Você está na página 1de 27

CONTEÚDO DO PASSO N.

11
 BIOLOGIA  HISTÓRIA
ÓRGÃOS DOS SENTIDOS SEGUNDO REINADO
SISTEMA RESPIRATÓRIO IMPERIALISMO
SISTEMA MUSCULAR ABSOLUTISMO
SISTEMA EXCRETOR INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS
SISTEMA NERVOSO CAPITALISMO
SISTEMA ENDÓCRINO
SISTEMA CIRCULATÓRIO
ANATOMIA E HISTOLOGIA VEGETAL  GEOGRAFIA
PROTOZOOSES GEOGRAFIA DO NORDESTE
FUNGOS

 MATEMÁTICA  PORTUGUÊS
P.A e P.G PIADA/HUMOR
MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL INTERTEXTUALIDADE
ESFERA IMPLÍCITOS E INFERÊNCIAS
PROBABILIDADE ROMANTISMO
CILINDRO REALISMO
COMBINATÓRIA NATURALISMO
PIRÂMIDE PARNASO-SIMBOLISMO
PROPORCIONALIDADE ENTRE NÚMEROS INFOGRÁFICO
PLANIFICAÇÕES, VISTAS E PERSPECTIVAS
PRISMA  FÍSICA
GASES E TERMODINÂMICA
 QUÍMICA
CONCEITOS DE ÁCIDOS E BASES
HIDRÓLISE DE SAIS
RADIOATIVIDADE
PROPRIEDADES COLIGATIVAS
ELETROQUÍMICA
CONCENTRAÇÕES DAS SOLUÇÕES
CINÉTICA QUÍMICA
PH E POH
TERMOQUÍMICA
BIOLOGIA: PARTE B 2. (G1 - ifce 2011) O bulbo do olho, encaixado numa cavidade
ÓRGÃOS DOS SENTIDOS óssea denominada órbita, é constituído de membranas e meios
1. (Ufsm 2015) Cada povo possui um tipo de culinária, um modo transparentes. As membranas são
de preparar seus alimentos, como se fossem sinais culturais a) íris, pupila e lente.
transmitidos por meio do paladar, da visão e do olfato. Por b) esclera, corioide e retina.
exemplo, no Brasil, os europeus foram os responsáveis pela c) córnea, lente e humor vítreo.
introdução do sal, do açúcar e de diferentes especiarias, variando d) pupila, esclera e córnea.
ainda mais o doce, o salgado, o azedo e o amargo do cardápio e) retina, corioide e lente.
brasileiro.
SISTEMA RESPIRATÓRIO
Sobre esses sabores, é correto afirmar que sua percepção é 1. (Ufpr 2015) A pressão parcial de oxigênio (pO2 ) no sangue
I. captada na língua e direcionada ao cérebro. foi medida simultaneamente em diferentes pontos do sistema
II. transmitida ao cérebro através dos neurônios. circulatório de um mamífero. Em condições normais espera-se
III. reconhecida na região do sistema nervoso periférico. que
IV. uma mistura de sensações do olfato e do paladar. a) pO2 Veia pulmonar  pO2 Ventrículo direito.
b) pO2 Átrio esquerdo  pO2 Veia cava.
Estão corretas
a) apenas I e II. c) pO2 Átrio esquerdo  pO2 Ventrículo direito.
b) apenas I e IV. d) pO2 Artéria pulmonar  pO2 Veia pulmonar.
c) apenas II e III. e) pO2 Artéria pulmonar  pO2 Veia cava.
d) apenas III e IV.
e) I, II, III e IV. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
Em média, os seres humanos respiram automaticamente 12
2. (Ufg 2011) Um médico, ao analisar o exame oftalmológico de vezes por minuto e esse ciclo, em conjunto com os batimentos
um paciente, detectou que o globo ocular é mais alongado cardíacos, é um dos dois ritmos biológicos vitais. O cérebro ajusta
horizontalmente que o normal. Para a correção desse defeito a cadência da respiração às necessidades do corpo sem nenhum
visual, prescreveu o uso de óculos com lente divergente. O esforço consciente. Mas o ser humano tem a capacidade de
defeito visual e a justificativa para a escolha da lente são, deliberadamente prender a respiração por curtos períodos. Essa
respectivamente, capacidade é valiosa quando se precisa evitar que água ou
a) astigmatismo – concentração de raios de luz em um único poeira invadam os pulmões, estabilizar o tórax antes do esforço
plano. muscular e aumentar o fôlego quando necessário para se falar
b) catarata – compensação da distância entre o cristalino e a sem pausas.
retina. Muito antes que a falta de oxigênio ou excesso de dióxido de
c) hipermetropia – concentração de raios de luz em um único carbono possa danificar o cérebro, algum mecanismo,
plano. aparentemente, leva ao ponto de ruptura, além do qual se precisa
d) presbiopia – compensação da distância entre o cristalino e a desesperadamente de ar.
retina. Uma explicação lógica hipotética para o ponto de ruptura é que
e) miopia – aumento da distância entre o cristalino e o ponto sensores especiais do corpo analisam alterações fisiológicas
focal. associadas ao inspirar e expirar antes que o cérebro apague.
O ponto de ruptura é o momento exato em que uma pessoa em
ÓRGÃOS DOS SENTIDOS apneia precisa desesperadamente de ar. O treinamento da
1. (Ufsm 2011) A importância da luz na origem e evolução da apneia pode ampliá-la, assim como a meditação, que inunda o
vida no planeta é incontestável. Nesse processo, os animais corpo com oxigênio, eliminando o dióxido de carbono, CO2.
desenvolvem diversas formas de utilizar a luz em seu benefício, (PARKES. 2013. p. 22-27).
como a visão e estruturas relacionadas com ela. A seguir, analise 2. (Uneb 2014)
as afirmativas:

I. Em Metazoa, a percepção da luz através de estruturas


especializadas se dá apenas em animais triblásticos, sejam
acelomados ou celomados.
II. Uma visão desenvolvida, tal como olhos com cristalino, já
aparece em Mollusca e Chordata.
III. Insetos apresentam tanto olhos compostos quanto ocelos para
a percepção da luz e formação de imagens.

Está(ão) correta(s)
a) apenas I.
b) apenas II.
c) apenas III.
d) apenas I e II.
e) apenas II e III.
A habilidade da hemoglobina presente no sangue para captar ou SISTEMA EXCRETOR
liberar oxigênio, O2(g) depende da sua pressão parcial pO2  no 1. (Fgv 2012) No interior dos rins existem milhares de néfrons
ambiente. O gráfico representa a variação dessa pressão parcial que, a partir da filtragem do sangue, têm como função a formação
sanguíneo em relação ao grau de saturação de oxigênio ligado à da urina. Um exame de urina específico pode detectar
hemoglobina. substâncias ilícitas utilizadas por atletas, usuários de drogas e
Com base nessas informações, é correto afirmar: dependentes químicos.
a) A pressão parcial de oxigênio normal presente nos tecidos A figura traz o processo de formação da urina no néfron.
sustenta apenas 25% do grau de saturação de oxigênio nas
hemácias.
b) A pressão parcial de oxigênio presente no sangue tende a
aumentar à medida que o fluido sanguíneo se desloca através
dos vasos em direção aos tecidos.
c) O retorno venoso do sangue ao coração se caracteriza por
apresentar taxas próximas de 0% de saturação de oxigênio ligado
à hemoglobina.
d) A hemoglobina que retorna ao coração através do sangue
apresenta, aproximadamente, 50% da capacidade máxima de
captação de oxigênio.
e) A reserva de até 75% de oxigênio é mantida pela hemoglobina
durante a demanda comum do corpo e pode ser liberada para os
tecidos, se houver uma baixa da pressão parcial de oxigênio.

SISTEMA MUSCULAR
1. (Upe 2013) Os músculos esqueléticos dos vertebrados são A droga A apresenta peso molecular que permite sua passagem
compostos por dois tipos de fibras: I – as fibras lentas oxidativas pelos capilares sanguíneos, e a droga B é eliminada somente em
ou vermelhas, e II – as fibras rápidas ou brancas. O tipo de função de gasto energético. As drogas A e B são encontradas no
atividade física exercida por uma pessoa pode, até um certo grau, interior do néfron, respectivamente, a partir
alterar a proporção dessas fibras em seu corpo. De acordo com a a) do túbulo proximal e do ducto coletor.
modalidade esportiva e o tipo de treinamento, quais desses b) do túbulo proximal e da alça néfrica.
atletas olímpicos apresentam maior número de fibras lentas? c) da alça néfrica e do túbulo distal.
I. Corredor de 100 m d) da cápsula renal e do túbulo distal.
II. Maratonista (percorre 42 km) e) da cápsula renal e da alça néfrica.
III. Nadador de 1.500 m
IV. Levantador de peso TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
V. Atleta de salto Leia o texto a seguir e responda à(s) próxima(s) questão(ões).
a) I e II d) III e IV
b) I e III e) IV e V De onde vem o mundo? De onde vem o universo? Tudo o que
c) II e III existe tem que ter um começo. Portanto, em algum momento, o
universo também tinha de ter surgido a partir de uma outra coisa.
2. (Ufu 2012) A exposição “O Fantástico Corpo Humano”, Mas, se o universo de repente tivesse surgido de alguma outra
atualmente em cartaz em São Paulo, mostra corpos humanos coisa, então essa outra coisa também devia ter surgido de
inteiros e peças preservadas em silicone. O visitante dessa alguma outra coisa algum dia. Sofia entendeu que só tinha
exposição poderá notar diversos feixes de fibras musculares e transferido o problema de lugar. Afinal de contas, algum dia,
tendões em corpos mostrados em posições cotidianas, como alguma coisa tinha de ter surgido do nada. Existe uma substância
alguém lendo um livro, chutando uma bola, comendo. básica a partir da qual tudo é feito? A grande questão para os
Em relação ao músculo esquelético, é correto afirmar que primeiros filósofos não era saber como tudo surgiu do nada. O
a) nas extremidades do músculo esquelético, formam-se bainhas que os instigava era saber como a água podia se transformar em
de tecido conjuntivo frouxo, os tendões, que prendem o músculo peixes vivos, ou como a terra sem vida podia se transformar em
ao osso. árvores frondosas ou flores multicoloridas.
b) o músculo esquelético propicia a locomoção, juntamente com
os tendões e os ossos, devido à diminuição do comprimento dos Adaptado de: GAARDER, J. O Mundo de Sofia. Trad. de João Azenha
sarcômeros das miofibrilas. No processo de contração muscular, Jr. São Paulo: Companhia das Letras, 1995. p.43-44.
os filamentos espessos de actina se sobrepõem aos filamentos
delgados de miosina. 2. (Uel 2015) Ambientes dulcícolas e marinhos possuem
c) a contração do músculo esquelético é dependente de íons de condições físico-químicas distintas que influenciaram a seleção
sódio, armazenados no retículo endoplasmático, que favorecem natural para dar origem, respectivamente, aos peixes de água
ligação da actina com a miosina. doce e aos peixes de água salgada, os quais possuem
d) o músculo esquelético é formado por tecido muscular estriado adaptações fisiológicas para sobreviverem no ambiente em que
esquelético e tecido conjuntivo rico em fibras colágenas, o qual surgiram.
envolve o músculo como um todo e mantém os feixes de fibras
musculares, nervos e vasos sanguíneos unidos. Considerando a regulação da concentração hidrossalina para a
manutenção do metabolismo desses peixes, pode-se afirmar que
os peixes de água doce eliminam __________ quantidade de quantidade de toques que foram sentidos e a distância entre as
urina __________ em comparação com os peixes marinhos, que duas pontas do compasso estão apresentados na tabela:
eliminam __________ quantidade de urina __________.

Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente,


as lacunas do enunciado.
a) grande, diluída, pequena, concentrada.
b) grande, concentrada, grande, diluída.
c) grande, concentrada, pequena, diluída.
d) pequena, concentrada, grande, diluída.
As diferenças observadas entre as várias regiões do corpo
e) pequena, diluída, grande, concentrada.
refletem que a densidade dos receptores
a) não é a mesma em todos os pontos, existindo regiões com
SISTEMA NERVOSO
maior capacidade de discriminação e sensibilidade, como o
1. (Uel 2015) Analise a figura a seguir.
indicador e o polegar.
b) apresenta pequena diferenciação entre os diversos pontos,
existindo regiões com menor capacidade de discriminação e
sensibilidade, como o indicador e a panturrilha
c) apresenta pequena diferenciação entre os diversos pontos,
diferenciando-se em regiões com maior capacidade de
discriminação e sensibilidade, como as costas e o antebraço.
d) não é a mesma em todos os pontos, existindo regiões com
maior capacidade de discriminação e sensibilidade, como o
panturrilha e as costas.
e) se equivale, existindo pontos que manifestam uma maior
sensibilidade e discriminação, como as costas e o antebraço.

