Você está na página 1de 5

MÓDULO BÁSICO II

SEM CERTIFICAÇÃO TÉCNICA

Níveis de Aprendizagem

Níveis de aprendizagem que determinam o grau de conhecimento, perícia e atitudes que são requeridos dos
alunos ao completarem cada disciplina.

 Nível 1: Entendimento teórico básico de uma matéria que não requer o desenvolvimento de habilidade
específica.
 Nível 2: Entendimento das matérias e desenvolvimento de habilidades do aluno, que são colocados em
prática com a ajuda de instruções e materiais de referência.
 Nível 3: Profundo conhecimento da matéria e da capacidade de aplicá-la com rapidez, precisão e com o juízo
apropriado segundo as circunstâncias típicas de trabalho profissional.

B.11 ELETRICIDADE BÁSICA


Função: Estudos e Projetos
Atribuições e Responsabilidades
 Organizar rotinas de trabalho.
 Garantir segurança no local de trabalho.
Valores e Atitudes
 Fortalecer a persistência e o interesse na resolução de problemas.
 Incentivar a postura ética e cidadã.
Competências Nível Habilidades
1. Identificar os fundamentos básicos da
1.1 Definir a constituição da matéria.
eletricidade e a aplicação de leis aos 2
1.2 Identificar a variação de carga dos elétrons.
circuitos elétricos.
2.1 Descrever os meios de produção de eletricidade
estática.
2.2 Descrever a formação de corrente elétrica.
2.3 Identificar os fatores que afetam a resistência de
um condutor.
2.4 Identificar os símbolos empregados em circuitos
elétricos.
2.5 Determinar os valores dos resistores pelo código
de cores.
2.6 Relacionar a aplicação da Lei de Ohm aos
circuitos simples.
2. Identificar os diversos tipos de 2.7 Descrever a aplicação das leis de Kirchoff.
componentes e medidores dos sistemas 2 2.8 Identificar os circuitos em série, em paralelo e em
elétricos. série-paralelo.
2.9 Determinar o fluxo da corrente do circuito.
2.10 Determinar voltagens negativas e positivas em
um circuito.
2.11 Distinguir reostato de potenciômetro.
2.12 Identificar os prefixos usados como valores de
conversão.
2.13 Indicar a necessidade de proteção dos sistemas
elétricos e cuidados na substituição de fusíveis.
2.14 Identificar os diversos tipos de chaves.
2.15 Identificar a classificação dos efeitos de corrente
elétrica.

Página nº 43
2.16 Identificar as aplicações do mecanismo
D’Arsonval.
2.17 Descrever o funcionamento dos medidores e os
métodos de estabilização dos ponteiros.
2.18 Determinar a voltagem de um circuito.
2.19 Citar os meios de variar a sensibilidade do
voltímetro.
2.20 Distinguir ohmímetro e megômetro.
2.21 Identificar o instrumento adequado a cada caso
de pesquisa de panes.
2.22 Distinguir substâncias magnéticas e não
magnéticas e os pólos de um ímã.
2.23 Citar os componentes de baterias chumbo-ácido
e níquel-cádmio.
2.24 Descrever os processos de carga de uma
bateria.
2.25 Enunciar os cuidados na manutenção e na
estocagem das baterias.
2.26 Distinguir CA e CC.
2.27 Descrever o princípio de funcionamento dos
geradores.
2.28 Citar os processos de cálculo da indutância e
das reatâncias.
2.29 Identificar os indutores e sua função nos
circuitos.
2.30 Distinguir os valores de K para os diversos
materiais usados nos capacitores.
2.31 Descrever a utilização dos capacitores nos
circuitos elétricos.
2.32 Distinguir a aplicação da Lei de Ohm nos
circuitos de CA.
2.33 Determinar a potência em circuito de CA.
2.34 Descrever o efeito das variações do número de
espiras entre o circuito primário e secundário.
2.35 Identificar os diversos tipos de transformadores
e suas ligações nos circuitos.
2.36 Citar os processos e os instrumentos de
pesquisa de panes em transformadores.
2.37 Identificar as características de um amplificador
magnético.
2.38 Identificar a finalidade dos diferentes tipos de
válvulas eletrônicas.
2.39 Identificar as vantagens de um transistor em
relação à válvula.
2.40 Distinguir transistor PNP de NPN.
2.41 Descrever o processo de retificação.
2.42 Identificar a colocação de retificadores em
circuitos elétricos.
2.43 Interpretar os códigos de identificação de diodos
semicondutores.
2.44 Descrever o princípio de funcionamento de cada
tipo de medidor e as normas de uso.
2.45 Interpretar a atuação dos medidores nos
circuitos elétricos.
Bases Tecnológicas

Matéria: definição e constituição da matéria:


 O átomo – transferência de elétrons.

Eletricidade Estática: produção de eletricidade estática:


 Campo eletrostático.

Página nº 44
Definição de força eletromotriz:
 Fluxo de corrente.

Definição de resistência:
 Fatores que afetam a resistência.

Componentes e símbolos:
 Circuito elétrico;
 Fonte de força de um circuito;
 Condutores;
 Resistores, código de cores, sistema body-end-dot.

Lei de Ohm:
 Potência elétrica.

Tipos de circuitos elétricos:


 Circuito de corrente contínua em série;
 Leis de Kirchhoff;
 Circuito de corrente contínua em paralelo;
 Leis de Ohm e de Kirchoff;
 Circuito em série-paralelo;
 Circuito equivalente.

