Você está na página 1de 28

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE

SÃO PAULO - CAMPUS GUARULHOS

Guilherme Oliveira Coelho – GU 301356-1


Jeferson Norberto da Conceição – GU 301338-3
Vinicius Barbosa dos Anjos - GU 301340-5

Experimento 2: OSCILAÇÕES AMORTECIDAS

Guarulhos

2020
Guilherme Oliveira Coelho – GU 301356-1
Jeferson Norberto da Conceição – GU 301338-3
Vinicius Barbosa dos Anjos - GU 301340-5

Experimento 2: OSCILAÇÕES AMORTECIDAS

Trabalho apresentado à disciplina de Física


Experimental II no curso de Engenharia de
Controle e Automação do Instituto Federal de
Educação, Ciência e Tecnologia de São
Paulo, sobe orientação do Prof. Dr. Dennis
Lozano Toufen.

Guarulhos

2020
RESUMO

Este trabalho propõe estudo sobre OSCILAÇÕES AMORTECIDAS. Todo o projeto foi
concebido em etapas, visando o levantamento de dados através do Laboratório Virtual
de Mecânica da USP, no qual propõe analisar o comportamento do sistema massa-
mola considerando o amortecimento, verificando seus impactos no sistema oscilatório.
Através do estudo do sistema de forma teórica, afim de relacionar as funções e seus
conceitos físicos por meio do tratamento e análise de dados. Dessa forma é notável a
grande eficiência dos métodos na obtenção da distância e do tempo do corpo, no qual
possibilita levantar a relação entre elas por meio destes dados, os cálculos e analises
pertinentes vistos em teoria de física.

Palavras chaves: Experimento, Análise de Dados, Oscilações, Sistema Massa-Mola,


Amortecimento.
LISTA DE FIGURAS

Figura 1 - Massa-Mola ................................................................................................ 6


Figura 2 - Massa-Mola-Amortecedor ........................................................................... 7
Figura 3 - Constante de Amortecimento ...................................................................... 9
Figura 4 - Posição ao longo do tempo. ..................................................................... 13
Figura 5 - Curva do modelo obtido ........................................................................... 14
Figura 6 - Comparativo do Sistema Real x Simulado. .............................................. 15
Figura 7 – Comparativo Real x Simulado com aumento de amortecimento .............. 16
Figura 8 - Comparativo Real x Simulado (Ajuste de Referencial) ............................. 17
Figura 9 - Ajuste de Amortecimento .......................................................................... 18
Figura 10 – Comparativo de Energia S16 ................................................................. 19
LISTA DE TABELAS

Tabela 1 – Parâmetros das Situações ...................................................................... 10


Tabela 2 – Massas dos objetos de ensaio ................................................................ 11
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO TEÓRICA .................................................................................... 6


1.1 SISTEMA MASSA-MOLA-AMORTECEDOR .................................................................................... 6

2. EXPERIMENTO .................................................................................................. 10

3. DADOS EXPERIMENTAIS................................................................................. 11

4. ANÁLISE DOS DADOS ..................................................................................... 13

5. CONCLUSÃO ..................................................................................................... 20

REFERÊNCIAS......................................................................................................... 22

APÊNDICE A - CÓDIGO E DADOS ....................................................................... 23


6

1. INTRODUÇÃO TEÓRICA

1.1 Sistema Massa-Mola-Amortecedor

Consideremos no sistema descrito abaixo a massa m1 presa a dois extremos


por molas, cujas constantes são k1 e k2 respectivamente, conforme figura 1 que
descreve o diagrama. As oscilações geradas por esse sistema são amortecidas pela
mola oposta, gerando um movimento oscilatório amortecedor, composto por molas.
Considerando que o amortecimento em uma situação hipotética seja pequeno, a
amplitude diminui lentamente com o tempo. Um caso simples de oscilador molar
amortecido é aquele que a força de amortecimento 𝐹𝑎 é proporcional à velocidade V
da massa que oscila. Tomamos a equação abaixo, onde o sinal negativo indica que a
força se opõe a 𝐹𝑎.

𝐹𝑎 = −𝑏𝑉

Sendo b uma constante de amortecimento que depende diretamente das


características do corpo (forma geométrica e tamanho da superfície) e das molas no
qual o corpo oscila.
Com o referencial X=0 sendo tomado como na posição de equilíbrio do sistema
massa mola massa, conforme figura 1, uma equação que descreve o movimento é
descrita como.
𝑑𝑥
𝑚 = −𝑘𝑥 + 𝑚𝑔 − 𝑏𝑉
𝑑𝑡

Figura 1 - Massa-Mola

Fonte: USP.
7

No sistema massa mola estudado podemos considerar molas em paralelo


fixadas a massa “m”, o que se pode obter uma constante elástica equivalente para o
sistema apenas somando-as. Assim, como o sistema apresenta um atrito por meio do
trilho é considerado como um amortecedor no sistema, no qual é encarregado para
gerar dissipação de energia, podendo rearranjar o sistema para massa-mola-
amortecedor, como visualizado na Figura 2:

Figura 2 - Massa-Mola-Amortecedor

Fonte: Silva (2009).

