Você está na página 1de 59

Profª Shellen Batista Galdino

0
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

SERVIÇO SOCIAL para concursos 1


Profª Shellen Batista Galdino

2
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

SERVIÇO SOCIAL para concursos 3


Profª Shellen Batista Galdino

4
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

INTRODUÇÃO
“É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la,
teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.”

Fernando Pessoa

Há mais de 5 anos somos responsáveis pela formação


permanente de Assistentes Sociais e estudantes de
Serviço Social no Brasil, dentro de uma perspectiva crítica e
ampla. Tal posicionamento não poderia ser diferente em
momentos críticos como esse que estamos vivemos
atualmente no Brasil e no mundo.

No compromisso e defesa da saúde pública e pelo sentimento


de solidariedade, disponibilizamos esse e-book
gratuitamente para o público de Serviço Social,
principalmente para que em períodos de
isolamento/quarentena possa utilizar esse momento para
renovar as esperanças e buscar conhecimento.

Amanhã há de ser outro dia!

Abraços,

Shellen Batista Galdino


Professora do Serviço Social para Concursos

SERVIÇO SOCIAL para concursos 5


Profª Shellen Batista Galdino

QUESTÕES
(E) Com base nos elementos coletados na
1. (IADES/CRESS-MG/2016) Com base na denúncia, a Comissão Permanente de Ética
Resolução do Conselho Federal de Serviço deverá, imediatamente, opinar pela instauração
Social (CFESS) no 493/2006, é de Processo Disciplinar Ético, não necessitando,
responsabilidade do(a) assistente social na fase inicial, da obrigação de elaborar parecer
informar, por escrito, a instituição ou o órgão fundamentado.
que presta os serviços acerca das inadequações
quanto às condições 3. (IADES/CRESS-MG/2016) Em relação ao
(A) éticas do exercício profissional, apenas. processo disciplinar e aos atos processuais do
(B) éticas, físicas e técnicas do exercício Código Processual de Ética do(a) assistente
profissional. social, assinale a alternativa correta.
(C) éticas e físicas do exercício profissional, (A) É vedada a participação de integrantes do
somente. Conselho Regional de Serviço Social (CRESS) e
(D) físicas do exercício profissional, e as do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS)
condições técnicas cabe à fiscalização do na composição da Comissão de Instrução.
Conselho Regional de Serviço Social (CRESS). (B) Os prazos são contínuos, interrompendo-se
(E) éticas e técnicas do exercício profissional, somente nos finais de semana.
apenas. (C) A Comissão de Instrução é de caráter
definitivo, composta por dois profissionais de
serviço social da base do CRESS, podendo esses
2. (IADES/CRESS-MG/2016) Quanto à estarem em pleno gozo de seus direitos.
Resolução do Conselho Federal de Serviço (D) Despachos, pareceres e decisões serão
Social (CFESS) no 660/2013, que dispõe acerca anexados somente em ordem numérica.
das normas as quais regulam o Código (E) Será fornecida cópia do parecer da
Processual de Ética e revoga, integralmente, a Comissão de Instrução antes e após o
Resolução CFESS no 428/2002, e demais julgamento do processo em primeira instância.
disposições em contrário, assinale a alternativa
correta.
(A) O Conselho Regional de Serviço Social 4. (IADES/CRESS-MG/2016) No que se refere
(CRESS), a partir de denúncia ou somente à resolução do Conselho Federal de Serviço
representação de qualquer interessado(a), Social (CFESS), que aborda a temática da
deverá imediatamente instaurar inquérito, atuação dos(as) assistentes sociais como
independentemente da citação do nome e terapeutas, assinale a alternativa correta.
qualificação do(a) denunciante. (A) A realização de terapia passou a constituir
(B) A qualquer e único membro do CRESS cabe atribuição e competência do(a) assistente
a responsabilidade de avaliar se a denúncia, social, conforme resolução do CFESS de 2014,
representação ou queixa se enquadra nos haja vista a existência dos trabalhos
critérios definidos pelo Código de Ética multidisciplinares, principalmente, em
Profissional. hospitais, clínicas e centros de recuperação.
(C) Falta da prova documental, e (ou) a (B) É facultado ao (à) assistente social o direito
indicação dos meios de prova de que pretende de vincular ou associar o trabalho de terapeuta
se valer para provar o alegado, impede o ao exercício profissional.
recebimento de denúncia, representação ou (C) No exercício profissional com indivíduos,
queixa por parte do CRESS. grupos, famílias e (ou) comunidades, o (a)
(D) Caso o Conselho Pleno delibere pelo assistente social poderá tratar, juntamente com
arquivamento liminar da denúncia, o pedido de outros profissionais da saúde e afins, os
cancelamento será imediatamente deferido. problemas somáticos, psíquicos ou

6
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

psicossomáticos, as respectivas causas e os (C) O Conselho Pleno só poderá deliberar com a


sintomas. presença mínima de três membros e máxima de
(D) O (A) assistente social deverá ater-se às nove.
suas habilidades, competências e atribuições (D) No julgamento, em nenhuma hipótese, o (a)
privativas previstas na Lei no 8.662/1993, presidente do Conselho Regional de Serviço
Código de Ética da Profissão, e nos fundamentos Social (CRESS) terá direito a voto.
teóricos, históricos e metodológicos do serviço (E) A tomada de votos obedecerá às seguintes
social. etapas: avaliação de preliminar; procedência ou
(E) Os (As) assistentes sociais que realizam improcedência da denúncia; e aplicação da
serviço de terapia como prática do exercício penalidade.
profissional terão o prazo de 10 dias para as
adequações que se fizerem necessárias, sob 7. (IADES/CRESS-MG/2016) De acordo com o
pena de multa e perda do registro profissional. atual Código de Ética do(a) assistente social, a
garantia do pluralismo ocorre por meio
(A) do respeito às correntes profissionais
5. (IADES/CRESS-MG/2016) Quanto ao democráticas existentes, não sendo esse o
exercício diário da práxis profissional e ao único princípio que a fundamenta.
conhecimento teórico-prático do Código de Ética (B) de uma única expressão teórica, base
atualizado do(a) assistente social, assinale a fundamental do serviço social.
alternativa correta. (C) do aprimoramento intelectual,
(A) A recusa dos direitos humanos e da defesa exclusivamente, respeitando-se teorias de
do autoritarismo caracterizam-se como áreas afins e correlatas à profissão.
princípios fundamentais do Código de Ética (D) do processo de construção de uma nova
do(a) assistente social. ordem societária, marcada pela dominação e
(B) Reconhecer a liberdade como valor ético exploração social e econômica.
refere-se diretamente aos conceitos de (E) da identidade de gênero e desarticulação
autonomia e plena emancipação dos indivíduos dos movimentos de outras categorias
sociais, conforme os princípios fundamentais da profissionais que não partilham dos princípios
profissão do(a) assistente social. do Código de Ética do(a) assistente social, única
(C) A consolidação e ampliação da cidadania base normativa da profissão.
referem-se, exclusivamente, à garantia dos
direitos civis. 8. (IADES/CRESS-MG/2016) No que se refere
(D) O aprofundamento da democracia distancia- ao atual Código de Ética do(a) assistente social,
se da socialização da participação política. assinale a alternativa correta.
(E) Universalidade de acesso aos bens e (A) Compete ao Conselho Federal de Serviço
serviços relativos às políticas sociais difere-se Social (CFESS) o livre exercício das atividades
dos conceitos teóricos e metodológicos da busca inerentes à profissão do(a) assistente social.
pela equidade e justiça social. (B) Participação na elaboração e gerenciamento
das políticas sociais compete principalmente ao
6. (IADES/CRESS-MG/2016) De acordo com o CFESS, mas não extingue as ações interligadas
processo de julgamento normatizado pelo ao conjunto Conselho Regional de Serviço Social
Código Processual Disciplinar do Serviço Social, (CRESS) e Associação Brasileira de Ensino e
assinale a alternativa correta. Pesquisa em Serviço Social (ABEPSS).
(A) Encerrada a tomada de votos dos (C) Compete ao CRESS, podendo esse atuar em
conselheiros(as), inicia-se a fase de discussão e outras jurisdições, zelar pela observância dos
esclarecimentos. princípios e diretrizes do Código de Ética do(a)
(B) É obrigatória a palavra dos(as) assistente social.
conselheiros(as) para esclarecimento ao (à) (D) Censura e cerceamento da liberdade não se
conselheiro(a) presidente do Conselho Federal referem a um dever do(a) assistente social,
de Serviço Social (CFESS). cabendo ao (à) profissional denunciar a
respectiva ocorrência aos órgãos competentes.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 7


Profª Shellen Batista Galdino

(E) Liberdade na realização dos próprios (A) No caso de reincidência na mesma infração,
estudos e pesquisas é um direito do(a) no prazo de dois anos, a multa cabível será
assistente social, não obstante os direitos de elevada ao dobro.
participação de indivíduos ou grupos envolvidos (B) O cancelamento definitivo do registro ocorre
nos respectivos trabalhos. somente nos casos de extrema gravidade.
(C) No caso de infrações, será cobrada multa no
9. No que se refere ao conhecimento da valor de até duas vezes a anuidade.
legislação do(a) assistente social (D) No caso de suspensões, elas poderão ser de,
regulamentada pela Lei no 8.662/1993, assinale no mínimo, dois anos de afastamento do
a alternativa correta. exercício profissional.
(A) Constitui-se atribuição não privativa do(a) (E) Somente nas situações em que seja
assistente social dirigir serviços técnicos de comprovada a participação ativa de empresas,
serviço social em entidades privadas. instituições, ou outras, elas poderão ser
(B) Aos (Às) agentes sociais, qualquer que seja penalizadas nas medidas judiciais cabíveis.
sua denominação com funções nos vários
órgãos públicos, é vedada a prática da profissão 12. (IADES/CRESS-MG/2016) Um(a) agente
de assistente social. fiscal do Conselho Regional de Serviço Social
(C) A denominação Conselhos Regionais de (CRESS) foi demandado(a) por um profissional
Assistentes Sociais (CRAS) foi alterada para da área. O relato do(a) assistente social refere-
Conselhos Regionais de Serviço Social (CRESS). se às condições precárias de trabalho
(D) O CRESS e o Conselho Federal de Serviço decorrentes do desprestígio do serviço social na
Social (CFESS) constituem, em seu conjunto, relação com outras profissões. Considerando
uma entidade com personalidade jurídica e essa situação hipotética, em relação à
forma, respectivamente, federativa e estadual. abordagem profissional especializada, o (a)
agente fiscal
10. De acordo com a Lei no 8.662/1993, (A) deve multar a instituição, nesse caso.
assinale a alternativa correta. (B) não tem o que fazer nesse caso.
(A) O Conselho Federal de Serviço Social (C) deve solicitar que o (a) profissional mude de
(CFESS) será mantido por contribuições instituição de trabalho.
arrecadadas pelos Conselhos Regionais de (D) deve avaliar as reais condições de trabalho
Serviço Social (CRESS), mas nunca por doações e emitir parecer técnico.
e legados. (E) deve evitar falar com outros profissionais
(B) As delegacias seccionais contarão com dois que trabalham na instituição.
membros efetivos: um delegado e um
tesoureiro. 13. A Comissão de Orientação e Fiscalização
(C) O CFESS/CRESS terão legitimidade para (COFI) é espaço de atuação do(a) agente fiscal,
agir somente contra os (as) assistentes sociais profissional do serviço social. Esse(a)
que infringirem as disposições legais do profissional é responsável por efetuar a
regulamento profissional. seguinte atividade:
(D) O CFESS terá foro em qualquer estado (A) sanção das organizações que não dispõem
brasileiro. de condições de trabalho para o exercício
(E) Somente os (as) estudantes de serviço profissional.
social, sob supervisão direta de assistente social (B) orientação de gestores e equipes quanto aos
em pleno gozo de seus direitos profissionais, procedimentos de fiscalização do exercício
poderão realizar estágio de serviço social. profissional.
(C) visita aos (às) assistentes sociais em seus
11. (IADES/CRESS-MG/2016) Quanto à espaços ocupacionais com o objetivo de
aplicação das penalidades aos infratores dos apreender a realidade na qual atuam.
dispositivos da lei que regulamenta a profissão (D) interlocução com órgãos da imprensa para
do(a) assistente social, assinale a alternativa denúncias de irregularidades institucionais.
correta.

8
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

(E) emissão de sanções com vistas ao combate 16. Sobre os Conselhos Regionais de Serviço
à inadimplência por meio de ações jurídico- Social (CRESS) e o conselho Federal de Serviço
administrativas. Social (CFESS), aponte a alternativa incorreta:
(A) O CFESS e os CRESS constituem, em seu
14. (IADES/CRESS-MG/2016) O trabalho de conjunto, uma entidade com personalidade
fiscalização do(a) agente fiscal pode ser jurídica e forma federativa.
incrementado a partir da utilização de técnicas (B) O objetivo básico dos CRESS e do CFESS é
e recursos para a análise institucional. Esse tipo disciplinar e defender o exercício da profissão de
de trabalho envolve o (a) assistente social em todo território nacional.
(A) reconhecimento do objeto institucional e das (C) Os CRESS são dotados de autonomia
contradições entre os atores institucionais. administrativa e financeira.
(B) institucionalização dos profissionais. (D) Os CRESS funcionam como Tribunais
(C) desvencilhamento entre a estrutura social e Superiores de Ética profissional.
as regulamentações organizacionais. (E) Compete aos CRESS aplicar as sanções
(D) priorização dos riscos econômicos em previstas no Código de Ética profissional dos/as
relação às vulnerabilidades sociais. Assistentes Sociais.
(E) fortalecimento do poder instituído.
17. Os atuais Conselhos Regionais de serviço
15. (QUADRIX/EMILIO RIBAS/2014) De acordo social apresentavam anteriormente à Lei de
com a Lei de Regulamentação da Profissão de Regulamentação da Profissão de Assistente
Assistente Social, não podem exercer a Social, outra nomenclatura. Assinale a
profissão de Assistente social: alternativa que apresenta a antiga
(A) os possuidores de diploma em curso de nomenclatura dos Conselhos Regionais de
graduação em Serviço Social, oficialmente Serviço Social.
reconhecido, expedido por estabelecimento de (A) Conselhos Regionais de Assistência Social.
ensino superior existente no país. (B) Conselhos Regionais de Assistentes Sociais.
(B) os possuidores de diploma em curso (C) Conselhos Regionais de Agentes Sociais.
superior em Serviço Social, em nível de (D) Delegacias Seccionais de Assistentes
graduação ou equivalente, expedido por Sociais.
estabelecimento de ensino sediado em países (E) Delegacias Regionais de Assistência Social.
estrangeiros, conveniado com o governo
brasileiro, desde que devidamente revalidado e 18. O empenho na eliminação de todas as
registrado em órgão competente no Brasil. formas de preconceito, incentivando o respeito
(C) os possuidores de diploma em curso à diversidade, à participação de grupos
superior em Serviço Social, em nível de socialmente discriminados e à discussão das
graduação ou equivalente, expedido por diferenças é um:
estabelecimento de ensino sediado em países (A) dever do assistente social em suas relações
estrangeiros, ainda que não conveniado com o com os usuários.
governo brasileiro, desde que devidamente (B) direito do assistente social em suas relações
revalidado e registrado em órgão competente com os usuários.
no Brasil. (C) dever do assistente social em suas relações
(D) os possuidores de diploma em curso com as instituições empregadoras e outras.
superior em Serviço Social, em nível de (D) direito do assistente social em suas relações
graduação ou equivalente, expedido por países com as instituições empregadoras e outras.
estrangeiros, conveniado com o governo (E) princípio fundamental.
brasileiro, desde que seja apenas registrado em
órgão competente no Brasil. 19. Respaldado/a pelo Código de Ética
(E) os agentes sociais, qualquer que seja sua profissional dos/s Assistentes Sociais, assinale a
denominação com funções nos vários órgãos alternativa que não apresenta um direito do
públicos. Assistente social.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 9


Profª Shellen Batista Galdino

(A) Participação na elaboração e gerenciamento (C) Na aplicação das penas, serão considerados
das políticas sociais, e na formulação e apenas os antecedentes profissionais do/a
implementação de programas sociais. infrator/a.
(B) Livre exercício das atividades inerentes à (D) Punibilidade do/a assistente social, por falta
profissão. sujeita a processo ético e disciplinar, prescreve
(C) Aprimoramento profissional de forma em 5 (cinco) anos, contados da data da
contínua, colocando-o a serviço dos princípios verificação do fato respectivo.
deste código. (E) Cumpre ao Conselho Federal de Serviço
(D) Abstenção, no exercício da profissão, de Social a execução das decisões proferidas nos
práticas que caracterizem a censura, o processos disciplinares.
cerceamento da liberdade e o policiamento dos
comportamentos.
(E) Pronunciamento em matéria de sua 22. (QUADRIX/ABC/2013) Os direitos e
especialidade sobretudo quando se tratar de responsabilidades do Assistente Social estão
assuntos de interesse da população. previstos no Código de Ética Profissional dos
Assistentes Sociais. Subsidiado por esse Código
20. Assinale a alternativa que não apresenta de Ética, leia atentamente as seguintes
uma infração disciplinar ao Código de Ética afirmações:
profissional dos/as Assistentes Sociais. I. Aprimoramento profissional de forma
(A) Ser conivente com falhas éticas de acordo contínua, colocando-se a serviço dos princípios
com os princípios deste código e com erros deste código de Ética.
técnicos praticados por assistente social e II. Desempenho de suas atividades
qualquer outro profissional. profissionais com eficiência e responsabilidade,
(B) Não cumprir, no prazo estabelecido, observando a legislação em vigor.
determinação emanada do órgão ou autoridade III. Pronunciamento em matéria de sua
dos conselhos, em matéria destes, depois de especialidade, sobretudo quando se tratar de
regularmente notificado/a. assuntos de interesse da população.
(C) Participar de instituição que, tendo por IV. Utilização de seu número de registro no
objeto o Serviço Social, não esteja inscrita no Conselho Regional no exercício da profissão.
Conselho Regional de Serviço Social. V. Garantia e defesa de suas atribuições e
(D) Fazer ou apresentar declaração, documento prerrogativas, estabelecidas na Lei de
falso ou alterado, perante o Conselho Regional Regulamentação da Profissão e dos princípios
de Serviço Social. firmados neste código de Ética.
(E) Exercer a Profissão quando impedido/a de São direitos dos Assistentes Sociais:
fazê-lo, ou facilitar, por qualquer meio, o seu (A) nenhuma das afirmações.
exercício aos/as não inscritos/as ou (B) apenas uma afirmação.
impedido/as. (C) apenas duas afirmações.
(D) apenas três afirmações.
21. Sobre as penalidades previstas no Código (E) todas afirmações.
de Ética Profissional dos/as Assistentes sociais,
assinale a alternativa correta. 23. (QUADRIX/ABC/2013) As infrações ao
(A) As penalidades aplicáveis são apenas Código de Ética Profissional dos Assistentes
quatro: multa, advertência pública, suspensão Sociais acarretarão penalidades, desde multa à
do exercício profissional e cassação do registro cassação do exercício profissional, na forma dos
profissional. dispositivos legais e/ou regimentais. Sobre as
(B) A pena de suspensão acarreta ao/à penalidades previstas neste Código de Ética
assistente social a interdição do exercício profissional, é correto afirmar que:
profissional em todo território nacional, pelo (A) A pena de suspensão acarreta ao/à
prazo de 30 dias a (um) ano. assistente social a interdição do exercício
profissional em todo o território nacional, pelo
prazo de 30 (trinta) dias a 1 (um) ano.