Voltagens negativas e positivas.

Características dos reostatos e dos potenciômetros:


 Prefixos para unidades de medidas elétricas.

Dispositivos de proteção e controle, fusíveis, quebra-circuitos (circuit breakers):


 Chaves ou interruptores, chaves de seleção giratórias, chaves-relés;
 Microinterruptores (microswitches).

Instrumentos de medição de CC:


 Efeitos da corrente;
 Medidor D’ Arsonval;
 Amperímetro;
 Multímetro;
 Voltímetro;
 Ohmímetro;
 Megômetro;
 Precauções de uso.

Instrumentos usados na pesquisa de panes (exemplo de panes).

Substâncias magnéticas e não magnéticas:


 Polos dos imãs, tipos de imãs;
 Eletromagnetismo-polaridade.

Baterias e acumuladores:
 Baterias de chumbo-ácido;
 Métodos de teste e de carga em baterias de chumbo-ácido;
 Baterias de níquel-cádmio;
 Funcionamento da célula de níquel-cádmio;
 Manutenção e estocagem das baterias.

Corrente alternada e voltagem:


 Comparação CA com CC;
 Princípios gerais dos geradores;
 Geradores de corrente alternada;
 Indutância – reatância indutiva;

Página nº 45
 Capacitância – aplicação nos circuitos;
 Tipos de capacitores – valores da constante dielétrica (K);
 Capacitores em paralelo e em série – instalação nos circuitos;
 Classificação de voltagem dos capacitores;
 Reatância capacitiva;
 Fase de corrente e voltagem em circuitos reativos.

Circuitos de CA em série e em paralelo:


 Ressonância;
 Potência em circuitos de CA.

Transformadores-efeito do número de espiras:


 Transformadores de correntes-t1;
 Perda e potência em transformadores;
 Ligação de transformadores em circuitos de CA;
 Panes em transformadores.

Amplificadores magnéticos: características, funcionamento.

Válvulas – tipos, finalidades.

Teoria de operação de transistores:


 Diodos – Diodo Zener;
 Transistores PNP e NPN.
Carga horária (horas-aula)
Prática em
Teórica 20 60 Total 80 horas-aula
Laboratório*

* Possibilidade de divisão de classes em turmas, conforme o item 4.10 do Plano de Curso.

** Todos os componentes curriculares preveem prática, expressa nas habilidades, relacionadas


às competências. Para este componente curricular está prevista divisão de classes em turmas.
Para ter acesso às titulações dos Profissionais habilitados a ministrarem aulas neste
componente curricular, consultar o site: http://www.cpscetec.com.br/crt/

Página nº 46
B.12 GERADORES E MOTORES ELÉTRICOS DE AVIAÇÃO
Função: Estudos e Projetos
Atribuições e Responsabilidades
 Organizar rotinas de trabalho.
 Garantir segurança no local de trabalho.
Valores e Atitudes
 Fortalecer a persistência e o interesse na resolução de problemas.
 Incentivar a postura ética e cidadã.
Competências Nível Habilidades
1.1 Descrever os diferentes tipos de geradores CC e
seu funcionamento.
1.2 Citar as funções dos reguladores de voltagem.
1.3 Localizar a instalação de relés nos circuitos.
1.4 Localizar as ligações dos geradores nos circuitos.
1.5 Interpretar as condições de operação do gerador.
1.6 Citar a sequência dos procedimentos na
ajustagem de reguladores.
1.7 Descrever os diferentes tipos de alternadores.
1.8 Descrever o princípio de funcionamento dos
alternadores sem escovas.
1.9 Distinguir os diferentes reguladores de voltagem
1. Enunciar o princípio de funcionamento
de alternadores.
dos geradores de corrente contínua e dos 1
1.10 Identificar os componentes do sistema
geradores de corrente alternada.
diferencial mecânico.
1.11 Citar as unidades do sistema hidráulico do
diferencial mecânico.
1.12 Indicar a sequência da sincronização de
alternadores.
1.13 Citar as instruções técnicas do fabricante a
serem seguidas na inspeção e na manutenção dos
alternadores.
1.14 Descrever os princípios de funcionamento dos
inversores.
1.15 Descrever a transformação da corrente elétrica
em movimento mecânico.
2.1 Distinguir os vários tipos de motores CC, a sua
2. Identificar os princípios básicos de operação e manutenção.
funcionamento dos motores elétricos de 2 2.2 Identificar os princípios básicos de funcionamento
aeronaves. dos motores elétricos de CA.
2.3 Citar os procedimentos de pesquisa de panes.
Bases Tecnológicas
Processo de retificação de corrente:
 Motogerador;
 Retificadores a disco, de estado sólido, funcionamento;
 Circuito retificador, ponte de diodos, filtragens;
 Diodos semicondutores.

Retificador CA – normas para uso:


 Movimento do medidor eletrodinamômetro;
 Ohmímetro eletrodinamômetro;
 Medidor de aleta móvel de ferro, aleta de ferro com bobina inclinada, de par termoelétrico, de
variação, de potência(watímetro) de frequência (vibrating-red).

Teoria de operação dos geradores:


 Características da construção dos geradores CC;
 Tipos de geradores CC;
 Regulagem e voltagem dos geradores.

Página nº 47

Você também pode gostar