Você está na página 1de 4

Área portuária, incluindo docas, armazéns, equipamentos, águas navegáveis e Abrigos,

e qualquer outro Operações de carga / descarga e / embarque / embarque balsa.


(FUNENSEG, 1995) O Brasil é um país intercontinental com extensão rodoviária total de
mais de 8.500 quilômetros Áreas costeiras navegáveis do Oceano Atlântico, e Mais de
20.000 quilômetros para transporte hidroviário de carga Canais nacionais e
internacionais.

Seu sistema portuário é composto por 37 portos públicos organizados, Pela lei, quatro
portos fluviais do interior são confiados a estados e municípios 12.815 / 2013, sujeito à
sua arte. 2º e 65º, e mais de 40 TUP (Terminal de uso privado), onde o principal desafio
é prover infraestrutura Portos compatíveis com padrões internacionais podem promover
Melhorar a competitividade do Brasil no mercado externo. O novo quadro regulamentar
(Lei 12.813 / 2013) introduz o conceito de Porto Organizado, o marco legal e o Decreto
nº 8.033 / 2013 permitem-nos Conceituar TUP (Terminal Dedicado), que é um método
legal Tentar aproveitar o desenvolvimento da infraestrutura portuária brasileira.

2.2. Portos organizadas: De acordo com a Lei 12.815 / 13, Artigo 2, Artigo 1, Equipado
para atender às necessidades de navegação, carga e descarga Movimento e
armazenamento de passageiros ou carga, e O tráfego e as operações portuárias estão
sob a jurisdição das autoridades portuárias.

2.3. TUP: Terminal concedido pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq)
Aplicável a empresas privadas sujeitas à lei 12.815 / 2013 com patrimônio não
consolidado Um porto público construído ou a ser construído por uma empresa ou
entidade privada Para carregar e descarregar mercadorias Para ou do transporte
marítimo. O governo brasileiro espera que os TUPs possam Torne-se uma grande
mudança na atração de investimentos Competir e melhorar a eficiência da logística
portuária nacional.

Estrutura Portuária

3. Estrutura portuária 3.1 Conceito: Este é um conjunto de todas as instalações


portuárias que buscam serviços portuários Excelência em gestão logística, operacional e
administrativa. 3.2 Partição: A estrutura do porto pode ser dividida em três partes
diferentes: Complexo administrativo, operacional e físico.

3.2.1 A gestão é regida pela lei 12.915, de acordo com seu artigo 17, Exercido
diretamente por sindicatos, representantes ou entidades A concessionária de portos
organizados chama-se Autoridade Portuária. Contudo, As funções no porto bem
organizado foram claramente definidas e são Integração e coordenação das autoridades
portuárias e alfandegárias, Polícia marítima, sanitária, sanitária e marítima. Como
qualquer empresa, a maioria da gestão empresarial Existem alguns problemas na
estrutura portuária que afetam os resultados Pode ser esperado, incluindo intervenção
estatal muito forte e falta de recursos investimento.

A operação portuária é prerrogativa dos operadores portuários. 12.815 / 93, é pessoa


jurídica habilitada a exercer atividades Manuseio de passageiros ou O destino é
transporte aquaviário ou carga do transporte aquaviário A zona portuária é bem
organizada e nem sempre possui as competências necessárias Execute excelentes
operações. (figura 1)

3.2.3 Complexo físico como a terceira parte da estrutura portuária Na obra atual, está
dividido em infraestrutura, superestrutura e Terminais portuários são vitais para o
desenvolvimento Estrutura portuária nacional. Podemos pensar em infraestrutura como
tudo o que é necessário para manutenção A existência e / ou função de um porto ou
instalação portuária, como Passagens marítimas e terrestres, passagens e passagens
de navegação, A infraestrutura, como equipamento de amarração, é dividida em
infraestrutura offshore ou Infraestrutura hidroviária (INFRAMAR) e terrestre (INFATER ou
INFRAPORT)

 COLOCAR FOTO DO TERMINAL DA ALUMAR

Berço ou berço adequado para limitar Profundidade e outras dimensões que não são
adequadas para navegação. Ausente ou Marcações e sinais de navegação insuficientes;
acesso terrestre Não existem estradas ou ferrovias ou o controle de tráfego é estrito. A
superestrutura do porto pode ser entendida como todas Investimentos necessários para
tornar as estruturas portuárias mais eficientes Do ponto de vista das instalações e
melhorias oferecidas aos clientes Por exemplo, produtividade, proteção, etc.

A superestrutura do porto consiste em ativos fixos construídos no porto Infraestrutura,


como armazéns, silos, tanques de água e edifícios de escritórios, e Equipamentos
duráveis, fixos ou móveis, como guindastes, rastreadores, Empilhadeiras e veículos de
carga. (Figura 5) A maioria das superestruturas portuárias no Brasil é operada por
empresas privado. Assim como a infraestrutura, a superestrutura portuária do Brasil é
ineficiente. Está O principal problema é agravado pela falta de pátios, silos e armazéns
Exportação de equipamentos de refrigeração especial, etc .; e Falta de investimento em
equipamentos e tecnologia modernos, Comparável aos padrões internacionais de portos.
A maioria dos terminais portuários dos portos brasileiros são investimentos Nos últimos
anos, a melhoria Desenvolver a estrutura portuária nacional.

