Você está na página 1de 3

Termo de Confissão de Dívida com Promessa de Pagamento

CREDORA: CECRATO – CERÂMICA CRATO LTDA - ME, pessoa jurídica de direito


privado, inscrita no CNPJ sob o nº 06.037.253/0001-16, sediada na Rod. 386 Km 6/7,
Bairro; Sitio Lagoinha, na cidade Do Crato/CE, neste ato pelo seu representante legal; 

DEVEDOR: Fulano de Tal, nacionalidade, estado civil, representante comercial,


inscrito no CPF sob o nº XXX.XXX.XXX-XX, portador da Carteira de Identidade
XX.XXX.XXX, domiciliado à Rua xxxxxxxxxx, nº XX, Bairro xxxxxxxx, na cidade de
xxxxxxxxxxx/MG, têm, entre si, justo e contratado o seguinte, que mutuamente
aceitam, mediante as cláusulas abaixo discriminadas:

CLÁUSULA PRIMEIRA – OBJETO

Neste ato o DEVEDOR declara as dívidas constituídas perante a CREDORA no valor


de R$ 1.000,000 (um mil reais), contraída e acordada em 01/04/2014, considerando
um acordo entre as partes para fins rescisórios, no ato para pagamento de multa
referente ao FGTS.

CLÁUSULA SEGUNDA – FORMA DE PAGAMENTO

O pagamento da dívida ora confessada será promovido no decorrer de 06 (seis)


semanas, observado o valor principal confessado, considerando a continuidade do
contrato que as partes garantem manterem ressalvada a hipótese de rescisão
justificada nos moldes daquele instrumento, e será realizado em conformidade às
seguintes condições:

Parcelament
o Vencimento Valor
Parcela 1/6 xx/xx/xxxx R$ XXX,XX
Parcela 2/6 xx/xx/xxxx R$ XXX,XX
Parcela 3/6 xx/xx/xxxx R$ XXX,XX
Parcela 4/6 xx/xx/xxxx R$ XXX,XX
Parcela 5/6 xx/xx/xxxx R$ XXX,XX
Parcela 6/6 xx/xx/xxxx R$ XXX,XX
     R$      X.XXX,XX

CLÁUSULA TERCEIRA – ACRÉSCIMOS


Após o pagamento fixado na cláusula segunda deste instrumento, será feito os
cálculos cabíveis na legislação trabalhista para o pagamento da multa rescisória, para
efeito de rescisão do contrato as partes concordam que o pagamento da multa
rescisória ocorrera na ultima parcela debitada.

Parágrafo único: o DEVEDOR desde já autoriza a CREDORA a promover o desconto


inerente das parcelas estabelecidas neste instrumento, em folha de pagamento
semanal.

CLÁUSULA QUARTA – RESCISÃO

No caso de eventual rescisão do contrato o DEVEDOR autoriza a dedução integral do


valor ora confessado, tanto principal quanto os encargos e acréscimos previstos, de
uma única vez no momento da rescisão do contrato respectivo.

CLÁUSULA QUINTA – INADIMPLÊNCIA

O DEVEDOR se compromete a continuar a prestação dos seus serviços a CREDORA


de forma a cumprir o objetivo da presente confissão de dívida sendo que, caso
contrário e sendo verificada a inadimplência por falta de saldo positivo na folha, o
contrato, ou seja, o acordo serra imediatamente desfeito frente a DEVEDOR.

CLÁUSULA SEXTA – QUITAÇÃO

Cumprida a obrigação mediante o pagamento da dívida, a CREDORA nada mais


reclamará referente o valor confessado ou seus acréscimos, sendo que qualquer ato
de tolerância somente poderá ser interpretado como mera liberalidade das partes, não
impondo qualquer inovação contratual.

CLÁUSULA SÉTIMA – CONTRATO DE REPRESENTAÇÃO

As partes declaram que nenhum critério ou aspecto a prestação dos serviços serra
mantida entre as partes e não sofrerá qualquer alteração em função da previsão
contida neste instrumento, sendo mantidas inalteradas e respeitadas pelas partes,
integralmente.

E por estarem justos e contratados, DEVEDOR e CREDORA firmam o presente, em


duas vias, perante testemunhas que também assinam para todos os fins de direito.
Cidade/MG, XX de xxxxxxxx de 20xx.

___________________________________________________

Empresa

CREDORA

___________________________________________________

Fulano de Tal

DEVEDOR

TESTEMUNHAS:

 A) Nome:

    CI:

    CPF:

Você também pode gostar