10
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

(B) A suspensão por falta de pagamento de I. O local de atendimento destinado ao


anuidades e taxas só cessará com a satisfação assistente social deve ser dotado de espaço
do débito, podendo ser cassada a inscrição suficiente, para abordagens individuais ou
profissional após decorridos 2 (dois) anos de coletivas, conforme as características dos
suspensão. serviços prestados, e deve possuir e garantir
(C) Não serão considerados na aplicação das algumas características físicas, como ventilação
penas os antecedentes profissionais do infrator, adequada a atendimentos breves ou demorados
mas as circunstâncias em que ocorreu a e com portas fechadas.
infração. II. Na constatação de inadequações quanto às
(D) Da imposição de qualquer penalidade condições éticas, físicas e técnicas do exercício
caberá recurso com efeito suspensivo ao profissional, o assistente social deve informar
CRESS. por escrito a entidade, instituição ou órgão que
(E) A punibilidade do assistente social, por falta trabalha ou presta serviços, sugerindo
sujeita a processo ético e disciplinar, prescreve alternativas para a melhoria dos serviços
em 5 (cinco) anos, cotados da data da prestados.
verificação do fato respectivo. III. É atribuição dos Conselhos Regionais de
Serviço Social orientar e fiscalizar as condições
24. (QUADRIX/CRESS/PR/2015) A Resolução éticas e técnicas estabelecidas na Resolução,
nº 533/2008 do Conselho Federal de Serviço bem como em outros instrumentos normativos
Social afirma que a supervisão direta de estágio expedidos pelo CFESS, em relação aos
em Serviço Social é atividade privativa do assistentes sociais e pessoas jurídicas que
assistente social, em pleno gozo dos seus prestam serviços sociais. Essa atribuição se
direitos profissionais, devidamente inscrito no realiza através exclusivamente dos agentes
CRESS de sua área de ação, sendo denominado fiscais dos Conselhos Regionais de Serviço
supervisor de campo o assistente social da Social.
instituição campo de estágio e supervisor IV. Os casos omissos e aqueles concernentes à
acadêmico o assistente social professor da interpretação abstrata geral da norma serão
instituição de ensino. Essa mesma Resolução resolvidos e dirimidos pelo Conselho Pleno do
afirma que a definição do número de estagiários CFESS.
a serem supervisionados deve levar em conta a É correto o que se afirma em:
carga horária do supervisor de campo, as (A) todas.
peculiaridades do campo de estágio e a (B) I, II e III, somente.
complexidade das atividades profissionais, (C) I, II e IV, somente.
sendo que o limite máximo não deverá exceder: (D) III e IV, somente.
(A) 1 (um) estagiário para cada 6 (seis) horas (E) I e II, somente.
semanais de trabalho.
(B) 1 (um) estagiário para cada 10 (dez) horas
semanais de trabalho. 26. (QUADRIX/CRESS/PR/2015) A Resolução
(C) 1 (um) estagiário para cada 15 (quinze) nº 556/2009 do Conselho Federal de Serviço
horas semanais de trabalho. Social apresenta o material técnico sigiloso
(D) 2 (dois) estagiários para cada 15 (quinze) como toda documentação produzida, que pela
horas semanais de trabalho. natureza de seu conteúdo, deva ser de
(E) 2 (dois) estagiários para cada 10 (dez) horas conhecimento restrito e, portanto, requeira
semanais de trabalho. medidas especiais de salvaguarda para sua
custódia e divulgação. De acordo com essa
25. (QUADRIX/CRESS/PR/2015) Com base na Resolução, em caso de extinção do Serviço
Resolução nº 493/2006 do Conselho Federal de Social da instituição, o material técnicosigiloso
Serviço Social (CFESS), que dispõe sobre as poderá:
condições éticas e técnicas do exercício (A) ser lacrado pelo profissional responsável por
profissional do(a) assistente social, leia este serviço, até aquela data, que também
atentamente as afirmativas a seguir. procederá à entrega do material ao CRESS.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 11


Profª Shellen Batista Galdino

(B) ser lacrado pelo profissional responsável por Social afirma que a realização de terapias não
este serviço, até aquela data, que também constitui atribuição e competência do(a)
procederá à entrega do material à instituição. assistente social. Dessa forma, fica vedado
(C) ser incinerado pelo profissional responsável ao(à) assistente social vincular ou associar o
por este serviço, até aquela data, que também título de assistente social ou o exercício
procederá à imediata comunicação, por escrito, profissional às atividades classificadas como
ao CRESS. terapias individuais, grupais ou comunitárias. O
(D) ser incinerado pelo profissional responsável prazo dado aos profissionais que se
por este serviço, até aquela data, que também encontravam nessa situação para processarem
procederá à imediata comunicação, por escrito, as modificações e adequações que se fizessem
à instituição. necessárias ao ideal cumprimento da Resolução
(E) ser incinerado pelo profissional responsável foi de:
por este serviço, até aquela data, sem (A) 30 (trinta) dias, a contar da data de
obrigatoriedade de realizar imediata publicação dessa Resolução.
comunicação à instituição e/ou ao CRESS. (B) 60 (sessenta) dias, a contar da data de
publicação dessa Resolução.
27. (QUADRIX/CRESS/PR/2015) A Resolução (C) 90 (noventa) dias, a contar da data de
nº 557/2009 do Conselho Federal de Serviço publicação dessa Resolução.
Social dispõe sobre a emissão de pareceres, (D) 120 (cento e vinte) dias, a contar da data
laudos, opiniões técnicas conjuntos entre o de publicação dessa Resolução.
assistente social e outros profissionais. Com (E) 180 (cento e oitenta) dias, a contar da data
base na resolução, assinale a alternativa de publicação dessa Resolução.
incorreta.
(A) O assistente social deve, sempre que
possível, integrar equipes multiprofissionais, 29. (SHDIAS/PREF. ITAPEVI/2013) As
bem como incentivar e estimular o trabalho atribuições e competências dos(as)
interdisciplinar. profissionais de Serviço Social, sejam aquelas
(B) Ao atuar em equipes multiprofissionais, o realizadas na política de Assistência Social ou
assistente social deverá respeitar normas e em outro espaço sócio ocupacional, são
limites legais, técnicos e normativos das outras orientadas e norteadas por direitos e deveres
profissões. constantes no Código de Ética Profissional e na
(C) O assistente social, ao emitir laudos, Lei de Regulamentação da Profissão, que devem
pareceres, perícias e qualquer manifestação ser observados e respeitados, tanto pelos(as)
técnica sobre matéria de Serviço Social, deve profissionais, quanto pelas instituições
atuar com ampla autonomia, respeitadas as empregadoras. No que se refere aos direitos
normas legais, técnicas e éticas de sua dos(as) assistentes sociais, indique a
profissão. alternativa “incorreta” frente ao que o artigo 2º
(D) No atendimento multiprofissional, a do Código de Ética assegura:
discussão da situação poderá ser a) garantia e defesa de suas atribuições e
multiprofissional, mas a avaliação deve ser, prerrogativas, estabelecidas na Lei de
obrigatoriamente, manifesta por escrito pelo Regulamentação da Profissão e dos princípios
assistente social, que tem seu âmbito de firmados neste Código;
intervenção nas suas atribuições privativas. b) livre exercício das atividades inerentes à
(E) O entendimento ou a opinião técnica do profissão; participação na elaboração e
assistente social sobre o objeto da intervenção gerenciamento das políticas sociais, e na
conjunta com outra categoria profissional e/ou formulação e implementação de programas
equipe multiprofissional, deve destacar sua área sociais.
de conhecimento separadamente. c) inviolabilidade do local de trabalho e
respectivos arquivos e documentação,
28. (QUADRIX/CRESS/PR/2015) A Resolução garantindo o sigilo profissional; desagravo
nº 569/2010 do Conselho Federal de Serviço público por ofensa que atinja a sua honra

12
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

profissional; aprimoramento profissional de 33. (SHDIAS/DAE-AMERICANA/SP/2013) Não


forma contínua, colocando-o a serviço dos é um dos tipos de penalidades aplicáveis ao
princípios deste Código; Assistente Social, segundo consta em seu
d) pronunciamento em qualquer matéria, Código de Ética:
versando sobre temas de ampla especialidade, a) Cassação do registro profissional.
sobretudo quando se tratar de assuntos de b) Advertência pública.
interesse da população. c) Detenção.
d) Advertência reservada.
30. FUNTEF-PR/JATAIZINHO-PR/2015 O Código
de Ética Profissional trata dos direitos, deveres
e do que é vedado ao assistente social no 34. (SHDIAS/DAE-AMERICANA/SP/2013) Nas
exercício da profissão. De acordo com o referido equipes interdisciplinadas que contam com
código, é vedado ao assistente social, entre Assistentes Sociais e outros profissionais, é
outras: vedado pelo Código de Ética ao Assistente
I. Prejudicar deliberadamente o trabalho e a Social:
reputação de outro/a profissional. a) Incentivar, sempre que possível, a prática
II. Usar ou permitir o tráfico de influência para profissional interdisciplinar.
obtenção de emprego, desrespeitando concurso b) Empenhar-se na viabilização dos direitos
ou processos seletivos. sociais dos usuários através dos programas e
III. Participar de bancas e processos seletivos políticas sociais.
para o cargo de assistente social, com vistas a c) Prevalecer-se de cargos de chefia para atos
não influir no processo de seleção. discriminatórios e de abuso de autoridade.
IV. Ser conivente com falhas éticas de acordo d) Desempenhar suas atividades profissionais
com os princípios do Código. com eficiência e responsabilidade, observando a
Marque a alternativa correta. legislação em vigor.
A) Apenas a I está correta.
B) Apenas I e III estão corretas.
C) Apenas I, III e IV estão corretas. 35. (SHDIAS/DAE-AMERICANA/SP/2013) São
D) Apenas II e IV estão corretas. competências do Assistente Social:
E) Apenas II, III e IV estão corretas. a) Coordenar seminários, encontros,
congressos e eventos assemelhados sobre
assuntos de Serviço Social.
31. (SHDIAS/DAE-AMERICANA/SP/2013) b) Assessoria e consultoria e órgãos da
“Defesa intransigente dos direitos humanos e Administração Pública direta e indireta,
recusa do arbítrio e do autoritarismo e empresas privadas e outras entidades, em
contribuir para a viabilização da participação matéria de Serviço Social.
efetiva da população usuária nas decisões c) Planejar, organizar e administrar benefícios e
institucionais”. Esta afirmativa é considerada Serviços Sociais.
pelo Código de Ética profissional como: d) Treinamento, avaliação e supervisão direta
a) Princípio e dever. de estagiários de Serviço Social.
b) Direito e princípio.
c) Dever e direito.
d) Direito e dever. 36. (CPCON/PATOS/2017) Conforme assegura
a lei que regulamenta a profissão de assistente
32. (SHDIAS/DAE-AMERICANA/SP/2013) O social (Lei 8.662/93 - Art. 5º), é atribuição
Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) tem privativa do assistente social:
sede e foro em qual região? a) Elaborar, coordenar, executar e avaliar
a) Na cidade de São Paulo. planos, programas e projetos que sejam do
b) No Distrito Federal. âmbito de atuação do serviço social com
c) Na capital de cada estado. participação da sociedade civil.
d) Na cidade do Rio de Janeiro.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 13


Profª Shellen Batista Galdino

b) Realizar estudos sócio-econômicos com os (A)Cotidiano.


usuários para fins de benefícios e serviços
(B)Mediação.
sociais junto a órgãos da administração pública
direta e indireta, empresas privadas e outras (C)Questão social.
entidades.
(D)Caráter interventivo.
c) Planejar, executar e avaliar pesquisas que
possam contribuir para a análise da realidade
social e para subsidiar ações profissionais.
39. (PREF. DE FORTALEZA/2016) Assinale a
d) Encaminhar providências e prestar
orientação social a indivíduos, a grupos e à
alternativa correta acerca da atuação do
população. serviço social nas múltiplas e diversificadas
e) Assumir, no magistério de serviço social, expressões da questão social no campo das
tanto a nível de graduação como pós- políticas públicas.
graduação, disciplinas e funções que exijam
(A)Atuação na esfera somente da execução e
conhecimentos próprios e adquiridos em curso
formulação de políticas, assim como do
de formação regular.
planejamento e gestão inscritos em equipes
multiprofissionais.
37. (CPCON/PATOS/2017) São princípios (B)A atuação dos assistentes sociais vem
fundamentais do Código de Ética Profissional sendo realizada especialmente na esfera
do(a) Assistente Social, EXCETO:
privada, por meio da concessão de benefícios.
a) Opção por um projeto profissional vinculado
ao processo de construção de uma nova ordem (C)A atuação do assistente social vem sendo
societária, sem dominação, exploração de realizada especialmente na assistência social,
classe, etnia e gênero. nos processos de elaboração, gestão,
b) Defesa intransigente dos direitos humanos e monitoramento e avaliação.
recusa do arbítrio e do autoritarismo.
c) Ampliação e consolidação da cidadania, (D)A atuação do assistente social vem sendo
considerada tarefa primordial de toda realizada junto aos conselhos de políticas,
sociedade, com vistas à garantia dos direitos com destaque para os conselhos de saúde e
civis sociais e políticos das classes de assistência social.
trabalhadoras.
d) Empenho na eliminação de todas as formas
de preconceito, incentivando o respeito à 40. (PREF. DE FORTALEZA/2016) No
diversidade, à participação de grupos contexto de mundialização do capital a
socialmente discriminados e à discussão das
análise da questão social vem caindo na
diferenças.
pulverização e fragmentação das inúmeras
e) Garantia e defesa das atribuições e
“questões sociais”. Assinale a alternativa
prerrogativas dos assistentes sociais,
estabelecidas na Lei de Regulamentação da correta sobre a pulverização da questão social
Profissão. típica da ótica liberal.

(A)Autonomização de suas múltiplas


expressões - as várias “questões sociais” –
38. (PREF. DE FORTALEZA/2016) Enquanto
em detrimento da perspectiva de unidade dos
profissão interventiva, o serviço social possui
complexos de causalidade que a determinam.
uma finalidade, utiliza-se de instrumentos e
meios para a intervenção em seu objeto ou (B)Atribui-se unilateralmente à sociedade
matéria-prima. Nesse sentido, assinale a capitalista – as várias “questões sociais” - a
alternativa correta com relação àquilo que responsabilidade pelas dificuldades vividas
corresponde ao objeto do serviço social. pela população.

14
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

(C)Visão coletiva e de classe das diversas (B)As políticas sociais são concessões e
“questões sociais” contemporâneas, conquistas que se fundam no capitalismo,
aprisionada no discurso único sobre a numa verdadeira redistribuição de renda e
existência de uma nova questão social. riqueza.

(D)O discurso genérico das “questões sociais” (C)As políticas sociais são concessões e
prisioneiras das análises marxistas, conquistas mais ou menos elásticas, a
segmentadas na dinâmica conjuntural e na depender da correlação de forças na luta
vida dos sujeitos sociais. política entre interesses das classes sociais.

(D)As políticas sociais são conquistas da


classe trabalhadora que, na luta por direitos,
41. (PREF. DE FORTALEZA/2016) A
participa da socialização da riqueza
seguridade social compreende um conjunto
socialmente produzida mediante as políticas
integrado de ações de iniciativa dos poderes
econômicas.
públicos e da sociedade, destinadas a
assegurar os direitos relativos à saúde, à
previdência e à assistência social. No que se
43. (PREF. DE FORTALEZA/2016) Assinale a
refere aos objetivos organizativos da
alternativa correta sobre as principais
seguridade social, assinale a alternativa
tendências da sociedade contemporânea no
correta.
campo da seguridade social brasileira.
(A)Uniformidade e diversidade dos benefícios
(A)Expansão das políticas redistributivas de
e serviços às populações urbanas e rurais.
natureza pública e constitutiva de direitos,
(B)Universalidade e distributividade na rompendo com as políticas compensatórias de
prestação dos benefícios e serviços. combate à pobreza e de caráter seletivo e
(C)Universalidade da cobertura e do temporário.
atendimento.
(B)Privatização e mercantilização dos
(D)Igualdade na forma de participação no serviços sociais e ampliação de programas
custeio. sociais voltados para o indivíduos, grupos e
famílias com renda abaixo da linha da
pobreza.
42. (PREF. DE FORTALEZA/2016) O processo
(C)Politização das desigualdades sociais de
de definição das políticas sociais se
classe em face da identificação dos chamados
movimenta a partir de condições objetivas e
processos de exclusão, que informa a
subjetivas, portanto o significado da política
possibilidade de estratégias de inclusão e de
social não pode ser apanhado, nem
acesso aos bens civilizatórios e materiais.
exclusivamente, pela sua inserção objetiva no
mundo do capital, nem apenas pela luta de (D)Desaparecimento de protagonistas
interesses dos sujeitos envolvidos, mas, históricos, tais como a empresa socialmente
historicamente, na relação desses processos responsável, o voluntariado, com suas
na totalidade. Com base nessa colocação, práticas congêneres de desenvolvimento
assinale a alternativa correta sobre o conceito sustentável, ações em rede, empoderamento
de política social na perspectiva crítica. e empreendedorismo social.

(A)As políticas sociais são o Estado em ação,


conquista e resultado da atuação dos
44. Sobre os fundamentos e tendências
governos sobre as expressões da questão
atuais da seguridade social brasileira, marque
social.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 15


Profª Shellen Batista Galdino

a alternativa correta de acordo com Boschetti (C)Desemprego, individualismo,


(2009). consumismo.

