Você está na página 1de 32

O UTUBR O D E 2 0 2 0

34567

ESTUDOS PARA AS SEMANAS DE:


7 DE DEZEMBRO DE 2020–3 DE JANEIRO DE 2021
1920
NO INÍCIO de 1920, o povo de Jeová
estava muito animado com o trabalho
que vinha pela frente. Por isso, o texto
CEM
ANOS
ATRÁS
Os Estudantes da Bíblia ficaram bem conhe-
cidos por pregarem: “Milhões que agora vivem
jamais morrerão”. Naquela época, eles ainda não
entendiam que a mensagem do Reino teria um
do ano escolhido foi: “O SENHOR é alcance muito maior. Mesmo assim, seu zelo era
minha força e meu cântico.” impressionante. Ida Olmstead, que começou a
— Sal. 118:14, Versão King James. assistir às reuniões em 1902, disse: “Nós sabía-
mos que a humanidade ainda receberia muitas
Jeová realmente deu força para aqueles pre- bênçãos. Então, sempre contávamos essas boas
gadores zelosos. Durante 1920, o número de col- novas para todos os que encontrávamos no mi-
nistério.”
portores (ou pioneiros) aumentou de 225 para
350. E pela primeira vez, mais de 8 mil trabalha- IMPRIMINDO NOSSAS PRÓPRIAS PUBLICAÇÕES
dores de classe (ou publicadores) enviaram seus Para que não faltasse alimento espiritual, os
relatórios para a sede mundial. Jeová abençoou irmãos em Betel começaram a imprimir algumas
esses irmãos com resultados impressionantes. publicações por conta própria. Eles compraram
MOSTRANDO UM GRANDE ZELO
equipamentos e os instalaram num prédio aluga-
do na Avenida Myrtle, 35, que ficava a umas pou-
Em 21 de março de 1920, Joseph Rutherford, cas quadras do lar de Betel em Brooklyn, Nova
que na época organizava a obra dos Estudantes York.
da Bíblia, fez um discurso com o tema: “Milhões Leo Pelle e Walter Kessler chegaram para tra-
que agora vivem jamais morrerão”. Os Estudan- balhar em Betel em janeiro de 1920. Walter
tes da Bíblia não tinham poupado esforços para relembrou: “Quando chegamos, o encarregado
convidar todos os interessados para esse even- da gráfica olhou para nós e disse: ‘Ainda temos
to. Eles tinham alugado um dos maiores teatros uma hora e meia até o almoço.’ Então, ele já nos
da cidade de Nova York e distribuído cerca de colocou para trabalhar. Ele nos mandou buscar
320 mil convites. umas caixas de livros que estavam no porão.”
Superando todas as expectativas, muitas pes- Leo contou o que aconteceu no dia seguinte:
soas aceitaram o convite. Os mais de 5 mil luga- “Nossa tarefa era lavar as paredes do térreo do
res do teatro foram ocupados, e umas 7 mil pes- prédio. Esse foi o serviço mais sujo que eu já ti-
soas não conseguiram entrar. A Torre de Vigia nha feito. Mas era a obra do Senhor, e isso fazia
(em inglês) disse que aquele evento tinha sido tudo valer a pena.”
“uma das reuniões mais bem-sucedidas já reali- Dentro de poucas semanas, A Torre de Vigia
zadas pelos Estudantes Internacionais da Bíblia”. começou a ser impressa por ministros voluntá-

2 A SENTINELA
rios zelosos. Cerca de 60 mil cópias da Torre de ‘Temos certeza de que todos aqueles que têm o
Vigia de 1./ de fevereiro de 1920 saíram da im- espírito do Senhor estão dispostos a esquecer as
pressora plana que ficava no primeiro andar. coisas que ficaram para trás, a morar juntos em
Enquanto isso, lá no porão, os irmãos monta- união e a agir como um só corpo.’
ram uma impressora que apelidaram de Encou- Muitos reagiram bem a essas palavras bondo-
raçado. A partir do número de 14 de abril de sas. Um casal escreveu: ‘Reconhecemos que fi-
1920, a revista A Idade de Ouro também come- car parados durante esse período de mais de um
çou a ser impressa ali. Não há dúvidas de que ano, enquanto outros faziam o trabalho de pre-
Jeová abençoou os esforços daqueles trabalha- gação, foi um erro. Esperamos que nunca seja-
dores dispostos. mos desviados novamente.’ Esses irmãos que ti-
nham voltado para a organização teriam muita
atividade pela frente.
“Era a obra do Senhor, A DISTRIBUIÇÃO DA “ZG”
e isso fazia tudo Em 21 de junho de 1920, os Estudantes da Bí-
valer a pena” blia começaram uma grande campanha para dis-
tribuir a “ZG” — uma edição em capa flexível do
livro O Mistério Consumado. Quando o livro foi
“MOREMOS EM PAZ” banido em 1918, uma enorme quantidade dele
acabou ficando estocada.
O povo leal de Jeová estava ativo novamente
e unido para a obra de pregação. Mas durante o Todos os trabalhadores de classe, e não ape-
período turbulento entre 1917 e 1919, alguns Es- nas os colportores, foram convidados para a
tudantes da Bíblia tinham abandonado a organi- campanha. “Em cada classe, cada pessoa
zação. O que podia ser feito para ajudá-los?  O “Z” foi usado porque a edição de capa flexível era, na verda-
A Torre de Vigia de 1./ de abril de 1920, em in- de, o número de 1./ de março de 1918 da Zion’s Watch Tower
(nome em inglês da Torre de Vigia). O “G”, a sétima letra do al-
glês, publicou o artigo “Moremos em paz”. Um fabeto, indicava que O Mistério Consumado era o sétimo volu-
de seus trechos fazia o seguinte apelo carinhoso: me de Estudos das Escrituras.

A. Anúncio no jornal
sobre o discurso
“Milhões que
agora vivem
jamais morrerão”
B. Impressora plana
usada para imprimir
A Torre de Vigia A B

OUTUBRO DE 2020 3
C

consagrada [batizada] que puder participar deve o irmão Rutherford fez novamente o discurso
fazer isso de boa vontade. Que o lema de cada “Milhões que agora vivem jamais morrerão”.
um de nós seja: ‘Tomo a seguinte atitude’ — dis- Quando o discurso começou, o auditório estava
tribuir a ZG.” Edmund Hooper recordou que, nes- lotado, e depois umas 300 pessoas pediram
sa campanha, muitos irmãos trabalharam de mais informações.
casa em casa pela primeira vez. Ele acrescentou: Nas semanas seguintes, Rutherford e seus
“Nós começamos a ter uma noção de como se- companheiros de viagem visitaram Atenas,
ria o trabalho que ainda ia se expandir para bem Cairo e Jerusalém. Como encontraram pessoas
além do que imaginávamos.” que mostraram interesse na verdade, o irmão
Rutherford abriu um depósito de publicações
REORGANIZANDO A OBRA NA EUROPA
na cidade de Ramallah, que fica perto de Jeru-
Durante a Primeira Guerra Mundial, a comuni- salém. Logo depois, ele voltou para a Europa,
cação com os Estudantes da Bíblia de outros paí- abriu o Escritório Central Europeu e providen-
ses ficou bem difícil. Por isso, o irmão Rutherford ciou que as publicações fossem impressas lá.
quis encorajar esses irmãos e reorganizar a obra
de pregação. Então, em 12 de agosto de 1920, ele EXPONDO A INJUSTIÇA
e mais quatro irmãos embarcaram numa longa Em setembro de 1920, os Estudantes da Bíblia
viagem por alguns países da Europa e do Oriente lançaram o número 27 da revista A Idade de
Médio. Ouro. Foi uma edição especial que expôs a per-
Quando o irmão Rutherford visitou a Grã- seguição que os Estudantes da Bíblia tinham so-
Bretanha, os Estudantes da Bíblia realizaram ali frido em 1918. O Encouraçado, mencionado an-
3 congressos e 12 reuniões públicas. Calcula-se tes, rodou dia e noite para imprimir mais de
que 50 mil pessoas assistiram a esses eventos. 4 milhões de cópias dessa revista.
Resumindo a visita, A Torre de Vigia declarou: Os leitores dessa revista ficaram sabendo
“Os irmãos foram revigorados e reanimados. Eles do caso incomum envolvendo a irmã Emma Mar-
ficaram mais unidos no amor e no serviço, e mui- tin. Ela servia como colportora em San Bernardi-
tos corações tristes ficaram alegres.” Em Paris, no, na Califórnia. Em 17 de março de 1918, ela e

4 A SENTINELA
SQ33756, Department of Corrections Records, F3717, California State Archives
E F

C. Joseph Rutherford e outros irmãos durante


uma visita à Europa
D. Irmão Rutherford no Egito
E. Cartaz anunciando o discurso feito no Royal
Albert Hall, em Londres
D
F. Foto de Emma Martin dos arquivos da polícia

três irmãos, Edward Hamm, Edward Sonnenburg gem. As autoridades federais usaram seu poder
e Ernest Stevens, tinham ido assistir a uma pe- para tramar contra a Sra. Martin e depois abrir
quena reunião com os Estudantes da Bíblia. um processo que pudesse enviá-la para a prisão.
Mas um homem na assistência não estava Tal atitude é indecente.’
lá para aprender sobre a Bíblia. Ele mesmo admi- Logo no dia seguinte, o presidente Woodrow
tiu mais tarde: “Eu fui a essa reunião . . . por or- Wilson ordenou a anulação imediata das senten-
dem da promotoria. Fui lá com o objetivo de ças da irmã Emma e dos outros três irmãos.
encontrar provas.” E ele conseguiu a “prova” que Aquela prisão injusta finalmente chegou ao fim.
procurava: um exemplar do Mistério Consumado. Ao passo que 1920 terminava, os Estudantes
Poucos dias depois, a irmã Emma e os outros da Bíblia tinham muitos motivos para sentir ale-
três irmãos foram detidos e acusados de violar gria. O trabalho na sede mundial continuava au-
a Lei de Espionagem por terem distribuído o livro mentando e, mais do que nunca, os cristãos ver-
proibido. dadeiros estavam ativos proclamando o Reino
Emma e seus amigos foram declarados culpa- de Deus como a única solução para os proble-
dos e sentenciados a três anos de prisão. Em mas da humanidade. (Mat. 24:14) O ano seguin-
17 de maio de 1920, depois de várias tentativas te, 1921, seria um ano ainda melhor para divulgar
frustradas de recorrer da decisão, eles foram as verdades do Reino.
para a prisão. Mas logo a situação deles mudaria
para melhor.
Em 20 de junho de 1920, o irmão Rutherford
falou sobre esse caso em um congresso em San
Francisco. As pessoas na assistência ficaram
chocadas com essa injustiça e concordaram que
um telegrama fosse enviado para o presidente
dos Estados Unidos. O telegrama dizia: ‘Nós con-
sideramos injusta a sentença dada à Sra. Martin
sob a acusação de ter violado a Lei de Espiona-

OUTUBRO DE 2020 5
ESTUDO 41

Como ajudar seus


estudantes a chegar
ao batismo — Parte 1
CÂNTICO 78
Ensine a verdade “Vocês são carta de Cristo, escrita por nós como ministros.”
com amor — 2 COR. 3:3.

