Você está na página 1de 224

ALS - ALplus2,

ALCplus2
Access Link Series

Manual do Usuário

MN.00224.E - 001
Volume 1/1
As informações contidas no presente manual estão sujeitas a alterações sem notificação.
Propriedade da Siae Microelettronica S.p.A. Todos os direitos reservados em conformidade com a
lei e com a regulamentação internacional. Nenhuma parte deste documento pode ser reproduzida
ou transmitida de qualquer forma ou meio, eletrônico ou mecânico, sem autorização por escrito
pela Siae Microelettronica S.p.A.
Salvo se especificado de outra forma, a referência a uma Empresa, nome, data e endereço
produzidos na tela exibida é meramente indicativa, objetivando ilustrar o uso do produto.
MS-DOS®, MS Windows® são marcas registradas da Microsoft Corporation.
HP®, HP OpenView NNM e HP–UX são marcas registradas da Hewlett Packard Company. UNIX é
uma marca registrada dos Laboratórios da UNIX System.
Oracle® é uma marca registrada da Oracle Corporation.
O termo Linux é uma marca registrada pela Linus Torvalds,o autor original do sistema operacional
Linux. Linux é distribuído gratuitamente de acordo com a Licença Pública Geral GNU(GPL).
Outros produtos citados no presente documento são marcas registradas da construtora.
Índice
Seção 1.
MANUAL DO USUÁRIO 7

1 DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE ........................................................................................................................ 8


2 PRIMEIROS SOCORROS PARA CHOQUE ELÉTRICO NORMAS DE SEGURANÇA ....................................................... 9

2.1 PRIMEIROS SOCORROS PARA CHOQUE ELÉTRICO ...................................................................................9

2.1.1 Respiração Artificial ........................................................................................................................................ 9


2.1.2 Tratamento de queimaduras .......................................................................................................................... 9

2.2 NORMAS DE SEGURANÇA ...............................................................................................................10

2.3 ELIMINAÇÃO CORRETA DESTE PRODUTO (resíduos de equipamentos Elétricos e eletrônicos) ........................12

2.4 BATERIA INTERNA .........................................................................................................................12

3 FINALIDADE E ESTRUTURA DO MANUAL ..............................................................................................................13

3.1 FINALIDADE DO MANUAL ...............................................................................................................13

3.2 CONHECIMENTO BÁSICO DE AUDIÊNCIA ............................................................................................13

3.3 ESTRUTURA DO MANUAL ...............................................................................................................13

Seção 2.
DESCRIÇÃO E ESPECIFICAÇÃO 7

4 LISTA DE ABREVIATURAS ......................................................................................................................................16

4.1 LISTA DE ABREVIATURAS ................................................................................................................16

5 APRESENTAÇÃO DO SISTEMA ...............................................................................................................................18

5.1 RECOMENDAÇÃO..........................................................................................................................18

5.2 ARQUITETURA DO SISTEMA ............................................................................................................18

5.3 IDU modular ALplus2 .....................................................................................................................18

5.3.1 LIM ................................................................................................................................................................ 19


5.3.2 RIM................................................................................................................................................................ 19

5.4 IDU compacto da ALCplus2 .............................................................................................................19

5.5 ODU ...........................................................................................................................................20

5.6 Gerenciamento ............................................................................................................................20

5.6.1 Plataforma do Hardware ........................................................................................................................... 20


5.6.2 Portas de Gerenciamento ............................................................................................................................. 21
5.6.2.1 Q3/1 e Q3/2 ............................................................................................................................................. 21

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 1


5.6.2.2 RS232 ........................................................................................................................................................ 21
5.6.2.3 LCT USB..................................................................................................................................................... 21
5.6.3 Protocolos ..................................................................................................................................................... 21
6 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS .................................................................................................................................. 24

6.1 CARACTERÍSTICAS IDU ................................................................................................................... 24

6.1.1 Interfaces do Tráfego .................................................................................................................................... 24


6.1.1.1 2 Mbit/s (E1 G.703) .................................................................................................................................. 24
6.1.1.2 STM1 elétrico ........................................................................................................................................... 25
6.1.1.3 STM1 óptico.............................................................................................................................................. 25
6.1.1.4 Interface Ethernet .................................................................................................................................... 26
6.1.2 Canais de Serviço ........................................................................................................................................... 28
6.1.2.1 2 Mbit/s lado da margem (E1 G.703) ....................................................................................................... 28
6.1.2.2 64 kbit/s codirecional ............................................................................................................................... 29
6.1.2.3 64 kbit/s contradirecional ........................................................................................................................ 29
6.1.2.4 9600 bit/s sincronia/assíncrono ............................................................................................................... 29
6.1.2.5 9600 ou 2x4800 bit/s sincronia/assíncrono .............................................................................................. 29
6.1.3 Largura da Banda de Modulação e canal ................................................................................................................. 30
6.1.4 Critério de comutação 1+1 ............................................................................................................................ 30
6.1.5 Interface do Cabo .......................................................................................................................................... 31
6.1.6 Absorção e Consumo máximo atual .............................................................................................................. 32
6.1.7 Fusível ........................................................................................................................................................... 32

6.2 CARACTERÍSTICAS IDU ................................................................................................................... 33

6.3 CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS EQUIPAMENTOS ................................................................................. 33

6.3.1 Dimensões ..................................................................................................................................................... 33


6.3.2 Peso ............................................................................................................................................................... 33
6.3.3 Condição Ambiental ...................................................................................................................................... 34
7 DESCRIÇÃO ALPLUS2 IDU ..................................................................................................................................... 35

7.1 CONFIGURAÇÃO ........................................................................................................................... 35

7.1.1 Diagramas de Blocos do ALplus2 ................................................................................................................... 35


7.1.2 Controlador ................................................................................................................................................... 35
7.1.2.1 Sinais de Serviço ....................................................................................................................................... 36
7.1.2.2 Firmware .................................................................................................................................................. 36
7.1.2.3 Web Lct ........................................................................................................................................................... 36
7.1.3 LIM ........................................................................................................................................................................... 36
7.1.3.2 Sincronização STM-1 ............................................................................................................................................ 39
7.1.4 RIM ................................................................................................................................................................ 40
7.1.4.1 Modulador ................................................................................................................................................ 40
7.1.4.2 Demodulador............................................................................................................................................ 40
7.1.4.3 Modulação Adaptativa por Código ........................................................................................................... 40

2 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


7.1.4.4 Fornecimento de Energia ......................................................................................................................... 42
7.1.4.5 IDU/ODU Telemetria ....................................................................................................................................... 42

7.2 LOOPS ........................................................................................................................................ 43

7.2.1 Tributário ...................................................................................................................................................... 43


7.2.2 Banda de Base ............................................................................................................................................... 43
7.2.3 Loop IDU........................................................................................................................................................ 43
8 DESCRIÇÃO ALCPLUS2 IDU ................................................................................................................................... 47

8.1 CONFIGURAÇÃO ........................................................................................................................... 47

8.1.1 Comutador para as portas da ethernet ................................................................................................................... 47


8.1.2 Canais de Serviço ..................................................................................................................................................... 47

8.2 DIAGRAMAS DE BLOCO ALC ................................................................................................................... 47

9 DESCRIÇÃO ODU .................................................................................................................................................. 50

9.1 VERSÕES ODU .............................................................................................................................. 50

9.1.1 AS ODU .......................................................................................................................................................... 50


9.1.2 ASN ODU ....................................................................................................................................................... 50

9.2 DESCRIÇÃO.................................................................................................................................. 50

9.3 interface do cabo .......................................................................................................................... 51

9.4 FORNECIMENTO DE ENERGIA ................................................................................................................. 51

9.5 SEÇÃO TX ....................................................................................................................................... 51

9.6 SEÇÃO RX ................................................................................................................................... 52

9.7 SISTEMA 1+1 Tx .............................................................................................................................. 52

Seção 3.
INSTALAÇÃO

10 INSTALAÇÃO E PROCEDIMENTOS PARA GARANTIR A COMPATIBILIDADE ELETROMAGNÉTICA ............................ 58

10.1 INFORMAÇÕES GERAIS A SER LIDA ANTES DA INSTALAÇÃO ................................................................... 58

10.2 GERAL ........................................................................................................................................... 59

10.3 INSTALAÇÃO MECÂNICA................................................................................................................. 59

10.4 FIAÇÃO ELÉTRICA ............................................................................................................................ 59

10.5 CONEXÕES PARA AS PRINCIPAIS FONTES DE FORNECIMENTO ................................................................ 61

10.6 CONEXÃO ATERRADA .................................................................................................................... 61

11.1 PAINEL FRONTAL IDU..................................................................................................................... 62

11.1.1 Conectores LIM ............................................................................................................................................. 62


11.1.2 Conectores RIM ............................................................................................................................................. 62
11.1.3 Conectores do Controlador ........................................................................................................................... 62

11.2 CONECTORES DE CORPO DE IDU ...................................................................................................... 63

12 CONECTORES ALCPLUS2 ...................................................................................................................................... 70

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 3


12.1 PAINEL FRONTAL IDU .................................................................................................................... 70

12.2 ALCplus2 1+0/1+1 AI0157/GAI0152) ................................................................................................. 70

12.3 ALCplus2 16E1 1+0/1+1 (GAI0155/GAI0156) ....................................................................................... 71

12.4 ALCplus2 NODAL 1+0/1+1 (GAI0163/GAI0162) .................................................................................... 71

12.5 ALCplus2 32E1 1+0/1+1 GAI0169/GAI0168)......................................................................................... 72

13 INSTALAÇÃO NO PÓLO DO ODU COM ANTENA SEPARADA .................................................................................. 73

13.1 KIT DE INSTALAÇÃO ....................................................................................................................... 73

13.2 FERRAMENTAS REQUIRIDAS PARA A MONTAGEM (NÃO FORNECIDAS) ..................................................... 74

13.3 PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO ..................................................................................................... 74

14 INSTALAÇÃO NA PAREDE DO ODU COM ANTENA SEPARADA............................................................................... 90

14.1 KIT DE INSTALAÇÃO ....................................................................................................................... 90

14.2 FERRAMENTAS REQUIRIDAS PARA A MONTAGEM (NÃO FORNECIDAS) ..................................................... 90

14.3 PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO ..................................................................................................... 91

14.4 ATERRAMENTO ............................................................................................................................ 93

15 INSTALAÇÃO NO POLO DO ODU COM ANTENA INTEGRADA .............................................................................. 104

15.1 APRESENTAÇÃO ......................................................................................................................... 104

15.2 KIT DE INSTALAÇÃO ..................................................................................................................... 104

15.3 FERRAMENTAS REQUIRIDAS PARA A MONTAGEM (NÃO FORNECIDAS) ................................................... 105

15.4 PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO ................................................................................................... 105

15.4.1 Instalação no polo do sistema de suporte e da antena ............................................................................... 105


15.4.2 3 Instalação do ODU .................................................................................................................................... 106
15.4.3 Instalação do ODU....................................................................................................................................... 107

15.5 FIXAÇÃO DA ANTENA................................................................................................................... 107

15.6 COMPATIBILIDADE ...................................................................................................................... 107

15.7 ATERRAMENTO....................................................................................................................... 108

16 INSTALAÇÃO NO POLO DO ODU COM ANTENA INTEGRADA (KIT V32307, V32308, V32309) ............................... 124

16.1 APRESENTAÇÃO ......................................................................................................................... 124

16.2 KIT DE INSTALAÇÃO ..................................................................................................................... 124

16.3 FERRAMENTAS REQUIRIDAS PARA A MONTAGEM (NÃO FORNECIDAS) ................................................... 125

16.4 PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO ................................................................................................... 125

16.5 PROCEDIMENTOS DE MONTAGEM 1+0............................................................................................ 126

16.5.1 Ajustando a polarização da antena...................................................................................................................... 126


16.5.2 Instalação da anel central na antena ................................................................................................................... 126
16.5.3 Instalação do suporte ODU 1+0 ........................................................................................................................... 126
16.5.4 Instalação no polo da estrutura montada ........................................................................................................... 126
16.5.5 Instalação do ODU (no suporte 1+0 ) ................................................................................................................... 126

4 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


16.5.6 Fixação da antena ................................................................................................................................................ 127
16.5.7 Aterramento ODU................................................................................................................................................ 127

16.6 PROCEDIMENTOS DE MONTAGEM 1+1 ................................................................................................. 127

16.6.1 Instalação do Híbrido ................................................................................................................................. 127


16.6.2 Instalação dos ODUs (no híbrido para a versão 1+1) ...................................................................................... 128
17 INSTALAÇÃO NO POLO DO ODU COM ANTENA INTEGRADA RFS ....................................................................... 139

17.1 APRESENTAÇÃO ......................................................................................................................... 139

17.2 KIT DE INSTALAÇÃO ..................................................................................................................... 139

17.3 FERRAMENTAS REQUIRIDAS PARA A MONTAGEM (NÃO FORNECIDAS) .................................................. 139

17.4 PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO ................................................................................................... 140

17.5 PROCEDIMENTOS DE MONTAGEM 1+0............................................................................................ 140

17.5.1 Ajustando a polarização da antena ............................................................................................................. 140


17.5.2 2 instalação da anel central na antena ........................................................................................................ 141
17.5.3 instalação do suporte ODU 1+0 ........................................................................................................................... 141
17.5.4 instalação no polo da estrutura montada............................................................................................................ 141
17.5.5 Instalação do ODU (no suporte 1+0 )................................................................................................................... 141
17.5.6 Fixação da antena ................................................................................................................................................ 141
17.5.7 aterramento ODU ................................................................................................................................................ 142

17. 6 PROCEDIMENTOS DE MONTAGEM 1+1 ................................................................................................ 142

17.6.1 Instalação do Híbrido ........................................................................................................................................... 142


17.6.2 Instalação dos ODUs (no híbrido para a versão 1+1) ........................................................................................... 142

Seção .
LINE-UP 185

18 LINE–UP DO COMPRIMENTO DO SALTO DO SINAL DE RÁDIO ............................................................................ 154

18.1 LINE–UP DO COMPRIMENTO DO SALTO DO SINAL DE RÁDIO ............................................................... 154

18.1.1 Configuração do equipamento: ................................................................................................................... 154


18.1.2 Alinhamento da antena e medição da área recebida.................................................................................. 155
18.1.3 Configuração do elemento de rede............................................................................................................. 155
18.1.4 Verificações de Rádio .................................................................................................................................. 156
19 CONFIGURAÇÃO COMPLETA DO BACK UP DO EQUIPAMENTO SEM A POSSIBILIDADE DE MODIFICAÇÃO DOS
PARÂMETROS ................................................................................................................................................................. 157

19.1 ESCOPO .................................................................................................................................... 157

19.2 CARREGAMENTO DA CONFIGURAÇÃO............................................................................................. 157

19.3 DOWNLOAD DA CONFIGURAÇÃO ................................................................................................... 157

20 LINE-UP PARA O TRÁFEGO ETHERNET ................................................................................................................ 158

20.1 GERAL ...................................................................................................................................... 158

20.2 PORTA DE LAN-1 LOCAL PARA A LAN DE CONEXÃO TRANSPARENTE DA PORTA LAN-1 POR PORTA.............. 158

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 5


20.3 DA PORTA 3 PARA AS CONEXÕES DA PORTA 3 .................................................................................. 163

20.4 DA PORTA 3 PARA A CONEXÕES DA PORTA 3 .................................................................................... 168

21 COMO ALTERAR O ENDEREÇO NO EQUIPAMENTO REMOTO PERDENDO A CONEXÃO ...................................... 173

21.1 FERRAMENTAS ........................................................................................................................... 173

21.2 PROCEDIMENTO ......................................................................................................................... 173

Seção 5.
PROGRAMAÇÃO E SUPERVISÃO 185

22 PROGRAMAÇÃO E SUPERVISÃO ........................................................................................................................ 186

22.1 GERAL ...................................................................................................................................... 186

22.2 WEBLCT .................................................................................................................................... 186

Seção 6.
COMPOSIÇÃO 189

23 COMPOSIÇÃO IDU MODULAR ............................................................................................................................ 190

23.1 GERAL ...................................................................................................................................... 190

23.2 NÚMERO DA PEÇA DO IDU ........................................................................................................... 190

23.3 COMPOSIÇÃO DA UNIDADE INTERNA .............................................................................................. 191

24 COMPOSIÇÃO DA UNIDADE EXTERNA ............................................................................................................... 193

24.1 GERAL ...................................................................................................................................... 193

Seção 7.
LISTAS E SERVIÇOS 213

25 LISTA DE FIGURAS .............................................................................................................................................. 214


26 LISTA DE TABELAS .............................................................................................................................................. 219
27 SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA .................................................................................................................................. 221

6 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 7
Seção 1.
MANUAL DO USUÁRIO

1 DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE

A SIAE Microelettronica S.p.A. declara que os produtos:

− Sistema de relé de rádio digital AS6


− Sistema de relé de rádio digital AS7
− Sistema de relé de rádio digital AS8
− Sistema de relé de rádio digital AS11
− Sistema de relé de rádio digital AS13
− Sistema de relé de rádio digital AS15
− Sistema de relé de rádio digital AS18
− Sistema de relé de rádio digital AS23
− Sistema de relé de rádio digital AS25
− Sistema de relé de rádio digital AS28
− Sistema de relé de rádio digital AS32
− Sistema de relé de rádio digital AS38
estão em conformidade com os requerimentos fundamentais do artigo 3 da Diretiva R&TTE
(1999/5/EC) e, consequentemente marcados com CE.
As seguintes normas foram aplicadas:

− EN 60950-1: 2006 “Segurança do equipamento de tecnologia de informação”.


− EN 301 489–4 V.1.3.1 (2002–8): “Compatibilidade Eletromagnética e matéria de espectro de
radioelétrico (ERM); norma de Compatibilidade Eletromagnética (EMC) para serviços e
equipamento de rádio; Parte 4. “As condições específicas para conexões fixas de rádio e
equipamento e serviços auxiliares”.
− ETSI EN 301 751 V.1.1. (2002–12): “Sistemas Fixos de Rádio; antenas e equipamentos ponto a
ponto; norma harmonizada genérica para sistemas fixos de rádio ponto a ponto abrangendo o
requerimentos fundamentais em conformidade com o artigo 3.2 da Diretiva 1999/5/EC”.

8 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


2 PRIMEIROS SOCORROS PARA CHOQUE ELÉTRICO
NORMAS DE SEGURANÇA

2.1 PRIMEIROS SOCORROS PARA CHOQUE ELÉTRICO

Não toque com as mãos sem luvas até que o circuito seja aberto. Abra o circuito desligando os
comutadores de linha. Se isso não for possível, proteja-se com material seco e liberte o paciente
do condutor.

2.1.1 Respiração Artificial

É importante iniciar a respiração pela boca imediatamente e entrar em contato com o médico ao
mesmo tempo. O procedimento sugerido para o método de respiração boca a boca é descrito na
Tab.1.

2.1.2 Tratamento de queimaduras

O presente tratamento deve ser utilizado após o paciente ter recuperado a consciência. Também
pode ser empregado enquanto a respiração artificial está sendo realizada (neste caso deve haver
pelo menos duas pessoas presentes).

AVISO
• Não tente remover as roupas das áreas queimadas
• Aplique gaze seca sobre as queimaduras
• Não aplique pomadas ou outras substâncias oleosas.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 9


Tab.1 Respiração Artificial

Etapa Descrição Figura

Coloque o paciente em suas costas com os braços em paralelo ao


corpo. Caso o paciente esteja deitado em um plano inclinado,
certifique-se que seu estomago está um pouco menor que seu peito.
1 Abra a boca do paciente e verifique se não há nenhum corpo estranho
na boca (dentaduras, gomas de mascar, etc.).

Ajoelhe-se ao lado do nível do paciente com a cabeça. Posicione uma


mão sobre a cabeça do paciente e a outra embaixo do pescoço.
Erga a cabeça do paciente e deixá-la reclinar tanto quanto
possível.
2

Deslocar a mão do pescoço do paciente para o seu queixo e boca, o


índice ao longo de sua mandíbula, e mantenha os outros dedos
fechados juntos.
Ao realizar essas operações inspire uma boa quantidade de oxigênio,
3
respirando profundamente com a boca aberta.

Com o polegar entre o queixo e a boca do paciente, mantenha os lábios


juntos e assopre nas cavidades nasais do paciente.

Ao realizar essas operações, observe se o peito do paciente sobe. Se


não for possível caso o nariz esteja bloqueado: Neste caso, abra a boca
do paciente tanto quanto possível, pressionando o queixo com a sua
mão, posicione seus lábios ao redor da boca do paciente e assopre na
sua cavidade oral. Observe se o peito do paciente se ergue. O presente
5 segundo método pode ser utilizado no lugar do primeiro mesmo
quando o nariz do paciente não estiver obstruído, mantendo o nariz do
paciente fechado, pressionando as suas narinas juntas utilizando a
mão que estava segurando a cabeça. A cabeça do paciente deve ser
mantida inclinada para trás, tanto quanto possível.

Comece com dez expirações rápidas, consequentemente, continue


dentro de uma faixa de doze/quinze expirações por minuto. Continue
até que o paciente recupere a consciência, ou até o médico certificar-
6 se do óbito.

2.2 NORMAS DE SEGURANÇA

Quando as unidades dos equipamentos são fornecidas com as placas, mostradas na Fig.1, isso
significa que as referidas unidades contêm componentes sensíveis às cargas eletrostáticas.

10 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Fig.1 – Componentes de indicação sensíveis à carga eletrostática

Para prevenir as unidades de serem danificadas durante o manuseio, é aconselhável utilizar uma cinta
elástica (Fig.2) ao redor do pulso conectado por meio do cabo espiralado (Fig.3).

Fig.2 – Cinta elástica

Fig.3 – Cabo Espiralado

As unidades exibindo o rótulo, mostrado na Fig.4, incluem díodos laser e a energia emitida pode ser
perigosa para os olhos; evite exposição na direção da emissão do sinal óptico.

Fig.4 – Indicação de Laser

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 11


2.3 ELIMINAÇÃO CORRETA DESTE PRODUTO (resíduos de
equipamentos Elétricos e eletrônicos)

(Aplicável na União Europeia e outros países Europeus com sistemas de coleta distintos). Esta
marcação da Fig.5 exibida no produto ou seu manual, indica que não deve ser eliminado com outros
resíduos domésticos no término de sua vida útil. Para prevenir possíveis danos ao meio ambiente ou
saúde humana, causados pela eliminação descontrolada de resíduos, separe este equipamento de
outros tipos de resíduos e recicle-o com responsabilidade para promover o reuso sustentável dos
recursos materiais. Os usuários domésticos deverão entrar em contato com o fornecedor onde
adquiriu este produto, ou órgãos governamentais locais, para obter mais detalhes de onde e como
eles podem realizar a reciclagem segura. Usuários comerciais deverão entrar em contato com o seu
fornecedor e verificar os termos e condições do contrato de compra. O presente produto não deve
ser misturado com outros resíduos comerciais para a eliminação.

Fig.5 -Símbolo WEEE - 2002/96/CE EN50419

2.4 BATERIA INTERNA

Dentro do equipamento, na unidade IDU, há uma bateria de lítio.


CUIDADO: Risco de explosão, se a bateria for substituída por um tipo incorreto. Eliminação
de baterias utilizadas em conformidade com a lei.

12 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


3 FINALIDADE E ESTRUTURA DO MANUAL

3.1 FINALIDADE DO MANUAL

A finalidade do presente manual consiste em fornecer ao usuário informações que permite operar e
manter a família de rádio ALS.
AVISO: Este manual não inclui informações relevantes das janelas do programa de gerenciamento
SCT/LCTe aplicações relevantes. O presente fornecerá pelo próprio programa como ajuda on-line.

3.2 CONHECIMENTO BÁSICO DE AUDIÊNCIA

O seguinte conhecimento e AS habilidades são exigidos para operar o equipamento:

• conhecimento básico de transmissão de micro-ondas


• experiência com manutenção e instalação no sistema do rádio digital
• bom conhecimento de redes IP/OSI e política de roteamento.

3.3 ESTRUTURA DO MANUAL

O manual é subdividido em seções, e em cada uma delas desenvolve um tópico específico intitulando

a seção. Cada seção consiste em um conjunto de capítulos, ampliando o assunto principal.

Seção 1 – Manual do Usuário

O presente provem as informações sobre as normas de segurança principais e expõe a finalidade e a


estrutura do manual.

Seção 2 – Descrição e especificações

O presente traça uma ampla linha da operação do equipamento e lista as principais características
técnicas de todo o equipamento e das unidas que o integram.
A lista de significado de abreviaturas é também fornecida.

Seção 3 – Instalação

Os procedimentos de instalação mecânica estabelecidos no presente, bem como as conexões

elétricas do usuário. O conteúdo do kit de ferramentas (se fornecido) é também listado.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 13


Seção 4 – Line-Up

Os procedimentos de Line–up são descritos, bem como as verificações a serem realizadas para a
operação correta do equipamento. A lista de instrumentos a ser utilizada e suas características são
também estabelecidas.

Seção 5 – Programação e supervisão

A família de rádio ALS é programada e supervisionada, utilizando ferramentas de software


diferentes. Alguns deles já estão disponíveis, outros serão disponibilizados no futuro.
A presente seção lista as ferramentas implementadas e indica se as descrições já estão disponíveis.

Cada descrição das ferramentas de software é fornecida em um manual distinto.

Seção 6 – Composição

Nesta seção é mostrada a posição, números das peças dos componentes que compõe os
equipamentos.

Seção 7 – Listas e assistência

A presente seção contém as listas das figuras e tabelas, e as informações de serviço de assistência.

14 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 15
Seção 2.
DESCRIÇÕES E
ESPECIFICAÇÕES

4 LISTA DE ABREVIATURAS

4.1 LISTA DE ABREVIATURAS

- ACM Modulação Adaptativa por Código

- AF Transferência Assegurada

- AL Link de Acesso

- ALS Séries de Link de Acesso

- AIS Sinal de Indicação de Alarme

- ATPC Controle Automático da Potência de Transmissão

- BB Banda de Base

- BBER Taxa de Bloco Errado de Fundo

- BER Taxa de Erro de Bit

- DSCP Ponto de Código de Serviço Diferenciado

- DSP Processamento de Sinal Digital

- E1 2 Mbit/s

- EMC/EMI Interferência Eletromagnética / Compatibilidade Eletromagnética

- EOC Canal de Sobrecarga Embutido

- ERC Comitê Europeu de Radiocomunicação

- ESD Descarga Eletrostática

- FEC Corretor de Erro de Transferência

- FEM Módulo Padrão Fast Ethernet

- HDLC Controle de Ligação de Dados de Alto Nível

16 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


- IDU Unidade Interna

- IF Frequência intermediaria

- IpToS Tipo de IP de Serviço

- LAN Rede de Área Local

- LAPS SDH Procedimento de Acesso a Enlace

- LCT Terminal de Gerência para Acesso Local

- LIM Módulo de Interface de Linha

- LLF Transferência de Perda de Enlace

- LOF Perda de Quadro

- LOS Perda de Sinal

- MAC Controle de Acesso de Mídia

- MDI Interface do Meio Dependente

- MDIX Intersecção da Interface do Meio Dependente

- MIB Base de Informação de Gerenciamento

- MMIC Circuito Integrado Monolíticos de Micro-onda

- MTBF Período Médio entre as Falhas

- NE Elemento de Rede

- ODU Unidade Externa

- OSI Interconexão do Sistema Aberto

- PDH Hierarquia Digital Plesiócrona

- PPI Interface Física Plesiócrona

- PPP Protocolo Ponto a Ponto

- PTOS Tipo de Prioridade de Serviço

- RIM Módulo de Interface de Rádio

- SCT Terminal de Gestão de Sub-redes

- SNMP Protocolo de Gestão de Rede Simples

- TCP/IP Protocolo de Controle de Transmissão/Protocolo de Internet

- TOS Tipo de Serviço

- VID Identificador de LAN Virtual

- VLAN LAN Virtual

- WFQ Espera Equitativa Ponderada

- Tráfego de Margem Tráfego Adicional 2 Mbit/s

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 17


5 APRESENTAÇÃO DO SISTEMA
5.1 RECOMENDAÇÃO

O equipamento está em conformidade com as seguintes normas internacionais:

• EN 301 489–4 para EMC


• EN 302 217 para todas as bandas de frequência
• ITU–R Recomendações para todas as bandas de frequência
• EN 300 132–2 características para o fornecimento de energia
• EN 300 019 características ambientais (Classe de operação 3.2 para IDU e classe 4.1 para
ODU; armazenagem: Classe 1.2; transporte: Classe 2.3)
• EN 60950 para segurança.

5.2 ARQUITETURA DO SISTEMA

O enlace de rádio ALplus2 radio link é um equipamento de montagem dividida composto de:

• uma unidade interna chamada IDU para montagem do rack 19” que conecta-se por meio de
interface aos tributos e supervisiona o equipamento completo
• uma unidade externa chamada de ODU para montagem em baliza ou parede com circuito de
radiofrequência e suporte flange para antena.
As unidades IDU estão disponíveis nas seguintes versões mecânicas
• modular: ALplus2. Os circuitos principais são divididos em módulos, substituíveis em caso de
falha.
• compacto: ALCplus2. Todos os circuitos são armazenados em uma placa única.
As unidades ODU estão disponíveis nas seguintes versões:
• AS (capacidade máxima de 341 Mbit/s)
• ASN (capacidade máxima de 341 Mbit/s)

5.3 IDU modular ALplus2

A unidade está disponível nas seguintes configurações:

• ALplus2 1+0 para tráfego E1 e Ethernet (consulte Fig.6)


• ALplus2 1+1 para tráfego E1 e Ethernet (consulte Fig.7).
Os seguintes módulos compõe o IDU modular.

18 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


5.3.1 LIM

O LIM conecta-se por interface ao fluxo de dados E1 in (out) e ao tráfego Ethernet, e, por meio de
uma multiplexação (desmultiplexagem) e processo de inserção de bit (extração de bit), fornece
(recebe) o sinal agregado ao modulador (a partir do demodulador). Além disso, o LIM realiza o
processamento digital do modulador QAM.
Além disso, O módulo duplica os sinais principais no lado Tx e realiza o processo de transferência de
sinalização do tráfego no lado Rx na versão 1+1.

5.3.2 RIM

O RIM contém:

• a seção IF do modo do modulador programável (8 perfis disponíveis: 4QAM, 4QAM forte,


8PSK, 16QAM, 32QAM, 64QAM, 128QAM, 256QAM)
• a unidade de fornecimento de energia que processa a voltagem da bateria para o
fornecimento de energia para os circuitos IDU e envia a voltagem da bateria por meio do ODU
• o cabo conecta-se por interface à comunicação bidirecional entre IDU e ODU via cabo de
interconexão
• graças à ACM (Modulação Adaptativa por Código), a modulação efetiva pode ser alterada
automaticamente de acordo com o S/N disponível.

5.3.3 Controlador

O Controlador realiza as seguintes operações:

• conecta-se por interface aos sinais de serviço como 1x9600 bit/s ou 2x4800 bit/s, 64 kbit/s, 2
Mbit/s (os detalhes são fornecidos na especificação técnica do sistema)
• contém o software do equipamento que permite controlar e gerenciar todas as
funcionalidades do equipamento por meio de um controlador principais e periféricos
associados distribuídos dentro do IDU e ODU
• conecta-se por interface ao sistema de gerenciamento SCT/LCT por meio da Ethernet, RS232
e portas USB
• recebe alarmes externos e direcioná-los para o contato do relé junto com os alarmes internos
gerados pelo equipamento.

