, dos fluídos, na transmissão de
informação dos neurônios até o cérebro, tudo é algo
fantástico deslumbrante, colorido, verdadeiro.

Só poderia um grande arquiteto genético ter


programado tal expressão da vida que transcorre dentro
de uma forma humana.

É um espetáculo que não acontece em nenhum lugar


do planeta, mas sim dentro de cada um e quão pouco valor
se dá a essa engenhosidade.

Existem minúsculos subatômicos seres que regem


toda essa engrenagem no interior de cada átomo e até
mesmo de cada fóton, que ainda é uma das frações
menores que conheceis minúsculas partícula.

Existe então ali uma cópia idêntica do vosso corpo ...


Uma duplicata. Um duplo etérico!

É tão maravilhoso observar esses milhares e milhares


de seres iguaizinhos a vós dentro de vós mesmos!

E eles contêm um brilho todo especial. Um brilho de


faísca eterna que nunca se apaga até o dia em que tenha
que se apagar.

Se fôsseis ter uma visão detalhada do vosso corpo, no


seu nível dimensional, como nós o vemos, todos veriam a
forma humana como um desenho, em cujo interior pulsam
e brilham milhares de pontículas elétricas, faiscantes,
luminosas, brilhantes, radiantes, cuja expressão é a vossa
própria expressão.

Isso já está sendo devassado pela ciência de uma


forma menos global porque o conhecimento humano ainda
é muito incipiente para alcançar as profundezas do
próprio interior do homem, porque todas essas fagulhas,
milhares de fagulhas que recheiam o corpo humano, têm
um contato direto com o seu corpo mais próximo que se
situa nas imediações do corpo físico, que já conhecido por
muitos como duplo etérico ou corpo etérico.

E a tramitação dessas fagulhas de um corpo para o


outro é tão emocionante de se observar, porquanto nós
percebemos que quando uma dessas partículas mínimas se
desenergizam, se deseletrificam, perdem o brilho e a
vitalidade, ela imediatamente é substituída pelo próprio
funcionamento do corpo, de forma que, enquanto houver a
necessidade de a vida ali estar pulsante naquele corpo
receptor do espírito, da alma imortal, o duplo etérico
funcionará como seu ativador constante, permanente, fiel.

Numa alma, ou vamos mais propriamente dizer: num


corpo doente, qualquer que seja o motivo desta
enfermidade, ocorre que o seu corpo etérico certamente
está, em alguma região semelhante a do corpo físico,
passando por um processo de desenergização, desativação
da sua vitalidade, porquanto somente desta forma é
possível que a lei da ação e ação se cumpra no corpo físico
das pessoas que ainda estejam passando por este trâmite
de evolução através do carma.

É certamente será de muita estranheza a todos os


meus fiéis da Igreja Católica me ouvirem falar disso, mas
é preciso que a mente humana se desdobre da religiosidade
para o cientificismo da vida.

E nós que estamos aqui, no plano superior da Terra,


não podemos permitir que a humanidade nos considere
seres ignorantes, que não conheçam a dinâmica da vida.

O Pai a mim também deu o privilégio de poder vos


falar nesse nível mais racional, para que todos saibam que
conhecer perfeitamente o funcionamento da vida na Terra
é algo que é disposto à nossa mesa de conselhos das
federações, de forma natural...

E o que é melhor, concedeu-me, também a autorização


de falar aos meus queridos filhos de qualquer crença, ou
qualquer raça, sobre coisas que talvez compreendem já
por outros caminhos, mas talvez não sob a ótica que irei
abordar.

Nós temos que sempre nos lembrar da magistral


estatura divina, e a sua sábia competência criadora de ter
criado corpos que funcionam automaticamente,
independentes da vontade humana desde a sua concepção
no ventre materno.
É importante saber e lembrar sempre que essa ciência
desconhecida, que vem da sabedoria divina, nós dos
planos cósmicos não podemos olvidar como se ela não
existisse, e apenas reiteradamente pontuar nossos
comentários e mensagens apenas na dissecação de
conhecimentos já obtidos durante o tempo de existência de
cada um na Terra.

É importante que a vossa religiosidade passe a ser


'racionalizada'. É importante que se devassem outros
campos da vida, da relação de Deus com o homem para que
se entenda melhor a própria justiça divina.

Quantos de vós ainda nem concebe a verdade dos


corpos espirituais, das vidas sucessivas, da lei de ação e
reação, e ficam sem compreender o atributo da bondade do
Pai, da justiça do Pai ou da misericórdia do Pai quando
observam a dor e o sofrimento humano, a enfermidade que
chega sorrateira, a dor precoce de crianças recém nascidas
ou em tenra idade, ou de seres amados que são acometidas
por síndromes estranhas, enfermidades cruéis...