O modelo teórico do Sistema Massa-Mola-Amortecido pode ser obtido através


da formulação lagrangeana em caracterizar cada sistema mecânico por uma
determinada função dependente das coordenadas generalizadas, das suas derivadas
temporais e do tempo. A lagrangeana pode ser escrita como 𝐿 = 𝑇 – 𝑉 , onde “T” é a
soma das energias cinéticas e “V” é a soma das energias potenciais. Podemos obter
os seguintes dados do sistema estudado:

𝑚 𝑘
𝑇 = 𝑥̇ → 𝐸𝑛𝑒𝑟𝑔𝑖𝑎 𝐶𝑖𝑛é𝑡𝑖𝑐𝑎 (𝑐𝑎𝑟𝑟𝑜) , 𝑉 = 𝑥 2   →  𝐸𝑛𝑒𝑟𝑔𝑖𝑎 𝑃𝑜𝑡𝑒𝑛𝑐𝑖𝑎𝑙 𝐸𝑙𝑎𝑠𝑡𝑖𝑐𝑎 (𝑚𝑜𝑙𝑎) 
2 2

Como trata-se de um sistema oscilatório amortecido, subentendesse que há


uma energia dissipativa a ser considerada no sistema onde
𝑏 2
𝐸𝑑 = 𝑥̇ → 𝐸𝑛𝑒𝑟𝑔𝑖𝑎 𝐷𝑖𝑠𝑠𝑖𝑝𝑎𝑡𝑖𝑣𝑎(𝐴𝑚𝑜𝑟𝑡𝑒𝑐𝑖𝑚𝑒𝑛𝑡𝑜)
2
8

Assim, o lagrangeano é dado por:


𝑚 𝑘
𝐿 = 𝑇 − 𝑉 = 𝑥̇ − 𝑥 2
2 2
As equações de Lagrange são formadas pela seguinte relação que considera
suas variáveis generalizadas, derivadas e o tempo, sobe uma energia dissipativa,
onde:
𝑑 𝜕𝐿 𝜕𝐿 𝜕𝐸𝑑
( )− + = 0
𝑑𝑡 𝜕𝑥̇ 𝜕𝑥 𝜕𝑥̇

Resolvendo as derivadas referentes do lagrangeano podemos obter a equação


diferencial que representa o sistema:

𝜕𝐿 𝑑 𝜕𝐿
= 𝑚𝑥̇ → ( ) = 𝑚𝑥̈
𝜕𝑥̇ 𝑑𝑡 𝜕𝑥̇
𝑑 𝜕𝐿 𝜕𝐿 𝜕𝐸𝑑 𝜕𝐿
( )− + = 0 = −𝑘𝑥
𝑑𝑡 𝜕𝑥̇ 𝜕𝑥 𝜕𝑥̇ 𝜕𝑥
𝜕𝐸𝑑
{ 𝜕𝑥̇ = 𝑏𝑥̇
𝑑 𝜕𝐿 𝜕𝐿 𝜕𝐸𝑑
( )− + = 0 ∴ 𝑚𝑥̈ + 𝑘𝑥 + 𝑏𝑥̇ = 0
𝑑𝑡 𝜕𝑥̇ 𝜕𝑥 𝜕𝑥̇

Podemos classificar o sistema como uma EDO de segunda ordem, realizando


as substituições, consideraremos 𝑚𝜆2 = 𝑚𝑥̈ , 𝑏𝜆1 = 𝑏𝑥̇ , 𝑘𝜆0 = 𝑘𝑥 , e assim calcular
suas raízes:

−𝑏 ± √𝑏 2 − 4𝑎𝑐 −𝑏 ± √𝑏 2 − 4𝑚𝑘 −b b 2 𝑘
𝜆12 = = = ± √ ( ) −
2𝑎 2𝑚 2𝑚 2𝑚 𝑚
Segundo Silva (2009) esses parâmetros determinados remetem a três casos
distintos de amortecimento, em função dos valores relativos:

1. Quando 𝑏 2 − 4𝑚𝑘 > 0 ∴ 𝑏 2 > 4𝑚𝑘 , raízes reais e é caracterizado


como oscilador superamortecido, que não ocorrerá oscilações.
2. Quando 𝑏 2 − 4𝑚𝑘 = 0 ∴ 𝑏 2 = 4𝑚𝑘, é caracterizado como movimento
oscilatório criticamente amortecido, a perturbação no sistema não oscila
e volta rapidamente ao equilíbrio.
3. Quando 𝑏 2 − 4𝑚𝑘 < 0 ∴ 𝑏 2 < 4𝑚𝑘, raízes imaginárias e é
caracterizado como movimento oscilatório subamortecido.
9

Se o amortecimento for pequeno, a massa oscila, perdendo lentamente a


amplitude conforme a energia é dissipada, caso o amortecimento é criticamente
amortecido classificado como seu for ao seu caso limite, assim como o amortecimento
muito grande, a massa não oscila quando é deslocada, e tenta retomar à posição de
equilíbrio (OER Services). A Figura 3 apresenta os 3 casos distintos de
amortecimento.

