Você está na página 1de 177

Estado:

Instruções de Uso

Oxylog 3000 plus

ADVERTÊNCIA Ventilador de Emergência Portátil


Para uma compreensão plena das
características de desempenho deste Software 1.n
equipamento médico, o usuário deverá
ler atentamente estas Instruções de
Uso antes de utilizar o equipamento
médico.
Como trabalhar com estas Instruções de Uso

Como trabalhar com estas Instruções de Uso

O título do capítulo principal no cabeçalho da Marcas comerciais


página ajuda na orientação e na navegação.
– Oxylog®
As instruções para o usuário combinam texto
– AutoFlow®
e ilustrações, fornecendo uma descrição geral
abrangente do sistema. As informações são apre- – DrägerService®
sentadas em etapas de ação sequenciais, permi-
são marcas comerciais da Dräger.
tindo que o usuário aprenda diretamente como
utilizar o equipamento.
Marca comercial utilizada sob licença
O texto fornece explicações e instrui o usuário
passo a passo sobre a utilização prática do pro- – BIPAP
duto, com instruções breves e claras, em sequên-
é uma marca comercial utilizada no contexto do
cias fáceis de seguir.
acordo de licença com a Respironics.
1 Números consecutivos indicam as ações a
serem adotadas, reiniciando-se a numeração
Definições
com “1” para cada nova sequência de ações.
z Os itens indicam ações individuais ou opções ADVERTÊNCIA
diferentes para uma ação. Um texto de ADVERTÊNCIA contém informa-
– Os travessões indicam listas de dados, opções ções importantes sobre uma situação poten-
cialmente perigosa que, se não for evitada,
ou objetos.
pode ocasionar lesões graves ou morte.
(A) As letras entre parênteses se referem a ele-
mentos na imagem relevante. ATENÇÃO
Uma mensagem de ATENÇÃO fornece informa-
ções importantes sobre situações potencialmente
As ilustrações mostram a relação entre o texto
perigosas que, se não forem evitadas, poderão
e o equipamento. Os elementos mencionados no
resultar em lesões leves ou moderadas no usuá-
texto estão em destaque. Não há detalhes desne-
rio ou no paciente, bem como em danos ao equi-
cessários.
pamento ou outros bens.
As apresentações esquemáticas de imagens da
tela orientam o usuário e permitem reconfirmar as NOTA
ações realizadas. As imagens de tela atuais podem Uma NOTA fornece informações adicionais
ser diferentes quanto ao aspecto ou configuração. destinadas a evitar problemas durante
A As letras se referem aos elementos indicados o funcionamento.
no texto.
Abreviações e símbolos
Convenções tipográficas Para obter as explicações, consulte “Abreviações”
Qualquer texto exibido na tela e qualquer etiqueta na página 21 e “Símbolos” na página 22.
no equipamento estão impressos em negrito
e itálico, por exemplo, PEEP, Ar ou Ajustes
do Alarme.

2 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Índice

Índice

Para a sua segurança e a dos seus Iniciar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 49


pacientes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5 Carregar a bateria . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50
ADVERTÊNCIAS e ATENÇÕES gerais . . . . . 8 Determinar o tempo de funcionamento
pneumático aproximado . . . . . . . . . . . . . . . . 51
Aplicação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11 Verificar a disponibilidade
Uso previsto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12 de funcionamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52
Indicações e contraindicações . . . . . . . . . . . . 12 Calibração do zero de CO2
Ambiente de utilização . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13 e verificação do
filtro antes da ventilação (opcional). . . . . . . . 56
Visão geral . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15 Preparação para utilização após
a verificação do sistema, calibração
Painel frontal com todas as opções . . . . . . . . 16
do zero e verificação do filtro de CO2 . . . . . . 59
Funções . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
Abreviações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21 Funcionamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 61
Símbolos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
Operação inicial. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 62
Conceito de funcionamento . . . . . . . . . . . . 25 Preparar o modo de ventilação . . . . . . . . . . . 64
VC-CMV, VC-AC . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 65
LIGAR ou DESLIGAR. . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26
VC-SIMV, VC-SIMV/PS . . . . . . . . . . . . . . . . . 68
Controles da ventilação . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
PC-BIPAP, PC-BIPAP/PS . . . . . . . . . . . . . . . 71
Controles de funcionamento do visor . . . . . . . 28
SpnCPAP, SpnCPAP/PS . . . . . . . . . . . . . . . . 73
Teclas de funções adicionais . . . . . . . . . . . . . 29
NIV – Ventilação não invasiva
Estrutura da tela . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30
(ventilação por máscara). . . . . . . . . . . . . . . . 76
Funções especiais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 77
Montagem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 33
Concentração de O2 com
Bateria interna recarregável . . . . . . . . . . . . . . 35 mistura de O2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 79
Conexão da fonte de alimentação . . . . . . . . . 36 Definir a correção de HME . . . . . . . . . . . . . . 80
Fonte de alimentação externa . . . . . . . . . . . . 37 Calibração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 81
Conexão do suprimento de gás . . . . . . . . . . . 39 Brilho da tela . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 81
Montagem do circuito Volume de alarme . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 81
reutilizável adulto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41 Desligar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 82
Montagem do circuito
descartável adulto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 43 Alarmes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 83
Montagem do circuito descartável
Tipos de alarmes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 84
pediátrico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 44
Quando ocorre um alarme . . . . . . . . . . . . . . 85
Conexão do filtro bacteriológico
Configuração dos limites de alarme . . . . . . . 87
ou HME. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 45
Conectar o sensor de CO2 Monitoração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 89
e o cuvete . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 46
Pendurar o Oxylog 3000 plus Visualizar curvas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90
em sistemas Visualizar os valores medidos . . . . . . . . . . . . 90
de calha normais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 47 Medição de CO2 (opcional) . . . . . . . . . . . . . . 91

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 3


Índice

Configuração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 95 Princípios de funcionamento . . . . . . . . . . . 157


Ajuste dos parâmetros de configuração Modos de ventilação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 158
e visualização de informações . . . . . . . . . . . . 96 AutoFlow . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 162
Visualizar a configuração e informação . . . . . 97 Espaço morto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 164
Modo de Assistência ao cliente . . . . . . . . . . . 98 Determinar o tempo de ciclo, tempo
Manual de assistência ao cliente . . . . . . . . . . 110 inspiratório e tempo expiratório . . . . . . . . . . . 164
Descrição funcional . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 165
Resolução de problemas. . . . . . . . . . . . . . . 111
Alarme – Causa – Solução. . . . . . . . . . . . . . . 112 Lista de acessórios . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 167
Mensagens na janela de alarmes . . . . . . . . . 112
Índice . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 169
Mensagens na janela de informação . . . . . . . 120
Mensagens de erro durante
a verificação do aparelho . . . . . . . . . . . . . . . . 122

Limpeza, desinfecção
e esterilização. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 123
Desmontagem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 124
Procedimento de reprocessamento . . . . . . . . 128
Lista de reprocessamento . . . . . . . . . . . . . . . 131

Manutenção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 133
Intervalos de manutenção do
Oxylog 3000 plus . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 134
Inspeções de segurança . . . . . . . . . . . . . . . . 135
Substituir a bateria interna . . . . . . . . . . . . . . . 136
No caso de falha do ventilador . . . . . . . . . . . . 136

Eliminação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 137
Informações sobre segurança . . . . . . . . . . . . 138
Instruções para a eliminação . . . . . . . . . . . . . 138

Dados técnicos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 139


Condições ambientais . . . . . . . . . . . . . . . . . . 140
Configurações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 141
Dados de desempenho . . . . . . . . . . . . . . . . . 142
Exibição de valores medidos e curvas . . . . . . 144
Monitoração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 145
Dados de funcionamento . . . . . . . . . . . . . . . . 146
Especificações do equipamento. . . . . . . . . . . 149
Materiais utilizados . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 150
Documentação técnica para
o Oxylog 3000 plus em conformidade
com a norma IEC 60601-1-2 . . . . . . . . . . . . . 152

4 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Para a sua segurança e a dos seus pacientes

Para a sua segurança e a dos seus pacientes

Siga rigorosamente estas


Instruções de Uso. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Manutenção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Acessórios . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Conexão segura com outro
equipamento elétrico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Modificações. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Segurança do paciente. . . . . . . . . . . . . . . . . . 7
Monitoração de pacientes . . . . . . . . . . . . . . . 7
Segurança funcional. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7
Monitoração apropriada . . . . . . . . . . . . . . . . . 7

ADVERTÊNCIAS e ATENÇÕES
gerais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Atenção com o risco de compatibilidade
eletromagnética (EMC). . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Instalação dos acessórios . . . . . . . . . . . . . . . 9
Somente uma cópia das
Instruções de Uso está disponível . . . . . . . . . 9

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 5


Para a sua segurança e a dos seus pacientes

Siga rigorosamente estas Acessórios


Instruções de Uso
ADVERTÊNCIA
ADVERTÊNCIA Apenas os acessórios indicados na lista de
Qualquer utilização do equipamento médico acessórios foram testados e aprovados para
requer a completa compreensão e observân- uso com o equipamento médico. Por isso,
cia de todas as partes destas Instruções de recomenda-se a utilização exclusiva desses
Uso. O equipamento médico destina-se ape- acessórios em conjunto com o equipamento
nas à utilização para o fim especificado em médico específico. Caso contrário, o funcio-
“Uso previsto” na página 12, em conjunto namento correto do equipamento poderá
com a monitoração adequada do paciente. estar comprometido.
Respeite rigorosamente todos os textos
de ADVERTÊNCIA e ATENÇÃO indicados ADVERTÊNCIA
ao longo das Instruções de Uso bem como Quaisquer equipamentos conectados, ou
o texto indicado nos rótulos do equipamento combinação de equipamentos, que não este-
médico. Não seguir estas instruções é consi- jam em conformidade com os requisitos indi-
derado um uso indevido deste equipamento cados nestas Instruções de Uso, poderão
médico. afetar o funcionamento correto do equipa-
mento médico. Antes da utilização do equipa-
mento médico, consulte a documentação e as
Manutenção respectivas Instruções de Uso de todos os
equipamentos ou combinação de equipamen-
tos que estiverem conectados.
ADVERTÊNCIA
O equipamento médico deve ser inspecio-
nado e assistido regularmente por pessoal
técnico qualificado.
Conexão segura com outro equipamento
elétrico
A Dräger recomenda que seja feito um con-
trato de manutenção com a DrägerService
e que todos os reparos sejam efetuados ADVERTÊNCIA
por esse serviço. A Dräger recomenda o uso As conexões elétricas a equipamentos não
de peças originais da Dräger nos reparos relacionados nestas Instruções de Uso deve-
e manutenção. Caso contrário, o funciona- rão ser feitas somente após consultar os res-
mento adequado do equipamento médico pectivos fabricantes. Pode ocorrer um mau
poderá ser afetado. funcionamento do equipamento bem como
risco de ferir o paciente.
Consulte o capítulo “Manutenção”.

Modificações

ADVERTÊNCIA
Não é permitido modificar o equipamento.

6 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Para a sua segurança e a dos seus pacientes

Segurança do paciente Monitoração apropriada

A concepção do equipamento médico, a literatura ADVERTÊNCIA


anexa e as etiquetas no equipamento se baseiam
Utilize sempre um monitor separado de SpO2
no pressuposto de que a aquisição e o uso do equi-
para pacientes dependentes de uma concen-
pamento se limitam a profissionais treinados, e que
tração exata de O2.
o operador com formação específica conhece
certas características inerentes do equipamento
A função de monitoração do Oxylog 3000 plus
médico. Por isso as instruções, advertências e tex-
garante uma monitoração adequada da terapia de
tos de atenção se limitam basicamente às especifi-
ventilação. Para assegurar uma monitoração ade-
cidades de concepção da Dräger.
quada durante a ventilação, defina os seguintes
Esta publicação exclui referências a vários perigos limites de alarme:
considerados óbvios para um profissional médico
– Pressão das vias aéreas, Pva
e operador deste tipo de equipamento médico,
a consequências do uso incorreto do equipamento – Volume minuto expiratório, VMe
médico e a efeitos potencialmente adversos para
– Frequência respiratória (se aplicável), FR
os pacientes em condições anômalas.
– etCO2 (se aplicável)
A modificação e o uso incorreto do equipamento
médico podem ser perigosos. Não definir limites de alarme adequados pode
suprimir os alarmes relacionados a:
– Mudanças bruscas na condição do paciente
Monitoração de pacientes
– Ajustes incorretos e manuseio incorreto
Os usuários do equipamento médico são respon- – Fuga no circuito
sáveis por uma monitoração segura apropriada
que forneça informações adequadas sobre
o desempenho do equipamento e do estado
do paciente.
A segurança do paciente pode ser garantida por
uma ampla variedade de meios, desde a vigilância
eletrônica do desempenho do equipamento e das
condição do paciente até a observação simples
e direta dos sinais clínicos.
A seleção do melhor nível de monitoração do paci-
ente é responsabilidade exclusiva do operador do
equipamento médico.

Segurança funcional

O desempenho essencial do Oxylog 3000 plus


é definido como sendo:
O fornecimento adequado de ventilação à porta de
conexão do paciente ou a geração de um estado
de alarme.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 7


Para a sua segurança e a dos seus pacientes

ADVERTÊNCIAS e ATENÇÕES gerais

Os textos de ADVERTÊNCIA e ATENÇÃO que ADVERTÊNCIA


se seguem se aplicam ao funcionamento geral
Mantenha disponível um balão de reanimação
do equipamento. Os textos de ADVERTÊNCIA
manual.
e ATENÇÃO específicos de subsistemas ou
de recursos distintos aparecem nos respectivos Ao detectar uma falha no ventilador e as suas
tópicos em seções posteriores do manual. funções de suporte vital não puderem mais
ser garantidas (por ex., no caso de falha de
energia ou interrupção na administração de
Atenção com o risco de compatibilidade O2), iniciar imediatamente a ventilação com
eletromagnética (EMC) um equipamento de ventilação independente
(balão de reanimação), utilizando a PEEP e/ou
Informações gerais sobre compatibilidade a concentração de O2 inspirada aumentada,
eletromagnética (EMC) segundo a norma conforme necessário.
EMC internacional IEC 60601-1-2:
ADVERTÊNCIA
Os equipamentos médicos elétricos estão
Para assegurar uma ventilação adequada,
sujeitos a medidas de precaução especiais
considere o espaço morto total do circuito
quanto à compatibilidade eletromagnética (EMC)
de ventilação, particularmente quando aplicar
e precisam ser instalados e colocados em funcio-
volumes correntes pequenos. Procure sinais
namento em conformidade com as informações
de reinalação.
de EMC. Consulte a seção “Documentação
técnica para o Oxylog 3000 plus em conformidade Risco de reinalação de CO2.
com a norma IEC 60601-1-2” na página 152.
NOTA
Os equipamentos de comunicação por
radiofrequência portáteis e móveis podem Um valor de etCO2 por si só não é suficiente para
afetar os equipamentos médicos elétricos. tomar decisões médicas.

ADVERTÊNCIA
A monitoração da ventilação é sempre obriga-
tória! Sempre que um paciente estiver conec-
tado ao ventilador é necessário que haja
atenção constante de pessoal médico qualifi-
cado para prestar a ação corretiva imediata
no caso de um mau funcionamento.
O operador não deve se apoiar apenas
na monitoração incorporada do ventilador,
mas deve assumir sempre a total responsabi-
lidade pela ventilação adequada e a segu-
rança do paciente em todas as situações.

8 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Para a sua segurança e a dos seus pacientes

Instalação dos acessórios

ATENÇÃO
A instalação de acessórios no Oxylog 3000 plus
deve ser feita de acordo com estas Instruções de
Uso. Certifique-se de que as conexões estejam
firmemente encaixadas no sistema básico.

Siga rigorosamente as Instruções de Montagem


e as Instruções de Uso.

Somente uma cópia das Instruções


de Uso está disponível

NOTA
Só há uma cópia das Instruções de Uso incluída
no pacote clínico. Ela deve ser mantida em um
local acessível aos usuários.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 9


Esta página foi intencionalmente deixada em branco

10 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Aplicação

Aplicação

Uso previsto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12

Indicações e contraindicações . . . . . . . . . . 12

Ambiente de utilização. . . . . . . . . . . . . . . . . 13

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 11


Aplicação

Uso previsto

O Oxylog 3000 plus é um ventilador de emergência Operador previsto: o aparelho destina-se a ser
portátil, controlado por volume e por pressão, com utilizado por, e sob a supervisão de profissionais
funcionamento por ciclos, destinado para pacien- da saúde como médicos, enfermeiros, técnicos
tes que necessitam de ventilação mandatória de emergência médica, fisioterapeutas
ou assistida com um volume corrente de 50 mL e paramédicos.
ou mais.

Indicações e contraindicações

O equipamento se destina para uso em pacientes


adultos e pediátricos com um volume corrente
de 50 mL ou superior.

ADVERTÊNCIA
O ventilador Oxylog 3000 plus só pode ser
utilizado sob a supervisão de profissionais
da saúde para o caso de ser necessária uma
ação corretiva imediata devido a uma avaria
do aparelho.

12 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Aplicação

Ambiente de utilização

Ambiente previsto para uso:


– Utilização móvel para pacientes de emergên-
cia, tanto em ambientes externos quanto
internos.
– Durante o transporte em ambulâncias ou aero-
naves, inclusive helicópteros.
– Em departamentos de acidente e emergência.
– No deslocamento de pacientes ventilados
dentro do hospital.
– Na sala de recuperação.
ADVERTÊNCIA
Não use o equipamento médico em câmaras
hiperbáricas.
Ele poderá apresentar um mal funcionamento,
constituindo um perigo para o paciente.

ADVERTÊNCIA
Não utilize o equipamento médico em con-
junto com equipamentos de ressonância mag-
nética (IRM, RMN, IMN).
Ele poderá apresentar um mal funcionamento,
constituindo um perigo para o paciente.

ADVERTÊNCIA
Este equipamento médico não é aprovado
nem certificado para utilização em áreas em
que possam ocorrer misturas de gás combus-
tível ou explosivo.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 13


Esta página foi intencionalmente deixada em branco

14 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Visão geral

Visão geral

Painel frontal com todas as opções . . . . . . 16


Vista lateral, direita . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Vista traseira. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Circuito adulto, reutilizável . . . . . . . . . . . . . . . 18
Circuito adulto, descartável . . . . . . . . . . . . . . 18
Circuito pediátrico, descartável . . . . . . . . . . . 19

Funções. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
Funções de ventilação
do Oxylog 3000 plus. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20

Abreviações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21

Símbolos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 15


Visão geral

Painel frontal com todas as opções

A BC D E FG

H
V I
U J
K
L
T M

Parte frontal
S R Q P O N
A Visor com páginas de telas para a aplicação L Tecla Pausa Insp. para iniciar uma inspiração
específica manual ou prolongar o tempo inspiratório atual.
B Tecla Alarmes para exibir as definições M Tecla Start/Standby (Iniciar/Em espera)
de alarme na janela “Ajustes e Alarmes” e para N Símbolos de visualização da fonte de alimenta-
mudar as páginas de tela ção Estado da carga da bateria interna
C Tecla Ajustes para apresentar parâme- Fonte de alimentação pela rede elétrica
tros de ventilação (tela de ventilação) na janela conectada
“Ajustes e Alarmes” e para mudar as páginas O Botão rotativo para selecionar, alterar e confir-
da tela mar as definições
D Tecla para definir o modo de ventilação P Botão de controle para definir a concentração
SpnCPAP de O2 FiO2
E Tecla para definir os modos de ventilação Q Botão de controle para definir a Pmax de pres-
VC-CMV / VC-AC são inspiratória máxima
F Tecla para definir o modo de ventilação R Botão de controle para definir a frequência res-
VC-SIMV piratória FR
G Tecla para definir o modo de ventilação S Botão de controle para definir o volume cor-
PC-BIPAP rente VT
H Indicadores de alarme vermelho e amarelo T Explicação dos códigos de cores para predefi-
I Tecla para cancelar o alarme sonoro por nição rápida da FR e VT
2 minutos Curves

U Tecla Curvas para mudar entre as cur-


J Tecla Reset Alarme para confirmar mensagens vas de pressão, fluxo ou CO2 (opcional) na
de alarme apresentação pequena e grande
K Tecla de O2-Inalação para inalação de O2 ou V Tecla Valores para mudar as páginas da
tecla 100 % O2 para aplicação de 100 % de O2, tela na janela “Valores Medidos”
de acordo com a opção de fábrica

16 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Visão geral

Vista lateral, direita Vista traseira

A
A
B C
H
C
B
D
G
E

Parte traseira
F Lado

A Entrada de ar de emergência A Entrada de ar de emergência

ATENÇÃO ATENÇÃO
Não obstrua a entrada de ar de emergência. Não obstrua a entrada de ar. Isso pode resultar
Isso pode resultar no mau funcionamento no mau funcionamento do ventilador.
do ventilador.
B Entrada de ar fresco com um cartucho de filtro
B Parafuso para fixar a tampa do compartimento
C Suporte de proteção
da bateria
C Conectores para tubos de medição ATENÇÃO
Não utilize o suporte de proteção como manípulo.
D Saída de gás para circuito ventilatório
Colocar o equipamento em uma posição vertical
E Conector para alimentação de O2 pode levar a oscilação da pressão das vias
aéreas.
F Conector para alimentação de energia
G Conector para o sensor de CO2
H Conector para o cabo de comunicação
de dados

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 17


Visão geral

Circuito adulto, reutilizável Circuito adulto, descartável

C C D E
D

B
B

E
A A
001

002
A Conector angular A Conector angular
B Sensor de fluxo B Sensor de fluxo
C Válvula ventilatória C Válvula ventilatória
D Tubo de ventilação D Tubo de ventilação
E Tubos de medição de fluxo e de pressão E Tubos de medição de fluxo e de pressão

18 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Visão geral

Circuito pediátrico, descartável

C D
A B

E
08137170

A Conector angular
B Sensor de fluxo
C Válvula ventilatória
D Tubo de ventilação
E Tubos de medição de fluxo e de pressão

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 19


Visão geral

Funções

Funções de ventilação do Para uma descrição detalhada dos modos de ven-


Oxylog 3000 plus tilação e definições adicionais, consulte “Princípios
de funcionamento” na página 157. “Abreviações”
Modos de ventilação: na página 21.

– Ventilação controlada por volume: NOTA


– VC-CMV / VC-AC, Nestas Instruções de Uso, a unidade de
medição da pressão para vias aéreas
– VC-SIMV. é expressa em [mbar]. No entanto, em alguns idi-
– Ventilação controlada por pressão: omas o visor do Oxylog 3000 plus exibe [cmH2O].

– PC-BIPAP. Um [mbar] que equivale aproximadamente


a um [cmH2O].
– Suporte de respiração espontânea:
– SpnCPAP. NOTA
As abreviações dos modos de ventilação VC-,
PC- e Spn- não são exibidas no visor.
Definições adicionais de ventilação:
– Pressão de suporte: nos modos de ventilação
VC-SIMV, PC-BIPAP, SpnCPAP,
– Ventilação de apneia: no modo de ventilação
SpnCPAP,
– AutoFlow (opcional): nos modos de ventilação
VC-CMV, VC-AC e VC-SIMV.
– NIV: nos modos de ventilação: SpnCPAP (/PS),
PC-BIPAP (/PS), VC-CMV / AF, VC-AC / AF
e VC-SIMV / AF.

Procedimento especiais:
– Pausa inspiratória,
– Inalação de O2 (opcional), com uma máscara
de inalação.

20 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Visão geral

Abreviações

Abreviações Explicação Abreviações Explicação


100 % O2 Fluxo de 100 % O2 PC-BIPAP Pressão bifásica positiva das vias
AF AutoFlow aéreas, controlada por pressão
BF Fluído corporal PEEP Pressão expiratória positiva final
bpm Respirações por minuto PIF Fluxo inspiratório máx.
BTPS Temperatura Corporal, Pressão, Pinsp Pressão inspiratória
Saturada PIP Pressão inspiratória máxima
C Complacência pulmonar Pmax Pressão inspiratória máxima
CO2 Dióxido de carbono permitida

CSM Modo de Assistência ao cliente Pmean Pressão das vias aéreas média

ΔPsup Pressão positiva acima da PEEP Pplat Pressão de platô

EMC Compatibilidade eletromagnética PS Pressão de suporte

ESD Descarga eletrostática Pva Pressão das vias aéreas

etCO2 Concentração corrente final de CO2 R Resistência

FiO2 Concentração de oxigênio inspirado RF Radiofrequência


fracional SpnCPAP Pressão positiva contínua nas
FR Frequência respiratória vias aéreas espontânea
(frequência) SPO2 Saturação de oxigênio periférico
FRapn Frequência respiratória durante Tapn Tempo anterior ao reconhecimento
a ventilação em apneia da apneia
FRC Capacidade residual funcional Te Tempo expiratório
FRsp Frequência respiratória espontânea Ti Tempo inspiratório
HME Troca de calor e umidade Tplat % Tempo de platô em % de tempo
I:E Relação do tempo inspiratório inspiratório
e tempo expiratório VC-AC Volume Controlled – Assist Control
IPX2 Proteção de entrada de nível 2 (Volume controlado – assistido)
IPX4 Proteção de entrada de nível 4 VC-CMV Volume Controlled – Controlled
Mandatory Ventilation (Ventilação
MVespon Volume minuto espontâneo mandatória controlada por volume).
MVi Volume minuto inspiratório VC-SIMV Volume Controlled – Synchronized
NIV Ventilação não invasiva, Intermittent Mandatory Ventilation
ventilação por máscara (Ventilação mandatória intermitente
O2 Oxigênio sincronizada, controlada por
volume)
O2-Inhalat. Inalação de O2
VMe Volume minuto expiratório
ONU Organização das Nações Unidas
VT Volume corrente

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 21


Visão geral

Abreviações Explicação
VTapn Volume corrente durante
a ventilação em apneia
VTe Volume corrente expiratório
VTi Volume corrente inspiratório

Símbolos

Símbolo Explicação Símbolo Explicação


Tecla para iniciar uma inspiração
Insp. manual ou prolongar o tempo Limite superior de alarme
hold
inspiratório atual.
Tecla para exibir parâmetros de
Settings ventilação (tela de ventilação) na Limite inferior de alarme
janela “Ajustes e Alarmes” e para
mudar as páginas da tela. ! Mensagem de alerta
Tecla para exibir os ajustes
Alarms de alarme na janela “Ajustes !! Mensagem de atenção
e Alarmes” e para mudar
as páginas da tela.
!!! Mensagem de advertência
Values Tecla para mudar as páginas da tela
na janela “Valores Medidos”.
Tecla para mudar entre as curvas * Indicador de sensibilidade
Curves de pressão, fluxo ou CO2 (opcional)
em apresentação pequena Advertência
e grande.
Tecla para cancelar o alarme PEÇA APLICADA À PROVA DE
sonoro por 2 minutos. DESFIBRILAÇÃO TIPO BF
Alarm Tecla para confirmar mensagens
Reset de alarme. Estado de carga da bateria interna

Botão rotativo
Conectado a uma fonte de
alimentação externa
Tecla Start/Standby (Iniciar/em
espera) Carga da bateria
(exemplo: três quartos cheia).

22 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Visão geral

Símbolo Explicação Símbolo Explicação


O equipamento está em conformi-
dade com o Regulamento da Não contém látex
E4 10 R-02 XXXX
ONU Nº 10, revisão 3 relativo
à compatibilidade eletromagnética
(EMC) para utilização em veículos Não reutilizar
motorizados.
Equipamento da Classe II, equipa-
mento protegido contra choque elé- Não lubrifique
trico com precauções de segurança
adicionais, como isolamentos
duplos ou reforçados, sem aterra-
mento de proteção. Não esterilizado

Não elimine o equipamento como


lixo municipal.
Manter longe da luz solar

Data de fabricação

Apenas para uso no interior

Fabricante

Não abra

Entrada CC
ADVERTÊNCIA: Não obstrua
a entrada de ar de emergência
ou a entrada de ar fresco
Instruções de funcionamento

Pediatric
Pediátrico

Siga as Instruções de Uso

Adult
Adulto

Apenas para uso em locais secos

Rampa (elevada, média, plana)


Cuidado, superfície quente!

Quantidade
Advertência, tensão perigosa!

Limites de temperatura

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 23


Esta página foi intencionalmente deixada em branco

24 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Conceito de funcionamento

Conceito de funcionamento

LIGAR ou DESLIGAR . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26
LIGAR. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26
DESLIGAR . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26

Controles da ventilação . . . . . . . . . . . . . . . . 27

Controles de funcionamento do visor . . . . 28

Teclas de funções adicionais . . . . . . . . . . . 29

Estrutura da tela . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 25


Conceito de funcionamento

LIGAR ou DESLIGAR

Oxylog 3000 plus

00337170

LIGAR

z Para LIGAR o equipamento, pressione breve-


mente a tecla (A).

DESLIGAR

Consulte “Desligar” na página 82.

26 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Conceito de funcionamento

Controles da ventilação

Controles gerais da ventilação Seleção do modo de ventilação

Oxylog 3000 plus Oxylog 3000 plus

A A

00137170

08537170
C B C B
A Teclas para selecionar os modos de ventilação: z Pressione a tecla do modo de ventilação
adequado (A) por cerca de 3 segundos.
– VC-CMV / VC-AC
Ou
– VC-SIMV
1 Pressione a tecla do modo de ventilação
– SpnCPAP
adequado (A).
– PC-BIPAP.
2 Pressione o botão rotativo (B) para confirmar.
B Botão rotativo.
C Controles do parâmetro de ventilação:
Ativa-se o modo de ventilação selecionado.
– Volume corrente inspiratório VT [mL],
O modo de ventilação ativo aparece no canto
– Frequência respiratória FR [/min], superior esquerdo do visor (C).
– Pressão inspiratória máxima Pmax [mbar],
– Concentração de O2 FiO2 [%].

