Você está na página 1de 46

Tópicos Especiais em Redes de

Computadores
Unidade II - WiMax – 802.16
Prof Fernando Hämmerli

Adaptado de material do Prof. Sérgio Cardoso


Agenda

 Introdução
 Aplicações
 Camada MAC
 Equipamentos

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 2 2


Introdução

 WiMAX é um acrônimo de Worldwide Interoperability for Microwave


Access.
 Definido pelo IEEE como o padrão 802.16 para transmissão sem fio
ponto-a-ponto e ponto-multiponto para estações fixas (BWA –
Broadband wireless access).
 A versão inicial foi desenvolvida para cobrir várias soluções de BWA
entre 10 e 66-GHz e projetada para atingir até 50 KM.
 Mercado adotou apenas algumas funcionalidades, gerando o padrão
IEEE Std 802.16-2004 que opera em freqüências abaixo de 11-GHz,
aprovado em junho de 2004.
 Versão 2005 possibilitou o uso com velocidades de até 40 Mbit/s e a
versão 2011 chegando até 1 Gbit/s para estações fixas
 É considerada parte da quarta geração (4G) das comunicações wireless
 Cobre uma área de até 50 Km

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 3 3


Introdução

 WiMax permite a
comunicação fixa entre um
ou mais pontos,
comunicação portátil e,
eventualmente,
comunicação móvel sem fio
sem a necessidade de visada
direta com a estação base.

 O fórum WiMAX define como:


 “Um tecnologia padrão que
fornece acesso sem fio de
banda larga, como uma
alternativa as tecnologias
cabo e DSL”

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 4 4


Introdução

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 5 5


Linha do tempo
 IEEE 802.16 (2001)
 Interface aéra para acesso fixo sem fio de banda larga. Especificação para as frequências de 10-
66 GHz
 Uma PHY: Single Carrier
 Orientada a conexão, TDM/TDMA MAC, QoS, Privacidade
 IEEE 802.16a (Janeiro 2003)
 Alteração ao padrão 802.16, Modificações na camada física e MAC para operar na frequência
entre 2 – 11 GHz (NLoS)
 Três PHYs: OFDM, OFDMA, Single Carrier
 Funções adicionais de camada MAC: Suporte a OFDM OFDMA, Suporte a topologia Mesh, ARQ
 IEEE 802.16d (July 2004)
 Combina IEEE 802.16 e 802.16a
 Algumas modificações para camada MAC e PHY
 IEEE 802.16e (2005)
 Alteração do padrão 802.16-2004
 Modificação da camada MAC para incluir mobilidade
 IEEE 802.16m-2011 (2011 - ?)
 Interface aérea com taxas de 100 Mbps para dispostivos móveis e Gbps para fixos
 Conhecido como WiMax Release 2 ou WirelessMAN-Advanced.
 Tem o objetivo de cumprir os requisitos do ITU-R IMT-Advanced para sistemas 4G.

6
Aplicações

 Cobertura de até 50 Km e velocidade de até 70 Mbps compartilhada


entre usuários

7
Aplicações

 Última milha

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 8 8


Aplicações

 E1/T1
 Distribuição rápida
 Eliminação de fios em meios públicos
 Oferecimento de serviços a locais remotos
 Serviço acessível a mais clientes

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 9 9


Aplicações

 Backbone para celulares


(Backhaul)
 Pode atender multiplas
células
 Capacidade de expansão para
novos serviços
 Solução de menor custo que
os backbones cabeados
atuais

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 10 10


Aplicações

 Hotzones
 Provê cobertura para
cidade/região
 Serviços residenciais
 Capacidade de roaming
 Escalabilidade para atender as
demandas de serviço

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 11 11


Aplicações

 Câmeras IP
 Segurança doméstica
 Monitoramento de tráfego
 Segurança pública
 Monitoramento de serviços
públicos

