Você está na página 1de 37

Energia Solar Fotovoltaica

Efeito Fotovoltaico
Prof. Israel Aires
iairesleal@gmail.com
Roteiro da Aula

1. Introdução

2. Células Fotovoltaicas

3. Tipos de Células

4. Módulo Fotovoltaico

2
Introdução

❏ O efeito fotovoltaico é o fenômeno físico que permite a


conversão direta da luz (fótons) em eletricidade (volts).

❏ Ocorre quando a luz, ou radiação eletromagnética do Sol,


incide sobre uma célula composta de materiais
semicondutores com propriedades específicas.

3
Introdução

❏ Historicamente atribui-se ao físico francês Alexandre


Edmond Becquerel, no ano de 1839, a primeira observação
e descrição do efeito fotovoltaico.

❑ Em 1905 por Albert Einstein observou que, quando a luz


atinge determinados metais, elétrons são emitidos.

❏ A primeira célula fotovoltaica de silício monocristalino de


maior aplicabilidade prática foi desenvolvida em 1954 nos
laboratórios Bell, em pesquisa conduzida pelos
pesquisadores Pearson, Fuller e Chapin.

4
Introdução

❏ Einsten provou que quando a luz incide na placa negativa,


elétrons são emitidos com uma quantidade de energia
cinética inversamente proporcional ao comprimento de onda
da luz incidente.

❏ A energia de cada partícula de luz, chamada fóton, depende


apenas da sua frequência e é igual a h × f, em que h é a
constante de Planck, e f e a frequência da luz.

5
Células Solares

❏ É a menor unidade de um sistema fotovoltaico.

❏ Um agrupamento de células recebe o nome de módulo,


placa ou painel fotovoltaico.

❏ Feita pelo agrupamento de duas camadas muito finas de


silício cristalino, cada uma delas tratada de maneira especial.

❏ Para proteção contra os efeitos climáticos, as células são


encapsuladas em material transparente.

6
Células Solares

Extraído de (HINRICH, Roger A. et al.)

7
Células Solares

Extraído de (VILLALVA, Marcelo G.)


8
Células Solares

❏ A barreira potencial na junção p–n produz uma voltagem de


aproximadamente 0,5 V no monocristal de silício. Como em
uma bateria, a saída é corrente continua.
❏ A corrente de saída de uma célula solar é diretamente
proporcional a quantidade de luz incidente e a área da
célula. Sob uma luz solar de 1.000 W/m2, uma corrente de
aproximadamente 100 miliamperes por cm2 de superfície de
célula será produzida por células monocristais-padrão.
❏ Uma célula de 10 cm de diâmetro vai produzir
aproximadamente 1 W sob uma insolação de 1.000 W/m2.
❏ Uma célula de 5 cm de diâmetro vai produzir cerca de 0,25
W sob a mesma insolação.

9
Células Solares

❏ Uma boa parte da luz incidente sobre uma célula é perdida


antes que possa ser convertida em energia elétrica.
❏ Enquanto as eficiências de conversão podem chegar a 30%,
as eficiências típicas de células solares variam de 10% a 15%
(dependendo do material das celulas).
❏ A perda de energia ocorrem porque uma parte da luz não é
energética o bastante para separar os elétrons de seus
vínculos atômicos no cristal; aproximadamente 55% do
espectro solar inclui comprimentos de onda longos demais
para liberar fotoelétrons da célula.
❏ As vezes a radiação solar é energética demais e a energia
extra do par elétron-buraco se transforma em calor.

10
Células Solares

❏ A reflexão da superfície da célula e a recombinação


elétron-buraco também contribuem para a diminuição da
eficiência.
❏ A utilização de diversas camadas de filmes finos, colocados
uns sobre os outros, permite a absorção de energia solar em
diferentes comprimentos de onda; essa técnica
multicamadas tem produzido células de demonstração com
eficiência da ordem de 28%.
❏ Alguns desses materiais tem eficiências que não diminuem
em função do aumento da temperatura, como ocorre com as
células de silício.
❏ Espelhos ou lentes podem, então, ser utilizados para
concentrar os raios solares na célula e aumentar a produção
de energia.
11
Células Solares

❏ Célula Solar Multicamadas

Extraído de (HINRICH, Roger A. et al.)

