Você está na página 1de 4

Escola Portuguesa de Luanda

Centro de Ensino de Língua Portuguesa


Português – 7.º ano
FICHA INFORMATIVA – Funções Sintáticas
FUNÇÕES SINTÁTICAS
AO NÌVEL DA FRASE AO NÍVEL DO GRUPO VERBAL AO NÍVEL DO GRUPO NOMINAL

Sujeito – Simples Complemento direto Modificador do nome


- Composto Complemento Indireto - Restritivo
- Nulo Complemento Oblíquo - Apositivo
Indeterminado Predicativo do sujeito
Inexistente Modificador do Grupo Verbal
Expletivo Predicativo do Compl Direto
Vocativo Agente da Passiva

Predicado
Predicado

FUNÇÕES SINTÁTICAS AO NÌVEL DA FRASE

O sujeito é um termo essencial da oração e é definido como o ser sobre o qual se faz uma
Sujeito
declaração.
Predicado É aquilo que se declara a respeito do sujeito. Nele é obrigatória a presença de um verbo ou
locução verbal.
O vocativo é utilizado em contextos de chamamento ou interpelação do interlocutor. Aparece
separado do resto da frase por vírgulas. Pode surgir no início, no meio ou no fim da frase.
Vocativo  Ana, entra e está à vontade.
 Entra, Ana, e está à vontade.
 Entra e está à vontade, Ana.

FUNÇÕES SINTÁTICAS AO NÌVEL DO GRUPO VERBAL Questão a colocar ao verbo Substituível por
Sujeito O Pedro comprou um automóvel. Quem é que + predicado? «eu, tu, ele, nós, vós, eles»
1.Eu convidei o teu pai. Quem? Por «o, a, as, os»
Complemento O que é que +verbo?
2. Eu vi uma andorinha no meu 1.O Pedro comprou-o ao primo.
direto telhado 2. Eu vi-a no meu telhado.
3. Pedro telefonou à mãe com A quem? Por «lhe, me, te»
Complemento urgência. 3. Pedro telefonou-lhe com
indireto A quê? urgência
4. Eu obedeço à lei.
4. Eu obedeço-lhe.
5. Os rapazes gostam de futebol. - Ou começa por preposição Os rapazes gostam de futebol
6. Amanhã vou a Paris. ou é formado por advérbio Não é substituível por pronomes:
- Uso obrigatório pedido pelo *Os rapazes gostam-no.
verbo *Os rapazes gostam-lhe
Complemento
. Elas moram acolá, junto da
oblíquo 7. Elas moram acolá, junto da
escola.
escola.
Não é possível a substituição:
*Eles moram-no.
*Elas moram-lhe.
FORMA ATIVA

O bombeiro apaga o fogo.


(sujeito que pratica a ação) (predicado verbal transitivo)
(complemeto direto) n

Agente da passiva
O fogo é apagado pelo bombeiro.
(sujeito que sofre as (predicado constituído por (complemento agente
consequências da ação) verbo auxiliar ser + verbo da passiva)
principal)
FORMA PASSIVA
Agente da Passiva é o termo que indica quem ou o que executa a ação de um verbo na voz passiva.

Esse termo vem sempre depois de preposição .


Ocorre depois dos principais verbos copulativos são: ser, estar, ficar, parecer, permanece, ficar revelar-se, andar (=estou), tornar-se e continuar.
Predicativo do Sujeito Ex.: O bebé está doente
Não é obrigatório, podendo, por isso, ser eliminado sem comprometer a gramaticalidade da frase. Vejamos:
«A Ana vai a Lisboa (amanhã).»
Modificador do Grupo É móvel:
Verbal a) «Amanhã, vou a Lisboa.»
b) «Vou, amanhã, a Lisboa.»
c) «Vou a Lisboa amanhã.»