Figura 3 - Constante de Amortecimento

Fonte: OER Services.


10

2. EXPERIMENTO

Para realizar o experimento foi realizado movimento de oscilação de um


carrinho sobre um trilho de ar, preso em suas extremidades a molas, no qual permite
estudar a dissipação de energia presente no sistema através do trilho de ar, que no
qual faz o papel de amortecimento ao longo do tempo e as relações existentes. O
experimento foi dividido em duas situações, com intuito de levantar o tempo e posição
do carrinho, onde é captado pela câmera a partir de um trena de referência de medida
a posição dos objetos e os dados de tempo, que posteriormente serão utilizados para
eventual comparação com a teoria e o impacto do amortecimento no movimento
oscilatório.
O experimento foi dividido em situações em que se alternam as massas
presentes no carrinho e as constantes elásticas do sistema, onde pode-se observar o
comportamento através da alteração desses parâmetros.

Tabela 1 – Parâmetros das Situações

Fonte: Autor.

Para as seguintes situações:


• Situação 1: M1, M2, C1, P1, P2. Posição de Equilíbrio (cm) 24,3 cm
11

3. DADOS EXPERIMENTAIS

Executando a primeira parte do experimento, foram coletadas as seguintes


informações de distâncias e tempo. Para a formação da tabela de dados completas,
foram realizados cálculos e a análise de forma visual, por meio de gráficos.
Através da análise e interpretação das imagens das situações experimentais
foi-se obtido os valores, com isto foi possível calcular a velocidade média e o tempo
médio através das seguintes fórmulas:

Para o calculo das energias do sistema são necessários que se leve em


consideração as massas dos elementos evolvidos na cinemática do sistema. Dada tal
consideração, devemos considerar o seguinte:

Tabela 2 – Massas dos objetos de ensaio

Onde a massa total se dá por:

𝑀𝑎𝑠𝑠𝑎 𝑡𝑜𝑡𝑎𝑙 = 𝑀𝑐𝑎𝑟𝑟𝑖𝑛ℎ𝑜 + 𝑃𝑒𝑠𝑜1 + 𝑃𝑒𝑠𝑜 2

Considerando os dados adquiridos e calculados de velocidade média, tempo


médio, foram realizados os cálculos das energias presentes no sistema analisado,
sendo elas as energias cinéticas (referente ao movimento), potencial elástica
(referente as molas) e energia total (referente a razão entre as duas energias).
Temos o cálculo de energia cinética descrito como:
12

A energia potencial elástica pode ser descrita pela seguinte equação, onde “k1
e k2” são as constantes das molas envolvidas no sistema analisado.

Relacionando as energias citadas acima, e possível determinar a energia total


presente no sistema em cada um dos casos. A partir do diagrama de atuação das
energias podemos visualizar que as mesmas trabalham em mesmo sentido, logo
pode-se soma-las vetorialmente para obtenção da energia total. Temos a seguinte
equação para energia total do sistema.

𝐸𝑡𝑜𝑡𝑎𝑙 = 𝐸𝑐𝑖𝑛é𝑡𝑖𝑐𝑎 + 𝐸𝑝𝑜𝑡𝑒𝑛𝑐𝑖𝑎𝑙

Com as relações do experimento impostas é possível calcular as energias


presentes no sistema e analisar graficamente o comportamento da mesma em função
do comportamento do experimento.
13

4. Análise dos Dados

A partir dos dados dos conjuntos coletados e realizado seus respectivos


cálculos de energia, foram construídos gráficos das grandezas com intuito de melhor
analisar o comportamento e o impacto do amortecimento no sistema oscilatório. Os
gráficos foram gerados através de utilização do software Excel e utilizado o MATLAB
para implementar o modelo teórico do sistema e suas possíveis semelhanças com o
sistema real.
Inicialmente, foi possível fazer realizar uma análise primaria da posição em
relação ao tempo. A Figura 4 apresenta a oscilação da posição.

Figura 4 - Posição ao longo do tempo.