12
Tipos de Células

❏ Silício monocristalino

❏ A maior parte das células FV em uso atualmente é feita de


silício monocristalino.
❏ Para fazer uma célula solar, a sílica (SiO2) é inicialmente
refinada e purificada. A seguir, é derretida e solidificada de
tal forma que os átomos de silício sejam arranjados em um
entrelaçamento perfeito.
❏ Uma das formas de fazer isso e introduzir uma semente de
silício cristalino em uma massa fundida de silicio puro é
lentamente extrai-la (esse é o chamado processo de
Czochralski).

13
Tipos de Células

❏ Policristalinas

❏ São feitas de vários grãos de cristais únicos de silício que são


aleatoriamente embalados.
❏ Tais células são produzidas de maneira mais simples e
barata, podendo obter eficiências de 10% a 15%.

14 Extraído de (https://vocesolar.com.br)
Tipos de Células

❏ Silício amorfo

❏ Mostra propriedades muito diferentes das


apresentadas pelo silício cristalino porque sua
estrutura atômica está desordenada.
❏ Essas células de “filme fino” são construídas pela
deposição de camadas finas (um mícron) de
material em uma base de metal ou vidro, que e
cortada a laser.
❏ Menos material são usados nessas células e, portanto, os custos
são menores.
❏ Sob a luz fluorescente, elas são mais eficientes que as células
cristalinas. Sua eficiência fica em torno de 5% a 10%.
❏ O problema dessas células é que sua eficiência cai ao longo do
tempo
15 quando expostas a luz.
Tipos de Células

❏ Célula híbrida

❏ Resulta da combina da células monocristalina com a célula de


filme fino, acrescida posteriormente de uma fina camada de
silício sem impurezas.
❏ Não apresenta degradação da eficiência devido ao
envelhecimento pela exposição à luz.
❏ Maior produção de energia em elevadas temperaturas.

16
Tipos de Células

❏ CdTe e CIGS

❏ Células de telureto de cádmio (CdTe) e cobre-índio-galio-selênio


(CIGS) são as mais eficientes dentro da família dos filmes finos.
❏ As células CdTe enfrentam problemas para sua produção em
larga escala, pois o cádmio (Cd) é um material tóxico e o telúrio
(Te) é um material raro.
❏ As células CIGS não empregam materiais tóxicos, entretanto se
custo é muito elevado e a aceitação comercial ainda é pequena.

17
Tipos de Células

❏ Técnicas mais avançadas de criação de cristais podem reduzir


os custos da manufatura de células solares.

Extraído de (VILLALVA, Marcelo G.)

18
Módulo Fotovoltaico

❏ A células fotovoltaica é o dispositivo fotovoltaico básico.


Uma célula sozinha produz pouca eletricidade, então várias
células são agrupadas para produzir painéis, placas ou
módulos fotovoltaicos.

Extraído de (http://inergiae.com.br/site/paineis-fotovoltaicos/ )
19
Módulo Fotovoltaico

❏ Um módulo fotovoltaico é constituído de um conjunto de


células montadas sobre uma estrutura e conectadas
eletricamente, normalmente em série, para produzir tensões
maiores.
❏ Os terminais superiores de uma células são ligados ao
terminal inferior da outra e assim sucessivamente, até
formar um conjunto com a tensão de saída desejada.

Extraído de (VILLALVA, Marcelo G.)

20
Módulo Fotovoltaico

❏ Os módulos fotovoltaicos de silício cristalino normalmente


encontrados no mercado produzem entre 50 e 250 W de
potência, apresentam tensões máximas de até 37 V e podem
fornecer em torno de 8 A de corrente elétrica

Extraído de (VILLALVA, Marcelo G.)