E, se o vosso raciocínio, meus caros filhos, não se


estender até uma explicação divina sobre esses fatos, tudo
ainda parecerá uma fatalidade sem causa, sem objetivo,
um voluntarismo do Pai em causar sofrimento a uns e não
a outros.

É preciso caminhar além das fronteiras que a religião


atual tem imposto à humanidade.

É preciso romper os limites da vossa compreensão


sobre o próprio Deus, o próprio Pai, porque, senão, a vossa
fé será puramente cega de aceitar esta aparente impiedade
divina, injustiça ou conceituando impropriamente o Pai
misericordioso como um Deus cruel e implacável que se
vinga trazendo pestes à humanidade, dores, virulências,
de forma aleatória... quando na verdade Ele, sendo o
Criador de tudo e de todos, age na vida humana sempre
com um propósito. Um propósito de evolução, de
aprendizado, de redenção.
Se existe um propósito, existe um motivo de os seres
humanos estarem assim, se revezando, em suas múltiplas
vidas, na dor e no sofrimento, e na alegria ou repouso
psiquico de algumas de suas vidas.

É por isso que nós hoje vos viemos falar sobre o corpo
etérico, porquanto é preciso que todos os que crêem em
Deus acreditem também que Ele é o mais perfeito cientista
criador dos mecanismos de vida na Terra.

E, se Ele nos permite, como mãe de Jesus, vos dizer


sobre isso, é porque Ele quer que mais e mais filhos
comecem a sondar os seus caminhos, os seus desígnios, as
suas explicações sobre a sua justiça, sobre o porquê das
diversidade de tipos de vida e de tipos de morte...o porquê
de enfermidades distintas, muitas curáveis e muitas
incuráveis pela ciência humana.

Se Ele assim engendrou juntamente ao corpo físico


um outro corpo semelhante é porque, na sua sabedoria,
conjecturou que fora preciso um laço entre todo o alimento
espiritual do universo, a própria vida que pulsa no cosmos,
com um intermediador que funcionasse como um conduto
que canalizasse toda esta nutrição cósmica, este hálito
divino, este fluído vital, para o interior do corpo humano.

Quantas coisas há, ainda, que todos vós, irmãos que


me ouvem ou que me lerão, terão que refletir, sobretudo
aqueles filhos que, muitas vezes, apegam- se apenas às
suas convicções religiosas, sem atualizá-las no tempo, e
impedindo-os de caminharem em direção a novas
descobertas dos porquês das coisas que pensam apenas
serem mistérios insondáveis.

Como nós vínhamos falando, existe uma tramitação


de minúsculos corpos parecidos com o vosso tramitando
de um corpo ao outro.

E essa interpenetração é tão interminável, constante


que ativa e renova a vida a todo instante.

E, quando existe uma falha no mecanismo etérico e


esta falha se reflete no corpo físico da criatura, algum
motivo também ai deve ter existido para que essa falha
ocorra, já que este corpo sutil também é uma plasmação de
criação divina. E, se existe a falha ela não pode ser a falha
da criação.

Só poderá ser a falha da própria criatura, e esta falha


tem que ter tido alguma origem, porque ela não poderia
ocorrer do nada... e porque se fosse, então nosso Pai seria
imperfeito, não sábio, em permitir que alguns corpos
etéricos sejam plasmados com falha, pois que essa irão
determinar também falhas e doenças no corpo físico.

Isso nos leva a raciocinar mais sobre os porquês, as


origens dessas falhas desses corpos que nos acarretam
então, de certa forma, uma defasagem de vitalidade de
alguns órgãos, trazendo então a enfermidade, a doença, a
dor, o sofrimento.

E isso nos leva a mente até o inicio de tudo, que só


poderá ser um acontecimento de algum momento cósmico,
desde a criação daquele ser, daquela alma, que tenha
gerado tal lacuna, tal falha na engrenagem etérica para
que ela viesse ainda a causar no corpo físico alguma falha
também.

E onde está essa origem? Onde está esse inicio que


gera esta matriz?

Porque se ai fosse o inicio exatamente, como nós já


dissemos, porque alguns corpos teriam falhas e outros
não?

E isso novamente levaria-nos a pensar em falhas


divinas...Isso não é possível!

Venho falando sobre esses temas para que todos


despertem definitivamente para as verdades da vidas
sucessivas, assuntos que não tenho abordado através dos
veículos que elegi para trazerem revelações ligados à
igreja católica.

Esses intermediários teriam dificuldades em aceitar


as minhas palavras, em entender e traduzir as minhas
palavras, os meus ensinamentos, de forma inteligível,
coerente e acertada, pois seus parâmetros de
entendimento não lhes proporcionariam tal salto de
compreensão teológica.

