Você está na página 1de 2

FAJOPA – FACULDADE JOÃO PAULO II

CURSO DE FILOSOFIA

DOCENTE: MAURÍLIO RODRIGUES


DISCIPLINA: CIÊNCIAS DA RELIGIÃO II

NOTAS DE AULA 13/02/2020

A Realidade das Religiões no Brasil

Os cidadãos católicos ainda representam a maior religião dos brasileiros visto que, a
profissão de fé católica está incutida no Brasil desde o início da sua colonização. Os religiosos
da Congregação da Companhia de Jesus – os Jesuítas vieram acompanhando os primeiros
europeus durante o processo de desbravamento e colonização. Os Jesuítas também foram os
pioneiros no processo de formação dos institutos educacionais no país. Os grandes grupos
escolares particulares eram geridos pelos membros da Companhia de Jesus, na época os
alunos eram admitidos mediante a um processo seletivo e somente os que tinham posses
poderiam frequentá-las.
Entretanto, se atrelarmos a queda na porcentagem de católicos em relação a
população brasileira ao enfraquecimento das práticas católicas, estaríamos sendo injustos
visto que, as informações contidas no mesmo, geram dúvidas quanto a sua veracidade, além
de que os dados apresentados no censitário estão mal tabulados, além que de o mesmo não
condizer com a realidade, pois deve-se considerar que a Igreja Católica está inserida em
diversos campos da sociedade como escolas, hospitais, centro de assistência social. Além de
que os dados contidos nos censitários anteriores foram realizados em um período em que
haviam menos brasileiros, ou seja, no período das pesquisas haviam 50% dos brasileiros
católicos e atualmente são um números menor do que 50% não quer dizer que a práticas
católicas foram reduzidas, elas permanecem do mesmo modo, ou seja, a participação dos fiéis
católicos se mantive.
Desse modo, pode-se considerar que não só os líderes católicos bem como os agentes
públicos acabam por aderir ao catolicismo, visto que muitas cidades tiveram a sua origem ao
redor de uma capela que posteriormente se tornou uma paróquia e a cidade toda se
desenvolveu em torno. Podemos citar o exemplo da cidade de Pedrinhas Paulista no interior
do estado de São Paulo, no qual Monsenhor Ernesto Montagner, foi um sacerdote italiano que
veio ao Brasil acompanhando os imigrantes italianos e além de ser o cura da salvação das
almas ele zelava pelos direitos sociais e civis dos munícipes, ou seja, a fé católica não se
restringiu ao campo espiritual, mas contribuiu para o desenvolvimento da sociedade. Um
segundo exemplo é o Santuário Nacional de Aparecida em que milhares de romeiros não só
brasileiros como estrangeiros veem para manifestar a sua devoção, ou melhor manifestar a sua
fé no maior santuário mariano localizado no Brasil.
Assim sendo, deve-se considerar o fato de que as práticas devocionais e religiosas
que tem aumentado em determinadas regiões do país devido não só ao surgimento de diversos
movimentos que incluem os jovens nas universidades como o GOU – Grupo de Oração
Universitário, além dos grupos de oração associados há RCC – Renovação Carismática
Católica, além da retomada das tradicionais confrarias do santo rosário que endossam o
arcabouço das devoções e práticas religiosas católicas.