Você está na página 1de 12

Rh Positivo Centro Educacional

Turma: 3 ano EM Data: 09/03/2020


Prof: Junior Guzzo Matéria: História da Arte
Conto: Flor vermelha de caule verde! Helen Barckley

Era uma vez um menino. Ele era bastante pequeno e estudava numa grande escola. Mas, quando o
menino descobriu que podia ir à escola e, caminhando, passar através da porta ficou feliz. E a escola não
parecia mais tão grande quanto antes. Certa manhã, quando o menininho estava na aula, a professora
disse:
– Hoje faremos um desenho.
– Que bom! Pensou o menino. Ele gostava de fazer desenhos. Podia fazê-los de todos os tipos: leões,
tigres, galinhas, vacas, barcos e trens. Pegou então sua caixa de lápis e começou a desenhar.
Mas a professora disse: – Esperem. Ainda não é hora de começar. E ele esperou até que todos
estivessem prontos.
– Agora, disse a professora, desenharemos flores.
– Que bom! Pensou o menininho. Ele gostava de desenhar flores. E começou a desenhar flores com seus
lápis cor-de-rosa, laranja e azul.
Mas a professora disse: – Esperem. Vou mostrar como fazer. E a flor era vermelha com o caule verde.
Num outro dia, quando o menininho estava em aula ao ar livre, a professora disse:
– Hoje faremos alguma coisa com barro.
– Que bom! Pensou o menininho. Ele gostava de barro. Ele podia fazer todos os tipos de coisas com
barro: elefantes, camundongos, carros e caminhões. Começou a juntar e a amassar a sua bola de barro.
Mas a professora disse: – Esperem. Não é hora de começar.
E ele esperou até que todos estivessem prontos.
– Agora, disse a professora, faremos um prato.
– Que bom! Pensou o menininho. Ele gostava de fazer pratos de todas as formas e tamanhos.
A professora disse: – Esperem. Vou mostrar como se faz. E ela mostrou a todos como fazer um prato
fundo. Assim, disse a professora, podem começar agora.
O menininho olhou para o prato da professora. Então olhou para seu próprio prato. Ele gostava mais de
seu prato do que do da professora. Mas não podia dizer isso. Amassou o seu barro numa grande bola
novamente e fez um prato igual ao da professora. Era um prato fundo. E, muito cedo, o menininho
aprendeu a esperar e a olhar, e a fazer as coisas exatamente como a professora fazia. E, muito cedo, ele
não fazia mais as coisas por si mesmo.
Então aconteceu que o menino e sua família mudaram-se para outra casa, em outra cidade, e o menininho
teve que ir para outra escola. No primeiro dia, ele estava lá. A professora disse:
– Hoje faremos um desenho.
– Que bom! Pensou o menininho. E ele esperou que a professora dissesse o que fazer. Mas a professora
não disse. Ela apenas andava pela sala. Então, veio até ele e falou:
– Você não quer desenhar?
– Sim, disse o menininho. O que é que nós vamos fazer?
– Eu não sei até que você o faça, disse a professora.
– Como eu posso fazer? Perguntou o menininho.
– Da mesma maneira que você gostar. Respondeu a professora.
– De que cor? Perguntou o menininho.
– Se todos fizerem o mesmo desenho e usarem as mesmas cores, como eu posso saber quem fez o quê e
qual o desenho de cada um?
– Eu não sei, disse o menininho. E ele começou a desenhar uma flor vermelha com caule verde.

Trabalho para nota de História da Arte:

Desenvolver alguma arte (Escultura com Argila, Pintura, Artefato para uso pessoal) com intuito de
demonstrar e marcar algo importante da sua vida (Lembranças ou Sonhos).

Responda as Atividades:
1) Qual a relação entre arte e religião no que com elas travaram o primeiro contato.
Egito? Aponte a alternativa abaixo que contenha
2) Quais as principais características da alguns dos aspectos definidores desta
pintura egípcia? característica de “civilização avançada”:
3) O que era lei da frontalidade?
4) Quais os principais monumentos da a) Astecas e maias possuíam uma
arquitetura egípcia? Qual era sua função? sofisticada tecnologia de navegação
5) As esculturas egípcias tinham quais ultramarina que possibilitou a exploração
características? das regiões litorâneas da América do Sul.
6) “A terra queimará e haverá grandes b) As grandes cidades destas civilizações,
círculos brancos no céu. A amargura como Teotihuacán, possuíam um grande
surgirá e a abundância desaparecerá. sistema de infraestrutura, tendo
Será o tempo da dor, das lágrimas e da desenvolvido grandes templos, grandes
miséria. É o que está por vir” – PROFECIA vias e praças para comércio e
MAIA comportavam até mais de 100.000
habitantes dentro de seus domínios.
São formas de dominação, impostas pelos c) Astecas e maias não faziam sacrifícios
conquistadores espanhóis na América, que cruentos (morte de pessoas ou animais),
mostram o cumprimento da profecia maia, pois já havia entre essas civilizações um
exceto: avançado sistema religioso, como o
Cristianismo e o Budismo.
a) A espada, significando a superioridade d) Essas duas civilizações tinham em
bélica dos espanhóis. comum o fato de possuírem um sofisticado
b) A cruz, associando o trabalho de sistema astronômico e um exímio domínio
catequese da Igreja à dominação. da pólvora.
c) A fome, como consequência da e) As cidades pré-colombianas da
mudança das relações de trabalho. Mesoamérica não tinham templos
d) A epidemias, transmitidas pelos grandiosos, pois haviam concebido um tipo
europeus aos indígenas. de estado laico, com administração
e) A indolência, que levava os indígenas a burocrática isenta de interferências
se recusarem a trabalhar. religiosas.

