Você está na página 1de 580

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA – CNI

Robson Braga de Andrade


Presidente

DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA – DIRET

Rafael Esmeraldo Lucchesi Ramacciotti

Diretor de Educação e Tecnologia

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL – SENAI

Conselho Nacional
Robson Braga de Andrade

Presidente

SENAI – Departamento Nacional

Rafael Esmeraldo Lucchesi Ramacciotti

Diretor - Geral

Gustavo Leal Sales Filho


Diretor de Operações
APRESENTAÇÃO

A organização da oferta formativa coerente com as mudanças no processo produtivo é um dos grandes desafios
enfrentados pelas instituições de formação profissional que preparam o trabalhador sob as perspectivas da
competência e polivalência, com o propósito de desenvolver suas capacidades para compreensão e aplicação
das bases gerais, técnicas, científicas e socioeconômicas de uma área de atuação.

O ITINERÁRIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL elaborado nas diversas áreas da indústria,


para subsidiar as ações de formação profissional do SENAI, tem como objetivo o alinhamento e atualização do
desenho curricular com base em contextos reais do mundo do trabalho.

Nesse sentido, este documento apresenta o itinerário nacional da área Vestuário como resultado do trabalho
articulado nacionalmente por meio dos Comitês Técnicos Setoriais Nacionais, dos Comitês de Especialistas
Técnicos do SENAI e, também, dos Interlocutores da ação.

Embora apresente o itinerário formativo de áreas tecnológicas, não se constitui como um documento finalizado,
uma vez que dentre as ações nacionais está o permanente monitoramento dos Perfis Profissionais e Desenhos
Curriculares Nacionais no sentido de mantê-los aderentes às necessidades do mundo do trabalho e à
Metodologia SENAI de Educação Profissional.

Desta forma, entregamos aos regionais a versão 2019 atualizada e ampliada, enquanto instrumentalização para
atender de forma proativa ao desafio da organização da oferta formativa, tendo em vista o fortalecimento do
padrão nacional e das ações do Sistema SENAI.
LISTA DE OCUPAÇÕES

1 MECÂNICO DE MÁQUINAS DE COSTURA RETA E OVERLOQUE

2 VITRINISTA

3 MECÂNICO DE MÁQUINAS DE COSTURA

4 COSTUREIRO SOB MEDIDA – MODELAGEM, CORTE E COSTURA

5 CORTADOR DE PRODUTOS DO VESTUÁRIO

6 COSTUREIRO INDUSTRIAL DO VESTUÁRIO

7 TÉCNICO EM VESTUÁRIO
7.1 Inspetor da Qualidade de Produtos e Processos do Vestuário

8 TÉCNICO EM MODELAGEM DO VESTUÁRIO

9 TÉCNICO EM PRODUÇÃO DE MODA

10 DESENHISTA DE MODA

11 DESIGNER DE MODA

12 TECNÓLOGO EM PRODUÇÃO DE VESTUÁRIO

12.1 Programador da produção do vestuário

12.2 Supervisor de produção do vestuário

12.3 Tecnólogo em Produção do Vestuário


MATRIZ DE REFERÊNCIA

O Itinerário Nacional de Educação Profissional da área de Vestuário contempla cursos de Formação Inicial e
Continuada, Qualificação Profissional, Educação Profissional Técnica de Nível Médio, Educação Profissional
Tecnológica de Graduação.

Os desenhos curriculares aqui apresentados representam uma base nacional comum para a oferta formativa dos
Departamentos Regionais, tendo em vista a atualização técnica e tecnológica de seus cursos e a manutenção do
padrão de qualidade educacional SENAI.

Embora nem todos os currículos tenham sido desenvolvidos a partir de um Perfil Profissional definido por um
Comitê Técnico Setorial -- estratégia prioritária da Metodologia SENAI de Educação Profissional -- todos foram
desenvolvidos a partir de pesquisas de mercado, estudos técnicos de tendência e prospecção, conhecimento
tácito da área e norteadores estratégicos e submetidos ao comitê de Especialistas técnicos do SENAI que
procederam a devida análise para que os regionais possam usufruir de um documento condizente com as
demandas da indústria nacional.

Os Departamentos Regionais poderão montar suas ofertas formativas utilizando o currículo de cada ocupação, na
íntegra, ou fazendo o acréscimo de até 20% à carga horária estabelecida. A medida fará com que todo curso
atenda a uma base nacional comum sem, contudo, comprometer as especificidades estaduais.

A seguir, a Matriz de Referência da área de Vestuário que apresenta os cursos com suas respectivas Unidades
Curriculares e cargas horárias, além de representar graficamente a composição de cada curso e servir para
orientação ao regional na composição de novas ofertas a partir do desmembramento do currículo aqui
apresentado.
Terminologias e Simbologias 12 12 12
Técnicas do Vestuário horas horas horas

Ciências Aplicadas Do 30 30 30 30
Vestuário horas horas horas horas

Eletroeletrônica e
Pneumática Aplicadas na 40
Mecânica de Máquinas de horas
Costura

Técnicas de Reparo de
20
Peças e Acessórios para
horas
Máquina de Costura

Máquinas e Acessórios de 40 40
Costura Industrial horas horas

Terminologias e Simbologias 12 12
Técnicas do Vestuário horas horas

Ciências Aplicadas ao 30
Vestuário horas

60
FUNDAMENTOS DA MODA
horas

TECNOLOGIAS DA 70
COMUNICAÇÃO horas

60
FUNDAMENTOS DA MODA
horas

QUALIDADE, SAÚDE, MEIO 20


AMBIENTE E SEGURANÇA horas

TECNOLOGIAS DA 70
COMUNICAÇÃO horas

BÁSICO
60
FUNDAMENTOS DA MODA
horas

QUALIDADE, SAÚDE, MEIO 20


AMBIENTE E SEGURANÇA horas

TECNOLOGIAS DA 70
COMUNICAÇÃO horas

Fundamentos da construção 75
de produtos de moda horas

Fundamentos do design de 105


moda horas

30
Metodologia Científ ica
horas

120
Sociedade, cultura e moda
horas

75
Tecnologias da comunicação
horas

Fundamentos de Gestão 60
Organizacional horas

Comportamento Humano no 40
Trabalho horas

120
Metodologia Científ ica
horas

Técnicas de Representação 120


do Vestuário horas

Processos de Produção do 460


Vestuário horas
Introdução a História da 12 12 12
Moda horas horas horas

20 20 20 20
Tecnologia da Conf ecção
horas horas horas horas

30
Introdução ao Vitrinismo
horas

INTRODUÇÃO A 90
PRODUÇÃO DE MODA horas

FUNDAMENTOS DA
100
PRODUÇÃO DO
horas
VESTUÁRIO
INTRODUTÓRIO
INTRODUÇÃO A
60
PRODUÇÃO DO
horas
VESTUÁRIO

Fundamentos da Produção 120


de Produtos de Moda horas

Fundamentos de Pesquisa 105


de Mercado e Moda horas

Métodos e Processos em 75
Design horas

105
Tecnologias digitais
horas

Manutenção de Máquina de 60
Costura de Ciclo Automático horas

Manutenção de Máquina de 60
Costura de Ponto Corrente horas

Manutenção de Máquina de 80
Costura de Ponto Fixo horas

Manutenção de Máquina de 60
Costura de Ponto Corrente horas

Manutenção de Máquina de 80
Costura de Ponto Fixo horas

Manutenção Básica de
8 8
Máquinas e Equipamentos
horas horas
de Costura

Processos de conf ecção de 198


ESPECÍFICO peças do v estuários horas

Elaboração e
116
Desenv olv imento de
horas
Projetos de Vitrine

Manutenção Básica de
20
Máquias e Equipamentos de
horas
Corte

Processos de corte de 78
produtos do v estuário horas

Operação de Máquinas de 130


Costura horas

56
Ilustração de Moda
horas

Desenho Técnico de 90
Produtos de Moda horas

Desenv olv imento Técnico 300


de Produto do Vestuário horas

Custos Industriais do 150


Vestuário horas
Planejamento do Processo 350
Produtiv o do Vestuário horas

COMPOSIÇÃO VISUAL E 160


ESTILO horas

40
PRÉ-PROJETO
horas

ESPECIFICAÇÕES
TÉCNICAS DE PRODUTOS 130
E PROCESSOS DO horas
VESTUÁRIO

PROCESSOS
PRODUTIVOS DO
250
VESTUÁRIO -
horas
MODELAGEM, CORTE E
COSTURA

ESPECÍFICO I 20
PRÉ-PROJETO I
horas

CONSTRUÇÃO DE
TABELAS E 100
DESENVOLVIMENTO DE horas
BASES

MODELAGEM INDUSTRIAL
DO VESTUÁRIO: PLANA, 300
TRIDIMENSIONAL E horas
INFORMATIZADA.

Pesquisa de tendência,
150
comportamento e consumo
horas
de moda

450
Projeto de Produtos de Moda
horas

OPTATIVA - Tópicos 60
Especiais em Design - horas
Criação

OPTATIVA - Tópicos
60
Especiais em Design:
horas
Sustentabilidade

Gestão de Processos 180


Produtiv os do Vestuário horas

Comportamento 180
Organizacional horas

40
Gestão de Pessoas
horas

PROJETOS DE EXPOSIÇÃO 80
DE PRODUTOS horas

PRODUÇÃO EXECUTIVA 60
DE MODA horas

PROJETOS DE EVENTOS 80
DE MODA horas

80
PROJETOS DE IMAGEM
horas

TRABALHO DE 80
CONCLUSÃO DE CURSO horas

Gestão de Equipes de 80
Trabalho horas

ESPECÍFICO II
GESTÃO DOS PROCESSOS
PRODUTIVOS DO 120
VESTUÁRIO E INSPEÇÃO horas
DA QUALIDADE
60
PRÉ-PROJETO II
horas

30
PRÉ-PROJETO
horas

Prototipagem de produtos do 160


v estuário horas

Processos Produtiv os de 105


Produtos de Moda horas

Prototipagem e
195
especif icações técnicas do
horas
produto

60
OPTATIVA - Libras
horas

OPTATIVA – Tópicos
45
Especiais em Design:
horas
Modelagem

GESTÃO DOS PROCESSOS


DE MODELAGEM DO 60
VESTUÁRIO E INSPEÇÃO horas
DA QUALIDADE

TRABALHO DE 60
CONCLUSÃO DE CURSO horas

Gestão de Equipes de 80
Trabalho horas

80
Marketing do Vestuário
horas

Planejamento Estratégico da 120


Produção do Vestuário horas

Projeto Integrado do
200
Processo Produtiv o do
horas
Vestuário

Análise Técnica de
ESPECÍFICO III 70
Desenv olv imento de
horas
Produto

TECNOLOGIAS E
INOVAÇÕES APLICADAS
120
AO PROCESSO DE
horas
PRODUÇÃO DO
VESTUÁRIO

TRABALHO DE 100
CONCLUSÃO DE CURSO horas

Projeto de Comunicação de
225
Produtos e Serv iços de
horas
Moda

OPTATIVA – Tópicos
60
Especiais em comunicação:
horas
Merchandising

OPTATIVA - Tópicos
60
Especiais em Comunicação:
horas
Empreendedorismo

180 200 300 280 160 200 1200 1000 800 220 2280 2400
CH Total
horas horas horas horas horas horas horas horas horas horas horas horas
RTE E COSTURA
E OVERLOQUE
Qualif icações

MECÂNICO DE MÁQUINAS DE COSTURA RETA E OVERLOQUE

VITRINISTA
Formação Inicial

MECÂNICO DE MÁQUINAS DE COSTURA

COSTUREIRO SOB MEDIDA – MODELAGEM, CORTE E COSTURA

CORTADOR DE PRODUTOS DO VESTUÁRIO

COSTUREIRO INDUSTRIAL DO VESTUÁRIO

TÉCNICO EM VESTUÁRIO

TÉCNICO EM MODELAGEM DO VESTUÁRIO

TÉCNICO EM PRODUÇÃO DE MODA

DESENHISTA DE MODA

DESIGNER DE MODA

TECNÓLOGO EM PRODUÇÃO DE VESTUÁRIO


1. MECÂNICO DE MÁQUINAS DE COSTURA RETA E OVERLOQUE

Identificação da ocupação

MECÂNICO DE MÁQUINAS DE COSTURA RETA


Ocupação CBO 9113-20
E OVERLOQUE

EDUCAÇÃO
Formação Inicial e Continuada C.H MÍNIMA 180h
PROFISSIONAL

NÍVEL DA EIXO Produção


2
QUALIFICAÇÃO TECNOLÓGICO Industrial

ÁREA Confecção de artigos do vestuário e


Vestuário SEGMENTO TECNOLÓGICO
TECNOLÓGICA acessórios

Realizar atividades de manutenção mecânica em máquinas reta e overloque, interpretando


manuais técnicos, utilizando instrumentos de medição, ferramentas e equipamentos
COMPETÊNCIA adequados, considerando normas técnicas, ambientais e de saúde e segurança no
GERAL trabalho. Elaborar planos de manutenção preventiva, observando princípios de qualidade e
produtividade. Executar ações de manutenção corretiva, sempre que necessário, tendo em
vista evitar a interrupção do processo produtivo.

REQUISITOS
Ter no mínimo 14 anos completos;
DE ACESSO

Relação das Unidades de Competência

Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto


Unidade de Competência 1
fixo, e seus respectivos aparelhos e acessórios.

Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto


Unidade de Competência 2
corrente, e seus respectivos aparelhos e acessórios.

Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura


Unidade de Competência 3
automática e eletrônica, e seus respectivos aparelhos e acessórios.

2
Descrição das Unidades de Competência

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 1
Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto fixo, e seus respectivos
aparelhos e acessórios.

Elementos de Competência Padrões de Desempenho

Identificar os mecanismos das


Identificando os mecanismos das máquinas de costura e suas funções
máquinas de costura e suas
Lendo e interpretando catálogos e manuais
funções

Identificando mecanismos desregulados (fora de sincronismo)


Detectar anomalias no
Identificando desgaste ou defeitos nas peças da máquina
funcionamento das máquinas e
Identificando ruídos estranhos no funcionamento da máquina
defeito na costura
Analisando defeitos na costura

Conferindo as peças com as especificações do catálogo


Reparando as peças defeituosas, quando possível
Reparar mecanismos
Repondo a peça quando houver necessidade de substituição
defeituosos da máquina
Identificando o número da peça no catálogo da máquina
Identificando a peça da máquina defeituosa

Identificar defeitos da costura


Verificando especificações do produto, da máquina e do material
em linhas, agulhas e tecidos

Seguindo a sequência lógica de montagem conforme plano de ação


preestabelecido (usando manuais, catálogos, folhas de tarefas,
registros pessoais etc.)
Desmontar e montar a máquina
Atendendo às normas de higiene, segurança e organização do trabalho
de costura e acessórios
Limpando os mecanismos da máquina de costura
Agrupando as peças dos mecanismos da máquina de costura
Selecionando as ferramentas necessárias

Encaminhando os defeitos de alta complexidade para a assistência


técnica
Detectar defeitos elétricos, Costurando uma amostra e comparando com padrões preestabelecidos
eletrônicos e pneumáticos Corrigindo os problemas de baixa complexidade
Identificando o tipo de problema
Identificando falhas de funcionamento da máquina de costura

Verificando as condições de funcionamento e de uso do equipamento


Soldando calços e guiadores em sapatilhas
3
Realizar reparos em aparelhos Retirando rebarbas da boca de aparelhos
e acessórios da máquina de Afiando transportadores
costura Comparando características do material com informações técnicas de
catálogos, mostruários e/ou tabelas

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 2
Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto corrente, e seus
respectivos aparelhos e acessórios.

Elementos de Competência Padrões de Desempenho

Identificar os mecanismos das


Identificando os mecanismos das máquinas de costura e suas funções
máquinas de costura e suas
Lendo e interpretando catálogos e manuais
funções

Identificando mecanismos desregulados (fora de sincronismo)


Detectar anomalias no
Identificando desgaste ou defeitos nas peças da máquina
funcionamento das máquinas e
Identificando ruídos estranhos no funcionamento da máquina
defeito na costura
Analisando defeitos na costura

Conferindo as peças com as especificações do catálogo


Reparando as peças defeituosas, quando possível
Reparar mecanismos
Repondo a peça quando houver necessidade de substituição
defeituosos da máquina
Identificando o número da peça no catálogo da máquina
Identificando a peça da máquina defeituosa

Identificar defeitos da costura


Verificando especificações do produto, da máquina e do material
em linhas, agulhas e tecidos

Seguindo a sequência lógica de montagem conforme plano de ação


preestabelecido (usando manuais, catálogos, folhas de tarefas,
registros pessoais etc.)
Desmontar e montar a máquina
Atendendo às normas de higiene, segurança e organização do trabalho
de costura e os acessórios
Limpando os mecanismos da máquina de costura
Agrupando as peças dos mecanismos da máquina de costura
Selecionando as ferramentas necessárias

Encaminhando os defeitos de alta complexidade para a assistência


técnica
Detectar defeitos elétricos, Costurando uma amostra e comparando com padrões preestabelecidos
eletrônicos e pneumáticos Corrigindo os problemas de baixa complexidade
Identificando o tipo de problema
4
Identificando falhas de funcionamento da máquina de costura

Verificando as condições de funcionamento e de uso do equipamento


Soldando calços e guiadores em sapatilhas
Realizar reparos em aparelhos
Retirando rebarbas da boca de aparelhos
e acessórios da máquina de
Comparando características do material com informações técnicas de
costura
catálogos, mostruários e/ou tabelas
Afiando transportadores

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 3
Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura automática e eletrônica, e seus
respectivos aparelhos e acessórios.

Elementos de Competência Padrões de Desempenho

Identificando os mecanismos das máquinas de costura e suas funções


Identificar os mecanismos das
Lendo e interpretando catálogos e manuais
máquinas de costura e suas
Identificando os mecanismos das máquinas de costura e suas funções
funções
Lendo e interpretando catálogos e manuais

Identificando mecanismos desregulados (fora de sincronismo)


Detectar anomalias no
Identificando desgaste ou defeitos nas peças da máquina
funcionamento das máquinas e
Identificando ruídos estranhos ao funcionamento da máquina
defeito na costura
Analisando defeitos na costura

Conferindo as peças com as especificações do catálogo


Reparando as peças defeituosas, quando possível
Reparar mecanismos
Repondo a peça quando houver necessidade de substituição
defeituosos da máquina
Identificando o número da peça no catálogo da máquina
Identificando a peça da máquina defeituosa

Identificar defeitos da costura


Verificando especificações do produto, da máquina e do material
em linhas, agulhas e tecidos

Seguindo a sequência lógica de montagem conforme plano de ação


preestabelecido (usando manuais, catálogos, folhas de tarefas,
registros pessoais etc.)
Desmontar e montar a máquina
Atendendo às normas de higiene, segurança e organização do trabalho
de costura e os acessórios
Limpando os mecanismos da máquina de costura
Agrupando as peças dos mecanismos da máquina de costura
Selecionando as ferramentas necessárias

5
Encaminhando os defeitos de alta complexidade para a assistência
técnica
Detectar defeitos elétricos, Costurando uma amostra e comparando com padrões preestabelecidos
eletrônicos e pneumáticos Corrigindo os problemas de baixa complexidade
Identificando o tipo de problema
Identificando falhas de funcionamento da máquina de costura

Verificando as condições de funcionamento e de uso do equipamento


Soldando calços e guiadores em sapatilhas
Realizar reparos em aparelhos
Retirando rebarbas da boca de aparelhos
e acessórios da máquina de
Comparando características do material com informações técnicas de
costura
catálogos, mostruários e/ou tabelas
Afiando transportadores

Indicação de Conhecimentos Referentes ao Perfil Profissional

Conhecimentos
Manutenção de máquina de costura
de ponto fixo
Eletroeletrônica e pneumática
UC1 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de aplicadas na mecânica de máquinas
costura de ponto fixo, e seus respectivos aparelhos e acessórios. de costura
Máquinas e acessórios de costura
industrial
Técnicas de reparo de peças e
acessórios para máquina de costura

Conhecimentos
Máquinas e acessórios de costura
industrial
Eletroeletrônica e pneumática
UC2 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de aplicadas na mecânica de máquinas
costura de ponto corrente, e seus respectivos aparelhos e acessórios. de costura
Manutenção de máquina de costura
de ponto corrente
Técnicas de reparo de peças e
acessórios para máquina de costura

Conhecimentos
Manutenção de máquina de costura
de ponto automática/eletrônica
Técnicas de reparo de peças e
6
UC3 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de acessórios para máquina de costura
costura automática e eletrônica, e seus respectivos aparelhos e Máquinas e acessórios de costura
acessórios. industrial
Eletroeletrônica e pneumática
aplicadas na mecânica de máquinas
de costura

7
Desenho curricular
Resumo da Organização Curricular

Carga Horária
Módulos Unidades Curriculares Carga Horária
do Módulo

BÁSICO Máquinas e Acessórios de Costura Industrial 40 h 40 h

Manutenção de Máquina de Costura de Ponto


60 h
Corrente
ESPECÍFICO 140 h

Manutenção de Máquina de Costura de Ponto Fixo 80 h

TOTAL 180h

8
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: MECÂNICO DE MÁQUINAS DE COSTURA RETA E OVERLOQUE

Unidade Curricular: Máquinas e Acessórios de Costura Industrial

Carga Horária: 40h

Unidades de Competência:

UC1 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto fixo, e seus respectivos
aparelhos e acessórios.
UC2 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto corrente, e seus
respectivos aparelhos e acessórios.
UC3 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura automática e eletrônica, e seus
respectivos aparelhos e acessórios.

Objetivo Geral: Identificar o funcionamento dos mecanismos da máquina de costura industrial, seus elementos,
aparelhos e acessórios nos diferentes tipos de costura.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. COMO CONSULTAR MANUAIS DE MÁQUINAS


DE COSTURAS (INSTRUÇÕES, TERMOS
TÉCNICOS ETC.)
Fundamentos Técnicos Científicos
2. TIPOS DE MÁQUINAS
2.1 Mecanismos de funcionamento
Compreender o sistema hidráulico das 2.2 Elementos ​ cabeçote, mesa e motor
máquinas de costura, compressores e 2.3 Aparelhos
redutores 2.4 Acessórios
Identificar engrenagens, correntes e 2.5 Segurança das operações
acoplamentos 2.6 Uso de EPI: precaução e procedimentos
Compreender os princípios de lubrificação em 2.7 Limpeza e conservação
máquinas de costura 2.8 Ajustagem
Compreender aspectos de segurança, 2.9 Lubrificação: princípios da lubrificação,
limpeza, ajustagem e conservação de substâncias lubrificantes, atrito e suas
máquinas de costura influências
Identificar aparelhos e acessórios de 2.10 Lubrificação de equipamentos: métodos
máquinas de costura de lubrificação, mancais de deslizamento e de
Identificar elementos de máquinas de costura rolamento, vias de deslizamento e de
Identificar mecanismos de funcionamento rolamento
Identificar tipos de máquinas de costura 2.11 Engrenagens, correntes e acoplamentos
Ler e interpretar manuais de máquinas de 2.12 Sistema hidráulico
costura 2.13 Compressores, redutores etc.
Identificar defeitos em máquinas retas 2.14 Noções de costura
2.15 Insumos: tipos de linhas, fios, tipos de

9
tecidos etc.
Capacidades Sociais, Organizativas e
2.16 Passagem de linha
Metodológicas
2.17 Regulagem de ponto
2.18 Execução de ponto
Capacidades Sociais
2.19 Equipe e grupo
trabalhar em equipe 2.20 Planejamento e organização do trabalho
2.21 Análise e síntese
Capacidades Organizativas

Ser organizado

Capacidades Metodológicas

Prever consequências
Ter raciocínio lógico
Ser analítico
Ter atenção a detalhes

10
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Instrumentos de medição
Máquinas de costura
Equipamentos Insumos de costura
Ferramentas de ajustagem, montagem e desmontagem de máquinas e
acessórios

Ambientes Laboratório de mecânica de máquinas


Pedagógicos Salas de aula

Material Didático Apostilas e livros

11
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO

Perfil Profissional: MECÂNICO DE MÁQUINAS DE COSTURA RETA E OVERLOQUE

Unidade Curricular: Manutenção de Máquina de Costura de Ponto Corrente

Carga Horária: 60h

Unidades de Competência:

UC3 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura automática e eletrônica, e seus
respectivos aparelhos e acessórios.

Objetivo Geral: Regular, ajustar, montar e desmontar os mecanismos da máquina de costura de ponto
corrente.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. FUNÇÃO DA MÁQUINA, TIPO DE


LUBRIFICAÇÃO, TIPO DE PONTO, NÚMERO DE
Realizar ações de lubrificação PONTO, APLICAÇÃO E PONTOS CHAVE DE
Elaborar plano de manutenção preventiva REGULAGEM
Desmontar conjuntos mecânicos de máquina 2. DESMONTAGEM DE TODOS OS MECANISMOS
de ponto corrente 3. MONTAGEM E AJUSTAGEM DE TODOS OS
Ajustar e regular o mecanismo da máquina MECANISMOS
reta 4. SUBSTITUIÇÃO EVENTUAL DE PEÇAS
Testar o funcionamento da máquina 5. TESTE DE COSTURA, REGULAGEM DOS
Montar conjuntos mecânicos de máquinas de PONTOS COM SIMULAÇÃO DE DEFEITOS
ponto corrente 6. CONSTRUÇÃO DE PLANILHA PARA REGISTRO
Interpretar manuais técnicos e esquemas E CONTROLE DE MANUTENÇÃO
mecânicos de máquinas de ponto corrente 7. DESCARTE DE FLUIDOS LUBRIFICANTES E
Substituir componentes e acessórios PEÇAS EM DESUSO
mecânicos de máquinas de ponto corrente 8. TRABALHO COLABORATIVO NA MONTAGEM E
Identificar defeitos em máquinas de ponto NA DESMONTAGEM DE MÁQUINAS
corrente 9. AJUSTES E REGULAGEM DOS MECANISMOS
Descartar resíduos sólidos e líquidos SINCRONIZADOS
10. AFIAÇÃO DAS NAVALHAS
11. FORMAÇÃO DE PONTO
Fundamentos Técnicos Científicos

Capacidades Sociais, Organizativas e


Metodológicas

Capacidades Sociais

12
trabalhar em equipe

Capacidades Organizativas

Ser organizado

Capacidades Metodológicas

Prever consequências
Ter raciocínio lógico
Ser analítico
Ter atenção a detalhes

13
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Aparelhos de soldagem
Torno de bancada
Máquinas de costura
Kits pneumáticos
Insumos de costura
Instrumentos de medição
Equipamentos
Furadeira de bancada
Ferramentas de ajustagem, montagem e desmontagem de máquinas e
acessórios
Esmeril
Banquetas ergonômicas (banco caixa)
Bancada industrial

Ambientes Laboratório de mecânica de máquinas


Pedagógicos Salas de aula

Material Didático Apostilas e livros

14
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO

Perfil Profissional: MECÂNICO DE MÁQUINAS DE COSTURA RETA E OVERLOQUE

Unidade Curricular: Manutenção de Máquina de Costura de Ponto Fixo

Carga Horária: 80h

Unidades de Competência:

UC1 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto fixo, e seus respectivos
aparelhos e acessórios.

Objetivo Geral: Regular, ajustar, montar e desmontar os mecanismos da máquina de costura de ponto fixo.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. FUNÇÃO DA MÁQUINA, TIPO DE


LUBRIFICAÇÃO, TIPO DE PONTO, NÚMERO DE
Realizar ações de lubrificação PONTO, APLICAÇÃO E PONTOS CHAVE DE
Identificar defeitos em máquinas de ponto fixo REGULAGEM
Elaborar plano de manutenção preventiva 2. DESMONTAGEM DE TODOS OS MECANISMOS
Desmontar e montar conjuntos mecânicos de 3. MONTAGEM E AJUSTAGEM DE TODOS OS
máquina de ponto fixo MECANISMOS
Testar o funcionamento da máquina 4. SUBSTITUIÇÃO EVENTUAL DE PEÇAS
Montar conjuntos mecânicos da máquina de 5. TESTE DE COSTURA, REGULAGEM DOS
ponto fixo PONTOS COM SIMULAÇÃO DE DEFEITOS
Substituir componentes e acessórios 6. CONSTRUÇÃO DE PLANILHA PARA REGISTRO
mecânicos E CONTROLE DE MANUTENÇÃO
Consultar manuais técnicos e esquemas 7. DESCARTE DE FLUIDOS LUBRIFICANTES E
mecânicos em máquinas de ponto fixo PEÇAS EM DESUSO
Descartar resíduos sólidos e líquidos 8. TRABALHO COLABORATIVO NA MONTAGEM E
NA DESMONTAGEM DE MÁQUINAS

Fundamentos Técnicos Científicos

Capacidades Sociais, Organizativas e


Metodológicas

Capacidades Sociais

trabalhar em equipe

Capacidades Organizativas

Ser organizado
15
Capacidades Metodológicas

Prever consequências
Ter raciocínio lógico
Ser analítico
Ter atenção a detalhes

16
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Aparelhos de soldagem
Torno de bancada
Máquinas de costura
Kits pneumáticos
Insumos de costura
Instrumentos de medição
Equipamentos
Furadeira de bancada
Ferramentas de ajustagem, montagem e desmontagem de máquinas e
acessórios
Esmeril
Banquetas ergonômicas (banco caixa)
Bancada industrial

Ambientes Laboratório de mecânica de máquinas


Pedagógicos Salas de aula

Material Didático Apostilas e livros

INFORMAÇÕES SOBRE A VERSÃO DA OCUPAÇÃO

Data de Validação 19/01/2018

Data de Validade 19/02/2020

Departamento
Local
Regional

17
2. VITRINISTA

Identificação da ocupação

Ocupação VITRINISTA CBO 3751-10

EDUCAÇÃO
Formação Inicial e Continuada C.H MÍNIMA 200h
PROFISSIONAL

NÍVEL DA EIXO Produção Cultural e


2
QUALIFICAÇÃO TECNOLÓGICO Design

ÁREA SEGMENTO
Vestuário Confecção de artigos do vestuário e acessórios
TECNOLÓGICA TECNOLÓGICO

Executar o planejamento e desenvolvimento de projetos de vitrine, a partir dos princípios do


COMPETÊNCIA
design e das necessidades do lojista e do consumidor, respeitando procedimentos e
GERAL
normas técnicas, de qualidade, ergonomia, saúde, segurança e sustentabilidade

REQUISITOS Ter concluído o Ensino Fundamental


DE ACESSO Ter, no mínimo, 16 anos completos

Relação das Unidades de Competência

Executar o planejamento e desenvolvimento de projetos de vitrine, a partir dos


princípios do design e das necessidades do lojista e do consumidor,
Unidade de Competência 1
respeitando procedimentos e normas técnicas, de qualidade, ergonomia,
saúde, segurança e sustentabilidade.

18
Descrição das Unidades de Competência

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 1
Executar o planejamento e desenvolvimento de projetos de vitrine, a partir dos princípios do design e
das necessidades do lojista e do consumidor, respeitando procedimentos e normas técnicas, de
qualidade, ergonomia, saúde, segurança e sustentabilidade.

Elementos de
Padrões de Desempenho
Competência

Considerando as normas técnicas e legais relativas ao ambiente de exposição, aos


direitos de uso de imagem, de áudio, aos direitos autorais e do mundo digital
Considerando as informações das pesquisas de referência de moda e mercado
Elaborar o Dimensionado os recursos físicos e tecnológicos, materiais e financeiros necessários
projeto em função do briefing
Utilizando os princípios e técnicas de visual merchandising em função do briefing e
público alvo do projeto
Considerando o briefing do projeto e as características do produto a ser exposto

Utilizando os princípios e técnicas de visual merchandising em função do projeto


Viabilizar a
Atendendo aos requisitos de qualidade, saúde e segurança do trabalho e
execução do
sustentabilidade estabelecidos em normativos legais e técnicos
projeto
Considerando o escopo do projeto de vitrine a ser executado

19
Competências de Gestão

Apresentar postura pró ativa e inovadora, atualizando-se continuamente e adaptando-se, com criatividade, às
mudanças tecnológicas, organizativas e profissionais
Apresentar, no planejamento e no desenvolvimento das suas atividades profissionais, uma postura de
comprometimento, responsabilidade, engajamento, atenção, disciplina, organização, precisão e zelo e
flexibilidade em relação a mudanças
Atuar individualmente ou em equipes de trabalho, comunicando-se profissionalmente, interagindo e
cooperando com os integrantes dos diferentes níveis hierárquicos da empresa
Atuar profissionalmente, cumprindo os princípios de higiene e saúde, os procedimentos de qualidade e de
meio ambiente e as normas de segurança aplicáveis às atividades profissionais sob a sua responsabilidade.
Ser ético na conduta pessoal e profissional.
Ter visão sistêmica, considerando conjuntamente os aspectos técnicos, sociais, econômicos, tecnológicos e
de qualidade aplicáveis às atividades sob a sua responsabilidade.

Contexto de Trabalho da Ocupação

Meios de Produção

Máquinas e Equipamentos

Impressora colorida
Plotter (de recorte de adesivo)
Furadeira/Parafusadeira
Serra de corte (manual e tico-tico)
Soprador de ar quente
Lixadeira
Guilhotina
Escada
Grampeador de Pressão
Computador

Ferramentas e Instrumentos

Instrumentos de Corte
Instrumentos de Desenho
Instrumentos de Pintura
Instrumentos de Adesivação
Ferramentas de Marcenaria
Instrumentos de Medição
Softwares de representação gráfica 2D e 3D, CADs (Desenho)

Materiais de Consumo

Materiais de Pintura
Materiais de Adesivação
Materiais de Marcenaria
Materiais para Desenho

20
Métodos e Técnicas de Trabalho

Técnicas de Adesivação
Técnicas de Artesanato
Técnicas de Desenho
Técnicas de Iluminação
Técnicas de Pintura
Técnicas de Produção de Moda
Técnicas em Marcenaria

Condições de Trabalho

Condições ambientais

Ambientes internos e externos com variabilidades de postos de trabalho

Turnos e horários

Trabalho em turnos variados em função da demanda

Riscos profissionais

Ergonômicos: Riscos de lesão por esforço repetitivo, por posição ergonômica e equipamentos inadequados
em relação à atividade a ser desenvolvida
Físicos: Risco de cortes pelo manuseio de equipamentos pontiagudos, perfurantes e cortantes; riscos de
queda, choque elétrico, problemas oculares por inadequação da luminosidade. Riscos de problemas de
audição, Riscos de problemas respiratórios e dermatológicos por conta do contato com poeiras e resíduos
sólidos
Biológicos: Riscos de problemas respiratórios e dermatológicos por conta do contato com fungos e ácaros
presentes nos materiais utilizados e por conta do contato com tintas

Equipamentos de Segurança

EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) de acordo com a atividade a ser executada e indicações do
manual de serviços
EPCs (Equipamentos de Proteção Coletiva) de acordo com a atividade a ser executada e riscos presentes
no local de trabalho

Posições no Processo Produtivo

Contexto Profissional

O Vitrinista poderá atuar em empresas da cadeia produtiva de diversos setores e segmentos, em micro,
pequenas, médias e grandes empresas. Pode atuar também como profissional autônomo

Contexto Funcional e Tecnológico

21
Elabora e executa projetos de exposição de produtos
Faz uso de métodos, técnicas e normas relativas ao produto para exposição
O Vitrinista pode atuar individualmente ou em vários postos de trabalho, como membro de uma equipe de
trabalho

Possíveis Saídas para o Mercado de Trabalho

Assistente de cenografia
Assistente de visual merchandising

Mudanças na atuação do profissional

Atividades Novas

Utilização de novas tecnologias e materiais para exposição, comunicação e interação com o produtos
Utilização de logística reversa

Mudanças na educação profissional

Ampliação do desenvolvimento de competências sociais, organizativas e metodológicas que favoreçam a


resiliência, criatividade, proatividade e autoregulação do trabalho
Uso de ambientes virtuais e interativos de aprendizagem
Utilização de novas tecnologias inerentes a exposição, comunicação e interação com produtos
Uso de ambientes colaborativos que favoreçam a experimentação e interação entre diversas áreas do
conhecimento
Uso e alimentação de banco de dados
Sala de Aula invertida

Mudanças nos fatores tecnológicos, organizacionais e econômicos

Manufatura Social (participação do cliente no processo produtivo)


Evolução dos meios tecnológicos: Sistemas de integração do mundo físico com o virtual (ciberfísicos)
Smart Consumer experience (co-criação de valor, preocupação com valor agregado ao produto)
Responsabilidade socioambiental: governança da cadeia de valor sustentável, ecoinovação e ecodesign e
adesão à produção com tecnologias limpas
Valorização do capital intelectual
Inovações tecnológicas aplicadas ao vários segmentos (materiais e insumos em geral)
Criatividade na solução de problemas
Produtividade e redução de custos
Pesquisa e inovação

Atividades que tendem a ganhar importância

Manter-se em constante atualização tecnológica e de materiais

Inovações tecnológicas de processo que poderão se difundir no Brasil nos próximos 5 e 10 anos

Novas tecnologias de conectividades


Impressão em 3D e impressão digital
Integração de sistemas
Tecnologia de comunicação de dados sem fio
22
Sistemas de medição antropométrica com uso de novas tecnologias
Minifábricas modulares, flexíveis e automatizadas para produção verticalizada personalizadas
Novos sistemas de multiplexagem (múltiplos canais de dados integrados)
Realidade virtual e aumentada

Inovações Tecnológicas de produto que poderão se difundir no Brasil nos próximos 5 e 10 anos

Tecnologias vestíveis (wearables)


Produtos Impressos em 3D
Fios, filamentos e fibras / tecidos inteligentes e novos materiais poliméricos

Novas técnicas de controle de qualidade e inspeção que poderão se difundir no setor, no Brasil, nos
próximos 5 e 10 anos

Sistemas de informação tecnológica em nuvem


Sistemas para acompanhamento, via web pelo cliente, do processo de produção
Gestão da produção personalizada
Gestão da Qualidade total: foco no cliente, melhoria dos processos e envolvimento das pessoas
Processo de logística reversa para produtos de agressão ao meio ambiente (resíduos de tinta, embalagens,
papel etc)

Formação Profissional Relacionada à Ocupação

Arquitetura
Carpinteiro de Esquadrias
Design de Interiores
Design de Moda
Design de Produtos
Gestão da Qualidade
Tecnólogo Design de Produtos e Interiores

Indicação de Conhecimentos Referentes ao Perfil Profissional

Conhecimentos
Princípios do
Design
Vitrine Conceitual
e Comercial
Normas Técnicas
e
UC1 : Executar o planejamento e desenvolvimento de projetos de vitrine, a partir dos
Regulamentadoras
princípios do design e das necessidades do lojista e do consumidor, respeitando
Execução de
procedimentos e normas técnicas, de qualidade, ergonomia, saúde, segurança e
Projetos de Vitrine
sustentabilidade.
Elementos da

23
Composição
Planejamento e
Execução de
Projetos de Vitrine
Tipos e Funções
da Vitrine

24
Desenho curricular
Resumo da Organização Curricular

Carga Horária
Módulos Unidades Curriculares Carga Horária
do Módulo

Ciências Aplicadas Do Vestuário 30 h

BÁSICO 42 h
Terminologias e Simbologias Técnicas do
12 h
Vestuário

Introdução a História da Moda 12 h


INTRODUTÓRIO 42 h
Introdução ao Vitrinismo 30 h

Elaboração e Desenvolvimento de Projetos de


ESPECÍFICO 116 h 116 h
Vitrine

TOTAL 200h

25
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: VITRINISTA

Unidade Curricular: Ciências Aplicadas Do Vestuário

Carga Horária: 30h

Unidades de Competência:

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas para aplicar os fundamentos matemáticos e comunicar-se nas formas escrita e
oral, empregando recursos computacionais

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Competência Padrão de Desempenho Capacidades Técnicas Conhecimentos

Capacidades Técnicas

Fundamentos Técnicos Científicos

Aplicar os princípios, padrões e normas da linguagem culta na comunicação oral e na


elaboração de diferentes tipos de textos técnicos e comerciais
Aplicar os princípios da informática na elaboração de textos básicos, apresentações,
pesquisas e planilhas
Interpretar dados e informações de textos técnicos básicos em português (normas,
procedimentos, manuais, planilhas, relatórios, catálogos e desenho técnicos)
relacionados ao vestuário.
Aplicar os fundamentos matemáticos para conversão de medidas, cálculos de perímetro,
área, razão e proporção, regra de três, massa, volume e gramatura e operações básicas
de soma, subtração, multiplicação e divisão

Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas

Capacidades Sociais

Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas


Posicionar-se com ética em relação a situações e contextos apresentados

Capacidades Organizativas

Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e meio ambiente como


requisitos para a organização de ambientes de trabalho
Reconhecer a importância dos princípios da qualidade no desenvolvimento das
atividades profissionais
Reconhecer os princípios de profissionalismo no desenvolvimento das atividades sob a
sua responsabilidade
26
Capacidades Metodológicas

Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de formação de uma atitude


empreendedora

27
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Sala de aula
Ambientes Pedagógicos
Laboratório de informática

Biblioteca
Material Didático Livros
Apostila

Tablet
Quadro branco
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Projetor multimídia
Ferramentas Computador com pacote de escritório e acesso à
internet
Tela de projeção

Normas e publicações
Recursos didáticos
Sites e aplicativos

28
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: VITRINISTA

Unidade Curricular: Terminologias e Simbologias Técnicas do Vestuário

Carga Horária: 12h

Unidades de Competência:

UC1 : Executar o planejamento e desenvolvimento de projetos de vitrine, a partir dos princípios do design e das
necessidades do lojista e do consumidor, respeitando procedimentos e normas técnicas, de qualidade,
ergonomia, saúde, segurança e sustentabilidade.

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas requeridas para compreensão das nomenclaturas e representações do vestuário

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. NOMENCLATURAS E


REPRESENTAÇÕES DO
VESTUÁRIO
Fundamentos Técnicos Científicos
1.1 Tipos de desenho
1.1.1 Croqui
Identificar terminologia e simbologias técnicas do vestuário 1.1.2 Desenho de
aplicadas a confecção de produtos do vestuário moda
Reconhecer as formas de representação gráfica e visual 1.1.3 Desenho técnico
aplicadas ao desenvolvimento de produto e processos da 1.2 Tipos de Produtos
confecção de produtos do vestuário 1.2.1 Peças
Superiores (blusas,
camisas, regatas,
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas
golas, mangas,
recortes...)
Capacidades Organizativas
1.2.2 Peças Inferiores
Reconhecer os princípios da organização no desenvolvimento (calças, saias,
das atividades sob a sua responsabilidade bermudas, shorts...)
Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e 1.2.3 Peças Única
meio ambiente como requisitos para a organização de (vestidos, macacões,
ambientes de trabalho collants, maiôs...)
Reconhecer o conceito e a importância da visão sistêmica no 1.2.4 Acessórios
desenvolvimento das atividades profissionais (bolsas, sapatos...)
1.3 Componentes
Capacidades Sociais 1.3.1 Costura e
Pespontos
Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas
1.3.2 Matérias-primas
Identificar os conceitos básicos acerca da ética nas ações e
e Aviamentos
nas relações interpessoais
29
Capacidades Metodológicas 1.4 Simbologia de Lavagens
e conservação
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de 2. INOVAÇÃO
inovação 2.1 Definição
2.2 Inovação x Melhoria
2.3 Visão inovadora
3. PESQUISA
3.1 Levantamento de dados
3.2 Geração de alternativas
4. CRIATIVIDADE
4.1 Definição
4.2 Estratégias
4.3 Técnicas

30
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Ambientes Pedagógicos Laboratório de informática
Sala de aula

Apostilas
Material Didático
Livros

Projetor multimídia
Quadro branco
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Tela de projeção
Ferramentas Computador com pacote de escritório e acesso à
internet
Tablet

Normas
Sites
Recursos didáticos
Aplicativos
Publicações

31
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: INTRODUTÓRIO

Perfil Profissional: VITRINISTA

Unidade Curricular: Introdução a História da Moda

Carga Horária: 12h

Unidades de Competência:

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas requeridas para compreensão da história da moda e da arte, das influências
dos aspectos sociais, políticos, econômicos e culturais nas características e estilos de cada época e da cadeia
produtiva da moda

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Competência Padrão de Desempenho Capacidades Técnicas Conhecimentos

Capacidades Técnicas

Fundamentos Técnicos Científicos

Identificar na história da arte e da moda a influência dos aspectos sociais, políticos,


econômicos e culturais nas características e estilos de cada época
Identificar os diversos sistemas e segmentos de mercado da moda

Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas

Capacidades Sociais

Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas


Posicionar-se com ética em relação a situações e contextos apresentados

Capacidades Organizativas

Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e meio ambiente como


requisitos para a organização de ambientes de trabalho
Reconhecer a importância dos princípios da qualidade no desenvolvimento das
atividades profissionais
Reconhecer os princípios de profissionalismo no desenvolvimento das atividades sob a
sua responsabilidade

Capacidades Metodológicas

Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de formação de uma atitude


empreendedora

32
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Laboratório de informática
Ambientes Pedagógicos Biblioteca
Sala de aula

Apostila
Material Didático
Livros

Tablet
Computador com pacote de escritório e acesso à
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e internet
Ferramentas Tela de projeção
Quadro branco
Projetor multimídia

Sites
Aplicativos
Recursos didáticos
Publicações
Normas

33
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: INTRODUTÓRIO

Perfil Profissional: VITRINISTA

Unidade Curricular: Introdução ao Vitrinismo

Carga Horária: 30h

Unidades de Competência:

UC1 : Executar o planejamento e desenvolvimento de projetos de vitrine, a partir dos princípios do design e das
necessidades do lojista e do consumidor, respeitando procedimentos e normas técnicas, de qualidade,
ergonomia, saúde, segurança e sustentabilidade.