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 27


Conceito de funcionamento

Controles de funcionamento do visor

B C

Oxylog 3000 plus

D
E
00237170

A
A Botão rotativo central para efetuar seleções,
mudar e confirmar as definições.

NOTA
Na janela de visualização é possível configurar
diferentes parâmetros utilizando o botão rotativo
(por ex. Ti, PEEP, ΔPsup, Pinsp).
– Para selecionar o parâmetro: gire o botão
rotativo.
– Para ativar o parâmetro: pressione o botão
rotativo.
– Para definir o valor: gire o botão rotativo.
– Para confirmar o valor: pressione o botão
rotativo.

B Tecla Valores para mudar as páginas


da tela na janela “Valores Medidos”.
Curves

C Tecla Curvas para mudar entre as


curvas de pressão, fluxo ou CO2 (opcional)
na apresentação pequena e grande.
D Tecla Ajustes para exibir parâmetros de
ventilação (tela de ventilação) na janela “Ajus-
tes e Alarmes” e para mudar as páginas da tela.
E Tecla Alarmes para exibir as configura-
ções de alarme na janela “Ajustes e Alarmes”
e para mudar as páginas da tela.

28 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Conceito de funcionamento

Teclas de funções adicionais

Há teclas adicionais localizadas no lado direito


do painel dianteiro:

Oxylog 3000 plus

A
B
C
D
03237170

A tecla para eliminar o alarme sonoro por


2 minutos.
B Tecla Reset Alarme para confirmar mensagens
de alarme.
C Tecla Pausa Insp. para iniciar uma inspiração
manual ou prolongar o tempo inspiratório atual.
D Tecla O2-Inalação para inalação de O2 ou tecla
100 % O2 para aplicação de 100 % de O2, de
acordo com a opção de fábrica.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 29


Conceito de funcionamento

Estrutura da tela

Estrutura geral da janela Janela de valores medidos

A B C

05837171
05437171

D E F
A Modo de ventilação. A Parâmetro medido.

B Mensagens de alarme. B Valor medido.

C Janela de valores medidos. C Unidade de medição.

D Janela de curvas. D Valores medidos 1/7: 1ª página de 7 páginas


D e E são combinados para uma tela de curvas disponíveis.
grande. Se a opção CO2 não estiver instalada:
1/6 páginas disponíveis.
E Janela de ajustes e alarmes.
E Indicador de disparo.
F Janela de informações. Para obter informações
sobre o conteúdo, consulte “Mensagens na A última página exibe uma visão geral de todos
janela de informação” na página 120. os valores medidos.
15637171

30 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Conceito de funcionamento

Janela de ajustes Janela de alarmes

05737171

10937171
A Menu para configurar parâmetros de ventilação
adicionais em conformidade com o modo de A Menu de limites de alarme e parâmetros do
ventilação desejado. alarme. Para obter instruções de funciona-
mento, consulte “Configuração dos limites de
– AutoFlow (opcional) alarme” na página 87.
– Brilho B Número de página: p.ex., 1ª página de
– Verificação do filtro de CO2 (opcional) 2 páginas disponíveis.

– Calibração do zero de CO2 (opcional) Para avançar para a página seguinte:

– Tipo de cuvete (opcional) z Pressione a tecla Alarmes .


As páginas são apresentadas
– Correção de HME consecutivamente.
– Tipo circ
– I:E / Ti
– NIV
– PEEP
– Pinsp
– FRapn e VTapn
– Rampa
– Tapn
– Tplat
– Trigger
– ΔPsup
B Número de página: p.ex., 1ª página de
3 páginas disponíveis.
z Pressione a tecla de configurações .
As páginas são apresentadas
consecutivamente.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 31


Conceito de funcionamento

Apresentação grande da curva de pressão

05537171

A janela de curvas ilustra a curva de pressão das


vias aéreas Pva.
Curves

z Pressione a tecla Curvas várias vezes.

Apresentação grande da curva de fluxo


05637171

A janela de curvas que ilustra a curva de fluxo.

Apresentação grande da curva de CO2


15437171

A janela de curvas que mostra a curva de CO2.

32 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Montagem

Montagem

Bateria interna recarregável . . . . . . . . . . . . 35


Remover a bateria . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35
Verificar o estado de carga da bateria . . . . . . 35
Instalar a bateria. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35

Conexão da fonte de alimentação . . . . . . . 36


Fonte de alimentação externa . . . . . . . . . . . . 36

Fonte de alimentação externa . . . . . . . . . . . 37


Fonte de alimentação externa com
transformador CC/CC. . . . . . . . . . . . . . . . . . . 37
Fonte de alimentação externa a partir
da alimentação pela rede elétrica
(Unidade de alimentação CA/CC) . . . . . . . . . 38

Conexão do suprimento de gás . . . . . . . . . 39


Fornecimento a partir de um
cilindro de O2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 39
Suprimento a partir de um sistema
de tubulação de O2. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 40

Montagem do circuito
reutilizável adulto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41
Montagem da válvula ventilatória . . . . . . . . . . 41
Conexões do tubo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 42

Montagem do circuito
descartável adulto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 43

Montagem do circuito descartável


pediátrico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 44

Conexão do filtro bacteriológico


ou HME . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 45

Conectar o sensor de CO2


e o cuvete . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 46

Pendurar o Oxylog 3000 plus em


sistemas de calha normais . . . . . . . . . . . . . 47

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 33


Montagem

ADVERTÊNCIA ATENÇÃO
Evite tropeçar no tubo expiratório, no cabo do Não use o Oxylog 3000 plus sem um filtro de pó.
sensor de CO2, nos cabos de alimentação de
Risco de o paciente inalar pó ou de ocorrerem
CA/CC, nos cabos de alimentação de CC/CC
danos ao equipamento.
ou no tubo de fornecimento de gás. Também
evite emaranhar esses cabos e tubos.
NOTA
Há um risco de lesões e de extubação aciden- Para volumes correntes de <250 mL, utilize um
tal do paciente. circuito pediátrico.

ADVERTÊNCIA Para volumes correntes de >250 mL, utilize um


Não dobre os tubos ventilatórios do paciente circuito para adultos.
durante a ventilação.
Risco de asfixia ou hipoventilação.

ADVERTÊNCIA
Não utilize peças ou acessórios danificados.
Substitua as peças danificadas
ou deformadas.

ADVERTÊNCIA
A comunicação de dados entre
o Oxylog 3000 plus e outro equipamento
só é possível com o protocolo MEDIBUS.

ADVERTÊNCIA
As conexões elétricas a equipamentos
não relacionados nestas Instruções de
Uso deverão ser feitas somente após
consultar os respectivos fabricantes.
Pode ocorrer um mau funcionamento do equi-
pamento bem como risco de ferir o paciente.

ADVERTÊNCIA
Todos os equipamentos conectados
ao Oxylog 3000 plus devem respeitar
as diretrizes IEC 60601-1-2.

ADVERTÊNCIA
Não combine peças de diferentes circuitos,
especialmente para aplicações pediátricas.
Risco de reinalação de CO2.

34 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Montagem

Bateria interna recarregável

A alimentação interna funciona através de uma Instalar a bateria


bateria removível recarregável. Para obter informa-
ções técnicas, consulte os “Dados técnicos” 1 Insira a bateria no compartimento da bateria.
na página 139.
2 Feche a tampa da bateria.
3 Gire o botão para apertar.
Remover a bateria
ATENÇÃO
O Oxylog 3000 plus interromperá a ventilação
quando a bateria é substituída com o equipa-
mento ligado e a fonte de alimentação externa
não estiver conectada. A ventilação será sempre
reiniciada com os últimos valores definidos, cerca
de 3 segundos após inserir a bateria recarregada.

C
015

1 Gire o botão (C) na tampa do compartimento


da bateria (B) no sentido anti-horário para
soltar a tampa.
2 Abra a tampa da bateria.
3 Retire a bateria (A), puxando a aba de fixação.

Verificar o estado de carga da bateria

z Pressione o botão na bateria recarregável.


O estado da carga é indicado em porcentagem
por um indicador.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 35


Montagem

Conexão da fonte de alimentação

Fonte de alimentação externa

Para recarregar a bateria e prolongar o tempo de


funcionamento elétrico, utilize um dos seguintes:
– Transformador CC/CC, ou
– Unidade de alimentação CA/CC
Para obter mais informações, consulte
a página 146.

ADVERTÊNCIA
Por motivos de segurança, deve-se sempre
instalar uma bateria totalmente carregada,
mesmo quando se trabalha a partir de uma
fonte de alimentação externa.

ATENÇÃO
A ventilação será interrompida se a fonte de ali-
mentação externa falhar e não houver nenhuma
bateria instalada.

NOTA
É recomendável ter uma bateria sobressalente
totalmente carregada disponível quando se
utiliza o Oxylog 3000 plus.

Sempre coloque o equipamento de forma a que


o conector de alimentação externa possa ser
facilmente desconectado do ventilador.

36 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Montagem

Fonte de alimentação externa

Fonte de alimentação externa com


transformador CC/CC

12 VDC
ADVERTÊNCIA
24 VDC
O transformador CC/CC deve ser utilizado Oxylog 3000 plus 28 VDC
apenas em locais secos.
A
Risco de choque elétrico ou danos ao
equipamento.

O transformador CC/CC deve ser utilizado para


conectar o Oxylog 3000 plus a sistemas de alimen-
tação de energia CC integrados, p.ex., em ambu-
lâncias. O produto pode ser utilizado com as D C B

016
seguintes tensões: 12 VDC, 24 VDC ou 28 VDC.
A alimentação de energia integrada tem um fusível 1 Conecte o conector grande (A) do transforma-
de 10 a 16 Amp. dor CC/CC à fonte de alimentação incorporada.
Fora desses limites, o Oxylog 3000 plus não pode 2 Conectar o conector pequeno (B) ao conector
utilizar a potência de entrada CC. CC (C) do Oxylog 3000 plus.
Coloque o transformador CC/CC em uma parede 3 Quando o Oxylog 3000 plus estiver conectado
lisa e certifique-se de que a parede é suficiente- corretamente a uma fonte de alimentação
mente sólida para aguentar o suporte. Use todos externa, o indicador (D) se acende.
os quatro furos de montagem (tamanho de para-
fuso M4).

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 37


Montagem

Fonte de alimentação externa a partir da


alimentação pela rede elétrica (Unidade
de alimentação CA/CC)

ADVERTÊNCIA
Não utilize a unidade de alimentação CA/CC
em ambiente externo.
Risco de choque elétrico ou danos ao
equipamento.

O xylog 3000 plus

D C B
017

1 Conecte o conector de energia (A) à tomada


da rede elétrica.
2 Conecte o conector CC (B) ao conector CC (C)
do Oxylog 3000 plus.
3 Quando o Oxylog 3000 plus estiver conectado
corretamente a uma fonte de alimentação
externa, o indicador (D) se acende.
Para isolar o sistema ventilador da corrente
elétrica, retire o cabo de alimentação do
conector de parede.

38 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Montagem

Conexão do suprimento de gás

Tenha cuidado ao manusear o O2: Fornecimento a partir de um


cilindro de O2
ADVERTÊNCIA
Prenda os cilindros de O2 de forma que não
ADVERTÊNCIA
tombem. Proteja-os do calor excessivo.
Utilize sempre cilindros de gás e reguladores
Risco de explosão. da pressão que cumpram todos os regula-
mentos aplicáveis.
ADVERTÊNCIA
Não lubrifique os acessórios de O2, como as ATENÇÃO
válvulas do cilindro e os redutores de pres- Utilize sempre um cilindro de O2 cheio.
são, e não os manuseie com as mãos engor-
duradas. Risco de asfixia.
Risco de incêndio. 1 Conecte o redutor de pressão (pressão de ali-
mentação de 270 a 600 kPa, pressão nominal
ADVERTÊNCIA 500 kPa) ao cilindro de O2.
Manuseie as válvulas do cilindro manual-
mente e gire-as suavemente para evitar risco ADVERTÊNCIA
de incêndio ou explosão. Somente use um redutor de pressão com uma
Não utilize ferramentas. válvula de sobrepressão na saída para limitar
a pressão de alimentação a um máximo de
1000 kPa caso haja um mau funcionamento,
ADVERTÊNCIA
para evitar danos ao ventilador devido a uma
Use apenas oxigênio de grau hospitalar. pressão de alimentação de O2 excessiva na
entrada.
ADVERTÊNCIA
Assegure-se sempre de que haja uma ventila-
ção adequada no local onde o ventilador está
funcionando, para manter a concentração
ambiente de O2 abaixo de 25 %, prevenindo
o risco de incêndio.

ADVERTÊNCIA
Não fume nem exponha a chamas vivas.
O O2 aumenta a combustão de outras subs-
tâncias e pode intensificar os incêndios.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 39


Montagem

Suprimento a partir de um sistema


de tubulação de O2

A
C
A
B
O2 B
018

019
2 Conecte a mangueira de O2 (A) ao
Oxylog 3000 plus. 1 Conecte a mangueira de O2 (A) ao
3 Conecte a mangueira de O2 ao redutor Oxylog 3000 plus.
de pressão (B). 2 Conecte a outra extremidade (B) à unidade
4 Gire a válvula do cilindro (C) lentamente central de O2 até que esteja adequadamente
e abra-a totalmente. conectado e o fornecimento de O2 assegurado.

ADVERTÊNCIA
Não conecte válvulas de controle ou medido-
res de fluxo ao suprimento de gás ao
Oxylog 3000 plus.
O ventilador poderá apresentar um mau
funcionamento.

ADVERTÊNCIA
Sempre verifique a pressão de O2 do cilindro
antes do uso para evitar um suprimento insu-
ficiente de oxigênio durante o uso.

40 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Montagem

Montagem do circuito reutilizável adulto

Antes do uso, sempre esterilizar as peças


reutilizáveis!

A
Montagem da válvula ventilatória
B

D
008

ADVERTÊNCIA
Não remova, dobre ou danifique o disco de
borracha (A) no alojamento, caso contrário, E
a válvula não funcionará corretamente,
colocando o paciente em perigo.
Risco de reinalação de CO2.

009
1 Coloque o diafragma (B) no alojamento da vál-
vula ventilatória (C). Certifique-se de estar inse-
rido corretamente.
2 Coloque a tampa (A) e gire-a aproximadamente
60º no sentido horário para fixá-la na posição
(sente-se um clique).
3 Empurre o sensor de fluxo (D) no sentido
da válvula ventilatória (C). Observe o alinha-
mento correto das peças nas ranhuras do sen-
sor de fluxo (D) e no entalhe na válvula
ventilatória (C).
4 Empurre o conector angular (E) no sentido do
sensor de fluxo (D).

ADVERTÊNCIA
Utilize sempre um conector angular.
Se o conector angular não for usado,
o volume minuto poderá ser medido
incorretamente.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 41


Montagem

Conexões do tubo

A
A
B
B
B
011

1 Conecte o tubo de ventilação (A) à válvula


ventilatória.
2 Conecte os tubos de medição do fluxo (B) aos
bocais no sensor de fluxo. Observe os diferen-
tes diâmetros dos tubos e bocais quando
conectar os tubos de medição de fluxo, conec-
tado-os no lado correto.

ATENÇÃO
Não utilize tubos condutores elétricos. Isso pode

012
colocar o usuário em perigo e danificar o equipa-
mento durante a desfibrilação. 3 Conecte os tubos de medição do fluxo (A)
ao Oxylog 3000 plus. O alinhamento
Risco de choque elétrico. correto é indicado por um entalhe no conector,
que deverá apontar na direção contrária do
tubo de ventilação. Caso contrário, o conjunto
não encaixará e os valores medidos serão
incorretos.
4 Conecte o tubo de ventilação (B) à saída de gás
no Oxylog 3000 plus.

Ao conectar um tubo, certifique-se de que a confi-


guração do tubo na janela Ajustes corresponda ao
conectado.

42 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Montagem

Montagem do circuito descartável adulto

NOTA
Utilizar um circuito descartável pode reduzir
o risco de infecção cruzada.

A
B
013

1 Conecte os tubos de medição do fluxo (A) ao


Oxylog 3000 plus. O alinhamento correto
é indicado por um entalhe no conector, que
deverá apontar na direção contrária do tubo
de ventilação. Caso contrário, o conjunto
não encaixará e os valores medidos serão
incorretos.
2 Conecte o tubo de ventilação (B) à saída de gás
no Oxylog 3000 plus.
Ao conectar um tubo, certifique-se de que a confi-
guração do tubo na janela Ajustes corresponda ao
conectado.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 43


Montagem

Montagem do circuito descartável pediátrico

A B

C
013

1 Conecte o tubo de medição de fluxo azul (B) ao


conector com etiqueta azul.
2 Conecte o tubo de medição de fluxo transpa-
rente (A) ao outro conector.
3 Conecte o tubo de ventilação (C) à saída de
gás no Oxylog 3000 plus.
Ao conectar um tubo, certifique-se de que a confi-
guração do tubo na janela Ajustes corresponda ao
conectado.

44 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Montagem

Conexão do filtro bacteriológico ou HME

ADVERTÊNCIA Circuito descartável adulto:


Os filtros bacteriológicos, HME e máscaras
aumentam a resistência ventilatória e o
volume de espaço morto do equipamento de
ventilação. Siga as instruções do fabricante.
Risco de reinalação de CO2.

NOTA
Ao utilizar um HME, o fluxo medido pode variar do
fluxo expiratório real, uma vez que a temperatura
e a umidade do gás estão reduzidas.

As medições de fluxo e volume podem ser corrigi-


das para uso com um HME. Consulte “Definir a cor-

014
reção de HME” na página 80. Circuito pediátrico:
É recomendável utilizar um filtro bacteriológico
entre o ventilador e o paciente, para reduzir o risco
de surgirem bactérias, vírus, fungos ou esporos no
fluxo inspiratório.
z Conecte o filtro bacteriológico ou HME ao
conector angular da seguinte forma.
Circuito adulto reutilizável:

050
010

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 45


Montagem

Conectar o sensor de CO2 e o cuvete

Para calibração do zero de CO2 e verificação do


filtro antes da ventilação, consulte a página 56.
Para calibração do zero de CO2 e verificação do
filtro durante a ventilação, consulte a página 91.
B Para medição de CO2 e seleção do tipo de cuvete,
consulte a página 91. Para configuração do CO2
A C D
no modo de Assistência ao cliente, consulte
a página 106.
51

1 Desconecte o conector angular (A) do sensor


de fluxo (D).
2 Encaixe o cuvete (C) no sensor de fluxo (D),
com as janelas do cuvete viradas para o lado.
3 Conecte o conector angular (A) ao cuvete (C).
4 Encaixe o sensor de CO2 (B) no cuvete (C),
com o cabo virado para o equipamento.
5 Conecte o sensor de CO2 ao conector do
Oxylog 3000 plus. Para saber a localização
do conector, consulte a seção “Vista lateral,
direita” na página 17.
6 Insira o cabo do sensor do CO2 nos grampos
do cabo no circuito.
Como alternativa, conecte o cuvete (C) direta-
mente no lado do paciente do conector angular (A),
sem desligar o conector angular do sensor de
fluxo (D).
O cabo do sensor do CO2 pode ser estendido
ao comprimento máximo de um cabo de extensão.
Consulte a seção “Lista de acessórios”
na página 167.

46 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Montagem

Pendurar o Oxylog 3000 plus em sistemas de calha normais

É possível pendurar o Oxylog 3000 plus em vários


sistemas de calha que meçam até 25 mm de diâ-
metro através da garra.
– Certifique-se de que a calha fique totalmente
inserida na garra.
– Para garantir o funcionamento ideal da garra,
é necessária uma distância mínima de 35 mm
entre a calha e a parede.

ADVERTÊNCIA
Tenha cuidado quando colocar o ventilador
na calha ou no rebordo da cama.
Risco de danos à propriedade ou lesões
pessoais.

ATENÇÃO
O Oxylog 3000 plus é sustentado somente
pelo seu próprio peso quando pendurado
em uma barra ou calha. É necessário prender
o Oxylog 3000 plus adicionalmente quando
for transportado, caso contrário, as vibrações
podem causar desengate acidental.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 47


Esta página foi intencionalmente deixada em branco

48 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Iniciar

Iniciar

Carregar a bateria. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50
Indicação da capacidade da
bateria/funcionamento da bateria . . . . . . . . . . 50

Determinar o tempo de funcionamento


pneumático aproximado . . . . . . . . . . . . . . . 51

Verificar a disponibilidade de
funcionamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52
Realizar o teste do equipamento . . . . . . . . . . 52

Calibração do zero de CO2


e verificação
do filtro antes da
ventilação (opcional) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 56
Calibração do zero antes
da ventilação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 56
Verificação do filtro de CO2 antes
da ventilação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 57

Preparação para utilização


após a verificação do sistema,
calibração do zero e verificação
do filtro de CO2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 59

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 49


Iniciar

Carregar a bateria

O aspecto ou a configuração da janela real pode Indicação da capacidade da


diferir da apresentada aqui. bateria/funcionamento da bateria
NOTA
A temperatura ambiente deve estar entre 0 e
35 °C durante o carregamento das baterias.

Quando há uma fonte de alimentação externa


disponível:

10637171
Oxylog 3000 plus A capacidade restante da bateria é indicada pelo
Oxylog 3000 plus em incrementos de 25 % na
seção direita inferior da janela de informações
quando a alimentação está LIGADA.
Como exemplo, na tela apresentada acima
a bateria está 75 % carregada.
– A precisão do indicador de capacidade da bate-
ria pode variar, de acordo com a idade e o
02437170

A B estado da bateria. Para informações adicionais,


consulte “Dados técnicos” na página 139.
1 O indicador verde (A) se ilumina quando
uma fonte de alimentação externa é conectada. – A indicação da capacidade é substituída
quando é preciso exibir outras mensagens
2 Um indicador de três cores (B) se
na janela de Informação.
acende para mostrar o estado da carga atual
da bateria interna: – Alarmes adicionais podem chamar a atenção
para o tempo de funcionamento restante da
– Verde: a bateria está completamente
bateria. Consulte a tabela “Alarme – Causa –
carregada.
Solução” na página 112.
– Amarelo: a bateria está sendo carregada.
– Vermelho: a bateria não está inserida Para o controle do brilho da tela durante o funcio-
ou não pode ser carregada. namento da bateria, consulte “Brilho da tela”
– Os indicadores (A) e (B) permanecem apaga- na página 81.
dos enquanto o ventilador está funcionando
a partir da bateria interna.

Para carregar uma bateria extra, pode-se utilizar


uma estação externa de carregamento de bateria,
conectada à rede elétrica. Para informações adici-
onais, consulte “Lista de acessórios”
na página 167.

50 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Iniciar

Determinar o tempo de funcionamento pneumático aproximado

Exemplo de alimentação de O2: Exemplo:


– Pressão do cilindro medida no manômetro
da pressão do redutor de pressão:
20000 kPa (200 bar)
– Capacidade líquida do cilindro de O2: 2,1 L
Fornecimento de O2:
2,1 L x 20000 kPa = aprox. 420 L no nível de pres-
são ambiente.

Exemplo de tempo de funcionamento pneumático:

13637171
– Modo VC-CMV, frequência 10 respirações/min,
VT = 0,53 L, O2 = 100 % A Consumo de O2 = 5,3 L/min
– Volume minuto = 10 respirações/min x 0,53 L =
5,3 L/min

Tempo de
funcionamento = Alimentação de O2 [L]
(VM +0,5*) [L/min]

* Calculado com consumo de gás médio de venti-


lador: 0,5 L/min

Tempo de funcionamento = 420 = aprox.


72 minutos 5,8

O tempo de funcionamento pneumático aumenta


quando o Oxylog 3000 plus funciona com uma
concentração de O2 inferior a 100 % de O2,
à medida que o ar ambiente é conduzido para
o aparelho.
A quantidade de gás do suprimento de pressão alta
que está sendo consumido no momento é indicada
pelo Oxylog 3000 plus na seção esquerda inferior
da janela de informações em L/min. Essa exibição
é substituída quando uma mensagem de priori-
dade mais alta é ativada.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 51


Iniciar

Verificar a disponibilidade de funcionamento

O teste do equipamento deve ser realizado: Conecte o pulmão de teste.


– Antes de cada utilização do equipamento
no caso de troca de circuito.
– Pelo menos a cada seis meses. A
O Oxylog 3000 plus interrompe o teste do equipa- B
mento se detectar uma falha.
A falha é indicada na tela.

ADVERTÊNCIA C
O paciente pode correr perigo se o teste do
equipamento não for concluído com êxito.

Realizar o teste do equipamento

021
1 Certifique-se de que o conector angular (A)
O teste do equipamento consiste nos passos está conectado ao sensor de fluxo.
seguintes:
2 Conecte o conector do cateter (B) do pulmão de
– Conecte o pulmão de teste; teste, 7 mm de diâmetro, ao conector angular.
– LIGUE o equipamento; O conector de cateter simula a resistência das
vias aéreas.
– Verifique as conexões;
3 Conecte o balão (C) do pulmão de teste.
– Verifique o sistema; Consulte “Lista de acessórios” na página 167.
– Verifique a falha de energia.
NOTA
O teste do equipamento dura cerca de 3 minutos. Os valores da BTPS de um pulmão de teste não
são iguais aos valores da BTPS de um paciente.
O Oxylog 3000 plus mede e adapta de acordo
com os valores da BTPS de um paciente.
Ao conectar um pulmão de teste, a MVe e a VTe
exibidas podem ser diferentes da VMe e da VTe
definidas pelo operador.

52 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Iniciar

LIGUE o equipamento 2 Pressione o botão rotativo (B) para confirmar,


antes que a barra de progressão esteja cheia.
É exibida a tela inicial:

Oxylog 3000 plus

15537171
3 Selecione Teste aparelho no menu inicial
B
022

e confirme.
1 Para LIGAR o equipamento, pressione breve-
mente a tecla (A). NOTA:
O teste do equipamento pode ser interrompido
O equipamento efetua um autoteste e solicita a qualquer momento, pressionando a tecla
ao operador, no visor, que ative o menu de configu- Reset Alarme.
ração ou o teste do equipamento:
Premir botão rotat. para verific. e config. do NOTA
aparelho
Durante o teste do equipamento, as conexões
(suprimento de gás, tipo de circuito) e o sistema
(fluxo, níveis de pressão, sinais de alarme
e botões) são verificados.
11937171

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 53


Iniciar

Verificar as conexões Verificação do sistema


1 Certifique-se de que o suprimento de gás foi
conectado.
2 Selecione e confirme o tipo de circuito
adequado.
Oxylog 3000 plus

3 Certifique-se de que o pulmão de teste


foi conectado.
O Oxylog 3000 plus verifica automaticamente
se um pulmão de teste foi conectado. O teste
do equipamento é interrompido caso um pul-
mão de teste não seja detectado dentro de um
minuto. A verificação continua quando o pul-
mão de teste é detectado. A

023
4 O Oxylog 3000 plus verifica automaticamente 5 Ajuste os controles (A) abaixo do visor aos
se o circuito detectado é diferente do tipo de valores requeridos.
circuito selecionado.
O Oxylog 3000 plus ativa sucessivamente os
Se foi selecionado o tipo de circuito errado: sinais de alarme sonoros e visuais e solicita
que o operador confirme cada sinal.
– Pressione a tecla Reset Alarme para
cancelar o teste do equipamento. 6 Confirme os sinais de alarme sonoro e visual.
O teste do equipamento prossegue automati-
– Reinicie o teste do equipamento. camente.
– Selecione o tipo de circuito correto. Durante a sequência automática de teste,
o Oxylog 3000 plus verifica o fluxo, os níveis
da pressão e os sinais de alarme. Ouvem-se
os sons correspondentes.
A barra de progressão mostra o progresso
efetuado pelo teste.
O resultado é apresentado na última página
das telas de teste do equipamento. Se todos
os testes foram concluídos com êxito, é exibida
a última página. Se um teste falhar, a última
página será exibida logo em seguida desse
teste, sem realizar os demais testes.
Depois da confirmação, o sistema volta à tela
do menu.

Se a data para inspeção passar sem que a inspe-


ção seja realizada, é apresentado o texto Data
para inspeção ultrapassada na janela após a
conclusão do teste do equipamento. Nesse caso,
realizar imediatamente a inspeção.

54 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Iniciar

Verificação da pressão das vias aéreas alta e do Se o teste do equipamento não for concluído com
alarme de desconexão sucesso:
Verifique o alarme de pressão alta das vias aéreas 1 Consulte “Mensagens de erro durante a verifi-
cação do aparelho” na página 122 na seção
1 Ventile o pulmão de teste no modo CMV.
“Solução de problemas".
2 Pressione o pulmão de teste manualmente,
2 Contate a DrägerService local para obter
até que a pressão das vias aéreas exceda
assistência.
a Pmax definida.
3 Verifique se o alarme de Pva alta ocorre.
Verifique o alarme em caso de desconexão
do circuito.
1 Ventile o pulmão de teste no modo CMV.
2 Desconecte a traqueia e/ou os tubos de medi-
ção de fluxo do ventilador.
3 Verifique se ocorre o alarme adequado.

Verificação da falha de energia


Recomenda-se uma verificação mensal do alarme
de falha de energia.
1 Ligue o equipamento.
2 Desconecte a fonte de alimentação externa.
3 Retire a bateria para ativar o sinal de alarme
sonoro.
4 Ouça o alarme sonoro.

