Você está na página 1de 18

Construção das

Escalas Estruturais

Maior
Menor
Menor Harmônica
Menor Melódica
"Partitura com áudios"

Silvio Ribeiro
Material Prático

Editora
Harmonia Essencial
Construção das Escalas Estruturais Prof. Silvio Ribeiro

INTRODUÇÃO
Material Prático
www.harmoniaessencial.mus.br
É indicado para todos os instrumentos. Conteúdo explicado no pentagrama possuindo áudios de
todos os exemplos, demonstrando a formação das principais escalas denominadas estruturais:

• MAIOR
• MENOR
• MENOR HARMÔNICA
• MENOR MELÓDICA

A ideia é que seja um material de apoio para os seus estudos.

Saiba mais sobre o HARMONIA ESSENCIAL:

www.harmoniaessencial.mus.br

www.harmoniaessencial.mus.br/cursos

contato@harmoniaessencial.mus.br
(19) 9-9635-9402
Entre em contato conosco e nos
editora_harmonia_essencial
acompanhe nas redes sociais!!
Editora Harmonia Essencial

www.harmoniaeteoriamusical.com.br

Harmonia Essencial TV

Editora Harmonia Essencial


Construção das Escalas Estruturais Prof. Silvio Ribeiro

Observações de Estudo:
Primitiva
Maior Harmônica Pouca

Melódica utilidade

Escala Diatônica
Primitiva
Menor Harmônica
Melódica
Obs.: A escala maior harmônica é a maior primitiva com o VI grau abaixado em meio tom:

Escala diatônica de “Dó maior” Áudio 2

- ½ tom
Escala diatônica de “Dó maior harmônica”

A escala maior melódica é a maior primitiva com o “VI e VII graus” abaixados em meio tom:

Escala diatônica de “Dó maior” Áudio 3

- ½ tom
Escala diatônica de “Dó maior melódica”

Obs.1: As escalas maiores harmônicas e melódicas são encontradas no período barroco, clássico,
em músicas folclóricas, etc. São de pouco uso prático no estudo de harmonia tonal (que está
relacionado à tonalidade maior ou menor).

Editora Harmonia Essencial contato@harmoniaessencial.mus.br


2
(19) 9-9635-9402
Construção das Escalas Estruturais Prof. Silvio Ribeiro
Obs.2: A escala menor primitiva, harmônica e melódica são a base para a construção da tonalidade
menor.

1.1 Escala Diatônica Maior Primitiva


A Escala maior é uma escala diatônica do tipo maior. A sequência de tons e semitons obedece a
seguinte ordem:

Tom - Tom - Semitom - Tom - Tom - Tom – Semitom

Exemplo da escala diatônica maior primitiva de “Dó”:

T T St T T T St
Veja a seguir a mesma escala identificada por intervalos:

T T St T T T St
Obs.: A escala maior de “DÓ” também é denominada de “escala maior natural”, assim dita por
possuir somente notas naturais, ou seja, sem acidentes musicais.

1.2 Escala Diatônica Menor Primitiva


Caracteriza-se pelo intervalo de semitom entre o II e o III graus e também entre o V e VI graus. A
sequência de tons e semitons obedece a seguinte ordem:

Tom – Semitom – Tom – Tom – Semitom – Tom - Tom


Exemplo da escala menor primitiva de “Dó”: Áudio 4

T St T T St T T
Editora Harmonia Essencial contato@harmoniaessencial.mus.br
3
(19) 9-9635-9402
Construção das Escalas Estruturais Prof. Silvio Ribeiro
Em relação à escala “MAIOR”, apenas decrescemos em meio tom o III, VI e o VII graus:

Escala “Dó maior” Áudio 5

Escala “Dó menor”

Veja a seguir a mesma escala identificada por intervalos:

T St T T St T T
Obs.: O “VII grau” é a subtônica da escala por formar intervalo de tom com a tônica.

1.3 Escala Diatônica Menor Harmônica


Esta escala é dita harmônica pois entende-se que esta gera harmonias mais interessantes em relação
à escala menor primitiva. Apresenta a mesma estrutura da escala menor primitiva, exceto pelo “VII
grau”, que é aumentado em um semitom, construindo-se um intervalo de “9ª aumentada” entre
o VI e o VII graus da escala.