21
Módulo Fotovoltaico

❏ Os módulos de filmes finos são


formados por uma célula única com as
dimensões do próprio módulo, em
geral encontrados em potência em de
50 a 100 W. Esses módulos
apresentam tensões de saída maiores,
de até 70 V aproximadamente, e são
mais difíceis de empregar, pois suas
correntes de saída são pequenas e
exigem um grande número de Extraído de (VILLALVA, Marcelo G.)
conjuntos em paralelo para alcançar a
produção de energia desejada.

22
Módulo Fotovoltaico

❏ Componentes de um módulo fotovoltaico

Extraído de (VILLALVA, Marcelo G.)

23
Módulo Fotovoltaico

❏ Curva característica I-V e P-V

Extraído de (VILLALVA, Marcelo G.)

24
Módulo Fotovoltaico

25 Extraído de (VILLALVA, Marcelo G.)


Módulo Fotovoltaico

❏ A corrente elétrica que o módulo fotovoltaico pode fornecer


depende diretamente da intensidade da radiação solar que
incide sobre suas células.

Extraído de (VILLALVA, Marcelo G.)


26
Módulo Fotovoltaico

❏ A temperatura tem influência na tensão que o módulo


fornece e, consequentemente, na potência fornecida.

Extraído de (VILLALVA, Marcelo G.)

27
Módulo Fotovoltaico

❏ Características elétricas em STC (Standard Test Conditions)


do módulo fotovoltaico Bosch c-Si M60

Extraído de (VILLALVA, Marcelo G.)

28
Módulo Fotovoltaico

❏ Características elétricas em NOCT (Normal Operation Cell


Temperature) do módulo fotovoltaico Bosch c-Si M60

Extraído de (VILLALVA, Marcelo G.)

29
Módulo Fotovoltaico

❏ Características térmicas do módulo fotovoltaico Bosch c-Si


M60

Extraído de (VILLALVA, Marcelo G.)

30
Módulo Fotovoltaico

❏ Características térmicas do módulo fotovoltaico Bosch c-Si


M60

Extraído de (VILLALVA, Marcelo G.)

31
Módulo Fotovoltaico

❏ Conexões de módulos

Extraído de (VILLALVA, Marcelo G.)


32
Exercício de Fixação

❏ Calcule a eficiência do módulo Bosch M2403BB DE 240 W


que possui dimensões físicas de 0,99 m x 1,66 m.

𝑊𝑙𝑖𝑞 240 𝑊
𝜂= = = 0,146 𝑜𝑢 14,6%
𝑄𝑒𝑛𝑡 𝐴 1000𝑊 ∗ 0,99𝑚 ∗ 1,66𝑚
𝑚2

33
Exercícios de Fixação

1. Explique como funciona o efeito fotovoltaico?


2. Como você conectaria células solares individuais a fim de
produzir tensão suficiente para fazer funcionar um motor de
1,5 V?
3. Quais são os principais tipos de células fotovoltaicas
existentes?
4. que quer dizer a afirmação de que a eficiência de uma
célula solar e de 15%?
5. Cite as principais diferenças entre os módulos
monocristalinos, policristalinos e de filmes finos.
6. O que significa a curva característica de tensão e corrente
de um módulo fotovoltaico.
7. Calcule as eficiências dos módulos Bosch c-Si M60 com as
informações encontradas no slide.
34
Referências Bibliográficas

❏ Referências

HINRICH, Roger A. et al. Energia e o Meio Ambiente. Cengage Learning. 2015.

VILLALVA, Marcelo G. Energia Solar Fotovoltaica. 2ª edição. São Paulo: Saraiva,


2015.
Tarefas

1. Questionário Geral – 15 pontos – Realizar questionário on-line


(2 tentativas).

*Recomendo fazer o questionário só após assistir essa aula.


Considerações Finais

❑ Dúvidas, apelos, sugestões, .... ?

Use o Fórum de dúvidas ou o atendimento


ao aluno no Chat de Dúvidas.

Obrigado

Você também pode gostar