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 12 12


Aplicações

 Hot spot móveis


 Anúncios em tempo real
 Monitoramento de frotas
 E-ticket

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 13 13


Aplicações

 Wireless VoIP
 Simples e baixo custo benefício
 Pode ser integrado com atuais PABXs
 Possui características de QoS, para garantir níveis de serviço
 Até 4800 assinantes comerciais e 7200 residenciais por célula

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 14 14


Características

 É um padrão que define as camadas física e de rede de


dados de conexão banda larga
 Suporta múltiplas especificações na camada física;
 Possibilidade de estabelecer uma rede mesh, compartilhando
recursos e diminuindo custos da rede;
 Possibilitará o estabelecimento de uma conexão mais direta
da rede doméstica com a rede principal (core network) da
Internet;
 Oferece conexão de até 75 Mbps em um raio de 50 km;
 Possui especificação de espectro de RF de 2 a 66Ghz,

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 15 15


Vantagens

 Diminui custos de infra-estrutura de banda larga para


conexão com o usuário final (last mile);
 Deverá ter uma aceitação grande por usuários, seguindo a
tecnologia Wifi (802.11) e diminuindo ainda mais os custos
da tecnologia;
 Possibilitará, segundo a especificação, altas taxas de
transmissão de dados;
 Possibilitará a criação de uma rede de cobertura de
conexão de Internet similar à de cobertura celular,
permitindo acesso à Internet mesmo em movimento;
 Existe amplo suporte do desenvolvimento e aprimoramento
desta tecnologia por parte da indústria.

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 16 16


Desvantagens

 Nos testes realizados mostrou-se como grande frustração


quanto à taxa de transmissão;

 Apesar das muitas iniciativas e pesquisas, essa tecnologia


ainda tem um período de maturação a ser atingido;

 Pode, em alguns países, haver sobreposição de utilização


de frequências com serviços já existentes;

 Em alguns países a tecnologia já foi inviabilizada devido a


uma política específica para proteção do investimento de
capital (CAPEX), já realizado com licenças da tecnologia de
telefonia móvel UMTS.

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 17 17


Modelo de referência

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 18 18


Faixas de freqüência

 Pode operar em duas faixas de freqüência:


 10 – 66 GHz – Faixas licenciadas
 Necessitam de linha de visada
 Não utilizam multipath propagation
 Largura do canal de 25-28MHz
 Pode atingir taxas de 75 Mb/s (segundo a norma)
 Alcance aproximado de 50 Kms

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 19 19


Faixas de freqüência

 2 - 11 GHz
 Faixas licenciadas e não licenciadas (5 - 6 GHz - WirelessHUMANTM)
 Não necessita de linha de visada:
o Devido a essa característica, requer funcionalidades adicionais da
camada PHY, tais como, gerenciamento de potência, múltiplas
antenas, etc...
o Utiliza a Multipath propagation para obter maior cobertura
 Pode ser utilizado em arquitetura Mesh
 Alcance menor, aprox 10Km
 Taxas de aproximadamente 20 Mbps

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 20 20


Faixas de freqüência

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 21 21


Arquiteturas

 Suporte a duas arquiteturas


 Ponto-multi-ponto (PMP)
 Pelo menos uma estação base(BS) coordenando uma célula e as
diversas estações clientes (SS ou CPE)
o Uma estação base(BS)
o Diversos clientes(SS)
 Cada cliente pode atender diversos assinantes
 Mesh
 Não existe estação base, as SS coordenam entre si os acessos a
rede

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 22 22


Ponto-multi-ponto (PMP)
 BS estão conectadas as redes públicas
 BS atende diversas SSs
 BS e SS são estacionárias
 Uma SS atende a um
prédio(comercial ou residencial)
 Provê as SS acesso a primeira milha
das redes públicas
 Atende múltiplos serviços com diferentes
níveis de QoS, simultaneamente

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 23 23


Ponto-multi-ponto (PMP)

