Você está na página 1de 7

O RITUAL DE PROMETHEOS

Este ritual deve ser celebrado toda quarta-feira, de preferência em sincronia com a Loja
Nacional e com todos os irmãos da Grande Loja Napolitana (20h30min - horário de Brasília).

A luminosidade do ambiente deverá ser a menor possível (ambiente penumbra). É sugirido


vestir robe de cor ultramarino de seda com capuz. (ou outra 1roupa de cor roxa destinada ao
sagrado).

Rituais de Prometheos devem ser caracterizados por longos períodos de silêncio e quietude
devocional, pois para se ouvir a mente, deve-se calar a boca. Portanto deverá sempre haver
pausas apropriadas entre cada verbalização. O ritual deve durar de 25 a 30 minutos.

No altar, ao Leste, estão: à sua direita, um candelabro triplo com três velas ou apenas três
velas apagadas na cor roxa. Próximo ao candelábro deve haver um sino. À sua esquerda deve
haver uma Vela de Sete dias de Cor Roxa. Ela também deve estar apaga. Além desses materias,
devem haver: um incensário, incensos de mirra ou olibano. À frente do praticante, estará uma
cópia de Líber Vel Oz e o Pantáculo de Mercúrio (impresso ou desenhado).

Caso o ambiente esteja muito escuro, tenha uma pequena vela auxiliar de cor branca, que servirá
para iluminar o ambiente e posteriormente, acender as demais velas do candelabro.

Enquanto veste o robe, pronuncie a invocação e o mantra:

- Eu me revisto com o manto do Conhecimento Luciferiano


- Óummmmm!

Enquanto amarra o cordão dourado, diga:

- Divido o alto do abaixo, para imperar em mim a vontade divina:


- Thé-lê-maaaaah

Antes de iniciar o ritual, curve-se três vezes diante do seu altar,


com os braços cruzados sobre peito (direito sobre o esquerdo) na
posição denominada “Postura de Osíris”.

*1 – a túnica pode ser substituída por uma camisola longa de cor azul ultramarino.
RITUAL DA LUZ
Assuma a postura do homem vitruviano (estrela pentagramática) e invoque:

Lúxcifer
Primogênito de Deus-,
Portador da Luz,
Ego te Voco!!!

Lúxcifer
Tu que és acusado injustamente,
e habitas o refúgio da luz,
Ego te Voco!!!

Lúxcifer
Envolto por vestes luminosas,
Vem rapidamente à minha presença
Acenda a chama na escuridão da minha noite,
trazei-me tua Luz,

Lúxcifer,
Ego te Voco!!!

(Acenda as três velas do candelabro, sentido anti-horário, começando com a vela central)

(Remova o capuz da cabeça).


(Toque o sino 3 vezes com espaçamento longo entre cada toque).
MEDITATACÃO:

Aqui o praticante deverá sentar com os pés descalços bem plantados no chão e fazer a
canalização da energia telúrica dos pés aos órgãos genitais e dos órgãos genitais à cabeça.

Feche os olhos.
Respire 3 vezes lenta e profundamente.
Coloque sua consciência nos pés, sentindo um pequeno calor nessa região.
Gradativamente você deve subir essa sensação.
Sinta os tornozelos.
Depois suba até as panturrilhas.
Em seguida concentre na parte anterior e posterior dos joelhos.
Sinta as coxas, a região anal e sexual.
Neste ponto, usando os músculos dos órgãos sexuais, comprima e faça sucção da energia.
(use o esfíncter para realizar movimentos de pompoarismo).
Faça sete contrações musculares visualizando com a tela mental a captação de energia.
Dessa região pélvica ascenda a consciência até o ventre.
Depois sinta o plexo solar, tórax e coração.
Sinta os ombros, costas e depois eleve até o pescoço.
Por fim coloque sua consciência na região do crânio, sentindo a nuca, a face, as frontes (testa),
bem na região do entre cílios e a parte superior do crânio.

(A fisiologia ocultista nos explica que temos o poder de colocar nosso ego em qualquer parte
do nosso corpo através do sangue. Por exemplo quando o humano se fere, o ego se move até a
região afetada, conduzindo consigo as substâncias curativas para cicatrizar o ferimento.)

Terminada a meditação, toque o sino 3 vezes lentamente.

(Toque o sino 3 vezes com espaçamento longo entre cada toque).


CONEXÃO COM A ESFERA DE MERCÚRIO:

Invoque Elaios (Arconte de mercúrio), Tiriel (Inteligência de mercúrio) e Tarphthartharath


(espírito de mercúrio), de forma solene, procurando sentir o poder de cada entidade.