Posição x Tempo
27
25
23
21
19
17
15
13
11
3,504
1,335
1,502
1,668
1,835
2,002
2,169
2,336
2,503
2,67
2,836
3,003
3,17
3,337

3,671
3,837
4,004
4,171
4,338
4,505
4,672
4,839
5,005
5,172
5,339
5,506
5,673
5,84
6,006
6,173
6,34

Posição

Fonte: Autor.

A primeira análise a ser observada a partir do gráfico de posição sobre o tempo


é a sua característica de resposta subamortecida, ou seja, 𝑏 2 < 4𝑚𝑘, que no qual
apresenta um valor de amortecimento muito baixo, ocasionando oscilações fortes e
com demora para estabilização, perdendo sua amplitude conforme a ação do trilho de
ar como resistência ao movimento, onde a tendência de posição inicial do carrinho
tende a 18 ± 0,05 cm. Através dessa analise primária pode-se realizar uma
comparação com o modelo matemático, no qual podemos atribuir uma constante de
amortecimento que respeite a relação que ocasiona a reposta subamortecida.
Contudo, ao criar as variáveis generalizadas, podemos alimentar com os dados
14

utilizados e realizar eventuais comparações.


Onde 𝑥 = 𝑥1 , 𝑥̇ = 𝑥2 e assim definimos em equações de estado para
simulação ao MATLAB:
𝑥̇ 1 = 𝑥2
{ −(𝑘𝑥1 + 𝑏𝑥2 )
𝑥̇ 2 =
𝑚

Ao simular com uma constante de amortecimento de valor baixo, respeitando a


relação estudada, obtivemos uma curva de mesma característica subamortecida,
porém é perceptível que a amplitudes de posição são diferentes do experimento real,
o modelo matemático alimentado com os mesmos dados não reproduziu por completo
as amplitudes, considerando a constante de amortecimento no valor 0,4 N.s/m. A
Figura 5 apresenta as curvas obtidas, com inserção de curvas de picos.

Figura 5 - Curva do modelo obtido

Fonte: Autor.
15

Para demonstrar a diferença de amplitudes do sistema, foi importado ao


MATLAB os dados do experimento e realizado uma comparação com o modelo
encontrado, onde pode-se observar que apresenta a mesma caracterista de sistema,
comprovando que o modelo encontrado apresenta os mesmos aspectos ao logo do
tempo, apesar de amplitudes diferentes. De maneira geral não impacta o estudo do
sistema e a relação do amortecimento na resposta transitória. A Figura 6 representa
a comparação entre real x simulado. A Figura 7 apresenta o impacto de um possível
aumento na constante de amortecimento no sistema estudado.

Figura 6 - Comparativo do Sistema Real x Simulado.

Fonte: Autor.
16

Figura 7 – Comparativo Real x Simulado com aumento de amortecimento

Fonte: Autor.

Devido a diferença de amplitude e referencial dos sistemas comparados,


levantamos o questionamento que o sistema adotado pelo MATLAB deveria seguir de
maneira mais proxima possivel do modelo real, assim entendemos que o mesmo teria
como referencial a posição “0” metros no sistema de coordenadas, com isso foi
ajustado o código implementado para a posição de 18 ± 0,05 cm, tal medida foi
encontrada por meio da Figura 4 que trata-se do modelo real (Posição x Tempo). Esse
ajuste proporcionou melhor comparação e visualização em mesma escala, assim
como a importância de adotar referenciais iguais para uma melhor visualização e
confiabilidade, essa mudança é ilustrada na Figura 8. Contudo, a partir dessa escala,
foi ajustado a constante de amortecimento para melhor assemelhar o sistema como
um todo, porém ainda há diferenças em suas amplitudes, como representado na
Figura 9.
17

Esse ajuste foi proporcionado pela alteração na variaveis de estados, assim


nos aproximamos do sistema esperado, tal como:

𝑥̇ 1 = 𝑥2 𝑥̇ 1 = 𝑥2
{ −(𝑘𝑥 1 + 𝑏𝑥 )
2 → { −(𝑘(𝑥 1 − 0.18) + 𝑏𝑥2 )
𝑥̇ 2 = 𝑥̇ 2 =
𝑚 𝑚

Figura 8 - Comparativo Real x Simulado (Ajuste de Referencial)

Fonte: Autor.
18

Figura 9 - Ajuste de Amortecimento

Fonte: Autor.