5.4 IDU compacto da ALCplus2


A unidade está disponível nas seguintes configurações:

• ALCplus2 1+0 Consulte Fig.8


• ALCplus2 1+1 Consulte Fig.9
• ALCplus2 1+0 exp 16E1 Consulte Fig.10
• ALCplus2 1+1 exp 16E1 Consulte Fig.11
• ALCplus2 1+0 exp 32E1 Consulte Fig.12
• ALCplus2 1+1 exp 32E1 Consulte Fig.13
• ALCplus2 1+0 exp nodal Consulte Fig.14
• ALCplus2 1+1 exp nodal Consulte Fig.15

O IDU compacto é feito por uma placa única.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 19


As interfaces de linha contêm os conectores tributários e, por meio dos processos de
multiplexagem/desmultiplexagem e da extração/inserção do bit, fornece/recebe o sinal agregado
de/para o modulador /demodulador.
As linhas de interface são compreendidas pelo processamento de sinal para o modulador QAM e, na
configuração 1+1, duplicam os sinais principais no lado de transmissão e executa a ligação no lado
de recepção.
As interfaces para o ODU contêm a interface do cabo para comunicação bidirecional entre ODU e
IDU, e implementam a seção IF do modulador-demodulador. As unidades de fornecimento de
energia do IDU processa a voltagem da bateria e fornece energia aos circuitos do IDU e ODU. A
seção do controlador de rádio contém as interfaces dos canais de serviço, armazena o firmware do
IDU, conecta-se por interface aos sistemas de gerenciamento de SIAE por meio de portas de
supervisão dedicada e encaminha os alarmes internos e externos para os contatos do relé.

5.5 ODU

A unidade ODU contém circuitos que permitem conectar-se por interface a partir de um lado da IDU
e antena a partir do outro lado.
A portadora modulada QAM é mudada para as bandas de frequência de radiofrequência por meio de
uma conversão dupla.
Da mesma forma que ocorre no lado de recepção para enviar à portadora convertida de IF para o
demodulator dentro do IDU. A unidade ODU está disponível em duas versões diferentes: AS e ASN
(otimizada).

O ODU AS é também chamado de “Universal”, porque pode ser utilizado como SDH ODU conectado
ao SIAE ALS SDH IDU (família de enlace SIAE SDH).
O acoplamento da antena é realizado por meio de um sistema hibrido sem balanço e com balanço.

5.6 Gerenciamento

O Equipamento ALplus2 pode ser controlado remota e localmente via um software de aplicação
interna dedicada chamada WEBLCT por meio de conexão LAN e Browser da Internet. Uma conexão
serial/USB pode ser utilizada por meio do console Web Lct, uma aplicação que pode ser realizada o
download a partir do site SIAE (http://www.siaemic.com)
Ele fornece uma interface gráfica amigável em conformidade com o uso padrão atual do teclado,
mouse, janelas e outros.
Outros software disponíveis para o gerenciamento de uma rede da ALplus2 é o SCT (Windows) e
NMS5UX/NMS5LX (Unix/Linux).

5.6.1 Plataforma do Hardware

A plataforma do hardware utilizada pelo SCT/LCT está baseada no computador pessoal, possuindo
pelo menos as seguintes características:

• microprocessador Pentium 4 ou similar


• 1GB RAM
• Windows compatível com monitor gráfico
• HD com 200 Mbyte de espaço livre
• Windows 95/Windows NT/Windows 98/Windows 2000/Windows XP/Windows Vista
• conexão LAN ou USB

20 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


5.6.2 Portas de Gerenciamento

O programa SCT/LCT é conectado ao equipamento via as seguintes portas de comunicação:


• MNGT/1 ou MNGT/2 (Ethernet LAN 10BaseT)

• RS232 (Linha serial Assíncrona)


• LCT (USB)
• Canal de Sobrecarga Embutido (EOC) embutido no frame do rádio

• Canal de Sobrecarga Embutido (EOC) embutido em uma intervalos de tempo de 16 kbit/s ou de


4x16 kbit/s de um dos sinais tributários de 2 Mbit/s.

5.6.2.1 Q3/1 e Q3/2

• Cabo tipo LAN 802.3 10BaseT


• Conector RJ45
• Conexão para a LAN Direto com um cabeamento de pares
trançados CAT5
• Protocolo TCP/IP ou IPoverOSI

5.6.2.2 RS232

• Interface Elétrica V.28


• Conector SUB-D 9pin
• Taxa de baud assíncrona 9600,19200,38400,57600
• Protocolo PPP

5.6.2.3 LCT USB

• Interface Elétrica Versão USB 1.1


• Taxa de Baud 1.5 Mbit/s
• Protocolo PPP

5.6.3 Protocolos

O SNMP junto com as pilhas do protocolo IP ou OSI é utilizado para atingir e gerenciar a operação do
equipamento.

Fig.6 ALplus2+1 exp 0

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 21


Fig.7 - ALplus2 1+1

Fig.8 - ALCplus2 1+0

Fig.9 - ALCplus2 1+1

Fig.10 - ALCplus2 1+0 exp 16E1

Fig.11 - ALCplus2 1+1 exp 16E1

Fig.12 - ALCplus2 1+0 32E1

Fig.13 - ALCplus2 1+1 32E1

Fig.14 - ALCplus2 1+0 exp nodal

22 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Fig.15 – ALCplus2 1+1exp nodal

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 23


6 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

6.1 CARACTERÍSTICAS IDU

Nos parágrafos seguintes são listadas somente as características principais de uma tipologia de IDU.

As informações adicionais estão incluídas no capítulo relevante do IDU.

6.1.1 Interfaces do Tráfego

• ALplus2, capacidade máxima transmitida 341 Mbit/s:

- 16E1 G.703 75/120 Ohm (conector 2SCSI, 8E1 cada)


- 2 STM1 (conector SFP)
- porta 3 Ethernet: 2 RJ45, elétrica (LAN1 e LAN2) e 2 SFP, óptica (LAN1 e LAN3). A LAN1
pode ser ajustada como elétrica ou óptica.
• ALCplus2, capacidade máxima transmitida 341 Mbit/s: As opções de tráfego podem variar
dependendo da versão IDU:
- 16E1 G.703 75/120 Ohm (conector 2SCSI, 8E1 cada)
- 32E1 G.703 75/120 Ohm (conector 4SCSI, 8E1 cada)

- 2 STM1 (conector SFP)


- 4 portas Ethernet: 4 RJ45, elétrica (LAN1, LAN2, LAN3 e LAN4) e 2 SFP, óptica (LAN3 e
LAN4). A LAN3 e LAN4 podem ser ajustadas como elétrica ou óptica.
- 2 BUS para conexões de tráfego com outro ALCplus2 IDUs (mesma versão).

6.1.1.1 2 Mbit/s (E1 G.703)

Lado de Entrada

• Taxa de Bit 2048 kbit/s ±50 ppm

• Código de Linha HDB3


• Impedância nominal 75 Ohm ou 120 Ohm
• Nível Nominal 2.37 Vp/75 Ohm ou 3 Vp/120 Ohm
• Perda de Retorno 12 dB de 57 kHz para 102 kHz
18 dB de 102 kHz para 2048 kHz
14 dB de 2048 kHz para 3072 kHz

• Atenuação Máxima do cabo de entrada 6 dB de acordo com tendência √f

• Flutuação de rápida de fase aceita Consulte Tab. 2, CCITT Rec. G.823


• Função de Transferência Consulte Fig. 1, CCITT Rec. G.742
• Tipo de Conector SCSI 50 pin

24 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Lado da Saída

• Taxa de Bit 2048 kbit/s ±50 ppm


• Impedância nominal 75 Ohm ou 120 Ohm
• Nível Nominal 2.37 Vp/75 Ohm ou 3 Vp/120 Ohm
• Flutuação rápida de fase de saída de acordo com G.742/G.823
• formato do pulso Consulte Fig. 15, CCITT Rec. G.703
• Tipo de Conector SCSI 50 pin

6.1.1.2 STM1 elétrico

Lado de Entrada

• Taxa de Bit 155520 kbit/s ±4.6 ppm


• Código de Linha CMI
• Impedância nominal 75 Ohm

• Nível Nominal 1 Vpp ±0.1V


• Perda de Retorno ≥ 15 dB de 8 MHz para 240 MHz

• Atenuação Máxima do cabo de entrada 12.7 dB em 78 MHz (tendência √f)

Lado da Saída

• Taxa de Bit 155520 kbit/s ±4.6 ppm


• Nível Nominal 1 Vpp ±0.1
• formato do pulso Consulte Fig. 24 e Fig. 25 de ITU-T Rec.
G.703

6.1.1.3 STM1 óptico

A interface STM1 pode ser especializada para diferentes aplicações, simplesmente equipando a
interface de STM1 com transceptor adequado elétrico ou óptico plugado. A interface óptica possui
conectores LC. A interface elétrica possui conectores 1.0/2.3. Informações sobre a
presença/ausência e tipo de transceptor para o controlador principal. As características de todas as
interfaces ópticas possíveis estão resumidas na Tab.2.

Tab.2 – Características de Interface Óptica


Interface Ref. Potência Sensitividade Comprimento Transceptor Filamento Distância
Atingida Mínima da onda de (km)
(dBm) (dBm) Operação
L-1.2 G.957 0 ... -5 -34 1480 – 1580 Laser Modo Único Até 80
L-1.1 G.957 0 ... -5 -34 1263 – 1360 Laser Modo Único Até 40
S-1.1 G.957 -8 ... -15 -28 1263 – 1360 Laser Modo Único Até 15
I-1 ANSI -14 ... -20 -28 1263 – 1360 Laser Modo Até 2
Múltiplo
O LIM é fornecido com Suspensão à Laser Automático conforme prescrito pela Recomendação de
ITU-T G.664.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 25


6.1.1.4 Interface Ethernet

- Conectores de Ethernet IEEE 802.3 10/100/1000 BaseT RJ45


IEEE 802.3 100/1000 BaseX LC
- Funcionalidade do comutador de Ethernet Comutação MAC
Aprendizado MAC
Envelhecimento MAC
IEEE 802.1q VLAN
IEEE 802.3x Flow Control
IEEE 802.1p QoS IP-V4 ToS/DSCP IP-V6
TC/DSCP IEEE 802.1D STP
IEEE 802.1W RSTP
- Latência da Ethernet ≤ 2609 µs para os tamanhos de frame
padrão
≤ 11684 µs para tamanhos de frame Jumbo

- Taxa de Transferência da Ethernet Garantida (Mbit/s) Consulte Tab.3

Tab.3 – Taxa de Transferência de Ethernet Garantida (Mbit/s) para ALplus2/ALCplus2


(somente para Ethernet)

Tamanho do Frame (byte)


Largura da Banda Modulação
64 128 256 512 1024 1518
4QAMs 10,1 9,4 9,1 8,9 8,7 8,7
4QAM 12,5 11,6 11,2 11,0 10,8 10,7
8PSK 17,1 16,0 15,4 15,1 14,8 14,7
16QAM 24,3 22,7 21,8 21,4 21,0 20,9
7 MHz
32QAM 29,3 27,4 26,4 25,8 25,4 25,2
64QAM 36,3 33,8 32,6 31,9 31,3 31,2
128QAM 40,7 38,0 36,6 35,8 35,2 35,0
256QAM 47,9 44,7 43,0 42,2 41,4 41,2
4QAMs 20,3 18,9 18,2 17,8 17,5 17,4
4QAM 24,2 22,6 21,7 21,3 20,9 20,8
8PSK 33,7 31,4 30,3 29,6 29,1 29,0
16QAM 47,6 44,5 42,8 41,9 41,2 41,0
14 MHz
32QAM 59,7 55,8 53,7 52,6 51,6 51,4
64QAM 71,5 66,7 64,2 62,9 61,8 61,5
128QAM 83,1 77,6 74,7 73,2 71,9 71,5
256QAM 97,7 91,2 87,7 85,9 84,4 84,0
4QAMs 41,5 38,6 37,2 36,4 35,8 35,6
4QAM 48,7 45,3 43,6 42,7 41,9 41,7
8PSK 72,8 67,7 65,2 63,9 62,7 62,4
16QAM 96,7 90,0 86,6 84,8 83,4 82,9
28 MHz
32QAM 121,1 112,7 108,5 106,2 104,4 103,8
64QAM 145,0 135,0 129,9 127,3 125,0 124,4
128QAM 168,7 157,0 151,1 148,0 145,4 144,7
256QAM 198,1 184,4 177,5 173,9 170,8 169,9

26 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


4QAMs 82,3 76,6 73,6 72,1 71,2 70,9
4QAM 95,7 89,1 85,6 83,8 82,8 82,5
8PSK 142,9 133,0 127,7 125,0 123,5 123,1
16QAM 192,9 179,0 171,9 168,3 166,1 165,5
56 MHz
32QAM 235,3 218,4 209,8 205,3 202,7 201,9
64QAM 280,0 259,8 249,6 244,3 241,1 240,2
128QAM 333,3 309,6 297,4 291,0 288,2 287,2
256QAM 396,2 369,9 355,3 347,7 343,2 341,9

- Latência de ethernet garantida (ms) Consulte Tab.4

Tab.4 – Latência de Ethernet Garantida (ms) para ALplus2/ALCplus2 (somente para


Ethernet)

Largura Tamanho do Frame (byte)


da Modul ação
64 128 256 512 1024 1518 10000
Banda
4QAMs 1,042 1,111 1,248 1,522 2,09 2,609 11,684
4QAM 0,844 0,900 1,011 1,233 1,693 2,113 9,465
8PSK 0,627 0,668 0,750 0,913 1,229 1,541 6,974
16QAM 0,477 0,505 0,560 0,67 0,895 1,115 4,755
7 MHz
32QAM 0,401 0,426 0,475 0,573 0,756 0,938 4,214
64QAM 0,477 0,496 0,533 0,607 0,768 0,908 3,35
128QAM 0,52 0,537 0,572 0,642 0,774 0,914 3,222
256QAM 0,507 0,521 0,550 0,608 0,726 0,845 2,761
4QAMs 0,954 0,987 1,053 1,186 1,462 1,715 6,104
4QAM 0,8 0,828 0,884 0,995 1,226 1,439 5,12
8PSK 0,575 0,596 0,637 0,719 0,882 1,044 3,557
16QAM 0,418 0,432 0,461 0,518 0,639 0,757 2,634
14 MHz
32QAM 0,345 0,357 0,381 0,428 0,518 0,618 2,176
64QAM 0,439 0,449 0,469 0,51 0,59 0,669 2,02
128QAM 0,458 0,467 0,486 0,523 0,594 0,663 1,907
256QAM 0,444 0,452 0,468 0,499 0,557 0,623 1,656
4QAMs 0,475 0,492 0,526 0,595 0,735 0,867 3,136
4QAM 0,406 0,421 0,450 0,508 0,628 0,74 2,677
8PSK 0,274 0,284 0,305 0,347 0,426 0,508 1,881
16QAM 0,214 0,222 0,238 0,271 0,334 0,395 1,483
28 MHz
32QAM 0,176 0,183 0,197 0,224 0,276 0,326 1,235
64QAM 0,227 0,232 0,243 0,265 0,311 0,356 1,067
128QAM 0,237 0,242 0,252 0,272 0,312 0,351 1,003
256QAM 0,231 0,236 0,246 0,265 0,298 0,333 0,982

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 27


4QAMs 0,241 0,250 0,268 0,304 0,377 0,447 1,651
4QAM 0,207 0,215 0,230 0,261 0,324 0,384 1,418
8PSK 0,14 0,146 0,158 0,181 0,226 0,27 1,052
16QAM 0,112 0,117 0,126 0,144 0,179 0,214 0,83
56 MHz
32QAM 0,094 0,098 0,106 0,122 0,154 0,185 0,697
64QAM 0,125 0,129 0,137 0,152 0,178 0,205 0,71
128QAM 0,126 0,129 0,135 0,147 0,172 0,196 0,601
256QAM 0,121 0,124 0,129 0,14 0,162 0,183 0,549

6.1.2 Canais de Serviço

Somente ALplus2.
Três canais de serviço disponíveis subdivididos conforme segue:
• Canal de dados V28, via software pode ser configurado como:
- Um canal assíncrono V.28 9600 kbit/s
- Dois canais assíncronos (no mesmo conector) V.28 4800 kbit/s
- Um canal assíncrono V.28 9600 kbit/s com DTR e DSR
- Um canal assíncrono V.28 9600 kbit/s com DTR, DSR e DCD terminado localmente
• V11 64 kbit/s co/contradirecional
• No lado da margem E1 para capacidades maiores ou iguais a 16x2 Mbit/s

6.1.2.1 2 Mbit/s lado da margem (E1 G.703)

Lado de Entrada

• Taxa de Bit 2048 kbit/s ±50 ppm


• Código de Linha HDB3

• Impedância nominal 75 Ohm ou 120 Ohm


• Nível Nominal 2.37 Vp/75 Ohm ou 3 Vp/120 Ohm
• Perda de Retorno 12 dB de 57 kHz para 102 kHz
18 dB de 102 kHz para 2048 kHz
14 dB de 2048 kHz para 3072 kHz
• Atenuação Máxima do cabo de entrada 6 dB de acordo com tendência √f
• Flutuação de rápida de fase aceita Consulte Tab. 2, CCITT Rec. G.823

• Função de Transferência Consulte Fig. 1, CCITT Rec. G.742


• Tipo de Conector RJ45 (in/out no mesmo conector)

Lado da Saída

• Taxa de Bit 2048 kbit/s ±50 ppm


• Impedância nominal 75 Ohm ou 120 Ohm

28 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


• Nível Nominal 2.37 Vp/75 Ohm ou 3 Vp/120 Ohm
• Flutuação rápida de fase de saída de acordo com G.742/G.823
• formato do pulso Consulte Fig. 15, CCITT Rec. G.703
• Tipo de Conector RJ45 (in/out no mesmo conector)

6.1.2.2 64 kbit/s codirecional

• Tolerância ± 100 ppm


• Codificação Sincronia + dados + octeto conforme G.703

• Impedância 120 Ohm


• Atenuação Máxima do cabo de entrada 3 dB em 128 MHz

• Lado do Usuário CCITT Rec. G.703


• Nível de Entrada/Saída 1 Vp/120 Ohm ±0.1 V
• Perda de Retorno Consulte par. 1.2.1.3, CCITT Rec. G.703

• Conector RJ45

6.1.2.3 64 kbit/s contradirecional

• Tolerância ± 100 ppm


• Codificação Gerador de sinais de sincronismo e dados e
fios separados
• Impedância 120 Ohm
• Atenuação Máxima do cabo de 3 dB em 128 MHz (
entrada
• Lado do Equipamento contradirecional
• Nível de Entrada/Saída 1 Vp/120 Ohm ±0.1 V

• Interface Elétrica 2, CCITT Rec. V.11


• Conector RJ45

6.1.2.4 9600 bit/s sincronia/assíncrono

• Interface de Dados RS232


• Interface Elétrica CCITT Rec. V.28

• Velocidade de Entrada 9600 baud


• Fios de controle DTR, DSR, DCD

• Conector RJ45

6.1.2.5 9600 ou 2x4800 bit/s sincronia/assíncrono

• Interface Elétrica CCITT Rec. V.28


• Velocidade de Entrada 4800 ou 9600 bit/s
• Interface Elétrica CCITT Rec. V.28
• Conector RJ45

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 29


6.1.3 Largura da Banda de Modulação e canal

• Frequência de modulador- Lado Tx 330 MHz


d e m o d u l a d o r I F da Portadora Lado Rx 140 MHz

• Tipo de modulação 4QAM forte, 4QAM, 8PSK, 16QAM, 32QAM,64QAM,


128QAM, 256 QAM
• Largura da Banda 7MHz, 14MHz, 28MHz, 56MHz
• Abordagem da Modulação ACM
• Sinal de Modulação Dependendo das capacidades selecionadas
• Equalização 5 taps
• Ganho da Codificação 2.5 dB em 10-6 1 dB em 10-3
• Correção LDPC

6.1.4 Critério de comutação 1+1

Comutador Rx

O comutador Rx é sem perda de bits e o sistema foi construído nas capacidades de erros
minimizados durante o período de detecção. Ramal 1 é preferencial e o sistema comuta para o ramal
2 somente quando o ramal 1 é afetado por erro. A instalação de comutação fornece a sincronização
de dois fluxo de entrada de até:
• diferença dinâmica ±100 bytes
• Atrasos estáticos ± 100 bytes. Tab.5 mostra a Prioridade do

Alarme Rx.

Tab.5 - Prioridade do Alarme Rx.

Prioridade Níveis Definição


Maior Prioridade 1 Alarme RIM PSU
l Forçamento Manual (selecionável pelo software)
l Pulso CRC a partir do demodulator
l Prioridade 2 Alarmes Rx de Ramal
l Rx Reversivo (ramal preferencial selecionável
v pelo software)
Menor

O período do processo de transferência para a comutação Rx (incluindo período de detecção devido a


contagem de BER 10-6) é ≤ 1 ms.

Comutador Tx (1+1 hot stand-by)

O Comutador Tx não é um mecanismo de perda de bits. A Interrupção máxima devido à comutação


Tx (soma da alteração máxima automática – acima + período de ressincronização Rx IDU), com
ACM (Modulação Adaptativa por Código) ativado, é mostrado na Tab.6.

30 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Tab.6 – Interrupção máxima devido à comutação Tx

Largura da Banda Interrupção máxima devido à comutação Tx (msec)


7 MHz < 1500
14 MHz < 1200
28 MHz < 900
56 MHz < 400

Tab.7 mostra a Prioridade do Alarme Tx.

Tab.7 - Prioridade do Alarme Tx.

Prioridade Níveis Definição

Maior Prioridade 1 Alarme RIM PSU

Prioridade 2 Forçamento Manual (selecionável pelo software)

Prioridade 3 Alarme Curto do Cabo


Prioridade 3 Alarme Aberto do Cabo
Prioridade 3 Falha do Modulador
Prioridade 3 Alarme de Falha da Unidade ODU
Prioridade 3 Alarme de Falha VCO
Prioridade 3 Alarme da Unidade IF
Prioridade 3 Alarme de Baixa Potência Tx
Prioridade 4 Solicitação para Terminal Remoto (Receptores de Alarme)
Menor Prioridade 5 Rx Reversivo (ramal preferencial selecionável pelo software)

O período de processo de transferência automática máxima (incluindo período de detecção) para a


comutação do transmissor é ≤ 200 ms.

6.1.5 Interface do Cabo

• Interconexão com a unidade ODU Cabo coaxial único para Tx e Rx

• Comprimento do cabo 300 m


• impedância nominal para os cabos 50 Ohm
• Sinal em funcionamento junto ao cabo

- Frequência nominal Tx 330 MHz


- Frequência nominal Rx 140 MHz
- IDU de Telemetria -> ODU 17.5 MHz
- ODU Telemetria <- IDU 5.5 MHz
• Sinais de gerenciamento do transceptor 388 kbit/s bidirecional
• Fornecimento de energia remoto direto a partir da voltagem da bateria

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 31


6.1.6 Absorção e Consumo máximo atual

Neste parágrafo são listadas as seguintes três características: A corrente máxima (IMAX) no conector
de potência do IDU sozinho, a corrente máxima (IMAX) no conector de potência do IDU com o
equipamento completo (IDU 1+1 e 2 ODUs relevantes) e o consumo do IDU sozinho. O consumo do
equipamento completo é descrito dentro do anexo ODU (um para cada frequência) com alta
precisão, neste ponto, podemos considerar o ODU com o consumo maior (aproximadamente 25W)
entre todos os disponíveis.

A voltagem indicada está relacionada para o consumo máximo e corrente máxima.


OBSERVAÇÃO: O consumo do equipamento completo é descrito dentro do anexo ODU (um para cada
frequência).
• ALplus2 IMAX e consumo Consulte Tab.8

• ALCplus2 IMAX e consumo Consulte Tab.8


Os conectores de fornecimento de energia do ALplus2 são independentes.
Os conectores de fornecimento de energia do ALCplus2 estão em paralelo (por meio de diodo).

Tab.8 IMAX e consumo

Consumo
IDU IMAX (somente IDU) IMAX (IDU+ODUs)
(somente IDU)

ALplus2 1+0 1A (@40.8 Vdc) 1.7A (@40.8 Vdc) 40W (@57.6 Vdc)

ALplus2 1 + 1 1.2A (@40.8 Vdc) 1.7A (@40.8 Vdc) 48W (@57.6 Vdc)

ALCplus2 1+0 0.81A (@40.8 Vdc) 1.42A (@40.8 Vdc) 33W (@57.6 Vdc)

ALCplus2 1 + 1 0.92A (@40.8 Vdc) 2.15A (@40.8 Vdc) 38W (@57.6 Vdc)

ALCplus2 1+0 exp 0.88A (@40.8 Vdc) 1.5A (@40.8 Vdc) 36W (@57.6 Vdc)
16E1

ALCplus2 1+0 exp 0.91A (@40.8 Vdc) 1.52A (@40.8 Vdc) 37W (@57.6 Vdc)
nodal

ALCplus2 1 + 1 exp 1.1A (@40.8 Vdc) 2.23A (@40.8 Vdc) 41W (@57.6 Vdc)
16E1

ALCplus2 1 + 1 exp 0.91A (@40.8 Vdc) 2.33A (@40.8 Vdc) 45W (@57.6 Vdc)
nodal

6.1.7 Fusível

Os circuitos de fornecimento de energia são protegidos contra corrente excessiva com os fusíveis na
linha de alimentação:
• ALplus2 + Há um fusível de solda branda interna no RIM PCB
entre o painel frontal

- Corrente Nominal 3A
- Voltagem Nominal 125 Vac/dc
- Tipo sincronizado

- Dimensões 6.10 mm x x2.59 mm


• ALCplus2 + Acessível no painel frontal
- Corrente Nominal 3.15A
- Voltagem Nominal 250 Vac/dc
- Tipo Sincronizado médio

- Dimensões 5 mm x x20 mm

32 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


6.2 CARACTERÍSTICAS IDU

• Taxa de Frequência Consulte o anexo relevante para a frequência ODU


• Canalização de Radiofrequência Consulte o anexo relevante para a frequência ODU
• Frequência de retorno Consulte o anexo relevante para a frequência ODU
• Estabilidade da Frequência Consulte o anexo relevante para a frequência ODU
• Transmissão Artificial Consulte o anexo relevante para a frequência ODU
• Potência de Saída Consulte o anexo relevante para a frequência ODU
• Limiar ER Rx Consulte o anexo relevante para a frequência ODU
• Nível Máximo de RF no Rx para Consulte o anexo relevante para a frequência ODU
BER 10-3

• P e r d a s adicionais de Tx e Rx Consulte o anexo relevante para a frequência ODU


para a versão 1+1

• Configuração de Antena Consulte o anexo relevante para a frequência ODU


• Consumo Consulte o anexo relevante para a frequência ODU

6.3 CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS EQUIPAMENTOS

6.3.1 Dimensões

As dimensões da unidade são as seguintes:


• IDU ALplus2 (1+0/1+1) 480mm x 45mm x 270mm (pxaxd)

• IDU ALCplus2 (1+0/1+1, todas 480mm x 45mm x 213mm (pxaxd)


as versões)
• ODU 1+0 versão ASN ODU 254mm x 254mm x 114mm (pxaxd)
• ODU 1+0 versão AS ODU 254mm x 254mm x 154mm (pxaxd)
• ODU 1+1 versão ASN ODU 278mm x 254mm x 296mm (pxaxd)
• ODU 1+1 versão AS ODU 358mm x 254mm x 296mm (pxaxd)

6.3.2 Peso

O peso das unidades é o seguinte:

• IDU ALplus2 (1+0/1+1) 3.5 kg


• IDU ALCplus2 (1+0/1+1, todas as versões) 2.5 kg
• ODU AS (1+0) 5.5 kg

• ODU AS (1+1, com unidade de ramal) 15.5 kg

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 33


6.3.3 Condição Ambiental

• temperatura de operação de IDU -5° C a +45° C


• temperatura de operação de ODU -33° C a +45° C

• Temperatura de sobrevivência IDU -10° C a +55° C


• Temperatura de sobrevivência ODU -40° C a +60° C
• Umidade de operação ODU 95% em 35° C

• condição operacional ODU de acordo com IP65


• resistência térmica de dissipação ODU 0.5° C/W
• Ganho de calor solar ODU < 5° C

• Velocidade do vento (ODU com antena integrada) < 200 km/h


• Condição de armazenagem de acordo com T.1.2 ETSI EN 300 019-1-1
(condição climática protegida, nenhuma
temperatura controlada em locais de
armazenagem)

34 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


7 DESCRIÇÃO ALPLUS2 IDU

7.1 CONFIGURAÇÃO

O IDU do ALplus2 está disponível na configuração 1+0 e 1+1. O IDU é composto pelos seguintes

módulos:

• Controlador
• LIM

• RIM (um módulo na configuração 1+0, dois módulos na configuração 1+1).

7.1.1 Diagramas de Blocos do ALplus2

Na Fig.18, você pode encontrar o diagrama de blocos do ALplus2 com 16E1, versão 1+0 e
configuração 1+1. Na Fig.19, você pode encontrar o diagrama de bloco do Alplus2 com 16E1,
configuração 2x(1+0).

7.1.2 Controlador

O módulo realiza as seguintes operações:


• gerenciamento de comunicação: Ele utiliza o SNMP como protocolo de gerenciamento e IP ou
IPoverOSI como pilhas de protocolo de comunicação. As portas de interface para o
gerenciamento do equipamento são as seguintes:

- 2 LAN Ethernet 10BaseT (MNGT/1 e MNGT/2, ambas as RJ45)

- Porta USB
- RS232 assíncrono utilizado para a conexão SCT/NMS (utilizando o protocolo PPP e
velocidade da taxa de baud até 57600)
- RS232 assíncrono utilizado para a conexão adicional de NEs (utilizando o protocolo PPP e
velocidade da taxa de baud até 57600)
- EOC embutido dentro da frame de rádio PDH para a conexão para o NEs remoto
- EOC em um 16kbit/s ou 64kbit/s de um intervalos de tempo E1.

• Interface WEB LCT pode ser utilizada com a capacidade EOC igual ou maior que 64 kbit/s

• máximo 2 usuários WEB LCT podem acessar o mesmo controlador

• login: O controle principal gerencia o equipamento ou o login/logout da rede, ajustando, e, em


seguida controlando o ID do usuário e senha relevante.

• banco de dados (MIB): A configuração do equipamento é armazenada em uma memória não


volátil

• configuração do equipamento: O equipamento é configurado por meio dos parâmetros de


configuração de armazenamento ou comandos do usuário

• monitoramento do alarme: aquisição, filtragem e correlação dos alarmes coletados no


registrador de transações e alarme, enviando para os gerenciadores conectados: SCT/LCT -
NMS5UX. Gerenciamento do LEDs do alarme no painel frontal LIM.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 35


• usuário conectado e alarme desconectado do gerenciamento:
• recebe alarmes externos e direcioná-los para o contato do relé junto com os alarmes internos
gerados pelo equipamento.
• monitoramento de desempenho: Gerenciamento de PM conforme Recc. G.828
• download: firmware, Web Lct e o arquivo de configuração podem ser feito o download. A
atividade de download está baseada no protocolo FTP.
Bateria de Lítio interna, refere-se às normas nacionais para eliminação.

7.1.2.1 Sinais de Serviço

O controlador oferece uma interface elétrica para os seguintes três canais:

• 9600 baud/V.28 ou 2x4800 baud/V.28 ou 9600 baud V.28/RS232 canais sincrônicos/assíncronos


• 64 kbit/s/V.11 codirecional ou contradirecional
• Margem lateral E1 G.703.
Os Sinais de serviço conectados aos módulos do controlador são enviados ao módulo LIM para o
processamento MUX/DEMUX.

7.1.2.2 Firmware

O software do equipamento permite controlar e gerenciar todas as funcionalidades do equipamento e


este é distribuído em dois níveis de hardware: Controlador principal e controladores periféricos ODU.
O Firmware pode ser atualizado por meio do Web Lct e este é armazenado em dois bancos de
memória diferentes: Um contendo o firmware de execução e o outro contendo o firmware de stand-
by. Este permite realizar o download de uma nova liberação de firmware para o banco stand by sem
o corte de tráfego
O comutador do banco permite a nova liberação a ser utilizada.

