Você está na página 1de 15

CENTRO ESTADUAL DE 2º

ENSINO MÉDIO EM TEMPO INTEGRAL JOÃO XXIII


TRIMESTRE

Aluno (a):
Data:____/____/2018 Série: ______ Turma: _________ Nota:________

AVALIAÇÃO TRIMESTRAL
INTERDISCIPLINAR (ATI)
RECUPERAÇÃO PARALELA
LINGUAGEM, CÓDIGOS
E SUAS TECNOLOGIAS

INSTRUÇÕES
1. Aguarde autorização para abrir o caderno de questões;
2. Confira o caderno de prova, contém 30 questões. No caso de alguma falha
chame o professor;
3. Use os espaços em branco para rascunho; Não destaque folhas da prova;
4. Ao receber seu cartão-resposta, imediatamente, preencha-o com nome e
assine o cartão no espaço correspondente;
5. Use somente caneta esferográfica com tinta azul-escuro ou preta para
preenchimento do cartão-resposta, não manche, rasure ou amasse;
6. Marque cada resposta no cartão, preenchendo completamente o campo que contém a letra
correspondente à alternativa de sua opção, conforme modelo:

A B C D E
01

7. Nenhum rascunho será considerado;


8. Você deve marcar apenas uma alternativa em cada questão. Questões
marcadas com duas ou mais alternativas ou deixadas em branco receberão
pontuação zero;
9. Ao final, entregue ao professor seu cartão resposta e o caderno de provas.
DURAÇÃO: Das 10h00min às 12h00min

LINGUAGEM, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS


QUESTÃO 01- (ENEM 2014)
A tira, definida como um segmento de história em quadrinhos, pode transmitir uma mensagem com efeito de humor.
Na tira, a presença desse efeito no diálogo entre Lucy e seu irmão Linus acontece porque

A) Lucy associa o ciclo da natureza, que ocorre a cada dois anos, ao ciclo da vida.
B) Linus satiriza a explicação que Lucy fornece sobre o ciclo da natureza e da vida.
C) Lucy se surpreende com a compreensão de Linus sobre o ciclo da natureza.
D) Linus prefere interpretar o ciclo da natureza à sua própria maneira.
E) Lucy dá uma lição de moral em Linus usando o ciclo da vida e da natureza.

QUESTÃO 02- A gastronomia também é uma expressão cultural de um país. Assinale a alternativa que representam
comidas típicas americanas:
A) Hambúrguer, batata frita, panquecas, brownie, torta de maçã.
B) Hot dog, hambúrguer, salpicão, panquecas, banana frita
C) Cookies, hot dog, panquecas, strogonoff, brownie
D) Torta de maçã, hambúrguer, empada, hot dog, batata frita
E) Lasagna, panquecas, hot dog, batata frita, cookies

QUESTÃO 03
I, too When company comes.
I, too, sing America. No body’ll dare
I am the darker brother. Say to me,
They send me to eat in the kitchen “Eat in the kitchen,”
When company comes, Then.
But I laugh, Besides,
And eat well, They’ll see how beautiful I am
And grow strong. And bea shamed
Tomorrow, I, too, am America.
I’ll beat the table HUGHES, L. In: RAMPERSAD, A.; The collectedpoemsofLangston
Hughes. New York: Knopf, 1994.

Langston Hughes foi um poeta negro americano que viveu no século XX e escreveu I, too em 1932. No poema, a
personagem descreve uma prática racista que provoca nela um sentimento de
A) Vergonha , pelo retraimento
B) compreensão, pela aceitação.
C) Coragem , pela superação
D) superioridade, pela arrogância.
E) resignação, pela submissão.

QUESTÃO 04- Os verbos modais em inglês são verbos distintos dos outros, pois possuem características próprias.
Selecione a alternativa cuja frase não apresente um verbo modal.
A) Would you like some water? D) They should study more
B) Could you help me? E) She didn´t go to school yesterday
C) He can work tomorrow.

TEXTO
EL FUTBOLISTA DE ORO
Balón de Oro en 2008, Mejor Jugador del Mundo ese año según la FIFA, máximo goleador en la Liga Inglesa,
ganador de la Champions League… Antes de convertirse en el futbolista más caro del mundo, Ronaldo acumuló
títulos hasta llegar a ser esa figura única, a mitad de camino entre el deporte y el espectáculo. Él sabe perfectamente
que, hoy en día, la influencia de una estrella debe ir más allá del terreno de juego. No basta con meter goles o ganar
títulos. Hay que ser un modelo que seguir. Hay que tener una imagen. Así crece el Cristiano de los mil peinados, de
los pendientes de diamantes, de la ropa de moda, los coches deportivos, y los spots de publicidad; de los marketing
con mayúsculas.
Revista Punto y Coma, nº 22 ENE-FEB 2010.
QUESTÃO 05- Además de alabar a Cristiano Ronaldo como el futbolista más caro del mundo, el texto arriba en la
frase “Así crece el Cristiano de los mil peinados, de pendientes de diamantes, de la ropa de moda, los coches
deportivos…” trata a Cristiano como:

A) un futbolista manirroto. D) un futbolista tacaño.