SISTEMA ENDÓCRINO
Os fisiologistas Barreto e Oliveira (2004) identificam, na obra TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
Criação de Michelangelo, o contorno do formato do cérebro Seca faz cidades do interior de SP decretarem emergência.
humano. O cérebro e a medula espinhal são centros nervosos.
BARRETO, G.; OLIVEIRA, M. G. A Arte Secreta de Michelangelo. São A falta de água enfrentada pelo Sudeste do país tem feito cada
Paulo: ARX, 2004. vez mais cidades de São Paulo e de Minas Gerais adotarem o
racionamento, para reduzir o consumo de água, ou decretarem
Considerando a origem do impulso nervoso no arco-reflexo, estado de emergência. Além do desabastecimento, a seca tem
assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o percurso da prejudicado também setores como a agricultura, a indústria, a
condução nos neurônios sensorial e motor. saúde e o turismo dessas cidades.
a) No neurônio sensorial, o estímulo se propaga na direção do
axônio para o corpo celular e deste para o dendrito, do mesmo Adaptado de http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/
modo que no neurônio motor. 2014/07/07/seca-faz-cidades-do-interior-decretarem-emergencia.htm.
Acessado em 16/07/2014.
b) No neurônio sensorial, o estímulo se propaga na direção do
axônio para o corpo celular e deste para o dendrito, sendo o
inverso no neurônio motor. 1. (Unicamp 2015) O hormônio ADH (antidiurético), produzido no
c) No neurônio sensorial, o estímulo se propaga na direção do hipotálamo e armazenado na hipófise, é o principal regulador
dendrito para o axônio e deste para o corpo celular, sendo o fisiológico do equilíbrio hídrico no corpo humano. Assinale a
inverso no neurônio motor. alternativa correta.
d) No neurônio sensorial, o estímulo se propaga na direção do a) A redução na ingestão de água aumenta a pressão osmótica
dendrito para o corpo celular e deste para o axônio, sendo o do sangue. O ADH atua nos rins, aumentando a reabsorção de
inverso no neurônio motor. água e diminuindo a pressão osmótica do sangue.
e) No neurônio sensorial, o estímulo se propaga na direção do b) O aumento na ingestão de água aumenta a pressão osmótica
dendrito para o corpo celular e deste para o axônio, do mesmo do sangue. O ADH atua nos rins, aumentando a reabsorção de
modo que no neurônio motor. água e diminuindo a pressão osmótica do sangue.
c) A redução na ingestão de água diminui a pressão osmótica do
2. (Enem PPL 2013) O sistema somatossensorial nos informa o sangue. O ADH atua nos rins, aumentando a reabsorção de água
que ocorre tanto na superfície do corpo como em seu interior, e e aumentando a pressão osmótica do sangue.
processa muitas classes de diferentes estímulos, como pressão, d) O aumento na ingestão de água diminui a pressão osmótica do
temperatura, toque, posição. Em uma experiência, após vendar sangue. O ADH atua nos rins, diminuindo a reabsorção de água e
os olhos do indivíduo, foram feitos toques com as duas pontas de aumentando a pressão osmótica do sangue.
um compasso em diversas partes do corpo e em diferentes
distâncias, visando à identificação das regiões e distâncias onde 2. (Ueg 2013) Imagine o sistema hormonal como uma orquestra.
eram sentidos um ou dois toques. Os locais do corpo, a O hipotálamo, no centro do cérebro, é o diretor artístico, e a
hipófise, na base do crânio, o maestro. Nesse conjunto, os
hormônios sintetizados por outros órgãos e as glândulas
equivalem às orquestras de câmara. Como em um concerto, em O quadro abaixo traz uma relação de mamíferos e o resultado da
que todos os músicos tocam juntos, os hormônios interagem pesagem de indivíduos adultos.
entre si e o bom funcionamento de um depende da ação precisa Animal Massa corporal (g)
do outro. Cuíca 30
Sagui 276
LOPES, A. D.; CUMINALE, N. Hormônios. Veja, São Paulo, ed. 2283, Gambá 1 420
ano 45 n. 34, 22 ago. 2012. p.91. Bugio 5 180
Capivara 37 300
Sobre os hormônios animais e suas relações, como substâncias-
alvo no concerto, pode-se deduzir a seguinte comparação:
Fauna silvestre – Secretaria Municipal do Verde e do Meio
a) a calcitonina, hormônio que diminui o estresse, compõe a
Ambiente, SP, 2007.
orquestra de câmara, sintetizada pelo hipotálamo-diretor artístico
do concerto.
Considerando esse conjunto de informações, analise as
b) a dopamina e a adrenalina são hormônios produzidos pela
afirmações seguintes:
hipófise-maestro do concerto e considerados os hormônios da
I. No intervalo de um minuto, a cuíca tem mais batimentos
felicidade e do prazer.
cardíacos do que a capivara.
c) a insulina, hormônio sintetizado pela glândula pineal, compõe a
II. A frequência cardíaca do gambá é maior do que a do bugio e
orquestra de câmara juntamente com o glucagon.
menor do que a do sagui.
d) a ocitocina e a vasopressina são hormônios produzidos pelo
III. Animais com coração maior têm frequência cardíaca maior.
diretor artístico da orquestra, o hipotálamo, sendo armazenados
Está correto apenas o que se afirma em
na neuroipófise.
a) I. d) I e II.
b) II. e) II e III.
SISTEMA CIRCULATÓRIO
c) III.
1. (Udesc 2013) Analise as proposições em relação à circulação
sanguínea humana.
ANATOMIA E HISTOLOGIA VEGETAL
I. As veias possuem uma camada espessa de tecido conjuntivo e
1. (Cefet MG 2015) Observe as estruturas vegetais indicadas a
muscular para poder suportar a pressão sanguínea vinda do
seguir.
coração, que aumenta na medida em que o sangue se afasta do
coração.
II. No coração, o sangue que sai do ventrículo esquerdo pela
artéria aorta é rico em oxigênio.
III. A circulação que leva o sangue rico em oxigênio para os
pulmões e o coração é chamada de pequena circulação.
IV. O sangue rico em gás carbônico passa do átrio para o
ventrículo direito. Depois, o sangue é bombeado para as artérias
pulmonares, direita e esquerda, que levam o sangue para os A estrutura que NÃO se relaciona diretamente nem com a
pulmões para que ocorra a hematose. reprodução sexuada, nem com a assexuada é a de número
Assinale a alternativa correta. a) 1.
a) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras. b) 2.
b) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras. c) 3.
c) Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras. d) 4.
d) Somente as afirmativas I, II e IV são verdadeiras. e) 5.
e) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.
2. (Ufu 2015) Considere o quadro a seguir em que os algarismos
2. (Fuvest 2013) Nos mamíferos, o tamanho do coração é romanos de I a IV representam os principais tecidos vegetais, e
proporcional ao tamanho do corpo e corresponde a os algarismos arábicos de 1 a 4 indicam algumas características,
aproximadamente 0,6% da massa corporal. a constituição e as funções desses tecidos.
O gráfico abaixo mostra a relação entre a frequência cardíaca e a Características, constituição e
massa corporal de vários mamíferos. Tecidos
funções
I. Colênquima 1. Formado por células vivas, cuja
função geral é o preenchimento de
espaços internos da planta.
II. Esclerênquima 2. Constituído por células com grande
capacidade de divisão e que descendem
diretamente de células embrionárias.
III. Parênquima 3. É um tecido de sustentação
constituído por células vivas, dotadas de
paredes com reforços extras de celulose.
IV. Maristema 4. Constituído por células mortas, tem
primário paredes impregnadas de lignina e sua
função é a sustentação esquelética do
corpo da planta.
Tabela
Assinale a alternativa que associa, corretamente, esses tecidos Coluna I Coluna II
vegetais, com suas respectivas características, constituição e 1. Frutos carnosos A. Abacate
funções. 2. Frutos secos B. Abacaxi
a) I-3, II-1, III-4 e IV-2. 3. Frutos deiscentes C. Caju
b) I-1, II-2, III-3 e IV-4. 4. Frutos indeiscentes D. Azeitona
c) I-3, II-4, III-1 e IV-2 5. Pseudofrutos E. Laranja
d) I-4, II-3, III-1 e IV-2. 6. Infrutescência F. Feijão
7. Não é fruto G. Milho
ANATOMIA E HISTOLOGIA VEGETAL
1. (Udesc 2015) A figura representa esquematicamente uma flor. Assinale a alternativa que indica a associação correta entre a
Coluna I e a II, na tabela.
a) 1 – C; 5 – A; 7 – G
b) 2 – D; 4 – F; 6 – E
c) 2 – G; 6 – B; 7 – F
d) 4 – F; 4 – G; 2 – F
e) 3 – F; 2 – F; 1 – D

PROTOZOOSES
1. (Ufpr 2015) Leia a notícia abaixo:

Leishmaniose na mira: famosos se unem em campanha


contra a eutanásia canina

Uma campanha realizada em conjunto com as ONGs paulistanas


Arca Brasil e Ampara Animal tem como objetivo mudar as
políticas públicas que dizem respeito à leishmaniose em animais.
As indicações atuais são de que todos os cães afetados sejam
eutanasiados, muitas vezes sem contar com a chance de tentar
um tratamento.
Analise as proposições em relação à representação da flor, na
figura. Revista Veja, São Paulo.
http://vejasp.abril.com.br/blogs/bichos/2013/08/leishmaniose-
I. O esquema representa uma flor hermafrodita. eutanasia-campanha-famosos/. 27 ago.2013.
II. O receptáculo floral em algumas espécies pode se desenvolver
e originar frutos. A razão do sacrifício dos cães é que esses animais oferecem
III. A flor esquematizada é típica do grupo das Gimnospermas. riscos à população, pois apresentam o parasita
IV. As pétalas podem servir como elementos atrativos no a) na saliva e pode ser transmitido por meio da mordida.
processo de polinização. b) nas fezes e pode ser transmitido pela ingestão de alimentos
V. No estigma ocorre a fixação do grão de pólen. contaminados.
VI. O óvulo fecundado pelo grão de pólen dará origem ao c) nas fezes e pode ser transmitido pela penetração ativa através
embrião. da pele.
d) no sangue e pode ser transmitido pela picada de um carrapato.
Assinale a alternativa correta. e) no sangue e pode ser transmitido pela picada de um mosquito.
a) Somente as afirmativas III, IV e VI são verdadeiras.
b) Somente as afirmativas I, II, IV e VI são verdadeiras. 2. (G1 - cftrj 2014) Fezes de Gato Afetam Golfinhos
c) Somente as afirmativas II, III e V são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas I, IV e V são verdadeiras. “[...]. O patógeno terrestre mais estudado, que atualmente afeta
e) Somente as afirmativas I, II, V e VI são verdadeiras. os animais marinhos, vem do bicho de estimação favorito nos
Estados Unidos: o gato. O Toxoplasma gondii, um parente do S.
2. (Udesc 2015) Originalmente, ao longo da evolução das neurona, é um parasita protozoário — um organismo unicelular —
plantas, o principal papel dos frutos é dar proteção às sementes. que completa o seu ciclo reprodutivo dentro dos felinos e se
Posteriormente, ocorreram adaptações que conferiram aos frutos adaptou para invadir e prosperar nos tecidos de outras criaturas.
a função de auxiliarem na dispersão das sementes. Para [... ]. Atualmente, o T. gondii invadiu a vida marinha em todo o
desempenhar estes papéis os frutos desenvolveram uma série de mundo, das lontras-marinhas [...] aos golfinhos [...].
modificações e adaptações em suas estruturas (pericarpo; Como os felinos podem ser responsáveis por [...] lobos-marinhos
mesocarpo e endocarpo). Estas modificações servem como meio doentes [...]? Isso se deve ao notável instinto de sobrevivência do
de classificação para os frutos. parasita. [...] Quando [...] o dono de um felino esvazia a areia suja
da caixa do animal no vaso sanitário e dá descarga, os oocistos
entram no meio ambiente. Sobreviver no solo ou em água
salgada não é difícil para essas estruturas resistentes [...].
Teoricamente, um único oocisto ingerido, por exemplo, através da A alternativa que apresenta a sequência correta é:
carne de um molusco, pode infectar um animal marinho. a) F – V – V – F – V.
b) V – F – F – V – F.
(Scientific American Brasil, p. 67, jun. 2013) c) V – V – F – V – F.
d) F – F – V – F – V.
O Toxoplasma gondii é um parasito que também infecta a e) V – F – V – F – V.
espécie humana. Segundo Christofer Solomon, até 25% da
população humana nos Estados Unidos, de 12 anos ou mais, QUÍMICA: PARTE B
hoje é portadora de T. gondii. Identifique a opção abaixo que CONCEITOS DE ÁCIDOS E BASES
indica as formas mais comuns de infecção humana por T gondii. 1. (Ufsm 2014) Durante as duas últimas décadas, diodos
a) O homem infecta-se ao comer carne mal cozida de orgânicos emissores de luz (do inglês, OLEDs) têm atraído
hospedeiros de T. gondii infectados como, por exemplo, o boi, o considerável interesse, devido às suas aplicações promissoras
porco e o frango, e quando, ocasionalmente, ingere oocistos em monitores de tela plana, substituindo tubos de raios catódicos
eliminados pelos gatos. (CRT) ou telas de cristal líquido (LCDs). A configuração típica de
b) A infecção pelo T. gondii ocorre quando o homem entra em um diodo orgânico emissor de luz é mostrada na figura abaixo,
contato com água onde há moluscos (caramujos, os hospedeiros sobre um material transparente, que pode ser vidro. São
intermediários) infectados que liberam as larvas capazes de depositados o ânodo de óxido de titânio (transparente), duas
perfurar a pele e as mucosas humanas. camadas de emissores orgânicos e um cátodo, a prata.
c) A infecção do homem ocorre pelo contato com as larvas do
verme presentes no solo, que são capazes de penetrar
ativamente na pele humana, e pela ingestão dessas larvas.
d) A ingestão de alimentos contaminados por ovos do parasito e a
ingestão de carne mal cozida contendo cisticercos são as formas
mais comuns de infecção humana por T. gondii.

FUNGOS
1. (Upf 2014) Entre as alternativas abaixo, assinale aquela cujas
características apresentadas não se referem a organismos do
Reino Fungi.
a) São seres eucariotos, autótrofos, unicelulares ou
multicelulares.
b) Podem ser encontrados em ambiente terrestre ou aquático,
tanto em água doce quanto salgada.
c) Estabelecem relações mutualísticas com algas, formando os
liquens, e com raízes de plantas, formando as micorrizas.
d) Reproduzem-se tanto de forma sexuada quanto assexuada.
e) Têm, em muitas espécies, o zigoto como única célula diploide
em todo o ciclo de vida, sendo as demais haploides.

