Você está na página 1de 22

Resistência dos

Materiais
ANÁLISE ESTRUTURAL

PROFESSOR: LEANDRO LOPES HERMSDORFF

1
Treliças:
Treliças são estruturas formadas por elementos delgados
ligados entre si pelas extremidades.
Geralmente são unidos
uns aos outros por meio
de uma placa de reforço,
onde eles são soldados
ou aparafusados, ou são
unidos por um parafuso
ou pino.
Treliças Simples:

Treliças simples são treliças planares. As


cargas são aplicadas na treliça pelos nós.
Os nós são os pontos de junção dos
elementos de uma treliça.
Treliças Simples:
No estudo de treliças simples consideramos algumas
aproximações:
 As cargas são aplicadas nos nós da treliça;
 Os membros são unidos uns aos outros por pinos lisos.
Dessa forma, os elementos estão sob tração pura ou
compressão pura.
Método dos nós:
Ao analisarmos uma treliça precisamos conhecer a força
agindo em cada elemento da estrutura. Podemos
encontrar a força nos elementos através do método dos
nós.
Método dos nós:
Para aplicarmos o método dos nós, começamos de um nó
onde há pelo menos uma força conhecida e, no máximo,
duas força desconhecida. Então, fazemos um DCL do nó de
modo que possamos encontrar as demais forças.

Após encontrarmos as forças em todos os elementos


conectados a um nó, passamos para o próximo nó.
Repetimos o processo até que encontremos o
carregamento em todos os elementos.
Método dos nós:
Algumas observações importantes na aplicação do método
dos nós:
 Algumas vezes é conveniente encontrar as reações de
apoio antes de aplicarmos o método dos nós.
 Podemos descobrir se os elementos estão sob tração ou
sob compressão por inspeção da estrutura.
 Caso uma inspeção não resolva, é comum assumirmos
que todos os elementos estão sob tração. Se a força
encontrada para um elemento é negativa, então ele está
sob compressão.
Exemplo:
Determine a força em cada elemento na estrutura e diga se
ele esta sob tração ou sob compressão.
Exemplo:
Determine a força em cada elemento na estrutura e diga se
ele esta sob tração ou sob compressão.
Exemplo:
Determine a força em cada elemento na estrutura e diga se
ele esta sob tração ou sob compressão.
Elementos de força nula:
Elementos de força nula são elementos de uma treliça que
não estão sujeitos a carregamento algum. Eles são
adicionados a uma estrutura de modo a garantir sua
estabilidade em casos de grandes deformações.
De modo geral, os elementos de
força nula podem ser encontrados
via inspeção.
Elementos de força nula:

Note que se dois membros não


colineares formam um nó de uma
treliça e não há carregamento
externo ou reação de apoio nesse
nó, esses membros são elementos
de força nula.
Elementos de força nula:

Caso se três membros formam um nó


em que dois desses membros são
colineares, o terceiro membro é um
elemento de força nula desde que não
haja força externa ou reação de apoio
nesse nó.
Exemplo:
Via inspeção, encontre os elementos de força nula da
treliça a seguir:
Métodos das seções:
Se precisamos encontrar as forças em apenas alguns
elementos de uma treliça, podemos fazer uso do método
das seções.
O método das seções afirma que se uma treliça está em
equilíbrio, então qualquer seguimento de uma treliça está
em equilíbrio.

OBS: o método das seções é válido para qualquer corpo em


equilíbrio!
Métodos das seções:

As figuras ilustram o método


das seções aplicado em uma
barra tracionada (e uma
comprimida). Ao analisarmos
apenas um pedaço da barra
imaginamos que a barra foi
cortada em um plano qualquer.
Métodos das seções:
Assim, notamos que apenas as
forças externas não são
suficientes para que haja o
equilíbrio da barra. Para que
haja o equilíbrio é necessário
considerar forças agindo na
superfície evidenciada pelo
método das seções. Essas forças
são chamadas de forças
internas.
Métodos das seções:
Ao aplicarmos o método das seções em uma treliça,
“cortamos” a treliça separando em duas partes. A seguir,
desenhamos a parte escolhida com todas as forças
externas e reações de apoio agindo em todos os nós.
Métodos das seções:
Então, desenhamos a força interna em cada elemento
“cortado” da parte escolhida e aplicamos as equações de
equilíbrio nessa parte. No geral, supomos que todos
elementos estão sob tração. Caso a força encontrada seja
negativa, o elemento está sob compressão.
Exemplo:
Encontre a força nos elementos BC, FG e CG da treliça
mostrada.
Exemplo:
Encontre a força no elemento CF da treliça mostrada. Trate
as conexões como se fossem pinos:
Exemplo:
Determine a força no membro EB do telhado treliçado
mostrado na figura:

Você também pode gostar