Nota-se que na Figura 9 a tentativa de melhor ajuste ao modelo, atribuindo um


coeficiente de amortecimento menor, aproximamos da amplitude esperada, porém
consequentemente o sistema apresenta maior tempo em sua oscilação até a
estabilização, no qual constata-se que há outros parâmetros no sistema não
considerados no modelo matemático encontrado.
Analisando o gráfico da Figura 10, identifica-se a semelhança comportamental
do sistema ao longo do tempo, tal que há uma nítida dissipação de energia por ação
do amortecimento (trilho de ar), tal conceito não observado no experimento anterior
(Experimento de estudo de Energia). O sistema apresenta alta relação da ação da
energia potencial elástica à energia total, já a energia cinética é consideravelmente
dissipada, factível pela ação do amortecimento ter também uma relação direta com a
velocidade. Ao analisar os picos máximos de ambas energias, a energia potencial
representa 99,956% da energia total.
Energia (g.cm²/s²)

0
100000
200000
300000
400000
500000
600000
700000
800000

1,3685
1,6015
1,8355
2,0690
2,3025
2,5360
2,7695

Ec
3,0035
3,2365
3,4705

Et
3,7040
3,9375
4,1715
Energia x Tempo

Fonte: Autor.
Ep

4,4045
4,6385
4,8720
5,1055
5,3390
Figura 10 – Comparativo de Energia S16

5,5725
5,8065
6,0395
6,2735
19
20

5. CONCLUSÃO

Para este experimento, tomamos em consideração inicialmente o sistema


proposto, observando-se a Figura 1, tal sistema adotado como sistema mola-massa-
mola, onde fora estudado seu comportamento através dos quadros que descreviam
as situações, com posição e tempo. Estes valores foram tomados, e a partir destes
formulamos gráficos e descrevemos equações.
A partir dos dados levantados temos que o sistema se enquadra em um sistema
de segunda ordem, devido seus componentes e seu modelo teórico. Ao considerar 2
molas em paralelo e o atrito provocado pelo trilho de ar sobre o carro, o sistema passa
a ser estudado como massa-mola-amortecido, devido às componentes e suas
dissipações de energia.
O modelo teórico obtido fora constituído através dos métodos de formulação
Lagrangeana.
Através do gráfico obtido na Figura 3 podemos verificar e entender os tipos de
sistemas amortecidos possíveis. Sendo amortecido, sub amortecido ou criticamente
amortecido, conforme comportamento gráfico. As principais características de cada
sistema, deixam com clareza que os mesmos possuem comportamentos discretos e
diferentes, podendo assim validar uma situação através de uma simples analise
gráfica, assim como nesta conclusão usaremos este para complementar e
exemplificar.
A Figura 4 deste relatório demonstra o gráfico tempo x posição, contudo é
possível observar que com o passar do tempo a posição vai perdendo sua amplitude,
que implica que o mesmo perde a intensidade de seu movimento, não conseguindo
alcançar a mesma longitude do movimento anterior, caracterizando uma
dissipação/perda de energia em comparativo aos dois movimentos.
As constatações acima podem ser mantidas e observadas com clareza quando
pegamos dois pontos referenciais no tempo e observamos a posição, por exemplo, os
pontos 1,835 e 2,836 segundos, são praticamente 1 segundo de diferença e temos
uma perda de posição para o mesmo sentido que pode ser observada no gráfico.
Também se destaca a assimetria entre os picos do gráfico, tanto ascendentes
ou descendentes. Com isto, ainda com o gráfico posição x tempo verifica-se que o
mesmo apresenta oscilações antes de encontrar um ponto de equilíbrio, com a
21

observação da Figura 3, podemos definir que o sistema é subamortecido, pois


apresenta oscilações ao longo do tempo, assim atribuindo o sistema a afirmação que
b² < 4mk.
Com isto conclui-se que o exercício proposto contribui para o entendimento de
um sistema de segunda ordem, com amortecimento, inclusive levantamos a
necessidade durante as análises gráficas de adotar um referencial de equilíbrio para
que o modelo teórico siga de maneira fidedigna. O sistema proposto apresentasse
como uma fonte de novos aprendizados, visto que o mesmo nos permitiu aplicar uma
situação pratica e então tratar através dos métodos teóricos aprendidos, até
encontrarmos uma solução que esteja amparada em uma das áreas de conhecimento.
E do ponto de vista de continuidade o experimento é uma continuidade do ultimo
estudo proposto, nos remetendo a conhecimentos entendidos anteriormente que
foram fundamentais para a finalização e conclusão deste experimento.
22

REFERÊNCIAS

OER Services. "Damped Oscillations". Disponível em: <


https://courses.lumenlearning.com/suny-osuniversityphysics/chapter/15-5-damped-
oscillations/#CNX_UPhysics_15_06_DampedOscB >. Acesso em: 30 dez. 2020

SILVA, Dr. Samuel. "Vibrações Mecânicas". 2009. 151 f. Apostila. Universidade


Estadual do Oeste do Paraná, 2009. Disponível em: <
http://www.joinville.ifsc.edu.br/~pauloboni/MECANISMOS/DIN%C3%82MICA%20DE
%20M%C3%81QUINAS/Apostila%20-%20Samuel%20da%20SIlva%20-
%20MUITO%20BOA%20-%20Did%C3%A1tica.pdf >. Acesso em: 30 dez. 2020
23

