Você está na página 1de 11

Código do

Data da
Documento Próxima Revisão Versão n°
emissão:
FSST – POP 12/12/2021 001
13/12/2020
– 002

N° de Setor Leis ou Normas atendidas;


Revisão Responsável NR 01 Disposições Gerais, itens, 1.4,
1.4.1, linha e), NR 12 e seus Itens
001 RH - SESMT sobre maquinas e equipamentos.
Responsável
técnico e pela
elaboração; RIVALDO BATISTA DA NÓBREGA JUNIOR
Síntese do documento;
Procedimentos que devem ser adotados em caso de acidente ou doença relacionada ao
trabalho.

PROCEDIMENTO DIANTE A OCORRÊNCIA DE ACIDENTE


DO TRABALHO

1. OBJETIVOS

Estabelecer procedimentos e etapas a serem seguidos quando da


ocorrência de acidentes de trabalho com colaboradores da INDÚSTRIA DE
CERÂMICA BARBOSA LTDA. 
Devido ao caráter técnico envolvido no trabalho, estes procedimentos
deverão servir como parâmetros a serem seguidos por todos os colaboradores
envolvidos com procedimentos administrativos relacionados a acidentes no seu
ambiente de trabalho.
a. Estabelecer os procedimentos necessários frente à ocorrência de
acidentes da empresa;
b. Registrar, em documento específico RIAT – Relatório de Investigação de
Acidente no Trabalho, o acidente ocorrido visando estabelecer critérios de
comunicação, análise, investigação em quaisquer estabelecimentos desta
Instituição;
c. Realizar a análise e investigação do acidente de forma a promover a
adoção de medidas de proteção no ambiente de trabalho e evitar sua
reincidência
d. Elaboração e abertura da CAT (Comunicação de Acidente do Trabalho)
no prazo máximo de 24 h.

1. APLICAÇÃO

Este POP aplica-se a todos os colaboradores quando da ocorrência de


acidentes do trabalho e doenças ocupacionais, na empresa INDÚSTRIA DE
CERÂMICA BARBOSA LTDA.
Código do
Data da
Documento Próxima Revisão Versão n°
emissão:
FSST – POP 12/12/2021 001
13/12/2020
– 002

N° de Setor Leis ou Normas atendidas;


Revisão Responsável NR 01 Disposições Gerais, itens, 1.4,
1.4.1, linha e), NR 12 e seus Itens
001 RH - SESMT sobre maquinas e equipamentos.
Responsável
técnico e pela
elaboração; RIVALDO BATISTA DA NÓBREGA JUNIOR
Síntese do documento;
Procedimentos que devem ser adotados em caso de acidente ou doença relacionada ao
trabalho.

1. CONCEITOS
Para fins deste POP, entende-se por:

Empregadora: INDÚSTRIA DE CERÂMICA BARBOSA LTDA

Empregado/colaborador: FUNCIONARIOS DA EMPRESA INDÚSTRIA DE


CERÂMICA BARBOSA LTDA.

SESMT: Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina de


Trabalho, serviço responsável pelas ações voltadas a preservação da saúde e
integridade física dos empregados;

Serviços de Referência: 

● Telefone úteis;

● BOMBEIROS: 193;(98) 99222-2212

● PM (Polícia Militar): 190;(98) 99215-0606

● Polícia Civil:  

● SAMU: 192;

● SESMT: ramal XXXXXXX;

● GP (Gerência de Pessoas): ramal XXXXXX

● Hospital XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX: FONE:


XXXXXXXXXXX, Endereço: XXXXXXXXXXXX, Bairro:
XXXXXXXXX, N° XXXXX – Cidade: XXXXXX, Estado:
XXXXXXXXXXXXXX;
Código do
Data da
Documento Próxima Revisão Versão n°
emissão:
FSST – POP 12/12/2021 001
13/12/2020
– 002

N° de Setor Leis ou Normas atendidas;


Revisão Responsável NR 01 Disposições Gerais, itens, 1.4,
1.4.1, linha e), NR 12 e seus Itens
001 RH - SESMT sobre maquinas e equipamentos.
Responsável
técnico e pela
elaboração; RIVALDO BATISTA DA NÓBREGA JUNIOR
Síntese do documento;
Procedimentos que devem ser adotados em caso de acidente ou doença relacionada ao
trabalho.