(A)As primeiras iniciativas de benefícios (D)Desemprego, crise da democracia,


previdenciários que vieram a constituir a individualismo.
seguridade social no século XX nasceram na
Alemanha, em 1883, tendo como principal
objetivo a luta contra a pobreza e a instituição 46. (PREF. DE FORTALEZA/2014/IMPARH)
do Welfare State. Segundo Raichelis (2013), na
contemporaneidade estruturou-se um novo
(B)A seguridade social brasileira, instituída
modelo de regulação estatal, que busca
com a Constituição Brasileira de 1988,
consolidar uma nova racionalidade
incorporou princípios do modelo bismarkiano
redistributiva, fundada no compromisso dos
(Alemanha, 1883) e do modelo beveridgiano
cidadãos de se subordinarem a medidas de
(Inglaterra, 1942), ao restringir a previdência
“ativação” para a inserção e integração no
aos trabalhadores contribuintes, universalizar
mercado de trabalho, como contrapartida à
a saúde e limitar a assistência social a quem
proteção social. Assinale a alternativa correta
dela necessitar.
quanto a esse novo sistema de proteção
(C)A seguridade social no Brasil avançou no social.
sentido de fortalecer a lógica social proposta
a) Welfare state periférico.
pelo Plano Beveridge, pois, a partir de 1990,
universalizou o acesso à saúde, à assistência b) Workfare.
social e à previdência social, garantindo a c) Estado moralizador.
plena satisfação dos direitos sociais.
d) Estado civilizador ativo.
(D)No Brasil, a lógica social estruturou e
estabeleceu os critérios de acesso da
previdência e da saúde desde o ano de 1927
até a Constituição de 1988. 47. (Concurso Prefeitura de Amontada-
2016) A Constituição Federal de 1988 confere
à assistência social o status de política
pública, que se encontra inscrita, juntamente
com a saúde e a previdência social, no campo
45. (PREF. DE FORTALEZA/2016) O da seguridade social. Tendo a assistência
neoliberalismo, segundo estudiosos, passou social um caráter de política de proteção
por fases, a primeira de ataque ao social, cabe-lhe garantir aos seus usuários
keynesianismo e ao Welfare State e a três seguranças, quais sejam:
segunda mais propositiva, com ênfase em
programas sociais, no trinômio da A) segurança social, segurança de emprego e
focalização, privatização e descentralização. renda, segurança alimentar.
Sobre o resultado desse programa neoliberal B) segurança de sobrevivência, segurança de
nos anos de 1990, do ponto de vista social, acolhida, segurança de convívio ou vivência
assinale a alternativa correta. familiar.

(A)Crescimento da pobreza, do desemprego e C) segurança de auxílios materiais, segurança


de igualdade de acesso aos bens e serviços
da desigualdade social.
sociais, segurança previdenciária.
(B)Crescimento da pobreza, crise da D) segurança de rendimentos básicos,
democracia e crescimento econômico. segurança sociofamiliar, segurança de
trabalho.

16
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

48. (Concurso Prefeitura de Farias Brito/CE – proposto pelo órgão gestor estadual,
2014) A Proteção Social Básica do SUAS é definindo estratégias para implementar e
destinada à: operacionalizar a oferta da proteção social
básica e especial no âmbito do SUAS na sua
A) esfera de governo.
Prevenção de riscos sociais e pessoais, por
( ) O modelo de gestão preconizado pelo
meio da oferta de programas, projetos,
SUAS prevê o financiamento compartilhado
serviços e benefícios a indivíduos e famílias entre a União, os Estados, o Distrito Federal
em situação de constante abuso sexual. e os Municípios e é viabilizado por meio de
B) Famílias e indivíduos que já se encontram transferências regulares e automáticas,
observando a obrigatoriedade da destinação
em situação de risco e que tiveram seus
e a alocação de recursos próprios pelos
direitos violados por ocorrência de carência
respectivos entes.
econômica.

C)
Prevenção de riscos sociais e pessoais, por Assinale a alternativa que apresenta a
meio da oferta de programas, projetos, sequência CORRETA:
serviços e benefícios a indivíduos e famílias A) F; V; V. B) F; V; F.
em situação de vulnerabilidade social.
C) V; V; V. D) V; F; V.
D) Famílias e indivíduos que já se encontram
em situação de risco e que tiveram
seus
direitos violados por ocorrência de abandon
50. (Concurso Prefeitura de Farias Brito/CE –
o, maus-
2014) A gestão das ações na área de
tratos, abuso sexual, uso de drogas,
assistência Social fica organizada sob a
entre outros aspectos.
forma de sistema descentralizado e
participativo, denominado Sistema Único
de Assistência Social (SUAS). Constituem
objetivos do SUAS, EXCETO:
49. (Concurso Prefeitura de Farias Brito/CE –
2014) Com A)
base no que disciplina a Norma Acompanhar e avaliar a gestão dos recursos
Operacional Básica do Sistema Único de , bem como os ganhos sociais e o
Assistência Social – NOB/SUAS, analise desempenho dos programas e projetos de
as assertivas abaixo, e assinale com (V) assistência social.
as verdadeiras e com (F) as falsas. B)
( ) As conferências de assistência social são Estabelecer as responsabilidades dos entes
instâncias que tem por atribuições a federativos na organização, regulação,
avaliação da política de assistência social e a manutenção e expansão das ações de
definição de diretrizes para o aprimoramento assistência social.
do SUAS, ocorrendo no âmbito da União,
C) Implementar a gestão do trabalho e a
dos Estados, do Distrito Federal e dos
educação permanente na assistência social.
Municípios e devem ser convocadas
ordinariamente a cada 4 (quatro) anos. D)
( ) Compete à Comissão Intergestores Integrar a rede pública e privada de serviço
Tripartite (CIT) pactuar a organização do s, programas, projetos e benefícios de
sistema estadual de assistência social assistência social.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 17


Profª Shellen Batista Galdino

51. (Concurso Prefeitura de Farias Brito/CE objetivos, adequados à distribuição territorial


– 2014) De acordo com a Política Nacional de das populações vulneráveis, com alocação
Assistência Social (PNAS–2004), constituem equitativa do cofinanciamento federal e
serviços de proteção básica de assistência a possibilidade de
social, EXCETO: superação das distorções
regionais históricas.
A) Serviços socioeducativos para crianças,
adolescentes e jovens, visando sua proteção B) Instituir a informação como ferramenta
, socialização e fortalecimento de vínculos indispensável e imprescindível, a fim de
familiares e comunitários. promover o monitoramento sistemático e a
territorialização dos equipamentos de
B) Serviço de habilitação e reabilitação na
assistência social nas áreas de maior
comunidade das pessoas com deficiência.
vulnerabilidade e risco.
C) Programas de incentivo ao protagonismo
C) Estabelecer um novo patamar de
juvenil e de fortalecimento de vínculos
aprimoramento das SUAS, por meio da
familiares e comunitários.
instituição de novas práticas e estratégias de
D) financiamento e gestão, da pactuação de
Programas de inclusão produtiva e projetos prioridades e metas, valorização da
de enfrentamento à pobreza. informação, instituindo uma cultura de
planejamento, acompanhamento e
monitoramento no cotidiano da assistência
social.
52. (Concurso Prefeitura de Farias Brito/CE –
D) Introduzir uma nova lógica de
2014)
financiamento, por meio do repasse por pisos
Descentralizado e participativo, que tem por
de proteção, zelando pela garantia da oferta
função a gestão do conteúdo específico da
permanente de serviços socioassistenciais
Assistência Social no campo da proteção
com base na capacidade de atendimento e
social brasileira. Assinale a alternativa
não mais pela quantidade e modalidade de
CORRETA sobre o texto:
atendimento.
A) Sistema Único de Assistência Social SUAS.
B) Sistema Único de Saúde SUS.

C) Sistema de Saúde Privado.


54. (PREF. ORTIGUEIRA/2012) Sobre as
D) Sistema de Educação. atitudes coerentes para elaboração de um
plano de intervenção profissional que objetiva
construir estratégias coletivas para o
enfrentamento das diferentes manifestações
53. (Concurso Prefeitura de Farias Brito/CE – de desigualdades e injustiças sociais, numa
2014) A nova Norma Operacional Básica do perspectiva histórica que apreenda o
Sistema Único de Assistência Social – movimento contraditório do real, analise as
(NOB/SUAS2012), foi elaborada em assertivas e assinale a alternativa que aponta
decorrência da necessidade de: a(s) correta(s).

A) Impulsionar um salto quantitativo na I. Não pesquisar dados de realidade


implantação de serviços socioassistenciais em quantitativos, as pesquisas quantitativas não
todo o território nacional, tendo como base são importantes para trazer retratos da
critérios de partilha transparentes e realidade na perspectiva histórica.

18
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

II. Investigar sobre as informações (E) O conhecimento oriundo da razão dialética


qualitativas da realidade. Conforme Martinelli apreende apenas o imediato da vida
(1994), as metodologias qualitativas cotidiana.
aproximam pesquisador/sujeitos
pesquisados, permitindo ao primeiro
conhecer as percepções dos segundos, os
significados que atribuem a suas 56. (DESO-SE/2013) A pesquisa pode ter,
experiências, seus modos de vida, ou seja, para o Serviço Social, muitas finalidades:
oferece subsídios para trabalhar com o real levantar dados para a elaboração de
em movimento, em toda a sua plenitude. diagnósticos da realidade, realizar estudos
III. Desvendar e problematizar a realidade avaliativos, produzir conhecimentos técnicos,
social, apreendendo os modos e as condições subsidiar a ação profissional cotidiana,
de vida dos sujeitos com seus condicionantes elaborar estudos técnicos, subsidiar parecer
históricos, sociais, econômicos e culturais, e social, entre tantos outros. Sobre os tipos de
também seus anseios, desejos, necessidades pesquisa, assinale a alternativa correta.
e demandas. (A) A pesquisa exploratória é o tipo mais
IV. Intervir na realidade social com base na complexo de pesquisa, é utilizada para
apreensão do movimento contraditório do realizar estudos avaliativos.
real, a partir do seu desvendamento e (B) A pesquisa descritiva analisa e interpreta
problematização, e também de pesquisas os fenômenos estudados, procura identificar
sobre dados da realidade dos sujeitos. seus fatores determinantes, ou seja, suas
(A) Apenas I, II e IV. causas.

(B) Apenas I, III e IV. (C) Na pesquisa descritiva, os fatos são


observados, registrados, analisados,
(C) Apenas II e IV.
classificados e interpretados, sem que o
(D) Apenas I. pesquisador interfira neles.

(E) Apenas II, III e IV (D) A pesquisa exploratória registra, analisa e


interpreta os fenômenos estudados,
identificando as causas e os fatores
55. (PREF. JABOATÃO DOS determinantes.
GUARARAPES/2016) Referente à pesquisa da
(E) A pesquisa explicativa apenas observa os
realidade, assinale a alternativa INCORRETA.
fatos, registrando, classificando,
(A) O conhecimento oriundo da razão interpretando e analisando estes, sem que o
dialética capta o movimento do objeto, a sua pesquisador interfira neles.
lógica de constituição.

(B) O conhecimento oriundo da razão


57. (SEAS/2017 - Adaptada) No que tange à
dialética percebe o que o objeto é e como
adoção, é correto afirmar que:
chegou a ser o que é, ou seja, o seu processo
de constituição. A) é o instituto que atribui a condição de filho
ao adotado, com os mesmos direitos e
(C) O conhecimento oriundo da razão
deveres, inclusive sucessórios, desligando-o
dialética percebe os fundamentos do objeto.
de qualquer vínculo com pais e parentes,
(D) O conhecimento oriundo da razão inclusive os impedimentos matrimoniais.
dialética percebe a capacidade de
transformação do objeto.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 19


Profª Shellen Batista Galdino

B) a guarda de fato autoriza, por si só, a 60. (SEAS/2017) Atente à seguinte definição:
dispensa da realização do estágio de “Trata-se de uma medida socioeducativa que
convivência. consiste na realização de tarefas gratuitas de
interesse geral, por período não excedente a
C) a morte dos adotantes restabelece o poder
seis meses, junto a entidades assistenciais,
familiar dos pais naturais.
hospitais, escolas e outros estabelecimentos
D) Em caso de adoção por pessoa ou casal congêneres, bem como em programas
residente ou domiciliado fora do País, o comunitários ou governamentais”. O
estágio de convivência será de, no mínimo, 30 enunciado acima define:
(trinta) dias e, no máximo, 45 (quarenta e
A) liberdade assistida.
cinco) dias, prorrogável por até igual período,
uma única vez, mediante decisão B) prestação de serviços comunitários.
fundamentada da autoridade judiciária.
C) internação.

D) regime de semiliberdade.
58. (SEAS/2017) Atente à seguinte
descrição: “Trata-se do instituto que obriga a
prestação de assistência material, moral e
educacional à criança ou adolescente, 61. (SEAS/2017) Quanto à medida de
conferindo a seu detentor o direito de opor-se internação, assinale a opção que se amolda
a terceiros, inclusive aos pais”. O instituto aos ditames do ECA.
descrito no enunciado acima é denominado:
A) A liberação será compulsória aos vinte e
A) adoção. um anos de idade.
B) guarda. B) Será permitida a realização de atividades
C) tutela. externas, a critério da equipe técnica da
entidade, ainda que exista determinação
D) curatela.
judicial em contrário.

C) A internação constitui medida restritiva de


direitos, sujeita aos princípios de brevidade,
excepcionalidade e respeito à condição
59. (SEAS/2017) Segundo o ECA, é proibida
peculiar de pessoa em desenvolvimento.
a venda, a crianças ou adolescentes, de:
D) Em regra, o período máximo de internação
A) qualquer bebida, inclusive as bebidas não
não excederá a três anos
alcoólicas.

B) produtos cujos componentes não possam


causar dependência física ou psíquica.

C) bilhetes lotéricos e equivalentes. 62. (Concurso Prefeitura de Cedro – 2014) O


Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA
D) fogos de estampido e de artifício que, pelo
determina como linhas de ação da política de
seu reduzido potencial, sejam incapazes de
atendimento dos direitos da criança e do
provocar qualquer dano físico em caso de
adolescente:
utilização indevida.

I- Políticas Sociais Básicas.

20
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

II- Políticas e programas de assistência social, acolhidos por instituições públicas,


em caráter supletivo, às crianças e filantrópicas ou sem fins lucrativos
adolescentes. conveniadas como o Poder Público somente
na área urbana.
III- Proteção jurídico-social por entidades de
defesa dos direitos da criança e do ( ) Incumbe ao Poder Público fornecer aos
adolescente. idosos gratuitamente, medicamentos,
especialmente os de uso continuado, com
Está CORRETO o que se afirma em:
exceção de próteses e órteses.
A) I, apenas.
( ) Os idosos portadores de deficiência ou com
B) II, apenas. limitação incapacitante terão atendimento
C) I e II. especializado.

D) I e III.
Assinale a alternativa que apresenta a
sequência correta, de cima para baixo:
63. (Concurso Prefeitura de Cedro – 2014)
(Lei nº 8.069/90) De acordo com o Estatuto A) V, V, V, F, V.
da Criança e do Adolescente a tutela será B) V, V, F, F, V.
deferida, nos termos da lei civil, a pessoa de
C) V, F, F, V, F.
até:
D) F, V, V, F, F.
A) 21 (vinte e um) anos incompletos.

B) 18 (dezoito) anos incompletos.

C) 18 (dezoito) anos completos.


65. (Concurso Prefeitura de Juazeiro do Norte
D) 21 (vinte e um) anos completos
– 2009) “A Bioética apregoa, entre os direitos
do paciente, o de decidir através do
consentimento livre e esclarecido, se aceita
64. (Concurso Prefeitura de Juazeiro do Norte ou não um determinado tratamento ou
– 2009) Assinale Falso (F) ou Verdadeiro (V) procedimento; o princípio da autonomia exige
segundo Lei nº 10.741/03, que dispõe sobre que o paciente forneça seu consentimento a
o Estatuto do Idoso: todo tratamento médico e a todo ensaio
experimental. O direito torna um valor ético
quando proclama: ‘A pessoa humana é
( ) É assegurada a atenção integral à saúde inviolável. Ninguém pode invadir outra
do idoso, por intermédio do Sistema Único de pessoa sem o seu consentimento. ’; para ser
Saúde – SUS, garantindo-lhe o acesso autêntico, este consentimento deve ter duas
universal e igualitário. qualidades, ser livre e esclarecido.” (GERBER,
2005)
( ) A prevenção e a manutenção da saúde do
idoso serão efetivadas por meio de Sobre este assunto, o Estatuto do Idoso,
cadastramento da população idosa em base determina que:
territorial.

( ) O atendimento domiciliar inclui a A) A escolha pelo tratamento de saúde deve


internação, para a população que dele ser do médico. Para subsidiar sua decisão o
necessitar e esteja impossibilitada de se
locomover, inclusive para idosos abrigados e

SERVIÇO SOCIAL para concursos 21


Profª Shellen Batista Galdino

mesmo pode consultar os demais membros direito social, nos termos desta Lei e da
da equipe de saúde. legislação vigente.” Assinale a alternativa que
preenche corretamente a lacuna.
B) A escolha por tratamento compatível com
as necessidades do idoso cabe, em qualquer A) Social.
situação ao médico geriatra, visto ser esta a
B) Intransferível.
especialidade médica que cuida da saúde do
idoso. C) Personalíssimo.

C) Ao idoso, que esteja no domínio de suas D) Individual.


faculdades mentais, é assegurado o direito de
optar pelo tratamento de saúde que lhe for
mais favorável.

D) O Estatuto do Idoso não se manifesta


sobre este tema.

66. (Concurso Prefeitura de Cedro – 2014) O


Estatuto do Idoso, aprovado pela Lei n°
10.741/2003, afirma que “o envelhecimento
é um direito __________ e a sua proteção um

22
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

GABARITO:

1. B 19. D 36. E 54. E

2. D 20. A 37. E 55. E

3. A 21. D 38. C 56. C

4. D 22. D 39. D 57. D

5. B 23. E 40. A 58. B

6. E 24. B 41. C 59. C

7. A 25. C 42. C 60. B

8. D 26. C 43. B 61. A

9. C 27. D 44. B 62. D

10. E 28. E 45. A 63. B

11. A 29. D 46. B 64. B

12. D 30. C 47. B 65. C

13. C 31. A 48. C 66. C

14. A 32. B 49. D

15. D 33. C 50. A

16. D 34. C 51. B

17. B 35. C 52. A

18. E 36. E 53. C

Número de acertos: ____


Número de erros: ____

SERVIÇO SOCIAL para concursos 23


Profª Shellen Batista Galdino

QUESTÕES COMENTADAS
1. Com base na Resolução do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) no 493/2006, é
responsabilidade do(a) assistente social informar, por escrito, a instituição ou o órgão que presta
os serviços acerca das inadequações quanto às condições
(A) éticas do exercício profissional, apenas.
(B) éticas, físicas e técnicas do exercício profissional.
(C) éticas e físicas do exercício profissional, somente.
(D) físicas do exercício profissional, e as condições técnicas cabe à fiscalização do Conselho
Regional de Serviço Social (CRESS).
(E) éticas e técnicas do exercício profissional, apenas.