APÊNDICE A - Código e Dados

Código MATLAB

clc;
x0=[0.243;0]; %Posição inicial [x1;x2] - Variaveis de estado
periodo=[1.380,8]; %Periodo de teste 0 à 8 segundos
x1=Posio/100; %Posição experimento puxado do (excel)
t1=Tempo; % Tempo do experimento (excel)
[t x] = ode45(@func,periodo,x0); %Função Runge Kutta 4
[up lo]=envelope(x(:,1),10,'peak'); %Função de calculo de pico
plot(t,x(:,1),'b--'); %Grafico simulado
hold on;
plot(t,up,t,lo,'linewidth',1) %Grafico de pico
plot(t1,x1,'r'); %Grafico Real
[upr lor]=envelope(x1,10,'peak'); %Pico Real
plot(t1,upr,t1,lor,'linewidth',1.5)
legend('Posição Simulado','Max','Min','Real','Max(Real)', 'Min(real)');grid on;
title('Sistema mecânico massa-mola-amortecedor');
xlabel(' T(s)');
ylabel('Posição');

function dxdt = func(t,x)


m1=.289; %Massa (Kg)
k1=11.2; % Constante Elástica (N/m)
b=0.4; % Amortecedor (Ns/m)

dxdt =[ x(2); %Variaveis de estado


(-k1*(x(1)-0.18)-b*x(2))/m1];
end

%Observação, é necessário importar os dados do experimento anotados no excel e


%atribuir as colunas a variáveis, para realizar a comparação.
24

Tabela de Dados.

Tempo Posição T. Médio V. Média Ec Ep Et


1,335 24,3 - - - - -
1,368 24,3 1,3685 -1,4925 322,3435 0 322,3435
1,402 24,2 1,4015 -4,4776 2901,0916 56 2957,0916
1,435 24 1,4350 -7,5758 8304,6373 504 8808,6373
1,468 23,7 1,4685 -14,9254 32234,3506 2016 34250,3506
1,502 23 1,5015 -22,3881 72527,2889 9464 81991,2889
1,535 22,2 1,5350 -25,7576 96001,6070 24696 120697,6070
1,568 21,3 1,5685 -29,8507 128937,4025 50400 179337,4025
1,602 20,2 1,6015 -34,3284 170519,7149 94136 264655,7149
1,635 19 1,6350 -34,8485 175726,1249 157304 333030,1249
1,668 17,9 1,6685 -34,3284 170519,7149 229376 399895,7149
1,702 16,7 1,7015 -32,8358 156014,2571 323456 479470,2571
1,735 15,7 1,7355 -29,8507 128937,4025 414176 543113,4025
1,769 14,7 1,7685 -26,8657 104439,2961 516096 620535,2961
1,802 13,9 1,8020 -21,2121 65108,3563 605696 670804,3563
1,835 13,3 1,8355 -16,4179 39003,5643 677600 716603,5643
1,869 12,8 1,8685 -8,9552 11604,3662 740600 752204,3662
1,902 12,7 1,9020 1,5152 332,1855 753536 753868,1855
1,935 12,9 1,9355 10,4478 15794,8318 727776 743570,8318
1,969 13,4 1,9685 17,9104 46417,4649 665336 711753,4649
2,002 14,1 2,0025 22,3881 72527,2889 582624 655151,2889
2,036 14,9 2,0355 26,8657 104439,2961 494816 599255,2961
2,069 15,9 2,0690 31,8182 146493,8017 395136 541629,8017
2,102 17 2,1025 32,8358 156014,2571 298424 454438,2571
2,136 18,1 2,1355 31,3433 142153,4863 215264 357417,4863
2,169 19,1 2,1690 31,8182 146493,8017 151424 297917,8017
2,202 20,2 2,2025 29,8507 128937,4025 94136 223073,4025
2,236 21,1 2,2355 22,3881 72527,2889 57344 129871,2889
2,269 21,7 2,2690 19,6970 56139,3480 37856 93995,3480
2,302 22,4 2,3025 16,4179 39003,5643 20216 59219,5643
2,336 22,8 2,3355 8,9552 11604,3662 12600 24204,3662
2,369 23 2,3695 4,4776 2901,0916 9464 12365,0916
2,403 23,1 2,4025 0,0000 0,0000 8064 8064,0000
2,436 23 2,4360 -4,5455 2989,6694 9464 12453,6694
2,469 22,8 2,4695 -10,4478 15794,8318 12600 28394,8318
2,503 22,3 2,5025 -14,9254 32234,3506 22400 54634,3506
2,536 21,8 2,5360 -18,1818 47834,7107 35000 82834,7107
2,569 21,1 2,5695 -23,8806 82519,9376 57344 139863,9376
2,603 20,2 2,6025 -26,8657 104439,2961 94136 198575,2961
2,636 19,3 2,6365 -26,8657 104439,2961 140000 244439,2961
2,67 18,4 2,6695 -26,8657 104439,2961 194936 299375,2961
25