O QUE VAMOS VER COMO você se sente quando vê um estudante da sua con-
Ensinar significa ajudar al- gregação se batizando? Sem dúvida, fica muito feliz. (Mat.
guém a “pensar, se sentir 28:19) E se você foi a pessoa que dirigiu o estudo dele, a
ou agir de um jeito novo emoção é ainda maior! (1 Tes. 2:19, 20) O progresso e o ba-
ou diferente”. Nosso texto tismo do estudante são provas do trabalho duro e do servi-
do ano para 2020, Mateus ço esforçado que você e outros irmãos da congregação fize-
28:19, nos lembrou que é ram para ajudá-lo. Por isso, podemos dizer que estudantes
importante estudar a Bí- que se batizam são “cartas de recomendação” vivas, não
blia com outros e ajudá-los apenas de seus instrutores, mas também da congregação
a se tornar discípulos bati- inteira. — Leia 2 Coríntios 3:1-3.
zados de Jesus Cristo. 2 É muito bom ver que, nos últimos quatro anos, a média
Este estudo e o próximo
de estudos bíblicos1 dirigidos por mês no mundo todo foi
vão nos mostrar como po-
demos melhorar nesse tra- de cerca de 10 milhões. Durante esse mesmo período, em
balho tão importante. média 280 mil pessoas se batizaram por ano. O que nós po-
demos fazer para ajudar mais pessoas dentre esses milhões
a se batizar? Jeová é muito paciente; ele ainda está ofere-
cendo a todos a oportunidade de se tornar discípulos de
Cristo. Então, temos que fazer tudo ao nosso alcance para
ajudar essas pessoas a chegar ao batismo o mais rápido pos-
1 ENTENDA MELHOR: Se você considera regularmente a Bíblia com alguém
usando uma de nossas publicações ou se baseando nas informações que es-
tão numa publicação, você está dirigindo um estudo bíblico. O estudo pode
ser relatado: 1) se você demonstrou o estudo e o dirigiu duas vezes depois dis-
so e 2) se você tiver motivos para crer que o estudo vai continuar.

1. Como 2 Coríntios 3:1-3 mostra que é um privilégio ajudar alguém a


chegar ao batismo? (Veja a imagem da capa.)
2. (a) Que pergunta importante precisamos nos fazer, e por quê?
(b) O que é um estudo bíblico? (Veja a nota.)

6
Pergunte
ao estudante
se vocês podem
sentar juntos para
fazer o estudo
(Veja os parágrafos
4 a 6.)

sível. O tempo está se esgotando rápido! na. Na tentativa de continuar alimentando


— 1 Cor. 7:29a; 1 Ped. 4:7. o interesse, alguns publicadores pedem o
3 Por causa da necessidade urgente de contato do morador. Daí, entre uma visita
fazer mais discípulos, o Corpo Governan- e outra, eles ligam ou mandam uma men-
te perguntou a filiais de vários países o que sagem para o morador para compartilhar
poderia ser feito para ajudar os estudantes algo da Bíblia. Essas conversas ocasionais
a chegar ao batismo. Neste estudo e no podem durar meses e nunca se tornar um
próximo, vamos ver o que podemos apren- estudo bíblico produtivo. Agora, pare e
der com pioneiros, missionários e superin- pense: se todo o tempo e esforço que um
tendentes de circuito experientes.1 (Pro. morador dedica ao estudo da Bíblia não
11:14; 15:22) Estes artigos vão destacar o passar disso, será que ele vai realmente
que instrutores e estudantes precisam fa- chegar à dedicação e ao batismo? Prova-
zer para que o estudo bíblico seja bem- velmente, não.
sucedido. Nesta primeira parte, vamos ver 5 Numa ocasião, Jesus ilustrou os custos
cinco coisas que todo estudante precisa envolvidos em ser seu discípulo. Primei-
ser ajudado a fazer para progredir até o ro, ele falou sobre uma pessoa que quer
batismo. construir uma torre. Ela precisa ‘se sentar
ESTUDE TODA SEMANA primeiro e calcular a despesa’ para saber
se vai conseguir terminá-la. Depois, Jesus
4 Muitos publicadores estão dirigindo
falou sobre um rei que quer guerrear con-
estudos na porta do morador. Embora
tra outro rei. Esse rei precisa primeiro ‘se
esse seja um bom modo de despertar o in-
sentar e se aconselhar’ para saber se suas
teresse, as conversas geralmente são rápi-
tropas têm condições de ganhar a batalha.
das e nem sempre acontecem toda sema-
(Leia Lucas 14:27-33.) Jesus sabia que o
1 Esses artigos também incluem sugestões publicadas mesmo vale para quem quer se tornar dis-
em Nosso Ministério do Reino entre julho de 2004 e ju-
lho de 2005, na série “Como Dirigir Estudos Bíblicos Pro-
cípulo dele. Cada pessoa tem que analisar
gressivos”. com cuidado o que realmente está envol-
vido em ser um seguidor de Jesus. E nós
3. O que este artigo vai considerar sobre dirigir
estudos bíblicos? 5. De acordo com o ponto destacado por Jesus
4. O que é bom pensarmos sobre os estudos diri- em Lucas 14:27-33, o que pode nos ajudar em nos-
gidos na porta do morador? so trabalho de fazer discípulos?

OUTUBRO DE 2020 7
podemos ajudar nossos estudantes a fa- nos textos “leia”, nas imagens e em qual-
zer essa análise por incentivá-los a estudar quer vídeo que ajude a explicar o assun-
toda semana. Como podemos fazer isso? to. Daí, pense no seu estudante. Medi-
6 O primeiro passo é aumentar a du- te com antecedência em como você pode
ração dos estudos na porta do morador. apresentar a matéria de um modo sim-
Tente incluir mais de um ponto bíblico ples e claro. Assim, seu estudante poderá
em cada visita. Quando o morador estiver entendê-la e colocá-la em prática. — Nee.
acostumado a visitas mais longas, pergun- 8:8; Pro. 15:28a.
8 Algo que deve fazer parte de sua pre-
te a ele: “Tem algum lugar pra gente sen-
tar e conversar mais?” A resposta dele vai paração é orar por seu estudante e pelas
mostrar se ele está levando o estudo da Bí- necessidades dele. Peça que Jeová ajude
blia realmente a sério. Por fim, para acele- você a ensinar a Bíblia de um modo que
rar o progresso do estudante, pergunte: toque o coração dele. (Leia Colossenses
“O que acha de estudarmos duas vezes por 1:9, 10.) Tente prever pontos que o estu-
semana?” Ainda assim, é necessário algo dante talvez ache difícil de entender ou de
mais do que estudar uma ou duas vezes aceitar. Não esqueça que seu objetivo é
por semana. ajudá-lo a chegar ao batismo.
9 Nosso desejo é que o estudo regular
PREPARE-SE PARA CADA ESTUDO da Bíblia faça o estudante se sentir grato
7 Você, como instrutor, precisa se prepa- por tudo o que Jeová e Jesus fazem e
rar bem para cada estudo bíblico. Comece o motive a querer aprender mais. (Mat.
lendo a matéria e consulte os textos cita- 5:3, 6) Para aproveitar o estudo ao máxi-
dos. Tenha os pontos principais bem claros mo, o estudante tem que se concentrar no
em sua mente. Pense no título da lição, que está aprendendo. Para isso, destaque
nos subtítulos, nas perguntas de estudo, que ele precisa se preparar antes de cada
6. O que podemos fazer para ter estudos progres- 8. O que Colossenses 1:9, 10 nos ensina sobre
sivos? orar por nossos estudantes?
7. Como o instrutor deve se preparar para cada 9. Explique como o instrutor pode ajudar o estu-
estudo bíblico? dante a se preparar para o estudo.