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas requeridas para compreensão de métodos, tipos e registro de pesquisa, e dos
fundamentos do Vitrinismo

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. PESQUISA


1.1 Tipos e
Métodos
Fundamentos Técnicos Científicos
1.2
Macrotendências,
Identificar terminologias e simbologias da moda aplicadas aos projetos Tendências de
de vitrine moda e Tema
Identificar tipos e funcionalidades de máquinas e equipamentos 1.3 Registro
aplicados à execução de projetos de vitrine 2. FUNDAMENTOS DO
Identificar tipos, características e aplicabilidade dos materiais VITRINISMO
necessários à execução de projetos de vitrine 2.1 Definição e
Reconhecer as formas de representação gráfica e visual aplicadas ao História
desenvolvimento do projeto de vitrine 2.2 Tipos e Funções
Reconhecer novas tecnologias e suas aplicabilidades no projeto de da Vitrine
vitrine 2.3 Vitrine
Conceitual e
Comercial
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas
2.4 Elementos da
Composição
Capacidades Sociais
2.4.1
Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas Manequim
Posicionar-se com ética em relação a situações e contextos 2.4.2
apresentados Decoração
2.4.3 Suportes
Capacidades Organizativas e Expositores
2.4.4 Displays
Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e meio
34
ambiente como requisitos para a organização de ambientes de 2.4.5 Styling
trabalho 2.4.6
Reconhecer a importância dos princípios da Qualidade no Iluminação
desenvolvimento das atividades profissionais 2.4.7 Cores
Reconhecer os princípios de profissionalismo no desenvolvimento das 2.5 Técnicas de
atividades sob a sua responsabilidade. Exposição de
Produtos
Capacidades Metodológicas
2.6 Máquinas,
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de formação Equipamentos e
de uma atitude empreendedora Ferramentas
2.7 Materiais e
insumos
2.8 Novas
Tecnologias
2.9 Representações
Gráfica
2.9.1 Painel
de Inspiração
2.9.2 Esboços
2.9.3 Projeto
3D
2.9.4
Plotagens
(adesivo,
entre outros)
2.9.5 Desenho
Técnico de
adereços
3.
EMPREENDEDORISMO
3.1 Definição
3.2 Tipos
3.3 Habilidades e
Atitudes
Empreendedoras

35
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Ambientes Pedagógicos Sala de aula
Laboratório de informática

Livros
Material Didático
Apostila

Projetor multimídia
Computador com pacote de escritório e acesso à
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e internet
Ferramentas Quadro branco
Tela de projeção
Tablet

Normas
Sites
Recursos didáticos
Aplicativos
Publicações

36
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO

Perfil Profissional: VITRINISTA

Unidade Curricular: Elaboração e Desenvolvimento de Projetos de Vitrine

Carga Horária: 116h

Unidades de Competência:

UC1 : Executar o planejamento e desenvolvimento de projetos de vitrine, a partir dos princípios do design e das
necessidades do lojista e do consumidor, respeitando procedimentos e normas técnicas, de qualidade,
ergonomia, saúde, segurança e sustentabilidade.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas, associadas aos
princípios do design, planejamento e execução de projetos de vitrine, seguindo normas técnicas, de qualidade,
segurança e sustentabilidade

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Desempenho Capacidades Técnicas Conhecimentos


Competência

1 .1 Elaborar 1.1 .1 Considerando as - Identificar nas Normas


o projeto normas técnicas e legais 1. PRINCÍPIOS DO
Técnicas e
relativas ao ambiente de DESIGN
Regulamentadoras os
exposição, aos direitos de 1.1 Elementos da
requisitos aplicáveis à
uso de imagem, de áudio, Linguagem Visual
execução do projeto de
aos direitos autorais e do 1.1.1 Linha e
vitrine
mundo digital forma
- Identificar a necessidade 1.1.2 Luz e
de autorizações e sombra
documentações legais 1.1.3 Volume
para viabilizar a execução 1.1.4 Textura
do projeto 1.1.5 Peso
visual
1.1.6 Espaço
1.1.7 Sistema
1.1 .2 Considerando as de medidas
- Elaborar pesquisas de
informações das pesquisas 1.1.8
moda e mercado em
de referência de moda e Proporção,
função do projeto
mercado escala e
- Definir princípios e tamanhos
elementos de design que 1.1.9
irão compor o projeto Perspectiva
1.1.10 Relação
- Utilizar ferramentas
entre o todo e
manuais e digitais para
as partes
elaborar o projeto
1.2 Princípios da
- Correlacionar as Gestalt

37
informações coletadas 1.2.1 Figura e
nas pesquisas de moda e fundo
mercado com as 1.2.2
características do projeto, Fechamento
do público alvo e da 1.2.3
marca Simplicidade
1.2.4 Unidade
1.2.5 Movimento
1.2.6
1.1 .3 Dimensionado os - Adequar o projeto em Pregnância da
recursos físicos e forma
função das considerações
tecnológicos, materiais e 1.2.7 Tamanho
do cliente
financeiros necessários em e proporção
função do briefing - Determinar a 1.2.8
infraestrutura (materiais, Semelhança
equipamentos e serviços, 1.2.9
dentre outros) necessária Proximidade
à execução do projeto 1.2.10 Ritmo
1.2.11 Equilíbrio
- Utilizar os sistemas de
1.2.12 Harmonia
registro de informações,
1.3 Teoria das cores
em conformidade com o
1.3.1
tipo de registro a ser
Fundamentos
efetuado
1.3.2
- Calcular os custos para o Características
projeto, para a elaboração das cores:
do orçamento do projeto Matiz,
Saturação e
- Estabelecer as etapas Luminosidade
do projeto de vitrine, com 1.3.3 Círculos
suas respectivas cromáticos
características e 2. PLANEJAMENTO
finalidades em função do 2.1 Briefing
prazo previsto no briefing 2.1.1 Tema
2.1.2 Público e
Marca
2.1.3 Padrões
de Qualidade
2.2 Representação
1.1 .4 Utilizando os Gráfica
- Analisar a iluminação
princípios e técnicas de 2.2.1 Tipos:
disponível em função da
visual merchandising em Esboços, Planta
exposição dos produtos e
função do briefing e público Baixa, Projeto
características do projeto
alvo do projeto 3D e Desenho
- Definir a cartela de cores Técnico de
em função das Adereços
características do projeto 2.2.2
Ferramentas
- Definir o tipo de (manuais e
38
exposição dos produtos informatizadas)
em função das 2.3 Cartela de Cores
características do projeto 2.4 Materiais e
e do ambiente disponível Insumos
2.5 Equipamentos,
Mobiliário, Suportes,
Expositores e
1.1 .5 Considerando o
- Identificar as Displays
briefing do projeto e as
características do público 2.6 Fornecedores
características do produto a
alvo e da marca contidas 2.6.1 Serviços
ser exposto no briefing 2.6.2 Materiais
2.6.3 Produtos
- Identificar no Briefing as
acabados
características do projeto
2.7 Orçamento
a ser executado (tema,
2.8 Cronograma
prazo, orçamento, dentre
3. EXECUÇÃO
outros)
3.1 Preparação
- Identificar as 3.1.1
características do produto Contratação de
a ser exposto serviços
3.1.2 Compra
de materiais e
insumos
1 .2 Viabilizar 1.2 .1 Utilizando os - Adequar, se necessário, 3.1.3
a execução princípios e técnicas de Construção dos
a iluminação disponível
do projeto visual merchandising em adereços
em função da exposição
função do projeto (diversos
dos produtos e
materiais,
características do projeto
incluindo
- Adequar, se necessário, marcenaria)
a exposição dos produtos, 3.1.4 Plotagem
expositores e decoração do adesivo
em função das 3.1.5 Pintura de
características do projeto superfícies
e do ambiente disponível 3.1.6 Seleção
dos Produtos
para exposição
1.2 .2 Atendendo aos 3.1.7 Montagem
- Reconhecer os riscos
requisitos de qualidade, 3.2 Montagem
existentes na execução
saúde e segurança do 3.2.1 Instalação
das etapas do projeto em
trabalho e sustentabilidade dos adereços
função da utilização de
estabelecidos em 3.2.2 Exposição
EPIs
normativos legais e dos produtos
técnicos - Garantir o cumprimento 3.2.3 Iluminação
das Normas Técnicas e 3.2.4 Limpeza
Regulamentadoras 4. NORMAS TÉCNICAS E
aplicáveis à execução do REGULAMENTADORAS
projeto de vitrine 4.1 Sustentabilidade
4.1.1 Definição
39
- Reconhecer os padrões 4.1.2
de qualidade Aplicabilidade
estabelecidos no projeto 4.2 Segurança
em função dos padrões 4.2.1 Definição
da empresa 4.2.2
Aplicabilidade
- Identificar os
5. HIGIENE E SAÚDE
procedimentos de
5.1 Princípios de
descarte de resíduos
higiene e saúde
sólidos aplicáveis à pessoal
execução dos projetos 6. ÉTICA PESSOAL E
vitrine PROFISSIONAL
6.1 Responsabilidade
6.2 Iniciativa
1.2 .3 Considerando o 6.3 Honestidade
- Interpretar as
escopo do projeto de vitrine informações do projeto 6.4 Sigilo
a ser executado para identificar os 6.5 Prudência
materiais, equipamentos, 6.6 Perseverança
ferramentas e serviços 6.7 Imparcialidade
necessários à execução 6.8 Respeito
da vitrine 6.9 Cordialidade
6.10 Disciplina
- Monitorar a execução do 6.11 Empatia
projeto em função do 6.12
orçamento e cronograma Comunicação\Diálogo
previstos 6.13 Cooperação
7. RELAÇÕES
- Garantir o cumprimento
INSTITUCIONAIS
das regulamentações
VERTICAIS E
relativas à compra de
HORIZONTAIS
produtos e ou contratação
7.1 Relação com
de serviços
pares
- Adequar o projeto, 7.2 Relação com
quando necessário, para Lideres
viabilizar a sua execução 7.3 Relação com
clientes internos e
- Analisar se as externos
características da 7.4 Relação com
estrutura física são subordinados
compatíveis à execução 8. ORGANIZAÇÃO DO
do projeto vitrine LOCAL DE TRABALHO
8.1 Espaço
- Aplicar técnicas de
8.2 Atividades
pintura decorativa,
8.3 Materiais
marcenaria, adesivação,
8.4 Tempo
dentre outras, para a
9. PROATIVIDADE
execução do projeto
9.1 Definição
9.2 Pilares
9.2.1 Gestão do
40
comportamento
9.2.2 Gestão do
Fundamentos Técnicos Científicos
Futuro
9.2.3 Gestão da
incerteza
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas 9.2.4 Gestão da
inovação
Capacidades Sociais 10. VISÃO FUNCIONAL DO
TRABALHO INDIVIDUAL
Demonstrar atitudes éticas na conduta pessoal e profissional
10.1 A empresa como
Organizativa
organismo vivo
Lidar com as relações de poder e hierarquia no contexto profissional
Reconhecer os princípios básicos de higiene aplicados ao contexto
de trabalho

Capacidades Organizativas

Reconhecer a importância do seu trabalho no contexto da


organização, considerando os impactos das suas atividades nos
resultados dos produtos e serviços da empresa.
Aplicar os princípios de organização no seu posto trabalho

Capacidades Metodológicas

Reconhecer a importância da atitude proativa como característica


fundamental e requisito de um bom profissional

41
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Espaço de Exposição
Sala de aula
Ambientes Pedagógicos
Laboratório de informática
Biblioteca

Apostilas
Material Didático
Livros

Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)


Impressora colorida
Plotter (de recorte de adesivo)
Furadeira/Parafusadeira
Serra de corte (manual e tico-tico)
Soprador de ar quente
Escada
Grampeador de Pressão
Instrumento de Corte
Instrumento de Pintura
Máquinas, Equipamentos, Instrumento de Adesivação
Instrumentos e Ferramentas Ferramentas de Marcenaria
Softwares de representação gráfica 2D e 3D, CADs (Desenho)
Instrumento de Desenho
Computadores com acesso a internet
Guilhotina
Lixadeira
Calculadora
Softwares básico de escritório (editor de texto, planilhas, apresentações)
Instrumento de Medição
Manequim de Vitrine
Tablet

Materiais de Marcenaria
Aplicativos
Publicações
Materiais para Desenho
Recursos didáticos Normas
Sites
Materiais de Pintura
Materiais de Adesivação

Nas condições de infraestrutura, serão asseguradas as condições de


42
acessibilidade instrumental e arquitetônica, reconhecendo a
especificidade e a peculiaridade do aluno com deficiência, levando-se em
Observações/recomendações
conta a(s) Norma(s) Regulamentadora(s) da ocupação, NBR nº 9050, Lei
nº 13.146/2015, a LDB nº 9394/96 e a legislação específica em vigência
da deficiência em questão, quando for o caso

INFORMAÇÕES SOBRE A VERSÃO DA OCUPAÇÃO

Data de Validação 28/09/2017

Data de Validade 31/12/2022

Rio de
Local
Janeiro

43
3. MECÂNICO DE MÁQUINAS DE COSTURA

Identificação da ocupação

MECÂNICO DE MÁQUINAS DE
Ocupação CBO 9113-20
COSTURA

EDUCAÇÃO
Formação Inicial e Continuada C.H MÍNIMA 300h
PROFISSIONAL

NÍVEL DA
2 EIXO TECNOLÓGICO Produção Industrial
QUALIFICAÇÃO

ÁREA SEGMENTO Confecção de artigos do vestuário e


Vestuário
TECNOLÓGICA TECNOLÓGICO acessórios

Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquinas de costura e em máquinas de


ponto fixo, ponto corrente, ciclo automático e eletrônico, e seus respectivos aparelhos e
COMPETÊNCIA
acessórios, adequando-as ao produto e ao material, tendo em vista a melhoria contínua da
GERAL
qualidade e da produtividade, de acordo com as normas e os procedimentos técnicos de
qualidade, segurança, higiene e saúde.

REQUISITOS
Ter, no mínimo,16 anos completos
DE ACESSO

Relação das Unidades de Competência

Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto


Unidade de Competência 1
fixo, e seus respectivos aparelhos e acessórios.

Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto


Unidade de Competência 2
corrente, e seus respectivos aparelhos e acessórios.

Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura


Unidade de Competência 3
automática e eletrônica, e seus respectivos aparelhos e acessórios.

44
Descrição das Unidades de Competência

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 1
Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto fixo, e seus respectivos
aparelhos e acessórios.

Elementos de Competência Padrões de Desempenho

Identificar os mecanismos das


Identificando os mecanismos das máquinas de costura e suas funções
máquinas de costura e suas
Lendo e interpretando catálogos e manuais
funções

Identificando mecanismos desregulados (fora de sincronismo)


Detectar anomalias no
Identificando desgaste ou defeitos nas peças da máquina
funcionamento das máquinas e
Identificando ruídos estranhos no funcionamento da máquina
defeito na costura
Analisando defeitos na costura

Conferindo as peças com as especificações do catálogo


Reparando as peças defeituosas, quando possível
Reparar mecanismos
Repondo a peça quando houver necessidade de substituição
defeituosos da máquina
Identificando o número da peça no catálogo da máquina
Identificando a peça da máquina defeituosa

Identificar defeitos da costura


Verificando especificações do produto, da máquina e do material
em linhas, agulhas e tecidos

Seguindo a sequência lógica de montagem conforme plano de ação


preestabelecido (usando manuais, catálogos, folhas de tarefas,
registros pessoais etc.)
Desmontar e montar a máquina
Atendendo às normas de higiene, segurança e organização do trabalho
de costura e acessórios
Limpando os mecanismos da máquina de costura
Agrupando as peças dos mecanismos da máquina de costura
Selecionando as ferramentas necessárias

Encaminhando os defeitos de alta complexidade para a assistência


técnica
Detectar defeitos elétricos, Costurando uma amostra e comparando com padrões preestabelecidos
eletrônicos e pneumáticos Corrigindo os problemas de baixa complexidade
Identificando o tipo de problema
Identificando falhas de funcionamento da máquina de costura

Verificando as condições de funcionamento e de uso do equipamento


Soldando calços e guiadores em sapatilhas
45
Realizar reparos em aparelhos Retirando rebarbas da boca de aparelhos
e acessórios da máquina de Afiando transportadores
costura Comparando características do material com informações técnicas de
catálogos, mostruários e/ou tabelas

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 2
Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto corrente, e seus
respectivos aparelhos e acessórios.

Elementos de Competência Padrões de Desempenho

Identificar os mecanismos das


Identificando os mecanismos das máquinas de costura e suas funções
máquinas de costura e suas
Lendo e interpretando catálogos e manuais
funções

Identificando mecanismos desregulados (fora de sincronismo)


Detectar anomalias no
Identificando desgaste ou defeitos nas peças da máquina
funcionamento das máquinas e
Identificando ruídos estranhos no funcionamento da máquina
defeito na costura
Analisando defeitos na costura

Conferindo as peças com as especificações do catálogo


Reparando as peças defeituosas, quando possível
Reparar mecanismos
Repondo a peça quando houver necessidade de substituição
defeituosos da máquina
Identificando o número da peça no catálogo da máquina
Identificando a peça da máquina defeituosa

Identificar defeitos da costura


Verificando especificações do produto, da máquina e do material
em linhas, agulhas e tecidos

Seguindo a sequência lógica de montagem conforme plano de ação


preestabelecido (usando manuais, catálogos, folhas de tarefas,
registros pessoais etc.)
Desmontar e montar a máquina
Atendendo às normas de higiene, segurança e organização do trabalho
de costura e os acessórios
Limpando os mecanismos da máquina de costura
Agrupando as peças dos mecanismos da máquina de costura
Selecionando as ferramentas necessárias

Encaminhando os defeitos de alta complexidade para a assistência


técnica
Detectar defeitos elétricos, Costurando uma amostra e comparando com padrões preestabelecidos
eletrônicos e pneumáticos Corrigindo os problemas de baixa complexidade
Identificando o tipo de problema
46
Identificando falhas de funcionamento da máquina de costura

Verificando as condições de funcionamento e de uso do equipamento


Soldando calços e guiadores em sapatilhas
Realizar reparos em aparelhos
Retirando rebarbas da boca de aparelhos
e acessórios da máquina de
Comparando características do material com informações técnicas de
costura
catálogos, mostruários e/ou tabelas
Afiando transportadores

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 3
Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura automática e eletrônica, e seus
respectivos aparelhos e acessórios.

Elementos de Competência Padrões de Desempenho

Identificando os mecanismos das máquinas de costura e suas funções


Identificar os mecanismos das
Lendo e interpretando catálogos e manuais
máquinas de costura e suas
Identificando os mecanismos das máquinas de costura e suas funções
funções
Lendo e interpretando catálogos e manuais

Identificando mecanismos desregulados (fora de sincronismo)


Detectar anomalias no
Identificando desgaste ou defeitos nas peças da máquina
funcionamento das máquinas e
Identificando ruídos estranhos ao funcionamento da máquina
defeito na costura
Analisando defeitos na costura

Conferindo as peças com as especificações do catálogo


Reparando as peças defeituosas, quando possível
Reparar mecanismos
Repondo a peça quando houver necessidade de substituição
defeituosos da máquina
Identificando o número da peça no catálogo da máquina
Identificando a peça da máquina defeituosa

Identificar defeitos da costura


Verificando especificações do produto, da máquina e do material
em linhas, agulhas e tecidos

Seguindo a sequência lógica de montagem conforme plano de ação


preestabelecido (usando manuais, catálogos, folhas de tarefas,
registros pessoais etc.)
Desmontar e montar a máquina
Atendendo às normas de higiene, segurança e organização do trabalho
de costura e os acessórios
Limpando os mecanismos da máquina de costura
Agrupando as peças dos mecanismos da máquina de costura
Selecionando as ferramentas necessárias

47
Encaminhando os defeitos de alta complexidade para a assistência
técnica
Detectar defeitos elétricos, Costurando uma amostra e comparando com padrões preestabelecidos
eletrônicos e pneumáticos Corrigindo os problemas de baixa complexidade
Identificando o tipo de problema
Identificando falhas de funcionamento da máquina de costura

Verificando as condições de funcionamento e de uso do equipamento


Soldando calços e guiadores em sapatilhas
Realizar reparos em aparelhos
Retirando rebarbas da boca de aparelhos
e acessórios da máquina de
Comparando características do material com informações técnicas de
costura
catálogos, mostruários e/ou tabelas
Afiando transportadores

48
Competências de Gestão

Cumprir as normas técnicas vigentes.


Executar o trabalho com a qualidade requerida e otimizando recursos.
Executar o trabalho de acordo com os requisitos de segurança

Contexto de Trabalho da Ocupação

Meios de Produção

Outros

Bancada pneumática e elétrica para teste


Máquinas de costura industrial eletrônica e convencional
Paquímetro, torno de bancada, esmeril, chaves diversas e lupa

Métodos e Técnicas de Trabalho

Controle de manutenção da máquina


Ficha de especificação técnica de peças
Método Kanban de organização do trabalho

Condições de Trabalho

Condições ambientais

Trabalho realizado dentro de oficinas de manutenção de máquinas de costura ou direto no chão de fábrica
Possiblidade de trabalho autônomo

Turnos e horários

1º Turno (5h às 14h de segunda a sábado) 2º turno (14h às 22h de segunda a sábado) e horário comercial
das 7h30 às 17h30

Riscos profissionais

Risco de choque elétrico


Risco de contaminação pelo manuseio de produtos químicos
Risco de cortes pelo manuseio de equipamentos com pontas e cortantes
Risco de problemas de audição devido ao trabalho em ambiente ruidoso
Risco de problemas de visão
Risco de alergias devido à grande quantidade de partículas no ambiente

49
Posições no Processo Produtivo

Contexto Profissional

De um modo geral, seu grau de responsabilidade é elevado independente do tamanho da empresa


Em empresas de pequeno porte seu grau de autonomia é elevado; nas demais empresas é médio
O profissional Mecânico de Máquina de Costura é demandado em toda indústria de confecção independente
do tamanho do negócio
O trabalho em equipe não é predominante, exceto em empresas de grande porte

Contexto Funcional e Tecnológico

Máquinas de costura em constante processo de evolução


Máquinas de costura convencional
Máquinas de costura eletrônica

Possíveis Saídas para o Mercado de Trabalho

Mecânico de Máquina de Costura em Couro

Evoluções da Ocupação

Recursos automatizados para máquinas de costura

Formação Profissional Relacionada à Ocupação

Curso de Excel básico e avançado


Cursos de aperfeiçoamento em manutenção preventiva
Cursos de aperfeiçoamento voltados para a reparação e a realização de manutenções em máquinas de
costuras eletrônicas e convencionais
Cursos voltados para a melhoria da leitura e da escrita digital

Indicação de Conhecimentos Referentes ao Perfil Profissional

Conhecimentos
Manutenção de máquina de costura
de ponto fixo
Eletroeletrônica e pneumática
UC1 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de aplicadas na mecânica de máquinas
costura de ponto fixo, e seus respectivos aparelhos e acessórios. de costura
Máquinas e acessórios de costura
industrial
Técnicas de reparo de peças e

50
acessórios para máquina de costura

Conhecimentos
Máquinas e acessórios de costura
industrial
Eletroeletrônica e pneumática
UC2 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de aplicadas na mecânica de máquinas
costura de ponto corrente, e seus respectivos aparelhos e acessórios. de costura
Manutenção de máquina de costura
de ponto corrente
Técnicas de reparo de peças e
acessórios para máquina de costura

Conhecimentos
Manutenção de máquina de costura
de ponto automática/eletrônica
Técnicas de reparo de peças e
UC3 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de
acessórios para máquina de costura
costura automática e eletrônica, e seus respectivos aparelhos e
Máquinas e acessórios de costura
acessórios.
industrial
Eletroeletrônica e pneumática
aplicadas na mecânica de máquinas
de costura

51
Desenho curricular
Resumo da Organização Curricular

Carga Horária
Módulos Unidades Curriculares Carga Horária
do Módulo

Eletroeletrônica e Pneumática Aplicadas na


40 h
Mecânica de Máquinas de Costura

BÁSICO Máquinas e Acessórios de Costura Industrial 40 h 100 h

Técnicas de Reparo de Peças e Acessórios para


20 h
Máquina de Costura

Manutenção de Máquina de Costura de Ciclo


60 h
Automático

ESPECÍFICO Manutenção de Máquina de Costura de Ponto 200 h


60 h
Corrente

Manutenção de Máquina de Costura de Ponto Fixo 80 h

TOTAL 300h

52
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: MECÂNICO DE MÁQUINAS DE COSTURA

Unidade Curricular: Eletroeletrônica e Pneumática Aplicadas na Mecânica de Máquinas de Costura

Carga Horária: 40h

Unidades de Competência:

UC1 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto fixo, e seus respectivos
aparelhos e acessórios.
UC2 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto corrente, e seus
respectivos aparelhos e acessórios.
UC3 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura automática e eletrônica, e seus
respectivos aparelhos e acessórios.

Objetivo Geral: Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto fixo, ponto
corrente, automática e eletrônica, e aparelhos e acessórios respectivos, conforme especificação do fabricante
e seguindo os padrões de qualidade e rigor técnico exigidos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. PNEUMÁTICA


1.1 Fundamentos físicos da pneumática
1.2 Preparação do ar comprimido:
Fundamentos Técnicos Científicos
1.2.1 Unidade de conservação (secagem
e filtragem)
Interpretar a simbologia de circuitos 1.2.2 Reservatório e acessórios
pneumáticos (pressostato, manômetro e válvula de
Compreender os aspectos de segurança dos segurança)
sistemas pneumáticos 1.3 Distribuição do ar comprimido: tubulações
Compreender o funcionamento de sistemas e conexões
pneumáticos e hidráulicos das máquinas de 1.4 Atuadores pneumáticos: classificação e
costura tipos construtivos
Identificar elementos de pneumática em 1.5 Válvulas pneumáticas: válvula de controle
máquinas de costura direcional, válvula de bloqueio, válvula de
Compreender aspectos de segurança em controle de fluxo, válvula de controle de
eletricidade pressão, unidades especiais, conversor
Identificar instrumentos de medição e suas hidropneumático e intensificador de pressão
respectivas utilidades 1.6 Sistemas pneumáticos básicos
Identificar os componentes elétricos das 1.7 Funcionamento e aspectos de segurança
máquinas de costura 1.8 Ar comprimido: elementos, características
Identificar componentes defeituosos em e aplicação
circuitos pneumáticos 1.9 Normas técnicas
1.10 Fundamentos de pneumática

53
Capacidades Sociais, Organizativas e 1.11 Processos de preparação do ar
Metodológicas 1.12 Regulagem de pressão
1.13 Lubrificação
Capacidades Sociais 1.14 Unidade de conservação
1.15 Cilindros
trabalhar em equipe 1.16 Motores pneumáticos
1.17 Simbologia dos componentes
Capacidades Organizativas pneumáticos
Ser organizado 1.18 Tipos de esquemas de comando
1.19 Denominação dos componentes
Capacidades Metodológicas pneumáticos
1.20 Representação de seqüências de
Prever consequências movimentos
Ter raciocínio lógico 1.21 Válvulas direcionais
Ser analítico 1.22 Válvulas de bloqueio
1.23 Válvulas controladoras de fluxo
1.24 Válvulas controladoras de pressão
1.25 Combinação de válvulas
1.26 Montagem de circuitos de comando
pneumáticos
1.27 Definição
1.28 Sistemas de preparação e distribuição de
ar comprimido
1.29 Componentes de controle e comando
1.30 Atuadores
1.31 Circuitos pneumáticos
1.32 Eletropneumática
1.33 Fundamentos físico da pneumática
1.34 Noções de compressores
1.35 Classificação
1.36 Princípios construtivos
1.37 Funcionamento
1.38 Preparação do ar comprimido
1.39 Unidade de conservação (secagem e
filtragem)
1.40 Reservatório e acessórios (pressostato,
manômetro e válvula de segurança)
1.41 Válvulas pneumáticas
1.42 Válvula de controle direcional
1.43 Válvula de controle de fluxo
1.44 Válvula de controle de pressão
1.45 Elementos elétricos
1.46 Elementos eletropneumáticos
1.47 Simbologia
1.48 Normas de segurança
1.49 Identificação de componentes defeituosos
em circuitos pneumáticos
1.50 Simulação de falhas em circuitos
pneumáticos
54
1.51 Trabalho colaborativo
1.52 Compartilhamento
1.53 Diagnóstico de máquinas
1.54 Pesquisa em manuais de máquinas
2. ELETROELETRÔNICA
2.1 Noções básicas de eletricidade e
eletrônica
2.2 Noções de segurança em eletricidade
2.3 Corrente contínua e alternada
2.4 Grandezas elétricas
2.5 Fontes de alimentação
2.6 Motores elétricos
2.7 Utilização de instrumentos de medição:
voltímetro, osciloscópio paquímetro,
amperímetro
2.8 Normas de segurança em eletricidade

55
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Instrumentos de medição
Máquinas de costura
Equipamentos Insumos de costura
Ferramentas de ajustagem, montagem e desmontagem de máquinas e
acessórios

Ambientes Laboratório de mecânica de máquinas


Pedagógicos Salas de aula

Material Didático Apostilas e livros

56
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: MECÂNICO DE MÁQUINAS DE COSTURA

Unidade Curricular: Máquinas e Acessórios de Costura Industrial

Carga Horária: 40h

Unidades de Competência:

UC1 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto fixo, e seus respectivos
aparelhos e acessórios.
UC2 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto corrente, e seus
respectivos aparelhos e acessórios.
UC3 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura automática e eletrônica, e seus
respectivos aparelhos e acessórios.

Objetivo Geral: Identificar o funcionamento dos mecanismos da máquina de costura industrial, seus elementos,
aparelhos e acessórios nos diferentes tipos de costura.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. COMO CONSULTAR MANUAIS DE MÁQUINAS


DE COSTURAS (INSTRUÇÕES, TERMOS
TÉCNICOS ETC.)
Fundamentos Técnicos Científicos
2. TIPOS DE MÁQUINAS
2.1 Mecanismos de funcionamento
Compreender o sistema hidráulico das 2.2 Elementos ​ cabeçote, mesa e motor
máquinas de costura, compressores e 2.3 Aparelhos
redutores 2.4 Acessórios
Identificar engrenagens, correntes e 2.5 Segurança das operações
acoplamentos 2.6 Uso de EPI: precaução e procedimentos
Compreender os princípios de lubrificação em 2.7 Limpeza e conservação
máquinas de costura 2.8 Ajustagem
Compreender aspectos de segurança, 2.9 Lubrificação: princípios da lubrificação,
limpeza, ajustagem e conservação de substâncias lubrificantes, atrito e suas
máquinas de costura influências
Identificar aparelhos e acessórios de 2.10 Lubrificação de equipamentos: métodos
máquinas de costura de lubrificação, mancais de deslizamento e de
Identificar elementos de máquinas de costura rolamento, vias de deslizamento e de
Identificar mecanismos de funcionamento rolamento
Identificar tipos de máquinas de costura 2.11 Engrenagens, correntes e acoplamentos
Ler e interpretar manuais de máquinas de 2.12 Sistema hidráulico
costura 2.13 Compressores, redutores etc.
Identificar defeitos em máquinas retas 2.14 Noções de costura
2.15 Insumos: tipos de linhas, fios, tipos de

57
tecidos etc.
Capacidades Sociais, Organizativas e
2.16 Passagem de linha
Metodológicas
2.17 Regulagem de ponto
2.18 Execução de ponto
Capacidades Sociais
2.19 Equipe e grupo
trabalhar em equipe 2.20 Planejamento e organização do trabalho
2.21 Análise e síntese
Capacidades Organizativas

Ser organizado

Capacidades Metodológicas

Prever consequências
Ter raciocínio lógico
Ser analítico
Ter atenção a detalhes

58
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Instrumentos de medição
Máquinas de costura
Equipamentos Insumos de costura
Ferramentas de ajustagem, montagem e desmontagem de máquinas e
acessórios

Ambientes Laboratório de mecânica de máquinas


Pedagógicos Salas de aula

Material Didático Apostilas e livros

59
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: MECÂNICO DE MÁQUINAS DE COSTURA

Unidade Curricular: Técnicas de Reparo de Peças e Acessórios para Máquina de Costura

Carga Horária: 20h

Unidades de Competência:

UC1 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto fixo, e seus respectivos
aparelhos e acessórios.
UC2 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto corrente, e seus
respectivos aparelhos e acessórios.
UC3 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura automática e eletrônica, e seus
respectivos aparelhos e acessórios.

Objetivo Geral: Aplicar técnicas de reparos de peças em máquina de costura de ponto fixo, ponto corrente,
automática e eletrônica, inclusive em seus respectivos aparelhos e acessórios, a fim de corrigir defeitos de
baixa complexidade, seguindo especificações e recomendações do fabricante e os padrões de qualidade e
rigor técnico exigidos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. TERMINOLOGIA


1.1 Elementos de informação;
1.2 Elementos físicos e programação.
Fundamentos Técnicos Científicos
1.3 Elementos de informação
1.4 Gastos
Compreender os processos de soldagem 1.5 Investimentos
aplicados em reparos de máquina de costura 1.6 Custos
1.7 Despesas
Capacidades Sociais, Organizativas e 1.8 Nomenclatura técnica aplicada à soldagem
Metodológicas 1.9 Identificação do tipo de juntas
1.10 Posições de soldagem
2. DESCONTINUIDADE
Capacidades Sociais
2.1 Conceito
trabalhar em equipe 2.2 Tipos de descontinuidades inerentes aos
processos de soldagem
Capacidades Organizativas 3. INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA DA SOLDAGEM
4. PROCESSO A ARCO ELÉTRICO COM
Ser organizado
ELETRODO REVESTIDO
Capacidades Metodológicas 5. TEORIA
6. DEMONSTRAÇÃO
Prever consequências 7. PRÁTICA
Ter raciocínio lógico 8. PROCESSO OXIACETILÊNICO:

60
Ser analítico SOLDAGEM/BRASAGEM E OXICORTE
Ter atenção a detalhes 9. EXCELÊNCIA NO ATENDIMENTO AO CLIENTE:
RESPONSABILIDADE DA EQUIPE
10. RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS EM GRUPO
11. DESEMPENHO DA EQUIPE
12. CONTROLE DE PEÇAS E ARTIGOS DE
REPOSIÇÃO: CONFERÊNCIA DE PEÇAS,
ETIQUETAGEM, CATALOGAÇÃO ETC.

61
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Instrumentos de medição
Máquinas de costura
Equipamentos Insumos de costura
Ferramentas de ajustagem, montagem e desmontagem de máquinas e
acessórios

Ambientes Laboratório de mecânica de máquinas


Pedagógicos Salas de aula

Material Didático Apostilas e livros

62
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO

Perfil Profissional: MECÂNICO DE MÁQUINAS DE COSTURA

Unidade Curricular: Manutenção de Máquina de Costura de Ciclo Automático

Carga Horária: 60h

Unidades de Competência:

UC3 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura automática e eletrônica, e seus
respectivos aparelhos e acessórios.

Objetivo Geral: Regular, ajustar, montar e desmontar os mecanismos da máquina de costura de


automática/eletrônica.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. FUNÇÃO DA MÁQUINA, TIPO DE


LUBRIFICAÇÃO, TIPO DE PONTO, NÚMERO DE
Testar o funcionamento da máquina PONTO, APLICAÇÃO E PONTOS CHAVE DE
Montar conjuntos mecânicos de máquina REGULAGEM
automática/eletrônica 2. DESMONTAGEM DE TODOS OS MECANISMOS
Identificar defeitos em máquinas 3. MONTAGEM E AJUSTAGEM DE TODOS OS
automáticas/eletrônicas MECANISMOS
Elaborar plano de manutenção preventiva 4. SUBSTITUIÇÃO EVENTUAL DE PEÇAS
Interpretar manuais técnicos e esquemas 5. TESTE DE COSTURA, REGULAGEM DOS
mecânicos de máquinas de ponto corrente PONTOS COM SIMULAÇÃO DE DEFEITOS
Descartar resíduos sólidos e líquidos 6. CONSTRUÇÃO DE PLANILHA PARA REGISTRO
Ajustar e regular o mecanismo da máquina E CONTROLE DE MANUTENÇÃO
automática/eletrônica 7. DESCARTE DE FLUIDOS LUBRIFICANTES E
Desmontar conjuntos mecânicos de máquina PEÇAS EM DESUSO
automática/eletrônica 8. AJUSTES E REGULAGEM DOS MECANISMOS
Substituir componentes e acessórios SINCRONIZADOS
mecânicos de máquinas 9. AFIAÇÃO DAS NAVALHAS
automáticas/eletrônicas 10. FORMAÇÃO DE PONTO
Realizar ações de lubrificação 11. TRABALHO COLABORATIVO NA MONTAGEM
E DESMONTAGEM DE MÁQUINAS

Fundamentos Técnicos Científicos

Capacidades Sociais, Organizativas e


Metodológicas

Capacidades Sociais

63
trabalhar em equipe

Capacidades Organizativas

Ser organizado

Capacidades Metodológicas

Prever consequências
Ter raciocínio lógico
Ser analítico
Ter atenção a detalhes

64
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Aparelhos de soldagem
Máquinas de costura
Kits pneumáticos
Insumos de costura
Instrumentos de medição
Equipamentos Furadeira de bancada
Ferramentas de ajustagem, montagem e desmontagem de máquinas e
acessórios
Esmeril
Banquetas ergonômicas (banco caixa)
Bancada industrial

Ambientes Laboratório de mecânica de máquinas


Pedagógicos Salas de aula

Material Didático Apostilas e livros

65
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO

Perfil Profissional: MECÂNICO DE MÁQUINAS DE COSTURA

Unidade Curricular: Manutenção de Máquina de Costura de Ponto Corrente

Carga Horária: 60h

Unidades de Competência:

UC3 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura automática e eletrônica, e seus
respectivos aparelhos e acessórios.

Objetivo Geral: Regular, ajustar, montar e desmontar os mecanismos da máquina de costura de ponto
corrente.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. FUNÇÃO DA MÁQUINA, TIPO DE


LUBRIFICAÇÃO, TIPO DE PONTO, NÚMERO DE
Elaborar plano de manutenção preventiva PONTO, APLICAÇÃO E PONTOS CHAVE DE
Testar o funcionamento da máquina REGULAGEM
Descartar resíduos sólidos e líquidos 2. DESMONTAGEM DE TODOS OS MECANISMOS
Realizar ações de lubrificação 3. MONTAGEM E AJUSTAGEM DE TODOS OS
Identificar defeitos em máquinas de ponto MECANISMOS
corrente 4. SUBSTITUIÇÃO EVENTUAL DE PEÇAS
Desmontar conjuntos mecânicos de máquina 5. TESTE DE COSTURA, REGULAGEM DOS
de ponto corrente PONTOS COM SIMULAÇÃO DE DEFEITOS
Montar conjuntos mecânicos de máquinas de 6. CONSTRUÇÃO DE PLANILHA PARA REGISTRO
ponto corrente E CONTROLE DE MANUTENÇÃO
Interpretar manuais técnicos e esquemas 7. DESCARTE DE FLUIDOS LUBRIFICANTES E
mecânicos de máquinas de ponto corrente PEÇAS EM DESUSO
Substituir componentes e acessórios 8. TRABALHO COLABORATIVO NA MONTAGEM E
mecânicos de máquinas de ponto corrente NA DESMONTAGEM DE MÁQUINAS
Ajustar e regular o mecanismo da máquina 9. AJUSTES E REGULAGEM DOS MECANISMOS
reta SINCRONIZADOS
10. AFIAÇÃO DAS NAVALHAS
11. FORMAÇÃO DE PONTO
Fundamentos Técnicos Científicos

Capacidades Sociais, Organizativas e


Metodológicas

Capacidades Sociais

66
trabalhar em equipe

Capacidades Organizativas

Ser organizado

Capacidades Metodológicas

Prever consequências
Ter raciocínio lógico
Ser analítico
Ter atenção a detalhes

67
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Aparelhos de soldagem
Torno de bancada
Máquinas de costura
Kits pneumáticos
Insumos de costura
Instrumentos de medição
Equipamentos
Furadeira de bancada
Ferramentas de ajustagem, montagem e desmontagem de máquinas e
acessórios
Esmeril
Banquetas ergonômicas (banco caixa)
Bancada industrial

Ambientes Laboratório de mecânica de máquinas


Pedagógicos Salas de aula

Material Didático Apostilas e livros

68
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO

Perfil Profissional: MECÂNICO DE MÁQUINAS DE COSTURA

Unidade Curricular: Manutenção de Máquina de Costura de Ponto Fixo

Carga Horária: 80h

Unidades de Competência:

UC1 : Realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquina de costura de ponto fixo, e seus respectivos
aparelhos e acessórios.

Objetivo Geral: Regular, ajustar, montar e desmontar os mecanismos da máquina de costura de ponto fixo.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. FUNÇÃO DA MÁQUINA, TIPO DE


LUBRIFICAÇÃO, TIPO DE PONTO, NÚMERO DE
Desmontar e montar conjuntos mecânicos de PONTO, APLICAÇÃO E PONTOS CHAVE DE
máquina de ponto fixo REGULAGEM
Substituir componentes e acessórios 2. DESMONTAGEM DE TODOS OS MECANISMOS
mecânicos 3. MONTAGEM E AJUSTAGEM DE TODOS OS
Testar o funcionamento da máquina MECANISMOS
Descartar resíduos sólidos e líquidos 4. SUBSTITUIÇÃO EVENTUAL DE PEÇAS
Realizar ações de lubrificação 5. TESTE DE COSTURA, REGULAGEM DOS
Montar conjuntos mecânicos da máquina de PONTOS COM SIMULAÇÃO DE DEFEITOS
ponto fixo 6. CONSTRUÇÃO DE PLANILHA PARA REGISTRO
Consultar manuais técnicos e esquemas E CONTROLE DE MANUTENÇÃO
mecânicos em máquinas de ponto fixo 7. DESCARTE DE FLUIDOS LUBRIFICANTES E
Elaborar plano de manutenção preventiva PEÇAS EM DESUSO
Identificar defeitos em máquinas de ponto fixo 8. TRABALHO COLABORATIVO NA MONTAGEM E
NA DESMONTAGEM DE MÁQUINAS

Fundamentos Técnicos Científicos

Capacidades Sociais, Organizativas e


Metodológicas

Capacidades Sociais

trabalhar em equipe

Capacidades Organizativas

Ser organizado
69
Capacidades Metodológicas

Prever consequências
Ter raciocínio lógico
Ser analítico
Ter atenção a detalhes

70
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Aparelhos de soldagem
Torno de bancada
Máquinas de costura
Kits pneumáticos
Insumos de costura
Instrumentos de medição
Equipamentos
Furadeira de bancada
Ferramentas de ajustagem, montagem e desmontagem de máquinas e
acessórios
Esmeril
Banquetas ergonômicas (banco caixa)
Bancada industrial

Ambientes Laboratório de mecânica de máquinas


Pedagógicos Salas de aula

Material Didático Apostilas e livros

INFORMAÇÕES SOBRE A VERSÃO DA OCUPAÇÃO

Data de Validação 19/01/2018

Data de Validade 19/02/2020

Departamento
Local
Regional

71
4. COSTUREIRO SOB MEDIDA – MODELAGEM, CORTE E COSTURA

Identificação da ocupação

COSTUREIRO SOB MEDIDA – MODELAGEM,


Ocupação CBO 7630-10
CORTE E COSTURA

EDUCAÇÃO
Qualificação Profissional C.H MÍNIMA 280h
PROFISSIONAL

NÍVEL DA EIXO Produção


2
QUALIFICAÇÃO TECNOLÓGICO Industrial

ÁREA Confecção de artigos do vestuário e


Vestuário SEGMENTO TECNOLÓGICO
TECNOLÓGICA acessórios

Executar a modelagem, corte e costura sob medida de peças do vestuário respeitando


COMPETÊNCIA
procedimentos e normas técnicas, de qualidade, ergonomia e seguindo princípios estéticos
GERAL
e antropométricos.

REQUISITOS Ter concluído o Ensino Fundamental


DE ACESSO Ter, no mínimo, 16. anos completos

Relação das Unidades de Competência

Executar a modelagem, corte e costura sob medida de peças do vestuário


Unidade de Competência 1 respeitando procedimentos e normas técnicas, de qualidade, ergonomia e
seguindo princípios estéticos e antropométricos

72
Descrição das Unidades de Competência

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 1
Executar a modelagem, corte e costura sob medida de peças do vestuário respeitando procedimentos e
normas técnicas, de qualidade, ergonomia e seguindo princípios estéticos e antropométricos

Elementos de
Padrões de Desempenho
Competência

Seguindo procedimentos e normas técnicas, de qualidade, ergonomia, saúde e segurança


Preparar do trabalho e sustentabilidade
Máquinas Considerando as informações da Ficha Técnica\Produção e ou Peça Piloto, relativas aos
industriais parâmetros de ajustes dos maquinários, ferramentas, acessórios, aparelhos e
para instrumentos, e às características dos materiais que serão utilizados para confecção do
operação produto final. (regulagens, lubrificação, troca de agulha, seleção da linha e fio,dentre
outros)

Considerando as características do modelo para definição da sequência operacional


Atendendo aos procedimentos de registro de informações da empresa ou ficha de cliente
Modelar Utilizando técnicas de modelagem plana em função do produto final
peças do Considerando os perfis de costura necessários em função do produto final
vestuário Considerando as informações da Ficha Técnica/ Criação e ou referências apresentadas
pelo cliente.
Considerando medidas antropométricas do cliente

Utilizando as técnicas e ferramentas de corte manual em função do produto final


Cortar peças Considerando as especificações técnicas do molde, matéria prima e aviamentos
do vestuário Seguindo procedimentos e normas técnicas, de qualidade, ergonomia, saúde e segurança
do trabalho e sustentabilidade (descarte de resíduos).

Considerando as especificações técnicas da matéria prima e aviamentos, máquinas e


Costurar equipamentos adequados à produção da peça
peças do Considerando as informações obtidas na prova de roupa
vestuário Considerando a sequência operacional estabelecida para a preparação, montagem e
acabamento da peça

Executar
manutenção Seguindo procedimentos e normas técnicas, de qualidade, ergonomia, saúde e segurança
básica em do trabalho e sustentabilidade (descarte apropriado de componentes e resíduos)
máquinas Considerando os procedimentos operacionais estabelecidos para manutenção básica
industriais de (limpeza, lubrificação...)
costura

73
Competências de Gestão

Apresentar habilidade de comunicação e atendimento ao cliente


Apresentar postura proativa e inovadora e empreendedora, atualizando-se continuamente e adaptando-se,
com criatividade, às mudanças tecnológicas, organizativas e profissionais
Apresentar, no planejamento e no desenvolvimento das suas atividades profissionais, uma postura de
comprometimento, responsabilidade, engajamento, atenção, disciplina, organização, precisão e zelo e
flexibilidade em relação a mudanças
Atuar individualmente ou em equipes de trabalho, comunicando-se profissionalmente, interagindo e
cooperando com os integrantes dos diferentes níveis hierárquicos da empresa
Atuar profissionalmente, cumprindo os princípios de higiene e saúde, os procedimentos de qualidade e de
meio ambiente e as normas de segurança aplicáveis às atividades profissionais sob a sua responsabilidade
Ser ético na conduta pessoal e profissional
Ter visão sistêmica, considerando conjuntamente os aspectos técnicos, sociais, econômicos, tecnológicos e
de qualidade aplicáveis às atividades sob a sua responsabilidade

Contexto de Trabalho da Ocupação

Meios de Produção

Máquinas e Equipamentos

Máquinas de costura ponto fixo e ponto corrente


Máquina de corte
Mesa de enfesto e corte
Manequim de dorso
Kit de passadoria

Ferramentas e Instrumentos

Kit de ferramentas: alicate, chave de fenda, pinças, chave Allen, entre outros
kit de modelagem
Kit para costura

Acessórios

Acessórios para corte manual


Acessórios, aparelhos e dispositivos de costura

Materias de Utilização Habitual

Tecidos e aviamentos
Linhas, fios e agulhas
Papel

Métodos e Técnicas de Trabalho

74
Análise de materiais
ANÁLISE E ACOMPANHAMENTO DE CUSTOS
Gestão da qualidade
Gestão de materiais
Observação de Critérios de sustentabilidade (redução de resíduos, descarte de componentes, dentre outros)
Racionalização de produção (tempos e métodos)
Técnicas de comunicação oral e escrita
Técnicas de confecção
Técnicas de corte
Técnicas de modelagem tridimensional e bidimensional

Condições de Trabalho

Condições ambientais

Ambientes internos com variabilidades de postos de trabalho

Turnos e horários

Trabalho em turnos variados

Riscos profissionais

Riscos físicos: Risco de cortes pelo manuseio de equipamentos pontiagudos e cortantes; problemas oculares
por inadequação da luminosidade. Riscos de problemas de audição, riscos de problemas respiratórios e
dermatológicos por conta do contato com poeiras e resíduos sólidos
Riscos químicos: Exposição a produtos químicos, vapores e gases.
Ergonômicos: Riscos de lesão por esforço repetitivo, por posição ergonômica e equipamentos inadequados
em relação à atividade a ser desenvolvida

Equipamentos de Segurança

EPCs (Equipamentos de Proteção Coletiva) de acordo com a atividade a ser executada e riscos presentes
no local de trabalho
Para pessoas com deficiência, são observados os requisitos de acessibilidade descritos na NBR nº 9050,
nos Conceitos do Desenho Universal, na Lei nº 13.146/2015 e na Legislação específica da Deficiência em
questão.
EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) de acordo com a atividade a ser executada e indicações do
manual de serviços

Posições no Processo Produtivo

Contexto Profissional

O Costureiro sob Medida poderá atuar em empresas do setor de confecção do vestuário. Pode atuar
também como prestador de serviço

Contexto Funcional e Tecnológico

75
O Costureiro sob Medida pode atuar individualmente ou em vários postos de trabalho, como membro de uma
equipe de trabalho

Possíveis Saídas para o Mercado de Trabalho

Auxiliar de Modelista sob medida


Costureiro de reparação de roupas
Auxiliar de Alfaiate

Evoluções da Ocupação

Pesquisa e inovação
Criatividade na solução de problemas
Produtividade e redução de custos
Valorização do capital intelectual
Manufatura Social (participação do cliente no processo produtivo)
Smart Consumer experience (co-criação de valor, preocupação com valor agregado ao produto).
Responsabilidade socioambiental: governança da cadeia de valor sustentável, ecoinovação e ecodesign e
adesão à produção com tecnologias limpas
Inovações tecnológicas aplicadas ao segmento têxtil (materiais e insumos em geral);
Organização e métodos de trabalho.
Realizar a integração de informações entre os setores
Elaborar e preencher documentos técnicos relativos a sua área de atuação
Atividade de modelagem plana manual;
Atividades individualizadas
Estabelecer relacionamento com fabricantes, parceiros, fornecedores e clientes (se ele for autônomo);
Empreendedorismo
Realizar atividades nos diferentes sistemas e tecnologias emergentes
Criar estratégias conscientes para descarte dos resíduos dos materiais
Elaborar protótipos digitais
Utilizar novas tecnologias para o desenvolvimento dos processos produtivos do vestuário
Atividade híbrida manual e com uso de softwares de programas específicos dentre outras tecnologias
emergentes
Uso de ambientes virtuais e interativos de aprendizagem
Uso de ambientes colaborativos que favoreçam a experimentação e interação entre diversas áreas do
conhecimento
Sala de Aula invertida
Ampliação do desenvolvimento de competências sociais, organizativas e metodológicas que favoreçam a
resiliência, criatividade, próatividade e autoregulação do trabalho
Utilização de novas tecnologias inerentes ao desenvolvimento de produtos do vestuário
E-learning
Gamificação
Uso de alimentação de banco de dados
E-commerce
Online: sistemas de controle de qualidade/ vendas e estoques
Integração de sistemas mecânicos e automáticos
Tecnologia de comunicação de dados sem fio
Sistemas automatizados/informatizados para realização de diagnósticos
76
Novos sistemas de multiplexagem
Sistemas de medição antropométrica com uso de novas tecnologias
Minifábricas modulares, flexíveis e automatizadas para produção verticalizada personalizadas
Manufatura 4.0: Tais como novas tecnologias de conectividades, big data, infotainment;
Impressão em 3De 4D e impressão digital;
Sistemas para a otimização de eficiência energética;
Novos materiais poliméricos
Tecnologias vestíveis (wearables)
Fios, filamentos e fibras/tecidos inteligentes
Roupas confeccionadas através da Impressão em 3D
Sistemas de informação tecnológica em nuvem
Sistemas para acompanhamento, via web pelo cliente, do processo de produção
Gestão da produção personalizada
Gestão da Qualidade total: foco no cliente, melhoria dos processos e envolvimento das pessoas
Desenvolver produtos utilizando novos processos tecnológicos. (modelagem computadorizada)
Realidade virtual e aumentada (3D Mirroir);

Formação Profissional Relacionada à Ocupação

Curso Superior de Tecnologia em Produção Têxtil.