2. (Uepb 2014) Analise as proposições apresentadas sobre os


Fungos e, em seguida, classifique-as em (V), para as Verdadeiras A figura também mostra a representação da molécula de um
ou (F), para as Falsas. desses emissores de luz orgânico. Pode-se observar que possui
__________, portanto pode reagir como __________ de Lewis na
( ) Os fungos podem se reproduzir de modo sexuado onde  A C 3 .
teremos, de forma geral, a plasmogamia seguida pela cariogamia presença de cloreto de alumínio
ou assexuada, podendo ocorrer por fragmentação do micélio, por
brotamento ou por esporulação. As lacunas do texto são corretamente preenchidas por
( ) Os cogumelos e as orelhas-de-pau são exemplos de corpos a) amidas terciárias – ácido.
de frutificação de algumas espécies de fungos, sendo formados b) aminas terciárias – base.
por agrupamentos compactos de hifas especiais, relacionadas c) aminas alifáticas – base.
aos processos de reprodução sexuada destes organismos. d) amidas aromáticas – ácido.
( ) Os fungos multicelulares são constituídos por filamentos e) aminas aromáticas – ácido.
ramificados denominados micélios, os quais contêm o material
celular do fungo. O conjunto de micélios forma a hifa, que 2. (Mackenzie 2015)
constitui o corpo do fungo.
( ) São organismos fundamentais no processo de ciclagem de
matéria na natureza, pois as espécies sapróbias, juntamente com
certas bactérias, desempenham o papel de decompositores.
( ) São organismos eucarióticos, autotróficos, uni ou
multicelulares, que se nutrem por absorção e tem o glicogênio
como substância de reserva.
A creatina é um composto orgânico produzido pelo corpo dos O produto X, formado na fissão nuclear indicada acima, é um
vertebrados e é utilizada no interior das células musculares isótopo do elemento químico:
esqueléticas como fonte de energia. Ela é degradada em a) Tório
fosfocreatina e posteriormente em creatinina, após a realização b) Xenônio
de exercícios físicos. O seu nível é equilibrado pelos rins, assim a c) Chumbo
dosagem sorológica de creatinina visa medir a função renal de d) Lantânio
um indivíduo. De acordo com a fórmula estrutural da creatina, e) Radônio
representada acima, são realizadas as seguintes afirmações:
I. Possui em sua estrutura ácido e base, segundo a teoria de 2. (Upf 2015) Radioatividade é a denominação recebida em
Bronsted-Lowry. razão da capacidade que certos átomos têm de emitir radiações
II. Apresenta os grupos funcionais amina primária, secundária e eletromagnéticas e partículas de seus núcleos instáveis para
ácido carboxílico. adquirir estabilidade.
III. Possui dois carbonos que apresentam geometria trigonal
plana.
Está correto o que se afirma em
a) I e II, apenas. d) I, II e III.
b) I e III, apenas. e) II, apenas.
c) II e III, apenas.

HIDRÓLISE DE SAIS
1. (Upe 2013) Em um aquário onde a água apresentava pH igual
a 6,0, foram colocados peixes ornamentais procedentes de um rio
cuja água tinha pH um pouco acima de 7,0. Em razão disso, foi
necessário realizar uma correção do pH dessa água. Entre as
substâncias a seguir, qual é a mais indicada para tornar o pH da
água desse aquário mais próximo do existente em seu ambiente
natural?
a) KBr
b) NaC
c) NH4C
d) Na2CO3
A  SO4 3 Considerando a informação apresentada, assinale a alternativa
e) 2
incorreta.
a) A emissão de partículas alfa (α ) e beta (β) pelo núcleo faz
2. (Udesc 2014) Com relação às funções inorgânicas, assinale a
com que o átomo radioativo de determinado elemento químico se
alternativa incorreta.
transforme num átomo de um elemento químico diferente.
a) O acetato de sódio é um sal de características básicas, pois é
resultante da reação entre um ácido fraco e uma base forte. b) Partículas alfa (α ) são partículas denominadas “pesadas”,
b) O sal NH4C é classificado como sal ácido, pois sua com carga elétrica positiva, constituídas de
2 prótons e de 2
dissolução em água diminui a concentração do íon hidrogênio em nêutrons (como em um núcleo de hélio).
solução. c) A radiação gama ( γ) apresenta um pequeno poder de
c) O tetróxido de triferro é considerado um óxido misto, pois é ionização, pois este depende quase exclusivamente da carga
resultante da união do monóxido de ferro com o trióxido de ferro. elétrica; assim, a radiação γ praticamente não forma íons.
d) A reação do óxido de zinco com ácido clorídrico ou hidróxido d) Os danos causados aos seres humanos pelas partículas alfa
de sódio gera, respectivamente, um sal cujo cátion é o íon Zn2+ e (α )
são considerados pequenos, uma vez que tais partículas
um sal cujo ânion é o íon ZnO22-, caracterizando o óxido de zinco
podem ser detidas pelas camadas de células mortas da pele.
como óxido anfótero.
e) O poder de penetração da radiação gama ( γ) é considerado
e) As substâncias SO3 , Na2O, A 2O3 , KBr, CH3COONa
pequeno e pode ser detido por uma folha de papel ou uma chapa
podem ser classificadas como óxido ácido, óxido básico, óxido
anfótero, sal neutro e sal básico, respectivamente. de alumínio de espessura menor do que 1mm.

RADIOATIVIDADE PROPRIEDADES COLIGATIVAS


1. (Pucrj 2015) Num processo de fissão nuclear, um nêutron 1. (Mackenzie 2015) Em um experimento de laboratório,
colidiu com o núcleo de um isótopo do urânio levando à formação realizado sob pressão constante e ao nível do mar, foram
de dois núcleos menores e liberação de nêutrons que produziram utilizadas duas soluções, A e B, ambas apresentando a água
reações em cadeia com liberação de grande quantidade de como solvente e mesmo sal como soluto não volátil, as quais,
energia. Uma das possíveis reações nucleares nesse processo é estando inicialmente na fase líquida, foram aquecidas até
representada por: ebulição. Desse experimento, foram coletados os dados que
235 1 90
92U  0 n  35 Br  X  3 01n constam da tabela abaixo:
Solução Temperatura de ebulição (C) Com base nas informações apresentadas são feitas as
104,2
afirmativas abaixo.
A
B 106,7
I. No eletrodo de zinco ocorre o processo químico de oxidação.
II. O cátodo da pilha será o eletrodo de prata.
Um analista, baseando-se nos resultados obtidos, fez as III. Ocorre o desgaste da placa de zinco devido ao processo
seguintes afirmações: químico de redução do zinco.
IV. O sentido espontâneo do processo será
I. A pressão de vapor de ambas as soluções é menor do que a 2 
Zn  2 Ag  Zn  2 Ag
pressão de vapor da água pura.
II. A solução A apresenta menor concentração de sal em relação V. Entre os eletrodos de zinco e prata existe uma diferença de
à concentração salina da solução B. potencial padrão de 1,56 V.
III. As forças de interação intermoleculares na solução B
apresentam maior intensidade do que as forças de interação Estão corretas apenas as afirmativas
existentes, tanto na solução A como na água. a) I e III.
b) II, III e IV.
É correto dizer que c) I, II e V.
a) nenhuma afirmação é verdadeira. d) III, IV e V.
b) as afirmações I e II são verdadeiras. e) IV e V.
c) as afirmações I e III são verdadeiras.
d) as afirmações II e III são verdadeiras. 2. (Uepa 2015) Um artesão de joias utiliza resíduos de peças de
e) todas as afirmações são verdadeiras. ouro para fazer novos modelos. O procedimento empregado pelo
artesão e um processo eletrolítico para recuperação desse tipo de
2. (Uern 2015) Um estudante de química, realizando um metal.
experimento em laboratório, colocou dois copos iguais e nas Supondo que este artesão, trabalhando com resíduos de peças
mesmas condições de temperatura e pressão, dentro de uma de ouro, solubilizados em solventes adequados, formando uma
3
tampa transparente. No copo 1 continha apenas água e, no copo solução contendo íons Au , utilizou uma cuba eletrolítica na
2, uma solução de 0,3mol / L de cloreto de sódio. qual aplicou uma corrente elétrica de 10 A por 482,5 minutos,
obtendo como resultado ouro purificado.

Au  197 g / mo ;
Dados: constante de
Faraday  96.500 C / mo .

O resultado obtido foi:


Com relação ao experimento, é correto afirmar que o estudante
chegou à seguinte conclusão: a) 0,197 gramas de Au
a) O ponto de ebulição nos dois copos é igual. b) 1,97 gramas de Au
b) A pressão de vapor no copo 1 é menor que a do copo 2.
c) 3,28 gramas de Au
c) A solução presente no copo 2 congela mais rápido que a do
copo 1. d) 197 gramas de Au
d) Com o decorrer do tempo, o volume do copo 1 diminui e o do e) 591 gramas de Au
copo 2 aumenta.
CONCENTRAÇÕES DAS SOLUÇÕES
ELETROQUÍMICA 1. (Pucrj 2015) A reação química entre dois reagentes ocorre de
1. (Espcex (Aman) 2015) Uma pilha de zinco e prata pode ser
montada com eletrodos de zinco e prata e representada, segundo tal forma que, ao se triplicar a concentração do reagente A ,
mantendo-se fixa a concentração do reagente B, observa-se o
a União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC), pela
notação aumento de nove vezes na velocidade inicial de reação. Por outro
2 1  1 lado, a variação da concentração do reagente B não acarreta
Zn(s) / Zn (aq) 1mol  L / / Ag (aq) 1mol  L / Ag(s).
mudança da velocidade inicial da reação. Assim, é correto afirmar
que a equação geral da lei de velocidade da reação, onde v é a
As equações que representam as semirreações de cada espécie
velocidade inicial e k é a constante de velocidade, é:
e os respectivos potenciais padrão de redução (25°C e 1 atm) a) v  k
são apresentadas a seguir.
v  k reagente A 
b)
Zn2(aq)  2e  Zn(s) v  k reagente A 
2
E  0,76 V
c)
v  k reagente A 
3
Ag(aq)  1e  Ag(s) E  0,80 V d)
v  k reagente A reagente B
e)
2. (Pucrj 2015) Um químico dissolveu 0,040 g de NaOH em PH E POH
1000 mL 1. (Pucmg 2015) Numere a segunda coluna de acordo com a
água formando de solução, cuja densidade é
pH.
1,00 g mL1. A informação que o químico não poderia colocar no primeira, relacionando a solução aquosa com seu
rótulo dessa solução é: 1. H2O ( )0
1 1
a) Solução de NaOH 0,040 mg mL . 2. NaOH 0,001mo L ( )1
3
b) Solução de NaOH 4,0  10 g de NaOH por 100 mL. 1
3. NaOH 0,01mo L ( )7
c) Solução com 40 partes por milhão de NaOH.
1
d) Solução 0,0040%, em massa, de NaOH. 4. HC 0,1mo L ( ) 11
3 1
e) Solução de NaOH 4,0  10 mol L . 1
5. HC 1mo L ( ) 12
CINÉTICA QUÍMICA
1. (Ufrgs 2015) Para a obtenção de um determinado produto, Assinale a sequência CORRETA encontrada.
realiza-se uma reação em 2 etapas. a) 5 – 4 – 1 – 2 – 3 c) 1 – 5 – 4 – 3 – 2
O caminho dessa reação é representado no diagrama abaixo. b) 2 – 3 – 1 – 4 – 5 d) 3 – 2 – 5 – 4 – 1

2. (Ufrgs 2015) Para obter um bom azeite, são necessárias


azeitonas de qualidade provenientes de um olival bem tratado.
Portugal destaca-se por produzir excelentes azeitonas cujos
olivais são plantados em um solo com valores de pH próximos
de 8,0. Atualmente empresários gaúchos têm investido no
plantio de oliveiras. No Rio Grande do Sul, onde o pH do solo
varia entre 4,0 a 5,0, estudos indicaram a necessidade de
elevar o pH do solo a no mínimo 6,5, a fim de viabilizar o
plantio das oliveiras com boa produtividade.

Sobre esses dados, são feitas as seguintes afirmações.



I. A concentração de OH em um solo português com pH  8 é
6 1
na ordem de 10 mol  L .
Considere as afirmações abaixo, sobre essa reação.
II. O solo português é mais ácido que o solo gaúcho.
I. A etapa determinante da velocidade da reação é a etapa 2.
III. A correção do solo gaúcho pode ser feita através da adição de
II. A reação é exotérmica.
pH  6,5.
III. A energia de ativação da etapa 1 é maior que a energia de calcário, a fim de obter um solo com
ativação da etapa 2. Quais estão corretas?
Quais estão corretas? a) Apenas I. d) Apenas II e III.
a) Apenas I. b) Apenas II. c) Apenas III. b) Apenas II. e) I, II e III.
d) Apenas II e III. e) I, II e III. c) Apenas I e III.