É preciso que todos passem a verem-me como uma


intermediária também entre o Pai e as suas criaturas na
Terra, e vejam-me também como um canal de informações
que, sempre, muitos de vós, tendes a ânsia de buscar, de
conhecer.

A inércia mental não leva ao progresso da alma, não


leva a beatitude dos céus da vida eterna como pensais vós
todos que ainda detêm uma crença cega.
A fé cega que não questiona as divergências entre
coisas, entre tipos de vida, tipos de dores, tipos de
situações econômico-sociais, e as dissidências entre os
próprios familiares, e tudo o mais quanto ocorre na
Terra... essa grande diversidade entre os seres humanos
em todos os sentidos!

Tudo isso se resumiria a uma cruel determinação


divina de que Ele, aleatoriamente, tivesse decidido que
assim fosse: -Uns bons, outros maus, uns sãos, outros
doentes, uns ricos, outros pobres...e assim por diante,
distinguindo suas próprias criaturas sem motivos.

Esse seria o 'antimodelo' divino. Seria a lei da


desordem, da injustiça!

E é o que leva muitos seres a se atormentarem,


quando, ao não compreenderem os porquês das diferenças
entre as vidas e as condições diferenciadas de vida,
revoltam-se, causando maior parte dos disparates sociais,
onde a comparação entre estilos de vida embrutece os
sentidos e aciona os instintos primários, em ritmos e
consequências variados.

Em todos os tipos de comportamento alterado, tanto


a nível mental, quanto a nível social, e que levam a tudo
quanto vedes nos meios de comunicação, como os abusos
de toda ordem, a violência, os estupros, os assassinatos, a
anti fraternidade, os vícios em inúmeras drogas e
substâncias, a revolta de crianças e de jovens com pais,
escolas, com outros jovens e outras crianças, com seus
mestres, com a sociedade e suas políticas autocráticas e
discriminatórias, é advindo da falta do entendimento da
dinâmica reencarnatória da vida humana, que explica
os porquês de tudo.

Nós falamos ao vosso coração porque é preciso que


alguns desses corações rebeldes e transtornados um dia
nos leiam ou nos escutem, e divulguem essas
verdades, porque, a partir daí, é que nós teremos,
realmente, uma consciência sobre a JUSTIÇA DIVINA na
Terra, na vida das criaturas.

**************

Continuando nosso tema, esse corpo etérico é


responsável pela vossa saúde, porque ele traz em si tudo
quanto vai ocorrer nas vossas vidas, por ser um
intermediário entre vosso corpo carnal e vossos arquivos
astrais registrados no corpo astral, este visível aos
sentidos humanos pelos que detêm maior abertura do
chacka frontal ou maior sensitividade, ou ainda, maior
conexão com as multidimensionalidade dos seres.

Ele traz em si todas as informações para que o vosso


corpo físico receba e expresse materialmente os fluidos
etéricos e vitais.

E eu vinha dizendo que este corpo etérico é composto


de milhares de pontículas, de partículas iluminadas, todas
sendo vós mesmos em miniaturas extraordinárias.

Diante desta informação nós perguntaríamos a vós:

- Qual procedimento seria adequado, sabendo que


tendes uma enfermidade, e sabendo então, que essa
enfermidade tem a sua contraparte neste corpo, para a
vossa melhora?

- O que seria necessário movimentar em direção a


essa saúde deste outro corpo para atenuar o vosso próprio
sofrimento?

Isto é muito sério, tendo em vista que, muitas vezes,


vós estais a clamar por medicamentos, por cura, por
alívio, por solução dos vossos problemas físicos, sem
entenderdes o porquê das coisas acontecerem.

Na medida em que estais tendo conhecimentos de


outros níveis de vida, existentes já no arcabouço teórico
das revelações de inúmeras doutrinas gnósticas, a partir
daí se vos aponta uma nova proposta de caminho de cura,
para uma auto medicação segura, que é a de curar, em
primeira instância, através dos mecanismos possíveis de
se interagir com a máquina etérica fomentadora dos
vossos males, sendo que foram gerados, inicialmente no
vosso pensar, sentir e agir, materializados e aglutinados
neste corpo etérico.

Quando perduram esses níveis e frequências e


saturam o corpo etérico, essas distorções já ficam mais
sedimentadas no corpo astral, onde, então, já haverá
necessidade de purificações de maior vulto, através de
encarnações reconstrutoras dos focos orgânicos afetados.

Isso eu falo de forma muito simplista e resumida


porque ainda existem outros níveis de energias que se
recambiam também no funcionamento de vosso corpo
físico mas, para aqueles a quem eu estou falando é preciso
iniciar este estudo assim, desta forma, para que possais
entender paulatinamente as verdades da criação divina,
da vida na Terra.

A cura verdadeira reside em a criatura identificar as


suas próprias matrizes de dissonâncias psicológicas,
mentais, emocionais e ambientais.