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 24 24


Acesso PMP

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 25 25


Acesso PMP

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 26 26


Mesh

 Coordenação distribuída

 Conceitos:
 Vizinho
 Vizinhança
 Vizinhança extendida

 SS conectada a um backbone é denominada Mesh BS

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 27 27


Mesh

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 28 28


Funcionamento
Conexões e Fluxos

 A camada MAC é orientada a conexão


 Aplicação é mapeada em conexões
 Cada conexão recebe um identificador CID
 Cada conexão é associada a um fluxo
 Cada fluxo recebe um identificador (SFID)
 Cada fluxo utiliza uma técnica de alocação de banda

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 30 30


Estrutura do Frame

 O padrão IEEE 802.16 usa um frame de duração de 0.5, 1, ou 2 ms

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 31 31


Estrutura do Frame

 O subframe do downlink inicia com uma seção de controle


de frame, que possui mensagens DL-MAP e UL-MAP
indicando as transições físicas no downlink, assim como a
alocação de largura de banda no uplink

 No subframe do uplink a UL-MAP concede largura de banda


a assinantes específicos

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 32 32


Modulação Adaptativa

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 33 33


Largura canal x Taxa Transferência

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 34 34


Requisição de largura de banda

 Mecanismo que os assinantes utilizam para indicar à


estação base que eles necessitam alocar largura de banda
para o uplink

 Pode ser incremental ou agregada

 Para demanda de largura de banda contínua, como dados


CBR e T1/E1, os assinantes não precisam pedir largura de
banda, a estação base irá conceder sem a solicitação.

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 35 35


Concessão de largura de banda

 Dois métodos de concessão:


 Concessão por conexão (Grant per Connection mode - GPC)
 Concessão por estação (Grant per Subscriber Station mode -
GPSS)

 Para sistemas que operam na faixa de 10-66GHz a


modalidade GPSS é a única permitida

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 36 36


Técnicas de alocação de banda

 Banda não solicitada


 Polling
 Unicast
 Broadcast/Multicast
 Bit PollMe
 Contenção

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 37 37


Qualidade de Serviço (QoS)

 802.16 inclui mecanismos para oferecer QoS diferenciado


para suportar as necessidades de diferentes aplicações

 Acomoda a voz, vídeo, e outras transmissões de dados


usando características apropriadas no MAC.

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 38 38


Classes de Serviço

 Serviço de taxa de bits constante.


 Banda não solicitada
 Bit PM

 Serviço de taxa de bits de tempo real.


 Polling unicast

 Serviço de taxa de bits variável de tempo não-real.


 Polling unicast com intervalo de 1s
 Contenção

 Serviço de melhor esforço


 Todos os métodos

 Cada conexão no sentido do uplink é mapeada para um desses serviços

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 39 39


Fragmentação e Empacotamento

 O padrão IEEE 802.16 permite fragmentação e


empacotamento simultâneos para o uso eficiente da largura
de banda.

 Os dois processos podem ser iniciados por uma estação base


ou por um assinante.

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 40 40


Equipamentos
BS (modelo Aperto)

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 42 42


BS (modelo Aperto)

 Estação Base Aperto instalada na UFOP com antena.


Características:
 Podem ser ligadas de 2 a 32 BS sem necessidade de
equipamento extra de sincronização
 Pode atingir taxas de 20 Mbps em um canal de apenas 6 MHZ
 Suporta diversas faixas de freqüência
 Roteamento IP

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 43 43


BS (modelo Aperto)

 NAT/PPPoE
 VLAN
 Bridge
 Seleção automática de freqüência
 TDMA/TDD
 Gerenciamento SNMP
 QoS
 Suporta o uso de qualquer campo do cabeçalho da camada 2 ou
3; ou porta da camada 4 para identificar o fluxo QoS
 Suporta diversas métricas, como latência, banda, etc

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 44 44


SS (Modelo Aperto)

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 45 45


SS (Modelo Aperto)

 Unidade interna com rádio/antena integrada. Suporta:


 Bridge (até 2000 hosts)
 VLAN
 NAT (até 250 hosts)
 PPPoE
 Roteamento IP
 Antena pode operar em diversas faixas

Tópicos Especiais - Unidade II - IEEE 802.16 - WiMax- Prof Fernando Hämmerli 46 46