Você está na página 1de 23

Página |1

Vinicius Fabri
Página |2

Aula 1
Violão

A história do violão é um pouco confusa porque foi criado em épocas de grandes


guerras entre culturas, mas sendo assim, a história mais certa é que em meio ao
século XV(15) pro XVI(16), já havia um instrumento criado chamado ALAÚDE,
usado pelos Árabes que tem um formato bem parecido com o violão atual. Mas como
os reis e governantes sempre queriam mais que os outros e buscavam coisas novas,
os Árabes foram obrigados a procurarem um instrumento com mais sonoridade e
passando assim por uma grande reforma de modelos e tipos até chegar ao atual
violão.

ALAÙDE ÀRABE VIOLÃO ATUAL

Música

A música é composta de 3 itens básicos: Ritmo, Melodia e Harmonia.

Ritmo: Como é tocada a musica, intensidade ou Velocidade.


(Também considerado como “Estilo” Ex: Samba, Axé, Rock, etc.)

Melodia: A melodia são notas tocadas separadas ou a voz principal, que dá sentido a
uma música com banda.
(Ex: C, D, E...)

Harmonia: É a junção das notas tocadas. Todas tocadas de uma só vez: Acorde.
Vinicius Fabri
Página |3

Partes do Violão - Acústico

O violão acústico é uma inovação histórica, e saber os nomes das partes do


violão e compreender como funcionam essas partes é fundamental para a
valorização e seu conhecimento.
Além disso, antes de aprender qualquer instrumento, é essencial entender as
partes dele, sua “anatomia” para saber quais modos e maneiras podemos
utilizá-lo.
Vou fazer uma breve explicação pela nossa foto abaixo, para que você possa
entender melhor a função de cada parte em um violão.

Partes do Violão:

Vinicius Fabri
Página |4

Corpo: De todas as partes do violão, esta é a maior. O corpo amplifica a


vibração das cordas quando uma nota ou um acorde é tocado.

Tampo: Conhecido também como Caixa de Ressonância, quando tocadas as


cordas o som passa por ele saindo novamente pela Boca do violão.

Cavalete: O cavalete ou Ponte, fica preso no corpo do violão e as cordas passam


por cima dele.

Rastilho: É uma parte branca pequena que fica no cavalete e as cordas passam
por cima.

Pinos: São os pontos brancos por onde as cordas são presas no cavalete em
violões mais novos.

Escudo: O escudo ou protetor de tampo, é montado na parte abaixo da boca


para proteger o violão quando for tocado com paleta e para beleza também.

Boca: Por onde sai o som do violão. O seu tamanho realmente afeta no balaço
dos tons graves e agudos.

Roseta ou Mosaico: É a parte “artística” envolta da boca de um violão.

Fundo: È a madeira em si do violão.

Braço: O braço é aquela parte longa onde ficam as casas e os trastes do violão.

Trastes: São pequenas divisões de metal. O tom de uma nota é feito pelas
frequências de vibrações das cordas. O traste que faz a separação das notas e
das casas.

Casas: É o espaço entre os trastes.

Marcação: Faz com que o músico tenha maior noção das escalas.

Mão: É a parte do braço acima da pestana na primeira casa e onde ficam as


tarraxas e que afinam o violão.

Tarrachas: Elas têm a função de ou afrouxar ou soltar as cordas (afinam ou


desafinam).Esses são os nomes das principais partes do violão acústico.

Vinicius Fabri
Página |5

Conhecendo as Mãos e suas Funções

Iremos agora conhecer as mãos e suas funções, neste caso falando do músico
destro. No caso de você ser canhoto, é só inverter tudo.

Mão Direita: Usada para tocar o instrumento (para destros), e se toca com os
dedos batendo nas cordas.

Mão esquerda: Usada para tocar as notas ou acordes no braço do instrumento.

Observe a figura abaixo:

Vinicius Fabri
Página |6

Aula 2
As notas

Existem 7 notas musicais.


Elas são:
C = Dó; D = Ré; E =Mi; F = Fá; G = Sol; A = lá; B = Si.

Cifras são as letras do Alfabeto usadas para cada Nota.

No Violão e na Guitarra, essas notas são iguais, o nome das cordas também, em
sequência lógica, que se repetem à medida que a corda for pressionada.
Para iniciar, temos por base as "cordas soltas" do instrumento.