7) “Nosso mundo acaba de descobrir um 9) "Os guerreiros constituíam um dos grupos


outro, não menos povoado e organizado mais importantes na civilização asteca. No
que o nosso [...] Os que o subjugaram [...] início, eram escolhidos entre os indivíduos
usavam coletes de uma pele luminosa e mais corajosos e valentes do povo. Com o
dura e armas cortantes e resplandecentes tempo, entretanto, a função de guerreiro
para quem, pelo milagre da luz de um começou a ser passada de pai para filho,
espelho ou de uma faca, iam trocando e apenas algumas famílias, privilegiadas,
uma grande riqueza em ouro e perolas mantiveram o direito de ter guerreiros
[...]. Quantas cidades arrasadas, quantas entre os seus membros." (KARNAL,
nações exterminadas, quantos milhões de Leandro. A conquista do México. São
povos passados a fio de espada [...]: Paulo: FTD, 1996, p. 13.)
vitórias mecânicas.” – Montaigne, escritor
do século XVI, referindo-se aos O texto faz referência à sociedade asteca,
colonizadores espanhóis na América. no século XV, a qual era:

a) Como Montaigne explica a conquista da a) guerreira e sacerdotal, formada de uma


América? elite política que governava com tirania a
b) Em que consiste, para Montaigne, a massa de trabalhadores escravos negros.
superioridade europeia sobre os povos b) igualitária e guerreira, não conhecendo
conquistados. Explique. outra autoridade senão a sacerdotal, que
também era guerreira.
8) As civilizações pré-colombianas que se c) comunal, com estruturas complexas,
desenvolveram na região da sendo dirigida por um Estado que contava
Mesoamérica (onde hoje está parte do com um aparelho administrativo, judiciário
México, Guatemala, El Salvador, e militar.
Honduras, Nicarágua) – civilização asteca d) hierarquizada e guerreira, visto que o
e civilização maia – foram consideradas Imperador era, ao mesmo tempo, o general
bastante avançadas para os europeus
do exército asteca e o sumo pontífice ser morta, Tanta Carua foi desvirginada
sacerdotal. (“deflorada”).
e) igualitária, guerreira e sacerdotal: todo c) O pai de Tanta Carua não ficou
guerreiro era um sacerdote e todo indignado com o destino de sua filha por
sacerdote era um guerreiro. temer represálias do chefe Tupac Inca.
d) A virgem Tanta Carua representa, no
10) Leia o texto a seguir: ritual da civilização inca, um momento
especial da festa do Sol, no qual ela morre
“Os cantos, as danças, as oferendas, os por ser considerada santa.
sacrifícios de animais que se sucedem, os e) Todas as alternativas estão corretas.
banquetes e as bebedeiras, autorizados
nessa oportunidade, marcam a festa do 11) (UGF/RJ) [adaptada] A civilização maia,
Sol, a mais bela do ano. […] Num cômodo floresceu na região que hoje corresponde
longe do olhar da multidão, Tupac Inca ao(s):
deflora Tanta Carua e transmite para seu
corpo tão jovem e tão belo a sua mácula a) Uruguai, Argentina e sul do Chile.
que carregara durante quatro longos anos. b) Paraguai e Bolívia.
De agora em diante, ela é toda c) Brasil e Venezuela.
impureza, capac hucha, e precisa morrer d) Norte de Guatemala, Honduras Britânica
para que o Inca e o mundo inteiro possam e sudeste do México.
continuar a viver sem temor. Cercada e) Andes peruanos.
pelos seus, Tanta Carua retoma o caminho
que a leva de volta para a vila de seu pai. 12) Os astecas e os incas não foram
Enquanto na ida todos acorriam para vê-la eliminados nem expulsos pelos
e louvá-la, agora não encontra mais conquistadores espanhóis devido:
ninguém, pois as pessoas sabem o peso
que ela está carregando e afastam-se de a) ao respeito que os colonizadores tinham
seu caminho, baixando os olhos. pela cultura desses povos.
Chegando à sua casa, ela recusa a festa b) a eles terem se associado aos
que Vilca Xagua preparara: 'Acabe colonizadores, na exploração dos povos
comigo', pede ao pai, 'já tive festas mais fracos.
suficientes em Cuzco'. Então dão-lhe para c) à existência de ouro e prata nas regiões
beber uma infusão que a faz adormecer. que eles ocupavam e ao interesse dos
Com cuidado, descem seu pequeno corpo colonizadores em explorá-los enquanto
até o fundo de um poço seco e colocam mão-de-obra.
vasos e pratos de ouro, assim como os d) à existência de excedente de produção
mais suntuosos vestidos. Em seguida, o agrícola e de força de trabalho organizada
poço é coberto com pedras e todos vão nessas civilizações.
embora.” (BERNARD, C.; GRUZINSKI, e) aos tratados com os criolos, que
S. História do Novo Mundo. São Paulo: regulamentavam as formas de
Edusp, 1997, p.34-41.) convivência.