B) un jugador de fútbol millonario. E) un futbolista vanidoso.
C) un jugador de fútbol pródigo.

TEXTO :
Sharik
En nuestro patio hay un perrito llamado Sharik, que su dueño, el muchacho hijo de la criada, mantiene siempre
encadenado. El otro día fui a llevarle los huesos del caldo, todavía tibios y odoríferos. Pero en ese mismo momento el
muchacho había soltado al pobre perro para que corriera un rato por el patio. Había una nieve mullida y abundante. Y
Sharik corría como un loco, dando respingos de liebre, de un rincón al otro y luego en sentido inverso, hundiendo a
cada momento su hocico en la nieve esponjosa. Se aproximó a mí, dio unos cuantos saltos, olió los huesos... ¡y partió
de nuevo a revolcarse en la nieve! No tengo necesidad de vuestros huesos - parecía decir - ¡devolvedme solamente mi
libertad!
SOLZHENITSYN, Alexander. Cuentos en miniatura y otros relatos. Editorial Andrés Bello: Chile, 1990.
QUESTÃO 06- Qual é o tema central do texto ?
A) La importancia de cuidar los animales. E) Los problemas que tiene un perro para jugar
B) Los maltratos de que son objetos los animales. libremente.
C) Una situación dolorosa para el narrador del texto.
D) La importancia de la libertad.

Come tú mismo la fruta


En cierta ocasión se quejaba un discípulo a su maestro: “siempre nos cuentas historias, pero nunca nos revelas su
significado”. El maestro le replicó: “¿Te gustaría que alguien te ofreciera fruta y la masticara antes de dártela?” Nadie
puede descubrir tu propio significado en tu lugar.
MELLO, Anthony de. El canto del pájaro. Sal Terrae: Espanha, 1996.
QUESTÃO 07- Qual é o tema central do Texto ?
A) La admiración de un discípulo hacia su maestro.
B) Las quejas de un discípulo a su maestro.
C) La verdadera felicidad está en lograr lo que nos proponemos en la vida.
D) Es esencial para el hombre hacer su propio camino.
E) Los grandes problemas del hombre se provocan cuando no sabemos buscar lo verdadero.

Leia o texto a seguir para responder a questão que segue


Hay quienes consideran que las redes sociales ayudan a ampliar el número de amistades en línea. ¿Mito o realidad? La
percepción, compartida por muchos cibernautas, de que estas comunidades incrementan el círculo de amigos, es en
muchos casos solo eso, una percepción. ¿Con cuántas personas contactas en línea, realmente el usuario forja una
amistad duradera? Durante varios años, un grupo de científicos de la Universidad de Indiana ha investigado la
naturaleza de estas ‘amistades’ y revela que las comunidades sociales no elevan la popularidad ni el número de
amigos, sino que permiten mantener interacciones reales y significativas con un grupo más pequeño. Lo comparan con
los clanes organizados por la humanidad desde el inicio de la evolución. No es posible mantener lazos estrechos con
más de un centenar de personas, aunque el usuario logre contactarlos a todos desde su cuenta en la red de Facebook.
Hay cibernautas que han batido récords al contactar a más de 5 000 personas, pero no significa que todos sean sus
amigos.
Las redes del futuro es restringir los grupos de amistad para evitar perder tiempo en mantener contactos con personas
que nunca veremos frente a frente. Google ya está trabajando en eso con su propia red social.
(Adaptado de: RODRIGUEZ, Andrea B.Disponível em: < http://www.elcomercio.com/tecnologia/Lazosestrechos_0_509949027.html> Acesso em: 3 jul. 2011.)