Prepare-se bem para


cada estudo e mostre
ao estudante como
se preparar
(Veja os parágrafos 7 a 9.)
Ensine seu estudante
a se comunicar
com Jeová
(Veja os parágrafos
10 e 11.)

estudo. Explique que ele deve ler a lição Bíblia todo dia. (Jos. 1:8; Sal. 1:1-3) Mos-
com antecedência e deve parar para pen- tre a ele como usar a tabela “Programa
sar em como a matéria se aplica à vida de leitura da Bíblia”, que está no jw.org.1
dele. Como você pode ajudá-lo? Prepa- Para que o estudante tire o máximo de
re uma lição junto com o estudante para proveito de sua leitura da Bíblia, explique
mostrar a ele como se faz.1 Explique como que ele deve meditar no que lê. Diga a
encontrar as respostas diretas das pergun- ele que, durante a leitura da Bíblia, ele
tas de estudo. Ensine o estudante a subli- deve se perguntar: ‘O que isso me ensina
nhar apenas palavras ou expressões que sobre Jeová? Como posso aplicar isso na
vão ajudá-lo a se lembrar da resposta. Daí, minha vida?’ — Atos 17:11; Tia. 1:25.
peça para ele responder nas próprias pala- 11 Incentive seu estudante a falar com
vras. Quando o estudante faz isso, você
Jeová. Para isso, ele vai ter que orar todos
consegue saber o quanto ele realmente en-
os dias. Por isso, antes e depois de cada
tendeu da matéria. Mas você deve incen-
sessão de estudo, faça orações de coração
tivar seu estudante a fazer ainda outra
e mencione seu estudante nelas. Quando o
coisa.
estudante escuta você orar, ele aprende
ENSINE O ESTUDANTE A SE COMUNICAR como fazer orações sinceras a Jeová em
COM JEOVÁ TODOS OS DIAS nome de Jesus Cristo. (Mat. 6:9; João
10Além de estudar toda semana com um 15:16) Imagine como seu estudante vai fi-
instrutor, o estudante deve fazer algumas car ainda mais achegado a Deus por escu-
coisas todo dia por conta própria. Ele pre- tar a Jeová através da leitura diária da Bí-
cisa se comunicar com Jeová, ou seja, es- blia e por falar com Jeová por meio da
cutar o que Deus diz e falar com ele. Para oração! (Tia. 4:8) Se seu estudante criar
escutar a Jeová, o estudante deve ler a esses hábitos, ele vai desenvolver algo que
1 Assista ao vídeo de quatro minutos Ensine os Estudan- poderá motivá-lo a se dedicar e se batizar.
tes a Preparar o Estudo. No JW Library˙, acesse MÍDIAS
˛ NOSSAS REUNIÕES E OBRA DE PREGAÇÃO ˛ COMO 1 Acesse ENSINOS BÍBLICOS ˛ AJUDAS PARA ESTUDAR
SER UM PUBLICADOR MELHOR. A BÍBLIA.

10. Por que o estudante deve ler a Bíblia todo dia, 11. Como podemos ensinar um estudante a orar
e como ele pode tirar o máximo de proveito da lei- do modo certo? Por que é importante que ele ore
tura da Bíblia? regularmente a Jeová?

OUTUBRO DE 2020 9
Incentive seu estudante
a começar a assistir
às reuniões o mais
rápido possível!
(Veja os parágrafos 14 e 15.)

AJUDE O ESTUDANTE A DESENVOLVER 13 Nas suas conversas com o estudante,


UMA AMIZADE COM JEOVÁ mostre o quanto você ama a Jeová. Isso
12 Tudo que um estudante aprende da Bí- pode ajudar seu estudante a perceber que
blia não pode ficar só na mente dele; pre- ele também precisa desenvolver um re-
cisa descer para o coração. Por quê? Por- lacionamento achegado com Deus. (Sal.
que o coração (que inclui nossos desejos, 73:28) Por exemplo, talvez a publicação
emoções e sentimentos) é que nos motiva de estudo ou um texto bíblico tenha uma
a agir. Jesus sabia usar a lógica muito bem frase que revela algo sobre Jeová — sobre
para ensinar. Mas as pessoas o seguiam seu amor, sabedoria, justiça ou poder.
porque ele sabia tocar o coração delas. Como essa frase faz você se sentir? Ela
(Luc. 24:15, 27, 32) Seu estudante precisa toca o seu coração? Então, diga isso para
ver que Jeová é uma Pessoa real, ou seja, o seu estudante. Fale que essa qualidade é
é alguém com quem podemos ter amizade. um dos muitos motivos de você amar seu
E ele precisa ver Jeová como Pai, Deus e Pai celestial. Mas ainda há outra coisa que
Amigo dele. (Sal. 25:4, 5) Quando esti- todo estudante deve fazer para poder pro-
ver dirigindo um estudo da Bíblia, faça a gredir até o batismo.
personalidade de Deus ganhar vida. (Êxo.
INCENTIVE O ESTUDANTE A
34:5, 6; 1 Ped. 5:6, 7) Não importa qual o ASSISTIR ÀS REUNIÕES
assunto que vocês estejam estudando, ten- 14 Todos nós queremos que nossos estu-
te fazer seu estudante se concentrar no
dantes progridam até o batismo. Para
tipo de Pessoa que Jeová é. Ajude-o a per-
ajudá-los nisso, devemos incentivá-los
ceber as belas qualidades de Jeová, como
a assistir às reuniões. Instrutores expe-
o amor, a bondade e a compaixão. Je-
rientes dizem que estudantes que come-
sus disse que “o maior e primeiro man-
çam a assistir logo às reuniões progridem
damento” é: “Ame a Jeová, seu Deus.”
mais rápido. (Sal. 111:1) Alguns instruto-
(Mat. 22:37, 38) Tente cultivar no coração
de seu estudante um amor profundo por 13. Como você pode ajudar seu estudante a co-
Jeová. nhecer a personalidade de Jeová? Dê um exemplo.
14. De acordo com Hebreus 10:24, 25, como as
12. Como um instrutor pode ajudar o estudante a reuniões podem ajudar um estudante da Bíblia a
desenvolver uma amizade com Jeová? progredir?

10 A SENTINELA
res explicam para seus estudantes que as nião e pergunte o que ele acha mais in-
sessões de estudo só são metade do pro- teressante. O que seu estudante vai sen-
grama de estudo da Bíblia; para se bene- tir quando assistir à primeira reunião vai
ficiarem da outra metade, eles precisam superar qualquer experiência que ele já
assistir às reuniões. Veja com seu estudan- teve em outras reuniões religiosas. (1 Cor.
te Hebreus 10:24, 25 e mostre por que 14:24, 25) Ele vai conhecer pessoas que
vai ser bom para ele assistir às reuniões. vão ser bons exemplos para ele e que pode-
(Leia.) Mostre a ele o vídeo O Que Aconte- rão ajudá-lo a chegar ao batismo.
16 Com base em tudo o que vimos até
ce em um Salão do Reino?1. Ajude seu estu-
dante a entender que ir às reuniões toda aqui, como podemos ajudar nossos estu-
semana deve se tornar parte importante dantes a chegar ao batismo? Incentive seu
da vida dele. estudante a levar a sério o estudo, a estu-
15 O que você pode fazer se seu estudan- dar toda semana e a se preparar antes de
te ainda não assistiu a nenhuma reunião cada estudo. Além disso, incentive o estu-
ou se ele só vai às reuniões de vez em dante a se comunicar com Jeová todo dia
quando? Fale a ele com empolgação sobre e a desenvolver uma amizade com ele. Por
algo que você aprendeu em uma reunião fim, motive o estudante a assistir às reu-
recente. Isso é mais motivador do que só niões regularmente. (Veja o quadro na pá-
gina 12 “O que o estudante precisa fazer
convidar o estudante para ir às reuniões.
para chegar ao batismo”.) Mas ainda há
Dê a ele a Sentinela ou a Apostila que está
cinco coisas que os instrutores precisam
sendo usada na reunião. Mostre a ele o
fazer para que seus estudantes cheguem
que vai ser considerado na próxima reu-
ao batismo. Quais são? O próximo estudo
1 No JW Library˙, acesse MÍDIAS ˛ NOSSAS REUNIÕES vai explicar isso.
E OBRA DE PREGAÇÃO ˛ AJUDAS PARA A PREGAÇÃO.
16. Que coisas são necessárias para ajudar um
15. O que você pode fazer para incentivar seu es- estudante a chegar ao batismo, e o que vamos ver
tudante a assistir às reuniões regularmente? no próximo estudo?

O QUE VOCÊ APRENDEU?

˛ Como um estudo feito na ˛ Como podemos ensinar o ˛ Como podemos incentivar o


porta do morador pode se estudante a se comunicar estudante a assistir às reu-
tornar produtivo? com Jeová todo dia, e por niões?
que isso é importante?

CÂNTICO 76
Um sentimento especial
O que o estudante Estudar
1 toda semana
precisa fazer para ˙ Dedicar tempo e esforço
para estudar regularmente
chegar ao batismo ˙ Se possível, estudar duas vezes
por semana

Preparar-se
2 para cada estudo
˙ Ler a lição com antecedência
˙ Sublinhar as palavras ou expressões que
respondem a cada pergunta de estudo
˙ Pensar em como a matéria
se aplica à vida dele

3 Comunicar-se
com Jeová todo dia
˙ Escutar a Jeová por ler a Bíblia diariamente
˙ Pensar no que a Bíblia ensina sobre Jeová
˙ Falar com Jeová por orar todos os dias

Desenvolver uma
4 amizade com Jeová
˙ Ver Jeová como uma Pessoa real
˙ Aprender a amar a personalidade e
as belas qualidades de Jeová
˙ Aprender a amar a Jeová de todo o coração

Assistir
5 às reuniões
˙ Aceitar que elas são parte do programa
de estudo da Bíblia
˙ Pensar nos benefícios que pode receber
ao assistir às reuniões
˙ Conhecer pessoas que são bons exemplos

12 A SENTINELA
Deixar a Bíblia O que o instrutor
1 ensinar
˙ Ter autodomínio para não falar demais precisa fazer
˙ Perguntar a instrutores experientes
como melhorar o ensino para ajudar o
estudante a chegar
Ensinar com entusiasmo
2 e convicção ao batismo
˙ Deixar o estudante ver sua empolgação
com as verdades da Bíblia
˙ Contar exemplos de outros que colocaram
em prática o que aprenderam
˙ Incentivar o estudante a contar a outros
o que está aprendendo

Incentivar o estudante
3 a fazer amigos
na congregação
˙ Mostrar interesse sincero pelo estudante
˙ Apresentá-lo a irmãos que podem
ser um bom exemplo
˙ Ajudá-lo a se sentir à vontade
na congregação

Sempre destacar a importância


4 da dedicação e do batismo
˙ Ajudar o estudante a dar os passos
até o batismo
˙ Não economizar elogios e dar incentivos

Avaliar regularmente o
5 progresso do estudante
˙ Procurar sinais de que o estudante
quer servir a Jeová
˙ Se o estudante não estiver progredindo,
falar com ele sobre isso de modo bondoso,
mas franco

OUTUBRO DE 2020 13
ESTUDO 42

Como ajudar seus


estudantes a chegar
ao batismo — Parte 2
CÂNTICO 77 “Preste constante atenção a si mesmo e ao seu ensino.”
Luz num mundo sombrio — 1 TIM. 4:16.