Na narrativa lida acima, há descrição de 13) “As aldeias de índios estão forçadas a
um ritual do sacrifício de uma virgem, que entregar certa quantidade de seus
era realizado pela antiga civilização inca. membros aptos para realizar trabalhos
Com base no texto, indique a alternativa (…), durante um prazo determinado.
CORRETA: Esses índios são compensados com certa
quantidade de dinheiro e destinados aos
a) A virgem Tanta Carua representa, no mais variados tipos de serviços”.
ritual da civilização inca, a oferta que o
chefe de Cuzco, capital desta civilização, Esse trecho da obra de Sérgio Bagú,
Tupac Inca, fazia ao deus Sol, que era Economia da sociedade colonial,
considerado a fonte do poder político e de apresenta as condições de trabalho
todo elemento vital da natureza, para ser compulsório:
purificado das impurezas que acreditou ter
contraído ao longo do ciclo de quatro anos. a) dos diversos grupos indígenas das
b) O sacrifício da virgem tinha por objetivo áreas colonizadas por espanhóis e
apenas satisfazer os desejos sexuais do portugueses.
chefe político dos incas, já que, antes de
b) dos grupos indígenas das áreas c- ( ) As pinturas gregas eram feitas em
espanholas submetidos à instituição da grandes telas.
“mita”. d- ( ) As pinturas gregas eram feitas em
c) dos grupos indígenas das áreas enormes igrejas góticas.
portuguesas submetidas às regras da
“guerra justa”. 18) São períodos gregos:
d) dos grupos indígenas das áreas
agrícolas de colonização espanhola a- ( ) Dórico, Jônico e Coríntio.
submetidos ao regime de “encomienda”. b- ( ) Arcaico, Clássico e Helenístico.
e) dos grupos indígenas das áreas c- ( ) Arcaico, Clássico e Dórico.
portuguesas e espanholas originários das d- ( ) Dórico, Clássico e Helenístico.
“missões” dos jesuítas.
19) As esculturas arcaicas tinham:
14) A mandioca, a batata-doce, a araruta, o
milho, o feijão, o amaranto e o amendoim a- ( ) Bastante movimento.
são utilizados como alimentos atualmente, b- ( ) Pouco movimento.
porque foram: c- ( ) Quase nenhum movimento.
d- ( ) Detalhes em bronze.
a) cultivados como fontes alimentares das
primeiras civilizações agrícolas que se 20) As Esculturas Clássicas não tinham:
fixaram nos vales dos rios Nilo e Eufrates,
há 5 mil anos. a- ( ) Nu masculino.
b) cultivados inicialmente na África por b- ( ) Vários personagens.
volta de 3 mil anos atrás e difundidas nos c- ( ) Deuses. 2
séculos XV e XVI pelos europeus. d- ( ) Heróis.
c) alimentos básicos das primeiras
comunidades agrícolas que se tornaram 21) Na arquitetura grega as ordens eram:
sedentárias há 7 mil anos no Oriente
Próximo. a- ( ) Clássica, Arcaica e Dórica.
d) domesticados por populações que b- ( ) Dórica, Coríntia e Arcaica.
desenvolveram a agricultura na América, c- ( ) Dórica, Jônica e Coríntia.
há pelo menos 6 mil anos. d- ( ) Jônica, Helenística e Dórica.
e) modificados geneticamente por
comunidades agrícolas da Europa 22) É um exemplo de arquitetura grega:
mediterrânea nos últimos 2 mil anos.
a- ( ) Igrejas.
15) Sobre a arte feita na Grécia antiga b- ( ) Mesquitas.
marque a alternativa correta: c- ( ) Templos.
d- ( ) Castelos.
a- ( ) Os gregos não produziram pinturas.
b- ( ) O Cristianismo era muito explorado 23) Os teatros gregos eram construídos:
na arte gregac- ( ) Da Vinci foi um grande
ícone da arte grega arcaica. a- ( ) Nas encostas dos morros.
d- ( ) Verossimilhança era uma b- ( ) Em grandes palácios.
característica da escultura grega. c- ( ) Nas faculdades de artes.
d- ( ) Nos Coliseus.
16) Eram temas da arte grega antiga:
24) Sobre a arte grega marque a alternativa
a- ( ) Mitologia, Olimpíadas e Heróis. correta:
b- ( ) Cristianismo, Paganismo e Mitologia.
c- ( ) Guerras, Modernismo e Teatro. a- ( ) Artistas gregos sempre assinavam
d- ( ) Heróis, Budismo e Ateísmo. suas obras.
b- ( ) As esculturas eram estilizadas.
17) Sobre a pintura grega marque a c- ( ) Não existiam nus femininos.
alternativa correta: d- ( ) O teatro teoricamente surge na
Grécia
a- ( ) As pinturas gregas eram feitas em
vasos de uso artístico. 25) O que era arte greco?
b- ( ) As pinturas gregas eram feitas em 26) Quais são os períodos da arte grega?
vasos de uso cotidiano. 27) Qual é a função da arte na Grécia Antiga?
28) Encontra-se nessa arte marajoara, a Assim como no Egito, na Mesopotâmia, a
produção de: agricultura foi a principal atividade econômica
praticada pela população. O Estado era
a- ( ) painéis demonstrativos com a representação responsável pelas obras hidráulicas necessárias
do cotidiano para a sobrevivência da população, bem como
b- ( ) vasos, urnas fúnebres, bacias e outros pela administração de estoques de alimentação e
utensílios pela cobrança de impostos (...). (Vicentino,
c- ( ) armas e ornamentos pessoais Claudio. História Geral e do Brasil / Claudio
d- ( ) estruturas de ocas e tabas Vicentino, Gianpaolo Dorigo. 1a Ed. São Paulo:
Scipione. 2010. p. 60-455.)
29) Leia o texto a seguir.

