Você está na página 1de 7

EXPOSIÇÃO DA CARTA AOS ROMANOS

TEXTO: RM 1:16-17

EXÓRDIO: Saudação a igreja

INTRODUÇÃO

CONTEXTO HISTÓRICO OU LITERAL DA CARTA, CAPÍTULO OU PERÍCOPE, DATA, AUTOR,


DESTINÁTARIO, OCASIÃO, RESUMO DO TEXTO LIDO, O QUE NOS APRESENTA PARA HOJE.

AUTOR: Carta do apóstolo Paulo aos romanos, chamado por Deus para ser o maior expositor
do evangelho para o mundo, o que ele não conseguiu fazer pessoalmente, a sua carta fez e
ainda faz, atravessando os continentes e o tempo.

DATA: Paulo estava no fim da sua terceira viagem missionária.

OCASIÃO: Estava em corinto, e tinha um último assunto a resolver ele precisava levar
pessoalmente uma oferta aos pobres de Jerusalém, oferta dada por membros de igrejas que
ele fundou, e adianta o envio da carta pela irmã Febe, que estava de viagem marcada para
Roma. Ele consegue chegar a Roma somente três anos após o envio da carta.

DESTINÁTARIO: O público alvo da carta é uma igreja local em Roma, de cristãos judeus e
romanos. Igreja que o apóstolo Paulo não fundou, não era conhecido pessoalmente, a não ser
por umas poucas pessoas que ele cita o nome no capítulo 16.

CONTEXTO HISTÓRICO E LITERAL: Romanos é uma Bíblia dentro da bíblia. Cada livro da Bíblia
possui algo de importante para contribuir com a nossa compreensão da história da salvação e
seus efeitos para a vida diária cristã. Porém, mais do que qualquer outro livro da Bíblia,
Romanos reúne o plano da salvação e o estabelece de forma sistemática, ou seja, organizada.

FORMA DA CARTA:

 Do capítulo 1 ao 3:20 = Paulo apresenta o problema da humanidade de todos os


tempos.
 Do capítulo 3:21 ao 11 = Paulo apresenta a solução de Deus para o problema.
 Do capítulo 12 ao 16 = Paulo apresenta a nossa resposta diante da solução.

CONTEXTO DA PASSAGEM: Nos primeiros quinze versículos temos a introdução da carta, com
o apóstolo descrevendo quem ele é e a origem da sua missão, ou seja, chamado por Jesus
Cristo, e o conteúdo da sua pregação, o evangelho de Cristo. Ele quer estar com os irmãos para
abençoar e ser abençoado, e pregar o evangelho e eles também.

RESUMO DO TEXTO LIDO: O texto que será o nosso alimento de hoje, é o tema principal de
todo o livro, é o tema central do evangelho, é o núcleo de toda a história da salvação contida
em toda a bíblia. O apóstolo diz não sentir vergonha do evangelho, não senti vergonha de falar
e ser um seguidor de Cristo, porque ele é o poder de Deus que une e salva pessoas de todo
tipo, nos oferecendo um presente que vem da justiça de Deus, cujo presente deve ser recebido
com fé.

O QUE ISSO NOS APRESENTA PARA HOJE? Estamos em um período pós-moderno, os avanços
tecnológicos em todos os segmentos da vida são as causas de conflitos internacionais, vemos a
cultura do corpo, os novos padrões de beleza, de relacionamentos, de famílias, o surgimento
da era digital, muita gente pelo mundo a fora diante da tela de um computador ou celular,
com milhares de milhares de informações para absorver. Mas uma coisa torna igual todas as
gerações, temos um único grande problema, e a solução é a mesma, continua sendo um
homem que nasceu dois mil atrás, vindo de uma cidade insignificante, um homem sem beleza,
sem posse, com uma péssima reputação, preso e abandonado por seus seguidores, por fim
morto crucificado entre criminosos. Muitas pessoas sentem vergonha desse homem, muitos
de nós já nos envergonhamos também, mas esse homem carregou os nossos pecados, a culpa
a vergonha da cruz, e nos dá a sua vida e perdão, recebendo esses dons pela fé sem nos
envergonhar, sabendo pelo Espírito Santo que ele é o poder de Deus para salvação. Este
homem é Jesus Cristo.