GABARITO LETRA B. COMENTÁRIO:


Esta Resolução traz em sua EMENTA que a mesma dispõe sobre as condições éticas e técnicas do
exercício profissional do assistente social.

2. Quanto à Resolução do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) no 660/2013, que dispõe
acerca das normas as quais regulam o Código Processual de Ética e revoga, integralmente, a
Resolução CFESS no 428/2002, e demais disposições em contrário, assinale a alternativa correta.
(A) O Conselho Regional de Serviço Social (CRESS), a partir de denúncia ou somente
representação de qualquer interessado(a), deverá imediatamente instaurar inquérito,
independentemente da citação do nome e qualificação do(a) denunciante.
A resolução traz em segundo Art. 2º, que deve conter citação no nome e qualificação do
denunciante, isto é obrigatório.
(B) A qualquer e único membro do CRESS cabe a responsabilidade de avaliar se a denúncia,
representação ou queixa se enquadra nos critérios definidos pelo Código de Ética Profissional.
O artigo 1º traz que deve ter um membro deliberado para tal.
(C) Falta da prova documental, e (ou) a indicação dos meios de prova de que pretende se valer
para provar o alegado, impede o recebimento de denúncia, representação ou queixa por parte do
CRESS.
Segundo o Art 3º, parágrafo segundo, a falta de prova documental não impede recebimento da
denúncia.
(D) Caso o Conselho Pleno delibere pelo arquivamento liminar da denúncia, o pedido de
cancelamento será imediatamente deferido.
(Cf. Art 4º, Parágrafo segundo)
(E) Com base nos elementos coletados na denúncia, a Comissão Permanente de Ética deverá,
imediatamente, opinar pela instauração de Processo Disciplinar Ético, não necessitando, na fase
inicial, da obrigação de elaborar parecer fundamentado.
A Comissão é obrigada a elaborar parecer fundamentado. (Cf. Art. 6º).

3. Em relação ao processo disciplinar e aos atos processuais do Código Processual de Ética do(a)
assistente social, assinale a alternativa correta.
(A) É vedada a participação de integrantes do Conselho Regional de Serviço Social
(CRESS) e do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) na composição da Comissão
de Instrução.
(B) Os prazos são contínuos, interrompendo-se somente nos finais de semana.
Os prazos NÃO SE INTERROMPEM nos finais de semana nem feriado. Cf. Art. 15.
(C) A Comissão de Instrução é de caráter definitivo, composta por dois profissionais de serviço
social da base do CRESS, podendo esses estarem em pleno gozo de seus direitos.
A comissão é de caráter TEMPORÁRIO. Cf. Art 16.
24
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

(D) Despachos, pareceres e decisões serão anexados somente em ordem numérica.


Em ordem numérica e CRONOLÓGICA. Cf. Art 14.
(E) Será fornecida cópia do parecer da Comissão de Instrução antes e após o julgamento do
processo em primeira instância.
Somente será oferecida após o julgamento. Cf. Art. 17.

GABARITO LETRA A. COMENTÁRIO:


Conforme o Art. 16, a Comissão de Instrução é formada por dois (2) Assistentes Sociais da
BASE, em pleno gozo de seus direitos.

4. No que se refere à resolução do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS), que aborda a
temática da atuação dos(as) assistentes sociais como terapeutas, assinale a alternativa correta.
(A) A realização de terapia passou a constituir atribuição e competência do(a) assistente social,
conforme resolução do CFESS de 2014, haja vista a existência dos trabalhos multidisciplinares,
principalmente, em hospitais, clínicas e centros de recuperação.
As terapias não vedadas e não fazem parte nem das nossas competências, nem das nossas
atribuições.
(B) É facultado ao (à) assistente social o direito de vincular ou associar o trabalho de terapeuta ao
exercício profissional.
É VEDADO. Cf, Art. 3º
(C) No exercício profissional com indivíduos, grupos, famílias e (ou) comunidades, o (a) assistente
social poderá tratar, juntamente com outros profissionais da saúde e afins, os problemas
somáticos, psíquicos ou psicossomáticos, as respectivas causas e os sintomas.
É VEDADO esses tratamentos.
(D) O (A) assistente social deverá ater-se às suas habilidades, competências e
atribuições privativas previstas na Lei no 8.662/1993, Código de Ética da Profissão, e
nos fundamentos teóricos, históricos e metodológicos do serviço social.
(E) Os (As) assistentes sociais que realizam serviço de terapia como prática do exercício
profissional terão o prazo de 10 dias para as adequações que se fizerem necessárias, sob pena de
multa e perda do registro profissional.
Quando a resolução foi promulgada, teve o prazo de 180 dias para adequações.

GABARITO LETRA D. COMENTÁRIO:


Esta resolução é 569/2009.

5. Quanto ao exercício diário da práxis profissional e ao conhecimento teórico-prático do Código


de Ética atualizado do(a) assistente social, assinale a alternativa correta.
(A) A recusa dos direitos humanos e da defesa do autoritarismo caracterizam-se como princípios
fundamentais do Código de Ética do(a) assistente social.
DEFESA dos direitos humanos e RECUSA do autoritarismo.
(B) Reconhecer a liberdade como valor ético refere-se diretamente aos conceitos de
autonomia e plena emancipação dos indivíduos sociais, conforme os princípios
fundamentais da profissão do(a) assistente social.
(C) A consolidação e ampliação da cidadania referem-se, exclusivamente, à garantia dos direitos
civis.
Não só civis, mas também sociais e políticos.
(D) O aprofundamento da democracia distancia-se da socialização da participação política.
A socialização da participação política é crucial para o aprofundamento da democracia.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 25


Profª Shellen Batista Galdino

(E) Universalidade de acesso aos bens e serviços relativos às políticas sociais difere-se dos
conceitos teóricos e metodológicos da busca pela equidade e justiça social.
Não. É preciso POSICIONAMENTO em favor da equidade e justiça social.

6. De acordo com o processo de julgamento normatizado pelo Código Processual Disciplinar do


Serviço Social, assinale a alternativa correta.
(A) Encerrada a tomada de votos dos conselheiros(as), inicia-se a fase de discussão e
esclarecimentos.
Primeiro tem-se a discussão e esclarecimentos, depois os votos. Cf. Art. 40.
(B) É obrigatória a palavra dos(as) conselheiros(as) para esclarecimento ao (à) conselheiro(a)
presidente do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS).
Não é obrigatório.
(C) O Conselho Pleno só poderá deliberar com a presença mínima de três membros e máxima de
nove.
A quantidade mínima de membros é seis. Cf. Art. 34.
(D) No julgamento, em nenhuma hipótese, o (a) presidente do Conselho Regional de Serviço Social
(CRESS) terá direito a voto.
O presidente só terá direito a voto em caso de Empate. Cf. Art. 41.
(E) A tomada de votos obedecerá às seguintes etapas: avaliação de preliminar;
procedência ou improcedência da denúncia; e aplicação da penalidade. (Cf. Art. 41)

7. De acordo com o atual Código de Ética do(a) assistente social, a garantia do pluralismo ocorre
por meio
(A) do respeito às correntes profissionais democráticas existentes, não sendo esse o
único princípio que a fundamenta.
(B) de uma única expressão teórica, base fundamental do serviço social.
(C) do aprimoramento intelectual, exclusivamente, respeitando-se teorias de áreas afins e
correlatas à profissão.
(D) do processo de construção de uma nova ordem societária, marcada pela dominação e
exploração social e econômica.
(E) da identidade de gênero e desarticulação dos movimentos de outras categorias profissionais
que não partilham dos princípios do Código de Ética do(a) assistente social, única base normativa
da profissão.

GABARITO LETRA A. COMENTÁRIO:


Conforme o CE/1993, a garantia do pluralismo, através do respeito às correntes profissionais
democráticas existentes e suas expressões teóricas, e compromisso com o constante
aprimoramento intelectual.

8. No que se refere ao atual Código de Ética do(a) assistente social, assinale a alternativa correta.
(A) Compete ao Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) o livre exercício das atividades
inerentes à profissão do(a) assistente social.
Este é um DIREITO dos Assistentes Sociais, não compete ao CFESS.
(B) Participação na elaboração e gerenciamento das políticas sociais compete principalmente ao
CFESS, mas não extingue as ações interligadas ao conjunto Conselho Regional de Serviço Social
(CRESS) e Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (ABEPSS).
Este é um DIREITO dos Assistentes Sociais, não compete ao CFESS.
(C) Compete ao CRESS, podendo esse atuar em outras jurisdições, zelar pela observância dos
princípios e diretrizes do Código de Ética do(a) assistente social.

26
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

Somente na sua jurisdição.


(D) Censura e cerceamento da liberdade não se referem a um dever do(a) assistente
social, cabendo ao (à) profissional denunciar a respectiva ocorrência aos órgãos
competentes.
(E) Liberdade na realização dos próprios estudos e pesquisas é um direito do(a) assistente social,
não obstante os direitos de participação de indivíduos ou grupos envolvidos nos respectivos
trabalhos.
Resguardados os direitos de participação de indivíduos ou grupos envolvidos em seus trabalhos.

9. No que se refere ao conhecimento da legislação do(a) assistente social regulamentada pela Lei
no 8.662/1993, assinale a alternativa correta.
(A) Constitui-se atribuição não privativa do(a) assistente social dirigir serviços técnicos de serviço
social em entidades privadas.
É uma atribuição privativa.
(B) Aos (Às) agentes sociais, qualquer que seja sua denominação com funções nos vários órgãos
públicos, é vedada a prática da profissão de assistente social.
Não é vedada. Cf. Art 2º.
(C) A denominação Conselhos Regionais de Assistentes Sociais (CRAS) foi alterada para
Conselhos Regionais de Serviço Social (CRESS).
(D) O CRESS e o Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) constituem, em seu conjunto, uma
entidade com personalidade jurídica e forma, respectivamente, federativa e estadual.
Uma entidade com personalidade jurídica e forma federativa. (Cf. Art 7º)
(E) Compete ao CRESS funcionar como Tribunal Superior de Ética Profissional.
Compete ao CFESS. O CRESS atua como tribunal regional de ética.

10. De acordo com a Lei no 8.662/1993, assinale a alternativa correta.


(A) O Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) será mantido por contribuições arrecadadas
pelos Conselhos Regionais de Serviço Social (CRESS), mas nunca por doações e legados.
Será também por doações e legados.
(B) As delegacias seccionais contarão com dois membros efetivos: um delegado e um tesoureiro.
Art. 20 ”As delegacias seccionais contarão com três membros efetivos: um Delegado, um
Secretário e um Tesoureiro, e três suplentes, eleitos dentre os Assistentes Sociais da área de
sua jurisdição [...]”
(C) O CFESS/CRESS terão legitimidade para agir somente contra os (as) assistentes sociais que
infringirem as disposições legais do regulamento profissional.
Art. 22. O Conselho Federal e os Conselhos Regionais terão legitimidade para agir contra
qualquer pessoa que infringir as disposições que digam respeito às prerrogativas, à dignidade
e ao prestígio da profissão de Assistente Social.
(D) O CFESS terá foro em qualquer estado brasileiro.
O CFESS tem foro e sede em BRASÍLIA.
(E) Somente os (as) estudantes de serviço social, sob supervisão direta de assistente
social em pleno gozo de seus direitos profissionais, poderão realizar estágio de serviço
social.
Conferir o artigo 14.

11. Quanto à aplicação das penalidades aos infratores dos dispositivos da lei que regulamenta a
profissão do(a) assistente social, assinale a alternativa correta.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 27


Profª Shellen Batista Galdino

(A) No caso de reincidência na mesma infração, no prazo de dois anos, a multa cabível
será elevada ao dobro.
(B) O cancelamento definitivo do registro ocorre somente nos casos de extrema gravidade.
Ou de reincidência contumaz. Cf. art. 16.
(C) No caso de infrações, será cobrada multa no valor de até duas vezes a anuidade.
Multa no valor de uma a cinco vezes a anuidade vigente. Cf. Art. 16.
(D) No caso de suspensões, elas poderão ser de, no mínimo, dois anos de afastamento do exercício
profissional.
Suspensão de um a dois anos de exercício da profissão.
(E) Somente nas situações em que seja comprovada a participação ativa de empresas, instituições,
ou outras, elas poderão ser penalizadas nas medidas judiciais cabíveis.
Provada a participação ativa ou conivência de empresas, entidades, instituições ou firmas
individuais nas infrações a dispositivos desta lei pelos profissionais delas dependentes, serão
estas também passíveis das multas aqui estabelecidas, na proporção de sua responsabilidade,
sob pena das medidas judiciais cabíveis.

12. Um(a) agente fiscal do Conselho Regional de Serviço Social (CRESS) foi demandado(a) por
um profissional da área. O relato do(a) assistente social refere-se às condições precárias de
trabalho decorrentes do desprestígio do serviço social na relação com outras profissões.
Considerando essa situação hipotética, em relação à abordagem profissional especializada, o (a)
agente fiscal
(A) deve multar a instituição, nesse caso.
(B) não tem o que fazer nesse caso.
(C) deve solicitar que o (a) profissional mude de instituição de trabalho.
(D) deve avaliar as reais condições de trabalho e emitir parecer técnico.
(E) deve evitar falar com outros profissionais que trabalham na instituição.

GABARITO LETRA D. COMENTÁRIO:


Conforme a Resolução 493/2006:

Art. 8º - Realizada visita de fiscalização pelo CRESS competente, através de agente


fiscal ou Conselheiro, e verificado o descumprimento do disposto na presente
Resolução a Comissão de Orientação e Fiscalização do Conselho Regional, a vista das
informações contidas no Termo de Fiscalização ou no documento encaminhado pelo
próprio assistente social, notificará o representante legal ou responsável pela pessoa
jurídica, para que em prazo determinado regularize a situação.

13. A Comissão de Orientação e Fiscalização (COFI) é espaço de atuação do(a) agente fiscal,
profissional do serviço social. Esse(a) profissional é responsável por efetuar a seguinte atividade:
(A) sanção das organizações que não dispõem de condições de trabalho para o exercício
profissional.
(B) orientação de gestores e equipes quanto aos procedimentos de fiscalização do exercício
profissional.
(C) visita aos (às) assistentes sociais em seus espaços ocupacionais com o objetivo de
apreender a realidade na qual atuam.
(D) interlocução com órgãos da imprensa para denúncias de irregularidades institucionais.
(E) emissão de sanções com vistas ao combate à inadimplência por meio de ações jurídico-
administrativas.

28
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

GABARITO LETRA C. COMENTÁRIO:


A COFI tem “autoridade” ou propriedade apenas para atuar junto aos profissionais.

14. O trabalho de fiscalização do(a) agente fiscal pode ser incrementado a partir da utilização de
técnicas e recursos para a análise institucional. Esse tipo de trabalho envolve o (a)
(A) reconhecimento do objeto institucional e das contradições entre os atores
institucionais.
(B) institucionalização dos profissionais.
Institucionalizar significa burocratizar, esse não deve ser o foco.
(C) desvencilhamento entre a estrutura social e as regulamentações organizacionais.
Deve relacionar ambos.
(D) priorização dos riscos econômicos em relação às vulnerabilidades sociais.
Não o risco econômico, mas deve ser priorizado a direção do projeto ético-político.
(E) fortalecimento do poder instituído.
Não, pois e se o poder instituído for contra o código de ética?

15. De acordo com a Lei de Regulamentação da Profissão de Assistente Social, não podem exercer
a profissão de Assistente social:
(A) os possuidores de diploma em curso de graduação em Serviço Social, oficialmente reconhecido,
expedido por estabelecimento de ensino superior existente no país.
(B) os possuidores de diploma em curso superior em Serviço Social, em nível de graduação ou
equivalente, expedido por estabelecimento de ensino sediado em países estrangeiros, conveniado
com o governo brasileiro, desde que devidamente revalidado e registrado em órgão competente
no Brasil.
(C) os possuidores de diploma em curso superior em Serviço Social, em nível de graduação ou
equivalente, expedido por estabelecimento de ensino sediado em países estrangeiros, ainda que
não conveniado com o governo brasileiro, desde que devidamente revalidado e registrado em
órgão competente no Brasil.
(D) os possuidores de diploma em curso superior em Serviço Social, em nível de
graduação ou equivalente, expedido por países estrangeiros, conveniado com o governo
brasileiro, desde que seja apenas registrado em órgão competente no Brasil.
(E) os agentes sociais, qualquer que seja sua denominação com funções nos vários órgãos
públicos.

GABARITO LETRA D. COMENTÁRIO:


Como em qualquer profissão, é preciso o processo de REVALIDAÇÃO DO DIPLOMA NESTES CASOS.
(Cf. Art 2 da 8.662/93)

16. Sobre os Conselhos Regionais de Serviço Social (CRESS) e o conselho Federal de Serviço Social
(CFESS), aponte a alternativa incorreta:
(A) O CFESS e os CRESS constituem, em seu conjunto, uma entidade com personalidade jurídica
e forma federativa.
(B) O objetivo básico dos CRESS e do CFESS é disciplinar e defender o exercício da profissão de
assistente social em todo território nacional.
(C) Os CRESS são dotados de autonomia administrativa e financeira.
(D) Os CRESS funcionam como Tribunais Superiores de Ética profissional.
É o CFESS que funciona como Tribunais Superiores de Ética. (Cf. Art 8 Inciso V da 8.662/93)

SERVIÇO SOCIAL para concursos 29


Profª Shellen Batista Galdino

(E) Compete aos CRESS aplicar as sanções previstas no Código de Ética profissional dos/as
Assistentes Sociais.

17. Os atuais Conselhos Regionais de Serviço Social apresentavam anteriormente à Lei de


Regulamentação da Profissão de Assistente Social, outra nomenclatura. Assinale a alternativa que
apresenta a antiga nomenclatura dos Conselhos Regionais de Serviço Social.
(A) Conselhos Regionais de Assistência Social.
(B) Conselhos Regionais de Assistentes Sociais.
(C) Conselhos Regionais de Agentes Sociais.
(D) Delegacias Seccionais de Assistentes Sociais.
(E) Delegacias Regionais de Assistência Social.