A riqueza dos incas e astecas foi assim devorada ... a base da economia Inca estava nos Ayllu,
num relance, os impérios eliminados e, dentro em espécie de comunidade agrária. Todas as terras
pouco, não estava ali, de toda a riqueza sonhada, do império pertenciam ao Inca, logo, ao Estado.
senão o solo, prodigiosamente rico de ouro e Através da vasta rede de funcionários, essas
prata, e restos de tribos selvagens, apavoradas, terras eram doadas aos camponeses para sua
combalidas, desmoralizadas. O espanhol [...], por sobrevivência. Os membros de cada Ayllu
essa forma depredadora, adaptou logo as suas deveriam, em troca, trabalhar nas terras do Estado
tendências e apetites naturais às condições novas e dos funcionários, nas obras públicas e pagar
que se lhe ofereciam. Enquanto houve riqueza impostos.
acumulada, ele foi depredador, guerreiro, (Moraes, Jose Geraldo Vinci de. 1960. Caminhos
conquistador. Esgotaram-se as riquezas, ele fez- das Civilizações – história integrada: Geral e do
se imediatamente sedentário. Colheu os restos de Brasil. São Paulo: Atual, 1998.)
populações índias sobreviventes às matanças,
escravizou-as e fê-las produzir riquezas para ele –
cavando a mina ou lavrando a terra. BOMFIM, De acordo com o materialismo histórico
Manoel. A América Latina: males de origem. Rio preconizado por Marx e Engels, o modo de
de Janeiro: Topbooks, 1993. p. 103. (Adaptado). produção que aparece descrito parcialmente nos
trechos anteriores, é o
Ao analisar as relações entre as metrópoles a) feudal.
ibéricas e as suas colônias americanas, o b) asiático.
pensador brasileiro Manoel Bomfim (1868-1932) c) primitivo.
fez uma analogia entre sociedades humanas e d) escravista.
organismos biológicos, prática recorrente entre
inúmeros intelectuais brasileiros no início do 31) Leia com atenção.
século XX. A partir da análise do texto,
considerando o contexto histórico e os conceitos As misteriosas cidades e edificações da civilização
de interações biológicas, conclui-se que o maia que resistiram ao tempo incluem obras
conquistador espanhol reconhecidas como patrimônio mundial. Tais
achados vêm intrigando pesquisadores até a
a) sobreviveu e se alimentou à custa das populações atualidade, já que pouco se sabe sobre as origens,
incas e astecas, mantendo com elas uma relação a organização social e as causas do fim dessa
análoga à interação do parasitismo. civilização, no século X.
b) interagiu com o que restou do solo, das terras e
das populações incas e astecas sobreviventes, Assinale a alternativa que apresenta corretamente
numa relação análoga ao mutualismo. as principais características da civilização maia.
c) devorou, com seu apetite natural, as riquezas dos
povos incas e astecas, mantendo com eles uma a) Desenvolveu-se na floresta Amazônica (atuais
relação análoga ao comensalismo. Peru, Bolívia e Suriname) e sua economia se
d) depredou, escravizou e explorou os povos incas e baseava na coleta de tributos provenientes do
astecas sobreviventes, estabelecendo com eles comércio com os incas e os astecas.
uma relação análoga ao predatismo. b) Ocupava a região das atuais Guatemala,
e) viveu à custa das populações incas e astecas, na Honduras e Península de Yucatán (Sul do
condição de hospedeiro, por meio de uma relação México), e desenvolveu saberes matemáticos,
análoga à interação do inquilinismo. astronômicos e arquitetura sofisticados para a
época.
30) Leia com atenção os fragmentos abaixo. c) O poder era centralizado nas mãos do Imperador,
cuja origem era considerada divina, e a capital,
Machu Picchu, foi construída no topo de uma
grande montanha para evitar ataques de povos a) diferenciou-se muito da praticada pelos
inimigos. portugueses no Brasil, porque houve a instituição
d) Habitava a região do Rio da Prata, atuais Uruguai de pequenas propriedades rurais, a produção
e Argentina, onde desenvolveu a cultura de essencialmente voltada para o mercado interno e,
algodão, com o qual fabricava tecidos para ao mesmo tempo, uma política indigenista que
exportação, e projetou um sistema de vigilância privilegiou a catequese e condenou todas as
eficaz para se proteger de ataques inimigos. formas de exploração do trabalho indígena,
e) A organização social igualitária favorecia a estabelecendo o trabalho assalariado para as
distribuição equilibrada dos recursos naturais atividades produtivas; mas a ausência de
provenientes do comércio marítimo, realizado no alimentos fez a fome prevalecer entre os
Caribe, e os grandes templos e pirâmides colonos.
honravam as divindades do Sol (Rá) e da Lua b) contou com muitas condições facilitadoras, caso
(Anúbis). da organização social das sociedades indígenas,
produtoras de excedentes agrícolas e
32) Leia com atenção. acostumadas com o trabalho de exploração
extrativista mineral; mas, por outro lado, os
Quando surgiram as primeiras notícias sobre a religiosos espanhóis defendiam a necessidade da
presença de seres estranhos, chegados em escravidão indígena a fim de que os nativos da
barcos grandes como montanhas, que montavam América percebessem a importância da fé
numa espécie de veados enormes, tinham cães religiosa e do temor a Deus para a construção de
grandes e ferozes e possuíam instrumentos laços familiares estáveis e moralmente aceitos.
lançadores de fogo, Montezuma e seus c) foi organizada pelas elites coloniais,
conselheiros ficaram pensando: de um lado, talvez representadas pelos criollos, que criaram vários
Quetzalcóatl houvesse regressado, mas, de outro, mecanismos de exploração do trabalho indígena,
não tinham essa confirmação. PINSKY, prevalecendo a condição escrava, porque, ainda
J. et. al. História da América através de textos. que os preceitos jurídicos explicitassem a
São Paulo: Contexto, 2007 (adaptado). qualidade dos nativos de homens livres, cada
morador adulto de aldeias era obrigado a oferecer
a metade dos dias do ano de trabalho nas
propriedades agrícolas, sempre com o irrestrito
apoio das congregações religiosas, especialmente
A dúvida apresentada inseria-se no contexto da a dos jesuítas.
chegada dos primeiros europeus à América, e sua d) constitui-se como um organismo, no qual se
origem estava relacionada ao articularam a superioridade bélica do colonizador,
exemplificada pelo uso do cavalo; a existência de
a) domínio da religião e do mito. alguns mitos religiosos que precederam a
b) exercício do poder e da política. presença espanhola na América, caso das
c) controle da guerra e da conquista. profecias que garantiam a chegada iminente de
d) nascimento da filosofia e da razão. novos deuses ou de calamidades; e uma
e) desenvolvimento da ciência e da técnica. considerável modificação nas formas de
organização das sociedades nativas americanas,
33) O poeta canta: materializada na imposição de novas formas e
ritmos de trabalho.
“A espada, a cruz e a fome iam dizimando a família e) esteve sempre muito ameaçada pela dificuldade
selvagem.” em obter mão de obra farta, porque as guerras
(Pablo Neruda). entre os povos nativos eram constantes e
geravam muitas mortes e, além disso, porque
havia uma pressão importante de vários setores
Talvez não seja inútil partir desses versos para da Igreja Católica para que os indígenas só
tentar perceber por que elementos – que fossem deslocados às frentes de trabalho depois
encarados em seu conjunto, constituem um da formação catequética, que demorava alguns
mecanismo – foi possível a conquista da América. anos e retirava dos índios a motivação para as
(Ruggiero Romano, Mecanismos da Conquista atividades mais rudes, caso da extração da
Colonial. 1973. Adaptado prata.