O QUE VAMOS VER A OBRA de fazer discípulos é um trabalho que salva vidas!
Dirigir estudos bíblicos é Por que podemos dizer isso? Em Mateus 28:19, 20, Jesus
um privilégio especial que deu a seguinte ordem: ‘Vão e façam discípulos de pessoas,
Jeová nos dá. Nós pode- batizando-as.’ E como já sabemos bem, o batismo é um re-
mos ensinar nossos estu- quisito para todo aquele que quer se salvar. A pessoa que
dantes a pensar, se sentir deseja se batizar precisa ter fé de que só pode ser salva por-
e agir de um modo que que Jesus deu sua vida como sacrifício e foi ressuscitado.
agrada a Jeová. Este arti- Foi por isso que o apóstolo Pedro disse aos cristãos: ‘O ba-
go vai falar um pouco mais tismo salva vocês agora, por meio da ressurreição de Jesus
de como podemos melho- Cristo.’ (1 Ped. 3:21) Assim, quando um novo discípulo se
rar nossas habilidades de batiza, ele ganha a oportunidade de ser salvo.
ensino. 2 Para fazer discípulos, temos que desenvolver a “arte de

ensino”. (Leia 2 Timóteo 4:1, 2.) Por quê? Porque Jesus


nos deu a ordem: ‘Vão e façam discípulos de pessoas, ensi-
nando-as.’ O apóstolo Paulo disse que é necessário ‘perse-
verar’ nessa obra, “pois fazendo isso você salvará tanto a si
mesmo como aos que o escutam”. Foi com bons motivos
que Paulo disse: ‘Preste constante atenção ao seu ensino.’
(1 Tim. 4:16) Já que, para fazer discípulos, precisamos en-
sinar, queremos que nosso ensino seja o melhor possível.
3 Nós estamos dirigindo estudos bíblicos regulares para

milhões de pessoas. Mas como vimos no artigo anterior,


queremos que mais pessoas dentre esses milhões se bati-
zem. Neste artigo, vamos ver cinco coisas que todo instru-
1. Por que podemos dizer que a obra de fazer discípulos é um trabalho
que salva vidas?
2. De acordo com 2 Timóteo 4:1, 2, que tipo de instrutores devemos
ser?
3. O que este artigo vai mostrar sobre dirigir estudos?

14
Pergunte a um instrutor
experiente como você
pode melhorar sua
habilidade de deixar
a Bíblia ensinar
(Veja os parágrafos 4 a 6.)

tor precisa fazer para ajudar seu estudante da Bíblia. (Leia 1 Tessalonicenses 2:13.)
a chegar ao batismo. Como podemos fazer isso? Incentive o es-
tudante a falar sobre o que está aprenden-
DEIXE A BÍBLIA ENSINAR
do. Em vez de sempre explicar textos da
4 Geralmente, quando gostamos muito Bíblia para o estudante, peça que ele expli-
de um assunto, falamos bastante sobre ele. que alguns para você. Ajude o estudante a
E nós amamos os ensinos da Bíblia. Mas ver como a Palavra de Deus se aplica à
quem dirige um estudo — não apenas estu- vida dele. Faça perguntas para descobrir o
dos bíblicos, mas também o da Sentinela ou que o estudante realmente pensa e sen-
o estudo bíblico de congregação — não te em relação aos textos bíblicos que lê.
deve falar demais. Para deixar a Bíblia en- (Luc. 10:25-28) Por exemplo, pergunte a
sinar, o instrutor precisa ter autodomínio ele: “Como esse texto ajuda você a ver uma
e não ficar tentando explicar tudo o que das qualidades de Jeová?” “Como essa ver-
sabe sobre um texto bíblico ou um assun- dade da Bíblia pode ajudar você?” “Como
to.1 (João 16:12) Pense no seu próprio você se sente em relação a esse ponto que
caso. Quanto conhecimento da Bíblia você acabou de aprender?” (Pro. 20:5) O mais
tinha na época de seu batismo? Provavel-
importante não é o quanto um estudante
mente, você sabia apenas os ensinos bási-
sabe, e sim o quanto ele ama e põe em prá-
cos. (Heb. 6:1) E hoje? Seu conhecimento
tica o que sabe.
aumentou muito, mas isso foi um processo 6 Você costuma chamar instrutores ex-
que levou anos. Por isso, ao dirigir estu-
perientes para acompanhar o seu estu-
dos, não tente ensinar tudo de uma vez.
5 Nós queremos que o estudante entenda
do? Se sim, peça a opinião deles sobre
o modo como você dirige o estudo. Per-
que tudo o que ele está aprendendo vem
gunte se você está deixando a Bíblia ensi-
1 Veja o artigo “3 erros comuns ao dirigir estudos bíbli- nar. Se quiser melhorar suas habilidades
cos”, na Apostila de setembro de 2016. de ensino, você precisa ser humilde. (Veja
4. Por que um instrutor precisa ter autodomínio
também Atos 18:24-26.) Depois, pergunte
ao dirigir estudos bíblicos? (Veja também a nota.) ao publicador experiente se ele acha que
5. (a) De acordo com 1 Tessalonicenses 2:13, o o estudante está entendendo a verdade.
que queremos que o estudante entenda? (b) Como
podemos incentivar o estudante a falar sobre o 6. Por que pode ser bom levar um instrutor expe-
que está aprendendo? riente para acompanhar o seu estudo?

OUTUBRO DE 2020 15
E se você precisar ficar fora por uma ou que enfrentaram dificuldades parecidas e
mais semanas, peça para o publicador ex- que conseguiram vencê-las. Convide para
periente dirigir o estudo em seu lugar. o estudo um irmão da congregação que
Dessa forma, o estudo não vai ser in- pode ser um bom exemplo para o estudan-
terrompido, e seu estudante vai perceber te. Ou use uma das histórias reais emocio-
como o estudo é importante. Nunca pense nantes que estão na série “A Bíblia Muda a
que um estudante é “seu” e que ninguém Vida das Pessoas”.1 Artigos e vídeos como
mais pode dirigir o estudo dele. Afinal, esses ajudam seu estudante a ver que se-
você quer o melhor para o estudante e guir os princípios da Bíblia é o melhor ca-
que ele continue aprendendo mais sobre a minho.
9 Se o estudante for casado, será que o
verdade.
cônjuge dele já está estudando? Se não,
ENSINE COM ENTUSIASMO E CONVICÇÃO convide-o para assistir ao estudo. Incen-
7 O estudante precisa notar o seu entu- tive seu estudante a compartilhar tudo
siasmo e a sua convicção — ou seja, que o que está aprendendo com parentes e
você ama os ensinos da Bíblia e acredita amigos. (João 1:40-45) Como? Pergunte:
neles. (1 Tes. 1:5) Assim, é provável que “Como você explicaria essa verdade para
ele fique mais empolgado com as coisas sua família?” ou “Que texto você usaria
que está aprendendo. Quando apropriado, para provar isso para um amigo?” Desse
diga para ele como algum princípio bíbli- modo, você vai treinar seu estudante para
co específico ajudou você. Isso vai fazê-lo ser um instrutor. E quando ele estiver pre-
perceber que os conselhos da Bíblia tam- parado, ele poderá se tornar publicador
bém podem ser de ajuda para ele. não batizado. Pergunte ao estudante se ele
8 Se seu estudante estiver passando por conhece outras pessoas que gostariam de
problemas, conte casos reais de pessoas 1 No jw.org, acesse QUEM SOMOS ˛ RELATOS DA VIDA
DE TESTEMUNHAS DE JEOVÁ.
7. O que vai fazer seu estudante ficar empolgado
com as coisas que está aprendendo? 9. Como você pode incentivar um estudante a
8. O que mais você pode fazer para ajudar seu es- compartilhar o que está aprendendo com paren-
tudante, e por que isso é bom? tes e amigos?

Conte para seu


estudante casos
reais que o ajudem
a entender como
pôr em prática
princípios da Bíblia
(Veja os parágrafos
7 a 9.)
Incentive seu
estudante a
fazer amigos
na congregação
(Veja os parágrafos
10 e 11.)

estudar a Bíblia. Se ele conhecer, entre não faz verão.” Nós poderíamos adap-
em contato com a pessoa imediatamente e tá-lo para: “Um publicador só não faz
ofereça um estudo bíblico. Mostre a ela o um discípulo.” O bom instrutor apresen-
vídeo Como É um Estudo Bíblico?.1 ta seu estudante para outros irmãos na
congregação que possam ser uma boa in-
INCENTIVE O ESTUDANTE A FAZER
AMIGOS NA CONGREGAÇÃO fluência para ele. Dessa forma, o estu-
dante tem a oportunidade de se associar
10 Você, como instrutor, deve mostrar
com outras pessoas que podem dar a ele
interesse sincero por seus estudantes.
apoio espiritual e emocional. Queremos
Encare cada um como seu futuro irmão
que cada estudante se sinta em casa na
na fé. (Leia 1 Tessalonicenses 2:7, 8.)
congregação e sinta que faz parte de nos-
Não é fácil para um estudante abrir mão
sa família espiritual. Queremos que ele
dos amigos não cristãos e fazer todas
seja atraído pelo amor e pelo carinho que
as mudanças necessárias para servir a
só existem entre os cristãos verdadeiros.
Jeová. Por isso, temos que ajudá-lo a en-
Assim, será mais fácil ele deixar de se as-
contrar amigos verdadeiros na congrega-
sociar com pessoas que não o ajudam a
ção. Seja amigo de seu estudante. Passe
amar a Jeová. (Pro. 13:20) E se acontecer
tempo com ele, não apenas durante o es-
de o estudante ser rejeitado pelos antigos
tudo, mas em outras ocasiões. Faça uma
amigos do mundo, ele já vai saber que, na
ligação, mande uma mensagem de texto
organização de Jeová, ele pode encon-
ou dê uma passada rápida na casa dele en-
trar verdadeiros amigos. — Mar. 10:29,
tre um estudo e outro. Se fizer isso, seu
30; 1 Ped. 4:4.
estudante vai sentir que você realmente
se importa com ele. SEMPRE DESTAQUE A IMPORTÂNCIA
11 Certo ditado diz: “Uma andorinha só DA DEDICAÇÃO E DO BATISMO
12 Sempre fale sobre a importância da
1 No JW Library˙, acesse MÍDIAS ˛ NOSSAS REUNIÕES
E OBRA DE PREGAÇÃO ˛ AJUDAS PARA A PREGAÇÃO. dedicação e do batismo. Afinal, o moti-
vo de estudarmos a Bíblia com uma pes-
10. Como um instrutor pode imitar o exemplo de soa é ajudá-la a servir a Jeová e chegar
Paulo registrado em 1 Tessalonicenses 2:7, 8?
11. O que queremos que nossos estudantes en- 12. Por que devemos falar com o estudante sobre
contrem na congregação, e por quê? a dedicação e o batismo?