QUESTÃO 08- Sobre o texto, é correto afirmar:


A) A preocupação com o distanciamento entre as pessoas e o relacionamento via redes sociais não fazem parte da
pauta de discussão em instituições educacionais e no âmbito familiar.
B) O contato por meio de redes sociais é tido como uma forma de comunicação sem faixa etária precisa; embora
promova interações reais, estas não favorecem relações mais duradouras ou significativas.
C) A amizade que se faz nos contatos estabelecidos em redes sociais chamou a atenção de pesquisadores norte-
americanos, que concluíram que essa forma de comunicação afeta a percepção dos grupos envolvidos.
D) Os pesquisadores de Indiana apontam que a interação entre os usuários das redes sociais é comparada aos clãs, nos
quais as pessoas se unem por laços familiares ou objetivos similares, embora a comunicação possa ocorrer com um
grande número de pessoas.
E) As redes sociais Facebook e Google solicitaram uma pesquisa à Universidade de Indiana, a qual demonstrou que a
interação entre as pessoas tem se reduzido a pequenos grupos, mais significativos, e é nesse mercado que as empresas
já estão desenvolvendo projetos.

QUESTÃO 09
O Xadrez é um esporte individual, mas de caráter
cognitivo e coletivo, pois simula os movimentos de
um exército de oito integrantes, no início e,
atualmente, dezesseis numa batalha (união), onde o
jogador tem a responsabilidade de atacar e defender,
usando o máximo da individualidade de cada peça.
Sobre os movimentos das peças, observe as
afirmativas abaixo e, assinale V para as verdadeiras e
F para as falsas e, em seguida, marque a alternativa
que apresenta a sequência correta:

( ) o peão pode movimentar-se sempre por duas casas;


( ) a dama é a peça mais poderosa em movimentos no tabuleiro;
( ) o xeque é dado quando a dama é ameaçada por qualquer peça adversária;
( ) o cavalo, se estiver na casa e5, pode ir para oito casas brancas;
( ) o rei anda quantas casas quiser, em todas as direções;
( ) o roque é uma jogada tipicamente defensiva;
( ) o cavalo sempre movimenta em forma de L.
( )a única peço do jogo de xadrez que não pode movimentar para traz é o pião.
( ) a torre pode pular por cima de outra peça para dar xeque;
( ) a peça que anda na diagonal,vertical e horizontal é a dama;
( ) os bispos só podem movimentar pelas diagonais.

A alternativa correta é:
A) F-V-F-V-V-F-V-F-V-F-V; D) F-V-F-F-F-V-V-V-F-V-V;
B) F-V-F-F-F-V-V-F-V-V-V; E) F-V-F-F-V-F-V-F-V-F-F.
C) V-F-V-F-F-V-V-V-F-V-V;

QUESTÃO 10 -DANÇAS (EN O xadrez a jogado por duas pessoas. Um jogador joga com as pegas brancas, o
outro, com as pretas. Neste jogo, vamos utilizar somente a Torre, uma das pegas do xadrez. Ela pode mover-se para
qualquer casa ao longo da coluna ou linha que ocupa, para frente ou para trás, conforme indicado na figura a seguir.

O jogo consiste em chegar a um determinado ponto


sem passar por cima dos pontos pretos já
indicados.

Respeitando-se o movimento da pega Torre e as suas regras de movimentação no jogo, qual é o menor numero de
movimentos possíveis e necessários para que a Torre chegue a casa Cl ?
A) 2 C) 4 E) 7
B) 3 D) 5
QUESTÃO 11 -ENEM 2010 - O folclore é o retrato da cultura de um povo. A dança popular e folclórica é uma forma
de representar a cultura regional, pois retrata seus valores, crenças, trabalho, conhecê-la, é de alguma forma se
apropriar dela, é enriquecer a própria cultura.
( BREGOLATO, R. A. Cultura Corporal da Dança. São Paulo: Ícone, 2007.9 ENEM 2010 . As manifestações folclóricas perpetuam uma tradição cultural, é obra de um povo que
a cria, recria e a perpetua. Sob essa abordagem deixa-se de identificar como dança folclórica brasileira.)

A) O Bumba-meu-boi, que é uma dança teatral onde personagens contam uma história envolvendo crítica social, morte
e ressurreição. 
B) A Quadrilha das festas juninas, que associam festejos religiosos a celebrações de origens pagãs envolvendo as
colheitas e a fogueira.
C) O Congado, que é uma representação de um reinado africano onde se homenageia santos através de música, cantos
e dança.
D) O Balé, em que se utilizam músicos, bailarinos e vários outros profissionais para contar uma história em forma de
espetáculo.
E) O Carnaval, em que o samba derivado do batuque africano é utilizado com o objetivo de contar ou recriar uma
história nos desfiles.

QUESTÃO 12 - (ENEM 2016) - Própria dos festejos juninos, a quadrilha nasceu como dança aristocrática. oriunda
dos salões franceses, depois difundida por toda a Europa. No Brasil, foi introduzida como dança de salão e, por sua
vez, apropriada e adaptada pelo gosto popular. Para sua ocorrência, é importante a presença de um mestre “marcante”
ou “marcador”, pois é quem determina as figurações diversas que os dançadores desenvolvem. Observa-se a
constância das seguintes marcações: “Tour”, “En avant”, “Chez desdames”, “Chez descheveliê”, “Cestinha de flor”,
“Balancê”, “Caminho da roça”, “Olha a chuva”, “Garranchê”, “Passeio”, “Coroa de flores”, “Coroa de
espinhos” etc. 