Curso Superior em Administração
Curso Superior em Figurino e Indumentária
Curso Técnico em Produção de Moda
Curso Técnico em Vestuário
Curso Técnico Têxtil
Engenharia Têxtil
Técnico em modelagem do vestuário
Tecnólogo em Design de Moda

Indicação de Conhecimentos Referentes ao Perfil Profissional

Conhecimentos
Linhas e fios
Normas Técnicas e
Regulamentadoras aplicadas à
manutenção de máquinas
industriais de costura
Aparelhos
UC1 : Executar a modelagem, corte e costura sob medida de peças do
Antropometria
vestuário respeitando procedimentos e normas técnicas, de qualidade,
Máquinas Industriais de Costura
ergonomia e seguindo princípios estéticos e antropométricos
Manutenção Básica de Máquinas
Industriais de Costura
Sequência operacional

77
Ficha Técnica
Movimentos Operacionais
Tempos e Movimentos
Materiais e Acabamentos

78
Desenho curricular
Resumo da Organização Curricular

Carga Horária
Módulos Unidades Curriculares Carga Horária
do Módulo

Ciências Aplicadas Do Vestuário 30 h

BÁSICO 42 h
Terminologias e Simbologias Técnicas do
12 h
Vestuário

Introdução a História da Moda 12 h


INTRODUTÓRIO 32 h
Tecnologia da Confecção 20 h

Manutenção Básica de Máquinas e Equipamentos


8h
de Costura
ESPECÍFICO 206 h

Processos de confecção de peças do vestuários 198 h

TOTAL 280h

79
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: COSTUREIRO SOB MEDIDA – MODELAGEM, CORTE E COSTURA

Unidade Curricular: Ciências Aplicadas Do Vestuário

Carga Horária: 30h

Unidades de Competência:

UC1 : Executar a modelagem, corte e costura sob medida de peças do vestuário respeitando procedimentos e
normas técnicas, de qualidade, ergonomia e seguindo princípios estéticos e antropométricos

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas para aplicar os fundamentos matemáticos e comunicar-se nas formas escrita e
oral, empregando recursos computacionais

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. COMUNICAÇÃO


1.1 Níveis da
hierarquia
Fundamentos Técnicos Científicos
1.2 Norma culta
2. DOCUMENTOS
Aplicar os princípios, padrões e normas da linguagem culta na ADMINISTRATIVOS
comunicação oral e na elaboração de diferentes tipos de textos técnicos 2.1 Tipos
e comerciais 2.2 Aplicabilidade
Aplicar os princípios da informática na elaboração de textos básicos, 3. ELABORAÇÃO DE
apresentações, pesquisas e planilhas TEXTOS
Interpretar dados e informações de textos técnicos básicos em 3.1 Estrutura
português (normas, procedimentos, manuais, planilhas, relatórios, 3.2 Interpretação
catálogos e desenho técnicos) relacionados ao vestuário. 4. INFORMÁTICA
Aplicar os fundamentos matemáticos para conversão de medidas, 4.1 Editor de textos
cálculos de perímetro, área, razão e proporção, regra de três, massa, 4.1.1 Criar,
volume e gramatura e operações básicas de soma, subtração, abrir e salvar
multiplicação e divisão arquivos
4.1.2 Formatar
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas páginas,
parágrafos e
texto
Capacidades Sociais
4.1.3 Inserir
Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas objetos,
Posicionar-se com ética em relação a situações e contextos figuras e
apresentados tabelas
4.1.4
Capacidades Organizativas Correção

80
Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e meio ortográfica
ambiente como requisitos para a organização de ambientes de 4.1.5
trabalho Marcadores
Reconhecer a importância dos princípios da qualidade no 4.1.6 Índice
desenvolvimento das atividades profissionais 4.2 Editor de
Reconhecer os princípios de profissionalismo no desenvolvimento das apresentações
atividades sob a sua responsabilidade 4.2.1 Criar,
abrir e salvar
Capacidades Metodológicas arquivos

Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de formação 4.2.2 Inserir


de uma atitude empreendedora objetos,
figuras e
tabelas
4.2.3 Formatar
slides
4.2.4 Animar
slides
4.3 Editor de
planilhas eletrônicas
4.3.1 Criar,
abrir e salvar
arquivos
4.3.2 Formatar
células, linhas
e colunas
4.3.3 Gerar
gráficos
4.3.4 Fórmulas
básicas
4.4 Pesquisas na
internet
4.4.1
Navegadores
da web
4.4.2 Sites de
pesquisa
4.4.3 Rede
social
4.4.4 Direito
autoral
4.4.5 Ética
4.4.6 E-mail
5. OPERAÇÕES
MATEMÁTICAS
5.1 Adição,
subtração, divisão e
multiplicação de
números inteiros,
fracionários e
81
decimais
5.2 Razão e
Proporção
5.2.1 Regra de
três simples e
composta
5.3 Porcentagem
5.3.1
Conversão de
Medidas
5.4 Cálculos de
perímetro, área,
massa e volume
6. GEOMETRIA
6.1 Ângulos
6.2 Segmentos de
reta e semi-retas
6.3 Ângulos
consecutivos e
adjacentes
6.4 Ângulos opostos
pelo vértice
6.5 Ângulos
congruentes
6.6 Medida de um
ângulo
6.7 Unidades de
medida de ângulos
7. ORGANIZAÇÃO DE
AMBIENTES DE
TRABALHO
7.1 Princípios de
organização
7.2 Organização de
ferramentas e
instrumentos:
formas, importância
7.3 Organização do
espaço de trabalho
7.4 EPIs e EPCs:
Conceitos, funções
e uso
8. SEGURANÇA NO
TRABALHO
8.1 Agentes
agressores à saúde:
físicos, químicos e
biológicos
8.2 O impacto do
82
uso de drogas lícitas
e ilícitas na
segurança e na
saúde
8.3 Inspeções de
segurança

83
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Sala de aula
Ambientes Pedagógicos
Laboratório de informática

Biblioteca
Material Didático Livros
Apostila

Tablet
Quadro branco
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Projetor multimídia
Ferramentas Computador com pacote de escritório e acesso à
internet
Tela de projeção

Normas e publicações
Recursos didáticos
Sites e aplicativos

84
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: COSTUREIRO SOB MEDIDA – MODELAGEM, CORTE E COSTURA

Unidade Curricular: Terminologias e Simbologias Técnicas do Vestuário

Carga Horária: 12h

Unidades de Competência:

UC1 : Executar a modelagem, corte e costura sob medida de peças do vestuário respeitando procedimentos e
normas técnicas, de qualidade, ergonomia e seguindo princípios estéticos e antropométricos

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas requeridas para compreensão das nomenclaturas e representações do vestuário

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. ÉTICA


1.1 Definição
1.2 Ética e moral
Fundamentos Técnicos Científicos
1.3 Cidadania
1.4 Individuo e sociedade
Identificar terminologia e simbologias técnicas do vestuário 1.5 Direitos e deveres
aplicadas a confecção de produtos do vestuário individuais e coletivos
Reconhecer as formas de representação gráfica e visual aplicadas 1.6 Direitos humanos
ao desenvolvimento de produto e processos da confecção de universais
produtos do vestuário 1.7 Relações de poder
1.8 Questões de gênero,
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas raça, geração e classe
social, etc.
1.9 Antiética nos
Capacidades Sociais
contextos sociais
Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas 2. PRINCÍPIOS DA
Posicionar-se com ética em relação a situações e contextos QUALIDADE TOTAL
apresentados 2.1 Princípios da
qualidade total
Capacidades Organizativas 2.1.1 Total
satisfação dos
Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e
clientes internos e
meio ambiente como requisitos para a organização de
externos
ambientes de trabalho
2.1.2 Gestão
Reconhecer a importância dos princípios da qualidade no
participativa
desenvolvimento das atividades profissionais
2.1.3 Constância de
Reconhecer os princípios de profissionalismo no
propósitos
desenvolvimento das atividades sob a sua responsabilidade
2.1.4

85
Capacidades Metodológicas Aperfeiçoamento
contínuo
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de 2.1.5 Garantia da
formação de uma atitude empreendedora qualidade
2.1.6 Não aceitação
de erros
2.1.7 Disseminação
de informações
2.2 Total satisfação dos
clientes internos e
externos
2.3 Gestão participativa
2.4 Constância de
propósitos
2.5 Aperfeiçoamento
contínuo
2.6 Garantia da
Qualidade
2.7 Não aceitação de
erros
2.8 Disseminação de
Informações
3. NOMECLATURAS E
REPRESENTAÇÕES DO
VESTUÁRIO
3.1 Tipos de desenho
3.1.1 Croqui
3.1.2 Desenho de
moda
3.1.3 Desenho
técnico
3.2 Tipos de produtos
3.2.1 Peças
Superiores(blusas,
camisas, golas,
mangas, recortes...)
3.2.2 Peças
inferiores (Calças,
saias, bermudas,
shorts...)
3.2.3 Peças
únicas(vestidos,
macacões, collants,
maiôs...)
3.2.4
Acessórios(bolsas,
sapatos...)
3.3 Componentes
3.3.1 Costura e
86
pespontos
3.3.2 Matérias-
primas e
aviamentos
3.4 Simbologia de
lavagens e conservação
3.5 Tipos de tecidos
3.5.1 Sem sentido e
sem direito e
avesso
3.5.2 Sem sentido e
com direito e
avesso
3.5.3 Com sentido
com direito e
avesso
3.5.4 Com pé e
com direito e
avesso

87
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Ambientes Pedagógicos Sala de aula
Laboratório de informática

Projetor multimídia
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Tablet
Ferramentas Computador com pacote de escritório e acesso à
internet

Tela de projeção
Equipamentos, Ferramentas e Instrumentos
Quadro branco

Sites e aplicativos
Normas e publicações
Recursos didáticos
Livros
Apostilas

88
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: INTRODUTÓRIO

Perfil Profissional: COSTUREIRO SOB MEDIDA – MODELAGEM, CORTE E COSTURA

Unidade Curricular: Introdução a História da Moda

Carga Horária: 12h

Unidades de Competência:

UC1 : Executar a modelagem, corte e costura sob medida de peças do vestuário respeitando procedimentos e
normas técnicas, de qualidade, ergonomia e seguindo princípios estéticos e antropométricos

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas requeridas para compreensão da história da moda e da arte, das influências dos
aspectos sociais, políticos, econômicos e culturais nas características e estilos de cada época e da cadeia
produtiva da moda

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. SISTEMAS E CICLOS


DA MODA
1.1 Alta costura
Fundamentos Técnicos Científicos
1.2 Prêt-à-porter
1.3 Fast fashion
Identificar na história da arte e da moda a influência dos aspectos sociais, 1.4 Slow fashion
políticos, econômicos e culturais nas características e estilos de cada 1.5 Canais de
época distribuição
Identificar os diversos sistemas e segmentos de mercado da moda 1.5.1 Varejo
1.5.2
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas Atacado
1.5.3 Varejo
1.5.4
Capacidades Sociais
Atacado
Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas 1.6 Varejo
Posicionar-se com ética em relação a situações e contextos 1.7 Atacado
apresentados 2. HISTÓRIA DA MODA
E ARTE
Capacidades Organizativas 2.1 Séc. XIX aos
dias atuais
Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e meio
2.2 Aspectos
ambiente como requisitos para a organização de ambientes de trabalho
sociais, políticos e
Reconhecer a importância dos princípios da qualidade no
econômicos
desenvolvimento das atividades profissionais
2.3 Aspectos
Reconhecer os princípios de profissionalismo no desenvolvimento das
estéticos
atividades sob a sua responsabilidade
2.4 Aspectos

89
Capacidades Metodológicas culturais
3. MODA E MERCADO
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de formação de 3.1 Segmentos de
uma atitude empreendedora mercado
3.2 Público-alvo
4. TRABALHO EM
EQUIPE
4.1 O
relacionamento
com os colegas de
equipe
4.2
Responsabilidades
individuais e
coletivas
4.3 Cooperação
4.4 Compromisso
com objetivos e
metas

90
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Laboratório de informática
Ambientes Pedagógicos Biblioteca
Sala de aula

Apostila
Material Didático
Livros

Tablet
Computador com pacote de escritório e acesso à
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e internet
Ferramentas Tela de projeção
Quadro branco
Projetor multimídia

Sites
Aplicativos
Recursos didáticos
Publicações
Normas

91
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: INTRODUTÓRIO

Perfil Profissional: COSTUREIRO SOB MEDIDA – MODELAGEM, CORTE E COSTURA

Unidade Curricular: Tecnologia da Confecção

Carga Horária: 20h

Unidades de Competência:

UC1 : Executar a modelagem, corte e costura sob medida de peças do vestuário respeitando procedimentos e
normas técnicas, de qualidade, ergonomia e seguindo princípios estéticos e antropométricos

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos, e capacidades sociais,


organizativas e metodológicas requeridas para compreensão cadeia produtiva do vestuário e dos processos
produtivos e tecnológicos aplicados a indústria do vestuário

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. MATERIAS PRIMAS


1.1 Tipos
1.2 Funcionalidade
Fundamentos Técnicos Científicos
1.3 Aplicabilidade
2. MÁQUINAS E
Identificar tipos, características e aplicabilidade das matérias EQUIPAMENTOS
primas para confecção de produtos do vestuário 2.1 Tipos
Identificar tipos e funcionalidades de máquinas, equipamentos, 2.2 Funcionalidade
aparelhos e acessórios aplicados a confecção de produtos do 2.3 Aplicabilidade
vestuário 3. PROCESSO PRODUTIVO
Reconhecer os diferentes tipos de aparelhos, acessórios, 3.1 Definição
ferramentas e instrumentos utilizados na confecção de produtos 3.2 Tipos
do vestuário 3.3 Funcionalidade
Reconhecer os processos de confecção do vestuário 3.4 Aplicabilidade
4. DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas 4.1 Definição
4.2 Tipos e elementos
componentes
Capacidades Sociais
4.2.1 Ficha Técnica-
Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas Criação,
Posicionar-se com ética em relação a situações e contextos Desenvolvimento e
apresentados Produção
4.2.2 Balanceamento
Capacidades Organizativas 4.2.3 Ordem de
Produção
Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e
4.2.4 Ordem de Corte
meio ambiente como requisitos para a organização de
4.3 Representações:
ambientes de trabalho
92
Reconhecer os princípios de profissionalismo no Fluxograma, organograma,
desenvolvimento das atividades sob a sua responsabilidade. layout de produção, gráficos
Reconhecer a importância dos princípios da qualidade no 5. POSTURAS PROFISSIONAIS
desenvolvimento das atividades profissionais 5.1 Engajamento
5.2 Atenção
Capacidades Metodológicas 5.3 Disciplina
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de 5.4 Precisão

formação de uma atitude empreendedora 5.5 Zelo


5.6 Cooperação
5.7 Autonomia
5.8 Iniciativa
5.9 Criatividade
6. EMPREENDEDORISMO
6.1 Definição
6.2 Tipos
6.3 Habilidades e atitudes
empreendedoras
7. TRABALHO EM EQUIPE
7.1 O relacionamento com
os colegas de equipe
7.2 Responsabilidades
individuais e coletivas
7.3 Cooperação
7.4 Compromisso com
objetivos e metas

93
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Ambientes Pedagógicos Sala de aula
Laboratório de informática

Projetor multimídia
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Computador com pacote de escritório e acesso à
Ferramentas internet
Tablet

Tela de projeção
Equipamentos, Ferramentas e Instrumentos
Quadro branco

Sites e aplicativos
Recursos didáticos Apostilas e livros
Normas e publicações

94
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO

Perfil Profissional: COSTUREIRO SOB MEDIDA – MODELAGEM, CORTE E COSTURA

Unidade Curricular: Manutenção Básica de Máquinas e Equipamentos de Costura

Carga Horária: 8h

Unidades de Competência:

UC1 : Executar a modelagem, corte e costura sob medida de peças do vestuário respeitando procedimentos e
normas técnicas, de qualidade, ergonomia e seguindo princípios estéticos e antropométricos

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de capacidades técnicas e de capacidades sociais, organizativas


e metodológicas requeridas para realizar a manutenção básica em máquinas de costura e seus respectivos
componentes, seguindo normas técnicas, de qualidade, segurança e sustentabilidade.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. MÁQUINAS INDUSTRIAIS DE


COSTURA
Interpretar os dados do painel da máquina, 1.1 Máquinas Industriais de
correlacionando-os com os tipos de defeitos estabelecido Costura
nos manuais técnicos das Máquinas Industriais de costura 1.1.1 Tipos
Identificar os procedimentos de descarte de resíduos 1.2 Tipos
sólidos aplicáveis a manutenção de máquinas industriais 1.3 Mecanismos de funcionamento
do vestuário 1.3.1 Tipos de defeito
Identificar irregularidades no funcionamento da máquina 1.4 Componentes
em função de defeitos apresentados na confecção de 1.4.1 Cabeçote
produtos do vestuário 1.4.2 Mesa
Identificar os padrões de qualidade e sustentabilidade 1.4.3 Motor
estabelecidos pela empresa e ou marca 1.5 Acessórios
Seguindo procedimentos para substituição de 1.6 Ajustes
componentes, acessórios e aparelhos defeituosos 1.7 Manuais Técnicos
Identificar os procedimentos de manutenção básica 2. MANUTENÇÃO BÁSICA DE
específicos de cada máquina MÁQUINAS INDUSTRIAIS DE
Reconhecer os riscos existentes na manutenção de COSTURA
máquinas industriais para confecção de peças do 2.1 Lubrificação
vestuário 2.2 Substituição
Reconhecer os métodos operacionais específicos de cada 2.3 Limpeza e Conservação
máquina 2.4 Descarte
Identificar nas Normas Técnicas e Regulamentadoras os 2.5 Peças
requisitos aplicáveis à manutenção de máquinas industrias 2.6 Fluidos
de costura 3. NORMAS TÉCNICAS E
REGULAMENTADORAS APLICADAS
À MANUTENÇÃO DE MÁQUINAS

95
Fundamentos Técnicos Científicos INDUSTRIAIS DE COSTURA
3.1 Qualidade
3.2 Segurança
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas
3.3 Sustentabilidade
4. HIGIENE E SAÚDE
Capacidades Sociais 4.1 Princípios de higiene e saúde
pessoal
Reconhecer os princípios básico de higiene aplicados
5. ÉTICA PESSOAL E PROFISSIONAL
ao contexto de trabalho
5.1 Responsabilidade
Lidar com as relações de poder e hierarquia no contexto
5.2 Iniciativa
profissional
5.3 Honestidade
Demonstrar atitudes éticas na conduta pessoal e
5.4 Sigilo
profissional organizativa
5.5 Prudência
Capacidades Organizativas 5.6 Perseverança
5.7 Imparcialidade
Reconhecer a importância do seu trabalho no contexto 5.8 Respeito
da organização, considerando os impactos das suas 5.9 Codialidade
atividades nos resultados dos produtos e serviços da 5.10 Disciplina
empresa. 5.11 Empatia
Aplicar os princípios de organização no seu posto 5.12 Comunicação\Diálogo
trabalho 5.13 Cooperação
6. PROATIVIDADE
Capacidades Metodológicas
6.1 Definição
Reconhecer a importância da atitude proativa como 6.2 Pilares
característica fundamental e requisito de um bom 6.2.1 Gestão do
profissional comportamento
6.2.2 Gestão do Futuro
6.2.3 Gestão da Incerteza
6.2.4 Gestão da Inovação

96
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Sala de Costura
Laboratório de informática
Ambientes Pedagógicos
Biblioteca
Sala de aula

Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)


Instrumentos de medição
Kit de passadoria
EPIs e EPCs
Ferramentas de Costura
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Ferramentas de Manutenção de Máquinas Industriais
Ferramentas de Costura
Aparelhos e acessórios
Tablet
Computadores com acesso a internet
Máquinas de Costura
Calculadora

Normas
Material de Consumo(Matéria Prima, aviamentos e
insumos)
Manuais de produtos e Máquinas
Materiais
Aplicativos
Sites
Publicações
Apostila e livros

97
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO

Perfil Profissional: COSTUREIRO SOB MEDIDA – MODELAGEM, CORTE E COSTURA

Unidade Curricular: Processos de confecção de peças do vestuários

Carga Horária: 198h

Unidades de Competência:

UC1 : Executar a modelagem, corte e costura sob medida de peças do vestuário respeitando procedimentos e
normas técnicas, de qualidade, ergonomia e seguindo princípios estéticos e antropométricos

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas, requeridas para a
realização da modelagem, corte e costura de peças do vestuário, seguindo normas técnicas, de qualidade,
segurança e sustentabilidade aplicadas aos produtos e processos de confecção de peças do vestuário.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Desempenho Capacidades Conhecimentos


Competência Técnicas

1 .1 Preparar 1.1 .1 Seguindo procedimentos - Reconhecer os


Máquinas e normas técnicas, de 1. MÁQUINAS DE
riscos existentes na
industriais qualidade, ergonomia, saúde e COSTURA
preparação de
para segurança do trabalho e 1.1 Tipos
máquinas industriais
operação sustentabilidade 1.2 Funcionalidade
para confecção de
1.3 Componentes
peças do vestuário
1.4 Preparação de
- Identificar nas Máquina para costura
Normas Técnicas e 1.4.1
Regulamentadoras Ferramentas
os requisitos 1.4.2
aplicáveis à Passamento de
preparação de linha
máquinas industrias 1.4.3
de costura Carregamento
de bobina
1.4.4 Agulhas:
Classificação e
1.1 .2 Considerando as - Fixar os aparelhos e Aplicabilidade
informações da Ficha acessórios nos 1.5 Métodos
Técnica\Produção e ou Peça diferentes Operacionais
Piloto, relativas aos parâmetros maquinários 1.6 Pontos de Costura
de ajustes dos maquinários, industriais de 1.6.1 Tipos
ferramentas, acessórios, costuras, em função 1.6.2 Aplicações
aparelhos e instrumentos, e às das especificações 1.6.3 Padrões
características dos materiais da Ficha de Qualidade
que serão utilizados para Técnica\Produção e 2. PROCESSOS DE
confecção do produto final. ou Peça Piloto COSTURA

98
(regulagens, lubrificação, troca - Aplicar parâmetros 2.1 Tipos
de agulha, seleção da linha e de regulagem dos 2.2 Aplicabilidade
fio,dentre outros) aparelhos e 2.3 Materiais e
acessórios nos Acabamentos
diferentes 2.4 Aparelhos
maquinários 2.4.1 Tipos
industriais de 2.4.2
costuras, em função Finalidades
das especificações 2.4.3
da Ficha Regulagens
Técnica\Produção e 2.5 Linhas e fios
ou Peça Piloto 2.5.1
Classificação
- Aplicar os 2.5.2 Finalidade
procedimentos de 2.6 Movimentos
passagem de linha e Operacionais
fio de acordo com as 3. FICHA TÉCNICA
indicações técnicas 3.1 Definição
de cada máquina
3.2 Tipos e funções de
- Interpretar os dados Fichas Técnica

do painel da 3.2.1 Criação


máquina, 3.2.2

correlacionando-os Desenvolvimento
com as informações 3.2.3 Produção

da Ficha 3.3 Estrutura da Ficha


Técnica\Produção e técnica

ou Peça Piloto 3.3.1 Itens de


identificação do
- Selecionar no painel modelo: nome,
e ou cabeçote da coleção,
máquina os referência,
parâmetros de descrição, linha
regulagem de produto etc
necessários em 3.3.2
função da Ficha Representação
Técnica\Produção e Gráfica: Foto,
ou Peça Piloto Croqui, Desenho
Técnico etc
- Reconhecer os 3.3.3 Matéria
métodos
prima e
operacionais aviamentos:
específicos de cada
descrição,
máquina quantidade,

- Reconhecer os largura/tamanho,
parâmetros de gramatura,

ajustes de máquinas, cores,


através da análise da fornecedor,

Ficha simbologia,
composição,
Técnica\Produção e
99
ou Peça Piloto custo, consumo,
etc
3.3.4 Tabela de
Medidas
3.3.5
Enobrecimentos
3.3.6 Sequencia
operacional
4. INTRODUÇÃO AO
1 .2 Modelar 1.2 .1 Considerando as ESTUDO DA SEQUÊNCIA
- Elaborar a
peças do características do modelo para Sequência 4.1 Processos
vestuário definição da sequência 4.2 Máquinas e
Operacional em
operacional função do produto e Equipamentos

otimização do 4.3 Acessórios


processo, efetuando 4.4 Tempo

o devido registro das 5. INTRODUÇÃO AO


informações ESTUDOS DE TEMPOS E
MOVIMENTOS
- Reconhecer as 5.1 Cronometragem
etapas de 5.1.1 Definição
preparação, 5.1.2 Tipos:
montagem e Contínua,
acabamento em acumulada,
função do produto repetitiva
final 6. TERMINOLOGIAS
7. NORMAS TÉCNICAS E
REGULAMENTADORAS
7.1 Qualidade
1.2 .2 Atendendo aos - Utilizar os sistemas 7.2 Segurança
procedimentos de registro de de registro de 7.3 Sustentabilidade
informações da empresa ou informações de 8. ANTROPOMETRIA
ficha de cliente clientes, em 8.1 Definição
conformidade com o 8.2 Normas Técnicas
tipo de registro a ser 8.3 Tabelas de
efetuado Medidas Sob Medida
8.3.1
- Calcular custos do Ferramentas
produto final para aferição
considerando o 8.3.2 Métodos
consumo de matérias de aferição
primas, aviamentos, 9. MODELAGEM
insumos, tempo de 9.1 Definição
execução e Margem 9.2 Técnicas
de lucro 9.2.1
Modelagem
- Identificar as
Plana
Informações
9.2.2
necessárias que
Modelagem
devem ser
Tridimensional
registradas
100
referentes a 9.3 Materiais e
preparação do molde Ferramentas
para o corte 9.3.1 Tipos
9.3.2 Aplicações
- Estimar consumo de 9.4 Etapas da
matéria prima e Construção de Moldes
aviamentos com 9.4.1 Construção
base no produto final do diagrama –
Traçado Básico
9.4.2 Margem de
costura
9.4.3
1.2 .3 Utilizando técnicas de Informações
- Interpretar as
modelagem plana em função do necessárias
informações
produto final 9.4.4 Corte das
apresentadas na
partes do molde
Ficha
9.4.5 Teste de
Técnica\Criação e ou
vestibilidade e
referências do
ajuste do molde
cliente, para
9.4.6 Gradação
elaboração e
10. PROCESSO DE
adaptação da
CORTE MANUAL
modelagem do
10.1 Encaixe
produto final
10.1.1 Definição
- Elaborar diagramas 10.1.2 Tipos
considerando as 10.2 Risco
medidas aferidas no 10.2.1 Definição
cliente em função do 10.2.2 Tipos
produto final 10.3 Enfesto
10.3.1 Definição
- Selecionar 10.3.2 Tipos
ferramentas 10.3.3
necessárias para Equipamentos,
elaboração da Máquinas e
modelagem do Ferramentas
produto final 10.4 Corte
10.4.1 Definição
- Fazer ajustes e
10.4.2 Tipos
correções na
10.4.3 Máquinas
modelagem, se
e Ferramentas
necessários, para
11. ORGANIZAÇÃO DO
aprovação do
LOCAL DE TRABALHO
protótipo
11.1 Espaço
11.2 Atividades
11.3 Materiais
1.2 .4 Considerando os perfis 11.4 Tempo
- Correlacionar as
de costura necessários em 12. VISÃO FUNCIONAL DO
características do
função do produto final TRABALHO INDIVIDUAL
produto final com os
12.1 A empresa como
101
perfis de costura, organismo vivo
acabamentos e
matéria prima para
garantir a
vestibilidade e
qualidade

- Identificar os perfis
de costura dos
maquinários
disponíveis para
confecção do produto
final

1.2 .5 Considerando as - Identificar, na Ficha


informações da Ficha Técnica/ Técnica\Criação e ou
Criação e ou referências referências
apresentadas pelo cliente. apresentadas pelo
cliente, as
informações
necessárias sobre o
produto a ser
modelado

- Avaliar a viabilidade
da construção do
protótipo por meio da
correlação entre as
características do
produto final, a
matéria prima,
aviamentos e o
processo de costura

- Adaptar a
modelagem às
características da
matéria prima,
aviamentos e do
produto final

1.2 .6 Considerando medidas


- Reconhecer as
antropométricas do cliente partes do corpo para
aferição das medidas
necessárias à
construção de bases

102
de modelagem, em
função do produto
final

- Interpretar a tabela
de medidas, para
correlacionar com as
medidas
antropométricas do
cliente

- Reconhecer as
ferramentas
necessárias à
aferição de medidas

1 .3 Cortar 1.3 .1 Utilizando as técnicas e- Elaborar o encaixe


peças do ferramentas de corte manual em e risco necessários
vestuário função do produto final para o corte em
função das
informações do
molde e da matéria
prima

- Enfestar a matéria
prima em função de
suas características e
propriedades

- Selecionar
ferramentas
necessárias para o
corte em função da
matéria prima

- Aplicar técnicas de
corte manual em
função da matéria
prima e do produto
final

1.3 .2 Considerando as - Identificar as


especificações técnicas do características e
molde, matéria prima e propriedades das
aviamentos matérias prima e
aviamentos por meio
103
de pesquisa técnica,
para adequação do
corte

- Interpretar as
informações
descritas no molde
em relação a
frequência do corte

1.3 .3 Seguindo procedimentos - Identificar nas


e normas técnicas, de
Normas Técnicas e
qualidade, ergonomia, saúde e Regulamentadoras
segurança do trabalho e
os requisitos
sustentabilidade (descarte de aplicáveis ao corte
resíduos).
de produtos do
vestuário

- Reconhecer os
riscos existentes no
processo de corte de
produtos do vestuário

- Identificar os
procedimentos de
descarte de resíduos
sólidos aplicáveis ao
corte de produtos do
vestuário

1 .4 Costurar 1.4 .1 Considerando as - Reconhecer os


peças do especificações técnicas da
métodos
vestuário matéria prima e aviamentos, operacionais
máquinas e equipamentos
específicos de cada
adequados à produção da peça máquina, em função
da matéria prima \
produto final

- Identificar os
procedimentos de
descarte de resíduos
sólidos aplicáveis a
costura de peças do
vestuário

- Aplicar os métodos

104
operacionais
específicos de cada
máquina em função
das características
do produto a ser
produzido

1.4 .2 Considerando as
- Realizar os ajustes
informações obtidas na prova na peça, quando
de roupa necessário, em
função da adequação
da peça às
características do
produto demandado

- Reconhecer a
necessidade de
ajustes em função do
produto final ou
matéria prima

1.4 .3 Considerando a
- Aplicar os
sequência operacional movimentos
estabelecida para a operacionais para
preparação, montagem e cada operação em
acabamento da peça função da matéria
prima \ produto final

- Seguir os perfis de
costura
estabelecidos na
modelagem, em
função da matéria
prima, maquinário,
tipos de acabamento
e outras
características do
produto final

- Reconhecer na
Sequência
Operacional as
etapas preparação,
montagem e

105
acabamento serem
realizadas, em função
do produto final

- Reconhecer, a partir
da Sequência
Operacional, as
partes componentes
do produto para
montagem da peça
Fundamentos Técnicos Científicos

Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas

Capacidades Sociais

Lidar com as relações de poder e hierarquia no contexto profissional


Reconhecer os princípios básicos de higiene aplicados ao contexto
de trabalho
Demonstrar atitudes éticas na conduta pessoal e profissional
organizativa

Capacidades Organizativas

Reconhecer a importância do seu trabalho no contexto da


organização, considerando os impactos das suas atividades nos
resultados dos produtos e serviços da empresa.
Aplicar os princípios de organização no seu posto trabalho

Capacidades Metodológicas

Reconhecer a importância da atitude proativa como característica


fundamental e requisito de um bom profissional

106
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Sala de Corte
Sala de Costura
Ambientes Pedagógicos
Sala de modelagem
Laboratório de Informática
Sala de aula

Ferramentas de Manutenção de Máquinas Industriais


de Costura
Aparelhos e acessórios
Máquina de costura
Instrumentos de medição
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Computadores com acesso a internet
Ferramentas Calculadora
Kit multimídia (projetor, tela, caixa de som)
Tablet
Kit de passadoria
EPIs e EPCs
Ferramentas de Costura

Manuais de produtos e máquinas


Apostila e livros
Publicações
Sites
Materiais
Aplicativos
Normas
Material de Consumo(matéria prima, aviamentos e
insumos)

INFORMAÇÕES SOBRE A VERSÃO DA OCUPAÇÃO

Data de Validação 19/01/2018

Data de Validade 31/12/2022

Departamento
Local
Regional

107
5. CORTADOR DE PRODUTOS DO VESTUÁRIO

Identificação da ocupação

CORTADOR DE PRODUTOS DO
Ocupação CBO 7631-10
VESTUÁRIO

EDUCAÇÃO
Formação Inicial e Continuada C.H MÍNIMA 160h
PROFISSIONAL

NÍVEL DA
2 EIXO TECNOLÓGICO Produção Industrial
QUALIFICAÇÃO

ÁREA SEGMENTO Comércio varejista de artigos do vestuário e


Vestuário
TECNOLÓGICA TECNOLÓGICO acessórios

COMPETÊNCIA Executar os processos de corte, respeitando procedimentos e normas técnicas, de


GERAL qualidade, ergonomia, saúde e segurança do trabalho e sustentabilidade

REQUISITOS Ter concluído o Ensino Fundamental


DE ACESSO Ter idade mínima a partir de 16 anos

Relação das Unidades de Competência

Executar os processos de corte, respeitando procedimentos e normas técnicas,


Unidade de Competência 1
de qualidade, ergonomia, saúde e segurança do trabalho e sustentabilidade.

108
Descrição das Unidades de Competência

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 1
Executar os processos de corte, respeitando procedimentos e normas técnicas, de qualidade,
ergonomia, saúde e segurança do trabalho e sustentabilidade.

Elementos de
Padrões de Desempenho
Competência

Atendendo aos procedimentos de registro de informações estabelecidos pela


empresa
Seguindo procedimentos, normas técnicas e regulamentadoras
Planejar corte Elaborando a ordem de corte para a orientção do processo de corte de acordo
com a ordem de produção
Considerando a ordem de produção estabelecida no planejamento de
produção e ou na ficha técnica\produção

Atendendo aos procedimentos de registro de informações estabelecidos pela


empresa
Realizar encaixe e risco Seguindo procedimentos e Normas Regulamentadoras
Considerando a Ordem de Corte, as informações do molde e o modelo da
peça piloto ( sentido do fio do molde, quantidade de cortes do molde)

Atendendo aos procedimentos de registro de informações estabelecidos pela


empresa
Realizar enfesto
Seguindo procedimentos, normas técnicas e regulamentadoras
Considerando as orientações técnicas da ordem de corte

Considerando os procedimentos da empresa para expedição dos lotes.


Seguindo procedimentos, normas técnicas e regulamentadoras, de qualidade,
de ergonomia, saúde e segurança do trabalho e sustentabilidade(descarte
Realizar corte apropriado de resíduos)
Atendendo aos procedimentos de registro de informações estabelecidos pela
empresa
Utilizando técnicas de corte em função da matéria prima

Seguindo procedimentos, normas técnicas e regulamentadoras, de qualidade,


Executar manutenção de ergonomia, saúde e segurança do trabalho e sustentabilidade(descarte
básica em máquinas e apropriado de resíduos)
equipamentos Considerando os procedimentos operacionais estabelecidos para manutenção
básica, (limpeza, lubrificação, substituição de componentes...)

109
Competências de Gestão

Apresentar postura proativa e inovadora, atualizando-se continuamente e adaptando-se, com criatividade, às


mudanças tecnológicas, organizacionais e profissionais
Apresentar, no planejamento e no desenvolvimento das suas atividades profissionais, uma postura de
comprometimento, responsabilidade, engajamento, atenção, disciplina, organização, precisão e zelo e
flexibilidade em relação a mudanças
Atuar individualmente ou em equipes de trabalho, comunicando-se profissionalmente, interagindo e
cooperando com os integrantes dos diferentes níveis hierárquicos da empresa
Atuar profissionalmente, cumprindo os princípios de higiene e saúde, os procedimentos de qualidade e de
sustentabilidade e as normas de segurança aplicáveis às atividades profissionais sob a sua
responsabilidade.
Ser ético na conduta pessoal e profissional
Ter visão sistêmica, considerando conjuntamente aspectos técnicos, sociais, econômicos, tecnológicos e de
qualidade aplicáveis às atividades sob a sua responsabilidade

Contexto de Trabalho da Ocupação

Meios de Produção

Outros

Equipamentos de Proteção Individual e Coletiva


Softwares de gestão

Máquinas e Equipamentos

Máquians e equipamentos convencionais para corte


Computadores
Softwares de simulação de processos
Máquinas automatizadas, considerando os diferentes segmentos da moda

Ferramentas e Instrumentos

Instrumentos de medição lineares


Instrumentos para risco manual e automatizado
Ferramentas manuais e automatizadas
Ferramentas de gestão
Internet

Meios de Produção ou Tratamento da Informação

Softwares de representação gráfica, CAD e CAM

Materias de Utilização Habitual

Normas técnicas e regulamentadoras


Matérias-primas para corte do vestuário
Catálogos de produtos e máquinas
Publiccações do setor e de áreas afins

110
Métodos e Técnicas de Trabalho

Corte automatizado - Tecnologia da informação


Flexibilização da produção de acordo com o tipo de comercialização
Gestão da qualidade
Gestão de custos
Gestão de eficiência- tempo e consumo
Gestão de materiais
Gestão de pessoas
Logística
Planejamento, programação e controle da produção – PPCP
Racionalização da Produção (Tempos e Métodos)
Sistema de gestão socioambiental
Sistemas de gestão
Técnicas de comunicação oral e escrita
Técnicas de corte industrial do vestuário

Condições de Trabalho

Condições ambientais

Trabalho em equipe
Capacidade de adaptação, agilidade e flexibilidade e tomada de decisão
Cumprimento de prazos rígidos
Observação a normas de segurança e organização do trabalho
Trabalho sob pressão
Ambientes internos com variabilidades de postos de trabalho

Turnos e horários

Trabalho em turnos variados

Riscos profissionais

Riscos físicos: Riscos de lesão por esforço repetitivo para operadores de máquinas de corte; Risco de cortes
pelo manuseio de equipamentos pontiagudos e cortantes; problemas oculares diante iluminação inadequada.
Riscos ergonômicos: movimentos repetitivos, posição ergonômica em relação à atividade a ser desenvolvida
Trabalho em ambiente sujeito a ruídos e contato com poeiras e resíduos sólidos
Exposição a produtos químicos, poeira

Equipamentos de Segurança

EPCs (Equipamentos de Proteção Coletiva) de acordo com a atividade a ser executada e riscos presentes
no local de trabalho
EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) de acordo com a atividade a ser executada e indicações do
manual de serviços.

111
Posições no Processo Produtivo

Contexto Profissional

A atividade do Cortador de Produtos do Vestuário é desenvolvida em Indústria de vestuário e afins de


diferentes portes, segmentos da moda/vestuário e níveis tecnológicos.
Situação de emprego: vínculo formal através da CLT, prestador de serviço e/ ou empreendedor como pessoa
jurídica.
Relacionado com a área de gestão, no nível estratégico e tático do processo produtivo

Contexto Funcional e Tecnológico

Quando em empresas, o operador está em condição de dependência hierárquica, com grau médio de
dependência e alto de responsabilidade no desempenho de suas atividades
As atividades do profissional consistem, basicamente, em trabalhos de programação e execução de risco,
do enfesto e corte manual e automatizado

Possíveis Saídas para o Mercado de Trabalho

Auxiliar de corte
Operador de máquina de enfestar
Programador de risco e corte
Programador de encaixe

Evoluções da Ocupação

Evolução das matérias-primas


Evolução dos meios tecnológicos
Responsabilidade socioambiental e sustentabilidade
Pesquisa e inovação
Criatividade na solução de problemas
Produtividade e redução de custos
Valorização do capital intelectual
Mudança na forma de gestão de pessoas
Autodesenvolvimento e atualização tecnológica;
Ter postura proativa e resiliente
Integrar as novas tecnologias às rotinas de trabalho
Exercer, com visão sistêmica, múltiplas funções, cumprindo os aspectos ambientais de qualidade, sociais e
segurança
Organização e métodos de trabalho
Participar da avaliação da área de novas tecnologias empregadas no processo produtivo
Controlar a qualidade, eficiência e a produtividade de colaboradores de nível operacional
SKU's crescente
Prospectar soluções para problemas identificados na manutenção na indústria têxtil;
Engenharia no desenvolvimento, melhoria e teste de produtos e processos tecnológicos.
Novas tecnologias, linguagens e códigos
Mudanças na educação profissional
Uso de softwares e aplicativos
112
Atualização técnica permanente
Formação para a competência
Atualizações relativas aos sistemas de gestão da qualidade, produtividade, saúde, segurança e meio
ambiente
Desenvolvimento de qualidades pessoais (atitudes e comportamento)
Leitura técnica (Língua estrangeira)
Infraestrutura física em conformidade com as novas tecnologias
Uso de ambientes virtuais de aprendizagem
Realidade aumentada
Indústria 4.0: Tais como novas tecnologias de conectividades, big data, infotainment
Online: sistemas de controle de qualidade/ vendas e estoques
Realidade virtual
Integração de sistemas mecânicos e automáticos
Tecnologia de comunicação de dados sem fio
Sistemas para otimização de eficiência energética
Sistemas automatizados/informatizados para realização de diagnósticos
Recursos virtuais para realizar o diagnóstico/manutenção
Economia circular
Fibras/ tecidos inteligentes
Equipamentos de Scanner
Novos sistemas de multiplexagem
Novos materiais poliméricos
Processo de logística reversa para produtos de agressão ao meio ambiente (resíduos de óleos, embalagens
etc);
Processos compartilhados de logística e estoque (redes);
Sistemas de informação tecnológica em nuvem
Sistemas de rastreabilidade da manutenção;
Procedimentos de auto teste para verificação de falhas antes do início das etapas operacionais;
Gestão da satisfação do colaborador.
Meio ambiente/sustentabilidade
Normas de segurança.
Legislação trabalhista
Normas de gestão
Normas técnicas
Sistemas para acompanhamento, via web pelo cliente, do processo de manutenção.
Sistema personalizado no atendimento do cliente

Formação Profissional Relacionada à Ocupação

Curso Técnico em Modelagem


Curso Técnico em Produção de Moda
Curso Técnico em Vestuário
Curso Técnico Têxtil

113
Indicação de Conhecimentos Referentes ao Perfil Profissional

Conhecimentos
Risco, Encaixe e enfesto
Organização funcional do setor de
corte
UC1 : Executar os processos de corte, respeitando procedimentos Planejamento de risco e corte
e normas técnicas, de qualidade, ergonomia, saúde e segurança do Normas técnicas e regulamentadoras
trabalho e sustentabilidade. aplicadas à manutenção de máquinas
industriais de corte
Manutenção básica de máquinas
industriais do setor de corte
Máquinas industriais, Equipamentos e
ferramentas do setor de corte

114
Desenho curricular
Resumo da Organização Curricular

Carga Horária
Módulos Unidades Curriculares Carga Horária
do Módulo

Ciências Aplicadas ao Vestuário 30 h

BÁSICO 42 h
Terminologias e Simbologias Técnicas do
12 h
Vestuário

INTRODUTÓRIO Tecnologia da Confecção 20 h 20 h

Manutenção Básica de Máquias e Equipamentos


20 h
de Corte
ESPECÍFICO 98 h

Processos de corte de produtos do vestuário 78 h

TOTAL 160h

115
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: CORTADOR DE PRODUTOS DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: Ciências Aplicadas ao Vestuário

Carga Horária: 30h

Unidades de Competência:

UC1 : Executar os processos de corte, respeitando procedimentos e normas técnicas, de qualidade,


ergonomia, saúde e segurança do trabalho e sustentabilidade.

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas para aplicar os fundamentos matemáticos e comunicar-se nas formas escrita e
oral, empregando recursos computacionais.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. COMUNICAÇÃO


1.1 Níveis da
hierarquia
Fundamentos Técnicos Científicos
1.2 Norma Culta
2. DOCUMENTOS
Aplicar os princípios, padrões e normas da linguagem culta na ADMINISTRATIVOS
comunicação oral e na elaboração de diferentes tipos de textos técnicos 2.1 Tipos
e comerciais 2.2 Aplicabilidade
Aplicar os princípios da informática na elaboração de textos básicos, 3. ELABORAÇÃO DE
apresentações, pesquisas e planilhas TEXTOS
Interpretar dados e informações de textos técnicos básicos em 3.1 Estrutura
português (normas, procedimentos, manuais, planilhas, relatórios, 3.2 Interpretação
catálogos e desenho técnicos) relacionados ao vestuário. 4. INFORMÁTICA
Aplicar os fundamentos matemáticos para conversão de medidas, 4.1 Editor de textos
cálculos de perímetro, área, razão e proporção, regra de três, massa, 4.1.1 Criar,
volume e gramatura e operações básicas de soma, subtração, abrir e salvar
multiplicação e divisão arquivos
4.1.2 Formatar

Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas páginas,


parágrafos e
texto
Capacidades Sociais
4.1.3 Inserir
Posicionar-se com ética em relação a situações e contextos objetos,
apresentados figuras e
Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas tabelas
4.1.4 correção
Capacidades Organizativas ortográfica

116
Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e meio 4.1.5
ambiente como requisitos para a organização de ambientes de Marcadores
trabalho 4.1.6 Índice
Reconhecer a importância dos princípios da Qualidade no 4.2 Editor de
desenvolvimento das atividades profissionais apresentações
Reconhecer os princípios de profissionalismo no desenvolvimento das 4.2.1 Criar,
atividades sob a sua responsabilidade. abrir e salvar
arquivos
Capacidades Metodológicas
4.2.2 Inserir
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de formação objetos,
de uma atitude empreendedora figuras e
tabelas
4.2.3 Formatar
slides
4.2.4 Animar
slides
4.3 Editor de
planilhas eletrônicas
4.3.1 Criar,
abrir e salvar
arquivos
4.3.2 Formatar
células, linhas
e colunas
4.3.3 Gerar
gráficos
4.3.4 Fórmulas
básicas
4.4 Pesquisas na
internet
4.4.1
navegadores
da web
4.4.2 Sites de
pesquisa
4.4.3 Rede
Social
4.4.4 Direito
autoral
4.4.5 Ética
4.4.6 E-mail
5. OPERAÇÕES
MATEMÁTICAS
5.1 Adição,
subtração, divisão e
multiplicação de
números inteiros,
fracionários e
decimais
117
5.2 Razão e
Proporção
5.2.1 Regra de
três simples e
composta
5.3 Porcentagem
5.3.1
Conversão de
medidas
5.4 Cálculos de
Perímetro, Área,
Massa e Volume
6. GEOMETRIA
6.1 Ângulos
6.2 Segmentos de
reta e semi-reta
6.3 ângulos
consecutivos e
adjacentes
6.4 ângulos opsotos
pelo vértice
6.5 Ângulos
congruentes
6.6 Medida de um
ângulo
6.7 Unidades de
medida de ângulos
7. ORGANIZAÇÃO DE
AMBIENTES DE
TRABALHO
7.1 Princípios de
organização
7.2 Organização de
ferramentas e
instrumentos:
formas, importância
7.3 Organização do
espaço de trabalho
7.4 EPIs e EPCs:
Conceitos, funções
e uso.
8. SEGURANÇA NO
TRABALHO
8.1 Agentes
agressores à saúde:
físicos, químicos e
biológicos
8.2 O impacto do
uso de drogas lícitas
118
e ilícitas na
segurança e na
saúde
8.3 Inspeções de
segurança

119
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Ambientes Pedagógicos Sala de aula, biblioteca e laboratório de informática.

Projetor multimídia
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Computador com pacote de escritório e acesso à
Ferramentas internet
tablet

Tela de projeção
Equipamentos, Ferramentas e Instrumentos
Quadro branco

Livros
Normas e publicações
Recursos didáticos
Sites e aplicativos
apostilas

120
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: CORTADOR DE PRODUTOS DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: Terminologias e Simbologias Técnicas do Vestuário

Carga Horária: 12h

Unidades de Competência:

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas requeridas para compreensão das nomenclaturas e representações do
vestuário

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Competência Padrão de Desempenho Capacidades Técnicas Conhecimentos

Capacidades Técnicas

Fundamentos Técnicos Científicos

Identificar terminologia e simbologias técnicas do vestuário aplicadas a confecção de


produtos do vestuário
Reconhecer as formas de representação gráfica e visual aplicadas ao desenvolvimento
de produto e processos da confecção de produtos do vestuário

Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas

Capacidades Sociais

Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas


Posicionar-se com ética em relação a situações e contextos apresentados

Capacidades Organizativas

Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e meio ambiente como


requisitos para a organização de ambientes de trabalho
Reconhecer a importância dos princípios da qualidade no desenvolvimento das
atividades profissionais
Reconhecer os princípios de profissionalismo no desenvolvimento das atividades sob a
sua responsabilidade

Capacidades Metodológicas

Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de formação de uma atitude


empreendedora

121
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Ambientes Pedagógicos Sala de aula
Laboratório de informática

Projetor multimídia
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Tablet
Ferramentas Computador com pacote de escritório e acesso à
internet

Tela de projeção
Equipamentos, Ferramentas e Instrumentos
Quadro branco

Sites e aplicativos
Normas e publicações
Recursos didáticos
Livros
Apostilas

122
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: INTRODUTÓRIO

Perfil Profissional: CORTADOR DE PRODUTOS DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: Tecnologia da Confecção

Carga Horária: 20h

Unidades de Competência:

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos, e capacidades sociais,


organizativas e metodológicas requeridas para compreensão cadeia produtiva do vestuário e dos processos
produtivos e tecnológicos aplicados a indústria do vestuário

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Competência Padrão de Desempenho Capacidades Técnicas Conhecimentos

Capacidades Técnicas

Fundamentos Técnicos Científicos

Identificar tipos, características e aplicabilidade das matérias primas para confecção de


produtos do vestuário
Identificar tipos e funcionalidades de máquinas, equipamentos, aparelhos e acessórios
aplicados a confecção de produtos do vestuário
Reconhecer os diferentes tipos de aparelhos, acessórios, ferramentas e instrumentos
utilizados na confecção de produtos do vestuário
Reconhecer os processos de confecção do vestuário

Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas

Capacidades Sociais

Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas


Posicionar-se com ética em relação a situações e contextos apresentados

Capacidades Organizativas

Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e meio ambiente como


requisitos para a organização de ambientes de trabalho
Reconhecer os princípios de profissionalismo no desenvolvimento das atividades sob a
sua responsabilidade.
Reconhecer a importância dos princípios da qualidade no desenvolvimento das
atividades profissionais

Capacidades Metodológicas

123
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de formação de uma atitude
empreendedora

124
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Ambientes Pedagógicos Sala de aula
Laboratório de informática

Projetor multimídia
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Computador com pacote de escritório e acesso à
Ferramentas internet
Tablet

Tela de projeção
Equipamentos, Ferramentas e Instrumentos
Quadro branco

Sites e aplicativos
Recursos didáticos Apostilas e livros
Normas e publicações

125
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO

Perfil Profissional: CORTADOR DE PRODUTOS DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: Manutenção Básica de Máquias e Equipamentos de Corte

Carga Horária: 20h

Unidades de Competência:

UC1 : Executar os processos de corte, respeitando procedimentos e normas técnicas, de qualidade,


ergonomia, saúde e segurança do trabalho e sustentabilidade.

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas,


relativas a manutenção de máqiinas e equipamentos do processo de corte, seguindo normas técnicas e
regulamentadoras de saúde, segurança, ergonomia e meio ambiente

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Desempenho Capacidades Conhecimentos


Competência Técnicas

1 .5 Executar 1.5 .1 Seguindo - Identificar os padrões


manutenção procedimentos, normas 1. MÁQUINAS
de qualidade e
básica em técnicas e INDUSTRIAIS DO SETOR
sustentabilidade
máquinas e regulamentadoras, de DE CORTE
estabelecidos pela
equipamentos qualidade, de ergonomia, 1.1 Tipos de
empresa
saúde e segurança do maquinas e os
trabalho e - Identificar os princípios de
sustentabilidade(descarte procedimentos de manutenção
apropriado de resíduos) descarte de 1.2 Mecanismos de
componentes e resíduos funcionamento
sólidos aplicáveis a 1.2.1 Tipos de
manutenção de Defeito
máquinas industriais do 1.3 Componentes
processo de corte. 1.4 Acessórios
1.5 Ajustes
- Identificar nas Normas 1.6 Manuais Técnicos
Técnicas e 2. MANUTENÇÃO BÁSICA
Regulamentadoras os DE MÁQUINAS DO SETOR
requisitos aplicáveis à DE CORTE
manutenção básica de 2.1 Lubrificação
máquinas industrias 2.2 Substituição
relacionadas ao 2.3 Limpeza e
processo de corte. Conservação
2.4 Descarte
- Reconhecer os riscos
2.4.1 Prças
existentes na
2.4.2 Fluidos
manutenção básica de
3. NORMAS TÉCNICAS E
máquinas e
REGULAMENTADORAS

126
equipamentos industriais APLICADAS À
relacionadas ao MANUTENÇÃO DE
processo de corte MÁQUINAS INDUSTRIAIS
DE COSTURA
3.1 Qualidade
1.5 .2 Considerando os 3.2 Segurança
- Identificar os
procedimentos 3.3 Sustentabilidade
procedimentos de
operacionais estabelecidos 4. HIGIENE E SAÚDE
manutenção básica
para manutenção básica, 4.1 princípios de
específicos de cada
(limpeza, lubrificação, higiene e saúde
máquina e equipamento
substituição de pessoal
de corte
componentes...) 5. ÉTICA PESSOAL E
- Identificar PROFISSIONAL
irregularidades no 5.1 Responsabilidade
funcionamento da 5.2 Iniciativa
máquina e ou 5.3 Honestidade
equipamento em função 5.4 Sigilo
de defeitos 5.5 Prudência
apresentados no 5.6 Perseverança
processo de corte 5.7 Imparcialidade
5.8 Respeito
- Reconhecer os 5.9 Codialidade
métodos operacionais 5.10 Disciplina
específicos de cada 5.11 Empatia
máquina e 5.12
equipamentos de corte Comunicação\Diálogo
5.13 Cooperação
- Executar
6. PROATIVIDADE
procedimentos para
6.1 Definição
substituição de
6.2 Pilares
componentes e
6.2.1 Gestão do
acessórios defeituosos
comportamento
(faca, amoladores...).
6.2.2 Gestão fo
- Interpretar os dados do Futuro
painel da máquina e ou 6.2.3 Gestão da
equipamento, incerteza
correlacionando-os com 6.2.4 gestão da
os tipos de defeitos Inovação
estabelecido nos
manuais técnicos das
Máquinas Industriais do
processo de corte

Fundamentos Técnicos Científicos

127
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas

Capacidades Sociais

Demonstrar atitudes éticas na conduta pessoal e profissional


Organizativa
Reconhecer os princípios básico de higiene aplicados ao contexto
de trabalho
Lidar com as relações de poder e hierarquia no contexto profissional

Capacidades Organizativas

Reconhecer a importância do seu trabalho no contexto da


organização, considerando os impactos das suas atividades nos
resultados dos produtos e serviços da empresa.
Aplicar os princípios de organização no seu posto trabalho

Capacidades Metodológicas

Reconhecer a importância da atitude proativa como característica


fundamental e requisito de um bom profissional

128
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Ambientes Pedagógicos Laboratório de informática, Sala de Aula, Biblioteca

Computadores com acesso a internet


Softwares específicos de Desenho
Softwares básico de escritório(editor de texto, planilhas,
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e
apresentações)
Ferramentas
Kit multimídia
tablet
Calculadora

Livros
Apostilas
Publicações
Materiais
Sites
Aplicativos
Normas

129
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO

Perfil Profissional: CORTADOR DE PRODUTOS DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: Processos de corte de produtos do vestuário

Carga Horária: 78h

Unidades de Competência:

UC1 : Executar os processos de corte, respeitando procedimentos e normas técnicas, de qualidade,


ergonomia, saúde e segurança do trabalho e sustentabilidade.