● Hospital: ADELIA MATOS FONSECA FONE: (98) 3463-2596,


Endereço: AV GOMES DE SOUSA, Bairro: CENTRO, N° 06 –
Cidade: ITAPECURU MIRIM, Estado: MARANHÃO;

● UPA (Unidade de Pronto Atendimento): Fones: XXXXXXXXXXX

● CAT: “Comunicação de Acidente de Trabalho” deve ser emitida


com ou sem afastamento;

● Quem registra a CAT: Gerência de Pessoas.

● CID (Código Internacional de Doenças): Código utilizado pelo


profissional de saúde para registro em atestado médico;

● BO (Boletim de Ocorrência): é o documento utilizado pelos


órgãos da Polícia Civil, Polícia Federal e pelas Polícias Militares,
além dos Bombeiros e da Guarda Municipal para fazer geralmente
o registro da notícia do crime (notitia criminis) no Brasil.

● FISPQ (Ficha de Informações Sobre Produtos Químicos):A


FISPQ fornece informações sobre vários aspectos dos produtos
químicos (substâncias ou misturas) quanto à segurança, à saúde e
ao meio ambiente; transmitindo desta maneira, conhecimentos
sobre produtos químicos, recomendações sobre medidas de
proteção e ações em situação de emergência.

● Acidente de Trajeto: Acidente sofrido pelo empregado no


percurso da residência ou do local de refeição para o local de
trabalho ou deste para aqueles, qualquer que seja o meio de
locomoção, inclusive veículo de propriedade do empregado, desde
que não haja interrupção ou alteração de percurso por motivo
alheio ao trabalho.

● Relatório de Investigação de Acidentes – RIAT: Registro da


ocorrência do acidente no curso da investigação.

● Acidente Típico: Acidente sofrido pelo empregado no exercício do


trabalho, excetuando-se os casos de trajeto.
Código do
Data da
Documento Próxima Revisão Versão n°
emissão:
FSST – POP 12/12/2021 001
13/12/2020
– 002

N° de Setor Leis ou Normas atendidas;


Revisão Responsável NR 01 Disposições Gerais, itens, 1.4,
1.4.1, linha e), NR 12 e seus Itens
001 RH - SESMT sobre maquinas e equipamentos.
Responsável
técnico e pela
elaboração; RIVALDO BATISTA DA NÓBREGA JUNIOR
Síntese do documento;
Procedimentos que devem ser adotados em caso de acidente ou doença relacionada ao
trabalho.

● Acidente com Material Biológico: Acidentes em que profissionais


de saúde se expõem a sangue e outros fluidos biológicos.

● Insalubridade: O artigo 189 da CLT estabelece que: "Serão


consideradas atividades ou operações insalubres aquelas que, por
sua natureza, condições ou métodos de trabalho, exponham os
empregados a agentes nocivos à saúde, acima dos limites de
tolerância fixados em razão da natureza e da intensidade do
agente e o tempo de exposição aos seus efeitos"

● Periculosidade: "São consideradas atividades ou operações


perigosas, na forma da regulamentação aprovada pelo Ministério
do Trabalho, aquelas que, por sua natureza ou métodos de
trabalho, impliquem o contato permanente com inflamáveis ou
explosivos em condições de risco acentuado".

1. PROCEDIMENTOS:

Acidente Típico:

Observar e analisar com a calma a situação. Durante esse momento é


importante manter-se calmo e manter a vítima calma, logo após analisar a
situação para poder ajudar durante os primeiros procedimentos,
informando a situação dos acidentes para o socorro imediato.
● Comunicar verbalmente (quando possível) ou por telefone ao
gestor sobre a ocorrência do acidente. Em seguida, o gestor
deverá prestar o devido atendimento (se houver capacidade
técnica e psicológica) e informar ao SESMT, ou na ausência do
representante, informar a CIPA sobre a situação, para darem início
a abertura da Comunicação de Acidente de trabalho junto ao setor
da Gerência de Pessoas.
● A Instituição deverá emitir o Comunicado de Acidente de Trabalho
– CAT ocorrido com o seu empregado, ocorrendo ou não
afastamento de trabalho, até o primeiro dia útil seguinte da
Código do
Data da
Documento Próxima Revisão Versão n°
emissão:
FSST – POP 12/12/2021 001
13/12/2020
– 002