No Rio de Janeiro, em contexto urbano, apresenta transformações: surgem novas figurações, o francês aportuguesado
inexiste, o uso de gravações substitui a música ao vivo, além do aspecto de competição, que sustenta os festivais de
quadrilha, promovidos por órgãos de turismo. 
(CASCUDO. L.C. Dicionário do folclore brasileiro. Rio de Janeiro: Melhoramentos. 1976. As diversas formas de dança são demonstrações da diversidade cultural do nosso país. Entre elas, a quadrilha é
considerada uma dança folclórica por)

A) Possuir como característica principal os atributos divinos e religiosos e, por isso, identificar uma nação ou região.
B) Abordar as tradições e costumes de determinados povo ou regiões distintas de uma mesma nação.
C) Apresentar cunho artístico e técnicas apuradas, sendo também, considerada dança-espetáculo.
D) Necessitar de vestuário específico para a sua prática, o qual define seu país de origem.
E) Acontecer em salões e festas e ser influenciada por diversos gêneros musicais.

QUESTÃO 13 - ENEM 2010


MACHA DO ASSIS
Joaquim Maria Machado de Assis, cronista, contista, dramaturgo, jornalista, poeta, novelista, crítico e ensaísta, nasceu
na cidade do Rio de Janeiro em 21 de junho de 1839. Filho de um operário mestiço de negro e português, Francisco
José de Assis, e de D. Maria Leopoldina Machado de Assis, aquele que viria a tornar-se o maior escritor do país e um
mestre da língua, perde a mãe muito cedo e é criada pela madrasta, Maria Inês, também mulata, que se dedica ao
menino e ao matricula na escola pública, única que freqüentou o autodidata Machado de Assis.
Disponível em: HTTP://passeiweb.com.Acessoem: 1 maio 2009.

Considerando os seus conhecimentos sobre os gêneros textuais, o texto citado constitui-se

A) fatos ficcionais, relacionados a outros de caráter realista, relativos à vida de um renomado escritor.
B) representações generalizadas acerca da vida de membros da sociedade por seus trabalhos e vida cotidiana.
C) explicações da vida de um renomado escritor, com estrutura argumentativa, destacando como tema seus principais
feitos.
D)questões controversas e fatos diversos da vida de personalidade histórica, ressaltando sua intimidade familiar em
detrimento de seus feitos públicos.
E) apresentação da vida de uma personalidade, organizada sobretudo pela ordem tipológica da narração, com um estilo
marcado por linguagem objetiva.

QUESTÃO 14 - ENEM 2010 - O dia em que o peixe saiu de graça 

Uma operação do Ibama para combater a pesca ilegal na divisa entre os Estados do Pará, Maranhão e Tocantins
incinerou 110 quilômetros de redes usadas por pescadores durante o período em que os peixes se reproduzem. Embora
tenha um impacto temporário na atividade econômica da região, a medida visa preservá-la ao longo prazo, evitando o
risco de extinção dos animais. Cerca de 15 toneladas de peixes foram apreendidas e doadas para instituições de
caridade.  Época, 23 mar. 2009 (adaptado).
A notícia, do ponto de vista de seus elementos constitutivos

A) apresenta argumentos contrários à pesca ilegal.


B) tem um título que resume o conteúdo do texto.
C) informa sobre uma ação, a finalidade que a motivou e o resultado dessa ação.
D) dirige-se aos órgãos governamentais dos estados envolvidos na referida operação do Ibama.
E) introduz um fato com a finalidade de incentivar movimentos sociais em defesa do meio ambiente.

QUESTÃO 15 - ENEM 2010

TEXTO I

O chamado “fumante passivo” é aquele indivíduo que


não fuma, mas acaba respirando a fumaça dos cigarros
fumados ao seu redor. Até hoje, discutem-se muito os
efeitos do fumo passivo, mas uma coisa é certa: quem
não fuma não é obrigado a respirar a fumaça dos
outros.
O fumo passivo é um problema de saúde pública em
todos os países do mundo. Na Europa, estima-se que
79% das pessoas estão expostas à fumaça “de segunda
mão”, enquanto, nos Estados Unidos, 88% dos não
fumantes acabam fumando passivamente. A sociedade
do Câncer da Nova Zelândia informou que o fumo
passivo é a terceira entre as principais causas de morte
no país, depois do fuma ativo e do uso de ácool.
Disponível em: WWW.serra .com.br. Acesso em 27 abri. 2010 (Fragmento)