NOTA:
Se não ouvir um alarme, contate a DrägerService.

5 Quando o teste de falha de energia estiver con-


cluído, reinstale a bateria no compartimento da
bateria do Oxylog 3000 plus.
6 Conecte a fonte de alimentação externa.

Resolução de problemas

ADVERTÊNCIA
O ventilador está pronto para funcionar ape-
nas após todos os testes de funcionamento
terem sido executados com sucesso.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 55


Iniciar

Calibração do zero de CO2 e verificação do filtro antes da


ventilação (opcional)

A calibração do zero e verificação de filtro de CO2


funcionam apenas se a opção de CO2 tiver sido
instalada e se o sensor de CO2 estiver presente.

14637171
Oxylog 3000 plus

3 Selecione Calibração do Zero e Verificação


do Filtro de CO2 no menu inicial e confirme.
A função de Calibração do Zero e Verificação
do Filtro de CO2 é apresentada apenas se a
opção estiver disponível.
B NOTA
022

1 Para LIGAR o aparelho pressione brevemente A calibração do zero e a verificação do filtro de


a tecla (A). CO2 podem ser finalizadas a qualquer momento,
pressionando a tecla Reset Alarme.
O equipamento realiza um autoteste e solicita
ao operador, no visor, que ative o menu de configu-
ração ou o teste do equipamento:
Calibração do zero antes da ventilação
Premir botão rotat. para verific. e config. do
aparelho
A calibração do zero é realizada com um sensor de
CO2 limpo que tenha sido removido do cuvete!

NOTA
Não respire sobre o sensor de CO2 durante
a calibração do zero, caso contrário a calibração
do zero pode falhar ou pode passar com um valor
inválido de zero.
11937171

2 Pressione o botão rotativo (B) para confirmar,


antes que a barra de progressão esteja cheia.

56 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Iniciar

Caso a calibração do zero continue não sendo


possível:
A 1 Verifique se o sensor (A) está sujo e limpe-o,
B se necessário. Se o sensor estiver danificado,
substitua-o.
2 Repita a calibração do zero.

179
1 Remova o sensor de CO2 (A) do cuvete (B). Verificação do filtro de CO2 antes
da ventilação

NOTA
Antes da verificação do filtro de CO2, é necessário
que o usuário tenha concluído com êxito uma cali-
bração do zero de CO2. Caso contrário, a verifica-
ção do filtro de CO2 pode ultrapassar o nível de
tolerância.
14837171

1 Remova o sensor de CO2 (A) do cuvete (B).

2 Selecione e ative Calibração do Zero. A tela


apresenta o texto Remova o sensor da
cuvette. Confirme com o botão rotativo.
A
3 Confirme. A calibração do zero começa e a
linha apresenta Calibração do zero em curso.
Após uma calibração do zero bem sucedida,
a linha apresenta Calibração do zero OK por B

177
um instante.
2 Encaixe o sensor de CO2 (A) no filtro de
4 Pressione Reset Alarme para sair. teste (B).
5 Encaixe o sensor de CO2 novamente 3 Selecione Verificação do filtro.
no cuvete.
4 Confirme. A verificação do filtro começa e a tela
exibe Verificação do filtro em curso. Após
Se a calibração do zero não foi bem sucedida: uma verificação do filtro bem sucedida, a linha
exibe Verificação do filtro OK por um instante.
O Oxylog 3000 plus emite o alarme Calibração
do zero abortada. 5 Pressione Reset Alarme para sair.
z Repita a calibração do zero. 6 Encaixe o sensor de CO2 novamente
no cuvete.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 57


Iniciar

Se a verificação não foi bem sucedida:


O Oxylog 3000 plus exibe o alarme Verificação do
filtro falhou. O valor do teste está fora dos níveis
tolerados.
1 Verifique se o sensor (A) ou o filtro de teste (B)
estão sujos e limpe-os, se necessário.
Se o sensor estiver danificado, substitua-o.
2 Verifique a calibração de CO2 com gás de teste
ou calibre o sensor de CO2.
Para conectar o sensor de CO2 e o cuvete,
consulte a página 46. Para calibração do zero
e verificação de filtro de CO2 durante a ventilação,
consulte a página 91. Para medição de CO2,
consulte a página 91. Para configuração de
CO2 no modo de Assistência ao cliente,
consulte a página 106.

58 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Iniciar

Preparação para utilização após a verificação do sistema, calibração do


zero e verificação do filtro de CO2

1 Monte o Oxylog 3000 plus para funcionamento.


Consulte “Montagem” na página 33.
2 Conecte-o à fonte de alimentação e ao supri-
mento de gás. Consulte “Bateria interna recar-
regável” na página 35 e “Conexão do
suprimento de gás” na página 39.
3 Inicie o ventilador:

14737171

z Selecione Início ventilação no menu


e confirme.
Ou
z Pressione a tecla Alarm Reset.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 59


Esta página foi intencionalmente deixada em branco

60 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Funcionamento

Funcionamento

Operação inicial . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 62 Volume de alarme . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 81


LIGUE o equipamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . 62
Desligar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 82
Preparar o modo de ventilação . . . . . . . . . . 64
Para ativar o modo de ventilação . . . . . . . . . . 64
Definir parâmetros de ventilação . . . . . . . . . . 64

VC-CMV, VC-AC . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 65
Disparo (VC-AC). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 66
Ajustar o AutoFlow (opcional). . . . . . . . . . . . . 67
Ressuscitação cardiopulmonar (RCP) . . . . . . 67

VC-SIMV, VC-SIMV/PS . . . . . . . . . . . . . . . . . 68
Definir pressão de suporte
VC-SIMV/PS. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 69
Ajustar o AutoFlow (opcional). . . . . . . . . . . . . 70

PC-BIPAP, PC-BIPAP/PS . . . . . . . . . . . . . . . 71
Definição da pressão de suporte
PC-BIPAP/PS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 72

SpnCPAP, SpnCPAP/PS . . . . . . . . . . . . . . . . 73
Ventilação de apneia . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 74
Definição de pressão de suporte
Spn-CPAP/PS. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 75
Ressuscitação cardiopulmonar (RCP) . . . . . . 75

NIV – Ventilação não invasiva


(ventilação por máscara) . . . . . . . . . . . . . . . 76

Funções especiais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 77
Inspiração manual/pausa inspiratória. . . . . . . 77
100 % O2 (opcional). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 77
Inalação de O2 (opcional) . . . . . . . . . . . . . . . 77

Concentração de O2 com
mistura de O2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 79

Definir a correção de HME. . . . . . . . . . . . . . 80

Calibração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 81

Brilho da tela. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 81

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 61


Funcionamento

Operação inicial

O aspecto ou a configuração da janela real pode LIGUE o equipamento


diferir da apresentada aqui.

ADVERTÊNCIA
Para evitar um risco de saúde para o paciente A
e o usuário, utilize apenas um ventilador que
tenha sido limpo, desinfetado e testado de
forma a estar pronto para funcionamento. Oxylog 3000 plus

Consulte o capítulo “Limpeza, desinfecção


e esterilização” na página 123.

ATENÇÃO
Quando utilizar o ventilador a uma temperatura
ambiente muito baixa, tenha sempre em conta

01337170
que o gás frio irá expandir devido ao aquecimento B
resultante do corpo do paciente. Monitore cuida-
dosamente o VMe. z Para LIGAR o aparelho, pressione brevemente
a tecla (A).
Risco de hiperventilação.

ATENÇÃO
A temperaturas ambiente muito elevadas,
evite misturar com o ar ambiente: sempre
defina o FiO2 em 100 % O2.
Expor o paciente a um gás inspiratório muito
quente pode causar danos aos pulmões.
11937171

O Oxylog 3000 plus realiza um autoteste. O auto-


teste estará concluído em cerca de seis segundos.
Durante o autoteste, o sistema exibe brevemente
a página inicial com um barra de progressão que
apresenta o progresso do autoteste, a versão do
software, as opções de software ativadas e um
aviso para o operador ativar a verificação do equi-
pamento pressionando o botão rotativo (B).

62 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Funcionamento

Se o botão rotativo (B) não for pressionado


durante o autoteste, é exibida a página de
seleção do circuito.

14937171
Selecione o tipo de circuito, tal como apresentado
no gráfico acima, girando o botão rotativo (B),
e confirme pressionando o botão rotativo (B).
Em seguida, o ventilador inicia automaticamente
a ventilação com os ajustes predefinidos.
NOTA
Se a página de seleção de circuito não for exibida,
o paciente não será ventilado.

NOTA
A solicitação para selecionar o circuito pode ser
configurada. Consulte “Modo de Assistência
ao cliente” na página 98.
10437171

Tela inicial com ajustes predefinidos.


Os ajustes predefinidos podem ser configurados
no modo de Assistência ao cliente. Consulte
“Configurar as definições iniciais” na página 100.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 63


Funcionamento

Preparar o modo de ventilação

Para ativar o modo de ventilação Definir parâmetros de ventilação

1 Pressione e mantenha pressionada a tecla de 1 Defina o botão de controle requerido abaixo


modo de ventilação por cerca de 3 segundos. do visor.
Ou Ou
2 Pressione a tecla de modo de ventilação 2 Selecione, ajuste e confirme o parâmetro
e confirme pressionando o botão rotativo. no visor com o botão rotativo.
O modo de ventilação novo está efetivo. Se os ajustes modificados não forem confirmados
após 5 segundos, o alarme ! Confirmar ajustes
Para uma visão geral de todos os modos de venti-
aparece. Se os ajustes modificados ainda não
lação, consulte “Funções” na página 20. Para uma
foram confirmados após 10 segundos, o alarme !
explicação detalhada de todos os modos de venti-
Ajustes não confirmados aparece. Depois disso,
lação, consulte “Princípios de funcionamento”
são restauradas as definições anteriores.
na página 157.

12137171

Quando a definição PEEP aumentar acima de


10 mbar, a mensagem Confirmar PEEP acima de
10 mbar? solicitando a confirmação da alteração.
O ajuste PEEP pode ser aumentado até o ajuste
desejado depois que a mensagem tenha sido con-
firmada com o botão rotativo.
O aparelho pode ser configurado para apresentar
Ti ou I:E como o parâmetro principal a ser definido.
Se Ti for configurado como o principal parâmetro,
I:E será apresentado na janela de informação
quando Ti for selecionado, e vice versa. Essa con-
figuração será aplicada a todos os modos de venti-
lação. Consulte “Modo de Assistência ao cliente”
na página 98.

64 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Funcionamento

VC-CMV, VC-AC

VC-CMV -Volume Controlled - Controlled Manda- No visor, é possível definir o seguinte:


tory Ventilation (Ventilação mandatória controlada
por volume)

Pva
Tempo de plateau
Tplat

Pmax
Pplat

PEEP

10437171
t
Tinsp Te
– Pressão expiratória positiva final PEEP.
1
FR
Fluxo – Disparo por Sensibilidade.
Flux.Insp. – Relação de tempo de ventilação I:E ou tempo
inspiratório Ti.
t Ao definir a frequência respiratória FR, o volume
corrente VT ou I:E/Ti, os valores associados para
Flux.Insp. fluxo de inspiração e Ti/I:E aparecem automatica-
025

mente na janela de informação.


Ventilação controlada por volume com volume
minuto mandatório fixo VM, definido com volume
corrente VT e frequência respiratória FR.

ADVERTÊNCIA
Utilize a VC-CMV apenas para pacientes
que não estão respirando espontaneamente.
Caso contrário, o paciente pode correr o risco
de não receber ventilação suficiente.
10537171

Utilize a VC-AC para pacientes com respiração


espontânea parcial.
– Tempo de platô Tplat %, em % do tempo
Defina o padrão de ventilação com os controles: inspiratório.

– Volume corrente VT. – AutoFlow (opcional).

– Frequência respiratória de ventilação FR.


(frequência mínima possível: 5 por min).
– Pressão máxima nas vias aéreas Pmax.
– Concentração de O2 FiO2.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 65


Funcionamento

Disparo (VC-AC)

NOTA
Quando ajustado o valor da sensibilidade do
disparo em VC-CMV, o modo ventilatório muda
para VC-AC.

VC-AC –Volume Controlled - Assist Control


(Volume controlado - assistido)
13737171
Para sincronização com os esforços espontâneos
– Tipo de circuito do paciente.
O tipo de circuito selecionado deve correspon- Os fluxos de ventilação mandatória estão sincroni-
der ao tipo de circuito utilizado. Caso contrário, zados com os esforços espontâneos do paciente
não é possível garantir uma medição de volume quando o disparo está ativado e a sensibilidade do
correta. disparo, definida.
Nesse caso, a frequência respiratória real pode ser
superior à frequência respiratória de ventilação FR.
O disparo bem-sucedido do paciente é indicado
brevemente por um asterisco (*) no lado esquerdo
da janela das curvas.
14537171

– Tipo de cuvete (opcional)

NOTA
As janelas do cuvete reutilizável e do cuvete des-
cartável têm propriedades ópticas diferentes. Por
isso é necessário selecionar o tipo de cuvete cor-
reto no menu de Ajuste. Caso contrário, o ponto
zero muda para ±8 mmHg de CO2.

66 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Funcionamento

Ativar/definir o disparo Ajustar o AutoFlow (opcional)

No visor, também é possível definir o seguinte para


VC-CMV e VC-AC:

Oxylog 3000 plus

13937171
00537170

A – A função de AutoFlow AutoFlow-AF.


1 Pressione a tecla Ajustes (A) até que Quando o AutoFlow é ligado, a definição Tplat%
o parâmetro do disparo seja exibido. deixa de ser válida, e a Rampa deverá ser definida.
2 Selecione a linha Trigger (Disparo) no visor, Para obter mais informações sobre o AutoFlow,
defina-a e confirme o valor com o botão rota- consulte “AutoFlow” na página 162.
tivo. Valor pequeno = sensibilidade alta.
No visor é exibido o modo de ventilação AC.
Ressuscitação cardiopulmonar (RCP)
Desativar o disparo Durante a RCP, a pressão nas vias aéreas Pva
1 Defina um valor menor do que 1 L/min ou maior aumenta devido às compressões no peito.
do que 15 L/min (é exibido off (Desl.) em vez de O Oxylog 3000 plus tentará limitar a pressão nas
um valor). vias aéreas Pva para o Pmax definido, sem termi-
2 Pressione o botão rotativo para confirmar. nar a inspiração prematuramente.

O último valor de disparo efetivo é adotado pelo No entanto, se, devido às compressões, a pressão
ventilador quando se muda de VC-AC para PC- nas vias aéreas Paw exceder a Pmax definida em
BIPAP ou SpnCPAP. 5 mbar, o Oxylog 3000 plus passa para a fase de
expiração.
Assim, de forma geral, se a Pmax estiver definida
para um valor superior, é possível um volume
minuto superior. No entanto, isso aumenta a
pressão intertorácica e poderá reduzir a perfusão
coronariana.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 67


Funcionamento

VC-SIMV, VC-SIMV/PS

Volume Controlled - Synchronized Intermittent No visor, é possível definir o seguinte:


MandatoryVentilation (Ventilação mandatória inter-
mitente sincronizada – controlada por volume)

Pva Pressão
de suporte (PS)

Pmax tempo de tempo de


subida rápido subida lenta
PEEP

10737171-1
t
Janela de trigger
Ti – Pressão expiratória positiva final PEEP.
1
Fluxo FR – Pressure Support (Pressão de suporte) ΔPsup
acima da PEEP.
Flux.Insp. – Disparo por sensibilidade.
t O disparo bem-sucedido do paciente é indicado por
um asterisco (*) no lado esquerdo na janela das
curvas.
027

– Relação de tempo de ventilação I:E ou tempo


Para pacientes com respiração espontânea inade-
inspiratório Ti.
quada, ou para pacientes para os quais esteja pro-
gramado um desmame gradual. Ao definir a frequência respiratória FR, o volume
corrente VT ou I:E/Ti, os valores associados para
Fixar o volume minuto MV ajustando o volume cor-
fluxo de inspiração e Ti/I:E aparecem automatica-
rente VT e a frequência respiratória FR. O paciente
mente na janela de informação.
pode respirar espontaneamente entre os fluxos de
ventilação mandatória, contribuindo para o volume
minuto total. A respiração espontânea pode ser
assistida com a PS.
Defina o padrão de ventilação com os controles:
– Volume corrente VT.
– Frequência respiratória FR.
(frequência respiratória possível mínima:
2 por min).
15837171

– Pressão máxima nas vias aéreas Pmax.


– Tempo de platô Tplat %, em % do tempo
– Concentração de O2 FiO2. inspiratório.
– AutoFlow (opcional).

68 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Funcionamento

Definir pressão de suporte VC-SIMV/PS

No visor, também é possível definir o seguinte para


VC-SIMV:

14437171
– Insp.term.%PIF
Critério de finalização da inspiração dos ciclos
de pressão de suporte, como porcentagem do

14237171
fluxo inspiratório de pico (PIF).
– Tipo circuito – Ajuste na página 1: pressão de suporte ΔPsup
O tipo de circuito selecionado deve correspon- acima da PEEP.
der ao tipo de circuito utilizado. Caso contrário,
não é possível garantir uma medição de volume – Ajuste na página 2: quando a ΔPsup é definida
correta. em um valor superior a 0 mbar, a Rampa de
tempo de aumento de pressão pode ser ajus-
tada.
Rampa plana = tempo de subida da
pressão longo
Rampa média = tempo de subida da
pressão médio
Rampa em passos = tempo de subida da
pressão curto.
14337171

– Tipo de cuvete (opcional)

NOTA
As janelas do cuvete reutilizável e do cuvete des-
cartável têm propriedades ópticas diferentes. Por
isso é necessário selecionar o tipo de cuvete cor-
reto no menu de Ajuste. Caso contrário, o ponto
zero muda para ±8 mmHg de CO2.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 69


Funcionamento

Ajustar o AutoFlow (opcional)

No visor, também é possível definir o seguinte para


VC-SIMV e VC-SIMV/PS:

12337171

– A função de AutoFlow AutoFlow-AF.


Quando o AutoFlow é ligado, a definição Tplat%
deixa de ser válida, e a Rampa deverá ser definida.
Para obter mais informações sobre o AutoFlow,
consulte “AutoFlow” na página 162.

70 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Funcionamento

PC-BIPAP, PC-BIPAP/PS

Pressure Controlled - Biphasic Positive Airway No visor, é possível definir o seguinte:


Pressure (Pressão das vias aéreas bifásica – con-
trolado por pressão)

Sem respiração Com respiração


espontânea espontânea
Suporte de
Pva tempo de subida tempo de Pressão PS
rápido subida lenta
tempo de tempo de
subida rápido subida

10837171
Pinsp lenta

PEEP
t – Pressão expiratória positiva final PEEP.
Ti Janela
1
de sensibilidade – Pressão inspiratória Pinsp.
FR
– Pressão de suporte ΔPsup acima da PEEP.
Fluxo
– Disparo por sensibilidade.
t O disparo bem-sucedido do paciente é indicado
por um asterisco (*) no lado esquerdo na janela
das curvas.
028

Ventilação controlada por pressão combinada com


a respiração livre espontânea durante todo o ciclo
respiratório e pressão de suporte variável no nível
de CPAP.
Para pacientes sem respiração espontânea até
pacientes com respiração espontânea pouco antes
da extubação. O paciente é submetido a um des-
mame pela redução gradual da porção mandatória
do volume minuto MV total e pela redução da pres- 14137171

são de suporte ΔPsup.


– Relação de tempo de ventilação I:E ou tempo
inspiratório Ti.
A porção mandatória do volume minuto MV total
é definida pela pressão inspiratória Pinsp, – Rampa de tempo de aumento de pressão
PEEP e frequência respiratória FR. (efetivo para o ciclo de PC-BIPAP e pressão
de suporte ΔPsup).
Consulte a descrição na página página 161 para
obter detalhes. – NIV - Non-invasive ventilation (Ventilação não
Defina o padrão de ventilação com os controles: invasiva).
Consulte “NIV – Ventilação não invasiva (venti-
– Frequência respiratória FR. lação por máscara)” na página 76.
– Pressão máxima nas vias aéreas Pmax.
– Concentração de O2 FiO2.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 71


Funcionamento

Definição da pressão de suporte


PC-BIPAP/PS

No visor, também é possível definir o seguinte para


PC-BIPAP:

14037171

– Insp.term.%PIF
Critério de finalização da inspiração dos ciclos
de pressão de suporte, como porcentagem
do fluxo inspiratório de pico (PIF).

12437171
– Tipo circ
O tipo de circuito selecionado deve correspon-
– Ajuste na página 1: pressão de suporte ΔPsup
der ao tipo de circuito utilizado. Caso contrário,
acima da PEEP.
não é possível garantir uma medição de volume
correta. – Ajuste na página 2: Rampa de tempo de
aumento de pressão.
Rampa plana = tempo de subida da
pressão longo
Rampa média = tempo de subida da
pressão médio
Rampa em passos = tempo de subida da
pressão curto.
15037171

– Tipo de cuvete (opcional)

NOTA
As janelas do cuvete reutilizável e do cuvete
descartável têm propriedades ópticas diferentes.
Por isso é necessário selecionar o tipo de
cuvete correto no menu de Ajuste. Caso contrário,
o ponto zero muda para ±8 mmHg de CO2.

72 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Funcionamento

SpnCPAP, SpnCPAP/PS

Spontaneous Continuous Positive Airway Pres-


sure (Pressão positiva contínua e espontânea das
vias aéreas)

ADVERTÊNCIA
Utilize a SpnCPAP (/PS) apenas para pacientes
com respiração espontânea suficiente.
Caso contrário, o paciente corre o risco de não

15137171
receber ventilação necessária.

Defina o padrão de ventilação com os controles: – Insp.term.%PIF


– Pressão máxima nas vias aéreas Pmax. Critério de finalização da inspiração dos ciclos
de pressão de suporte, como porcentagem do
– Concentração de O2 FiO2. fluxo inspiratório de pico (PIF).
No visor, é possível definir o seguinte: – tipo circ
O tipo de circuito selecionado deve correspon-
der ao tipo de circuito utilizado. Caso contrário,
não é possível garantir uma medição de volume
correta.
15737171

– Pressão final expiratória positiva PEEP.


– Pressão de suporte ΔPsup acima da PEEP.
15237171
– NIV - Ventilação não invasiva.
Consulte “NIV – Ventilação não invasiva (venti- – Tipo de cuvete (opcional)
lação por máscara)” na página 76.
NOTA
As janelas do cuvete reutilizável e do cuvete des-
cartável têm propriedades ópticas diferentes. Por
isso é necessário selecionar o tipo de cuvete cor-
reto no menu de Ajuste. Caso contrário, o ponto
zero muda para ±8 mmHg de CO2.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 73


Funcionamento

Ventilação de apneia Definir a ventilação de apneia

Pva
Pmax

Oxylog 3000 plus

t
Tempo de alarme 1
de apneia Tapn FRapn
Iniciar a ventilação
Fluxo de apneia, com
alarme de apneia

06837170
A B
t
No visor:
z Defina Tapn com o botão rotativo (B) em um
valor entre 15 e 60 segundos.
029US

A ventilação de apoio em apneia só é aplicável Aparecem os parâmetros RRapn e VTapn, neces-


quando se utiliza o modo SpnCPAP. No caso de sários para definir a ventilação em apneia:
apneia, o ventilador ativará automaticamente
a ventilação mandatória controlada por
volume – (VC-CMV).
Quando ocorre uma apneia, o equipamento emite
simultaneamente um sinal de alarme e muda para
a ventilação controlada por volume com a os parâ-
metros da frequência respiratória RRapn, volume
correnteVTapn, e pressão máxima nas vias aéreas
Pmax quando for atingido o tempo de apneia
tela 13

Tapn. A relação do tempo de ventilação I:E =


1:1,5 e o tempo de platô Tplat % = 0 estão
3 Ajuste RRapn e VTapn.
presentes durante a ventilação de apneia.
4 Definir a Pmax. Isso determina a pressão
máxima nas vias aéreas durante a ventilação
em apneia.

74 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Funcionamento

Para desativar a ventilação de apneia Ressuscitação cardiopulmonar (RCP)


z Pressione a tecla Reset Alarme.
Consulte “Ressuscitação cardiopulmonar (RCP)”
O ventilador retoma a ventilação com o modo na página 67.
e ajustes de parâmetros originais.

Para desativar a ventilação de apneia


z Defina Tapn em DESLIGADO.

NOTA
Só é possível realizar a ventilação em apneia
no modo de ventilação SpnCPAP sem NIV.
É necessário monitorar a ventilação mínima
requerida para o paciente através do limite
de alarme inferior VMe .

Definição de pressão de suporte


Spn-CPAP/PS

Se a ΔPsup for ajustada em um valor superior


a 0 mbar, os seguintes valores também podem
ser definidos para SpnCPAP:
12537171

– Disparo por sensibilidade.


O disparo bem-sucedido do paciente é indicado
por um asterisco (*) no lado esquerdo na janela
das curvas.
– Tempo de subida da pressão Rampa (efetivo
para pressão de suporte ΔPsup).

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 75


Funcionamento

NIV – Ventilação não invasiva (ventilação por máscara)

Utilização da NIV Para ligar a NIV


Só é possível ativar a NIV como uma função suple- 1 Ative a linha NIV desligada.
mentar nos modos de ventilação SpnCPAP (/PS),
2 Selecione NIV ligada e confirme.
PC-BIPAP (/PS), VC-CMV / AF, VC-AC / AF e VC-
SIMV / AF. O Oxylog 3000 plus ajusta automatica- – A NIV suplementar aparece na janela do modo
mente os requisitos da ventilação por máscara. de ventilação.
As fugas na máscara são detectadas pelo aparelho
e compensadas. Os valores medidos apresenta-
dos VTe e VMe não incluem a fuga. O alarme de
fuga está inativo.

ADVERTÊNCIA
Se a NIV não estiver ativada, os valores medi-
dos para VTe e VMe serão inconsistentes se
houver fugas durante a ventilação.

12837171
ADVERTÊNCIA
Certifique-se de que a NIV não está ativada ADVERTÊNCIA
com pacientes intubados.
Defina o limite de alarme inferior VMe de
Risco de fugas não detectadas e ventilação acordo com a ventilação mínima necessária
inadequada. para o paciente.
Caso contrário, o paciente corre o risco de
ADVERTÊNCIA não receber ventilação suficiente.
Os filtros bacteriológicos, HME e máscaras
aumentam a resistência ventilatória e o NOTA
volume de espaço morto do equipamento de
A ventilação em apneia não é possível quando
ventilação. Siga as instruções do fabricante.
a NIV está ativa.
Risco de reinalação de CO2.

ADVERTÊNCIA
Verifique os limites de alarme VMe após
a desativação do modo NIV.

ADVERTÊNCIA
Evite pressão das vias aéreas alta.
Risco de aspiração.

76 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Funcionamento

Funções especiais

Inspiração manual/pausa inspiratória 100 % O2 (opcional)

A função Inspiração manual/Pausa inspiratória ini- Para aplicar 100 % O2 por 3 minutos independen-
ciará um novo ciclo (manual) de ventilação ou pau- temente do valor ajustado no momento.
sará a fase inspiratória do ciclo de ventilação atual
z Pressione brevemente a tecla 100 % O2 (B).
por no máximo 15 segundos.
O respectivo indicador se ilumina por
O padrão do ciclo ventilatório iniciado manual- 3 minutos.
mente corresponde ao modo ventilatório definido.
O valor definido é reiniciado pelo ventilador após
Essa função não está disponível para: decorridos esses 3 minutos, ou quando 100 % O2
for pressionada novamente. O indicador apaga.
– SpnCPAP sem PS,
– Inalação de O2 (opcional).
Inalação de O2 (opcional)
Para ativar a Inspiração manual ou a Pausa
inspiratória ADVERTÊNCIA
A função de inalação de O2 não é um modo de
ventilação.
A Só pode ser utilizada para pacientes com res-
piração espontânea que recebem um fluxo
Oxylog 3000 plus
constante de O2 entre 0 e 15 L/min através de
uma máscara.

Se ocorrer uma estenose traqueal ou outro


tipo de obstrução, o fluxo é interrompido pelo
ventilador durante 5 segundos a uma pressão
nas vias aéreas de 30 mbar, e a pressão nas
vias aéreas é reduzida a 0 mbar.
O alarme !!! Paw alto está ativo.
01237170

B
NOTA
z Pressione a tecla Pausa da inspiração (A) As opções 100 % O2 e inalação de O2 excluem-se
durante o tempo inspiratório necessário. mutuamente.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 77


Funcionamento

Para ativar a inalação de O2

A B

Oxylog 3000 plus

C
08337170

1 Conecte a máscara de inalação à saída de gás


da traqueia (B).
2 Pressione e mantenha pressionada a tecla do
modo de inalação de O2 (A) por cerca de
3 segundos.
A inalação de O2 é realizada com a definição
definida anteriormente.
3 Ajuste e confirme o fluxo de O2 com o botão
rotativo (C).
Exibição de dados (exemplo):
07137170

78 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Funcionamento

Concentração de O2 com mistura de O2

O FiO2 pode ser ajustado de 40 % a 100 % de O2,


O2 (%)
independentemente do modo de ventilação. É pro-
duzida uma concentração de O2 abaixo de 100 %
por condução de ar ambiente, com o princípio de 85 (%)

injeção sendo realizado no Oxylog 3000 plus.


No entanto, a concentração de O2 possível 40
depende da pressão média das vias aéreas Fluxo
20
e do fluxo inspiratório. A concentração de 0 15 30 100 (L/min.)
O2 = f(Fluxo, Pva)
O2 nunca pode ser inferior a 40 %.