N° de Setor Leis ou Normas atendidas;


Revisão Responsável NR 01 Disposições Gerais, itens, 1.4,
1.4.1, linha e), NR 12 e seus Itens
001 RH - SESMT sobre maquinas e equipamentos.
Responsável
técnico e pela
elaboração; RIVALDO BATISTA DA NÓBREGA JUNIOR
Síntese do documento;
Procedimentos que devem ser adotados em caso de acidente ou doença relacionada ao
trabalho.

ocorrência, e em caso de óbito, imediatamente comunicar a


autoridade competente, sob pena de multa.
● Caso o acidente seja grave, o gestor deverá acionar imediatamente
o SAMU 192 ou BOMBEIROS 193 (a depender do tipo de
acidente) e avisar a família do acidentado. O gestor, representante
da CIPA ou SESMT deverá acompanhar a vítima até a chegada de
sua família ou até a liberação do SAMU ou BOMBEIROS. Caso
ocorra a necessidade de encaminhar a vítima para atendimento
médico, o gestor ou representante da CIPA ou SESMT deverá
acompanhar a vítima até a chegada de familiares e verificar se o
mesmo possui plano de saúde.
● Se o acidente não for grave, o Gestor informará aos familiares do
acidentado e caso não tenha ninguém para buscá-lo, o Gestor
estará sob a responsabilidade de levá-la até a sua residência,
utilizando meio de transporte institucional, e quando não houver,
por transporte particular.
● Para todo e qualquer acidente de trabalho, seja ele com ou sem
afastamento, deverá ser elaborado o Relatório Técnico de
Investigação de Acidente de Trabalho. Para sua elaboração, o
Técnico em Segurança do trabalho (onde houver exigência) ou
CIPA, irá até o local imediatamente após o acidente e conversará
com o acidentado (quando possível) e com as devidas
testemunhas para registrar a ocorrência do acidente de trabalho na
ficha ou relatório de acidente. Em seguida, será entregue uma via
do relatório para a vítima e outra ficará à disposição no SESMT,
para possível consulta futura a quem de direito se interessar.
● A vítima, deverá entregar o atestado médico na Gerência de
Pessoas em um prazo máximo de 24 h para a emissão da CAT,
logo após, a sua apresentação automaticamente a Gerência de
Pessoas, tomara as providências para a sua abertura.

1. OBSERVAÇÕES
Código do
Data da
Documento Próxima Revisão Versão n°
emissão:
FSST – POP 12/12/2021 001
13/12/2020
– 002

N° de Setor Leis ou Normas atendidas;


Revisão Responsável NR 01 Disposições Gerais, itens, 1.4,
1.4.1, linha e), NR 12 e seus Itens
001 RH - SESMT sobre maquinas e equipamentos.
Responsável
técnico e pela
elaboração; RIVALDO BATISTA DA NÓBREGA JUNIOR
Síntese do documento;
Procedimentos que devem ser adotados em caso de acidente ou doença relacionada ao
trabalho.