7.1.2.3 Web Lct

O Web Lct permite configurar e gerenciar o equipamento local. Quando o equipamento remoto está

configurado adequadamente, o enlace do rádio inteiro pode ser gerenciado. O Web Lct roda na

Internet Explorer e Firefox com o plugin Flash player.

O WLC é um utilitário para conectar ao ALplus2 com cabo USB.


O WLC e o plugin Flash player para IE e Firefox podem ser feito o download pelo site
www.siaemic.com após o registro.

7.1.3 LIM

O LIM realiza as seguintes operações:


• multiplexagem e demultiplexagem (processo MUX/DEMUX) do tráfego (frames tributários e
Ethernet)
• agregação dos sinais multiplexados junto com os serviços por meio de um circuito de Inserção
de Bit e vice-versa. O frame agregado contém:
- O sinal principal a partir de MUX(s)
- O sinal de serviço enquadrado a partir do MUX de serviço
- Os sinais de EOC para a propagação da mensagem de supervisão através do equipamento
remoto
- O palavra de alinhamento do frame (FAW)

- Os bits dedicados para FEC

36 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


• funcionalidade do comutador para as portas Ethernet
• processamento de sinais durante o modulador-demulador
• processamento de sinal STM1 e gerenciamento de RSOH
• duplicação dos sinais digitais processados para fornecer dois RIMs na configuração 1+1.
A partir de dois RIMs, o LIM recebe sinais análogos I e Q, então o sinal digital convertido para o
seguinte processamento:
• recuperação do gerador de sinais de sincronismo

• Travamento da portadora da fase e frequência

• filtragem e equalização da banda de base

• decisão de polaridade de bit

• decodificação diferencial

• paralelo à conversão serial para recuperar o sinal agregado no lado de recepção.

O sinal agregado é, em seguida enviado ao circuito de alinhamento do frame e análise CRC, e, em


seguida o corretor do erro.
Os erros sem correção pelo FEC são contados adequadamente para arquivar:
• medição estimada BER

• desempenho do rádio.

7.1.3.1 Comutador para as portas Ethernet

LIM interno está presente no comutador Ethernet com porta 3 externa (1000BaseT elétrico ou
1000BaseX óptico) e um interno. Somente a porta 1 possui ambos os tipos de interface, a porta 2 é
elétrica e a porta 3 é óptica.
As interfaces internas (3 operacional em 4 presentes) estão disponibilizadas no painel frontal. A
porta interna representada pelo fluxo de rádio local onde por meio do transporte Ethernet nativo é
conectada com o equipamento remoto.

LEDs da porta Ethernet

Há 2 LEDs:
• Velocidade
- uma intermitente= 10BaseT
- duas intermitente= 100BaseT
- três intermitente= 1000BaseT
• LINK/ACT
- Ligada = conectada, nenhuma atividade
- Desligada = desconectado
- Intermitente = atividade.

Função do Comutador

O LIM pode operar como um comutador entre dois ou mais LANs distintas com as seguintes
vantagens:
• para conectar duas LANs distintas a mais distante que os limites de 2.5 km
• para conectar duas LANs via rádio dentro de uma rede digital complexa
• para manter separado o tráfego em duas LANs por meio da filtragem MAC para obter um
tráfego total melhor que em uma LAN única.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 37


O comutador compreendido no módulo LIM/Ethernet é transparente (IEEE 802.1d e 802.q) na
mesma Vlan descrita pela Tabela de Configuração de VLAN.
Este funciona no nível de dado de enlace, Camada 2 de pilha OSI, e deixa intacta a Camada 3 e toma
cuidado ao enviar um tráfego de uma LAN local para outra (Local e Remota).
O roteamento está apenas no básico dos endereços de Nível 2, subnível MAC.
A operação é a seguinte: Quando uma porta da LAN recebe um frame MAC, na base de endereço de
destinação, esta decide para qual LAN deve enviá-lo:
• Se o endereço de destinação está na origem da LAN, o frame é descartado

• se o endereço de destinação é um endereço conhecido (em direção do procedimento de


aprendizado do endereço) e está presente na tabela de endereço local, o frame é enviado
apenas na LAN de destinação (comutação MAC)
• por outro lado, o frame é enviado para todas as portas com o mesmo ID de VLAN (inundação
de dados).

Função Full Duplex de Ethernet

O modo full duplex pode ser ativado nas interfaces 10/100BaseT manualmente ou com
autonegociação.
O 100BaseFx sempre opera no modo full duplex.

Transferência de Perda de Enlace

A transferência de Perda de Enlace (LLF) é um status do alarme da interface da Ethernet. A LLF pode
ser habilitada ou desabilitada.
Se a LLF estiver habilitada, uma condição de alarme de rádio US (sem serviço) gerará o status do
alarme da interface da Ethernet, bloqueando interface de qualquer transmissão. A LLF pode ser
desabilitada para cada porta do painel frontal.
Com a LLF desabilitada, o equipamento conectado (roteadores, comutadores, entre outros) pode ser
notificado que o enlace de rádio não está disponível e pode redirecionar temporariamente o tráfego.

MDI/MDIX Cross-over

A interface elétrica da Ethernet no módulo FEM pode ser definida pelo WebLct como MDI ou MDIX
para cross-over entre pares, deste modo o cabo externo não é exigido.

Funcionalidade VLAN

O módulo LIM da Ethernet funciona com IEEE 802.1q e tag 802.1p. A Tag é composta de:

• uma palavra fixa de 2 bytes


• 3 bits para prioridade de acordo com 802.1p
• 1 bit fixado
• 12 identificadores de VLAN de bits (VLAN ID) de acordo com 802.1q.
As conexões cruzadas do comutador estão baseadas na Tabela de Configuração Vlan onde as portas
de entrada e saída ou somente as portas de saída devem ser definidas para qualquer VID utilizada.
A Tabela de Configuração Vlan possui 64 posições para a variação de Vlan ID range de 1 a 4095.

38 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


7.1.3.2 Sincronização STM-1

Consulte Fig.16.
A geração do frame STM-1 requer que este seja sincronizado para uma rede SDH.
No ALplus2, um circuito de sincronização, chamado SETS, obtém o sinal de sincronização a partir de
diferentes fontes:
• rádio
• STM1 +
• A/WST tributário

• B tributário
• tributário n
• Lan3 +

• Lan4 +
• Fonte Interna
Conforme mostrado na Fig.16, o gerador de sinais de sincronismo extraído a partir das fontes é
enviado para o circuito de seleção que escolhe um dos sinais, dependendo do controle enviado por
uma lógica de seleção.
Este citado anteriormente atua na base da raiz do alarme (perda LOS do sinal de entrada, perda LTI
da entrada sincronizada, perda LOS do frame), na base de prioridade designada e forçamento
manual.
O gerador de sinal selecionado conduz um oscilador através de um circuito PLL. O oscilador gerará a
sincronização requerida para a geração do frame STM-1. Se nenhum sinal de entrada estiver
disponível, a fonte do oscilador interno será utilizada para o reinicialização local.
A sincronização do Alplus2 ainda não está implementada.
[Figura]

Rádio
Seletor de
Fonte
Trib A
Trib B/n Sincronização para
STM-1 interface STM-1
Lan3.
Lan4.

LOS
LTI Circuito lógico
Controle de Prioridade
para
Sincronização do
Forçamento Manual gerador de sinais

Fig.16 – Diagrama de blocos de sincronização

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 39


7.1.4 RIM

O RIM consiste os seguintes principais circuitos:


• p a r t e IF do modulador QAM

• parte IF do demodulador QAM


• fonte de alimentação
• IDU/ODU telemetria.

7.1.4.1 Modulador

Os sinais a partir do LIM são conectados para um modulador programável. Este consiste dos
seguintes circuitos:
• filtro de passagem baixa de recuperação para eliminar a periodicidade do sinal
• dois acopladores para o processo de modulação da fase e amplitude da portadora
• oscilador local de 330 MHz
• um 90° comutador de fase para fornecer dois acopladores com duas portadoras quadráticas
• um circuito combinador para gerar a modulação de QAM.
A portadora modulada obtida 330 MHz QAM é, em seguida, Enviada para interface de cabo para
conexão com ODU.

7.1.4.2 Demodulador

No lado de recepção, a partir da interface do cabo, a portadora modulada 140 MHz QAM é enviada
para o demodulador QAM passando por meio de um circuito equalizador do cabo.
O demodulador QAM no RIM extrai os sinais I e Q a ser enviado para a parte digital do demodulador
no LIM.

7.1.4.3 Modulação Adaptativa por Código

Perfis ACM

Na família de rádio ALplus2/ALplus2 utiliza a Modulação Adaptativa por Código (ACM), objetivando
empregar o perfil da modulação correta, dependendo da qualidade do sinal Rx.
Os perfis disponíveis de ACM são os seguintes:
• 4QAM, forte,
• 4QAM
• 8PSK
• 16QAM
• 32QAM
• 64QAM
• 128QAM
• 256QAM

Esses perfis operaram em um canal RF com as seguintes larguras de banda:

40 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


• 7 MHz

• 14 MHz
• 28 MHz
• 56 MHz

Comutação ACM

O uso dos perfis de modulação prévia em uma largura de banda de canal fixado resulta em uma

capacidade variável. Os critérios definindo a necessidade de uma comutação ACM, aumento ou

diminuição, é a taxa Rx S/N.

• Aumento – Quando há um aumento de S/N recebidas, no mesmo Espaçamento do Canal, a


complexidade da modulação é aumentada na direção de 4QAM forte para 256QAM,
aumentando a eficiência do espectro.
• Diminuição – Quando há uma diminuição da S/N recebida, no mesmo Espaçamento do Canal,
a modulação é reduzida na direção de 256QAM para 4QAM forte, reduzindo a eficiência do
espectro.
Para configurar adequadamente o enlace do rádio, utilizando a facilidade ACM, uma otimização deve
ser encontrada entre o tráfego máximo durante as condições de propagação e a disponibilidade
máxima durante as condições ruins de propagação. Para obter esta finalidade, o ACM na família do
ALplus2/ALCplus2 pode ser configurado via o software, ajustando os seguintes parâmetros: Ajuste
ACM e modo de Potência Tx.

Ajuste ACM

O ACM pode variar os perfis de modulação entre dois extremos definidos pelo operador por meio da
configuração do software: Modulação Superior e Modulação Inferior.
• Modulação superior – Quando a propagação no canal do dado rádio está em melhor condição
(Rx S/N maior), o enlace do rádio está funcionando na taxa de transferência máxima definida
da Modulação Superior: O maior perfil de modulação que o ACM pode empregar
• Modulação inferior – Quando a propagação no canal do dado rádio está em péssima condição
(Rx S/N menor), o enlace do rádio está funcionando na taxa de transferência mínima definida
da Modulação Inferior: O menor perfil de modulação que o ACM pode empregar

Modo de potência Tx

O modo de potência Tx pode ser ajustado como Pico Constante ou Média Constante (medição de
bolômetro constante).
• Pico Constante – Potência Tx está no máximo em 4QAM e em 256QAM é reduzido (4.5 dB
típico), então o amplificador RF Tx pode operar em condições lineares melhores.
• Média Constante – Potência Tx é a mesma em qualquer modulação.
O modo de Potência Tx é ajustado dependendo da licença de modulação do usuário e dependendo da
Modulação Menor que foi ajustada
Por exemplo:

No caso de uma licença 4QAM, todas as outras modulações devem permanecer na máscara 4QAM.
Nesta condição, a Potência Tx deve estar em Pico Constante (Modo de Pico Constante de Potência Tx
= Habilitado): Potência Tx máxima em 4QAM e potência reduzida em todas as outras modulações.

No caso de uma licença 16QAM (ou complexidade maior) e a Modulação Menor é ajustada em 4QAM,
o espectro emitido deve permanecer no espectro emitido definido para 16QAM, mesmo se o
equipamento estiver transmitindo em 4QAM. Neste caso, A Potência Tx deve estar em Média
Constante (Modo de Pico Constante de Potência Tx= desabilitada): Potência Tx é sempre a mesma
em qualquer modulação e, é normalmente a potência da Modulação Superior. Como alternativa, a
Modulação Menor pode ser ajustada em 16QAM, então o Pico de potência Tx pode ser ativado.
Com a potência Tx de Média Constante (Modo de Pico Constante de Potência Tx = Desabilitada), a
potência Tx em 4QAM e qualquer outra modulação é a mesma da Modulação Superior, então ser a
Modulação Superior é 256QAM, a potência de saída em qualquer modulação é a mesma em 256QA
que é 4.5 dB menor que 4QAM. O resultado é que ativação 256QAM é uma grande vantagem para
o tráfego, porém apresenta margem de budget de enlace menor em 4QAM.
Prioridade E1

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 41


Os Tributários E1 disponíveis pertencente a dois grupos.

Um é E1 permanente igual E1 de Alta Prioridade que nunca será interrompida durante a diminuição
da modulação. Modulação de Diminuição será limitada ao mínimo para obter o E1 Permanente
selecionado.

O segundo grupo é o E1 Extra igual à Prioridade Baixa, estes tributários serão interrompidos
progressivamente durante a diminuição da modulação. Eles começarão ser cortados pelos maiores,
por exemplo: 16º ou 32º tributário até o primeiro.
Na Tab.9, este é reportado à prioridade dos tributários, os menores serão cortados primeiro.

Tráfego da Ethernet

Uma vez definida a largura da banda, o E1 Permanente e E1 Extra em qualquer modulação, a


quantia da capacidade de Ethernet é a capacidade de rádio total menos o E1 Permanente + Extra
em qualquer modulação.

Tab.9 – Prioridade E1

Prioridade ALplus2. ALCplus2.

Maior E1 Permanente E1 Permanente


| nunca desaparece nunca desaparece
l
l Tributário A
l WST
l Tributário B
l
↓ E1 Tributário n°1 E1 Tributário n°1
Menor
E1 Tributário n°16 E1 tributário n°16

E1 Tributário n°32 E1 Tributário n°32

7.1.4.4 Fornecimento de Energia

A voltagem da bateria -48 V alimenta os circuitos IDU e ODU. A voltagem de serviço para
alimentação de IDU é atingida por meio de um conversor DC/DC para geração +3.6 V e um circuito
baixo para-5 V.
Ambas as voltagens são protegidas contra sobretensão e sobrecorrente. A mesma bateria
funcionando por meio do cabo de interconexão proporciona a potência para o ODU.
Um disjuntor elétrico protege a bateria contra a falha do cabo.

7.1.4.5 IDU/ODU Telemetria

O IDU/ODU de diálogo é feito pelo controlador principal e os periféricos associados dentro do ODU.
Os controles para o gerenciamento ODU e relato de alarme são realizados ao utilizar um sinal
enquadrado de 388 kbit/s bidirecionais.
O transporte ao longo do cabo de interconexão é realizado por meio de duas portadoras moduladas
FSK:

• 17.5 MHz de IDU para ODU


• 5.5 MHz de ODU para IDU

42 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


7.2 LOOPS

Para controlar a operação correta de IDU um ajuste dos loops remotos e locais são disponibilizados.
Os comandos são encaminhados pelo programa WEBLCT/NMS. O diagrama de bloco do Loop é
mostrado pela Fig.17.

7.2.1 Tributário

Loop local do Tributário

Cada tributário de entrada é roteado diretamente para saída tributária no recebimento do comando.
A transmissão de linha de Tx ainda está ativa.

Loop remoto tributário

Cada tributário direcionado em direção à linha de saída Rx é rotacionado de volta à linha Tx. A linha
Rx continua ativa.

7.2.2 Banda de Base

O tipo de loop é somente local e é ativado no nível BI/BE. A linha Tx continua ativa.

7.2.3 Loop IDU

Este tipo de loop permite verificar a operação completa de IDU. Quando ativado, a saída do
modulador é conectada à saída do demodulador.
O loop é assegurado, convertendo a frequência do modulador de 330 MHz para 140 MHz.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 43


44
LIM RIM
330 MHz
Tributário para ODU
acionado MUX BI MOD
Loop remote
do tributário Loop
BB

DEMUX BE
Tributário
desacionado Loop IDU

Fig.17 – autorretorno IDU


Loop. Loc. Do DEM
tributário
140 MHz a
partir de ODU

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Comutador de Pacote
de Ethernet

Porta A

E1 Permanente
Rádio
até 60E1

Conexão Cruzada

E1 Extra até
19E1

Até 80E1

- Permanente = Alta Prioridade


- Extra = Baixa Prioridade

Fig.18, ALplus2 com 16E1, versão 1+0 e 1+1, digrama de bloco.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 45


Comutador de Pacote
de Ethernet Porta A

Porta B

E1 Permanente
Rádio A
até 60E1

Conexão Cruzada
E1 Extra até
19E1

E1 Permanente
Rádio B
até 60E1

E1 Extra até
19E1
- Permanente = Alta Prioridade
- Extra = Baixa Prioridade
Fig.19, ALPlus2 com 16E1, configuração 2x(1+0), diagrama de bloco.

46 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


8 DESCRIÇÃO ALCPLUS2 IDU

8.1 CONFIGURAÇÃO

O IDU do ALCplus2 está disponível na configuração 1+0 e 1+1. No IDU há os seguintes circuitos:

• Controlador
• LIM

• RIM (um circuito na configuração 1+0, dois circuitos na configuração 1+1).

O IDU de ALCplus2 é um subrack RU.

Todos os circuitos listados são inseridos em uma placa única.


Os circuitos para outros 16xE1 ou 32xE1 são inseridos no ALCplus2 IDU, um subrack RU, com
opções exp16E1 ou exp32E1.
Para o comutador Ethernet, consulte o capítulo 7 DESCRIÇÃO ALPLUS2 IDU para quaisquer
informações relevantes para as funcionalidades dos circuitos listados.

8.1.1 Comutador para as portas da ethernet

IDU interno está presente no comutador Ethernet com 4 portas externas (1000BaseT elétrico ou
1000BaseX óptico) A Porta 3 e Porta 4 possuem ambas as interfaces, a Porta 1 e Porta 2 são
somente elétricas.
As interfaces internas (4operational operacional em 6 presentes) estão disponibilizadas no painel
frontal. A porta interna é representada pelo fluxo de rádio local onde por meio do transporte
Ethernet nativo é conectada com o equipamento remoto.
Para as funcionalidades do comutador da Ethernet, consulte o capítulo 7 DESCRIÇÃO ALPLUS2 IDU.

8.1.2 Canais de Serviço


Nenhuma porta de canais de serviço está disponível para ALCplus2 IDU.

8.2 DIAGRAMAS DE BLOCO ALC


Na Fig.20,Fig.21 e Fig.22, você pode encontrar diagramas de bloco de ALCplus2 com expansão 32E1,
com expansão 16E1 e sem qualquer expansão.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 47


Comutador de Pacote
de Ethernet

Porta A

Rádio
E1 Permanente
até 60E1

Conexão Cruzada

E1 Extra até
19E1

Até 80E1

- Permanente = Alta Prioridade


- Extra = Baixa Prioridade

Fig.20, ALCplus2 com expansão 32E1, versão 1+0 e 1+1, digrama de bloco.

48 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Comutador de Pacote
de Ethernet

Porta A

Rádio

- Permanente = Alta Prioridade


- Extra = Baixa Prioridade

Fig.21, ALCplus2 com 2E1, versão 1+0 e 1+1, digrama de bloco.

Comutador de Pacote
de Ethernet

Porta A

Rádio

- Permanente = Alta Prioridade


- Extra = Baixa Prioridade

Fig.22, ALCplus2 com 16E1, versão 1+1, digrama de bloco.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 49


9 DESCRIÇÃO ODU

9.1 VERSÕES ODU

Duas versões ODU estão disponíveis: As e ASN.


Nas páginas seguintes as diferenças eventuais são apontadas.
O ODU (consulte a Fig.23) consiste de duas estruturas mecânicas de alumínio em formato de concha, uma
concha alojando todos os circuitos ODU, a outra formando a placa de cobertura.

No ODU são acessíveis:

• o conector de tipo “N” para o ODU E IDU de interface de cabo


• o conector “BNC” para a conexão para um multímetro com a finalidade de medir o comprimento
do campo recebido
• um parafuso de aterramento.
A configuração consiste em 1+1 de dois ODUs assegurados mecanicamente para um alojamento da
estrutura hibrida (ou unidade de subdivisão) para a conexão da antena.

9.1.1 AS ODU

O AS ODU é mostrado na Fig.23 (ODU único) e na Fig.24 (ODU 1+1 com unidade de subdivisão).

As características elétricas e mecânicas são listadas em um anexo distinto relevante para a frequência do
ODU.

9.1.2 ASN ODU

O ASN ODU é mostrado na Fig.23 (ODU único) e na Fig.24 (ODU 1+1 com unidade de subdivisão).
As características elétricas e mecânicas são listadas em um anexo distinto relevante para a frequência do
ODU.

9.2 DESCRIÇÃO

Os blocos que compõe o ODU são os que seguem:


• interface de cabo
• fornecimento de energia
• Seção Tx
• Seção Rx
• Unidade de Subdivisão 1+1

50 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


9.3 interface do cabo

A interface do cabo permite que o cabo se interconecte ao IDU para ODU e vice-versa.

Este recebe/transmite os seguintes sinais:

• 330 MHz (de IDU para ODU)


• 140 MHz (de ODU para IDU)
• 17.5 MHz (de IDU para ODU)

• 5.5 MHz (de ODU para IDU)


• fornecimento de energia remoto.
As portadoras moduladas de FSK de 17.5 MHz e 5.5 MHz, transportam o canal telemétrico. Este último
mencionado consiste de dois fluxos de 388 kbit/s, um a partir de IDU a ODU com as informações para
gerenciar o ODU (potência de RF, frequência RF, capacidade, etc...), enquanto o outro, a partir de ODU
a IDU, devolve as medições e alarmes do IDU do ODU. O gerenciamento do ODU é realizado por um
a µP.

9.4 FORNECIMENTO DE ENERGIA

A voltagem da bateria é diminuída a partir da interface do cabo, e, em seguida enviada a um


conversor DC/DC para gerar três voltagens de saída estabilizada a ser distribuídas para o circuito
ODU:
• +3.5 V

• uma voltagem compreende entre +6.2 V e +8.2 V para alimentar os amplificadores MMIC,
operando em bandas de frequências diferentes
• um –12 V por meio de um circuito reverso.
Cada voltagem é protegida contra sobrecorrente com reinicialização automática.
A proteção contra sobrevoltagem ocorre assim que a voltagem de saída aumenta mais de 15% com
relação à voltagem nominal. A reinicialização é automática.

9.5 SEÇÃO TX

Consulte o diagrama de blocos mostrado na Fig.25.

A portadora modulada QAM 330 MHz a partir da interface do cabo (consulte o capítulo 9.3 INTERFACE
DO CABO) é encaminhada para um acoplador, passando por meio de um equalizador de cabo para a
compensação de perda de cabo de até 40 dB em 330 MHz. O acoplador e a seguinte faixa de
passagem dão origem a uma segunda portadora Tx IF, cuja frequência depende do valor de
frequência de ida/retorno. O acoplador e do tipo SHP.
Todos os osciladores IF e RF locais são controlados por µP.

A portadora IF é convertida para RF, e, em seguida amplificada, utilizando um circuito MMIC. O


acoplador de conversão é do tipo SSB com seleção de banda lateral.
A potência na saída MMIC pode ser atenuada manualmente por 40 dB, 1 etapa dB step (20dB, 1dB
step para ODU ASN).

O ajuste automático é realizado, utilizando um ATPC (consulte o parágrafo 9.5.1 Operação ATPC para
obter mais detalhes). A potência de saída regulada é mantida constante contra a variação de ganho
de estágio do amplificador por um feedback, incluindo o AGC.
Antes de atingir a lateral da antena, o sinal RF na saída do MMIC por meio dos seguintes circuitos:
• um desacoplador mais detector de diodo para medir a potência de saída

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 51


• um circulador para proteger os estágios do amplificador contra possíveis incompatibilidades de
circuito.
• um comutador LIGA/DESLIGA para a operação 1+1

• um filtro passa-faixa de RF para o acoplamento da antena.


Um ajuste particular dos osciladores Tx e Rx RF permite obter um Loop de RF, gerenciado pelo
módulo do Controlador. O modo particular utilizado para realizar o loop de RF evita a necessidade
desativar o Transmissor remoto. O loop de RF está disponível em somente AS ODU.

9.5.1 Operação ATPC

O ATPC regula a potência de saída de RF do transmissor local, dependendo do valor do nível RF no


terminal remoto. O presente valor deve estar presente a partir do terminal local como limiar alto e
baixo. A diferença entre as duas limiares devem ser iguais ou maiores do que 3 dB.
Assim que o nível recebido cruza o presente nível baixo do limiar, (consulte Fig.28) devido ao
aumento da atenuação do salto, um microP no lado de recepção do terminal remoto devolve para o
terminal local um controle para aumentar a potência transmitida. A variação máxima de ATPC é de
40 dB (ODU AS, 20dB somente em ODU ASN)
Se a atenuação do salto diminui e a maior limiar é cruzada, então o controle enviado pelo microP
causa a diminuição da potência de saída.

9.6 SEÇÃO RX

O sinal RF a partir do filtro passa-faixa Rx é enviado para um amplificador de baixo ruído que
melhora a sensibilidade receptora. O seguinte conversor de descida traduz a frequência RF para
aproximadamente 765 MHz. O acoplador de conversão é do tipo SSB. A seleção da faixa lateral é
dada por meio de um controle µP.
Um seguindo conversor de descida gera a portadora de IF de 140 MHz a ser enviada ao demodulador
no IDU. O nível da portadora de IF é mantida constante para o tanque–5 dBm para os estágios do
amplificador IF, AGC controlado, distribuído na cadeia de IF. Além disso, o AGC proporciona uma
medição do nível de RF recebido.
Entre dois amplificadores, um filtro passa-faixa garante a seletividade requerida para o receptor.
e largura da banda depende da capacidade transmitida.

9.7 SISTEMA 1+1 Tx

Os dois ODUs são acoplador à lateral da antena via um híbrido balanceado e sem balanço.
A comutação 1+1 Tx ocorre na antena 1+1 hot stand-by ou nas 2 versões de antenas conforme
mostrada na Fig.26 e Fig.27.
A alteração do transmissor é do tipo eletromecânico e consiste de dois comutadores LIGA/DESLIGA
nos dois Os ODUs que garantem pelo menos isolamento de 40 dB no transmissor stand–by.

52 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Dentes de
Referência
Anéis de vedação O
Flange da Lateral ODU

Versão ASN

Parafuso de
aterramento

Versão AS

Fig. 23 - AS e ASN ODUs

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 53


Proteção contra o sol (opcional)

Versão ASN

Versão AS

Fig. 24 - Montagem 1+1 final com AS e ASN ODU

54 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Intensificar

Controle de
Atenuação de PTx
0 a 40 dB (ODU AS)
0 a 20 dB (ODU ASN)

Tipo N
Equaliza
Interface dor do

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


do Cabo Cabo

do Cabo
Controle e
Unidade

do Alarme

Gerenciamento
LO IF

Lado da

Loops de Comutação
Medição PRx Antena

Fig. 25 diagrama de bloco do ODU


Aproximadamente
765MHz

Variável Baixa
(dependendo
da capacidade)

55
Lateral Tx

Controle SW

Lateral Rx

Lateral da Antena

Lateral Tx

Controle SW

Lateral Rx

Fig. 26 1+1 hot stand-by 1


antena

Lateral Tx

Controle SW
Primeira Antena

Lateral Rx

Lateral Tx

Controle SW
Segunda Antena

Lateral Rx

Fig. 27 1+1 hot stand-by 2


antenas

56 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


PRx Remoto (dBm)

Local Remoto

Limiar alto
Ativação PTx Nível de registro
Limiar baixo de PRx

Controle PTx
Transmissão do

Controle PTx

Atenuação de salto (dB)


PTx Local
(dBm)

Max. PTx

40 db (ODU AS)
20 db (ODU ASN)
Variação ATPC

Min. PTx

Atenuação de salto (dB)

Fig. 28 - Operação ATPC

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 57


Seção 3.
INSTALAÇÃO

10 INSTALAÇÃO E PROCEDIMENTOS PARA GARANTIR


A COMPATIBILIDADE ELETROMAGNÉTICA

10.1 INFORMAÇÕES GERAIS A SER LIDA ANTES DA


INSTALAÇÃO

O equipamento é sistema de enlace de rádio montado separadamente (interno-externo), operando


nas faixas de frequência 4, 6, 7, 8, 13, 15, 18, 23, 25, 28 e 38 GHz, para capacidade de transporte
baixo, médio e alto (de 4 até 622 Mbit/s), designado para estabelecer as conexões LAN-LAN e acesso
PDH/SDH. Para mais detalhes relacionados à banda de frequência atual utilizada, refere-se ao rótulo
no equipamento.
O sistema é fornecido com uma antena integral; no entanto, caso a sua antena não for utilizada, o
sistema deve estar conectado em uma antena em conformidade com os requerimentos de ETSI EN
302 217-4-2 para a banda de frequência relevante.
O equipamento é composto pelas seguintes unidades
distintas:
• unidade de rádio (externa) com ou sem antena integral
• Banda de Base (interna)

O presente equipamento utiliza bandas de frequência não harmonizadas.


O equipamento de rádio de Classe 2 está sujeito à Autorização de uso. O equipamento pode
operar apenas em frequências autorizadas pela Autoridade Nacional relevante.

A implementação e o uso deste equipamento deste ser feita em conformidade com a


regulamentação nacional para a Proteção a Exposição ao Campo Eletromagnético.
O símbolo indica que, dentro da União Europeia, o produto está sujeito à coleta distinta no
término da vida útil. Não descarte esses produtos como lixo doméstico. Para obter mais
informações,entre em contato com o fornecedor para verificar o procedimento correto de eliminação.

58 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


10.2 GERAL
O equipamento consiste de unidades IDU e ODU(s) e é mecanicamente composto de um subrack
elétrico de 19” (IDU) e um container metálico a prova de modificações climáticas (ODU). As duas
unidades são fornecidas juntas em uma caixa de papelão adequada.
Antes de retirar o equipamento da embalagem, a instalação mecânica ocorre seguida pelas conexões
elétricas conforme descrita nos seguintes parágrafos.

10.3 INSTALAÇÃO MECÂNICA

10.3.1 Instalação IDU

Nas suas laterais, os subracks compõem várias versões de IDU que fornecem dois orifícios para a
fixação dos parafusos M6 do subracks em um rack ou em uma estrutura mecânica 19”. A parte
frontal da estrutura mecânica do IDU é fornecida com os orifícios nas laterais. Estes orifícios
possibilitam a fixação do subrack a um rack 19” por meio dos parafusos 4 M6.

10.3.2 Instalação IDU

O ALPlus2 – para evitar problemas com sobreaquecimento o espaço livre abaixo e acima de um IDU
deve ser de 44 mm (1RU) no mínimo.

O ALCPlus2 - IDUs pode ser empilhado.