1. E = Mizinha
2. B = Si
3. G = Sol
4. D = Ré
5. A = Lá
6. E = Mi Bordão

Vinicius Fabri
Página |7

Existe Também os chamados Acidentes Musicais ou Sustenido(#) e Bemol(b):

C# = Dó Sustenido; Cb = Dó Bemol
D# = Ré Sustenido; D# = Ré Bemol
Eb = Mi Bemol (E#= Não existe Sustenido)
F# = Fá Sustenido; Fb = Fá Bemol
G# = Sol Sustenido; Gb = Sol Bemol
A# = lá Sustenido; Ab = Lá Bemol
Bb = Si Bemol. (E#= Não existe Sustenido)

“Sustenido é só colocar o Símbolo na frente da Letra: C# = Dó#.


O Sustenido é uma Casa a Frente e o Bemol é uma Casa Atrás.”

Notas no Braço:
Número das Casas do Braço

Cordas
Soltas

Vinicius Fabri
Página |8

Afinação
A afinação varia de corda. Convém afinar o instrumento sempre antes de tocar usando
um afinador eletrônico (Cifra Club para Smartphones), Afinador Digital do violão
elétrico, Afinador comprado separado ou por algum referencial, como teclado.
Exemplos Abaixo:

Afinador Digital Cifra Club:

Quando a Seta Laranja ficar no meio, está afinado.

Afinador Digital comprado separado em lojas de músicas:

Vinicius Fabri
Página |9

Aula 3

Exercícios

Vamos agora fazer alguns exercícios para aprendermos na prática.

Exercício 1: Escala Cromática

Vamos aprender nossa primeira escala chamada “Escala Cromática”:

Iremos começar na primeira casa da 1ª Corda(Mi), apertando casa por casa e


colocando dedo por dedo.

Ex:
Tablatura: Usado em Cifras na Internet
e|------------------------------------------------------------
B|--------------------------------------------------1--2--3--4
G|--------------------------------------1--2--3--4------------
D|--------------------------1--2--3--4------------------------
A|--------------1--2--3--4------------------------------------
E|--1--2--3--4------------------------------------------------

Desenho com notas:

Iremos seguir esta sequencia para todas as cordas começando da 1ª Casa.

Vinicius Fabri
P á g i n a | 10

Exercício 2: Falando as Notas

Agora vamos repetir o exercício falando as notas para melhor memorização.

Exercício 3: Abertura de Dedos Mão Esquerda

Agora vamos praticar a abertura dos dedos para quando formos aprender os
acordes não tivermos muita dificuldade.

Será usado o mesmo modelo, porem com as notas:

Fá, Sol e Lá usando os dedos 1, 2 e 4 da mão esquerda na 1ª corda.

-Depois iremos aplicar este modelo em todas as cordas até a 5ª casa.

-Podemos aplicar também após a 5ª casa, seguindo o mesmo modelo para


melhor aprendizado.

Notas: Lá#, Dó e Ré = Dedos 1,2 e 4

Vinicius Fabri
P á g i n a | 11

Exercício 4: Agilidade Mão Esquerda

Para termos agilidade na troca de dedos, precisamos exercitar os dedos


separadamente.

Ex:

Notas: Fá e Fá# = Dedos 1 e 2 mão esquerda.

Obs: Agilidade não é rapidez/velocidade. Agilidade é facilidade.

Iremos repetir este exercício aplicando com todos os dedos de 2 em 2 em todas


as cordas e casas. Depois iremos trocando os dedos.

Ex: Dedos 2 e 3, 3 e 4.

Exercício 5: Coordenação

Neste ultimo exercício entre vários que podemos fazer apenas para termos esta
facilidade e melhorar nossa habilidade de troca de dedos, iremos usar agora um
exercício também famoso que ficará assim:

Ex: Dedos 1 e 2, 1 e 3, 1 e 4.

Vinicius Fabri
P á g i n a | 12

Modelo 1 e 2.

Modelo 1 e 3.

Modelo 1 e 4.

São exercícios em que podemos fazer todos os dias antes ou depois das aulas,
de preferencia antes para aquecer os músculos.
Vinicius Fabri
P á g i n a | 13

Aula 4

Alongamentos

Antes de iniciarmos os acordes, onde irão pedir mais dedicação e mais força nos
dedos, vamos fazer alguns alongamentos para termos mais habilidade.

Sempre se alongue antes e depois de treinar, pois nosso corpo sempre anda cansado
e quando não fazemos nenhum exercício físico, os músculos ficam rígidos e por isso
temos que nos aquecer, como qualquer um atleta.