a. Caso o acidente seja decorrente de risco com material biológico, o


colaborador além de seguir os passos anteriores, ele deverá ser encaminhado
ao CAAV, para que seja adotado os protocolos iniciais de tratamento a esse
tipo de exposição ao risco biológico.
b. Quando o acidente for de natureza química e houver contaminação na
pele e olhos, lavar abundantemente a região afetada em água potável e
corrente, em temperatura ambiente por no mínimo 15 minutos e logo em
seguida encaminhar para atendimento médico (sempre observar as
informações contidas na FISPQ);
c. Caso o acidentado se recuse atendimento médico, deverá se direcionar
a Gerência de Pessoas e assinar termo de consentimento de que se recusou
atendimento médico.
d. O empregador tem um prazo de um dia útil para encaminhar a CAT
preenchida e com assinatura do médico que atendeu o acidentado ao INSS,
onde o documento será protocolado. O INSS reterá uma via e devolverá as três
vias restantes que serão encaminhadas respectivamente:
e. Uma via para Gerência de Pessoas para lançamento no cadastro do
PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário);
f. Uma via para o empregado acidentado;
g. Outra via para a Delegacia Regional do Trabalho.
h. As seguintes ocorrências deverão ser comunicadas ao INSS, mediante
apresentação da CAT:
i. Acidente de trabalho típico ou de trajeto ou doença profissional ou do
trabalho;
j. Reinício de tratamento ou afastamento por agravamento de lesão de
acidente de trabalho ou doença profissional ou do trabalho já comunicados
anteriormente;
k. Falecimento decorrente de acidente ou doença profissional ou do
trabalho ocorridos após a emissão da CAT inicial.

1. Acidente de trajeto

a. Quando ocorrer acidente de trajeto, o empregado deverá informar a


empresa (Gestor imediato/SESMT/Gerência de Pessoas). A área que receber a
informação tem a obrigatoriedade de repassar para as demais áreas citadas
imediatamente.
Código do
Data da
Documento Próxima Revisão Versão n°
emissão:
FSST – POP 12/12/2021 001
13/12/2020
– 002

N° de Setor Leis ou Normas atendidas;


Revisão Responsável NR 01 Disposições Gerais, itens, 1.4,
1.4.1, linha e), NR 12 e seus Itens
001 RH - SESMT sobre maquinas e equipamentos.
Responsável
técnico e pela
elaboração; RIVALDO BATISTA DA NÓBREGA JUNIOR
Síntese do documento;
Procedimentos que devem ser adotados em caso de acidente ou doença relacionada ao
trabalho.

b. Quando a ocorrência for de acidente de trajeto, o colaborador deverá


informar a empresa (Gestor imediato, SESMT ou Gerência de pessoas). Quem
receber a informação terá a responsabilidade de repassar para os demais
setores imediatamente.
c. O Técnico em Segurança do Trabalho ou a CIPA, deverá de imediato
entrar em contato com o acidentado logo após ocorrido, para fazer o registro da
ocorrência do acidente e, posteriormente, disponibilizar uma via para vítima e
para Gerência de Pessoas. Sempre solicitar à vítima para obrigatoriamente
entregar o atestado médico e o Boletim de Ocorrência na Gerência de
Pessoas, no prazo inferior a 24 horas para abertura da CAT. Logo após
apresentação das comprovações, deverá automaticamente se emitir a CAT.
d. Para o empregado comprovar o acidente de trajeto, ele deverá
obrigatoriamente passar por atendimento médico e encaminhar o laudo para o
SESMT.
e. A comprovação do acidente se dará também, através de BO ou pelo
registro do atendimento feito pelo SAMU.
f. O empregador tem um prazo de um dia útil para encaminhar a CAT
preenchida e com assinatura do médico que atendeu o acidentado ao INSS,
onde o documento será protocolado. O INSS reterá uma via e devolverá as três
vias restantes que serão encaminhadas respectivamente:
g. Uma via para Gerência de Pessoas para lançamento no cadastro do
PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário);
h. Uma via para o empregado acidentado;
i. Outra via para a Delegacia Regional do Trabalho.
j. As seguintes ocorrências deverão ser comunicadas ao INSS, mediante
apresentação da CAT:
k. Acidente de trabalho típico ou de trajeto ou doença profissional ou do
trabalho;
l. Reinício de tratamento ou afastamento por agravamento de lesão de
acidente de trabalho ou doença profissional ou do trabalho já comunicados
anteriormente;
m. Falecimento decorrente de acidente ou doença profissional ou do
trabalho ocorridos após a emissão da CAT inicial.