10.4 FIAÇÃO ELÉTRICA


A fiação elétrica deve ser feita, utilizando cabos adequados, assegurando que o equipamento
responda às normas de compatibilidade eletromagnética.
O cabo termina em conectores volantes que devem ser conectados aos conectores correspondentes
na parte frontal do equipamento.
A posição e o pinout dos conectores do equipamento estão disponíveis nesta seção.
A Tab.10 exibe as características dos cabos a ser utilizados e os tipos de conectores
volantes.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 59


Tab.10 – Características dos Cabos

Tipo de conector que


Pontos de Interconexão Tipo de cabo/condutor
encerra o cabo

Conector fêmea 3W3 Seção de cada fio ≥ 2.5 sq.mm


Bateria a
Polarizado SUB–D

– 75 ohm cabo coaxial com 4.5


mm de diâmetro de blindagem
dupla de dielétrico em
polietileno expandido tipo 2YCC
0.4/2.5 ou equivalente
Sinais Tributários 1.0/2.3 conector macho – Como alternativa a opção
acima, 75 ohm de cabo coaxial
com blindagem dupla, diâmetro
3.1 mm dielétrico no tipo Teflon
RG179 B/U DS ou equivalente

–120 Ohm balanceado de quatro


pares simétricos com blindagem
–75 Ohm sem balanço de
quatro pares de cabos coaxial
25 pino SUB–D conector conexão blindada para pino de
Sinais Tributários
macho aterramento (consulte o
documento “11 ALPLUS2 CON-
NECTORS” para mais detalhes
sobre os pinos)

8 cabos condutores diferentes


SCSI 50 conector de para sinais 75 Ohm e 120 Ohm
Sinais Tributários
pino macho (IDU Plus)

9 cabos condutores com chapa


Conector Fêmea tipo D de chumbo dupla de tipo
Entrada do usuário/saída
com 9 pinos e suporte DB28.25 de intercondutor ou
do alarme
blindado equivalente

9 cabos condutores com chapa


Conector Fêmea tipo D de chumbo dupla de tipo
LCT/RS232 com 9 pinos e suporte DB28.10 de intercondutor ou
blindado equivalente

GND [ATERRAMENTO] Tipo Faston macho Área de seção ≥ 6 sq. mm.

a. É requerido um cabo de alimentação com o comprimento com mais de 20 m. Um seção


de 4 mm é requerida.

60 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


10.5 CONEXÕES PARA AS PRINCIPAIS FONTES DE
FORNECIMENTO

Durante a instalação final, o IDU deve ser protegido por um comutador termomagneto (não fornecido
com o equipamento), cujas características devem estar em conformidade com as leis em vigor do
país.
A desconexão a partir das principais fontes de fornecimento é realizada desconectando o conector SUB-D
3W3 a partir do IDU.

10.6 CONEXÃO ATERRADA

A Fig.29 e a legenda anexa mostra como realizar as conexões de aterramento.

Interno

Unidade IDU

Unidade ODU

Aterramento Aterramento
da Estação Local

Aterramento
Rack

Legenda

1 Ponto de Aterramento IDU , tipo faston. A área da seção cruzada do cabo utilizado deve ser
≥ 4 sq. mm. O faston está disponível em ambos os lados do IDU.

2 Parafuso de aterramento do ODU. A área da seção cruzada do cabo utilizado deve ser ≥ 16 sq.
mm.
3 O cabo de interconexão IDU–ODU do tipo Celflex CUH 1/4” com a extremidade com
conectores macho tipo N em ambos os lados.
4 Kit de aterramento tipo Cabel Metal ou similar para conectar o anteparo do cabo de interconexão.
5 O cabo de combinação (extremidade) terminado com conectores fêmea e macho SMA ou BNT.
6 Ponto de aterramento da bateria do IDU a ser conectado à terra por meio de um cabo com uma
área de seção de 2.5 sq. mm. Comprimento ≤ 10 m.

7 Fios de aterramento conectado a um aterramento interno da estação. A área da seção


cruzada do cabo utilizado deve ser ≥ 16 sq. mm.

Fig.29 – Conexão do Aterramento

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 61


11 CONECTORES ALPLUS2

11.1 PAINEL FRONTAL IDU

O painel frontal do IDU modular do ALplus2 é composto por painéis frontais dos módulos LIM, RIM e
Controlador Consulte Fig.30

11.1.1 Conectores LIM

• Porta 1 elétrica de Ethernet, 10/100/1000BaseT RJ45 (vide Tab.11)


• P o r t a 1 d a Ethernet, 100/1000BaseX SFP-LC
• Porta 2 elétrica de Ethernet, 10/100/1000BaseT RJ45 (vide Tab.11)
• Porta 3 da Ethernet, 100/1000BaseX SFP-C

A porta elétrica 1 e 2 podem ser configuradas via WEBLCT MDI ou MDIX.

• STM-1 1 in/out SFP


• STM-1 2 in/out

SFP O SFP pode ser I.1, S1.1, L1.1, L1.2, coaxial elétrico

1.0/2.3

• Tributário 1-8, 75 Ohm e 120 Ohm E1 in/out 50 pinos SCSI fêmea


(Tab.12 para 75Ohm e Tab.13 para 120Ohm)
• Tributário 9-16, 75 Ohm e 120 Ohm E1 in/out 50 pinos SCSI fêmea
(Tab.12 para 75Ohm e Tab.13 para 120Ohm)
As Interfaces E1, 75 Ohm e 120 Ohm estão presentes no mesmo conector (pinos diferentes).

11.1.2 Conectores RIM

• Conector para 50 Ohm interconexão para ODU SMA

• -48 Vdc alimentação de energia SUB-D 3W3 (pinout no painel)

11.1.3 Conectores do Controlador

• LCT, gerenciamento USB tipo B (receptáculo)


• RS232,gerenciamento 09 pinos machos de SUB-D (consulte Tab.14)
• USUÁRIO IN/OUT 09 pinos machos de SUB-D (consulteTab.15)
• MNGT/1, gerenciamento RJ45 (vide Tab.16)

62 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


• MNGT/2, gerenciamento RJ45 (consulte Tab.16) Porta MNGT/1 e

porta MNGT/2 ajusta o status de MDI ou MDIX automaticamente.

• C a n a i s d e S e r v i ç o CH1 RJ45 (consulte Tab.17, Tab.18, Tab.19)


• Canais de Serviço CH2 RJ45 (vide Tab.20)

• 2 Mbit/s margem, 120 Ohm E1 in/out RJ45 (vide Tab.21)

11.2 CONECTORES DE CORPO DE IDU

• Conexão aterrada 6.3 mm macho (Faston).

Ethernet Fornecimento
Porta 1 Porta 2 Porta 3 Cabo IDU-ODU de Energia

Gerenciamento / Configuração de Liga / Desliga


Configuração Gerenciamento Canal de Margem
4 usuários IN Serviço
2 alarme OUT

Fig.30 – Painel Frontal de IDU ALplus2

Tab.11 - 10/100/1000BaseT, RJ45

Função
Pino RJ45
10/100BaseT 1000BaseT

1 Par trançado IN_P BI_DB+

2 Par trançado IN_N BI_DB-

3 Par trançado OUT_P BI_DA+

4 nc BI_DD+

5 nc BI_DD-

6 Par trançado OUT_N BI_DA-

7 nc BI_DC+

8 nc BI_DC-

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 63


Tab.12 - 8xE1, 50 pino SCSI fêmea 75 Ohm

Pino 75 Ohm

48 Aterramento A

23 Tributário 1/9 entrada

50 Aterramento A

25 Tributário 1/9 saída

47 Aterramento A

22 Tributário 2/10 entrada

45 Aterramento A

20 Tributário 2/10 saída

42 Aterramento A

17 Tributário 3/11 entrada

43 Aterramento A

18 Tributário 3/11 saída

40 Aterramento A

15 Tributário 4/12 entrada

39 Aterramento A

14 Tributário 4/12 saída

36 Aterramento B

11 Tributário 5/13 entrada

37 Aterramento B

12 Tributário 5/13 saída

34 Aterramento B

9 Tributário 6/14 entrada

33 Aterramento B

8 Tributário 6/14 saída

29 Aterramento B

4 Tributário 7/15 entrada

31 Aterramento B

6 Tributário 7/15 saída

28 Aterramento B

3 Tributário 8/16 entrada

26 Aterramento B

1 Tributário 8/16 saída


Observação: Junte o pino 44 com o pinos de aterramento A, junte o pino 32 com pinos de aterramento B.

Fig.31 - Tributário Pinout 50 pinos SCSI fêmea

64 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Tab.13 - 8xE1, 50 pino SCSI fêmea 120 Ohm)

Pin 120 Ohm

49 Tributário 1/9 entrada

23 Tributário 1/9 entrada

44 Aterramento A

24 Tributário 1/9 saída

25 Tributário 1/9 saída

44 Aterramento A

21 Tributário 2/10 entrada

22 Tributário 2/10 entrada

44 Aterramento A

46 Tributário 2/10 saída

20 Tributário 2/10 saída

44 Aterramento A

16 Tributário 3/11 entrada

17 Tributário 3/11 entrada

44 Aterramento A

19 Tributário 3/11 saída

18 Tributário 3/11 saída

44 Aterramento A

41 Tributário 4/12 entrada

15 Tributário 4/12 entrada

44 Aterramento A

13 Tributário 4/12 saída

14 Tributário 4/12 saída

44 Aterramento A

10 Tributário 5/13 entrada

11 Tributário 5/13 entrada

32 Aterramento B

38 Tributário 5/13 saída

12 Tributário 5/13 saída

32 Aterramento B

35 Tributário 6/14 entrada

9 Tributário 6/14 entrada

32 Aterramento B

7 Tributário 6/14 saída

8 Tributário 6/14 saída

32 Aterramento B

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 65


5 Tributário 7/15 entrada

4 Tributário 7/15 entrada

32 Aterramento B

30 Tributário 7/15 saída

6 Tributário 7/15 saída

32 Aterramento B

27 Tributário 8/16 entrada

3 Tributário 8/16 entrada

32 Aterramento B

2 Tributário 8/16saída

1 Tributário 8/16 saída

32 Aterramento B

Fig.32 - Tributário Pinout 50 pinos SCSI fêmea

Tab.14 – Pino macho RS232 SUB-D 9

Pino Descrição

1 DCD (IN)

2 RD (IN)

3 TD (OUT)

4 DTR (OUT)

5 GND [ATERRAMENTO]

6 Não conectado

7 RTS (OUT)

8 CTS (IN)

9 Não conectado

66 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Tab.15 – Pino macho SUB-D 9 USER IN/OUT

Pino Descrição

1 contato do relé C - ramal 1

2 contato do relé NA/NC - ramal 1

3 contato do relé C - ramal 2

4 contato do relé NA/NC - ramal 2

5 Entrada do Usuário 01

6 Entrada do Usuário 02

7 Entrada do Usuário 03

8 Entrada do Usuário 04

9 Aterramento

Tab.16 – Pinout do Conector MNGT/1 e MNGT/2 100BaseT para conexão


Ethernet 10/100BaseT (RJ45)

Pino Descrição

1 Tx+

2 Tx-

3 Rx+

4 --

5 --

6 Rx-

7 --

8 --

Tab.17 – Pinout do conector CH1 para 9600 bit/s (RJ45) interface V.24
síncrona

Pino Descrição

1 CKTx (OUT)

2 TD (IN)

3 DTR (IN)

4 DSR (OUT)

5 GND [ATERRAMENTO]

6 RD9600 (OUT)

7 CKRx (OUT)

8 DCD (OUT)

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 67


Tab.18 – Pinout do conector CH1para assíncrono 9600 bit/s interface V.24
interface (RJ45)

Pino Descrição

1 --

2 TxD (IN)

3 DTR (IN)

4 DSR

5 GND [ATERRAMENTO]

6 RxD (OUT)

7 --

8 DCD (OUT)

Tab.19 – Pinout do conector CH1 para 1x9600 ou 2x4800 kbit/s interface


V.28 (RJ45)

Pino Descrição

1 --

2 TD (1° ch 9600 ou 4800) (IN)

3 TD (2° ch 4800) (IN)

4 --

5 GND [ATERRAMENTO]

6 RD (1° ch 9600 ou 4800) (OUT)

7 --

8 RD (2° ch 4800) (OUT)

Tab.20 – Pinout do Conector CH2 para o canal 64 kbit/s – Interface V.11


(RJ45)

Pino Descrição

1 D-V11-Tx

2 D+V11-Tx

3 C-V11-Tx

4 C+V11-Tx

5 D-V11-Rx

6 D+V11-Rx

7 C-V11-Rx

8 C+V11-Rx

68 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Tab.21 – 2 Pinout do conector de margem Mbit/s (RJ45)

Pino Descrição

1 Tx-C (IN) comum

2 TX-F (IN) 120 Ohm

3 GND [ATERRAMENTO]

4 TX-F (IN) 75 Ohm

5 Rx-C (OUT) comum

6 Rx-F (OUT) 120 Ohm

7 GND [ATERRAMENTO]

8 Rx-F (OUT) 75 Ohm

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 69


12 CONECTORES ALCPLUS2
12.1 PAINEL FRONTAL IDU

O painel frontal do ALCplus2 IDU é composto por vários conectores, dependendo da versão do IDU:
No seguinte tipo de conector o pinout relevante são listados. No corpo de cada IDU há a conexão de
aterramento: 6.3mm macho (Faston).

12.2 ALCplus2 1+0/1+1 AI0157/GAI0152)

Na Fig.8 e Fig.9 são mostradas as versões 1+0 e 1+1. Os seguintes conectores estão
disponíveis:

• MNGT1, gerenciamento 2 RJ45 (Tab.16)


Porta MNGT 1, 2 ajusta o status de MDI
ou MDIX automaticamente

• 10/100/1000BaseT elétrica das portas 1, RJ45 (vide Tab.11)


2, 3 e 4 da LAN podem ser configuradas
MDI ou MDIX via WEBLCT
• LAN porta 3, 4 100/1000BaseX SFP-LC
• A e B tributário RJ45 (vide Tab.22)
• LCT, gerenciamento USB tipo B (receptáculo)

• USUÁRIO IN/OUT 09 pinos machos de SUB-D (consulte Tab.23)


• Conector para 50 Ohm interconexão SMA
para ODU 1 conector 1+0, 2conectores
em 1+1

• -48 Vdc alimentação de energia 1 SUB-D 3W3 (pinout no painel)


1
conector 1+0, 2 conectores em 1+11

Tab.22 – Conector Trib A, B

PIN RJ45 Função

1 Rx-F (OUT) 120 Ohm

2 Rx-C (OUT) 120 Ohm comum

3 GND [ATERRAMENTO]

4 Tx-F (IN) 120 Ohm

5 Tx-C (IN) 120 Ohm comum

6 Tx-F (IN) 75 Ohm

7 GND [ATERRAMENTO]

8 Rx-F (OUT) 75 Ohm

1
Em 1+1, os dois conectores de fornecimento de energia estão em paralelo

70 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Tab.23 - SUB-D 9 pino macho USER IN/OUT

PIN RJ45 Função

1 Contato do Relé C

2 Contato do Relé NO

3 Entrada do Usuário 01

4 Entrada do Usuário 02

5 Aterramento

6 Não utilizar

7 Contato do Relé NC

8 Não conectado

9 Não utilizar

12.3 ALCplus2 16E1 1+0/1+1 (GAI0155/GAI0156)

Na Fig.10 e Fig.11 são mostradas as versões 1+0 e 1+1. Os seguintes conectores estão presentes:

• MNGT1, gerenciamento 2
Porta MNGT 1, 2 ajusta o status de MDI ou MDIX RJ45 (vide Tab.16)
automaticamente

• 10/100/1000BaseT elétrica das portas 1, 2, 3 e 4


da LAN podem ser configuradas DI ou MDIX via
WEBLCT RJ45 (vide Tab.11)
• LAN porta 3, 4 100/1000BaseX SFP-LC
• A e B tributário RJ45 (vide Tab.22)
• LCT, gerenciamento USB tipo B (receptáculo)

• USUÁRIO IN/OUT 09 pinos machos de SUB-D (consulte Tab.23)


• Trib 1/8, 9/16
Interfaces E1, 75 Ohm e 120 Ohm estão presentes Fêmea SCSI de 50 pinos (Tab.12 para 75 Ohm e
nos mesmos conectores (pinos diferentes) Tab.13 para 120 Ohm)

• Conector para 50 Ohm interconexão para ODU 1


conector 1+0, 2conectores em 1+1 SMA
• -48 Vdc alimentação de energia 1 conector 1+0,
2 conectores em 1+11 SUB-D 3W3 (pinout no painel)

12.4 ALCplus2 NODAL 1+0/1+1 (GAI0163/GAI0162)

Na Fig.14 e Fig.15 são mostradas as versões 1+0 e 1+1. Os seguintes conectores estão presentes:
• MNGT1, 2, gerenciamento
Porta MNGT 1, 2 ajusta o status de MDI ou MDIX RJ45 (vide Tab.16)
automaticamente
• 10/100/1000BaseT elétrica das portas 1, 2, 3 e 4
da LAN podem ser configuradas
MDI ou MDIX via WEBLCT RJ45 (vide Tab.11)

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 71


• STM-1 1, 2 in/out SFP pode ser I.1, S1.1, L1.1, SFP
L1.2, 1.0/2.3 coaxial elétrico
• LAN porta 3, 4 100/1000BaseX SFP-LC
• A e B tributário RJ45 (vide Tab.22)
• N-BUS 1, 2 conexões entre IDUs somente por F03471
meio do cabo SIAE

• LCT, gerenciamento USB tipo B (receptáculo)


• USUÁRIO IN/OUT 09 pinos machos de SUB-D (consulte Tab.23)
• Trib 1/8, 9/16 Fêmea SCSI de 50 pinos (Tab.12 para 75
Interfaces E1, 75 Ohm e 120 Ohm estão Ohm e Tab.13 para 120 Ohm)
presentes nos mesmos conectores (pinos
diferentes)
• Conector para 50 Ohm interconexão para ODU 1 SMA
conector 1+0, 2conectores em 1+1

• -48 Vdc alimentação de energia 1 conector 1+0, 2 SUB-D 3W3 (pinout no painel)
conectores em 1+11

12.5 ALCplus2 32E1 1+0/1+1 GAI0169/GAI0168)

Na Fig.12 e Fig.13 são mostradas as versões 1+0 e 1+1. Os seguintes conectores estão
presentes:
• MNGT1, 2, gerenciamento Porta MNGT 1, 2 RJ45 (vide Tab.16)
ajusta o status de MDI ou MDIX automaticamente
• 10/100/1000BaseT elétrica das portas 1, 2, 3 e 4 RJ45 (vide Tab.11)
da LAN podem ser configuradas MDI ou MDIX via
WEBLCT
• STM-1 1, 2 in/out SFP pode ser I.1, S1.1, L1.1, SFP
L1.2, 1.0/2.3 coaxial elétrico
• LAN porta 3, 4 100/1000BaseX SFP-LC
• A e B tributário RJ45 (vide Tab.22)
• N-BUS 1, 2 conexões entre IDUs somente por F03471
meio do cabo SIAE
• LCT, gerenciamento USB tipo B (receptáculo)
• USUÁRIO IN/OUT 09 pinos machos de SUB-D (consulte Tab.23)
• Trib 1/8, 25/32 Interfaces E1, 75 Ohm e 120 Fêmea SCSI de 50 pinos (Tab.12 para 75 e
Ohm estão presentes nos mesmos conectores Tab.13 para 120 Ohm)
(pinos diferentes)

• Conector para 50 Ohm interconexão para ODU 1 SMA


conector 1+0, 2conectores em 1+1
• -48 Vdc alimentação de energia1 conector 1+0, 2 SUB-D 3W3 (pinout no painel)
conectores em 1+11

72 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


13 INSTALAÇÃO NO PÓLO DO ODU COM ANTENA
SEPARADA

13.1 KIT DE INSTALAÇÃO

Os seguintes kits de instalação são fornecidos com o equipamento, dependendo das diferentes versões:

• V e r s ã o 1+0
- Correias antideslizantes (consulte Fig.33)
- suportando a placa mais o polo 60–114 mm, fixando a braçadeira e parafusos e porcas relevantes
(consulte Fig.34)
- Adaptando as ferramentas e porcas e parafusos relevantes para o polo 219 mm (consulte Fig.35)
- Sistema de fixação de Banda-it (consulte Fig.38)
- Flange lateral da antena, variável como a função de frequência de RF (consulte Fig.36)
- Suporte com mecanismo de travamento rápido do ODU (consulte Fig.34)
- Conectando a antena com guia de onda flexível e uso possível de um cotovelo rígido
(opcional) (consulte Fig.36)
- kit para conexão de aterramento como parte integrante do ODU
• 1+0 versão (6 GHz somente)
Além dos itens anteriores, um adaptador de flange específico (kit V32409) deve ser utilizado
(consulte Fig.44). O flange é UDR70.
• Versão 1+1
- Correias antideslizantes (consulte Fig.33)
- suportando a placa mais o polo 60-114 mm, fixando a braçadeira e parafusos e porcas relevantes
(consulte Fig. 34)

- Adaptando as ferramentas e porcas e parafusos relevantes para o polo 219 mm (consulte Fig.35)
- híbrido com mecanismo de travamento rápido do ODU (consulte Fig.37)
- Tronco de guia de onda flexível para a conexão da antena (opcional) (consulte Fig.36)

- kit para conexão de aterramento como parte integrante de dois ODUs


• 1+1 versão (6 GHz somente)
Além dos itens anteriores, um adaptador de flange específico (kit V32415) deve ser utilizado
(consulte Fig.45). O flange é UDR70.
AVISO: Para evitar danos aos guias de onda flexíveis, não dobre ou torça-os além dos valores
especificados como limite nas instruções de instalação do fornecedor de guia de onda.
No caso do uso de guia de onda flexível, a Tab.26 exibe o raio de curvatura máxima.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 73


13.2 FERRAMENTAS REQUIRIDAS PARA A MONTAGEM (NÃO
FORNECIDAS)

• N.2 13mm chave de torque


• N.1 15 chave de torque
• N.1 17 chave de torque
• N.1 3 chave Allen
AVISO: Se a operação de aparafusar se diz respeito a mais de um parafuso sem porca ou parafuso de
porca, aperte subsequentemente todos e seus opostos, passo a passo.

13.3 PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO

O procedimento de instalação ocorre de acordo com as seguintes etapas:


• Versão 1+0: Instalação no polo da placa de suporte2

• Versão 1+0: Instalação no polo da placa de suporte por Banda-it


• Versão 1+1: Instalação no polo da placa de suporte2

• Instalação do ODU (comum para as ambas as versões 1+0 e 1+1)

• aterramento ODU

1+0 versão - Instalação no polo da placa de suporte

Fig.33 – Montagem da correia antideslizante ao redor do polo. A posição dos bloqueios plásticos
depende da posição da placa de suporte (vide próxima etapa)
Fig.34 – Unir a placa do suporte aos bloqueios plásticos da correia antideslizante, e, sem seguida
firma a placa ao polo por meio de braçadeiras de fixação para o polo 60–114 mm (consulte Fig.34).
Parafuso e roscas são disponibilizadas na placa de suporte. O torque de aperto deve ser 32 Nm.
AVISO: Conforme mostrado na Fig.35, um kit adaptador deve ser utilizado para o polo 219 mm.
Este consiste de uma placa adicional para aumentar a dimensão da placa de suporte padrão e o
parafuso em U para a fixação do polo 219 mm.
Fig.36 – Fixar a guia de onda flexível para o flange lateral da antena. Quatro parafusos de fixação
são disponibilizados. As dimensões que dependem do tipo de guia de onda. Parafuse progressiva e
alternativamente os quatro parafusos com o seguinte torque:

Tab.24 – Torques para aperto dos parafusos

Frequências Parafuso Ferramenta Torque

de 18 a 38 GHz Parafuso Allen M3 Chave Allen 2.5 mm 1 Nm

até 15 GHz Parafuso Allen M4 Chave Allen 3 mm 2 Nm

Fig.36 – Fixar o flange lateral da antena ao suporte com mecanismo de travamento rápido de ODU. O
flange pode ser montado na horizontal (conforme mostrado na Fig.36) ou na vertical conforme a
função de conveniência.
Fig.37 – Fixar o suporte com o mecanismo de travamento rápido de ODU à placa de suporte,
utilizando os parafusos e porcas disponíveis. A Fig.37 mostra as posições possíveis. O torque de
aperto deve ser 18 Nm.

2
2
No caso do polo 219 mm, um kit de adaptação é fornecido para a finalidade.

74 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


1+0 versão - Instalação no polo da placa de suporte por Banda-it

No caso da instalação 1+0 ODU, um kit de montagem de polo Banda-it pode ser utilizado: Por meio
dos slots (consulte Fig.38) na placa de suporte de duas bandas metálicas prendem a placa no polo.
As características da banda são:
• espessura 0.76 mm.

• largura 19 mm.
É possível também utilizar o sistema antideslizante (opcional).

1+1 versão - Instalação no polo da placa de suporte

Fig.33 –Montar a correia antideslizante ao redor do polo. A posição dos bloqueios plásticos depende
da posição da placa de suporte (vide próxima etapa)
Fig.34 – Posicionar a placa do suporte aos bloqueios plásticos da correia antideslizante, e, em
seguida firmar a placa ao polo por meio de braçadeiras de fixação para o polo 60–114 mm (consulte
Fig.34). \os Parafusos e roscas são disponibilizadas no kit da placa de suporte. O torque de aperto
deve ser 32 Nm.
Fig.39 – Fixar o suporte com o mecanismo de travamento rápido de ODU à placa de suporte,
utilizando os parafusos e porcas disponíveis. O torque de aperto deve ser 18 Nm.
Remover o plástico que cobre as laterais do flange
híbrido.
AVISO: Não remova a folha das laterais do flange híbrido.
Fig.39 - Fixar a guia de onda flexível para o flange lateral da antena. Quatro parafusos de fixação
são disponibilizados. As dimensões que dependem do tipo de guia de onda. Parafuse progressiva e
alternativamente os quatro parafusos com o seguinte torque:

Tab.25 – Torques para aperto dos parafusos

Frequência Parafuso Ferramenta Torque

de 18 a 38 GHz Parafuso Allen M3 Chave Allen 2.5 mm 1 Nm

até 15 GHz Parafuso Allen M4 Chave Allen 3 mm 2 Nm

AVISO: Aconselha-se ajustar o tronco flexível da guia de onda, conectando o flange ODU com os
flanges da antena conforme mostrado na Fig.42. Tal procedimento evita possível condensação a ser
canalizada em direção do flange ODU.

Instalação do ODU

1 Remover o plástico que cobre as laterais do flange do ODU. Aplicar graxa silicone, por exemplo,
RHODOSIL PATE tipo 4 para o Anel de vedação O de Fig.41.
AVISO: Não remova a folha das laterais do flange.

2 Carregue o ODU com as duas mãos e posicione a alça do ODU no lado inferior.

3 Posicione o corpo do ODU próximo ao suporte com o mecanismo de travamento rápido ODU
e alinhe o flange lateral ODU (consulte Fig.41) com o flange lateral da antena (consulte Fig.36
– versão 1+0) ou com o flange lateral híbrido (consulte Fig.39 – versão 1+1).
Observação: Para a versão 1+0, o ODU pode assumir posições da Fig.40, dependendo da
polarização.
4 Com relação ao alinhamento do flange, rotacione o corpo do ODU aproximadamente a 30° anti-
horário, e, em seguida insira o corpo ODU no suporte e alinhe entre o dente de referência no
suporte (consulte Fig.36 – versão 1+0 ou Fig.39 – versão 1+1) e o dente de referência do corpo
ODU (consulte os detalhes na Fig.41)
5 Quando o alinhamento é atingido, rotacione o corpo do ODU no sentido horário até um
“clack”ser ouvido e, assim cessar a rotação do ODU.
6 Prenda o corpo do ODU no suporte, parafusando os parafusos (1) (consulte Fig.36 – versão
1+0 ou Fig.39 – versão 1+1). O torque de aperto deve ser 6 Nm.
A montagem final da versão 1+1 é mostrada na Fig.42. Uma montagem parasol é opcional.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 75


O ODU deve ser conectado ao solo fazendo referencia aos detalhes da Fig.43.

Tab.26 – Raio de curvatura da guia de onda de acordo com a frequência

Raio de Curvatura Raio de Curvatura Raio de Raio de


sem nova sem nova Curvatura sem Curvatura sem
Frequência
curvatura em mm curvatura em mm nova curvatura nova curvatura
(pol) (pol) em mm (pol) em mm (pol)
E-plane a H-plane b E-plane a. H-plane b.
6 GHz ou 7 GHz 200 (7.9) 500 (19.8) 300 (11.9) 600 (23.7)
baixo

7 GHz alto 200 (7.9) 500 (19.8) 250 (9.9) 600 (23.7)

11 GHz 130 (5.1) 280 (11.0) 150 (5.9) 300 (11.9)

13 GHz 130 (5.1) 280 (11.0) 150 (5.9) 300 (11.9)

15 GHz 130 (5.1) 280 (11.0) 150 (5.9) 300 (11.9)

18 GHz 130 (5.1) 280 (11.0) 150 (5.9) 300 (11.9)

23 GHz 110 (4.3) 230 (9.1) 130 (5.1) 250 (9.9)

38 GHz 80 (3.1) 140 (5.5) 90 (3.6) 150 (5.9)

a. Curvatura E-plane

Rmin/E
Curvatura E-plane
(lateral curta da seção)

b. Curvatura H-plane

Rmin/H
Curvatura H-plane
(Lateral longa da seção)

76 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Bloqueios de plástico
Correia antideslizante

Fig. 33 - Correia antideslizante

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 77


Utilize chave 17 mm
(32Nm de torque)

Placa de Suporte

Utilize chave 15 mm
(32Nm de torque)

Fig.34 - 60–Polo 114 mm de fixação da placa de suporte

78 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Fig.35 –Kit de adaptação para o polo 219 mm

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 79


Na opção

Flange Lateral da Antena

Suporte com mecanismo de travamento


rápido

Dentes de referência

Dentes de referência

Posição do flange da
lateral da antena

1 13 mm de chave
6 Nm de torque
Fig. 36 – Posição de Montagem

80 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Kit de adaptação para polo 219
mm

Fig.37 – Possíveis posições do suporte com o mecanismo de travamento rápido ODU

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 81


Fig.38 – Kit de montagem do Polo de Banda-it

82 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Utilize 13 mm de chave
(18 Nm de torque)

Híbrido com mecanismo de


travamento rápido do ODU
mm

Dentes de Referência Dentes de Referência


mm mm

Guia de onda opcional


mm

Fig.39 – Instalação no polo da placa de suporte

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 83


Vertical Horizontal

Fig.40 – Posição do corpo ODU, dependendo da polarização para 1+0. Para 1+1, a polarização é
sempre na vertical: alças no lado esquerdo.

84 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Dentes de
Referência
Anel de vedação O
Flange lateral ODU

Versão ASN
mm

Aterramento do Parafuso
mm

Versão AS
mm

Fig. 41 - dentes de referência do corpo ODU

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 85


Proteção contra o sol (opcional)
mm Versão ASN
mm

Versão AS
mm

Fig.42 – Montagem Final ODU da versão 1+1

86 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Versão ASN
mm

Versão AS
mm

Fig. 43 – Aterramento ODU

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 87


Mola
mm

Arruela

Parafuso M5X25
mm

Flange da antena UDR70


mm

Parafuso M4X8mm

Fig.44 - Kit V32409

88 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Flange UDR70

Parafuso M4X18

Arruela

Mola

Anel de vedação O

Híbrido 6 GHz (balanceado ou


desbalanceado)

Fig.45 - Kit V32415

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 89


14 INSTALAÇÃO NA PAREDE DO ODU COM ANTENA
SEPARADA

14.1 KIT DE INSTALAÇÃO

Os seguintes kits de instalação são fornecidos com o equipamento, dependendo das diferentes versões:
• Versão 1+0
- Placa de suporte da parede com placas de extensão de superfície adicionais (consulte Fig.46)
- Flange lateral da antena, variável como a função de frequência de RF (consulte Fig.47)
- Suporte com mecanismo de travamento rápido do ODU (consulte Fig.47)
- Conectando a antena com guia de onda flexível e uso possível de um cotovelo rígido
(opcional) (consulte Fig.47)
- kit para conexão de aterramento como parte integrante do ODU

• 1+0 versão (6 GHz somente)


Além dos itens anteriores, um adaptador de flange específico (kit V32409) deve ser utilizado
(consulte Fig.54). O flange é UDR70.
• Versão 1+1
- Placa de suporte com ferramentas de extensão de superfície adicionais (consulte Fig.46)

- híbrido com mecanismo de travamento rápido do ODU (consulte Fig.49)


- Conectando a antena com guia de onda flexível e uso possível de um cotovelo rígido
(opcional) (consulte Fig.47)
- kit para conexão de aterramento como parte integrante de dois ODUs
• 1+1 versão (6 GHz somente)
Além dos itens anteriores, um adaptador de flange específico (kit V32415) deve ser utilizado
(consulte Fig.55). O flange é UDR70.
No caso do uso de guia de onda flexível, a Tab.29 exibe o raio de curvatura máxima.