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas,


relativas aos processos de encaixe, risco, enfesto e corte de produtos do vestuário, seguindo normas técnicas
e regulamentadoras de saúde, segurança, ergonomia e meio ambiente.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Desempenho Capacidades Conhecimentos


Competência Técnicas

1 .1 Planejar 1.1 .1 Atendendo aos - Utilizar os sistemas de


corte procedimentos de registro 1. ORGANIZAÇÃO
registro de informações
de informações FUNCIONAL DO SETOR
em conformidade com o
estabelecidos pela empresa DE CORTE
tipo de registro a ser
1.1 Etapas
efetuado
2. PLANEJAMENTO DE
- Identificar as RISCO E CORTE
Informações necessárias 2.1 Documentos do
que devem ser setor de corte
registradas referentes ao 2.1.1 Pedido de
corte vendas
2.1.2 Ordem de
produção ou
ordem de
1.1 .2 Seguindo - Reconhecer os riscos fabricação
procedimentos, normas existentes na operação 2.1.3 Ficha de
técnicas e do corte de produtos do modelagem
regulamentadoras vestuário 2.1.4 Formulário
de risco
- Identificar nas Normas 2.1.5 Formulário
Técnicas e de corte
Regulamentadoras os 2.2 Ordem de corte
requisitos aplicáveis ao 2.2.1 Consumo
corte de produtos do real
vestuário 2.2.2 Definição
2.2.3 Finalidade
- Identificar os
2.2.4
procedimentos de
Características
descarte de resíduos
130
sólidos aplicáveis ao 3. RISCO
corte de produtos do 3.1 Definição de risco
vestuário 3.2 Tipos de risco
3.2.1 Riscos com
fio normal
3.2.2 Riscos com
fio atravessado
1.1 .3 Elaborando a ordem 3.2.3 Riscos
- Definir o tipo de
de corte para a orientção do enviesados
enfesto, a partir da
processo de corte de 3.3 Modos de
correlação entre tipos de
acordo com a ordem de execução
molde com os tipos de
produção 3.3.1 Risco
risco e encaixe e matéria
marcador manual
prima.
3.3.2 Risco
- Correlacionar informatizado
máquinas, equipamentos 4. ENCAIXE
e técnicas de corte com 4.1 Definição
o tipo de matéria prima a 4.2 Tipos de encaixe
ser utilizado em função 4.2.1 Encaixe
do produto a ser cortado par
4.2.2 Encaixe
- Calcular o consumo de único ou ímpar
matéria prima em função 4.2.3 Encaixe
do encaixe dos moldes misto
do produto a ser cortado 4.3 Modos de
execução do encaixe
- Distribuir a frequência
4.3.1 Encaixe
do encaixe, em função
manual
da grade de tamanho da
4.3.2 Encaixe
Ordem de Produção
computadorizado
4.4 Critérios de
execução de encaixe

1.1 .4 Considerando a 4.4.1


- Identificar informações Classificação da
ordem de produção acerca de quantidades
estabelecida no modelagem
de peças, grade de (Modelagem
planejamento de produção e
tamanhos, simétrica e
ou na ficha técnica\produção características técnicas
assimétrica
de matérias primas, 4.4.2 Número de
prazo de entrega, na peças a serem
ordem de produção. cortadas
4.4.3
Capacidade de
corte da máquina
1 .2 Realizar 1.2 .1 Atendendo aos
- Identificar as 4.4.4 Corte
encaixe e procedimentos de registro Informações necessárias manual x corte
risco de informações
que devem ser automático
estabelecidos pela empresa registradas referentes ao 4.4.5
encaixe e risco Padronagem do
131
- Utilizar os sistemas de tecido
registro de informações 4.4.6
em conformidade com o Capacidade útil
tipo de registro a ser da mesa
efetuado 4.5 Informações da
modelagem
4.5.1 Quantidade
(Número de
1.2 .2 Seguindo vezes)
- Reconhecer os riscos
procedimentos e Normas 4.5.2 Sentido do
existentes nas
Regulamentadoras fio
operações de risco e
4.5.3 Nome da
encaixe de produtos do
parte
vestuário
componente
- Identificar nas Normas 4.5.4 Referencia
Regulamentadoras os do produto
requisitos de ergonomia 4.5.5 Marcações
aplicáveis ao posto de internas e
trabalho externas
4.5.6 Tamanho
5. ENFESTO
5.1 Definição de
1.2 .3 Considerando a - Identificar, no molde, enfesto
Ordem de Corte, as informações do sentido 5.2 Tipos de enfesto
informações do molde e o 5.2.1 Par
do fio, frequência do
modelo da peça piloto ( molde, tamanho, nome 5.2.2 Impar
sentido do fio do molde, 5.2.3 Par e Impar
da parte componente e
quantidade de cortes do referência. 5.2.4 Com
molde) sentido do tecido
- Utilizar métodos e 5.2.5 sem
técnicas de encaixe e sentido
risco em função do 5.2.6 Zigue-
modelo e característica zague
da matéria prima 5.2.7 Folha a
folha
- Correlacionar as partes
5.2.8 Escada
da modelagem com a
5.3 Modos de
peça piloto para garantir
execução
a qualidade do encaixe
5.3.1 manual
- Reconhecer, na Ordem 5.3.2 Mecânico
de Corte, as 5.3.3
informações acerca da automatizado
frequência do encaixe, 6. MÁQUINA DO SETOR
largura e características DE CORTE
do tecido, grade de 6.1 Enfestadeiras
tamanho, tipos de 6.1.1
encaixe em função do Enfestadeira
produto a ser cortado manual
6.1.2
132
Enfestadeira
manual com
alinhador de
1 .3 Realizar 1.3 .1 Atendendo aos ourelas
- Identificar as
enfesto procedimentos de registro 6.1.3
Informações necessárias
de informações Enfestadeira
que devem ser
estabelecidos pela empresa semiautomática
registradas referentes ao
com cortador de
enfesto
peças e
- Utilizar os sistemas de alinhador de
registro de informações ourelas
em conformidade com o 6.1.4
tipo de registro a ser Enfestadeira
efetuado automática
6.2 Furador rotativo
6.3 Máquinas de corte
6.3.1 Máquina de
1.3 .2 Seguindo - Reconhecer os riscos faca vertical
procedimentos, normas 6.3.2 Máquina de
existentes nas
técnicas e operações de enfesto de corte com faca
regulamentadoras circular
produtos do vestuário
6.3.3 Máquina
- Identificar nas Normas para cortar
Regulamentadoras os galão(viés)
requisitos de ergonomia 6.3.4 Máquina de
aplicáveis ao posto de corte
trabalho 6.3.5 Tesoura
elétrica de corte
manual
6.3.6 Máquina de
1.3 .3 Considerando as
- Reconhecer, na ordem serra fita
orientações técnicas da de corte, as informações 7. EQUIPAMENTOS E
ordem de corte
acerca as características FERRAMENTAS DO
da matéria prima e SETOR DE CORTE
características do 7.1 Régua de aço
enfesto 7.2 Régua T
7.3 Fita métrica
- Aplicar as técnicas de
7.4 Grampos para
enfesto em função do
enfesto
tipo de matéria prima
7.5 Tesoura manual
- identificar os 7.6 Barra alinhadora e
equipamentos, suporte para rolo de
acessórios e tecido
ferramentas destinados 7.7 Garra
so enfesto em função da 7.8 Mesa de corte
matéria prima 7.9 balança de
precisão
7.10 Etiquetadora
8. CÁCULOS APLICADOS
133
1 .4 Realizar 1.4 .1 Considerando os - Identificar as partes que AO CORTE
corte procedimentos da empresa compõe o produto para 8.1 Perímetro
para expedição dos lotes. a separação adequada 8.2 Área
dos pacotes 8.3 Razão e
Proporção
- Utilizar técnicas de 8.4 Regra de três
separação e 8.5 Massa
acondicionamento de 8.6 Comprimento
lote em função da 8.7 Volume
garantia da 8.8 Gramatura
produtividade e 9. EXPEDIÇÃO DE PEÇAS
qualidade do produto. CORTADAS
9.1 Etiquetagem
9.1.1 Tamanho
1.4 .2 Seguindo 9.1.2 Cor
- Identificar nas Normas
procedimentos, normas 9.1.3 Modelo
Regulamentadoras os
técnicas e 9.1.4 Tonalidade
requisitos aplicáveis ao
regulamentadoras, de 9.1.5 Registros
posto de trabalho e ao
qualidade, de ergonomia, 9.2 Acondicionamento
corte de produtos do
saúde e segurança do do lote
vestuário
trabalho e 9.2.1 Tipos de
sustentabilidade(descarte - Identificar os pacotes
apropriado de resíduos) procedimentos de 9.2.2 Matéria-
descarte de resíduos prima
sólidos aplicáveis ao 9.2.3 Quantidade
corte de produtos do de peças
vestuário 10. SEGURANÇA E
SAÚDE OCUPACIONAL
- Reconhecer os riscos NO TRABALHO
existentes no processo 10.1 Equipamentos de
de corte de produtos do Proteção individual -
vestuário EPI
10.1.1 Protetor
- Identificar os padrões
auricular
de qualidade e
10.1.2 Luvas de
sustentabilidade
malha de aço
estabelecidos pela
10.1.3 Óculos de
empresa
segurança
10.1.4 Máscara
de proteção
1.4 .3 Atendendo aos 10.1.5 Calçado
- Utilizar os sistemas de
procedimentos de registro de segurança
registro de informações
de informações 10.1.6 Touca
em conformidade com o
estabelecidos pela empresa para cabelo
tipo de registro a ser
10.2 Condições
efetuado
ergonômicas
- Identificar as 10.3 Prevenção de
Informações necessárias doenças relacionadas
que devem ser ao trabalho-DORT
134
registradas referentes ao 11. NORMAS AMBIENTAIS
corte 12. RELAÇÕES
INSTITUCIONAIS
VERTICAIS E
HORIZONTAIS
1.4 .4 Utilizando técnicas de - Aplicar técnicas de 12.1 Relações com
corte em função da matéria corte em função da pares
prima matéria prima e do 12.2 Relação com
produto final Lideres
12.3 Relação com
- Utilizar ferramentas
clientes internos e
necessárias para o corte
externos
em função da matéria
12.4 Relação com
prima
subordinados
13. ORGANIZAÇÃO DO
LOCAL DE TRABALHO

Fundamentos Técnicos Científicos 13.1 Espaço


13.2 Atividades
13.3 Materiais
13.4 tempo
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas
14. VISÃO FUNCIONAL DO
TRABALHO INDIVIDUAL
Capacidades Sociais 14.1 A empresa como

Demonstrar atitudes éticas na conduta pessoal e profissional organismo vivo


Organizativa
Lidar com as relações de poder e hierarquia no contexto
profissional
Reconhecer os princípios básicos de higiene aplicados ao contexto
de trabalho

Capacidades Organizativas

Reconhecer a importância do seu trabalho no contexto da


organização, considerando os impactos das suas atividades nos
resultados dos produtos e serviços da empresa.
Aplicar os princípios de organização no seu posto trabalho

Capacidades Metodológicas

Reconhecer a importância da atitude proativa como característica


fundamental e requisito de um bom profissional

135
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Ambientes Pedagógicos Sala de aula, Laboratório de informática, Biblioteca

Kit Multimídia.
Computadores com acesso a internet
tablet
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e
Softwares específicos de Desenho
Ferramentas
Calculadora
Softwares básico de escritório (editor de texto, planilhas,
apresentações)

Apostilas e livros
Publicações
Materiais Sites
Aplicativos
Normas

INFORMAÇÕES SOBRE A VERSÃO DA OCUPAÇÃO

Data de Validação 04/12/2017

Data de Validade 31/12/2022

Rio de
Local
Janeiro

136
6. COSTUREIRO INDUSTRIAL DO VESTUÁRIO

Identificação da ocupação

COSTUREIRO INDUSTRIAL DO
Ocupação CBO 7632-15
VESTUÁRIO

EDUCAÇÃO
Formação Inicial e Continuada C.H MÍNIMA 200h
PROFISSIONAL

NÍVEL DA
2 EIXO TECNOLÓGICO Produção Industrial
QUALIFICAÇÃO

ÁREA Confecção de artigos do vestuário e


Vestuário SEGMENTO TECNOLÓGICO
TECNOLÓGICA acessórios

Costurar peças do vestuário em máquinas industriais, respeitando procedimentos e normas


COMPETÊNCIA
técnicas, de qualidade, produtividade, ergonomia, saúde e segurança do trabalho e
GERAL
sustentabilidade

REQUISITOS Ter concluído o Ensino Fundamental


DE ACESSO Ter, no mínimo, 16. anos completos

Relação das Unidades de Competência

Costurar peças do vestuário em máquinas industriais, respeitando


Unidade de Competência 1 procedimentos e normas técnicas, de qualidade, produtividade, ergonomia,
saúde e segurança do trabalho e sustentabilidade

137
Descrição das Unidades de Competência

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 1
Costurar peças do vestuário em máquinas industriais, respeitando procedimentos e normas técnicas,
de qualidade, produtividade, ergonomia, saúde e segurança do trabalho e sustentabilidade

Elementos de
Padrões de Desempenho
Competência

Seguindo procedimentos e normas técnicas, de qualidade, ergonomia, saúde e segurança


Preparar do trabalho e sustentabilidade
Máquinas Considerando as informações da Ficha Técnica\Produção e ou Peça Piloto, relativas aos
industriais parâmetros de ajustes dos maquinários, ferramentas, acessórios, aparelhos e
para instrumentos, e às características dos materiais que serão utilizados para confecção do
operação produto final. (regulagens, lubrificação, troca de agulha, seleção da linha e fio,dentre
outros)

Operar
Máquinas Seguindo procedimentos e normas técnicas, de qualidade, ergonomia, saúde e segurança
industriais do trabalho e sustentabilidade (evitar desperdícios de recursos)
para costura Considerando a sequência operacional estabelecida no balanceamento e ou Ficha
de peças do Técnica\Produção
vestuário

Executar
manutenção Seguindo procedimentos e normas técnicas, de qualidade, ergonomia, saúde e segurança
básica em do trabalho e sustentabilidade (descarte apropriado de componentes e resíduos)
máquinas Considerando os procedimentos operacionais estabelecidos para manutenção básica,
industriais de (limpeza, lubrificação...)
costura

138
Competências de Gestão

Apresentar postura pró ativa e inovadora, atualizando-se continuamente e adaptando-se, com criatividade, às
mudanças tecnológicas, organizativas e profissionais
Apresentar, no planejamento e no desenvolvimento das suas atividades profissionais, uma postura de
comprometimento, responsabilidade, engajamento, atenção, disciplina, organização, precisão e zelo e
flexibilidade em relação a mudanças
Atuar individualmente ou em equipes de trabalho, comunicando-se profissionalmente, interagindo e
cooperando com os integrantes dos diferentes níveis hierárquicos da empresa
Atuar profissionalmente, cumprindo os princípios de higiene e saúde, os procedimentos de qualidade e de
meio ambiente e as normas de segurança aplicáveis às atividades profissionais sob a sua responsabilidade
Ser ético na conduta pessoal e profissional
Ter visão sistêmica, considerando conjuntamente os aspectos técnicos, sociais, econômicos, tecnológicos e
de qualidade aplicáveis às atividades sob a sua responsabilidade

Contexto de Trabalho da Ocupação

Meios de Produção

Máquinas e Equipamentos

Kit de passadoria
Máquinas Industriais de costura

Ferramentas e Instrumentos

Kit de ferramentas: alicate, chave de fenda, pinças, chave Allen, entre outros
Kit para costura (abridor de casas, fita métrica, aparador de linhas...)
Tesoura para tecido

Acessórios

Aparelhos
Acessórios e dispositivos de costura

Materias de Utilização Habitual

Linhas, fios e agulhas


Tecidos e aviamentos

Métodos e Técnicas de Trabalho

Análise de materiais
Balanceamento
Gestão da qualidade
Gestão de materiais
Produção em série

139
Racionalização de produção (tempos e métodos)
Redução de resíduos, descarte de componentes, dentre outros
Técnicas de comunicação oral e escrita
Técnicas de confecção

Condições de Trabalho

Condições ambientais

Ambientes internos com variabilidades de postos de trabalho

Turnos e horários

Trabalho em turnos variados

Riscos profissionais

Riscos físicos: Risco de cortes e perfurações pelo manuseio de equipamentos pontiagudos e cortantes;
problemas oculares por inadequação da luminosidade. Riscos de problemas de audição, Riscos de
problemas respiratórios e dermatológicos por conta do contato com poeiras e resíduos sólidos
Riscos químicos: Exposição a produtos químicos, vapores e gases
Ergonômicos: Riscos de lesão por esforço repetitivo, por posição ergonômica e equipamentos inadequados
em relação à atividade a ser desenvolvida

Equipamentos de Segurança

EPCs (Equipamentos de Proteção Coletiva) de acordo com a atividade a ser executada e riscos presentes
no local de trabalho
Obs.: Para pessoas com deficiência, são observados os requisitos de acessibilidade descritos na NBR nº
9050, nos Conceitos do Desenho Universal, na Lei nº 13.146/2015 e na Legislação específica da Deficiência
em questão
EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) de acordo com a atividade a ser executada e indicações do
manual de serviços

Posições no Processo Produtivo

Contexto Profissional

O Costureiro industrial do Vestuário poderá atuar em empresas do setor de confecção do vestuário. Pode
atuar também como prestador de serviço

Contexto Funcional e Tecnológico

O Costureiro industrial do Vestuário pode atuar individualmente ou em vários postos de trabalho, como
membro de uma equipe de trabalho.

Possíveis Saídas para o Mercado de Trabalho

Auxiliar de Costura
Operador de Máquinas Industriais de Costura

140
Auxiliar de Alfaiate

Evoluções da Ocupação

Designer de Moda
Supervisor de Produção
Técnico em Moda
Smart Consumer experience (co-criação de valor, preocupação com valor agregado ao produto).
Responsabilidade socioambiental: governança da cadeia de valor sustentável, ecoinovação e ecodesign e
adesão à produção com tecnologias limpas
Valorização do capital intelectual
Inovações tecnológicas aplicadas ao segmento têxtil (materiais e insumos em geral);
Criatividade na solução de problemas
Aumento da Produtividade, qualidade e redução de custos
Pesquisa e inovação
Manufatura Social (participação do cliente no processo produtivo)
Organização e métodos de trabalho
Realizar atividades nos diferentes sistemas e tecnologias emergentes
Criar estratégias conscientes para descarte dos resíduos dos materiais
Utilizar novas tecnologias para o desenvolvimento dos processos produtivos do vestuário
​ Participar do desenvolvimento de, novos produtos e processos tecnológicos.
Uso de ambientes virtuais e interativos de aprendizagem
Uso e alimentação de banco de dados
Utilização de novas tecnologias inerentes ao desenvolvimento de produtos do vestuário
Uso de ambientes colaborativos que favoreçam a experimentação e interação entre diversas áreas do
conhecimento
Sala de Aula invertida
Ampliação do desenvolvimento de competências sociais, organizativas e metodológicas que favoreçam a
resiliência, criatividade, próatividade e autoregulação do trabalho
Realidade virtual e aumentada
Manufatura 4.0: Tais como novas tecnologias de conectividades, big data, infotainment;
Impressão em 3D e 4D impressão digital;
E-commerce
Online: sistemas de controle de qualidade/ vendas e estoques
Integração de sistemas mecânicos e automáticos
Tecnologia de comunicação de dados sem fio
Sistemas para otimização de eficiência energética
Sistemas automatizados/informatizados para realização de diagnósticos
Novos sistemas de multiplexagem
Sistemas de medição antropométrica com uso de novas tecnologias
Minifábricas modulares, flexíveis e automatizadas para produção verticalizada personalizadas
Fios, filamentos e fibras/tecidos inteligentes
Tecnologias vestíveis (wearables)
Roupas confeccionadas através da Impressão em 3D
Novos materiais poliméricos
Sistemas de informação tecnológica em nuvem
Sistemas para acompanhamento, via web pelo cliente, do processo de manutenção.
141
Gestão da produção personalizada
Gestão da Qualidade total: foco no cliente, melhoria dos processos e envolvimento das pessoas

Mudanças na atuação do profissional

Atividades Novas

Criar estratégias conscientes para descarte dos resíduos dos materiais


Utilizar novas tecnologias para o desenvolvimento dos processos produtivos do vestuário
Participar do desenvolvimento de, novos produtos e processos tecnológicos

Mudanças na educação profissional

Utilização de novas tecnologias inerentes ao desenvolvimento de produtos do vestuário


Uso e alimentação de banco de dados
Ampliação do desenvolvimento de competências sociais, organizativas e metodológicas que favoreçam a
resiliência, criatividade, proatividade e autoregulação do trabalho
Uso de ambientes virtuais e interativos de aprendizagem
Sala de Aula invertida
Uso de ambientes colaborativos que favoreçam a experimentação e interação entre diversas áreas do
conhecimento

Mudanças nos fatores tecnológicos, organizacionais e econômicos

Responsabilidade socioambiental: governança da cadeia de valor sustentável, ecoinovação e ecodesign e


adesão à produção com tecnologias limpas
Valorização do capital intelectual
Inovações tecnológicas aplicadas ao segmento têxtil (materiais e insumos em geral)
Criatividade na solução de problemas
Aumento da Produtividade, qualidade e redução de custos
Pesquisa e inovação
Manufatura Social (participação do cliente no processo produtivo)
Smart Consumer experience (co-criação de valor, preocupação com valor agregado ao produto)

Atividades que tendem a manter a importância

Realizar a integração de informações entre os setores


Organização e métodos de trabalho

Atividades que tendem a ganhar importância

Empreendedorismo
Atividade híbrida manual e com uso de softwares de programas específicos dentre outras tecnologias
emergentes
Realizar atividades nos diferentes sistemas e tecnologias emergentes

Inovações tecnológicas de processo que poderão se difundir no Brasil nos próximos 5 e 10 anos

Integração de sistemas mecânicos e automáticos


Tecnologia de comunicação de dados sem fio
Sistemas para a otimização de eficiência energética
142
Sistemas de medição antropométrica com uso de novas tecnologias
Minifábricas modulares, flexíveis e automatizadas para produção verticalizada personalizadas
Novos sistemas de multiplexagem
Realidade virtual e aumentada
Sistemas automatizados/informatizados para realização de diagnósticos
Manufatura 4.0: Tais como novas tecnologias de conectividades, big data, infotainment
Impressão em 3D e 4D impressão digital
E-commerce
Online: sistemas de controle de qualidade / vendas e estoques

Inovações Tecnológicas de produto que poderão se difundir no Brasil nos próximos 5 e 10 anos

Tecnologias vestíveis (wearable)


Roupas confeccionadas através da Impressão em 3D
Novos materiais poliméricos
Fios, filamentos e fibras / tecidos inteligentes

Novas técnicas de controle de qualidade e inspeção que poderão se difundir no setor, no Brasil, nos
próximos 5 e 10 anos

Sistemas para acompanhamento, via web pelo cliente, do processo de produção


Gestão da produção personalizada
Gestão da Qualidade total: foco no cliente, melhoria dos processos e envolvimento das pessoas
Sistemas de informação tecnológica em nuvem

Formação Profissional Relacionada à Ocupação

Curso Superior de Tecnologia em Produção Têxtil


Curso Técnico em modelagem do vestuário
Curso Técnico em Vestuário
Curso Técnico Têxtil
Design em Moda
Tecnólogo em Design de Moda

Indicação de Conhecimentos Referentes ao Perfil Profissional

Conhecimentos
Normas Técnicas e
Regulamentadoras aplicadas à
manutenção de máquinas
UC1 : Costurar peças do vestuário em máquinas industriais, industriais de costura
respeitando procedimentos e normas técnicas, de qualidade, Estudos de Tempos e
produtividade, ergonomia, saúde e segurança do trabalho e Movimentos
sustentabilidade Costuras Industriais
Documentos Técnicos

143
Máquinas Industriais de Costura
Manutenção Básica de Máquinas
Industriais de Costura

144
Desenho curricular
Resumo da Organização Curricular

Carga Horária
Módulos Unidades Curriculares Carga Horária
do Módulo

Ciências Aplicadas Do Vestuário 30 h

BÁSICO 42 h
Terminologias e Simbologias Técnicas do
12 h
Vestuário

INTRODUTÓRIO Tecnologia da Confecção 20 h 20 h

Manutenção Básica de Máquinas e Equipamentos


8h
de Costura
ESPECÍFICO 138 h

Operação de Máquinas de Costura 130 h

TOTAL 200h

145
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: COSTUREIRO INDUSTRIAL DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: Ciências Aplicadas Do Vestuário

Carga Horária: 30h

Unidades de Competência:

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas para aplicar os fundamentos matemáticos e comunicar-se nas formas escrita e
oral, empregando recursos computacionais

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Competência Padrão de Desempenho Capacidades Técnicas Conhecimentos

Capacidades Técnicas

Fundamentos Técnicos Científicos

Aplicar os princípios, padrões e normas da linguagem culta na comunicação oral e na


elaboração de diferentes tipos de textos técnicos e comerciais
Aplicar os princípios da informática na elaboração de textos básicos, apresentações,
pesquisas e planilhas
Interpretar dados e informações de textos técnicos básicos em português (normas,
procedimentos, manuais, planilhas, relatórios, catálogos e desenho técnicos)
relacionados ao vestuário.
Aplicar os fundamentos matemáticos para conversão de medidas, cálculos de perímetro,
área, razão e proporção, regra de três, massa, volume e gramatura e operações básicas
de soma, subtração, multiplicação e divisão

Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas

Capacidades Sociais

Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas


Posicionar-se com ética em relação a situações e contextos apresentados

Capacidades Organizativas

Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e meio ambiente como


requisitos para a organização de ambientes de trabalho
Reconhecer a importância dos princípios da qualidade no desenvolvimento das
atividades profissionais
Reconhecer os princípios de profissionalismo no desenvolvimento das atividades sob a
sua responsabilidade
146
Capacidades Metodológicas

Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de formação de uma atitude


empreendedora

147
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Sala de aula
Ambientes Pedagógicos
Laboratório de informática

Biblioteca
Material Didático Livros
Apostila

Tablet
Quadro branco
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Projetor multimídia
Ferramentas Computador com pacote de escritório e acesso à
internet
Tela de projeção

Normas e publicações
Recursos didáticos
Sites e aplicativos

148
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: COSTUREIRO INDUSTRIAL DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: Terminologias e Simbologias Técnicas do Vestuário

Carga Horária: 12h

Unidades de Competência:

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas requeridas para compreensão das nomenclaturas e representações do
vestuário

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Competência Padrão de Desempenho Capacidades Técnicas Conhecimentos

Capacidades Técnicas

Fundamentos Técnicos Científicos

Identificar terminologia e simbologias técnicas do vestuário aplicadas a confecção de


produtos do vestuário
Reconhecer as formas de representação gráfica e visual aplicadas ao desenvolvimento
de produto e processos da confecção de produtos do vestuário

Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas

Capacidades Organizativas

Reconhecer os princípios da organização no desenvolvimento das atividades sob a sua


responsabilidade
Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e meio ambiente como
requisitos para a organização de ambientes de trabalho
Reconhecer o conceito e a importância da visão sistêmica no desenvolvimento das
atividades profissionais

Capacidades Sociais

Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas


Identificar os conceitos básicos acerca da ética nas ações e nas relações
interpessoais

Capacidades Metodológicas

Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de inovação

149
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Ambientes Pedagógicos Laboratório de informática
Sala de aula

Apostilas
Material Didático
Livros

Projetor multimídia
Quadro branco
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Tela de projeção
Ferramentas Computador com pacote de escritório e acesso à
internet
Tablet

Normas
Sites
Recursos didáticos
Aplicativos
Publicações

150
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: INTRODUTÓRIO

Perfil Profissional: COSTUREIRO INDUSTRIAL DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: Tecnologia da Confecção

Carga Horária: 20h

Unidades de Competência:

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos, e capacidades sociais,


organizativas e metodológicas requeridas para compreensão cadeia produtiva do vestuário e dos processos
produtivos e tecnológicos aplicados a indústria do vestuário

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Competência Padrão de Desempenho Capacidades Técnicas Conhecimentos

Capacidades Técnicas

Fundamentos Técnicos Científicos

Identificar tipos, características e aplicabilidade das matérias primas para confecção de


produtos do vestuário
Identificar tipos e funcionalidades de máquinas, equipamentos, aparelhos e acessórios
aplicados a confecção de produtos do vestuário
Reconhecer os diferentes tipos de aparelhos, acessórios, ferramentas e instrumentos
utilizados na confecção de produtos do vestuário
Reconhecer os processos de confecção do vestuário

Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas

Capacidades Sociais

Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas


Posicionar-se com ética em relação a situações e contextos apresentados

Capacidades Organizativas

Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e meio ambiente como


requisitos para a organização de ambientes de trabalho
Reconhecer os princípios de profissionalismo no desenvolvimento das atividades sob a
sua responsabilidade.
Reconhecer a importância dos princípios da qualidade no desenvolvimento das
atividades profissionais

Capacidades Metodológicas

151
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de formação de uma atitude
empreendedora

152
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Ambientes Pedagógicos Sala de aula
Laboratório de informática

Projetor multimídia
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Computador com pacote de escritório e acesso à
Ferramentas internet
Tablet

Tela de projeção
Equipamentos, Ferramentas e Instrumentos
Quadro branco

Sites e aplicativos
Recursos didáticos Apostilas e livros
Normas e publicações

153
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO

Perfil Profissional: COSTUREIRO INDUSTRIAL DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: Manutenção Básica de Máquinas e Equipamentos de Costura

Carga Horária: 8h

Unidades de Competência:

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de capacidades técnicas e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas requeridas para realizar a manutenção básica em máquinas de costura e seus
respectivos componentes, seguindo normas técnicas, de qualidade, segurança e sustentabilidade.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Competência Padrão de Desempenho Capacidades Técnicas Conhecimentos

Capacidades Técnicas

Interpretar os dados do painel da máquina, correlacionando-os com os tipos de defeitos


estabelecido nos manuais técnicos das Máquinas Industriais de costura
Identificar os procedimentos de descarte de resíduos sólidos aplicáveis a manutenção de
máquinas industriais do vestuário
Identificar irregularidades no funcionamento da máquina em função de defeitos
apresentados na confecção de produtos do vestuário
Identificar os padrões de qualidade e sustentabilidade estabelecidos pela empresa e ou
marca
Seguindo procedimentos para substituição de componentes, acessórios e aparelhos
defeituosos
Identificar os procedimentos de manutenção básica específicos de cada máquina
Reconhecer os riscos existentes na manutenção de máquinas industriais para confecção
de peças do vestuário
Reconhecer os métodos operacionais específicos de cada máquina
Identificar nas Normas Técnicas e Regulamentadoras os requisitos aplicáveis à
manutenção de máquinas industrias de costura

Fundamentos Técnicos Científicos

Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas

Capacidades Sociais

Reconhecer os princípios básico de higiene aplicados ao contexto de trabalho


Lidar com as relações de poder e hierarquia no contexto profissional
Demonstrar atitudes éticas na conduta pessoal e profissional organizativa

154
Capacidades Organizativas

Reconhecer a importância do seu trabalho no contexto da organização, considerando


os impactos das suas atividades nos resultados dos produtos e serviços da empresa.
Aplicar os princípios de organização no seu posto trabalho

Capacidades Metodológicas

Reconhecer a importância da atitude proativa como característica fundamental e


requisito de um bom profissional

155
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Sala de Costura
Laboratório de informática
Ambientes Pedagógicos
Biblioteca
Sala de aula

Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)


Instrumentos de medição
Kit de passadoria
EPIs e EPCs
Ferramentas de Costura
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Ferramentas de Manutenção de Máquinas Industriais
Ferramentas de Costura
Aparelhos e acessórios
Tablet
Computadores com acesso a internet
Máquinas de Costura
Calculadora

Normas
Material de Consumo(Matéria Prima, aviamentos e
insumos)
Manuais de produtos e Máquinas
Materiais
Aplicativos
Sites
Publicações
Apostila e livros

156
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO

Perfil Profissional: COSTUREIRO INDUSTRIAL DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: Operação de Máquinas de Costura

Carga Horária: 130h

Unidades de Competência:

UC1 : Costurar peças do vestuário em máquinas industriais, respeitando procedimentos e normas técnicas, de
qualidade, produtividade, ergonomia, saúde e segurança do trabalho e sustentabilidade

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de capacidades técnicas e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas requeridas para realizar a preparação e operação de máquinas de costura e
seus respectivos componentes, seguindo normas técnicas, de qualidade, segurança e sustentabilidade.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Desempenho Capacidades Conhecimentos


Competência Técnicas

1 .1 Preparar 1.1 .1 Seguindo - Reconhecer os


Máquinas procedimentos e normas 1. MÁQUINAS INDUSTRIAIS
riscos existentes na
industriais técnicas, de qualidade, DE COSTURA
manutenção de
para ergonomia, saúde e segurança 1.1 Tipos e
máquinas industriais
operação do trabalho e sustentabilidade para confecção de Aplicabilidade
1.2 Componentes da
peças do vestuário
Máquina
- Identificar nas 1.3 Acessórios
Normas Técnicas e 1.4 Preparação de
Regulamentadoras os Máquina para costura
requisitos aplicáveis 1.4.1
à preparação de Ferramentas
máquinas industrias 1.4.2 Passamento
de costura de linha
1.4.3
Carregamento de
bobinas
1.1 .2 Considerando as - Aplicar parâmetros 1.4.4 Agulhas:
informações da Ficha de regulagem dos Classsificação e
Técnica\Produção e ou Peça Aplicabilidade
aparelhos e
Piloto, relativas aos acessórios nos 1.4.5 regulagem
parâmetros de ajustes dos de ponto
diferentes
maquinários, ferramentas, maquinários 1.5 Métodos
acessórios, aparelhos e Operacionais
industriais de
instrumentos, e às costuras, em função 1.6 Pontos de costura
características dos materiais das especificações 1.6.1 Tipos
que serão utilizados para 1.6.2
confecção do produto final. Classificação

157
(regulagens, lubrificação, troca da Ficha 1.6.3 Aplicações
de agulha, seleção da linha e Técnica\Produção e 2. COSTURAS INDUSTRIAIS
fio,dentre outros) ou Peça Piloto 2.1 tipos
2.2 Aplicabilidade
- Fixar os aparelhos e
2.3 Acabamentos
acessórios nos
2.4 Aparelhos
diferentes
2.4.1 Tipos
maquinários
2.4.2 Finalidades
industriais de
2.4.3 regulagens
costuras, em função
2.5 Movimentos
das especificações
Operacionais
da Ficha
2.6 Estudos de tempos
Técnica\Produção e
e movimentos
ou Peça Piloto
2.6.1
- Aplicar os Cronometragem
procedimentos de 3. ESTUDOS DE TEMPOS E
passagem de linha e MOVIMENTOS
fio de acordo com as 3.1 Cronometragem
indicações técnicas 3.1.1 Definição
de cada máquina 3.1.2 Tipos:
Contínua,
- Reconhecer os acumulada,
parâmetros de repetitiva
ajustes de máquinas, 3.1.3
através da análise da Terminologia
Ficha 4. DOCUMENTOS
Técnica\Produção e TÉCNICOS
ou Peça Piloto 4.1 Definição
4.2 Tipos
- Selecionar no painel
4.2.1 Ficha
e ou cabeçote da
Técnica/Produção
máquina os
4.2.2 Sequencia
parâmetros de
operacional
regulagem
4.2.3
necessários em
Balanceamento
função da Ficha
da produção
Técnica\Produção e
4.2.4 Ordem de
ou Peça Piloto
produção
- Interpretar os dados 5. NORMAS TÉCNICAS E
do painel da REGULAMENTADORAS
máquina, APLICADAS AO
correlacionando-os PROCESSO DE COSTURA
com as informações INDUSTRIAL
da Ficha 5.1 Qualidade
Técnica\Produção e 5.2 Segurança
ou Peça Piloto 5.3 Sustentabilidade
6. RELAÇÕES
- Reconhecer os INSTITUCIONAIS VERTICAIS
métodos E HORIZONTAIS
158
operacionais 6.1 Relação com pares
específicos de cada 6.2 Relação com
máquina Lideres
6.3 Relação com
1 .2 Operar 1.2 .1 Seguindo - Identificar nas clientes internos e
Máquinas procedimentos e normas Normas Técnicas e externos
industriais técnicas, de qualidade, Regulamentadoras os 6.4 Relação com
para costura ergonomia, saúde e segurança requisitos aplicáveis subordinados
de peças do do trabalho e sustentabilidade à operação de 7. VISÃO FUNCIONAL DO
vestuário (evitar desperdícios de máquinas industrias TRABALHO INDIVIDUAL
recursos) 7.1 A empresa como
de costura
organismo vivo
- Reconhecer os
riscos existentes na
operação de
máquinas industriais
para confecção de
peças do vestuário

- Identificar os
padrões de qualidade
e sustentabilidade
estabelecidos pela
empresa e ou marca

1.2 .2 Considerando a - Reconhecer os


sequência operacional tempos
estabelecida no estabelecidos na
balanceamento e ou Ficha Sequência
Técnica\Produção Operacional para
atendimentos das
metas de produção
da empresa

- Seguir os
movimentos
operacionais pré-
estabelecidos pela
engenharia industrial
para cada operação
em função da matéria
prima \ produto final

- Identificar, na ficha
Técnica\Produção e
ou Peça Piloto a

159
sequência
Operacional a ser
utilizada

- Aplicar os métodos
operacionais
específicos de cada
máquina em função
das características do
produto a ser
produzido

- Reconhecer os
métodos
operacionais
específicos de cada
máquina

Fundamentos Técnicos Científicos

Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas

Capacidades Sociais

Demonstrar atitudes éticas na conduta pessoal e profissional


Organizativa
Reconhecer os princípios básico de higiene aplicados ao contexto
de trabalho
Lidar com as relações de poder e hierarquia no contexto
profissional

Capacidades Organizativas

Reconhecer a importância do seu trabalho no contexto da


organização, considerando os impactos das suas atividades nos
resultados dos produtos e serviços da empresa.
Aplicar os princípios de organização no seu posto trabalho

Capacidades Metodológicas

Reconhecer a importância da atitude proativa como característica


fundamental e requisito de um bom profissional

160
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Sala de aula, Laboratório de informática, Biblioteca


Ambientes Pedagógicos
Sala de Costura

Computadores com acesso a internet


tablet
Calculadora
Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)
Máquina de costura
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Instrumentos de medição
Ferramentas Kit de passadoria
EPIs e EPCs
Ferramentas de Costura
Ferramentas de Manutenção de Máquinas Industriais
de Costura
Aparelhos e acessórios

Livros
Apostilas.
Sites
Aplicativos
Materiais
Normas
Material de Consumo(Matéria Prima, aviamentos e
insumos)
Manuais de produtos e Máquinas

INFORMAÇÕES SOBRE A VERSÃO DA OCUPAÇÃO

Data de Validação 28/09/2017

Data de Validade 31/12/2022

Rio de
Local
Janeiro

161
7. TÉCNICO EM VESTUÁRIO

Identificação da ocupação

Ocupação TÉCNICO EM VESTUÁRIO CBO 3191-10

EDUCAÇÃO Educação Profissional Técnica de Nível


C.H MÍNIMA 1200h
PROFISSIONAL Médio

NÍVEL DA
3 EIXO TECNOLÓGICO Produção Industrial
QUALIFICAÇÃO

ÁREA Confecção de artigos do vestuário e


Vestuário SEGMENTO TECNOLÓGICO
TECNOLÓGICA acessórios

Implementar e supervisionar o processo produtivo do vestuário e apoiar o desenvolvimento


COMPETÊNCIA de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela empresa,
GERAL seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da
qualidade e de sustentabilidade

REQUISITOS
Cursando o 2º Ano do Ensino Médio ou ter concluído.
DE ACESSO

Relação das Unidades de Competência

Implementar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões


Unidade de Competência 1 estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança
do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade

Supervisionar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões


Unidade de Competência 2 estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança
do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade

Participar do desenvolvimento de produtos do vestuário de acordo com os


Unidade de Competência 3 padrões estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e
segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade

162
Descrição das Unidades de Competência

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 1
Implementar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da
qualidade e de sustentabilidade

Elementos de
Padrões de Desempenho
Competência

Atendendo aos procedimentos de registro de informações estabelecidos pela


empresa (elaborar Ficha Técnica\ de Produção)
Considerando as Normas Técnicas e de Regulamentação de produtos do vestuário
Obter informações Considerando as especificações técnicas das matérias primas, aviamentos,
sobre o produto máquinas, equipamentos e acessórios de acordo com as especificações do
fornecedor\fabricante
Considerando as informações da ficha técnica/ desenvolvimento do produto e da
peça piloto e seus respectivos acabamentos

Elaborando balanceamento da produção


Organizar o fluxo
Considerando as informações da Ordem de Produção, Peça Piloto e Ficha
operacional
Técnica/Produção

Considerando as Normas Técnicas e Regulamentadoras e as práticas da empresa


Promover ações
relativas a sustentabilidade
de produção
Considerando as técnicas de otimização dos processos da produção para redução
sustentável
do desperdício de recursos (matéria prima, utilidades, tempo, pessoas...)

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 2
Supervisionar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da
qualidade e de sustentabilidade

Elementos de
Padrões de Desempenho
Competência

Controlar a Garantindo o cumprimento de Normas Técnicas e Regulamentadoras da produção


Qualidade da de produtos do vestuário
produção de Monitorando os indicadores de Qualidade estabelecidos pela empresa
produtos do Atendendo aos critérios técnicos de Qualidade estabelecidos pela empresa, pela
vestuário marca, na Ordem de Produção, Peça Piloto e ou Ficha Técnica/Produção

Garantindo o atendimento das Normas Regulamentadoras relativas à ergonomia


Garantindo o bom clima organizacional setorial
Gerenciar equipes Considerando a necessidade de treinamento identificada na equipe em função dos
163
de trabalho novos produtos e novas tecnologias e ou novas contratações
Garantindo o desempenho da equipe de trabalho em função dos indicadores de
produtividade estabelecidos pela empresa

Garantindo o cumprimento de procedimentos, Normas Técnicas e


Controlar os
Regulamentadoras, de saúde e segurança do trabalho e de sustentabilidade.
processos
(promove ações para sensibilização acerca de saúde e segurança, orienta quanto
produtivos de
as normas internas de saúde e segurança, orientar quanto ao descarte de materiais,
produtos do
otimizando desperdícios
vestuário:
Garantindo o atendimento das informações da Ordem de Produção
modelagem, corte
Garantindo o atendimento da Sequência Operacional do processo produtivo
e costura
Monitorando os indicadores de desempenho estabelecidos pelo PCP

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 3
Participar do desenvolvimento de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da
qualidade e de sustentabilidade

Elementos de Competência Padrões de Desempenho

Considerando as novas tecnologias disponíveis


Considerando as técnicas de otimização dos processos da produção para
Integrar as ações de redução do desperdício de recursos (matéria prima, utilidades, tempo,
desenvolvimento com o pessoas...)
processo produtivo Considerando a viabilidade técnica de produção do novo produto em função
dos critérios estabelecidos pela empresa (qualidade, produtividade,
eficiência, custo...)