Ao abordar a questão do tabagismo, os textos I e II procuram demonstrar que

A) a quantidade de cigarros consumidos por pessoa diariamente, excede o máximo de nicotina recomendado para os
indivíduos, inclusive para os não fumantes.
B) para garantir o prazer que o indivíduo tem ao fumar, será necessário aumentar as estatísticas de fumo passivo.
C) a conscientização dos fumantes passivos é uma maneira de mantes a privacidade de cada indivíduo e garantir a
saúdo de todos.
D) os não fumantes precisam ser respeitados e poupados, pois estes também estão sujeitos às doenças causadas
pelo tabagismo.
E) o fumante passivo não é obrigado a inalar as
mesmas toxinas que um fumante, portanto
depende dele evitar ou não a contaminação
proveniente da exposição ao fumo.

TEXTO 1
Onde Está a Honestidade? - Noel Rosa

Você tem palacete reluzente


Tem jóias e criados à vontade
Sem ter nenhuma herança nem parente
Só anda de automóvel na cidade

E o povo já pergunta com maldade:


Onde está a honestidade?
Onde está a honestidade?

O seu dinheiro nasce de repente


E embora não se saiba se é verdade
Você acha nas ruas diariamente
Anéis, dinheiro e até felicidade

Vassoura dos salões da sociedade


Que varre o que encontrar em sua frente
Promove festivais de caridade
Em nome de qualquer defunto ausente

QUESTÃO 16
A) da ironia, ao se referir ao enriquecimento de origem duvidosa se alguns.
B) da crítica aos ricos que possuem joias, mas não têm herança.
C) da maldade do povo a perguntar sobre a honestidade.
D) do privilégio de alguns em clamar pela honestidade.
E) da insistência em promover eventos beneficentes.
QUESTÃO 17 - Escreva V para verdadeiro e F para falso de acordo com a nova ortografia.

A) Vogais diferentes sempre é separada por hífen.


B ) O acento agudo desaparece palavras paroxítonas com ditongos abertos OI e EI.
C) O acento circunflexo também desaparece na vogal tônica do hiato OO.
D) Não se usará mais o hífen quando o segundo elemento começa com S ou R, devendo estas consoantes ser
duplicadas.
E) Quando o prefixo termina em vogal e o segundo elemento começa com uma vogal diferente será separada por
hífen.
F) Quando o prefixo termina por consoante, não usa-se o hífen se o segundo elemento começa pela mesma
consoante, se for R/S dobra-se a letra.

Marque a alternativa correta:

A) V,F,F,F,V,F. D) F,V,V,V,F,V.
B) F,F,V,V,V,F. E) V,F,V,F,V,F. X
C) V,V,F,F,F,V.

QUESTÃO 18 - Os advérbios são os termos que assinalam a posição do falante ou o modo como ele verifica a
situação. Ou seja, o interlocutor faz uso de expressões adverbiais para marcar sua posição temporal ou espacial, ou
ainda o modo como este vê o que está contextualizado na oração.

Em geral, as gramáticas apresentam a denominação da circunstância ou de outra ideia acessória que os advérbios
expressam.

Analise os advérbios em destaque, classificando-os de acordo com a circunstância que a eles se referem. Enumere
a segunda coluna de acordo com a primeira.

1- Hoje fomos surpreendidos com a chegada dos visitantes.


2 – Não me incomodo com sua impaciência.
3 – Talvez eu compareça ao seu aniversário.
4 – Estamos muito contentes com sua aprovação.
5 – Alegremente Pedro se despediu de sua família.

A) ( ) Dúvida3 D) ( ) Intensidade4
B) ( ) Tempo1 E) ( ) Negação2
C) ( ) Modo5

A sequência correta é:

A) 2,4,5,1,3. D) 3,1,5,4,2. X
B) 3,5,4,1,2. E) 4,1,3,5,2.
C) 2,1,5,4,3.

Leia a Charge e responda a questão que segue:


QUESTÃO 19 - Sabemos que cada classe de
palavras exerce alguma função morfológica no
interior dos enunciados. Assim, podemos dizer que
as interjeições têm a função de:

A) imitar os sons da realidade, como o latido de um


cão, o barulho de uma porta sendo fechada, um vidro
quebrado, um telefone tocando.
B) exprimir, de forma instantânea e enfática,
sentimentos, emoções e reações psicológicas por
meio dos sinais de pontuação, de gestos, bloqueios e
efeitos sonoros. Exemplos: Psiu! Oh! Uau!
C) repetir os fonemas tônicos para que as palavras
possam ser rimadas e dar sonoridade ao texto.
D) enfatizar palavras e expressões a partir do uso
exagerado de sinais de pontuação.
E) realçar a combinação fonética intencional por
parte do autor para causar efeitos sensoriais durante a
leitura/declamação dos textos.