033
Isso é exibido nos gráficos seguintes: Concentração de O2 possível com uma Pmean
de 30 mbar.
O2 (%)
O2 (%)
80 (%)
93 (%)

40

20
Fluxo 40
100 (L/min.)
0 3 40
O2 = f(Fluxo, Pva) 20
Fluxo
031

0 20 O2 = f(Fluxo, Pva) 100 (L/min.)


Concentração de O2 possível com uma Pmean

034
de 5 mbar.
Concentração de O2 possível com uma Pmean
de 60 mbar.
O2 (%)
A concentração de O2 é um valor calculado.
Não é medida por um sensor de O2 interno.
82 (%)
Se o Oxylog 3000 plus não conseguir atingir as
concentrações de O2 definidas, o sinal Verificar
40 ajustes de FiO2 avisa o usuário que ele precisa
20
Fluxo corrigir os ajustes.
0 10 35 100 (L/min.)
O2 = f(Fluxo, Pva)
z Corrija o ajuste com o controle FiO2
032

Quando a concentração de O2 tiver sido ajustada,


Concentração de O2 possível com uma Pmean
o valor será exibido por cerca de 30 segundos.
de 15 mbar.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 79


Funcionamento

Quando os pacientes estiverem respirando espon- ADVERTÊNCIA


taneamente, a concentração de O2 passível de ser
Em ambientes infecciosos:
atingida dependerá do perfil do fluxo inspiratório.
– Ventilar o paciente com 100 % de oxigênio
ADVERTÊNCIA de grau hospitalar para que bactérias,
vírus, fungos ou esporos não entrem
Em ambientes tóxicos:
no gás respiratório.
– Ventilar o paciente com 100 % de oxigênio
– O paciente deve ser imediatamente trans-
de grau hospitalar para que os constituin-
ferido para um ambiente respirável para
tes tóxicos não entrem no gás respiratório.
evitar a inalação de ar infeccioso quando
– O paciente deve ser imediatamente trans-
é retomada a respiração espontânea.
ferido para um ambiente respirável para
evitar a inalação de ar tóxico quando
é retomada a respiração espontânea.

Definir a correção de HME

A temperatura e a influência de umidade


de HME têm um efeito na medição de fluxo.
O Oxylog 3000 plus pode compensar
a presença de um HME.
Quando utilizar um HME, selecione, ajuste
e confirme HME - Ligado na janela de
Ajustes com o botão rotativo.
13837171

Ao selecionar HME - LIGADO, o sensor de fluxo


espera uma temperatura de gás de expiração de
35 °C e uma umidade relativa de 0 %.
Ao selecionar HME - Desligado, o sensor de fluxo
espera uma temperatura de gás de expiração de
37 °C e uma umidade relativa de 100 %.

80 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Funcionamento

Calibração

Os sensores de pressão e fluxo são calibrados O sensor de CO2 deverá ser calibrado se os valo-
automaticamente pelo equipamento em intervalos res de teste não forem respeitados durante a veri-
regulares, sem interromper a ventilação. ficação de gás de teste.
Os valores da calibração salvos permanecem Para calibrar o sensor de CO2, consulte “Modo de
mesmo quando se DESLIGA o equipamento. Assistência ao cliente” na página 98.

Brilho da tela

É possível ajustar o nível de brilho da tela na última O nível de brilho da tela no modo de economia
página do menu Ajustes, do nível 1/4 até o 4/4. de energia pode ser definido no modo de Assistên-
cia ao cliente. Consulte “Modo de Assistência
Durante o funcionamento a bateria, quando
ao cliente” na página 98.
não houve definição de controles por um período
superior a um minuto, a tela se apagará automati-
camente (modo de economia de energia).

Volume de alarme

Defina o nível do volume na última página do menu


Alarmes, do nível 1/4 até o 4/4:

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 81


Funcionamento

Desligar

– Após desconectar o paciente Quando o O2 for fornecido a partir de um cilindro:


DESLIGUE o aparelho: 3 Feche a válvula do cilindro.

ADVERTÊNCIA
É necessário fechar completamente a válvula
A do cilindro para evitar fuga de gás do equipa-
mento.
Oxylog 3000 plus
Quando o O2 for fornecido de uma tubulação:
4 Desconecte a pressão alta da fonte.
00337170

B
1 Para DESLIGAR o aparelho, mantenha a tecla
(A) pressionada por cerca de 3 segundos.
A ventilação cessa e é emitido um alarme
de prioridade elevada.
Esse alarme pode ser silenciado com
a tecla .
2 Ou:
– Pressione o botão rotativo (B) para confir-
mar a ação de DESLIGAR.
Ou
– Pressione a tecla (A) para continuar
a ventilação com os ajustes anteriores.

NOTA
Quando o aparelho é DESLIGADO, a bateria con-
tinua a ser carregada se o aparelho estiver conec-
tado a uma fonte de alimentação externa.

82 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Alarmes

Alarmes

Tipos de alarmes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 84

Quando ocorre um alarme. . . . . . . . . . . . . . 85

Configuração dos limites


de alarme. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 87

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 83


Alarmes

Tipos de alarmes

O aspecto ou a configuração da tela real pode ser Atenção


diferente das ilustrações aqui apresentadas.
Um alarme de prioridade média.
z O indicador de alarme (A) pisca em amarelo.
O Oxylog 3000 plus atribui uma prioridade à men- As mensagens de atenção são antecedidas por
sagem do alarme. Essa mensagem realça o texto dois pontos de exclamação.
com o número adequado de pontos de exclamação
e gera sequências de tom diferentes para os res- Exemplo: !! Sem bateria int. ?
pectivos alarmes.
!!! = Advertência
z O Oxylog 3000 plus gera uma sequência
!! = Atenção
de três tons que se repete aproximadamente
! = Indicação a cada 20 segundos.
Consulte a lista “Alarme – Causa – Solução”
na página 112 para obter informações sobre
como resolver os alarmes. Indicação
Um alarme de prioridade baixa.
A z O indicador de alarme (A) amarelo se ilumina.
As mensagens de indicação são precedidas por
um ponto de exclamação.
Oxylog 3000 plus B
Exemplo:
! Ajustes não confirmados

z O Oxylog 3000 plus gera uma sequência de


alarme de dois tons que toca apenas uma vez.

C
036

Advertência
Um alarme de prioridade alta
z O indicador de alarme (B) pisca em vermelho.
As advertências são antecedidas por três pontos
de exclamação e exibidas em negativo (C).

Exemplo: !!! Ventilação de apneia

z O Oxylog 3000 plus gera uma sequência de


cinco tons, que tocam duas vezes e se repetem
aproximadamente a cada 7 segundos.

84 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Alarmes

Quando ocorre um alarme

Cancelar tons de alarme


A
ADVERTÊNCIA
Verifique regularmente se o visor apresenta
mensagens de alarme quando os tons de
Oxylog 3000 plus alarme estiverem silenciados.
Caso contrário, pode não se detectar alarmes.

C B Oxylog 3000 plus


037

z O indicador (A) pisca em vermelho ou amarelo,


ou se ilumina em amarelo.
E
z A mensagem de alarme aparece no canto
superior direito da tela (C). Adicionalmente,
são emitidos tons de alarme.

038
Quando a falha tiver sido solucionada o tom do
1 Pressione a tecla (A).
alarme é cancelado.
O indicador de alarme permanece ativo e todos
Os alarmes solucionados que ainda permanecem
os tons de alarme são cancelados durante
no visor podem ser confirmados (redefinidos):
2 minutos.
z Pressione a tecla Reset Alarme (B). Os tons de alarme são retomados pelo equipa-
A mensagem de alarme desaparecerá do visor. mento após esses 2 minutos.
Cada alarme solucionado, mas não confirmado,
será substituído quando for emitido um novo ADVERTÊNCIA
alarme. Ajuste o volume do alarme a um nível ade-
quado ao ambiente de trabalho.

ADVERTÊNCIA
Preste mais atenção em ambientes onde os
ruídos de fundo interferem com a audição do
nível máximo do tom de alarme do equipa-
mento (p.ex., em um helicóptero).

NOTA
Para ser avisado de alarmes sonoros novos,
é necessário redefinir o silenciamento do
alarme de 2 minutos.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 85


Alarmes

NOTA
O volume dos tons de alarme pode ser regulado.
Consulte a seção “Volume de alarme”
na página 81.

Se for necessário ouvir os tons de alarme nova-


mente antes de decorridos os 2 minutos:
2 Pressione a tecla (A) novamente.

No caso de uma falha de gás

ADVERTÊNCIA
No caso de uma falha de gás, não
é possível garantir uma ventilação adequada.
O Oxylog 3000 plus emite o alarme !! Pressão
de aliment. baixa.
Desconecte o paciente do equipamento
e continue imediatamente a ventilação
usando outro ventilador.

No caso de uma falha de alimentação interna

ADVERTÊNCIA
No caso de uma falha de alimentação interna,
a ventilação automática, a medição do volume
e os alarmes não funcionam.
Ouve-se um alarme sonoro para indicar
a falha de alimentação interna.
A respiração espontânea pode continuar
durante a entrada de ar de emergência.
Desconecte o paciente do equipamento
e continue imediatamente a ventilação
usando outro ventilador.

86 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Alarmes

Configuração dos limites de alarme

ATENÇÃO Limite de alarme inferior para Pva


Ajuste os valores de alarme cuidadosamente. O Oxylog 3000 plus gera automaticamente um
alarme quando deixa de detectar uma diferença de
Valores de alarme extremos podem tornar
pressão de mais de 5 mbar entre a pressão inspi-
o sistema ineficaz.
ratória e expiratória, por mais de 20 segundos.

Ajuste o limite superior de alarme para a Pva Configuração dos limites de alarme para VMe,
FRsp e etCO2 opcional
Independentemente do modo de ventilação defi-
nido, a Pva é controlada pelo ventilador e está limi- ADVERTÊNCIA
tada à Pmax da pressão inspiratória máxima
Defina o limite de alarme inferior VMe de
definida.
acordo com a ventilação mínima necessária
A pressão das vias aéreas é limitada quando
para o paciente.
a Pmax é atingida; a inspiração não terminará
prematuramente. Para obter mais detalhes, Caso contrário, o paciente corre o risco de
consulte a “Ressuscitação cardiopulmonar (RCP)” não receber ventilação suficiente.
na página 67.
1 Pressione a tecla Alarmes (B).
A Pmax aparece na curva de pressão como uma
Exibição de dados (exemplo):
linha tracejada. Quando essa linha tracejada
é atingida, o Oxylog 3000 plus emite um
alarme !!! Pva alta.

Oxylog 3000 plus

11037171-2

2 Selecione e ative o limite inferior ou supe-


rior de alarme para VMe, FRsp ou etCO2
no visor.
3 Defina e confirme o valor.

A B Se o cabo do sensor de CO2 estiver desconectado,


039

1 Configure a pressão das vias aéreas máxima etCO2 os limites de alarme não são visíveis.
Pmax pelo controle Pmax (A). Se o cabo do sensor de CO2 for desconectado
e novamente ligado, os limites de alarme previa-
mente definidos permanecem válidos.

Para os níveis de limite de alarme consulte “Inter-


valos de limite de alarme” na página 141.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 87


Alarmes

Ajustar os limites de alarme automaticamente Os Limites de alarme automáticos se baseiam


nos valores realmente medidos, da seguinte forma:
ADVERTÊNCIA
Após utilizar a função Alarmes: autom., Alarmes Ajuste
verifique se os limites de alarme novos VMe Valor atual –20 %, com um
se adequam ao paciente. mínimo de 0,5 L/min. Abaixo
Risco de hipoventilação. de 0,5 L/min o limite não se
altera.
A função Alarmes: autom. define os limites de VMe Valor atual +30 % ou +2 L\min,
alarme com base nos valores realmente medidos conforme o que for mais baixo
no momento da ativação. Esse ajuste automático
FRsp Valor atual +5/min, com um
dos limites de alarmes é realizado apenas uma
mínimo de 10/min.
vez, quando confirmado pelo botão rotativo.
etCO2 Com base no valor atual
1 Pressione a tecla Alarmes (B).
2 Selecione e ative a linha Alarmes: autom.
no visor. Limites de alarme automáticos de etCO2
/ se baseiam no valor real de etCO2,
3 Pressione o botão rotativo para confirmar
autom., ou pressione a tecla Reset Alarme da seguinte forma:
para não alterar as configurações.
Limite de Valor atual Limite superior
alarme infe- medido de alarme
rior [mmHg] [mmHg] [mmHg]
Sem alteração <5 Sem alteração
Atual –5 15 a 35 Atual +15
Atual –7 35 a 45 Atual +10
Atual –10 >45 Atual +5

Limite de Valor atual Limite superior


alarme infe- medido de alarme
rior [kPA] ou [kPA] ou [kPA] ou
[% em Vol.] [% em Vol.] [% em vol.]
Sem alteração <2,0 Sem alteração
Atual –0,7 2,0 a 4,7 Atual +2,0
Atual –0,9 4,7 a 6,0 Atual +1,3
Atual –1,3 >6,0 Atual +0,7

88 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Monitoração

Monitoração

Visualizar curvas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90

Visualizar os valores medidos . . . . . . . . . . 90

Medição de CO2 (opcional) . . . . . . . . . . . . . 91


Configuração de tipo de cuvete . . . . . . . . . . . 91
Verificar o sensor de CO2 durante
a ventilação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 91
Calibração do zero durante
a ventilação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 92
Verificação do filtro de CO2 durante
a ventilação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 93

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 89


Monitoração

Visualizar curvas

A janela das curvas pode exibir a curva de pressão


das vias aéreas Pva, a curva do fluxo ou a curva
de CO2 (opcional). Consulte “Estrutura da tela”
na página 30.
Para visualizar uma curva diferente:
z Pressione a tecla de curvas .
Curves

Visualizar os valores medidos

Os valores medidos aparecem na janela de valores Podem ser apresentados os seguintes valores:
medidos.
– MVe (VMe),
Para alternar entre os valores:
– FiO2,
z Pressione a tecla de valores : aparecem
– RR (FR),
na tela os seguintes valores.
– VTe,
– PEEP,
– Pmean (Pmédia),
– PIP,
– Pplat,
– MVesp (VMesp),
– RRspon (FRespon),
– etCO2.
Quando o sensor de CO2 é conectado ao ventila-
dor, o valor de etCO2 será exibido automatica-
mente na janela de Valores medidos.
Os valores são apresentados aos pares. Os pares
de valores podem ser configurados da forma
requerida. Consulte “Modo de Assistência
ao cliente” na página 98.

90 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Monitoração

Medição de CO2 (opcional)

A medição de CO2 só funciona se a opção CO2 Configuração de tipo de cuvete


tiver sido instalada e se o sensor de CO2 estiver
presente. NOTA
1 Conecte o sensor de CO2 e o cuvete As janelas do cuvete reutilizável e do cuvete
(consulte “Conectar o sensor de CO2 descartável têm propriedades ópticas diferentes.
e o cuvete” na página 46). Por isso é necessário selecionar o tipo correto de
2 Configure o tipo de cuvete no menu de Ajustes cuvete no menu de Ajuste. Caso contrário, o ponto
zero muda para ±8 mmHg de CO2.
(consulte Configuração de tipo de cuvete).
Para definir o tipo de cuvete (reutilizável ou
descartável):
Serão ativados os seguintes valores:
1 Pressione a tecla de configuração .
– Janela de curvas: Curva de CO2
2 Selecione e ative a linha Cuvette type
– Janela de valores medidos: o parâmetro
(Tipo de cuvete).
etCO2 será apresentado automaticamente
3 Defina o tipo de cuvete e confirme.
– Janela de alarmes: Alarme de etCO2 alto
e etCO2 baixo NOTA
Se for selecionado um tipo de cuvete errado,
o Oxylog 3000 plus exibe o alarme
Para obter mais informação sobre as curvas
!!! Valor constante CO2.
e valores medidos: consulte “Apresentação grande
da curva de CO2” na página 32.
Para obter mais informação sobre a configuração Verificar o sensor de CO2 durante
de pares de valores medidos: consulte “Modo de a ventilação
Assistência ao cliente” na página 98.
Para conectar o sensor de CO2 e o cuvete, con- As seguintes verificações são necessárias para
sulte a página 46. Para calibração do zero de CO2 o sensor de CO2 durante a ventilação:
e verificação do filtro antes da ventilação, consulte
a página 56. Para configuração do CO2 no modo Verificação Intervalo
de Assistência ao cliente, consulte a página 106. Calibração do Necessário antes da medição
zero de CO2 e quando se instala o sensor
de CO2 em outra unidade.
Necessário se o sensor de CO2
apresentar um desvio após uma
fase de aquecimento.
Verificação do Necessário em intervalos de
filtro de CO2 um mês.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 91


Monitoração

Calibração do zero durante a ventilação Se a calibração do zero não foi bem sucedida:
O Oxylog 3000 plus exibe o alarme !!! CO2 Cali-
A calibração do zero é realizada com um sensor bração zero falhou.
de CO2 limpo que tenha sido removido do cuvete!
z Repita a calibração do zero.
NOTA
Não respire sobre o sensor de CO2 durante
a calibração do zero para evitar falhas na calibra- Caso a calibração do zero continue não
ção do zero ou um valor de zero inválido. sendo possível:
1 Verifique se o sensor (A) está sujo e limpe-o,
Para realizar a calibração do zero:
se necessário. Se o sensor estiver danificado,
1 Conecte o sensor de CO2 e aguarde no mínimo substitua-o.
3 minutos até ao sensor de CO2 concluir a fase
2 Repita a calibração do zero.
de aquecimento.

A
B
179

2 Remova o sensor de CO2 (A) do cuvete (B).


3 Pressione a tecla de configuração .
4 Selecione e ative a linha CO2 Zero Calib. –
Run (Calibração do zero – Iniciar). A tela
exibe o texto Remova o sensor da cuvette
e pressione o botão rotativo.
5 Confirme. A calibração do zero começa
e a linha apresenta Ocpd.
Observe o tempo de aquecimento possível.
Durante a calibração do zero, os ajustes
de ventilação podem ser alterados.
Após uma calibração do zero bem sucedida,
a linha exibe por um instante Pass.
6 Encaixe o sensor de CO2 (A) novamente
no cuvete (B).

92 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Monitoração

Verificação do filtro de CO2 durante Se a verificação não foi bem sucedida:


a ventilação O Oxylog 3000 plus exibe o alarme !!! CO2 Verifi-
cação do filtro falhou. O valor do teste está fora
NOTA dos níveis tolerados.
Antes da verificação do filtro de CO2, é necessário 1 Verifique se o sensor (A) ou o filtro de teste (B)
que o usuário tenha concluído com êxito uma cali- está sujo e limpe-o, se necessário. Se o sensor
bração do zero de CO2. Caso contrário, a verifica- estiver danificado, substitua-o.
ção do filtro de CO2 pode ultrapassar o nível de
tolerância. 2 Verifique a calibração de CO2 com gás de teste
ou calibre o sensor de CO2.
Para conectar o sensor de CO2 e o cuvete,
consulte a página 46. Para calibração do zero
A de CO2 e verificação do filtro antes da ventilação,
consulte a página 56. Para configuração do CO2
no modo de Assistência ao cliente, consulte
a página 106.
B
177

Para realizar a verificação do filtro de CO2:


1 Remova o sensor de CO2 do cuvete.
2 Encaixe o sensor de CO2 (A) no filtro de
teste (B).
3 Pressione a tecla de configuração .
4 Selecione e ative a linha CO2 Verificação
do filtro - Iniciar.
5 Confirme. A verificação do filtro começa
e a linha exibe Ocpd.
Durante a verificação do filtro, as definições
de ventilação podem ser alteradas.
Após uma verificação do filtro bem sucedida,
a linha exibe por um instante Pass.
6 Encaixe o sensor de CO2 (A) novamente
no cuvete.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 93


Esta página foi intencionalmente deixada em branco

94 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Configuração

Configuração

Ajuste dos parâmetros de


configuração e
visualização de informações. . . . . . . . . . . . 96

Visualizar a configuração
e informação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 97
Ajuste do idioma . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 97
Visualizar o tipo de bateria . . . . . . . . . . . . . . . 97

Modo de Assistência ao cliente . . . . . . . . . 98


Para entrar no modo de Assistência
ao cliente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 99
Ajustes no modo de Assistência
ao Cliente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 99
Para sair do menu de configuração
do parâmetro . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 99
Configurar as definições iniciais . . . . . . . . . . . 100
Configurações iniciais para
tubo/cuvete. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 102
Ajustar a data e a hora . . . . . . . . . . . . . . . . . . 103
Janela de exibição dos valores
medidos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 103
Introduzir o código de ativação. . . . . . . . . . . . 104
Testar os botões e o potenciômetro . . . . . . . . 104
Testar o alto-falante, o alarme,
os LEDs e o visor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 104
Visualizar os dados de precisão
(bateria) e de carga. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 105
Verificar a válvula de segurança. . . . . . . . . . . 105
Visualizar as entradas do registro
de informação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 105
Visualizar as entradas do registro
do usuário. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 106
Visualizar as informações de manutenção
e de contato da assistência . . . . . . . . . . . . . . 106
Sensor de CO2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 106
Sair do Modo de Assistência ao cliente . . . . . 110

Manual de assistência ao cliente . . . . . . . . 110

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 95


Configuração

Ajuste dos parâmetros de configuração e visualização de informações

O aspecto ou a configuração da tela real pode


ser diferente das ilustrações aqui apresentadas.

1 Para LIGAR o aparelho pressione brevemente


a tecla . O equipamento efetua um auto-
teste e pede ao operador, no visor, que ative
o menu de configuração ou a verificação do
equipamento:
Press Rotary Knob for Device check and
Configuration (Pressione o botão rotativo
para verificar e configurar o aparelho).

2 Pressione o botão rotativo para confirmar,


antes que a barra de progressão esteja cheia.
Aparece no visor o menu inicial:
15337171

3 Selecione Configuração e informação


no menu inicial e confirme.

96 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Configuração

Visualizar a configuração e informação

– Os ajustes efetuados através de Ajuste do idioma


“Configuração” permanecem após
DESLIGAR o ventilador. 1 Pressione a tecla Ajustes para
– É possível cancelar a configuração. Para isso, selecionar o menu Configuração.
pressionar a tecla Reset alarme (Redefinir 2 Selecione e ative a linha Idioma.
alarme).
3 Selecione o idioma e confirme.
O idioma novo que foi selecionado torna-se
Os seguintes dados podem ser visualizados efetivo imediatamente.
através do menu Configuração e informação:
– Idioma
– ID aparelho
– Total de horas de funcionamento
(Horas de trabalho)
– Horas de funcionamento desde a última
inspeção e manutenção (Horas desde

06637171
última inspeção)
– Tipo de bateria e capacidade da bateria.

Visualizar o tipo de bateria

z Pressione a tecla Ajustes para


selecionar o menu Informação.
Os dados de desempenho da bateria
inserida são exibidos no aparelho.

tela 17

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 97


Configuração

Modo de Assistência ao cliente

NOTA As exibições no Modo de Assistência ao cliente


aparecem em inglês e não podem ser alterados
Quando o equipamento está no Modo de
para outro idioma.
Assistência ao cliente não é possível efetuar
a ventilação.

No Modo de Assistência ao cliente, o ventilador


realiza testes de funcionamento, emite informa-
ções de estado e permite configurar os ajustes
do parâmetro.

001 Set startup settings (Ajustar as Configure os ajustes iniciais e restaure às configura-
definições iniciais). ções de fábrica.
002 Hose/cuvette startup settings Determine qual tubo de ventilação ou sistema de
(Definições iniciais de tubo/cuvete). cuvete será utilizado.
003 Set date and time (Ajustar data e hora). Configurar a data e a hora.
004 Set measured values display window Configure a apresentação dos valores medidos na
(Ajustar a janela de exibição de valores janela de valores medidos ou restaure as configura-
medidos). ções de fábrica.
005 Enter activation code (Introduzir Introduza o código de ativação para as opções.
o código de ativação).
006 Test buttons and potentiometer Verifique o funcionamento correto de teclas e contro-
(Testar botões e potenciômetro). les.
007 Test loudspeaker, buzzer, LEDs and dis- Verifique o funcionamento correto do alto-falante,
play (Testar alto-falante, alarme, LEDs do alarme, dos LED e do visor.
e visor).
008 Display battery and supply data Visualize os dados da bateria e estado da tensão
(Exibir dados da bateria e da carga). de alimentação.
009 Check safety valve (Verificar a válvula Verificação da válvula de segurança.
de segurança).
010 Display info logbook (Visualizar Registro de calibração e erros técnicos por
o registro de informação). ordem cronológica.
011 Display user logbook (Visualizar Registro de fases de funcionamento, ajustes
o registro do usuário). do ventilador e alarmes.
012 Display maintenance and service Visualize a programação de manutenção e as
contact information (Visualizar as informações de contato do pessoal de assistência.
informações de manutenção
e contato de assistência).
013 CO2 sensor (Sensor de CO2). Verifique ou calibre o sensor de CO2.

98 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Configuração

Para entrar no modo de Assistência Ajustes no modo de Assistência


ao cliente ao Cliente

6 Selecione a função requerida com o cursor


E D (asterisco).
– Para selecionar um parâmetro: gire o botão
rotativo.
– Para ativar o parâmetro: pressione o botão
Oxylog 3000 plus

rotativo.
– Para definir um valor: gire o botão rotativo.
– Para confirmar o valor: pressione o botão
rotativo.
07737170

A B C Para sair do menu de configuração


do parâmetro
1 Assegure-se de que a ventilação
está DESLIGADA.
2 Gire os controles VT (A) e FR (FR) (B)
totalmente para a direita.
3 LIGUE o aparelho pressionando brevemente
a tecla Start/Standby (Iniciar/Pausa) (C) e,
simultaneamente, pressione e mantenha
Curves
pressionada a tecla Curves (Curvas) (D)

11837170
e a tecla Values (Valores) (E) até apare-
cer o menu principal Customer Service Mode
1 Selecione a linha EXIT (Sair).
(Modo de Assistência ao cliente).
2 Pressione o botão rotativo para confirmar.
4 No menu principal, defina o número do teste
Os valores definidos são guardados como
requerido com o botão rotativo.
predefinições e permanecem efetivos.
tela 18

5 Pressione o botão rotativo para ativar o teste.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 99


Configuração

Configurar as definições iniciais CO2 unit (Unidade mmHg, kPa ou Vol.%


de CO2)
Os ajustes variam entre: Hose type Adult disposable
(Tipo de circuito) (Adulto descartável)
Parâmetro Intervalo Adult reusable
Modo de ventilação (Adulto reutilizável)
Trigger (Disparo) 0 (OFF, Desl.) 1 a 15 L/min Paediatric disposable
PEEP 0 a 20 mbar (Pediátrico descartável)
I:E ou Ti I:E ou Ti configuráveis Cuvette type Disposable (Descartável)
I:E 1:100 a 50:1 (Tipo de cuvete)
Ti 0,2 a 10,0 s Reusable (Reutilizável)
Tplat % 0 a 50 %
* Brightness-min (Brilho mín.): nível de brilho
ΔPsup 0 a 35 mbar da tela no modo de economia de energia.
Slope (Rampa) SLOW, STANDARD, Consulte “Brilho da tela” na página 81.
FAST (LENTO, NORMAL,
RÁPIDO)
Pinsp 3 a 55 mbar
O2-Flow 0 a 15 L/min
(Fluxo de O2)
NIV ON, OFF (Ligar, Desligar)
Tapn 0 (OFF, Desl.) a 60 s
VTapn (VTapneia) 50 a 2000 mL
FRapn 12 a 60 bpm
MVe-high alarm 2,0 a 41 L/min
(alarme de
VMe alto)
MVe-low alarm 0,5 a 40 L/min
(alarme de VMe
baixo)
RR-high (FR alta) 10 a 100 bpm
HME correction ON, OFF (Ligar, Desligar)
(Correção HME)
AutoFlow ON, OFF (Ligar, Desligar)
(Fluxo auto.)
Brightness-min* 1/4 a 4/4
(Brilho mín.)
Brightness (Brilho) 1/4 a 4/4
Alarm volume 1/4 a 4/4
(Volume do alarme)
etCO2 high alarm 1 a 1000 mmHg
(Alarme de
etCO2 alto)
etCO2 low alarm 0 a 1000 mmHg
(Alarme de
etCO2 baixo)

100 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Configuração

As configurações de fábrica são: Parâmetro Configurações de fábrica


etCO2 high 50 mmHg
Parâmetro Configurações de fábrica alarm (Alarme
Modo de VC-CMV de etCO2 alto)
ventilação etCO2 low alarm 33 mmHg
Trigger (Disparo) 0 L/min a VC-CMV, VC-AC (Alarme de etCO2
e 3 L/min a VC-SIMV, baixo)
SpnCPAP, PC-BIPAP CO2 unit mmHg
PEEP 5 mbar (Unidade de CO2)
I:E ou Ti I:E Hose type (tipo Adult disposable (Adulto
I:E 1,0:1,5 de circuito) descartável)
Ti 2,0 s Cuvette type Disposable (Descartável)
Tplat % 0% (Tipo de cuvete)
ΔPsup 0 mbar
Slope (pressure Standard (Padrão)
rise time) (Rampa
(tempo de subida
da pressão))
Pinsp 20 mbar
O2-Flow 10 L/min
(Fluxo de O2)
NIV OFF (Desligar)
Tapn 0 s (quando definido para
um mínimo de 15 s)
VTapn 500 mL
RRapn (FRapn) 12 /min
MVe-high alarm 40,0 L/min
(alarme de
VMe alto)
MVe-low alarm 0,5 L/min
(alarme de
VMe baixo)
RRspon-high 100 /min
alarm (alarme
FRspon elevada)
HME correction OFF (Desl.)
(Correção HME)
AutoFlow OFF (Desl.)
(Fluxo auto)
Brightness-min* 1/4
(Brilho mín)
Brightness 3/4
(brilho)
Alarm volume 3/4
(Volume do
alarme)

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 101


Configuração

ADVERTÊNCIA
Pode haver um perigo potencial se as configu-
rações padrão de alarmes forem diferentes
para o mesmo equipamento ou para equipa-
mento semelhante em uma mesma área,
p.ex., em um departamento de emergência.