E isto se faz não através de aparelhos que detectem os


pontos que estejam sombrios ou em curto circuito ou em
falhas neste corpo a que referimos, mas sim que
analisando as vossas falhas morais, as vossas falhas
emocionais, as vossas falhas éticas, valorativas e assim
por diante.
Comecem a entender em que medida esses valores
estariam afetando este corpo fluídico e sutil de tal que
forma que viessem a prejudicar o vosso corpo físico.

Se ainda não existem aparelhos capazes de registrar


onde estão essas falhas, essas matrizes invisíveis,
reportai-vos a essas deficiências que acabei de mencionar,
dentro de vós mesmo, porque certamente ireis localizar o
que ocorre neste corpo etérico, porquanto cada situação
interior do ser humano que não seja coadunante com o
amor, com o bem, com a justiça, irão se refletir de forma
perniciosa nos vossos corpos.

E, essas deficiências morais que estão ai localizadas


no vosso corpo etérico, ainda são conseqüências e
resquícios profundos, em muitos casos, de raízes mais
complexas e intrincadas de comportamentos e ações de
vidas passadas.

Tudo aquilo quanto observais em vós hoje, como a


vossa personalidade, a vossa forma de ser, de pensar, de
agir, de falar, são a expressão do que tendes sido em várias
vidas até chegardes nesta.

E, certamente, ao localizardes vossos pontos fracos,


vossas deficiências morais e emocionais, estareis, sem
exatamente verdes o que foste e como foste ou o que fizeste
em outra vida, mas estareis localizando os pontos frágeis
do vosso corpo etérico que estão determinado a doença no
vosso corpo físico.

Porque destes pontos frágeis, esses defeitos, essas


lacunas, essas imperfeições da alma e do coração, da
personalidade, ireis relembrar ou reaprender sobre
quantos foram os 'seres' que foram 'objetos' ou alvos de
vossas deficiências morais!

Dos vossos males, quantos foram atingidos pelas


vossas imperfeições!

Porque o ódio, filhos, gera o mal em alguém, em


alguns ou numa coletividade inteira.
O orgulho gera o mal para alguém ou para uma
coletividade inteira...

O egoísmo, igualmente, gera o mal para alguém ou a


uma civilização inteira.

Sempre e sempre que os defeitos morais estejam


determinando o mal do outro, nascerá uma nova raiz ou
uma nova origem de tudo aquilo quanto considerais
doença cármica, exceto em casos raros de seres que
encarnam na Terra por outras vias, missões, tarefas ou até
mesmo provas redentoras, provas evolutivas, em que os
ataques espirituais também lhes afetam o corpo físico, por
rompimentos na tela búdica que permeia ambos os corpos
mais densos, o físico e o etérico.

Mas, na grande maioria, na quase totalidade dos


seres, são esses pontos citados sobre as lacunas morais,
dificuldades emocionais ou deficiências de personalidade
e desajustes sociais, e até mesmo as desadaptações
energéticas pela alteração de ritmo de vida daqueles seres
que não nasceram na própria Terra, influenciam e regem
a vossa saúde, física e emocional, e, inclusive a mental,
dado que a vida humana é um constante desafio para que
os seres vençam as suas próprias características, nem
sempre negativas, mas que aa fragilizam da mesma
maneira, e que culminem, após toda a extensa trajetória
palmilhada, nos seus propósitos de descida a este plano
denso de experienciações.

Levando em conta que aqui não estamos comentando


sobre as sequelas dos acidentes, e sobre os outros tipos de
sofrimento, até que causem mortes por fatalidades
cármicas ou por ajustes necessários, ditados e decididos
pelos Senhores do Carma, e englobando aí então as
doenças físicas e mentais de correções cármicas mesmo,
como as paralisias, o câncer, e tantas outras que são de
progressiva aqui deterioração do corpo físico, ou que
modifique o seu funcionamento por causas anteriores,
esses valores que estão registrados no corpo etérico ainda
serão outros componentes da problemática.
Os registros cármicos estão alojados fluidicamente
em outro corpo a que as doutrinas espiritualistas chamam
de corpo astral.

Se falamos agora sobre o corpo etérico é porque


existem possibilidades de maiores condições de ele ser
reciclado, purificado e dinamizado, a qualquer momento,
obedecendo a certos critérios de limpeza e ajustes que
muito poderão aliviar as criaturas.

Como limpar este corpo fluídico que faz a sua


tramitação para o corpo físico? Como ajustá-lo a um nível
de equilíbrio e harmonia, de ativação de todos os pontos
onde nada ali esteja escuro, nada esteja como sombra na
vida fluídica e na vitalidade vossos dois corpos?

