Você está na página 1de 5

DISCIPLINA: GO5GCO1- Gestão do Conhecimento CURSO: Engenharia de

Produção

Questões para o item 5.1 O Processo Gerencial Top-down e Bottom-up


1. Quais os modelos gerenciais tradicionais com os quais a maioria dos executivos está familiarizada?
Qual deles é o modelo hierárquico clássico?
Resposta: Os modelos tradicionais que são aplicados pelos executivos são o top-down e bottom-up. O
modelo de gerência top-down é o modelo hierárquico clássico.
2. Associe as colunas:
(1) Modelo gerencial top-down
(2) Modelo gerencial bottom-up

( 1 ) Os conceitos da alta gerência tornam-se condições operacionais para os gerentes de nível médio, que
decidirão os meios a serem utilizados para realizá-los.
( 1 ) Está intimamente relacionado à tradição de administração científica de Taylor.
( 1 ) As decisões dos gerentes de nível médio, em contrapartida, constituem as condições operacionais para
os funcionários da linha de frente, que implementarão as decisões.
( 2 ) Em lugar de ser criado e controlado a partir do topo, o conhecimento é criado e, em grande parte,
controlado, na base.
( 1 ) No nível da linha de frente, a execução torna-se sobretudo uma tarefa de rotina. Como consequência, a
organização como um todo executa um grande volume de trabalho e informações.
( 2 ) Em lugar da hierarquia e da divisão do trabalho, há autonomia.
( 1 ) Uma premissa implícita subjacente a esse modelo tradicional de organização é de que apenas os altos
gerentes são capazes e podem criar conhecimento.
( 2 ) Os altos gerentes dão poucas ordens e instruções e servem como patrocinadores de funcionários
empreendedores da linha de frente.
( 1 ) Os conceitos gerados pela alta gerência devem ser isentos de qualquer ambiguidade ou equívoco. Em
outras palavras, os conceitos estão ancorados na premissa de que possuem um significado singular.
( 2 ) A autonomia, e não a iteração, é o princípio operacional chave. Determinados indivíduos, e não um
grupo de indivíduos que interagem mutuamente, criam conhecimento.
( 1 ) O modelo adequado para lidar com o conhecimento explícito.
( 2 ) O modelo adequado para lidar com o conhecimento tácito.
( 1 ) Hierarquia do tipo militar.
( 1 ) Ao controlar a criação do conhecimento a partir do topo, negligencia o desenvolvimento do
conhecimento tácito que pode ocorrer na linha de frente de uma organização.
( 2 ) Sua ênfase na autonomia faz com que seja extremamente difícil disseminar e compartilhar esse
conhecimento dentro da organização.

3. Assinale com V para verdadeiro e F para falso:


( V ) Noções como ruído, flutuação e caos não são fundamentalmente permitidas no modelo top-down e são
personificadas apenas pelos indivíduos no modelo bottom-up.

( F ) No modelo top-down a primazia e a autonomia concedidas a um indivíduo fazem com que a criação do
conhecimento demore muito mais, pois o ritmo da criação depende da paciência e do talento de determinado
indivíduo.

1
4. Qual é a limitação óbvia dos modelos gerenciais top-down e bottom-up?
Resposta: A limitação óbvia do modelo gerencial top-down é falta de diálogo direto e significativo dentro do
grupo que precipitam a externalização. O modelo top-down, possui também uma ausência de ruídos,
flutuações e caos e o conhecimento é formado na mente dos indivíduos, e não amplificado ou refinado por
meio de interações. Já tratando-se do modelo bottom-up, a limitação óbvia está na demora da criação do
conhecimento, devido a dependência da paciência e do talento de determinado indivíduo, pois é um modelo
em que há autonomias concedidas a cada indivíduo.
5. Quem é o criador de conhecimento na gerência top-down?
Resposta: O criador de conhecimento na gerência top-down é o alto gerente.
6. Qual é o papel do gerente de nível médio na gerência top-down?

Resposta: O papel do gerente de nível médio na gerência top-down processa muitas informações,
desempenham um papel mínimo na criação do conhecimento. São responsáveis também por submeter
relatórios à alta gerência, analisando problemas e oportunidades de negócios ou transmitindo comandos e
ordens de cima para seus subordinados.