2. (Ufsm 2015) Os sais estão presentes nos shows pirotécnicos. TERMOQUÍMICA


Os fogos de artifício utilizam sais pulverizados de diferentes íons 1. (Pucrj 2015) O metanol é um álcool utilizado como
metálicos como, por exemplo, o sódio (cor amarela) e o potássio combustível em alguns tipos de competição automotiva, por
(cor violeta), misturados com material explosivo, como a pólvora. exemplo, na Fórmula Indy. A queima completa (ver reação
Quando a pólvora queima, elétrons dos metais presentes sofrem termoquímica abaixo) de 1L
de metanol (densidade
excitação eletrônica, liberando a energia na forma de luz.
0,80 g mL1)
produz energia na forma de calor (em kJ) e CO2
Sobre a cinética da reação, é correto afirmar: (em gramas) nas seguintes quantidades respectivamente:
a) Quanto maior a superfície de contato entre os reagentes, mais
rápida é a reação; assim, quanto mais dividido o reagente sólido, 2 CH3OH( )  3 O2(g)  4 H2O( )  2 CO2(g) ; ΔH  1453 kJ
mais a reação será acelerada. 1
b) A queima dos fogos de artifício é facilitada pelo uso de sais Considere: M(CH3OH)  32 g mol
pulverizados, pois estes diminuem a energia de ativação da M(CO2 )  44 g mol1
reação. 3 3
c) A temperatura gerada na queima de fogos de artifício reduz a a) 18,2  10 e 1,1 10
frequência dos choques entre as partículas de reagentes, 3 3
tornando a reação mais rápida. b) 21,3  10 e 0,8  10
3 3
d) A reação é mais rápida, pois, ao se utilizar o sal pulverizado, a c) 21,3  10 e 1,1 10
frequência das colisões é menor, favorecendo, assim, a reação. 3 3
e) A pólvora age como um catalisador, diminuindo a energia de d) 18,2  10 e 0,8  10
3 3
ativação total da reação química. e) 36,4  10 e 1,8  10
2. (Uel 2015) Um dos maiores problemas do homem, desde os Essa diretriz paulista era parte integrante da política nacional da
tempos pré-históricos, é encontrar uma maneira de obter energia época que visava à garantia da:
para aquecê-lo nos rigores do inverno, acionar e desenvolver a) oferta de mão de obra para a cafeicultura
seus artefatos, transportá-lo de um canto a outro e para a b) ampliação dos núcleos urbanos no interior
manutenção de sua vida e lazer. A reação de combustão é uma c) continuidade do processo de reforma agrária
maneira simples de se obter energia na forma de calor. Sobre a d) expansão dos limites territoriais da federação
obtenção de calor, considere as equações a seguir.
2. (Unesp 2014) A proclamação da República não é um ato
C(grafite)  O2 (g)  CO2 (g) ΔH  94,1kcal
fortuito, nem obra do acaso, como chegaram a insinuar os
H2O(
1
 H2 (g)  O2 (g) ΔH  68,3 kcal monarquistas; não é tampouco o fruto inesperado de uma parada
)
2 militar. Os militares não foram meros instrumentos dos civis, nem
C(grafite)  2H2 (g)  CH4 (g) ΔH  17,9 kcal foi um ato de indisciplina que os levou a liderar o movimento da
manhã de 15 de novembro, como tem sido dito às vezes. Alguns
Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o valor do deles tinham sólidas convicções republicanas e já vinham
conspirando há algum tempo [...]. Imbuídos de ideias
calor de combustão (ΔH) do metano (CH4 ) na equação a republicanas, estavam convencidos de que resolveriam os
seguir. problemas brasileiros liquidando a Monarquia e instalando a
CH4 (g)  2O2 (g)  CO2 (g)  2H2O( ) República.
(Emília Viotti da Costa. Da monarquia à república, 1987.)
a) 212,8 kcal d) 144,5 kcal
b) 144,5 kcal e) 212,8 kcal O texto identifica a proclamação da República como resultado
43,7 kcal a) da unidade dos militares, que agiram de forma coerente e
c)
constante na luta contra o poder civil que prevalecia durante o
Império.
HISTÓRIA: PARTE B
b) da fragilidade do comando exercido pelo Imperador frente às
SEGUNDO REINADO
rebeliões republicanas que agitaram o país nas últimas décadas
1. (Uerj 2014)
do Império.
c) de um projeto militar de assumir o comando do Estado
brasileiro e implantar uma ditadura armada, afastando os civis da
vida política.
d) da disseminação de ideais republicanos e salvacionistas nos
meios militares, que articularam a ação de derrubada da
Monarquia.
e) de uma conspiração de civis, que recorreram aos militares para
derrubar a Monarquia e assumir o controle do Estado brasileiro.

IMPERIALISMO
1. (Pucrj 2015) Ao longo do século XIX, diversos países
praticaram uma política de expansionismo imperialista que
interferiu na trajetória histórica de sociedades em todos os
continentes. Sobre esse processo, assinale a única alternativa
correta.
a) O expansionismo, nesse momento, estava associado ao
desenvolvimento da industrialização e à expansão do capital
financeiro, o que significava ampliar o mercado consumidor,
garantir o controle sobre áreas fornecedoras de matérias-primas
A restituição da passagem estratégicas e encontrar novas áreas de investimento.
b) A principal justificativa desse expansionismo foi a ideia de
As famílias chegadas a Santos com passagens de 3ª classe, civilização, tendo os povos conquistados acolhido os
tendo pelo menos 3 pessoas de 12 a 45 anos, sendo agricultores conquistadores como seus salvadores frente a um destino de
e destinando-se à lavoura do estado de São Paulo, como colonos pobreza e miséria.
nas fazendas ou estabelecendo-se por conta própria em terras c) A relação econômica entre a metrópole e a colônia estava
adquiridas ou arrendadas de particulares ou do governo, fora dos baseada na pratica do monopólio comercial que os primeiros
subúrbios da cidade, podem obter a restituição da quantia que exerciam sobre os segundos.
tiverem pago por suas passagens. d) O controle das áreas coloniais nesse momento obedecia a
Adaptado de O immigrante, nº 1, janeiro de 1908 uma lógica econômica e, por isso, não houve significativos
A publicação da revista O immigrante fazia parte das ações do deslocamentos de população entre as regiões metropolitanas e
governo de São Paulo que tinham como objetivo estimular, no coloniais.
final do século XIX e início do XX, a ida de imigrantes para o e) A resistência ao colonialismo no século XIX foi vitoriosa, pois
estado. Para isso, ofereciam-se inclusive subsídios, como indica as populações locais conseguiram articular alianças políticas e
o texto. militares que impediram a vitória das potências industriais.
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: (Adaptado de Renato Janine Ribeiro, A Etiqueta no Antigo Regime. São
Lembranças de Makoko, uma das mais famigeradas Paulo: Editora Moderna, 1998, p. 12.)
comunidades de posseiros em Lagos, na Nigéria — metrópole
presa entre a modernidade e a miséria. Com centenas de modos O texto faz referência à prática da etiqueta na França do século
de transferência assíncronos (ATM, na sigla em inglês), recordes XVIII. Sobre o tema, é correto afirmar que:
de centros de internet e milhões de telefones celulares, essa a) A etiqueta era um elemento de distinção social na sociedade
cidade agitada e congestionada com 8 milhões a 17 milhões de de corte e definia os lugares ocupados pelos grupos próximos ao
habitantes (dependendo de onde se traça a linha de contorno ou rei.
de quem faz a contagem) está conectada à grade global. Centro b) O jogo das aparências era uma forma de disfarçar os conluios
internacional de negócios empresariais e capital comercial do políticos da aristocracia, composta por burgueses e nobres, e
país mais populoso da África, Lagos atrai perto de 600 mil novos negar benefícios ao Terceiro Estado.
visitantes todos os anos. Mas a maioria dos bairros, mesmo c) Os sans-culottes imitavam as maneiras da nobreza, pois isso
alguns dos melhores, não dispõe de água encanada, saneamento era uma forma de adquirir refinamento e tornar-se parte do poder
básico e eletricidade. Makoko — parte sobre terra firme, parte econômico no estado absolutista.
flutuando sobre lagoas — é uma das comunidades mais carentes d) Durante o século XIX, a etiqueta deixou de ser um elemento
da megalópole. distintivo de grupos sociais, pois houve a abolição da sociedade
Bairros como esse existem no mundo todo. [...] de privilégios.
Quando os governos negam a essas comunidades o direito de
existir, as pessoas demoram mais para melhorar suas casas. 2. (Uea 2014) Escrito entre 1601 e 1602, Hamlet é um drama de
Quando as autoridades do Rio de Janeiro decretaram guerra às autoria de William Shakespeare. A peça representa a história de
favelas nos anos 60, por exemplo, as pessoas temiam ser Hamlet, príncipe da Dinamarca, que volta ao seu país, depois de
expulsas de suas casas, ou que estas fossem incendiadas e por ter recebido a notícia da morte de seu pai. Ao retornar ao castelo
isso não tinham pressa em melhorá-las. A maioria das favelas de Elsenor, percebe que sua mãe, recém-viúva, casou-se com
permaneceu primitiva — pouco diferentes das cabanas de barro e Cláudio, irmão do rei morto, que se apossou do trono do reino. O
dos barracos de madeira de Mumbai e Nairóbi. Mas quando os conflito agrava-se quando o espectro do falecido rei aparece a
políticos perceberam a reação e passaram a se comprometer Hamlet, relatando-lhe que ele havia sido assassinado pelo seu
com as comunidades, elas começaram a proliferar sem controle. irmão. Hamlet procura vingar a morte de seu pai e combater o
usurpador do poder. As consequências do conflito, interno à
(NEUWIRTH, 2013. p. 22-24-26). monarquia dinamarquesa, redundam em sofrimentos, mortes e
conquista do país por um exército estrangeiro.
2. (Uneb 2014) A África é um continente marcado pelos
contrastes e teve sua história intimamente relacionada ao Situando-se a peça na história do período em que foi escrita e
desenvolvimento econômico da Europa, durante analisando-se o seu conteúdo político, pode-se sustentar que
a) a utilização, pelo europeu, do modelo de escravidão africano e a) a preservação do poder legítimo do monarca é entendida como
de sua modalidade de tráfico, na implantação do sistema colonial condição necessária à manutenção da paz e à autonomia do
americano. reino.
b) a penetração do elemento europeu no interior do continente a b) a centralização política antidemocrática produz a oposição e a
partir da expansão imperialista do século XIX, interessada na rebelião das populações mais pobres do reino.
ampliação dos mercados e na aplicação do excedente de capital c) o poder absolutista dos reis é considerado causa de
industrial. desentendimentos entre indivíduos, sem que isso altere a
c) a Segunda Guerra Mundial, contribuindo para o estabilidade política dos reinos.
desenvolvimento autônomo das sociedades africanas, em função d) a fragilidade, a incompetência política e militar dos monarcas
de os conflitos armados terem sido restritos ao continente ingleses impediram a consolidação do absolutismo.
europeu. e) as monarquias absolutistas conseguiram impor a religião cristã
d) a Guerra Fria, quando se estabeleceu uma política ao conjunto da sociedade europeia.
desinteressada dos europeus e dos norte-americanos em relação
a esse continente, devido ao fato de estarem focados nas suas INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS
divergências com a União Soviética. 1. (Pucrj 2014) Os parágrafos que se seguem foram extraídos do
e) o processo de descolonização, que estabeleceu por princípio o documento “Declaração de Independência dos Estados Unidos”,
pan-africanismo, conquistada pela Unidade Africana, por meio de assinado pela unanimidade dos representantes políticos das
negociações pacíficas e de retorno de vantagens econômicas Treze Colônias, no Segundo Congresso Continental no ano de
com a Inglaterra e a França. 1776.

ABSOLUTISMO “Quando no decurso da História do Homem se torna necessário


1. (Unicamp 2014) À medida que as maneiras se refinam, um povo quebrar os elos políticos que o ligavam a outro e
tornam-se distintivas de uma superioridade: não é por acaso que assumir, de entre os poderes terrenos, um estatuto de
o exemplo parece vir de cima e, logo, é retomado pelas camadas diferenciação e igualdade ao qual as Leis da Natureza e do Deus
médias da sociedade, desejosas de ascender socialmente. É da Natureza lhe conferem o direito, o respeito que é devido
exibindo os gestos prestigiosos que os burgueses adquirem perante as opiniões da Humanidade exige que esse povo declare
estatuto nobre. O ser de um homem se confunde com a sua as razões que o impelem à separação. (...)
aparência. Quem age como nobre é nobre.
(...) o Povo tem direito a (...) instituir um novo governo, público leitor urbano, com determinado nível de renda e de
assentando os seus fundamentos nesses princípios e instrução, determinou a reformulação da linguagem visual da
organizando os seus poderes do modo que lhe pareça mais época, como vemos nas imagens de embalagem de sabonete
adequado à promoção de sua Segurança (...).” acima. Além das novas tecnologias introduzidas no setor gráfico,
permitindo a produção e a veiculação em maior escala de
http://www.infopedia.pt/$declaracao-de-independencia-dos- informações e de imagens, o outro fator decisivo para essa
estados expansão foi
a) a mudança na relação entre comerciante e consumidor que
Assinale a alternativa que corresponde CORRETAMENTE ao passou a depender muito mais do poder de influência da
conjunto de ideias e ideais relacionados à época histórica tratada publicidade e da embalagem dos produtos, do que da real
pelo documento. necessidade do consumidor em adquiri-los.
a) O liberalismo enquanto doutrina defendia a menor intervenção b) o apoio irrestrito dos governos nacionais, que se utilizaram
possível do Estado na condução política da sociedade. dessa expansão inédita de impressos e do consumo tipográfico
b) O racionalismo científico renascentista atribuía ao homem o pela população urbana para anunciar e veicular símbolos
poder de conhecimento e intervenção tanto na natureza como na patrióticos e incentivar o nacionalismo.
condução política das sociedades. c) a ávida necessidade, nessas novas sociedades urbanas
c) O nacionalismo partia do pressuposto de que a lealdade do ocidentais, de informação e de ideais, como pátria e liberdade,
indivíduo ao Estado-nação deveria estar acima dos interesses civilização e tecnologia, capazes de unirem, em torno de um
pessoais ou dos interesses de determinados grupos. mesmo ideal, os diferentes grupos sociais.
d) O Iluminismo defendia, de modo geral, a ideia de que o Estado d) a maior oferta de mão de obra especializada nos grandes
deveria assegurar ao Homem o direito de expressar sua centros urbanos, capaz de atender a demanda desse novo setor
consciência de forma autônoma, bem como os direitos tipográfico e também de se tornarem futuros consumidores.
inalienáveis à vida e à busca da felicidade. e) a busca constante de novidades que pudessem aumentar as
e) As doutrinas sociais emergentes do contexto da sociedade vendas no comércio, dado ao aumento expressivo da capacidade
industrial pregavam a ampliação da participação política à classe de consumo das classes trabalhadoras urbanas.
operária, além de melhores condições de vida para a mesma.
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
2. (Upe 2014) A passagem do século XVIII para o XIX foi Leia o texto para responder à(s) seguinte(s) questão(ões):
marcada por um desequilíbrio nas relações entre a Europa e o
Novo Mundo. As lutas políticas na América estavam ligadas à Enquanto a economia balançava, as instituições da democracia
resistência contra a colonização europeia e às influências das liberal praticamente desapareceram entre 1917 e 1942; restou
ideias liberais. Sobre essa crise do Antigo Regime e suas apenas uma borda da Europa e partes da América do Norte e da
implicações na América, assinale a alternativa CORRETA. Austrália. Enquanto isso, avançavam o fascismo e seu corolário
a) A Guerra de Independência dos Estados Unidos acirrou as de movimentos e regimes autoritários.
tensões políticas pré-existentes entre a França e a Inglaterra, A democracia só se salvou porque, para enfrentá-lo, houve uma
servindo de palco para um confronto indireto entre essas duas aliança temporária e bizarra entre capitalismo liberal e
nações. comunismo [...]. Uma das ironias deste estranho século é que o
b) As tensões políticas entre a Espanha e suas colônias na resultado mais duradouro da Revolução de Outubro, cujo objetivo
América acabaram por reestruturar o império espanhol que, era a derrubada global do capitalismo, foi salvar seu antagonista,
mediante as reformas bourbonianas, conseguiu manter seu tanto na guerra quanto na paz, fornecendo-lhe o incentivo — o
poderio na América, até o final do século XIX. medo — para reformar-se após a Segunda Guerra Mundial [...].
c) As relações entre Portugal e a América Portuguesa só se
agravaram após a transmigração da família real para o Brasil em (Eric Hobsbawm. Era dos extremos, 1995.)
1808, fugindo da invasão napoleônica.
d) A Guerra do Paraguai, envolvendo Brasil, Portugal, Paraguai, 2. (Unesp 2013) Segundo o texto, a economia balançava e as
Espanha e Inglaterra, é fruto direto desse contexto. instituições da democracia liberal praticamente desapareceram
e) As Conjurações Baiana e Mineira, ocorridas no início do século entre 1917 e 1942, devido
XIX, são reflexos desse quadro de desequilíbrio político entre a) à crise financeira que culminou com a quebra da Bolsa de
Portugal e sua colônia na América. Valores de Nova Iorque e à ascensão de projetos totalitários de
direita.
CAPITALISMO b) ao avanço do socialismo no continente africano e ao
1. (Mackenzie 2012) armamentismo alemão após a chegada dos nazistas ao poder.
c) à ascensão econômico-financeira dos Estados Unidos e à
Guerra Fria entre Ocidente capitalista e Oriente socialista.
d) ao desenvolvimento do capitalismo industrial na Rússia e à
derrota alemã na Segunda Guerra Mundial.
e) ao fim das democracias liberais no Ocidente e ao surgimento
de Estados islâmicos no Oriente Médio e Sul asiático.