As configurações predefinidas pelo usuário


para os parâmetros são exibidas na tela quando

12937171
o ventilador é LIGADO. Elas podem ser ajustadas.

Configurações iniciais para tubo/cuvete


11837170

Avance para a segunda página:

11537170
1 Selecione a linha Page (Página), confirme
e gire o botão rotativo.
– Ask for hose type = Yes (Perguntar qual o tipo
circuito = Sim) Ao ligar o aparelho, o usuário
deve selecionar o tipo de circuito antes
da ventilação.
– Ask for hose type = No: (Perguntar qual o tipo
circuito = Não) Ao ligar o aparelho, a ventilação
começa logo depois do autoteste, com
a configuração de circuito predefinida.
– Hose type: (Tipo de circuito) Configuração ini-
09837170

cial para o tubo de ventilação: Adult Reusable,


Adult Disposable ou Paediatric Disposable
Para restaurar as configurações de fábrica:
(Adulto reutilizável, Adulto descartável ou
2 Selecione e confirme a linha Set factory Pediátrico descartável).
default (Configurações de fábrica).
– Cuvette type (Tipo de cuvete) (opcional): Confi-
guração inicial para o tipo de cuvete de CO2:
Reusable ou Disposable (Reutilizável
ou Descartável).

102 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Configuração

Ajustar a data e a hora Cada valor medido pode ser selecionado em


qualquer posição, sendo exibido apenas nessa
É possível configurar a data e a hora. posição.
Para definir os onze valores a serem exibidos:
z Inicie a configuração na página 1/6 e siga
até a 6/6.

10237170
1 Configurar a data e a hora atuais com as
posições Year, Month, Day, Hour e Minute
(Ano, Mês, Dia, hora e Minuto) e confirme.
2 Use »Set« (Definir) para confirmar a data
e a hora.

Janela de exibição dos valores medidos

Na janela de valores medidos podem ser exibidos


seis pares de valores diferentes. Na 7ª página
da janela de Configurações, é exibida uma visão
geral de todos os valores medidos.
11637170

A organização dos pares de valores medidos


em cada uma das páginas da janela de valores
medidos pode variar. O etCO2 é opcional.

NOTA
Recomenda-se que o valor de FiO2 seja um valor
exibido durante a ventilação.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 103


Configuração

Introduzir o código de ativação Para testar os botões:


1 Pressione brevemente o botão
correspondente.
A letra associada na tela muda de “B” para “X”.
Se o botão tiver um indicador, ele será aceso
pelo aparelho. Se houver botões sem indicador,
o indicador de advertência amarelo se acen-
derá no aparelho.

NOTA
Ao pressionar a tecla por mais de 3 segundos,
11437170

o ventilador DESLIGA.
É possível introduzir códigos de ativação para
as opções. Em seguida, as opções ativadas A função do botão rotativo não está incluída
são exibidas. no teste.
Para as opções possíveis, consulte “Lista de aces-
sórios” na página 167.
Testar o alto-falante, o alarme, os LEDs
e o visor
Testar os botões e o potenciômetro
Para testar o alto-falante, o alarme, os LEDs
e o visor:
1 Selecione o teste requerido.
09437170

Os elementos de funcionamento no painel frontal


09537170

são exibidos esquematicamente na tela.


– Display = tela
2 Confirme o teste com o botão rotativo. A função
– B = botões requerida é testada pelo equipamento.
Para testar a exibição da tela (exibição
Ajuste os controles de acordo com o teste: de teste).
– VT em 500 mL 3 Gire o botão rotativo; são exibidos vários
cartões de teste.
– RR (FR) em 20/min
O teste selecionado permanece ativo até que
– Pmax em 40 mbar
o botão rotativo seja pressionado novamente.
– FiO2 em 40 %
Esses ajustes aparecem na tela.

104 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Configuração

Visualizar os dados de precisão (bateria) Verificar a válvula de segurança


e de carga.

São exibidos os parâmetros da bateria substituível


e o estado da fonte de alimentação externa.
Exibição de dados (exemplo):

15937171
Para a inspeção de segurança, é possível gerar
09637170 um fluxo para testar a válvula de segurança.

Visualizar as entradas do registro


de informação
Avance para a segunda página:
z Selecione a linha Page (Página), confirme Quaisquer erros técnicos e/ou ocorrências
especiais, como ativação de uma opção
e gire o botão rotativo.
de software, conclusão da verificação do
Exibição de dados (exemplo): dispositivo e calibração do equipamento,
são apresentados em ordem cronológica.
Exibição de dados (exemplo):
11337170

06637171

Avance para a página seguinte:


z Selecione a linha Page (Página), confirme
e gire o botão rotativo.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 105


Configuração

Visualizar as entradas do registro Sensor de CO2


do usuário

11737171
11237170

Pré-requisito: A opção CO2 está ativada.


As fases de funcionamento com as definições do As seguintes ações podem ser selecionadas:
ventilador e a hora são apresentadas em ordem
– Zero Calibration (Calibração do zero);
cronológica.
– Filter/gas check (Verificação do filtro/gás);
Avance para a página seguinte:
– Filter check (Verificação do filtro);
z Selecione a linha Page (Página), confirme
– Gas check (Verificação do gás);
e gire o botão rotativo.
– Gas Calibration (Calibração de gás);
– Start gas calibration (Iniciar calibração
Visualizar as informações de do gás);
manutenção e de contato da assistência
– Reset to factory default (Retornar
às predefinições de fábrica);

Realizar a calibração do zero

NOTA
Não respire sobre o sensor de CO2 durante
a calibração do zero para evitar falhas na calibra-
ção do zero ou um valor de zero inválido.
10137170

NOTA
As janelas do cuvete reutilizável e do cuvete
São exibidas a programação de manutenção e as
descartável têm propriedades ópticas diferentes.
informações de contato do pessoal da assistência.
Por isso é necessário selecionar o tipo de cuvete
Se for necessário realizar a inspeção, a mensagem
correto no menu de Ajuste. Caso contrário,
Service date overdue ! (Data para inspeção
o ponto zero muda para ±8 mmHg de CO2.
ultrapassada !) é exibida.

106 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Configuração

Inicie a calibração do zero: Inicie a calibração do sensor de CO2 com um


filtro de teste
1 Conecte o sensor de CO2 ao ventilador.
Aguarde no mínimo 3 minutos até que o sensor NOTA
de CO2 conclua a fase de aquecimento.
Antes de realizar a verificação da calibração com
2 Remova o sensor de CO2 (A) do cuvete (B). um filtro de teste, realize a calibração do zero de
CO2. Caso contrário, a verificação com o filtro
de teste poderá ser incorreta.

A Inicie a verificação da calibração com um filtro


de teste:
B
1 Realize a calibração do zero.
2 Conecte o sensor de CO2 ao ventilador.
179
Aguarde no mínimo 3 minutos até que o sensor
de CO2 conclua a fase de aquecimento.
3 Abra a página CO2 sensor (Sensor de CO2),
3 Abra a página CO2 sensor (Sensor de CO2),
selecione a linha Zero calibration (Calibração
selecione a linha Filter/gas check (Verificação
do zero) e confirme. A tela exibe o texto
do filtro/gás) e, em seguida, a linha Filter
Remove sensor from cuvette (Remova
check (Verificação do filtro) e confirme. A tela
o sensor do cuvete).
exibe o texto Place sensor on test filter (Colo-
4 Confirme com o botão rotativo. que o sensor no filtro de teste).
O Oxylog 3000 plus realiza a calibração
4 Remova o sensor de CO2 do cuvete e conecte
do zero e exibe a mensagem Calibration
o sensor de CO2 (A) ao filtro de teste (B) do
in progress (Calibração em progresso).
cabo do sensor.

Se a calibração do zero foi bem sucedida:


Após cerca de 5 segundos, o Oxylog 3000 plus A
confirma com a mensagem Zero calibration
successful (Calibração do zero bem sucedida).

B
Se a calibração do zero não foi bem sucedida:
177

O Oxylog 3000 plus exibe o alarme Zero calibra- 5 Confirme com o botão rotativo.
tion aborted (Calibração do zero cancelada). O Oxylog 3000 plus realiza o teste de filtro
e exibe a mensagem Filter check in progress
z Repita a calibração do zero.
(Verificação do filtro em progresso).

Caso a calibração do zero continue não


Se a verificação foi bem sucedida:
sendo possível:
O Oxylog 3000 plus exibe a mensagem
1 Verifique se o sensor (A) está sujo e limpe-o,
Filter check successful (Verificação do filtro
se necessário. Se o sensor estiver danificado,
bem sucedida). O valor do teste está dentro
substitua-o.
dos níveis tolerados.
2 Repita a calibração do zero.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 107


Configuração

Se a verificação não foi bem sucedida: 3 Encaixe o sensor de CO2 (D) no cuvete (B)
do conjunto de calibração e conecte o sensor
O Oxylog 3000 plus apresenta o alarme
de CO2 ao ventilador.
Filter check failed (Verificação do filtro falhou).
O valor do teste está fora dos níveis tolerados. 4 Abra a página CO2 sensor (Sensor de CO2),
selecione a linha Filter/gas check (Verificação
1 Verifique se o sensor (A) ou o filtro de teste (B)
do filtro/gás) e, em seguida, a linha Gas check
está sujo e limpe-o, se necessário. Se o sensor
(Verificação do gás) e confirme.
estiver danificado, substitua-o.
5 Leia a informação de concentração de CO2
2 Verifique a calibração de CO2 com gás de teste
do gás de teste no cilindro de gás de teste (A).
ou calibre o sensor de CO2.
6 Abra o cilindro de gás de teste (E) e configure
o fluxo de gás de teste em 0,1 L/min.
Inicie a verificação do gás do sensor de CO2
com gás de teste 7 O Oxylog 3000 plus exibe uma
concentração CO2.
Realize a verificação quando os valores de teste
não forem atingidos durante a verificação da cali- 8 Cerca de 1 minuto depois de o fluxo de gás de
bração do sensor de CO2 com um filtro de teste. teste ter sido ajustado, o valor de CO2 deverá
corresponder (dentro de ±0,2 % por volume)
NOTA ao conteúdo de CO2 do valor de gás de teste
A verificação com gás de teste deve ser realizada registrado no cilindro de gás de teste.
apenas após ter realizado a calibração do zero.
9 Feche novamente o cilindro de gás de teste.
Caso contrário, a verificação do gás com o gás
de teste poderá ser incorreta. Se o valor do teste estiver fora dos limites tolera-
dos, o sensor de CO2 deve ser recalibrado com
NOTA gás de teste.
Para a verificação e calibração utilize apenas
um gás de teste que consista em CO2 e N2. Inicie a calibração do sensor de CO2
Caso contrário, podem ser exibidos desvios Calibre o sensor de CO2 se os valores de teste
de ±0,5 % por volume CO2. não foram satisfeitos durante a verificação da
calibração com gás de teste.
1 Utilize o cuvete reutilizável do conjunto
de calibração. NOTA
A calibração com gás de teste dever ser realizada
apenas após a calibração do zero. Caso contrário,
D E a calibração com o gás de teste poderá ser
incorreta.
C
NOTA
Para a calibração utilize apenas um gás de teste
que consista em CO2 e N2.
B
A Caso contrário, podem ser exibidos desvios
de ±0,5 % por volume CO2.
176

2 Conecte o cilindro de gás de teste (A)


e o cuvete (B) do conjunto de calibração
ao tubo (C).

108 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Configuração

1 Utilize o cuvete reutilizável do conjunto 10 Feche novamente o cilindro de gás de teste.


de calibração.
Se a calibração foi bem sucedida:
O Oxylog 3000 plus apresenta a mensagem
D E Calibration successful (Calibração bem
sucedida).

C Se a calibração não foi bem sucedida:


O Oxylog 3000 plus apresenta a mensagem
Calibration failed (Calibração falhou).
B Se a calibração falhou, as seguintes causas são
A possíveis:

176
2 Conecte o cilindro de gás de teste (A) Causa Solução
e o cuvete (B) do conjunto de calibração A concentração de Verifique a concentra-
ao tubo (C). CO2 inserida não ção de CO2 que foi
corresponde ao valor inserida.
3 Encaixe o sensor de CO2 (D) no cuvete (B) do
registrado no cilindro
conjunto de calibração e conecte o sensor de
do gás de teste.
CO2 ao ventilador.
O cilindro de gás de Utilize um novo cilin-
4 Abra a página CO2 sensor (Sensor de CO2), teste está vazio. dro de gás de teste.
selecione a linha Gas calibration (Calibração
do gás) e, em seguida, Start gas calibration O sensor de CO2 está Limpe o sensor
(Iniciar calibração do gás) e confirme. sujo. de CO2.
O sensor de CO2 está Substitua o sensor
5 Ajuste a concentração de gás de CO2 na linha
quebrado. de CO2.
Set gas concentration (Definir concentração
de gás) com o botão rotativo e confirme.
z Repita a calibração do sensor de CO2.
Esse valor está registrado no cilindro do gás
de teste (A).
Redefinir a calibração do sensor de CO2
6 Selecione a linha Start calibration (Iniciar
calibração) e confirme com o botão rotativo. Se ocorrerem problemas durante a calibração,
O visor apresenta a mensagem Turn on the o sensor pode ser redefinido aos valores predefini-
test gas (Ligar o gás de teste). dos de fábrica.
7 Abra o cilindro de gás de teste (E) e configure z Abra a página CO2 sensor (sensor de CO2),
o fluxo de gás de teste em 0,1 L/min. selecione a linha Gas calibration (Calibração
de gás) e, em seguida, a linha Reset to factory
8 Cerca de 1 minuto depois de ajustar esse fluxo
de gás de teste, selecione Turn on gas test default (Redefinir às configurações de fábrica)
e confirme.
(Ligar o teste de gás): Continue e confirme
com o botão rotativo. O valor de calibração definido na fábrica já se torna
ativo após 5 segundos.
9 O Oxylog 3000 plus inicia a calibração do sen-
sor de CO2 e apresenta o progresso e o resul- z Redefina a calibração correta do sensor de
tado da calibração no campo de mensagens. CO2 assim que possível.
Se a calibração não foi bem sucedida, a calibração
previamente válida permanece efetiva.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 109


Configuração

Para conectar o sensor de CO2 e o cuvete, Sair do Modo de Assistência ao cliente


consulte a página 46. Para calibração do zero
de CO2 e verificação do filtro antes da ventilação, 1 Pressione a tecla por cerca de 3 segundos;
consulte a página 56. Para calibração do zero o indicador pisca em amarelo.
de CO2 e verificação do filtro durante a ventilação,
consulte a página 91. Para medição de CO2, Para LIGAR a ventilação:
consulte a página 91. 2 Pressione brevemente a tecla .

Para DESLIGAR:
3 Pressione o botão rotativo.

Manual de assistência ao cliente

Caso necessite de mais informações sobre


o Oxylog 3000 plus, consulte o Manual
de assistência ao cliente (ele pode ser
encomendado através da DrägerService).

110 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Resolução de problemas

Resolução de problemas

Alarme – Causa – Solução. . . . . . . . . . . . . . 112

Mensagens na janela de alarmes . . . . . . . . 112

Mensagens na janela de informação . . . . . 120

Mensagens de erro durante


a verificação do aparelho . . . . . . . . . . . . . . 122

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 111


Resolução de problemas

Alarme – Causa – Solução

O Oxylog 3000 plus classifica as mensagens de No quadro a seguir, as mensagens de alarme


alarme de acordo com três níveis de prioridade são indicadas por ordem alfabética. Se ocorrer
e as identifica usando pontos de exclamação: um alarme, o quadro ajuda a identificar as causas
e soluções. Processe as causas e as soluções pela
!!! Advertência Mensagem de alarme ordem relacionada até que a causa do alarme
de alta prioridade tenha sido resolvida.
!! Atenção Mensagem de alarme Quando ocorrem vários alarmes, eles são emitidos
com prioridade média de acordo com a sua Classificação de alarme, con-
! Indicação Mensagem de alarme forme ilustrado na tabela abaixo. Quanto menor
de baixa prioridade o número, maior é a sua classificação.

Mensagens na janela de alarmes

Alarme Causa Solução Classifi-


cação de
alarme
! Ajustes não As definições alteradas Refaça a alteração da definição. 45
confirmados não foram confirmadas
com o botão rotativo.
!! Alto-falante Defeito técnico. Para continuar a ventilação com 36
inop. este equipamento, monitore conti-
nuamente as funções do equipa-
mento. Contate a DrägerService.
!! Apenas 100 % Defeito técnico. Independentemente do FiO2 defi- 34
O2 por paciente nido, o equipamento fornece 100 %
de O2 ao paciente. As demais fun-
ções de ventilação permanecem
inalteradas.
Contate a DrägerService.
!!! Apneia A respiração Verifique a condição do paciente. 8
espontânea do paciente
Ventile no modo VC-CMV.
falhou, ou ocorreu uma
desconexão. Certifique-se de que as conexões
do tubo estão apertadas.
Sensor de fluxo Substitua o sensor de fluxo.
com falha.

112 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Resolução de problemas

Alarme Causa Solução Classifi-


cação de
alarme
! Auto-teste OK O equipamento foi A mensagem desaparece 46
ligado e o autoteste foi automaticamente após cerca
concluído com sucesso. de 15 segundos.
!! Bat. int. em uso Durante a ventilação, Conecte uma fonte de alimentação 25
quando a fonte de ali- externa. Pressione a tecla Reset
mentação externa tiver Alarme para confirmar o alarme.
sido desligada, a bateria
interna passa a ser
a fonte de alimentação
principal.
Ao iniciar a ventilação
utilizando a bateria
interna, este alarme
não será emitido.
!!! Bateria int. des- O tempo de funciona- Conectar imediatamente o ventila- 2
carregada mento para funciona- dor à alimentação pela rede elé-
mento com a bateria trica, a uma fonte de alimentação
interna expirou e não se CC incorporada ou instale uma
conectou uma fonte de bateria totalmente carregada.
alimentação externa.
!! Calibração do Há sujidade na janela Limpe a janela do sensor de CO2. 18
zero de CO2 do sensor.
falhou A calibração do zero do Execute a calibração do zero
sensor de CO2 falhou. novamente.
!!! Calibração do O ponto zero do sensor Efetue a calibração do zero. 20
zero de CO2 de CO2 está fora do
requerida limite de tolerância.
!! Carreg. bateria A bateria interna não Troque a bateria interna. 32
int. inop. está carregando devido Contate a DrägerService.
a uma falha na bateria.
A bateria interna não A ventilação contínua com este
está carregando devido equipamento só é possível com
a uma falha no aparelho. uma fonte de alimentação externa.
Contate a DrägerService.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 113


Resolução de problemas

Alarme Causa Solução Classifi-


cação de
alarme
!! Carregar bat. int. O Oxylog 3000 plus Ligue imediatamente o ventilador 31
extrai a energia da à alimentação da rede elétrica ou
bateria interna devido a uma fonte de alimentação inte-
à ausência de uma fonte grada, ou instale uma bateria com-
de alimentação externa. pletamente carregada (a ventilação
A bateria interna tem é interrompida durante a instalação
cerca de 10 minutos da bateria).
de tempo de
funcionamento.
! Confirmar As definições alteradas Pressione o botão rotativo para 43
ajustes não foram confirmadas confirmar as alterações.
com o botão rotativo.
!! etCO2 baixo O limite inferior de Verifique a condição do paciente. 22
alarme para a concen- Verifique os limites de alarme
tração expiratória final
Ajuste o limite de alarme se
de CO2 foi excedido.
necessário.
!! etCO2 elevado O limite superior de Verifique a condição do paciente. 21
alarme para a concen- Verifique os limites de alarme
tração expiratória final
Ajuste o limite de alarme se
de CO2 foi excedido.
necessário.
!!! Falha do Defeito técnico. Desconecte o paciente do 1
aparelho equipamento e continue
imediatamente a ventilação
usando outro ventilador.
!! Freq. de respira- O paciente respira Verifique as condições do paciente, 28
ção alta a uma frequência verifique o padrão de ventilação,
espontânea alta. corrija o limite de alarme de FRsp,
se necessário.
!!! Fuga O volume corrente Elimine as fugas no circuito e/ou 14
expiratório medido VT na conexão do paciente.
(não em NIV)
é cerca de 40 % inferior
Utilize um novo circuito.
ao valor inspiratório.
Sensor de fluxo Substitua o sensor de fluxo.
com falha.
Defeito técnico. Desconecte o paciente do equipa-
mento e continue imediatamente
a ventilação usando outro ventila-
dor. Contate a DrägerService.
!!! Limpe a cuveta Há sujidade na janela do Limpe as janelas do sensor e do 16
de CO2 sensor ou do cuvete. cuvete.

114 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Resolução de problemas

Alarme Causa Solução Classifi-


cação de
alarme
!! Medição do Os tubos de medição Certifique-se de que os tubos de 37
fluxo inop. para a medição do fluxo medição de fluxo estão conectados
estão dobrados, desco- corretamente.
nectados ou apresen-
tam fuga.
Sensor de fluxo com Substitua o sensor de fluxo.
defeito.
Defeito técnico. Desconecte o paciente do
equipamento e continue
imediatamente a ventilação
usando outro ventilador.
!!! Medição Falha nos tubos de Verifique o circuito quanto 5
Pva inop. medição de fluxo. a conexões mal apertadas.
Certifique-se de que os tubos
de medição de fluxo estão
conectados corretamente.
Defeito técnico. Desconecte o paciente do equipa-
mento e continue imediatamente
a ventilação usando outro ventila-
dor. Contate a DrägerService.
!! Perda de dados Não há dados de As funções de ventilação não são 35
registro ou um relógio. afetadas. Contate a DrägerService.
As definições atuais
serão perdidas em caso
de perda de energia.
!!! Pressão alta Válvula de respiração Verifique a condição do paciente. 4
contínua ou circuito obstruídos.
Verifique a válvula de respiração
e o circuito.
Aumento da resistência Verifique o filtro bacteriano/HME.
expiratória. Substitua-o se necessário.
Defeito técnico. Desconecte o paciente do equipa-
mento e continue imediatamente
a ventilação usando outro
ventilador.
!! Pressão de ali- Pressão de alimentação Certifique-se de que a pressão 24
mentação baixa <1800 mbar. de alimentação ultrapassa os
1800 mbar. Desconecte o paciente
do equipamento e continue imedia-
tamente a ventilação usando outro
ventilador.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 115


Resolução de problemas

Alarme Causa Solução Classifi-


cação de
alarme
!!! Pva alta O limite de alarme Pmax Verifique o estado do paciente, 3
para a pressão das verifique o padrão de ventilação
vias aéreas foi atingido. e, se necessário, ajuste os
O paciente “resiste” limites do alarme.
ao ventilador, tosse.
Traqueia dobrada ou Verifique o circuito, a válvula
obstruída. ventilatória e a traqueia.
!!! Pva baixa O nível de pressão Insufle o cuff e verifique se existem 6
definido não foi atingido fugas.
ou não existe diferença
de pressão de >5 mbar
entre inspiração e expi-
ração. Fuga no cuff.
Fuga ou desconexão. Verifique o circuito quanto a liga-
ções com fuga. Certifique-se de que
a válvula ventilatória foi instalada.
!!! Reeleja O tipo de circuito detec- Mude a definição do tipo de circuito. 10
o circuito tado não é o mesmo Ligue um tipo de circuito diferente.
que o tipo de circuito
selecionado.
! Sem bateria int. A bateria interna não Pressione a tecla Reset Alarme 41
a carregar está carregado devido para confirmar o alarme. Substitua
a uma bateria defeitu- a bateria interna.
osa ou a um ambiente
muito quente ou frio.
!! Sem bateria int.? A bateria interna não Coloque a bateria ou pressione 39
está instalada, está com Reset Alarme para confirmar
defeito ou foi instalada o alarme ou trocar a bateria interna.
uma bateria incorreta.
! Sem bateria int.? A bateria interna não A mensagem de advertência conti- 40
está instalada, está com nua sendo exibida após ter sido
defeito ou foi instalada confirmada. Coloque a bateria ou
uma bateria incorreta. substitua a bateria interna.
!! Sensor de CO2? O conector do Reinsira o conector. 15
sensor de CO2 foi
removido durante
o funcionamento.
O sensor de CO2 tem Substitua o sensor de CO2.
uma falha de hardware.

116 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Resolução de problemas

Alarme Causa Solução Classifi-


cação de
alarme
!! Tecla defeituosa É pressionada uma Pressione brevemente as teclas. 33
tecla durante mais
de 30 segundos.
Defeito técnico. Para continuar a ventilação com
este equipamento, verifique os
ajustes de ventilação e monitore
continuamente as funções do equi-
pamento. Contate a DrägerService.
!!! Valor de CO2 Foi selecionado um tipo Selecione o tipo de cuvete correto. 17
constante de cuvete incorreto.
Cuvete ou sensor sujos. Limpe a cuvete ou o sensor.
!!! Ventilação em O ventilador mudou Verifique a condição do paciente. 7
apneia (apenas automaticamente para
Verifique os ajustes do ventilador.
para CPAP) a ventilação mecânica
Para voltar ao modo de ventilação
após detectar uma
original: Pressione a tecla
apneia (apenas no
Reset Alarme.
modo SpnCPAP).
!!! Verif. linhas Os tubos de medição de Conecte as linhas de medição 9
de medida fluxo não estão conecta- de fluxo corretamente.
dos corretamente.
!! Verificação de O sensor registra uma Limpe o filtro de teste de CO2 ou 19
filtro de CO2 falha na verificação de o sensor de CO2 e as janelas
falhou referência. do cuvete.
Recalibre o sensor.
! Verificar ajustes A concentração de FiO2 Ajuste o fluxo inspiratório ou a con- 42
de FiO2 definida não pode ser centração de FiO2 (de acordo com
alcançada com o fluxo o valor medido).
definido.
!! Verificar ajustes O fluxo resultante das Altere o volume corrente VT ou 27
de fluxo definições para “Volume o tempo inspiratório Ti ou a relação
corrente VT por unidade do tempo de ventilação I:E, tempo
de tempo” não de platô Tplat%, ou frequência
é possível. respiratória FR.
!! Verificar ajustes O tempo inspiratório Altere a FR ou I:E ou Ti. 26
de tempo e/ou expiratório resul-
tante das definições
de FR e I:E ou Ti não
é possível.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 117


Resolução de problemas

Alarme Causa Solução Classifi-


cação de
alarme
!!! Visor não Defeito técnico. Desconecte o paciente do 38
operacional equipamento e continue
imediatamente a ventilação
usando outro ventilador.
!!! VMe alto O limite superior de Verifique o estado do paciente, 13
alarme para o volume verifique o padrão de ventilação e,
minuto VMe foi se necessário, ajuste os limites
ultrapassado. do alarme.
Sensor de fluxo Substitua o sensor de fluxo.
com falha.
Defeito técnico. Desconecte o paciente do equipa-
mento e continue imediatamente a
ventilação usando outro ventilador.
Contate a DrägerService.
!!! VMe baixo O volume minuto VMe Verifique o estado do paciente, 12
está abaixo do seu limite verifique o padrão de ventilação e,
de alarme inferior. se necessário, ajuste os limites
do alarme.
Fuga no sistema Certifique-se de que as conexões
de exalação. do sistema de expiração estão
apertadas.
Sensor de fluxo com Substitua o sensor de fluxo.
falha.
Defeito técnico. Desconecte o paciente do equipa-
mento e continue imediatamente a
ventilação usando outro ventilador.
Contate a DrägerService.
!! VT alto para tubo O VT medido está acima Defina um VT mais baixo ou pressi- 11
dos 250 mL, durante one a tecla Reset Alarme para con-
o uso de um tubo firmar o alarme.
pediátrico.
Está conectado um tubo Utilize outro tubo ou pressione
errado. a tecla Reset Alarme para confir-
mar o alarme.
! VT alto para tubo O VT medido está acima A mensagem de advertência 44
dos 250 mL durante continua sendo exibida após
o uso de um tubo ter sido confirmada.
pediátrico. Defina um VT mais baixo.
Está conectado um tubo A mensagem de advertência conti-
errado. nua sendo exibida após ter sido
confirmada. Utilize outro tubo.

