Você está na página 1de 3

POLÍTICA DA SAÚDE NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988

Trataremos nesse item os principais pontos dos artigos 196 a 200 da constituição
federal de 1988, que abrangem as principais atribuições da política social da saúde
e detalham o funcionamento do SUS (Sistema Único de Saúde) nos termos da lei,
especificando os direitos dos cidadãos e as obrigações do estado.

O artigo 196 fala sobre abrangência dos serviços que visam não apenas o
tratamento, como também a proteção e a recuperação dos usuários, através de um
acesso igualitário e universal, que são direitos de todos e dever do estado.

O artigo 197 diz que cabe ao poder público dispor nos termos da lei sobre a
regulamentação, fiscalização e controle, e sua execução deve ser feita diretamente
ou através de terceiros, e também por pessoa física ou jurídica de direito privado.

O artigo 198 e seus três incisos se referem às diretrizes das ações e serviços
públicos de saúde, que integram uma rede hierarquizada e constituem um sistema
único, que tem como base: a descentralização, com direção única em cada esfera
do governo; o atendimento integral, com prioridade para as atividades preventivas
sem prejuízo aos serviços assistenciais, e a participação da comunidade.

O artigo 199 diz que a assistência à saúde é livre à iniciativa privada. Em seu
primeiro parágrafo ele cita que as instituições privadas podem participar de forma
complementar ao sistema único de saúde, mediante contrato de direito público ou
convênio, tendo preferência as entidades filantrópicas e as sem fins lucrativos. O
segundo parágrafo do artigo, diz que é vedada a destinação de recursos públicos
para auxílios ou subvenções às instituições privadas com fins lucrativos, ou seja,
não é possível a destinação de dinheiro público às instituições privadas de saúde. O
terceiro parágrafo do artigo diz que é vedada a participação direta ou indireta de
empresas ou capitais estrangeiros na assistência à saúde no país, salvo nos casos
previstos em lei. O quarto e último parágrafo do artigo diz que a lei disporá sobre as
condições e requisitos que facilitem a remoção de órgãos, tecidos e substâncias
humanas para transplante, pesquisa e tratamento, bem como a coleta,
processamento e transfusão de sangue e seus derivados, sendo vedado todo tipo de
comercialização.
O artigo 200 e seus incisos se referem às atribuições do sistema único de saúde,
que são: controlar e fiscalizar procedimentos, produtos e substâncias de interesse
para saúde e participar da produção de medicamentos, equipamentos,
imunobiológicos, hemoderivados e outros insumos; executar as ações de vigilância
sanitária e epidemiológica, bem como as de saúde do trabalhador; ordenar a
formação de recursos humanos na área de saúde; participar da formulação da
política e da execução das ações de saneamento básico; incrementar, em sua área
de atuação, o desenvolvimento científico e tecnológico e a inovação; fiscalizar e
inspecionar alimentos, compreendido o controle de seu teor nutricional, bem como
bebidas e águas para o consumo humano; participar do controle e fiscalização da
produção, transporte, guarda e utilização de substâncias e produtos psicoativos,
tóxicos e radioativos; e colaborar na proteção do meio ambiente, nele compreendido
o do trabalho.

De acordo com os artigos supracitados, entendemos a partir da constituição federal


de 1988, a incorporação de um conceito mais abrangente sobre saúde (meios
físicos, sócio-econômicos, culturais e biológicos), através de um sistema único, um
conjunto de unidades, serviços e ações que visam a promoção, proteção e a
recuperação dos usuários. Os princípios do sistema de saúde são a equidade, a
integralidade, a informação, a participação dos cidadãos e a complementaridade do
setor privado. No próximo item detalharemos o funcionamento do Sistema Único de
Saúde na prática.
Referências Bibliográficas:

BRASIL. [Constituição (1988)]. Seção II: Saúde. [S. l.: s. n.], 2016. Disponível em:
https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/518231/CF88_Livro_EC91_201
6.pdf. Acesso em: 13 maio 2020.

Você também pode gostar