Na segunda metade do século XIX, em todo mundo ocidental,


verificou-se o crescimento das elites urbanas. A existência de um
GEOGRAFIA: PARTE B
GEOGRAFIA DO NORDESTE 3. (Espm 2014) Com investimentos de US$ 50 bi, Nordeste
1. (Espm 2015) O gráfico abaixo mostra os dois principais vira rota de grandes empresas
produtos agrícolas cultivados no Nordeste brasileiro: um de
cultivo tradicional e que perdeu o posto de gênero principal e Já se foi o tempo em que as belas praias impulsionavam quase
outro de expansão mais recente que se tornou o gênero mais solitariamente a economia do Nordeste. Nos últimos anos, a
produzido. A e B são, respectivamente: região deixou de apenas atrair turistas e passou a ser receptora
também de investimentos de peso, ajudando os Estados a se
industrializarem.
Fonte: http://economia.uol.com.br/noticias/ redacao/2013/02/19/com-
investimentos-de-mais-de-r-100-bi-nordeste-vira-rota-de-grandes-empresas.htm.

Comprovam a informação fornecida na matéria:


a) A ampliação da rede hoteleira em Alagoas com a conclusão do
complexo de Sauípe.
b) A consolidação da agroindústria e setor sucro-alcooleiro no sul
da Bahia.
c) A instalação de uma indústria automobilística em Sergipe e Rio
Grande do Norte.
d) A instalação de complexos industrial-portuários em Pecém
a) Cana e Soja. b) Milho e Cana. c) Cana e Milho. (CE) e Suape (PE).
d) Soja e Cana. e) Algodão e Soja. e) A migração da indústria siderúrgica do Sudeste para o
Nordeste.
2. (Uepb 2014) Observe na tabela os dados climáticos de
algumas cidades paraibanas. Auxiliado pela tabela e de posse 4. (Upf 2014) Primeira região do Brasil Colônia efetivamente
dos seus conhecimentos sobre a climatologia da Paraíba, analise ocupada e explorada pela metrópole portuguesa, o Nordeste
as proposições. apresenta diferentes características, que permitem identificar
quatro sub-regiões: Meio Norte, Sertão, Agreste e Zona da Mata.

I. Os índices pluviométricos e as temperaturas mais baixas do


Brejo Paraibano estão relacionados à altitude e à localização na
frente oriental do Planalto da Borborema, oposta às chuvas
orográficas.
lI. Os municípios do Sertão Paraibano, por se localizarem numa
depressão, apresentam não só as menores amplitudes térmicas Nas assertivas abaixo, relacione a numeração do mapa com as
do estado, mas também os menores índices pluviométricos. características/informações apresentadas.
III. Os municípios litorâneos sujeitos à maritimidade apresentam
amplitudes térmicas menores que os municípios do Cariri ( ) A construção de complexos turísticos e bairros residenciais
Paraibano, os quais já sofrem a interferência de dois outros sofisticados atraiu novos moradores e turistas, mas prejudicou a
fatores climáticos: a altitude e a continentalidade. vegetação nativa e antigas referências culturais.
IV. lngá, localizada no sopé da Borborema, apresenta índices ( ) O extrativismo vegetal na Mata dos Cocais é importante
pluviométricos e temperaturas mais semelhantes aos índices fonte de renda para pequenos agricultores e, mais recentemente,
sertanejos que os de outros municípios do Agreste da também houve a expansão da fronteira agrícola, com fazendas
Borborema, o que reforça a importância do planalto como um monocultoras de soja e de arroz.
fator climático importante. ( ) No início da colonização, foi espaço de pecuária extensiva e
Estão corretas apenas: algodoeira. O solo úmido nos brejos e nascentes de rios favorece
a) II e III b) II e lV c) I e IV a atividade agrícola, praticada em latifúndios e também em
d) I, III e IV e) II, III e IV pequenas propriedades policultoras.
( ) O relevo acidentado acolheu pequenos agricultores CHADE, Jamil. Copa de 2014 já é a mais lucrativa da história. O Estado de São
familiares que, além da subsistência, hoje produzem Paulo. 17 mai. 2013. Adaptado. Disponível online em: <
http://www.estadao.com.br/noticias/esportes...,0.htm> Acesso em 17 mai. 2013.
hortifrutigranjeiros para o abastecimento de muitas cidades
nordestinas, como Caruaru, Campina Grande e Feira de Santana.
Sobre a realização de grandes eventos esportivos, assinale a
alternativa incorreta:
A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima
a) Grandes eventos esportivos, como a Copa do Mundo e as
para baixo, é:
Olimpíadas, geram lucros principalmente para grandes empresas.
a) 1 – 3 – 2 – 4.
b) O esporte está inserido em uma lógica capitalista. Isso faz com
b) 2 – 4 – 1 – 3.
que os interesses financeiros acabem sendo o principal objetivo
c) 3 – 4 – 2 – 1.
de muitos que pelo esporte se interessam.
d) 3 – 1 – 2 – 4.
c) O Estado e o governo acabam por ser responsáveis também
e) 4 – 1 – 2 – 3.
por garantir o lucro dos investidores.
d) Os lucros obtidos em eventos esportivos são divididos entre
SOCIOLOGIA
todas as partes. Assim, é falso dizer que algumas instituições
1. (Enem 2014) Mas plantar pra dividir
lucram mais do que outras com essas realizações.
Não faço mais isso, não.
e) Eventos como a Copa do Mundo possuem grande valor
Eu sou um pobre caboclo,
cultural, mobilizando muitas pessoas na sua realização.
Ganho a vida na enxada.
O que eu colho é dividido
FILOSOFIA: PARTE B
Com quem não planta nada.
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
Se assim continuar
Quem realmente ganha com o “bebê conforto”? Parece que agora
vou deixar o meu sertão,
vai. A partir de 1º de setembro, o transporte de crianças em
mesmo os olhos cheios d‘água
veículos deve seguir regras que serão rigorosamente verificadas.
e com dor no coração.
Crianças de até um ano irão numa cadeira especial batizada de
Vou pró Rio carregar massas
bebê conforto. {...}. Explicitamente, táxis e coletivos estão
pros pedreiros em construção.
desobrigados dessas cadeiras especiais. Como essas formas de
Deus até está ajudando:
transporte público, em particular os coletivos, são muito utilizadas
está chovendo no sertão!
pelas classes menos favorecidas, estaria sendo promovida – com
Mas plantar pra dividir,
a permissão de Charles Darwin – uma espécie de genocídio não
Não faço mais isso, não.
natural que iria favorecer a sobrevivência não necessariamente
dos mais aptos, porém dos mais “bebês confortados” ?. {...}. De
VALE, J; AQUINO, J. B. Sina de caboclo. São Paulo: Polygram,
fato, se o poder público estivesse comprometido com a
1994 (fragmento).
segurança nos transportes, não permitiria que estradas, ruas e
avenidas atingissem o estado de degradação em que elas se
No trecho da canção, composta na década de 1960, retrata-se a
encontram hoje. Nem permitiria a circulação de veículos sem
insatisfação do trabalhador rural com
luzes, com pneus desgastados, para-choques amarrados com
a) a distribuição desigual da produção.
barbantes. Construiria estradas com a necessária infraestrutura
b) os financiamentos feitos ao produtor rural.
para pedestres, em vez de pontilhá-las de lombadas eletrônicas
c) a ausência de escolas técnicas no campo.
caça-níqueis. E adotaria uma legislação que enfatizasse a
d) os empecilhos advindos das secas prolongadas.
educação no trânsito e realmente tirasse do volante aqueles que
e) a precariedade de insumos no trabalho do campo.
já deram repetidas provas de que são uma ameaça, em vez de se
preocupar em encher os cofres oficiais com multas por infrações
2. (Interbits 2013) Leia:
tão insignificantes, nas condições de nosso trânsito, como dirigir
momentaneamente com apenas uma das mãos.
Copa de 2014 já é a mais lucrativa da história
Fifa fecha acordo com seu 6º patrocinador brasileiro e estima que
VILLAR, Lígia. Opinião. DP.29.08.10.
renda será o dobro da verificada na Alemanha
1. (Upe 2011) A questão do conhecimento tem sido, ao longo da
RIO - A Fifa pode até ter suas aflições em relação à organização
história, uma preocupação central da filosofia. Na modernidade,
da Copa, mas financeiramente não tem do que reclamar: o
um elemento comum a todos os filósofos é tomar o entendimento
Mundial de 2014 vai ser o mais rico da história, com uma renda
humano como objeto da investigação filosófica. É o conhecimento
100% superior à da Copa de 2006, na Alemanha. A entidade
que, nas suas diversas modalidades, busca desvendar os
fechou ontem seu último acordo com patrocinadores, com uma
segredos do mundo, atribuindo-lhe sentido e ampliando a ação da
rede varejista de artigos esportivos.
pessoa sobre ele.
A previsão inicial da Fifa era que o Mundial do Brasil garantiria
As afirmativas a seguir buscam expressar características
uma receita de US$ 3,8 bilhões. Mas, faltando um ano para a
fundamentais de algumas modalidades de conhecimento.
bola rolar, comenta-se que os ganhos já superaram os US$ 4,1
Analise-as e conclua.
bilhões e consultorias estimam que o valor poderá atingir US$ 5
( ) A ciência como um saber, que na sua essência procura
bilhões.
desvendar a natureza com base, principalmente, nas relações
Em abril, o Estado revelou que o governo brasileiro estima ter
entre causa e efeito.
aberto mão de R$ 1 bilhão em impostos por causa das isenções
fiscais que concedeu para a realização da Copa.
( ) O senso comum, como conhecimento irracional, tem pouca B) 19.
influência na formação de novos conhecimentos. C) 18.
( ) A arte como um conhecimento que proporciona entender o D) 20.
mundo através da sensibilidade de seus produtores. E) 23.
( ) A filosofia que se propõe oferecer um tipo de conhecimento
baseado na busca rigorosa da origem dos problemas, 02. Admita-se que N é a nota final de um vestibulando; E, a nota
relacionando-os a outros aspectos da vida humana. obtida no ENEM e M, a média aritmética das provas do vestibular.
( ) O mito proporciona um saber que vem da sensibilidade da Suponha-se que a nota do ENEM tem peso 2,0 e a média das
capacidade de interpretação do mundo conhecido. provas do vestibular tem peso 8,0 (oito). Um vestibulando obtém
7,0 (sete) na nota do ENEM e sua nota final foi 8,0 (oito).
2. (Upe 2013) A filosofia, no que tem de realidade, concentra-se Considerando N, M e E com aproximação de duas casas
na vida humana e deve ser referida sempre a esta para ser decimais, pode-se afirmar que a média M das provas do
plenamente compreendida, pois somente nela e em função dela vestibular do candidato foi
adquire seu ser efetivo. A) 8,00.
B) 7,50.
VITA, Luís Washington. Introdução à Filosofia, 1964, p. 20. C) 8,50.
D) 8,10.
Sobre esse aspecto do conhecimento filosófico, é CORRETO E) 8,25.
afirmar que
a) a consciência filosófica impossibilita o distanciamento para ESFERA
avaliar os fundamentos dos atos humanos e dos fins aos quais 01. Uma esfera de gelo com 50cm de raio está descongelando,
eles se destinam. uniformemente, de modo que seu raio decresce 1cm por minuto.
b) um dos pontos fundamentais da filosofia é o desejo de Após 10 minutos, o volume do líquido resultante do degelo, em
conhecer as raízes da realidade, investigando-lhe o sentido, o cm³, é
valor e a finalidade.
c) a filosofia é o estudo parcial de tudo aquilo que é objeto do
conhecimento particular.
d) o conhecimento filosófico é trabalho intelectual, de caráter
assistemático, pois se contenta com as respostas para as
questões colocadas.
e) a filosofia é a consciência intuitiva sensível que busca a
compreensão da realidade por meio de certos princípios
estabelecidos pela razão.

