Você está na página 1de 12

METODOLOGIA CIENTÍFICA – CIÊNCIA E MÉTODO CIENTIFICO

Método científico

Professora Maria do Céu H. Maio


Ø “SCIENTIA” = CONHECIMENTO

q O Conhecimento Científico:
é o conhecimento racional, sistemático,
exato e verificável da realidade.

q A sua origem está nos procedimentos


de verificação baseados na
metodologia científica.
ETAPAS DO Ø Uma observação inclui a informação (dados)
obtida através dos órgãos dos sentidos - visão,
MÉTODO audição, paladar, olfato e tato.
CIENTÍFICO
Ø Se a
Ø QUESTIONAMENTO
Hipótese
o problema é
é refutada...
sempre formulado na
Processo interrogativa.
Científico

Ø Interpretação e Ø As hipóteses são


Discussão dos respostas ao problema.
Resultados § “Se…então...”
Se...(Hipótese)...então...
Ø Hipótese apoiada ou refutada (previsão dos resultados)

Ø Experimentação: fase de
planeamento da experiência,
(recolha do material, e o
procedimento) e resultados.
Experiência Controlada
GRUPO CONTROLO GRUPO
OU TESTEMUNHO EXPERIMENTAL

Grupo onde é testada uma


Grupo onde as variável independente, sendo as
variáveis da restantes condições e constituição
experiência são mantidas inalteráveis
mantidas inalteráveis

EM SITUAÇÃO DE TESTE, A CONCENTRAÇÃO DOS ALUNOS É AFETADA PELO RUÍDO DO MEIO AMBIENTE?
4) Experimentação/Tipos de Variáveis:
q As variáveis correspondem a condições que potencialmente podem afetar o desenrolar de um fenómeno ou
acontecimento e, por isso, podem interferir nos resultados.

q Na realização de experiências é necessário definir previamente quais as variáveis a manipular (variável


independente) e a estudar e analisar a evolução (variável dependente).

Ø variáveis a controlar - Variáveis de Controlo

Ø Variável a manipular - Variável Independente


é aquele que muda ou é controlada/manipulada pelo
investigador para estudar os seus efeitos na variável dependente.

Ø Variável a estudar e analisar a evolução - Variável


Dependente é a que é investigada e medida e muda em
resposta à variável independente

Nota: Variável independente e dependente podem ser vistas como a causa (variável independente)
e o efeito (variável dependente).
5) Resultados:

• Os resultados correspondem ao que se obtém no final da


experiência e contêm a variável dependente. É uma
exposição das observações verificadas sem qualquer
comentário interpretativo.
6) Interpretação e discussão de resultados:
• Os resultados devem ser posteriormente analisados,
interpretação/discussão de resultados, face ao problema e às
hipóteses formuladas, para seguidamente se poder obter a
conclusão.
• Os resultados experimentais confirmam a hipótese formulada,
diz-se que a hipótese é apoiada pelos dados; os resultados
experimentais não estão de acordo com a hipótese formulada,
diz-se que a hipótese é refutada pelos dados.
7) Conclusão:

• A conclusão é a resposta ao problema, isto é, das hipóteses


formuladas corresponde à que é apoiada pelos resultados.
Constitui o ponto de chegada do investigador, deve ser uma
síntese completa, clara e objetiva de todos os dados colhidos e
discutidos durante o trabalho. Considera-se que o objetivo foi
atingido e o problema em causa ficou esclarecido.
Conclusões
• Incluem as relações de causa-efeito determinadas.

Trabalho Experimental
8) Generalização e/ou Teoria:

• Após a conclusão, ainda por vezes se pode obter a


generalização, que é uma conclusão mais ampla, mais geral.

• por último uma teoria, que corresponde ao conjunto de


generalizações. No trabalho do cientista nem sempre se
obtém a generalização e a teoria.
9) Considerações finais:
• As conclusões em Ciência nem sempre são definitivas, ou seja,
as conclusões podem ser reformuladas a partir de novas
observações, novos problemas, novas hipóteses, novas
experiências e novas conclusões.

• Isto é Ciência, o que se considera hoje como válido, amanhã


pode deixar de o ser, quando novos dados puserem em discussão
essas “certezas” temporárias. E assim evolui a Ciência.

Você também pode gostar