1. Controle Estatístico de Acidentes de Trabalho com Vítima


Código do
Data da
Documento Próxima Revisão Versão n°
emissão:
FSST – POP 12/12/2021 001
13/12/2020
– 002

N° de Setor Leis ou Normas atendidas;


Revisão Responsável NR 01 Disposições Gerais, itens, 1.4,
1.4.1, linha e), NR 12 e seus Itens
001 RH - SESMT sobre maquinas e equipamentos.
Responsável
técnico e pela
elaboração; RIVALDO BATISTA DA NÓBREGA JUNIOR
Síntese do documento;
Procedimentos que devem ser adotados em caso de acidente ou doença relacionada ao
trabalho.

O relatório será elaborado pelo SESMT da empresa, a fim de se realizar


uma análise sobre os setores mais atingidos e os possíveis motivos das
ocorrências desses acidentes e uma possível intervenção para se reduzir
determinados índices.
● Será levado em consideração na coleta de dados: o número
absoluto de acidentes; número absoluto com afastamento
menor e maior a quinze dias, número absoluto sem
afastamento, índice relativo total de empregado dias/homens
perdidos, taxa de frequência, óbitos e índice de avaliação de
gravidade.

1. Doenças Ocupacionais

O Técnico de Segurança do Trabalho elaborará o relatório,


baseando-se nos atestados cadastrados, informando: o tipo de doença,
número absoluto de casos, setores de atividades dos portadores de
doenças, número relativo de casos (total de empregador), número de
óbitos, número de trabalhadores transferidos para outro setor e número
de trabalhadores definitivamente incapacitados.
Caso o empregado apresente algum tipo de doença, deverá
informar imediatamente ao setor do SESMT/Gerência de Pessoas ou
CIPA.
Casos em que o colaborador apresente qualquer tipo de alergia,
seja pelo Equipamento de Proteção Individual ou por uso de algum
produto químico, deverá imediatamente informar ao SESMT ou CIPA para
tomar as devidas providências.

1. Observações:
Código do
Data da
Documento Próxima Revisão Versão n°
emissão:
FSST – POP 12/12/2021 001
13/12/2020
– 002

N° de Setor Leis ou Normas atendidas;


Revisão Responsável NR 01 Disposições Gerais, itens, 1.4,
1.4.1, linha e), NR 12 e seus Itens
001 RH - SESMT sobre maquinas e equipamentos.
Responsável
técnico e pela
elaboração; RIVALDO BATISTA DA NÓBREGA JUNIOR
Síntese do documento;
Procedimentos que devem ser adotados em caso de acidente ou doença relacionada ao
trabalho.

A empresa tem a responsabilidade de emitir a CAT no prazo máximo de


24 horas após a conclusão do diagnóstico, em caso de doença
ocupacional. Para isso, o Gerência de Pessoas deverá estar de posse do
atestado emitido pelo médico que atendeu o empregado, explicando a
ocorrência, contando o número do CID.

1. Responsável pela elabora e responsável pelo comprimento deste


procedimento
Código do
Data da
Documento Próxima Revisão Versão n°
emissão:
FSST – POP 12/12/2021 001
13/12/2020
– 002

N° de Setor Leis ou Normas atendidas;


Revisão Responsável NR 01 Disposições Gerais, itens, 1.4,
1.4.1, linha e), NR 12 e seus Itens
001 RH - SESMT sobre maquinas e equipamentos.
Responsável
técnico e pela
elaboração; RIVALDO BATISTA DA NÓBREGA JUNIOR
Síntese do documento;
Procedimentos que devem ser adotados em caso de acidente ou doença relacionada ao
trabalho.
Código do
Data da
Documento Próxima Revisão Versão n°
emissão:
FSST – POP 12/12/2021 001
13/12/2020
– 002

N° de Setor Leis ou Normas atendidas;


Revisão Responsável NR 01 Disposições Gerais, itens, 1.4,
1.4.1, linha e), NR 12 e seus Itens
001 RH - SESMT sobre maquinas e equipamentos.
Responsável
técnico e pela
elaboração; RIVALDO BATISTA DA NÓBREGA JUNIOR
Síntese do documento;
Procedimentos que devem ser adotados em caso de acidente ou doença relacionada ao
trabalho.

Você também pode gostar