MATEMÁTICA: PARTE B
P.A e P.G
01. Seja a sequência (x, 1, y, y  12, …) uma progressão
geométrica, tal que a soma do quarto e quinto termos é igual a
80. A diferença entre os dois primeiros termos dessa sequência é
2 2 1 3
a) . b) . c) . d) . 2. Um tubo cilíndrico reto de volume 128π cm3 , contém oito
3 5 2 4
bolinhas de tênis de mesa congruentes entre si e tangentes
02. Em uma Progressão Geométrica estritamente crescente com externamente.
razão igual ao triplo do primeiro termo e na qual, o quarto termo é Sabendo que o cilindro está circunscrito à reunião dessas
igual a 16875, é correto afirmar que bolinhas, o percentual do volume ocupado pelas bolinhas dentro
a) o terceiro termo é igual a nove vezes o primeiro termo. do tubo é, aproximadamente, de:
b) a soma dos três primeiros termos é igual a 241 vezes o a) 75.
primeiro termo. b) 50.
c) o segundo termo é igual a 9 vezes o quadrado do primeiro c) 33.
termo. d) 66.
d) a soma do primeiro e do terceiro termo é igual a 25 vezes o
segundo termo. PROBABILIDADE
e) os termos também estão em progressão aritmética. 01. O vírus X aparece nas variantes X1 e X2. Se um indivíduo tem
esse vírus, a probabilidade de ser a variante X2 é de 3/5. Se o
MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL indivíduo tem o vírus X1, a probabilidade de esse indivíduo
01. Nos quatro primeiros dias úteis de uma semana o gerente de sobreviver é de 2/3; mas, se o indivíduo tem o vírus X2, a
uma agência bancária atendeu 19, 15, 17 e 21 clientes. No quinto probabilidade de ele sobreviver é de 5/6. Nessas condições, qual
dia útil dessa semana esse gerente atendeu n clientes. Se a a probabilidade de o indivíduo portador do vírus X sobreviver?
média do número diário de clientes atendidos por esse gerente A) 1/3 B) 7/15 C) 3/5
nos cinco dias úteis dessa semana foi 19, a mediana foi D) 2/3 E) 11/15
A) 21 .
02. Escolhendo aleatoriamente um dos anagramas da palavra PIRÂMIDE
COVEST, qual a probabilidade de suas primeira e última letras 01. Na ilustração a seguir, os pontos P1, P2, P3 e P4 são pontos
serem consoantes? médios das arestas VA1, VA2, VA3 e VA4. Se a pirâmide
A) 1/5 VA1A2A3A4 tem volume 480, qual o volume da pirâmide
B) 2/5 VP1P2P3P4 ?
C) 3/5
D) 4/7
E) 5/7

CILINDRO
01. Na ilustração abaixo, temos um cilindro reto, medindo 30cm
de altura, preenchido por um líquido até certa altura e apoiado em
uma superfície horizontal. Os pontos A e B são extremos de um
diâmetro da base e B e C estão em uma mesma geratriz do
cilindro. Quando inclinamos o cilindro, mantendo o ponto B na
superfície, até que o nível de líquido esteja no ponto A, o nível em
C fica a 10cm do ponto B. Qual a altura do líquido quando o
cilindro está na vertical?

02. As faces laterais de uma pirâmide quadrada ABCDE são


triângulos eqüiláteros com lados medindo 2.

A) 4cm
B) 5cm
C) 6cm
D) 7cm
Qual a medida do ângulo AEC?
E) 8cm
A) 900
B) 750
2. A área de um cilindro circular reto é igual o quádruplo de sua
C) 600
área lateral. O perímetro de sua secção meridiana mede 28 m.
D) 450
Então, o volume do referido cilindro, em m², é:
E) 300
a) 72 
b) 48  PROPORCIONALIDADE ENTRE NÚMEROS
c) 27  01. Na população de uma espécie rara de 1000 aves da floresta
d) 75  amazônica, 98% tinham cauda de cor verde. Após uma
e) 100  misteriosa epidemia que matou parte das aves com cauda verde,
esta porcentagem caiu para 95%. Quantas aves foram eliminadas
COMBINATÓRIA com a epidemia?
01. De um grupo de 10 pessoas, entre as quais, Maria, Marta e
Mércia, deseja-se escolher uma comissão com 4 componentes. 2. Um recipiente contém 2.565 litros de uma mistura de
Quantas comissões podem ser formadas, das quais participem combustível, sendo 4% constituídos de álcool puro. Quantos litros
Maria e Marta, mas Mércia não participe? desse álcool devemos adicionar ao recipiente, a fim de termos
5% de álcool na mistura?
2. Tenho 6 livros diferentes de Português e 6 diferentes de a) 20
Matemática. Quero colocar 4 livros de Português e 3 de b) 23
Matemática na prateleira de uma estante. De quantas maneiras c) 25
posso fazer isso, de modo que livros da mesma matéria fiquem d) 27
juntos? e) 29
A) 144
B) 432
C) 43200
D) 86400
E) 144000
PLANIFICAÇÕES, VISTAS E PERSPECTIVAS 02. Uma fábrica embala 8 latas de palmito em caixas de
1. Onze cubinhos, todos de mesma aresta, foram colados papelão cúbicas de 20 cm de lado. Para que possam ser melhor
conforme a figura a seguir. transportadas, essas caixas são colocadas, da melhor maneira
possível, em caixotes de madeira de 80 cm de largura por 120 cm
de comprimento por 60 cm de altura. O número de latas de
palmito em cada caixote é
A) 576
B) 4.608
C) 2.304
O menor número de cubinhos, iguais aos já utilizados, que devem D) 720
ser agregados ao sólido formado pelos onze cubinhos para E) 144
obtermos um cubo maciço é igual a:
A) 48 PROTUGUÊS: PARTE B
B) 49 PIADA/HUMOR
C) 52 TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
D) 53 A lógica do humor
E) 56
Piada racista termina com polícia em casa de shows. É
2. A figura abaixo foi desenhada em cartolina e dobrada de engraçado gozar de minorias? Até onde se pode chegar para
modo a formar um cubo. fazer os outros rirem? Aliás, do que rimos?
De um modo geral, achamos graça quando percebemos um
choque entre dois códigos de regras ou de contextos, todos
consistentes, mas incompatíveis entre si. Um exemplo: "O
masoquista é a pessoa que gosta de um banho frio pelas manhãs
e, por isso, toma uma ducha quente".
Cometo agora a heresia de explicar a piada. Aqui, o fato de o
sujeito da anedota ser um masoquista subverte a lógica normal:
ele faz o contrário do que gosta, porque gosta de sofrer. É claro
Qual das alternativas mostra o cubo assim formado? que a lógica normal não coexiste com seu reverso, daí a graça da
pilhéria. Uma variante no mesmo padrão é: "O sádico é a pessoa
que é gentil com o masoquista".
Essa "gramática" dá conta da estrutura intelectual das piadas,
mas há também dinâmicas emocionais. Kant, na "Crítica do
Juízo", diz que o riso é o resultado da "súbita transformação de
uma expectativa tensa em nada". Rimos porque nos sentimos
aliviados. Torna-se plausível rir de desgraças alheias. Em
alemão, há até uma palavra para isso: "Schadenfreude", que é o
sentimento de alegria provocado pelo sofrimento de terceiros.
Não necessariamente estamos felizes pelo infortúnio do outro,
PRISMA mas sentimo-nos aliviados com o fato de não sermos nós a
01. Um paralelepípedo reto de base quadrada, como o ilustrado a vítima.
seguir, deve ser construído de tal modo que a soma das suas Mais ou menos na mesma linha vai o filósofo francês Henri
arestas seja 36cm, e a área total de sua superfície seja máxima. Bergson. Em "O Riso", ele observa que muitas piadas exigem
"uma anestesia momentânea do coração". Ou seja, pelo menos
as partes mais primitivas de nosso eu acham graça em troçar dos
outros. Daí os inevitáveis choques entre humor e adequação
social.
Como não podemos dispensar o riso nem o combate à
discriminação, o conflito é inevitável. Resta torcer para que seja
autolimitado. Não deixaremos de rir de piadas racistas, mas não
podemos esquecer que elas colocam um problema moral.

Hélio Schwartsman, Folha de São Paulo, 16/03/2012.

Qual o volume do paralelepípedo? 01. (Insper 2012) O primeiro parágrafo apresenta uma das
A) 29cm³ formas clássicas de introdução de um texto de caráter
B) 28cm³ argumentativo, porque contém resumidamente elementos
C) 27cm³ essenciais ao desenvolvimento das ideias do autor. Esses
D) 26cm³ elementos, presentes em “A lógica do humor”, podem ser
E) 25cm³ definidos como:
a) declaração de natureza subjetiva – enumeração de subtemas.
b) registro de testemunho histórico – exemplificação do problema.
c) uso de perguntas retóricas – emprego de contra- 01. (Uff 2011) Os versos dos poetas modernistas e românticos
argumentação. apresentam relação de intertextualidade com o poema de Ribeiro
d) afirmação da autoridade do enunciador – apresentação do Couto, EXCETO em uma alternativa. Assinale-a.
problema. a) “Vou-me embora pra Pasárgada / Lá sou amigo do rei / Lá
e) relato de fato notório – delimitação do tema por meio de tenho a mulher que eu quero / Na cama que escolherei” (Manuel
questionamentos. Bandeira)
b) “Dá-me os sítios gentis onde eu brincava / Lá na quadra
TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES: infantil; / Dá que eu veja uma vez o céu da pátria, / O céu do meu
O evento Brasil!” (Casimiro de Abreu)
c) “Minha terra tem macieiras da Califórnia / onde cantam
O pai lia o jornal – notícias do mundo. O telefone tocou – gaturamos de Veneza. / Os poetas da minha terra / são pretos
tirrim-. A mocinha, filha dele, dezoito vinte vinte e dois anos, sei que vivem em torres de ametista,” (Murilo Mendes)
lá, veio lá de dentro, atendeu: “Alô. Dois quatro sete um dois sete d) “Ouro terra amor e rosas / Eu quero tudo de lá / Não permita
quatro. Mauro!!! Puxa, onde é que você andou? Há quanto Deus que eu morra / Sem que volte para lá” (Oswald de Andrade)
tempo! Que coisa! Pensei que tinha morrido! Sumiu! Diz! Não!?! É e) “Em cismar, sozinho, à noite, / Mais prazer eu encontro lá; /
mesmo? Que maravilha! Meus parabéns!!! Homem ou mulher? Minha terra tem palmeiras, / Onde canta o Sabiá.” (Gonçalves
Ah! Que bom... Vem logo. Não vou sair não”. Desligou o telefone. Dias)
O pai perguntou: “Mauro teve um filho?” A mocinha respondeu:
“Não. Casou”. TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES:
TEXTO PARA A(S) PRÓXIMA(S) QUESTÃO(ÕES)
MORAL: JÁ NÃO SE ENTENDEM OS DIÁLOGOS COMO
ANTIGAMENTE. Como sabemos, o efeito de um livro sobre nós, mesmo no que se
refere à simples informação, depende de muita coisa além do
(Millôr Fernandes. In: Novas fábulas fabulosas. p.68.) valor que ele possa ter. Depende do momento da vida em que o
lemos, do grau do nosso conhecimento, da finalidade que temos
02. (Uece 2015) Pode-se incluir o texto de Millôr Fernandes no pela frente. Para quem pouco leu e pouco sabe, um compêndio
rol do gênero piada. Abaixo você encontrará quatro das várias de ginásio pode ser a fonte reveladora. Para quem sabe muito,
acepções dicionarizadas do vocábulo piada. Escolha a que dá um livro importante não passa de chuva no molhado. Além disso,
conta da estrutura do texto “O evento”. há as afinidades profundas, que nos fazem afinar com certo autor
a) Dito ou alusão engraçada. (e portanto aproveitá-lo ao máximo) e não com outro,
b) História curta de final surpreendente, que faz rir. independente da valia de ambos.
c) Alguém ou algo que tem má qualidade ou é ridículo.
d) Conversa mole, lorota. CANDIDO, Antonio. “Dez livros para entender o Brasil”. Teoria e
debate. Ed. 45, 01/07/2000.
INTERTEXTUALIDADE
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: 02. (Fuvest 2015) Constitui recurso estilístico do texto
TEXTO I. a combinação da variedade culta da língua escrita, que nele é
predominante, com expressões mais comuns na língua oral;
Modinha do exílio II. a repetição de estruturas sintáticas, associada ao emprego de
vocabulário corrente, com feição didática;
Os moinhos têm palmeiras III. o emprego dominante do jargão científico, associado à
Onde canta o sabiá. exploração intensiva da intertextualidade.
Não são artes feiticeiras! Está correto apenas o que se indica em
Por toda parte onde eu vá, a) I.
Mar e terras estrangeiras, b) II.
Posso ver mesmo as palmeiras c) I e II.
Em que ele cantando está. d) III.
Meu sabiá das palmeiras e) I e III.
Canta aqui melhor que lá.
Mas, em terras estrangeiras, IMPLÍCITOS E INFERÊNCIAS
E por tristezas de cá, 01. (Ufsm 2015) Para responder à questão, leia os textos 1, 2 e
Só à noite e às sextas-feiras. 3.
Nada mais simples não há!
Canta modas brasileiras. TEXTO 1
Canta – e que pena me dá! Outros tempos

Ribeiro Couto A preocupação do homem em medir o tempo sempre


existiu. Relógios de água, as clepsidras, relógios de areia, as
ampulhetas, relógios de sol, relógios à vela, foram alguns dos
instrumentos que realizavam tal função. Com o passar dos
séculos, eles foram se aperfeiçoando. O século XVIII viu surgirem
os relógios de três ponteiros e os cronômetros de precisão, na
mesma época em que eclodiam as primeiras fábricas da TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
Revolução Industrial. Somos herdeiros diretos dessa época: Leia o poema para responder a(s) questão(ões).
nosso tempo é marcado pelo tempo exato e pela industrialização
exagerada. E fomos além: tecnologias digitais, computadores, Mau despertar
smartphones. Como pontua o filósofo e autor de livros didáticos e
paradidáticos Ricardo Melani, “os aparelhos em si são coisas Saio do sono como
programadas que deveriam servir ao homem”, ferramentas de de uma batalha
apoio para agilizar a resolução de nossos problemas, ajudar na travada em
organização do dia a dia. Observamos, contudo, continua Melani, lugar algum
uma inversão de papéis, pois o homem “passa grande parte de Não sei na madrugada
seu tempo respondendo às demandas tecnológicas”, imerso se estou ferido
nesses dispositivos que deveriam nos ajudar a ter mais tempo. se o corpo
tenho
Fonte: AGOSTINI, Cristina; POLLA, Cauê Cardoso. Tempo, uma riscado
questão filosófica. Educatrix, 2º semestre 2013, p. 18. de hematomas
Zonzo lavo
TEXTO 2 na pia
os olhos donde
ainda escorrem
uns restos de treva

(Ferreira Gullar. Muitas vozes, 2013.)