.
Restringe /limita a realidade referida pelo nome que modifica. Geralmente surge à direita do nome que restringe, que
pode encontrar-se tanto no sujeito como no predicado, e nunca está separado por vírgulas.
Modificador do Nome: RESTRITIVO Ex - Vi um filme interessante. (interessante modifica o nome filme)
Refere-se a um nome, - A casa da Joana é bonita. (da Joana modifica o nome casa)
completando-lhe o - Cão que ladra não morde. (que ladra modifica o nome cão)
sentido Está sempre separado por vírgulas.
APOSITIVO Ex - O João, o irmão da Maria, é meu colega. (o irmão da Maria modifica o nome João)
- A Inês, ansiosa, foi ver as notas. (ansiosa modifica o nome Inês)
O carro, de valor inestimável, nunca será vendido. (de valor inestimável modifica o nome carro)
A Joana, que é a minha melhor amiga, vai-me ajudar. (que é a minha melhor amiga modifica o nome Joana)

a- Identifica as funções sintáticas sublinhadas nas frases e coloca à frente o número correspondente :
1. O Júlio vai lanchar a casa do Joaquim amanhã. 16. O Júlio vai lanchar a casa do Joaquim amanhã.
2. O Júlio vai lanchar a casa do Joaquim amanhã. 17. O Júlio vai lanchar a casa do Joaquim amanhã.
3. O cão da Marta ladrou durante toda a noite. 18. O cão da Marta ladrou durante toda a noite.
4. Ele leu o livro num instante. 19. Ele leu o livro num instante.
5. O ministro permaneceu no hotel durante o fim de 20. O ministro permaneceu no hotel durante o fim de
semana. semana.
6. Hoje, demito-me! 21. Hoje, demito-me!
7. Eu contei o teu segredo à Liliana. 22. Eu contei o teu segredo à Liliana.
8. O Matias e o Guilherme chegaram atrasados 23. O Matias e o Guilherme chegaram atrasados ontem.
ontem. 24. O Matias e o Guilherme chegaram atrasados ontem.
9. O Matias e o Guilherme chegaram 25. 10.Ele teve um acidente, infelizmente!
atrasados ontem. 26. 11.Penso que tens toda a razão!
10. Ele teve um acidente, infelizmente! 27. 12.Vi-a passar há bocado.
11. Penso que tens toda a razão! 28. 13.Ele veio de mota para a escola.
12. Vi-a passar há bocado. 29. 14.Ele fez-lhe muitas maldades!
13. Ele veio de mota para a escola. 30. 15. De madrugada trovejou
14. Ele fez-lhe muitas maldades!
15. De madrugada trovejou

B- Assinale com uma cruz a função sintática desempenhada pelo(s) elementos destacado(s) na frase.
Função sintática
Frases c. direto c. indireto c. oblíquo
1. Eu dei uma prenda ao Ricardo.
2. Agrada-me a tua escolha.
3. A Cláudia chegou à capital ontem.
4. O marido assistiu ao parto.
5. O Antunes chocou com a parede.
6. A peça de teatro agradou à Joana.
7. O Vitorino marcou um golaço.
8. Saramago escreveu uma carta de despedida a Pilar.
9. Passos Coelho sempre aspirou ao cargo que ocupa.
10. O meu tio recuperou a sua alegria.
11. Escrevi um “e-mail” a todos as minhas namoradas.
12. Os filhos necessitam de pais atentos.
13. O Eusébio foi lá ontem.
14. Emprestei-o à Miquelina.
15. A tia Joana mora no cemitério há uma década.
16. Imprime o documento, José.
17. O Miguel depende do teu amor.
18. Conheço aquela professora.
19. Eu preciso de festinhas dos meus filhos.
20. Sempre obedeci à minha mãe.
21. Os alunos ofereceram uma flor às professoras.
22. O caçador furtivo matou o elefante.
23. O advogado interessou-se pelo meu caso.
24. Dediquei-o ao meu pai.
25. Gosto imenso da tua namorada.
26. Vítor Pereira agradeceu o título a Jorge Jesus.
27. Tu já leste o documento?
28. Comprei-te aquilo que desejavas.
29. O mendigo pediu uma esmola a Cavaco Silva.
30. Não assisti ao último jogo.
31. Discordo de Nuno Crato.