OUTUBRO DE 2020 17
Dando um passo por vez,
um estudante da Bíblia
pode chegar ao batismo!
(Veja os parágrafos 12 e 13.)

ao batismo. Depois de poucos meses es- AVALIE REGULARMENTE O


tudando a Bíblia regularmente, e espe- PROGRESSO DO ESTUDANTE
cialmente depois de começar a assistir às 14 É verdade que devemos ser pacientes
reuniões, o estudante já deve entender ao ajudar um estudante a progredir até a
que o objetivo de seu estudo bíblico é dedicação e o batismo. Mas em algum mo-
ajudá-lo a se tornar uma Testemunha de mento temos que descobrir se ele realmen-
Jeová. te quer servir a Jeová. Pergunte-se: ‘Meu
13 Para chegar ao batismo, o estudante
estudante dá sinais de que está tentando
da Bíblia dá vários passos. Primeiro, ele obedecer aos mandamentos de Jesus? Ou
conhece a Jeová e aprende a amá-lo e a será que ele só quer aprender fatos sobre a
ter fé nele. (João 3:16; 17:3) Daí, ele de- Bíblia?’
senvolve uma amizade com Jeová e com 15 Analise regularmente o progresso de
os irmãos da congregação. (Heb. 10:24, seu estudante. Por exemplo, ele diz o que
25; Tia. 4:8) Então, o estudante deixa sente em relação a Jeová? Ele faz orações a
para trás as práticas erradas e se arrepen- Jeová? (Sal. 116:1, 2) Ele gosta de ler a Bí-
de de seus pecados. (Atos 3:19) Nesse blia? (Sal. 119:97) Ele está assistindo regu-
meio-tempo, a fé o motiva a falar sobre larmente às reuniões? (Sal. 22:22) Ele está
a verdade com outras pessoas. (2 Cor. fazendo as mudanças necessárias na vida?
4:13) Por fim, ele se dedica a Jeová e é ba- (Sal. 119:112) Ele costuma contar para pa-
tizado. (1 Ped. 3:21; 4:2) Esse é um dia rentes e amigos o que está aprendendo?
muito especial para toda a congregação! (Sal. 9:1) E o mais importante: ele quer se
À medida que seu estudante vai dando tornar uma Testemunha de Jeová? (Sal.
cada um dos passos que levam ao batis- 40:8) Se o estudante não estiver fazendo
mo, não economize elogios. E sempre o progresso em nenhuma dessas áreas, tente
incentive a continuar progredindo na di-
reção certa. 14. Que perguntas um instrutor deve se fazer para
avaliar o progresso de um estudante?
13. Que passos um estudante dá até chegar ao 15. Que sinais de progresso um instrutor deve
batismo? procurar em seu estudante?

18 A SENTINELA
descobrir por quê. Então, fale com ele so- lidade de fazer discípulos, e queremos que
bre isso de modo bondoso, mas franco.1 nossos estudantes progridam até o batis-
16 De tempos em tempos, avalie se você mo. Por isso, deixe a Bíblia ensinar e ensi-
deve mesmo continuar certo estudo bíbli- ne com entusiasmo e convicção. Incentive
co. Pergunte-se: ‘O estudante tem o costu- os estudantes a fazer amigos na congrega-
me de não preparar o estudo? Ele mostra ção. E sempre destaque a importância da
que não tem nenhum interesse em assistir dedicação e do batismo, avaliando de tem-
às reuniões? Ele ainda tem maus hábitos? pos em tempos o progresso do estudante.
Ele ainda pertence a alguma religião falsa?’ (Veja o quadro na página 13 “O que o ins-
Se a resposta for sim, continuar o estudo trutor precisa fazer para ajudar o estudan-
dessa pessoa é o mesmo que tentar dar au- te a chegar ao batismo”.) Com certeza,
las de natação para alguém que não quer se você fica muito alegre de participar nesse
molhar. Se o estudante não está dando ne- trabalho que salva vidas! Por isso, esteja
nhum valor ao que está aprendendo e não determinado a fazer o seu melhor para aju-
está disposto a fazer mudanças, do que dar seu estudante a chegar ao batismo.
adianta continuar o estudo dele?
17 Nós levamos a sério nossa responsabi-
________________________________________________________________________________________________________________________________

IMAGENS Página 15: Algum tempo depois do es-


1 Veja os artigos “Amor e gratidão a Jeová levam ao ba-
tismo” e “Você está pronto para se batizar?”, na Senti-
tudo, a irmã experiente dá dicas para a irmã que
nela de março de 2020. dirigiu o estudo de como não falar demais.
Página 16: Durante o estudo, a estudante apren-
16. Que coisas podem indicar que não vale a pena de como ser uma esposa melhor. Mais tarde, ela
continuar um estudo bíblico? conta para o marido o que aprendeu. Página 17:
17. De acordo com 1 Timóteo 4:16, o que todos os A estudante e seu marido visitam uma das irmãs
instrutores da Bíblia devem fazer? que ela conheceu no Salão do Reino.

O QUE VOCÊ APRENDEU?

˛ Por que o instrutor precisa ˛ Como podemos ajudar nos- ˛ Por que devemos sempre
ter autodomínio ao dirigir sos estudantes a fazer ami- destacar a importância da
um estudo bíblico? gos na congregação? dedicação e do batismo?

CÂNTICO 79
Ensine-os a se manter firmes
ESTUDO 43

Jeová está guiando


sua organização
CÂNTICO 40 “ ‘Não por força militar nem por poder, mas por meu espírito’,
Você já decidiu? diz Jeová dos exércitos.” — ZAC. 4:6.

O QUE VAMOS VER VOCÊ é batizado? Se for, você declarou publicamente que
Você está convencido tem fé em Jeová e que está disposto a servir com a organi-
de que Jeová está guian- zação1 dele. Como cristão batizado, você precisa continuar
do sua organização hoje? aumentando sua fé em Jeová. E você também precisa au-
Neste estudo, vamos ver mentar sua confiança de que Jeová está usando a organiza-
como Jeová guiou a con- ção dele hoje.
gregação cristã do primei- 2 Atualmente, Jeová guia sua organização de um modo

ro século e como ele conti- que reflete a personalidade, os objetivos e os padrões dele.
nua nos guiando em Vamos ver três qualidades de Jeová que ficam evidentes em
nossos dias. sua organização.
3 Em primeiro lugar, “Deus não é parcial”. (Atos 10:34) Por

amor, Jeová deu seu Filho como “resgate correspondente


por todos”. (1 Tim. 2:6; João 3:16) Jeová deseja muito que
as pessoas tenham fé no resgate e sejam salvas. Por isso, ele
usa seu povo para pregar as boas novas a todos os que qui-
serem escutar. Em segundo lugar, Jeová é um Deus de ordem
e paz. (1 Cor. 14:33, 40) Então, é de se esperar que os ado-
radores dele sirvam juntos como grupo organizado e pacífi-
co. E em terceiro, Jeová é o “Grandioso Instrutor”. (Isa.
30:20, 21) Por isso, sua organização se concentra em ensi-
nar a Bíblia, tanto na congregação quanto na pregação.
Como esses três aspectos da personalidade de Jeová fica-
1 ENTENDA MELHOR: A organização universal de Jeová tem uma parte celes-
tial e uma terrestre. Neste estudo, a palavra “organização” se refere à parte
terrestre.

1. O que os cristãos batizados precisam fazer?


2-3. De que modo Jeová guia sua organização, e que três qualidades
ficam evidentes nela?

20
ram evidentes na congregação cristã do o que parecia impossível — num espaço de
primeiro século? Como podemos notá-los trinta anos, eles já tinham pregado as boas
nos tempos modernos? E como o espírito novas “em toda a criação debaixo do céu”.
santo pode ajudar você a servir com a or- — Col. 1:6, 23.
ganização de Jeová hoje? 7 Nos tempos modernos. Jeová continua