02. (Unifesp 2015) A leitura do poema permite inferir que


a) o despertar do eu lírico apaga as más lembranças da
madrugada.
b) a noite é problema para o eu lírico, perturbado mais física que
mentalmente.
c) o eu lírico atribui o seu mau despertar a uma noite de difícil
sono.
d) o eu lírico encontra na noite difícil uma forma de enfrentar seus
TEXTO 3 medos.
e) o mau despertar acentua as feridas e as dores que perturbam
o eu lírico.

FÁBULA
01. (Uepb 2014) Da charge abaixo, pode-se inferir que:

Com relação as ideias e recursos linguísticos presentes nos


textos, assinale V na(s) afirmativa(s) verdadeira(s) e F na(s)
falsa(s).

( ) A situação retratada no texto 2 pode servir para exemplificar


a ideia, presente no texto 1, de que a tecnologia agiliza a
resolução de problemas e ajuda na organização do dia a dia.
( ) No texto 2, os excertos “o prazo [...] está acabando” e “o
quanto antes”, assim como as imagens do relógio com os
ponteiros em diferentes posições, representam a passagem do
tempo, sem que a atividade principal tenha sido realizada.
( ) No texto 3, pode-se inferir que o uso de equipamentos
eletrônicos em ambientes de lazer interfere negativamente no a) Há uma crítica formulada que satiriza o tema da violência na
tempo de convivência e interação entre pais e filhos. contemporaneidade num processo de paródia.
b) Trata-se de um fato verídico narrado pelo imaginário criativo do
A sequência correta é povo.
a) F − V − V. c) Remete a uma situação corriqueira na vida de muitas pessoas.
b) V − F − V. d) Faz referência às relações entre as pessoas e o modo de usar
c) V − F − F. cartões.
d) F − F − V. e) Provoca um efeito de sentido que banaliza a temática da
e) V − V − F. violência.
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: CANDIDO, Antonio. O Romantismo no Brasil. São Paulo: Humanitas,
O leão e a raposa 2004, p. 19.

Um 11leão envelhecido, 1não podendo mais procurar alimento por Tendo em vista o movimento literário mencionado no trecho
sua própria conta, julgou que devia arranjar um jeito de fazer isso. acima, e seu alcance na história do período, é correto afirmar que
E, então, foi a uma caverna, deitou-se e se fingiu de doente. a) o nacionalismo foi impulsionado na literatura com a vinda da
Dessa forma, quando 8recebia a visita de outros 13animais, ele 4os família real, em 1808, quando houve a introdução da imprensa no
pegava e 5os comia. Depois que muitas 14feras 6já tinham Rio de Janeiro e os primeiros livros circularam no país.
morrido, uma 12raposa, ciente da armadilha, parou a 9certa b) o indianismo ocupou um lugar de destaque na afirmação das
distância da caverna e perguntou ao leão como ele estava. Como identidades locais, expressando um viés decadentista e cético
ele 2respondesse: “Mal!” e lhe 3perguntasse 10por que ela não quanto à civilização nos trópicos.
entrava, disse a raposa: “Ora, eu entraria 7se não visse marcas c) os autores românticos foram importantes no período por
de muitos entrando, mas de ninguém saindo”. produzirem uma literatura que expressava aspectos da natureza,
da história e das sociedades locais.
Esopo - escritor grego do século VI a.C. d) a população nativa foi considerada a mais original dentro do
Romantismo e, graças à atuação dos literatos, os indígenas
02. (Mackenzie 2012) Considere as seguintes afirmações: passaram a ter direitos políticos que eram vetados aos negros.
I. O texto é uma fábula, pois, a partir de uma pequena história
envolvendo animais, há uma lição a ser tirada dos fatos relatados. REALISMO
II. No texto há a representação de estereótipos do 01. (Enem 2014) Talvez pareça excessivo o escrúpulo do Cotrim,
comportamento humano: o leão, representando a velhice e o a quem não souber que ele possuía um caráter ferozmente
poder; e a raposa, representando a esperteza. honrado. Eu mesmo fui injusto com ele durante os anos que se
III. O texto apresenta na breve narrativa um conflito que evidencia seguiram ao inventário de meu pai. Reconheço que era um
uma oposição de interesses, levando a história para sua modelo. Arguiam-no de avareza, e cuido que tinham razão; mas a
conclusão. avareza é apenas a exageração de uma virtude, e as virtudes
Assinale: devem ser como os orçamentos: melhor é o saldo que o déficit.
a) se apenas as alternativas I e II estiverem corretas. Como era muito seco de maneiras, tinha inimigos que chegavam
b) se apenas as alternativas I e III estiverem corretas. a acusá-lo de bárbaro. O único fato alegado neste particular era o
c) se apenas as alternativas II e III estiverem corretas. de mandar com frequência escravos ao calabouço, donde eles
d) se todas as alternativas estiverem corretas. desciam a escorrer sangue; mas, além de que ele só mandava os
e) se nenhuma das alternativas estiver correta. perversos e os fujões, ocorre que, tendo longamente
contrabandeado em escravos, habituara-se de certo modo ao
ROMANTISMO trato um pouco mais duro que esse gênero de negócio requeria, e
01. (Uerj 2016) Sobretudo compreendam os críticos a missão não se pode honestamente atribuir à índole original de um
dos poetas, escritores e artistas, neste período especial e homem o que é puro efeito de relações sociais. A prova de que o
ambíguo da formação de uma nacionalidade. São estes os Cotrim tinha sentimentos pios encontrava-se no seu amor aos
operários incumbidos de polir o talhe e as feições da filhos, e na dor que padeceu quando morreu Sara, dali a alguns
individualidade que se vai esboçando no viver do povo. meses; prova irrefutável, acho eu, e não única. Era tesoureiro de
O povo que chupa o caju, a manga, o cambucá e a jabuticaba uma confraria, e irmão de várias irmandades, e até irmão remido
pode falar com igual pronúncia e o mesmo espírito do povo que de uma destas, o que não se coaduna muito com a reputação da
sorve o figo, a pera, o damasco e a nêspera? avareza; verdade é que o benefício não caíra no chão: a
irmandade (de que ele fora juiz) mandara-lhe tirar o retrato a óleo.
José de Alencar, prefácio a Sonhos d’ouro, 1872.
Adaptado de ebooksbrasil.org. ASSIS, M. Memórias póstumas de Brás Cubas. Rio de Janeiro:
Nova Aguilar, 1992.
De acordo com José de Alencar, a caracterização da identidade
nacional brasileira, no século XIX, estava vinculada ao processo Obra que inaugura o Realismo na literatura brasileira, Memórias
de: póstumas de Brás Cubas condensa uma expressividade que
a) promoção da cultura letrada caracterizaria o estilo machadiano: a ironia. Descrevendo a moral
b) integração do mundo lusófono de seu cunhado, Cotrim, o narrador-personagem Brás Cubas
c) valorização da miscigenação étnica refina a percepção irônica ao
d) particularização da língua portuguesa a) acusar o cunhado de ser avarento para confessar-se
injustiçado na divisão da herança paterna.
02. (Unicamp 2015) Um elemento importante nos anos de 1820 e b) atribuir a “efeito de relações sociais” a naturalidade, com que
1830 foi o desejo de autonomia literária, tornado mais vivo depois Cotrim prendia e torturava os escravos.
da Independência. (…) O Romantismo apareceu aos poucos c) considerar os “sentimentos pios” demonstrados pelo
como caminho favorável à expressão própria da nação recém- personagem quando da perda da filha Sara.
fundada, pois fornecia concepções e modelos que permitiam d) menosprezar Cotrim por ser tesoureiro de uma confraria e
afirmar o particularismo, e portanto a identidade, em oposição à membro remido de várias irmandades.
Metrópole (…). e) insinuar que o cunhado era um homem vaidoso e egocêntrico,
contemplado com um retrato a óleo.
02. (Uemg 2014) O excerto a seguir faz referência às tendências a) “era o calor vermelho das sestas da fazenda”.
literárias que predominaram na segunda metade do século XIX. b) “era a palmeira virginal e esquiva que se não torce a nenhuma
outra planta”.
“O liame que se estabelecia entre o autor romântico e o mundo c) “era o veneno e era o açúcar gostoso”.
estava afetado de uma série de mitos idealizantes: a natureza- d) “era a cobra verde e traiçoeira”.
mãe, a natureza-refúgio, o amor-fatalidade, a mulher-diva, o e) “[era] a muriçoca doida, que esvoaçava havia muito tempo em
herói-prometeu, sem falar na aura que cingia alguns ídolos como torno do corpo dele”.
a 'Nação', a 'Pátria', a 'Tradição', etc. O romântico não teme as
demasias do sentimento nem os riscos da ênfase patriótica; nem 02. (Fuvest 2015) Para entender as impressões de Jerônimo
falseia de propósito a realidade, como anacronicamente se diante da natureza brasileira, é preciso ter como pressuposto que
poderia hoje inferir: é a sua forma mental que está saturada de há
projeções e identificações violentas, resultando-lhe natural a a) um contraste entre a experiência prévia da personagem e sua
mitificação dos temas que escolhe. Ora, é esse complexo ideo- vivência da diversidade biológica do país em que agora se
afetivo que vai cedendo a um processo de crítica na literatura dita encontra.
'realista'. Há um esforço, por parte do escritor antirromântico, de b) uma continuidade na experiência de vida da personagem,
acercar-se impessoalmente dos objetos, das pessoas. E uma posto que a diversidade biológica aqui e em seu local de origem
sede de objetividade que responde aos métodos científicos cada são muito semelhantes.
vez mais exatos nas últimas décadas do século.” c) uma ampliação no universo de conhecimento da personagem,
que já tinha vivência de diversidade biológica semelhante, mas a
(BOSI, Alfredo. História concisa da literatura brasileira. São Paulo: expande aqui.
Cultrix, 1994, p. 167. d) um equívoco na forma como a personagem percebe e vivencia
a diversidade biológica local, que não comporta os organismos
Em A mão e a luva, estão presentes os seguintes elementos: que ele julga ver.
a) demasias do sentimento, descrição imparcial de objetos e e) um estreitamento na experiência de vida do personagem, que
personagens, convenções sociais. vem de um local com maior diversidade de ambientes e de
b) mulher-diva, foco narrativo em 1ª pessoa, descrição idealizada organismos.
do Rio de Janeiro.
c) falseamento proposital da realidade, mitificação do amor e da PARNASO-SIMBOLISMO
natureza, patriotismo. 01. (Unifesp 2015) Leia o soneto de Cruz e Sousa.
d) sede de objetividade, identificações violentas, foco narrativo
em 3ª pessoa. Silêncios

NATURALISMO Largos Silêncios interpretativos,


TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 4 QUESTÕES: Adoçados por funda nostalgia,
TEXTO PARA A(S) PRÓXIMA(S) QUESTÃO(ÕES) Balada de consolo e simpatia
Que os sentimentos meus torna cativos;
E Jerônimo via e escutava, sentindo ir-se-lhe toda a
alma pelos olhos enamorados. Harmonia de doces lenitivos,
Naquela mulata estava o grande mistério, a síntese das Sombra, segredo, lágrima, harmonia
impressões que ele recebeu chegando aqui: ela era a luz ardente Da alma serena, da alma fugidia
do meio-dia; ela era o calor vermelho das sestas da fazenda; era Nos seus vagos espasmos sugestivos.
o aroma quente dos trevos e das baunilhas, que o atordoara nas
matas brasileiras; era a palmeira virginal e esquiva que se não Ó Silêncios! Ó cândidos desmaios,
torce a nenhuma outra planta; era o veneno e era o açúcar Vácuos fecundos de celestes raios
gostoso; era o sapoti mais doce que o mel e era a castanha do De sonhos, no mais límpido cortejo...
caju, que abre feridas com o seu azeite de fogo; ela era a cobra
verde e traiçoeira, a lagarta viscosa, a muriçoca doida, que Eu vos sinto os mistérios insondáveis
esvoaçava havia muito tempo em torno do corpo dele, Como de estranhos anjos inefáveis
assanhando-lhe os desejos, acordando-lhe as fibras O glorioso esplendor de um grande beijo!
embambecidas pela saudade da terra, picando-lhe as artérias,
para lhe cuspir dentro do sangue uma centelha daquele amor (Cruz e Sousa. Broquéis, Faróis, Últimos Sonetos, 2008.)
setentrional, uma nota daquela música feita de gemidos de
prazer, uma larva daquela nuvem de cantáridas que zumbiam em A análise do soneto revela como tema e recursos poéticos,
torno da Rita Baiana e espalhavam-se pelo ar numa respectivamente:
fosforescência afrodisíaca. a) a aura de mistério e de transcendentalidade suaviza o
Aluísio Azevedo, O cortiço. sofrimento do eu lírico; rimas alternadas e sinestesias se
evidenciam nos versos de redondilha maior.
01. (Fuvest 2015) Entre as características atribuídas, no texto, à b) o esforço de superação do sofrimento coexiste com o
natureza brasileira, sintetizada em Rita Baiana, aquela que esgotamento das forças do eu lírico; assonâncias e metonímias
corresponde, de modo mais completo, ao teor das reforçam os contrastes das rimas alternadas em versos livres.
transformações que o contato com essa mesma natureza
provocará em Jerônimo é a que se expressa em:
c) a religiosidade como forma de superação do sofrimento INFOGRÁFICO
humano; metáforas e antíteses reforçam o negativismo da 01. (Uepb 2014)
desagregação existencial nos versos livres.
d) a apresentação da condição existencial do eu lírico, marcada
pelo sofrimento, em uma abordagem transcendente; assonâncias
e aliterações reforçam a sonoridade nos versos decassílabos.
e) o apelo à subjetividade e à espiritualidade denota a conciliação
entre o eu lírico e o mundo; metáforas e sinestesias reforçam o
sentido de transcendentalidade nos versos de doze sílabas.