34) Leia com atenção.


Sobre o trecho citado, é correto afirmar que a
conquista espanhola da América Os habitantes da América foram chamados de
índios pelos europeus passando a ideia de que era
um povo único e homogêneo. Acontece que os
diversos povos pré-colombianos são muito IV. a violência colonial e a alta mortalidade devido ao
diferentes uns dos outros variando desde a agravamento das condições de vida dos índios.
civilização Asteca até os Jês do Brasil. Os
antropólogos adotam critérios para classificar as Está(ão) correta(s)
tribos de acordo com alguns elementos culturais. a) apenas I.
b) apenas II.
Assinale a alternativa CORRETA. c) apenas III e IV.
d) apenas I, II e IV.
a) Os primeiros europeus que chegaram à América e) I, II, III e IV.
estavam certos, pois as pesquisas realizadas
pelos antropólogos confirmaram a 36) Leia com atenção.
homogeneidade do povo, do norte ao sul, que
habitava a região que foi chamada de América. Os povos indígenas tiveram participação essencial
b) Hoje os antropólogos preferem classificar os nos processos de conquista e na colonização em
povos indígenas de acordo com os idiomas que todas as regiões da América. Na condição de
falam, com base em troncos linguísticos aliados ou inimigos, eles desempenharam
estabelecidos após rigorosas pesquisas. importantes e variados papéis na construção das
c) As pesquisas arqueológicas realizadas no Brasil, sociedades coloniais e pós-coloniais.
no século XX, confirmaram que os povos que ALMEIDA, Maria Regina Celestino de. Os índios
habitam o país têm a mesma cultura quanto à na História do Brasil. Rio de Janeiro: FGV, 2010,
organização política, aos ritos religiosos e às p. 9.
regras sociais.
d) Não é possível saber como viviam os povos Sobre a temática e a realidade apresentadas no
indígenas do Brasil antes da chegada de Pedro texto, assinale a alternativa CORRETA.
Álvares Cabral, porque esses grupos não
dominavam a escrita. a) Os maias organizaram, durante o século XVI, uma
e) Quando os portugueses chegaram ao Brasil, violenta reação à conquista espanhola.
nenhuma tribo que aqui vivia sabia cultivar b) Os povos tapuia, diferentemente dos povos tupi,
alimentos nem dominavam a técnica da cerâmica, fizeram alianças com os colonizadores
sobrevivendo apenas da coleta daquilo que a portugueses.
natureza oferecia. c) A ausência de povos indígenas no litoral da
América Portuguesa facilitou o processo de
35) Analise o quadro: conquista e colonização lusa na região.
d) Os incas só foram conquistados pelos espanhóis
Evolução da população do no final do século XVIII.
México e) Os tupis do litoral da América Portuguesa se
(em milhões de habitantes) dividiram: uns se aliaram aos portugueses
1519 25,3 enquanto outros se tornaram seus inimigos.
1532 16,8
1548 6,3 37) Leia o documento a seguir.
1568 2,6
A admiração que os cavalos causaram aos índios
1580 1,9
logo que os viram excede a todo encarecimento:
1595 1,3
porque, quase em todas as províncias da América,
1605 1,0 tomaram o cavalo e o cavaleiro como uma só
VINCENT, Bernard. 1492: Descoberta ou pessoa. Em suma, não houve coisa de quantas da
Invasão? RJ: Jorge Zahar, 1992. p.119. Europa se trouxeram que mais os admirasse e
(adaptado) assombrasse. Ficavam como fora de si de estupor
vendo um espanhol a cavalo com um peitoral de
O acentuado declínio populacional dos astecas do guizos.
México, no século XVI, está relacionado, entre BERNABÉ, Cobo. In: AMADO, Janaína;
outros, com os seguintes fatores: FIGUEIREDO, Luiz Carlos. No tempo das
caravelas. Goiânia: Cegraf/UFG; São Paulo:
I. a utilização de armas de fogo altamente Contexto, 1992. p. 129. (Adaptado).
destrutivas durante os processos da conquista
militar. A narração do cronista espanhol sobre a
II. as epidemias letais trazidas pelos conquistadores, Conquista do Peru, no século XVI, conduz à
como a gripe, a varíola, o sarampo. compreensão sobre um componente do
III. a intensificação da escravidão indígena e do imaginário nativo que favoreceu a ação dos
tráfico de escravos índios para a metrópole. europeus. Esse componente se associa à
a) interpretação cíclica da história, que levava a considerar-se como estrangeiros, habitando
incorporar os invasores como deuses a pressagiar regiões contíguas.
o fim dos tempos. d) a interferência de navegadores europeus que
b) crença religiosa politeísta, que pressupunha a alimentavam as dissensões entre os povos
aceitação de deuses estrangeiros para controlar indígenas como meio de conquistá-los
os conflitos entre tribos distintas. posteriormente.
c) devoção à natureza, que implicava no respeito aos e) a disputa territorial com os povos não-tupi, que
animais poupados nas batalhas contra os foram praticamente expulsos da costa e obrigados
invasores europeus. a adentrar o interior do continente.
d) concepção matriarcal vigente, que excluía a
preparação para a guerra como tarefa para a 39) Leia com atenção.
defesa das sociedades nativas.
e) forma de combate utilizado na guerra, que “O Brasil é uma criação recente. Antes da chegada
privilegiava a utilização do corpo como meio de dos europeus (...) essas terras imensas que
legitimar o heroísmo do guerreiro. formam nosso país tiveram sua própria história,
construída ao longo de muitos séculos, de muitos
38) Os povos tupi correspondiam no século milhares de anos. Uma história que a Arqueologia
XV a um enorme conjunto populacional começou a desvendar apenas nos últimos anos.”
étnico-linguístico que se espalhava por Norberto Luiz Guarinello. Os primeiros habitantes
quase toda a costa atlântica sul do do Brasil. A arqueologia pré-histórica no
continente americano, desde o atual Brasil. São Paulo: Atual, 2009 (15ª edição), p. 6
Ceará, até a Lagoa dos Patos, situada nos
dias de hoje no Rio Grande do Sul. De O texto acima afirma que
acordo com registros de missionários
jesuítas e de exploradores portugueses a) o Brasil existe há milênios, embora só tenham
dos primeiros anos da colonização surgido civilizações evoluídas em seu território
portuguesa, os povos tupi se após a chegada dos europeus.
disseminaram pelo que é hoje a costa b) a história do que hoje chamamos Brasil começou
brasileira, numa dinâmica combinada de muito antes da chegada dos europeus e conta
crescimento populacional e fragmentação com a contribuição de muitos povos que aqui
sociopolítica. Ao mesmo tempo, uma viveram.
utopia ancestral cultivada pelos diversos c) as terras que pertencem atualmente ao Brasil são
grupos tupi da busca de uma “terra sem excessivamente grandes, o que torna impossível
males”, teria contribuição para sua estudar sua história ao longo dos tempos.
expansão territorial. Os tupi chegaram no d) a Arqueologia se dedicou, nos últimos anos, a
início do século XVI à Amazônia, pesquisar o passado colonial brasileiro e seu
ocupando a Ilha Tupinambarana como vínculo com a Europa.
ponto final de sua peregrinação. No e) os povos indígenas que ocupavam o Brasil antes
caminho percorrido, os povos tupi viviam da chegada dos europeus, foram dizimados pelos
numa atmosfera de guerra constante conquistadores portugueses.
entre si e com outros povos não-tupi.
Guerras, captura e canibalização dos 40) Observe atentamente a imagem, os vários
inimigos alimentavam a fragmentação, a elementos que a compõem e a forma de
dispersão territorial e o revanchismo. composição.