guiando seu povo e dando poder a ele. O


DEUS NÃO É PARCIAL
modo principal de Jeová nos guiar é a Bí-
4 No primeiro século. Jesus pregava uma blia, que foi inspirada pelo espírito santo.
mensagem de esperança para toda a huma- É nela que encontramos um registro do mi-
nidade. (Luc. 4:43) E ele mandou seus se- nistério de Jesus e a sua ordem de con-
guidores continuar esse trabalho. Eles te- tinuar o trabalho que ele mesmo come-
riam que dar testemunho “até a parte mais çou. (Mat. 28:19, 20) Lá atrás, em julho
distante da terra”. (Leia Atos 1:8.) Mas é de 1881, esta revista já dizia: “Não fomos
claro que os discípulos não conseguiriam chamados nem ungidos para receber honra
fazer essa obra sozinhos. Eles precisariam e acumular riqueza, mas para gastar e ser
do espírito santo — “o ajudador” que Jesus gastos, para pregar as boas novas.” O livre-
tinha prometido. — João 14:26; Zac. 4:6. to A Quem se Confia a Obra, publicado em
5 Os seguidores de Jesus receberam o
inglês em 1919, declarou: “A obra parece
espírito santo no Pentecostes do ano 33. tremenda, mas é a obra do Senhor, e na
Com a ajuda desse espírito, eles come- Sua força nós a realizaremos.” Fica claro
çaram a pregar imediatamente. Em pou- que, assim como os primeiros cristãos, os
co tempo, milhares de pessoas aceitaram irmãos dos tempos modernos tinham cora-
as boas novas. (Atos 2:41; 4:4) Quando gem e eram totalmente dedicados ao tra-
começaram a ser perseguidos, os discípu- balho. Eles confiavam que o espírito santo
los não deixaram o medo tomar conta de- os ajudaria a pregar a todo tipo de pessoas.
les, mas recorreram a Jeová. Eles oraram: E nós hoje temos essa mesma confiança.
“Concede que os teus escravos continuem 8 A organização de Jeová sempre usou
a falar a tua palavra com toda a coragem.” as melhores ferramentas disponíveis para
Então, eles ficaram cheios de espírito san- divulgar as boas novas. Entre elas es-
to e “começaram a falar a palavra de Deus tão publicações impressas, o “Fotodrama
com coragem”. — Atos 4:18-20, 29, 31. da Criação”, fonógrafos, carros de som,
6 Os discípulos de Jesus enfrentavam
programas de rádio e, mais recentemente,
outros desafios. Por exemplo, havia pou- computadores e internet. Além disso, a or-
cas cópias das Escrituras. Eles também não ganização de Deus está envolvida no maior
tinham publicações que explicavam as Es- trabalho de tradução da história! Para
crituras, como temos hoje. E eles tinham quê? Para que pessoas de todo tipo pos-
que pregar para pessoas de muitos idiomas sam ouvir as boas novas em seu próprio
diferentes. Apesar de todas as dificulda- idioma. Jeová é imparcial; ele predisse que
des, esses discípulos zelosos conseguiram
7. Como os servos de Jeová dos tempos moder-
4. De acordo com Atos 1:8, que ordem Jesus deu nos sabiam o que Deus queria deles? O que eles fi-
a seus seguidores, e que ajuda eles teriam? zeram?
5-6. De que modos o espírito santo ajudou os se- 8-9. Como a organização de Jeová tem levado as
guidores de Jesus? boas novas a mais pessoas?

OUTUBRO DE 2020 21
A organização de Jeová
sempre usou as melhores
ferramentas disponíveis
para divulgar as boas novas
(Veja os parágrafos 8 e 9.)

as boas novas seriam declaradas “a toda 10 O que você pode fazer. Aproveite ao
nação, tribo, língua e povo”. (Apo. 14:6, 7) máximo o treinamento que Jeová dá em
Ele quer que a mensagem do Reino chegue nossas reuniões. Trabalhe regularmente
a todas as pessoas. com seu grupo de saída de campo. No gru-
9 E aquelas pessoas que são difíceis de po, você pode receber a ajuda que precisa
contatar, como as que vivem em condo- para melhorar na pregação e no ensino,
mínios fechados? Para levar as boas no- e também pode ser encorajado pelo bom
vas a elas, a organização de Jeová ava- exemplo de outros. Não desista de pregar,
liou várias formas de testemunho público. apesar dos desafios. Como diz o texto te-
Por exemplo, em 2001, o Corpo Gover- mático deste estudo, nós fazemos a vonta-
nante aprovou que os irmãos na França de de Deus, não em nosso próprio poder,
usassem carrinhos e displays de publica- mas no poder do espírito santo. (Zac. 4:6)
ções. Mais tarde, publicadores de outros Afinal, o trabalho que fazemos não é nos-
países também começaram a usar esse so, mas de Deus.
método, e os resultados foram positivos.
Em 2011, uma nova forma de pregação JEOVÁ É UM DEUS DE ORDEM E PAZ
foi testada em uma das partes mais movi- 11 No primeiro século. O corpo governan-
mentadas da cidade de Nova York, EUA. te em Jerusalém trabalhava unido para
Durante o primeiro ano do teste, foram manter a ordem e a paz entre o povo de
colocados 102.129 livros e 68.911 revistas. Deus. (Atos 2:42) Por exemplo, no ano 49,
E 4.701 pessoas pediram um estudo bíbli- quando surgiu a questão da circuncisão, o
co! Não havia dúvida de que todo esse
10. O que podemos fazer para ser melhores na
trabalho tinha o apoio do espírito santo.
pregação?
Então, o Corpo Governante aprovou que
11. Como o corpo governante do primeiro século
irmãos de todos os países usassem carri- trabalhou unido para manter a ordem entre o povo
nhos e displays na pregação. de Deus?

22 A SENTINELA
N./ 2 2020

!"#2
34567
N . / 1 20 20

´
O QUE E O
REINO DE
DEUS? COMO ALIVIAR
O ESTRESSE

corpo governante foi guiado pelo espírito dizia: “Os apóstolos falaram muito à pri-
santo e analisou o assunto. Se a congrega- mitiva Igreja sobre ordem . . . É seguro con-
ção continuasse dividida por causa dessa tinuar a seguir com bastante cuidado ‘tudo
questão, a obra de pregação ficaria preju- o que foi escrito no passado’, porque ‘foi
dicada. Apesar de os apóstolos e anciãos escrito para nos ensinar’.” (Rom. 15:4) E
serem judeus, eles não deixaram que sua hoje é possível notar na organização de
decisão fosse influenciada por tradições Jeová o mesmo desejo de ordem e paz que
judaicas ou por aqueles que defendiam es- os primeiros cristãos tinham. Para ilustrar:
sas tradições. Em vez disso, eles recorre- se você fosse assistir ao estudo da Sentinela
ram à Palavra de Deus e ao espírito santo em outra congregação — ou até mesmo em
para saber o que fazer. (Atos 15:1, 2, 5-20, outro país — você saberia como o estu-
28) Qual foi o resultado? Jeová abençoou do seria feito e que artigo seria estudado.
a decisão deles. A congregação continuou Você já ia se sentir em casa! Se não fosse o
em paz e união, e a obra de pregação se- espírito santo de Deus, jamais teríamos
guiu em frente. — Atos 15:30, 31; 16:4, 5. essa união tão preciosa! — Sof. 3:9, nota.
12 Nos tempos modernos. A organização 13 O que você pode fazer. Jeová quer que

de Jeová sempre se esforçou para manter seu povo se esforce para “manter a unida-
a ordem e a paz entre o povo de Deus. Lá de do espírito, no vínculo unificador da
em 1895, o número de 15 de novembro da paz”. (Efé. 4:1-3) Então, pergunte-se: ‘Eu
Torre de Vigia de Sião e Arauto da Presença de contribuo para a paz e união da congrega-
Cristo, em inglês, publicou um artigo cha- ção? Sou obediente aos que exercem a li-
mado “Decentemente e em ordem”. A ma- derança? Será que os outros podem con-
téria se baseava em 1 Coríntios 14:40 e fiar em mim, especialmente se eu tiver
12. O que mostra que existem ordem e paz na or- 13. Pensando nas palavras de Tiago 3:17, que per-
ganização de Jeová hoje? guntas devemos nos fazer?

OUTUBRO DE 2020 23
responsabilidades na congregação? Sou Ele deu aos discípulos um entendimento
pontual, prestativo e disposto a servir?’ mais profundo da Palavra de Deus e os aju-
(Leia Tiago 3:17.) Se você perceber que dou a lembrar de muitas coisas que Jesus
pode melhorar em algum ponto, ore pedin- disse e fez, como as que mais tarde ficaram
do espírito santo. Quanto mais você deixar registradas nos Evangelhos. Esse conheci-
o espírito santo moldar sua personalidade mento não fortaleceu apenas a fé dos pri-
e influenciar suas ações, mais os irmãos meiros cristãos, mas também o amor que
vão amá-lo e valorizá-lo. eles sentiam por Deus, pelo Filho dele e
JEOVÁ NOS ENSINA E NOS EQUIPA uns pelos outros.
15 Em tempos modernos. Jeová predisse
14 No primeiro século. Jeová gosta muito
de ensinar seu povo. (Sal. 32:8) Ele nos que, “na parte final dos dias”, pessoas de
considera como filhos amados e quer que todas as nações afluiriam ao seu monte
cada um de nós o conheça, o ame e viva simbólico para serem instruídas nos cami-
para sempre. Isso seria impossível sem o nhos dele. (Leia Isaías 2:2, 3.) Hoje con-
ensino que ele fornece. (João 17:3) No pri- seguimos ver essa profecia se cumprindo.
meiro século, Jeová usou a congregação A adoração verdadeira é muito superior a
cristã para ensinar seu povo. (Leia Colos- todas as formas de adoração falsa. E Jeová
senses 1:9, 10.) O espírito santo — o “aju- nos oferece um verdadeiro banquete espi-
dador” que Jesus tinha prometido — teve ritual! (Isa. 25:6) Por meio do “escravo fiel
um papel fundamental nisso. (João 14:16) e prudente”, ele nos dá não apenas uma

14. De acordo com Colossenses 1:9, 10, como 15. Como Jeová está cumprindo a promessa em
Jeová ensinava seu povo no primeiro século? Isaías 2:2, 3?

Grave a verdade em seu coração


e a coloque em prática na vida
(Veja o parágrafo 16.)