QUESTÃO 20 - Conjunções coordenativas e subordinativas: As coordenativas ligam orações independentes,


enquanto as subordinativas ligam orações dependentes. A imagem que ilustra a questão é de autoria do cartunista
Quino, leia e analise:

No quadrinho do cartunista Quino, encontramos a


conjunção mas, que pode ser classificada como:

A) Conjunção consecutiva.
B) Conjunção aditiva.
C) Conjunção adversativa.
D) Conjunção alternativa.
E) Conjunção conclusiva

QUESTÃO 21- Assinale a alternativa correta.

“Mas Luísa”, a Luisinha, saiu muito boa dona de casa; tinha cuidados muito
simpáticos nos seus arranjos; era asseada, alegre como um passarinho, como
um passarinho amiga do ninho e das carícias do macho; e aquele serzinho
louro e meigo veio dar à sua casa um encanto sério. (…)
Estavam casados havia três anos. Que bom que tinha sido! Ele próprio
melhorara; achava-se mais inteligente, mais alegre… E recordando aquela
existência fácil e doce, soprava o fumo do charuto, a perna traçada, a alma dilatada, sentindo-se tão bem na vida
como no seu jaquetão de flanela!”
(Eça de Queirós, O primo Basílio).

A) A prosa realista, com intuito moralizador, desmascara o casamento por interesse, tão comum no século XIX,
para defender uma relação amorosa autêntica, segundo princípios filosóficos do platonismo.
B) A prosa romântica analisa mais profundamente a natureza humana, evitando a apresentação de caracteres
padronizados em termos de paixões, virtudes e defeitos.
C) A prosa realista põe em cena personagens tipificada que, metamorfoseados em heróis valorosos, correspondem
à expressão da consciência e valores coletivos.
D) A prosa realista, apoiando-se em teorias cientificistas do século XIX, empreende a análise de instituições
burguesas, como o casamento, por exemplo, denunciando as bases frágeis dessa união.
E) A prosa romântica recria o passado histórico com o intuito de ironizar os mitos nacionais.

QUESTÃO 22- (UNIFESP) A questão a seguir baseia-se no seguinte fragmento do romance O cortiço (1890), de
Aluísio Azevedo (1857-1913):
O cortiço
Fechou-se um entra-e-sai de marimbondos defronte daquelas cem casinhas ameaçadas pelo fogo. Homens e
mulheres corriam de cá para lá com os tarecos ao ombro, numa balbúrdia de doidos. O pátio e a rua enchiam-se
agora de camas velhas e colchões espocados. Ninguém se conhecia naquela zumba de gritos sem nexo, e choro de
crianças esmagadas, e pragas arrancadas pela dor e pelo desespero. Da casa do Barão saíam clamores apopléticos;
ouviam-se os guinchos de Zulmira que se espolinhava com um ataque. E começou a aparecer água. Quem a
trouxe? Ninguém sabia dizê-lo; mas viam-se baldes e baldes que se despejavam sobre as chamas.
Os sinos da vizinhança começaram a badalar.
E tudo era um clamor.
A Bruxa surgiu à janela da sua casa, como à boca de uma fornalha acesa. Estava horrível; nunca fora tão bruxa. O
seu moreno trigueiro, de cabocla velha, reluzia que nem metal em brasa; a sua crina preta, desgrenhada, escorrida e
abundante como as das éguas selvagens, dava-lhe um caráter fantástico de fúria saída do inferno. E ela ria-se, ébria
de satisfação, sem sentir as queimaduras e as feridas, vitoriosa no meio daquela orgia de fogo, com que
ultimamente vivia a sonhar em segredo a sua alma extravagante de maluca.
Ia atirar-se cá para fora, quando se ouviu estalar o madeiramento da casa incendiada, que abateu rapidamente,
sepultando a louca num montão de brasas. (Aluísio Azevedo. O cortiço).
Releia o fragmento de O cortiço, com especial atenção aos dois trechos a seguir:
Ninguém se conhecia naquela zumba de gritos sem nexo, e choro de crianças esmagadas, e pragas arrancadas pela
dor e pelo desespero. (...)
E começou a aparecer água. Quem a trouxe? Ninguém sabia dizê-lo; mas viam-se baldes e baldes que se
despejavam sobre as chamas.
No fragmento, rico em efeitos descritivos e soluções literárias que configuram imagens plásticas no espírito do
leitor, Aluísio Azevedo apresenta características psicológicas de comportamento comunitário. Aponte a
alternativa que explicita o que os dois trechos têm em comum:

