Você está na página 1de 8

Movimentos Sociais

EMANCIPA PADRE MIGUEL


PROFª: ROBERTA FREIRE
O QUE SÃO MOVIMENTOS SOCIAIS?
- São ações coletivas organizadas voltadas para a transformação da sociedade ou
para a conservação de determinados arranjos e conquistas.

I) Não apresentam coordenação única, pois surgem e se desenvolvem a partir de ações


coletivas nos planos local, regional e global, e comportam uma diversidade muito grande de
ideias e valores, bem como de atuação e de organização.

II) Suas ações se desenvolvem em torno de interesses e necessidades específicas, mas


também de reconhecimento, para criar uma nova sociabilidade.
O QUE SÃO MOVIMENTOS SOCIAIS?
- A ação dos movimentos orienta-se por um repertório, isto é, os meios através dos quais
chamam a atenção para sua causa ou os que usam na luta para transformá-la em
realidade.

- Relação com o Estado: confronto ou parceria


Assegurados pela Constituição
Estado autoritário e violento x Estado democrático

- Objetivos: transformação ou conservação


Ex.: Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST); Marchas da Família
com Deus e pela Liberdade (1964);
O QUE SÃO MOVIMENTOS SOCIAIS?
- Movimentos Estruturais x Movimentos Conjunturais

- Interpretações sobre Movimentos Sociais


Anos 1950 e 1960: vistos principalmente como causa de conflito e nocivos para ordem
social. Talcott Parsons: qualquer greve, manifestação ou protesto perturbava o bom
funcionamento e o equilíbrio da sociedade. -> Criminalização dos Movimentos Sociais
Perspectiva Marxista: movimentos sociais como motor de mudança, principalmente os
que envolvem luta de classes.
HISTÓRICO BRASILEIRO
- Primeiras lutas articuladas: resistência indígena e resistência de africanos escravizados e
descentes.

- Período colonial
Movimentos regionais pelo fim da escravidão e contra a Monarquia, tendo como
objetivo a instauração de uma República do Brasil ou a proclamação de repúblicas
isoladas. Ex.: a Cabanagem, a Balaiada, a Sabinada, a Revolução Praieira, a
Confederação do Equador e a Guerra dos Farrapos.
Dois grandes movimentos nacionais: abolicionita e republicano.
HISTÓRICO BRASILEIRO
- República Velha
Denúncia da miséria, opressão e das injustiças da República dos Coronéis: a Guerra de
Canudos e a Guerra do Contestado.
Movimentos Sociais Urbanos: greves operárias no sudeste.
Contra as oligarquias políticas regionais: tenentismo e Coluna Prestes.

- República Varguista
O Movimento da Ação Integralista Nacional e a Aliança Nacional Libertadora (ANL).
No Período democrático pós-1945 vários movimentos eclodiram: campanha pela
nacionalização do petróleo, os movimentos agrários (criação das Ligas Camponesas).
Formaram-se sindicatos e centrais sindicais de âmbito nacional.
HISTÓRICO BRASILEIRO
- Ditadura militar
Movimentos estudantis e dos trabalhadores contestaram o regime.
Movimentos armados urbanos e rurais (guerrilhas).
Movimento pela Anistia
Movimento Diretas Já
Na cidade: Movimentos grevistas no ABC Paulista -> nascimento da Central Única dos
Trabalhadores (CUT) e do Partido dos Trabalhadores (PT)
No campo: nascimento do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MTST)
MOVIMENTOS SOCIAIS HOJE
- Permanência dos movimentos trabalhistas e camponeses.

- Fortalecimento dos ditos "novos" movimentos sociais: torna as carências de minorias


uma preocupação que diz respeito a toda sociedade.

- Movimentos de mulheres, movimentos negros, movimentos indígenas, movimentos


LGBTQ+, movimentos ambientalistas, movimentos das PCDs, etc.

- Rede internacional mais viável devido o uso de tecnologias.

Você também pode gostar