PALAVRA-CHAVE: “PODER” – palavra Grega DUNAMIS ou DYNAMIS – Que dá origem a nossa


palavra dinamite. O evangelho é a dinamite de Deus.

TEMA: A DINAMITE DE DEUS

A luz desse texto veremos algumas lições preciosas:

O Apóstolo Paulo deixa implícito que judeus e gentios, ou seja, todos de todos os tempos
precisam ser salvos. Rm 3:23 confirma isso.

E do que precisamos ser salvos? Resposta: Ap 20:11-15

O problema de todos, meu seu e de todos que amamos, amigos e familiares, crianças, jovens,
adultos e velhos, é um dia comparecermos diante do tribunal de Deus sem estarmos
acompanhado do nosso advogado fiel, Jesus Cristo.

I. O PODER DE DEUS Rm 1:16ª


A. Poder para libertar da culpa do pecado Rm 8:1
B. Poder de Deus para vencer o pecado Rm 6:9:14
C. Poder para nos livrar de uma vez por todas do pecado e tudo que ele causa Ap
21:1-8

Ilustração: A dinamite é usada até hoje para abrir caminhos, para demolir rochas dando
acesso a túneis profundos. O primeiro passo é perfurar vários buracos pequenos na rocha e
colocar as bananas de dinamite, todas elas estão conectadas a um cordel. Quando detonada a
terra treme, o barulho é ensurdecedor, a força da explosão pode causar rachaduras em casas
até cinco quilômetros de distância.

Aplicação: Você entende que necessita desse poder? O evangelho é a dinamite que abri o
nosso coração, e destrói as rochas que impedem você de entender que necessita de Deus, o
evangelho é a dinamite que entra nos túneis do nosso coração destruindo todas as mazelas,
libertando das prisões emocionais, demoníacas, daquilo que escondemos e do que nem
imaginamos sofrer. O evangelho é a dinamite que abri o caminho e nos leva a presença de
Deus. Essa obra é realizada quando cremos pela fé em Jesus.

II. O RESULTADO DO PODER Rm 1:17ª

O significado de A justiça de Deus:

Quatro significados

A. Deus é justo: Faz parte do seu caráter, Ele é o juiz de toda terra.
B. Tudo que ele faz é justo: quando ele salva ou condena pecadores. Essa justiça é a
forma que Deus deixa de condenar um criminoso sem manchar a sua natureza justa.
C. É uma exigência de Deus: Deus requer que sejamos perfeitamente justos para
estarmos diante dele. Não pode ser 99,99%., tem que ser 100%.
➡️Salmos 15 confirma isso. Mas isso é impossível para o ser humano. Deus resolveu
isso também na pessoa de Jesus
D. É um presente oferecido, é um crédito imputado: Como nós não conseguimos pelas
obras alcançar essa justiça de maneira que nos tornemos dignos de estar em sua
presença, Deus toma a iniciativa e nos concede isso nos dando uma justiça que não é
nossa, mas de Cristo. Não é você que o procura, na verdade nós fugimos dele por que
não o amamos e odiamos a sua mensagem, Ele vem em nosso resgate, Seu Espírito
pega o nosso coração morto e cheio de coisas que Deus odeia e o purifica, dá vida, e o
faz desejar ardentemente estar com Deus, Ele nos torna justos, sem crimes, e nos
adota como filhos.

Ilustração: Eu tenho uma cliente que é promotora, todos os dias tem audiência, nessa semana
ela acusou quatro pedófilos, conseguindo no processo quarenta anos de prisão para cada um.
Se ela ajudasse esse pedófilos a serem inocentados, o que você diria sobre ela ou sobre a
nossa justiça?