14.2 FERRAMENTAS REQUIRIDAS PARA A MONTAGEM (NÃO


FORNECIDAS)

• chave de torque N.2 13mm


• chave de torque N.1 15mm
• chave de torque N.1 17mm

• chave Allen N.1 3mm


AVISO: Se a operação de aparafusar se diz respeito a mais de um parafuso sem porca ou parafuso de
porca, aperte subsequentemente todos e seus opostos, passo a passo.

90 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


14.3 PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO

O procedimento de instalação ocorre de acordo com as seguintes etapas:


• Versão 1+0: Instalação na parede da placa de suporte
• Versão 1+1: Instalação na parede da placa de suporte
• Instalação do ODU (comum para as ambas as versões 1+0 e 1+1)
• aterramento ODU

1+0 versão - Instalação no polo da placa de suporte

Fig.46 – Fixar a placa de suporte nas duas placas de extensão fornecidas para aumentas a superfície

de contato da parede.

Fig.46 – Prender a placa de suporte na parede, utilizando os parafusos adequados.

A Fig.47 – Fixar a guia de onda flexível para o flange lateral da antena. Quatro parafusos de fixação
são disponibilizados. As dimensões que dependem do tipo de guia de onda. Parafuse progressiva e
alternativamente os quatro parafusos com o seguinte torque:

Tab.27 - Torques para aperto dos parafusos

Frequência Parafuso Ferramenta Torque

de 18 a 38 GHz Parafuso Allen M3 Chave Allen 2.5 mm 1 Nm

até 15 GHz Parafuso Allen M4 Chave Allen 3 mm 2 Nm

Fig.47 – Fixar o flange lateral da antena ao suporte com mecanismo de travamento rápido de ODU. O
flange pode ser montado na horizontal (conforme mostrado na Fig.47) ou na vertical conforme a
função de conveniência.
Fig.48 – Fixar o suporte com o mecanismo de travamento rápido de ODU à placa de suporte,
utilizando os parafusos e porcas disponíveis. A Fig.48 mostra as três posições possíveis. O torque de
aperto deve ser 18 Nm.

1+1 versão - Instalação na parede da placa de suporte

Fig.46 – Fixar a placa de suporte nas duas placas de extensão fornecidas para aumentas a superfície

de contato da parede.

Fig.46 – Prender a placa de suporte na parede, utilizando os parafusos adequados.

Fig.49 – Fixar o suporte com o mecanismo de travamento rápido de ODU à placa de suporte,
utilizando os parafusos e porcas disponíveis. O torque de aperto deve ser 18 Nm.
Remover o plástico que cobre as laterais do flange híbrido.
AVISO: Não remova a folha das laterais do flange híbrido.
A Fig.49 – Fixar a guia de onda flexível para o flange lateral da antena. Quatro parafusos de fixação
são disponibilizados. As dimensões que dependem do tipo de guia de onda. Parafuse progressiva e
alternativamente os quatro parafusos com o seguinte torque:

Tab.28 - Torques para aperto dos parafusos

Frequência Parafuso Ferramenta Torque

de 18 a 38 GHz Parafuso Allen M3 Chave Allen 2.5 mm 1 Nm

A partir de 15 GHz Parafuso Allen M4 Chave Allen 3 mm 2 Nm

AVISO: Aconselha-se ajustar o tronco flexível da guia de onda, conectando o flange ODU com os
flanges da antena conforme mostrado na Fig.52. Isto evita possíveis condensações a serem
canalizadas em direção do flange ODU

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 91


Instalação do ODU

1 Remover o plástico que cobre as laterais do flange do ODU. Aplicar graxa silicone, por exemplo,
RHODOSIL PATE tipo 4 para o Anel de vedação O da Fig.51.
AVISO: Não remova a folha das laterais do flange.
2 Carregue o ODU com as duas mãos e posicione a alça do ODU no lado inferior.

3 Posicione o corpo do ODU próximo ao suporte com o mecanismo de travamento rápido ODU e
alinhe o flange lateral ODU (consulte Fig.51) com o flange lateral da antena (consulte Fig.47 –
versão 1+0) ou com o flange lateral híbrida (consulte Fig.49 – versão 1+1).
Observação: Para a versão 1+0, o ODU pode assumir posições da Fig.50, dependendo da polarização.
4 Com relação ao alinhamento do flange, rotacione o corpo do ODU aproximadamente a 30° anti-
horário, e, em seguida insira o corpo ODU no suporte e alinhe entre o dente de referência no
suporte (consulte Fig.47 – versão 1+0 ou Fig.49 – versão 1+1) e dente de referência do corpo
ODU (consulte os detalhes na Fig.51)
5 Quando o alinhamento é atingido, rotacione o corpo do ODU no sentido horário até um
“clack”ser ouvido e, assim cessar a rotação do ODU.
6 Prenda o corpo do ODU no suporte, parafusando os parafusos (1) (consulte Fig.47 – versão 1+0
ou Fig.49 – versão 1+1). O torque de aperto deve ser 6 Nm.
A montagem final da versão 1+1 é mostrada na Fig.52. Uma montagem parasol é opcional.

92 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


14.4 ATERRAMENTO

O ODU deve ser conectado ao solo fazendo referencia aos detalhes da Fig.53.

Tab.29 – Raio de curvatura da guia de onda de acordo com a frequência

Raio de Curvatura Raio de Curvatura Raio de Curvatura Raio de Curvatura


sem nova curvatura sem nova curvatura sem nova sem nova
Frequência em mm (pol) em mm (pol) curvatura em mm curvatura em mm
E-plane a H-plane b (pol) (pol)
E-plane a. H-plane b.

6 GHz ou 7 GHz
200 (7.9) 500 (19.8) 300 (11.9) 600 (23.7)
baixo
7 GHz alto 200 (7.9) 500 (19.8) 250 (9.9) 600 (23.7)
11 GHz 130 (5.1) 280 (11.0) 150 (5.9) 300 (11.9)
13 GHz 130 (5.1) 280 (11.0) 150 (5.9) 300 (11.9)
15 GHz 130 (5.1) 280 (11.0) 150 (5.9) 300 (11.9)
18 GHz 130 (5.1) 280 (11.0) 150 (5.9) 300 (11.9)
23 GHz 110 (4.3) 230 (9.1) 130 (5.1) 250 (9.9)
38 GHz 80 (3.1) 140 (5.5) 90 (3.6) 150 (5.9)

a. Curvatura E-plane

Rmin/E
Curvatura E-plane
(lateral curta da seção)

b. Curvatura H-plane

Rmin/H
Curvatura H-plane
(Lateral longa da seção)

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 93


Placa de Extensão

Placa de Suporte

Rosca e parafuso M8

Outra possível fixação

Fig. 49 – Placa de suporte de parede

94 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Em opção

Flange lateral da antena

Suporte com mecanismo de


travamento rápido ODU

Dente de referência

Dente de referência

13 MM chave
6 Nm torque

Posição do flange
lateral da antena

Fig.47 – Suporte com mecanismo de travamento rápido do ODU

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 95


Fig.48 – Possíveis posições de montagem

96 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Utilize 13 mm de chave
(18 Nm de torque)

Híbrido com mecanismo de


travamento rápido do ODU

Dente de referência Dente de referência

Guia de onda opcional

Fig.49 – Instalação na parede da placa de suporte

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 97


Vertical Horizontal

Fig.50 – Posição do corpo ODU, dependendo da polarização para 1+0. Para 1+1, a polarização é
sempre na vertical: alças no lado esquerdo.

98 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Dente de
Referência

Anel de vedação O
Flange lateral do ODU

Versão ASN

Parafuso de Aterramento

Versão AS

Fig.51 – Dente de referência do corpo do ODU

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 99


Proteção contra
Sol (opcional)

Versão ASN

Versão AS

Fig. 52 – Montagem do ODU Final da versão 1+1

100 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Versão ASN

Versão AS

1 Parafuso
2 Arruela de Pressão
3 Arruela Plana
4 Colar do Cabo de Aterramento
5 Arruela Plana

Fig. 53 - Aterramento ODU

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 101


Mola

Arruela

Parafuso M5X25

Flange da antena UDR70

Parafuso M4X8

Fig. 54 - Kit V32409

102 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Flange UDR70

Parafuso M4X18

Mola

Arruela

Anel de vedação O

Híbrido 6 GHz (balanceado


e desbalanceado)

Fig 55. Kit V32415

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 103


15 INSTALAÇÃO NO POLO DO ODU COM ANTENA
INTEGRADA

15.1 APRESENTAÇÃO

A instalação no polo do ODU com antena integrada se relaciona tanto com a versão 1+0 quanto à versão
1+1.

15.2 KIT DE INSTALAÇÃO

Os seguintes kits de instalação são fornecidos com o equipamento, dependendo das diferentes
versões:

Versão 1+0

• kit de montagem do polo de 60 a 114 mm compreendendo:


- Anel centrar e parafusos relevantes (consulte Fig.56)
- Correias antideslizantes (consulte Fig.57)
- Sistema de suporte de polo e braçadeiras de fixação do polo (consulte Fig.58)
- O ODU com o anel de vedação O e dispositivos para conexão aterrada

Versão 1+1

• kit de montagem do polo de 60 a 114 mm para 1+1 compreendendo:

- Anel central e parafusos relevantes (consulte Fig.56)


- Correias antideslizantes (consulte Fig.57)
- Sistema de suporte de polo e braçadeiras de fixação do polo (consulte Fig.58)
• corpo mecânico híbrido (consulte Fig.67)
• disco de torção de polarização (consulte Fig.69)
• 2 ODUS com o anel de vedação O e dispositivos para conexão aterrada

104 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


15.3 FERRAMENTAS REQUIRIDAS PARA A MONTAGEM (NÃO
FORNECIDAS)

• chave de torque N.2 13 mm


• chave de torque N.1 15 mm

• chave de torque N.1 17 mm


• chave Allen N.1 3 mm
AVISO: Se a operação de aparafusar diz respeito a mais de um parafuso sem porca ou parafuso de
porca, aperte subsequentemente todos e seus opostos, passo a passo.

15.4 PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO

O procedimento de instalação ocorre de acordo com as seguintes etapas:

Versão 1+0

1 instalação no polo da placa de suporte


2 instalação da antena
3 instalação do ODU
4 fixação da antena
5 aterramento ODU

Versão 1+1

1 instalação no polo da placa de suporte


2 instalação da antena

3 instalação do circuito híbrido


4 instalação de dois ODUs
5 fixação da antena

6 aterramento ODU

15.4.1 Instalação no polo do sistema de suporte e da antena

Fig.56 – Ajuste a antena em uma posição capaz de operar na sua parte traseira. Localize os cinco
orifícios dos parafusos ao redor do flange da antena. Monte o anel central no flange da antena e ajuste-
o com 3 parafusos calibrados. CUIDADO: O anel central deve ser montado de forma que os parafusos
não se soltem.
Defina se a antena será montada com a polarização na vertical ou na horizontal. Verifique se os orifícios
de dreno livres estão na parte de trás. Monte o parafuso do tipo M10x30, na posição A o deixando solto
aproximadamente 2 cm. Com a polarização na horizontal, monte o parafuso do tipo M10x30, na posição
D o deixando solto aproximadamente 2 cm.
Fig.57 – Montagem da correia antideslizante no polo. Posicione os bloqueios conforme na Fig.57
seguindo a direção de posicionamento da antena. Ajuste a correia com a chave de fenda.

Fig.58 – Montar o sistema de suporte do polo com braçadeiras fixadas no polo seguindo a direção do
posicionamento da antena conforme indicado pela seta. A correia antideslizante deve resultar no centro
da placa de suporte. O sistema de suporte deve apoiar contra a braçadeira antideslizante com os dentes
conforme mostrado na Fig.59. Posicionar a antena de tal forma que o parafuso na posição A ou D da
Fig.56 cruze o orifício E da Fig.60. Firme o sistema do suporte ao polo por meio das braçadeiras de
fixação do polo e os parafusos de fixação relevantes.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 105


Fig.61 – Rotacione o corpo da antena até que a diferença dos três orifícios coincida com os orifícios do
suporte. Firme a antena ao suporte, apertando os parafusos relevantes.

15.4.2 3 Instalação do ODU

Versão 1+0

1 Aplicar graxa silicone, por exemplo: RHODOSIL PATE 4” no Anel de vedação O (4) da Fig.64,
protegendo os dedos das mãos com luvas.
2 Carregue o ODU com as duas mãos e posicione a alça do ODU no lado inferior. A alça do ODU
pode assumir a posição de Fig.62, dependendo da polarização.
3 Posicionar o corpo do ODU próximo ao sistema do suporte e alinhar a flange lateral do ODU com
o flange lateral da antena (consulte Fig.63). 4 Com relação ao alinhamento do flange, rotacione o
corpo do ODU aproximadamente a 30° anti-horário, e, em seguida insira o corpo ODU no suporte
e alinhe entre o dente de referência no suporte (consulte Fig.63) e o dente de referência do
corpo ODU (consulte os detalhes na Fig.64)
4 Quando o alinhamento é atingido, rotacione o corpo do ODU no sentido horário até um “clack”ser
ouvido e, assim cessar a rotação do ODU.
A Fig.65 e Fig.66 mostram a posição final de alojamento do ODU para a polarização vertical e
horizontal, respectivamente.
5 Firme o corpo do ODU no sistema do suporte, apertando os parafusos (1) da Fig.63.

Versão 1+1

Fig.67 – Aplicar graxa silicone, tipo “RHODOSIL PATE 4” no anéis de vedação O (1). Inserir os anéis de
vedação O (1) e (6) no disco de polarização de torção (2).
Polarização Vertical
Fixar o disco no flange híbrido posicionando o marcador (4), no disco, feche na marca V. Polarização
Horizontal

Fixar o disco no flange híbrido posicionando a referência (4), no disco, feche na marca H.
Nos ODUs de 13 GHz e 15 GHz, o disco de polarização é fixado ao flange híbrido por meio de 3
parafusos conforme mostrado na Fig.68.
CUIDADO: O disco de torção possui duas superfícies. Cuidado com o marcador de posição (4) no disco
de torção. A superfície da posição do marcador (4) deve estar em contato com o híbrido conforme
mostrado na figura. Parafuse progressiva e alternativamente os parafusos (7) com o mesmo número de
arruela de pressão com o seguinte torque:

Tab.30 – Torques para aperto dos parafusos

Frequência Parafuso Ferramenta Torque

A partir de 18 a 38 GHz Parafuso Allen M3 Chave Allen 2.5 mm 1 Nm

Até 15 GHz Parafuso Allen M4 Chave Allen 3 mm 2 Nm

Fig.69 – Fixar o híbrido para apoiar o sistema com quatro parafusos (1), tomando cuidado com a
posição de RT1/RT2 mostrada nos rótulos da Fig.69. Parafuse progressiva e alternativamente os quatro
parafusos (1).

106 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


15.4.3 Instalação do ODU

O procedimento de instalação de dois ODUs é o mesmo.


1 Aplicar graxa silicone, por exemplo: RHODOSIL PATE 4” no Anel de vedação O (4) da Fig.64,
protegendo os dedos das mãos com luvas.
2 Carregue o ODU com as duas mãos e posicione a alça do ODU no lado inferior. Para a versão 1+0,
o ODU pode assumir a posição da Fig.62, dependendo da polarização. Para 1+1, a posição da
alça do ODU é sempre posicionada no lado direito (polarização horizontal).
3 Posicionar o corpo do ODU próximo ao sistema do suporte e alinhar a flange lateral do ODU com o
flange lateral da antena (consulte Fig.63). Com relação ao alinhamento do flange, rotacione o
corpo do ODU aproximadamente a 30° anti-horário, e, em seguida insira o corpo ODU no suporte
e alinhe entre o dente de referência no suporte (consulte Fig.63) e o dente de referência do
corpo ODU (consulte os detalhes na Fig.64)
4 Quando o alinhamento é atingido, rotacione o corpo do ODU no sentido horário até um “clack”ser
ouvido e, assim cessar a rotação do ODU.
A Fig.65 e Fig.66 mostram a posição final de alojamento do ODU para a polarização vertical e
horizontal, respectivamente para a versão 1+0.
A Fig.70 mostra a posição final do alojamento do ODU para a versão 1+1.
5 Firme o corpo do ODU no sistema do suporte, apertando os parafusos (1) da Fig.63.

15.5 FIXAÇÃO DA ANTENA

A fixação da antena para a versão 1+0 e 1+1 é a mesma. Os dispositivos de fixação da antena permitem
realizar os seguintes ajustes com relação à posição de fixação de inicialização:
- Horizontal operação de ± 15° na porca (3) mostrada na Fig.71, somente após de
afrouxar as porcas (7), (8), (9), (10) da Fig.72.
- vertical operação de ± 15° na rosca sem fim de ajuste vertical (2) mostrada na
Fig.71, somente após de afrouxar as porcas (1), (2), (11)da Fig.72 e (4) e
(5) da Fig.71.

Para ajuste a partir de 0° a +30° da porca de extração (1) da Fig.72 e


posicioná-la no orifício (4), a porca de extração (2) Fig.72 e posicioná-la no
orifício (6). A operação na rosca sem fim de ajuste vertical (2) após ter
afrouxado as porcas (1), (2), (11) da Fig.72 e (4) da Fig.71.

Para ajuste a partir de 0° a +–30° da porca de extração (1) da Fig.72 e


posicioná-la no orifício (3), a porca de extração (2) Fig.72 e posicioná-la no
orifício (5). A operação na rosca sem fim de ajuste vertical (2) após ter
afrouxado as porcas (1), (2), (11) da Fig.72 e (4) da Fig.71.
Para o ajuste vertical de alguns marcadores, cada 10°, está disponível no
suporte. O marcador maior proporciona 0°, iniciando da posição de fixação.
Uma vez que a posição de fixação ideal é obtida, aperte firmemente as
quatro roscas (1), (2), (11) da Fig.72 e (4) e (5) da Fig.71 para ajuste
vertical das quatro porcas (7), (8), (9), (10) da Fig.72 para ajuste na
horizontal. Parafuse com a chave 15 mm e Torque de 32 Nm.

15.6 COMPATIBILIDADE

O kit de instalação do polo da unidade ODU na configuração 1+0 e 1+1 é compatível com a antena integrada
em conformidade com a norma SIAE com as medidas 0.2 m, 0.4 m, 0.6 m, 0.8 m de diâmetro.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 107


15.7 ATERRAMENTO

Consulte Fig.73.

No aterramento do ODU pode ser conectado com a arruela de pressão do parafuso disponível e arruelas planas conforme
mostradas.

108 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Polarização Vertical Polarização Horizontal

Chave Allen de 3 mm
2,5 Nm de Torque

1 Antena
2 parafuso Allen Calibrado
3 Anel Central Fig. 56 - Posição do Anel Central

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 109


1 Cinta de aço
2 Blocos de Plástico
Fig.57 - Correias Antideslizante

110 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Direção de Posicionamento da Antena

Chave 15 mm
Torque 32 Nm

1 Braçadeiras de fixação do Polo


2 Dente
3 Parafuso
4 Sistema do Suporte do Polo

Fig. 58 - Montagem do Suporte no polo

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 111


Direção de posicionamento da Antena

1 Dente

Fig. 59 - Posição do Sistema de Suporte

Fig. 60 - Orifício E

112 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Chave 15 mm
Torque 32 Nm

Slots do Parafuso de A, B, C, D

Fig. 61 - Instalação da Antena no suporte do polo

Vertical Horizontal

Fig. 62 – Posição da alça ODU, dependendo da polarização para 1+0. Para 1+1, a polarização é
sempre na horizontal. A alça no lado direito

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 113


Chave 13 mm
Torque 6 Nm

H: dente da referência

Fig. 63 - Sistema do suporte para o alojamento do ODU e o dente de referência na evidência

114 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Dente de
Referência
Anel de
vedação O Flange Lateral do
ODU

Versão ASN

Parafuso de aterramento

Versão AS

Fig. 64 – dente de referência do corpo ODU

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 115


Fig.65 – Posição final de alojamento do ODU para a polarização vertical

Fig.66 – Posição final do alojamento do ODU para a polarização horizontal

116 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


1 Anel de vedação O
2 Disco de Torção de Polarização
3 Corpo Mecânico Híbrido
4 Marcador de posição do disco de torção
5 Rótulo de referência para o disco de torção
6 Anel de vedação O
7 Parafusos Allen
8 Arruela de pressão

Fig. 67 - disco de polarização e híbrido

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 117


Polarização Horizontal

Polarização Vertical

Fig. 68 – Fixação do disco de polarização (somente para 13GHz e 15 GHz)

118 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Chave 13 mm
Torque de 18 Nm

1 Parafusos
2 Arruela de pressão

Fig. 69 - Montagem do híbrido no suporte do polo

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 119


Versão ASN

Versão AS

Fig. 70 - Posição final de alojamento do ODU para a versão 1+1

120 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


1 Marcador
2 Ajuste Vertical
3 Ajuste Horizontal
4 Parafuso
5 Rosca de Fixação

Fig. 71 - Ajustes horizontal e vertical

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 121


Chave 15 mm Chave 15 mm
Torque de 32 Nm Torque de 32 Nm

Chave 15 mm
Torque de 32 Nm

Chave 15 mm
Torque de 32 Nm
1., 2., 3., 4. Parafusos de bloqueio de posicionamento Horizontal
5., 6., 7. Parafusos de Bloco de posicionamento Vertical
8., 11. Orifício roscado para posicionamento vertical até –30°
9., 10. Orifício roscado para posicionamento vertical até +30°

Fig. 72 - Bloqueio de Posicionamento da Antena

122 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Versão ASN

Versão AS

1 Parafuso
2 Arruela de pressão
3 Arruela Plana
4 Colar do Cabo de Aterramento
5 Arruela plana

Fig.73 - Aterramento ODU

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 123


16 INSTALAÇÃO NO POLO DO ODU COM ANTENA
INTEGRADA (KIT V32307, V32308, V32309)

16.1 APRESENTAÇÃO

A descrição trata-se da montagem do polo do ODU, na versão 1+0 e 1+1, utilizando os seguintes kits de
instalação:
– V32307 para o ODU com frequência a partir de 10 a 13 GHz
– V32308 para o ODU com frequência a partir de 15 a 38 GHz
– V32309 para o ODU com frequência a partir de 7 a 8 GHz
As diferenças com relação às dimensões e a presença do anel de centro (consulte Fig.74):
– V32307 Anel de centro para o flange da antena de 10 a 13 GHz
– V32308 Anel de centro para o flange da antena de 15 a 38 GHz
– V32309 Nenhum anel central (parafusos relevantes)

16.2 KIT DE INSTALAÇÃO

Os seguintes kits de instalação são fornecidos com o equipamento, dependendo das diferentes versões:

Versão 1+0

• kit de montagem do polo de 60 a 129 mm compreendendo:


– Anel central e parafusos relevantes

– Sistema de suporte do polo mais a antena (já montada)e as braçadeiras fixadas do polo

– Suporte ODU 1+0 ODU e parafusos relevantes

– O ODU com o anel de vedação O e dispositivos para conexão aterrada

Versão 1+1

• kit de montagem do polo de 60 a 129 mm compreendendo:


– Anel central e parafusos relevantes

– Sistema de suporte do polo mais a antena (já montada)e as braçadeiras fixadas do polo

– suporte 1+0 ODU

– Híbrido e parafusos relevantes

– Disco de torção de polarização e parafusos relevantes

– 2 ODUS com o anel de vedação O e dispositivos para conexão aterrada

124 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


16.3 FERRAMENTAS REQUIRIDAS PARA A MONTAGEM (NÃO
FORNECIDAS)

• chave Allen N.1 2.5 mm


• chave Allen N.1 3 mm
• chave Allen N.1 6 mm
• chave inglesa N.1 13 mm
• chave inglesa N.2 17 mm
AVISO: Se a operação de aparafusar se diz respeito a mais de um parafuso sem porca ou parafuso de porca, aperte
subsequentemente todos e seus opostos, passo a passo.

16.4 PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO

Os procedimentos de instalação são listados abaixo:

Versão 1+0

1 polarização da antena

2 instalação da anel central na antena


3 instalação do suporte ODU 1+0
4 instalação no polo da estrutura montada

5 Instalação do ODU
6 Fixação da antena
7 aterramento ODU

Versão 1+1

1 polarização da antena
2 instalação da anel central na antena
3 instalação do suporte ODU 1+0

4 instalação no polo da estrutura montada


5 instalação do híbrido
6 Instalação dos ODUs

7 Fixação da antena
8 aterramento ODU

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 125


16.5 PROCEDIMENTOS DE MONTAGEM 1+0

16.5.1 Ajustando a polarização da antena

Fig.74 – Ajustar a antena em uma posição capaz de operar na sua parte traseira. Localize quatro parafusos M3
Allen ao redor do flange da antena. Desrosqueie-os (utilize a chave Allen 2.5 mm) e posicione o flange da antena
de acordo com: Guia de onda horizontal –> polarização vertical, guia de onda vertical –> polarização
horizontal. Rosqueie novamente os quatro parafusos Allen (torque = 1 Nm).

16.5.2 Instalação da anel central na antena

Fig.74 – Ajustar a antena em uma posição capaz de operar na sua parte traseira. Localizar os três orifícios dos
parafusos ao redor do flange da antena. Monte o anel central no flange da antena e aperte-o com os 3 parafusos
Allen M4 (utilize Chave Allen 3mm, torque 2 – Nm).

16.5.3 Instalação do suporte ODU 1+0

Fig.74 – Monte o suporte na estrutura montada (sistema do suporte do polo mais a antena), utilizando quatro
parafusos Allen M8 (utilize chave Allen 6 mm, torque 18 = Nm). Dois dos quatro parafusos, diagonalmente
opostos, devem ser montados com duas buchas ao redor.

16.5.4 Instalação no polo da estrutura montada

Fig.74 – Montar a estrutura montada no polo, utilizando as duas braçadeiras fixadas do polo e quatro parafusos
M10 (utilize chave inglesa 17 mm, torque = 13 Nm); a cabeça dos parafusos é inserida na lateral da antena, as
quatro roscas e as molas entre a porca e as braçadeiras são inseridas na lateral da braçadeira.

16.5.5 Instalação do ODU (no suporte 1+0 )


Fig.75 - Aplicar graxa silicone, por exemplo: RHODOSIL PATE 4” no Anel de vedação O () da , protegendo os
dedos das mãos com luvas.

Fig.76 - Carregue o ODU com as duas mãos e posicione a alça do ODU no lado inferior. A alça do ODU pode
assumir a posição exibida na figura, dependendo da polarização. Posicione o corpo do ODU próximo ao suporte e
alinhe a guia de onda do ODU a guia de onda da antena: Respeite a posição do alinhamento da guia de onda,
rotacione o corpo do ODU aproximadamente. 30° no sentindo horário no suporte e procure a correspondência
entre o dente de referência no suporte (consulte Fig.77) e o dente de referência no corpo ODU.

Fig.78 – Quando o alinhamento dos dentes de referência é atingido, rotacione o corpo do ODU no sentido horário
até que a rotação seja parada. Na figura é mostrada a posição final do ODU para ambas as polarizações.

Fig.77 – Quando o posicionamento do ODU é superior, firme o corpo do ODU no suporte, ajustando os parafusos
(utilize chave inglesa 13mm, torque = 6Nm).

126 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


16.5.6 Fixação da antena

O procedimento de fixação da antena para a versão 1+0 ou 1+1 é o mesmo.


Fixação Horizontal: operação a ±5° na porca de 17 mm mostrada na Fig.79 com um chave inglesa 17 mm,
somente após afrouxar duas porcas de 17 mm no pivô.
Fixação Vertical: ±20° operação a ± 20° na porca de 13 mm mostrada na Fig.79 com um chave inglesa 13 mm,
somente após afrouxar três porcas de 13 mm no suporte do polo.
Uma vez que a posição ideal foi atingida, ajuste firmemente todas as porcas previamente frouxas.

16.5.7 Aterramento ODU

O aterramento ODU é atingido com:

• Porca M8 sem arruelas


• Parafuso M6 com arruela

conforme mostrado na Fig.80.

16.6 PROCEDIMENTOS DE MONTAGEM 1+1

Nas páginas ainda são explicadas todas as etapas de montagem ainda não discutidas no parágrafo “16.5
PROCEDIMENTOS DE MONTAGEM 1+0 MOUNT- ING PROCEDURES”.

16.6.1 Instalação do Híbrido

Fig.81 – O disco de polarização deve ser sempre fixado no flange híbrido. 1 Aplicar graxa silicone, (por exemplo:
RHODOSIL PATE 4”) no Anel de vedação O, protegendo os dedos das mãos com luvas. Coloque o disco de torção
de polarização com o marcador de posição para baixo. Insira o anel de vedação O no disco de torção de
polarização.
Polarização Vertical: Fixar o disco de torção no flange híbrido, posicionando o marcador do disco em direção da

marca V.

Polarização Horizontal: Fixar o disco de torção no flange híbrido, posicionando o marcador do disco em direção da

marca H.

Nos ODUs de 13 GHz e 15 GHz, o disco de polarização é fixado ao flange híbrido por meio de 3 parafusos conforme
mostrado na Fig.82.
Parafuse progressiva e alternativamente os quatro parafusos com o seguinte torque:

Tab.31 – Torques para aperto dos parafusos

Frequência Parafuso Ferramenta Torque

A partir de 18 a 38 GHz Parafuso Allen M3 Chave Allen 2.5 mm 1 Nm

Até 15 GHz Parafuso Allen M4 Chave Allen 3 mm 2 Nm

Fig.83 – Fixe o corpo híbrido ao suporte 1+0 com quatro parafusos M8 (utilize a chave inglesa 13 mm, torque = 18
Nm), ajuste progressiva e alternativamente os parafusos.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 127


16.6.2 Instalação dos ODUs (no híbrido para a versão 1+1)

Para ambos os ODUs.

Fig.75 - Aplicar graxa silicone, por exemplo: RHODOSIL PATE 4” no Anel de vedação O, protegendo os dedos das
mãos com luvas.
Fig.76 - Carregue o ODU com as duas mãos e posicione a alça do ODU no lado inferior. A alça do ODU pode
assumir a posição exibida na figura, dependendo da polarização. Posicione o corpo do ODU próximo ao suporte e
alinhe a guia de onda do ODU a guia de onda da híbrida: Respeite a posição do alinhamento da guia de onda,
rotacione o corpo do ODU aproximadamente. 30° no sentido horário, e, em seguida insira o corpo do ODU no
suporte. Para o sistema 1+1, as alças do ODU são posicionadas sempre no lado direito. O disco de torção de
polarização no híbrido corresponde à polarização da antena.
Fig.84 – Quando o alinhamento dos dentes de referência é atingido, rotacione o corpo do ODU no sentido horário
até que a rotação seja parada. Na figura é mostrado a posição final dos ODUs.
Fig.77 – Quando o posicionamento do ODU é superior, firme o corpo do ODU no suporte, ajustando os parafusos
(utilize chave inglesa 17, torque = 6).
AVISO: Os códigos internos (por exemplo: os itens de instalação, antenas, PCB) são aqui reportadas somente
como exemplo. A Fabricante reserva o direito de alterá-los sem aviso prévio.