Vinicius Fabri
P á g i n a | 14

Aula 5
Acordes

Os acordes são formados da 1ª,3ª,5ª e 8ª nota e podem ser Maiores e


Menores.

Dentro da contagem das notas incluindo os sustenidos e bemóis, podemos


entender isto.

Ex: Acorde de C maior = Quando tiver apenas a Cifra da nota é Maior,


quando aparecer um M minúsculo é Nota Menor.

Ficando assim no violão:

E neste mesmo método iremos aplicar para os outros acordes.

Lembre-se de ter decorado todas as notas no braço para


facilitar.

Vinicius Fabri
P á g i n a | 15

Um acorde Maior tem um som mais alto/vibrante e o

Acorde Menor tem o som mais baixo/abafado.

Vinicius Fabri
P á g i n a | 16

Vinicius Fabri
P á g i n a | 17

Vinicius Fabri
P á g i n a | 18

Aula 6

Escalas
Escalas são as notas tocadas uma após a outra podendo ser de 1 a 3 notas na mesma
corda.

Ex: Escala de Dó maior

1- Dó – Ré – Mi – Fá - Sol – Lá – Si

Para um modelo de escala mais fácil de guardar, usamos o chamado TOM.


Neste modelo usamos o mesmo formato do exercício de abertura de dedos
“Modelo 1,3,5”.

Abaixo segue a sequência de cada escala maior.

Vinicius Fabri
P á g i n a | 19

Vinicius Fabri
P á g i n a | 20

Agora as Escalas Menores:

Vinicius Fabri
P á g i n a | 21

Aula 6
Ritmos e Batidas
Ritmos são os tempos e a execução de cada música.

Batida é a forma como é tocado um ritmo musical.

Ex:

-Ritmo de Pop Rock-1 lento ou rápido, Compasso 4/4 (1,2,3 e 4)

Lento

Rápido

Essa batida está no tempo de 4/4 (4 notas em 4 tempos)

Podemos usar este exemplo em 2 músicas fáceis e famosas: Só os loucos


sabem – Charlie Brow Jr e A sua maneira – Capital Inicial.

Agora vamos aprender um resumo sobre Compassos:

Compasso é uma divisão das notas tocadas em um intervalo de tempo


determinado por este compasso.

EX1: Compasso 3/4 = Usado em Valsa = 1,2 e 3 contados um atrás do outro


4vezes.

EX2: Compasso 4/4= Usado na maioria das músicas tradicionais= 1,2,3 e 4


contados um atrás do outro 4vezes.
Vinicius Fabri
P á g i n a | 22

Existem outros vários compassos como mas ficaremos apenas com estes por
enquanto.

-Ritmo de Pop Rock-2, Compasso 4/4 (1,2,3 e 4)

Rápido, usado para músicas de rock rápido como Smells Like Teen Spirit-
Nirvana. Entre outras.

-Ritmo de Pop Rock-3 Rock Anos 70,80,90, Compasso 4/4 (1,2,3 e 4)

Batida usada para músicas antigas e muito usada também atualmente como na
música Eu Amo Mais Você-Catedral.

-Ritmo de Sertanejo, Compasso 4/4 (1,2,3 e 4)

Batida usada para músicas antigas e muito usada também atualmente como na
música Aquele 1%- Marcos e Beluti.

-Ritmo de Reggae, Compasso 4/4 e 2/4 (1 e 2 e 3 e 4)

Abafa com a mão ou Abafa com a mão

Batida usada para músicas antigas e muito usada também atualmente como na
música Onze e 20 Meu Lugar e Sem medo de Amar. Ou a Rude da banda
Magic.

-Ritmo de Valsa, Compasso 3/4 (1,2 e 3)

Batida lenta usada em Valsa e usada na famosa música de Sandy e Junior-


Maria Chiquinha.
Vinicius Fabri
P á g i n a | 23

Aula 7
Dedilhado

O dedilhado é usado em músicas lentas ou que começam lentas para dar


uma suavidade.

Iremos usar neste único exemplo dentre outros mais complexos, apenas 4
dedos:

EX: Dedos Polegar, 1,2 e 3. Usado na música “Adele - Someone Like You”.

Em todos acordes maiores e menores, podemos usar o modelo de tocar a


primeira nota tônica(nota do acorde) e as 3 últimas.

Agora Iremos praticar bastante para chegarmos onde queremos.

Lembre-se:

Boas aulas.

Vinicius Fabri