Aplicação: Isso é o que Deus faz por nós, isso é que Deus pode fazer hoje por você. Nós somos
culpados, e nesse julgamento, Deus o juiz perdoa nosso crime, limpa a nossa ficha, e faz algo
mais extraordinário, nos adota como filhos fazendo-nos seus herdeiros, colocando-nos como
autoridades para anunciar que Ele estar disposto a fazer isso a todos quanto crerem e
confiarem N’ele.

III. A ESSÊNCIA DO PODER Rm 1:17b

O significado de: fé em fé, como está escrito: o justo viverá por fé.

A. A origem: Ela vem de Deus, não é nossa, não nasce na gente. Só temos fé por que ele
nos dá para crermos nele. Cl 2:8, Jo 1:11-14
B. A forma como é anunciada: De fé em fé, ou seja, de um crente ao outro. O apóstolo
Paulo faz três declarações poderosas
a) Versículo 14: sou devedor
b) Versículo 15: estou pronto
c) Versículo 16: não me envergonho

Ilustração: Imagina se eu empresto 1.000,00 reais de você, enquanto eu não pagar sou
devedor, não é vergonhoso dever alguém, vergonha é não estar disposto a pagar a dívida.
Agora imagina se um amigo seu pede para eu te entregar 1.000,00 reais, enquanto esse
dinheiro não chegar na sua mão, eu sou devedor dele, se eu perder eu vou ter que pagar.

Aplicação: O apostolo Paulo entendia o valor da salvação que recebeu, não era dele, pertence
a Deus Jn 2:9 “A salvação pertence a Deus”. Ele tinha que passar isso a outras pessoas, estava
pronto para isso e não se envergonhava. As pessoas pensam que evangelização é uma tarefa
opcional, outros acham que estão prestando um favor a Deus. Evangelizar é nossa obrigação.

C. A maneira como eu vivo: Nós vivemos o dia a dia por fé, trilhando os caminhos de
justiça.
D. A maneira como sou salvo: Do começo ao fim é crendo em Jesus

ARGUMENTO FINAL: O que é crer?


A. Crer é acreditar na história da redenção: A mensagem da cruz não é endereçada
somente ao coração, o cérebro precisa está presente. O apostolo Pedro disse 1 Pe 3:15
que devemos estar prontos para falar das razões pelas quais cremos em Jesus. Mas
não basta saber que Deus existe e que Jesus foi enviado, morreu e ressuscitou. O diabo
e os demônios sabem disso, e não mudou em nada a vida deles.
B. Crer é confiar, é se entregar e seguir: Crer e confiar é saber que Deus é soberano, que
necessitamos do seu perdão, e Ele no seu amor enviou Jesus, que veio ao mundo,
nascido de uma virgem pelo poder do Espirito Santo, carregou meus pecados, padeceu
perante Pôncio Pilatos, morreu em meu lugar, ressuscitou ao terceiro dia, intercede
por mim diante de Deus, portanto entrego toda a minha vida nas mãos dele,
aguardando o dia em que estaremos face a face pela eternidade.

CONCLUSÃO:

Você que ainda não viveu essa explosão do evangelho, eu falo para você a luz das escrituras:
Se arrependa dos seus pecados, se converta a Jesus, creia e confie nele como Senhor e
Salvador. Por que haverá um dia que essa porta da Graça vai se fechar, e você estará diante do
Juiz de toda terra, não esteja lá sem Cristo. Torne-se seu seguidor, seu filho.

Você que já é cristão, eu te pergunto: Você tem vivido pela fé? Prosseguindo em conhece-lo,
sendo testemunha dele as pessoas ao teu redor, você vive na expectativa do seu retorno?
Você tem vivido um relacionamento genuíno diário com Deus? Ou você que se crente tem
encarado a obra como um fardo, um sacrifico, um empecilho? Retorne ao compromisso, peça
de Deus fidelidade, força, coragem, que Deus nos abençoe.