02. (Uema 2015) O texto abaixo é de autoria do poeta


maranhense Maranhão Sobrinho (1879-1915), composto numa
São Luís do início do século XX, período de intenso debate
intelectual sobre o resgate do valor literário maranhense, no
Em relação ao gráfico e à imagem, pode-se inferir que:
cenário nacional do século XIX.
I. A liderança do preço do tomate não simboliza a volta da
Leia, com atenção, o texto poético para responder à questão que
inflação, provocada pela queda dos preços em 6,09% no dia 5 de
segue.
abril.
II. O preço do tomate virou piada nacional, tendo em vista seu
Ânsia inocente
valor exorbitante.
III. A perda do poder de compra do tomate tornou-se um
Ai! Como bom para nós dois seria
indicativo, em relação à volta da inflação.
Se o bom Deus, dessas lendas milagrosas,
Analise as proposições e marque a alternativa que apresenta,
Cheio de amor, nos concedesse um dia
apenas, a(s) correta(s).
Dois brancos pares de asas vaporosas!
a) III b) l e II c) Il e III d) I e) I e III
Não sei mesmo, de alegre, o que eu faria!
02. (Ufsm 2014) O Professor e os desafios da tecnologia
Deixando os lírios e deixando as rosas,
O infográfico a seguir foi inspirado no trecho de uma palestra do
feliz contigo às nuvens subiria
professor Luli Radfahrer “Para que serve uma monocotiledônea?
para o noivado em flor das nebulosas...
– Nerds, mídias sociais e a escola do século 21”.
na carícia de pluma de uma Trova.
Viveríamos nós, nós dois sozinhos,
Lá nas terras fiéis da Lua-Nova...

Morrer longe dos homens e das casas


Se Deus nos desse, como aos passarinhos,
Dois brancos pares de travessas asas!

Fonte: SOBRINHO, Maranhão. Papéis Velhos... Roídos pela


Traça do Símbolo. São Luís: Tipografia Frias, 1908.
Assinale V (verdadeira) ou F (falsa) nas afirmativas a seguir.
A voz poética, explorando possibilidades expressivas propostas
no Simbolismo, revela a existência de ( ) A relação de condição explicitada pela conjunção “Se” é
a) saudade intensa da amada, o que faz o eu-lírico buscá-la nos usada em três períodos do texto para articular possíveis
sonhos, evidenciada nos versos da última estrofe. situações que envolvem a tecnologia digital na educação e suas
b) expressão de desejo de morrer, uma vez que o locutor vive consequências.
distante da amada, anunciada, sobretudo, nos versos da segunda ( ) Nos dois períodos que constituem a fala do menino no
estrofe. segundo balão, a relação de sentido entre as proposições pode
c) diálogo entre o enunciador e um interlocutor imaginário em que ser explicitada com a inserção da conjunção “porque”,
aquele expressa o desejo de ambos transcenderem como dois substituindo-se o ponto por vírgula.
anjos, sobretudo, nos versos da primeira estrofe. ( ) No terceiro quadro, a expressão “Sem educação” pode ser
d) referência constante aos milagres da vida eterna, em que o substituída por uma oração, como “Contanto que haja educação”,
enunciador busca o amor infinito, metaforizado pelas palavras do mantendo a relação de sentido e reforçando a tese do autor do
último verso da terceira estrofe. texto.
e) ideia expressa de sonho materializado, em que o locutor A sequência correta é
demonstra já ter vivenciado essas viagens nebulosas, sobretudo, a) V – F – F.
nos versos da terceira estrofe. b) V – F – V.
c) F – F – V.
d) F – V – F.
e) V – V – F.
7. (PUC-SP) Determinada massa de gás perfeito sofre uma
FÍSICA: PARTE B transformação isométrica. A pressão inicial vale 4,0 atm e a
GASES E TERMODINÂMICA temperatura inicial é de 47 °C. Se a temperatura final é de 127
1. Uma amostra de gás ideal sofre as transformações I, II e III, °C, qual é o valor da pressão final?
identificadas no gráfico pressão x volume apresentado a seguir.
8. Na figura a seguir, os compartimentos A e B são separados
por um êmbolo de peso P = 60 kgf e área S = 12 cm2, que pode
deslizar sem atrito. Dados: R = 0,082 atm L/mol K; 1 kgf/cm2 =
1 atm.

Sabe-se que a transformação III é adiabática.


As transformações I e II são, respectivamente:
A) isobárica e isotérmica.
B) isométrica e isobárica.
C) isobárica e isométrica.
D) isotérmica e isobárica.
E) isométrica e isotérmica.

2. Num recipiente indeformável, aprisiona-se certa massa de gás No compartimento B, são colocados 5,0 mols de um gás perfeito
perfeito a 27 °C. Medindo a pressão exercida pelo gás, obtemos a uma temperatura de 27 °C. O volume ocupado por esse gás,
o valor 90 cm Hg. Se elevarmos a temperatura para 170,6 °F, em litros, vale:
qual será a nova pressão do gás? A) 8,4;
A) 105 cmHg D) 100 cmHg B) 12,6;
B) 90 cmHg E) 145 cmHg C) 18,4;
C) 110 cmHg D) 22,8
3. (FCMSC-SP) Uma amostra de gás perfeito ocupa um E) 23,6
recipiente de 10,0 litros à pressão de 1,5 atm. Essa amostra foi
transferida para outro recipiente de 15,0 litros, mantendo a 9. Num recipiente rígido de 41 L de capacidade, são colocados
mesma temperatura. Qual a nova pressão dessa amostra de 10 mols de um gás perfeito, à temperatura de 177 °C. Qual o
gás? valor da pressão exercida por esse gás nas paredes internas do
recipiente?
4. (Fuveste-SP) Um congelador doméstico (freezer) está regulado Dado: constante universal dos gases perfeitos R = 0,082 atm
para manter a temperatura de seu interior a –18 °C. Sendo a L/mol K
temperatura ambiente igual a 27 °C, o congelador é aberto e,
pouco depois, fechado novamente. Suponha que o freezer tenha 10. Um cilindro adiabático vertical foi dividido em duas partes por
boa vedação e que tenha ficado aberto o tempo necessário para um êmbolo de 2,50 kg de massa, que está apoiado em uma mola
o ar em seu interior ser trocado por ar ambiente. Quando a ideal de constante elástica igual a 1,04 · 105 N/m. Na parte
temperatura do ar no freezer voltar a atingir –18 °C, a pressão em inferior do cilindro, fez-se vácuo e, na parte superior, foram
seu interior será: colocados 5 mols de um gás perfeito. Na situação de equilíbrio, a
A) cerca de 150% da pressão atmosférica. altura h vale 60 cm e a mola está comprimida em 20 cm. Dados:
B) cerca de 118% da pressão atmosférica. g = 10 m/s2; R = 8,31 J/mol K.
C) igual à pressão atmosférica.
D) cerca de 85% da pressão atmosférica.
E) cerca de 67% da pressão atmosférica.

5. (Ufal) Um gás ideal está contido em um recipiente fechado, a


volume constante, a uma temperatura de 27 °C. Para que a
pressão desse gás sofra um acréscimo de 50%, é necessário
elevar a sua temperatura para quanto?

6. Uma bolha de ar, formada junto ao fundo de um lago, a 5,0 m


de profundidade, escapa e sobe à superfície. São dados: pressão
atmosférica = 1,0 · 105 N/m2 e densidade da água = 1,0 · 103
kg/m3. Considerando constante a temperatura da água, pode-se
concluir que o volume da bolha, na subida: Desprezando-se possíveis atritos, qual a temperatura do gás, em
A) permanece o mesmo. D) aumenta 20%. graus Celsius?
B) aumenta 5%. E) aumenta 50%.
C) aumenta 10%.
11. (Faap-SP) Sabe-se que o balão A tem o dobro da capacidade E) 56
do balão B e que ambos contêm o mesmo gás perfeito. No A, o 14. Leia com atenção e identifique a alternativa correta.
gás está à pressão atmosférica normal e no B, a uma pressão 4 A) Numa compressão isotérmica de um gás perfeito, o sistema
vezes maior, quando ambos estão à mesma temperatura. não troca calor com o meio externo.
Calcular a pressão a que estará sujeito o gás após aberta a B) Numa compressão isotérmica de um gás perfeito, o sistema
torneira T, de forma que a temperatura permaneça constante. Dar cede um valor de calor menor que o valor do trabalho que recebe.
a resposta em mm Hg. C) Numa compressão isotérmica de um gás perfeito, sempre
ocorre variação da energia interna do gás.
D) Numa compressão isotérmica de um gás perfeito, o sistema
realiza trabalho; portanto, não recebe calor.
E) Numa compressão isotérmica de um gás perfeito, o sistema
recebe trabalho, que é integralmente transformado em calor.

15. (UFMS) Um cilindro, fechado por um êmbolo, encerra o


12. Na figura 1, podemos observar um recipiente de volume 2 volume de 1,0 · 10–2 m3 de um gás ideal à pressão de 2,0 · 105
litros, que contém ar na pressão atmosférica local (70 cm Hg), Pa. O sistema recebe de uma fonte quente 5,0 · 103 J de calor. O
acoplado a um tubo em forma de U que contém mercúrio. No êmbolo desloca-se de modo que o volume do gás seja duplicado
início, os níveis do mercúrio estão na mesma horizontal. Em num processo isobárico. Ao final do processo, pode-se afirmar
seguida, é introduzida no recipiente uma porção de gelo-seco que:
(CO2). O recipiente é fechado. Após algum tempo, quando todo o (01) não houve qualquer variação da energia interna do sistema.
gelo-seco passou para a fase gasosa, notamos que o mercúrio (02) o calor fornecido pela fonte quente foi totalmente
apresenta um desnível de 19 cm e a situação se estabiliza. armazenado sob a forma de energia interna do sistema.
Observe para tanto a figura 2. Despreze o volume do tubo em (04) o trabalho realizado pelo sistema sobre o meio foi de 2,0 ·
comparação com o do recipiente. 103 J.
(08) o aumento da energia interna do sistema foi de 3,0 · 103 J.
(16) o calor fornecido pela fonte quente foi totalmente
transformado
em trabalho realizado pelo sistema sobre o meio.
Dê como resposta a soma dos números associados às
afirmações corretas.
A) 12
Todo o processo ocorre à temperatura do meio ambiente (27 °C). B) 28
Supondo-se que o ar e o CO2 comportem-se como gases C) 15
perfeitos, que a pressão atmosférica normal valha 76 cm Hg e D) 23
que a constante universal dos gases perfeitos valha 0,082 atm · L E) 31
/ mol · K, o número de mols aproximado de CO2 existente no
recipiente é: 16. (UEM-PR) Um experimento para se determinar se a energia
A) 0,002. interna de um gás ideal depende ou não do volume foi realizado
B) 0,02. por Joule (1818-1889). O sistema utilizado por ele está
C) 0,2 esquematizado na figura a seguir.
D) 2.
E) 20.

13. Analise as proposições dadas a seguir e dê como resposta o


somatório dos números que correspondem às afirmativas
corretas:
(01) A energia interna de dada massa de gás é função exclusiva
de sua temperatura.
No estado inicial, o compartimento da esquerda está cheio de gás
(02) Numa expansão isobárica, a quantidade de calor recebida é
e o da direita está evacuado. Os dois compartimentos estão
menor que o trabalho realizado.
ligados por uma torneira que, no início do experimento, está
(04) Numa transformação isocórica, a variação de energia interna
fechada. O sistema todo está termicamente isolado das suas
do gás é igual à quantidade de calor trocada com o meio exterior.
vizinhanças por paredes rígidas, de modo que não há troca
(08) Numa transformação adiabática, o gás não troca trabalho
térmica entre o sistema e o exterior. Quando a torneira é aberta, o
com o meio externo.
gás escoa para o compartimento evacuado e, consequentemente,
(16) A energia interna de um sistema gasoso só não varia nas
não realiza trabalho. Depois de certo tempo, o gás atinge o
transformações adiabáticas.
equilíbrio termodinâmico com o sistema. Baseado na primeira lei
(32) Numa expansão isobárica, a temperatura do gás aumenta.
da termodinâmica e na equação dos gases ideais, ao final do
A) 15
experimento, Joule conclui, corretamente, que:
B) 40
01) o volume ocupado pelo gás diminui.
C) 37
02) a temperatura do gás diminui.
D) 28
04) a pressão exercida pelo gás diminui.
08) a energia interna do gás diminui.
16) o número de mols do gás diminui.
32) não é fornecido calor ao gás.
Dê como resposta a soma dos números associados às
afirmações corretas.
A) 24
B) 36
C) 15
D) 48
E) 63 Determine a eficiência dessa máquina.
A) 1/7
17. Um sistema termodinâmico, constituído de certa massa de B) 1/6
gás perfeito, realiza a cada segundo 100 ciclos ABCDA. O C) 1/5
diagrama a seguir mostra a evolução de um ciclo ABCDA. D) 1/4
E) 1/3

Qual a potência desse sistema? Dê a resposta na unidade watt.

18. Uma amostra de gás perfeito sofre uma transformação


isobárica sob pressão de 60 N/m2, como ilustra o diagrama.
Admita que, na transformação, o gás recebe uma quantidade de
calor igual a 300 J.

Qual foi a variação da energia interna do gás?

19. Uma máquina térmica, teórica, opera entre duas fontes de


calor, executando o ciclo de Carnot. A fonte fria encontra-se à
temperatura de 6 °C e a fonte quente, a 347 °C. Qual o
rendimento teórico dessa máquina?

20. (UPE) Uma máquina térmica funciona segundo o ciclo ACB


indicado na figura a seguir. A substância de trabalho da máquina
são n moles de gás ideal monoatômico, cujo calor específico a
volume constante é igual a CV = 3R/2, onde R é a constante dos
gases ideais.