Você está na página 1de 11

ESCOLA BÁSICA S.

JOÃO DE DEUS

Avaliação Sumativa de Português – 4º Ano

Nome:__________________________________________________________________________

Data: ____/_____/_______ Informação______________________ Profª___________________

Grupo I

Lê atentamente o texto A.
Dia de Natal

Acordei com o cantar do Pintinhas. O Pintinhas era o nosso galo de crista


tombada. Eu é que lhe tinha posto esse nome por causa das suas penas com
muitas cores.
O Pintinhas acordou-me e eu deixei-me ficar estendido na cama, com os
5 cobertores por cima da cabeça. Na Pedra de Hera só se ouvia o cantar dos galos e
o latido dos cães mais medrosos.
Depois, lembrei-me que era dia de Natal. E a vontade de ficar no morninho
gostoso da cama passou num instante.
Nem tive tempo de me vestir e calçar. Sempre a correr, em bicos de pés
10 para não acordar a minha avó nem os meus pais, corri e entrei na cozinha. Era
gelado o chão da cozinha, mas a pedra da lareira ainda estava morna. A minha
gata Tareca estava lá a dormir e ela não gostou nada de me ver.
Sentei-me num banco, pus os pés na pedra e ali fiquei a olhar, com o
coração a bater com muita força. Pousado na lareira estava um grande embrulho.
15 Que prenda estaria ali dentro? Eu nunca tinha visto um embrulho tão grande…
Devagarinho, muito devagarinho, assim como quem come um chocolate
delicioso em pequenas dentadas, comecei a tirar o laço. Oh! Era um laço tão
bonito, tão dourado, que dava pena ter de o desfazer. Mas a vontade de ver o que
20 estava ali dentro era tão grande!…
Agora que o laço estava enrolado em cima da mesa, era preciso retirar o
papel. Era um papel vermelho. Não, não podia estragar um papel tão bonito. Com
ele até podia fazer moinhos de vento.
Com muito cuidado, fui retirando o papel.
25 O que estaria dentro daquela caixa de cartão? O que
seria? O que seria?
Agora que o papel estava dobrado em cima da mesa, era
preciso tirar a tampa da caixa. O que estaria ali dentro?

António Mota, Sonhos de Natal, 2.ª edição, Edições Gailivro, 2003


(texto adaptado, com supressões)

1
Responde ao que te é pedido de acordo com o texto.

1. Aquele dia era especial. De que dia se tratava?


_______________________________________________________________
_______________________________________________________________

2. Seleciona com V as afirmações verdadeiras e com F as falsas.


O menino acordou e levantou-se logo.
Na Pedra de Hera só se ouvia o cantar dos galos.
Rapidamente, o menino vestiu-se e calçou-se.
A gata Tareca estava deitada na pedra fria da lareira.
Na lareira, estava um grande presente embrulhado.

3. «Sempre a correr, em bicos de pés para não acordar a minha avó nem os
meus pais»
3.1. Explica por palavras tuas o significado da expressão «correr em bicos de
pés».
__________________________________________________________________
__________________________________________________________________
__________________________________________________________________

4. Completa o esquema, descrevendo fisicamente o embrulho que estava


pousado na lareira:

Tamanho

Laço

Papel de embrulho

5. O que é que o menino poderia fazer com o papel do embrulho?

2
Assinala com X a opção correta.

6. Assinala com uma X o significado adequado à palavra destacada.


6.1. “Na Pedra de Hera só se ouvia o cantar dos galos e o latido dos cães
mais medrosos.” (linhas 5 e 6)

corajosos
cobardes
valentes

7. «Sentei-me num banco, pus os pés na pedra e ali fiquei a olhar, com o coração
a bater com muita força.»
7.1. Porque pensas que o coração lhe começou a bater com muita força? Dá
a tua opinião.

_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________

Lê atentamente o texto B.
3
Serafim e Malacueco na corte do Rei Escama

Personagens: Serafim; Malacueco; Pirata da Perna de Pau; Rei


Cenário: a fachada de uma casa simples – uma porta e uma janela – (…)
(aparecem dois vagabundos esfarrapados: Serafim, o magro; Malacueco, o gordo)

Serafim – Ai que sono! Que preguiça! Que cansaço!