Quatro parafusos
13mm
Anel Central
(não presente no v32309)
Três Parafusos Antena
Allen 3 mm
1+0 suporte
Duas Buchas

Fig. 74 – montagem do polo 1+0

128 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Dente de referência
Anel de
vedação O Guia de onda
ODU

Parafuso de Aterramento

Fig. 75 - dente de referência do corpo ODU

Vertical Horizontal

Fig. 76 – Posição da alça ODU, dependendo da polarização para 1+0. Pra 1+1, a polarização é
sempre na horizontal. A alça no lado direito

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 129


1 parafuso Allen 6 mm
2 Bucha (posicionada na diagonal)
3 Parafusos de Aperto 174 mm (torque máx = 6 Nm)
4 Ponto de Referência para a polarização horizontal
5 Ponto de Referência para a polarização vertical
Fig. 77 - 1+0 suporte

130 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


1+0 ODU HP com alça no lado direito:
polarização horizontal

1+0 ODU padrão com alça no lado


esquerdo: polarização vertical

Fig.78 – Posição final do alojamento do ODU para as ambas as polarizações

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 131


Posicionamento Horizontal: dois
parafusos de bloqueio de 17mm

Posicionamento vertical:
parafusos de bloqueio 13mm
Suporte do polo

Rosca 17mm para ajuste


horizontal da antena

Parafuso Allen Interno de 5mm


para ajuste vertical da antena

Fig.79 - Posicionamento da Antena

132 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Versão ASN

Versão AS

1 Parafuso
2 Arruela de Pressão
3 Arruela Plana
4 Colar do Cabo de Aterramento
5 Arruela Plana

Fig. 80 - Aterramento ODU

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 133


1 Anel de vedação O
2 Disco de Torção de Polarização
3 Corpo Mecânico Híbrido
4 Marcador de Posição do disco de torção
5 Rótulo de Referência para o disco de torção
6 Anel de vedação O
7 Parafusos Allen
8 Arruela de Pressão

Fig.81 – Disco de torção e híbrido

134 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Polarização Horizontal

Polarização Vertical

Fig.82 – Fixação do disco de Polarização (somente para 13 GHz e 15 GHz)

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 135


Fig.83 – Instalação Híbrida

136 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Versão ASN

Versão AS

Fig.84 – Instalação dos ODUs de 1+1

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 137


138 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001
17 INSTALAÇÃO NO POLO DO ODU COM ANTENA
INTEGRADA RFS
17.1 APRESENTAÇÃO

A instalação no polo do ODU com antena integrada se relaciona tanto com a versão 1+0 quanto à versão 1+1.

17.2 KIT DE INSTALAÇÃO

Os seguintes kits de instalação são fornecidos com o equipamento, dependendo das diferentes versões:

Versão 1+0

• kit de montagem do polo de 60 a 129 mm compreendendo:


– Anel central e parafusos relevantes
– Sistema de suporte do polo mais a antena (já montada) e as braçadeiras fixadas do polo
– Suporte ODU 1+0 ODU e parafusos relevantes

– O ODU com o anel de vedação O e dispositivos para conexão aterrada

Versão 1+1

• kit de montagem do polo de 60 a 129 mm compreendendo:


– Anel central e parafusos relevantes

– Sistema de suporte do polo mais a antena (já montada) e as braçadeiras fixadas do polo
– suporte 1+0 ODU
– Híbrido e parafusos relevantes

– Disco de torção de polarização e parafusos relevantes


– 2 ODUS com o anel de vedação O e dispositivos para conexão aterrada

17.3 FERRAMENTAS REQUIRIDAS PARA A MONTAGEM (NÃO


FORNECIDAS)

• chave Allen N.1 2.5 mm


• chave Allen N.1 3 mm
• chave Allen N.1 6 mm

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 139


• chave inglesa N.1 13 mm

• chave inglesa N.2 17 mm


AVISO: Se a operação de aparafusar se diz respeito a mais de um parafuso sem porca ou parafuso de porca, aperte
subsequentemente todos e seus opostos, passo a passo.

17.4 PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO

Os procedimentos de instalação são listados abaixo:

Versão 1+0

1 polarização da antena
2 instalação da anel central na antena

3 instalação do suporte ODU 1+0


4 instalação no polo da estrutura montada
5 Instalação do ODU
6 Fixação da antena
7 aterramento ODU

Versão 1+1

1 polarização da antena

2 instalação da anel central na antena


3 instalação do suporte ODU 1+0
4 instalação no polo da estrutura montada

5 instalação do híbrido
6 Instalação dos ODUs
7 Fixação da antena

8 aterramento ODU

17.5 PROCEDIMENTOS DE MONTAGEM 1+0

17.5.1 Ajustando a polarização da antena

Fig.74 – Ajustar a antena em uma posição capaz de operar na sua parte traseira. Localize quatro parafusos M3
Allen ao redor do flange da antena. Desrosqueie-os (utilize a chave Allen 2.5 mm) e posicione o flange da antena
de acordo com: Guia de onda horizontal –> polarização vertical, guia de onda vertical –> polarização horizontal.
Rosqueie novamente os quatro parafusos Allen (torque = 1 Nm).

140 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


17.5.2 2 instalação da anel central na antena

Fig.74 – Ajustar a antena em uma posição capaz de operar na sua parte traseira. Localizar os três orifícios dos
parafusos ao redor do flange da antena. Monte o anel central no flange da antena e aperte-o com os 3 parafusos
Allen M4 (utilize Chave Allen 3mm, torque 2 – Nm).

17.5.3 instalação do suporte ODU 1+0

Fig.74 – Monte o suporte na estrutura montada (sistema do suporte do polo mais a antena), utilizando quatro
parafusos Allen M8 (utilize chave Allen 6 mm, torque 18 = Nm). Dois dos quatro parafusos, diagonalmente
opostos, devem ser montados com duas buchas ao redor.

17.5.4 instalação no polo da estrutura montada

Fig.74 – Montar a estrutura montada no polo, utilizando as duas braçadeiras fixadas do polo e quatro parafusos
M10 (utilize chave inglesa 17 mm, torque = 13 Nm); a cabeça dos parafusos é inserida na lateral da antena, as
quatro roscas e as molas entre a porca e as braçadeiras são inseridas na lateral da braçadeira.

17.5.5 Instalação do ODU (no suporte 1+0 )


Fig.75 - Aplicar graxa silicone, (por exemplo: RHODOSIL PATE 4”) no Anel de vedação O da , protegendo os
dedos das mãos com luvas.
Fig.76 - Carregue o ODU com as duas mãos e posicione a alça do ODU no lado inferior. A alça do ODU pode
assumir a posição exibida na figura, dependendo da polarização. Posicione o corpo do ODU próximo ao suporte e
alinhe a guia de onda do ODU a guia de onda da antena: Respeite a posição do alinhamento da guia de onda,
rotacione o corpo do ODU aproximadamente. 30° no sentindo horário no suporte e procure a correspondência entre
o dente de referência no suporte (consulte Fig.77) e o dente de referência no corpo ODU.

Fig.78 – Quando o alinhamento dos dentes de referência é atingido, rotacione o corpo do ODU no sentido horário
até que a rotação seja parada. Na figura é mostrada a posição final do ODU para ambas as polarizações.

Fig.77 – Quando o posicionamento do ODU é superior, firme o corpo do ODU no suporte, ajustando os parafusos
(utilize chave inglesa 13mm, torque = 6Nm).

17.5.6 Fixação da antena

O procedimento de fixação da antena para a versão 1+0 ou 1+1 é a mesma.


Fixação Horizontal: operação de ±5° na porca de 17 mm mostrada na Fig.79 com um chave inglesa 17 mm,
somente após afrouxar duas porcas de 17 mm no pivô.
Fixação Vertical: operação de ±20 na porca de 13 mm mostrada na Fig.79 com um chave inglesa 13 mm,
somente após afrouxar três porcas de 13 mm no suporte do polo.
Uma vez que a posição ideal foi atingida, ajuste firmemente todas as porcas previamente frouxas.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 141


17.5.7 aterramento ODU

O aterramento ODU é atingido com:


• porca M8 sem arruelas

• parafuso M6 com arruela

conforme mostrado na Fig.80.

17. 6 PROCEDIMENTOS DE MONTAGEM 1+1

Nas páginas ainda são explicadas todas as etapas de montagem ainda não discutidas no parágrafo “16.5
PROCEDIMENTOS DE MONTAGEM 1+0 MOUNT- ING PROCEDURES”.

17.6.1 Instalação do Híbrido

Fig.81 – O disco de polarização deve ser sempre fixado no flange híbrido. Aplicar graxa silicone, (por exemplo:
RHODOSIL PATE 4”) no Anel de vedação O, protegendo os dedos das mãos com luvas. Coloque o disco de torção
de polarização com o marcador de posição para baixo. Insira o anel de vedação O no disco de torção de
polarização.
Polarização Vertical Fixar o disco de torção no flange híbrido, posicionando o marcador do disco em direção da

marca V.

Polarização Horizontal Fixar o disco de torção no flange híbrido, posicionando o marcador do disco em direção da

marca H.

Nos ODUs de 13 GHz e 15 GHz, o disco de polarização é fixado ao flange híbrido por meio de 3 parafusos conforme
mostrado na Fig.82.
Parafuse progressiva e alternativamente os quatro parafusos com o seguinte torque:

Tab.32 – Torques para aperto dos parafusos

Frequência Parafuso Ferramenta Torque

A partir de 18 a 38 GHz Parafuso Allen M3 Chave Allen 2.5 mm 1 Nm

Até 15 GHz Parafuso Allen M4 Chave Allen 3 mm 2 Nm

Fig.83 – Fixe o corpo híbrido ao suporte 1+0 com quatro parafusos M8 (utilize a chave inglesa 13 mm, torque =
18 Nm), ajuste progressiva e alternativamente os parafusos.

17.6.2 Instalação dos ODUs (no híbrido para a versão 1+1)

Para ambos os ODUs.


Fig.75 - Aplicar graxa silicone, por exemplo: RHODOSIL PATE 4” no Anel de vedação O , protegendo os dedos das
mãos com luvas.
Fig.76 - Carregue o ODU com as duas mãos e posicione a alça do ODU no lado inferior. A alça do ODU pode
assumir a posição exibida na figura, dependendo da polarização. Posicione o corpo do ODU próximo ao suporte e
alinhe a guia de onda do ODU a guia de onda da híbrida: Respeite a posição do alinhamento da guia de onda,
rotacione o corpo do ODU aproximadamente. 30° no sentido horário, e, em seguida insira o corpo do ODU no
suporte. Para o sistema 1+1, as alças do ODU são posicionadas sempre no lado direito. O disco de torção de
polarização no híbrido corresponde à polarização da antena.
Fig.84 – Quando o alinhamento dos dentes de referência é atingido, rotacione o corpo do ODU no sentido horário
até que a rotação seja parada. Na figura é mostrado a posição final dos ODUs.

142 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Fig.77 – Quando o posicionamento do ODU é superior, firme o corpo do ODU no suporte, ajustando os parafusos
(utilize chave inglesa 17, torque = 6).
AVISO: Os códigos internos (por exemplo: os itens de instalação, antenas, PCB) são aqui reportadas somente
como exemplo. A Fabricante reserva o direito de alterá-los sem aviso prévio.

Três parafusos Quatro parafusos


Antena Anel Central Allen de 3 mm de 13mm

Suporte 1+0

Fig.85 – Montagem do Polo 1+0

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 143


Dente de referência
Anel de
vedação O Guia de onda
ODU

Parafuso de Aterramento

Fig.86 – Dente de referência do corpo do ODU

Vertical Horizontal

Fig.87 – Posição da alça do ODU, dependendo da polarização para 1+0. Para 1+1, a polarização é
sempre na horizontal. Alça no lado direito.

144 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


1 Parafuso Allen M101 de 6 mm
2 parafusos de aperto de 17 mm (torque Max.= 6 Nm)
3 ponto de referência para a polarização horizontal
4 Ponto de referência para a polarização vertical

Fig.88 – Suporte 1+0

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 145


1+0 ODU com alça na esquerda:
polarização vertical

1+0 ODU com alça na direita:


polarização horizontal

Fig.89 – Posição final do alojamento do ODU para ambas as polarizações

146 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Suporte do polo

Posicionamento Vertical

Posicionamento
Horizontal

Fig.90 – Posicionamento da antena

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 147


Versão ASN

Versão AS

1 Parafuso
2 Arruela de Pressão
3 Arruela Plana
4 Colar do cabo de aterramento
5 Arruela Plana

Fig.91 – Aterramento do ODU

148 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


1 Anel de vedação O
2 Disco de Torção de Polarização
3 Corpo Mecânico Híbrido
4 Marcador de Posição do disco de torção
5 Rótulo de Referência para o disco de torção
6 Anel de Vedação O
7 Parafusos Allen
8 Arruela de Pressão

Fig.92 – Disco de torção e híbrido

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 149


Polarização Vertical

Polarização Horizontal

Fig.93 – Fixação do Disco de Polarização (somente para 13 GHz e 15 GHz)

150 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Fig.94 – Instalação Híbrida

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 151


Versão AS

Versão ASN

Fig.95 – Instalações 1+1 ODUs

152 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 153
Seção 4.
LINE-UP

18 LINE–UP DO COMPRIMENTO DO SALTO DO SINAL


DE RÁDIO

18.1 LINE–UP DO COMPRIMENTO DO SALTO DO SINAL DE


RÁDIO

O line–up compreende as seguintes etapas:


• na instalação do terminal de rádio do site (conexões do usuário e a instalação do ODU conforme descrito nos
capítulos relevantes)
• equipamento ativado
• configuração do equipamento (por meio do software do PC)
• alinhamento da antena para nível de sinal de RF recebido máximo
• configuração do elemento de rede
• medições de verificação.
A instalação do equipamento é descrita na Seção 3. INSTALAÇÃO

18.1.1 Configuração do equipamento:

A fim de ter o enlace funcionando corretamente, no equipamento local e remoto, os mesmos parâmetros devem ser
ajustados:
• layout do sistema (1+0, hot stand-by 1+1, diversidade da frequência 1+1.....) (Equipamento - Configuração)
• Máquina ACM (Equipamento – Modulação e Capacidade)
• Largura da Banda E Modulação (Equipamento – Modulação e Capacidade)
• ID do enlace (Equipamento - Geral)
• Canal RF (Seletor de Frequência Tx 1A/2A de Desvio Rádio-Rádio-Equipamento)

154 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


O software para executar é o Web LCT Console e o Web LCT na Internet Explorer com Flash player. Você pode fazer

o download do programa Web Lct Console e do Flash Player no site http://www.siaemic.com.

Tráfego (Banda de Base – Tributário)

Os tributários utilizados devem ser habilitados no equipamento local e remoto.

18.1.2 Alinhamento da antena e medição da área recebida

A finalidade do alinhamento da antena é maximizar o nível de sinal RF recebido. Prossiga da seguinte maneira:

• conecte um multímetro ao conector BNC no ODU para a medição AGC


• ajustar a antena apontando assim que o valor máximo de voltagem AGC for atingida. A relação entre a

voltagem AGC e a área recebida é mostrada na Fig.96.

A área recebida possui uma tolerância de ±4 dB variação completa da temperatura.

18.1.3 Configuração do elemento de rede

Um endereço padrão de fábrica é atribuído para cada elemento da rede que deve ser normalmente reconfigurado
no site seguindo as regras do administrador da rede.
Para esta finalidade, é requerido conectar o PC, onde o programa WLC foi instalado, para as interfaces da rede.
Tal procedimento deve ser realizado via cabo USB ou Ethernet.
AVISO: As verificações que seguem requerem um bom conhecimento do uso do programa.
Execute o programa e realize a conexão ao equipamento, escolhendo no menu “Option” [Opção] a conexão feita
via cabo USB.
Faça o login do equipamento inserindo:
• Endereço de IP do equipamento3
• I D d o Usuário (padrão: SYSTEM)
• Senha: (padrão: siaemicr)
Prossiga para o programa que foi mencionado acima seguindo essas etapas:
• Endereço ID: Selecione a Configuração da Porta. Insira os endereços da porta requerida nas portas de
comunicação disponíveis.
• Tabela de Roteamento e Gateway Padrão: Selecione a tabela de roteamento: Adiciones as rotas e a gateway
padrão, se necessário.
AVISO: A política de roteamento depende do tipo de roteamento: IP/OSPF/IS–IS estático. As regras de
roteamento relevante devem ser normalmente fornecidas pelo administrador da rede.
• Tabela de Elemento Remoto: Selecione a Tabela de Elemento Remoto. Adicione o nome da estação. Adicione
o endereço de IP do equipamento local, adicione o endereço de IP do equipamento remoto, selecionando o
Link Remoto.
• Endereço de IP Agente: Selecione as Propriedades do Equipamento. Atribua o endereço em conformidade
com o endereço da porta Ethernet:

3
Se a conexão é feita via cabo USB, o endereço IP é alcançado automaticamente.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 155


18.1.4 Verificações de Rádio

Aconselha-se realizar as seguintes medições para verificar a operação correta do comprimento do salto do sinal de
rádio:
• potência transmitida
• potência recebida
• Frequência RF
• Medição BER
Todas essas verificações utilizam o programa WLC.
• Potência transmitida, nível de RF recebida, frequência RF
- Execute o programa WLC, e, em seguida realize a conexão ao equipamento que você deseja verificar.
- Na parte superior da janela de potência Tx/Rx e os valores de frequência são exibidos. No caso de
configuração de frequência e potência de Tx prossiga para os submenus Branch 1/2 e Power/Frequencies
[Desvios 1/2 e Frequências].
• Medição BER
- Execute o programa WLC, e, em seguida realize a conexão ao equipamento que você deseja verificar.
- No lado esquerdo, selecione a medida BER1/2.
Em alternativa, é possível utilizar a função PRBS, se uma ou 2 linhas de Mbit/s estiver livre.
- Realize a medição BER e verifique se os valores estão em conformidade com os requerimentos.

Fig.96 – Voltagem detectada versus sinal recebido de RF

156 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


19 CONFIGURAÇÃO COMPLETA DO BACK UP DO
EQUIPAMENTO SEM A POSSIBILIDADE DE
MODIFICAÇÃO DOS PARÂMETROS

19.1 ESCOPO

O presente capítulo descreve o procedimento para realizar o back up da configuração do equipamento completo.
Este permite recuperar a configuração do equipamento original no caso de substituição do módulo CONTROLLER
falho com as peças sobressalentes.

19.2 CARREGAMENTO DA CONFIGURAÇÃO

APRESENTAÇÃO: Aconselha-se carregar a configuração durante a primeira instalação. Prossiga da seguinte


maneira:
1 Selecione “Equipment Configuration Wizard” [Assistente de Configuração do Equipamento] no menu
“Tools” [Ferramentas]; a janela “Equipment Configuration Wizard” será exibida .
2 Selecione “Upload” [Carregar]. e, em seguida “Backup Full Equipment Configuration” [Configuração
Completa do Equipamento de Backup]; a janela “Template Selection” [Seleção do Template] será exibida.
3 Selecione o template do equipamento correto (em caso de escolha não corrigida, o backup será abortado).
4 Pressione OK, e, em seguida selecione o equipamento a ser carregado a partir da janela “Upload
Configuration File” [Carregar o Arquivo de Configuração].
5 Pressione OK, e, em seguida, edite o nome do arquivo a partir da janela “Save backup as” [Salvar o back up
como].
6 Pressione Save [Salvar]; “Equipment Configuration Wizard [Assistente de Configuração do Equipamento]: A
janela “Complete Backup” [Backup Completo] aparecerá.
A janela mostra dinamicamente o procedimento do backup. Se tudo estiver OK, no término do carregamento
aparecerá a palavra “done” [Feito] mostrando o sucesso do procedimento.
7 Pressione OK para concluir.

19.3 DOWNLOAD DA CONFIGURAÇÃO

Uma vez que o LIM sobressalente for instalado, prossiga conforme segue:
1 Selecione “Equipment Configuration Wizard” [Assistente de Configuração do Equipamento] no menu
“Tools” [Ferramentas]; a janela “Equipment Configuration Wizard” será exibida. A janela “Equipment
Configuration Wizard” será exibida.
2 Selecione “Download” e, em seguida, “Restore Full Equipment Configuration” [Configuração Completa
do Equipamento de Recuperação] a partir Equipment Configuration Wizard. A janela “Select Backup File”
[Selecione o Arquivo de Backup] será exibida.
3 Selecione o arquivo de backup desejado com a extensão .bku e, então pressione Open [Abrir]. A janela
“Download Configuration File” será exibida.
4 Selecione o equipamento para realizar o download, e, então pressione OK; “Equipment Configuration
Wizard: A janela “Complete restore” [Recuperação Completa] será exibida. Esta janela mostra
dinamicamente a operação do download. A palavra “done” indica que o download foi concluído com
sucesso.
5 Pressione OK para concluir.
AVISO No caso de alarme EOC, prossiga para reiniciar o equipamento.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 157


20 LINE-UP PARA O TRÁFEGO ETHERNET

20.1 GERAL

O presente parágrafo trata-se de line-up do módulo de Ethernet LIM com detalhes do programa WebLCT
relacionado somente à aplicação Ethernet.
Supondo que o enlace de rádio está em funcionamento, com a frequência correta, a potência de saída e o
alinhamento correto da antena, o procedimento de line up para dois tipos diferentes de configuração de conexão
de um ALplus2 de enlace de rádio, equipado com o módulo LIM com portas Ethernet, é a seguir descrito:
• A p o r t a d e L a n - 1 Local para a Lan de conexão da porta Lan-1 por porta, consulte Fig.97
• a partir da porta 3 as conexões da porta 3 e o tráfego segregado para o Tráfego Não Marcado, consulte
Fig.105

• a partir da porta 3 as conexões da porta 3 e o tráfego segregado para o Tráfego Não Marcado, consulte
Fig.115.
As configuração apresentadas abaixo se destinam a ser feitas no equipamento de rádio local e remoto. O software
a ser utilizado para configurar o equipamento é WEB LCT. Nos capítulos seguintes, Todas as etapas de
configurações são mostradas utilizando o WEB LCT.

20.2 PORTA DE LAN-1 LOCAL PARA A LAN DE CONEXÃO


TRANSPARENTE DA PORTA LAN-1 POR PORTA

Configurações para o Tráfego Não Marcado e Marcado

Comutador Comutador
Porta Porta
1 1

Rádio AL Rádio AL

Local Remoto

Fig.97 - porta de Lan-1 Local para a conexão da porta Lan-1


O primeiro exemplo é a porta de Lan1 local para a conexão transparente da porta Lan1 para o tráfego marcado e
não marcado, consulte Fig.97.

158 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Fig.98 – Modulação e capacidade
Selecione configuração 1+0 ou 1+1 de acordo com os requerimentos do sistema.
Consulte Fig.98. A primeira seleção e a modulação e a largura da banda do canal, no presente exemplo,
selecionamos
28MHz e 16QAM.
O Motor ACM, Modulação Superior, Modulação Inferior, Tráfego Permanente e Capacidade TDM extra em qualquer
modulação devem estar no mesmo local e remoto.
O processamento em qualquer modulação com largura de banda de 28 MHz é mostrada na Fig.99 com o botão
View Current Config [Visualizar a Configuração Atual] da Fig.98.

Fig.99 – Visualizar a Configuração Atual


Desta maneira, com a modulação 4QAMstrong, a capacidade Ethernet é de 20 Mbit/s e com modulação 256QAM, a
capacidade Ethernet é de 140 Mbit/s.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 159


Fig.100 – Configurações gerais do comutador
Consulte Fig.100 para as configurações gerais do comutador. Todas as portas utilizadas devem estar Habilitadas,
então, habilitando a Lan-1 e a porta A Interna, consulte a Fig.101.
Observe que o Tempo reduzido da Validade do Endereço MAC, somente para este teste em 15 segundos.
As outras portas devem ser desabilitadas. A disposição correta cruzada do cabo deve também ser selecionada
(consulte Fig.101. Habilitar LLF, se necessário, somente no término do line up do link. Selecione Master ou Slave
Role para a interface 1000BaseT.
As comutações do comutador são feitas com a Lan por seleções de porta. Referindo-se a Fig.102, o tráfego de
entrada na Lan-1 sai da Porta A Interna e conforme na Fig.103 e na Fig.104, o tráfego de entrada na Porta Interna
A sai da porta Lan-1. Esta conexão é feita para todos os pacotes Não Marcados e para todos os pacotes Marcados
com Vlan Id não descrito na Tabela de Configuração Vlan.
Se a Tabela de Configuração Vlan estiver em branco, todos os tráfegos Marcados seguirão as regras da Lan por

porta. As seleções possíveis da Verificação de Filtragem de Ingresso:

• "Disable 802.1q" [Desabilitar 802.1q]: Nenhuma verificação do rótulo da Lan Virtual é feita e todos os
pacotes seguem a Lan por configurações da porta
• "Retirada": Se os pacotes marcados têm suas Id Vlan na Tabela de Configuração de Vlan, eles seguirão a
conexão descrita na tabela, caso contrário, eles seguirão a Lan por configurações por porta conforme os
pacotes Não Marcados
• "Seguro": Nenhum trânsito de pacote não marcado; somente pacotes Marcados com ID Vlan listado na
tabela pode transitar.
Para todas as configurações anteriores "Disable 802.1" [Desabilite 802.1] deve ser selecionada. Com o Modo
Egresso como Não Modificado, os pacotes em andamento na porta Lan-1 sai do Não Marcado ou Marcado
exatamente como eles foram Não Marcados ou Marcados na porta de entrada.

160 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Fig.101 –Configurações de Interface da Lan-1

Fig.102- Configurações Vlan para a LAN-1

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 161


Fig.103- Configurações Vlan para a Porta A

Fig.104 – Configuração Prioritária para a Lan-1 e Porta A

162 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


20.3 DA PORTA 3 PARA AS CONEXÕES DA PORTA 3
Configurações para o Tráfego Não Marcado

Comutador Comutador
Porta Porta
1 1

Rádio AL Rádio AL

Local Remoto

Fig.105 - porta 3 para as conexões da porta 3 com tráfego segregado

Neste exemplo, a porta 3 local deve se comunicar com relação as portas 3 remotas. Todas as portas compartilham
o mesmo canal de rádio, mas o tráfego originado e direcionado para a Lan1deve ser mantido separado a partir do
tráfego da Lan2 e Lan3 e vice-versa.
Lan-1 a Lan-1, a conexão deve transferir os pacotes não marcados.
A Lan-2 e Lan-3 possuem os mesmos requerimentos. Consulte Fig.105.

Selecione configuração 1+0 ou 1+1 de acordo com os requerimentos do sistema.

Fig.106 – Modulação e capacidade


Consulte Fig.106. A primeira seleção e a modulação e a largura da banda do canal, no presente exemplo,
selecionamos 28MHz e 16QAM.
O Motor ACM, Modulação Superior, Modulação Inferior, Tráfego Permanente e Capacidade TDM extra em qualquer
modulação devem estar no mesmo local e remoto.
O processamento em qualquer modulação com largura de banda de 28 MHz é mostrada na Fig.107 com o botão
View Current Config [Visualizar a Configuração Atual] da Fig.106.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 163


Fig.107 – Visualizar a Configuração Atual
Desta maneira, com a modulação 4QAMstrong, a capacidade Ethernet é de 20 Mbit/s e com modulação 256QAM, a
capacidade Ethernet é de 140 Mbit/s.

Fig.108 – Configurações gerais do comutador

Consulte Fig.108 para as configurações gerais do comutador. Todas as portas utilizadas devem estar Habilitadas,
então, habilitando a Lan-1 e 1, Lan-2, Lan-3 e a Porta Interna, consulte Fig.109.
Observe que o Tempo reduzido da Validade do Endereço MAC, somente para este teste em 15 segundos. A
disposição correta cruzada do cabo deve também ser selecionada (consulte Fig. 109). Habilitar LLF, se necessário,
somente no término do line up do link.
Selecione Master ou Slave Role para a interface 1000BaseT.
Para o tráfego Não Marcado, as conexões são feitas com a Lan por seleções de porta. Referindo-se a Fig.110, o
tráfego de entrada na Lan-1 sai da Porta A Interna e conforme na Fig.113 e na 1, o tráfego de entrada na Porta
Interna A sai da porta Lan-1.

164 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Esta conexão é feita para todos os tráfegos Não Marcados e para todos os pacotes Marcados com Vlan Id não
descrito na Tabela de Configuração Vlan.
Tabela de Configuração Vlan.
Se a Tabela de Configuração Vlan estiver em branco, todos os tráfegos Marcados seguirão as regras da Lan por

porta. As seleções possíveis da Verificação de Filtragem de Ingresso:

• "Disable 802.1q": Nenhuma verificação do rótulo da Lan Virtual é feita e todos os pacotes seguem a Lan por
configurações da porta
• "Retirada": Se os pacotes marcados têm suas Id Vlan na Tabela de Configuração de Vlan, eles seguirão a
conexão descrita na tabela, caso contrário, eles seguirão a Lan por configurações por porta conforme os
pacotes Não Marcados
• "Seguro": Nenhum trânsito de pacote não marcado; somente pacotes Marcados com ID Vlan listado na
tabela pode transitar.

Fig.109 –Configurações de Interface da Lan-1

Todas as portas utilizadas devem estar Habilitadas.


A disposição correta cruzada do cabo deve também ser selecionada (consulte
O tráfego Não Marcado transita somente se a seleção para a Verificação de Filtragem de Egresso for desabilitada
em cada porta de entrada e uma Vlan separada para o tráfego Não Marcado é configurado para cada porta.
Cada porta do comutador deve estar associada a diferentes ID VLAN Padrão, a Lan-1 com VID 4001 Padrão, a Lan-
2 com VID 4002 Padrão, Lan-3 com VID 4003 Padrão, para Lan-1, consulte Fig.109 e Fig.110.
Os pacotes Não Marcados que chegam pelas portas físicas são marcados no canal de rádio comum, mas marcados
com diferentes VLANs. Ao receber os pacotes finais, estes serão distribuídos nas suas portas e não marcados.
A Tabela de Configuração Vlan será definida a fim de agrupar o tráfego a partir da Lan-1, Lan-2, Lan-3 a Porta A.

A Tabela de Configuração Vlan deve ser programada conforme na Fig.114.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 165


Fig.110 – Configurações da Lan1 Vlan

Fig.111 – Configurações da Lan2 Vlan

166 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Fig.112 – Configurações da Lan3 Vlan

Fig.113 – Configurações da Porta A

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 167


Fig.114 – Tabela de Configuração Vlan

20.4 DA PORTA 3 PARA A CONEXÕES DA PORTA 3

Configurações para o Tráfego Marcado, QinQ

Comutador Comutador
Porta Porta
1 1

Rádio AL Rádio AL

Local Remoto

Fig.115 - porta 3 para as conexões da porta 3 com tráfego Marcado e Não Marcado segregado
Neste exemplo, a porta 3 local deve se comunicar com relação as portas 3 remotas. Todas as portas compartilham
o mesmo canal de rádio, mas o tráfego originado e direcionado para a Lan1deve ser mantido separado a partir do
tráfego da Lan2 e Lan3 e vice-versa.
Lan-1 a Lan-1, a conexão deve transferir os pacotes não marcados e marcados. A Lan-2 e Lan-3 possuem os
mesmos requerimentos. Consulte Fig.115.
Selecione configuração 1+0 ou 1+1 de acordo com os requerimentos do sistema.

168 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Fig.116 – Modulação e capacidade

Consulte Fig.116. A primeira seleção e a modulação e a largura da banda do canal, no presente exemplo,
selecionamos 28MHz e 16QAM.
O Motor ACM, Modulação Superior, Modulação Inferior, Tráfego Permanente e Capacidade TDM extra em qualquer
modulação devem estar no mesmo local e remoto.
O processamento em qualquer modulação com largura de banda de 28 MHz é mostrada na Fig.117 com o botão
View Current Config [Visualizar a Configuração Atual] da Fig.116.