Garantindo a viabilidade de produção do protótipo em função das


Apoiar a equipe de informações da Ficha Técnica/ Desenvolvimento e da estrutura operacional
desenvolvimento na interna e ou externa
construção do protótipo Atendendo aos procedimentos de registro de informações estabelecidos
pela empresa

164
Competências de Gestão

Apresentar postura proativa e atitude inovadora e empreendedora, atualizando-se continuamente e


adaptando-se, com criatividade, às mudanças tecnológicas, organizativas e profissionais
Apresentar, no planejamento e no desenvolvimento das suas atividades profissionais, uma postura de
respeito, comprometimento, responsabilidade, engajamento, atenção, disciplina, organização, precisão e
zelo
Atuar na orientação de equipes de trabalho, comunicando-se profissionalmente, orientando e capacitando
colaboradores, interagindo e cooperando com os integrantes dos diferentes níveis hierárquicos da empresa
Atuar profissionalmente, cumprindo os princípios de higiene e saúde, os procedimentos de qualidade e de
meio ambiente e as normas de segurança aplicáveis às atividades sob a sua responsabilidade
Estabelecer relacionamento profissional com instâncias externas e internas
Ser ético na conduta pessoal e profissional
Ser flexível, adaptando-se às diretrizes, normas e procedimentos da empresa, de forma a assegurar a
qualidade técnica de produtos e serviços
Ter visão sistêmica, considerando conjuntamente os aspectos técnicos, sociais, econômicos, tecnológicos e
de qualidade aplicáveis às atividades sob a sua responsabilidade

Contexto de Trabalho da Ocupação

Meios de Produção

Máquinas e Equipamentos

Máquinas e equipamentos para processos de modelagem, corte, preparação, costura, lavanderia e


acabamento
Máquinas e equipamentos de enobrecimentos têxteis
Sensores e atuadores integrados em rede, conectando produtos e processos
Simuladores táteis e scanners para medição antropométrica
Mesa de Corte
Computadores e Tablet

Ferramentas e Instrumentos

Instrumentos de medição lineares


Instrumentos de medição de tempo
Ferramentas manuais para desenho, modelagem, corte e costura
Ferramenta de gestão
Acessórios, aparelhos e gabaritos para máquinas

Meios de Produção ou Tratamento da Informação

Softwares de controle e programação - gestão


Softwares de simulação
Softwares de representação gráfica, CADs (Desenho e Modelagem) e CAM

Materias de Utilização Habitual

Matérias-primas para testes e ensaios


Catálogos de produtos e máquinas
165
Publicações do setor e de áreas afins
Cartelas de cores
Normas técnicas e regulamentadoras
Matérias-primas para a confecção do vestuário

Métodos e Técnicas de Trabalho

Análise de materiais
Análise e acompanhamento da Terceirização, subcontratação, contratação temporária, facção
Analise e acompanhamento de custos
Análise e acompanhamento de fluxo de produção e suprimentos
Gestão da qualidade
Gestão de materiais
Gestão de pessoas
Planejamento, programação e controle da produção – PPCP
Racionalização de produção (tempos e métodos)
Sistema de gestão socioambiental – sustentabilidade
Sistemas de produção em célula, em linha e misto
Técnicas de comunicação oral e escrita
Técnicas de confecção
Técnicas de corte
Técnicas de modelagem tridimensional e bidimensional
Viabilização da produção de acordo com o tipo de comercialização

Condições de Trabalho

Condições ambientais

Ambientes internos e externos, com variabilidades de postos de trabalho

Turnos e horários

Possibilidade de trabalho autônomo


Flexibilidade de trabalho em turnos e sazonalidade
Horários variados e flexíveis

Riscos profissionais

Riscos químicos: Exposição a produtos químicos, vapores e gases


Riscos físicos: Risco de cortes pelo manuseio de equipamentos pontiagudos, laser e cortantes; problemas
oculares por inadequação da luminosidade. Riscos de problemas de audição, Riscos de problemas
respiratórios e dermatológicos por conta do contato com poeiras e resíduos sólidos

Equipamentos de Segurança

EPCs (Equipamentos de Proteção Coletiva) de acordo com a atividade a ser executada e riscos presentes
no local de trabalho
EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) de acordo com a atividade a ser executada e indicações do
166
manual de serviços

Posições no Processo Produtivo

Contexto Profissional

Situação de emprego: vínculo formal através da CLT, prestador de serviço e/ ou empreendedor como pessoa
jurídica
A atividade do Técnico em Vestuário é desenvolvida em Indústria de vestuário e afins de diferentes portes,
segmentos e níveis tecnológicos

Contexto Funcional e Tecnológico

As atividades do profissional Técnico em Vestuário, consistem, basicamente, em trabalhos de planejamento


e controle de processos de produção de produtos do vestuário. Avalia e busca melhorias quanto ao processo
de produção do vestuário. Coordena e capacita equipes de trabalho no nível operacional. Controla o registro
de informações, relacionando a área de criação e de desenvolvimento técnico do produto. Quando em
empresas, o técnico está em condição de dependência hierárquica, com grau médio/alto de
responsabilidade e autonomia no desempenho de suas atividades

Possíveis Saídas para o Mercado de Trabalho

Instrutor Técnico do Vestuário


Supervisor de produção
Supervisor de Qualidade
Analista de Produto e Qualidade no Varejo
Analista de Produto Técnico de Varejo
Cronometrista

Evoluções da Ocupação

Mudanças nos fatores tecnológicos, organizacionais e econômicos: Responsabilidade socioambiental e


Sustentabilidade; Evolução das matérias-primas; Evolução dos meios tecnológicos; Valorização do capital
intelectual; Criatividade na solução de problemas; Produtividade e redução de custos; Pesquisa e inovação;
Evolução da gestão de pessoas; Manufatura Social (participação do cliente no processo produtivo)
Mudanças nas atividades profissionais: Participar da avaliação da área de novas tecnologias empregadas
no processo produtivo; Exercer, com visão sistêmica, múltiplas funções, cumprindo os aspectos ambientais,
sociais e de segurança; Autodesenvolvimento e atualização tecnológica; Integrar as novas tecnologias às
rotinas de trabalho
Atividades que tendem a manter a importância: Controlar a qualidade, eficiência e a produtividade de
colaboradores do nível operacional; Organizar os métodos de trabalho; Realizar a integração de informações
entre os setores; Elaborar e preencher documentos técnicos relativos a sua área de atuação; Relações
Interpessoais – motivação e liderança
Atividades que tendem a ganhar importância: Prospectar soluções para problemas identificados no processo
produtivo do vestuário; Realizar ações preventivas e de potencialização do processo produtivo do vestuário;
Engenharia no desenvolvimento, melhoria e teste de produtos e processos tecnológicos; Acompanhar o
167
processo de desenvolvimento do produto para otimizar o processo de produção; Elaborar e preencher
documentos técnicos relativos a sua área de atuação; Alimentar e interpretar os dados do sistemas de
gestão, relativos ao produto e ao processo produtivo
Atividades que tendem a perder importância: Gestão analógica dos processos
Atividades novas: Apoiar a implementação de estratégias conscientes para uso racional de recursos, de
acordo com os conceitos de sustentabilidade; Trabalhar junto com designer gráfico para elaboração de
protótipos digitais; Utilizar novas tecnologias para gerir e desenvolver os processos produtivos do vestuário
Mudanças na educação profissional: Uso de ambientes virtuais e interativos de aprendizagem; Uso,
alimentação e interpretação de banco de dados; Utilização de novas tecnologias inerentes ao
desenvolvimento de produtos do vestuário; Uso de ambientes colaborativos que favoreçam a experimentação
e interação entre diversas áreas do conhecimento; Sala de Aula invertida; Ampliação do desenvolvimento de
competências sociais, organizativas e metodológicas que favoreçam a resiliência, criatividade, proatividade
e autorregulação do trabalho; Ênfase no trabalho com gestão de pessoas, novas técnicas de motivação e
liderança
Inovações tecnológicas de processo que poderão se difundir no Brasil nos próximos 5 e 10 anos: Realidade
virtual e aumentada; Manufatura 4.0: Tais como novas tecnologias de conectividades, big data, infotainment;
Impressão em 3D e 4D e impressão digital; E-commerce; Online: sistemas de controle de qualidade / vendas
e estoques; Integração de sistemas mecânicos e automáticos; Tecnologia de comunicação de dados sem
fio; Sistemas para a otimização de eficiência energética; Sistemas automatizados/informatizados para
realização de diagnósticos; Sistemas de medição antropométrica com uso de novas tecnologias;
Minifábricas modulares, flexíveis e automatizadas para produção verticalizada personalizadas; Novos
sistemas de multiplexagem (Sistema Ciberfísico)
Inovações Tecnológicas de produto que poderão se difundir no Brasil nos próximos 5 e 10 anos: Fios,
filamentos e fibras / tecidos inteligentes; Tecnologias vestíveis (wearable); Roupas confeccionadas através da
Impressão em 3D e 4D; Novos materiais poliméricos
Novas técnicas de controle de qualidade e inspeção que poderão se difundir no setor, no Brasil, nos
próximos 5 e 10 anos: Processo de logística reversa para produtos agressivos ao meio ambiente (resíduos
de óleos, embalagens etc); Processos compartilhados de logística e estoque (redes); Sistemas de
informação tecnológica em nuvem; Sistemas para acompanhamento, via web pelo cliente, do processo de
produção; Gestão da produção personalizada; Gestão da Qualidade total: foco no cliente, melhoria dos
processos e envolvimento das pessoas; Sistemas de rastreabilidade da manutenção; Procedimentos de auto
teste para verificação de falhas antes do início das etapas operacionais; Difusão da economia circular;
Controle de resíduos químicos na construção do produto (desde o insumo até o produto final)

Formação Profissional Relacionada à Ocupação

Bacharelado em Design – Habilitação Moda


Curso Superior de Tecnologia em Produção Têxtil
Curso Superior em Administração
Curso Superior em Figurino e Indumentária
Curso Técnico em Modelagem
Curso Técnico em Produção de Moda
Curso Técnico Têxtil
Engenharia de produção
Engenharia Têxtil
Tecnólogo em Design de Moda
168
Indicação de Conhecimentos Referentes ao Perfil Profissional

Conhecimentos
Documentação
Técnica
UC1 : Implementar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões Novas Tecnologias
estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do Simbologia e
trabalho, princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade Terminologias
Normas Técnicas
e
Regulamentadoras

Conhecimentos
Normas Técnicas
e
Regulamentadoras
Processos de
Modelagem
Processos de
UC2 : Supervisionar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões Corte
estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do Processos de
trabalho, princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade Costura
Máquinas e
Equipamentos de
modelagem, corte
e Costura
Acabamentos
Gestão da
Qualidade Total

Conhecimentos
Novas Tecnologias
UC3 : Participar do desenvolvimento de produtos do vestuário de acordo com os Documentação
padrões estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e Técnica
segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade Normas
Regulamentadoras
Prototipagem

Identificação das Ocupações Intermediárias

OCUPAÇÃO Inspetor da Qualidade de Produtos e Processos do Vestuário

169
CBO 391205

Competência Geral:

Inspecionar a Qualidade da produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e
de sustentabilidade

Unidades de Competência que agrupa:

U.C.1:

Implementar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela


empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da
qualidade e de sustentabilidade

U.C.2:

Supervisionar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela


empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da
qualidade e de sustentabilidade

170
Desenho curricular
Resumo da Organização Curricular

Carga Horária
Módulos Unidades Curriculares Carga Horária
do Módulo

FUNDAMENTOS DA MODA 60 h

QUALIDADE, SAÚDE, MEIO AMBIENTE E


BÁSICO 20 h 150 h
SEGURANÇA

TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO 70 h

FUNDAMENTOS DA PRODUÇÃO DO
INTRODUTÓRIO 100 h 100 h
VESTUÁRIO

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE PRODUTOS E


130 h
PROCESSOS DO VESTUÁRIO

ESPECÍFICO I PROCESSOS PRODUTIVOS DO VESTUÁRIO - 400 h


250 h
MODELAGEM, CORTE E COSTURA

PRÉ-PROJETO I 20 h

Gestão de Equipes de Trabalho 80 h

GESTÃO DOS PROCESSOS PRODUTIVOS DO


ESPECÍFICO II 120 h 260 h
VESTUÁRIO E INSPEÇÃO DA QUALIDADE

PRÉ-PROJETO II 60 h

Análise Técnica de Desenvolvimento de Produto 70 h

TECNOLOGIAS E INOVAÇÕES APLICADAS AO


ESPECÍFICO III 120 h 290 h
PROCESSO DE PRODUÇÃO DO VESTUÁRIO

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 100 h

TOTAL 1200h

171
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: TÉCNICO EM VESTUÁRIO

Unidade Curricular: FUNDAMENTOS DA MODA

Carga Horária: 60h

Unidades de Competência:

UC1 : Implementar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade
UC2 : Supervisionar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade
UC3 : Participar do desenvolvimento de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas requeridas para compreensão da história da moda, das influências dos
aspectos sociais, políticos, econômicos e culturais nas características e estilos de cada época e da cadeia
produtiva da moda

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. SISTEMAS DA MODA


1.1 Alta costura
1.2 Prêt-à-porter
Fundamentos Técnicos Científicos
1.3 Fast fashion
1.4 Slow fashion
Identificar os diversos sistemas e segmentos de mercado da 2. HISTÓRIA DA MODA
moda 2.1 Séc. XIX aos dias
Identificar na historia da moda a influencia dos aspectos sociais, atuais
políticos, econômicos e culturais nas características e estilos de 2.1.1 Aspectos
cada época sociais, políticos e
Reconhecer novas tecnologias e suas aplicabilidades na cadeia econômicos
produtiva da moda 2.1.2 Aspectos
Identificar terminologias da moda estéticos
3. CICLO DA MODA
3.1 Definição
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas 3.2 Etapas
3.2.1 Pesquisa
Capacidades Organizativas 3.2.2 Produção
3.2.3 Lançamento
Reconhecer os princípios da organização no desenvolvimento
172
das atividades sob a sua responsabilidade 3.2.4 Maturidade
Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e 3.2.5 Declínio
meio ambiente como requisitos para a organização de 4. MODA E MERCADO
ambientes de trabalho 4.1 Segmentos de
Reconhecer o conceito e a importância da visão sistêmica no mercado
desenvolvimento das atividades profissionais 4.2 Público-alvo
5. NOVAS TECNOLOGIAS
Capacidades Sociais APLICADAS À CADEIA

Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas PRODUTIVA DA MODA


5.1 Ênfases
Identificar os conceitos básicos acerca da ética nas ações e nas
relações interpessoais 5.1.1 Design
5.1.2 Novos
Capacidades Metodológicas Materiais
5.1.3 Confecção
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de 5.1.4 Confecção
inovação
5.1.5 Canais de
Comunicação e
Consumo
5.2 Definição
5.3 Princípios Básicos
5.4 Aplicabilidade
6. INOVAÇÃO
6.1 Definição
6.2 Inovação x melhoria
6.3 Visão inovadora
7. PESQUISA
7.1 Levantamento de
dados
7.2 Geração de
alternativas
8. CRIATIVIDADE
8.1 Definição
8.2 Estratégias
8.3 Técnicas

173
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Sala de aula
Ambientes Pedagógicos Biblioteca
Laboratório de informática

Apostilas
Material Didático
Livros

Quadro branco
Projetor multimídia
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Computador com pacote de escritório e acesso à
Ferramentas internet
tablet
Tela de projeção

Sites e aplicativos
Recursos didáticos
Normas e publicações

174
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: TÉCNICO EM VESTUÁRIO

Unidade Curricular: QUALIDADE, SAÚDE, MEIO AMBIENTE E SEGURANÇA

Carga Horária: 20h

Unidades de Competência:

UC1 : Implementar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade
UC2 : Supervisionar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade
UC3 : Participar do desenvolvimento de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas para assegurar o atendimento à procedimentos e normas técnicas, de
qualidade, de saúde e segurança e de meio ambiente

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. NORMAS


1.1 Definição
1.1.1 Normas
Fundamentos Técnicos Científicos
Regulamentadoras
1.1.2 Normas
Reconhecer tipos, características e utilização de EPIs e EPCs Técnicas
aplicáveis às atividades na cadeia produtiva do vestuário 1.2 Aplicação
Identificar nas Normas Técnicas e Regulamentadoras, os requisitos 2. SAÚDE E SEGURANÇA
de saúde e segurança do trabalho e de sustentabilidade aplicados à 2.1 Tipos de Acidente
cadeia produtiva do vestuário 2.2 Consequências dos
Reconhecer situações de risco à saúde, segurança e meio acidentes de trabalho
ambiente e as principais formas de proteção utilizadas na cadeia 2.2.1 Trabalhador
produtiva do vestuário 2.2.2 Empresa
2.2.3 País
2.3 Prevenção de
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas acidentes
2.4 Doenças
Capacidades Organizativas Ocupacionais
2.5 Tipos de riscos
Reconhecer os princípios da organização no desenvolvimento das
2.6 Mapa de risco
atividades sob a sua responsabilidade
175
Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e 2.7 Equipamentos de
meio ambiente como requisitos para a organização de ambientes Proteção Individual -
de trabalho EPIs e Coletiva - EPCs
Reconhecer o conceito e a importância da visão sistêmica no 2.8 Programas de
desenvolvimento das atividades profissionais segurança e saúde
2.8.1 Programa de
Capacidades Sociais Prevenção dos

Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas Riscos Ambientais


Identificar os conceitos básicos acerca da ética nas ações e nas – PPRA
relações interpessoais 2.8.2 Programa de
Controle Médico
Capacidades Metodológicas de Saúde
Ocupacional –
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de PCMSO
inovação 2.9 Noções de Primeiros
Socorros
2.10 Noções de
Prevenção e Combate a
Incêndio e desastres
3. MEIO AMBIENTE
3.1 Definição
3.2 Resíduos
3.3 Conselho Nacional
do Meio Ambiente -
CONAMA
3.3.1 Legislação
3.3.2 Resoluções
3.4 Plano de
Gerenciamento de
Resíduos - PGR
3.5 Impactos Ambientais
3.6 Riscos ambientais
4. SISTEMA DE GESTÃO
INTEGRADA – SGI
4.1 Definição
4.2 Gestão da Qualidade
4.2.1 Série
NBR/ISO 9000:
Definição,
Estrutura do
documento,
Aplicação
4.3 Gestão ambiental
4.3.1 Série
NBR/ISO 14000:
Definição,
Estrutura do
documento,
Aplicação
176
4.4 Gestão da segurança
4.4.1 NBR/ISO
18000: Definição,
Estrutura do
documento,
Aplicação
5. ORGANIZAÇÃO DE
AMBIENTES DE TRABALHO
5.1 Princípios de
organização
5.2 Organização de
ferramentas e
instrumentos: formas,
importância
5.3 Organização do
espaço de trabalho
6. VISÃO SISTÊMICA
6.1 Definição
6.2 Forças internas e
Externas

177
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Laboratório de informática
Ambientes Pedagógicos Sala de aula
Oficinas
Laboratórios didáticos

Quadro branco
Projetor multimídia
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e
Tela de projeção
Ferramentas
Computador com pacote de escritório e acesso à
internet

Apostilas
Livros
Recursos didáticos
Normas e publicações
Sites

178
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: TÉCNICO EM VESTUÁRIO

Unidade Curricular: TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO

Carga Horária: 70h

Unidades de Competência:

UC1 : Implementar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade
UC2 : Supervisionar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade
UC3 : Participar do desenvolvimento de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas para comunicar-se nas formas escrita e oral empregando recursos
computacionais, dentro do ambiente de trabalho, respeitando procedimentos e normas técnicas, de qualidade,
de saúde e segurança e de meio ambiente

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. COMUNICAÇÃO


1.1 Níveis da
hierarquia
Fundamentos Técnicos Científicos
1.2 Norma culta
2. DOCUMENTOS
Aplicar os princípios, padrões e normas da linguagem culta na 2.1 Relatórios
comunicação oral e na elaboração de diferentes tipos de textos técnicos e 2.2 Normas
comerciais 2.3 Comunicados
Aplicar os princípios da informática na elaboração de textos básicos, 2.4 Pareceres
apresentações, pesquisas e planilhas 2.5 Ordens de
Interpretar dados e informações de textos técnicos básicos em português serviço
e inglês (normas, procedimentos, manuais, planilhas, relatórios, catálogos 2.6 Permissão de
e desenho técnicos) relacionados ao vestuário trabalho
3. ESTRUTURA DE
TEXTOS
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas 3.1 Interpretação
3.2 Elaboração
Capacidades Organizativas 4. INFORMÁTICA
4.1 Editor de textos
Reconhecer os princípios da organização no desenvolvimento das
179
atividades sob a sua responsabilidade 4.1.1 Criar,
Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e meio abrir e salvar
ambiente como requisitos para a organização de ambientes de trabalho arquivos
Reconhecer o conceito e a importância da visão sistêmica no 4.1.2
desenvolvimento das atividades profissionais Formatar
páginas,
Capacidades Sociais parágrafos e
texto
Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas
Identificar os conceitos básicos acerca da ética nas ações e nas 4.1.3 Inserir
relações interpessoais objetos,
figuras e
Capacidades Metodológicas tabelas
4.1.4
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de inovação Correção
ortográfica
4.1.5
Marcadores
4.1.6 Índice
4.2 Editor de
apresentações
4.2.1 Criar,
abrir e salvar
arquivos
4.2.2 Inserir
objetos,
figuras e
tabelas
4.2.3
Formatar
slides
4.2.4 Animar
slides
4.3 Editor de
planilhas
eletrônicas
4.3.1 Criar,
abrir e salvar
arquivos
4.3.2
Formatar
células,
linhas e
colunas
4.3.3 Gerar
gráficos
4.3.4
Fórmulas
básicas
4.4 Pesquisas na
180
internet
4.4.1
Navegadores
da web
4.4.2 Sites
de pesquisa
4.4.3 Rede
social
4.4.4 Direito
autoral
4.4.5 Ética
4.4.6 E-mail
5. INGLÊS TÉCNICO
APLICADO AO
VESTUÁRIO
5.1 Verbetes
5.2 Uso do
dicionário
6. ÉTICA
6.1 Definição
6.2 Ética e Moral
6.3 Cidadania
6.4 Indivíduo e
Sociedade
6.5 Direitos e
deveres individuais
e coletivos
6.6 Direitos
Humanos
Universais
7. TRABALHO EM
EQUIPE
7.1 O
relacionamento
com os colegas de
equipe
7.2
Responsabilidades
individuais e
coletivas
7.3 Cooperação
7.4 Compromisso
com objetivos e
metas
8. ORGANIZAÇÃO E
DISCIPLINA NO
TRABALHO
8.1 Definição
8.2 Planejamento
181
8.3 Definição de
objetivos, metas e
prazos
8.4 Gestão Tempo
8.5 Monitoramento

182
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Ambientes Pedagógicos Sala de aula
Laboratório de informática

Projetor multimídia
Computador com pacote de escritório e acesso à
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e internet
Ferramentas tablet
Quadro branco
Tela de projeção

Apostilas
Livros
Recursos didáticos
Normas e publicações
Sites e aplicativos

183
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: INTRODUTÓRIO

Perfil Profissional: TÉCNICO EM VESTUÁRIO

Unidade Curricular: FUNDAMENTOS DA PRODUÇÃO DO VESTUÁRIO

Carga Horária: 100h

Unidades de Competência:

UC1 : Implementar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade
UC2 : Supervisionar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade
UC3 : Participar do desenvolvimento de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas requeridas para a produção de produtos do vestuário, respeitando
procedimentos e normas técnicas, de qualidade, de saúde e segurança e de meio ambiente

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. PROCESSOS DE


PRODUÇÃO DO
VESTUÁRIO
Fundamentos Técnicos Científicos
1.1 Definição
2. ETAPAS DO
Identificar terminologias e simbologias técnicas do vestuário aplicadas PROCESSO DE
aos processos de produção do vestuário PRODUÇÃO DO
Identificar tipos e funcionalidades de máquinas, equipamentos e VESTUÁRIO
acessórios aplicados à produção do vestuário 2.1 Planejamento
Identificar tipos, características e aplicabilidade das matérias primas e estratégico
aviamentos para produção do vestuário 2.1.1
Reconhecer as formas de representação gráfica e visual aplicadas ao Definição
desenvolvimento de produto e processos de produção do vestuário 2.1.2
Identificar as etapas do processo produtivo do vestuário com suas Atribuições
respectivas características e finalidades 2.2 Criação e
Reconhecer métodos e técnicas de produção (tipos de modelagem, tipos Desenvolvimento
de corte, tipos de costura, dentre outros) necessários ao processo de de produto
fabricação do produto identificado na Ficha Técnica/Desenvolvimento e 2.2.1
ou na peça piloto Definição
2.2.2

184
Atribuições
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas
2.3 Modelagem e
Prototipagem
Capacidades Sociais
2.3.1
Demonstrar atitudes éticas nas ações e nas relações interpessoais Definição
Reconhecer as diferentes características e comportamentos das 2.3.2
pessoas nos grupos e equipes. Atribuições
2.4 PPCP –
Capacidades Organizativas Planejamento
Tático e
Reconhecer os princípios de profissionalismo no desenvolvimento das
Operacional
atividades sob a sua responsabilidade.
2.4.1
Reconhecer os princípios básicos de higiene aplicados ao contexto de
Definição
trabalho
2.4.2
Reconhecer a importância dos aspectos técnicos e tecnológicos no
Atribuições
desenvolvimento das atividades profissionais
2.5 Processo de
Capacidades Metodológicas Corte
2.5.1
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de formação Definição
de uma atitude empreendedora 2.5.2
Atribuições
2.6 Processo de
Costura
2.6.1
Definição
2.6.2
Atribuições
2.7 Enobrecimento
2.7.1
Definição
2.7.2 Tipos
2.8 Acabamento e
Revisão
2.8.1
Definição
2.8.2 Tipos
2.9
Armazenamento e
distribuição
2.9.1
Definição
2.9.2
Atribuições
3. MATÉRIAS-PRIMAS E
AVIAMENTOS
3.1 Materiais
Têxteis
3.1.1
Terminologia
185
e Simbologia
3.1.2
Nomenclatura
3.1.3
Estruturas
Têxteis
3.1.4
Simbologia
de Lavagens
e
conservação
3.2 Aviamentos
4. MÁQUINAS,
EQUIPAMENTOS E
ACESSÓRIOS
4.1 Tipos
4.2 Funcionalidade
5. REPRESENTAÇÃO
GRÁFICA
5.1 Definição
5.2 Produtos do
vestuário
5.2.1 Tipos
de desenho
(croqui,
desenho de
moda,
desenho
técnico)
5.3 Processos do
vestuário
5.3.1 Tipos
(fluxograma,
organograma,
leiaute de
produção,
gráficos)
6. DOCUMENTOS
TÉCNICOS APLICADOS
À PRODUÇÃO DO
VESTUÁRIO
6.1 Tipos
6.2 Finalidades
7. HIGIENE E SAÚDE
7.1 Princípios de
higiene e saúde
pessoal
8. ÉTICA
8.1 Etnocentrismo
186
e Relativismo
Cultural
8.2 Papéis e
Representações
Sociais
9. COMPORTAMENTO
E EQUIPES DE
TRABALHO
9.1 O homem como
ser social
9.2 O papel das
normas de
convivência em
grupos sociais
9.3 A influência do
ambiente de
trabalho no
comportamento
9.4 Fatores de
satisfação no
trabalho
10. POSTURAS
PROFISSIONAIS
10.1 Engajamento
10.2 Atenção
10.3 Disciplina
10.4 Precisão
10.5 Zelo
10.6 Cooperação
10.7 Autonomia
10.8 Iniciativa
10.9 Criatividade
11.
EMPREENDEDORISMO
11.1 Definição
11.2 Tipos
11.3 Habilidades e
Atitudes
Empreendedoras
12. SISTEMATIZAÇÃO
DOS PROCESSOS
12.1 Tipos
12.2 Fluxos
12.3 Mapeamento
de Fluxo de Valor

187
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Sala de modelagem
Sala de Corte
Ambientes Pedagógicos
Laboratório de informática
Sala de aula
Sala de Costura

Quadro branco
Projetor multimídia
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Tela de projeção
Ferramentas Computador com pacote de escritório e acesso à
internet
tablet

Apostilas
Livros
Normas
Recursos didáticos
Sites
Aplicativos
Publicações

188
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: TÉCNICO EM VESTUÁRIO

Unidade Curricular: ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE PRODUTOS E PROCESSOS DO VESTUÁRIO

Carga Horária: 130h

Unidades de Competência:

UC1 : Implementar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas, associadas à


leitura e interpretação de fichas técnicas, representações gráficas e análises de peças piloto, identificando as
especificações técnicas dos produtos e processos do vestuário

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Técnicas Conhecimentos


Competência Desempenho

1 .1 Obter 1.1 .1 Atendendo aos


- Utilizar os sistemas de
informações procedimentos de 1. FICHA TÉCNICA
registro de informações
sobre o registro de 1.1 Definição
disponibilizados pela
produto informações 1.2 Tipos e funções de
empresa, em conformidade
estabelecidos pela Fichas Técnicas
com o tipo de registro a ser
empresa (elaborar 1.2.1 Criação
efetuado
Ficha Técnica\ de 1.2.2
Produção) - Identificar as Informações Desenvolvimento
necessárias ao preenchimento 1.2.3 Produção
da Ficha Técnica\produção em 1.3 Estrutura da Ficha
função dos procedimentos da técnica
empresa e das características 1.3.1 Itens de
do produto (Ficha identificação do
Técnica\desenvolvimento e da modelo: nome,
peça piloto) coleção,
referência,
descrição, linha
de produto etc
1.1 .2 Considerando - Identificar nas Normas 1.3.2
as Normas Técnicas Técnicas e Regulamentadoras Representação
e de Regulamentação dos processos, produtos e ou Gráfica: Foto,
de produtos do materiais, os requisitos Croqui, Desenho
vestuário aplicados ao produto em Técnico etc
função da Ficha 1.3.3 Matéria
Técnica\desenvolvimento e ou prima e
peça piloto aviamentos:
descrição,

189
quantidade,
largura/tamanho,
gramatura, cores,
1.1 .3 Considerando - Interpretar, nos catálogos e fornecedor,
as especificações manual do simbologia,
técnicas das matérias fornecedor\fabricante, as composição,
primas, aviamentos, especificações técnicas custo, consumo,
máquinas, (gramatura, largura, etc
equipamentos e composição, símbolos de 1.3.4 Tabela de
acessórios de acordo lavagem, máquinas e Medidas
com as equipamentos, linhas e 1.3.5 Grade de
especificações do agulhas, dentre outros) Tamanhos
fornecedor\fabricante relativas às matérias primas e 1.3.6 Cores do
aviamentos a serem utilizados modelo
nos processos de produção do 1.3.7
produto Enobrecimentos
1.3.8 Sequencia
- Reconhecer, em função da operacional:
Ficha processos,
Técnica\desenvolvimento e ou máquinas,
da Peça Piloto, as equipamentos e
especificações técnicas (tipo acessórios
de ponto, tipo de transporte, 2. REPRESENTAÇÃO
dentre outros) relativas a GRÁFICA MANUAL E
máquinas, equipamentos e INFORMATIZADA
acessórios que serão 2.1 Desenho Técnico
aplicados aos processos de Planificado
produção do produto 2.1.1 Definição
2.1.2
- Correlacionar as informações
Ferramentas de
relativas a matéria prima e
desenho: manual
aviamentos com os tipos de
e informatizada:
máquinas, equipamentos e
(Software
acessórios aplicados aos
Vetorial)
processos de produção do
2.1.3 Normas
produto, em função das
Técnicas
especificações da Ficha
aplicadas ao
Técnica\desenvolvimento e ou
desenho
peça piloto
2.2 Leitura e
interpretação de
desenho técnico
1.1 .4 Considerando 2.2.1 Cotas
- Analisar a peça piloto para
as informações da 2.2.2
fins de detalhamento das
ficha técnica/ Proporção/Escala
características de
desenvolvimento do 2.2.3 Base
acabamentos de costura e
produto e da peça volumétrica de
enobrecimentos do produto a
piloto e seus corpo
ser produzido
respectivos 2.3 Terminologias
acabamentos - Analisar a Ficha 2.3.1 Tipos de
190
Técnica/Desenvolvimento para Peças do
identificação das informações Vestuário (partes
relativas a tipos de máquinas, de cima, parte de
acessórios, aparelhos e baixo, inteiro)
equipamentos, matérias 2.3.2 Detalhes
primas e aviamentos (gola, manga,
necessários aos processos de decote, entre
produção do produto outros)
2.3.3
- Interpretar a representação Acabamentos de
gráfica do produto para fins de costura: (bainha,
detalhamento sobre as pespontos)
características técnicas do 2.3.4 Aviamentos
mesmo (pespontos, recortes, 3. SEQUENCIA
aviamentos, dentre outros) OPERACIONAL DO
PRODUTO
- Reconhecer métodos e
técnicas (tipos de modelagem, 3.1 Processos
tipos de corte, tipos de Produtivos
costura, dentre outros) de 3.1.1 Corte

produção necessários ao 3.1.2 Preparação


processo de fabricação do 3.1.3 Costura
produto identificado na Ficha 3.1.4
Técnica/Desenvolvimento e ou Enobrecimentos:

na peça piloto estamparia,


lavanderia,
bordado,
aplicações etc
Fundamentos Técnicos Científicos 3.1.5
Acabamento
3.2 Máquinas e
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas Equipamentos
3.2.1
Capacidades Sociais Aplicabilidade,
Tipos de Pontos,
Apresentar comportamento ético no desenvolvimento das Tipos de Agulha
atividades sob a sua responsabilidade etc
Lidar com as relações de poder e hierarquia no contexto 3.2.2 Aparelhos e
profissional Acessórios para
costura
Capacidades Organizativas 4. NORMAS TÉCNICAS E
Reconhecer situações de risco à saúde e segurança do trabalhador REGULAMENTADORAS
e as diferentes formas de proteção a esses riscos 4.1 Etiquetagem de

Aplicar os princípios de organização no seu posto trabalho Produtos do Vestuário


Reconhecer a importância dos aspectos sociais e econômicos no 4.2 Padrões
desenvolvimento das atividades profissionais Antropométricos
5. SISTEMAS DE
Capacidades Metodológicas REGISTRO
5.1 Definição
Reconhecer a importância da atitude proativa como característica 5.2 Tipos
191
fundamental e requisito de um bom profissional 5.3 Ferramentas
6. ÉTICA
6.1 Códigos de ética
6.2 Ética nos
relacionamentos
profissionais
6.3 Discrição
6.4 Sigilo
6.5 Ética no tratamento
de dados e
informações: direito de
imagem, privacidade,
etc
7. RELAÇÕES
INSTITUCIONAIS VERTICAIS
E HORIZONTAIS
7.1 Relação com pares
7.2 Relação com
Lideres
7.3 Relação com
clientes internos e
externos
7.4 Relação com
subordinados

192
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Sala de aula
Ambientes Pedagógicos Biblioteca
Laboratório de informática

Computadores com acesso a internet


tablet
Softwares específicos de Desenho
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e
Calculadora
Ferramentas
Softwares básico de escritório (editor de texto, planilhas,
apresentações)
Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)

Apostilas
Livros
Recursos didáticos
Normas e publicações
Sites e aplicativos

193
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: TÉCNICO EM VESTUÁRIO

Unidade Curricular: PROCESSOS PRODUTIVOS DO VESTUÁRIO - MODELAGEM, CORTE E COSTURA

Carga Horária: 250h

Unidades de Competência:

UC1 : Implementar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades relativas à organização das etapas dos processos produtivos do
vestuário, com ênfase na elaboração de bases de modelagem, realização de corte manual, reconhecimento e
operação de máquinas e equipamentos e prototipagem de produtos do vestuário

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Técnicas Conhecimentos


Competência Desempenho

1 .2 1.2 .1 Elaborando - Utilizar os sistemas de


Organizar o balanceamento da 1. OPERAÇÕES
registro de informações
fluxo produção FUNDAMENTAIS
disponibilizados pela
operacional 1.1 Adição, subtração,
empresa, em conformidade
divisão e multiplicação
com o tipo de registro a ser
de números inteiros,
efetuado
fracionários e decimais
- Redimensionar o tempo 2. RAZÃO E PROPORÇÃO
padrão de operação, se 2.1 Regra de Três
necessário, em função do tipo simples e composta
de produto a ser produzido 3. PORCENTAGEM
4. CONVERSÃO DE
- Analisar a capacidade MEDIDAS
produtiva em função do 5. CÁLCULOS DE
cronograma estabelecido PERÍMETRO, ÁREA, MASSA
pelo PCP E VOLUME
6. GEOMETRIA
- Utilizar as informações do
6.1 Ângulos
sistema de produção em
6.2 Segmentos de reta
função da distribuição de
e semi-retas
maquinários (leiaute),
6.3 Ângulos
pessoas e processos
consecutivos e
- Dimensionar os recursos adjacentes
humanos, o maquinário, os 6.4 Ângulos opostos
equipamentos, os acessórios, pelo vértice
os aparelhos necessários à 6.5 Ângulos
produção, em função da Ficha congruentes

194
Técnica\Produção e do tempo 6.6 Medida de um
padrão estabelecido ângulo
(sequencia operacional) 6.7 Unidades de
medida de ângulos
- Identificar, no plano de
7. MODELAGEM MANUAL E
manutenção, o cronograma
INFORMATIZADA
de manutenção e as
7.1 Definição
informações referentes ao
7.2 Técnicas
estado de conservação de
7.2.1 Modelagem
máquinas para organizar o
Plana
fluxo operacional
7.2.2 Modelagem
Tridimensional
7.3 Materiais e
1.2 .2 Considerando - Analisar a Ordem de Ferramentas
as informações da Produção, Peça Piloto e 7.3.1 Tipos
Ordem de Produção, Ficha Técnica/Produção para 7.3.2 Aplicações
Peça Piloto e Ficha identificação das informações 7.4 Etapas da
Técnica/Produção relativas a tipos de máquinas, Construção de Moldes
aparelhos, acessórios e 7.4.1 Construção
equipamentos, matérias do diagrama -
primas e aviamentos Traçado Básico
necessários aos processos 7.4.2 Margem de
de produção do produto costura
7.4.3 Informações
necessárias
7.4.4 Corte das
1 .3 1.3 .1 Considerando - Identificar nas Normas partes do molde
Promover as Normas Técnicas Técnicas e 7.4.5 Teste de
ações de e Regulamentadoras Regulamentadoras e nas vestibilidade e
produção e as práticas da ajuste do molde
práticas interna de
sustentável empresa relativas a sustentabilidade das 7.4.6 Gradação
sustentabilidade empresas, os requisitos 8. PROCESSO DE CORTE
aplicados ao processo de 8.1 Encaixe
produção do vestuário com 8.1.1 Definição
vistas a otimização e 8.1.2 Tipos
produção sustentável 8.2 Risco
8.2.1 Definição
- Identificar os recursos 8.2.2 Tipos
necessários para a 8.3 Enfesto
adequação das condições 8.3.1 Definição
dos postos de trabalho em 8.3.2 Tipos
função da Normas Técnicas 8.3.3
Equipamentos,
Máquinas e
Ferramentas
1.3 .2 Considerando 8.4 Corte
- Avaliar a dimensão ou o
as técnicas de 8.4.1 Definição
impacto de possíveis falhas,
otimização dos 8.4.2 Tipos
desvios e perdas que
processos da 8.4.3
195
produção para poderão acontecer nas Equipamentos,
redução do etapas do processo em Máquinas e
desperdício de relação aos resultados Ferramentas
recursos (matéria esperados da produção 8.5 Separação
prima, utilidades, 8.5.1 Definição
tempo, pessoas...) 8.5.2 Tipos de
lotes
Fundamentos Técnicos Científicos 8.5.3
Acondicionamento
9. PROCESSO DE
Aplicar os fundamentos matemáticos no controle da produção do
COSTURA
vestuário, no planejamento da produção do vestuário (tempo,
9.1 Máquinas de
quantidade, percentual, desempenho, ângulos, retas)
Costura
9.1.1 Tipos e
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas Finalidades
9.1.2
Capacidades Sociais Componentes da
Máquina: Tipos e
Apresentar comportamento ético no desenvolvimento das Finalidades
atividades sob a sua responsabilidade 9.1.3 Manutenção
Lidar com as relações de poder e hierarquia no contexto de Máquinas:
profissional Tipos, finalidades

Capacidades Organizativas 9.2 Componentes da


Máquina
Reconhecer situações de risco à saúde e segurança do 9.3 Preparação de
trabalhador e as diferentes formas de proteção a esses riscos Máquina para costura
Aplicar os princípios de organização no seu posto trabalho 9.3.1 Passamento
Reconhecer a importância dos aspectos sociais e econômicos no de linha
desenvolvimento das atividades profissionais 9.3.2
Carregamento de
Capacidades Metodológicas bobinas
Reconhecer a importância da atitude proativa como característica 9.3.3 Agulhas:
fundamental e requisito de um bom profissional Classificação e
Aplicabilidade
9.3.4 Regulagem
de Ponto
9.4 Pontos de costura
9.4.1 Tipos
9.4.2
Classificação
9.4.3 Aplicações
9.5 Tipos e
aplicabilidade de
costuras
9.6 Aparelhos e
acessórios
9.6.1 Tipos
9.6.2 Finalidades
9.7 Aviamentos
196
9.7.1
Características
9.7.2
Aplicabilidade
10. ESTUDOS DE TEMPOS
E MOVIMENTOS
10.1 Cronometragem
10.1.1 Definição
10.1.2 Tipos:
Contínua,
acumulada,
repetitiva
10.1.3
Terminologia
10.2 Cronoanálise
10.2.1 Definição
10.2.2 Variáveis
de análises:
tempo, matéria
prima, ambiente
de trabalho,
complexidade da
operação
11. PROTOTIPAGEM
11.1 Definição
11.2 Etapas da
construção do protótipo
11.2.1
Modelagem
11.2.2 Encaixe
11.2.3 Corte
11.2.4 Pré-
Sequencia
Operacional
11.2.5 Costura
11.2.6 Estimativa
de Tempo
11.2.7 Prova de
Roupa
11.2.8 Ajustes do
protótipo e da
modelagem
11.2.9 Aprovação
final
12. BALANCEAMENTO DA
PRODUÇÃO
12.1 Definição
12.2 Aplicação
12.3 Estrutura
197
13. ORDEM DE PRODUÇÃO
13.1 Definição
13.2 Aplicação
13.3 Estrutura
14. ORGANIZAÇÃO DO
LOCAL DE TRABALHO
14.1 Espaço
14.2 Atividades
14.3 Materiais
14.4 Tempo
15. SEGURANÇA NO
TRABALHO
15.1 Agentes
agressores à saúde:
físicos, químicos e
biológicos
15.2 O impacto do uso
de drogas lícitas e
ilícitas na segurança e
na saúde
15.3 Inspeções de
segurança

198
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Sala de modelagem
Sala de Corte
Sala de aula
Ambientes Pedagógicos
Laboratório de informática
Sala de Costura
Biblioteca

Kit de passadoria
Aparelhos e acessórios
Máquina de costura
Simuladores
EPCs
Bancada de modelagem
Jogos de régua de modelagem
Manequins de draping
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e
CAD
Ferramentas
Mesa de corte
Máquina de corte
Instrumentos de medição
Computadores com acesso a internet
EPIs
Softwares básico de escritório (editor de texto, planilhas,
apresentações)
Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)

Material de Consumo (Matéria Prima, aviamentos,


Materiais
insumos,papelaria)

Normas
Sites
Manuais de Produtos e Máquinas
Recursos didáticos Aplicativos
Publicações
Livros
Apostilas

199
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: TÉCNICO EM VESTUÁRIO

Unidade Curricular: PRÉ-PROJETO I

Carga Horária: 20h

Unidades de Competência:

UC1 : Implementar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, científicas, sociais, organizativas e metodológicas que
proporcionem o desenvolvimento de técnicas e métodos de pesquisa e produção de conhecimento científico,
identificando as fases de elaboração de projeto em consonância com as normas técnicas e orientações
vigentes das instituições de ensino

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. NORMAS TÉCNICAS PARA


FORMATAÇÃO E
APRESENTAÇÃO DE TRABALHO
Fundamentos Técnicos Científicos
ACADÊMICO E CIENTÍFICO
1.1 Projeto
Reconhecer os instrumentos para coleta, análise e 2. PROJETO
interpretação de dados, de acordo com as normas científicas 2.1 Definição
Reconhecer as normas e estrutura para elaboração de 2.2 Tipos e Características
trabalhos científicos 2.3 Estrutura
Utilizar técnicas de pesquisa para identificação, localização e 2.3.1 Tema ou problema
compilação de fontes de informações gerais e especializadas 2.3.2 Objetivos : Gerais e
para realização de trabalhos de pesquisa científica Específicos
2.3.3 Justificativa
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas 2.3.4 Metodologia
2.3.5 Discussão teórica
2.3.6 Cronograma
Capacidades Sociais
2.3.7 Referências
Apresentar comportamento ético no desenvolvimento das Bibliográficas
atividades sob a sua responsabilidade 3. TIPOS DE TRABALHOS
Lidar com as relações de poder e hierarquia no contexto CIENTÍFICOS
profissional 3.1 Fichamento
3.2 Resenhas
Capacidades Organizativas 3.3 Relatórios
3.4 TCC
Reconhecer situações de risco à saúde e segurança do
3.5 Artigo
trabalhador e as diferentes formas de proteção a esses
200
riscos 4. METODOLOGIA DE PESQUISA
Aplicar os princípios de organização no seu posto trabalho CIENTÍFICA
Reconhecer a importância dos aspectos sociais e 4.1 Definição
econômicos no desenvolvimento das atividades 4.2 Tipos de Pesquisa
profissionais 4.3 Técnicas de Pesquisa
4.4 Linhas de Pesquisa
Capacidades Metodológicas
5. CONTEXTO SOCIOECONÔMICO
Reconhecer a importância da atitude proativa como 5.1 Variáveis
característica fundamental e requisito de um bom 5.1.1 Pessoas
profissional 5.1.2 Local
5.1.3 Atividades
econômicas
5.1.4 Cultura
5.2 Proatividade
5.2.1 Definição
6. PROATIVIDADE
6.1 Definição
6.2 Pilares
6.2.1 Gestão do
comportamento
6.2.2 Gestão do Futuro
6.2.3 Gestão da
incerteza
6.2.4 Gestão da
inovação

201
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Laboratório de informática
Ambientes Pedagógicos
Sala de aula
Indústria (pesquisa de campo)

Computadores com acesso a internet (para uso de pesquisa, software de


Máquinas, Equipamentos,
editor de texto, planilha eletrônica, editor de apresentações)
Instrumentos e Ferramentas
Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)

Apostilas
Livros
Normas
Recursos didáticos
Sites
Aplicativos
Publicações

202
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: TÉCNICO EM VESTUÁRIO

Unidade Curricular: Gestão de Equipes de Trabalho

Carga Horária: 80h

Unidades de Competência:

UC2 : Supervisionar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas requeridas para a
realização da gestão de equipes de trabalho na produção de produtos do vestuário com vistas a produtividade,
o desenvolvimento da equipe , a manutenção do bom clima setorial e o atendimento das Normas
Regulamentadoras da ergonomia

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Técnicas Conhecimentos


Competência Desempenho

2 .2 2.2 .1 Garantindo o - Identificar nas Normas


Gerenciar atendimento das 1. GESTÃO DE EQUIPES
Regulamentadoras relativas à
equipes de Normas DE TRABALHO
ergonomia, os requisitos
trabalho Regulamentadoras 1.1 Trabalho em
aplicados aos postos de
relativas à ergonomia equipe
trabalho da linha de produção
1.1.1 Definição
do vestuário para adequação
1.1.2 Grupo e
dos mesmos a atividade
equipe
desenvolvida, evitando esforços
1.2 Estruturação de
desnecessários
equipes de alto
- Interpretar as Normas desempenho
Regulamentadoras relativas à 1.2.1 Definição
ergonomia para orientação da 1.2.2 Perfil
equipe quanto ao cumprimento profissional do
das mesmas no posto de processo
trabalho produtivo do
vestuário
- Utilizar os sistemas de registro 1.2.3
de informações disponibilizados Adequação da
pela empresa, em equipe aos
conformidade com o tipo de perfis
registro a ser efetuado profissionais do
vestuário
1.3 Indicadores de
gestão equipes de
trabalho (eficiência,

203
2.2 .2 Garantindo o - Utilizar técnicas de avaliação, absenteísmos,
bom clima sensibilização e liderança de rotatividade,
organizacional equipes de trabalho em função necessidades de
setorial dos aspectos da cultura treinamento, etc)
organizacional da empresa 1.4 Gestão de
conflitos
- Aplicar técnicas de resolução 1.4.1 Definição
de conflitos com membros da 1.4.2 Tipos
equipe em função da 1.4.3 Técnicas
manutenção das boas relações de resolução de
interpessoais conflitos
1.5 Posturas
- Proporcionar ambiente
profissionais
favorável e ou propício para
1.5.1 Funções
participação da equipe com
autogerenciáveis
sugestões para melhoria
1.5.2 Iniciativa
contínua de processos e
1.5.3
produtos
Flexibilidade
- Identificar, por meio dos 1.5.4
resultados das pesquisas de Objetividade
clima, ou resultados da 1.5.5 Empatia
produtividade, ou por reuniões 1.5.6
com a equipe, fatores que Autocontrole
podem afetar no clima 1.5.7
organizacional Proatividade
1.6 Avaliação de
Desempenho
1.6.1 Conceitos
2.2 .3 Considerando - Aplicar técnicas de 1.6.2 Métodos:
a necessidade de treinamento em serviço, de tradicionais e
treinamento acordo com os procedimentos inovadores
identificada na da empresa, para capacitação 1.6.3 Feedback
equipe em função de novos colaboradores 1.7 Negociação
dos novos produtos e 1.7.1 Métodos
novas tecnologias e - Identificar, na equipe, a 1.7.2 Técnicas
ou novas pessoa com perfil adequado ao 1.8 Cultura e clima
contratações objetivo do treinamento em organizacional
função de novos processos e ou 1.8.1 Definição
novas tecnologias 1.9 Motivação
1.9.1 Definição
1.9.2 Técnicas
2. LIDERANÇA
2.2 .4 Garantindo o - Identificar quais são os 2.1 Definição
desempenho da indicadores de 2.2 Estilos
equipe de trabalho produtividade/eficiência 2.3 Papéis do líder
em função dos estabelecidos para cada etapa 3. DIVERSIDADE NO
indicadores de de produção, parcial e final, do TRABALHO
produtividade produto 3.1 Condições de
estabelecidos pela
inclusão
204
empresa - Identificar, quando necessário 3.2 Mobilidade
e pelo uso de técnicas e 3.3 Acessibilidade
tecnologias específicas, 3.4 Bullying
possíveis soluções para 3.5 Assédio moral
minimizar ou eliminar os 3.6 Assédio sexual
desvios entre a produção 3.7 Implicações éticas
planejada e a executada e legais
3.8 Código de conduta
- Utilizar as informações do 4. TREINAMENTO E
balanceamento da produção
DESENVOLVIMENTO
para garantia de respeito ao 4.1 Definição
limite de operações repetitivas 4.2 Modelos
em função da manutenção da 4.3 Programa de
produtividade dos Treinamento
colaboradores 4.3.1
- Utilizar os sistemas de registro Diagnóstico
de informações disponibilizados 4.3.2

pela empresa, em Elaboração do


conformidade com o tipo de Programa
registro a ser efetuado 4.3.3
Implantação
4.3.4 Avaliação
Fundamentos Técnicos Científicos 5. ERGONOMIA APLICADA
AO PROCESSO
PRODUTIVO DO
VESTUÁRIO
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas
5.1 Ergonomia Física,
cognitiva e
Capacidades Sociais
organizacional
Posicionar-se com ética em relação a situações e contextos 6. ORGANIZAÇÃO DO
apresentados TRABALHO
Intervir em situações de conflito, buscando o diálogo e a 6.1 Estruturas
harmonização entre os membros da equipe. hierárquicas
6.2 Sistemas
Capacidades Organizativas administrativos
6.3 Gestão
Reconhecer o papel do trabalhador no cumprimento das normas
organizacional
ambientais, de saúde e segurança
6.4 Controle de
Aplicar os princípios de organização do trabalho estabelecidos no
atividades
planejamento e no exercício de suas atividades profissionais
7. LEGISLAÇÃO DO
Reconhecer a importância dos princípios da Qualidade no
TRABALHO
desenvolvimento das atividades profissionais
7.1 Direitos do
Capacidades Metodológicas Trabalhador
7.2 Deveres do
Aplicar os aspectos de inovação em suas atividades profissionais Trabalhador
8. CONTROLE
EMOCIONAL NO
TRABALHO
8.1 Perceber, avaliar e
205
expressar emoções no
trabalho
8.2 Fatores internos e
externos
8.3 Autoconsciência

206
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Ambientes Pedagógicos Sala de aula
Laboratório de informática

Computadores com acesso a internet


tablet
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Softwares básico de escritório (editor de texto, planilhas,
Ferramentas apresentações)
Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)
Softwares específicos de Gestão de Produção

Apostilas
Livros
Normas
Recursos didáticos
Sites
Aplicativos
Publicações

207
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: TÉCNICO EM VESTUÁRIO

Unidade Curricular: GESTÃO DOS PROCESSOS PRODUTIVOS DO VESTUÁRIO E INSPEÇÃO DA


QUALIDADE

Carga Horária: 120h

Unidades de Competência:

UC2 : Supervisionar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas sociais, organizativas e metodológicas requeridas para o
controle do processo produtivo do vestuário e da Qualidade de produtos e processos

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Técnicas Conhecimentos


Competência Desempenho

2 .1 Controlar 2.1 .1 Garantindo o - Utilizar os sistemas de


a Qualidade cumprimento de Normas 1. GESTÃO DA
registro de informações
da produção Técnicas e PRODUÇÃO
disponibilizados pela
de produtos Regulamentadoras da 1.1 Definição
empresa, em conformidade
do vestuário produção de produtos 1.2 Histórico
com o tipo de registro a ser
do vestuário 1.3 Planejamento:
efetuado
Estratégico, Tático e
- Identificar, quando Operacional
necessário e pelo uso de 1.4 Sistemas de
técnicas e tecnologias Produção
específicas, possíveis 1.4.1 Lean
soluções para minimizar ou Manufacturing
eliminar os desvios entre a 1.4.2 Just in
produção planejada e a time
executada 1.4.3 Quick
Response
- Identificar nas Normas (QRM)
Técnicas e Regulamentadoras 1.5 Gestão da
dos processos, produtos e ou Produção do
materiais, os requisitos Vestuário
aplicados a produção de 1.5.1 Sistemas
vestuário em função da Ficha de Registro e
Técnica\produção e ou peça Controle
piloto 1.5.2
Parâmetros
direcionadores
da gestão da

208
2.1 .2 Monitorando os - Identificar, quando produção:
indicadores de necessário e pelo uso de Adequação à
Qualidade técnicas e tecnologias peça piloto,
estabelecidos pela específicas, possíveis Quantidade,
empresa soluções para minimizar ou Qualidade,
eliminar os desvios entre a Prazo, Custos,
produção planejada e a Flexibilidade e
executada Agilidade
1.5.3
- Identificar quais os Ferramentas
indicadores deverão ser de Gestão da
alimentados pelos setores de Produção:
produção Gráfico de
Gantt, Controle
- Correlacionar os resultados
estatístico do
com os indicadores
processo,
estabelecidos pela empresa
Metodologia
de análise e
solução de
2.1 .3 Atendendo aos - Identificar os critérios problemas,
critérios técnicos de técnicos de qualidade Planilhas e
Qualidade Relatórios
determinados pela empresa,
estabelecidos pela pela marca, na Peça Piloto e 1.5.4
empresa, pela marca, ou Ficha Técnica/ Produção Ferramentas
na Ordem de Produção, para estabelecimento dos de Controle da
Peça Piloto e ou Ficha Produção do
padrões de qualidade do
Técnica/Produção produto Vestuário:
Índice de
- Correlacionar os padrões de Eficiência,
qualidade estabelecidos para Eficácia e
produto com os critérios de Efetividade
Qualidade determinados pela 1.5.5 Controle
empresa, pela marca, na das
Peça Piloto e ou Ficha Condições:
Técnica/ Produção Ambientais,
Saúde e
- Utilizar os sistemas de Segurança
registro de informações 2. ADMINISTRAÇÃO DE
disponibilizados pela MATERIAIS
empresa, em conformidade 2.1 Ferramentas de
com o tipo de registro a ser Gerenciamento de
efetuado Estoque: Kanban,
- Identificar, quando MRP – Material
necessário e pelo uso de Requeriment
Planning –
técnicas e tecnologias
específicas, possíveis (Planejamento de
soluções para minimizar ou Necessidade de
eliminar os desvios entre a Materiais), PEPS e

produção planejada e a UEPS


209
executada 3. ORGANOGRAMA E
FLUXOGRAMA
3.1 Definição
3.2 Tipos
3.3 Símbolos
4. FLUXO
2 .3 Controlar 2.3 .1 Garantindo o - Utilizar os sistemas de OPERACIONAL DA
os processos atendimento das registro de informações PRODUÇÃO
produtivos de informações da Ordem disponibilizados pela 4.1 Definição
produtos do de Produção empresa, em conformidade 4.2 Estrutura
vestuário: com o tipo de registro a ser 4.3 Componentes
modelagem, efetuado 4.4 Leiaute
corte e
5. SEQUÊNCIA
costura - Identificar, quando
OPERACIONAL DO
necessário e pelo uso de
PRODUTO
técnicas e tecnologias
5.1 Definição
específicas, possíveis
5.2 Estrutura
soluções para minimizar ou
6. GESTÃO DA
eliminar os desvios entre a
QUALIDADE
produção planejada e a
6.1 Definição
executada
6.2 Normas
- Correlacionar os resultados Técnicas
parciais da produção com as 6.3 KAIZEN –
metas estabelecidas, em Melhoria Contínua
função da Ordem de 6.4 Ferramentas da
Produção Qualidade
6.4.1
- Identificar, na Ordem de Diagrama de
Produção, as informações Pareto
relativas aos materiais e 6.4.2
recursos necessários ao Diagrama de
abastecimento da produção Ishikawa
6.4.3 Lista de
Verificação
6.4.4 POP-
2.3 .2 Garantindo o - Identificar as operações, Procedimento
atendimento da tempos, métodos, Operacional
Sequência Operacional maquinários, acessórios e Padrão
do processo produtivo aparelhos que compõem a 6.4.5
sequência operacional Histograma
presente na Ficha 6.4.6 5W2H
Técnica\produto 6.4.7 5S
6.4.8 Carta de
- Interpretar a Sequência Controle
Operacional descrita na Ficha 6.4.9 Ciclo
Técnica\produção em função PDCA
do fluxo operacional 6.5 Histograma
6.6 Métodos de
Controle da
210
Qualidade
2.3 .3 Monitorando os - Interpretar gráficos de 6.6.1 GQT-
indicadores de produção para identificação Gestão da
desempenho dos resultados da produção Qualidade
estabelecidos pelo PCP
Total
- Utilizar os sistemas de
6.6.2 Por
registro de informações
amostragem
disponibilizados pela
6.6.3 Inspeção
empresa, em conformidade
6.6.4 Check
com o tipo de registro a ser
list
efetuado
7. QUALIDADE
- Identificar, quando AMBIENTAL
necessário e pelo uso de 7.1 Homem e o
técnicas e tecnologias meio ambiente
específicas, possíveis 7.2 Prevenção à
soluções para minimizar ou poluição ambiental
eliminar os desvios entre a 7.3 Aquecimento
produção planejada e a global
executada 7.4 Uso racional de
Recursos e
- Correlacionar os resultados Energias disponíveis
da produção com as metas 7.5 Energias
estabelecidas para definição renováveis
dos índices de desempenho 8. SEGURANÇA NO
TRABALHO
8.1 Comportamento
seguro
Fundamentos Técnicos Científicos
8.2 Qualidade de
vida no trabalho:
cuidados com a
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas
saúde,
administração de
Capacidades Sociais stress, ...
9. ÉTICA
Posicionar-se com ética em relação a situações e contextos
9.1 Relações de
apresentados
Poder
Intervir em situações de conflito, buscando o diálogo e a harmonização
9.2 Questões de
entre os membros da equipe.
gênero, raça,
Capacidades Organizativas geração e classe
social, etc
Reconhecer o papel do trabalhador no cumprimento das normas 9.3 Antiética nos
ambientais, de saúde e segurança contextos sociais
Aplicar os princípios de organização do trabalho estabelecidos no
planejamento e no exercício de suas atividades profissionais
Reconhecer a importância dos princípios da Qualidade no
desenvolvimento das atividades profissionais