Em termos simbólicos, o sentido da antropofagia,


resultante do enfrentamento entre indígenas
pouco antes do início da colonização portuguesa,
tem relação com:

a) a necessidade de exterminar os inimigos na


totalidade, inclusive pela ingestão física, de modo
a interditar-lhes qualquer forma de sobrevivência
ou resquício material.
b) o interesse em assimilar as potencialidades
guerreiras e a bravura dos inimigos, bem como
incorporar seu universo social e cosmológico
adicionado ao grupo do vencedor.
c) a profunda diferença sociocultural entre os povos
tupi, que ao longo da expansão tendiam a
A região que aparece no mapa corresponde ao
A obra Lienzo de Tlaxcala, pintada entre 1550 e território que os Incas dominaram por alguns
1564, possui a medida de 7 por 2,5 metros, sendo séculos antes da chegada dos espanhóis ao
dividida em 87 quadros e ilustra e exalta a continente americano. Esse povo ficou conhecido
colaboração tlaxcalteca à invasão espanhola. por saber aproveitar todos os recursos naturais,
Expressa, portanto, a versão tlaxcalteca dos inclusive de áreas distantes ou de condições
acontecimentos. Tlaxcala era um Estado climáticas não muito favoráveis à agricultura.
poderoso, situado entre as terras quentes do golfo
e o vale do México, que decidiu apoiar as A forma como esse povo conseguiu lidar com a
expedições de Cortés, depois de tê-la combatido. natureza, extraindo dela os recursos naturais
necessários ao seu abastecimento está
Sobre a obra Lienzo de Tlaxcala, é correto afirmar relacionada com
que:
a) o uso de avançados instrumentos de ferro na
a) pertence tanto à tradição autóctone – ausência de agricultura e de animais de tração para auxiliar nas
perspectiva, representação dos índios de perfil – atividades de plantio e colheita.
quanto adota elementos do estilo ocidental – b) o conhecimento dos mais variados pisos
marcas de ferraduras que sinalizam os ecológicos, onde podiam caçar, pescar e coletar
deslocamentos dos cavaleiros espanhóis, título pequenos frutos silvestres, visto que
que serve como legenda. desconheciam a agricultura.
b) evidencia a autenticidade da arte tlaxcalteca c) a sabedoria xamânica sobre astronomia, técnicas
frente à ofensiva espanhola, mantendo a hidráulicas e fertilização química de solos, que
percepção e linguagem autóctone intactas, uma lhes permitia alcançar grande produção agrícola.
vez que o Ocidente não está representado na d) o domínio de irrigação, conhecimento dos solos e
imagem. da hibridização de sementes e técnica de
c) evidencia o baixo grau de desenvolvimento da arte construção de degraus para plantio nas encostas
nas sociedades pré-colombianas se comparada à da Cordilheira dos Andes.
arte europeia, que conhecia a perspectiva em e) a perfeita relação do homem com a natureza, que
profundidade e técnicas bem mais avançadas de permitia a produção abundante de alimentos sem
representação da vida nas obras dos artistas do grande participação de mão de obra humana.
Renascimento.
d) ilustra a imagem dos tlaxcaltecas como vencidos 42) "(...) a religião desempenhava papel
pelo domínio espanhol, a adoção de uma posição central nas relações entre o Estado e a
de subordinação humilhante, e a legitimação da sociedade. A guerra era sagrada, pois
sua traição à resistência dos povos indígenas através dela se obtinham escravos para o
contra o domínio espanhol no Novo Mundo. sacrifício humano, elemento central na
ligação entre a comunidade e o Estado.
41) Observe o mapa. (...) reinavam sobre um império aberto a
dois oceanos
(...) Em 1519 (...), com cerca de 5 milhões que ela venha isolar ainda mais os indígenas."
de habitantes, era a maior concentração urbana (Nestor García Canclini, em entrevista a O Estado
do mundo". (Flavio de Campos e Renan Garcia de São Paulo, 2 de julho de 2007, in
Miranda, Oficina de História - História integrada) http://txt.estado.com.br/suplementos/
ali/2006/07/02/ali-1.93.19.20060702.4.1.xml)
O texto apresenta características dos:
Os indígenas da América
a) tupis.
b) incas. a) viviam pacificamente no interior dos grandes
c) maias. impérios pré-colombianos (Inca, Maia e Astec até
d) mexicas. a chegada dos europeus, que destruíram as
e) araucanos. comunidades indígenas e dizimaram milhões de
pessoas.
43) Em 1533, ao descobrir a cidade de Cuzco, b) atravessaram conflitos em todos os períodos
os espanhóis ficaram impressionados conhecidos de sua história, das lutas contra a
com o plano harmonioso de suas dominação dos grandes impérios pré-colombianos
dimensões. O edifício mais notável da à resistência frente aos europeus conquistadores
cidade era o Templo do Sol, o que revela e aos estados independentes.
a importância do culto solar, tanto que o c) conseguiram autonomia política após as
Imperador Inca independências nacionais, pois as repúblicas
hispano-americanas permitiram o retorno à vida
a) ao ser investido no cargo era transformado em comunitária, suprimiram os tributos e o trabalho
"filho do Sol", constituindo-se em mediador forçado.
privilegiado nas relações deste mundo com o d) mantiveram-se livres na área de colonização
sobrenatural. portuguesa, mas foram escravizados nas regiões
b) assumia o controle de todas as cerimônias de colonização espanhola e inglesa, tornando-se
religiosas, visto que o imperador era considerado a principal mão de obra na agricultura e
da linhagem dinástica de Manko Kapaq. mineração.
c) desposava uma irmã, o que o envolvia cada vez e) unificaram-se atualmente em amplos
mais com os laços familiares, tornando o incesto movimentos de libertação que visam recuperar as
uma instituição necessária à manutenção da formas de vida e de trabalho do período pré-
dinastia de Kapaq. colombiano e restaurar a autonomia das antigas
d) era apresentado como "órfão e pobre", embora comunidades.
reconhecesse o grupo de parentesco como
condição necessária para que fosse reconhecido 45) Observe o mapa com atenção.
como "filho do Sol" e tivesse o direito de morar no
Templo do Sol.
e) estabelecia alianças com outras dinastias Incas,
com o propósito de fortalecer o mito de Manko
Kapaq e garantir a perpetuação de uma linhagem,
ao mesmo tempo, divina e terrena.

44) Leia com atenção.