Nós viemos aqui hoje para isso: Para alertar-vos, a


todos que me lerão, e que porventura disso ainda não
saibam, que existe sempre um modo de corrigirdes estas
deficiências de vossos corpos que invadem o vosso corpo
físico na forma de dor.

E este recurso será sempre o da 'consciência'!

Consciência plena do que sois, em primeiro lugar,


porque nenhuma providência pode ser tomada sem que em
primeira estância estejais sabendo do que se trata, o que
acontece, qual a verdade do vosso ser mais essencial que
está perlustrando os caminhos da vida física.

Em segundo lugar, após terdes esta consciência, que é


o que nos moveu a estarmos neste nosso humilde ensejo de
trazerdes estas palavras a vós, espiritualistas, e a vós,
todos os meus fiéis da igreja católica ou outras, que
poderão um dia estarem conhecendo melhor essa Maria,
essa Maria sem a voz de sua verdadeira identidade
cósmica, que é a Maria que hoje vos fala...

...Em breve estarão entendendo, compreendendo e


agradecendo ao Pai por terem sido elucidados, porque esse
é o destino de todo ser, conhecer a verdade porque só a
verdade vos libertará...
Então como eu vinha dizendo, após a consciência o
segundo passo é a transformação, a transformação da
vossa índole, dos vossos pensamentos, dos vossos
sentimentos, das vossas atitudes, das vossas decisões com
relação a vós mesmos e aos outros.

Sem a transformação do dia-a-dia, das vossas


tendências, das vossas incapacidades, dos vossos instintos
perniciosos do passado, do mal, da violência, da
crueldade, do egoísmo e do orgulho, da ambição
desmedida e materialista, nada ocorrerá de
transformação no vosso corpo físico.

É preciso identificar todas as coisas...

Muitos estarão se perguntando nesse momento: Mas


quantas criaturas estão aí, sorrindo, dentro da sua
irresponsabilidade e de seu descomprometimento com
qualquer cuidado com essas questões, pessoas sem
virtudes aparentes, sem escrúpulos, sem qualquer
vislumbre de juízo sobre a fraternidade ou de amor no
coração, muitas vezes usurpando os bons, o direito de vida
de outras pessoas?

E eles estão por aí, aos milhares, sorrindo, vivendo


sem problemas de saúde.

Quando outros, até muitos, bons de coração, muitos


amáveis, muitos simples, muitos cristãos, muitos
benevolentes, e estão em condições adversas com as suas
enfermidades...o porquê então ocorre também esta
diferenciação?

Nós voltamos a dizer: - Os bons, os benevolentes, os


mansos que estiverem sofrendo estão já recebendo no seu
corpo físico a cura derradeira, a cicatrização da marca, da
matriz, os efeitos da matriz do seu outro corpo, o astral ou
perispiritual...aquele seu outro corpo que registra as
deficiências de comportamento no passado.

E aqueles que estão sorrindo e de bem com a vida, na


sua condição de riqueza ou de poder, ou de qualquer
situação em que estejam apenas desfrutando de momentos
aparentemenete mais saudáveis, ou mais livres de
limitações por processos de ordem física ou mental,
poderão estar no passo que antecede a formação da matriz
dos erros, que é a geração de seu próprio 'EU' futuro, a
geração da própria matriz que posteriormente poderá se
desenvolver como uma enfermidade também, em algum
momento da sua evolução.

Poderá estar acontecendo o desafio da saúde total, da


abastança que lhes dê o poder de desfrutar a vida da forma
que desejarem...

Nestes caminhos, em maioria das vezes, os seres


humanos, por se sentirem tão bem, poderão estar caindo
no abismo de distanciamento com seu propósito de vida,
de sua religação com sua natureza divina, porque tudo lhe
está muito facilitado.

A Dor sempre é um aviso de que algo precisa mudar.


E quando ela não chega em um determinado período da
vida, caso não esteja a criatura assim tão bem por seu
merecimento e equilíbrio, ela poderá chegar se as ciladas
de seu comportamento e atitudes na humanidade estiver
sendo desfavorável ou distante do que foi estabelecido
para sua trajetória terrena.

Porque a todos o Pai concede a mesma oportunidade,


a oportunidade de transmutação dos seus seres, do seu
espírito através da reflexão sobre a vida e sobre qual é a
sua fração de responsabilidade para com as outras vidas
de seus copartícipes de vida terráquea.

A dor, sentida em seu próprio corpo, pode acordar os


seres para entenderem do que precisam os outros!

Ou o que causou ao outro, um dia!

Muitos já sabem sobre essa verdade, mas nós estamos


nos dirigindo a quem ainda não teve essa oportunidade de
conhecer esses assuntos, e que está interessado em ler as
novas palavras de Maria à humanidade.

E, para essas pessoas o Pai está abrindo essa


oportunidade, que não encontrariam no interior das
crenças limitadas, que relutam em passar as informações,
os conhecimentos, que já poderão estar ultrapassados
quando esses textos chegarem até elas.