7. Quem é o criador de conhecimento na gerência bottom-up?


Resposta: O criador de conhecimento na gerência bottom-up é o indivíduo empreendedor nos níveis mais
baixos da organização.
8. Qual é o papel do gerente de nível médio na gerência bottom-up?
Resposta: O papel do gerente de nível médio na gerência bottom-up na prática inexiste, pois por ter uma
matriz de pequeno porte, à estrutura organizacional plana, à propensão de os altos gerentes atuarem como
patrocinadores diretos e à autonomia fornecida aos indivíduos.
Questões para o item 5.2 O Processo Gerencial Middle-up-down
9. Como ocorre o processo de criação do conhecimento no modelo gerencial middle-up-down?
Resposta: O processo de criação do conhecimento no modelo gerencial middle-up-down é criado pelos
gerentes de nível médio, que são, na maioria das vezes, líderes de uma equipe ou força-tarefa, por meio de um
processo em espiral de conversão que envolve tanto a alta gerência quanto os funcionários da linha de frente.
O processo coloca a média gerência bem no centro da gestão do conhecimento, posicionando-a na interseção
dos fluxos vertical e horizontal de informações dentro da empresa.
10. Qual é a visão oriental sobre os gerentes de nível médio?
Resposta: Os gerentes de nível médio em uma visão oriental, enfatizam e valorizam os gerentes de nível
médio. Os gerentes de nível médio são a chave para a inovação contínua.
11. De acordo com o texto, na visão de Borucki e Byosiere (1991) o que estava previsto com o futuro dos
gerentes de nível médio?

Resposta: Para Borucki e Byosiere (1991), tratando-se de gerentes de nível médio, estes acham que o papel
tradicional dos gerentes de nível médio como implementadores de estratégias estão desaparecendo como
resultado de novas filosofias e noções gerenciais como o envolvimento total dos funcionários, a organização
autoprojetada, os sistemas sócio técnicos e as equipes de trabalho autônomas.

12. De acordo com o texto, na visão oriental, qual é o destino da gerência de nível médio?
Resposta: O futuro da gerência de nível médio possui relevância. Os gerentes de nível médio são
protagonistas, desempenhando um papel-chave na facilitação do processo de criação do conhecimento
2
organizacional. Servem como "nó" estratégico que liga a alta gerência aos gerentes da linha de frente. Atuam
como "ponte" entre os ideais visionários do topo e as realidades quase sempre caóticas do negócio
enfrentadas pelos funcionários da linha de frente. Irão ser ditos ainda, como "iluminados" ou "investidos de
empowerment".
13. Qual a principal tarefa dos gerentes de nível médio na gerência middle-up-down?

Resposta: A principal tarefa dos gerentes de nível médio na gerência middle-up-down é desenvolver conceitos
mais concretos que os funcionários da linha de frente para que estes possam compreender e implementar. Os
gerentes de nível médio tentam resolver a contradição entre o que a alta gerência espera criar e o que
realmente existe no mundo real.

14. Explique como funciona o processo de criação de conhecimento no modelo middle-up-down? (Dica:
observar Figura 5.1)

15. Associe as colunas:


(1) Modelo gerencial top-down
(2) Modelo gerencial bottom-up
(3) Modelo gerencial middle-up-down

( ) Este modelo gerencial tem como ponto fraco a exaustão humana e custo da redundância
( ) Agente de criação do conhecimento é a alta gerência
( ) Predomina o conhecimento acumulado explícito e tácito
( ) A organização ocorre na forma de equipe de projeto e rede informal
( ) A conversão do conhecimento é parcial focalizada na combinação/internalização
( ) Agente de criação do conhecimento é a equipe
( ) Predomina o conhecimento acumulado explícito
( ) Este modelo gerencial tem como ponto fraco consumir muito tempo e custo de coordenação dos
indivíduos
( ) A conversão do conhecimento é em espiral de internalização/externalização/combinação/socialização
( ) Agente de criação do conhecimento é o indivíduo empreendedor
( ) A organização ocorre na forma de hierarquia
( ) A organização ocorre na forma de hierarquia e força-tarefa
( ) Predomina o conhecimento acumulado tácito
( ) Este modelo gerencial tem como ponto fraco a alta dependência da alta gerência
( ) A conversão do conhecimento é parcial focalizada na socialização/externalização