Capacidades Metodológicas

Aplicar os aspectos de inovação em suas atividades profissionais


211
212
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Sala de aula
Sala de modelagem
Ambientes Pedagógicos
Sala de Corte
Laboratório de informática
Sala de Costura

Computadores com acesso a internet


tablet
Calculadora
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e
Softwares básico de escritório (editor de texto, planilhas,
Ferramentas
apresentações)
Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)
Softwares específicos de Gestão de Produção

Apostilas
Normas
Livros
Recursos didáticos
Sites
Aplicativos
Publicações

213
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: TÉCNICO EM VESTUÁRIO

Unidade Curricular: PRÉ-PROJETO II

Carga Horária: 60h

Unidades de Competência:

UC2 : Supervisionar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, científicas, sociais, organizativas e metodológicas que
proporcionem o desenvolvimento de técnicas e métodos de pesquisa e produção de conhecimento científico,
identificando as fases de elaboração de projeto em consonância com as normas técnicas e orientações
vigentes das instituições de ensino

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. INOVAÇÃO


1.1 Propriedade
intelectual
Fundamentos Técnicos Científicos
1.2 Patentes
2. PRINCÍPIOS DA
Reconhecer as informações iniciais necessárias à elaboração de QUALIDADE TOTAL
trabalho final de conclusão de curso 2.1 Total satisfação
Aplicar recursos, para elaboração de apresentação técnica dos clientes internos e
considerando o tema definido externos
Reconhecer as informações para apresentação e defesa de trabalhos 2.2 Gestão
de conclusão de curso participativa
Desenvolver trabalho de pesquisa sobre um tema de relevância da 2.3 Constância de
área do vestuário propósitos
2.4 Desenvolvimento
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas dos Recursos
Humanos
2.5 Aperfeiçoamento
Capacidades Sociais
contínuo
Posicionar-se com ética em relação a situações e contextos 2.6 Gerência de
apresentados processos
Intervir em situações de conflito, buscando o diálogo e a 2.7 Delegação
harmonização entre os membros da equipe. 2.8 Garantia da
Qualidade
Capacidades Organizativas 2.9 Não aceitação de
erros
Reconhecer o papel do trabalhador no cumprimento das normas
214
ambientais, de saúde e segurança 2.10 Disseminação
Aplicar os princípios de organização do trabalho estabelecidos no de Informações
planejamento e no exercício de suas atividades profissionais
Reconhecer a importância dos princípios da Qualidade no
desenvolvimento das atividades profissionais

Capacidades Metodológicas

Aplicar os aspectos de inovação em suas atividades profissionais

215
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Sala de aula
Ambientes Pedagógicos
Laboratório de informática
Indústria (pesquisa de campo)

Computadores com acesso a internet (para uso de pesquisa, software de


Máquinas, Equipamentos, editor de texto, planilha eletrônica, editor de apresentações)
Instrumentos e Ferramentas tablet
Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)

Apostilas
Normas
Livros
Recursos didáticos
Sites
Aplicativos
Publicações

216
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO III

Perfil Profissional: TÉCNICO EM VESTUÁRIO

Unidade Curricular: Análise Técnica de Desenvolvimento de Produto

Carga Horária: 70h

Unidades de Competência:

UC3 : Participar do desenvolvimento de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas requeridas para a
análise técnica de novos produtos com vistas a otimizar a produção de produtos do vestuário

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Técnicas Conhecimentos


Competência Desempenho

3 .2 Apoiar a 3.2 .1 Garantindo a - Avaliar a viabilidade de


equipe de viabilidade de 1. FICHA TÉCNICA DE
produção, considerando a
desenvolvimento produção do CRIAÇÃO
possibilidade de uso da
na construção protótipo em função 1.1 Definição
estrutura interna e ou externa,
do protótipo das informações da 1.2 Protótipo
por meio da análise das
Ficha Técnica/ 1.2.1 Definição
etapas de construção do
Desenvolvimento e 1.3 Especificação
protótipo
da estrutura técnicas dos detalhes
operacional interna - Analisar a Ficha do protótipo
e ou externa Técnica/Desenvolvimento 2. FORNECEDORES
para identificação das EXTERNOS (SERVIÇOS E
informações relativas a tipos PRODUTOS)
de máquinas, acessórios, 2.1 Fornecedores de
aparelhos e equipamentos, matéria prima e
matérias primas e aviamentos
aviamentos necessários aos 2.2 Facção
processos de produção do 2.3 Enobrecimentos
protótipo 3. PROTOTIPAGEM
3.1 Planejamento das
- Interpretar a representação etapas de execução
gráfica do produto para fins da prototipagem
de detalhamento sobre as 3.1.1
características técnicas Identificação de
(pespontos, recortes, recursos
aviamentos, dentre outros) do técnicos,
protótipo humanos e
materiais
3.1.2

217
Programação
das etapas da
3.2 .2 Atendendo - Utilizar os sistemas de prototipagem:
aos procedimentos registro de informações cronograma
de registro de disponibilizados pela 3.2 Métodos de
informações empresa, em conformidade montagem e
estabelecidos pela com o tipo de registro a ser acabamentos do
empresa efetuado protótipo
3.3 Consumo de
- Identificar as Informações Materiais
necessárias ao 3.3.1 Cálculo de
preenchimento da Ficha quantidades
Técnica\desenvolvimento em 3.4 Ajustes
função dos procedimentos da 3.5 Aprovação
empresa e das 4. FICHA TÉCNICA DE
características do DESENVOLVIMENTO
protótipo/produto 4.1 Definição
4.2 Sistemas de
Registro
5. ÉTICA PESSOAL E
Fundamentos Técnicos Científicos
PROFISSIONAL
5.1 Responsabilidade
5.2 Iniciativa
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas 5.3 Honestidade
5.4 Sigilo
Capacidades Organizativas 5.5 Prudência
5.6 Perseverança
Demonstrar profissionalismo no exercício de suas responsabilidades
5.7 Imparcialidade
e sintonia com as diretrizes institucionais estabelecidas
5.8 Respeito
Aplicar os princípios, normas e procedimentos de saúde, segurança
5.9 Cordialidade
e meio ambiente às atividades sob a sua responsabilidade
5.10 Disciplina
Reconhecer a importância do seu trabalho no contexto da
5.11 Empatia
organização, considerando os impactos das suas atividades nos
5.12
resultados dos produtos e serviços da empresa
Comunicação\Diálogo
Capacidades Metodológicas 5.13 Cooperação
6. COORDENAÇÃO DE
Avaliar as oportunidades de crescimento e desenvolvimento EQUIPE
profissional, considerando o próprio potencial, as mudanças no 6.1 Coordenação de
mercado de trabalho e as necessidades de investimento na própria equipe
formação 6.2 Definição da
organização do
Capacidades Sociais
trabalho e dos níveis
Reconhecer o seu papel como gestor de equipes e processos de de autonomia
trabalho, dialogando com seus pares e os demais níveis 6.3 Gestão da Rotina
hierárquicos. 6.4 Tomada de
Demonstrar atitudes éticas na conduta pessoal e profissional decisão
6.5 Processos de
comunicação

218
219
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Sala de modelagem
Sala de Corte
Laboratório de informática
Ambientes Pedagógicos
Sala de Costura
Biblioteca
Sala de aula

Softwares básico de escritório (editor de texto, planilhas,


apresentações)
Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)
Kit de passadoria
Aparelhos e acessórios
Máquina de costura
EPCs
Bancada de modelagem
Jogos de régua de modelagem
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e
Manequins de draping
Ferramentas
CAD
Mesa de corte
Máquina de corte
Simuladores
Instrumentos de medição
Computadores com acesso a internet
EPIs
tablet
Calculadora

Material de Consumo (Matéria Prima, aviamentos,


Materiais
insumos, papelaria)

Normas
Livros
Sites
Recursos didáticos Apostilas
Aplicativos
Publicações
Manuais de Produtos e Máquinas

220
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO III

Perfil Profissional: TÉCNICO EM VESTUÁRIO

Unidade Curricular: TECNOLOGIAS E INOVAÇÕES APLICADAS AO PROCESSO DE PRODUÇÃO DO


VESTUÁRIO

Carga Horária: 120h

Unidades de Competência:

UC3 : Participar do desenvolvimento de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade

Objetivo Geral: Desenvolver capacidade técnicas, sociais, organizativas e metodológicas requeridas para
integração das ações de desenvolvimento de produto com o processo produtivo do vestuário com a inclusão do
uso de novas tecnologias

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Técnicas Conhecimentos


Competência Desempenho

3 .1 Integrar as 3.1 .1 Considerando as - Avaliar a pertinência de


ações de novas tecnologias 1. MANUFATURA
possíveis novas
desenvolvimento disponíveis AVANÇADA (INDÚSTRIA
tecnologias e outros
com o processo 4.0)
fatores que possam
produtivo 1.1 Definição
contribuir com a
1.2 Contexto
otimização dos processos
Histórico, social e
produtivos do vestuário
econômico
- Identificar, por intermédio 1.3 Princípios
de diferentes fontes, novas 1.3.1
tecnologias aplicáveis à Instantaneidade
produção do vestuário 1.3.2
Individualização
e
personalização(I
3.1 .2 Considerando as - Avaliar possíveis & P)
técnicas de otimização impactos, falhas, desvios 1.3.3
dos processos da e perdas que o novo Autonomização
produção para redução produto pode causar no 2. TECNOLOGIAS
do desperdício de processo de produção UBÍQUAS
recursos (matéria 2.1 Definição
prima, utilidades, - Aplicar as metodologias 2.2 Tipos
tempo, pessoas...) de eliminação de 2.2.1
desperdício (troca rápida Automação e
de ferramenta, 5S, Fluxo Robótica
contínuo, Mapa de Fluxo 2.2.2

221
de valor, POP, dentre Tecnologia da
outras) visando a melhoria Informação e da
contínua da produção Comunicação –
TICS
- Identificar possíveis 2.2.3 Sensores
soluções para minimizar e Atuadores
ou eliminar as causas dos
2.2.4
possíveis impactos, falhas, Modelagem e
desvios e perdas que o Simulação
novo produto pode causar 2.2.5
no processo de produção
Computação
em Nuvem
2.2.6 Internet
3.1 .3 Considerando a - Identificar as Móvel
viabilidade técnica de características das 2.2.7
produção do novo Tecnologias
matérias primas e
produto em função dos aviamentos do novo Sustentáveis
critérios estabelecidos produto, por meios das 2.2.8
pela empresa informações dos Biotecnologia
(qualidade, documentos técnicos, em 2.2.9 Internet
produtividade, função dos processos das Coisas
eficiência, custo...) produtivos (IoT)
2.2.10 Internet
- Identificar, quando dos Serviços
necessário e pelo uso de (IoS)
técnicas e tecnologias 2.2.11 Sistemas
específicas, possíveis Ciberfísicos
soluções para adequar o Integrados
novo produto aos critérios 2.2.12
de produção Realidade
estabelecidos pela Virtual e
empresa Aumentada
3. NOVAS TECNOLOGIAS
- Analisar as etapas do
PARA A PRODUÇÃO DO
processo produtivo do
VESTUÁRIO
novo produto para
3.1 Tecnologias de
adequação aos critérios
Compartilhamento de
estabelecidos pela
informações em
empresa (qualidade,
tempo real
produtividade, eficiência,
3.1.1 Aplicação
custo, dentre outros)
3.1.2 Tipos:
- Correlacionar as Plataformas
características do novo Virtuais
produto com a capacidade Colaborativas,
produtiva da empresa 3D Mirror,
(máquinas, equipamentos Scanner 3D e
e Recursos Humanos) 4D, etc
3.1.3
Funcionalidade
222
3.2 Sistemas
Ciberfísicos
Fundamentos Técnicos Científicos
Inteligentes para
organização flexível
da Produção
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas 3.2.1 Aplicação
3.2.2
Capacidades Organizativas Funcionalidade
3.3 Tecnologias
Demonstrar profissionalismo no exercício de suas responsabilidades
Virtuais de Criação e
e sintonia com as diretrizes institucionais estabelecidas
Simulação
Aplicar os princípios, normas e procedimentos de saúde, segurança
3.3.1 Aplicação
e meio ambiente às atividades sob a sua responsabilidade
3.3.2
Reconhecer a importância do seu trabalho no contexto da
Funcionalidade
organização, considerando os impactos das suas atividades nos
3.3.3 Tipos:
resultados dos produtos e serviços da empresa
CAD 3D e 4D
Capacidades Metodológicas 3.4 Tecnologia de
Baixo Impacto
Avaliar as oportunidades de crescimento e desenvolvimento Ambiental
profissional, considerando o próprio potencial, as mudanças no 3.4.1 Aplicação
mercado de trabalho e as necessidades de investimento na própria 3.4.2
formação Funcionalidade
3.4.3 Tipos:
Capacidades Sociais
Tunnel Infusion,
Reconhecer o seu papel como gestor de equipes e processos de impressão 3D,
trabalho, dialogando com seus pares e os demais níveis Zero Waste,
hierárquicos. (upcycling,
Demonstrar atitudes éticas na conduta pessoal e profissional aproveitamento
de energia,
medidas da
pegada de
carbono etc
3.5 Mini Fábricas
3.5.1 Definição
(instalação fabril
verticalizada)
3.5.2
Aplicabilidade
3.6 Manufatura
Aditiva
3.6.1 Definição
(fabricação de
produtos finais
(protótipos),
processos
únicos que
chegam no
produto fina)
4. TECNOLOGIAS DE
223
MATERIAIS
4.1 Tecidos
Inteligentes (smart
textiles)
4.1.1 Definição
4.1.2
Aplicabilidade
4.2 Materiais
Inteligentes
(impressão 3D)
4.2.1 Definição
4.2.2
Aplicabilidade
4.3 Não tecidos
4.3.1 Definição
4.3.2
Aplicabilidade
4.4 Tecnologia
Vestível (weareable
technology)
4.4.1 Definição
4.4.2
Aplicabilidade
4.5 Tecnologia de
enobrecimento
4.5.1 Definição
4.5.2
Aplicabilidade
5. NOVAS ATIVIDADES
DOS PROFISSIONAIS DO
PROCESSO DE
PRODUÇÃO DO
VESTUÁRIO
5.1 Tendências
Futuras
6. SAÚDE OCUPACIONAL
6.1 Conceito
7. MEIO AMBIENTE E
SUSTENTABILIDADE
7.1
Responsabilidades
socioambientais
7.2 Políticas públicas
ambientais
7.3 A indústria e o
meio ambiente
8. DIRETRIZES
EMPRESARIAIS
8.1 Missão
224
8.2 Visão
8.3 Valores
8.4 Política da
Qualidade

225
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Laboratório de Automação
Sala de modelagem
Sala de Corte
Laboratório de eletroeletrônica
Laboratório de informática
Ambientes Pedagógicos
Sala de Costura
Laboratório de CAD e CAM
Laboratório de Enobrecimento
Sala de Impressão 3D
Sala de aula modulares, flexíveis com tecnologia móvel
Sala de Química

Instrumentos de medição
Computadores com acesso a internet
EPIs
Impressora 3D
tablet
Softwares básico de escritório (editor de texto, planilhas,
apresentações)
Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)
Kit de passadoria
Aparelhos e acessórios
Simuladores
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e
EPCs
Ferramentas
Bancada de modelagem
Jogos de régua de modelagem
Manequins de draping
Máquina de corte
Mesa de corte automática
CAD e CAM
Espelho Virtual
Robô Autônomo
Scanner 3D (body scanner e outros)
Máquina de costura Automática
Óculos 3D - Realidade Virtual

Material de Consumo (Matéria Prima, aviamentos,


Materiais
insumos, papelaria)

Apostilas
Livros

226
Recursos didáticos Normas
Manuais de Produtos e Máquinas
Publicações

227
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO III

Perfil Profissional: TÉCNICO EM VESTUÁRIO

Unidade Curricular: TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Carga Horária: 100h

Unidades de Competência:

UC3 : Participar do desenvolvimento de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade

Objetivo Geral: Desenvolver trabalho de pesquisa voltados para a mobilização e articulação, de forma
integrada, de capacidades técnicas, organizativas, sociais e metodológicas desenvolvidas para atuação como
técnico em vestuário, fundamentados na aplicação de conhecimentos técnicos em novas tecnologias para
indústria do vestuário

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. PROJETO DE


PESQUISA
1.1 Revisão dos
Fundamentos Técnicos Científicos
objetivos
propostos
Definir as atividades, o cronograma e a matriz de responsabilidades para 1.2 Definição da
as diferentes etapas do projeto em desenvolvimento justificativa
Reconhecer procedimentos, padrões, normas técnicas e tecnologias 1.3 Definição da
requeridas para elaboração da documentação técnica pertinente ao metodologia
projeto 1.4 Coleta de
Definir estratégias para apresentação da documentação técnica sob a dados
sua responsabilidade 1.5 Análise de
Reconhecer novas tecnologias aplicadas ao processo de produção do dados
vestuário no âmbito a definição do Tema e tipo de projeto a ser 1.6 Elaboração de
desenvolvido cronograma de
Interpretar as necessidades do cliente e do mercado voltados para as desenvolvimento
novas demandas da indústria do vestuário e novas tecnologias como 2. PLANEJAMENTO DO
insumo para o planejamento das etapas de desenvolvimento do projeto PROJETO DE TCC
Identificar variáveis relevantes que impactam a viabilidade técnica e 2.1 Previsão de
sustentável do projeto recursos
2.2 Matriz de
Responsabilidades
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas 2.3 Elaboração de
cronograma de
Capacidades Organizativas desenvolvimento

228
Demonstrar profissionalismo no exercício de suas responsabilidades e 3. DESENVOLVIMENTO
sintonia com as diretrizes institucionais estabelecidas DO PROJETO DE TCC
Aplicar os princípios, normas e procedimentos de saúde, segurança e 3.1 Execução
meio ambiente às atividades sob a sua responsabilidade 3.2 Sistematização
Reconhecer a importância do seu trabalho no contexto da organização, dos resultados
considerando os impactos das suas atividades nos resultados dos 3.3 Conclusão
produtos e serviços da empresa 3.4 Apresentação
4. ELABORAÇÃO DE
Capacidades Metodológicas DOCUMENTAÇÃO

Avaliar as oportunidades de crescimento e desenvolvimento TÉCNICA DO PROJETO


profissional, considerando o próprio potencial, as mudanças no DE TCC
mercado de trabalho e as necessidades de investimento na própria 5. DESENVOLVIMENTO
PROFISSIONAL
formação
5.1 Definição de
Capacidades Sociais Metas e Objetivos
5.2 Networking
Reconhecer o seu papel como gestor de equipes e processos de
5.3 Resiliência
trabalho, dialogando com seus pares e os demais níveis hierárquicos. 5.4 Inteligência
Demonstrar atitudes éticas na conduta pessoal e profissional Emocional
6. VISÃO FUNCIONAL
DO TRABALHO
INDIVIDUAL
6.1 A empresa
como organismo
vivo

229
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Laboratório de Automação
Sala de modelagem
Sala de Corte
Laboratório de informática
Ambientes Pedagógicos Sala de aula
Laboratório de Química
Laboratório de Eletroeletrônica
Sala de Costura
Laboratório de CAD e CAM
Laboratório de Enobrecimento

Instrumentos de medição
Computadores com acesso a internet
EPIs
Impressora 3D
tablet
Softwares básico de escritório (editor de texto, planilhas,
apresentações)
Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)
Kit de passadoria
Aparelhos e acessórios
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Simuladores
Ferramentas EPCs
Bancada de modelagem
Jogos de régua de modelagem
Manequins de draping
Máquina de corte
Mesa de corte automática
CAD e CAM
Espelho Virtual
Robô Autônomo
Scanner 3D (body scanner e outros)
Máquina de costura Automática

Material de Consumo (Matéria Prima, aviamentos,


Materiais
insumos, papelaria)

Apostilas
Livros
Normas
Recursos didáticos Sites

230
Manuais de Produtos e Máquinas
Aplicativos
Publicações

INFORMAÇÕES SOBRE A VERSÃO DA OCUPAÇÃO

Data de Validação 28/09/2017

Data de Validade 31/12/2022

Rio de
Local
Janeiro

231
7.1. INSPETOR DA QUALIDADE DE PRODUTOS E PROCESSOS DO
VESTUÁRIO

Identificação da Saída Intermediária

Ocupação de Referência: TÉCNICO EM VESTUÁRIO

Inspetor da Qualidade de Produtos e Processos


Ocupação CBO 3912-05
do Vestuário

EDUCAÇÃO
Educação Profissional Técnica de Nível Médio C.H MÍNIMA h
PROFISSIONAL

NÍVEL DA EIXO Produção


3
QUALIFICAÇÃO TECNOLÓGICO Industrial

ÁREA Confecção de artigos do vestuário e


Vestuário SEGMENTO TECNOLÓGICO
TECNOLÓGICA acessórios

Inspecionar a Qualidade da produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões


COMPETÊNCIA
estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho,
GERAL
princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade

REQUISITOS
Cursando o 2º Ano do Ensino Médio ou ter concluído.
DE ACESSO

Relação das Unidades de Competência

Implementar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões


Unidade de Competência 1 estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança
do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade

Supervisionar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões


Unidade de Competência 2 estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança
do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade

232
Descrição das Unidades de Competência

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 1
Implementar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da
qualidade e de sustentabilidade

Elementos de
Padrões de Desempenho
Competência

Atendendo aos procedimentos de registro de informações estabelecidos pela


empresa (elaborar Ficha Técnica\ de Produção)
Considerando as Normas Técnicas e de Regulamentação de produtos do vestuário
Obter informações Considerando as especificações técnicas das matérias primas, aviamentos,
sobre o produto máquinas, equipamentos e acessórios de acordo com as especificações do
fornecedor\fabricante
Considerando as informações da ficha técnica/ desenvolvimento do produto e da
peça piloto e seus respectivos acabamentos

Elaborando balanceamento da produção


Organizar o fluxo
Considerando as informações da Ordem de Produção, Peça Piloto e Ficha
operacional
Técnica/Produção

Considerando as Normas Técnicas e Regulamentadoras e as práticas da empresa


Promover ações
relativas a sustentabilidade
de produção
Considerando as técnicas de otimização dos processos da produção para redução
sustentável
do desperdício de recursos (matéria prima, utilidades, tempo, pessoas...)

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 2
Supervisionar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da
qualidade e de sustentabilidade

Elementos de
Padrões de Desempenho
Competência

Controlar a Garantindo o cumprimento de Normas Técnicas e Regulamentadoras da produção


Qualidade da de produtos do vestuário
produção de Monitorando os indicadores de Qualidade estabelecidos pela empresa
produtos do Atendendo aos critérios técnicos de Qualidade estabelecidos pela empresa, pela
vestuário marca, na Ordem de Produção, Peça Piloto e ou Ficha Técnica/Produção

Garantindo o atendimento das Normas Regulamentadoras relativas à ergonomia


Garantindo o bom clima organizacional setorial
Gerenciar equipes Considerando a necessidade de treinamento identificada na equipe em função dos
233
de trabalho novos produtos e novas tecnologias e ou novas contratações
Garantindo o desempenho da equipe de trabalho em função dos indicadores de
produtividade estabelecidos pela empresa

Garantindo o cumprimento de procedimentos, Normas Técnicas e


Controlar os
Regulamentadoras, de saúde e segurança do trabalho e de sustentabilidade.
processos
(promove ações para sensibilização acerca de saúde e segurança, orienta quanto
produtivos de
as normas internas de saúde e segurança, orientar quanto ao descarte de materiais,
produtos do
otimizando desperdícios
vestuário:
Garantindo o atendimento das informações da Ordem de Produção
modelagem, corte
Garantindo o atendimento da Sequência Operacional do processo produtivo
e costura
Monitorando os indicadores de desempenho estabelecidos pelo PCP

234
Competências de Gestão

Apresentar postura proativa e atitude inovadora e empreendedora, atualizando-se continuamente e


adaptando-se, com criatividade, às mudanças tecnológicas, organizativas e profissionais
Apresentar, no planejamento e no desenvolvimento das suas atividades profissionais, uma postura de
respeito, comprometimento, responsabilidade, engajamento, atenção, disciplina, organização, precisão e
zelo
Atuar na orientação de equipes de trabalho, comunicando-se profissionalmente, orientando e capacitando
colaboradores, interagindo e cooperando com os integrantes dos diferentes níveis hierárquicos da empresa
Atuar profissionalmente, cumprindo os princípios de higiene e saúde, os procedimentos de qualidade e de
meio ambiente e as normas de segurança aplicáveis às atividades sob a sua responsabilidade
Estabelecer relacionamento profissional com instâncias externas e internas
Ser ético na conduta pessoal e profissional
Ser flexível, adaptando-se às diretrizes, normas e procedimentos da empresa, de forma a assegurar a
qualidade técnica de produtos e serviços
Ter visão sistêmica, considerando conjuntamente os aspectos técnicos, sociais, econômicos, tecnológicos e
de qualidade aplicáveis às atividades sob a sua responsabilidade

Contexto de Trabalho da Ocupação

Meios de Produção

Máquinas e Equipamentos

Máquinas e equipamentos para processos de modelagem, corte, preparação, costura, lavanderia e


acabamento
Máquinas e equipamentos de enobrecimentos têxteis
Sensores e atuadores integrados em rede, conectando produtos e processos
Simuladores táteis e scanners para medição antropométrica
Mesa de Corte
Computadores e Tablet

Ferramentas e Instrumentos

Instrumentos de medição lineares


Instrumentos de medição de tempo
Ferramentas manuais para desenho, modelagem, corte e costura
Ferramenta de gestão
Acessórios, aparelhos e gabaritos para máquinas

Meios de Produção ou Tratamento da Informação

Softwares de controle e programação - gestão


Softwares de simulação
Softwares de representação gráfica, CADs (Desenho e Modelagem) e CAM

Materias de Utilização Habitual

Matérias-primas para testes e ensaios


Catálogos de produtos e máquinas
235
Publicações do setor e de áreas afins
Cartelas de cores
Normas técnicas e regulamentadoras
Matérias-primas para a confecção do vestuário

Métodos e Técnicas de Trabalho

Análise de materiais
Análise e acompanhamento da Terceirização, subcontratação, contratação temporária, facção
Analise e acompanhamento de custos
Análise e acompanhamento de fluxo de produção e suprimentos
Gestão da qualidade
Gestão de materiais
Gestão de pessoas
Planejamento, programação e controle da produção – PPCP
Racionalização de produção (tempos e métodos)
Sistema de gestão socioambiental – sustentabilidade
Sistemas de produção em célula, em linha e misto
Técnicas de comunicação oral e escrita
Técnicas de confecção
Técnicas de corte
Técnicas de modelagem tridimensional e bidimensional
Viabilização da produção de acordo com o tipo de comercialização

Condições de Trabalho

Condições ambientais

Ambientes internos e externos, com variabilidades de postos de trabalho

Turnos e horários

Possibilidade de trabalho autônomo


Flexibilidade de trabalho em turnos e sazonalidade
Horários variados e flexíveis

Riscos profissionais

Riscos químicos: Exposição a produtos químicos, vapores e gases


Riscos físicos: Risco de cortes pelo manuseio de equipamentos pontiagudos, laser e cortantes; problemas
oculares por inadequação da luminosidade. Riscos de problemas de audição, Riscos de problemas
respiratórios e dermatológicos por conta do contato com poeiras e resíduos sólidos

Equipamentos de Segurança

EPCs (Equipamentos de Proteção Coletiva) de acordo com a atividade a ser executada e riscos presentes
no local de trabalho
EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) de acordo com a atividade a ser executada e indicações do
236
manual de serviços

Posições no Processo Produtivo

Contexto Profissional

Situação de emprego: vínculo formal através da CLT, prestador de serviço e/ ou empreendedor como pessoa
jurídica
A atividade do Técnico em Vestuário é desenvolvida em Indústria de vestuário e afins de diferentes portes,
segmentos e níveis tecnológicos

Contexto Funcional e Tecnológico

As atividades do profissional Técnico em Vestuário, consistem, basicamente, em trabalhos de planejamento


e controle de processos de produção de produtos do vestuário. Avalia e busca melhorias quanto ao processo
de produção do vestuário. Coordena e capacita equipes de trabalho no nível operacional. Controla o registro
de informações, relacionando a área de criação e de desenvolvimento técnico do produto. Quando em
empresas, o técnico está em condição de dependência hierárquica, com grau médio/alto de
responsabilidade e autonomia no desempenho de suas atividades

Evoluções da Ocupação

Mudanças nos fatores tecnológicos, organizacionais e econômicos: Responsabilidade socioambiental e


Sustentabilidade; Evolução das matérias-primas; Evolução dos meios tecnológicos; Valorização do capital
intelectual; Criatividade na solução de problemas; Produtividade e redução de custos; Pesquisa e inovação;
Evolução da gestão de pessoas; Manufatura Social (participação do cliente no processo produtivo)
Mudanças nas atividades profissionais: Participar da avaliação da área de novas tecnologias empregadas
no processo produtivo; Exercer, com visão sistêmica, múltiplas funções, cumprindo os aspectos ambientais,
sociais e de segurança; Autodesenvolvimento e atualização tecnológica; Integrar as novas tecnologias às
rotinas de trabalho
Atividades que tendem a manter a importância: Controlar a qualidade, eficiência e a produtividade de
colaboradores do nível operacional; Organizar os métodos de trabalho; Realizar a integração de informações
entre os setores; Elaborar e preencher documentos técnicos relativos a sua área de atuação; Relações
Interpessoais – motivação e liderança
Atividades que tendem a ganhar importância: Prospectar soluções para problemas identificados no processo
produtivo do vestuário; Realizar ações preventivas e de potencialização do processo produtivo do vestuário;
Engenharia no desenvolvimento, melhoria e teste de produtos e processos tecnológicos; Acompanhar o
processo de desenvolvimento do produto para otimizar o processo de produção; Elaborar e preencher
documentos técnicos relativos a sua área de atuação; Alimentar e interpretar os dados do sistemas de
gestão, relativos ao produto e ao processo produtivo
Atividades que tendem a perder importância: Gestão analógica dos processos
Atividades novas: Apoiar a implementação de estratégias conscientes para uso racional de recursos, de
acordo com os conceitos de sustentabilidade; Trabalhar junto com designer gráfico para elaboração de
protótipos digitais; Utilizar novas tecnologias para gerir e desenvolver os processos produtivos do vestuário
Mudanças na educação profissional: Uso de ambientes virtuais e interativos de aprendizagem; Uso,
alimentação e interpretação de banco de dados; Utilização de novas tecnologias inerentes ao
237
desenvolvimento de produtos do vestuário; Uso de ambientes colaborativos que favoreçam a experimentação
e interação entre diversas áreas do conhecimento; Sala de Aula invertida; Ampliação do desenvolvimento de
competências sociais, organizativas e metodológicas que favoreçam a resiliência, criatividade, proatividade
e autorregulação do trabalho; Ênfase no trabalho com gestão de pessoas, novas técnicas de motivação e
liderança
Inovações tecnológicas de processo que poderão se difundir no Brasil nos próximos 5 e 10 anos: Realidade
virtual e aumentada; Manufatura 4.0: Tais como novas tecnologias de conectividades, big data, infotainment;
Impressão em 3D e 4D e impressão digital; E-commerce; Online: sistemas de controle de qualidade / vendas
e estoques; Integração de sistemas mecânicos e automáticos; Tecnologia de comunicação de dados sem
fio; Sistemas para a otimização de eficiência energética; Sistemas automatizados/informatizados para
realização de diagnósticos; Sistemas de medição antropométrica com uso de novas tecnologias;
Minifábricas modulares, flexíveis e automatizadas para produção verticalizada personalizadas; Novos
sistemas de multiplexagem (Sistema Ciberfísico)
Inovações Tecnológicas de produto que poderão se difundir no Brasil nos próximos 5 e 10 anos: Fios,
filamentos e fibras / tecidos inteligentes; Tecnologias vestíveis (wearable); Roupas confeccionadas através da
Impressão em 3D e 4D; Novos materiais poliméricos
Novas técnicas de controle de qualidade e inspeção que poderão se difundir no setor, no Brasil, nos
próximos 5 e 10 anos: Processo de logística reversa para produtos agressivos ao meio ambiente (resíduos
de óleos, embalagens etc); Processos compartilhados de logística e estoque (redes); Sistemas de
informação tecnológica em nuvem; Sistemas para acompanhamento, via web pelo cliente, do processo de
produção; Gestão da produção personalizada; Gestão da Qualidade total: foco no cliente, melhoria dos
processos e envolvimento das pessoas; Sistemas de rastreabilidade da manutenção; Procedimentos de auto
teste para verificação de falhas antes do início das etapas operacionais; Difusão da economia circular;
Controle de resíduos químicos na construção do produto (desde o insumo até o produto final)

Formação Profissional Relacionada à Ocupação

Bacharelado em Design – Habilitação Moda


Curso Superior de Tecnologia em Produção Têxtil
Curso Superior em Administração
Curso Superior em Figurino e Indumentária
Curso Técnico em Modelagem
Curso Técnico em Produção de Moda
Curso Técnico Têxtil
Engenharia de produção
Engenharia Têxtil
Tecnólogo em Design de Moda

Indicação de Conhecimentos Referentes ao Perfil Profissional

Conhecimentos
Documentação
Técnica
UC1 : Implementar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões
Novas Tecnologias
estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do
238
trabalho, princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade Simbologia e
Terminologias
Normas Técnicas e
Regulamentadoras

Conhecimentos
Normas Técnicas e
Regulamentadoras
Processos de
Modelagem
Processos de
Corte
UC2 : Supervisionar a produção de produtos do vestuário de acordo com os padrões
Processos de
estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do
Costura
trabalho, princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade
Máquinas e
Equipamentos de
modelagem, corte
e Costura
Acabamentos
Gestão da
Qualidade Total

239
8. TÉCNICO EM MODELAGEM DO VESTUÁRIO

Identificação da ocupação

TÉCNICO EM MODELAGEM DO
Ocupação CBO 3191-10
VESTUÁRIO

EDUCAÇÃO Educação Profissional Técnica de Nível


C.H MÍNIMA 1000h
PROFISSIONAL Médio

NÍVEL DA EIXO Produção Cultural e


3
QUALIFICAÇÃO TECNOLÓGICO Design

ÁREA SEGMENTO Confecção de artigos do vestuário e


Vestuário
TECNOLÓGICA TECNOLÓGICO acessórios

Desenvolver Modelagem e Supervisionar o processo de modelagem e pilotagem de


COMPETÊNCIA produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela empresa, seguindo
GERAL normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e
de sustentabilidade.

REQUISITOS
Ensino médio concluído ou cursando ensino médio a partir do segundo ano.
DE ACESSO

Relação das Unidades de Competência

Desenvolver modelagem de produtos do vestuário de acordo com os padrões


Unidade de Competência 1 estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança
do trabalho, princípios de gestão da qualidade e sustentabilidade.

Supervisionar o processo de modelagem e pilotagem de produtos do vestuário


de acordo com os padrões estabelecidos pela empresa, seguindo normas
Unidade de Competência 2
técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade
e sustentabilidade.

240
Descrição das Unidades de Competência

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 1
Desenvolver modelagem de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da
qualidade e sustentabilidade.

Elementos de Competência Padrões de Desempenho

Utilizando técnicas de gradação para construção das grades de


Construir Tabelas de Medida de tamanho em função do perfil do público alvo da marca
corpo e Bases de Modelagem Considerando as informações de pesquisas sobre o perfil e medidas
antropométricas do público alvo da marca

Seguindo procedimentos e Normas Regulamentadoras de qualidade,


ergonomia, saúde e segurança do trabalho e sustentabilidade.
Atendendo aos procedimentos de registro de informações
estabelecidos pela empresa
Observando a otimização dos processos da produção
Utilizando técnicas de modelagem em função do produto final (manuais
Construir a modelagem de
e informatizado)
produtos do vestuário
Considerando as propriedades e características da matéria-prima e
aviamentos em função do produto final
Considerando as informações da Ficha Técnica/ Criação, em função
do produto final
Considerando Normas Técnicas das medidas antropométricas e ou
tabela de medidas estabelecidas pela marca

Atendendo aos procedimentos de registro de informações


estabelecidos pela empresa
Considerando a sequência operacional preliminar estabelecida
(preparação, montagem e acabamento)
Apoiar a construção do protótipo
Considerando as características dos materiais utilizados para
construção do protótipo
Considerando as informações da Ficha Técnica/ Desenvolvimento e do
molde do protótipo

Atendendo aos procedimentos de registro de informações


estabelecidos pela empresa
Adequar o protótipo
Considerando as alterações na modelagem em função da prova de
roupa (vestibilidade e costurabilidade)

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 2
Supervisionar o processo de modelagem e pilotagem de produtos do vestuário de acordo com os

241
padrões estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho,
princípios de gestão da qualidade e sustentabilidade.
Elementos de
Padrões de Desempenho
Competência

Monitorando os indicadores de produtividade e qualidade relativos ao setor de


modelagem
Organizar o setor de Atendendo aos procedimentos de registro de informações estabelecidos pelo
modelagem empresa
Considerando o cronograma pré estabelecidas pela empresa para
distribuições das atividades do setor de modelagem

Considerando as informações da Ficha Técnica/desenvolvimento e ou Peça


Piloto
Liberar a modelagem e Atendendo aos procedimentos de registro de informações estabelecidos pelo
peça piloto para a empresa
produção Utilizando técnicas de gradação do molde de acordo com Normas Técnicas
das medidas antropométricas e ou tabela de medidas estabelecidas pela
marca

Garantindo o atendimento das Normas Regulamentadoras relativas à


ergonomia.
Garantindo o bom clima organizacional setorial.
Gerenciar equipes de
Considerando a necessidade de treinamento identificada na equipe em função
trabalho
dos novos produtos e novas tecnologias e ou novas contratações
Garantindo o desempenho da equipe de trabalho em função dos indicadores de
produtividade estabelecidos pela empresa

242
Competências de Gestão

Apresentar postura proativa e atitude inovadora e empreendedora, atualizando-se continuamente e


adaptando-se, com criatividade, às mudanças tecnológicas, organizativas e profissionais.
Apresentar, no planejamento e no desenvolvimento das suas atividades profissionais, uma postura de
comprometimento, responsabilidade, engajamento, atenção, disciplina, organização, precisão e zelo.
Atuar na orientação de equipes de trabalho, comunicando-se profissionalmente, orientando colaboradores,
interagindo e cooperando com os integrantes dos diferentes níveis hierárquicos da empresa.
Atuar profissionalmente, cumprindo os princípios de higiene e saúde, os procedimentos de qualidade e de
meio ambiente e as normas de segurança aplicáveis às atividades sob a sua responsabilidade.
Estabelecer relacionamento profissional com instâncias externas e internas
Ser ético na conduta pessoal e profissional.
Ser flexível, adaptando-se às diretrizes, normas e procedimentos da empresa, de forma a assegurar a
qualidade técnica de produtos e serviços.
Ter visão sistêmica, considerando conjuntamente os aspectos técnicos, sociais, econômicos, tecnológicos e
de qualidade aplicáveis às atividades sob a sua responsabilidade.

Contexto de Trabalho da Ocupação

Meios de Produção

Máquinas e Equipamentos

Simuladores táteis e scanners para medição antropométrica


Equipamentos de CAD (posto de trabalho)
Manequim de drapping
Computadores
Mesa de Corte
Máquinas e equipamentos para processos de costura, corte e modelagem
Sensores e atuadores integrados em rede, conectando produtos e processos

Ferramentas e Instrumentos

Instrumentos de medição
Ferramentas manuais para desenho, modelagem, corte e costura
Ferramenta de gestão
Acessórios e gabaritos para máquinas
Bancada e cadeiras ergonômicas

Materias de Utilização Habitual

Catálogos de produtos e máquinas


Matérias primas para testes e ensaios
Publicações do setor e de áreas afins
Materiais para modelagem
Normas técnicas e regulamentadoras

Equipamentos e ferramentas associados aos diversos processos de informática

Softwares de gestão
243
Softwares de simulação
Softwares de representação gráfica, CADs (Desenho e Modelagem) e CAM

Métodos e Técnicas de Trabalho

Gestão de materiais
Gestão de pessoas
Métodos de interpretação de modelo
Sistema de gestão de segurança e saúde ocupacional
Sistema de gestão socioambiental
Técnicas de comunicação oral e escrita
Técnicas de confecção
Técnicas de corte
Técnicas de modelagem

Condições de Trabalho

Condições ambientais

Ambientes internos com variabilidades de postos de trabalho, com possibilidade de home office

Turnos e horários

Possibilidade de trabalho autônomo


Horários variados e flexíveis
Flexibilidade de trabalho, trabalho em turnos e sazonalidade

Riscos profissionais

Riscos biológicos: Riscos de problemas respiratórios e dermatológicos por conta do contato com fungos e
ácaros presentes nos tecidos e papéis mal armazenados.
Riscos físicos: Risco de cortes pelo manuseio de equipamentos pontiagudos e cortantes; problemas oculares
por inadequação da luminosidade. Riscos de problemas de audição, Riscos de problemas respiratórios e
dermatológicos por conta do contato com poeiras e resíduos sólidos
Riscos ergonômicos: Riscos de lesão por esforço repetitivo, por posição ergonômica e equipamentos
inadequados em relação à atividade a ser desenvolvida.

Equipamentos de Segurança

EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) de acordo com a atividade a ser executada e indicações do
manual de serviços
EPCs (Equipamentos de Proteção Coletiva) de acordo com a atividade a ser executada e riscos presentes
no local de trabalho

Condições Gerais

Obs.: Para pessoas com deficiência, são observados os requisitos de acessibilidade descritos na NBR nº

244
9050, nos Conceitos do Desenho Universal, na Lei nº 13.146/2015 e na Legislação específica da Deficiência
em questão

Posições no Processo Produtivo

Contexto Profissional

Situação de emprego: vínculo formal através da CLT, prestador de serviço e/ ou empreendedor como pessoa
jurídica ou autônomo.
A atividade do Técnico em Modelagem do Vestuário é desenvolvida em Indústria de vestuário e afins de
diferentes portes, segmentos e níveis tecnológicos.

Contexto Funcional e Tecnológico

A atividade do técnico em modelagem do vestuário demanda um alto grau de responsabilidade e médio grau
de autonomia, liderando outras pessoas. Sua atividade pode ser autônoma, individual ou em grupo. Este
profissional atua dentro da cadeia de produção de vestuário e afins. Utiliza equipamentos de alta tecnologia
para desenvolvimento de suas atividades.

Possíveis Saídas para o Mercado de Trabalho

Consultor em modelagem
Empreendedor autônomo
Coordenador do setor de modelagem
Modelista de roupas
Assistente de Modelagem

Evoluções da Ocupação

Mudanças nos fatores tecnológicos, organizacionais e econômicos: Smart Consumer experience (co-criação
de valor, preocupação com valor agregado ao produto), Evolução dos meios tecnológicos: Sistemas de
integração do mundo físico com o virtual (ciberfísicos), Responsabilidade socioambiental: governança da
cadeia de valor sustentável, ecoinovação e ecodesign e adesão à produção com tecnologias limpas;
Valorização do capital intelectual; Inovações tecnológicas aplicadas ao segmento têxtil (materiais e insumos
em geral); Criatividade na solução de problemas; Produtividade e redução de custos; Pesquisa e inovação;
Evolução da gestão de pessoas; Manufatura Social (participação do cliente no processo produtivo).
Atividades que tendem a manter a importância: Estabelecer relacionamento com fabricantes, parceiros,
fornecedores e clientes (se ele for autônomo); Organização e métodos de trabalho; Realizar a integração de
informações entre os setores; Elaborar e preencher documentos técnicos relativos a sua área de atuação;
Atividade de modelagem plana manual; Atividades individualizadas; Atividade híbrida manual e com uso de
softwares de programas específicos dentre outras tecnologias emergentes
Atividades novas: Criar estratégias conscientes para descarte dos resíduos dos materiais; Elaborar
protótipos digitais; Utilizar novas tecnologias para o desenvolvimento dos processos produtivos do vestuário
Mudanças na educação profissional: Uso de ambientes virtuais e interativos de aprendizagem; Uso e
alimentação de banco de dados; Utilização de novas tecnologias inerentes ao desenvolvimento de produtos
do vestuário; Uso de ambientes colaborativos que favoreçam a experimentação e interação entre diversas
áreas do conhecimento; Sala de Aula invertida; Ampliação do desenvolvimento de competências sociais,
245
organizativas e metodológicas que favoreçam a resiliência, criatividade, proatividade e autoregulação do
trabalho
Inovações tecnológicas de processo que poderão se difundir no Brasil nos próximos 5 e 10 anos: Realidade
virtual e aumentada (3D Mirroir); Manufatura 4.0: Tais como novas tecnologias de conectividades, big data,
infotainment; Impressão em 3D e impressão digital; E-commerce; Online: sistemas de controle de qualidade /
vendas e estoques; Integração de sistemas mecânicos e automáticos; Tecnologia de comunicação de dados
sem fio; Sistemas para a otimização de eficiência energética; Sistemas automatizados/informatizados para
realização de diagnósticos; Sistemas de medição antropométrica com uso de novas tecnologias;
Minifábricas modulares, flexíveis e automatizadas para produção verticalizada personalizadas; Novos
sistemas de multiplexagem
Inovações Tecnológicas de produto que poderão se difundir no Brasil nos próximos 5 e 10 anos: Fios,
filamentos e fibras / tecidos inteligentes; Tecnologias vestíveis (wearable); Roupas confeccionadas através da
Impressão em 3D; Novos materiais poliméricos
Novas técnicas de controle de qualidade e inspeção poderão se difundir no setor, no Brasil, nos próximos 5 e
10 anos: Processos compartilhados de logística e estoque (redes); Sistemas de informação tecnológica em
nuvem; Sistemas para acompanhamento, via web pelo cliente, do processo de produção; Gestão da
produção personalizada; Gestão da Qualidade total: foco no cliente, melhoria dos processos e envolvimento
das pessoas

Formação Profissional Relacionada à Ocupação

Bacharelado em Design – Habilitação Moda


Curso Superior de Tecnologia em Produção Têxtil
Curso Superior em Administração
Curso Superior em Figurino e Indumentária
Curso Técnico em Produção de Moda
Curso Técnico em Vestuário
Curso Técnico Têxtil
Engenharia Têxtil
Tecnólogo em Design de Moda

Indicação de Conhecimentos Referentes ao Perfil Profissional

Conhecimentos
Antropometria
Terminologias
Técnicas de
modelagem
industrial
Processo de
Corte
UC1 : Desenvolver modelagem de produtos do vestuário de acordo com os padrões
Modelagem
estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do
plana (tecidos
trabalho, princípios de gestão da qualidade e sustentabilidade.
246
planos e
bioelásticos)
Processo de
Costura
Documentos
técnicos
Preparação de
modelagens

Conhecimentos
Gestão de
equipes de
trabalho
UC2 : Supervisionar o processo de modelagem e pilotagem de produtos do vestuário de Fluxo
acordo com os padrões estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de Operacional da
saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e sustentabilidade. produção do
setor de
modelagem
Gestão da
Produção

247
Desenho curricular
Resumo da Organização Curricular

Carga Horária
Módulos Unidades Curriculares Carga Horária
do Módulo

FUNDAMENTOS DA MODA 60 h

QUALIDADE, SAÚDE, MEIO AMBIENTE E


BÁSICO 20 h 150 h
SEGURANÇA

TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO 70 h

INTRODUTÓRIO INTRODUÇÃO A PRODUÇÃO DO VESTUÁRIO 60 h 60 h

CONSTRUÇÃO DE TABELAS E
100 h
DESENVOLVIMENTO DE BASES
ESPECÍFICO I 400 h
MODELAGEM INDUSTRIAL DO VESTUÁRIO:
300 h
PLANA, TRIDIMENSIONAL E INFORMATIZADA.

GESTÃO DOS PROCESSOS DE MODELAGEM


60 h
DO VESTUÁRIO E INSPEÇÃO DA QUALIDADE
ESPECÍFICO III 200 h
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 60 h

Gestão de Equipes de Trabalho 80 h

PRÉ-PROJETO 30 h
ESPECÍFICO II 190 h
Prototipagem de produtos do vestuário 160 h

TOTAL 1000h

248
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: TÉCNICO EM MODELAGEM DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: FUNDAMENTOS DA MODA

Carga Horária: 60h

Unidades de Competência:

UC1 : Desenvolver modelagem de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e
sustentabilidade.
UC2 : Supervisionar o processo de modelagem e pilotagem de produtos do vestuário de acordo com os
padrões estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios
de gestão da qualidade e sustentabilidade.