Dessas crenças de seus passados só deverá


permanecer as lições do amor...e a ignorância não mais
poderá continuar, pois que mantém a humanidade sob a
tutela e o controle dos inimigos espirituais do ascensão da
Terra.

É um povo escravizado aquele que ainda se contenta


com as migalhas que estão sendo oferecidas às suas
mentes!

A sua compreensão de Deus, do mecanismo da vida na


Terra deve se ampliar!

Que incompatibilidade é essa de observardes tantas


diferenças na Terra e ao mesmo tempo verdes e louvardes
um Deus bom e justo, que sabe o que faz, sem nada estarem
entendendo?

E todos aqueles que seguem as doutrinas absolutistas,


que não aceitam a verdade divina e que dizem apenas: -
Deus sabe o que faz ! Como sabem o porque Ele o sabe?

É preciso que entendam o que estão a dizer.

É preciso que penetreis no que estão a dizer...

Por que é que Deus sabe o que faz?

É porque justamente Ele sabe o que faz...

Ele sabe as causas das coisas! Mas vos contentais com


que Ele saiba.

E se Ele nesse momento diz: - "Já é hora dos homens


da Terra saberem o que Eu Faço, Porque Faço e Como Faço
!"

E esses ensinamentos do Pai só podem chegar através


de emissários, de mensageiros divinos.
Eu também me propus a essa tarefa, como outros se
propuseram em outros esquemas de conexão espiritual.

Eu sei que muitos dos meus fiéis católicos estarão me


lendo um dia...e outros também, os que não tiveram acesso
a isso.

Faço-me uma emissária de Deus para poder vos


alertar que é preciso desbravar esta selva da ignorância
humana sobre as relações de Deus com a sua própria
criatura.

Ainda muitas coisas sobre este tema deverão ser


faladas algum dia, mas o meu mister neste projeto atual é
o de trazer, migalha após migalha, a consciência a quem
quiser tê-la, a quem a quiser sentir e deter.

Chegou o seu momento de todas as religiões


conhecerem algumas verdades, além dos que conhecem ou
pensam que conhecem, e que outras já conhecem...

O meu objetivo tem sido agora e será ainda muito


mais o de levar sempre o meu esclarecimento às pessoas da
Terra.

Essas pessoas serão crianças, jovens ou


adolescentes...mas que precisarão conhecer tudo isso!

Ou serão pais e mães, avós ou tutelares que deverão


saber tudo isso para passar a essas crianças, adolescentes
e jovens porque, se não houver essa comunicação, para
que esses mais jovens possam receber essas informações,
não haverá mudanças na religião humana, não haverá
conhecimento da verdade, mas somente crenças, haverá
sempre o mito de uma arbitrariedade divina.

E esta arbitrariedade não está, em relação ao Pai,


como as arbitrariedades pautadas em injustiças. Não!

Havereis que conhecer detalhadamente a verdadeira


justiça de Deus !

Ele decide sobre vidas e mortes, sobre sáude e doença,


sobre tudo de vós, com base em vós mesmos, em vossos
percursos e em vossas ações !

São decisões e determinações divinas pautadas no


próprio conhecimento que Ele tem das necessidades dos
seus filhos de transitarem por essa ou por aquela
experiência dolorosa do corpo e da alma para dissolverem
os nódulos dos seus comportamentos que se
corporificaram em seus corpos, em forma de doença, de
disfunção de qualquer espécie, para alertá-los sobre seus
verdadeiros propósitos de existirem.

Começai a perquirir sobre a dor, sobre o por que da


dor, para chegardes mais perto do Pai e, como um filho que
clama, pedindo as informações que necessitais para
entenderdes os porquês de vossas dores.

Porque muitas vezes estais também a vos rebelar


contra o Pai, a perder a fé por Ele, pois as coisas nem
sempre estão como desejaríeis que estivessem...

Quando deduzis que Ele não vos está curando, que


não está, aparentemente, atendendo aos vossos clamores
de cura, de alivio...se não estiverdes compreendendo o
quanto Ele está sendo bondoso, e quão generoso,
permitindo à vida curar as vossas deficiências morais,
através deste mecanismo que vos estou explicando hoje,
dentre outros, sobre a influência de vossas fragilidades,
lacunas e defeitos, registradas neste Corpo Etérico, dentre
outros....

Mas, vamos devagar...

Necessitais estar, a partir de agora, em sintonia com


o Pai, numa cumplicidade de aceitardes as coisas que vos
acontecem sem revolta no coração, sem julgamento sobre
a própria divina e sem que ainda, através disso, venham
outros acontecimentos em direção ao próximo, pelo ódio
ou revolta que nasce em vosso coração e por não estarem
compreendendo o porque do vosso sofrimento.