GABARITO LETRA B. COMENTÁRIO:


Na lei de regulamentação da profissão de 1993, altera em seu artigo 6º estas nomenclaturas: “São
alteradas as denominações do atual Conselho Federal de Assistentes Sociais (CFAS) e dos
Conselhos Regionais de Assistentes Sociais (CRAS), para, respectivamente, Conselho Federal de
Serviço Social (CFESS) e Conselhos Regionais de Serviço Social (CRESS).”

18. O empenho na eliminação de todas as formas de preconceito, incentivando o respeito à


diversidade, à participação de grupos socialmente discriminados e à discussão das diferenças é
um:
(A) dever do assistente social em suas relações com os usuários.
(B) direito do assistente social em suas relações com os usuários.
(C) dever do assistente social em suas relações com as instituições empregadoras e outras.
(D) direito do assistente social em suas relações com as instituições empregadoras e outras.
(E) princípio fundamental.
Este é um dos onze princípios que traz o nosso Código de Ética de 1993, lembre-se a liberdade é
o valor ético central entre eles.

19. Respaldado/a pelo Código de Ética profissional dos/s Assistentes Sociais, assinale a alternativa
que não apresenta um direito do Assistente social.
(A) Participação na elaboração e gerenciamento das políticas sociais, e na formulação e
implementação de programas sociais.
(B) Livre exercício das atividades inerentes à profissão.
(C) Aprimoramento profissional de forma contínua, colocando-o a serviço dos princípios deste
código.
(D) Abstenção, no exercício da profissão, de práticas que caracterizem a censura, o
cerceamento da liberdade e o policiamento dos comportamentos.
Isto é um DEVER e não um direito. Cf. o artigo 3º do CE 1993.
(E) Pronunciamento em matéria de sua especialidade sobretudo quando se tratar de assuntos de
interesse da população.

20. Assinale a alternativa que não apresenta uma infração disciplinar ao Código de Ética
profissional dos/as Assistentes Sociais.
(A) Ser conivente com falhas éticas de acordo com os princípios deste código e com erros
técnicos praticados por assistente social e qualquer outro profissional.

30
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

Isto é uma VEDAÇÃO, confira o artigo 11 do CE de 1993.


(B) Não cumprir, no prazo estabelecido, determinação emanada do órgão ou autoridade dos
conselhos, em matéria destes, depois de regularmente notificado/a.
(C) Participar de instituição que, tendo por objeto o Serviço Social, não esteja inscrita no Conselho
Regional de Serviço Social.
(D) Fazer ou apresentar declaração, documento falso ou alterado, perante o Conselho Regional de
Serviço Social.
(E) Exercer a Profissão quando impedido/a de fazê-lo, ou facilitar, por qualquer meio, o seu
exercício aos/as não inscritos/as ou impedido/as.

GABARITO LETRA A. COMENTÁRIO: No Código de Ética de 1993, é o Art. 22 que traz as


infrações disciplinares. Entre as trazidas nas assertivas da questão, também se constitui infração
disciplinar deixar de pagar, regularmente, as anuidades e contribuições devidas ao Conselho
Regional de Serviço Social a que esteja obrigado/a.

21. Sobre as penalidades previstas no Código de Ética Profissional dos/as Assistentes sociais,
assinale a alternativa correta.
(A) As penalidades aplicáveis são apenas quatro: multa, advertência pública, suspensão do
exercício profissional e cassação do registro profissional.
São CINCO as advertências, faltou na assertiva a advertência RESERVADA.
(B) A pena de suspensão acarreta ao/à assistente social a interdição do exercício profissional em
todo território nacional, pelo prazo de 30 dias a (um) ano.
O prazo é de até dois anos e não um. Cf. art 25.
(C) Na aplicação das penas, serão considerados apenas os antecedentes profissionais do/a
infrator/a.
Conforme o Art 26, isso TAMBÉM será considerado, mas igualmente considerará as
circunstâncias em que ocorreu a infração.
(D) Punibilidade do/a assistente social, por falta sujeita a processo ético e disciplinar,
prescreve em 5 (cinco) anos, contados da data da verificação do fato respectivo.
(E) Cumpre ao Conselho Federal de Serviço Social a execução das decisões proferidas nos
processos disciplinares.
Cumpre ao CRESS e não ao CFESS. Cf. Art 30.

22. Os direitos e responsabilidades do Assistente Social estão previstos no Código de Ética


Profissional dos Assistentes Sociais. Subsidiado por esse Código de Ética, leia atentamente as
seguintes afirmações:
I. Aprimoramento profissional de forma contínua, colocando-se a serviço dos princípios
deste código de Ética. (Cf. Art 2 alínea f)
II. Desempenho de suas atividades profissionais com eficiência e responsabilidade, observando a
legislação em vigor.
Isso se trata de um DEVER do profissional, conferir o artigo 3º do CE-1993
III.Pronunciamento em matéria de sua especialidade, sobretudo quando se tratar de
assuntos de interesse da população. (Cf. Art 2 alínea g)
IV. Utilização de seu número de registro no Conselho Regional no exercício da profissão.
Isso se trata de um DEVER do profissional, conferir o artigo 3º do CE-1993
V. Garantia e defesa de suas atribuições e prerrogativas, estabelecidas na Lei de
Regulamentação da Profissão e dos princípios firmados neste código de Ética. (Cf. Art 2
alínea a)
São direitos dos Assistentes Sociais:

SERVIÇO SOCIAL para concursos 31


Profª Shellen Batista Galdino

(A) nenhuma das afirmações. (B) apenas uma afirmação.


(C)apenas duas afirmações. (D) apenas três afirmações.
(E) todas afirmações.

23. As infrações ao Código de Ética Profissional dos Assistentes Sociais acarretarão penalidades,
desde multa à cassação do exercício profissional, na forma dos dispositivos legais e/ou
regimentais. Sobre as penalidades previstas neste Código de Ética profissional, é correto afirmar
que:
(A) A pena de suspensão acarreta ao/à assistente social a interdição do exercício profissional em
todo o território nacional, pelo prazo de 30 (trinta) dias a 1 (um) ano.
O prazo é até dois (2) anos, Cf. art. 25.
(B) A suspensão por falta de pagamento de anuidades e taxas só cessará com a satisfação do
débito, podendo ser cassada a inscrição profissional após decorridos 2 (dois) anos de suspensão.
Após decorridos três (3) anos. Cf. parágrafo único do artigo 25.
(C) Não serão considerados na aplicação das penas os antecedentes profissionais do infrator, mas
as circunstâncias em que ocorreu a infração.
SERÃO considerados os antecedentes. Cf. art. 26.
(D) Da imposição de qualquer penalidade caberá recurso com efeito suspensivo ao CRESS.
Efeito suspensivo do CFESS.
(E) A punibilidade do assistente social, por falta sujeita a processo ético e disciplinar,
prescreve em 5 (cinco) anos, cotados da data da verificação do fato respectivo.
Cf. Art. 32.

24. (QUADRIX/CRESS-PR/2015) A Resolução nº 533/2008 do Conselho Federal de Serviço Social


afirma que a supervisão direta de estágio em Serviço Social é atividade privativa do assistente
social, em pleno gozo dos seus direitos profissionais, devidamente inscrito no CRESS de sua área
de ação, sendo denominado supervisor de campo o assistente social da instituição campo de
estágio e supervisor acadêmico o assistente social professor da instituição de ensino. Essa mesma
Resolução afirma que a definição do número de estagiários a serem supervisionados deve levar
em conta a carga horária do supervisor de campo, as peculiaridades do campo de estágio e a
complexidade das atividades profissionais, sendo que o limite máximo não deverá exceder:
(A) 1 (um) estagiário para cada 6 (seis) horas semanais de trabalho.
(B) 1 (um) estagiário para cada 10 (dez) horas semanais de trabalho.
(C) 1 (um) estagiário para cada 15 (quinze) horas semanais de trabalho.
(D) 2 (dois) estagiários para cada 15 (quinze) horas semanais de trabalho.
(E) 2 (dois) estagiários para cada 10 (dez) horas semanais de trabalho.

GABARITO B. COMENTÁRIO: Conforme a resolução 533/2008, em seu Art 3º e parágrafo


único:
“A definição do número de estagiários a serem supervisionados deve levar em conta a carga
horária do supervisor de campo, as peculiaridades do campo de estágio e a complexidade das
atividades profissionais, sendo que o limite máximo não deverá exceder 1 (um) estagiário para
cada 10 (dez) horas semanais de trabalho.” Assim, se a/o Assistente Social possui uma CARGA
HORÁRIA de 30h, ele poderá ter até 3 estagiários... e assim em diante.

25. (QUADRIX/CRESS-PR/2015) Com base na Resolução nº 493/2006 do Conselho Federal de


Serviço Social (CFESS), que dispõe sobre as condições éticas e técnicas do exercício profissional
do(a) assistente social, leia atentamente as afirmativas a seguir.

32
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

I. O local de atendimento destinado ao assistente social deve ser dotado de espaço suficiente, para
abordagens individuais ou coletivas, conforme as características dos serviços prestados, e deve
possuir e garantir algumas características físicas, como ventilação adequada a atendimentos
breves ou demorados e com portas fechadas.
II. Na constatação de inadequações quanto às condições éticas, físicas e técnicas do exercício
profissional, o assistente social deve informar por escrito a entidade, instituição ou órgão que
trabalha ou presta serviços, sugerindo alternativas para a melhoria dos serviços prestados.
III. É atribuição dos Conselhos Regionais de Serviço Social orientar e fiscalizar as condições éticas
e técnicas estabelecidas na Resolução, bem como em outros instrumentos normativos expedidos
pelo CFESS, em relação aos assistentes sociais e pessoas jurídicas que prestam serviços sociais.
Essa atribuição se realiza através exclusivamente dos agentes fiscais dos Conselhos Regionais
de Serviço Social.
IV. Os casos omissos e aqueles concernentes à interpretação abstrata geral da norma serão
resolvidos e dirimidos pelo Conselho Pleno do CFESS.
É correto o que se afirma em: (C) I, II e IV, somente.

GABARITO LETRA C. COMENTÁRIO: O erro da assertiva III foi trazer a questão da


EXCLUSIVIDADE dos agentes fiscais. Sem dúvidas, cabe também a eles a fundação de orientação
e fiscalização, MAS TAMBÉM CABE AOS CONSELHEIROS DO CRESS. Conferir o Artigo 6º da
referida resolução. As demais estão corretas.

26. (QUADRIX/CRESS-PR/2015) A Resolução nº 556/2009 do Conselho Federal de Serviço Social


apresenta o material técnico sigiloso como toda documentação produzida, que pela natureza de
seu conteúdo, deva ser de conhecimento restrito e, portanto, requeira medidas especiais de
salvaguarda para sua custódia e divulgação. De acordo com essa Resolução, em caso de extinção
do Serviço Social da instituição, o material técnico-sigiloso poderá:
(A) ser lacrado pelo profissional responsável por este serviço, até aquela data, que também
procederá à entrega do material ao CRESS.
(B) ser lacrado pelo profissional responsável por este serviço, até aquela data, que também
procederá à entrega do material à instituição.
(C) ser incinerado pelo profissional responsável por este serviço, até aquela data, que
também procederá à imediata comunicação, por escrito, ao CRESS.
(D) ser incinerado pelo profissional responsável por este serviço, até aquela data, que também
procederá à imediata comunicação, por escrito, à instituição.
(E) ser incinerado pelo profissional responsável por este serviço, até aquela data, sem
obrigatoriedade de realizar imediata comunicação à instituição e/ou ao CRESS.

GABARITO LETRA C. COMENTÁRIO: Vejam que o enunciado da questão trata sobre


EXTINÇÃO do SERVIÇO SOCIAL na instituição. Logo, se não haverá mais Serviço Social na
instituição, não há sentido em LACRAR, não é? A lacração ocorre quando em um caso de
demissão, não há profissional de imediato para substituição. Assim, o material é lacrado na
presença de um representante ou fiscal do CRESS, para somente vir a ser utilizado pelo
assistente social substituto.
Em caso de EXTINÇÃO, deve ser INCINERADO e comunicado ao CRESS.
Art. 6º – Em caso de extinção do Serviço Social da instituição, o material técnico-sigiloso poderá
ser incinerado pelo profissional responsável por este serviço, até aquela data, que também
procederá a imediata comunicação, por escrito, ao CRESS.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 33


Profª Shellen Batista Galdino

27. (QUADRIX/CRESS-PR/2015) A Resolução nº 557/2009 do Conselho Federal de Serviço Social


dispõe sobre a emissão de pareceres, laudos, opiniões técnicas conjuntos entre o assistente social
e outros profissionais. Com base na resolução, assinale a alternativa incorreta.
(A) O assistente social deve, sempre que possível, integrar equipes multiprofissionais, bem como
incentivar e estimular o trabalho interdisciplinar.
(B) Ao atuar em equipes multiprofissionais, o assistente social deverá respeitar normas e limites
legais, técnicos e normativos das outras profissões.
(C) O assistente social, ao emitir laudos, pareceres, perícias e qualquer manifestação técnica sobre
matéria de Serviço Social, deve atuar com ampla autonomia, respeitadas as normas legais,
técnicas e éticas de sua profissão.
(D) No atendimento multiprofissional, a discussão da situação poderá ser
multiprofissional, mas a avaliação deve ser, obrigatoriamente, manifesta por escrito
pelo assistente social, que tem seu âmbito de intervenção nas suas atribuições
privativas.
(E) O entendimento ou a opinião técnica do assistente social sobre o objeto da intervenção
conjunta com outra categoria profissional e/ou equipe multiprofissional, deve destacar sua área
de conhecimento separadamente.

GABARITO LETRA D. COMENTÁRIO: A resolução 557/2009 é uma resolução muito interessante


e necessário, já que o exercício profissional ocorre sobremaneira em equipes interdisciplinares.
Sem dúvidas, o atendimento multiprofissional a discussão PODERÁ ser multiprofissional, bem como
a AVALIAÇÃO. Porém, deve ser respeitada a CONCLUSÃO manifestada por escrito pelo Assistente
Social. Conforme o artigo 4º, parágrafo terceiro:
No atendimento multiprofissional a avaliação e discussão da situação poderá ser multiprofissional,
respeitando a conclusão manifestada por escrito pelo assistente social, que tem seu âmbito de
intervenção nas suas atribuições privativas.

28. (QUADRIX/CRESS-PR/2015) A Resolução nº 569/2010 do Conselho Federal de Serviço Social


afirma que a realização de terapias não constitui atribuição e competência do(a) assistente social.
Dessa forma, fica vedado ao(à) assistente social vincular ou associar o título de assistente social
ou o exercício profissional às atividades classificadas como terapias individuais, grupais ou
comunitárias. O prazo dado aos profissionais que se encontravam nessa situação para processarem
as modificações e adequações que se fizessem necessárias ao ideal cumprimento da Resolução foi
de:
(A) 30 (trinta) dias, a contar da data de publicação dessa Resolução.
(B) 60 (sessenta) dias, a contar da data de publicação dessa Resolução.
(C) 90 (noventa) dias, a contar da data de publicação dessa Resolução.
(D) 120 (cento e vinte) dias, a contar da data de publicação dessa Resolução.
(E) 180 (cento e oitenta) dias, a contar da data de publicação dessa Resolução.

GABARITO LETRA E. COMENTÁRIO: A discussão sobre Terapias Ocupacionais foi bastante


polêmica antes e após esta Resolução. O prazo de 180 dias geralmente é uma média no âmbito
do direito. De todo modo, traz o artigo 6º:
Os profissionais que se encontrem na situação mencionada nesta Resolução, terão o prazo de 180
(cento e oitenta) dias, a contar da data de sua publicação, para processarem as modificações e
adequações que se fizerem necessárias ao seu integral cumprimento, sob pena de aplicação das
medidas cabíveis.

34
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

29. (SHDIAS/PREF. ITAPEVI/2013) As atribuições e competências dos(as) profissionais de Serviço


Social, sejam aquelas realizadas na política de Assistência Social ou em outro espaço sócio
ocupacional, são orientadas e norteadas por direitos e deveres constantes no Código de Ética
Profissional e na Lei de Regulamentação da Profissão, que devem ser observados e respeitados,
tanto pelos(as) profissionais, quanto pelas instituições empregadoras. No que se refere aos direitos
dos(as) assistentes sociais, indique a alternativa “incorreta” frente ao que o artigo 2º do Código
de Ética assegura:
a) garantia e defesa de suas atribuições e prerrogativas, estabelecidas na Lei de Regulamentação
da Profissão e dos princípios firmados neste Código;
b) livre exercício das atividades inerentes à profissão; participação na elaboração e gerenciamento
das políticas sociais, e na formulação e implementação de programas sociais.
c) inviolabilidade do local de trabalho e respectivos arquivos e documentação, garantindo o sigilo
profissional; desagravo público por ofensa que atinja a sua honra profissional; aprimoramento
profissional de forma contínua, colocando-o a serviço dos princípios deste Código;
d) pronunciamento em qualquer matéria, versando sobre temas de ampla especialidade,
sobretudo quando se tratar de assuntos de interesse da população.

GABARITO LETRA D. COMENTÁRIO: Não se trata de pronunciamento em qualquer matéria,


mas sim de pronunciamento em matéria de sua especialidade, sobretudo quando se tratar de
assuntos de interesse da população.

30. (FUNTEF-PR/JATAIZINHO-PR/2015) O Código de Ética Profissional trata dos direitos, deveres


e do que é vedado ao assistente social no exercício da profissão. De acordo com o referido código,
é vedado ao assistente social, entre outras:
I. Prejudicar deliberadamente o trabalho e a reputação de outro/a profissional.
II. Usar ou permitir o tráfico de influência para obtenção de emprego, desrespeitando
concurso ou processos seletivos.
III. Participar de bancas e processos seletivos para o cargo de assistente social, com vistas a não
influir no processo de seleção.
IV. Ser conivente com falhas éticas de acordo com os princípios do Código.
Marque a alternativa correta.
A) Apenas a I está correta. B) Apenas I e III estão corretas.
C) Apenas I, II e IV estão corretas. D) Apenas II e IV estão corretas.
E) Apenas II, III e IV estão corretas.

GABARITO LETRA C. COMENTÁRIO: é atribuição privativa “elaborar provas, presidir e compor


bancas de exames e comissões julgadoras de concursos ou outras formas de seleção para
Assistentes Sociais, ou onde sejam aferidos conhecimentos inerentes ao Serviço Social.”