"Há países com mais de 60% da população


constituída por índios, como Bolívia e Guatemala.
E há um país como México, que está ao redor de
12%. Dependendo das condições, não há sentido
pleitear essa autonomia [de estados indígenas na
América], especialmente se ela ficar submetida a
governos que não estão interessados em repassar
recursos para o desenvolvimento dessas De acordo com o mapa, os povos que viviam nas
populações. Há setores do zapatismo e do regiões identificadas pelas letras "A", "B" e "C",
movimento indígena boliviano que de fato são, respectivamente,
pleiteiam a autonomia, mas ao mesmo tempo a) astecas, incas e maias.
estão buscando integrar-se. É importante b) incas, maias e astecas.
diferenciar movimentos que buscam maior c) astecas, maias e incas.
inserção dos indígenas no mundo globalizado, de d) maias, astecas e incas.
movimentos extremados, fundamentalistas, que e) maias, incas e astecas.
querem a autonomia a qualquer preço, mesmo
46) Leia com atenção. Acerca das "Altas Culturas" pré-colombianas,
NÃO é correto afirmar que
...as casas se erguiam separadas umas das
outras, comunicando-se somente por pequenas a) os maias e os astecas situavam-se na região
pontes elevadiças e por canoas... O burburinho e denominada Meso-América (México e América
o ruído do mercado (...) podia ser ouvido até quase Central), ao passo que os incas ocupavam a Zona
uma légua de distância... Os artigos consistiam em Andina.
ouro, prata, joias, plumas, mantas, chocolate, b) a economia era basicamente agrária, com
peles curtidas ou não, sandálias e outras destaque para a produção do milho, e se
manufaturas de raízes e fibras de juta, grande utilizavam técnicas elaboradas de irrigação, a
número de escravos homens e mulheres, muitos exemplo dos chinampas astecas e dos canais
dos quais estavam atados pelo pescoço, com incas.
gargalheiras, a longos paus... Vegetais, frutas, c) a utilização da escrita pelos governantes
comida preparada, sal, pão, mel e massas doces, representou um notável impulso à centralização
feitas de várias maneiras, eram também lá do poder, como comprovam as listas reais
vendidas... Os mercadores que negociavam em incaicas, grafadas no dialeto andino "quipu", e os
ouro possuíam o metal em grão, tal como vinha tratados políticos maias e astecas.
das minas, em tubos transparentes, de forma que d) a estrutura social era de tipo classista, com a
ele podia ser calculado, e o ouro valia tantas existência de uma elite composta por militares,
mantas, ou tantos xiquipils de cacau, de acordo sacerdotes e altos funcionários, que tributava as
com o tamanho dos tubos. Toda a praça estava comunidades aldeãs, sob a forma de trabalho
cercada por piazzas sob as quais grandes compulsório ou de produtos.
quantidades de grãos eram estocadas e onde e) a política e a religião se encontravam intimamente
estavam, também, as lojas para as diferentes unidas, razão pela qual a monarquia se revestia de
espécies de bens. um caráter sagrado, a exemplo da eleição do
Tlatoani asteca, realizada sob inspiração divina, e
Este texto foi escrito pelo cronista espanhol Bernal do título de Filho do Sol, atribuído ao soberano
Diaz Del Castilho em 1519, sobre a cidade asteca inca.
de Tenochtitlán. A partir dele, é correto afirmar
que, na época, os astecas 48) Em 2001, Alejandro Toledo tornou-se o
a) estavam organizados a partir de uma economia primeiro peruano com ascendência
doméstica, coletora e caçadora. indígena a assumir a presidência da
b) tinham uma economia comercial e de acumulação república de seu país. A cerimônia de
de metais preciosos (ouro) pelo Estado. posse, em Machu Picchu, foi marcada por
c) tinham uma economia monetária que estimulava o rituais e símbolos do império incaico.
desenvolvimento urbano e comercial.
d) estavam organizados em duas classes sociais: os A respeito dos incas, é CORRETO afirmar:
grandes proprietários de terra e os escravos.