24 A SENTINELA
quantidade enorme de alimento espiritual, fazer seu melhor quando tiver uma par-
mas também uma variedade impressionan- te na reunião. Se fizer essas coisas, você
te: desde artigos e discursos até vídeos e vai mostrar a Jeová e ao seu Filho que
desenhos animados. (Mat. 24:45) Nós nos você ama as “ovelhinhas” preciosas deles.
sentimos como Eliú, amigo de Jó, que dis- — João 21:15-17.
se com toda a razão: “Que instrutor é se- 17 Em breve, a única organização que vai

melhante a [Deus]?” — Jó 36:22. existir na Terra será aquela guiada pelo es-
16 O que você pode fazer. O espírito de pírito de Deus. Por isso, apoie totalmente
Deus vai ajud á-lo a colocar em práti- a organização de Jeová. Imite o amor im-
ca o que você lê e estuda na Palavra parcial de Deus por pregar as boas novas a
de Deus. Ore como o salmista: “Instrui- todas as pessoas. Assim como ele, mostre
me, ó Jeová, no teu caminho. Andarei na que você ama a ordem e a paz por promo-
tua verdade. Unifica meu coração para te- ver a união da congregação. E aproveite
mer o teu nome.” (Sal. 86:11) Continue se ao máximo o banquete espiritual que nos-
alimentando espiritualmente com tudo o so Grandioso Instrutor nos oferece. Dessa
que Jeová fornece por meio da Bíblia e forma, você não vai sentir medo quando o
de sua organização. É óbvio que seu alvo mundo de Satanás chegar ao fim. Em vez
não deve ser apenas ganhar conhecimento. disso, você terá coragem e estará entre
Você quer que a verdade fique gravada em aqueles que servem lealmente a Jeová com
seu coração e quer colocá-la em prática em a sua organização.
sua vida. O espírito de Jeová pode ajudá-lo
17. De que modos você pode mostrar seu apoio
a fazer isso. Também, não se esqueça de leal à organização de Jeová?
encorajar seus irmãos na fé. (Heb. 10:24,
25) Por quê? Porque eles são sua família. ________________________________________________________________________________________________________________________________

Ore pedindo o espírito de Deus para dar IMAGEM Página 24: Depois de ver vídeos que
comentários sinceros nas reuniões e para mostram irmãos servindo em países que precisam
de mais publicadores, uma pioneira se sente moti-
16. O que você pode fazer para crescer espiritual- vada a imitá-los. Finalmente, ela alcança seu alvo
mente? de servir onde há mais necessidade.

COMO A ORGANIZAÇÃO DE JEOVÁ NOS AJUDA A . . .

˛ pregar a todo tipo de ˛ servir juntos como grupo ˛ aproveitar ao máximo o


pessoas? organizado e pacífico? ensino que vem de Jeová?

CÂNTICO 3
Jeová, minha força e esperança
ESTUDO 44

Será que seus filhos vão


servir a Deus quando
forem adultos?
CÂNTICO 134
Os filhos são uma “Jesus progredia em sabedoria e em desenvolvimento
herança de Deus físico, e no favor de Deus e dos homens.” — LUC. 2:52.

O QUE VAMOS VER GERALMENTE, as escolhas que os pais fazem afetam a vida
Os pais cristãos querem dos filhos por um bom tempo. Se os pais tomam decisões
muito que seus filhos cres- ruins, eles podem causar problemas para seus filhos. Mas se
çam felizes, servindo a eles fazem boas escolhas, há mais chances de seus filhos te-
Jeová. Que escolhas os rem uma vida feliz e satisfatória. E obviamente, os filhos
pais podem fazer para aju- também precisam tomar boas decisões. A melhor decisão
dar os filhos a atingir esse que uma pessoa pode tomar é servir ao nosso amoroso Pai
alvo? Que escolhas os jo- celestial, Jeová. — Sal. 73:28.
vens precisam fazer para 2 José e Maria, os pais de Jesus, estavam decididos a aju-

que sua vida seja realmen- dar seus filhos a servir a Jeová. E as escolhas que fizeram
te bem-sucedida? É o que mostraram que isso era a coisa mais importante em sua vida.
veremos neste estudo. (Luc. 2:40, 41, 52) Jesus também fez boas escolhas na vida
e, por isso, conseguiu realizar o que Jeová esperava dele.
(Mat. 4:1-10) Jesus se tornou um adulto bondoso, leal e co-
rajoso — o tipo de filho que faria qualquer pai se sentir orgu-
lhoso e feliz.
3 Neste estudo, vamos considerar estas três perguntas:

Que boas escolhas Jeová fez em relação a Jesus? O que os


pais podem aprender das escolhas que José e Maria fize-
ram? E o que os jovens podem aprender das escolhas que
Jesus fez?
APRENDA DE JEOVÁ
4 Jeová escolheu ótimos pais para Jesus. (Mat. 1:18-23;
1. Qual é a melhor decisão que alguém pode tomar?
2. Que boas escolhas Jesus, José e Maria fizeram?
3. Que perguntas vamos considerar neste estudo?
4. Que escolha importante Jeová fez com relação a seu Filho?

26
Luc. 1:26-38) Maria tinha muito amor por João 7:5) Além disso, é possível que Jesus
Jeová e pelas Escrituras. Isso fica evidente tenha passado pela triste experiência de
nas palavras sinceras dela registradas na perder José na morte. E como Jesus era o
Bíblia. (Luc. 1:46-55) José também amava filho mais velho, é provável que ele tives-
muito a Jeová e queria agradá-lo. Tanto é se que assumir o trabalho na carpintaria.
que, quando Jeová dava alguma instrução, (Mar. 6:3) Ao passo que foi crescendo, Je-
José obedecia prontamente. — Mat. 1:24. sus aprendeu a cuidar de sua família. Pro-
5 Note que Jeová não escolheu pais ricos vavelmente, era ele que tinha que trabalhar
para Jesus. O sacrifício que José e Maria para providenciar o sustento. Então, ele sa-
levaram ao templo depois que Jesus nas- bia muito bem o que era se sentir cansado
ceu mostra que eles eram pobres. (Luc. depois de um longo dia de trabalho.
2:24) José talvez tivesse uma pequena car- 7 Se você é casado e deseja ter filhos,

pintaria ao lado de sua casa em Nazaré. pergunte-se: ‘Somos pessoas humildes e


Eles provavelmente levavam uma vida bem de mentalidade espiritual? Será que Jeová
simples, ainda mais quando nos lembra- nos escolheria para cuidar de uma vida
mos de que a família foi crescendo a pon- nova e preciosa?’ (Sal. 127:3, 4) Se você
to de ter pelo menos sete filhos. — Mat. já tem filhos, pergunte-se: ‘Estou ensinan-
13:55, 56. do a meus filhos a importância de ser
6 Jeová protegeu Jesus de alguns pe-
bons trabalhadores?’ (Ecl. 3:12, 13) ‘Com
rigos, mas não de todos. (Mat. 2:13-15) tantos perigos físicos e morais neste mun-
Por exemplo, Jesus teve que lidar com do de Satanás, estou fazendo meu melhor
parentes descrentes. Imagine só: No co- para protegê-los?’ (Pro. 22:3) Você não vai
meço, alguns de sua própria família não conseguir impedir que seus filhos passem
acreditaram que ele era o Messias. Deve por desafios; isso é impossível. Mas o que
ter sido muito decepcionante. (Mar. 3:21;
7. (a) Que perguntas um casal deve se fazer sobre
5-6. Por quais experiências Jeová permitiu que a criação de filhos? (b) Como Provérbios 2:1-6
Jesus passasse? pode ser útil na criação de filhos?

Pais, preparem seus


filhos para encarar
o mundo real por
ensiná-los a confiar
nos conselhos
da Bíblia
(Veja o parágrafo 7.)

OUTUBRO DE 2020 27
É tão bonito ver que
muitos pais estão
fazendo ótimas
escolhas espirituais
para suas famílias!
(Veja o parágrafo 11.)

você pode fazer é prepará-los para encarar uma boa rotina espiritual em família. Sem
o mundo real. Com amor, ensine seus fi- dúvida, eles deviam assistir às reuniões se-
lhos a confiar nos conselhos da Bíblia ao manais na sinagoga de Nazaré, e também
enfrentarem problemas. (Leia Provérbios iam todo ano celebrar a Páscoa em Je-
2:1-6.) Por exemplo, talvez um parente de- rusalém. (Luc. 2:41; 4:16) Durante essas
cida não servir mais a Jeová. Você pode viagens em família, José e Maria prova-
usar a Bíblia para mostrar a seus filhos por velmente ensinavam a Jesus e aos outros
que é importante sempre ser leal a Jeová. filhos a história do povo de Jeová. Eles tal-
(Sal. 31:23) Ou então, pode ser que uma vez até aproveitassem o trajeto para visitar
pessoa muito querida venha a falecer. Nes- alguns locais mencionados nas Escrituras.
se caso, mostre a seus filhos como a Bíblia Ao passo que a família foi crescendo, não
nos ajuda a lidar com a dor e a encontrar deve ter sido fácil para José e Maria man-
paz. — 2 Cor. 1:3, 4; 2 Tim. 3:16. ter uma boa rotina espiritual. Mas as bên-
APRENDA DE JOSÉ E MARIA çãos fizeram tudo valer a pena! Por terem
8 José e Maria ajudaram Jesus a se tor-
colocado a adoração de Jeová em primeiro
lugar, a família deles se manteve espiritual-
nar um adulto que tinha o favor de Deus.
mente forte.
Eles seguiram a instrução de Jeová para os
10 O que os pais podem aprender de José
pais. (Leia Deuteronômio 6:6, 7.) José e
Maria amavam muito a Jeová, e eles ti- e Maria? Acima de tudo, deixem que suas
nham como prioridade incentivar os filhos palavras e ações mostrem a seus filhos que
a desenvolver esse mesmo amor. vocês amam muito a Jeová. Tenham em
9 Os pais de Jesus escolheram manter mente que o maior presente que vocês po-
dem dar a eles é ajudá-los a amar a Jeová.
8. Que instrução encontrada em Deuteronômio E uma das lições mais valiosas que vocês
6:6, 7 José e Maria seguiram?
9. Que escolhas importantes José e Maria fize- 10. Que lições os pais podem aprender de José e
ram? Maria?

