Você está na página 1de 4

Filiação

Dentro do processo de identidade a coisa mais poderosa é entendermos que, acima de todos os
títulos de liderança ou ministérios, nós temos o título de filhos de Deus. Algumas pessoas não
entenderam ainda a importância de sermos feitos filhos de Deus. Talvez por nunca terem pensado a
respeito disso, por esse termo ter sido tão comumente usado ou até pelo fato de não termos recebido a
revelação vinda de Deus sobre a nosso filiação. Todavia, todos nós precisamos entender a importância
de sermos filhos e agirmos de acordo com essa revelação.
Até mesmo Jesus, antes de começar o seu ministério, entendeu e foi apresentado ao mundo
como um Filho.

“Batizado Jesus, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus
descendo como pomba, vindo sobre ele. E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é o meu Filho amado,
em quem me comprazo.” (Mateus 3: 16-17)

Antes de qualquer obra ou início de seu ministério, Jesus ouviu que era o filho amado que trazia
prazer ao Pai. Todos nós precisamos começar tudo o que fazemos para Deus de um lugar onde
entendemos que somos filhos e amados. Porque se não conseguirmos ter esse entendimento muito do
que nós fizermos será apenas para tentarmos "comprar" o amor de Deus com serviço. Sendo que,
como filhos, já temos o amor dEle independente de qualquer coisa.
Para conseguir receber e aceitar esse amor incondicional é preciso reconhecer, ouvir de Deus e
entender que você é Seu filho e têm direito a todas as coisas do Reino celestial e todos os seus
benefícios. Não usufruímos daquilo que temos direito como filhos pela falta de revelação e
conhecimento da Paternidade de Deus.

“Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus. Porque não
recebestes o espírito de escravidão, para viverdes, outra vez, atemorizados, mas recebestes o espírito
de adoção, baseados no qual clamamos: Aba, Pai. O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que
somos filhos de Deus.” (Romanos 8:14-16)

A vantagem de sermos filhos de Deus é que somos herdeiros de seu Reino e co-herdeiros com
Cristo. Isso significa que nós dividimos uma herança com Jesus e tudo que Jesus fez está disponível
para nós.
Quando Deus abriu os céus no batismo de Jesus, Ele mostrou a importância do nosso lugar de
filiação. Entender que somos filhos, que somos amados, vai fazer toda diferença em nossas atitudes e
ações pois passamos a ter uma postura diferente, uma postura de realeza e não de vítima.
Família é a instituição mais antiga e mais poderosa do reino de Deus. Ele instituiu o sistema de
família. Somos filhos e filhas amados; você não é qualquer um. Não faça as coisas para ser aceito.
Entenda o amor de Deus e faça as coisas debaixo da revelação que você é amado; que você é filho e
não precisa provar nada para ninguém.
1. Revisão

1. Qual foi a revelação que essa aula trouxe para sua vida?

2. O que é de fato ser filho de Deus e qual é a sua importância?

2. Reflexão

1. Baseado em tudo que você ouviu nesta aula, você realmente tem a revelação no seu coração
que você é um filho amado por Deus? O quanto você consegue se ver como filho?

2. Se a resposta acima for não, por que você tem acreditado nas mentiras a respeito da sua
filiação?

3. Você tem a real noção de todas as coisas que estão disponíveis para você, por ser filho de Deus
e co herdeiro com Cristo?
3. Aplicação Prática

1. Quais são os passos práticos que você pode fazer hoje para mudar a forma que se enxerga
perante Deus?

2. No seu tempo de oração, peça para Deus revelar seu amor de Pai pela sua vida. O que você
sentiu? O que foram as coisas que Deus falou a seu respeito?

4. Criando a Cultura

1. Como você pode fazer com que as pessoas ao seu redor tenham essa revelação do verdadeiro
amor de Pai de Deus e mudar a maneira que elas se veem?

2. Que atitudes você pode tomar hoje para criar um ambiente onde as pessoas se sintam seguras
em saber que são amadas?

3. Como você pode incentivar as pessoas ao seu redor a verem Deus como um Pai próximo a cada
um deles, mais do que um Senhor que apenas assiste as pessoas de longe?

Você também pode gostar