**************
Mentalizai sempre todas as células do vosso corpo
como um universo de milhares de todas essas vossas
cópias do corpo humano, como eu vinha dizendo: corpos
minúsculos, faiscantes, fosforescentes...

E começando uma conversa com cada célula vossa


estareis levando o vosso pedido, a vossa mensagem,
porque como eu disse essas partículas se recambiam,
transitam pelo outro corpo numa incessante troca de
energia vital.

Essas células, e aqueles milhares de seres, levando a


mensagem que vosso corpo etérico clama, poderão vir,
conforme a intensidade do vosso desejo, a dissolver, aos
poucos, as manchas, os nódulos, as matrizes dos vossos
erros no passado, ou as solidificações de vossas emoções
em forma de inflamações e distorções metabólicas, o que a
medicina convencional tem chamado, por vezes, de
doenças psicossomáticas.

Deveis ir, também, pedindo perdão a essas células,


tanto de um corpo quanto de outro, por terdes também
causado nelas aqueles danos.

Vão pedindo perdão às matrizes, às manchas de


vossos corpos etéricos.

Vão pedindo perdão aos nódulos, aos distúrbios dos


órgãos ...

E vão pedindo perdão a Deus por tudo quanto tenha


sido feito por vossas mãos, em vossos lares, em outros
departamentos de vossas vidas, a vós mesmos. Aos vossos
semelhantes, por vossos pensamentos, sentimentos, por
decisões sobre a vida de alguém ou sobre a vida da
coletividade em que, em alguma vida que se passou se
deixou plasmar em seus corpos astrais também as
verdadeiras matrizes das doenças e dores, diferenças de
metabolismo e características físicas desprivilegiadas.

Pedi sempre por transformação ao vosso interior!

Lutai pela transmutação dos vossos defeitos, dos


vossos erros, das vossas imperfeições, das vossas mazelas,
das vossas sequelas morais do passado, resquícios
quaisquer que sejam, mas que sejam todos alijados
constantemente do vosso espírito.

E assim, progressivamente, paulatinamente, estareis


limpando o vosso corpo astral, de forma mais gradativa.

Mas quanto ao corpo etérico, que está mais próximo


da contextura física e assimila emanações de vossas idéias,
emoções, sentimentos e ainda é atacado por seres
sombrios, por ser o mais próximo do vosso organismo
físico, as atitudes e pensamentos sadios, elevados, com
limpezas fluídicas constantes repercutirão na saúde e no
bem estar de vós e no alívio de vossos padecimentos.

A cura está ao alcance de todos, porque é o feita da


cura do próprio homem!

Transformai-vos e sede generosos para com vós


mesmos!

Sempre ainda haverá a intervenção divina em todos


os casos em que Ele perceba a necessidade de suavizar
esses padecimentos, pelos méritos conquistados, pelo
esforço da transformação que aquele filho seu
demonstrou.

Mas é preciso que Ele reconheça esse esforço, que Ele


reconheça essa acirrada busca de vós pela vossa
regeneração.

São múltiplos os atributos divinos de intervenção na


Sua própria criação, e Ele poderá então também trazer a
cura, porque Ele é o Criador, Ele a Perfeição e somente Ele
pode revolver as Suas próprias Leis e extrair de seu
conjunto o dispositivo da cura libertadora e
misericordiosa.

Mas, como regra geral, pelo mecanismo de Sua Lei de


Ação e Reação, é o próprio ser que se cura sempre, quando
ele compreende tudo isso quanto hoje vos falei, que ainda
é tão pouco, mas é uma sinalização verdadeira e simples de
como podereis começar a vos auto curar.
É por isso que o Pai concede tantas oportunidades
como vidas sucessivas, meus filhos ! Para que aproveitem
essa todas vidas, aprendendo sobre vós mesmos, sobre o
outro, sobre a vida, sobre o amor e assim atingindo
sabedoria e iluminação.

Então louvemos ao Pai por mais essa sagrada


oportunidade de estarmos juntos, em frequências
diferentes, mas irmanados no mesmo afã de conscientizar
pessoas leigas que lerão o livro de Maria no Brasil.

E hoje, já que tivemos também a palavra do nosso


ilustre médico... ( refere-se à mensagem que foi dada antes
da sua canalização, a do Dr. Bezerra de Menezes, cuja
gravação, infelizmente, não foi registrada, por falha do
aparelho)... não só do seres humanos, mas como médico de
almas, médico do Planeta Terra, médico do Brasil, que
aqui permanece, nesses círculos astrais, para continuar
lançando as suas pérolas aos seres humanos, através da
sua ajuda exemplar. Já poderia ele, há muito tempo, ter se
desligado do serviço ao orbe terráqueo, em direção aos
páramos da seu verdadeira patamar espiritual.