Questões para o item 5.4 Comparação dos Três Modelos Gerenciais


16. Qual é o estilo gerencial adotado pela empresa GE?
17. Qual é o estilo gerencial adotado pela empresa 3M?
18. Qual é o estilo gerencial adotado pela empresa Canon?
19. Quem é(são) o(s) agente(s) de criação do conhecimento na empresa GE?
20. Quem é(são) o(s) agente(s) de criação do conhecimento na empresa 3M?
21. Quem é(são) o(s) agente(s) de criação do conhecimento na empresa Canon?
22. Quem fez o papel de catalisador na empresa Canon? O verdadeiro processo de criação do conhecimento
ficou a cargo de quem nesta empresa?
23. Quais conceitos criados por Jack Welch, são transmitidos aos níveis inferiores da organização quase como
uma ordem ou instrução a ser seguida?
3
Questões para o item 5.4.1 Equipe de Criação do Conhecimento
24. A criação de novo conhecimento é produto de interação dinâmica entre quais três elementos?
Resposta: profissionais do conhecimento, engenheiros do conhecimento e gerentes do conhecimento.
25. É possível referir-se aos três participantes na criação do conhecimento organizacional como: funcionários
da linha de frente, gerentes de nível médio e altos gerentes. Mas, analisando detalhadamente, esses títulos,
eles foram herdados de uma estrutura organizacional hierárquica tradicional na qual o processo gerencial
dominante é top-down. Nesse sentido, associe as duas colunas, considerando o modelo gerencial middle-up-
down:
(1) Profissionais do conhecimento ( 2 ) Gerentes de nível médio
(2) Engenheiros do conhecimento ( 1 ) Funcionários da linha de frente e gerentes de linha
(3) Gerentes do conhecimento ( 3 ) Altos gerentes
26. Quais são os dois grupos que formam os profissionais do conhecimento?
Resposta: operadores do conhecimento e especialistas do conhecimento.
27. Quais qualificações são ideais para os profissionais do conhecimento?
Resposta: Precisam ter: elevados padrões intelectuais; forte noção de comprometimento para recriar o mundo
segundo sua própria perspectiva; ampla variedade de experiências, tanto dentro quanto fora da empresa;
qualificação na condução de um diálogo com os clientes e com os colegas dentro da empresa e precisam ser
abertos para conduzir discussões francas e debates com outras pessoas.
28. Quem é o gerente de nível médio que personificou o papel do engenheiro do conhecimento na Honda
Motor? OBS: Ler texto CAP1 CASE HONDA CITY.pdf
Resposta: Hiroo Watanabe.
29. Quem é o gerente de nível médio que personificou o papel do engenheiro do conhecimento na Canon?
Resposta: Hiroshi Nitanda.
30. Qual dos quatro modos de conversão do conhecimento do modelo SECI é mais significativo no engenheiro
do conhecimento?
Resposta: Externalização, que seria a conversão de imagens e perspectivas tácitas em conceitos explícitos.
Sintetizam o conhecimento tácito tanto dos funcionários da linha de frente quanto dos executivos seniores,
tornando-o explícito, e incorporam esse conhecimento a novas tecnologias, produtos ou sistemas.
31. Quais qualificações precisam ser atendidas para que os gerentes de nível médio se tornem engenheiros
eficazes do conhecimento?
Resposta: Precisam estar equipados com excelentes capacidades de coordenação e gerência de projetos;
precisam ser qualificados na elaboração de hipóteses para criar novos conceitos; precisam ter a capacidade de
integrar as diversas metodologias para criação do conhecimento; precisam de habilidades de comunicação
para encorajar o diálogo entre os membros da equipe; devem ser proficientes no uso de metáforas para ajudar
os outros a gerar e expressar a imaginação; devem despertar a confiança entre os membros da equipe; e
devem ter a habilidade de prever o curso de ação futuro com base em uma compreensão do passado.

32. Qual a função básica dos gerentes do conhecimento?


4
Resposta: É a gerência do processo total de conhecimento organizacional no nível da empresa. Os gerentes
do conhecimento produzem e controlam o processo de uma forma prática, e, algumas vezes, gerenciam
"perambulando pela empresa". Outras vezes, gerenciam o processo de certa forma mais afastados das
operações do dia-a-dia, decidindo que projetos criar e financiar. Os gerentes do conhecimento dão senso de
direção às atividades de criação do conhecimento de uma empresa, (1) expressando os conceitos principais
sobre o que a empresa deve ser; (2) estabelecendo uma visão do conhecimento sob a forma de uma visão da
empresa ou declaração de políticas; e (3) estabelecendo padrões que justifiquem o valor do conhecimento que
está sendo criado.
33. Qual gerente personificou o papel de gerente do conhecimento no estudo de caso da mini copiadora da
Canon?
Resposta: Hiroshi Tanaka
34. Qual gerente personificou o papel de gerente do conhecimento do projeto do Honda City?
Resposta: Nobuhiko Kawamoto
35. Quais características ideais deve possuir um gerente do conhecimento?
Resposta: capacidade de expressar uma visão do conhecimento para dar um senso de direção às atividades
de criação do conhecimento da empresa; capacidade de comunicar a visão, bem como a cultura da empresa
na qual ela se baseia, aos membros da equipe de projeto; capacidade de justificar a qualidade do
conhecimento criado com base em critérios ou padrões organizacionais; talento fantástico para selecionar o
líder certo para o projeto; disposição para criar o caos dentro da equipe de projeto, por exemplo,
estabelecendo metas extraordinariamente desafiadoras; habilidade na interação com os membros da equipe
de forma prática, solicitando seu compromisso; e capacidade de dirigir e gerenciar todo o processo de criação
do conhecimento organizacional.

Material elaborado pela Profa. Olga Maria Formigoni Carvalho Walter (olgaformigoni@gmail.com) com base
em: NONAKA, Ikujiro; TAKEUCHI, Hirotaka. Criação de conhecimento na empresa: como as empresas
Japonesas geram a dinâmica da inovação. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

Você também pode gostar