Você está na página 1de 1

CARTA DE RESCISÃO DE CONTRATO DE LOCAÇÃO

(A) Imóvel – Unidade – Dependência

Endereço Completo

PARA:
(B) Outorgante – Locador – Proprietário
– Brasileiro(a) – – – Idt:
CPF: - End.:
Nome – Nacionalidade - Estado Civil – Profissão – Identificação – Nº De Inscrição (CGC ou CPF) – Endereço

DE:
(C) Outorgado – Locatário – Inquilino
– Brasileiro(a) – – – Idt:
CPF: - End.:
Nome – Nacionalidade - Estado Civil – Profissão – Identificação – Nº De Inscrição (CGC ou CPF) – Endereço
REFERÊNCIA: Rescisão de contrato de locação, devolução das chaves e do bem alugado.

Prezado Senhor(a) Locador(a) (B),

Eu, Locatário(a) (C), assinei na data / / , com o Locador (B) contrato de locação de
prazo determinado de 12 (doze) meses, tendo como objeto o Imóvel (A) de propriedade do Locador (B).

Pela presente carta de rescisão de contrato de locação, na melhor forma de direito e


consonante a todas as disposições legais expressas na lei 8.245 de 18 de Outubro de 1991 com as
modificações da lei 12.112 de 09 de Dezembro de 2009, consta da Cláusula 2ª, subitens 2.4, 2.5 e 2.6 do
contrato objeto desta rescisão que, a contar da data em que foi assinado o instrumento, o Locatário (C)
pode rescindir o contrato de locação mediante comunicado escrito com 30 (trinta) dias de antecedência, no
mínimo.

Por este particular instrumento, portanto, a partir da presente data, o Locatário (C) avisa que na
data / / , período referente a 30 dias após a entrega desta carta, dá como encerrado o contrato
de locação assinado entre as partes, de acordo com a cláusula contratual que assim o determina,
promovendo a entrega das chaves do bem imóvel ao Locador (B).

O Locatário (C) cumpriu as obrigações contratuais pactuadas, não estando, nesta data, em
débito com aluguéis, taxas ou outras obrigações referentes ao imóvel, conforme pactuado entre as partes e
tendo sido assumidas através do instrumento que se quer rescindir, cabendo o previsto no artigo 4º,
parágrafo único da Lei nº 8.245 de 18 de Outubro de 1991, razão pela qual dão as partes mútua quitação,
para nada mais ter a reclamar, de presente ou de futuro, sob tal título.

O Locatário informa que as prestações que vencerem posteriormente à rescisão do contrato de


locação serão desconsideradas, pois a relação contratual não mais existirá. Além disso, será revertida em
benefício do Locatário (C) a garantia locatícia firmada no instrumento que se quer rescindir e efetuada como
depósito caução pactuado entre as partes, quando verificado que a data de rescisão acima informada
coincida com a data de término ou aniversário do instrumento, e não estando o Locatário, nesta data, em
débito com aluguéis, taxas, danos de responsabilidade do Locatário (C) ao referido bem ou outras
obrigações referentes ao imóvel, de valor parcial, total ou superior ao valor da garantia locatícia, conforme
previsto no artigo 4º, parágrafo único e artigo 38, parágrafo 2º da Lei nº 8.245 de 18 de Outubro de 1991.

A reversão da garantia locatícia firmada, em benefício do Locatário (C), nas circunstâncias


citadas no parágrafo anterior, poderá ocorrer na forma de utilização como valor total ou parcial para
quitação dos últimos aluguéis, correspondentes ao número de aluguéis regulados pela garantia locatícia. Se
insuficiente, será complementada em espécie ou depósito bancário por este Locatário.

No caso de valor parcial da garantia locatícia, efetuada como depósito caução, se fizer
suficiente para garantir ao Locador (B) possíveis aluguéis, taxas, cobertura de danos de responsabilidade
do Locatário (C) ao referido bem ou outras obrigações referentes ao imóvel até a data de rescisão
supracitada, o valor residual será revertida em benefício do Locatário (C), conforme previsto no artigo 38,
parágrafo 2º da Lei nº 8.245 de 18 de Outubro de 1991.

Austin – Nova Iguaçu – Rio de Janeiro, de de .

__________________________________________________________
Locatário(a): CPF:

1/1

Você também pode gostar