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas requeridas para compreensão da história da moda, das influências dos
aspectos sociais, políticos, econômicos e culturais nas características e estilos de cada época e da cadeia
produtiva da moda.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. SISTEMAS DA MODA


1.1 Alta costura
1.2 Prêt –à-porter
Fundamentos Técnicos Científicos
1.3 Fast fashion
1.4 Slow fashion
Identificar os diversos sistemas e segmentos de mercado da 2. HISTÓRIA DA MODA
moda 2.1 Séc. XIX aos dias
Identificar na historia da moda a influencia dos aspectos sociais, atuais
políticos, econômicos e culturais nas características e estilos de 2.1.1 Aspectos
cada época sociais, políticos e
Reconhecer novas tecnologias e suas aplicabilidades na cadeia econômicos
produtiva da moda 2.1.2 Aspectos
Identificar terminologias da moda estéticos
3. CICLO DA MODA
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas 3.1 Definição
3.2 Etapas
3.2.1 Pesquisa
Capacidades Sociais
3.2.2 Produção
Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas. 3.2.3 Lançamento
Identificar os conceitos básicos acerca da ética nas ações e nas 3.2.4 Maturidade
relações interpessoais 3.2.5 Declínio
4. MODA E MERCADO

249
Capacidades Organizativas 4.1 Segmentos de
mercado
Reconhecer os princípios da organização no desenvolvimento 4.2 Público-alvo
das atividades sob a sua responsabilidade 5. NOVAS TECNOLOGIAS
Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e APLICADAS À CADEIA
meio ambiente como requisitos para a organização de PRODUTIVA DA MODA
ambientes de trabalho 5.1 Ênfases
Reconhecer o conceito e a importância da visão sistêmica no 5.1.1 Design
desenvolvimento das atividades profissionais 5.1.2 Novos
Materiais
Capacidades Metodológicas
5.1.3 Confecção
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de 5.1.4 Canais de
inovação Comunicação e
Consumo
5.2 Definição
5.3 Princípios Básicos
5.4 Aplicabilidade
6. INOVAÇÃO
6.1 Definição
6.2 Inovação x melhoria
6.3 Visão inovadora
7. PESQUISA
7.1 Levantamento de
dados
7.2 Geração de
alternativas
8. CRIATIVIDADE
8.1 Definição
8.2 Estratégias
8.3 Técnicas

250
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Ambientes Pedagógicos Sala de Aula
Laboratório de informática

Computador com pacote de escritório e acesso à internet,


Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e
projetor multimídia
Ferramentas
tablet

Equipamentos, Ferramentas e Quadro branco


Instrumentos Tela de projeção

Apostilas
Livros
Recursos didáticos
Normas e publicações
Sites e aplicativos

251
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: TÉCNICO EM MODELAGEM DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: QUALIDADE, SAÚDE, MEIO AMBIENTE E SEGURANÇA

Carga Horária: 20h

Unidades de Competência:

UC1 : Desenvolver modelagem de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e
sustentabilidade.
UC2 : Supervisionar o processo de modelagem e pilotagem de produtos do vestuário de acordo com os
padrões estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios
de gestão da qualidade e sustentabilidade.

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas para assegurar o atendimento à procedimentos e normas técnicas, de
qualidade, de saúde e segurança e de meio ambiente.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. NORMAS


1.1 Definição
1.1.1 Normas
Fundamentos Técnicos Científicos
Regulamentadoras
1.1.2 Normas
Reconhecer tipos, características e utilização de EPIs e EPCs Técnicas
aplicáveis às atividades na cadeia produtiva do vestuário 1.2 Aplicação
Identificar nas Normas Técnicas e Regulamentadoras, os requisitos 2. SAÚDE E SEGURANÇA
de saúde e segurança do trabalho e de sustentabilidade aplicados à 2.1 Tipos de Acidente
cadeia produtiva do vestuário. 2.2 Consequências dos
Reconhecer situações de risco à saúde, segurança e meio acidentes de trabalho
ambiente e as principais formas de proteção utilizadas na cadeia 2.2.1 Trabalhador
produtiva do vestuário. 2.2.2 Empresa
2.2.3 País
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas 2.3 Prevenção de
acidentes
2.4 Doenças
Capacidades Organizativas
Ocupacionais
Reconhecer os princípios da organização no desenvolvimento das 2.5 Tipos de riscos
atividades sob a sua responsabilidade 2.6 Mapa de risco
Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e 2.7 Equipamentos de
meio ambiente como requisitos para a organização de ambientes Proteção Individual -
de trabalho. EPIs e Coletiva - EPCs

252
Reconhecer o conceito e a importância da visão sistêmica no 2.8 Programas de
desenvolvimento das atividades profissionais segurança e saúde
2.8.1 Programa de
Capacidades Sociais Prevenção dos

Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas Riscos Ambientais


Identificar os conceitos básicos acerca da ética nas ações e nas – PPRA
relações interpessoais. 2.8.2 Programa de
Controle Médico
Capacidades Metodológicas de Saúde
Ocupacional –
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de PCMSO
inovação 2.9 Noções de Primeiros
Socorros
2.10 Noções de
Prevenção e Combate a
Incêndio e desastres
3. MEIO AMBIENTE
3.1 Definição
3.2 Resíduos
3.3 Conselho Nacional
do Meio Ambiente -
CONAMA
3.3.1 Legislação
3.3.2 Resoluções
3.4 Plano de
Gerenciamento de
Resíduos - PGR
3.5 Impactos Ambientais
3.6 Riscos ambientais
4. SISTEMA DE GESTÃO
INTEGRADA – SGI
4.1 Definição
4.2 Gestão da Qualidade
4.2.1 Série
NBR/ISO 9000:
Definição,
Estrutura do
documento,
Aplicação
4.3 Gestão ambiental
4.3.1 Série
NBR/ISO 14000:
Definição,
Estrutura do
documento,
Aplicação
4.4 Gestão da segurança
4.4.1 NBR/ISO
18000: Definição,
253
Estrutura do
documento,
Aplicação
5. ORGANIZAÇÃO DE
AMBIENTES DE TRABALHO
5.1 Princípios de
organização
5.2 Organização de
ferramentas e
instrumentos: formas,
importância
5.3 Organização do
espaço de trabalho
6. VISÃO SISTÊMICA
6.1 Definição
6.2 Forças internas e
Externas

254
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Sala de Aula
Ambientes Pedagógicos Laboratório de informática
Oficinas
Laboratórios didáticos

Quadro branco
Tela de projeção
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e
Projetor multimídia
Ferramentas
Computador com pacote de escritório e acesso à
internet

Normas
Publicações
Recursos didáticos Sites da internet
Apostilas
Livros

255
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: TÉCNICO EM MODELAGEM DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO

Carga Horária: 70h

Unidades de Competência:

UC1 : Desenvolver modelagem de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e
sustentabilidade.
UC2 : Supervisionar o processo de modelagem e pilotagem de produtos do vestuário de acordo com os
padrões estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios
de gestão da qualidade e sustentabilidade.

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas para comunicar-se nas formas escrita e oral empregando recursos
computacionais, dentro do ambiente de trabalho, respeitando procedimentos e normas técnicas, de qualidade,
de saúde e segurança e de meio ambiente.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. COMUNICAÇÃO


1.1 Níveis da
hierarquia
Fundamentos Técnicos Científicos
1.2 Norma culta
2. DOCUMENTOS
Aplicar os princípios, padrões e normas da linguagem culta na 2.1 Relatórios
comunicação oral e na elaboração de diferentes tipos de textos técnicos e 2.2 Normas
comerciais. 2.3 Comunicados
Interpretar dados e informações de textos técnicos básicos em português 2.4 Pareceres
e inglês (normas, procedimentos, manuais, planilhas, relatórios, catálogos 2.5 Ordens de
e desenho técnicos) relacionados ao vestuário. serviço
Aplicar os princípios da informática na elaboração de textos básicos, 2.6 Permissão de
apresentações, pesquisas e planilhas. trabalho
3. ELABORAÇÃO DE
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas TEXTOS
3.1 Estrutura
3.2 Interpretação
Capacidades Organizativas
4. INFORMÁTICA
Reconhecer os princípios da organização no desenvolvimento das 4.1 Editor de textos
atividades sob a sua responsabilidade 4.1.1 Criar,
Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e meio abrir e salvar
ambiente como requisitos para a organização de ambientes de trabalho arquivos

256
Reconhecer o conceito e a importância da visão sistêmica no 4.1.2
desenvolvimento das atividades profissionais Formatar
páginas,
Capacidades Sociais parágrafos e
Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas texto

Identificar os conceitos básicos acerca da ética nas ações e nas 4.1.3 Inserir
relações interpessoais objetos,
figuras e
Capacidades Metodológicas tabelas
4.1.4
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de inovação Correção
ortográfica
4.1.5
Marcadores
4.1.6 Índice
4.2 Editor de
apresentações
4.2.1 Criar,
abrir e salvar
arquivos
4.2.2 Inserir
objetos,
figuras e
tabelas
4.2.3
Formatar
slides
4.2.4 Animar
slides
4.3 Editor de
planilhas
eletrônicas
4.3.1 Criar,
abrir e salvar
arquivos
4.3.2
Formatar
células,
linhas e
colunas
4.3.3 Gerar
gráficos
4.3.4
Fórmulas
básicas
4.4 Pesquisas na
internet
4.4.1
Navegadores
257
da web
4.4.2 Sites
de pesquisa
4.4.3 Rede
social
4.4.4 Direito
autoral
4.4.5 Ética
4.4.6 E-mail
5. INGLÊS TÉCNICO
APLICADO AO
VESTUÁRIO
5.1 Verbetes
5.2 Uso do
dicionário
6. ÉTICA
6.1 Definição
6.2 Ética e Moral
6.3 Cidadania
6.4 Indivíduo e
Sociedade
6.5 Direitos e
deveres individuais
e coletivos
6.6 Direitos
Humanos
Universais
7. TRABALHO EM
EQUIPE
7.1 O
relacionamento
com os colegas de
equipe
7.2
Responsabilidades
individuais e
coletivas
7.3 Cooperação
7.4 Compromisso
com objetivos e
metas
8. ORGANIZAÇÃO E
DISCIPLINA NO
TRABALHO
8.1 Definição
8.2 Planejamento
8.3 Definição de
objetivos, metas e
prazos
258
8.4 Gestão Tempo
8.5 Monitoramento

259
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Ambientes Pedagógicos Laboratório de informática
Sala de aula

Projetor multimídia
Computador com pacote de escritório e acesso à
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e internet
Ferramentas tablet
Quadro branco
Tela de projeção

Apostilas
Livros
Recursos didáticos
Normas e publicações
Sites e aplicativos

260
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: INTRODUTÓRIO

Perfil Profissional: TÉCNICO EM MODELAGEM DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: INTRODUÇÃO A PRODUÇÃO DO VESTUÁRIO

Carga Horária: 60h

Unidades de Competência:

UC1 : Desenvolver modelagem de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e
sustentabilidade.
UC2 : Supervisionar o processo de modelagem e pilotagem de produtos do vestuário de acordo com os
padrões estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios
de gestão da qualidade e sustentabilidade.

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas requeridas para a produção de produtos do vestuário, respeitando
procedimentos e normas técnicas, de qualidade, de saúde e segurança e de meio ambiente.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. PROCESSOS DE


PRODUÇÃO DO
VESTUÁRIO
Fundamentos Técnicos Científicos
1.1 Definição
2. ETAPAS DO
Identificar tipos e funcionalidades de máquinas, equipamentos e PROCESSO DE
acessórios aplicados à produção do vestuário PRODUÇÃO DO
Identificar tipos, características e aplicabilidade das matérias primas e VESTUÁRIO
aviamentos para produção do vestuário em função da modelagem 2.1 Planejamento
Reconhecer as formas de representação gráfica e visual aplicadas ao estratégico
desenvolvimento da modelagem de produtos e processos de produção 2.1.1
do vestuário Definição
Identificar as etapas do processo produtivo do vestuário com suas 2.1.2
respectivas características e finalidades Atribuições
Reconhecer métodos e técnicas de produção (tipos de modelagem, 2.2 Criação e
tipos de corte, tipos de costura, dentre outros) necessários ao processo Desenvolvimento de
de fabricação do produto identificado na Ficha Técnica/Criação e produto
Desenvolvimento e ou na peça piloto 2.2.1
Aplicar os fundamentos matemáticos no planejamento e Definição
desenvolvimento da modelagem (tempo, quantidade, percentual, 2.2.2
desempenho, ângulos, retas, plano cartesiano, entre outros) Atribuições
Identificar tipos e funcionalidades de software, equipamentos e 2.3 Modelagem e
ferramentas aplicados a modelagem de produtos do vestuário Prototipagem

261
Identificar as etapas do processo de modelagem com suas respectivas 2.3.1
características e finalidades Definição
Identificar terminologias e simbologias técnicas do vestuário aplicadas 2.3.2
aos processos de produção do vestuário Atribuições
2.3.3 Etapas –
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas Características
e finalidades
2.3.4
Capacidades Sociais
Softwares,
Demonstrar atitudes éticas nas ações e nas relações interpessoais equipamentos
Reconhecer as diferentes características e comportamentos das e ferramentas
pessoas nos grupos e equipes. aplicados à
modelagem
Capacidades Organizativas 2.4 PPCP –
Reconhecer os princípios de profissionalismo no desenvolvimento das Planejamento Tático

atividades sob a sua responsabilidade. e Operacional


Reconhecer os princípios básicos de higiene aplicados ao contexto de 2.4.1
trabalho Definição
Reconhecer a importância dos aspectos técnicos e tecnológicos no 2.4.2

desenvolvimento das atividades profissionais Atribuições


2.5 Processo de
Capacidades Metodológicas Corte
2.5.1
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de formação Definição
de uma atitude empreendedora 2.5.2
Atribuições
2.6 Processo de
Costura
2.6.1
Definição
2.6.2
Atribuições
2.7 Definição
2.8 Enobrecimento
2.8.1
Definição
2.8.2 Tipos
2.9 Acabamento e
Revisão
2.9.1
Definição
2.9.2 Tipos
2.10
Armazenamento e
distribuição
2.10.1
Definição
2.10.2
Atribuições
262
3. MATÉRIAS-PRIMAS E
AVIAMENTOS
3.1 Materiais Têxteis
3.1.1
Terminologia e
Simbologia
3.1.2
Nomenclatura
3.1.3
Estruturas
Têxteis
3.1.4
Simbologia de
Lavagens e
conservação
3.2 Aviamentos
4. MÁQUINAS,
EQUIPAMENTOS E
ACESSÓRIOS
4.1 Tipos
4.2 Funcionalidade
5. REPRESENTAÇÃO
GRÁFICA
5.1 Definição
5.2 Produtos do
vestuário
5.2.1 Tipos de
desenho
(croqui,
desenho de
moda,
desenho
técnico)
5.3 Processos do
vestuário
5.3.1 Tipos
(fluxograma,
organograma,
leiaute de
produção,
gráficos)
5.3.2 Traçados
e diagramas
de modelagem
5.3.3 Encaixe
e risco para
enfesto e corte
6. DOCUMENTOS
TÉCNICOS APLICADOS
263
À PRODUÇÃO DO
VESTUÁRIO
6.1 Tipos
6.2 Finalidades
7. OPERAÇÕES
FUNDAMENTAIS
7.1 Adição,
subtração, divisão e
multiplicação de
números inteiros,
fracionários e
decimais
7.2 Razão e
Proporção
7.2.1 Regra de
Três simples e
composta
7.3 Porcentagem
7.4 Conversão de
Medidas
7.5 Cálculos de
Perímetro, Área,
Massa e Volume
7.6 Geometria
7.6.1 Ângulos
7.6.2
Segmentos de
reta e semi-
retas
7.6.3 Ângulos
consecutivos e
adjacentes
7.6.4 Ângulos
opostos pelo
vértice
7.6.5 Ângulos
congruentes
7.6.6 Medida
de um ângulo
7.6.7
Unidades de
medida de
ângulos
7.7 Coordenadas
cartesianas
8. HIGIENE E SAÚDE
8.1 Princípios de
higiene e saúde
pessoal
264
9. ÉTICA
9.1 Etnocentrismo e
Relativismo Cultural
9.2 Papéis e
Representações
Sociais
10. COMPORTAMENTO
E EQUIPES DE
TRABALHO
10.1 O homem
como ser social
10.2 O papel das
normas de
convivência em
grupos sociais
10.3 A influência do
ambiente de
trabalho no
comportamento
10.4 Fatores de
satisfação no
trabalho.
11. POSTURAS
PROFISSIONAIS
11.1 Engajamento
11.2 Atenção
11.3 Disciplina
11.4 Precisão
11.5 Zelo
11.6 Cooperação
11.7 Autonomia
11.8 Iniciativa
11.9 Criatividade
12.
EMPREENDEDORISMO
12.1 Definição
12.2 Tipos
12.3 Habilidades e
Atitudes
Empreendedoras
13. SISTEMATIZAÇÃO
DOS PROCESSOS
13.1 Tipos
13.2 Fluxos
13.3 Mapeamento
de Fluxo de Valor

265
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Sala de modelagem
Sala de Corte
Sala de Aula
Ambientes Pedagógicos
Laboratório de informática
Biblioteca
Sala de Costura

Publicações
Apostilas
Livros
Material Didático
Normas
Sites
Aplicativos

Projetor multimídia
Tela de projeção
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Computador com pacote de escritório e acesso à
Ferramentas internet
tablet
Quadro branco

266
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: TÉCNICO EM MODELAGEM DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: CONSTRUÇÃO DE TABELAS E DESENVOLVIMENTO DE BASES

Carga Horária: 100h

Unidades de Competência:

UC1 : Desenvolver modelagem de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e
sustentabilidade.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas, requeridas para
elaboração de tabelas de medidas e desenvolvimento de bases, seguindo normas técnicas, de qualidade,
segurança e sustentabilidade aplicadas aos produtos e processos de confecção de peças do vestuário.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Desempenho Capacidades Técnicas Conhecimentos


Competência

1 .1 Construir 1.1 .1 Considerando as - Identificar as medidas


Tabelas de informações de pesquisas 1. ANTROPOMETRIA
antropométricas do público
Medida de sobre o perfil e medidas 1.1 Definição
alvo da marca, através dos
corpo e Bases antropométricas do 1.2 Biotipos
dados de pesquisas
de Modelagem público alvo da marca 1.3 Normas
fornecidos pela empresa.
Técnicas
- Correlacionar as medidas 1.4 Tabelas de
antropométricas normativas Medidas
com as medidas do público 1.4.1
alvo da marca para Ferramentas
construção de bases. para
aferição
- Identificar, nas Normas 1.4.2
Técnicas, as medidas Métodos de
aplicáveis à construção de aferição
tabelas de medidas. 2. MODELAGEM
PLANA (TECIDOS
PLANOS E
BIOELÁSTICOS)
Fundamentos Técnicos Científicos
2.1 Materiais e
Ferramentas
2.1.1 Tipos
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas 2.1.2
Aplicações
Capacidades Sociais 2.2 Etapas da
Construção de
Apresentar comportamento ético no desenvolvimento das atividades sob
Moldes
a sua responsabilidade
267
Lidar com as relações de poder e hierarquia no contexto profissional 2.3 Bases
femininas
Capacidades Organizativas
2.3.1 Blusa,
Reconhecer situações de risco à saúde e segurança do trabalhador e as saia e calça
diferentes formas de proteção a esses riscos 2.4 Bases
Aplicar os princípios de organização no seu posto trabalho masculinas
Reconhecer a importância dos aspectos sociais e econômicos no 2.4.1
desenvolvimento das atividades profissionais Camisa e
calça
Capacidades Metodológicas 2.5 Bases infantis
2.5.1 Blusa,
Reconhecer a importância da atitude proativa como característica
saia e calça
fundamental e requisito de um bom profissional
2.6 Informações
necessárias
2.7 Gradação de
bases
2.7.1
Ampliação
2.7.2
Redução
3. TERMINOLOGIAS
4. ORGANIZAÇÃO DO
LOCAL DE TRABALHO
4.1 Espaço
4.2 Atividades
4.3 Materiais
4.4 Tempo
5. SEGURANÇA NO
TRABALHO
5.1 Agentes
agressores à
saúde: físicos,
químicos e
biológicos.
5.2 O impacto do
uso de drogas
lícitas e ilícitas na
segurança e na
saúde
5.3 Inspeções de
segurança

268
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Sala de modelagem
Ambientes Pedagógicos
Sala de aula
Laboratório de informática

Instrumentos de medição
EPIs
Softwares básico de escritório (editor de texto, planilhas, apresentações)
Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)
Máquinas, Equipamentos,
EPCs
Instrumentos e Ferramentas
Bancada de modelagem
Jogos de régua de modelagem
Instrumentos de modelagem
Computadores com acesso a internet

Apostilas
Publicações
Sites
Materiais Aplicativos
Normas
Livros
Material de Consumo

Acessibilidade: Nas condições de infraestrutura, serão asseguradas as


condições de acessibilidade instrumental e arquitetônica, reconhecendo a
especificidade e a peculiaridade do aluno com deficiência, levando-se em
Observações/recomendações
conta a(s) Norma(s) Regulamentadora(s) da ocupação, NBR nº 9050, Lei
nº 13.146/2015, a LDB nº 9394/96 e a legislação específica em vigência
da deficiência em questão, quando for o caso.

269
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: TÉCNICO EM MODELAGEM DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: MODELAGEM INDUSTRIAL DO VESTUÁRIO: PLANA, TRIDIMENSIONAL E


INFORMATIZADA.

Carga Horária: 300h

Unidades de Competência:

UC1 : Desenvolver modelagem de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e
sustentabilidade.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas relativas ao planejamento e desenvolvimento de


modelagens e interpretações, considerando os diferentes métodos, bem como, aquisição de capacidades
sociais, organizativas e metodológicas adequadas a diferentes situações profissionais.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Técnicas Conhecimentos


Competência Desempenho

1 .2 1.2 .1 Seguindo - Interpretar as Normas


Construir a procedimentos e 1. TÉCNICAS DE
Regulamentadoras relativas à
modelagem Normas MODELAGEM INDUSTRIAL
ergonomia para orientação da
de produtos Regulamentadoras de 1.1 Modelagem Plana
equipe quanto ao cumprimento
do vestuário qualidade, 1.1.1 Definição
das mesmas no posto de
ergonomia, saúde e 1.1.2
trabalho.
segurança do Características e
trabalho e - Avaliar a dimensão ou o aplicabilidade
sustentabilidade. impacto das falhas, desvios e 1.1.3
perdas identificadas no Interpretação de
processo em relação aos modelagem
resultados esperados da feminina
produção 1.2 Modelagem
Tridimensional
- Identificar nas Normas 1.2.1 Definição
Regulamentadoras relativas à 1.2.2
ergonomia, os requisitos Características e
aplicados aos postos de aplicabilidade
trabalho do setor de 1.2.3 Traçado de
modelagem para adequação bases (feminina
dos mesmos a atividade – blusa / calça e
desenvolvida, evitando esforços saia)
desnecessários. 1.2.4
Interpretação de
- Aplicar as metodologias de
modelagem
eliminação de desperdício (5S,
feminina
Fluxo contínuo, POP, dentre
270
outras) visando a melhoria 1.3 Modelagem
contínua da produção informatizada
1.3.1 Definição
- Identificar possíveis soluções
1.3.2
para minimizar ou eliminar as
Características e
causas das falhas, desvios e
aplicabilidade
perdas identificadas no
1.3.3
processo produtivo
Manipulação das
ferramentas do
software
1.3.4 Traçado de
1.2 .2 Atendendo aos - Identificar as Informações bases (feminina
procedimentos de – blusa / calça e
necessárias que devem ser
registro de registradas referentes a saia)
informações preparação do molde para 1.3.5
estabelecidos pela processo de produção do Interpretação de
empresa modelagens
produto final.
1.3.6
- Reconhecer os sistemas de Digitalização de
registro de informações da moldes (mesa
empresa, em conformidade digitalizadora ou
com o tipo de registro a ser digiflash)
efetuado 2. PREPARAÇÃO DE
MODELAGENS (MANUAIS
E INFORMATIZADAS)
2.1 Margem de
1.2 .3 Observando a
- Aplicar perfis de costura em costura
otimização dos função da matéria prima, 2.2 Informações
processos da máquinas e equipamentos, técnicas do molde
produção aviamentos e acessórios e 2.3 Gradação de
produto final. modelos
3. ANALISE E CORREÇÃO
- Reconhecer os processos de
DE MODELAGEM
produção de produtos do
4. DOCUMENTOS
vestuário, para fazer
TÉCNICOS
adequações, se necessário, na
4.1 Ficha Técnica
modelagem em função da
4.1.1 Definição
otimização da produção.
4.1.2 Tipos e
- Avaliar a viabilidade da funções de
construção do protótipo em Fichas Técnicas
função da otimização dos (Criação,
processos de produção. Desenvolvimento
e Produção)
- Definir uma sequência 4.1.3 Estrutura
operacional preliminar com da Ficha técnica:
base na análise do processo de (formatos)
confecção com vistas a 4.1.4 Itens de
otimização da produção identificação do
modelo: nome,
271
- Estimar consumo de matéria coleção,
prima e aviamentos com base referência,
no produto final. descrição, linha
de produto etc
4.1.5
1.2 .4 Utilizando Representação
- Fazer ajustes e correções na
técnicas de Gráfica: Foto,
modelagem, se necessários,
modelagem em Croqui, Desenho
para aprovação do protótipo.
função do produto Técnico etc.
final (manuais e - Identificar a técnica de 4.1.6 Matéria
informatizado) modelagem apropriada ao prima,
produto a ser desenvolvido. aviamentos e
consumo.
- Elaborar diagramas 4.1.7 Tabela de
considerando a Tabela de Medidas
Medidas em função do produto 4.1.8 Grade de
final. Tamanhos
4.1.9 Cores do
- Manusear adequadamente os
modelo
equipamentos e instrumentos,
4.1.10
em conformidade com as
Enobrecimentos
técnicas de modelagem
4.2 Sequencia
apropriadas ao produto a ser
operacional
desenvolvido.
4.2.1 Definição
- Interpretar as informações 4.2.2
apresentadas na Ficha Características e
Técnica\Criação, para aplicabilidade
elaboração e ou adaptação da 4.2.3 Etapas:
modelagem do produto final. preparação,
montagem e
acabamento
4.3 Ficha Técnica de
Produto (matéria
prima e aviamentos)
1.2 .5 Considerando - A Adequar a modelagem às 4.3.1 Definição
as propriedades e propriedades da matéria prima 4.3.2
características da e aviamentos em função do Características e
matéria-prima e produto final aplicabilidade
aviamentos em
4.4 Normas aplicadas
função do produto - Identificar as propriedades da
ao setor de
final matéria prima e aviamentos, na
Modelagem
Ficha Técnica\produto, em
5. NORMAS APLICADAS
função do produto final.
AO SETOR DE
MODELAGEM
5.1 Normas técnicas
1.2 .6 Considerando 5.1.1
- Identificar informações acerca
as informações da Terminologia e
de quantidade, tipo e
Ficha Técnica/ simbologia
fornecedor da matéria prima e
Criação, em função 5.2 Normas
aviamentos utilizados para
272
do produto final construção do produto final. regulamentadoras
6. SISTEMAS DE
- Interpretar a representação PRODUÇÃO
gráfica do produto final, 6.1 Definição
identificando forma, volume, 6.2 Tipos
acabamento, caimento, recorte, 6.2.1 Lean
dentre outras informações Manufacturing
pertinentes ao produto. 6.2.2 Just in time
6.2.3 Quick
Response
(QRM)
1.2 .7 Considerando - Identificar, na Norma Técnica, 7. ÉTICA
Normas Técnicas das o biotipo do público alvo da 7.1 Códigos de ética
medidas marca em função do produto 7.2 Ética nos
antropométricas e ou final relacionamentos
tabela de medidas
profissionais
estabelecidas pela - Identificar, na tabela de
7.3 Discrição
marca medidas, as especificações
7.4 Sigilo
necessárias para construção do
7.5 Ética no
diagrama
tratamento de dados e
informações: direito
de imagem,
privacidade, etc
Fundamentos Técnicos Científicos
8. RELAÇÕES
INSTITUCIONAIS
VERTICAIS E
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas HORIZONTAIS
8.1 Relação com
Capacidades Sociais pares
8.2 Relação com
Apresentar comportamento ético no desenvolvimento das atividades
Lideres
sob a sua responsabilidade
8.3 Relação com
Lidar com as relações de poder e hierarquia no contexto profissional
clientes internos e
Capacidades Organizativas externos
8.4 Relação com
Reconhecer situações de risco à saúde e segurança do trabalhador subordinados
e as diferentes formas de proteção a esses riscos 9. PROATIVIDADE
Aplicar os princípios de organização no seu posto trabalho 9.1 Definição
Reconhecer a importância dos aspectos sociais e econômicos no 9.2 Pilares
desenvolvimento das atividades profissionais 9.2.1 Gestão do
comportamento
Capacidades Metodológicas
9.2.2 Gestão do
Reconhecer a importância da atitude proativa como característica Futuro
fundamental e requisito de um bom profissional 9.2.3 Gestão da
incerteza
9.2.4 Gestão da
inovação
10. CONTEXTO
SOCIOECONÔMICO
273
10.1 Variáveis
10.1.1 Pessoas
10.1.2 Local
10.1.3
Atividades
econômicas
10.1.4 Cultura

274
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Sala de aula
Sala de Costura
Sala de modelagem
Ambientes Pedagógicos
Sala de Corte
Laboratório de informática
Biblioteca

Kit de passadoria
Aparelhos e acessórios
Máquina de costura
EPCs
Bancada de modelagem
Jogos de régua de modelagem
Manequins de draping
Máquinas, Equipamentos, Mesa de corte
Instrumentos e Ferramentas CAD
Instrumentos de medição
Computadores com acesso a internet
EPIs
Softwares básico de escritório (editor de texto, planilhas, apresentações)
Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)
Máquina de corte
Simuladores

Publicações
Aplicativos
Normas
Manuais de produtos e Máquinas
Materiais
Material de Consumo (Matéria Prima, aviamentos, insumos,papelaria)
Sites
Livros
Apostilas

Acessibilidade: Nas condições de infraestrutura, serão asseguradas as


condições de acessibilidade instrumental e arquitetônica, reconhecendo a
especificidade e a peculiaridade do aluno com deficiência, levando-se em
Observações/recomendações conta a(s) Norma(s) Regulamentadora(s) da ocupação, NBR nº 9050, Lei
nº 13.146/2015, a LDB nº 9394/96 e a legislação específica em vigência
da deficiência em questão, quando for o caso.

275
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO III

Perfil Profissional: TÉCNICO EM MODELAGEM DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: GESTÃO DOS PROCESSOS DE MODELAGEM DO VESTUÁRIO E INSPEÇÃO DA


QUALIDADE

Carga Horária: 60h

Unidades de Competência:

UC2 : Supervisionar o processo de modelagem e pilotagem de produtos do vestuário de acordo com os


padrões estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios
de gestão da qualidade e sustentabilidade.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas sociais, organizativas e metodológicas requeridas para o
controle do processo produtivo da modelagem do vestuário e da Qualidade de produtos e processos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Técnicas Conhecimentos


Competência Desempenho

2 .1 2.1 .1 Monitorando os - Identificar, quando necessário


Organizar o indicadores de 1. GESTÃO DA
e pelo uso de técnicas e
setor de produtividade e PRODUÇÃO
tecnologias específicas,
modelagem qualidade relativos ao 1.1 Definição
possíveis soluções para
setor de modelagem 1.2 Planejamento:
minimizar ou eliminar os
Estratégico, Tático e
desvios entre a produção
Operacional
planejada e a executada
1.3 Gestão da
- Correlacionar os resultados Produção do
da produção de modelagem Vestuário
com as metas estabelecidas 1.3.1 Sistemas
para setor de Registro e
Controle
1.3.2
Parâmetros
2.1 .2 Atendendo aos - Identificar as Informações direcionadores
procedimentos de necessárias que devem ser da gestão da
registro de informações registradas referentes a produção:
estabelecidos pelo organização do setor de Adequação à
empresa modelagem peça piloto,
Quantidade,
Qualidade,
Prazo, Custos,
Flexibilidade e
2.1 .3 Considerando o Agilidade
- Identificar na equipe os perfis
cronograma pré 1.3.3
profissionais adequados a
estabelecidas pela Ferramentas
cada etapa do processo de
276
empresa para modelagem de acordo com de Controle do
distribuições das cronograma estabelecido processo de
atividades do setor de modelagem:
modelagem - Identificar no cronograma os Índice de
prazos estabelecidos para os Eficiência,
processos produtivos em Eficácia e
função do produto final Efetividade
- Identificar na Ficha 2. FLUXO

Técnica\Criação possíveis OPERACIONAL DA


processos de enobrecimento PRODUÇÃO DO SETOR
para ajustes no cronograma, DE MODELAGEM
se necessário 2.1 Definição
2.2 Estrutura
2.3 Componentes
2.4 Leiaute
2 .2 Liberar a 2.2 .1 Considerando as - Identificar na Ficha 2.5 Distribuição das
modelagem informações da Ficha Técnica\Desenvolvimento e ou atividades
e peça piloto Técnica/desenvolvimento na peça piloto a necessidade 3. GESTÃO DA
para a e ou Peça Piloto de elaboração de gabaritos QUALIDADE
produção 3.1 Definição
em função do produto final
3.2 Normas
- Elaborar os gabaritos em Técnicas
função da modelagem e 3.3 KAIZEN –
maquinário de acordo com Melhoria Contínua
especificações da 3.4 Ferramentas da
FichaTécnica\Desenvolvimento Qualidade
e ou peça piloto 3.4.1 Lista de
Verificação
3.4.2
Histograma
2.2 .2 Atendendo aos - Identificar as Informações 3.4.3 5W2H
procedimentos de necessárias que devem ser 3.4.4 Carta de
registro de informações registradas referentes a Controle
estabelecidos pelo 3.4.5 Ciclo
liberação da modelagem e
empresa peça piloto para produção PDCA
3.5 Métodos de
Controle da
Qualidade
3.5.1 GQT-
2.2 .3 Utilizando técnicas - Aplicar técnicas para Gestão da
de gradação do molde otimização do encaixe com Qualidade
de acordo com Normas vistas a redução de custos e Total
Técnicas das medidas do desperdício de recursos 3.5.2 Inspeção
antropométricas e ou (matéria prima, utilidades, 3.5.3 Check
tabela de medidas tempo...) list
estabelecidas pela 4. SAÚDE
marca - Identificar a grade de OCUPACIONAL
tamanhos estabelecida pela 4.1 Conceito
marca em função do produto 5. MEIO AMBIENTE E
277
final SUSTENTABILIDADE
5.1
- Identificar métodos e Responsabilidades
ferramentas utilizados na socioambientais
gradação em função da 5.2 Políticas
disponibilidade de recursos da públicas ambientais
empresa (manuais ou 5.3 A indústria e o
informatizados) meio ambiente
6. DIRETRIZES
EMPRESARIAIS
Fundamentos Técnicos Científicos 6.1 Missão
6.2 Visão
6.3 Valores
6.4 Política da
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas
Qualidade

Capacidades Organizativas

Demonstrar profissionalismo no exercício de suas responsabilidades e


sintonia com as diretrizes institucionais estabelecidas.
Aplicar os princípios, normas e procedimentos de saúde, segurança e
meio ambiente às atividades sob a sua responsabilidade
Reconhecer a importância do seu trabalho no contexto da
organização, considerando os impactos das suas atividades nos
resultados dos produtos e serviços da empresa.

Capacidades Metodológicas

Avaliar as oportunidades de crescimento e desenvolvimento


profissional, considerando o próprio potencial, as mudanças no
mercado de trabalho e as necessidades de investimento na própria
formação.

Capacidades Sociais

Reconhecer o seu papel como gestor de equipes e processos de


trabalho, dialogando com seus pares e os demais níveis hierárquicos.
Demonstrar atitudes éticas na conduta pessoal e profissional

278
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Sala de modelagem
Sala de Corte
Ambientes Pedagógicos
Laboratório de informática
Sala de Costura
Sala de Aula

Normas
Livros
Publicações
Material Didático
Sites
Aplicativos
Apostilas

Computadores com acesso a internet


Calculadora
Máquinas, Equipamentos, Softwares básico de escritório (editor de texto, planilhas, apresentações)
Instrumentos e Ferramentas Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)
Softwares específicos de Gestão de Produção
tablet

Acessibilidade: Nas condições de infraestrutura, serão asseguradas as


condições de acessibilidade instrumental e arquitetônica, reconhecendo a
especificidade e a peculiaridade do aluno com deficiência, levando-se em
Observações/recomendações
conta a(s) Norma(s) Regulamentadora(s) da ocupação, NBR nº 9050, Lei
nº 13.146/2015, a LDB nº 9394/96 e a legislação específica em vigência
da deficiência em questão, quando for o caso.

279
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO III

Perfil Profissional: TÉCNICO EM MODELAGEM DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Carga Horária: 60h

Unidades de Competência:

UC2 : Supervisionar o processo de modelagem e pilotagem de produtos do vestuário de acordo com os


padrões estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios
de gestão da qualidade e sustentabilidade.

Objetivo Geral: Desenvolver trabalho de pesquisa voltados para a mobilização e articulação, de forma
integrada, de capacidades técnicas, organizativas, sociais e metodológicas desenvolvidas para atuação como
técnico em vestuário, fundamentados na aplicação de conhecimentos técnicos em novas tecnologias para
indústria do vestuário.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. PROJETO DE


PESQUISA
1.1 Revisão dos
Fundamentos Técnicos Científicos
objetivos
propostos
Definir as atividades, o cronograma e a matriz de responsabilidades para 1.2 Definição da
as diferentes etapas do projeto em desenvolvimento justificativa
Definir estratégias para apresentação da documentação técnica sob a 1.3 Definição da
sua responsabilidade metodologia
Reconhecer novas tecnologias aplicadas ao processo de modelagem de 1.4 Coleta de
produtos do vestuário no âmbito da definição do tema e tipo de projeto a dados
ser desenvolvido 1.5 Elaboração
Interpretar as necessidades do cliente e do mercado voltados para as 1.6 Análise de
novas demandas da indústria do vestuário e novas tecnologias como dados
insumo para o planejamento das etapas de desenvolvimento do projeto. 1.7 Elaboração de
Identificar variáveis relevantes que impactam a viabilidade técnica e cronograma de
sustentável do projeto. desenvolvimento
Reconhecer procedimentos, padrões, normas técnicas e tecnologias 2. PLANEJAMENTO DO
requeridas para elaboração da documentação técnica pertinente ao PROJETO DE TCC
projeto. 2.1 Previsão de
recursos
2.2 Matriz de
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas Responsabilidades
2.3 Elaboração de
Capacidades Organizativas cronograma de

280
Demonstrar profissionalismo no exercício de suas responsabilidades e desenvolvimento
sintonia com as diretrizes institucionais estabelecidas 3. DESENVOLVIMENTO
Aplicar os princípios, normas e procedimentos de saúde, segurança e DO PROJETO DE TCC
meio ambiente às atividades sob a sua responsabilidade 3.1 Execução
Reconhecer a importância do seu trabalho no contexto da organização, 3.2 Sistematização
considerando os impactos das suas atividades nos resultados dos dos resultados
produtos e serviços da empresa 3.3 Conclusão
3.4 Apresentação
Capacidades Metodológicas 4. ELABORAÇÃO DE
DOCUMENTAÇÃO
Avaliar as oportunidades de crescimento e desenvolvimento
TÉCNICA DO PROJETO
profissional, considerando o próprio potencial, as mudanças no
DE TCC
mercado de trabalho e as necessidades de investimento na própria
5. VISÃO FUNCIONAL
formação
DO TRABALHO
Capacidades Sociais INDIVIDUAL
5.1 A empresa
Reconhecer o seu papel como gestor de equipes e processos de como organismo
trabalho, dialogando com seus pares e os demais níveis hierárquicos. vivo
Demonstrar atitudes éticas na conduta pessoal e profissional

281
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Laboratório de Automação
Sala de modelagem
Sala de Corte
Laboratório de eletroeletrônica
Ambientes Pedagógicos Sala de Aula
Laboratório de informática
Laboratório de Química
Sala de Costura
Laboratório de CAD e CAM
Laboratório de Enobrecimento

Instrumentos de medição
Computadores com acesso a internet
EPIs
Impressora 3D
tablet
Softwares básico de escritório (editor de texto, planilhas, apresentações)
Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)
Kit de passadoria
Aparelhos e acessórios
Simuladores
Máquinas, Equipamentos,
EPCs
Instrumentos e Ferramentas
Bancada de modelagem
Jogos de régua de modelagem
Manequins de draping
Máquina de corte
Mesa de corte automática
CAD e CAM
Espelho Virtual
Robô Autônomo
Scanner 3D (body scanner e outros)
Máquina de costura Automática

Livros
Apostilas
Publicações
Sites
Materiais Aplicativos
Normas
Manuais de produtos e Máquinas
Material de Consumo (Matéria Prima, aviamentos, insumos, papelaria)

282
Acessibilidade: Nas condições de infraestrutura, serão asseguradas as
condições de acessibilidade instrumental e arquitetônica, reconhecendo a
especificidade e a peculiaridade do aluno com deficiência, levando-se em
Observações/recomendações
conta a(s) Norma(s) Regulamentadora(s) da ocupação, NBR nº 9050, Lei
nº 13.146/2015, a LDB nº 9394/96 e a legislação específica em vigência
da deficiência em questão, quando for o caso

283
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO III

Perfil Profissional: TÉCNICO EM MODELAGEM DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: Gestão de Equipes de Trabalho

Carga Horária: 80h

Unidades de Competência:

UC2 : Supervisionar o processo de modelagem e pilotagem de produtos do vestuário de acordo com os


padrões estabelecidos pela empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios
de gestão da qualidade e sustentabilidade.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas requeridas para a
realização da gestão de equipes de trabalho na produção de produtos do vestuário com vistas a produtividade,
o desenvolvimento da equipe , a manutenção do bom clima setorial e o atendimento das Normas
Regulamentadoras da ergonomia.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Técnicas Conhecimentos


Competência Desempenho

2 .3 2.3 .1 Garantindo o - Identificar nas Normas


Gerenciar atendimento das 1. GESTÃO DE EQUIPES
Regulamentadoras relativas à
equipes de Normas DE TRABALHO
ergonomia, os requisitos
trabalho Regulamentadoras 1.1 Trabalho em
aplicados aos postos de
relativas à equipe
trabalho da linha de produção
ergonomia. 1.1.1 Definição
do vestuário para adequação
1.1.2 Grupo e
dos mesmos a atividade
equipe
desenvolvida, evitando esforços
1.2 Estruturação de
desnecessários.
equipes de alto
- Interpretar as Normas desempenho
Regulamentadoras relativas à 1.2.1 Definição
ergonomia para orientação da 1.2.2 Perfil
equipe quanto ao cumprimento profissional do
das mesmas no posto de processo
trabalho produtivo do
vestuário
- Utilizar os sistemas de registro 1.2.3
de informações disponibilizados Adequação da
pela empresa, em equipe aos
conformidade com o tipo de perfis
registro a ser efetuado profissionais do
vestuário
1.3 Indicadores de
gestão equipes de
trabalho (eficiência,

284
2.3 .2 Garantindo o - Utilizar técnicas de avaliação, absenteísmos,
bom clima sensibilização e liderança de rotatividade,
organizacional equipes de trabalho em função necessidades de
setorial. dos aspectos da cultura treinamento, etc)
organizacional da empresa 1.4 Gestão de
conflitos
- Identificar, por meio dos 1.4.1 Definição
resultados das pesquisas de 1.4.2 Tipos
clima, ou resultados da 1.4.3 Técnicas
produtividade, ou por reuniões de resolução de
com a equipe, fatores que conflitos
podem afetar no clima 1.5 Posturas
organizacional profissionais
1.5.1 Funções
- Proporcionar ambiente
autogerenciáveis
favorável e ou propício para
1.5.2 Iniciativa
participação da equipe com
1.5.3
sugestões para melhoria
Flexibilidade
contínua de processos e
1.5.4
produtos
Objetividade
- Aplicar técnicas de resolução 1.5.5 Empatia
de conflitos com membros da 1.5.6
equipe em função da Autocontrole
manutenção das boas relações 1.5.7
interpessoais Proatividade
1.6 Avaliação de
Desempenho
1.6.1 Conceitos
2.3 .3 Considerando - Identificar, na equipe, a 1.6.2 Métodos:
a necessidade de pessoa com perfil adequado ao tradicionais e
treinamento objetivo do treinamento em inovadores
identificada na função de novos processos e ou 1.6.3 Feedback
equipe em função novas tecnologias 1.7 Negociação
dos novos produtos e 1.7.1 Métodos
novas tecnologias e - Aplicar técnicas de 1.7.2 Técnicas
ou novas treinamento em serviço, de 1.8 Cultura e clima
contratações acordo com os procedimentos organizacional
da empresa, para capacitação 1.8.1 Definição
de novos colaboradores. 1.9 Motivação
1.9.1 Definição
1.9.2 Técnicas
2. LIDERANÇA
2.3 .4 Garantindo o - Identificar, quando necessário 2.1 Definição
desempenho da e pelo uso de técnicas e 2.2 Estilos
equipe de trabalho tecnologias específicas, 2.3 Papéis do líder
em função dos possíveis soluções para 3. DIVERSIDADE NO
indicadores de minimizar ou eliminar os TRABALHO
produtividade desvios entre a produção 3.1 Condições de
estabelecidos pela planejada e a executada inclusão
285
empresa - Identificar quais são os 3.2 Mobilidade
indicadores de 3.3 Acessibilidade
produtividade/eficiência 3.4 Bullying
estabelecidos para cada etapa 3.5 Assédio moral
de produção, parcial e final, do 3.6 Assédio sexual
produto. 3.7 Implicações éticas
e legais
- Utilizar as informações do 3.8 Código de conduta
balanceamento da produção 4. TREINAMENTO E
para garantia de respeito ao DESENVOLVIMENTO
limite de operações repetitivas 4.1 Definição
em função da manutenção da 4.2 Modelos
produtividade dos 4.3 Programa de
colaboradores Treinamento
4.3.1
- Utilizar os sistemas de registro
de informações disponibilizados Diagnóstico
pela empresa, em 4.3.2
conformidade com o tipo de Elaboração do

registro a ser efetuado Programa


4.3.3
Implantação
4.3.4 Avaliação
Fundamentos Técnicos Científicos 4.4 Diagnóstico
5. ERGONOMIA APLICADA
AO PROCESSO
PRODUTIVO DO
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas
VESTUÁRIO
5.1 Ergonomia Física,
Capacidades Organizativas
cognitiva e
Demonstrar profissionalismo no exercício de suas organizacional
responsabilidades e sintonia com as diretrizes institucionais 6. COORDENAÇÃO DE
estabelecidas EQUIPE
Aplicar os princípios, normas e procedimentos de saúde, segurança 6.1 Definição da
e meio ambiente às atividades sob a sua responsabilidade organização do
Reconhecer a importância do seu trabalho no contexto da trabalho e dos níveis
organização, considerando os impactos das suas atividades nos de autonomia
resultados dos produtos e serviços da empresa 6.2 Gestão da Rotina
6.3 Tomada de
Capacidades Metodológicas decisão
6.4 Processos de
Avaliar as oportunidades de crescimento e desenvolvimento
comunicação
profissional, considerando o próprio potencial, as mudanças no
7. ÉTICA PESSOAL E
mercado de trabalho e as necessidades de investimento na própria
PROFISSIONAL
formação
7.1 Responsabilidade
Capacidades Sociais 7.2 Iniciativa
7.3 Honestidade
Reconhecer o seu papel como gestor de equipes e processos de 7.4 Sigilo
trabalho, dialogando com seus pares e os demais níveis 7.5 Prudência
hierárquicos. 7.6 Perseverança
286
Demonstrar atitudes éticas na conduta pessoal e profissional 7.7 Imparcialidade
7.8 Respeito
7.9 Cordialidade
7.10 Disciplina
7.11 Empatia
7.12
Comunicação\Diálogo
Cooperação
8. DESENVOLVIMENTO
PROFISSIONAL
8.1 Definição de
Metas e Objetivos
8.2 Networking
8.3 Resiliência
8.4 Inteligência
Emocional

287
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Ambientes Pedagógicos Sala de aula
Laboratório de informática

Apostilas
Normas
Livros
Material Didático
Sites
Aplicativos
Publicações

Computadores com acesso a internet


Softwares básico de escritório (editor de texto, planilhas, apresentações)
Máquinas, Equipamentos,
Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)
Instrumentos e Ferramentas
Softwares específicos de Gestão de Produção
tablet

Acessibilidade: Nas condições de infraestrutura, serão asseguradas as


condições de acessibilidade instrumental e arquitetônica, reconhecendo a
especificidade e a peculiaridade do aluno com deficiência, levando-se em
Observações/recomendações
conta a(s) Norma(s) Regulamentadora(s) da ocupação, NBR nº 9050, Lei
nº 13.146/2015, a LDB nº 9394/96 e a legislação específica em vigência
da deficiência em questão, quando for o caso

288
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: TÉCNICO EM MODELAGEM DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: PRÉ-PROJETO

Carga Horária: 30h

Unidades de Competência:

UC1 : Desenvolver modelagem de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e
sustentabilidade.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, científicas, sociais, organizativas e metodológicas que
proporcionem o desenvolvimento de técnicas e métodos de pesquisa e produção de conhecimento científico,
identificando as fases de elaboração de projeto em consonância com as normas técnicas e orientações
vigentes das instituições de ensino.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. NORMAS TÉCNICAS PARA


FORMATAÇÃO E
APRESENTAÇÃO DE TRABALHO
Fundamentos Técnicos Científicos
ACADÊMICO E CIENTÍFICO
2. PROJETO
Reconhecer as informações iniciais necessárias à elaboração 2.1 Definição
de trabalho final de conclusão de curso 2.2 Tipos e Características
Utilizar técnicas de pesquisa para identificação, localização e 2.3 Estrutura
compilação de fontes de informações gerais e especializadas 2.3.1 Tema ou problema
para realização de trabalhos de pesquisa científica 2.3.2 Objetivos : Gerais e
Reconhecer os instrumentos para coleta, análise e Específicos
interpretação de dados, de acordo com as normas científicas 2.3.3 Justificativa
Reconhecer as normas e estrutura para elaboração de 2.3.4 Metodologia
trabalhos científicos 2.3.5 Discussão teórica
Desenvolver trabalho de pesquisa sobre um tema de 2.3.6 Cronograma
relevância da área do vestuário. 2.3.7 Referências
Aplicar recursos, para elaboração de apresentação técnica Bibliográficas
considerando o tema definido 3. TIPOS DE TRABALHOS
Reconhecer as informações para apresentação e defesa de CIENTÍFICOS
trabalhos de conclusão de curso. 3.1 Fichamento
3.2 Resenhas
3.3 Relatórios
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas 3.4 TCC
3.5 Artigo
Capacidades Sociais 4. METODOLOGIA DE PESQUISA

289
Posicionar-se com ética em relação a situações e contextos CIENTÍFICA
apresentados 4.1 Definição
Intervir em situações de conflito, buscando o diálogo e a 4.2 Tipos de Pesquisa
harmonização entre os membros da equipe. 4.3 Técnicas de Pesquisa
4.4 Linhas de Pesquisa
Capacidades Organizativas 5. DESENVOLVIMENTO DE
PESQUISA
Reconhecer o papel do trabalhador no cumprimento das
5.1 Definição do Tema ou
normas ambientais, de saúde e segurança
problema de pesquisa
Aplicar os princípios de organização do trabalho
5.2 Definição dos Objetivos
estabelecidos no planejamento e no exercício de suas
Gerais e Específicos
atividades profissionais
5.3 Elaboração da Justificativa
Reconhecer a importância dos princípios da Qualidade no
5.4 Delimitação do Objeto de
desenvolvimento das atividades profissionais
Pesquisa
Capacidades Metodológicas 5.5 Definição dos Métodos e
Técnicas de Coleta de Dados
Aplicar os aspectos de inovação em suas atividades a serem utilizados
profissionais 5.6 Definição do Referencial
Teórico
5.7 Elaboração de hipóteses
5.8 Elaboração de
Ferramentas e ou instrumentos
de coleta de dados
5.9 Realização da Pesquisa
5.10 Classificação
categorização e Análise dos
dados
5.11 Apresentação dos
Resultados e Conclusões
6. APRESENTAÇÃO E DEFESA
DE PROJETOS
6.1 Postura
6.2 Linguagem
6.3 Planejamento da
Apresentação
7. INOVAÇÃO
7.1 Propriedade intelectual
7.2 Patentes
8. CONTROLE EMOCIONAL NO
TRABALHO
8.1 Perceber, avaliar e
expressar emoções no
trabalho
8.2 Fatores internos e externos
8.3 Autoconsciência

290
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Laboratório de informática
Ambientes Pedagógicos
Sala de aula
Indústria (pesquisa de campo)

Apostilas
Material Didático Normas
Livros

Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)


Máquinas, Equipamentos,
Computadores com acesso a internet (para uso de pesquisa, software de
Instrumentos e Ferramentas
editor de texto, planilha eletrônica, editor de apresentações)

Aplicativos
Materiais Publicações
Sites

Acessibilidade: Nas condições de infraestrutura, serão asseguradas as


condições de acessibilidade instrumental e arquitetônica, reconhecendo a
especificidade e a peculiaridade do aluno com deficiência, levando-se em
Observações/recomendações
conta a(s) Norma(s) Regulamentadora(s) da ocupação, NBR nº 9050, Lei
nº 13.146/2015, a LDB nº 9394/96 e a legislação específica em vigência
da deficiência em questão, quando for o caso.