2,703 17,5 2,7030 -27,2727 107628,0992 258944 366572,0992


2,736 16,6 2,7365 -25,3731 93157,2733 332024 425181,2733
2,77 15,8 2,7695 -23,8806 82519,9376 404600 487119,9376
2,803 15 2,8030 -21,2121 65108,3563 484344 549452,3563
2,836 14,4 2,8365 -14,9254 32234,3506 548856 581090,3506
2,87 14 2,8695 -8,9552 11604,3662 594104 605708,3662
2,903 13,8 2,9030 -3,0303 1328,7420 617400 618728,7420
2,936 13,8 2,9365 4,4776 2901,0916 617400 620301,0916
2,97 14,1 2,9695 11,9403 20629,9844 582624 603253,9844
3,003 14,6 3,0035 16,4179 39003,5643 526904 565907,5643
3,037 15,2 3,0365 19,4030 54476,0526 463736 518212,0526
3,07 15,9 3,0700 22,7273 74741,7355 395136 469877,7355
3,103 16,7 3,1035 25,3731 93157,2733 323456 416613,2733
3,137 17,6 3,1365 25,3731 93157,2733 251384 344541,2733
3,17 18,4 3,1700 25,7576 96001,6070 194936 290937,6070
3,203 19,3 3,2035 23,8806 82519,9376 140000 222519,9376
3,237 20 3,2365 20,8955 63179,3272 103544 166723,3272
3,27 20,7 3,2705 17,9104 46417,4649 72576 118993,4649
3,304 21,2 3,3035 13,4328 26109,8240 53816 79925,8240
3,337 21,6 3,3370 9,0909 11958,6777 40824 52782,6777
3,37 21,8 3,3705 4,4776 2901,0916 35000 37901,0916
3,404 21,9 3,4035 1,4925 322,3435 32256 32578,3435
3,437 21,9 3,4370 -3,0303 1328,7420 32256 33584,7420
3,47 21,7 3,4705 -5,9701 5157,4961 37856 43013,4961
3,504 21,5 3,5035 -8,9552 11604,3662 43904 55508,3662
3,537 21,1 3,5375 -13,4328 26109,8240 57344 83453,8240
3,571 20,6 3,5705 -16,4179 39003,5643 76664 115667,5643
3,604 20 3,6040 -18,1818 47834,7107 103544 151378,7107
3,637 19,4 3,6375 -19,4030 54476,0526 134456 188932,0526
3,671 18,7 3,6705 -20,8955 63179,3272 175616 238795,3272
3,704 18 3,7040 -21,2121 65108,3563 222264 287372,3563
3,737 17,3 3,7375 -19,4030 54476,0526 274400 328876,0526
3,771 16,7 3,7705 -17,9104 46417,4649 323456 369873,4649
3,804 16,1 3,8040 -16,6667 40194,4444 376544 416738,4444
3,837 15,6 3,8375 -11,9403 20629,9844 423864 444493,9844
3,871 15,3 3,8705 -8,9552 11604,3662 453600 465204,3662
3,904 15 3,9045 -4,4776 2901,0916 484344 487245,0916
3,938 15 3,9375 1,4925 322,3435 484344 484666,3435
3,971 15,1 3,9710 6,0606 5314,9679 473984 479298,9679
4,004 15,4 4,0045 10,4478 15794,8318 443576 459370,8318
4,038 15,8 4,0375 13,4328 26109,8240 404600 430709,8240
4,071 16,3 4,0710 15,1515 33218,5491 358400 391618,5491
4,104 16,8 4,1045 16,4179 39003,5643 315000 354003,5643
4,138 17,4 4,1375 17,9104 46417,4649 266616 313033,4649
4,171 18 4,1715 17,9104 46417,4649 222264 268681,4649
26