31. (SHDIAS/DAE-AMERICANA/SP/2013) “Defesa intransigente dos direitos humanos e recusa do


arbítrio e do autoritarismo e contribuir para a viabilização da participação efetiva da população
usuária nas decisões institucionais”. Esta afirmativa é considerada pelo Código de Ética profissional
como:
a) Princípio e dever. b) Direito e princípio.
c) Dever e direito. d) Direito e dever.

GABARITO LETRA A. COMENTÁRIO: conferir a parte inicial dos princípios, a defesa dos DH é
um dos 11 princípios. Já a viabilização da participação da viabilização usuária está prevista no
artigo 5º, um DEVER na relação com os usuários.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 35


Profª Shellen Batista Galdino

32. (SHDIAS/DAE-AMERICANA/SP/2013) O Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) tem sede


e foro em qual região?
a) Na cidade de São Paulo. b) No Distrito Federal.
c) Na capital de cada estado. d) Na cidade do Rio de Janeiro.
GABARITO LETRA B. COMENTÁRIO:
Art. 11. O Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) terá sede e foro no Distrito Federal.

33. (SHDIAS/DAE-AMERICANA/SP/2013) Não é um dos tipos de penalidades aplicáveis ao


Assistente Social, segundo consta em seu Código de Ética:
a) Cassação do registro profissional. b) Advertência pública.
c) Detenção. d) Advertência reservada.
GABARITO LETRA C. COMENTÁRIO: Compete ao CE atuar administrativamente e não
penalmente. Ele traz cinco penalidades: MULTA, ADVERTÊNCIA RESERVADA, ADVERTÊNCIA
PÚBLICA, SUSPENSÃO E CASSAÇÃO.

34. (SHDIAS/DAE-AMERICANA/SP/2013) Nas equipes interdisciplinadas que contam com


Assistentes Sociais e outros profissionais, é vedado pelo Código de Ética ao Assistente Social:
a) Incentivar, sempre que possível, a prática profissional interdisciplinar.
b) Empenhar-se na viabilização dos direitos sociais dos usuários através dos programas e políticas
sociais.
c) Prevalecer-se de cargos de chefia para atos discriminatórios e de abuso de autoridade.
d) Desempenhar suas atividades profissionais com eficiência e responsabilidade, observando a
legislação em vigor.
GABARITO LETRA C. COMENTÁRIO: está em conformidade com o artigo 11.

35. (SHDIAS/DAE-AMERICANA/SP/2013) São competências do Assistente Social:


a) Coordenar seminários, encontros, congressos e eventos assemelhados sobre assuntos de
Serviço Social.
b) Assessoria e consultoria e órgãos da Administração Pública direta e indireta, empresas privadas
e outras entidades, em matéria de Serviço Social.
c) Planejar, organizar e administrar benefícios e Serviços Sociais.
d) Treinamento, avaliação e supervisão direta de estagiários de Serviço Social.

GABARITO LETRA C. COMENTÁRIO: os demais são atribuições privativas. Atenção, é muito


comum cobrarem os incisos que trazem ações de planejar, organizar e administrar, pois são bem
parecidos.
- planejar, organizar e administrar benefícios e Serviços Sociais -> COMPETÊNCIA
- planejamento, organização e administração de Serviços Sociais e de Unidade de Serviço Social
-> COMPETÊNCIA
- planejar, organizar e administrar programas e projetos em Unidade de Serviço Social ->
ATRIBUIÇÃO

36
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

36. (CPCON/PATOS/2017) Conforme assegura a lei que regulamenta a profissão de assistente


social (Lei 8.662/93 - Art. 5º), é atribuição privativa do assistente social:
a) Elaborar, coordenar, executar e avaliar planos, programas e projetos que sejam do âmbito de
atuação do serviço social com participação da sociedade civil.
b) Realizar estudos sócio-econômicos com os usuários para fins de benefícios e serviços sociais
junto a órgãos da administração pública direta e indireta, empresas privadas e outras entidades.
c) Planejar, executar e avaliar pesquisas que possam contribuir para a análise da realidade social
e para subsidiar ações profissionais.
d) Encaminhar providências e prestar orientação social a indivíduos, a grupos e à população.
e) Assumir, no magistério de serviço social, tanto a nível de graduação como pós-
graduação, disciplinas e funções que exijam conhecimentos próprios e adquiridos em
curso de formação regular.

GABARITO LETRA E. COMENTÁRIO: Somente pessoas da própria área pode atuar na formação
específica de outros profissionais. E lembre-se, sempre que for algo mais específico, exclusivo...
se tratará de atribuição privativa.

37. (CPCON/PATOS/2017) São princípios fundamentais do Código de Ética Profissional do(a)


Assistente Social, EXCETO:
a) Opção por um projeto profissional vinculado ao processo de construção de uma nova ordem
societária, sem dominação, exploração de classe, etnia e gênero.
b) Defesa intransigente dos direitos humanos e recusa do arbítrio e do autoritarismo.
c) Ampliação e consolidação da cidadania, considerada tarefa primordial de toda sociedade, com
vistas à garantia dos direitos civis sociais e políticos das classes trabalhadoras.
d) Empenho na eliminação de todas as formas de preconceito, incentivando o respeito à
diversidade, à participação de grupos socialmente discriminados e à discussão das diferenças.
e) Garantia e defesa das atribuições e prerrogativas dos assistentes sociais,
estabelecidas na Lei de Regulamentação da Profissão.

GABARITO LETRA E. COMENTÁRIO: garantia e defesa das atribuições e prerrogativas dos AS


se trata de um DIREITO PROFISSIONAL, previsto no TÍTULO II, que fala sobre DIREITOS E
RESPONSABILIDADES PROFISSIONAIS.

38. (PREF. DE FORTALEZA/2016) Enquanto profissão interventiva, o serviço social possui uma
finalidade, utiliza-se de instrumentos e meios para a intervenção em seu objeto ou matéria-
prima. Nesse sentido, assinale a alternativa correta com relação àquilo que corresponde ao
objeto do serviço social.

(A) Cotidiano.

É onde se realiza o exercício profissional.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 37


Profª Shellen Batista Galdino

(B) Mediação.

É uma categoria da dialética, possui uma dimensão ontológica e reflexiva.

(C) Questão social.

(D) Caráter interventivo.

O caráter interventivo não poderia ser o objeto, pois objeto é aquilo que funda, a
matéria profissional, que requer, sim, uma intervenção.

GABARITO LETRA C. COMENTÁRIO:

Essa foi tranquila, não é? Sempre que falarmos em OBJETO do serviço social estaremos nos
referindo à Questão Social, ou mais precisamente, às suas expressões. Questão Social que
é, em suma, o acesso desigual a riqueza socialmente produzida, gerando assim o
“pauperismo”... portanto relacionada diretamente à “Lei geral de acumulação capitalista
marxiana”... a partir de sua agudização, a questão social pode ser entendida como um
“conjunto de desigualdades econômicas, políticas, sociais e culturais com a generalização
do trabalho assalariado”, e por isso Iamamoto reafirma que a mesma possui uma dimensão
econômica, no que tange a desigualdade, e outra política, pois a mesma também é
“rebeldia”.

O que isso quer dizer? Que a questão social só pode ser entendida a partir do momento do
processo de luta social, que coloca em evidência na dinâmica societal a situação de
pauperismo da classe trabalhadora. É, inclusive, a partir dessa “publicização”, que o Estado
sob a égide do capitalismo monopolista se vê obrigado a realizar ações que vão além do
binômio caridade/repressão, tendo que intervir na relação contraditória capital x trabalho.

É a partir desta intervenção, que vai ser necessário a constituição profissional do Serviço
Social, como uma profissão fundamental para “executar” as ações para regular esse
conflito.

39. (PREF. DE FORTALEZA/2016) Assinale a alternativa correta acerca da atuação do serviço


social nas múltiplas e diversificadas expressões da questão social no campo das políticas
públicas.

(A)Atuação na esfera somente da execução e formulação de políticas, assim como do


planejamento e gestão inscritos em equipes multiprofissionais.

(B)A atuação dos assistentes sociais vem sendo realizada especialmente na esfera privada,
por meio da concessão de benefícios.

(C)A atuação do assistente social vem sendo realizada especialmente na assistência social,
nos processos de elaboração, gestão, monitoramento e avaliação.

(D)A atuação do assistente social vem sendo realizada junto aos conselhos de
políticas, com destaque para os conselhos de saúde e de assistência social.

GABARITO LETRA D. COMENTÁRIO:

38
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

A atuação dos assistentes sociais junto aos conselhos gestores tem se ampliado, com
destaque para os conselhos de saúde e de assistência social. Esse fenômeno deve-se, em
grande medida, à "inserção privilegiada" do Serviço Social no âmbito das políticas sociais,
desenvolvendo, principalmente, um trabalho de alta relevância nas políticas da Seguridade
Social, em sua execução, planejamento, gestão, monitoramento e avaliação. A "inserção
privilegiada" do assistente social junto às políticas de proteção social refere-se à
particularidade interventiva do profissional em lidar cotidianamente com as "múltiplas e
diversificadas expressões da questão social" (IAMAMOTO, 2010, p. 198).

40. (PREF. DE FORTALEZA/2016) No contexto de mundialização do capital a análise da


questão social vem caindo na pulverização e fragmentação das inúmeras “questões sociais”.
Assinale a alternativa correta sobre a pulverização da questão social típica da ótica liberal.

(A) Autonomização de suas múltiplas expressões - as várias “questões sociais” – em


detrimento da perspectiva de unidade dos complexos de causalidade que a
determinam.

(B) Atribui-se unilateralmente à sociedade capitalista – as várias “questões sociais” - a


responsabilidade pelas dificuldades vividas pela população.

(C) Visão coletiva e de classe das diversas “questões sociais” contemporâneas, aprisionada no
discurso único sobre a existência de uma nova questão social.

(D) O discurso genérico das “questões sociais” prisioneiras das análises marxistas,
segmentadas na dinâmica conjuntural e na vida dos sujeitos sociais.

GABARITO LETRA A. COMENTÁRIO:

Perceba que a questão está pedindo o conceito de questão social para a ótica liberal, certo?
A perspectiva liberal nega a questão social como expressão própria da sociedade capitalista,
bem como a sua vinculação de classe e a um debate macro, isso porque segundo essa
perspectiva é “ultrapassado” se falar em classe, capitalismo, totalidade... entendo-a,
portanto, como “natural” e “recortada de sua essência em diversos problemas sociais”.

Essa perspectiva dialoga com o conceito de que há uma “nova questão social”, que não está
relacionada à exploração do trabalho mas sim ao processo de “exclusão social”.

Iamamoto (2001, p. 18) afirma “[A] pulverização da questão social, típica da ótica liberal,
resulta numa autonomização e suas múltiplas expressões, as várias “questões sociais”, em
detrimento da perspectiva de unidade. Impede assim de resgatar a origem da questão
social imanente à organização social capitalista, o que não elide a necessidade de apreender
as múltiplas expressões e formas concretas que assume.”

Ou seja, a ótica liberal, que influencia a intervenção do Estado na questão social (através
de políticas sociais) recorta a questão social em “problemas no varejo”, não há tratando em
sua essência, apenas solicitando uma “manipulação de variáveis”, que por sua vez vai
desaguar na análise de Netto sobre o sincretismo.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 39


Profª Shellen Batista Galdino

FONTE: IAMAMOTO, Marilda Villela. A questão social no capitalismo. Temporalis, Revista da Associação de
Pesquisa em Serviço Social – ABEPSS, Brasília: Grafline, ano 2, n. 3,p. 9-32, jan.-jul. 2001.

41. (PREF. DE FORTALEZA/2016) A seguridade social compreende um conjunto integrado de


ações de iniciativa dos poderes públicos e da sociedade, destinadas a assegurar os direitos
relativos à saúde, à previdência e à assistência social. No que se refere aos objetivos
organizativos da seguridade social, assinale a alternativa correta.

(A) Uniformidade e diversidade dos benefícios e serviços às populações urbanas e rurais.

O correto seria uniformidade e EQUIVALÊNCIA

(B)Universalidade e distributividade na prestação dos benefícios e serviços.

Seletividade e distributividade

(C)Universalidade da cobertura e do atendimento.

(D) Igualdade na forma de participação no custeio.

EQUIDADE

GABARITO LETRA C. COMENTÁRIO:

É muito importante que você fixe bem os objetivos da Seguridade Social que constam no
artigo 194 da lei, as bancas cobram muito. São 7 os objetivos:

I - universalidade da cobertura e do atendimento;

II - uniformidade e equivalência dos benefícios e serviços às populações urbanas e


rurais;

III - seletividade e distributividade na prestação dos benefícios e serviços;

IV - irredutibilidade do valor dos benefícios;

V - eqüidade na forma de participação no custeio;

VI - diversidade da base de financiamento;

VII - caráter democrático e descentralizado da administração, mediante gestão


quadripartite, com participação dos trabalhadores, dos empregadores, dos aposentados e
do Governo nos órgãos colegiados.

FICA A DICA → Para memorizar, tente usar “EUU SEI DICA, DÉDÉ”

Equivalência, Uniformidade, Universalidade


Seletividade, Equidade, Irredutibilidade

Diversidade, Caráter Democrático Descentralizado

40
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

42. (PREF. DE FORTALEZA/2016) O processo de definição das políticas sociais se movimenta


a partir de condições objetivas e subjetivas, portanto o significado da política social não pode
ser apanhado, nem exclusivamente, pela sua inserção objetiva no mundo do capital, nem
apenas pela luta de interesses dos sujeitos envolvidos, mas, historicamente, na relação desses
processos na totalidade. Com base nessa colocação, assinale a alternativa correta sobre o
conceito de política social na perspectiva crítica.

(A) As políticas sociais são o Estado em ação, conquista e resultado da atuação dos governos
sobre as expressões da questão social.

(B) As políticas sociais são concessões e conquistas que se fundam no capitalismo, numa
verdadeira redistribuição de renda e riqueza.

(C) As políticas sociais são concessões e conquistas mais ou menos elásticas, a


depender da correlação de forças na luta política entre interesses das classes
sociais.

(D) As políticas sociais são conquistas da classe trabalhadora que, na luta por direitos,
participa da socialização da riqueza socialmente produzida mediante as políticas econômicas.

GABARITO LETRA C. COMENTÁRIO:

Essa concepção de Política Social é a mais “sofisticada” na categoria, porque ela ultrapassa
vertentes economicistas e politicistas que analisam a política social, que são sintetizadas
por Behring no conjunto de sua obra.

A hipótese economicista (engodo) coloca a política social APENAS como requisito da


acumulação, sendo útil também para a cooptação política dos trabalhadores, ou seja,
conquistar sua “docilidade”.

Já a hipótese politicista (conquista), analisa a política social como um “troféu”, resultando


de sua pressão social.

É preciso compreender que a política social está além dessa bipolaridade conceitual, é
preciso superar essas dicotomias que enviesam a análise da mesma. “A questão da política
social é sempre um resultado que envolve mediações complexas – sócio-econômicas,
políticas, culturais e sujeitos políticos/ forças sociais / classes sociais que se movimentam
e disputam hegemonia nas esferas estatal, pública e privada.” (p. 28).

A política social deve ser analisada então, ao mesmo tempo, como conquista e concessão,
que atende, portanto, necessidades tanto do trabalho como do capital, que em resumo
Behring define como “concessões/conquistas mais ou menos elásticas, a depender
da correlação de forças na luta política entre os interesses das classes sociais e
seus segmentos envolvidos na questão. No período de expansão, a margem de
negociação de amplia; na recessão, ela se restringe.”.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 41


Profª Shellen Batista Galdino

43. (PREF. DE FORTALEZA/2016) Assinale a alternativa correta sobre as principais tendências


da sociedade contemporânea no campo da seguridade social brasileira.

(A)Expansão das políticas redistributivas de natureza pública e constitutiva de direitos,


rompendo com as políticas compensatórias de combate à pobreza e de caráter seletivo e
temporário.

Pelo contrário, há uma diminuição de políticas redistributivas, onde essas são


substituídas por políticas de “mínimos sociais”, que acabam fortalecendo lógicas
compensatórias, seletivas e temporárias no trato da pobreza.

(B) Privatização e mercantilização dos serviços sociais e ampliação de programas


sociais voltados para o indivíduos, grupos e famílias com renda abaixo da linha da
pobreza.

(C) Politização das desigualdades sociais de classe em face da identificação dos chamados
processos de exclusão, que informa a possibilidade de estratégias de inclusão e de acesso aos
bens civilizatórios e materiais.

Ocorre na verdade um processo de DESPOLITIZAÇÃO da questão social, justamente


porque a mesma é igualada ao conceito de “exclusão”. Nos termos de Yazbek ocorre um
REFILANTROPIZAÇÃO DA QUESTÃO SOCIAL.

(D)Desaparecimento de protagonistas históricos, tais como a empresa socialmente


responsável, o voluntariado, com suas práticas congêneres de desenvolvimento sustentável,
ações em rede, empoderamento e empreendedorismo social.

Muito pelo contrário, esses sujeitos estão cada vez mais em evidência, visto a
DESRESPONSABILIZAÇÃO do Estado.

GABARITO LETRA B. COMENTÁRIO:

Vários autores dialogam com essa perspectiva apresentada. Mota, por exemplo, afirma
que a tendência da seguridade social brasileira é o binômio “privatização-
assistêncialização”, ou seja, privatizam-se saúde e previdência e deixa-se a assistência
social com a responsabilidade de “resolver” a situação da vulnerabilidade social... o que
ela vai chamar de um verdadeiro “feitiço da ajuda” ou posteriormente de “mito da
assistência social”.

Sônia Draibe, uma outra autora, já fala que essas tendências estão aliadas diretamente a
influência neoliberal ataca a seguridade social a partir de um trinômio articulado entre
“focalização, privatização e descentralização”.

Conforme Behring, trata-se, assim, de “desuniversalizar e assistencializar as ações,


cortando os gastos sociais e contribuindo para o equilíbrio financeiro no setor público.
Uma Política Social residual que soluciona apenas o que não pode ser enfrentado pela
via do mercado, da comunidade e da família. O carro-chefe dessa proposição é a
renda mínima, combinada à solidariedade por meio das organizações na
sociedade civil. A renda mínima não pode ter um teto alto, para não desestimular o
trabalho, ou seja, há uma perversa reedição da ética do trabalho, num mundo sem
trabalho para todos”

42
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

44. (PREF. DE FORTALEZA/2016) Sobre os fundamentos e tendências atuais da seguridade


social brasileira, marque a alternativa correta de acordo com Boschetti (2009).