291
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: TÉCNICO EM MODELAGEM DO VESTUÁRIO

Unidade Curricular: Prototipagem de produtos do vestuário

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:

UC1 : Desenvolver modelagem de produtos do vestuário de acordo com os padrões estabelecidos pela
empresa, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e
sustentabilidade.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas relativas ao planejamento e desenvolvimento de


modelagens e interpretações, considerando os diferentes métodos, bem como, aquisição de capacidades
sociais, organizativas e metodológicas adequadas a diferentes situações profissionais.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Técnicas Conhecimentos


Competência Desempenho

1 .3 Apoiar a 1.3 .1 Atendendo - Utilizar os sistemas de registro


construção aos 1. PROCESSO DE CORTE
de informações da empresa, em
do protótipo procedimentos de 1.1 Encaixe
conformidade com o tipo de
registro de 1.1.1 Definição
registro a ser efetuado
informações 1.1.2 Tipos
estabelecidos pela - Identificar as Informações 1.1.3 Consumo de
empresa necessárias que devem ser matéria prima
registradas referentes a 1.2 Risco
Construção do protótipo 1.2.1 Definição
1.2.2 Tipos
1.3 Enfesto
1.3.1 Definição
1.3 .2 - Ajustar, se necessário, a 1.3.2 Tipos
Considerando a sequência operacional preliminar 1.3.3
sequência Equipamentos,
operacional - Reconhecer máquinas e Máquinas e
preliminar equipamentos aplicáveis a Ferramentas
estabelecida montagem do protótipo em 1.4 Corte
(preparação, função da Sequência 1.4.1 Definição
montagem e Operacional preliminar 1.4.2 Tipos
acabamento) 1.4.3
- Reconhecer as etapas da
Equipamentos,
Sequência Operacional
Máquinas e
preliminar estabelecida para
Ferramentas
construção do protótipo
1.5 Separação
1.5.1 Definição
1.5.2 Tipos de

292
lotes
1.3 .3 1.5.3
- Estimar consumo de matéria
Considerando as Acondicionamento
prima e aviamentos com base no
características dos produto final 2. PROCESSO DE
materiais COSTURA
utilizados para - Reconhecer técnicas de corte e 2.1 Máquinas de
construção do costura apropriadas as Costura
protótipo caraterísticas dos materiais 2.1.1 Tipos e
utilizados para construção do Finalidades
protótipo de acordo com a Ficha 2.1.2
Técnica/ Desenvolvimento e do Componentes da
molde do protótipo Máquina: Tipos e
Finalidades
- Correlacionar o tipo de matéria 2.1.3 Manutenção
prima com os aviamentos e de Máquinas:
enobrecimentos em função do Tipos, finalidades
produto final 2.2 Preparação de
Máquina para costura
- Correlacionar os materiais com
2.2.1 Passamento
os equipamentos e acessórios
de linha
adequados a construção do
2.2.2
protótipo
Carregamento de
bobinas
2.2.3 Agulhas:
1.3 .4 Classificação e
- Identificar, na Ficha Técnica/ Aplicabilidade
Considerando as desenvolvimento e no molde,
informações da 2.2.4 Regulagem
informações acerca da matéria de Ponto
Ficha Técnica/ prima, maquinário, acessórios,
Desenvolvimento e 2.3 Pontos de costura
aviamentos e demais 2.3.1 Tipos
do molde do informações pertinentes a
protótipo 2.3.2
modelagem do protótipo Classificação
necessárias ao processo de 2.3.3 Aplicações
corte e costura do protótipo
2.4 Tipos e
aplicabilidade de
costuras
2.5 Aparelhos e
1 .4 Adequar 1.4 .1 Atendendo - Identificar as Informações acessórios
o protótipo aos necessárias que devem ser 2.5.1 Tipos
procedimentos de registradas referentes a 2.5.2
registro de adequação do protótipo Aplicabilidade
informações
2.6 Aviamentos
estabelecidos pela
2.6.1
empresa
Características
1.4 .2 2.6.2
- Analisar as sugestões de ajuste
Considerando as Aplicabilidade
em função das características da
alterações na 3. PROTOTIPAGEM
matéria prima, aviamentos,
modelagem em 3.1 Definição
função da prova 3.2 Etapas da
293
de roupa enobrecimentos e modelagem construção do protótipo
(vestibilidade e para atendimento ao produto final 3.2.1 Modelagem
costurabilidade) 3.2.2 Encaixe
- Realizar adequação na 3.2.3 Corte
modelagem para garantir a 3.2.4 Costura
vestibilidade e caimento do 3.2.5 Estimativa
produto final em conformidade de Tempo
com a Ficha Técnica\Criação 3.2.6 Prova de
Roupa
Fundamentos Técnicos Científicos 3.2.7 Prova de
Roupa -
Vestibilidade
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas 3.2.8 Prova de
Roupa - Registro
Capacidades Sociais 3.2.9 Ajustes do
protótipo e da
Posicionar-se com ética em relação a situações e contextos modelagem
apresentados 3.2.10 Aprovação
Intervir em situações de conflito, buscando o diálogo e a final
harmonização entre os membros da equipe. 4. QUALIDADE AMBIENTAL
4.1 Homem e o meio
Capacidades Organizativas
ambiente
Reconhecer o papel do trabalhador no cumprimento das normas 4.2 Prevenção à
ambientais, de saúde e segurança poluição ambiental
Aplicar os princípios de organização do trabalho estabelecidos no 4.3 Aquecimento global
planejamento e no exercício de suas atividades profissionais 4.4 Uso racional de
Reconhecer a importância dos princípios da Qualidade no Recursos e Energias
desenvolvimento das atividades profissionais disponíveis
4.5 Energias renováveis
Capacidades Metodológicas 5. SEGURANÇA NO
TRABALHO
Aplicar os aspectos de inovação em suas atividades profissionais
5.1 Comportamento
seguro
5.2 Qualidade de vida
no trabalho: cuidados
com a saúde,
administração de
stress, ...
6. ÉTICA
6.1 Relações de Poder
6.2 Questões de
gênero, raça, geração e
classe social, etc.
6.3 Antiética nos
contextos sociais
7. ORGANIZAÇÃO DO
TRABALHO
7.1 Estruturas
hierárquicas
294
7.2 Sistemas
administrativos
7.3 Gestão
organizacional
7.4 Controle de
atividades
8. LEGISLAÇÃO DO
TRABALHO
8.1 Direitos do
Trabalhador
8.2 Deveres do
Trabalhador
9. PRINCÍPIOS DA
QUALIDADE TOTAL
9.1 Total satisfação dos
clientes internos e
externos
9.2 Gestão participativa
9.3 Constância de
propósitos
9.4 Desenvolvimento
dos Recursos Humanos
9.5 Aperfeiçoamento
contínuo
9.6 Gerência de
processos
9.7 Delegação
9.8 Garantia da
Qualidade
9.9 Não aceitação de
erros
9.10 Disseminação de
Informações

295
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Sala de modelagem
Sala de Corte
Ambientes Pedagógicos
Sala de Aula
Laboratório de informática
Sala de Costura

Instrumentos de medição
Computadores com acesso a internet
EPIs
Softwares básico de escritório (editor de texto, planilhas, apresentações)
Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)
Kit de passadoria
Aparelhos e acessórios
Máquinas, Equipamentos, Máquina de costura
Instrumentos e Ferramentas Simuladores
EPCs
Bancada de modelagem
Jogos de régua de modelagem
Manequins de draping
Mesa de corte
Máquina de corte
CAD

Apostilas
Publicações
Sites
Aplicativos
Materiais
Normas
Manuais de produtos e Máquinas
Material de Consumo (Matéria Prima, aviamentos, insumos,papelaria)
Livros

Acessibilidade: Nas condições de infraestrutura, serão asseguradas as


condições de acessibilidade instrumental e arquitetônica, reconhecendo a
especificidade e a peculiaridade do aluno com deficiência, levando-se em
Observações/recomendações conta a(s) Norma(s) Regulamentadora(s) da ocupação, NBR nº 9050, Lei
nº 13.146/2015, a LDB nº 9394/96 e a legislação específica em vigência
da deficiência em questão, quando for o caso.

296
INFORMAÇÕES SOBRE A VERSÃO DA OCUPAÇÃO
Data de Validação 28/09/2017

Data de Validade 31/12/2022

Rio de
Local
Janeiro

297
9. TÉCNICO EM PRODUÇÃO DE MODA

Identificação da ocupação

Ocupação TÉCNICO EM PRODUÇÃO DE MODA CBO 3191

EDUCAÇÃO Educação Profissional Técnica de Nível


C.H MÍNIMA 800h
PROFISSIONAL Médio

NÍVEL DA EIXO Produção Cultural e


3
QUALIFICAÇÃO TECNOLÓGICO Design

ÁREA SEGMENTO Confecção de artigos do vestuário e


Vestuário
TECNOLÓGICA TECNOLÓGICO acessórios

Desenvolver projetos de comunicação de moda, composição visual e estilo, seguindo


COMPETÊNCIA
normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e
GERAL
de sustentabilidade.

REQUISITOS
Ensino médio concluído ou cursando ensino médio a partir do segundo ano.
DE ACESSO

Relação das Unidades de Competência

Elaborar composição visual e estilo, seguindo normas técnicas, de saúde e


Unidade de Competência 1 segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade.

Desenvolver projetos de comunicação de moda, seguindo normas técnicas, de


Unidade de Competência 2 saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de
sustentabilidade.

298
Descrição das Unidades de Competência

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 1
Elaborar composição visual e estilo, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho,
princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade.

Elementos de
Padrões de Desempenho
Competência

Considerando o perfil e estilo de vida do cliente


Criar projetos de
Considerando as informações das pesquisas de tendência de moda,
composição visual e
comportamento e consumo, referências estéticas, de varejo e de comunicação.
estilo
Considerando o briefing do projeto

Considerando os resultados das pesquisas de tendência de moda,


Prestar consultoria de
comportamento e consumo, referências estéticas, de varejo e de comunicação.
imagem e estilo
Considerando o escopo do projeto de consultoria

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 2
Desenvolver projetos de comunicação de moda, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do
trabalho, princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade.

Elementos de
Padrões de Desempenho
Competência

Atendendo as normas técnicas, regulamentadoras e legais relativas à contratação de


serviços, locação de espaços e ou equipamentos, .à qualidade, ambiente, saúde e
Viabilizar a
segurança do trabalho, direitos de uso de imagem, de áudio, direitos autorais e do
infraestrutura
mundo digital
para projetos de
Considerando o orçamento previsto no projeto
moda
Considerando o escopo do projeto de moda a ser executado (Garantindo o
atendimento do cronograma do projeto de moda)

Considerando os diferentes canais de comunicação de moda em função do público


alvo do projeto
Criar projetos de Considerando os princípios e técnicas de design gráfico adequados ao briefing do
imagem e ou de projeto
mídias digitais e Considerando as normas técnicas e legais relativas a ambientes, direitos de uso de
virtuais imagem, de áudio, direitos autorais e do mundo digital
Considerando as informações das pesquisas de tendência de moda, comportamento e
consumo, referências estéticas, de varejo e de comunicação
Considerando o briefing e proposta conceitual do projeto

Considerando as características dos diferentes ambientes de exposição do produto


Considerando as normas técnicas e legais relativas a ambientes, direitos de uso de
299
Criar projetos de imagem, de áudio, direitos autorais e do mundo digital
exposição de Considerando as informações das pesquisas de referência de moda, mercado e
produtos público alvo
Considerando o briefing do projeto

Considerando as características dos diferentes ambientes de realização do desfile


Considerando as normas técnicas, regulamentadoras e legais relativas ao ambiente,
Criar projetos de direitos de uso de imagem, de áudio, direitos autorais e do mundo digital
desfile de moda Considerando as informações das pesquisas de tendência de moda, comportamento e
consumo, referências estéticas, de varejo e de comunicação
Considerando o briefing do projeto

Supervisionar Atendendo aos requisitos de qualidade, meio ambiente saúde e segurança do trabalho,
equipes de estabelecidos em normativos legais.
trabalho Considerando o escopo do projeto de moda a ser executado

300
Competências de Gestão

Apresentar comportamento ético na conduta pessoal e profissional.


Apresentar postura proativa e atitude inovadora e empreendedora, atualizando-se continuamente e
adaptando-se, com criatividade, às mudanças tecnológicas, organizativas e profissionais.
Apresentar, no planejamento e no desenvolvimento das suas atividades profissionais, uma postura de
comprometimento, responsabilidade, engajamento, atenção, disciplina, organização, precisão e zelo.
Atuar na orientação de equipes de trabalho, comunicando-se profissionalmente, orientando colaboradores,
interagindo e cooperando com os integrantes dos diferentes níveis hierárquicos da empresa.
Atuar profissionalmente, cumprindo os princípios de higiene e saúde, os procedimentos de qualidade e de
meio ambiente e as normas de segurança aplicáveis às atividades sob a sua responsabilidade.
Estabelecer relacionamento profissional com instâncias externas e internas
Ser flexível, adaptando-se às diretrizes, normas e procedimentos da empresa, de forma a assegurar a
qualidade técnica de produtos e serviços
Ter visão sistêmica, considerando conjuntamente os aspectos técnicos, sociais, econômicos, tecnológicos e
de qualidade aplicáveis às atividades sob a sua responsabilidade.

Contexto de Trabalho da Ocupação

Meios de Produção

Máquinas e Equipamentos

Computadores
Ferro de passar
Impressoras diversas
Máquina e equipamentos de fotografia (filmadora portátil multifuncional e a prova d´agua fundo infinito,
rebatedores e refletores para iluminação)
Manequins
Nichos e expositores
Provador de roupas
Bancada para beleza (maquiagem e cabelo)
Arara

Ferramentas e Instrumentos

Kits de beleza (maquiagem e cabelo)


Kit do produtor (grampo, alfinete, linhas, agulhas, curativo etc)
Ferramentas manuais: tesoura, cola, lápis, lápis de cor, régua, caneta técnica, fita métrica, pistola de cola
quente, grampeador de madeira, estilete, etc.
Internet

Materias de Utilização Habitual

Catálogos de produtos de moda


Informativos sobre a tendência de moda
Publicações do setor e de áreas afins

Equipamentos e ferramentas associados aos diversos processos de informática

301
Softwares de representação gráfica de edição de vídeo / imagem
Pacote básico de softwares de escritório (editor de texto, planilha, apresentação e de desenho)
Softwares de representação gráfica, CADs 2 e 3D (Desenho) e CAM

Métodos e Técnicas de Trabalho

Adequação do projeto ao tipo de comercialização


Gestão de projetos (custo, pessoas, logística etc.)
Pesquisa de materiais e fornecedores
Processos e técnicas de criação
Responsabilidade socioambiental
Técnicas de comunicação oral e escrita
Técnicas de marketing

Condições de Trabalho

Condições ambientais

Ambientes internos e externos, com vários postos de trabalho


Ambientes com iluminação e ventilação variados com condições ergonômicas variáveis.

Turnos e horários

Possibilidade de trabalho autônomo


Disponibilidade para viagens
Flexibilidade de trabalho em turnos e sazonalidade

Riscos profissionais

Riscos físicos: Risco de cortes pelo manuseio de equipamentos pontiagudos e cortantes; intensidade de luz
e grau de estresse elevado.
Riscos ergonômicos: Movimentos repetitivos; Posição ergonômica em relação à atividade a ser
desenvolvida.
Risco biológico: Intoxicação por tintas, solventes, partículas sólidas etc.

Equipamentos de Segurança

EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) de acordo com a atividade a ser executada e indicações do
manual de serviços
EPCs (Equipamentos de Proteção Coletiva) de acordo com a atividade a ser executada e riscos presentes
no local de trabalho

Condições Gerais

Obs.: Para pessoas com deficiência, são observados os requisitos de acessibilidade descritos na NBR nº
9050, nos Conceitos do Desenho Universal, na Lei nº 13.146/2015 e na Legislação específica da Deficiência
em questão

302
Posições no Processo Produtivo

Contexto Profissional

O Técnico em Produção de Moda poderá atuar na área do Vestuário e afins, em micro, pequenas, médias e
grandes empresas da indústria e comércio, publicidade, propaganda e entretenimento.
Situação de emprego: vínculo formal através da CLT, ou micro empreendedor como pessoa jurídica ou
autônomo.
Relacionado com as áreas operacionais e de gestão.

Contexto Funcional e Tecnológico

Sua atividade pode ser autônoma, individual ou em grupo.


Este profissional atua dentro da cadeia da indústria e comércio, publicidade, propaganda e entretenimento e
afins.
Utiliza equipamentos de alta tecnologia para desenvolvimento de suas atividades.
A atividade do técnico em Produção de Moda demanda um alto grau de responsabilidade e médio grau de
autonomia, liderando outras pessoas.

Possíveis Saídas para o Mercado de Trabalho

Editor de Moda
Visual Merchandiser
Vitrinista
Stylist

Evoluções da Ocupação

Mudanças nos fatores tecnológicos, organizacionais e econômicos: I&P (Individualização e personalização /


customização); Evolução das matérias-primas, uso de novos materiais e insumos em geral; Evolução dos
meios tecnológicos: sistemas ciberfísicos, automação, 3D Mirroir, impressão 3D, aplicativos em celulares
para a realização de etapas de projetos etc; Responsabilidade socioambiental: governança da cadeia de
valor sustentável, ecoinovação e ecodesign; Valorização do capital intelectual; Valorização dos produtos e
serviços locais, do mercado interno;
Atividades que tendem a manter a importância: Criação das imagens de apresentação do produto;
Atividades realizadas no ambiente virtual, desenvolvimento de estratégias responsáveis, sustentáveis e
transparentes; Estabelecer relacionamento com fabricantes, parceiros, fornecedores e clientes; Controlar a
qualidade, eficiência e a produtividade de colaboradores do nível operacional; Organização e métodos de
trabalho
Atividades que tendem a ganhar importância: Curadoria e Styling: Seleção, organização e apresentação de
produtos a partir de informações do mercado; Visual Merchandising e sua aplicação ao e-commerce; A
gestão dos processos como foco do projeto; Empreendedorismo (social, verde etc); Trabalho colaborativo
valendo-se de plataformas virtuais; Produção cultural voltada para a moda
Atividades que tendem a perder importância: Utilização de grandes estruturas e recursos para realização dos
projetos de produção de moda; Execução de projetos físicos, como vitrines sazonais; Foco apenas no
produto
303
Atividades novas: Utilizar novas ferramentas, linguagens e códigos de comunicação virtual; Personal stylist no
ponto de venda e virtual
Mudanças na educação profissional: Uso de tecnologias móveis, softwares e aplicativos; Infraestrutura física
em conformidade com as novas tecnologias; Leitura técnica (Língua estrangeira); Uso de ambientes virtuais
de aprendizagem;
Inovações tecnológicas de processo que poderão se difundir no Brasil nos próximos 5 e 10 anos: Realidade
aumentada; Impressão em 3D e impressão digital; E-commerce / SKU´s crescentes; Realidade virtual;
Plataformas virtuais colaborativas; Novos sistemas de multiplexagem
Inovações Tecnológicas de produto que poderão se difundir no Brasil nos próximos 5 e 10 anos: Plásticos
biodegradáveis; Novas tecnologias de conectividades. (wearable, big data, infotainment, etc.); Novos
sistemas de segurança e controle eletrônico (ex: alarmes e lacres); Iluminação Led, eletroluminescência
Novas técnicas de controle de qualidade e inspeção poderão se difundir no setor, no Brasil, nos próximos 5 e
10 anos: Processo de logística reversa para produtos de agressão ao meio ambiente (embalagens etc);
Sistema personalizado no atendimento do cliente (ex.: personal stylist);

Formação Profissional Relacionada à Ocupação

Bacharelado em Design – Habilitação Moda


Curso Superior em Figurino e Indumentária
Curso Técnico em Produção de Moda
Curso Técnico em Vestuário
Tecnólogo em Design de Moda

Indicação de Conhecimentos Referentes ao Perfil Profissional

Conhecimentos
Composição visual
Perfil e Estilo de vida
UC1 : Elaborar composição visual e estilo, seguindo normas técnicas, de saúde Eventos Sociais e de
e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e de Moda
sustentabilidade. Normas Técnicas e
Regulamentadoras
Novas Tecnologias
Teoria das cores

Conhecimentos
Marca/Branding
Visual Merchandising
Normas Técnicas e
Regulamentadoras
Gestão da Produção de
Moda:
Introdução à Fotografia
304
de Moda:
Desfiles de Moda
UC2 : Desenvolver projetos de comunicação de moda, seguindo normas Fluxo do Projeto de
técnicas, de saúde e segurança do trabalho, princípios de gestão da qualidade e Exposição de Produto:
de sustentabilidade. Normas Técnicas e
Regulamentadoras
Softwares aplicados aos
Projetos de Exposição de
Produtos
Fluxo do Projeto
Fotográfico de Moda
Processos de Corte
Processos de
Modelagem

305
Desenho curricular
Resumo da Organização Curricular

Carga Horária
Módulos Unidades Curriculares Carga Horária
do Módulo

FUNDAMENTOS DA MODA 60 h
BÁSICO 130 h
TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO 70 h

INTRODUTÓRIO INTRODUÇÃO A PRODUÇÃO DE MODA 90 h 90 h

COMPOSIÇÃO VISUAL E ESTILO 160 h


ESPECÍFICO I 200 h
PRÉ-PROJETO 40 h

PROJETOS DE EXPOSIÇÃO DE PRODUTOS 80 h

PRODUÇÃO EXECUTIVA DE MODA 60 h

ESPECÍFICO II PROJETOS DE EVENTOS DE MODA 80 h 380 h

PROJETOS DE IMAGEM 80 h

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 80 h

TOTAL 800h

306
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: TÉCNICO EM PRODUÇÃO DE MODA

Unidade Curricular: FUNDAMENTOS DA MODA

Carga Horária: 60h

Unidades de Competência:

UC1 : Elaborar composição visual e estilo, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho,
princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade.
UC2 : Desenvolver projetos de comunicação de moda, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do
trabalho, princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade.

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas requeridas para compreensão da história da moda, das influências dos
aspectos sociais, políticos, econômicos e culturais nas características e estilos de cada época e da cadeia
produtiva da moda.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. SISTEMAS DA MODA


1.1 Alta costura
1.2 Prêt –à-porter
Fundamentos Técnicos Científicos
1.3 Fast fashion
1.4 Slow fashion
Identificar os diversos sistemas e segmentos de mercado da 2. HISTÓRIA DA MODA
moda 2.1 Séc. XIX aos dias
Identificar na historia da moda a influencia dos aspectos sociais, atuais
políticos, econômicos e culturais nas características e estilos de 2.1.1 Aspectos
cada época sociais, políticos e
Reconhecer novas tecnologias e suas aplicabilidades na cadeia econômicos
produtiva da moda 2.1.2 Aspectos
Identificar terminologias da moda estéticos
3. CICLO DA MODA
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas 3.1 Definição
3.2 Etapas
3.2.1 Pesquisa
Capacidades Sociais
3.2.2 Produção
Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas. 3.2.3 Lançamento
Identificar os conceitos básicos acerca da ética nas ações e nas 3.2.4 Maturidade
relações interpessoais. 3.2.5 Declínio
4. MODA E MERCADO
Capacidades Organizativas 4.1 Segmentos de
mercado
Reconhecer os princípios da organização no desenvolvimento
307
das atividades sob a sua responsabilidade 4.2 Público-alvo
Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e 5. NOVAS TECNOLOGIAS
meio ambiente como requisitos para a organização de APLICADAS À CADEIA
ambientes de trabalho. PRODUTIVA DA MODA
Reconhecer o conceito e a importância da visão sistêmica no 5.1 Ênfases
desenvolvimento das atividades profissionais 5.1.1 Design
5.1.2 Novos
Capacidades Metodológicas
Materiais
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de 5.1.3 Confecção
inovação 5.1.4 Canais de
Comunicação e
Consumo
5.2 Definição
5.3 Princípios Básicos
5.4 Aplicabilidade
6. INOVAÇÃO
6.1 Definição
6.2 Inovação x melhoria
6.3 Visão inovadora
7. PESQUISA
7.1 Levantamento de
dados
7.2 Geração de
alternativas
8. CRIATIVIDADE
8.1 Definição
8.2 Estratégias
8.3 Técnicas

308
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Sala de Aula
Ambientes Pedagógicos Laboratório de informática
Biblioteca

Projetor multimídia
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e Computador com pacote de escritório e acesso à
Ferramentas internet
tablet

Quadro branco
Equipamentos, Ferramentas e Instrumentos
Tela de projeção

Apostilas
Livros
Recursos didáticos
Normas e publicações
Sites e aplicativos

309
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: BÁSICO

Perfil Profissional: TÉCNICO EM PRODUÇÃO DE MODA

Unidade Curricular: TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO

Carga Horária: 70h

Unidades de Competência:

UC1 : Elaborar composição visual e estilo, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho,
princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade.
UC2 : Desenvolver projetos de comunicação de moda, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do
trabalho, princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade.

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de fundamentos técnicos e científicos e de capacidades sociais,


organizativas e metodológicas para comunicar-se nas formas escrita e oral empregando recursos
computacionais, dentro do ambiente de trabalho, respeitando procedimentos e normas técnicas, de qualidade,
de saúde e segurança e de meio ambiente.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. COMUNICAÇÃO


1.1 Níveis da
hierarquia
Fundamentos Técnicos Científicos
1.2 Norma culta
2. DOCUMENTOS
Interpretar dados e informações de textos técnicos básicos em português 2.1 Relatórios
e inglês (normas, procedimentos, manuais, planilhas, relatórios, catálogos 2.2 Normas
e desenho técnicos) relacionados ao vestuário. 2.3 Comunicados
Aplicar os princípios da informática na elaboração de textos básicos, 2.4 Pareceres
apresentações, pesquisas e planilhas. 2.5 Ordens de
Aplicar os princípios, padrões e normas da linguagem culta na serviço
comunicação oral e na elaboração de diferentes tipos de textos técnicos e 2.6 Permissão de
comerciais. trabalho
3. ELABORAÇÃO DE

Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas TEXTOS


3.1 Estrutura
3.2 Interpretação
Capacidades Organizativas
4. INFORMÁTICA
Reconhecer os princípios da organização no desenvolvimento das 4.1 Editor de textos
atividades sob a sua responsabilidade 4.1.1 Criar,
Reconhecer normas e procedimentos de saúde, segurança e meio abrir e salvar
ambiente como requisitos para a organização de ambientes de arquivos
trabalho. 4.1.2
Reconhecer o conceito e a importância da visão sistêmica no Formatar

310
desenvolvimento das atividades profissionais páginas,
parágrafos e
Capacidades Sociais texto
Demonstrar espírito colaborativo em atividades coletivas 4.1.3 Inserir
Identificar os conceitos básicos acerca da ética nas ações e nas objetos,

relações interpessoais. figuras e


tabelas
Capacidades Metodológicas 4.1.4
Correção
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte de inovação
ortográfica
4.1.5
Marcadores
4.1.6 Índice
4.2 Editor de
apresentações
4.2.1 Criar,
abrir e salvar
arquivos
4.2.2 Inserir
objetos,
figuras e
tabelas
4.2.3
Formatar
slides
4.2.4 Animar
slides
4.3 Editor de
planilhas
eletrônicas
4.3.1 Criar,
abrir e salvar
arquivos
4.3.2
Formatar
células,
linhas e
colunas
4.3.3 Gerar
gráficos
4.3.4
Fórmulas
básicas
4.4 Pesquisas na
internet
4.4.1
Navegadores
da web
4.4.2 Sites
311
de pesquisa
4.4.3 Rede
social
4.4.4 Direito
autoral
4.4.5 Ética
4.4.6 E-mail
5. INGLÊS TÉCNICO
APLICADO AO
VESTUÁRIO
5.1 Verbetes
5.2 Uso do
dicionário
6. ÉTICA
6.1 Definição
6.2 Ética e Moral
6.3 Cidadania
6.4 Indivíduo e
Sociedade
6.5 Direitos e
deveres individuais
e coletivos
6.6 Direitos
Humanos
Universais
7. TRABALHO EM
EQUIPE
7.1 O
relacionamento
com os colegas de
equipe
7.2
Responsabilidades
individuais e
coletivas
7.3 Cooperação
7.4 Compromisso
com objetivos e
metas
8. ORGANIZAÇÃO E
DISCIPLINA NO
TRABALHO
8.1 Definição
8.2 Planejamento
8.3 Definição de
objetivos, metas e
prazos
8.4 Gestão Tempo
8.5 Monitoramento
312
313
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Ambientes Pedagógicos Laboratório de informática
Sala de aula

Tela de projeção
Computador com pacote de escritório e acesso à
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e internet
Ferramentas Projetor multimidia
quadro branco
tablet

Apostilas
Livros
Recursos didáticos
Normas e publicações
Sites e aplicativos

314
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: INTRODUTÓRIO

Perfil Profissional: TÉCNICO EM PRODUÇÃO DE MODA

Unidade Curricular: INTRODUÇÃO A PRODUÇÃO DE MODA

Carga Horária: 90h

Unidades de Competência:

UC1 : Elaborar composição visual e estilo, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho,
princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade.
UC2 : Desenvolver projetos de comunicação de moda, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do
trabalho, princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade.

Objetivo Geral: Propiciar o desenvolvimento de capacidades sociais, organizativas e metodológicas e


fundamentos técnicos e científicos referentes à pesquisa, fundamentos de produção de moda e princípios do
design.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. MATEMÁTICA APLICADA À


PRODUÇÃO DE MODA
1.1 Operações fundamentais
Fundamentos Técnicos Científicos
1.1.1 Adição, subtração,
divisão e multiplicação de
Identificar tipos e funcionalidades de máquinas, números inteiros,
equipamentos, ferramentas e acessórios aplicados a fracionários e decimais
produção de moda 1.2 Razão e Proporção
Reconhecer as formas de representação gráfica e visual 1.2.1 Regra de Três
aplicadas ao desenvolvimento do projeto de moda simples e composta
Aplicar os fundamentos matemáticos para cálculos de 1.3 Porcentagem
quantidade (percentual, conversão de medidas, adição, 1.4 Conversão de Medidas
subtração, multiplicação e divisão) 1.5 Cálculos de Perímetro, Área,
Identificar terminologia técnicas da produção de Moda Massa e Volume
Identificar tipos, características e aplicabilidade dos 1.6 Geometria
materiais necessários à execução de projetos de moda 1.6.1 Ângulos
1.6.2 Segmentos de reta e

Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas semi-retas


1.6.3 Ângulos consecutivos
e adjacentes
Capacidades Sociais
1.6.4 Ângulos opostos pelo
Demonstrar atitudes éticas nas ações e nas relações vértice
interpessoais 1.6.5 Ângulos congruentes
Reconhecer as diferentes características e 1.6.6 Medida de um ângulo
comportamentos das pessoas nos grupos e equipes. 2. PESQUISA

315
Capacidades Organizativas 2.1 Tipos e Métodos
2.2 Fontes de Referência
Reconhecer os princípios de profissionalismo no 2.3 Macrotendências,
desenvolvimento das atividades sob a sua Tendências de moda e Tema
responsabilidade. 2.4 Registro
Reconhecer os princípios básicos de higiene aplicados 2.4.1 Sketchbook
ao contexto de trabalho 2.4.2 Painel de Inspiração
Reconhecer a importância dos aspectos técnicos e
(moodboard)
tecnológicos no desenvolvimento das atividades 2.4.3 Apresentação visual
profissionais (caderno de tendências,
Capacidades Metodológicas entre outros)
3. BRIEFING
Reconhecer a importância do conhecimento como fonte 3.1 Tipos
de formação de uma atitude empreendedora 3.2 Registro (de informações
complementares ao projeto)
4. FUNDAMENTOS DA PRODUÇÃO
DE MODA
4.1 Definição e História
4.2 Profissionais da Área
4.3 Tipos de Projetos e suas
funções
4.3.1 Projetos de Imagem
4.3.2 Projetos de
Exposição de Produtos
4.3.3 Eventos de Moda
4.4 Infraestrutura da Produção de
Moda
4.4.1 Definição
4.4.2 Elementos da
Composição
4.4.3 Equipamentos e
Ferramentas
4.4.4 Materiais e Insumos
4.5 Novas Tecnologias
4.6 Representações Gráficas dos
Projetos
4.6.1 Storyboard
4.6.2 Projetos de Vitrine 3D
4.6.3 Projetos de Visual
Merchandising (loja)
4.6.4 Projetos de Desfile
4.6.5 Projetos de
Exposição
5. PRINCÍPIOS E ELEMENTOS DO
DESIGN
5.1 Elementos da Linguagem
Visual
5.1.1 Linha e forma
5.1.2 Luz e sombra
316
5.1.3 Volume
5.1.4 Textura
5.1.5 Peso visual
5.1.6 Espaço
5.1.7 Sistema de medidas
5.1.8 Proporção, escala e
tamanhos
5.1.9 Perspectiva
5.1.10 Relação entre o todo
e as partes
5.2 Princípios da Gestalt
5.2.1 Figura e fundo
5.2.2 Fechamento
5.2.3 Simplicidade
5.2.4 Unidade
5.2.5 Movimento
5.2.6 Pregnância da forma
5.2.7 Tamanho e proporção
5.2.8 Semelhança
5.2.9 Proximidade
5.2.10 Ritmo
5.2.11 Equilíbrio
5.2.12 Harmonia
6. HIGIENE E SAÚDE
6.1 Princípios de higiene e saúde
pessoal
6.2 Ética
7. ÉTICA
7.1 Etnocentrismo e Relativismo
Cultural
7.2 Papéis e Representações
Sociais
8. COMPORTAMENTO E EQUIPES
DE TRABALHO
8.1 O homem como ser social
8.2 O papel das normas de
convivência em grupos sociais
8.3 A influência do ambiente de
trabalho no comportamento
8.4 Fatores de satisfação no
trabalho
9. POSTURAS PROFISSIONAIS
9.1 Engajamento
9.2 Atenção
9.3 Disciplina
9.4 Precisão
9.5 Zelo
9.6 Cooperação
9.7 Autonomia
317
9.8 Iniciativa
9.9 Criatividade
10. EMPREENDEDORISMO
10.1 Definição
10.2 Tipos
10.3 Habilidades e Atitudes
Empreendedoras
11. SISTEMATIZAÇÃO DOS
PROCESSOS
11.1 Tipos
11.2 Fluxos
11.3 Mapeamento de Fluxo de
Valor

318
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Biblioteca
Ambientes Pedagógicos Laboratório de informática
Sala de aula

Projetor multimídia
Computador com pacote de escritório e acesso à
Máquinas, Equipamentos, Instrumentos e internet
Ferramentas tablet
Quadro branco
Tela de projeção

Apostilas
Livros
Recursos didáticos
Normas e publicações
Sites e aplicativos

319
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: TÉCNICO EM PRODUÇÃO DE MODA

Unidade Curricular: COMPOSIÇÃO VISUAL E ESTILO

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:

UC1 : Elaborar composição visual e estilo, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho,
princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas relativas à


identificação do público alvo, construção de estilo e composições visuais nos projetos de produção de moda.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Desempenho Capacidades Conhecimentos


Competência Técnicas

1 .1 Criar 1.1 .1 Considerando o perfil e - Utilizar os princípios


projetos de estilo de vida do cliente 1. PÚBLICO ALVO
antropométricos para
composição 1.1 Perfil e Estilo de
seleção dos produtos
visual e vida
adequados ao cliente
estilo 1.2 Características
em função do projeto
1.2.1 Critérios
- Analisar as Demográficos
características do 1.2.2 Critérios
cliente em função do Geográficos
tema do projeto. 1.2.3 Critérios
Psicográficos
1.2.4 Critérios
de
1.1 .2 Considerando as Comportamento
- Selecionar ferramentas
informações das pesquisas e fontes de pesquisa 1.3 Personas
de tendência de moda, adequadas à coleta de 1.3.1 Definição
comportamento e consumo, informações em função 1.3.2 Aplicação
referências estéticas, de do briefing do projeto 2. ESTILO
varejo e de comunicação. 2.1 Definição
- Analisar os dados de 2.2 Linguagem da
pesquisa para seleção Moda
de informações 2.3 Ocasiões de uso
pertinentes ao briefing 2.3.1 Trabalho
do projeto 2.3.2 Lazer
2.3.3 Projetos
de Imagem:
Editorial,
Catálogo,
Lookbook,

320
1.1 .3 Considerando o - Identificar as etapas Televisão &
briefing do projeto para realização do Cinema
projeto em função dos 2.3.4 Eventos
prazos estabelecidos no Sociais e de
briefing Moda
2.4 Marcas
- Dimensionar os 2.5 Peças do
recursos físicos, Vestuário
materiais, humanos e 2.5.1 Partes de
financeiros para cima
realização do projeto 2.5.2 Partes de
em função do briefing. baixo
2.5.3 Inteiros
- Identificar, no briefing,
2.5.4 Detalhes
o tema e suas
(gola, manga,
características.
decote, entre
- Identificar, no briefing, outros)
o público alvo e suas 2.5.5 Matéria
características. prima e
aviamentos
2.5.6
Enobrecimentos
1 .2 Prestar 1.2 .1 Considerando os - Aplicar os princípios (lavagens,
consultoria resultados das pesquisas de de moda e estilo estampas,
de imagem e tendência de moda, (styling) adequados ao bordados, entre
estilo comportamento e consumo, escopo do projeto e outros)
referências estéticas, de resultados da pesquisa 2.6 Princípios
varejo e de comunicação. antropométricos
- Selecionar ferramentas 2.6.1 Definição
e fontes de pesquisa 2.6.2 Silhuetas
adequadas à coleta de 3. TEORIA DAS CORES
informações em função 3.1 Fundamentos
do projeto 3.2 Características
das cores: Matiz,
- Analisar os dados de
Saturação e
pesquisa para seleção
Luminosidade
de informações
3.3 Círculos
pertinentes ao projeto
cromáticos
3.4 Aspectos
Psicológicos e
Estéticos
4. COMPOSIÇÃO VISUAL
4.1 Definição
1.2 .2 Considerando o - Realizar adequações, 4.2 Linguagem visual
escopo do projeto de se necessário, no aplicada à Persona
consultoria
cronograma em função 4.2.1 Elementos
do projeto visuais
4.2.2 Harmonia
- Reconhecer as etapas
4.3 Visagismo
321
do projeto no 4.3.1 Definição
cronograma 4.3.2 Aplicação
estabelecido 4.4 Beleza e Estilo
4.4.1 Conceitos
- Identificar, no escopo,
4.4.2 Cabelos
o tema e suas
4.4.3
características.
Maquiagem
- Reconhecer o perfil e (Correção,
estilo de vida do cliente Embelezamento,
em função do projeto Conceitual,
Contornos)
- Correlacionar os 5. CONSULTORIA DE
prazos estabelecidos no IMAGEM E ESTILO
cronograma com os 5.1 Definição
prazos dos 5.2 Etapas do Projeto
fornecedores e ou 5.3 Recursos (físicos,
prestadores de serviço financeiros, humanos,
entre outros)
- Identificar, no escopo,
5.4 Cronograma
os valores
6. ORGANIZAÇÃO DO
orçamentários
LOCAL DE TRABALHO.
disponíveis para
6.1 Espaço
execução do projeto
6.2 Atividades
- Identificar, no escopo, 6.3 Materiais
a necessidade de 6.4 Tempo
contratação de serviços 7. SEGURANÇA NO
e aquisições para TRABALHO
realização do projeto 7.1 Agentes
agressores à saúde:
físicos, químicos e
Fundamentos Técnicos Científicos biológicos.
7.2 O impacto do uso
de drogas lícitas e
ilícitas na segurança e
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas
na saúde
7.3 Inspeções de
Capacidades Organizativas
segurança
Reconhecer situações de risco à saúde e segurança do trabalhador
e as diferentes formas de proteção a esses riscos
Aplicar os princípios de organização no seu posto trabalho
Reconhecer a importância dos aspectos sociais e econômicos no
desenvolvimento das atividades profissionais

Capacidades Sociais

Apresentar comportamento ético no desenvolvimento das atividades


sob a sua responsabilidade.
Lidar com as relações de poder e hierarquia no contexto profissional

Capacidades Metodológicas
322
Reconhecer a importância da atitude proativa como característica
fundamental e requisito de um bom profissional

323
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Espaço para Apresentação de trabalhos


Laboratório de informática
Sala de aula
Ambientes Pedagógicos
Biblioteca
Laboratório de Criativação (espaço para atividades diversas, com mesas
para experimentações e pia para limpeza de materiais)

Manequins de Vitrine
Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)
Computadores com acesso a internet
Softwares básico de escritório (editor de texto, planilhas, apresentações)
Instrumentos de medição
Máquinas, Equipamentos, Kit de passadoria para produção de Moda (passadeira a vapor,
Instrumentos e Ferramentas almofadinhas, ferro de passar, entre outros)
Cabide
Araras
Kit de Produção de Moda (grampo, alfinete de segurança, presilhas,
tesoura, fita adesiva dupla face, fita crepe, esparadrapo, touca
descartável, entre outros)

Sites
Livros
Apostilas
Publicações
Materiais
Normas
Aplicativos
Material de Consumo (kit de maquiagem, kit de tintas, papéis, cola, entre
outros)

Acessibilidade: Nas condições de infraestrutura, serão asseguradas as


condições de acessibilidade instrumental e arquitetônica, reconhecendo a
especificidade e a peculiaridade do aluno com deficiência, levando-se em
Observações/recomendações conta a(s) Norma(s) Regulamentadora(s) da ocupação, NBR nº 9050, Lei
nº 13.146/2015, a LDB nº 9394/96 e a legislação específica em vigência
da deficiência em questão, quando for o caso

324
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: TÉCNICO EM PRODUÇÃO DE MODA

Unidade Curricular: PRÉ-PROJETO

Carga Horária: 40h

Unidades de Competência:

UC1 : Elaborar composição visual e estilo, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do trabalho,
princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, científicas, sociais, organizativas e metodológicas que
proporcionem o desenvolvimento de técnicas e métodos de pesquisa e produção de conhecimento científico,
identificando as fases de elaboração de projeto em consonância com as normas técnicas e orientações
vigentes das instituições de ensino.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Conhecimentos


Competência Desempenho Técnicas

Capacidades Técnicas 1. NORMAS TÉCNICAS PARA


FORMATAÇÃO E
APRESENTAÇÃO DE TRABALHO
Fundamentos Técnicos Científicos
ACADÊMICO E CIENTÍFICO
2. PROJETO
Reconhecer os instrumentos para coleta, análise e 2.1 Definição
interpretação de dados, de acordo com as normas científicas 2.2 Tipos e Características
Reconhecer as normas e estrutura para elaboração de 2.3 Estrutura
trabalhos científicos 2.3.1 Tema ou problema
Desenvolver trabalho de pesquisa sobre um tema de 2.3.2 Objetivos: Gerais e
relevância da área da produção de moda. Específicos
Aplicar recursos, para elaboração de apresentação técnica 2.3.3 Justificativa
considerando o briefing. 2.3.4 Metodologia
Reconhecer as informações iniciais necessárias à elaboração 2.3.5 Discussão teórica
de trabalho final de conclusão de curso. 2.3.6 Cronograma
Reconhecer as informações para apresentação e defesa de 2.3.7 Referências
trabalhos de conclusão de curso. Bibliográficas
Utilizar técnicas de pesquisa para identificação, localização e 3. TIPOS DE TRABALHOS
compilação de fontes de informações gerais e especializadas CIENTÍFICOS
para realização de trabalhos de pesquisa científica 3.1 Fichamento
3.2 Resenhas
3.3 Relatórios
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas 3.4 TCC
3.5 Artigo
Capacidades Sociais 4. METODOLOGIA DE PESQUISA
CIENTÍFICA
Posicionar-se com ética em relação a situações e contextos
325
apresentados 4.1 Definição
Intervir em situações de conflito, buscando o diálogo e a 4.2 Tipos de Pesquisa
harmonização entre os membros da equipe. 4.3 Técnicas de Pesquisa
4.4 Linhas de Pesquisa
Capacidades Organizativas 5. DESENVOLVIMENTO DE

Reconhecer o papel do trabalhador no cumprimento das PESQUISA


normas ambientais, de saúde e segurança 5.1 Definição do Tema ou
Aplicar os princípios de organização do trabalho problema de pesquisa
5.2 Definição dos Objetivos
estabelecidos no planejamento e no exercício de suas
atividades profissionais Gerais e Específicos
Reconhecer a importância dos princípios da Qualidade no 5.3 Elaboração da Justificativa
desenvolvimento das atividades profissionais 5.4 Delimitação do Objeto de
Pesquisa
Capacidades Metodológicas 5.5 Definição dos Métodos e
Técnicas de Coleta de Dados
Aplicar os aspectos de inovação em suas atividades a serem utilizados
profissionais
5.6 Definição do Referencial
Teórico
5.7 Elaboração de hipóteses
5.8 Elaboração de
Ferramentas e ou instrumentos
de coleta de dados
5.9 Realização da Pesquisa
5.10 Classificação
categorização e Análise dos
dados
5.11 Apresentação dos
Resultados e Conclusões
6. APRESENTAÇÃO E DEFESA
DE PROJETOS
6.1 Postura
6.2 Linguagem
6.3 Planejamento da
Apresentação
7. INOVAÇÃO
7.1 Propriedade intelectual
7.2 Patentes
8. CONTROLE EMOCIONAL NO
TRABALHO
8.1 Perceber, avaliar e
expressar emoções no
trabalho
8.2 Fatores internos e externos
8.3 Autoconsciência

326
Ambientes pedagógicos, com relação de equipamentos, máquinas, ferramentas, instrumentos e
materiais

Sala de aula
Biblioteca
Ambientes Pedagógicos
Laboratório de informática
Indústria (pesquisa de campo)

Kit multimídia (projetor, tela, computador, caixa de som)


Máquinas, Equipamentos,
Computadores com acesso a internet (para uso de pesquisa, software de
Instrumentos e Ferramentas
editor de texto, planilha eletrônica, editor de apresentações)

Aplicativos
Publicações
Sites
Materiais
Apostilas
Normas
Livros

Acessibilidade: Nas condições de infraestrutura, serão asseguradas as


condições de acessibilidade instrumental e arquitetônica, reconhecendo a
especificidade e a peculiaridade do aluno com deficiência, levando-se em
Observações/recomendações
conta a(s) Norma(s) Regulamentadora(s) da ocupação, NBR nº 9050, Lei
nº 13.146/2015, a LDB nº 9394/96 e a legislação específica em vigência
da deficiência em questão, quando for o caso

327
Detalhamento das Unidades Curriculares

Módulo: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: TÉCNICO EM PRODUÇÃO DE MODA

Unidade Curricular: PROJETOS DE EXPOSIÇÃO DE PRODUTOS

Carga Horária: 80h

Unidades de Competência:

UC2 : Desenvolver projetos de comunicação de moda, seguindo normas técnicas, de saúde e segurança do
trabalho, princípios de gestão da qualidade e de sustentabilidade.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas relativas ao planejamento e desenvolvimento de exposição


de produtos, considerando os diferentes segmentos do mercado de moda, bem como, aquisição de
capacidades sociais, organizativas e metodológicas adequadas a diferentes situações profissionais.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Elemento de Padrão de Capacidades Técnicas Conhecimentos


Competência Desempenho

2 .3 Criar 2.3 .1 - Utilizar os princípios e técnicas de


projetos de Considerando as 1. MARCA/BRANDING
visual merchandising em função do
exposição características dos 1.1 Definição
briefing e público alvo do projeto
de produtos diferentes 1.2 Identidade da
ambientes de - Selecionar as ferramentas marca
exposição do gráficas adequadas à criação do 1.3 Público alvo
produto projeto 1.4 Briefing do
projeto
- Aplicar os princípios e técnicas do 1.4.1 Tema
Design Gráfico, adequados a 1.4.2 Recursos
criação do projeto (físicos,
humanos e
- Utilizar os dados selecionados
financeiros)
nas pesquisas de tendência de
1.4.3 Prazo
moda, comportamento e consumo,
2. FLUXO DO PROJETO
referências estéticas, de varejo e
DE EXPOSIÇÃO DE
de comunicação, para elaboração
PRODUTO
do Painel de Inspiração
2.1 Briefing
2.2 Tipos
2.2.1 Lojas
2.3 .2 (próprias e
- Analisar os dados de pesquisa
Considerando as multimarcas)
para seleção de informações
informações das 2.2.2
pertinentes ao briefing do projeto
pesquisas de Showroom
referência de - Selecionar ferramentas e fontes 2.2.3 Stands
moda, mercado e de pesquisa adequadas à coleta de 2.3 Pesquisa
público alvo informações em função do briefing aplicada (imagética
do projeto e contextualizada)

328
2.3.1
Tendências de
2.3 .3 moda
- Identificar as etapas para
Considerando o 2.3.2 Tema
realização do projeto em função
briefing do projeto 2.3.3
dos prazos estabelecidos no
Ambiência
briefing
2.4 Planejamento
- Identificar, no briefing, o público 2.4.1
alvo e suas características. Fluxograma
2.4.2
- Identificar, no briefing, as Cronograma
características e identidade da 2.4.3
marca. Orçamento
2.4.4
- Identificar, no briefing, as
Infraestrutura
características dos produtos em
(cenário,
função do projeto a ser
locação,
desenvolvido
recursos
- Identificar, no briefing, o tema e materiais e
suas características. serviços, entre
outros)
- Dimensionar os recursos físicos, 2.5 Elaboração do
materiais e financeiros para Escopo do Projeto
realização do projeto em função do 2.6 Apresentação
briefing. 2.6.1
Aprovação
2.6.2 Ajustes
2.7 Execução
Fundamentos Técnicos Científicos
2.7.1
Contratação de
serviços
Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas 2.7.2 Compra
de materiais e
Capacidades Sociais insumos
2.7.3
Apresentar comportamento ético no desenvolvimento das atividades
Construção
sob a sua responsabilidade
dos adereços
Lidar com as relações de poder e hierarquia no contexto profissional
(diversos
Capacidades Organizativas