4,205 18,6 4,2045 17,9104 46417,4649 181944 228361,4649


4,238 19,2 4,2380 15,1515 33218,5491 145656 178874,5491
4,271 19,6 4,2715 13,4328 26109,8240 123704 149813,8240
4,305 20,1 4,3045 11,9403 20629,9844 98784 119413,9844
4,338 20,4 4,3380 7,5758 8304,6373 85176 93480,6373
4,371 20,6 4,3715 4,4776 2901,0916 76664 79565,0916
4,405 20,7 4,4045 1,4925 322,3435 72576 72898,3435
4,438 20,7 4,4380 -1,5152 332,1855 72576 72908,1855
4,471 20,6 4,4715 -2,9851 1289,3740 76664 77953,3740
4,505 20,5 4,5045 -4,4776 2901,0916 80864 83765,0916
4,538 20,3 4,5385 -7,4627 8058,5877 89600 97658,5877
4,572 20 4,5715 -8,9552 11604,3662 103544 115148,3662
4,605 19,7 4,6050 -10,6061 16277,0891 118496 134773,0891
4,638 19,3 4,6385 -13,4328 26109,8240 140000 166109,8240
4,672 18,8 4,6715 -13,4328 26109,8240 169400 195509,8240
4,705 18,4 4,7050 -13,6364 26907,0248 194936 221843,0248
4,738 17,9 4,7385 -13,4328 26109,8240 229376 255485,8240
4,772 17,5 4,7715 -11,9403 20629,9844 258944 279573,9844
4,805 17,1 4,8055 -11,9403 20629,9844 290304 310933,9844
4,839 16,7 4,8385 -8,9552 11604,3662 323456 335060,3662
4,872 16,5 4,8720 -6,0606 5314,9679 340704 346018,9679
4,905 16,3 4,9055 -4,4776 2901,0916 358400 361301,0916
4,939 16,2 4,9385 -1,4925 322,3435 367416 367738,3435
4,972 16,2 4,9720 1,5152 332,1855 367416 367748,1855
5,005 16,3 5,0055 4,4776 2901,0916 358400 361301,0916
5,039 16,5 5,0385 7,4627 8058,5877 340704 348762,5877
5,072 16,8 5,0720 9,0909 11958,6777 315000 326958,6777
5,105 17,1 5,1055 8,9552 11604,3662 290304 301908,3662
5,139 17,4 5,1385 10,4478 15794,8318 266616 282410,8318
5,172 17,8 5,1725 10,4478 15794,8318 236600 252394,8318
5,206 18,1 5,2055 10,4478 15794,8318 215264 231058,8318
5,239 18,5 5,2390 10,6061 16277,0891 188384 204661,0891
5,272 18,8 5,2725 7,4627 8058,5877 169400 177458,5877
5,306 19 5,3055 5,9701 5157,4961 157304 162461,4961
5,339 19,2 5,3390 6,0606 5314,9679 145656 150970,9679
5,372 19,4 5,3725 4,4776 2901,0916 134456 137357,0916
5,406 19,5 5,4055 1,4925 322,3435 129024 129346,3435
5,439 19,5 5,4395 0,0000 0,0000 129024 129024,0000
5,473 19,5 5,4725 -1,4925 322,3435 129024 129346,3435
5,506 19,4 5,5060 -3,0303 1328,7420 134456 135784,7420
5,539 19,3 5,5395 -2,9851 1289,3740 140000 141289,3740
5,573 19,2 5,5725 -4,4776 2901,0916 145656 148557,0916
5,606 19 5,6060 -4,5455 2989,6694 157304 160293,6694
5,639 18,9 5,6395 -4,4776 2901,0916 163296 166197,0916
5,673 18,7 5,6725 -5,9701 5157,4961 175616 180773,4961
27

5,706 18,5 5,7065 -5,9701 5157,4961 188384 193541,4961


5,74 18,3 5,7395 -7,4627 8058,5877 201600 209658,5877
5,773 18 5,7730 -7,5758 8304,6373 222264 230568,6373
5,806 17,8 5,8065 -4,4776 2901,0916 236600 239501,0916
5,84 17,7 5,8395 -4,4776 2901,0916 243936 246837,0916
5,873 17,5 5,8730 -4,5455 2989,6694 258944 261933,6694
5,906 17,4 5,9065 -1,4925 322,3435 266616 266938,3435
5,94 17,4 5,9395 0,0000 0,0000 266616 266616,0000
5,973 17,4 5,9730 0,0000 0,0000 266616 266616,0000
6,006 17,4 6,0065 1,4925 322,3435 266616 266938,3435
6,04 17,5 6,0395 1,4925 322,3435 258944 259266,3435
6,073 17,5 6,0735 1,4925 322,3435 258944 259266,3435
6,107 17,6 6,1065 1,4925 322,3435 251384 251706,3435
6,14 17,6 6,1400 1,5152 332,1855 251384 251716,1855
6,173 17,7 6,1735 2,9851 1289,3740 243936 245225,3740
6,207 17,8 6,2065 2,9851 1289,3740 236600 237889,3740
6,24 17,9 6,2400 1,5152 332,1855 229376 229708,1855
6,273 17,9 6,2735 1,4925 322,3435 229376 229698,3435
6,307 18 6,3065 2,9851 1289,3740 222264 223553,3740
6,34 18,1 6,3405 1,4925 322,3435 215264 215586,3435
6,374 18,1 6,3735 1,4925 322,3435 215264 215586,3435
6,407 18,2 6,4070 1,5152 332,1855 208376 208708,1855
6,44 18,2 6,4405 0,0000 0,0000 208376 208376,0000
6,474 18,2 - - - -

Você também pode gostar