Observações pertinentes:
Leandro você possui uma boa proposta de estrutura, se fosse para uma aula. Quanto
a um sermão não. Acredito que seu afã seja em massificar uma verdade que as vezes
se tem desprezado. Normal. Minha susgestao é que busque a estrutura adequada
onde seu sermão estará mais enxuto, claro e objetivo. E sem duvidas ele falará ate
mesmo a você.
Segue abaixo uma pequena estrutura do seu próprio sermão em outro método:
EXPOSIÇÃO DA CARTA AOS ROMANOS

TEXTO: RM 1:16-17

INTRODUÇÃO

Estamos em um período pós-moderno, os avanços tecnológicos em todos os


segmentos da vida são as causas de conflitos internacionais, vemos a cultura do
corpo, os novos padrões de beleza, de relacionamentos, de famílias, o surgimento da
era digital, muita gente pelo mundo a fora diante da tela de um computador ou celular,
com milhares de milhares de informações para absorver. Mas uma coisa torna igual
todas as gerações, temos um único grande problema, e a solução é a mesma,
continua sendo um homem que nasceu dois mil atrás, vindo de uma cidade
insignificante, um homem sem beleza, sem posse, com uma péssima reputação, preso
e abandonado por seus seguidores, por fim morto crucificado entre criminosos. Muitas
pessoas sentem vergonha desse homem, muitos de nós já nos envergonhamos
também, mas esse homem carregou os nossos pecados, a culpa a vergonha da cruz,
e nos dá a sua vida e perdão, recebendo esses dons pela fé sem nos envergonhar,
sabendo pelo Espírito Santo que ele é o poder de Deus para salvação. Este homem é
Jesus Cristo.

1. Exposição Textual – Introdução. – Leitura do texto (?)


Carta do apóstolo Paulo aos romanos, chamado por Deus para ser o maior
expositor do evangelho para o mundo, o que ele não conseguiu fazer pessoalmente, a
sua carta fez e ainda faz, atravessando os continentes e o tempo. Paulo estava no fim
da sua terceira viagem missionária. Estava em corinto, e tinha um último assunto a
resolver ele precisava levar pessoalmente uma oferta aos pobres de Jerusalém, oferta
dada por membros de igrejas que ele fundou, e adianta o envio da carta pela irmã
Febe, que estava de viagem marcada para Roma. Ele consegue chegar a Roma
somente três anos após o envio da carta.
O público alvo da carta é uma igreja local em Roma, de cristãos judeus e
romanos. Igreja que o apóstolo Paulo não fundou, não era conhecido pessoalmente, a
não ser por umas poucas pessoas que ele cita o nome no capítulo 16. Romanos é
uma Bíblia dentro da bíblia. Cada livro da Bíblia possui algo de importante para
contribuir com a nossa compreensão da história da salvação e seus efeitos para a vida
diária cristã. Porém, mais do que qualquer outro livro da Bíblia, Romanos reúne o
plano da salvação e o estabelece de forma sistemática, ou seja, organizada.

A luz desse texto veremos algumas lições preciosas:

O Apóstolo Paulo deixa implícito que judeus e gentios, ou seja, todos de todos os
tempos precisam ser salvos. Rm 3:23 confirma isso.

E do que precisamos ser salvos? Resposta: Ap 20:11-15


O problema de todos, meu seu e de todos que amamos, amigos e familiares, crianças,
jovens, adultos e velhos, é um dia comparecermos diante do tribunal de Deus sem
estarmos acompanhado do nosso advogado fiel, Jesus Cristo.