118 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Resolução de problemas

Alarme Causa Solução Classifi-


cação de
alarme
!! VT Alto, pressão Durante o AutoFlow, Verifique a condição do paciente. 23
mínima o volume corrente defi-
Verifique os ajustes do ventilador
nido VT é ultrapassado,
o paciente respira
espontaneamente mais
volume do que aquele
definido.
Devido a fuga ou a uma Verifique a condição do paciente.
maior complacência,
Verifique os ajustes do ventilador.
o volume corrente admi-
nistrado com pressão Verifique se há fugas no circuito
mínima nas vias aéreas respiratório.
é maior do que o defi-
nido durante
o AutoFlow.
!! VT baixo, pres- Durante o AutoFlow, Verifique a condição do paciente. 29
são limitada é necessário uma pres-
Verifique os ajustes do ventilador
são adicional para
alcançar o volume cor-
rente definido VT.
(A pressão é limitada
a Pmax - 5 mbar.)
!! VT não Durante o AutoFlow, Verifique as conexões do circuito. 30
atingido, fuga o volume corrente defi- Certifique-se de que a válvula venti-
nido VT não pôde ser latória foi instalada corretamente.
atingido devido a fuga
ou desconexão.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 119


Resolução de problemas

Mensagens na janela de informação

Os valores numéricos abaixo apresentados são


exemplos.
Mensagem Unidade1) Causa Explicação/Solução

Confirmar PEEP acima de 10 mbar ? A PEEP >10 mbar foi definida, A configuração requerida
mas não confirmada. de PEEP >10 mbar só
é possível quando
confirmada com o botão
rotativo.
Consumo de gás = 10 L/min Exibição normal na janela de
informações para o consumo
atual de gás.
Exibição normal na janela de
informações para a capaci-
(Capacidade da bateria)
dade atual da bateria.
REUT = Circuito reutilizável Explicação ou abreviação,
adulto quando se seleciona um
tipo de circuito na janela de
DESC = Circuito descartável
Ajustes.
adulto
PED = Circuito descartável
pediátrico
Selecione e confirme o tipo de Confirme o tipo de circuito. Selecione e confirme.
circuito com o botão rotativo.
REUT = Cuvette reutilizável Explicação ou abreviação,
quando se seleciona um
DESC = Cuvette descartável
tipo de cuvete na janela
de Ajustes.
Pressione o Botão Rotativo Ativação de Alarmes: Depois de pressionar
para Auto Set / Exit with autom., consulte “Configura- o botão rotativo, os novos
Alarm Reset ção dos limites de alarme” limites de alarme serão
na página 87. ajustados.
Remova o sensor do cuvete Ativação da calibração do Depois de remover o sen-
e press. o Botão Rotativo zero de CO2, consulte “Medi- sor de CO2 do cuvete
ção de CO2 (opcional)” e pressionar o botão rota-
na página 91. tivo, a calibração do zero
prossegue. Cancele pres-
sionando Reset Alarme.

120 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Resolução de problemas

Mensagem Unidade1) Causa Explicação/Solução


Coloque o sensor no filtro de Ativação da verificação do Depois de colocar o filtro
ref. e press. o Botão Rotativo filtro de CO2, consulte “Medi- de referência e de pressio-
ção de CO2 (opcional)” nar o botão rotativo, a veri-
na página 91. ficação do filtro prossegue.
Cancele pressionando
Reset Alarme.
Pinsp>=PEEP + 3 mbar Ajuste PEEP + 3 mbar >Pinsp Ajuste Pinsp >PEEP
+ 3 mbar
Psup = 22 mbar Alteração na ΔPsup A Psup é a pressão abso-
ou PEEP. luta resultante da PEEP
+ ΔPsup.
VT = 400 mL ou FR = 12 /min I:E Alteração em VT ou FR,
Ti= 1,5 s no modo de ventilação VT-
Fluxo = 15 L/min CMV, VC-AC ou VC-SIMV.
VT = 400 mL ou FR = 12 /min Ti
I:E= 1 : 1,5
Fluxo = 15 L/min
FR = 12 /min I:E Alteração na FR, no modo de
Ti= 1,5 s ventilação PC-BIPAP.
Te = 9,5 s
FR = 12 /min Ti
I:E= 1 : 1,5
Te = 9,5 s
Ti= 1,5 s I:E Alteração na I:E, Ti ou
Fluxo = 15 L/min Tplat %, no modo de ventila-
I:E= 1,5 : 1 Ti ção VT-CMV, VC-AC ou VC-
Fluxo = 15 L/min SIMV. Ou alteração em
RRapn ou VT, no modo
de ventilação SnCPAP.
Ti= 1,5 s I:E Alteração na I:E ou Ti,
Te = 9,5 s no modo de ventilação
I:E= 1 : 1,5 Ti PC-BIPAP.
Te = 9,5 s
1) A unidade I:E ou Ti é configurável. Consulte “Modo de Assistência ao cliente” na página 98.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 121


Resolução de problemas

Mensagens de erro durante a verificação do aparelho

Mensagem Causa Explicação/Solução


Fuga no sistema Fuga no circuito e/ou pulmão Verifique os tubos, a válvula de
de teste. respiração, o fluxo de sensor
e o pulmão de teste quanto a
fugas e, se necessário, substitua.
Fuga interna no sistema Contate a DrägerService local
para obter assistência adicional.
Sem balão de teste O pulmão de teste não está Conecte o pulmão de teste.
conectado ou há uma fuga grande
Verifique os tubos, a válvula de
respiração, o fluxo de sensor
e o pulmão de teste quanto a
fugas e, se necessário, substitua.
Válvula resp. inop. A válvula de respiração está Assegure-se do bom estado da
com defeito. válvula de respiração, incluindo
diafragma e disco de borracha;
coloque uma válvula de respira-
ção nova se necessário ou utilize
um circuito descartável novo.
Medição de pressão inop. O circuito não foi conectado corre- Conecte o circuito corretamente.
tamente.
Não é possível efetuar a medição Contate a DrägerService local
da pressão. para obter assistência adicional.
Válvula PEEP inop. Fuga interna no sistema Verifique os tubos, a válvula de
respiração, o fluxo de sensor
e o pulmão de teste quanto a
fugas e, se necessário, substitua.
Equipamento com defeito Contate a DrägerService local
para obter assistência adicional.
Medição de fluxo do Medição do fluxo implausível Substitua o sensor de fluxo.
paciente inop. Contate a DrägerService local
para obter assistência adicional.
Detecção de circuito A verificação do equipamento Conecte um circuito diferente ou
inoperante falhou durante a detecção de altere o ajuste do tipo de circuito.
circuito.
Circuito conectado diferente O circuito detectado difere do tipo Conecte um circuito diferente
do selecionado de circuito selecionado, ou os cir- ou altere a definição do tipo de
cuitos de medição de fluxo estão circuito.
colocados de forma incorreta.

122 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Limpeza, desinfecção e esterilização

Limpeza, desinfecção e esterilização

Desmontagem. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 124
Retirar o sensor e o cuvete de CO2 . . . . . . . . 124
Desmontar o circuito reutilizável adulto . . . . . 124
Remoção do circuito descartável adulto. . . . . 127
Remoção do circuito descartável
pediátrico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 127

Procedimento de reprocessamento . . . . . . 128


Substituir as peças descartáveis . . . . . . . . . . 128
Limpeza e desinfecção. . . . . . . . . . . . . . . . . . 128
Reprocessar o circuito reutilizável . . . . . . . . . 129
Reprocessar o sensor de CO2
e os seus acessórios . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 130
Cuidados posteriores . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 130

Lista de reprocessamento . . . . . . . . . . . . . . 131

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 123


Limpeza, desinfecção e esterilização

Desmontagem

Retirar o sensor e o cuvete de CO2 Desmontar o circuito reutilizável adulto

A C D B

A
052

1 Desconecte o conector do sensor CO2 na


lateral do Oxylog 3000 plus.
2 Remova o sensor de CO2 (B) do cuvete
de CO2 (C).
3 Remova o cuvete de CO2 (C) do sensor de
fluxo (D).
4 Remova o conector angular (A) do cuvete (C).
046

1 Desconecte o tubo de ventilação (A) da saída


de gás.
2 Desconecte os tubos de medição de fluxo
(B) dos bocais.

124 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Limpeza, desinfecção e esterilização

A
D

A
B
B

048
C

044
ATENÇÃO 3 Desconecte o sensor de fluxo (A) da válvula
ventilatória.
Quando desconectar o tubo de ventilação,
agarre sempre pelo conector (A) e não na 4 Desencaixe cuidadosamente os tubos de
parte corrugada (B). medição de fluxo (B) do sensor de fluxo.
Puxe os tubos para fora das conexões.
Se agir de forma diferente, a parte corrugada
ou o tubo podem separar-se do conector. ATENÇÃO
Não torça nem faça força ao desconectar
os tubos de medição de fluxo dos bocais
do sensor de fluxo.
Isso pode danificar o sensor de fluxo.

5 Desencaixe o conector angular (C) do sensor


de fluxo.

ADVERTÊNCIA
Não permita a entrada de quaisquer objetos
no sensor de fluxo para evitar o risco de mau
funcionamento.
Não purgue com ar comprimido. O anemôme-
tro interno pode ficar danificado e causar
erros de medição.
6 Desencaixe o tubo de ventilação (D) da válvula
ventilatória.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 125


Limpeza, desinfecção e esterilização

Válvula ventilatória, desmontagem

A
A

disco de borracha
B

ADVERTÊNCIA
Não remova, danifique ou dobre o disco
de borracha (A) no alojamento. Caso isso
ocorra, a válvula não funcionará correta-
mente, colocando o paciente em perigo.
Risco de reinalação de CO2.
045

7 Gire a tampa (A) cerca de 90º


no sentido anti-horário para soltar a tampa.
8 Retire o diafragma de silicone (B).

ADVERTÊNCIA
Não permita a entrada de quaisquer objetos
no alojamento da válvula ventilatória para
evitar o risco de mau funcionamento.
Não purgue com ar comprimido. Isso pode
causar danos ao diafragma de silicone ou
deslocá-lo do lugar. O mau funcionamento
da válvula ventilatória constitui um perigo
para o paciente.
Risco de reinalação de CO2.

126 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Limpeza, desinfecção e esterilização

Remoção do circuito descartável Remoção do circuito descartável


adulto pediátrico

A B B
A
C C

07637170-2
047

1 Desconecte os tubos de medição de


fluxo (A e B). 1 Desconecte os tubos de medição de
2 Desconecte o tubo de ventilação (C). fluxo (A e B).

3 Elimine correta e completamente o circuito 2 Desconecte o tubo de ventilação (C).


descartável. Consulte o capítulo “Eliminação” 3 Elimine correta e completamente o circuito
na página 137. pediátrico. Consulte o capítulo “Eliminação”
na página 137.
ATENÇÃO
Não limpe, desinfete ou esterilize o circuito ATENÇÃO
descartável: ele não suporta temperaturas Não limpe, desinfete ou esterilize o circuito
altas e poderá ficar danificado. descartável: ele não suporta temperaturas
altas e poderá ficar danificado.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 127


Limpeza, desinfecção e esterilização

Procedimento de reprocessamento

Consulte a lista de reprocessamento na seção Limpeza e desinfecção


“Lista de reprocessamento” na página 131.
Para garantir a compatibilidade do material,
ADVERTÊNCIA utilize desinfetantes à base de:
Siga sempre os procedimentos hospitala- – aldeídos
res/EMS para manusear equipamento conta- – álcoois
minado com fluídos corporais. – compostos de amônia quaternária.
ADVERTÊNCIA ATENÇÃO
Siga sempre os regulamentos locais que
regem a eliminação de resíduos infecciosos Desinfetantes à base de:
e materiais contaminados com fluídos corpo- – compostos que contenham alquilamina
rais para prevenir o risco de infecção. – compostos que contenham fenol
– compostos que libertem halogênio
ADVERTÊNCIA – ácidos orgânicos fortes
Não reutilize peças descartáveis. – compostos que libertem oxigênio
podem causar danos, nem sempre imediata-
mente visíveis, nos materiais, particularmente
Substituir as peças descartáveis naqueles utilizados para a válvula ventilatória,
o sensor de fluxo e o conector angular.
Troque sempre o circuito descartável e o cuvete
de CO2 descartável após uso em um paciente. ATENÇÃO

Substitua o circuito descartável e o cuvete de O ventilador em si não pode ser esterilizado


CO2 descartável no caso de contaminação, por de nenhuma forma, nem mesmo com óxido
exemplo, com secreções respiratórias ou vômito. de etileno (EtO).

Sempre elimine o circuito descartável e o cuvete ADVERTÊNCIA


de CO2 de forma correta. Consulte o capítulo Siga sempre os procedimentos hospitala-
“Eliminação” na página 137.
res/EMS aceitos para desinfetar equipamento
contaminado com fluídos corporais (vestuário
de proteção, óculos etc.).

Recomenda-se aos usuários da República Federal


da Alemanha que utilizem apenas desinfetantes
que constem da lista atual da DGHM (Sociedade
Alemã para a Higiene e Microbiologia).
Recomendam-se os desinfetantes seguintes
da lista da DGHM:
– Dismozon pur
– Incidur
– Sekusept em pó
– Trichlorol

128 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Limpeza, desinfecção e esterilização

A lista da DGHM (publicada por: mhp-Verlag, ADVERTÊNCIA


Wiesbaden) especifica também o ingrediente ativo
de cada desinfetante. Os desinfetantes à base dos Não permita a entrada de quaisquer objetos
ingredientes ativos aldeído, álcoois ou compostos na válvula ventilatória ou no sensor de fluxo.
de amônia quaternária são recomendados para Risco de mau funcionamento.
usuários nos países onde a lista da DGHM não
está disponível. ADVERTÊNCIA
Enxague as peças abundantemente com água
Desinfetar a superfície destilada.
Os resíduos de desinfetante podem fazer com
ADVERTÊNCIA
que o disco de borracha encrave na válvula
Não permita a entrada de qualquer líquido ventilatória.
no ventilador ou no tubo de O2.
Risco de mau funcionamento. ADVERTÊNCIA
Deixe secar completamente. A válvula ventila-
Superfície do ventilador, tubo de O2 e superfície tória e os tubos de medição de fluxo podem
do sensor de CO2: não funcionar corretamente se houver água
z Retire primeiro a sujidade com um pano nessas peças.
descartável. Não purgue com ar comprimido. Isso pode
z Após a limpeza manual, realize a desinfecção causar danos ao diafragma de silicone ou
da superfície. deslocá-lo do lugar. O mau funcionamento
da válvula ventilatória constitui um perigo
z Remova os resíduos de desinfetante. para o paciente.
Risco de reinalação de CO2.
Reprocessar o circuito reutilizável
Esterilizar o circuito reutilizável
Limpe o circuito reutilizável no caso de contamina- – Desmontar o circuito. Consulte “Desmontar
ção, por exemplo, com secreções respiratórias
o circuito reutilizável adulto” na página 124.
ou vômito.
– Pode-se esterilizar as peças desmontadas
da válvula ventilatória, o sensor de fluxo,
Banho de desinfecção para o circuito
o conector angular, os tubos de medição de
reutilizável
fluxo e o tubo de ventilação em vapor quente
Peças desmontadas da válvula ventilatória, sensor a 134 °C em um esterilizador a vapor, em con-
de fluxo, tubo de ventilação e tubos de medição formidade com a EN 285 (Esterilização – Este-
de fluxo: rilização por Vapor – Esterilização em grande
escala) por pelo menos 3 minutos, até
ADVERTÊNCIA 10 minutos.
Agite as peças cuidadosamente na solução. – O circuito pode ser esterilizado até 100 vezes.
Não limpe com uma escova dura. – A esterilização por mais de 10 minutos
é admissível mas diminuirá a vida útil do
circuito.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 129


Limpeza, desinfecção e esterilização

Vida útil do circuito reutilizável – O cuvete reutilizável pode ser desinfetado por
imersão em etanol e/ou desinfetantes à base
As peças da válvula ventilatória, o sensor de fluxo,
de aldeído.
o conector angular, os tubos de medição de fluxo
e o tubo de ventilação são resistentes aos desinfe- – Opcionalmente, o cuvete reutilizável
tantes recomendados e às temperaturas que pode ser limpo e desinfetado termicamente
ocorrem durante a esterilização. (93 °C, 10 min) em um aparelho de limpeza
e desinfecção de instrumentos. Só é permitido
No entanto, cada ciclo de desinfecção e esteriliza-
utilizar um agente de limpeza. Não é permitido
ção acarreta também o desgaste das peças
utilizar agentes de enxaguamento, já que esses
em questão. Por este motivo, é necessário exami-
podem causar fissuras no corpo do cuvete.
nar as peças, verificando se têm fissuras e defor-
mação permanente após o procedimento de – Além disso, o cuvete reutilizável pode
limpeza. ser esterilizada em vapor superaquecido
a 134 °C (autoclave).
– O cuvete reutilizável pode ser esterilizado até
Reprocessar o sensor de CO2 e os seus 100 vezes.
acessórios
– A esterilização durante mais de 10 minutos
Limpe o cuvete reutilizável no caso de contamina- é admissível mas reduzirá a vida útil do cuvete
ção, por exemplo, com secreções respiratórias reutilizável.
ou vômito.
Cuvetes descartáveis:
Desmontagem: Os cuvetes descartáveis não são resistentes
Consulte a seção “Retirar o sensor e o cuvete de à temperaturas extremas e podem ser destruídos
CO2” na página 124. durante o reprocessamento. Por isso, elimine os
cuvetes descartáveis.

Reprocessar o sensor de CO2 e o filtro de teste: Elimine os cuvetes descartáveis de cada paciente,
após um máximo de 7 dias de uso.
1 Limpe qualquer sujidade, especialmente na
parte interna e externa das janelas, com um
chumaço de algodão ou toalha de papel Cuidados posteriores
descartável.
2 Reprocesse o sensor de CO2 e o filtro de teste – Remontagem, consulte “Montagem”
de acordo com a lista de reprocessamento. na página 33 para obter informações.
Consulte “Lista de reprocessamento” – Conecte a fonte de alimentação e o suprimento
na página 131. de gás; para informações, consulte a seção
“Montagem” na página 33.
Reprocessar cuvetes reutilizáveis: – Verifique se está pronto para funcionar;
Apenas podem ser reprocessados os cuvetes para informações, consulte a seção
reutilizáveis (6870279 e 6870280). “Iniciar” na página 49.
– A limpeza de cuvete reutilizável pode ser reali-
zada utilizando um tecido macio descartável
ou cotonetes para limpar qualquer sujidade,
na parte interna e externa das janelas,
sob água corrente se necessário.

130 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Limpeza, desinfecção e esterilização

Lista de reprocessamento

Esta lista é apenas um guia aproximado. Os regu-


lamentos de higiene hospitalar têm prioridade
e devem ser seguidos pelo usuário.

Componentes Intervalos reco- Lavagem Manual Esterilização


que podem ser mendados de e desinfecção Limpeza Desinfecção
reprocessados reprocessa- à máquina
mento

Equipamento Por paciente/ Não Apenas Apenas o lado Não


Oxylog 3000 plus, se sujo o lado de fora1)
tubos de O2, unidade de fora
de alimentação CA/CC
e transformador
CC/CC
Circuito ventilatório Por paciente/ Sim Possível Possível Sim
reutilizável se sujo
Sensor de CO2 Por paciente/ Não Apenas Apenas o lado Não
se sujo o lado de fora2)
de fora
Cuvete reutilizável Por paciente/ Sim Sim Sim Sim
do sensor de CO2 se sujo
Filtro de teste para Se estiver sujo Não Sim Sim2) Não
o sensor de CO2
1) Desinfecção com pano. Consulte “Desinfetar a superfície” na página 129.
2) Desinfecção com pano, p.ex. com etanol a 70 %. Evite a propagação de resíduos pelo filtro de teste ou no sensor.
Consulte “Desinfetar a superfície” na página 129.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 131


Esta página foi intencionalmente deixada em branco

132 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Manutenção

Manutenção

Intervalos de manutenção do
Oxylog 3000 plus . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 134

Inspeções de segurança . . . . . . . . . . . . . . . 135

Substituir a bateria interna . . . . . . . . . . . . . 136

No caso de falha do ventilador . . . . . . . . . . 136

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 133


Manutenção

Intervalos de manutenção do Oxylog 3000 plus

Definição dos termos

Exame de inspeção do estado atual.


Medidas de assistência para manter o estado
especificado.
Medidas de para restaurar a condição
reparo especificada.
Manutenção inspeção, assistência e reparos,
onde necessário.
Manutenção medidas de manutenção em
preventiva intervalos regulares.

Mantenha um registro de toda a manutenção


preventiva.

ADVERTÊNCIA
Para evitar o mau funcionamento do equipa-
mento, a manutenção deve ser realizada por
pessoal da assistência devidamente treinado.

ADVERTÊNCIA
Limpe e desinfete o equipamento ou as suas
peças antes de cada passo de manutenção,
bem como quando o retornar para reparos,
minimizando o risco de infecção.

Tarefa Frequência Realizada por


Substitua o filtro de pó1) A cada dois anos Pessoal treinado da
assistência técnica
Substitua a bateria interna – A cada dois anos Usuário
(consulte a página 35). – Quando a bateria não mais
segurar a carga durante
o período de funcionamento
especificado2).
Inspeção e manutenção do equipa- A cada dois anos Pessoal treinado da
mento (incluindo inspeções de assistência técnica
segurança)
Inspeção e manutenção do sensor A cada dois anos Pessoal treinado da
de CO2 assistência técnica
1) O filtro de pó pode ser descartado como lixo doméstico.
2) Consulte a seção “Dados Técnicos” para verificar o tempo de funcionamento da bateria.

134 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Manutenção

Inspeções de segurança

Âmbito
1 Verifique a documentação fornecida:
– Instruções de uso incluídas.
2 Verifique se o equipamento está completo
quando estiver pronto para funcionamento
de acordo com as Instruções de Uso.
3 Verifique o equipamento para se certificar
de que está em perfeitas condições:
– Etiquetas completas e legíveis.
– Sem danos.
4 Verifique a segurança elétrica:
– Em conformidade com a norma IEC 62353.
5 Verifique as funções de segurança:
– Funcionamento correto da válvula de
segurança pneumática: pressão máxima
90 mbar (para 5704811) ou 120 mbar
(para 5704813).
– Funcionamento correto da válvula
ventilatória de emergência.
– Funcionamento correto do alarme de
falha da alimentação de rede elétrica.
– Monitoração da pressão de alimentação.
– Verifique o alarme de pressão das vias
respiratórias alta.
– Verifique o alarme de integridade do
circuito respiratório.
– Verifique o funcionamento adequado
dos indicadores de alimentação.
6 Realize uma verificação do equipamento
de acordo com as Instruções de Uso.
As inspeções de segurança não substituem
as inspeções e a manutenção indicadas pelo
fabricante, incluindo a troca preventiva de
peças gastas.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 135


Manutenção

Substituir a bateria interna

Consulte “Bateria interna recarregável”


na página 35

No caso de falha do ventilador

ADVERTÊNCIA
Nunca utilize um ventilador que tenha sofrido
danos materiais ou aparenta não funcionar
corretamente.
Nesse caso, recorra sempre a pessoal
treinado pela fábrica ou pessoal técnico
autorizado para reparar o aparelho.

136 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Eliminação

Eliminação

Informações sobre segurança . . . . . . . . . . 138

Instruções para a eliminação . . . . . . . . . . . 138


Eliminação das baterias . . . . . . . . . . . . . . . . . 138
Eliminação do equipamento médico
e fontes de alimentação . . . . . . . . . . . . . . . . . 138
Eliminação dos circuitos e dos
cuvetes de CO2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 138

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 137


Eliminação

Informações sobre segurança

Para países abrangidos pela diretiva da


UE 2002/96/CE
Este equipamento, as fontes de alimentação
e o sensor de CO2 são abrangidos pela Diretiva
UE 2002/96/CE (WEEE). Para estar em conformi-
dade com este registro, de acordo com essa
diretiva, o equipamento não pode ser eliminado
nos pontos municipais de coleta de lixo elétrico
e equipamento eletrônico. A Dräger autorizou uma
empresa a recolher e eliminar este equipamento.
Para iniciar a coleta ou obter mais informações,
visite-nos na Internet em www.draeger-medi-
cal.com e navegue na área DrägerService, onde
encontrará um link para a “WEEE”. Caso não tenha
acesso ao nosso site na Internet, contate a sua
Organização Dräger local.

Instruções para a eliminação

NOTA Eliminação do equipamento médico


Siga sempre os regulamentos locais sobre e fontes de alimentação
proteção ambiental que regem a eliminação
do aparelho e de todos os seus acessórios. Ao eliminar o equipamento médico:
– Contate a empresa de eliminação de resíduos
para obter informações sobre o seu descarte
Eliminação das baterias correto.
– Siga os regulamentos locais aplicáveis.
A bateria do equipamento médico contém substân-
cias poluentes.
Os regulamentos locais aplicáveis à eliminação de
baterias devem ser seguidos em todos os países. Eliminação dos circuitos e dos cuvetes
de CO2

Siga sempre os regulamentos locais que regem


o descarte dos circuito descartáveis de acordo
com os procedimentos hospitalares/EMS.

138 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Dados técnicos

Dados técnicos

Condições ambientais . . . . . . . . . . . . . . . . . 140


Durante o funcionamento . . . . . . . . . . . . . . . . 140
Durante armazenamento e transporte . . . . . . 140

Configurações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 141

Dados de desempenho . . . . . . . . . . . . . . . . 142

Exibição de valores medidos


e curvas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 144
Medição da pressão das vias aéreas . . . . . . . 144
Medição do fluxo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 144
Medição de CO2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 144
Medição da frequência . . . . . . . . . . . . . . . . . . 144
Exibição de curvas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 144

Monitoração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 145
Volume minuto expiratório VMe . . . . . . . . . . . 145
Pressão das vias aéreas Pva . . . . . . . . . . . . . 145
Tempo de alarme de apneia Tapn . . . . . . . . . 145
Comunicação de dados (opção). . . . . . . . . . . 145

Dados de funcionamento. . . . . . . . . . . . . . . 146


Fonte de alimentação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 146
Suprimento de gás . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 148

Especificações do equipamento. . . . . . . . . 149

Materiais utilizados . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 150

Documentação técnica para


o Oxylog 3000 plus em
conformidade com
a norma IEC 60601-1-2 . . . . . . . . . . . . . . . . . 152
Informações gerais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 152
Emissões eletromagnéticas . . . . . . . . . . . . . . 153
Imunidade eletromagnética . . . . . . . . . . . . . . 153
Distâncias de separação
recomendadas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 156

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 139


Dados técnicos

ADVERTÊNCIA
Utilize o equipamento no ambiente especifi-
cado e nas condições de alimentação indica-
das para que o equipamento funcione de
acordo com as suas especificações e se
mantenha operacional.

Condições ambientais

Durante o funcionamento
Temperatura –20 a +50 °C
Intervalo de temperaturas +10 a +40 °C
do sensor de CO2 A utilização fora desses limites de temperatura pode
diminuir a precisão do sensor. A utilização abaixo
de +10 °C aumenta o tempo de aquecimento.
Pressão atmosférica 570 a 1200 hPa
Pressão de funciona- 700 a 1200 hPa
mento da unidade de
alimentação CA/CC
Pressão de funciona- 700 a 1100 hPa
mento do sensor de CO2
Compensação automática da pressão atmosférica dentro dos limites de
pressão de funcionamento
Umidade relativa 5 a 95 % (sem condensação)

Durante armazenamento e transporte


Ventilador sem bateria substituível,
com circuito reutilizável
Temperatura –40 a +75 °C
Pressão atmosférica 570 a 1200 hPa
Pressão atmosférica 115 a 1100 hPa
para o sensor de CO2
Umidade relativa 5 a 95 % (sem condensação)
Circuito adulto e pediátrico descartáveis
Temperatura –20 a +70 °C
Pressão atmosférica 570 a 1200 hPa
Umidade relativa 5 a 95 % (sem condensação)
Bateria substituível
Temperatura –20 a +35 °C
Pressão atmosférica 570 a 1200 hPa
Umidade relativa 5 a 95 % (sem condensação)

140 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Dados técnicos

Configurações

Modos de ventilação VC-CMV, VC-AC, VC-SIMV, VC-SIMV/PS, Spn-


CPAP, SpnCPAP/PS, PC-BIPAP, PC-BIPAP/PS
Opcional: AutoFlow para VC-CMV, VC-AC
e VC-SIMV (/PS)

Frequência de ventilação FR 2 a 60 /min (VC-SIMV, PC-BIPAP)


5 a 60 /min (VC-CMV, VC-AC)
12 a 60 /min para ventilação de apneia

Relação I:E 1:100 a 50:1

Tempo inspiratório Ti 0,2 a 10 s

Volume corrente VT 0,05 a 2,0 L, BTPS


Valores medidos relativos às condições dos pulmões
do paciente, temperatura corporal 37 °C, pressão
das vias aéreas, gás saturado com vapor d’água.

Pressão inspiratória Pinsp PEEP +3 a +55 mbar

Concentração de O2 40 a 100 % de Vol.


Precisão da configuração ±10 % de Vol. O valor real depende do fluxo
inspiratório1) e da pressão média das vias aéreas.

Pressão expiratória final positiva PEEP 0 a 20 mbar, sem pressão negativa.

Sensibilidade do disparo (disparo do fluxo) 1 a 15 L/min

Pressão de suporte ΔPsup 0 a 35 mbar (relativo ao PEEP)


Tempo de subida da lento (1 s), normal (0,4 s), rápido.
pressão de suporte

Intervalos de limite de
alarme
Alarme Intervalo de limites de alarme
VMe 2 a 41 L/min
VMe 0,5 a 40 L/min
FRsp 10 a 100/min
etCO2 0 a 100 mmHg / 0 a 13,3 kPa / 0 a 13,3 % Vol.
etCO2 0 a 100 mmHg / 0 a 13,3 kPa / 0 a 13,3 % Vol.
1) consulte a concentração de O2, na página 79

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 141


Dados técnicos

Dados de desempenho

Princípio de controle Ciclos de tempo, volume constante, controlado


por pressão.
Fluxo inspiratório máximo 100 L/min1)
Complacência do sistema
com circuito adulto <1 mL/mbar
de 1,5 m
com circuito adulto <2 mL/mbar
de 3 m
com circuito pediátrico <0,7 mL/mbar
de 1,9 m
Resistência inspiratória e expiratória dos <6 mbar a 60 L/min
circuito adultos
<4 mbar a 30 L/min
<2 mbar a 5 L/min
Circuitos descartáveis pediátricos
30 L/min <Resistência inspiratória de 5 mbar
<Resistência expiratória de 5 mbar
5 L/min <Resistência inspiratória de 2 mbar
<Resistência expiratória de 2 mbar

Espaço morto que envolve o sensor de fluxo, aproximadamente 35 mL2) (circuito adulto
mas excluindo acessórios como filtros, HMEs reutilizável).
e cuvetes de CO2 aproximadamente 30 mL 2)(circuito adulto
descartável).
aproximadamente 15 mL 2)(circuito pediátrico
descartável).
Cuvetes de CO2 de aproximadamente 4 mL (cuvete de CO2 adulto).
espaço morto aproximadamente 1,5 mL (cuvete de CO2
pediátrico).
Cuvetes de CO2 de 0,4 mbar a 60 L/min (cuvete de CO2 adulto).
resistência 3,0 mbar a 30 L/min (cuvete de CO2 pediátrico).