(A) As primeiras iniciativas de benefícios previdenciários que vieram a constituir a seguridade


social no século XX nasceram na Alemanha, em 1883, tendo como principal objetivo a luta
contra a pobreza e a instituição do Welfare State.

O principal objetivo não era o combate a pobreza, mas sim o controle do movimento
operário e nem tão pouco a instituição do Welfare State, que só ocorreu décadas depois,
no século XX (pós-segunda guerra)

(B) A seguridade social brasileira, instituída com a Constituição Brasileira de 1988,


incorporou princípios do modelo bismarkiano (Alemanha, 1883) e do modelo
beveridgiano (Inglaterra, 1942), ao restringir a previdência aos trabalhadores
contribuintes, universalizar a saúde e limitar a assistência social a quem dela
necessitar.

(C)A seguridade social no Brasil avançou no sentido de fortalecer a lógica social proposta pelo
Plano Beveridge, pois, a partir de 1990, universalizou o acesso à saúde, à assistência social e
à previdência social, garantindo a plena satisfação dos direitos sociais.

A seguridade social brasileira não é universal em sua integralidade, visto apenas a saúde
obedece a esse princípio. E além do mais, essa universalização nunca chegou a ser
cumprida por causa da implementação do neoliberalismo na década de 1990.

(D)No Brasil, a lógica social estruturou e estabeleceu os critérios de acesso da previdência e


da saúde desde o ano de 1927 até a Constituição de 1988.

Não foi a lógica social, mas sim a de seguro.

GABARITO LETRA B. COMENTÁRIO:

Boschetti irá nos apresentar em sua discussão que a Seguridade Social legal no Brasil
não foi implementada, mesmo que a promulgação da constituição federal de 1988, que
apesar de ser progressista, inovadora e propor uma proteção social, se trata de um
“SISTEMA HÍBRIDO, que conjuga direitos derivados e dependentes do trabalho
(previdência) com direitos de caráter universal (saúde) e direitos seletivos (assistência).”
Mesclando, portanto, elementos da lógica securitária bismackiana (alemã) mas
também da lógica universal beveredgiana (inglesa).

Acabou, assim, “materializando políticas com características próprias e específicas que mais
se excluem do que se complementam, fazendo com que, na prática, o conceito de
seguridade social fique no meio do caminho, entre o seguro e a assistência”.

45. (PREF. DE FORTALEZA/2016) O neoliberalismo, segundo estudiosos, passou por fases, a


primeira de ataque ao keynesianismo e ao Welfare State e a segunda mais propositiva, com
ênfase em programas sociais, no trinômio da focalização, privatização e descentralização.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 43


Profª Shellen Batista Galdino

Sobre o resultado desse programa neoliberal nos anos de 1990, do ponto de vista social,
assinale a alternativa correta.

(A)Crescimento da pobreza, do desemprego e da desigualdade social.

(B)Crescimento da pobreza, crise da democracia e crescimento econômico.

(C)Desemprego, individualismo, consumismo.

(D)Desemprego, crise da democracia, individualismo.

GABARITO LETRA A. COMENTÁRIO:

Essa tese é da autora Sonia Draibe. Segunda a mesma a proposta é desuniversalizar e


assistencialização as ações, cortando gastos sociais e contribuindo para o equilíbrio financeiro
do setor público. Conforme Behring:

“Em fins dos anos 90, o resultado geral deste programa, que repõe a negação da política e,
em consequência, da política social, é desalentador. Do ponto de vista social, atesta-se o
crescimento da pobreza, do desemprego e da desigualdade social, ao lado de uma enorme
concentração de renda e riqueza no mundo.”

46. (PREF. DE FORTALEZA/2014/IMPARH) Segundo Raichelis (2013), na contemporaneidade


estruturou-se um novo modelo de regulação estatal, que busca consolidar uma nova
racionalidade redistributiva, fundada no compromisso dos cidadãos de se subordinarem a
medidas de “ativação” para a inserção e integração no mercado de trabalho, como
contrapartida à proteção social. Assinale a alternativa correta quanto a esse novo sistema de
proteção social.

a) Welfare state periférico. b) Workfare.

c) Estado moralizador. d) Estado civilizador ativo.

GABARITO LETRA B. COMENTÁRIO:

O workfare é o oposto de estado de bem-estar social WELFARE. No lugar do direito, está


colocada a lógica de obrigação /condicionalidade para receber um benefício, ou seja, o
receptor do benefício só o recebe mediante uma condição, como trabalho temporário ou
participar de treinamentos...

Conforme Lavinas (2013), cabe salientar que a finalidade do workfare não tem nada de
civilizatória nem de preservação dos valores morais do trabalho, como quer fazer crer o
pensamento conservador. Ao contrário, pauta-se em um novo padrão produtivo amplamente
desfavorável aos trabalhadores, que torna compulsório aceitar qualquer emprego, ainda que
indigno, mal remunerado e precário, em troca do direito à sobrevivência.

As políticas de workfare podem ser definidas como políticas que exigem às pessoas que
trabalhem em troca, ou em vez, dos subsídios da assistência social. Estas medidas visam, em
primeiro lugar, ir ao encontro da luta contra a ‘cultura de assistência’ em que o sistema de
ajuda social encerraria os mais desfavorecidos. [...] O aspecto obrigatório, e mesmo punitivo,

44
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

do workfare é o ser frequentemente acompanhado de mecanismos de supressão ou redução


do montante dos subsídios, em caso de recusa do trabalho ou formação propostos. Nessa
perspectiva, a pobreza é entendida como resultante de comportamentos individuais [...], os
pobres são considerados, antes de mais nada, como responsáveis, leia-se culpados, da sua
recusa ou incapacidade de se inserirem na sociedade. Na perspectiva oposta, as medidas de
activação têm um aspecto mais positivo, na medida em que visam, em primeiro lugar, propor
oportunidades de inserção profissional e social aos beneficiários dos mínimos sociais, sendo
estes livres de optar por participar ou não nos programas de activação. Neste caso, os mais
desfavorecidos são apresentados, sobretudo, como as vítimas de um mercado de trabalho
cada vez mais selectivo e mais precário, e de um enfraquecimento das solidariedades
familiares e comunitárias [...]. Em certa medida, as políticas de activação são uma tentativa
de resposta à exigência de dar um conteúdo concreto ao direito ao trabalho para todos
(LAVILLE, 2000, p. 142).

47. (Concurso Prefeitura de Amontada- 2016) A Constituição Federal de 1988 confere à


assistência social o status de política pública, que se encontra inscrita, juntamente com a
saúde e a previdência social, no campo da seguridade social. Tendo a assistência social um
caráter de política de proteção social, cabe-lhe garantir aos seus usuários três seguranças,
quais sejam:
A) segurança social, segurança de emprego e renda, segurança alimentar.
B) segurança de sobrevivência, segurança de acolhida, segurança de convívio ou
vivência familiar.
C) segurança de auxílios materiais, segurança de igualdade de acesso aos bens e serviços
sociais, segurança previdenciária.
D) segurança de rendimentos básicos, segurança sociofamiliar, segurança de trabalho.

GABARITO LETRA B. COMENTÁRIO:


A PNAS traz as três seguranças vinculadas a proteção social: segurança de sobrevivência
(rendimento e autonomia), segurança de acolhida e segurança de convívio familiar, cujas
abrangências evidenciamos em questão anterior.

48. (Concurso Prefeitura de Farias Brito/CE – 2014) A Proteção Social Básica do SUAS é
destinada à:

A) Prevenção de riscos sociais e pessoais, por meio da oferta de programas, projetos,


serviços e benefícios a indivíduos e famílias em situação de constante abuso sexual.

B) Famílias e indivíduos que já se encontram em situação de risco e que tiveram seus


direitos violados por ocorrência de carência econômica.

C) Prevenção de riscos sociais e pessoais, por meio da oferta de programas,


projetos, serviços e benefícios a indivíduos e famílias
em situação de vulnerabilidade social.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 45


Profª Shellen Batista Galdino

D) Famílias e indivíduos que já se encontram em situação de risco e que tiveram seus


direitos violados por ocorrência de abandono, maus-tratos, abuso sexual, uso de drogas,
entre outros aspectos.

GABARITO LETRA C. COMENTÁRIO:

Segundo a PNAS,
Proteção Social Básica - tem como objetivos prevenir situações de risco por meio do
desenvolvimento de potencialidades e aquisições, e o fortalecimento de vínculos familiares
e comunitários.
Proteção Social Especial - é a modalidade de atendimento assistencial destinada a
famílias e indivíduos que se encontram em situação de risco pessoal e social, por ocorrência
de abandono, maus tratos físicos e, ou, psíquicos, abuso sexual, uso de substâncias
psicoativas, cumprimento de medidas sócio-educativas, situação de rua, situação de
trabalho infantil, entre outras. Está dividida em Média e Alta Complexidade, sendo:
Média Complexidade - oferecem atendimentos às famílias e indivíduos com seus direitos
violados, mas cujos vínculos familiar e comunitário não foram rompidos. Neste sentido,
requerem maior estruturação técnico-operacional e atenção especializada e mais
individualizada, e, ou, de acompanhamento sistemático e monitorado.
Alta Complexidade - garantem proteção integral – moradia, alimentação, higienização e
trabalho protegido para famílias e indivíduos que se encontram sem referência e, ou, em
situação de ameaça, necessitando ser retirados de seu núcleo familiar e, ou, comunitário.

49. (Concurso Prefeitura de Farias Brito/CE – 2014) Com


base no que disciplina a Norma Operacional Básica do Sistema Único de
Assistência Social – NOB/SUAS, analise as assertivas abaixo, e assinale com (V)
as verdadeiras e com (F) as falsas.

( ) As conferências de assistência social são instâncias que tem por atribuições a


avaliação da política de assistência social e a definição de diretrizes para o aprimoramento
do SUAS, ocorrendo no âmbito da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos
Municípios e devem ser convocadas ordinariamente a cada 4 (quatro) anos.

( ) Compete à Comissão Intergestores Tripartite (CIT) pactuar a organização do


sistema estadual de assistência social proposto pelo órgão gestor estadual,
definindo estratégias para implementar e
operacionalizar a oferta da proteção social básica e especial no âmbito do SUAS na sua
esfera de governo.

( ) O modelo de gestão preconizado pelo SUAS prevê o financiamento compartilhado


entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios e é viabilizado por meio de
transferências regulares e automáticas, observando a obrigatoriedade da destinação
e a alocação de recursos próprios pelos respectivos entes.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:


A) F; V; V. B) F; V; F.

C) V; V; V. D) V; F; V.

46
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

GABARITO LETRA D. COMENTÁRIO:

A única alternativa falsa é a que coloca a CIT (Comissão Intergestora Tripartite) como
responsável por pactuar a organização do sistema estadual de assistência social, quando
as definições de âmbito estadual ocorrem na CIB (Comissão intergestora Bipartite)

Segundo a NOB/SUAS,

“As instâncias de negociação e pactuação de aspectos operacionais da gestão do sistema


descentralizado e participativo da Assistência Social são as Comissões intergestores Bipartite
(CIB) e a Comissão Intergestores Tripartite (CIT).”

“Essas instâncias são organizadas em âmbito federal (CIT) e estadual (CIB), com a
finalidade de assegurar a negociação e o acordo entre os gestores envolvidos, no sentido
de tornar efetiva a descentralização da política pública de Assistência Social e o comando
único em cada esfera de governo, desde que não firam as atribuições específicas dos
conselhos, estabelecidas nas respectivas leis de criação e regimentos internos.”

50. (Concurso Prefeitura de Farias Brito/CE – 2014) A gestão das ações na área de
assistência Social fica organizada sob a forma de sistema descentralizado e
participativo, denominado Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Constituem objetivos
do SUAS, EXCETO:

A) Acompanhar e avaliar a gestão dos recursos, bem como os ganhos sociais e o


desempenho dos programas e projetos de assistência social.

B) Estabelecer as responsabilidades dos entes federativos na organização, regulação,


manutenção e expansão das ações de assistência social.

C) Implementar a gestão do trabalho e a educação permanente na assistência social.

D) Integrar a rede pública e privada de serviços, programas, projetos e benefícios de


assistência social.

GABARITO LETRA A. COMENTÁRIO: Art. 6o A gestão das ações na área de assistência


social fica organizada sob a forma de sistema descentralizado e participativo, denominado
Sistema Único de Assistência Social (Suas), com os seguintes objetivos:
I - consolidar a gestão compartilhada, o cofinanciamento e a cooperação técnica entre os
entes federativos que, de modo articulado, operam a proteção social não contributiva;
II - integrar a rede pública e privada de serviços, programas, projetos e benefícios de
assistência social, na forma do art. 6o-C;
III - estabelecer as responsabilidades dos entes federativos na organização, regulação,
manutenção e expansão das ações de assistência social;
IV - definir os níveis de gestão, respeitadas as diversidades regionais e municipais;
V - implementar a gestão do trabalho e a educação permanente na assistência social;
VI - estabelecer a gestão integrada de serviços e benefícios; e
VII - afiançar a vigilância socioassistencial e a garantia de direitos.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 47


Profª Shellen Batista Galdino

§ 1o As ações ofertadas no âmbito do Suas têm por objetivo a proteção à família, à


maternidade, à infância, à adolescência e à velhice e, como base de organização, o território.
§ 2o O Suas é integrado pelos entes federativos, pelos respectivos conselhos de assistência
social e pelas entidades e organizações de assistência social abrangidas por esta Lei.
§ 3o A instância coordenadora da Política Nacional de Assistência Social é o Ministério do
Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

51. (Concurso Prefeitura de Farias Brito/CE – 2014) De acordo com a Política Nacional de
Assistência Social (PNAS–2004), constituem serviços de proteção básica de assistência
social, EXCETO:

A) Serviços socioeducativos para crianças, adolescentes e jovens, visando sua proteção,


socialização e fortalecimento de vínculos familiares e comunitários.

B) Serviço de habilitação e reabilitação na comunidade das pessoas com deficiência.

C) Programas de incentivo ao protagonismo juvenil e de fortalecimento de vínculos


familiares e comunitários.
D) Programas de inclusão produtiva e projetos de enfrentamento à pobreza.

1. Serviço de Proteção e Atendimento Integral à


Família (PAIF);
2. Serviço de Convivência e Fortalecimento de
PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA Vínculos;

3. Serviço de Proteção Social Básica no Domicílio


para Pessoas com Deficiência e Idosas.

1. Serviço de Proteção e Atendimento Especializado


a Famílias Indivíduos (PAEFI);

2. Serviço Especializado em Abordagem Social;


3. Serviço de proteção social a adolescentes em
cumprimento de medida socioeducativa de
Média Complexidade Liberdade Assistida (LA) e de Prestação de Serviços
à Comunidade (PSC);
PROTEÇÃO
4. Serviço de Proteção Social Especial para Pessoas
SOCIAL
com Deficiência, Idosas e suas Famílias;
ESPECIAL
5. Serviço Especializado para Pessoas em Situação
de Rua.

6. Serviço de Acolhimento Institucional;

7. Serviço de Acolhimento em República;


Alta Complexidade
8. Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora;
9. Serviço de proteção em situações de calamidades
públicas e de emergências.
Fonte: Tipificação dos Serviços Socioassistenteciais, 2009.

48
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

52. (Concurso Prefeitura de Farias Brito/CE – 2014)


Descentralizado e participativo, que tem por função a gestão do conteúdo específico da
Assistência Social no campo da proteção social brasileira. Assinale a alternativa
CORRETA sobre o texto:

A) Sistema Único de Assistência Social SUAS.

B) Sistema Único de Saúde SUS.

C) Sistema de Saúde Privado.

D) Sistema de Educação.

GABARITO LETRA A. COMENTÁRIO: Quem norteia a gestão, ações, serviços,


programas e benefícios da assistência social é o Sistema Único de Assistência Social, sistema
descentralizado e participativo, através da lei 12.435 de 2011 que altera a lei 8742 de 1993.

53. (Concurso Prefeitura de Farias Brito/CE – 2014) A nova Norma Operacional Básica do
Sistema Único de Assistência Social – (NOB/SUAS2012), foi elaborada em
decorrência da necessidade de:

A) Impulsionar um salto quantitativo na implantação de serviços socioassistenciais em todo o


território nacional, tendo como base critérios de partilha transparentes e
objetivos, adequados à distribuição territorial das populações vulneráveis, com alocação
equitativa do cofinanciamento federal e a possibilidade de superação das distorções
regionais históricas.

B) Instituir a informação como ferramenta indispensável e imprescindível, a fim de


promover o monitoramento sistemático e a territorialização dos equipamentos de
assistência social nas áreas de maior vulnerabilidade e risco.

C) Estabelecer um novo patamar de aprimoramento das SUAS, por meio da


instituição de novas práticas e estratégias de financiamento e gestão, da pactuação
de prioridades e metas, valorização da informação, instituindo uma cultura de
planejamento, acompanhamento e monitoramento no cotidiano da assistência
social.

D) Introduzir uma nova lógica de financiamento, por meio do repasse por pisos de proteção,
zelando pela garantia da oferta permanente de serviços socioassistenciais com base na
capacidade de atendimento e não mais pela quantidade e modalidade de atendimento.

GABARITO LETRA C. COMENTÁRIO:A NOB/SUAS,

Disciplina a gestão pública da Política de Assistência Social no território brasileiro, exercida de


modo sistêmico pelos entes federativos, em consonância com a Constituição da República de
1988, a LOAS e as legislações complementares a ela aplicáveis. Seu conteúdo estabelece:

a) caráter do SUAS;

b) funções da política pública de Assistência Social para extensão da proteção social brasileira;

SERVIÇO SOCIAL para concursos 49


Profª Shellen Batista Galdino

c) níveis de gestão do SUAS;

d) instâncias de articulação, pactuação e deliberação que compõem o processo democrático


de gestão do SUAS;

e) financiamento;

f) regras de transição.

54. (PREF. ORTIGUEIRA/2012) Sobre as atitudes coerentes para elaboração de um plano de


intervenção profissional que objetiva construir estratégias coletivas para o enfrentamento das
diferentes manifestações de desigualdades e injustiças sociais, numa perspectiva histórica que
apreenda o movimento contraditório do real, analise as assertivas e assinale a alternativa que
aponta a(s) correta(s).

I. Não pesquisar dados de realidade quantitativos, as pesquisas quantitativas não são


importantes para trazer retratos da realidade na perspectiva histórica.