A)Preocupação de um em relação à tragédia do outro, no primeiro trecho, e preocupação de poucos em relação à


tragédia comum, no segundo trecho.
B) Desprezo de uns pelos outros, no primeiro trecho, e desprezo de todos por si próprios, no segundo trecho.
C)Angústia de um não poder ajudar o outro, no primeiro trecho, e angústia de não se conhecer o outro, por quem
se é ajudado, no segundo trecho.
D) Desespero que se expressa por murmúrios, no primeiro trecho, e desespero que se expressa por apatia, no
segundo trecho.
E)Anonimato da confusão e do “salve-se quem puder”, no primeiro trecho, eanonimato da cooperação e do “todos
por todos”, no segundo trecho.

QUESTÃO 23- Leia o texto abaixo, retirado de O Cortiço, e faça o que se pede:

Eram cinco horas da manhã e o cortiço acordava, O rumor crescia, condensando-se; o zunzum de
abrindo, não os olhos, mas a sua infinidade de portas todos os dias acentuava-se; já se não destacavam
e janelas alinhadas. vozes dispersas, mas um só ruído compacto que
Um acordar alegre e farto de quem dormiram de uma enchia todo o cortiço. Começavam a fazer compras
assentada, sete horas de chumbo. na venda; ensarilhavam-se discussões e rezingas;
[…]. ouviam-se gargalhadas e pragas; já se não falava,
gritava-se. Sentia-se naquela fermentação sanguínea,
naquela gula viçosa de plantas rasteiras que
mergulham os pés vigorosos na lama preta e
nutriente da vida, o prazer animal de existir, a
triunfante satisfação de respirar sobre a terra.

AZEVEDO, Aluísio. O cortiço. 15. ed. São Paulo: Ática, 1984. p. 28-29.

Assinale a alternativa que NÃO corresponde a uma possível leitura do fragmento citado:

A) No texto, o narrador enfatiza a força do coletivo. Todo o cortiço é apresentado como um personagem que, aos
poucos, acorda como uma colmeia humana.
B) O texto apresenta um dinamismo descritivo, ao enfatizar os elementos visuais, olfativos e auditivos.
C) O discurso naturalista de Aluísio Azevedo enfatiza nos personagens de O Cortiço o aspecto animalesco,
“rasteiro” do ser humano, mas também a sua vitalidade e energia naturais, oriundas do prazer de existir.
D) Através da descrição do despertar do cortiço, o narrador apresenta os elementos introspectivos dos
personagens, procurando criar correspondências entre o mundo físico e o metafísico.
E) Observa-se, no discurso de Aluísio Azevedo, pela constante utilização de metáforas e sinestesias, uma
preocupação em apresentar elementos descritivos que comprovem a sua tese determinista.

QUESTÃO 24 - (Fundação Instituto de Educação de Barueri SP/2016)

Considere o texto de Alfredo Bosi, acerca de um dos mais importantes romances da literatura brasileira.
A revolução dessa obra, que parece cavar um fosso entre dois mundos, foi uma revolução ideológica e formal:
aprofundando o desprezo às idealizações românticas e ferindo no cerne o mito do narrador onisciente, que tudo vê
e tudo julga, deixou emergir a consciência do indivíduo, fraco e incoerente.
História concisa da literatura brasileira. 3. ed. São Paulo, Cultrix, 1985, p. 197)
Em seu comentário, Alfredo Bosi refere-se à obra
A) A escrava Isaura, de Bernardo Guimarães, que narra as maldades que um senhor inflige a uma bela e bondosa
escrava branca.
B)Inocência, de Visconde de Taunay, cuja protagonista, que representa um ideal de beleza e ingenuidade, morre
por amor.
C)O guarani, de José de Alencar, que renova a prosa brasileira do século XIX, ao apresentar um índio como herói
protagonista.
D) A moreninha, de Joaquim Manuel de Macedo, cuja prosa é geralmente descrita como melodramática e repleta
de clichês.
E) Memórias póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis, que inaugura o Realismo brasileiro, no final do
século XIX.

QUESTÃO 25 - (UNICAMP SP/2017).