e) desenvolviam trabalhos no campo e nas cidades, a) Eram monoteístas antes da chegada dos
associando agricultura, artesanato e comércio. espanhóis à América e chegaram a associá-los ao
seu deus Viracocha.
47) Leia com atenção. b) Na sociedade incaica, havia uma clara separação
entre política e religião, de tal modo que a seu
"Quando as embarcações de Colombo aportaram governante, o Inca, não era atribuído nenhum
na América, de fato não a 'descobriram', pois muita caráter divino.
gente já vivia em nosso continente. O que de fato c) Cuzco, além do principal núcleo político do império
ocorreu foi a integração da América ao continente fundado em torno do século XII, era considerado
europeu, ou, mais exatamente, à sociedade pelos incas o Centro do Mundo, o lugar mais
mercantil. sagrado da Terra.
Há quem pense que essa integração foi um favor d) A metalurgia para a produção de armas, adornos
que os europeus 'civilizados' prestaram aos e ferramentas era base econômica do império.
indígenas 'bárbaros'. Isto não é verdade. As e) Ao contrário do tratamento dispensado a outros
sociedades nativas eram socialmente muito povos da América, não tiveram suas estruturas
complexas e desenvolvidas e sua incorporação político-sociais profundamente alteradas e
teve custos humanos imensos, graças a puderam preservar suas tradições religiosas até
massacres cruéis perpetrados pelos cristãos os dias de hoje.
'civilizados' da Europa."
(PINSKY, J. et al. "História da América através de 49) O início da colonização portuguesa no
textos". São Paulo: Contexto, 1991, p. 11) Brasil, no chamado período "pré-colonial"
(1500-1530), foi marcado pelo(a):
O diagnóstico de Vespúcio selou o destino
a) envio de expedições exploratórias do litoral e do Brasil pelas duas décadas seguintes.
pelo escambo do pau-brasil; Afinal, no mesmo instante em que era
b) plantio e exploração do pau-brasil, associado ao informado pelo florentino da inexistência
tráfico africano. de metais e de especiarias no território
c) deslocamento, para a América, da estrutura descoberto por Cabral, D. Manoel
administrativa e militar já experimentada no concentrava todos os seus esforços na
Oriente; busca pelas extraordinárias riquezas do
d) fixação de grupos missionários de várias ordens Oriente. (BUENO, Eduardo.
religiosas para catequizar os indígenas; Náufragos,traficantes e degredados: as
e) implantação da lavoura canavieira, apoiada em primeiras expedições ao Brasil. Rio de
capitais holandeses. Janeiro: Editora Objetiva, 1998, p. 65.)

50) "Apesar dos exageros e incorreções, a A descoberta do Brasil não alterou os rumos da
Lettera de Américo Vespúcio para Piero expansão portuguesa voltada prioritariamente
Soderini com certeza continha várias para o Oriente, o que explica as características
passagens verídicas. Uma delas é o dos primeiros anos da colonização brasileira, entre
trecho no qual, referindo-se à sua primeira as quais se inclui o (a):
viagem ao Brasil, realizada entre maio de
1501 e julho de 1502, Vespúcio afirma: a) caráter militar da ocupação, visando à defesa
'Nessa costa não vimos coisa de proveito, das rotas atlânticas;
exceto uma infinidade de árvores de pau- b) escambo com os indígenas, garantindo o baixo
brasil (...) e já tendo estado na viagem custo da exploração;
bem dez meses, e visto que nessa terra c) abertura das atividades extrativas da colônia a
não encontrávamos coisa de metal algum, comerciantes das outras potências europeias;
acordamos despedirmo-nos dela.' Deve d) migração imediata de expressivos contingentes
ter sido exatamente esse o teor do de europeus e africanos para a ocupação do
relatório que Vespúcio entregou para o rei território;
D. Manoel, em julho de 1502, logo após e) exploração sistemática do interior do continente
desembarcar em Lisboa, ao final de sua em busca de metais preciosos.
primeira viagem sob bandeira portuguesa.