142 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Dados técnicos

Funções suplementares
Válvula de demanda Abre o sistema ventilatório quando há uma falha
do suprimento de gás, permite a respiração
espontânea com ar ambiente.
Válvula de sobrepressão Abre o sistema ventilatório em caso de falha do
aparelho a aproximadamente 80 mbar.

Conexão do paciente Conector cônico ISO de 22 mm.


1) A pressões de serviço >350 kPa.
O fluxo inspiratório máximo está reduzido a 80 L/min a pressões de serviço de <350 kPa e a 39 L/min a pressões
de serviço de <280 kPa.
2) Ao utilizar um acessório com conector fêmea, adicione 2 mL ao espaço morto do circuito.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 143


Dados técnicos

Exibição de valores medidos e curvas

Medição da pressão das vias aéreas


Intervalo 0 a 100 mbar
Resolução 1 mbar
Precisão ±2 mbar

Medição do fluxo
Volume minuto VMe
Intervalo 0 a 100 L/min, BTPS
Resolução 0,1 L/min
Precisão ±15 % do valor medido ou ±0,4 L/min, o que
for maior.

Volume corrente VTe.


Intervalo 0 a 5000 mL, BTPS
Resolução 1 mL
Precisão ±15 % do valor medido ou ±20 mL, o que for maior
(circuito adulto).
±15 % do valor medido ou ±15 mL, o que for maior
(circuito pediátrico).

Medição de CO2
Intervalo 0 a 100 mmHg / 0 a 13,3 % em vol. / 0 a 13,3 kPa
Resolução 1 mmHg / 0,1 % de Vol. / 0,1 kPa
Precisão 0,43 % por volume +8 % da concentração
de CO2 de acordo com EN21647-2004
Tempo total de resposta 300 ms
do sistema

Medição da frequência
Intervalo 0 a 99/min
Resolução 1/min
Precisão ±1/min

Exibição de curvas
Pressão das vias aéreas –10 a 100 mbar
Pva (t)
Fluxo (t) –120 a 120 L/min
CO2 –5 a 120 mmHg / 1 a 16 % de Vol. / 1 a 16 kPa

144 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Dados técnicos

Monitoração

Volume minuto expiratório VMe


Alarme, limite de alarme superior Quando o limite de alarme superior foi ultrapassado.
Intervalo de 2 a 41 L/min
configurações
Alarme, limite de alarme inferior Quando o nível desce abaixo do limite de alarme
inferior.
Intervalo de 0,5 a 40 L/min
configurações

Pressão das vias aéreas Pva


Alarme, limite de alarme superior Quando o valor “Pmax” é ultrapassado.
Intervalo de 20 a 60 mbar
configurações
Alarme, limite de alarme inferior Quando a diferença de pressão entre as
fases inspiratória e expiratória é inferior a 5 mbar.
Ou
Se o nível da pressão configurado não for atingido.

Tempo de alarme de apneia Tapn


Alarme Quando a atividade respiratória não é mais
detectada.
Intervalo de configu- 15 a 60 s
rações

Comunicação de dados (opção)


Dados exportados Valores medidos
Curvas
Alarmes
Configurações de alarmes
Definições do usuário
(Disparo) de dados para ativar a monitoração
de loops
Para informações sobre o protocolo de comunicação
de dados, contate a assistência DrägerService local.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 145


Dados técnicos

Dados de funcionamento

Fonte de alimentação
Fonte de alimentação
Oxylog 3000 plus 24 V ±6 VDC
Tensão de entrada

As fontes de alimentação
(unidade de alimentação
CA/CC e transformador
CC/CC) são especifica-
das como parte do
Oxylog 3000 plus.
Consumo de corrente
Com carregamento da máximo de 2,4 A a 19 VDC
bateria
Típico 2,1 A
Tempo de funcionamento
com uma bateria interna cerca de 4 horas
completamente carre-
gada, sem a alimentação
de rede elétrica para
a ventilação “típica”
Tipo de bateria Bateria de íons de lítio
Tempo de carga Cerca de 5 horas
O tempo de carga especificado se aplica quando
há uma recarga total de uma descarregada.
O carregamento de uma bateria completamente
descarregada só é possível quando o ventilador
está DESLIGADO.

Temperatura ambiente admissível durante 0 °C a 35 °C


o carregamento

Indicação da carga da bateria em incrementos de 25 %.

146 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Dados técnicos

Precisão da indicação de carga A carga indicada é determinada pela própria bateria.


A precisão depende do tipo e do fabricante e pode
deteriorar-se com descarga parcial frequente
e durante o funcionamento em temperaturas extre-
mas. A bateria interna só é recondicionada após
ter sido totalmente descarregada e recarregada
à temperatura ambiente de 25 °C.
O critério dos avisos !!! Bateria int. descarregada
e !! Carregar bat. int. baseia-se na medição da
tensão da bateria. A carga indicada neste momento
pode ser diferente da capacidade real da bateria
interna.
Tempo de armazena- A bateria interna deve ser sempre retirada do venti-
mento da bateria lador para poder ser armazenada, e ela deve ser
recarregada completamente no mais tardar após
12 meses (por ex. na estação de carregamento da
bateria externa).
Unidade de Classe de proteção (como Classe II, utiliza-se a ligação terra para fins de EMC.
alimentação CA/CC definido na IEC 60601-1)
Classificação IP IP40
Entrada 100 a 240 V~ / 50 a 60 Hz / 0,9 a 0,4 A~
Saída 19 V ±0,5 V /
2,6 A (0 °C a 40 °C) /
1,3 A (40 °C a 50 °C)
Fusível F1 e F2 T1,25 AH / 250 V~
Para isolar o sistema ventilador da corrente elétrica,
retire o cabo de alimentação do conector de parede.
A utilização prevista da unidade de alimentação
CA/CC é em situações estacionárias (p.ex., em hos-
pitais ou quartéis de bombeiros).

Transformador CC/CC Classificação IP IP42


Intervalo de temperatura –20 °C a +50 °C
Entrada 12 / 24 / 28 VDC; 5 A / 2,5 A / 2,1 A
Saída 19 V ±0,5 V / 2,6 A
Fusível Tipo: Fusível FP1 MINI estilo PCB
Tensão: 32 VDC
Corrente: 10 A
Poder de corte: 1000 A, 32 VDC
Velocidade de funcionamento: Rápida
A utilização prevista do transformar CC/CC é em
veículos.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 147


Dados técnicos

Suprimento de gás Através de tubulação ou de cilindro de O2.


Pressão de funciona- 270 kPa a 600 kPa a 100 L/min
mento de O2
Suprimento de gás Oxigênio hospitalar
Conexão de ou:
entrada de O2 NIST1) para EN 739 / ISO5359, ou
DISS2) para a CGA V5-1989, ou
N-F3) S90-116
ADVERTÊNCIA
Use apenas oxigênio de grau hospitalar.

Cilindros de gás ADVERTÊNCIA


e redutores de pressão
Utilize apenas cilindros de gás comprimido
e redutores de pressão que estejam em confor-
midade com todos os regulamentos aplicáveis
e sejam aprovados.
Redutor de pressão Ele deve ter uma válvula de ventilação no lado
da saída para limitar a pressão de alimentação
a aproximadamente 1000 kPa no caso de
uma falha.
Consumo de gás para Médio 0,5 L/min
controle interno
Precisão da indicação 15 % ou ±1 L/min, o que for maior.
de consumo de gás
1) NIST = National Institute of Standards and Technology (Instituto Nacional de Normas e Tecnologia)
2) DISS = Índice de Diâmetro de Sistemas de Segurança
3) N-F = Norma francesa

148 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Dados técnicos

Especificações do equipamento

Pressão de ruído da ventilação típica <45 dB (A) a uma distância de 1 m.


Pressão de ruído dos sinais de alarme 52 a 67 dB (A) a uma distância de 1 m.

Dimensões (L x A x P)
Unidade básica 290 x 184 x 175 mm (sem o manípulo e o suporte
de proteção)
Fonte de alimentação 161 x 63 x 118 mm
CA/CC
Transformador CC/CC 162 x 42 x 69 mm
Suporte de proteção 750 mm (além da largura da unidade básica)
Peso
Unidade básica cerca de 5,3 kg
sem bateria interna
Unidade básica com cerca de 5,8 kg
bateria interna
Unidade de alimentação cerca de 0,6 kg
CA/CC
Transformador CC/CC cerca de 0,4 kg

Compatibilidade eletromagnética (EMC) Em conformidade com IEC 60601-1-2:2007,


EN 794-3 (36.101) 10 V/m, ISO 10651-3 (36.202.2.1)
30 V/m e a Regulação da ONU Nº 10, revisão 3,
relativa à EMC para uso em veículos motorizados,
equivalente à Diretiva da Comissão Europeia
2004/104/EC
E4 10 R-02 XXXX

RTCA DO-160F relativa à EMC para uso


em aeronaves e helicópteros.

Classificação Classe IIb


em conformidade com a Diretiva 93/42/CEE

Código UMDNS 18 – 098


Sistema Universal de Nomenclatura
de Dispositivo Médico

Classe de proteção, sistemas de circuito Tipo BF (fluído corporal, à prova de


ventilatório (descartáveis ou reutilizáveis), desfibrilação).
incluindo sensor de CO2, tubos traqueais
ou máscaras

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 149


Dados técnicos

Tipo de proteção contra entrada de líquidos IPX4

Classe de proteção, sensor de CO2 IP54


Tempo de recuperação de desfibrilação 0s
Visor
Tecnologia Eletroluminescência (EL)
Píxeis 240 x 128
Área visível 108 x 56 mm

Materiais utilizados

Caixa, Oxylog 3000 plus Acrilonitrila estireno acrilato/policarbonato (ASA/PC)


Elastômero termoplástico de poliéster (TPC)
Caixa, unidade de alimentação CA/CC Acrilonitrila butadieno estireno/policarbonato
(ABS/PC)
Caixa, transformador CC/CC Policarbonato (PC)
Teclado sensível ao toque no ventilador Película de poliéster

NOTA
Todos os circuitos ventilatórios da Dräger são
isentos de látex.

Circuito reutilizável adulto


Circuito ventilatório, tubos Borracha de silicone
de medição de fluxo
Caixa do sensor de fluxo, Polissulfona (PSU)
válvula ventilatória
Anemômetro no sensor Aço inoxidável
de fluxo
Diafragmas na Borracha de silicone
válvula ventilatória

Circuito descartável adulto


Circuito ventilatório Polietileno (PE)
Válvula antirretorno Polipropileno (PP), borracha de silicone
Válvula ventilatória Polipropileno (PP), borracha de silicone
Caixa do sensor de fluxo Polimetil metacrilato (PMMA)

150 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Dados técnicos

Anemômetro no sensor Poliéster


de fluxo
Conexão do paciente Polietileno (PE), Polipropileno (PP), K-Resin®,
elastômero termoplástico de poliéster (TPE)

Circuito pediátrico descartável


Circuito ventilatório Etileno acetato vinila (EVA)
Válvula antirretorno Caixa: polipropileno (PP)
Membrana: borracha de silicone
Válvula ventilatória Caixa: polipropileno (PP)
Membrana: borracha de silicone
Caixa do sensor de fluxo Metacrilato de metila-butadieno-estireno (MABS)
Conexão do paciente Polipropileno (PP)
Peça-Y Policarbonato (PC)
Anemômetro no sensor Polietileno tereftalato (PET)
de fluxo
Conectores Polipropileno (PP) e policarbonato (PC)

Sensor de CO2 Caixa Polissulfona


Cabo Poliuretano
Polissulfona

Cuvete Descartável K-Resin® SBC


Reutilizável Polissulfona (PSU) com janela de safira

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 151


Dados técnicos

Documentação técnica para o Oxylog 3000 plus em conformidade com


a norma IEC 60601-1-2

Informações gerais

A conformidade da compatibilidade eletromagnética EMC do Oxylog 3000 plus inclui a utilização


dos seguintes cabos externos, transdutores e acessórios:
– Unidade de alimentação CA/CC
– Transformador CC/CC
– Suporte de parede completo
– Suporte de equipamento
– Bolsa de transporte
– Conector de alimentação rápida
– Sistema de transporte
– Sensor de CO2
– Cabo de comunicação de dados

Para informações adicionais, consulte “Lista de acessórios” na página 167.

ADVERTÊNCIA
A utilização de acessórios, transdutores
e cabos que não os especificados, exceto
os transdutores e cabos vendidos pelo
fabricante do Oxylog 3000 plus como peças
de substituição dos componentes internos,
pode resultar em emissões maiores ou em
uma imunidade menor do Oxylog 3000 plus.

ADVERTÊNCIA
O Oxylog 3000 plus não deve ser utilizado
junto ou colocado sobre outro equipamento;
caso essa forma de utilização não seja
inevitável, é necessário observar
o Oxylog 3000 plus para verificar o seu
funcionamento normal na configuração
em que será utilizado.

152 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Dados técnicos

Emissões eletromagnéticas

Emissões eletromagnéticas
O Oxylog 3000 plus deve ser utilizado nos ambientes eletromagnéticos abaixo especificados.
O usuário do Oxylog 3000 plus deve se certificar de que está usando o equipamento nesse ambiente.
Emissões Em conformi- Ambiente eletromagnético
dade com
Emissões RF (CISPR 11)1) Grupo 1 O Oxylog 3000 plus utiliza energia RF apenas para o seu
funcionamento interno.
Por isso as respectivas emissões de radiofrequência
são muito baixas e não deverão causar interferência
em equipamentos eletrônicos situados nas proximidades.
Emissões RF (CISPR 11) Classe B O Oxylog 3000 plus é indicado para uso em todas as ins-
talações, incluindo as residenciais e as conectadas direta-
Emissões harmônicas Classe A
mente à rede de energia elétrica pública de baixa tensão
(IEC 61000-3-2)
que alimenta edifícios residenciais.
Flutuações de tensão/inter- Conformidade
mitência (IEC 61000-3-3)
1) Comité international spécial des perturbations radioélectriques (Comitê Internacional Especial sobre as Interferências
de Rádio)

Imunidade eletromagnética
Imunidade eletromagnética
Este Oxylog 3000 plus destina-se à utilização nos ambientes eletromagnéticos abaixo especificados.
O usuário do Oxylog 3000 plus deve se certificar de que está usando o equipamento nesse ambiente.
Imunidade contra Nível de teste Nível de Ambiente eletromagnético
IEC 60601-1-2 conformidade (do
Oxylog 3000 plus)
Descarga eletrostá- Descarga por 8 kV Os pavimentos devem ser
tica, ESD contacto: 6 kV de madeira, concreto ou
15 kV
(IEC 61000-4-2) cerâmica. Caso o pavimento
Descarga por ar: 8 kV
possua um revestimento
sintético, a umidade relativa
deve ser, no mínimo,
de 30 %.
Transientes elétricos Linhas de 2 kV A qualidade da alimentação
rápidos/surtos alimentação: 2 kV elétrica deve ser equivalente
1 kV
(IEC 61000-4-4) à existente em um ambiente
Cabos de entrada/saída
comercial ou hospitalar
mais compridos: 1 kV
normal.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 153


Dados técnicos

Imunidade contra Nível de teste Nível Ambiente eletromagnético


IEC 60601-1-2 de conformidade
(do Oxylog 3000
plus)
Picos nas linhas de Modo comum: 2 kV 2 kV A qualidade da alimentação
alimentação elétrica elétrica deve ser equivalente
Modo diferencial: 1 kV 1 kV
de CA à existente em um ambiente
(IEC 61000-4-5) comercial ou hospitalar
normal.
Campo magnético 3 A/m N/A Não é necessário testar
de frequência de porque não é provável que
potência 50/60 Hz o Oxylog 3000 plus seja
(IEC 61000-4-8) sensível a interferências
do campo magnético,
como monitores CRT
ou elementos de “hall”.
Quedas de tensão queda >95 %, 0,5 períodos N/A Sem quedas de tensão
e interrupções queda 60 %, 5 períodos nem interrupções curtas,
momentâneas nas queda 30 %, 25 períodos uma vez que, por motivos de
linhas de entrada de queda >95 %, 5 segundos segurança, deve-se instalar
alimentação CA uma bateria totalmente car-
(IEC 61000-4-11) regada, mesmo quando está
funcionando a partir de uma
fonte de alimentação
externa.
RF irradiada 80 MHz a 2,5 GHz: 10 V/m 30 V/m A distância de separação
(IEC 61000-4-3) recomendada dos transmis-
sores de radiofrequência
portáteis e móveis com
potência de transmissão
PEIRP ao Oxylog 3000 plus
incluindo as respectivas
linhas:
1,84 m * PEIRP (X1)
NOTA
O sensor de CO2 tem um
nível de conformidade mais
baixo (20 V/m) mas falhará
de uma forma segura.

154 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Dados técnicos

RF acoplada a linhas 150 kHz a 80 MHz: 10 Vrms 10 Vrms A distância de separação


(IEC 61000-4-6) em bandas ISM, recomendada dos transmis-
3 Vrms fora das bandas 10 Vrms sores de radiofrequência
ISM (X2) portáteis e móveis com
potência de transmissão
PEIRP ao Oxylog 3000 plus
incluindo as respectivas
linhas:
1,84 m * PEIRP (X1)

Informações quanto a distâncias de separação (IEC 60601-1-2, tabelas 5 e 6).


X1) Para a PEIRP é necessário inserir a “potência radiada isotrópica equivalente” mais alta possível do transmissor de RF
adjacente (valor em Watt). Também pode ocorrer interferência na proximidade de equipamento marcado com o símbolo
. As forças de campo provenientes de transmissores de radiofrequência fixos, portáteis ou móveis localizados junto
do Oxylog 3000 plus deverão ser inferiores a 3 V/m no intervalo de frequências entre 150 kHz e 2,5 GHz, inferior a 1 V/m
e acima de 2,5 GHz.
X2) As bandas ISM neste intervalo de frequências são: 6,765 MHz a 6,795 MHz, 13,553 MHz a 13,567 MHz,

26,957 MHz a 27,283 MHz, 40,66 MHz a 40,70 MHz.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 155


Dados técnicos

Distâncias de separação recomendadas 1 Verifique o manual do equipamento quanto


a valores de alimentação (W) e frequência
Distâncias de separação recomendadas entre (GHz) que esse equipamento transmite.
equipamentos de comunicações de radiofrequên- 2 Na tabela abaixo, procure o valor para
cia portáteis e móveis e o Oxylog 3000 plus. a alimentação (W) do equipamento na coluna
A tabela abaixo dá exemplos dos equipamentos PEIRP (W).
mais comuns. Se um equipamento não estiver 3 Na linha correta da tabela, procure a distância
relacionado na tabela, a Dräger recomenda que corresponde à frequência do equipamento.
as seguintes ações:

Distâncias de separação recomendadas entre equipamentos de comunicação de radiofrequên-


cia portáteis e móveis e o Oxylog 3000 plus
Máxima Distância de separação de Exemplos
PEIRP (W) acordo com a frequência
do transmissor (m)
150 kHz <150 kHz ou
a 2,5 GHz >2,5 GHz
0,001 0,06 0,17
0,003 0,10 0,30
0,010 0,18 0,55 por ex. comandos de abertura de porta de garagem
0,.030 0,32 0,95 ex. WLAN 5250 / 5775 (Europa)*
0,100 0,58 1,7 ex. WLAN 2440 (Europa), Bluetooth*
0,200 0,82 2,5 ex. WLAN 5250 (não na Europa)*
0,250 0,91 2,8 ex. equipamentos DECT*
1,000 1,8 5,5 ex. GSM 1800- / GSM 1900- / UMTS- móveis,
WLAN 5600 (não na Europa)*
2,000 2,6 7,8 ex. celulares GSM 900*
3,000 3,2 9,5

Informações quanto a distâncias de separação (IEC 60601-1-2, tabelas 5 e 6).

* Equipamentos de telecomunicações. Para saber o tipo correto, consulte o manual do equipamento.

156 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Princípios de funcionamento

Princípios de funcionamento

Modos de ventilação . . . . . . . . . . . . . . . . . . 158


VC-CMV . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 158
VC-AC . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 158
VC-SIMV. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 159
PS. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 160
PC-BIPAP . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 161

AutoFlow . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 162
Comportamento inicial do AutoFlow. . . . . . . . 163

Espaço morto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 164

Determinar o tempo de ciclo, tempo


inspiratório e tempo expiratório . . . . . . . . . 164

Descrição funcional . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 165


Suprimento de gás . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 165
Inspiração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 165
Expiração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 165
Segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 166
Software . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 166
Monitoração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 166
Medição de CO2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 166

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 157


Princípios de funcionamento

Modos de ventilação

VC-CMV VC-AC

Volume Controlled - Controlled Mandatory Ventila- Volume Controlled - Assist Control (Volume
tion (Ventilação mandatória controlada por volume) controlado - assistido)
Ventilação assistida com pressão das vias aéreas
Pva positiva e contínua
com plateau sem plateau
Tplat% A VC-AC fornece ciclos de respiração controlados
por volume. Esses ciclos podem ser sincronizados
Pplat com a respiração espontânea do paciente.
PEEP
O padrão da ventilação mandatória é especificado
como VC-CMV, mas o ciclo de ventilação mandató-
t ria começa quando o paciente atinge um fluxo
Ti Te inspiratório que corresponde, no mínimo, ao
disparo de fluxo definido.
T= 1
FR
Fluxo A frequência ventilatória real pode ser superior
à frequência respiratória definida.

t
041

Neste modo, são apenas administrados ao paci-


ente ciclos ventilatórios mandatórios controlados
por volume. O padrão de ventilação é especificado
pelas definições de volume corrente VT, frequência
respiratória FR, relação do tempo de ventilação I:E
ou tempo inspiratório Ti e PEEP.
No final da fase de administração de fluxo, a vál-
vula expiratória permanece fechada até o final do
tempo inspiratório. Esta fase, a pausa inspiratória,
pode ser identificada como o tempo de platô
Tplat% e é identificada como uma porcentagem
do tempo inspiratório.

158 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Princípios de funcionamento

VC-SIMV Uma vez que a sincronização do ciclo de ventila-


ção mandatória reduz o tempo de respiração
Volume Controlled - Synchronized Intermittent espontânea efetivo, o que resultaria em um
Mandatory Ventilation (Ventilação mandatória aumento indesejável da frequência ventilatória
intermitente sincronizada - controlada por volume) efetiva, o Oxylog 3000 plus prolonga o tempo de
respiração espontânea da ventilação mandatória
subsequente através da diferença de ΔT, preve-
Pva Ciclo de ventilação
mecânica não
Ciclo de ventilação
mecânica nindo um aumento da frequência de SIMV. A frequ-
sincronizada sincronizada
ência respiratória FR permanece constante.
A frequência respiratória FR e o volume corrente
VT determinam a ventilação mínima, como ocorre
PEEP nas VC-CMV e VC-AC.
t
Janela de Ti Durante as fases de respiração espontânea,
Tempo da respira- Tempo da respira-
sensibili-
dade ção espontânea ção espontânea + T o paciente pode ser assistido com pressão
através da pressão de suporte PS.
Ajustar o tempo de ciclo
mecânico 1 Ajustar o tempo de ciclo
FR mecânico 1 Em geral, no curso de desmame progressivo
FR do paciente da ventilação artificial, a frequência
042

respiratória dos ciclos mandatórios é reduzida.


A VC-SIMV fornece uma combinação da ventilação Isso aumenta o tempo de respiração espontânea,
mandatória com a respiração espontânea. Ela per- de forma que o volume minuto total requerido
mite que o paciente respire espontaneamente, ao VM vai sendo administrado de forma crescente
mesmo tempo que os ciclos de ventilação manda- pela respiração espontânea.
tória mecânica proporcionam uma ventilação
mínima. A ventilação mínima é controlada pelos
dois valores definidos de volume corrente
VT e frequência respiratória FR e é determinada
pelo produto VT x FR.
O padrão de ventilação mandatória resulta dos
parâmetros de ventilação do volume corrente VT,
frequência respiratória FR, relação do tempo de
ventilação I:E ou tempo inspiratório Ti e tempo de
platô Tplat%. Para evitar que o ciclo de ventilação
mandatória seja aplicado durante a expiração
espontânea, o disparo de fluxo do ventilador
garante que o ciclo de ventilação seja disparado
em sincronia com o esforço inspiratório espontâ-
neo do paciente, dentro de um limite de tempo
determinado durante a expiração.
A janela de sensibilidade tem uma duração de
5 segundos. Se o tempo expiratório for inferior
a 5 segundos, a janela de sensibilidade cobrirá
todo o tempo expiratório menos um tempo
expiratório mínimo de 200 ms.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 159


Princípios de funcionamento

PS Existem três ajustes para a frequência de aumento


da pressão (rampa):
Pressão de Suporte – Quando a subida de pressão é mais rápida,
o Oxylog 3000 plus suporta a respiração
Pva espontânea com uma frequência de fluxo
inicial mais rápida.
Fase
I II
– Quando a subida de pressão é ajustada de
forma a ser mais elevada, o Oxylog 3000 plus
PPS suporta a respiração espontânea com uma
acima de PEEP frequência de fluxo inicial mais lenta. Nesse
DPS
caso, pode ser que o paciente tenha de fazer
CPAP
um esforço de respiração maior.
– Também é possível escolher um ajuste entre
t uma frequência de fluxo inicial mais rápida
Início da inspiração Fim da inspiração
ou mais lenta.
Insp. A rampa e a ΔPsup acima de PEEP, bem como
Fluxo a atividade respiratória do paciente definem o fluxo
máx. 4 s de inspiração.
A PS termina:
– Quando o fluxo inspiratório retorna a zero
durante a fase I, ou seja, quando o paciente
Terminação da
expira ou
inspiratória %PIF
– Quando o fluxo de inspiração na fase
t
043-2

II desce abaixo do critério de terminação da


Pressão de suporte para respiração espontânea inspiração definido como porcentagem do
insuficiente. fluxo inspiratório de pico (Inspiração termin.
%PIF) (e, assim, atinge-se ΔPsup acima
A PS pode ser utilizada em combinação com de PEEP), ou
VC-SIMV, PC-BIPAP e Spn-CPAP. Com a PS,
o aparelho suporta a inalação. O paciente controla – Após 4 segundos, se os dois outros critérios
a frequência respiratória espontânea. Durante anteriores tiverem sido satisfeitos.
os ciclos de PS, o paciente que respira espontane-
amente recebe gás respiratório, mesmo que
o esforço de inspiração seja fraco.
A pressão de suporte é iniciada quando o fluxo
de inspiração espontânea atinge o nível definido
do disparo de fluxo. O aparelho aumenta a pressão
das vias aéreas até a pressão predefinida ΔPsup
acima de PEEP, que pode ser ajustada à condição
do paciente.

160 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Princípios de funcionamento

PC-BIPAP entre PEEP e Pinsp, bem como da complacência


pulmonar. Um aumento nessa diferença de pres-
Controlada por Pressão - Pressão Bifásica Positiva são causará um volume corrente VT mais elevado.
das Aéreas O volume corrente expiratório medido VTe deve
ser utilizado para ajustar a diferença requerida
entre PEEP e Pinsp.
Respiração Respiração Respiração
BIPAP espontânea BIPAP As mudanças na complacência pulmonar e nas
Pva mecânica sincronizada
vias aéreas, bem como uma “resistência” ativa
do paciente, podem levar a alterações no volume
Rampa Pinsp corrente VT. Esse é um efeito desejado neste
modo de ventilação. Como o volume corrente
PEEP VT e o volume minuto VM resultante não são
constantes, os limite de alarme do volume minuto
t VMe devem ser cuidadosamente definidos.
Janela de
sensibilidade Ti

1 Ajuste de PC-BIPAP
FR
03137171

Respiração Respiração Respiração


O PC-BIPAP é um modo de ventilação controlado BIPAP espontânea BIPAP
por pressão/ciclado, através do qual o paciente Pva mecânica sincronizada
sempre pode respirar espontaneamente.
O PC-BIPAP pode ser descrito como uma variação
ciclada por tempo entre dois níveis de CPAP. Rampa Pinsp

A opção constante de respiração espontânea per- PEEP


mite que a transição da ventilação controlada para
a respiração espontânea independente ocorra t
suavemente durante a fase de desmame, sem Janela de
sensibilidade Ti
que seja exigida qualquer alteração do modo de
ventilação. Para se adaptar facilmente ao compor- 1
FR

03137171
tamento da respiração espontânea do paciente,
a mudança do nível de pressão inspiratória para
o nível de pressão expiratória, e vice versa, são Tal como com a VC-SIMV, o padrão temporal
sincronizadas com a respiração espontânea é definido utilizando os parâmetros de ajuste bási-
do paciente. cos da frequência respiratória FR e a relação do
A frequência das mudanças é mantida constante, tempo de ventilação I:E ou o tempo inspiratório Ti.
mesmo quando a sincronização ocorre através O nível inferior de pressão é definido com PEEP,
de uma janela de sensibilidade. Essa adaptação enquanto o nível de pressão superior é definido
suave à respiração espontânea do paciente exige com Pinsp.
menor sedação. Isso significa que há uma volta
mais rápida do paciente à respiração espontânea. Ao mudar de VC-SIMV para PC-BIPAP, o padrão
temporal permanece inalterado, mas o Pinsp
Como em todos os modos de ventilação controla- precisa ser definido.
dos por pressão, não se impõe ao paciente um
volume corrente VT fixo. O volume corrente VT A inclinação do aumento do nível inferior de
resulta principalmente da diferença de pressão pressão ao nível de pressão superior é controlada
pela definição Rampa.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 161


Princípios de funcionamento

Durante a fase em que o nível de pressão é mais O desmame da ventilação controlada para a respi-
baixo, a respiração espontânea pode ser assistida ração completamente espontânea é atingido por
pela pressão de suporte PS. A inclinação do uma redução gradual da pressão inspiratória
aumento da pressão para ΔPsup acima de Pinsp e/ou da frequência respiratória FR.
PEEP também é controlada pela definição Rampa.