Fig.117 – Visualizar a Configuração Atual

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 169


Desta maneira, com a modulação 4QAMstrong, a capacidade Ethernet é de 20 Mbit/s e com modulação 256QAM, a
capacidade Ethernet é de 140 Mbit/s.

Fig.118 – Configurações gerais do comutador


Consulte Fig.118 para as configurações gerais do comutador. Todas as portas utilizadas devem estar Habilitadas,
então, habilitando a Lan-1 e 1, Lan-2, Lan-3 e a Porta A Interna, consulte Fig.101.
Para o tráfego já Marcado, precisamos adicionar uma segunda Tag Vlan para os pacotes, criando o Vlan do Vlan no
canal do rádio, por isso precisamos de um tamanho máximo de pacote de 2048.
As configurações são conforme relatadas nas Fig.119, Fig.120, Fig.121, Fig.122, Fig.123.

Fig.119 – Configurações da Lan1 Vlan

170 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Fig.120 – Configurações da Lan2 Vlan

Fig.121 – Configurações da Lan3 Vlan

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 171


Fig.122 – Configurações da Porta A

Fig.123 – Tabela de Configuração Vlan

172 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


21 COMO ALTERAR O ENDEREÇO NO EQUIPAMENTO
REMOTO PERDENDO A CONEXÃO

21.1 FERRAMENTAS

O seguinte procedimento pode ser feito com SCT/LCT ou com Web LCT e janelas similares.

21.2 PROCEDIMENTO

1 Ajuste os novos endereço n o equipamento remoto


2 Limpe a Tabela de Roteamento Armazenado no equipamento remoto e adicione novas linhas para a tabela
3 Ajuste o novo Agente e reinicie o equipamento remoto
4 Configure o equipamento local
5 Prepare a Sub-rede no equipamento local, capture o equipamento remoto e envie-o para a nova sub-rede

Selecione o equipamento remoto

Selecione o menu Equipment –[Equipamento] > Configuration Setup [Configuração] -> Port Configuration
[Porta de Configuração]

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 173


Fig.124 – Terminal de Supervisão de Sub-rede – Configuração de Comunicação

CONFIGURAÇÃO

Configure:
IP Ethernet ->Endereço Ip e máscara da rede(consulte Fig.125)

Lct PPP -> Endereço Ip e máscara da rede (consulte Fig.126)

PPP Radio -> Endereço Ip e máscara da rede (consulte Fig.127)

Se você tiver outra porta configure, por exemplo, PPP RS232 - 2Mbit/s EOC ecc. Configure-a com o IP e a máscara
da rede

174 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Fig.125 - IP Ethernet

Fig.126 - LCT PPP

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 175


Fig.127 – Rádio PPP
No término, selecione Set Values [Configurar Valores]-> Confirm [Confirme] e Store [Armazene] -> Confirm
[Confirme].

176 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Selecione o equipamento

Selecione o menu Equipment [Equipamento] -> Configuration Setup [Configuração]-> Stored Routing
Table [Tabela de Roteamento de Armazenagem]

Fig.128 – Tabela de Roteamento de Armazenagem


Neste menu, delete todas as linhas e gateway padrão, pressione Apply [Aplicar] e, em seguida Save [Salvar].

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 177


Fig.129 – Tabela de Roteamento de Armazenagem
Adicionar novas linhas de rota (relevante a nova configuração dos endereços ) pressione o botão Add [Adicionar].

Quando a Tabela de Roteamento de Armazenagem estiver completa, pressione Apply [aplicar] e, em seguida

Save [Salvar].

Selecione o equipamento remoto

Selecione o menu Equipment [Equipamento] -> Properties [Propriedades]. Ajuste o novo Agente (igual o

endereço de porta Ethernet). Pressione Restart [Reiniciar] e, em seguida Confirm [Confirmar].

Após reiniciar, o Equipamento Remoto desaparece da visualização SCT.

Configure o equipamento local

Configure o equipamento local com o mesmo procedimento visto anteriormente. Então, reinicie o equipamento
local.

Assistente de Configuração de sub-rede


Para ver o equipamento remoto e local, a nova sub-rede (estação e equipamento) deve ser preparada. Selecione

menu Tools [Ferramentas]-> Subnetwork Configuration Wizard [Assistente de Configuração de sub-

rede].

178 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Fig.130 – Assistente de Configuração de sub-rede

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 179


Fig.131 – Assistente de Configuração de sub-rede - Configuração Atual

Pressione Add Station [Adicionar Estação], salve o seu nome e pressione OK.

180 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Fig.132 – Adicionar nova estação

Selecione esta nova estação e pressione Add Element [Adicionar Elemento].


O Endereço IP para ajustar é o Agente (igual ao endereço da porta da Ethernet).

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 181


Fig.133 – Adicionar Novo Elemento de Rede

Após ter configurado o Endereço do Equipamento, pressione OK.


O novo elemento é criado dentro da estação previamente criada
A presente etapa deve ser feita para o equipamento local e remoto.

182 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Fig.134 – Assistente de Configuração de sub-rede
Selecione o equipamento local (um com o Sistema (Local))

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 183


Fig.135 – Assistente de Configuração de sub-rede

Envie a configuração para o equipamento local.


Quando o equipamento remoto aparecer na Configuração Atual, prepare novamente a configuração da rede que
você definiu anteriormente (ou selecione o equipamento local, pressione Retrieve [Recuperar]) e envie a
configuração para o equipamento remoto.

184 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 185
Seção 5.
PROGRAMAÇÃO E SUPERVISÃO

22 PROGRAMAÇÃO E SUPERVISÃO

22.1 GERAL

O equipamento de rádio foi projetado a ser facilmente programado e supervisionado. As seguintes ferramentas são

implementadas para a finalidade:

• Terminal de Supervisão da Sub-rede SCT + Terminal de Supervisão Local WEB LCT . Eles são utilizados para controle
remoto e local de uma sub-rede compreendendo um máximo do equipamento do rádio 100 AL.
• Gerenciamento da Rede NMS5–UX. Este é utilizado para o controle remoto de um rede inteira composta de
diferentes equipamentos SIAE, incluindo equipamento de rádio.
Para mais detalhes, consulte a documentação relevante. A documentação SCT/LCT está disponível com ajuda on–
line.

22.2 WEBLCT

O equipamento pode ser localmente controlado por um servidor de Web embutido, o WEB LCT, e um browser http
executado no PC.
Esta também disponível um software chamado SCT que pode gerenciar as sub-redes dos Elementos de Rede da
SIAE.
A plataforma do hardware utilizado pelo SCT/LCT está baseada no computador pessoal, possuindo pelo menos as
seguintes características:
• HD com 100 Mbyte de espaço livre
• Windows XP/Windows Vista
• Flash Player versão 8.1 ou superior

186 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Gerenciamento da Falha

O operador pode verificar o status do equipamento por meio de um "Painel de Visualização de Alarme" que é
atualizado automaticamente pelo sistema.
Os registros do alarme estão armazenados pelo equipamento em um log da história junto com todas as
informações que poderiam ser interessantes para o usuário, entre elas:
• Hora e data da ocorrência de um evento
• endereço e tipo de equipamento
• informação de identificação da unidade

• descrição do alarme
• nível de gravidade do evento
O operador pode acessar o log da história, utilizando diferentes filtros.

Configuração do equipamento:

Os parâmetros de configuração que podem se atualizar a partir do WebLCT são:


• Tipo do Sistema (protegido ou não)
• Largura da Banda do Canal
• Perfis ACM
• C a n a l RF
• desabilitar / habilitar ATPC
• L i m i a r e s ATPC Rx
• RTPC
• Limiar do alarme de potência Rx
• desabilitar / habilitar porta tributária
• STM-1, parâmetros VC4 e VC12
• Matriz de conexão em cruz E1
• Parâmetros do comutador de Ethernet
• Parâmetros de Sincronização
• Permitir Alarme
• Gravidade do Alarme
• Entradas do Usuário e configuração de relé
• C o n f i g u r a ç ã o d a p o r t a TMN

Manutenção do Equipamento

Os parâmetros da manutenção principal que podem se atualizar a partir do WebLCT são:


• desabilitar / habilitar o transmissor
• portadora somente
• loops4 (consulte Fig.136)
• f o r ç a m e n t o d o e s t a d o a t i v o na configuração 1+1
• PRBS

As seguintes figuras mostram os loops que podem ser ajustados a partir do WEBLCT, para qualquer configuração
do IDU.

4
Os loops de linha podem ser feitos para as interfaces E1, STM-1 e Ethernet. Os loops internos podem ser feitos para as interfaces E1 e STM-1

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 187


Loop
Interno (2)

Linha do loop Loop Loop


(1) IDU (3) ODU (4)

1. Loop local do Tributário


2. Loop Tributário Interno
3. Loop IDU
4. Loop RF

Fig.136 - Loop

Gerenciamento do Software

Um novo firmware ou um novo lançamento de WEBLCT pode ser realizado o download a partir do próprio WEBLCT.
O lançamento do software atual é reportado ao operador.

Gerenciamento de Desempenho

O G828, Potência Rx, Potência Tx e contadores ACM são calculados na lateral do rádio e na lateral da linha.
Todos os contadores estão disponíveis em 15 minutos e diariamente, o WEBLCT coleta 16 blocos de contadores de
15 minutos, mostrados no histórico de 4 horas.
O usuário pode Iniciar e Parar a função de Monitoramento de Desempenho.
O usuário pode definir um limiar para cada contador, quando a limiar é cruzada, um alarme é ajustado para o
equipamento, à gravidade do alarme desempenho pode ser ajustada pelo operador.

Rádio 1

Lateral de Rádio Potencia de Rádio 1

Lateral de Linha

Potencia de Rádio 2
Lateral de Linha

Rádio 2

Fig.137 Pontos terminais para o monitoramento de desempenho

188 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Além do que foi mostrado na figura acima, as seguintes características de monitoramento de desempenho estão
disponíveis:
• RMON para as estatísticas da porta da Ethernet, no lado tributário e do rádio
• Contadores de monitoramento de desempenho ACM

Gerenciamento de Segurança

O administrador WEBLCT cria e gerencia uma configuração das contas do usuário, as informações de segurança
(Senha e perfil do usuário) são utilizadas para fins de identificação e autenticação.
Dois níveis de operador são habilitados, dependendo do perfil designado ao operador:
• n í v e i s d e p r i v i l é g i o completo permite que o operador realize todas as opções disponíveis.
• nível de privilégio parcial permite que o operador leia os parâmetros de configuração e alarme e comando
de manutenção (por exemplo: o comutador de força acima dos sistemas 1+1).

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 189


Seção 6.
COMPOSIÇÃO

23 COMPOSIÇÃO IDU MODULAR

23.1 GERAL

O ALplus2 IDU está disponível nas seguintes versões:


• 1RU 1+0 não duplicado
• 1RU 1+1 padrão.
Ambas as unidades compreendem módulos plug-in como LIM/RIM/Controller que pode ser substituído
individualmente.
O número da peça do módulo, layout do hardware e composição do equipamento estão sujeitos às alterações sem
aviso prévio.

23.2 NÚMERO DA PEÇA DO IDU

Cada versão é identificada por um número de peça específico mostrado em uma etiqueta (consulte Fig.140)
anexada no IDU, no lado esquerdo na parte superior. As informações de fornecimento de energia importantes são
também escritas.
O P/N compreende seis dígitos com o seguinte significado:

190 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Tab.33- Número da Peça IDU

Digito Letra/número Significado


Montagem funcional das unidades concluídas por
1 G
uma estrutura mecânica
2 A Equipamento EAL
3 I Instalação Interna
0165 1+0 - 1 unidade - 16E1 + 2xSTM1 + FE
4 to 7
0166 1+1 - 1 unidade - 16E1 + 2xSTM1 + FE

23.3 COMPOSIÇÃO DA UNIDADE INTERNA

1+0/1+1 padrão, versão Ethernet

O IDU compreende os módulos LIM/RIM/CONTROLLER. Cada módulo é identificado por meio de uma etiqueta
interna, indicando o P/N relevante.
Os P/Ns são as seguintes:
- LIM
- RIM
- CONTROLLER.

Fig.138 - IDU GAI0165

Fig.139 - IDU GAI0166

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 191


Fig.140 - IDU P/N

192 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


24 COMPOSIÇÃO DA UNIDADE EXTERNA

24.1 GERAL

O ODU compreende de uma estrutura mecânica que aloja todos os circuitos de transceptor. Na versão 1+1 HSB, a
conexão a antena é realizada por meio de um híbrido passivo.

Tanto o transceptor quanto o híbrido são oferecidos em diferentes versões dependendo das bandas de operação, a
configuração da antena e etc...

Um rótulo (consulte Fig.141) anexo na estrutura do ODU exibe os parâmetros mais significantes conforme o valor
de frequência de ida/volta, sub-banda, banda de operação e número da peça.

O número das peças identifica o tipo de operação ODU. A descrição ODU nas seguintes tabelas de frequência, ida e
volta, canal e capacidade, se especificada.

Por exemplo:

• ODU AS 11/530 ITU CH9L 2xSTM1 significa:


Frequência de banda do ODU de 11 GHz, ida/volta de 530 MHz, presente fixado baixo CH9, capacidade de
2xSTM1
• ODU AS 23/1008 SB 2H significa:
Banda de frequência ODU 23 GHz, ida/volta 1008 MHz, 2 Alta sub-banda.
Na Tab.34 e Tab.35 várias versões do ODU e número de peças híbridas são listados.

O número da peça, o layout do hardware e a composição do equipamento estão sujeitos a alterações sem aviso
prévio.

Tab.34 - Número da peça e descrição

Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU AS6L CH = 1H GE9185
ODU AS6L CH = 1H GE9185-03
ODU AS6L CH = 1L GE9184
ODU AS6L CH = 1L GE9184-03
ODU AS6L CH = 2H GE9187
ODU AS6L CH = 2H GE9187-03
6
ODU AS6L CH = 2L GE9186
ODU AS6L CH = 2L GE9186-03
ODU AS6L CH = 3H GE9189
ODU AS6L CH = 3H GE9189-03
ODU AS6L CH = 3L GE9188
ODU AS6L CH = 3L GE9188-03

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 193


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU AS6L CH=4H GE9191
ODU AS6L CH=4H GE9191-03
ODU AS6L CH=4L GE9190
ODU AS6L CH=4L GE9190-03
ODU AS6L CH = 5H GE9193
ODU AS6L CH = 5H GE9193-03
ODU AS6L CH = 5L GE9192
ODU AS6L CH = 5L GE9192-03
ODU AS6L CH = 6H GE9195
ODU AS6L CH = 6H GE9195-03
ODU AS6L CH = 6L GE9194
ODU AS6L CH = 6L GE9194-03
ODU AS6L CH = 7H GE9197
ODU AS6L CH = 7H GE9197-03
ODU AS6L CH = 7L GE9196
ODU AS6L CH = 7L GE9196-03
ODU AS6L CH = 8H GE9199
ODU AS6L CH = 8H GE9199-03
6 ODU AS6L CH = 8L GE9198
ODU AS6L CH = 8L GE9198-03
ODU AS6L SB=1H GE9269
ODU AS6L SB=1H GE9269-03
ODU AS6L SB=1L GE9268
ODU AS6L SB=1L GE9268-03
ODU AS6L SB=2H GE9271
ODU AS6L SB=2H GE9271-03
ODU AS6L SB=2L GE9270
ODU AS6L SB=2L GE9270-03
ODU AS6L SB=3H GE9273
ODU AS6L SB=3H GE9273-03
ODU AS6L SB=3L GE9272
ODU AS6L SB=3L GE9272-03
ODU AS6L SB=4H GE9275
ODU AS6L SB=4H GE9275-03
ODU AS6L SB=4L GE9274
ODU AS6L SB=4L GE9274-03
ODU AS6U CH = 1H GE9291

194 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU AS6U CH = 1H GE9291-03
ODU AS6U CH = 1L GE9290
ODU AS6U CH = 1L GE9290-03
ODU AS6U CH = 2H GE9293
ODU AS6U CH = 2H GE9293-03
ODU AS6U CH = 2L GE9292
ODU AS6U CH = 2L GE9292-03
ODU AS6U CH = 3H GE9295
ODU AS6U CH = 3H GE9295-03
ODU AS6U CH = 3L GE9294
ODU AS6U CH = 3L GE9294-03
ODU AS6U CH = 4H GE9297
ODU AS6U CH=4H GE9297-03
ODU AS6U CH=4L GE9296
ODU AS6U CH=4L GE9296-03
ODU AS6U CH = 5H GE9299
ODU AS6U CH = 5H GE9299-03
ODU AS6U CH = 5L GE9298
6 ODU AS6U CH = 5L GE9298-03
ODU AS6U CH = 6H GE9301
ODU AS6U CH = 6H GE9301-03
ODU AS6U CH = 6L GE9300
ODU AS6U CH = 6L GE9300-03
ODU AS6U CH = 7H GE9303
ODU AS6U CH = 7H GE9303-03
ODU AS6U CH = 7L GE9302
ODU AS6U CH = 7L GE9302-03
ODU AS6U CH = 8H GE9305
ODU AS6U CH = 8H GE9305-03
ODU AS6U CH = 8L GE9304
ODU AS6U CH = 8L GE9304-03
ODU AS6U SB=1H GE9285
ODU AS6U SB=1H GE9285-03
ODU AS6U SB=1L GE9284
ODU AS6U SB=1L GE9284-03
ODU AS6U SB=2H GE9287
ODU AS6U SB=2H GE9287-03

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 195


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU AS6U SB=2L GE9286
ODU AS6U SB=2L GE9286-03
ODU AS6U SB=3H GE9289
ODU AS6U SB=3H GE9289-03
6
ODU AS6U SB=3L GE9288
ODU AS6U SB=3L GE9288-03
ODU AS6U SB=4H GE9331
ODU AS6U SB=4L GE9330
ODU AS7H/245 SB=1H GE9137
ODU AS7H/245 SB=1H GE9137-03
ODU AS7H/245 SB=1L GE9136
ODU AS7H/245 SB=1L GE9136-03
ODU AS7H/245 SB=2H GE9139
ODU AS7H/245 SB=2H GE9139-03
ODU AS7H/245 SB=2L GE9138
ODU AS7H/245 SB=2L GE9138-03
ODU AS7H/245 SB=3H GE9141
ODU AS7H/245 SB=3H GE9141-03
ODU AS7H/245 SB=3L GE9140
ODU AS7H/245 SB=3L GE9140-03
ODU AS7L/161 SB=1H GE9253
ODU AS7L/161 SB=1H GE9253-03
7 ODU AS7L/161 SB=1L GE9252
ODU AS7L/161 SB=1L GE9252-03
ODU AS7L/161 SB=2H GE9255
ODU AS7L/161 SB=2H GE9255-03
ODU AS7L/161 SB=2L GE9254
ODU AS7L/161 SB=2L GE9254-03
ODU AS7L/161 SB=3H GE9257
ODU AS7L/161 SB=3H GE9257-03
ODU AS7L/161 SB=3L GE9256
ODU AS7L/161 SB=3L GE9256-03
ODU AS7L/196 SB=1H GE9009
ODU AS7L/196 SB=1H GE9009-03
ODU AS7L/196 SB=1L GE9008
ODU AS7L/196 SB=1L GE9008-03
ODU AS7L/196 SB=2H GE9011

196 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU AS7L/196 SB=2H GE9011-03
ODU AS7L/196 SB=2L GE9010
ODU AS7L/196 SB=2L GE9010-03
ODU AS7L/196 SB=3H GE9013
ODU AS7L/196 SB=3H GE9013-03
ODU AS7L/196 SB=3L GE9012
ODU AS7L/196 SB=3L GE9012-03
ODU AS7M/154 SB=10H GE9329
ODU AS7M/154 SB=10L GE9328
ODU AS7M/154 SB=10L GE9328-03
ODU AS7M/154 SB=1H GE9173
ODU AS7M/154 SB=1H GE9173-03
ODU AS7M/154 SB=1L GE9172
ODU AS7M/154 SB=1L GE9172-03
ODU AS7M/154 SB=2H GE9175
ODU AS7M/154 SB=2H GE9175-03
ODU AS7M/154 SB=2L GE9174
ODU AS7M/154 SB=2L GE9174-03
7 ODU AS7M/154 SB=3H GE9177
ODU AS7M/154 SB=3H GE9177-03
ODU AS7M/154 SB=3L GE9176
ODU AS7M/154 SB=3L GE9176-03
ODU AS7M/154 SB=4H GE9179
ODU AS7M/154 SB=4H GE9179-03
ODU AS7M/154 SB=4L GE9178
ODU AS7M/154 SB=4L GE9178-03
ODU AS7M/154 SB=5H GE9181
ODU AS7M/154 SB=5H GE9181-03
ODU AS7M/154 SB=5L GE9180
ODU AS7M/154 SB=5L GE9180-03
ODU AS7M/154 SB=7H GE9323
ODU AS7M/154 SB=7H GE9323-03
ODU AS7M/154 SB=7L GE9322
ODU AS7M/154 SB=7L GE9322-03
ODU AS7M/154 SB=8H GE9325
ODU AS7M/154 SB=8H GE9325-03
ODU AS7M/154 SB=8L GE9324

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 197


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU AS7M/154 SB=8L GE9324-03
ODU AS7M/154 SB=9H GE9327
ODU AS7M/154 SB=9H GE9327-03
ODU AS7M/154 SB=9L GE9326
ODU AS7M/154 SB=9L GE9326-03
ODU AS7M/161 SB=1H GE9259
ODU AS7M/161 SB=1H GE9259-03
ODU AS7M/161 SB=1L GE9258
ODU AS7M/161 SB=1L GE9258-03
ODU AS7M/161 SB=2H GE9261
ODU AS7M/161 SB=2H GE9261-03
ODU AS7M/161 SB=2L GE9260
ODU AS7M/161 SB=2L GE9260-03
ODU AS7M/161 SB=3H GE9263
7 ODU AS7M/161 SB=3H GE9263-03
ODU AS7M/161 SB=3L GE9262
ODU AS7M/161 SB=3L GE9262-03
ODU AS7M/168 SB=1H GE9015
ODU AS7M/168 SB=1H GE9015-03
ODU AS7M/168 SB=1L GE9014
ODU AS7M/168 SB=1L GE9014-03
ODU AS7M/168 SB=2H GE9017
ODU AS7M/168 SB=2H GE9017-03
ODU AS7M/168 SB=2L GE9016
ODU AS7M/168 SB=2L GE9016-03
ODU AS7M/168 SB=3H GE9019
ODU AS7M/168 SB=3H GE9019-03
ODU AS7M/168 SB=3L GE9018
ODU AS7M/168 SB=3L GE9018-03
ODU AS8/266 SB=1H GE9279
ODU AS8/266 SB=1H GE9279-03
ODU AS8/266 SB=1L GE9278
ODU AS8/266 SB=1L GE9278-03
8
ODU AS8/266 SB=2H GE9281
ODU AS8/266 SB=2H GE9281-03
ODU AS8/266 SB=2L GE9280
ODU AS8/266 SB=2L GE9280-03

198 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU AS8/266 SB=3H GE9283
ODU AS8/266 SB=3H GE9283-03
ODU AS8/266 SB=3L GE9282
ODU AS8/266 SB=3L GE9282-03
ODU AS8/310 SB=1H GE9145
ODU AS8/310 SB=1H GE9145-03
ODU AS8/310 SB=1L GE9144
ODU AS8/310 SB=1L GE9144-03
ODU AS8/310 SB=2H GE9147
ODU AS8/310 SB=2H GE9147-03
ODU AS8/310 SB=2L GE9146
ODU AS8/310 SB=2L GE9146-03
ODU AS8/310 SB=3H GE9149
ODU AS8/310 SB=3H GE9149-03
ODU AS8/310 SB=3L GE9148
ODU AS8/310 SB=3L GE9148-03
ODU AS8/311,32 SB=1H GE9051
ODU AS8/311,32 SB=1H GE9051-01
8
ODU AS8/311,32 SB=1H GE9051-03
ODU AS8/311,32 SB=1L GE9050
ODU AS8/311,32 SB=1L GE9050-01
ODU AS8/311,32 SB=1L GE9050-03
ODU AS8/311,32 SB=2H GE9053
ODU AS8/311,32 SB=2H GE9053-01
ODU AS8/311,32 SB=2H GE9053-03
ODU AS8/311,32 SB=2L GE9052
ODU AS8/311,32 SB=2L GE9052-01
ODU AS8/311,32 SB=2L GE9052-03
ODU AS8/311,32 SB=3H GE9265
ODU AS8/311,32 SB=3H GE9265-03
ODU AS8/311,32 SB=3L GE9264
ODU AS8/311,32 SB=3L GE9264-03
ODU AS8/311,32 SB=4H GE9267
ODU AS8/311,32 SB=4H GE9267-03
ODU AS8/311,32 SB=4L GE9266
ODU AS8/311,32 SB=4L GE9266-03
11 ODU AS11 - G/R490 CH = 9H GE9129-03

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 199


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU AS11 SB=1H GE9235
ODU AS11 SB=1H GE9235-03
ODU AS11 SB=1L GE9234
ODU AS11 SB=1L GE9234-03
ODU AS11 SB=2H GE9237
ODU AS11 SB=2H GE9237-03
ODU AS11 SB=2L GE9236
ODU AS11 SB=2L GE9236-03
ODU AS11 SB=3H GE9239
ODU AS11 SB=3H GE9239-03
ODU AS11 SB=3L GE9238
ODU AS11 SB=3L GE9238-03
ODU AS11/490 CH = 10H GE9131
ODU AS11/490 CH = 10L GE9130
ODU AS11/490 CH = 11H GE9133
ODU AS11/490 CH = 11H GE9133-03
ODU AS11/490 CH = 11L GE9132
ODU AS11/490 CH = 11L GE9132-03
11 ODU AS11/490 CH = 12H GE9135
ODU AS11/490 CH = 12L GE9134
ODU AS11/490 CH = 1H GE9113
ODU AS11/490 CH = 1L GE9112
ODU AS11/490 CH = 2H GE9115
ODU AS11/490 CH = 2L GE9114
ODU AS11/490 CH = 3H GE9117
ODU AS11/490 CH = 3L GE9116
ODU AS11/490 CH = 4H GE9119
ODU AS11/490 CH = 4H GE9119-03
ODU AS11/490 CH=4L GE9118
ODU AS11/490 CH=4L GE9118-03
ODU AS11/490 CH = 5H GE9121
ODU AS11/490 CH = 5H GE9121-03
ODU AS11/490 CH = 5L GE9120
ODU AS11/490 CH = 5L GE9120-03
ODU AS11/490 CH = 6H GE9123
ODU AS11/490 CH = 6L GE9122
ODU AS11/490 CH = 7H GE9125

200 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU AS11/490 CH = 7H GE9125-03
ODU AS11/490 CH = 7L GE9124
ODU AS11/490 CH = 7L GE9124-03
ODU AS11/490 CH = 8H GE9127
ODU AS11/490 CH = 8H GE9127-03
ODU AS11/490 CH = 8L GE9126
ODU AS11/490 CH = 8L GE9126-03
ODU AS11/490 CH = 9H GE9129
ODU AS11/490 CH = 9L GE9128
ODU AS11/490 CH = 9L GE9128-03
ODU AS11/530 ITU CH = 10H GE9229
ODU AS11/530 ITU CH = 10L GE9228
ODU AS11/530 ITU CH = 11H GE9231
ODU AS11/530 ITU CH = 11L GE9230
ODU AS11/530 ITU CH = 12H GE9233
ODU AS11/530 ITU CH = 12L GE9232
ODU AS11/530 ITU CH = 1H GE9211
ODU AS11/530 ITU CH = 1L GE9210
11 ODU AS11/530 ITU CH = 2H GE9213
ODU AS11/530 ITU CH = 2L GE9212
ODU AS11/530 ITU CH = 3H GE9215
ODU AS11/530 ITU CH = 3H 2XSTM1 GE9333
ODU AS11/530 ITU CH = 3L GE9214
ODU AS11/530 ITU CH = 3L 2XSTM1 GE9332
ODU AS11/530 ITU CH=4H GE9217
ODU AS11/530 ITU CH=4L GE9216
ODU AS11/530 ITU CH = 5H GE9219
ODU AS11/530 ITU CH = 5H 2XSTM1 GE9335
ODU AS11/530 ITU CH = 5L GE9218
ODU AS11/530 ITU CH = 5L 2XSTM1 GE9334
ODU AS11/530 ITU CH = 6H GE9221
ODU AS11/530 ITU CH = 6L GE9220
ODU AS11/530 ITU CH = 7H GE9223
ODU AS11/530 ITU CH = 7H 2XSTM1 GE9337
ODU AS11/530 ITU CH = 7L GE9222
ODU AS11/530 ITU CH = 7L 2XSTM1 GE9336
ODU AS11/530 ITU CH = 8H GE9225

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 201


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU AS11/530 ITU CH = 8L GE9224
ODU AS11/530 ITU CH = 9H GE9227
11 ODU AS11/530 ITU CH = 9H 2XSTM1 GE9339
ODU AS11/530 ITU CH = 9L GE9226
ODU AS11/530 ITU CH = 9L 2XSTM1 GE9338
ODU AS13 CH = 1H GE9151
ODU AS13 CH = 1H GE9151-03
ODU AS13 CH = 1L GE9150
ODU AS13 CH = 1L GE9150-03
ODU AS13 CH = 2H GE9153
ODU AS13 CH = 2H GE9153-03
ODU AS13 CH = 2L GE9152
ODU AS13 CH = 2L GE9152-03
ODU AS13 CH = 3H GE9155
ODU AS13 CH = 3H GE9155-03
ODU AS13 CH = 3L GE9154
ODU AS13 CH = 3L GE9154-03
ODU AS13 CH=4H GE9157
ODU AS13 CH=4H GE9157-03
ODU AS13 CH=4L GE9156
ODU AS13 CH=4L GE9156-03
13
ODU AS13 CH = 5H GE9159
ODU AS13 CH = 5H GE9159-03
ODU AS13 CH = 5L GE9158
ODU AS13 CH = 5L GE9158-03
ODU AS13 CH = 6H GE9161
ODU AS13 CH = 6H GE9161-03
ODU AS13 CH = 6L GE9160
ODU AS13 CH = 6L GE9160-03
ODU AS13 CH = 7H GE9163
ODU AS13 CH = 7H GE9163-03
ODU AS13 CH = 7L GE9162
ODU AS13 CH = 7L GE9162-03
ODU AS13 CH = 8H GE9165
ODU AS13 CH = 8H GE9165-03
ODU AS13 CH = 8L GE9164
ODU AS13 CH = 8L GE9164-03

202 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU AS13 SB=1H GE9021
ODU AS13 SB=1H GE9021-03
ODU AS13 SB=1L GE9020
ODU AS13 SB=1L GE9020-03
ODU AS13 SB=2H GE9023
ODU AS13 SB=2H GE9023-03
ODU AS13 SB=2L GE9022
ODU AS13 SB=2L GE9022-03
13
ODU AS13 SB=3H GE9025
ODU AS13 SB=3H GE9025-03
ODU AS13 SB=3L GE9024
ODU AS13 SB=3L GE9024-03
ODU AS13 SB=4H GE9277
ODU AS13 SB=4H GE9277-03
ODU AS13 SB=4L GE9276
ODU AS13 SB=4L GE9276-03
ODU AS15 CH = 1H GE9105
ODU AS15 CH = 1L GE9104
ODU AS15 CH = 2H GE9107
ODU AS15 CH = 2L GE9106
ODU AS15 CH = 3H GE9109
ODU AS15 CH = 3L GE9108
ODU AS15 CH=4H GE9111
ODU AS15 CH=4L GE9110
ODU AS15/315 /322 SB=3H GE9205
ODU AS15/315/322 SB=1H GE9201
15 ODU AS15/315/322 SB=1H GE9201-03
ODU AS15/315/322 SB=1L GE9200
ODU AS15/315/322 SB=1L GE9200-03
ODU AS15/315/322 SB=1L GE9207-03
ODU AS15/315/322 SB=2H GE9203
ODU AS15/315/322 SB=2H GE9203-03
ODU AS15/315/322 SB=2L GE9202
ODU AS15/315/322 SB=2L GE9202-03
ODU AS15/315/322 SB=3H GE9205-03
ODU AS15/315/322 SB=3L GE9204
ODU AS15/315/322 SB=3L GE9204-03