O romance Memórias Póstumas de Brás Cubas, Machado de Assis, é considerado um divisor de águas e não
apenas em relação a obra do escritor, mas á história da Literatura brasileira, já que naquela obra o autor:

A) Abandona de vez a análise psicológica e a ironia, dando ênfase á trama realista calcada na descrição dos fatos.
B) Renova a forma mesma do gênero romance, dando lhe uma elasticidade na qual ironia e análise objetiva se
funde.
C) passa a idealizar valores morais e éticos até então relativizados, criando agora personagens fortes e integras.
D) abandona o romantismo de fundo nacionalista e passa á análise da expressões particulares de culturas regionais.
E) introduz entre nós os princípios da escola naturalista, sobretudo os que representam o determinismo

QUESTÃO 26 - (PUC – PR)

Assinale a alternativa que contém a afirmação correta sobre o Naturalismo no Brasil.


A) O Naturalismo, por seus princípios científicos, considerava asnarrativas literárias exemplos de demonstração de
teses e ideias sobre a sociedade e o homem.
B) O Naturalismo usou elementos da natureza selvagem do Brasil do século XIX para defender teses sobre os
defeitos da cultura primitiva.
C) A valorização da natureza rude verificada nos poetas árcades se prolonga na visão naturalista do século XIX,
que toma a natureza decadente dos cortiços para provar os malefícios da mestiçagem.
D) O Naturalismo no Brasil esteve sempre ligado à beleza das paisagens das cidades e do interior do Brasil.
E) O Naturalismo do século XIX no Brasil difundiu na literatura uma linguagem científica e hermética, fazendo
com que os textos literários fossem lidos apenas por intelectuais.

QUESTÃO 27 - O inicio do Século XX, trás consigo uma grande gama de vertentesartísticas que vão dominar toda
a produção artística da época. Entre 1904 e1905, naAlemanha, com um grupo chamado Die Bruche, que significa
A Ponte, tem início omovimento Expressionista. Quanto a este movimento e suas características julgue ositens em (
V ) verdadeiro ou ( F ) falso:

A) ( ) A “sensação de luz e cor, não se importando com os sentimentos humanos ecom a problemática da
sociedade moderna” são características marcantes destemovimento.
B)( ) É inegável que o Expressionismo seja uma aceitação ao que fora oImpressionismo.
C)( ) O Grito, de Van Gogh, é um grande exemplo deste marcante movimento
D) ( ) O Expressionismo procurou expressar as emoções humanas e interpretar asangústias que caracterizaram
psicologicamente o homem do inicio do século XX.
E) ( ) Para os expressionistas representar o movimento era sempre o ideal

A) ( ) E – E- E - C - E
B) ( )E-E–C–C-C
C) ( ) C- C – C – C - C
D) ( )E–E- C–C-E
E) ( )C–C–C- E-E

 QUESTÃO 28 - Marque a alternativa correta:


A) O Expressionismo não tem perspectiva.
B) No Expressionismo pode haver perspectiva.
C) O Expressionismo é extremamente verossimilhante.
D) No Expressionismo aparecem muito temas mitológicos.
E) NDA

QUESTÃO 29 - Historicamente o Cubismo originou-se nas obras de Paul Cézanne, pois para ele a pintura
deveria tratar as formas da natureza como se fossem cones, esferas e cilindros.

No inicio do século, em Paris, Pablo Picasso e Georges Braque criaram um novo estilo que mudou a ideia de se
fazer arte. Estamos falando do Cubismo. Quanto a este movimento marque uma ÚNICA alternativa FALSA.
Os cubistas:
A)Romperam com a ideia de arte como imitação da natureza.
B)Passaram a valorizar as formas geométricas.
C) A cor é o elemento mais importante da obra.
D)Reproduziam os objetos e figuras em dezenas de pedaços.
E)No Cubismo analíticoas figuras são dispostas de forma quase incompreensível.

QUESTÃO 30 - Uma das grandes tendências do século XX, dentre tantas, o Abstracionismo carrega consigo
características peculiares que fazem deste movimento uma obra de arte de beleza incomparável. Quanto às
características do abstracionismo, analise e julgue os itens abaixo com (V) verdadeiro ou (F) falso e em seguida
marque a alternativa correspondente à sequência obtida.

A) ( ) A pintura que abandona a forma e adota apenas a cor e a linha.


B) ( ) Seu resultado final são criações de manchas indefinidas, mas com beleza cromática incomparável.
C) ( ) Dentro do abstracionismo surge uma vertente denomina do Abstracionismo Geométrico.
D) ( ) As alusões a qualquer representação de objeto ou figuras são abandonadas pelos abstracionistas.
E) (  ) A pintura abstrata não se preocupou em relacionar suas formas e cores comas formas e cores de um ser.
A) ( ) V – V- V- V - F
B) ( ) V - V – F- F- F
C) ( ) V- V- V- F- V
D) ( ) F- F- F- V- V
E) ( ) F – V- F- V- F