AutoFlow

vias aéreas aumentar. Sempre defina a Pmax com


Pva
Pva cuidado, para limitar a pressão nas vias aéreas
caso haja uma menor complacência.
Pinsp = f (Vt, C)
Se o volume corrente definido VT não puder
PEEP
ser atingido e a pressão inspiratória máxima for
t
alcançada, é gerado o alarme VT não alcançado,
Tinsp Te pressão limitada.
1
FR A pressão inspiratória mínima em AutoFlow se
Fluxo
Vt limita a:

t – 5 mbar acima de PEEP para respirações


não disparadas;
– 0,1 mbar acima de PEEP para respirações
sem respiração espontânea com respiração espontânea
disparadas.
053

O AutoFlow (AF) administra o volume corrente Normalmente, o tempo inspiratório selecionado


definido VT utilizando um padrão de fluxo em desa- Ti é bem mais longo do que o tempo necessário
celeração para atingir a pressão de pico mais baixa para encher os pulmões. A pressão inspiratória
possível das vias aéreas. O Oxylog 3000 plus Pinsp corresponde ao valor mínimo calculado
determina a pressão necessária para administrar a partir do volume corrente e da complacência
o volume corrente definido VT com base em carac- C dos pulmões. O fluxo inspiratório é controlado
terísticas pulmonares como relações de resistência automaticamente, evitando a formação de pico
e complacência, e a necessidade de respiração de pressão causado pela resistência do tubo e das
espontânea do paciente. vias aéreas. Com o AutoFlow, o fluxo inspiratório
se ajustará a um máximo de 3 mbar sopro a sopro.
Quando o paciente inspira, o Oxylog 3000 plus
administra o fluxo inspiratório adicional. O paciente Se o volume corrente aplicado VT exceder
também pode expirar durante a fase de platô inspi- o volume corrente definido VT, e a pressão inspira-
ratório. tória mínima for alcançada, é gerado o alarme
VT alto, pressão mínima.
A pressão máxima inspiratória em AutoFlow
é limitada a: Se o volume corrente VT for alcançado (fluxo
inspiratório = 0), antes de o tempo inspiratório
– 5 mbar abaixo de Pmax. Ti ter decorrido por completo, o Oxylog 3000 plus
A condição atual do paciente deve ser considerada assegura que o paciente possa respirar durante
quando se ajusta a Pmax, para evitar a possibili- o tempo inspiratório restante, mesmo durante uma
dade de prejudicar o paciente se a pressão nas pressão de platô constante Pplat.

162 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Princípios de funcionamento

Se o paciente respirar durante a inspiração manda- Comportamento inicial do AutoFlow


tória, a pressão inspiratória se mantém constante
durante essa respiração. Apenas os fluxos inspira- Ao ativar a função de AutoFlow,
tório e expiratório são adaptados às necessidades o Oxylog 3000 plus administra uma respiração
do paciente. O volume corrente aplicado pode dife- controlada por volume, utilizando uma frequência
rir do volume corrente definido VT para as respira- de fluxo inspiratório constante durante toda a dura-
ções geradas espontaneamente, mas em média ção do tempo inspiratório Ti. A pressão de pico
é mantido um volume corrente constante. das vias aéreas gerada por essa respiração deter-
O Oxylog 3000 plus termina uma ventilação em minará a pressão inspiratória da função AutoFlow.
AutoFlow se o volume corrente administrado ao Se não for possível determinar uma pressão
paciente for 30 % mais elevado do que o volume adequada para essa respiração ou se o volume
corrente definido VT. O Oxylog 3000 plus também não puder ser aplicado, acontece o seguinte:
termina uma ventilação em AutoFlow se o volume
corrente administrado (fluxo do paciente + fluxo de – É aplicada uma respiração controlada por
fuga) for 100 % maior do que o volume corrente pressão com uma pressão inspiratória de
definido VT. Isso pode ocorrer no caso de uma fuga 5 mbar acima do PEEP definido. O volume
significativa. Nesse caso, o Oxylog 3000 plus gera aplicado é medido e determina uma pressão
o alarme VT não atingido, fuga. alvo inicial para atingir o volume corrente
definido VT.
Defina os limites de alarme VMe alto e VMe baixo
da forma adequada, para que seja emitido um – A respiração mandatória seguinte é aplicada
aviso no caso de administração de fluxo excessiva utilizando uma pressão inspiratória que corres-
ou insuficiente, o que indica alterações potenciais ponde a 75 % dessa pressão de volume cor-
nas características pulmonares. rente alvo. O Oxylog 3000 plus mede o volume
aplicado novamente e determina a pressão
Durante o AutoFlow, a curva de fluxo na janela alvo subsequente para atingir o volume
de curvas fornece informações adicionais: Se definido.
o tempo inspiratório definido Ti for mais curto do
que o tempo de enchimento dos pulmões, a curva – A próxima respiração mandatória é aplicada
de fluxo exibirá a informação de que o fluxo inspi- com esta pressão alvo.
ratório não voltou aos valores iniciais no final da A pressão inspiratória das respirações mandató-
fase de inspiração. Nesse caso, avalie o estado do rias subsequentes é ajustada até que o volume
paciente para determinar a causa do tempo inspi- corrente definido VT seja atingido.
ratório prolongado Ti para poder reduzir a pressão
de pico. Esse efeito também pode ser devido ao No caso de um alarme desligado, esse comporta-
acúmulo de secreções. Nessa situação, a pressão mento inicial é repetido.
de inspiração é limitada pelo Oxylog 3000 plus,
como descrito acima. Se, como resultado,
o volume corrente definido VT não puder ser com-
pletamente administrado, é gerado o alarme VT
não atingido, pressão limitada.
O aumento do fluxo de inspiração do nível PEEP
para o nível de inspiração pode ser ainda melhor
adaptado às necessidades do paciente pela
Rampa de tempo de aumento de pressão.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 163


Princípios de funcionamento

Espaço morto

O espaço morto é um aspecto importante da O espaço morto está presente como um compo-
gestão da ventilação: nente das vias aéreas artificiais do paciente e do
O espaço morto é a parte do sistema respiratório circuito. Se o volume do espaço morto mecânico
onde não ocorre uma troca de gases significativa. for igual ou ultrapassar o volume da ventilação
Um aumento na proporção de espaço morto na alveolar, o paciente poderá não conseguir eliminar
ventilação alveolar pode conduzir a um aumento adequadamente o dióxido de carbono. Por isso
da retenção de dióxido de carbono CO2 pelo é importante gerir corretamente o volume de
paciente. espaço morto no circuito de respiração do
Oxylog 3000 plus.

Determinar o tempo de ciclo, tempo inspiratório e tempo expiratório

A base para determinar o tempo de ciclo (tempo – O Te tem sempre um tempo mínimo absoluto
total de um ciclo de respiração) durante os ciclos de 0,2 s. Se o Te não estiver mais ajustado
de ventilação mandatória é a frequência respirató- ao tempo de ciclo (devido a um Ti elevado),
ria definida (FR). Esse valor é complementado pelo o tempo de ciclo aumentará automaticamente.
tempo inspiratório definido (Ti) ou pela relação de
Essas regras também se aplicam quando
tempo de ventilação definida (I:E).
o ventilador é configurado de forma a definir
I:E em vez de Ti.

NOTA No caso de ajustes contraditórios, os alarmes


!! Verificar ajustes de tempo ou !! Verificar ajus-
O ventilador pode ser configurado de forma
tes de fluxo são emitidos para notificar o operador
a definir Ti ou I:E; consulte “Modo de Assistência
de que ele deve alterar os ajustes.
ao cliente” na página 98.

No entanto, em caso de definições contraditórias,


o ventilador determinará o tempo de ciclo adminis-
trado, Ti e Te, na seguinte ordem:
– Se o Ti definido for muito curto para o ventilador
administrar o volume corrente definido VT, o Ti
administrado aumentará automaticamente.
Se o Ti resultante exceder o tempo de ciclo,
o tempo de ciclo aumentará automaticamente.
Nota: Isso só se aplica em modos de ventilação
que têm como alvo um VT definido.
– Se o Ti definido ultrapassar o tempo de ciclo,
o Ti administrado de torna automaticamente
idêntico ao tempo do ciclo.

164 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Princípios de funcionamento

Descrição funcional

Sistema microprocessador

Controlo da pressão
Misturador de gás S4 E V6
P

O2 F1 DR V1 - 3 V10

SV NV
S3 P
E
S8

F2
V7 V8

P P P P
E E E E

S9 S7 S5 S6

10737171
Pulmão humano

Os vários atuadores pneumáticos no o volume corrente aplicado corresponde ao defi-


Oxylog 3000 plus são controlados pelo sistema nido para BTPS, considerando a pressão ambi-
microprocessador através de sinais elétricos ente. Dessa forma, o Oxylog 3000 plus mede
digitalizados. e avalia grosseiramente um volume 10 % menor
em funcionamento com um pulmão de teste
(gás seco à temperatura ambiente).
Suprimento de gás

O suprimento de gás de O2 é purificado pelo filtro


F1 e ajustado a uma pressão constante através
Expiração
do regulador da pressão DR. O ar ambiente
entra através do filtro F2, conforme necessário. Durante a inspiração controlada por volume,
A pressão de alimentação é monitorada pelo o controle da pressão V6 fecha o canal inspiratório
sensor de pressão S3. e controla a pressão PEEP durante a expiração,
ou reduz a pressão no tubo de inspiração para
controlar a pressão PS, Pinsp ou Pmax quando
Inspiração os valores alvo são atingidos. A válvula ventilatória
V10 no lado do paciente, que é controlada indireta-
O misturador de gás V1-3 fornece o fluxo de inspi- mente pela V6, veda a entrada de ar atmosférico
ração variável como uma mistura de suprimento durante a inspiração e ajusta a pressão do paciente
de gás O2 e ar ambiente, de acordo com o modo requerida durante a expiração, controlando a pres-
de ventilação e a concentração de O2 requerida.
são no tubo de inspiração. O valor medido do
Aplica-se o volume corrente, independentemente
sensor da pressão das vias aéreas S5 no lado do
da pressão ambiente (sensores de pressão abso-
paciente serve como um ponto de referência para
luta S7 e S9), sob as condições da BTPS do paci-
ente para respiração controlada por volume; regulação da pressão.

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 165


Princípios de funcionamento

Segurança Medição de CO2

No caso de uma falha, o misturador de gás V1-3 O CO2 é medido através de um sistema convenci-
fecha e o controle da pressão V6 abre para onal baseado na medição de absorção. Um emis-
a atmosfera. A válvula doseadora pneumática sor de luz gera um espectro, dois detectores de luz
NV (respiração espontânea) abre na presença registram o espectro de absorção característico
de pressão negativa. A válvula de sobrepressão e emitem sinais elétricos que mudam conforme
pneumática SV (definida para aproximadamente a concentração de CO2. Em seguida, esses sinais
80 mbar) abre na presença de excesso de são avaliados e exibidos. O aquecimento da sonda
pressão. do sensor de CO2 impede a condensação.
Quando o sensor de CO2 for conectado ou quando
tiver uma falha de energia, ele primeiro concluirá
Software a sua fase de aquecimento (cerca de 3 minutos).
Durante o aquecimento:
O software foi desenvolvido de acordo com
o processo interno de desenvolvimento de sof- – Os valores de etCO2 e CO2 podem ter uma
tware e está sujeito a inspeções de código, testes menor exatidão;
de integração e testes de sistema. – A calibração do zero e a verificação do filtro
Quando um erro é detectado, o equipamento mantêm-se em suspensão;
falhará em um modo de falha em segurança. – O alarme !!! Valor constante CO2 está inativo.

Monitoração

O fluxo medido no lado do paciente pelo S8 é trans-


mitido para o sensor interno de diferença de pres-
são eletrônico S6 como um sinal de pressão
diferencial. Os valores de monitoração medidos
do volume corrente, volume minuto e frequência
respiratória derivam do fluxo expiratório medido.
Utiliza-se o sinal de fluxo inspiratório para detectar
o disparo de fluxo. É possível identificar fugas do
sistema a partir do equilíbrio entre os volumes cor-
rentes inspiratório e expiratório (por ex. alarme de
fuga, NIV).
A medição da pressão das vias aéreas no lado
do paciente fornece os valores Pva para a pressão
das vias aéreas no visor através do S5, bem como
para os valores medidos resultantes PEEP, PIP,
Pplat, Pmean. A plausibilidade dessa medição
da pressão das vias aéreas no lado do paciente
é monitorada por uma medição da pressão interna
redundante das vias aéreas no ventilador através
do S4 no tubo inspiratório.

166 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Lista de acessórios

Lista de acessórios

Nome da peça Nº da peça Nome da peça Nº da peça


Estação de trabalho Conjunto de circuito ventilatório
Oxylog 3000 plus 57 04 833 adulto reutilizável, que inclui:
– Tubo de ventilação com cabos 84 12 068
de medição, 1,5 m
Unidade básica
– Tubo de ventilação com cabos 84 12 913
Oxylog 3000 plus 57 04 811 de medição, 3 m
– Válvula ventilatória 84 12 001
Acessórios necessários para – Sensor de fluxo 84 12 034
o funcionamento
– Conector angular 84 12 235
Fonte de alimentação:
Unidade de alimentação CA/CC 57 04 750
100 a 240 V/50-60 Hz Conjunto ventilatório adulto 57 03 041
descartável VentStar Oxylog 1,5 m
Cabos de alimentação elétrica (conjunto de 5)
disponíveis:
Conjunto ventilatório adulto MP 00 335
– Alemanha e Europa 18 24 481 descartável VentStar Oxylog 3,0 m
– Dinamarca 18 68 950 (conjunto de 5)
– Reino Unido 18 44 369 Conjunto do sistema ventilatório 57 04 964
pediátrico VentStar Oxylog 1,9 m
– Austrália 18 51 705
(descartável, conjunto de 5)
– Suíça 18 44 377
– EUA 18 41 793
Tubos de conexão
– China 18 59 706
Sistema de suprimento de gás 57 04 500
– Brasil 18 68 160

Acessórios especiais
Transformador CC/CC isolado 57 04 799
Bolsa de transporte 57 05 484
Suporte de equipamento 2M 86 900
Bateria de íons de lítio 2M 86 733
Carregador de bateria 2M 86 729
Suporte de parede completo 57 04 216
Sistema de transporte 2M 86 975
Pulmão de teste 84 03 201
Cabo de comunicação de 57 05 301
dados 0,8 m

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 167


Lista de acessórios

Nome da peça Nº da peça


Opções
Medição de CO2 57 05 331
Exportação de dados em 57 05 332
tempo real
AutoFlow 57 05 333
Inalação de O2 57 05 329
100 % O2 57 05 330

Medição de CO2
Sensor de CO2 (índice de revisão 68 71 950
04 e superior)
Cabo de extensão para o sensor 68 72 159
de CO2, 0,90 m
Cuvete de CO2 reutilizável (adulto) 68 70 279
Cuvete de CO2 reutilizável 68 70 280
(pediátrico)
Cuvete de CO2 descartável MP 01 062
(adulto)
Cuvete CO2 descartável MP 01 063
(pediátrico)
Conjunto de calibração de CO2 8412710
Cilindro de CO2 sobressalente de 6850435
5 % para o conjunto de calibração

168 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Índice

Índice

A Circuito reutilizável
Desmontar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 124
Abreviações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21 Montagem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41
Acessórios . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 167 Reprocessamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 129
Advertência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2, 8, 85, 88 Uma visão geral de . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Advertências, gerais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8 Vida útil . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 130
Ajustes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 141 Conceito de funcionamento . . . . . . . . . . . . . . . 26
Janela de ajustes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 31 Condições ambientais . . . . . . . . . . . . . . . . . . 140
Alarme – Causa – Solução . . . . . . . . . . . . . . . 112 Conexão do suprimento de gás . . . . . . . . . . . . 39
Alarmes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 112 Configuração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 95
Janela de alarmes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 31 Configurações de fábrica . . . . . . . . . . . . . . . . 101
Janela de alarmes, mensagens . . . . . . . . . 112 Configurações iniciais . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100
Limites de alarme, configuração . . . . . . . . . 87 Contraindicações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12
Nível de volume . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 81 Controles da ventilação . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
Quando ocorrem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 85 Controles de funcionamento do visor . . . . . . . . 28
Reset alarme . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29 Curvas de CO2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 32
Tipos de . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 84 Curvas de fluxo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 32
Tons de alarme, cancelar . . . . . . . . . . . . . . 85 Cuvete de CO2
Ambiente de utilização . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13 Conexão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 46
Apneia Desmontar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 124
Alarme de apneia, tempo para . . . . . . . . . . 74 Reprocessamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 130
Ventilação de apneia . . . . . . . . . . . . . . . . . . 74
Apresentação de valores medidos . . . . . . . . . 144
Atenção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2, 8, 9 D
AutoFlow . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 67, 70, 162 Dados de desempenho . . . . . . . . . . . . . . . . . 142
Dados de funcionamento . . . . . . . . . . . . . . . . 146
B Dados técnicos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 139
Descrição funcional . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 165
Bateria Desinfecção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 123
Indicador de capacidade . . . . . . . . . . . . . . . 35 Desligar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 82
Instalar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35 DESLIGAR o aparelho . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 82
Interna . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35 DESLIGAR o equipamento . . . . . . . . . . . . . . . 26
BTPS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52, 141 Disparo . . . . . . . 65, 67, 68, 71, 75, 100, 101, 141
Distâncias de separação . . . . . . . . . . . . . . . . 156
C Distâncias de separação
recomendadas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 156
Calibração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 81
Carregar a
bateria . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50
E
Circuito adulto, descartável . . . . . . . . . . . . . 18, 19 Eliminação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 137
Circuito adulto, reutilizável . . . . . . . . . . . . . . . . . 18 EMC . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8, 9, 152
Circuito descartável Emissões eletromagnéticas . . . . . . . . . . . . . . 153
Conexão do circuito pediátrico . . . . . . . . . . 44 Espaço morto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 164
Montagem do circuito adulto . . . . . . . . . . . . 43 Especificações do equipamento . . . . . . . . . . . 149
Remover o circuito descartável Esterilização . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 123
adulto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 127 etCO2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90
Remover o circuito pediátrico . . . . . . . . . . 127 Exibição dos valores medidos
Uma descrição geral de . . . . . . . . . . . . . . . . 18 Ajuste de valores . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 103
Circuito pediátrico, descartável . . . . . . . . . . . . . 44

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 169


Índice

F N
Falha de alimentação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 86 NIV . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 76
Falha de gás . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 86
Filtro bacteriológico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 45
Filtro HME
O
Conexão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 45 O2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
Definir a correção de HME . . . . . . . . . . . . . 80 79
FiO2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90 Cilindro de O2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 39
Fonte de alimentação . . . . . . . . . . . . . . . . 35, 146 Inalação O2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29
FR . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90 Mistura de O2 de 40 % a 100 % . . . . . . . . . 79
FRespon . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90
P
I
Página principal das curvas
Idioma, ajuste . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 97 de pressão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 32
Imunidade eletromagnética . . . . . . . . . . . . . . . 153 Painel frontal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
Inspeções de segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . 135 Pausa insp. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 77
Intervalos de manutenção . . . . . . . . . . . . . . . . 134 PC-BIPAP, PC-BIPAP/PS . . . . . . . . . 27, 71, 161
PEEP . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90
J PIP . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90
Pmédia . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90
Janela de informação, mensagens . . . . . . . . . 120 Pmax . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
Janela de valores . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30 Pplat . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90
Pressão das vias aéreas Pva . . . . . . . . . . . . . 145
L Pressão de suporte . . . . . . . . . . . . . . 69, 72, 160
Procedimento de reprocessamento . . . . . . . . 128
Látex . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23, 150 PS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 160
LIGAR o aparelho . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 53, 62
LIGAR o equipamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26
Limitação da pressão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 87 R
Limpeza . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 123 Rampa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 67, 69, 70, 72, 75
Lista de reprocessamento . . . . . . . . . . . . . . . . 131 Ressuscitação
Ressuscitação
M cardiopulmonar (RCP) . . . . . . . . . . . . . . . . 67, 75
Ressuscitação
Manual de assistência ao cliente . . . . . . . . . . 110 cardiopulmonar (RCP) . . . . . . . . . . . . . . . . 67, 75
Materiais utilizados . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 150 Restrições de uso . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13
Medição de CO2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 91, 106
Calibração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 108
Calibração do zero . . . . . . . . . . . . . . . . 92, 106 S
Descrição . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 166
Redefinir a calibração aos Símbolos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
valores de fábrica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 109 Segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Verificação do filtro . . . . . . . . . . . . . . . 93, 107 Sensor de CO2
Verificação do gás . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 108 Conexão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 46
Mensagens de erro durante Desmontar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 124
a verificação do aparelho . . . . . . . . . . . . . . . . 122 Reprocessamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . 130
Modo de Assistência ao cliente . . . . . . . . . . . . . 98 Sistemas de calha normais . . . . . . . . . . . . . . . 47
Modo de economia de energia . . . . . . . . . . . . . 81 SpnCPAP, SpnCPAP/PS . . . . . . . . . . . . . . 27, 73
Modos de ventilação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20 Suprimento de gás . . . . . . . . . . . . . . . . . . 39, 148
Descrição . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 158
Selecionar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
Monitoração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 89

170 Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n


Índice

T
Tela . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30
Brilho da tela . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 81
Estrutura da janela . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30
Tempo de funcionamento . . . . . . . . . . . . . . . . . 51
Tempo de funcionamento, pneumático . . . . . . . 51
Teste do equipamento, realizar . . . . . . . . . . . . . 52
Transformador CC/CC . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 37

U
Unidade de alimentação CA/CC . . . . . . . . . . . . 38
Uso previsto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11, 12

V
Válvula ventilatória
Desmontagem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 126
Montagem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41
VC-AC . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27, 65, 158
VC-CMV, VC-AC . . . . . . . . . . . . . . . . . 27, 65, 158
VC-SIMV . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 159
VC-SIMV, VC-SIMV/PS . . . . . . . . . . . . . . . . 27, 68
Verificação do sistema . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 54
Verificar a disponibilidade
de funcionamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52
Visão geral . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15
Vista lateral, direita . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Vista traseira . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
VMe . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90
VMespn . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90
Volume corrente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 65, 68
VT . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
VTe . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90

Instruções de Uso Oxylog 3000 plus SW 1.n 171


Estas Instruções de Uso aplicam-se unicamente
ao Oxylog 3000 plus SW 1.n
com o nº de série:
Caso não possuam o número de fabricação
registrado pela Dräger, estas Instruções de Uso
são meramente informativas e não se destinam
a uso com qualquer aparelho ou equipamento
específico.
Este documento serve apenas para informar
o cliente e só será atualizado ou trocado
mediante pedido por parte do mesmo.

Diretiva 93/42/CEE
relativa a Dispositivos Médicos

Fabricante Distribuidor e Assistência Técnica no Brasil:

Dräger Medical GmbH Dräger Indústria e Comércio Ltda.


Moislinger Allee 53 – 55 Alameda Pucuruí, 51 - Tamboré – Barueri - SP
D-23542 Lübeck CEP: 06460-100
Germany Tel.: (11) 4689-4946
+49 451 8 82-0 Fax.: (11) 4191-6606
FAX +49 451 8 82-20 80 Responsável Técnico: Robson Rolim
http://www.draeger.com CREA-SP: 5061854204
Registro ANVISA: XXXXXXXXXXX

90 52 937 – 01 ptBR
© Dräger Medical GmbH
Edition/Edição – 1 - 2010-09
A Dräger reserva-se o direito de efetuar modifi-
cações no equipamento sem aviso prévio.
Assumimos total responsabilidade pelas informações apresentadas nesta Instrução de uso.

__________________________ ___________________________________
Responsável Técnico Responsável Legal ou Representantes Legais
Robson Rolim Regina Tiharu Simazaki / Amanda Rocumback Hessel
CREA-SP: 5061854204 Controller / Administradora
Anexo da Instrução de Uso – Lista de Acessórios
Oxylog 3000plus

Declaramos que as peças de reposição/acessórios descritos são de uso exclusivo do produto Oxylog
3000 Plus, exceto as peças que possuem registro próprio na ANVISA, conforme indicado.

5704833/ 5704811/
5704750
OPC8045/ OPC8046
Unidade de Alimentação
Oxylog 3000 plus –
CA/CC
unidade básica

2M86729
2M86733
Carregador de bateria
Bateria íons de Lítio

5704799 5705301
Transformador CC/CC
Cabo de comunicação de
dados 0,8m

1868160
8412001
Cabo de Alimentação Elétrica
Válvula ventilatória
(Brasil)

8412235 8412034
Conector angular Sensor de fluxo
(reutilizável) (reutilizável)

8403201
Pulmão de teste MP02400
(SelfTest Lung) Pulmão teste azul

Página 1 de 4
Anexo da Instrução de Uso – Lista de Acessórios
Oxylog 3000plus

5704500 5704216
Sistema de Suprimento de Suporte de parede
Gás completo

2M86975
Sistema de transporte
2M86900
5705484
Suporte de equipamento
Bolsa para transporte

5703041 / 5702871
MP00335
Conjunto Ventilatório
Conjunto Ventilatório
Adulto descartável
Adulto descartável
VentStar Oxylog 1,5 m
VentStar Oxylog 3,0 m
(conjunto de 5)
(conjunto de 5)

*De uso EXCLUSIVO no


*De uso EXCLUSIVO no
Oxylog 3000 Plus –
Oxylog 3000 Plus –
conexões diferenciadas
conexões diferenciadas

5704964 8412068/ OPC0539


Conjunto Ventilatório Conjunto de circuito
Pediátrico VentStar ventilatório adulto
Oxylog 1,9 m reutilizável com tubo de
(descartável, ventilação com cabo de
conjunto de 5) medição, 1,5 m

*De uso EXCLUSIVO no *De uso EXCLUSIVO no


Oxylog 3000 Plus – Oxylog 3000 Plus –
conexões diferenciadas conexões diferenciadas

8412913/OPC0540
Conjunto de circuito
ventilatório adulto
reutilizável com tubo de MP00011
ventilação com cabo de Carrinho para solução de
medição, 3 m transporte

*De uso EXCLUSIVO no


Oxylog 3000 Plus –
conexões diferenciadas

Página 2 de 4
Anexo da Instrução de Uso – Lista de Acessórios
Oxylog 3000plus

OPC8037
OPC8038
Sistema suprimento de Válvula Alduk III
gases AGSS

MP01062
220170P Cuvette de CO2
Mangueira de oxigênio, descartável
3m (adulto)

6870279
MP01063
Cuvette de CO2
Cuvette de CO2
reutilizável
descartável
(Adulto)
(Pediátrico)

6870280
Cuvette de CO2
6871950
reutilizável
Sensor de CO2
(Pediátrico)

6872159 8412710
Cabo extensão para Conjunto de calibração
sensor de CO2, 90 cm de CO2

6850435
B10208
Cilindro de CO2 sobresselente
Cilindro de O2 2L
de 5 % para o conjunto de
calibração

Página 3 de 4
Anexo da Instrução de Uso – Lista de Acessórios
Oxylog 3000plus
Softwares: Máscara Facial
5705332 - Exportação de dados em tempo real NovaStar NV
5705331/OPC8047 - Medição de CO2 (Todos os modelos
5705333 - Software Auto-Flow aprovados, de acordo
5705330 - Software opção 100% de O2 com o Registro Anvisa nº:
10407370070)
5705329 / ME05052 - Software opção inalação de O2

ClassicStar Máscara
Máscara ComfortStar
Facial NV
(Todos os modelos
(Todos os modelos aprovados,
aprovados, de acordo
de acordo com o Registro com o Registro Anvisa nº
Anvisa nº:10407370068) 10407370057)

Filtro – Filter CareStar Permutador de Calor e


(Todos os modelos aprovados, Umidade
de acordo com o Registro (Todos os modelos
Anvisa nº:10407370069) aprovados, de acordo
com o Registro Anvisa
nº:10407370064)

Assumo total responsabilidade pelas informações apresentadas nesta Lista de Acessórios.

__________________________ ___________________________________
Responsável Técnico Responsável Legal ou Representantes Legais
Robson Rolim Regina Tiharu Simazaki / Amanda Rocumback Hessel
CREA-SP: 5061854204 Controller / Administradora

Página 4 de 4