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 203


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU AS15/315/322 SB=4H GE9207
ODU AS15/315/322 SB=4L GE9206
ODU AS15/315/322 SB=4L GE9206-03
ODU AS15/315/322 SB=5H GE9209
ODU AS15/315/322 SB=5H GE9209-03
ODU AS15/315/322 SB=5L GE9208
ODU AS15/315/322 SB=5L GE9208-03
ODU AS15/420 SB=1H GE9027
ODU AS15/420 SB=1H GE9027-03
ODU AS15/420 SB=1L GE9026
ODU AS15/420 SB=1L GE9026-03
ODU AS15/420 SB=2H GE9029
ODU AS15/420 SB=2H GE9029-03
ODU AS15/420 SB=2L GE9028
ODU AS15/420 SB=2L GE9028-03
ODU AS15/420 SB=3H GE9031
ODU AS15/420 SB=3H GE9031-03
ODU AS15/420 SB=3L GE9030
15 ODU AS15/420 SB=3L GE9030-03
ODU AS15/420 SB=4H GE9033
ODU AS15/420 SB=4H GE9033-03
ODU AS15/420 SB=4L GE9032
ODU AS15/420 SB=4L GE9032-03
ODU AS15/490 SB=1H GE9035
ODU AS15/490 SB=1H GE9035-03
ODU AS15/490 SB=1L GE9034
ODU AS15/490 SB=1L GE9034-03
ODU AS15/490 SB=2H GE9037
ODU AS15/490 SB=2H GE9037-03
ODU AS15/490 SB=2L GE9036
ODU AS15/490 SB=2L GE9036-03
ODU AS15/490 SB=3H GE9039
ODU AS15/490 SB=3H GE9039-03
ODU AS15/490 SB=3L GE9038
ODU AS15/490 SB=3L GE9038-03
ODU AS15/490 SB=4H GE9041
ODU AS15/490 SB=4H GE9041-03

204 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU AS15/490 SB=4L GE9040
ODU AS15/490 SB=4L GE9040-03
ODU AS15/644 SB=1H GE9313
ODU AS15/644 SB=1H GE9313-03
ODU AS15/644 SB=1L GE9312
ODU AS15/644 SB=1L GE9312-03
ODU AS15/644 SB=2H GE9315
ODU AS15/644 SB=2H GE9315-03
ODU AS15/644 SB=2L GE9314
ODU AS15/644 SB=2L GE9314-03
ODU AS15/728 CH = 1H GE9105-03
15
ODU AS15/728 CH = 1L GE9104-03
ODU AS15/728 CH = 2H GE9107-03
ODU AS15/728 CH = 2L GE9106-03
ODU AS15/728 CH = 3H GE9109-03
ODU AS15/728 CH = 3L GE9108-03
ODU AS15/728 CH = 4H GE9111-03
ODU AS15/728 CH=4L GE9110-03
ODU AS15/728 SB=1H GE9047
ODU AS15/728 SB=1H GE9047-03
ODU AS15/728 SB=1L GE9046
ODU AS15/728 SB=1L GE9046-03
ODU AS18 CH = 10H GE9073
ODU AS18 CH = 10L GE9072
ODU AS18 CH = 11H GE9075
ODU AS18 CH = 11L GE9074
ODU AS18 CH = 12H GE9077
ODU AS18 CH = 12L GE9076
ODU AS18 CH = 13H GE9079
18 ODU AS18 CH = 13L GE9078
ODU AS18 CH = 14H GE9081
ODU AS18 CH = 14L GE9080
ODU AS18 CH = 15H GE9083
ODU AS18 CH = 15L GE9082
ODU AS18 CH = 16H GE9085
ODU AS18 CH = 16L GE9084
ODU AS18 CH = 17H GE9087

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 205


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU AS18 CH = 17L GE9086
ODU AS18 CH = 1H GE9055
ODU AS18 CH = 1L GE9054
ODU AS18 CH = 2H GE9057
ODU AS18 CH = 2L GE9056
ODU AS18 CH = 3H GE9059
ODU AS18 CH = 3L GE9058
ODU AS18 CH=4H GE9061
ODU AS18 CH=4L GE9060
ODU AS18 CH = 5H GE9063
ODU AS18 CH = 5L GE9062
ODU AS18 CH = 6H GE9065
ODU AS18 CH = 6L GE9064
ODU AS18 CH = 7H GE9067
ODU AS18 CH = 7L GE9066
ODU AS18 CH = 8H GE9069
ODU AS18 CH = 8L GE9068
ODU AS18 CH = 9H GE9071
18 ODU AS18 CH = 9L GE9070
ODU AS18 SB=1H GE9001
ODU AS18 SB=1L GE9000
ODU AS18 SB=2H GE9003
ODU AS18 SB=2L GE9002
ODU AS18 SB=3H GE9005
ODU AS18 SB=3L GE9004
ODU AS18 SB=4H GE9007
ODU AS18 SB=4L GE9006
ODU AS18/1010 CH = 10H GE9073-03
ODU AS18/1010 CH = 10L GE9072-03
ODU AS18/1010 CH = 11H GE9075-03
ODU AS18/1010 CH = 11L GE9074-03
ODU AS18/1010 CH = 12H GE9077-03
ODU AS18/1010 CH = 12L GE9076-03
ODU AS18/1010 CH = 13H GE9079-03
ODU AS18/1010 CH = 13L GE9078-03
ODU AS18/1010 CH = 14H GE9081-03
ODU AS18/1010 CH = 14L GE9080-03

206 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU AS18/1010 CH = 15H GE9083-03
ODU AS18/1010 CH = 15L GE9082-03
ODU AS18/1010 CH = 16H GE9085-03
ODU AS18/1010 CH = 16L GE9084-03
ODU AS18/1010 CH = 17H GE9087-03
ODU AS18/1010 CH = 17L GE9086-03
ODU AS18/1010 CH = 1H GE9055-03
ODU AS18/1010 CH = 1L GE9054-03
ODU AS18/1010 CH = 2H GE9057-03
ODU AS18/1010 CH = 2L GE9056-03
ODU AS18/1010 CH = 3H GE9059-03
ODU AS18/1010 CH = 3L GE9058-03
ODU AS18/1010 CH=4H GE9061-03
ODU AS18/1010 CH=4L GE9060-03
ODU AS18/1010 CH = 5H GE9063-03
ODU AS18/1010 CH = 5L GE9062-03
ODU AS18/1010 CH = 6H GE9065-03
ODU AS18/1010 CH = 6L GE9064-03
18
ODU AS18/1010 CH = 7H GE9067-03
ODU AS18/1010 CH = 7L GE9066-03
ODU AS18/1010 CH = 8H GE9069-03
ODU AS18/1010 CH = 8L GE9068-03
ODU AS18/1010 CH = 9H GE9071-03
ODU AS18/1010 CH = 9L GE9070-03
ODU AS18/1010 SB=1H GE9001-03
ODU AS18/1010 SB=1L GE9000-03
ODU AS18/1010 SB=2H GE9003-03
ODU AS18/1010 SB=2L GE9002-03
ODU AS18/1010 SB=3H GE9005-03
ODU AS18/1010 SB=3L GE9004-03
ODU AS18/1010 SB=4H GE9007-03
ODU AS18/1010 SB=4L GE9006-03
ODU AS18/1560 SB=1H GE9183
ODU AS18/1560 SB=1H GE9183-03
ODU AS18/1560 SB=1L GE9182
ODU AS18/1560 SB=1L GE9182-03
23 ODU AS23/1008 SB=1H GE9171

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 207


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU AS23/1008 SB=1H GE9171-03
ODU AS23/1008 SB=1L GE9170
ODU AS23/1008 SB=1L GE9170-03
ODU AS23/1008 SB=2H GE9049
ODU AS23/1008 SB=2H GE9049-03
ODU AS23/1008 SB=2L GE9048
ODU AS23/1008 SB=2L GE9048-03
ODU AS23/1200-1232 SB=1H GE9241
ODU AS23/1200-1232 SB=1H GE9241-03
23 ODU AS23/1200-1232 SB=1L GE9240
ODU AS23/1200-1232 SB=1L GE9240-03
ODU AS23/1200-1232 SB=2H GE9243
ODU AS23/1200-1232 SB=2H GE9243-03
ODU AS23/1200-1232 SB=2L GE9242
ODU AS23/1200-1232 SB=2L GE9242-03
ODU AS23/1200-1232 SB=3H GE9245
ODU AS23/1200-1232 SB=3H GE9245-03
ODU AS23/1200-1232 SB=3L GE9244
ODU AS23/1200-1232 SB=3L GE9244-03
ODU AS25 SB=1H GE9167
ODU AS25 SB=1H GE9167-03
ODU AS25 SB=1L GE9166
ODU AS25 SB=1L GE9166-03
25
ODU AS25 SB=2H GE9169
ODU AS25 SB=2H GE9169-03
ODU AS25 SB=2L GE9168
ODU AS25 SB=2L GE9168-03
ODU AS32 SB=1H GE9317
ODU AS32 SB=1H GE9317-03
ODU AS32 SB=1L GE9316
ODU AS32 SB=1L GE9316-03
ODU AS32 SB=2H GE9319
32
ODU AS32 SB=2H GE9319-03
ODU AS32 SB=2L GE9318
ODU AS32 SB=2L GE9318-03
ODU AS32 SB=3H GE9321
ODU AS32 SB=3H GE9321-03

208 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU AS32 SB=3L GE9320
32
ODU AS32 SB=3L GE9320-03
ODU AS38 SB=1H GE9307
ODU AS38 SB=1H GE9307-03
ODU AS38 SB=1L GE9306
ODU AS38 SB=1L GE9306-03
38
ODU AS38 SB=2H GE9309
ODU AS38 SB=2H GE9309-03
ODU AS38 SB=2L GE9308
ODU AS38 SB=2L GE9308-03

Tab.35 – Número das peças e descrição ODU ASN


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU ASN6L SB=1H GE9501
ODU ASN6L SB=1L GE9500
ODU ASN6L SB=2H GE9503
ODU ASN6L SB=2L GE9502
ODU ASN6L SB=3H GE9505
ODU ASN6L SB=3L GE9504
ODU ASN6L SB=4H GE9507
6
ODU ASN6L SB=4L GE9506
ODU ASN6U SB=1H GE9509
ODU ASN6U SB=1L GE9508
ODU ASN6U SB=2H GE9511
ODU ASN6U SB=2L GE9510
ODU ASN6U SB=3H GE9513
ODU ASN6U SB=3L GE9512
ODU ASN7L/161 SB=1H GE9519
ODU ASN7L/161 SB=1L GE9518
ODU ASN7L/161 SB=2H GE9521
ODU ASN7L/161 SB=2L GE9520
7 ODU ASN7L/161 SB=3H GE9523
ODU ASN7L/161 SB=3L GE9522
ODU ASN7L/196 SB=1H GE9525
ODU ASN7L/196 SB=1L GE9524
ODU ASN7L/196 SB=2H GE9527

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 209


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU ASN7L/196 SB=2L GE9526
ODU ASN7L/196 SB=3H GE9529
ODU ASN7L/196 SB=3L GE9528
ODU ASN7M/154 SB=1H GE9535
ODU ASN7M/154 SB=1L GE9534
ODU ASN7M/154 SB=2H GE9537
ODU ASN7M/154 SB=2L GE9536
ODU ASN7M/154 SB=3H GE9539
ODU ASN7M/154 SB=3L GE9538
7 ODU ASN7M/154 SB=4H GE9541
ODU ASN7M/154 SB=4L GE9540
ODU ASN7M/154 SB=5H GE9543
ODU ASN7M/154 SB=5L GE9542
ODU ASN7M/161 SB=1H GE9545
ODU ASN7M/161 SB=1L GE9544
ODU ASN7M/161 SB=2H GE9547
ODU ASN7M/161 SB=2L GE9546
ODU ASN7M/161 SB=3H GE9549
ODU ASN7M/161 SB=3L GE9548
ODU ASN8/311,32 SB=1H GE9583
ODU ASN8/311,32 SB=1L GE9582
ODU ASN8/311,32 SB=2H GE9585
ODU ASN8/311,32 SB=2L GE9584
8
ODU ASN8/311,32 SB=3H GE9587
ODU ASN8/311,32 SB=3L GE9586
ODU ASN8/311,32 SB=4H GE9589
ODU ASN8/311,32 SB=4L GE9588
ODU ASN10/350 SB=1H GE9601
10
ODU ASN10/350 SB=1L GE9600
ODU ASN13 SB=1H GE9613
ODU ASN13 SB=1L GE9612
ODU ASN13 SB=2H GE9615
ODU ASN13 SB=2L GE9614
13
ODU ASN13 SB=3H GE9617
ODU ASN13 SB=3L GE9616
ODU ASN13 SB=4H GE9619
ODU ASN13 SB=4L GE9618

210 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Banda RF em
Descrição ODU Número da peça
GHz
ODU ASN15 315/322 SB=1H GE9629
ODU ASN15 315/322 SB=1L GE9628
ODU ASN15/420 SB=1H GE9647
ODU ASN15/420 SB=1L GE9646
ODU ASN15/420 SB=2H GE9649
ODU ASN15/420 SB=2L GE9648
15
ODU ASN15/420 SB=3H GE9651
ODU ASN15/420 SB=3L GE9650
ODU ASN15/420 SB=4H GE9653
ODU ASN15/420 SB=4L GE9652
ODU ASN15/728 SB=1H GE9691
ODU ASN15/728 SB=1L GE9690
ODU ASN18/1010 SB=1H GE9701
ODU ASN18/1010 SB=1L GE9700
ODU ASN18/1010 SB=2H GE9703
ODU ASN18/1010 SB=2L GE9702
ODU ASN18/1010 SB=3H GE9705
18
ODU ASN18/1010 SB=3L GE9704
ODU ASN18/1010 SB=4H GE9707
ODU ASN18/1010 SB=4L GE9706
ODU ASN18/1560 SB=1H GE9717
ODU ASN18/1560 SB=1L GE9716
ODU ASN23/1008 SB=1H GE9719
ODU ASN23/1008 SB=1L GE9718
ODU ASN23/1008 SB=2H GE9721
ODU ASN23/1008 SB=2L GE9720
ODU ASN23/1200/1232 SB=1H GE9727
23
ODU ASN23/1200/1232 SB=1L GE9726
ODU ASN23/1200/1232 SB=2H GE9729
ODU ASN23/1200/1232 SB=2L GE9728
ODU ASN23/1200/1232 SB=3H GE9731
ODU ASN23/1200/1232 SB=3L GE9730
ODU ASN25 SB=1H GE9737
ODU ASN25 SB=1L GE9736
25
ODU ASN25 SB=2H GE9739
ODU ASN25 SB=2L GE9738

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 211


Fig.141 - Etiqueta colada no corpo mecânico AL do ODU

212 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 213
Seção 7.
LISTAS E SERVIÇOS

25 LISTA DE FIGURAS

Fig.1 – Componentes de indicação sensíveis à carga eletrostática ................................................................................................. 11


Fig.2 – Cinta elástica ........................................................................................................................................................................ 11
Fig.3 – Cabo Espiralado ................................................................................................................................................................... 11
Fig.4 – Indicação de Laser ............................................................................................................................................................... 11
Fig.5 -Símbolo WEEE - 2002/96/CE EN50419 .................................................................................................................................. 12
Fig.6 ALplus2+1 exp 0 ...................................................................................................................................................................... 21
Fig.7 - ALplus2 1+1 .......................................................................................................................................................................... 22
Fig.8 - ALCplus2 1+0 ........................................................................................................................................................................ 22
Fig.9 - ALCplus2 1+1 ........................................................................................................................................................................ 22
Fig.11 - ALCplus2 1+1 exp 16E1 ....................................................................................................................................................... 22
Fig.12 - ALCplus2 1+0 32E1 ............................................................................................................................................................. 22
Fig.13 - ALCplus2 1+1 32E1 ............................................................................................................................................................. 22
Fig.14 - ALCplus2 1+0 exp nodal...................................................................................................................................................... 22
Fig.15 – ALCplus2 1+1exp nodal ...................................................................................................................................................... 23
Fig.16 – Diagrama de blocos de sincronização ................................................................................................................................ 39
Fig.17 – autorretorno IDU ................................................................................................................................................................ 44
Fig.18, ALplus2 com 16E1, versão 1+0 e 1+1, digrama de bloco. .................................................................................................... 45
Fig.19, ALPlus2 com 16E1, configuração 2x(1+0), diagrama de bloco. ........................................................................................... 46
Fig.20, ALCplus2 com expansão 32E1, versão 1+0 e 1+1, digrama de bloco................................................................................... 48
Fig.22, ALCplus2 com 16E1, versão 1+1, digrama de bloco. ........................................................................................................... 49
Fig.21, ALCplus2 com 2E1, versão 1+0 e 1+1, digrama de bloco. .................................................................................................... 49
Fig. 23 - AS e ASN ODUs .................................................................................................................................................................. 53
Fig. 24 - Montagem 1+1 final com AS e ASN ODU ........................................................................................................................... 54
Fig. 25 diagrama de bloco do ODU .................................................................................................................................................. 55
Fig. 26 1+1 hot stand-by 1 antena ................................................................................................................................................... 56

214 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Fig. 27 1+1 hot stand-by 2 antenas ................................................................................................................................................. 56
Fig. 28 - Operação ATPC .................................................................................................................................................................. 57
A Fig.29 e a legenda anexa mostra como realizar as conexões de aterramento. ........................................................................... 61
Fig.29 – Conexão do Aterramento .................................................................................................................................................. 61
Fig.30 – Painel Frontal de IDU ALplus2............................................................................................................................................. 63
Fig.31 - Tributário Pinout 50 pinos SCSI fêmea ................................................................................................................................ 64
Fig.32 - Tributário Pinout 50 pinos SCSI fêmea ................................................................................................................................ 66
Fig. 33 - Correia antideslizante ........................................................................................................................................................ 77
Fig.34 - 60–Polo 114 mm de fixação da placa de suporte ............................................................................................................... 78
Fig.35 –Kit de adaptação para o polo 219 mm .............................................................................................................. 79
Fig. 36 – Posição de Montagem ...................................................................................................................................................... 80
Fig.37 – Possíveis posições do suporte com o mecanismo de travamento rápido ODU ................................................................. 81
Fig.38 – Kit de montagem do Polo de Banda-it ................................................................................................................................ 82
Fig.39 – Instalação no polo da placa de suporte ............................................................................................................................. 83
Fig.40 – Posição do corpo ODU, dependendo da polarização para 1+0. Para 1+1, a polarização é sempre na vertical: alças no
lado esquerdo. ................................................................................................................................................................................ 84
Fig. 41 - dentes de referência do corpo ODU .................................................................................................................................. 85
Fig.42 – Montagem Final ODU da versão 1+1 ................................................................................................................................. 86
Fig. 43 – Aterramento ODU ............................................................................................................................................................. 87
Fig.44 - Kit V32409 .......................................................................................................................................................................... 88
Fig.45 - Kit V32415 .......................................................................................................................................................................... 89
Fig. 49 – Placa de suporte de parede .............................................................................................................................................. 94
Fig.47 – Suporte com mecanismo de travamento rápido do ODU.................................................................................................. 95
Fig.48 – Possíveis posições de montagem ...................................................................................................................................... 96
Fig.49 – Instalação na parede da placa de suporte ......................................................................................................................... 97
Fig.50 – Posição do corpo ODU, dependendo da polarização para 1+0. Para 1+1, a polarização é sempre na vertical: alças no
lado esquerdo. ................................................................................................................................................................................ 98
Fig.51 – Dente de referência do corpo do ODU .............................................................................................................................. 99
Fig. 52 – Montagem do ODU Final da versão 1+1 ......................................................................................................................... 100
Fig. 53 - Aterramento ODU ........................................................................................................................................................... 101
Fig. 54 - Kit V32409 ....................................................................................................................................................................... 102
Fig 55. Kit V32415 ......................................................................................................................................................................... 103
Fig. 56 - Posição do Anel Central ................................................................................................................................................... 109
Fig.57 - Correias Antideslizante ..................................................................................................................................................... 110
Fig. 58 - Montagem do Suporte no polo ....................................................................................................................................... 111
Fig. 60 - Orifício E .......................................................................................................................................................................... 112
Fig. 59 - Posição do Sistema de Suporte ....................................................................................................................................... 112
Fig. 61 - Instalação da Antena no suporte do polo ........................................................................................................................ 113
Fig. 62 – Posição da alça ODU, dependendo da polarização para 1+0. Para 1+1, a polarização é sempre na horizontal. A alça no
lado direito .................................................................................................................................................................................... 113

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 215


Fig. 63 - Sistema do suporte para o alojamento do ODU e o dente de referência na evidência ................................................... 114
Fig. 64 – dente de referência do corpo ODU ................................................................................................................................. 115
Fig.65 – Posição final de alojamento do ODU para a polarização vertical .................................................................................... 116
Fig.66 – Posição final do alojamento do ODU para a polarização horizontal ................................................................................ 116
Fig. 67 - disco de polarização e híbrido ......................................................................................................................................... 117
Fig. 68 – Fixação do disco de polarização (somente para 13GHz e 15 GHz).................................................................................. 118
Fig. 69 - Montagem do híbrido no suporte do polo ...................................................................................................................... 119
Fig. 70 - Posição final de alojamento do ODU para a versão 1+1 .................................................................................................. 120
Fig. 71 - Ajustes horizontal e vertical ............................................................................................................................................ 121
Fig. 72 - Bloqueio de Posicionamento da Antena.......................................................................................................................... 122
Fig.73 - Aterramento ODU ............................................................................................................................................................ 123
Fig. 74 – montagem do polo 1+0................................................................................................................................................... 128
Fig. 75 - dente de referência do corpo ODU ................................................................................................................................. 129
Fig. 76 – Posição da alça ODU, dependendo da polarização para 1+0. Pra 1+1, a polarização é sempre na horizontal. A alça no
lado direito .................................................................................................................................................................................... 129
Fig. 77 - 1+0 suporte ..................................................................................................................................................................... 130
Fig.78 – Posição final do alojamento do ODU para as ambas as polarizações .............................................................................. 131
Fig.79 - Posicionamento da Antena .............................................................................................................................................. 132
Fig. 80 - Aterramento ODU ........................................................................................................................................................... 133
Fig.81 – Disco de torção e híbrido ................................................................................................................................................. 134
Fig.82 – Fixação do disco de Polarização (somente para 13 GHz e 15 GHz).................................................................................. 135
Fig.83 – Instalação Híbrida ............................................................................................................................................................ 136
Fig.84 – Instalação dos ODUs de 1+1 ............................................................................................................................................ 137
Fig.85 – Montagem do Polo 1+0 ................................................................................................................................................... 143
Fig.86 – Dente de referência do corpo do ODU ............................................................................................................................ 144
Fig.87 – Posição da alça do ODU, dependendo da polarização para 1+0. Para 1+1, a polarização é sempre na horizontal. Alça no
lado direito. ................................................................................................................................................................................... 144
Fig.88 – Suporte 1+0 ..................................................................................................................................................................... 145
Fig.89 – Posição final do alojamento do ODU para ambas as polarizações .................................................................................. 146
Fig.90 – Posicionamento da antena .............................................................................................................................................. 147
Fig.91 – Aterramento do ODU....................................................................................................................................................... 148
Fig.92 – Disco de torção e híbrido ................................................................................................................................................. 149
Fig.93 – Fixação do Disco de Polarização (somente para 13 GHz e 15 GHz) .................................................................................. 150
Fig.94 – Instalação Híbrida ............................................................................................................................................................ 151
Fig.95 – Instalações 1+1 ODUs ...................................................................................................................................................... 152
Fig.96 – Voltagem detectada versus sinal recebido de RF ............................................................................................................ 156
Fig.97 - porta de Lan-1 Local para a conexão da porta Lan-1 ........................................................................................................ 158
Fig.98 – Modulação e capacidade ................................................................................................................................................. 159
Fig.99 – Visualizar a Configuração Atual ....................................................................................................................................... 159
Fig.100 – Configurações gerais do comutador ............................................................................................................................... 160

216 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


Fig.101 –Configurações de Interface da Lan-1 .............................................................................................................................. 161
Fig.102- Configurações Vlan para a LAN-1 ....................................................................................................................................... 161
Fig.103- Configurações Vlan para a Porta A .................................................................................................................................. 162
Fig.104 – Configuração Prioritária para a Lan-1 e Porta A ............................................................................................................. 162
Fig.105 - porta 3 para as conexões da porta 3 com tráfego segregado ........................................................................................ 163
Fig.106 – Modulação e capacidade ............................................................................................................................................... 163
Fig.107 – Visualizar a Configuração Atual ..................................................................................................................................... 164
Fig.108 – Configurações gerais do comutador .............................................................................................................................. 164
Fig.109 –Configurações de Interface da Lan-1 .............................................................................................................................. 165
Fig.110 – Configurações da Lan1 Vlan ........................................................................................................................................... 166
Fig.111 – Configurações da Lan2 Vlan ........................................................................................................................................... 166
Fig.112 – Configurações da Lan3 Vlan ........................................................................................................................................... 167
Fig.113 – Configurações da Porta A .............................................................................................................................................. 167
Fig.114 – Tabela de Configuração Vlan ......................................................................................................................................... 168
Fig.115 - porta 3 para as conexões da porta 3 com tráfego Marcado e Não Marcado segregado................................................ 168
Fig.116 – Modulação e capacidade ............................................................................................................................................... 169
Fig.117 – Visualizar a Configuração Atual ..................................................................................................................................... 169
Fig.118 – Configurações gerais do comutador .............................................................................................................................. 170
Fig.119 – Configurações da Lan1 Vlan ........................................................................................................................................... 170
Fig.120 – Configurações da Lan2 Vlan ........................................................................................................................................... 171
Fig.121 – Configurações da Lan3 Vlan ........................................................................................................................................... 171
Fig.122 – Configurações da Porta A .............................................................................................................................................. 172
Fig.123 – Tabela de Configuração Vlan ......................................................................................................................................... 172

Fig.124 – Terminal de Supervisão de Sub-rede – Configuração de Comunicação ......................................................................... 174


Fig.125 - IP Ethernet ...................................................................................................................................................................... 175
Fig.126 - LCT PPP ........................................................................................................................................................................... 175
Fig.127 – Rádio PPP ....................................................................................................................................................................... 176
Fig.128 – Tabela de Roteamento de Armazenagem...................................................................................................................... 177
Fig.129 – Tabela de Roteamento de Armazenagem ..................................................................................................................... 178
Fig.130 – Assistente de Configuração de sub-rede ....................................................................................................................... 179
Fig.131 – Assistente de Configuração de sub-rede - Configuração Atual ...................................................................................... 180
Fig.132 – Adicionar nova estação .................................................................................................................................................. 181
Fig.133 – Adicionar Novo Elemento de Rede ................................................................................................................................ 182
Fig.134 – Assistente de Configuração de sub-rede ....................................................................................................................... 183
Fig.135 – Assistente de Configuração de sub-rede ....................................................................................................................... 184
Fig.136 - Loop ................................................................................................................................................................................ 188
Fig.137 Pontos terminais para o monitoramento de desempenho .............................................................................................. 188
Fig.138 - IDU GAI0165 ................................................................................................................................................................... 191
Fig.139 - IDU GAI0166 ................................................................................................................................................................... 191

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 217


Fig.140 - IDU P/N ........................................................................................................................................................................... 192
Fig.141 - Etiqueta colada no corpo mecânico AL do ODU ............................................................................................................. 212

218 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001


26 LISTA DE TABELAS
Tab.1 Respiração Artificial ............................................................................................................................................................... 10
Tab.2 – Características de Interface Óptica..................................................................................................................................... 25
Tab.3 – Taxa de Transferência de Ethernet Garantida (Mbit/s) para ALplus2/ALCplus2 (somente para Ethernet) ........................ 26
Tab.4 – Latência de Ethernet Garantida (ms) para ALplus2/ALCplus2 (somente para Ethernet) ................................................... 27
Tab.5 - Prioridade do Alarme Rx. .................................................................................................................................................... 30
Tab.6 – Interrupção máxima devido à comutação Tx ..................................................................................................................... 31
Tab.7 - Prioridade do Alarme Tx...................................................................................................................................................... 31
Tab.8 IMAX e consumo ................................................................................................................................................................... 32
Tab.9 – Prioridade E1 ...................................................................................................................................................................... 42
Tab.10 – Características dos Cabos ................................................................................................................................................. 60
Tab.11 - 10/100/1000BaseT, RJ45 ................................................................................................................................................... 63
Tab.12 - 8xE1, 50 pino SCSI fêmea 75 Ohm ..................................................................................................................................... 64
Tab.13 - 8xE1, 50 pino SCSI fêmea 120 Ohm) .................................................................................................................................. 65
Tab.14 – Pino macho RS232 SUB-D 9 .............................................................................................................................................. 66
Tab.15 – Pino macho SUB-D 9 USER IN/OUT .................................................................................................................................. 67
Tab.16 – Pinout do Conector MNGT/1 e MNGT/2 100BaseT para conexão Ethernet 10/100BaseT (RJ45) ..................................... 67
Tab.17 – Pinout do conector CH1 para 9600 bit/s (RJ45) interface V.24 síncrona ........................................................................... 67
Tab.18 – Pinout do conector CH1para assíncrono 9600 bit/s interface V.24 interface (RJ45) ........................................................ 68
Tab.19 – Pinout do conector CH1 para 1x9600 ou 2x4800 kbit/s interface V.28 (RJ45) ................................................................... 68
Tab.20 – Pinout do Conector CH2 para o canal 64 kbit/s – Interface V.11 (RJ45) ........................................................................... 68
Tab.21 – 2 Pinout do conector de margem Mbit/s (RJ45) ............................................................................................................... 69
Tab.22 – Conector Trib A, B ............................................................................................................................................................. 70
Tab.23 - SUB-D 9 pino macho USER IN/OUT .................................................................................................................................... 71
Tab.24 – Torques para aperto dos parafusos .................................................................................................................................. 74
Tab.25 – Torques para aperto dos parafusos .................................................................................................................................. 75
Tab.26 – Raio de curvatura da guia de onda de acordo com a frequência ..................................................................................... 76
Tab.27 - Torques para aperto dos parafusos .................................................................................................................................. 91
Tab.28 - Torques para aperto dos parafusos .................................................................................................................................. 91
Tab.29 – Raio de curvatura da guia de onda de acordo com a frequência ..................................................................................... 93
Tab.30 – Torques para aperto dos parafusos ................................................................................................................................ 106
Tab.31 – Torques para aperto dos parafusos ................................................................................................................................ 127
Tab.32 – Torques para aperto dos parafusos ................................................................................................................................ 142
Tab.33- Número da Peça IDU ......................................................................................................................................................... 191
Tab.34 - Número da peça e descrição ........................................................................................................................................... 193
Tab.35 – Número das peças e descrição ODU ASN ....................................................................................................................... 209

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 219


220 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001
27 SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA

Para mais informações, consulte a seção relacionada ao suporte técnico no site da empresa fabricante
do produto.

ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001 221


222 ALS - ALplus2, ALCplus2 - MN.00224.E – 001

Você também pode gostar