A infraestrutura do porto terrestre ou "infravermelho" ou "infravermelho" consiste em


Carga e descarga em instalações portuárias terrestres Terminal de carga, passagem
terrestre, armazém e pátio de transferência Instalações profissionais e vias de circulação
interna, bem como medidas de melhoria E serviços correspondentes, como iluminação,
drenagem, abastecimento, etc.

4.2 Fatores de intervenção e design:


As atuais cotações da infraestrutura portuária brasileira não atendem às novas
exigências Requisitos mais estruturados do mercado de carga internacional Porto
nacional Infraestrutura portuária nacional inadequada foi observada no canal Falta de
balizas e sinalização de vias navegáveis no cais Reduzido em tamanho para acomodar
navios mais modernos; profundidade Locais que são inconsistentes com os requisitos
atuais de projeto e tráfego rodoviário A competição direta entre transporte de carga e
automóvel é acirrada Transporte de passageiros pequenos e locais; localização
estrutural Em área urbana que convive com a cidade Muitos não são mais harmoniosos;
problemas ambientais Concentração de poluentes lançados na atmosfera Carros
queimando combustíveis fósseis ou outros lançamentos de combustível particulados

Obras de Acostagem
6. Projeto de encaixe 6.1 Conceito: São obras ou estruturas grandes e sólidas (cais, cais
e golfinhos) Resistir a altas tensões estruturais, como cargas horizontais Devido ao
impacto do navio durante a atracação e Cabos de amarração para navios de atracação;
cargas verticais concentradas Devido ao equipamento de manuseio de carga; efeito de
impulso Terra etc. Deve cumprir uma série de condições locais para definir O trabalho de
encaixe mais adequado para uma determinada porta, incluindo Teste topográfico
(determinação da profundidade e redução da áreas e subáreas; cálculo de empuxo do
solo e capacidade de suporte. A base utilizada: análise da possível supressão da
estrutura; Reduzir custos e métodos de implementação;
6.2 Tipo: as obras correspondentes são classificadas de acordo com seu tipo Estrutura
contínua ou estrutura discreta
Na estrutura contínua da obra, visita, apoio de Equipamentos, o trabalho de atracação e
amarração da embarcação é Todos são suportados na plataforma principal.

O projeto de encaixe na estrutura contínua pode ser ainda classificado no: 6.2.1) Píer de
parede fechada: pode ser uma parede de gravidade ou estaca borda. A figura abaixo
mostra um pilar de parede fechado. Estacas-pranchas ou paredes de gravidade
preenchem a cortina, Certifique-se de circundar o aterro atrás.

Sistema de âncora: A estabilidade e segurança da estrutura flutuante Sua durabilidade e


localização de uso. Risco A estrutura flutuante é muito grande, e seu sistema de
ancoragem deve Capaz de resistir a tempestades ou ondas fortes Evite ser arrastado
nessas ocasiões. A Figura 48 mostra alguns dos sistemas de ancoragem mais
comumente usados, Tal como Dolphin Frame Navigation System ou D'Alba Duke
System; ancoragem Corrente ou cabo, sistema de perna tensionada ou cabo tensionado
e passagem Conecte-se a outros berços. (Watanabe et al., 2004).

Colocar FOTO DO DOLPHIN

CONSIDERAÇÕES

Infraestrutura portuária nacional do Brasil apesar das melhorias Provido por mudanças
legais envolvendo a indústria e investimentos Implementação, ainda extremamente
carente, falta de atitude e medidas Proporcionar um desenvolvimento contínuo e
sustentável. Necessidade urgente de crescimento e modernização da infraestrutura
Porto nacional, através do crescimento contínuo de Diante da conjuntura mundial e da
urgência, a importância da economia brasileira A demanda da sociedade por produtos e
serviços de melhor qualidade é maior Eficiência e preço justo. O investimento
consistente público ou privado ou público-privado atrai Capital profissional internacional
e segurança jurídica são as soluções fornecidas Estabelecer uma infraestrutura portuária
nacional em condições adequadas para o tráfego e transporte Comércio internacional de
mercadorias e posterior modernização Instalações portuárias e portos brasileiros.
Trabalho da ENGEGRAUT

Depois de mais de 40 anos de trabalho ininterrupto, este é o primeiro trabalho de


restauração eficaz, A estrutura do projeto tem forte degradabilidade e ambiente tóxico.
Origem atual O projeto de restauração dos componentes estruturais do Píer 1, Dolfim,
ponte de acesso e talude, e 2 O cais foi fabricado antes de 2015. Desta vez, ele precisa
ser reforçado, Tenha em consideração o aumento de carga e a dinâmica de trabalho
inerente ao Porto. no No entanto, mesmo assim, o grau de degradação precisa ser
verificado. é claro, Devido ao nível de exame da época, não havia sintomas de
degradação relacionados. A partir daí, deverá ser considerada esta estrutura,
nomeadamente o contacto direto com o quotidiano. A Água do mar e poluentes como
soda cáustica e Alumina prejudica sua vida útil. Como você sabe, após o início da
corrosão do aço de construção, Naturalmente, tende a se tornar passivo devido à
formação de filme de óxido e filme de adesão E outros materiais insolúveis em sua
superfície. Este estado de passivação torna A área ainda serve como área catódica. Íons
indesejados estão presentes por massa de íons Betão, como cloreto, oxigênio, sódio e
hidroxila, irá destruí-lo rapidamente Passivação, que forma uma área pequena e mais
ativa na superfície do aço (ânodo) e é Grande área passiva (cátodo), resultando em
diferença de potencial A corrente de corrosão é crescente e irreversível. A figura a seguir
relata essa situação.

Você também pode gostar