Que essas palavras que ele veio dizer hoje sejam muito
bem compreendidas e muito bem seguidas porque disto
depende a continuidade inclusive deste nosso empenho
atual de conscientização espiritual e de outros que
poderão vir.

Deus na sua infinita misericórdia, como eu vinha


dizendo, sempre pode intervir, pelos méritos dos seus
filhos, nas suas próprias leis e lançar novos projetos
decisivos sobre a Terra e sobre a humanidade.

Eu me ajoelho a ti, Pai, novamente, clamando por


essas vidas, todas envolvidas neste trabalho, que só será
conhecido um pouco mais tarde.

Peço a ti, Pai amado, que venha dispensar teu amor,


concedendo a força, a energia, o estímulo, o entusiasmo e
a alegria, a saúde, a vitalidade, a fé e a confiança nesses
nossos filhos que te servem, especialmente àqueles que
estejam mais necessitados do teu amparo, da tua
intervenção.

Traz, Senhor Pai, o teu reforço sagrado, sublime e


perfeito para esses momentos difíceis de interferências
perversas insistindo em que nossa irmã mensageira não
consiga se conectar conosco!

Obrigada, Pai por estes singelos momentos de


conexão com o plano carnal. Me apraz estar enlaçada com
meus filhos da Terra!

Que vós todos, filhos, possais continuar nesta seara


de paz, nesta luz do trabalho profícuo de consolidação
desses registros de minhas palavras.

O presente que eu vos trouxe hoje é essa cesta


fosforescente, cheia de minúsculos seres do universo, que
colaboram com a vida humana.

Trouxe-os na dimensão em que vivem, agregados a


uma farta composição que fizemos da contraparte etérica
dos elementos de vossa natureza, para que eles possam
estar penetrando nos vossos corpos físicos, vossos corpos
astrais e vossos corpos eréricos, doando-vos o bioplasma
que vos fortalece, vos cura e vos impulsiona, vitalizando
todos aqueles milhares pontículos de vós mesmos, a que
me referi no início dessa nossa serena e simples conversa,
entre nós, seres multidimensionais, que o Pai permitiu que
nos sintonizássemos, pelo bem da vossa tarefa cristica
sobre a Terra.

Implantando um novo regime de vida dentro de cada


célula, revigorando e fortalecendo todas as suas forças do
vosso corpo físico e etérico, mais e mais a humanidade
conhecerá sobre esses mecanismos de intervenção dos
seres elementais da natureza nas vidas físicas dos seres
humanos e na harmonização das forças naturais do vosso
planeta.

Na hora certa tudo será uma grande verdade à


disposição dos seres humanos, para a cura dos seus corpos
etéricos, principalmente.
Esse desforço pertencerá às legiões da Cúpula
Ancestral da Terra estabelecer, em forma de critérios de
dispensação os conhecimentos a respeito, numa era que
está próxima: a era da medicina espiritual, através da
manipulação dos éteres de toda a flora natural e das
imposições de mãos dos seres que portam altos índices de
ectoplasma humano, e que podem ativar quanticamente o
magnetismo, acionando, de formas integradas, toda a
reposição de fluidos bioelétricos que poderão muito
contribuir nessa cura do Corpo Etérico, somados a todo o
vosso empenho de remodelação de vossas personalidades
e de vossas características perniciosas.

Eu vos saúdo, filhos da Terra! Tendes à vossa frente


todas as chaves para vossa Cura. De todos os vossos
corpos.

Bastará vossa sublimação de pendores e o


conhecimento do dinamismo da natureza como remédio
divino, e a aceitação de todos os novos prismas de
entendimento sobre cura espiritual de vossos corpos
físicos, que estarão chegando ao vosso planeta, a cada dia,
e de forma a se eternizarem, pois a Terra do futuro é a
Terra em outra dimensão, que dará vez a também outras
dimensões de captação e utilização de ensinamentos
cósmicos sobre procedimentos e tecnologias espirituais
superiores, à disposição de vós mesmos e dos novos seres
que chegarão para inspirarem e implantarem as planilhas
de ação do novo planeta regenerado.

Glória a Deus nas Alturas e Paz na Terra aos Homens


e Mulheres de Boa Vontade!"

MARIA DE NAZARÉ
Mensagem canalizada por Rosane Amantéa em 08 de
agosto do ano 2000, e gravada pelos membros da
Fraternidade Espiritual da Estrela Ishtar, em sua sede, à
época, em Brasília- DF- Brasil.
2011Rosane Amantéa
Esta mensagem pode ser compartilhada desde que os direitos
autorais sejam respeitados citando o autor e o link
http://rosane-avozdoraiorubi.blogspot.com
Obrigada por incluir o link do site do autor quando repassar essa
mensagem.

Você também pode gostar