A sequência de tons e semitons obedece a seguinte ordem:

Tom - Semitom - Tom - Tom - Semitom - Tom e ½ - Semitom

Exemplo de “Dó menor harmônica”: Áudio 6

T St T T St T½ St

Editora Harmonia Essencial contato@harmoniaessencial.mus.br


4
(19) 9-9635-9402
Construção das Escalas Estruturais Prof. Silvio Ribeiro
Obs.: A escala menor harmônica possuí a sensível no VII grau, distintamente da menor primitiva.
Compare a escala “Menor primitiva” e a “Menor harmônica”:

Escala de “Dó menor” Áudio 7

+ ½ tom
Escala de “Dó menor harmônica”

“Dó menor harmônica” demonstrada em intervalos:

T St T T St T½ St

1.4 Escala Diatônica Menor Melódica


Quando executamos a escala menor harmônica, notamos que o intervalo entre o “VI” e “VII” grau
soa de maneira “estranha” melodicamente.

Este intervalo é chamado de segunda aumentada, enarmônico a uma terça menor.

Assim, não temos tons na escala entre tais notas, e esse intervalo é considerado dissonante na
harmonia clássica.

Portanto, há a escala menor melódica, onde, além do “VII” grau elevado em semitom, também se
eleva o “VI” grau em semitom.

Essa alteração facilita o movimento melódico gerado entre o “VI” e “VII” grau da escala menor
harmônica.
Daí o termo “melódica”, pois se entende que esta gera melodias mais interessantes que a menor
harmônica.

A sequência de tons e semitons obedece a seguinte ordem:

Tom - Semitom - Tom - Tom - Tom - Tom - Semitom

Editora Harmonia Essencial contato@harmoniaessencial.mus.br


5
(19) 9-9635-9402
Construção das Escalas Estruturais Prof. Silvio Ribeiro
Exemplo em “Dó menor melódica”: Áudio 8

T St T T T T St
“Dó menor melódica” demonstrada em intervalos:

T St T T T T St
Escala Menor melódica clássica X Escala Menor melódica real
A diferença entre ambas é que a escala menor melódica clássica é tocada ascendentemente com o VI e VII
graus elevados e descende em seu estado natural (menor primitiva), e a melódica real, ascende e descende
da mesma maneira:

Dó menor melódica real Áudio 9

Dó menor melódica clássica

Obs.: Neste material consideraremos apenas a escala menor melódica real.

Construção das escalas Estruturais

Editora Harmonia Essencial contato@harmoniaessencial.mus.br


6
(19) 9-9635-9402
Construção das Escalas Estruturais Prof. Silvio Ribeiro
Compare as escalas menores abaixo tendo como referência a escala maior:

“Dó maior” Áudio 10

- ½ tom
“Dó menor”

+ ½ tom
“Dó menor harmônica”

+ ½ tom
“Dó menor melódica”

1.5 Escala Relativa


São escalas maiores e menores formadas pelas mesmas notas, porém com tônicas diferentes, daí o
termo relativas umas das outras.
Ex.s:
Escala de Lá menor

Escala de Dó maior
Escala de Mi menor

Escala de Sol maior

Obs.: Perceba que a escala relativa menor é a mesma escala maior, porém, iniciada pelo “VI grau”,
e a escala relativa maior é a mesma escala menor, todavia, iniciada pelo “III grau”.

Editora Harmonia Essencial contato@harmoniaessencial.mus.br


7
(19) 9-9635-9402
Baixar áudios das
Escalas

Clique AQUI
Construção das Escalas Estruturais Prof. Silvio Ribeiro

Síntese
Escalas demonstradas em tons e semitons:

T T St T T T St
Escala maior
T St T T St T T
Escala menor
T St T T St T½ St
Escala menor harmônica
T St T T T T St
Escala menor melódica

Em intervalos:

1 9ªM 3ªM 11ªJ 5ªJ 6ªM 7ªM


Escala maior
1 9ªM 3ªm 11ªJ 5ªJ 6ªm 7ªm
Escala menor
1 9ªM 3ªm 11ªJ 5ªJ 6ªm 7ªM
Escala menor harmônica
1 9ªM 3ªm 11ªJ 5ªJ 6ªM 7ªM
Escala menor melódica

Abaixo temos o resumo das “15” escalas maiores:

Dó Maior Áudio 11

Sol Maior Áudio 12

Ré Maior Áudio 13

Lá Maior Áudio 14

Mi Maior Áudio 15

Editora Harmonia Essencial contato@harmoniaessencial.mus.br


8
(19) 9-9635-9402
Construção das Escalas Estruturais Prof. Silvio Ribeiro
Si Maior Áudio 16

Fá# Maior Áudio 17

Dó# Maior Áudio 18

Fá Maior Áudio 19

Si bemol Maior Áudio 20

Mi bemol Maior Áudio 21

Lá bemol Maior Áudio 22

Ré bemol Maior Áudio 23

Sol bemol Maior Áudio 24

Dó bemol Maior Áudio 25

Editora Harmonia Essencial contato@harmoniaessencial.mus.br


9
(19) 9-9635-9402
Construção das Escalas Estruturais Prof. Silvio Ribeiro
A seguir, as “15” escalas menores, menores harmônicas e melódicas:

Lá Menor Áudio 26

Lá menor harmônica Áudio 27

Lá menor melódica Áudio 28

Mi menor Áudio 29

Mi menor harmônica Áudio 30

Mi menor melódica Áudio 31

Si menor Áudio 32

Si menor harmônica Áudio 33

Si menor melódica Áudio 34

Editora Harmonia Essencial contato@harmoniaessencial.mus.br


10
(19) 9-9635-9402
Construção das Escalas Estruturais Prof. Silvio Ribeiro
Fá# menor Áudio 35

Fá# menor harmônica Áudio 36

Fá# menor melódica Áudio 37

Dó# menor Áudio 38

Dó# menor harmônica Áudio 39

Dó# menor melódica Áudio 40

Sol# menor Áudio 41

Sol# menor harmônica Áudio 42

Sol# menor melódica Áudio 43

Editora Harmonia Essencial contato@harmoniaessencial.mus.br


11
(19) 9-9635-9402
Construção das Escalas Estruturais Prof. Silvio Ribeiro
Ré# menor Áudio 44

Ré# menor harmônica Áudio 45

Ré# menor melódica Áudio 46

Lá# menor Áudio 47

Lá# menor harmônica Áudio 48

Lá# menor melódica Áudio 49

Ré menor Áudio 50

Ré menor harmônica Áudio 51

Ré menor melódica Áudio 52

Editora Harmonia Essencial contato@harmoniaessencial.mus.br


12
(19) 9-9635-9402
Construção das Escalas Estruturais Prof. Silvio Ribeiro
Sol menor Áudio 53

Sol menor harmônica Áudio 54

Sol menor melódica Áudio 55

Dó menor Áudio 56

Dó menor harmônica Áudio 57

Dó menor melódica Áudio 58

Fá menor Áudio 59

Fá menor harmônica Áudio 60

Fá menor melódica Áudio 61

Editora Harmonia Essencial contato@harmoniaessencial.mus.br


13
(19) 9-9635-9402
Construção das Escalas Estruturais Prof. Silvio Ribeiro
Si bemol menor Áudio 62

Si bemol menor harmônica Áudio 63

Si bemol menor melódica Áudio 64

Mi bemol menor Áudio 65

Mi bemol menor harmônica Áudio 66

Mi bemol menor melódica Áudio 67

Lá bemol menor Áudio 68

Lá bemol menor harmônica Áudio 69

Lá bemol menor melódica Áudio 70

Editora Harmonia Essencial contato@harmoniaessencial.mus.br


14
(19) 9-9635-9402
Construção das Escalas Estruturais Prof. Silvio Ribeiro

Harmonia Essencial

www.harmoniaessencial.mus.br

www.harmoniaessencial.mus.br/cursos

contato@harmoniaessencial.mus.br
(19) 9-9635-9402
Entre em contato conosco e nos
editora_harmonia_essencial
acompanhe nas redes sociais!!
Editora Harmonia Essencial

www.harmoniaeteoriamusical.com.br

Harmonia Essencial TV

Bons Estudos!!

Prof. Silvio Ribeiro

Editora Harmonia Essencial contato@harmoniaessencial.mus.br


15
(19) 9-9635-9402
Construção das
Escalas Estruturais

Maior
Menor
Menor Harmônica
Menor Melódica

"Partitura com áudios"

Material Prático

Silvio Ribeiro

Editora
Harmonia Essencial