II. Investigar sobre as informações qualitativas da realidade. Conforme Martinelli


(1994), as metodologias qualitativas aproximam pesquisador/sujeitos
pesquisados, permitindo ao primeiro conhecer as percepções dos segundos, os
significados que atribuem a suas experiências, seus modos de vida, ou seja,
oferece subsídios para trabalhar com o real em movimento, em toda a sua
plenitude.

III. Desvendar e problematizar a realidade social, apreendendo os modos e as


condições de vida dos sujeitos com seus condicionantes históricos, sociais,
econômicos e culturais, e também seus anseios, desejos, necessidades e
demandas.

IV. Intervir na realidade social com base na apreensão do movimento


contraditório do real, a partir do seu desvendamento e problematização, e
também de pesquisas sobre dados da realidade dos sujeitos.
(E) Apenas II, III e IV

GABARITO LETRA E. COMENTÁRIO: As pesquisas quantitativas são tão importantes quanto


as qualitativas. Elas nos fornecem dados de extrema importância para conhecer a realidade.
Geralmente, nós do Serviço Social fazemos pesquisas quanti-qualitativas, certo? Fazendo
análise teórica de dados extraídos do real. Conforme Minayo:

“Não existe um "continuum" entre "qualitativo-quantitativo", em que o primeiro termo seria


o lugar da "intuição", da "exploração" e do "subjetivismo"; e o segundo representaria o
espaço do científico, porque traduzido "objetivamente" e em "dados matemáticos". A
diferença entre qualitativo-quantitativo é de natureza. Enquanto cientistas sociais que
trabalham com estatística apreendem dos fenômenos apenas a região "visível, ecológica,
morfológica e concreta", a abordagem qualitativa aprofunda-se no mundo dos significados
das ações e relações humanas, um lado não perceptível e não captável em equações,
médias e estatísticas. O conjunto de dados quantitativos e qualitativos, porém, não se
opõem. Ao contrário, se complementam, pois a realidade abrangida por eles interage
dinamicamente, excluindo qualquer dicotomia”

50
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

55. (PREF. JABOATÃO DOS GUARARAPES/2016) Referente à pesquisa da realidade, assinale


a alternativa INCORRETA.

(A) O conhecimento oriundo da razão dialética capta o movimento do objeto, a sua lógica de
constituição.

(B) O conhecimento oriundo da razão dialética percebe o que o objeto é e como chegou a ser
o que é, ou seja, o seu processo de constituição.

(C) O conhecimento oriundo da razão dialética percebe os fundamentos do objeto.

(D) O conhecimento oriundo da razão dialética percebe a capacidade de transformação do


objeto.

(E) O conhecimento oriundo da razão dialética apreende apenas o imediato da vida


cotidiana.

GABARITO LETRA E. COMENTÁRIO: O conhecimento da razão dialética busca romper a


aparência e conhecer a essência do objeto, portanto, ir além do IMEDIATO, para tanto, realiza
MEDIAÇÕES na análise, ou seja, aproximações sucessivas do real levando em conta a
universalidade, a particularidade e a singularidade do objeto.

56. (DESO-SE/2013) A pesquisa pode ter, para o Serviço Social, muitas finalidades: levantar
dados para a elaboração de diagnósticos da realidade, realizar estudos avaliativos, produzir
conhecimentos técnicos, subsidiar a ação profissional cotidiana, elaborar estudos técnicos,
subsidiar parecer social, entre tantos outros. Sobre os tipos de pesquisa, assinale a alternativa
correta.

(A) A pesquisa exploratória é o tipo mais complexo de pesquisa, é utilizada para realizar
estudos avaliativos.

(B) A pesquisa descritiva analisa e interpreta os fenômenos estudados, procura identificar


seus fatores determinantes, ou seja, suas causas.

(C) Na pesquisa descritiva, os fatos são observados, registrados, analisados,


classificados e interpretados, sem que o pesquisador interfira neles.
(D) A pesquisa exploratória registra, analisa e interpreta os fenômenos estudados,
identificando as causas e os fatores determinantes.

(E) A pesquisa explicativa apenas observa os fatos, registrando, classificando, interpretando


e analisando estes, sem que o pesquisador interfira neles.

GABARITO LETRA C. COMENTÁRIO: a pesquisa exploratória é a primeira aproximação do


pesquisador com o objeto, ela permite que o pesquisador elabore hipóteses para depois
aprofundar ou negar as mesmas. Já a pesquisa explicativa, registra fatos, analisa-os,
interpreta-os e identifica suas causas. Essa prática visa ampliar generalizações, definir leis
mais amplas, estruturar e definir modelos teóricos, relacionar hipóteses em uma visão mais
unitária do universo ou âmbito produtivo em geral e gerar hipóteses ou ideias por força de
dedução lógica (Lakatos e Marconi, 2011). A pesquisa descritiva, busca descrever sem que
haja interferência do pesquisador. Esta realiza uma descrição de determinados fenômenos da
realidade e geralmente recorre aos estudos quantitativos com grande periodicidade.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 51


Profª Shellen Batista Galdino

57. (SEAS/2017 - Adaptada) No que tange à adoção, é correto afirmar que:

A) é o instituto que atribui a condição de filho ao adotado, com os mesmos direitos e deveres,
inclusive sucessórios, desligando-o de qualquer vínculo com pais e parentes, inclusive os
impedimentos matrimoniais.

B) a guarda de fato autoriza, por si só, a dispensa da realização do estágio de convivência.

C) a morte dos adotantes restabelece o poder familiar dos pais naturais.

D) Em caso de adoção por pessoa ou casal residente ou domiciliado fora do País, o


estágio de convivência será de, no mínimo, 30 (trinta) dias e, no máximo, 45
(quarenta e cinco) dias, prorrogável por até igual período, uma única vez, mediante
decisão fundamentada da autoridade judiciária.

GABARITO LETRA D. COMENTÁRIO: O erro da alternativa A está no “inclusive os


impedimentos matrimoniais”, pois o Art. 41 A adoção atribui a condição de filho ao adotado,
com os mesmos direitos e deveres, inclusive sucessórios, desligando-o de qualquer vínculo
com pais e parentes, salvo os impedimentos matrimoniais.

O Art. 46 § 2o A simples guarda de fato não autoriza, por si só, a dispensa da realização do
estágio de convivência. (Redação dada pela Lei nº 12.010, de 2009) Vigência, tornando a
alternativa B incorreta.

Art. 49. A morte dos adotantes não restabelece o pátrio poder poder familiar dos pais
naturais. (Expressão substituída pela Lei nº 12.010, de 2009) Vigência, ou seja, a morte dos
adotantes não reestabelece o poder familiar dos pais naturais, evidenciando o erro da
alternativa C.

A alternativa D é o nosso gabarito, adaptando-a para a nova redação do § 3o artigo 46 do


ECA.

58. (SEAS/2017) Atente à seguinte descrição: “Trata-se do instituto que obriga a prestação
de assistência material, moral e educacional à criança ou adolescente, conferindo a seu
detentor o direito de opor-se a terceiros, inclusive aos pais”. O instituto descrito no enunciado
acima é denominado:

A) adoção. B) guarda.

C) tutela. D) curatela.

GABARITO LETRA B. COMENTÁRIO: A questão coloca exatamente a definição de Guarda


trazido pelo ECA no Art. 33. A guarda obriga a prestação de assistência material, moral e
educacional à criança ou adolescente, conferindo a seu detentor o direito de opor-se a
terceiros, inclusive aos pais. (Vide Lei nº 12.010, de 2009)

52
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

59. (SEAS/2017) Segundo o ECA, é proibida a venda, a crianças ou adolescentes, de:

A) qualquer bebida, inclusive as bebidas não alcoólicas.

B) produtos cujos componentes não possam causar dependência física ou psíquica.

C) bilhetes lotéricos e equivalentes.

D) fogos de estampido e de artifício que, pelo seu reduzido potencial, sejam incapazes de
provocar qualquer dano físico em caso de utilização indevida.

GABARITO LETRA C. COMENTÁRIO: O artigo 81 do Estatuto da Criança e adolescente


evidencia as proibições de venda a criança e adolescente, sendo:

I - armas, munições e explosivos;


II - bebidas alcoólicas;
III - produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica ainda que por
utilização indevida;
IV - fogos de estampido e de artifício, exceto aqueles que pelo seu reduzido potencial sejam
incapazes de provocar qualquer dano físico em caso de utilização indevida;
V - revistas e publicações a que alude o art. 78;
VI - bilhetes lotéricos e equivalentes.
Dessa maneira, a alternativa C é a que afirma exatamente o que coloca o inciso VI do artigo
81, as demais alternativas mudam o que está posto nos incisos.

60. (SEAS/2017) Atente à seguinte definição: “Trata-se de uma medida socioeducativa que
consiste na realização de tarefas gratuitas de interesse geral, por período não excedente a
seis meses, junto a entidades assistenciais, hospitais, escolas e outros estabelecimentos
congêneres, bem como em programas comunitários ou governamentais”. O enunciado acima
define:

A) liberdade assistida. B) prestação de serviços comunitários.

C) internação. D) regime de semiliberdade.

GABARITO LETRA C. COMENTÁRIO: A questão traz exatamente a definição da Prestação


de serviços comunitários do Art. 117 do ECA.

Sobre a Liberdade Assistida: Art. 118 será adotada sempre que se afigurar a medida mais
adequada para o fim de acompanhar, auxiliar e orientar o adolescente.

Sobre o regime de Semi-liberdade: Art. 120 pode ser determinado desde o início, ou como
forma de transição para o meio aberto, possibilitada a realização de atividades externas,
independentemente de autorização judicial.

Sobre internação: Art. 121 constitui medida privativa da liberdade, sujeita aos princípios de
brevidade, excepcionalidade e respeito à condição peculiar de pessoa em desenvolvimento.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 53


Profª Shellen Batista Galdino

61. (SEAS/2017) Quanto à medida de internação, assinale a opção que se amolda aos ditames
do ECA.

A) A liberação será compulsória aos vinte e um anos de idade.

B) Será permitida a realização de atividades externas, a critério da equipe técnica da entidade,


ainda que exista determinação judicial em contrário.

C) A internação constitui medida restritiva de direitos, sujeita aos princípios de brevidade,


excepcionalidade e respeito à condição peculiar de pessoa em desenvolvimento.

D) Em regra, o período máximo de internação não excederá a três anos

GABARITO LETRA A. COMENTÁRIO: A liberação deverá ocorrer compulsoriamente aos


vinte e um anos de idade, como descrito no artigo 121 § 5º do ECA.

O erro da alternativa B está em considerar como correta o descumprimento da determinação


judicial para atividades externas. O Art. 21 § 1º afirma que “Será permitida a realização de
atividades externas, a critério da equipe técnica da entidade, salvo expressa determinação
judicial em contrário”.

A alternativa C traz o Art. 121 do ECA, mas com alguns erros. A internação constitui medida
privativa da liberdade e não restritiva de direitos, como está na alternativa, sujeita aos
princípios de brevidade, excepcionalidade e respeito à condição peculiar de pessoa em
desenvolvimento.

A medida de internação em hipótese alguma excederá o prazo máximo de três anos,


deixando a alternativa D incorreta.

62. (Concurso Prefeitura de Cedro – 2014) O Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA


determina como linhas de ação da política de atendimento dos direitos da criança e do
adolescente:
I- Políticas Sociais Básicas.

II- Políticas e programas de assistência social, em caráter supletivo, às crianças e


adolescentes.

III- Proteção jurídico-social por entidades de defesa dos direitos da criança e do adolescente.

Está CORRETO o que se afirma em:

A) I, apenas. B) II, apenas.

C) I e II. D) I e III.

GABARITO LETRA D. COMENTÁRIO: Atenção para as políticas de atendimento observou-


se ser um assunto bastante cobrado por essa banca.
Apenas o item II da questão está incorreto. A mudança ocorrida em 2016 na redação do inciso
II do artigo 87 retira políticas e programas de assistência social, em caráter supletivo, para
aqueles que deles necessitem e inclui serviços, programas, projetos e benefícios de assistência

54
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

social de garantia de proteção social e de prevenção e redução de violações de direitos, seus


agravamentos ou reincidências; (Redação dada pela Lei nº 13.257, de 2016)
A legislação ainda traz outras linhas de ação da política de atendimento, como: serviços
especiais de prevenção e atendimento médico e psicossocial às vítimas de negligência, maus-
tratos, exploração, abuso, crueldade e opressão; serviço de identificação e localização de pais,
responsável, crianças e adolescentes desaparecidos; políticas e programas destinados a
prevenir ou abreviar o período de afastamento do convívio familiar e a garantir o efetivo
exercício do direito à convivência familiar de crianças e adolescentes; (Incluído pela Lei nº
12.010, de 2009); campanhas de estímulo ao acolhimento sob forma de guarda de crianças e
adolescentes afastados do convívio familiar e à adoção, especificamente inter-racial, de
crianças maiores ou de adolescentes, com necessidades específicas de saúde ou com
deficiências e de grupos de irmãos. (Incluído pela Lei nº 12.010, de 2009)

63. (Concurso Prefeitura de Cedro – 2014) (Lei nº 8.069/90) De acordo com o Estatuto da
Criança e do Adolescente a tutela será deferida, nos termos da lei civil, a pessoa de até:

A) 21 (vinte e um) anos incompletos. B) 18 (dezoito) anos incompletos.

C) 18 (dezoito) anos completos. D) 21 (vinte e um) anos completos

GABARITO LETRA B. COMENTÁRIO:

Antes da mudança na lei, ocorrida em 2009, a tutela era deferida até 21 (vinte e um) anos
incompletos, porém a partir de 2009, essa ocorrerá a pessoa de até 18 (dezoitos) anos
incompletos, conforme descrito no artigo 36 do Estatuto da Criança e do adolescente.

64. (Concurso Prefeitura de Juazeiro do Norte – 2009) Assinale Falso (F) ou Verdadeiro (V)
segundo Lei nº 10.741/03, que dispõe sobre o Estatuto do Idoso:

( ) É assegurada a atenção integral à saúde do idoso, por intermédio do Sistema Único de


Saúde – SUS, garantindo-lhe o acesso universal e igualitário.

( ) A prevenção e a manutenção da saúde do idoso serão efetivadas por meio de


cadastramento da população idosa em base territorial.

( ) O atendimento domiciliar inclui a internação, para a população que dele necessitar e esteja
impossibilitada de se locomover, inclusive para idosos abrigados e acolhidos por instituições
públicas, filantrópicas ou sem fins lucrativos conveniadas como o Poder Público somente na
área urbana.

( ) Incumbe ao Poder Público fornecer aos idosos gratuitamente, medicamentos,


especialmente os de uso continuado, com exceção de próteses e órteses.

( ) Os idosos portadores de deficiência ou com limitação incapacitante terão atendimento


especializado.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo:

A) V, V, V, F, V. B) V, V, F, F, V.

C) V, F, F, V, F. D) F, V, V, F, F.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 55


Profª Shellen Batista Galdino

GABARITO LETRA B. COMENTÁRIO: As alternativas da questão trouxe o texto do Art.


15 do Estatuto do Idoso.

A primeira alternativa está correta, pois é garantido ao idoso o atendimento integral através
do SUS, conforme descrito no art. 15.

No parágrafo 1 desse artigo ele coloca que: ocorrerá o cadastramento da população idosa
em base territorial; atendimento geriátrico e gerontológico em ambulatórios; unidades
geriátricas de referência; com pessoal especializado nas áreas de geriatria e gerontologia
social; atendimento domiciliar, incluindo a internação, para a população que dele necessitar
e esteja impossibilitada de se locomover, inclusive para idosos abrigados e acolhidos por
instituições públicas, filantrópicas ou sem fins lucrativos e eventualmente conveniadas com
o Poder Público, nos meios urbano e rural; reabilitação orientada pela geriatria e
gerontologia, para redução das sequelas decorrentes do agravo da saúde.
O que torna a segunda alternativa correta e terceira incorreta, pois vinculou a garantia ao
atendimento domiciliar apenas na área urbana e a legislação assegura também para a área
rural.
A quarta alternativa está incorreta, pois exclui a garantia de fornecimento de órtese e
próteses para os idosos quando o parágrafo 2 garante esse atendimento.
A última está correta porque traz exatamente o que afirma o parágrafo 4º do artigo 15.

65. (Concurso Prefeitura de Juazeiro do Norte – 2009) “A Bioética apregoa, entre os direitos
do paciente, o de decidir através do consentimento livre e esclarecido, se aceita ou não um
determinado tratamento ou procedimento; o princípio da autonomia exige que o paciente
forneça seu consentimento a todo tratamento médico e a todo ensaio experimental. O direito
torna um valor ético quando proclama: ‘A pessoa humana é inviolável. Ninguém pode invadir
outra pessoa sem o seu consentimento. ’; para ser autêntico, este consentimento deve ter
duas qualidades, ser livre e esclarecido.” (GERBER, 2005)

Sobre este assunto, o Estatuto do Idoso, determina que:

A) A escolha pelo tratamento de saúde deve ser do médico. Para subsidiar sua decisão o
mesmo pode consultar os demais membros da equipe de saúde.

B) A escolha por tratamento compatível com as necessidades do idoso cabe, em qualquer


situação ao médico geriatra, visto ser esta a especialidade médica que cuida da saúde do
idoso.

C) Ao idoso, que esteja no domínio de suas faculdades mentais, é assegurado o


direito de optar pelo tratamento de saúde que lhe for mais favorável.

D) O Estatuto do Idoso não se manifesta sobre este tema.

GABARITO LETRA C. COMENTÁRIO:

O tratamento deverá ser acatado pelo acompanhante do idoso e, caso o idoso esteja nas suas
faculdades mentais, ele deverá optar pelo tratamento de saúde que lhe for mais favorável o
que torna a alternativa C o gabarito da questão, conforme descrito no parágrafo único do
artigo 16º e no artigo 17 do Estatuto do Idoso.

56
SERVIÇO SOCIAL para concursos | www.ssparaconcursos.com.br

66. (Concurso Prefeitura de Cedro – 2014) O Estatuto do Idoso, aprovado pela Lei n°
10.741/2003, afirma que “o envelhecimento é um direito __________ e a sua proteção um
direito social, nos termos desta Lei e da legislação vigente.” Assinale a alternativa que
preenche corretamente a lacuna.

A) Social. B) Intransferível.

C) Personalíssimo. D) Individual.

GABARITO LETRA C. COMENTÁRIO:

O artigo 8º do Estatuto do Idoso coloca que é direito personalíssimo o envelhecimento.

SERVIÇO SOCIAL para concursos 57


Profª Shellen Batista Galdino

58