C- Identifica as funções sintáticas sublinhadas nas frases e coloca à frente o número correspondente :

1.Amanhã, a turma vai em visita de estudo 1. A Cristina respondeu mal à colega.


1. Hoje a Mónica está cansada 2. A avó limpou a sala.
2. A minha amiga Sara ficou furiosa com a atitude do colega 3. O professor já corrigiu os testes.
3. Pergunta as horas à mãe ! 4. Tu telefonaste aos teus pais.
4. O João fez um trabalho magnífico. 5. Ontem jogou futebol.
5. Nós fazíamos grandes caminhadas ao fim de semana 6. Li este livro durante as férias.
6. Renunciei a tudo. 7. O diretor da loja regressou de Paris.
7. O Pedro e os amigos ganharam o campeonato 10 O Pedro entrou no avião com muito receio.
8. Ó Rosa, não te demores ! 11.O Alexandre foi para a quinta
10. A Joana falou com os vizinhos.. 12.Todos concordaram com a decisão.
11.Eles partiram para Londres .

D. Identifica, nas frases seguintes, tofos os complementos diretos, indiretos, oblíquos, predicativos do sujeito,
modificadores e agentes da passiva.
1. A Marta comprou estas flores no mercado. 7. Os meus pais andam preocupados.

2. O colar de esmeraldas foi oferecido pelo pai. 8. Todos ficaram imóveis com o susto.

3. O João foi visto na escola pela namorada. 9. O vestiário está ocupado?

4. O TGV atravessará esta aldeia. 10. O Pedro ficou em casa.

5. A árvore foi destruída pelas formigas. 11. O Pedro adorou a nova casa.

6. Os meus pais estavam preocupados 12. O livro novo foi perdido por mim na praia.

13. A Lua será atravessada por um raio.


Associa os constituintes sublinhados na COLUNA A à função sintática da COLUNA B
A B
1) O Marco acordou cedo.

2) Ele vai sair de casa quando chegar à maioridade.

3) Felizmente, nem todos os políticos são corruptos.

4) Emprestei o livro de História à Susana.

5) O concerto da Mariza foi ontem à noite. a. Sujeito

6) Ontem à noite fui ao cinema. b. Complemento direto

c. Complemento indireto
7) Ela está bonita!
d. Complemento oblíquo
8) Sai da frente, Carlos!
e. Complemento agente da passiva
9) Quando lhes contares a verdade, vão gritar contigo!
f. Predicativo do sujeito
10) Vi a Matilde a sair de casa de madrugada.
g. Predicado
11) Passou um cometa a 2 milhões de km da Terra.
h. Vocativo
12) O Joaquim permanece em casa porque está doente.
j. Modificador do grupo verbal
13) O João foi passear o cão a seguir ao jantar.
l. Modificador do nome restritivo
14) Como tive má nota a Inglês, agora estou de castigo.
m. Modificador do nome apositivo
15) Trouxeste o livro amarelo que te pedi!

16) Vivia, numa floresta, um velho sábio…

17) Aos meus pais vou dizer que me atrasei por tua culpa!

18) O gato foi vacinado pelo veterinário da Cooperativa


agrícola.

19) Pareces, Joana, um bocado pálida…

20) Foi avistado um cometa pelos astrónomos da NASA.

21) O Pedro obedece, sem hesitações, ao pai.

22) O pobre rapaz, personagem sem destino, é um servo do


tirano.

23) O João revelou a sua simplicidade ao amigo.

24) O Domingos desonesto mostra as formas ao irmão.

BOM TRABALHO!

Você também pode gostar