(Acenda o incenso)

INVOCAÇÃO
- Eu, (nome do irmão ou da irmã) ............................... , da venerável Ordo Bnei Aur,

Invoco-te:

Eeeee - Laaaa - Iiiii – Aaaa - OOOOssss

Tiiiiii Rhiiiii Elllllll

Tarfff Tarth Arath

Permita-me Saturno, Guardião do Umbral

Conectar-me à sua oitava superior que habita Mercuri

Unindo polegar, indicador e médio, erga sua mão direita, trace o selo de Mercúrio no ar para
depois pronunciar sua invocação:

- SANCTUS OPHIEL TU NOUS, EGO INVOCABO TE

(silêncio)

- SANCTUS OPHIEL TU NOUS, EGO INVOCABO TE

(silêncio)

- SANCTUS OPHIEL TU NOUS, EGO INVOCABO TE

Fig. Selo de Mercúrio (silêncio)


CONTEMPLAÇÃO DE HADIT (SHAKITI)
Acenda a vela roxa destinada a Hadit (Shakiti), à sua esquerda, usando a chama retirada da vela
central do candelabro.

Faça uma pequena pausa devocional, contemplando e refletindo por um breve instante sobre o
simbolismo da chama de Hadit, que arde em seu sexo, em seu coração e em sua mente.

Que Haditi em Saturno me dê Força para agir.

Que Haditi no Sol me dê Amor para agir.

Que Haditi em Mercúrio me dê Intligência para agir.

ALIMENTANDO A EGRÉGORA:
Aqui o irmão deverá visualizar mentalmente algo que traga prazer para sua mente.
Aqueles que possuem dificuldade de visualizar poderão usar os cinco sentidos para despertar o
prazer. Porém acariciar as partes erógenas do seu corpo, (seios e genitálias), não significa
masturbar. Apenas sentir leve prazer bastará para efetivar o ritual que visa alimentar a egrégora.

Olhando para imagem de Baphom (estátua ou impressa), verbalizar:

Praticante: - A todos os Irmãos e Irmãs Bnei Aur. Compartilho convosco este momento de
harmonia e deleite À Glória do Grande de Thot, Hermes, Prometeu, Krishna e

Bah - Fommmm

sob o manto de proteção da Divina Mãe Lilith, Sophia e

Baaaa Baaaa Lommm

Fig. Imagem sugestiva


PROCLAMAÇÃO DA LEI
Coloque a direita sobre o seu coração e pegue a Liber Oz com a mão esquerda. E leia:

- Em nome do Grande Demiurgo, eu proclamo a Lei do novo Eon:

Faze o que tu queres e há de ser tudo da Lei.


Tu não tens direito a não ser fazer a tua vontade.
Faze aquilo, e nenhum outro dirá não.
Todo homem e toda mulher é uma estrela.
Não existe deus senão o homem.

1. O homem tem o direito de viver por sua própria lei


de viver da maneira como quiser viver;
de trabalhar como quiser;
de brincar como quiser;
de descansar como quiser;
de morrer quando e como quiser.

2. O homem tem o direito de comer o que quiser;


de beber o que quiser;
de morar onde quiser;
de se mover como quiser sobre a face da terra.

3. O homem tem o direito de pensar o que quiser;


de falar o que quiser;
de escrever o que quiser;
de desenhar, pintar, lavrar, estampar, moldar, construir como quiser;
de se vestir-se como quiser.

4. O homem tem o direito de amar como quiser:


“tomai vossa fartura e vontade de amor como quiserdes, quando, onde e com quem quiserdes.

5. O homem tem o direito de matar esses que quereriam contrariar seus direitos.

6. Os escravos servirão e os Reis reinarão.

Amor é a lei,
Amor sob vontade
Amor impiedoso!

Com os braços cruzados sobre o peito, curve-se três vezes diante do altar e extinga o fogo de
todas as velas com o abafador, agora na ordem inversa do acendimento.
A chama da vela de Hadit é a primeira a ser apagada.

Diga: SEM O FOGO ÍNTIMO, HÁ O IMPÉRIO DA ESCURIDÃO

Fim
CONFECÇÃO DO MANTO

O portador desse manual de compromete com o dever preserva-lo longe dos olhos curiosos e
não o compartilhar sem a devida permissão do órgão central. Apesar de vivermos num
mundo globalizado, a regra do segredo e sigilo não tange ao mundo externo, mas ao
compromisso íntimo da tua vontade divina interior.

Quebrar sua promessa acarretará consequências que desconhecemos, mas sempre nefastas!

Você também pode gostar