IV. O PODER DE DEUS Rm 1:16ª


D. Poder para libertar da culpa do pecado Rm 8:1
E. Poder de Deus para vencer o pecado Rm 6:9:14
F. Poder para nos livrar de uma vez por todas do pecado e tudo que ele
causa Ap 21:1-8
V. O RESULTADO DO PODER Rm 1:17ª

O significado de A justiça de Deus:

Quatro significados

E. Deus é justo: Faz parte do seu caráter, Ele é o juiz de toda terra.
F. Tudo que ele faz é justo: quando ele salva ou condena pecadores. Essa
justiça é a forma que Deus deixa de condenar um criminoso sem manchar a
sua natureza justa.
G. É uma exigência de Deus: Deus requer que sejamos perfeitamente justos
para estarmos diante dele. Não pode ser 99,99%., tem que ser 100%.
➡️Salmos 15 confirma isso. Mas isso é impossível para o ser humano. Deus
resolveu isso também na pessoa de Jesus
H. É um presente oferecido, é um crédito imputado: Como nós não
conseguimos pelas obras alcançar essa justiça de maneira que nos tornemos
dignos de estar em sua presença, Deus toma a iniciativa e nos concede isso
nos dando uma justiça que não é nossa, mas de Cristo. Não é você que o
procura, na verdade nós fugimos dele por que não o amamos e odiamos a sua
mensagem, Ele vem em nosso resgate, Seu Espírito pega o nosso coração
morto e cheio de coisas que Deus odeia e o purifica, dá vida, e o faz desejar
ardentemente estar com Deus, Ele nos torna justos, sem crimes, e nos adota
como filhos.

Aplicacao

Você entende que necessita desse poder? O evangelho é a dinamite que abri o nosso
coração, e destrói as rochas que impedem você de entender que necessita de Deus, o
evangelho é a dinamite que entra nos túneis do nosso coração destruindo todas as
mazelas, libertando das prisões emocionais, demoníacas, daquilo que escondemos e
do que nem imaginamos sofrer. O evangelho é a dinamite que abri o caminho e nos
leva a presença de Deus. Essa obra é realizada quando cremos pela fé em Jesus.

O que é crer?

C. Crer é acreditar na história da redenção: A mensagem da cruz não é


endereçada somente ao coração, o cérebro precisa está presente. O apostolo
Pedro disse 1 Pe 3:15 que devemos estar prontos para falar das razões pelas
quais cremos em Jesus. Mas não basta saber que Deus existe e que Jesus foi
enviado, morreu e ressuscitou. O diabo e os demônios sabem disso, e não
mudou em nada a vida deles.
D. Crer é confiar, é se entregar e seguir: Crer e confiar é saber que Deus é
soberano, que necessitamos do seu perdão, e Ele no seu amor enviou Jesus,
que veio ao mundo, nascido de uma virgem pelo poder do Espirito Santo,
carregou meus pecados, padeceu perante Pôncio Pilatos, morreu em meu
lugar, ressuscitou ao terceiro dia, intercede por mim diante de Deus, portanto
entrego toda a minha vida nas mãos dele, aguardando o dia em que estaremos
face a face pela eternidade.
E.

CONCLUSÃO:

Você que ainda não viveu essa explosão do evangelho, eu falo para você a luz das
escrituras: Se arrependa dos seus pecados, se converta a Jesus, creia e confie nele
como Senhor e Salvador. Por que haverá um dia que essa porta da Graça vai se
fechar, e você estará diante do Juiz de toda terra, não esteja lá sem Cristo. Torne-se
seu seguidor, seu filho.

Você que já é cristão, eu te pergunto: Você tem vivido pela fé? Prosseguindo em
conhece-lo, sendo testemunha dele as pessoas ao teu redor, você vive na expectativa
do seu retorno? Você tem vivido um relacionamento genuíno diário com Deus? Ou
você que se crente tem encarado a obra como um fardo, um sacrifico, um empecilho?
Retorne ao compromisso, peça de Deus fidelidade, força, coragem, que Deus nos
abençoe.

Você também pode gostar