28 A SENTINELA
podem ensinar a seus filhos é como manter Que alvos vocês
uma boa rotina espiritual — ou seja, sem- querem alcançar?
pre estudar, orar, assistir às reuniões e pre-
gar. (1 Tim. 6:6) É verdade que vocês pre- 1 Servir todos juntos como
cisam cuidar das necessidades materiais pioneiros auxiliares durante
de seus filhos. (1 Tim. 5:8) Mas sempre se a visita do superintendente
lembrem: o que vai ajudá-los a sobrevi- de circuito
ver ao fim deste velho sistema e entrar no
novo mundo não são os bens materiais, e 2 Passar uma semana num
sim uma amizade achegada com Jeová.1 território pouco trabalhado
— Eze. 7:19; 1 Tim. 4:8.
11 É tão bonito ver que muitos pais es- 3 Trabalhar na construção ou
manutenção de um Salão do
tão fazendo ótimas escolhas espirituais
Reino ou Salão de Assembleias
para suas famílias! Eles sempre adoram a
Deus junto com os filhos. Eles assistem
4 Visitar Betel
às reuniões e aos congressos e participam
no serviço de campo. Algumas famílias
até mesmo vão pregar em territórios pou-
co trabalhados. Outras se planejam para
visitar Betel ou para trabalhar na cons- APRENDA DE JESUS
trução de locais usados pela organização.2 12 O Pai celestial de Jesus sempre faz
As famílias que escolhem participar dessas boas escolhas. Os pais terrestres dele tam-
atividades talvez tenham que fazer alguns bém tomaram boas decisões. Mas ao pas-
sacrifícios financeiros, e é provável que en- so que crescia, Jesus teve que fazer suas
frentem alguns desafios. Mas Jeová as re- próprias escolhas. (Gál. 6:5) Como todos
compensa ricamente por isso. (Leia 1 Ti- nós, ele tinha liberdade de escolha. Ele
móteo 6:17-19.) Os filhos dessas famílias poderia ter decidido colocar seus interes-
geralmente levam para a vida toda os bons ses em primeiro lugar. Mas Jesus esco-
hábitos que aprenderam, e eles não se arre- lheu manter seu bom relacionamento com
pendem disso!3 — Pro. 10:22. Jeová. (João 8:29) Como o exemplo de
1 Veja A Adoração Pura de Jeová É Restaurada!, capítu- Jesus pode ajudar os jovens hoje?
lo 6, parágrafos 17 e 18. 13 Quando ainda era bem jovem, Jesus
2 Os pais devem se certificar de que seus filhos tenham escolheu ser submisso a José e a Maria. Ele
a idade mínima exigida por lei para trabalhar em cons-
truções ou manutenções.
nunca foi desobediente, achando que sabia
3 Veja o quadro “Eu não poderia ter pais melhores”, na mais que seus pais. Em vez disso, “conti-
Despertai! de outubro de 2011, página 20, e o artigo nuou a estar sujeito a eles”. (Luc. 2:51)
“Uma carta especial para os pais”, na Despertai! de 8 de
março de 1999, página 25.
Além disso, Jesus sem dúvida levou a sé-
rio suas responsabilidades de filho mais
11. (a) Como o conselho em 1 Timóteo 6:17-19
ajuda os pais a fazer boas escolhas na criação dos 12. O que Jesus teve que fazer ao passo que cres-
filhos? (b) Que alvos sua família pode ter, e que cia?
bênçãos isso pode trazer? (Veja o quadro “Que al- 13. Que escolha importante Jesus fez enquanto
vos vocês querem alcançar?”) ainda era bem jovem?

OUTUBRO DE 2020 29
Jovens, sejam sempre
obedientes a seus pais
(Veja o parágrafo 13.)

velho. Ele certamente se esforçou muito passar por isso, Jesus escolheu ser submis-
para aprender uma profissão com seu pai so a Jeová. Quando se batizou no ano 29, a
adotivo. Dessa forma, ele teria condições coisa mais importante em sua vida era fa-
de ajudar no sustento da família. zer o que Jeová queria. (Heb. 10:5-7) Até
14 É bem provável que José e Maria te- quando estava morrendo na estaca de tor-
nham contado a Jesus sobre seu nascimen- tura, Jesus não esqueceu sua determina-
to milagroso e sobre o que os anjos tinham ção de fazer a vontade de Jeová. — João
falado a respeito dele. (Luc. 2:8-19, 25- 19:30.
38) Mas Jesus não se contentou apenas 16 Obedeça a seus pais. Como José e Ma-
com o que escutou; ele estudou as Escri- ria, seus pais não são perfeitos. Mas foi
turas por conta própria. Como sabemos Jeová que deu a eles a responsabilidade de
que Jesus era um bom estudante da Pala- proteger e treinar você. Se você escutar os
vra de Deus? Porque quando ainda era um conselhos deles e respeitar a autoridade
menino, os instrutores em Jerusalém fica- que eles têm, ‘tudo irá bem com você’.
ram “admirados com o seu entendimento e
— Efé. 6:1-4.
suas respostas”. (Luc. 2:46, 47) Com ape- 17 Decida a quem você vai servir. Você
nas 12 anos, Jesus já tinha provado a si
precisa provar a si mesmo quem é Jeová,
mesmo que Jeová era seu Pai. — Luc. 2:42,
43, 49. qual é a vontade dele e como ela deve in-
15 Quando aprendeu qual era a vontade fluenciar a sua vida. (Rom. 12:2) Então,
você terá condições de tomar a decisão
de Deus para ele, Jesus escolheu aceitar a
designação. (João 6:38) Ele sabia que seria mais importante de sua vida: a de servir a
odiado por muitos. Mesmo não querendo Jeová. (Leia Josué 24:15; Ecl. 12:1) Se
você tiver o hábito de ler e estudar a Bíblia,
14. Como sabemos que Jesus era um bom estu-
dante da Palavra de Deus? 16. Que lição os filhos podem aprender de Jesus?
15. Como Jesus mostrou que tinha escolhido fazer 17. De acordo com Josué 24:15, que decisão cada
a vontade de Jeová? jovem deve tomar por si mesmo?

30 A SENTINELA
seu amor por Jeová vai aumentar, e sua fé coisas que vocês falam. Então, tomem de-
nele vai ficar mais forte. cisões que ajudem seus filhos a ganhar o fa-
18 Escolha colocar a vontade de Jeová em vor de Jeová.
primeiro lugar na sua vida. O mundo de Sa- 20 Jovens, seus pais podem ajudar vocês

tanás diz que o segredo da felicidade é você a fazer boas escolhas na vida. Mas agradar
usar suas habilidades para ficar rico. Mas a Jeová é algo que está apenas em suas
na verdade, aqueles que se concentram em mãos. Por isso, imite a Jesus e escolha
ganhar dinheiro ‘causam a si mesmos mui- servir ao seu amoroso Pai celestial. Se fi-
tos sofrimentos’. (1 Tim. 6:9, 10) Por outro zer isso, você poderá ter uma vida intensa,
lado, se você escutar a Jeová e escolher co- recompensadora e emocionante já agora.
locar a vontade dele em primeiro lugar na (1 Tim. 4:16) E no futuro, você terá a vida
sua vida, você será bem-sucedido e “agirá mais feliz de todas!
sabiamente”. — Jos. 1:8.
20. Que bênçãos os jovens vão receber se esco-
QUAL VAI SER A SUA ESCOLHA? lherem servir a Jeová?
19 Pais, façam seu melhor para que seus
________________________________________________________________________________________________________________________________
filhos escolham servir a Jeová. Confiem
IMAGENS Página 27: Sem dúvida, Maria ajudou
nele, e ele vai ajudar vocês a tomar as me- Jesus a ter um amor profundo por Jeová. Do
lhores decisões. (Pro. 3:5, 6) Lembrem-se mesmo modo, as mães hoje devem ajudar os fi-
que seus filhos são mais influenciados pe- lhos a amar a Jeová. Página 28: José com certe-
las coisas que vocês fazem do que pelas za achava importante ir à sinagoga com sua famí-
lia. Os pais hoje também devem dar importância a
18. Que escolha os jovens devem fazer, e qual vai assistir às reuniões com a família. Página 30:
ser o resultado? Jesus aprendeu alguns serviços com seu pai. Os
19. O que os pais devem lembrar? jovens hoje podem fazer o mesmo.

QUAL É A SUA RESPOSTA?

˛ O que os pais podem apren- ˛ O que os jovens podem ˛ Que bênçãos você recebeu
der das escolhas que Jeová, aprender das escolhas que por colocar a vontade de
José e Maria fizeram com Jesus fez? Jeová em primeiro lugar na
relação a Jesus? vida?

CÂNTICO 133
Quero ser um jovem leal
34567 ˙
VEJA MAIS NO
October 2020  Vol. 141, No. 13 PORTUGUESE (Brazil) JW.ORG

NESTA REVISTA DE NOSSOS ARQUIVOS


______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
O Lightbearer leva a luz da
1920 — Cem Anos Atrás 2 verdade ao sudeste da Ásia
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Apesar de oposição, a corajosa
Estudo 41  7-13 de dezembro 6 tripulação do Lightbearer levou a
luz da verdade para uma enorme
Como ajudar seus estudantes região com muitos habitantes.
a chegar ao batismo — Parte 1 Acesse BIBLIOTECA ˛ SÉRIES DE
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ ARTIGOS ˛ DE NOSSOS ARQUIVOS.
Estudo 42  14-20 de dezembro 14
Como ajudar seus estudantes TEVE UM PROJETO?
a chegar ao batismo — Parte 2 A incr ível pele do pepino-do-mar
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Como esse animal consegue endurecer
Estudo 43  21-27 de dezembro 20 ou amolecer sua pele tão rápido?
Jeová está guiando sua organização Acesse BIBLIOTECA ˛ SÉRIES DE
ARTIGOS ˛ TEVE UM PROJETO?
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Estudo 44  28 de dezembro–3 de janeiro 26


Será que seus filhos vão servir
a Deus quando forem adultos?

IMAGEM DA CAPA:
Ver um querido estudante da Bíblia
Esta revista não é vendida. Ela faz parte de um trabalho ser batizado traz muita alegria
voluntário para ajudar as pessoas no mundo todo a entender para a congregação inteira.
a Bíblia. As despesas desse trabalho são cobertas por (Veja o estudo 41, parágrafo 1.)
donativos. Para fazer um donativo, acesse donate.jw.org.
Se não houver nenhuma observação, os textos bíblicos citados Acesse o site jw.org ˙ ou capture o código
nesta revista são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada.

s
´
A Sentinela, outubro de 2020. A Sentinela e publicada mensalmente pela
Watchtower Bible and Tract Society of New York, Inc., Wallkill, New York,
˜ ´ ´
U.S.A., e pela Associaçao Torre de Vigia de Bıblias e Tratados, Cesario
˜
w20.10-T

Lange, Sao Paulo, Brasil. ˘ 2020 Watch Tower Bible and Tract Society of
200708

Pennsylvania. Impressa no Brasil.

Você também pode gostar