Malacueco – Ai que estafa! Que fadiga! Que quebreira!
Serafim – Quebreira de quê?
Malacueco – Cansaço de quê?
Serafim e Malacueco – De não fazer nada!
(em coro)
Serafim – O pior é que estou uma fome…
Malacueco – E eu com uma larica… Olha, vamos àquela casa. Pode ser que
nos deem de comer.
(batem à porta da casa.)
Serafim – Vossa Excelência precisa de regar o jardim…
Malacueco – … que já está muito seco…
Serafim – Aqui está o Serafim…
Malacueco – … e o Malacueco.
Serafim – Em troca pedimos…
Malacueco – … pão para a viagem.
Serafim – Não temos dinheiro para pagar a estalagem.
(Abre-se a porta com espalhafato e aparece o Pirata da Perna de Pau, de
espada na mão.)
Pirada da Perna de Pau – Quem são vocês?

António Torrado, “Serafim e Malacueco na corte do Rei Escama”, Teatro às três pancadas,
Civilização, 1995

Responde às questões que se seguem.

1. O texto que acabei de ler é um guião de uma peça de __________________.

2. Assinala com uma X a opção correta.

4
2.1. As personagens, no início desta cena, encontram-se…

na ilha do Pirata da Perna de Pau.

no navio dos piratas.

à porta de casa do Pirata da Perna de Pau.

em casa do Serafim.

2.2. Serafim e Malaqueco bateram à porta do Pirata da Perna de Pau porque


queriam pedir…

uma viagem.

alguma coisa para comer.

uma garrafa para deitar ao mar.

dinheiro.

3. Indica o nome de três personagens que fazem parte desta peça.

4. Procura no texto B, um sinónimo da palavra cansaço.

___________________________

5
Grupo II

Responde ao que te é pedido sobre gramática.

1. «A minha gata Tareca estava lá a dormir e ela não gostou nada de me ver.»
Classifica as palavras destacadas.

Verbo
Palavra Classe Subclasse Género Número Grau Tempo Pessoa
(infinitivo)

2. Assinala com um X os nomes que estão no grau diminutivo.

 pés  caixinha  papelão  embrulho

 prendinha  lareira  lacinho  cozinha

3. Reescreve a frase no singular.

Nós pedimos pão para as nossas viagens, porque não temos dinheiro.

__________________________________________________________________

6
4. Completa o esquema com palavras da mesma família de caixa.

5. Lê as frases A), B) e C).


Transcreve o sujeito e o predicado de cada uma delas para os respetivos
espaços.

A) O Pintinhas era o galo de crista tombada.


B) A gata Tareca e o Pintinhas estavam a dormir.
C) Era gelado o chão da cozinha.

Sujeito Predicado

7
6. No quadro abaixo apresentado, preenche cada espaço com as palavras
seguintes.

planalto encoberto morninho boquiaberto devagarinho enlaçar

Palavras com prefixo Palavras com sufixo Palavras compostas

__________________ __________________ __________________

__________________ __________________ __________________

7. Completa cada uma das frases seguintes com os verbos apresentados entre
parênteses no tempo e modo indicados.

Presente do indicativo

Hoje é um dia muito especial para mim: _________________ (brincar) com o meu
novo presente, _________________ (comer) muitas rabanadas e
___________________ (ver) um filme bonito de Natal.

Futuro do indicativo

No próximo Natal, eu _________________ (ir) passar as férias na casa da minha


avó e juntos _________________ (ter) uma ceia magnífica.

Pretérito perfeito do indicativo

O menino _______________ (abrir) o presente e ____________ (gostar) muito do


que lá _______________ (encontrar).

Pretérito imperfeito do indicativo

O papel _________ (estar) dobrado em cima da mesa, ________ (ser) preciso tirar
a tampa da caixa.

8
8. Assinala com A (Discurso Direto) e com B (Discurso Indireto), as seguintes
frases:

O Pirata da Perna de Pau pediu que lhe abrissem a porta.


- O que querem?
Eles responderam que queriam pão.
- Queremos uma cama para dormir.

9. Assinala como V ou F as seguintes afirmações:

Estendido, enrolado e cuidado são três palavras graves.

Chão e pais são três palavras monossilábicas.

Pés possui um acento circunflexo.

Cartão é uma palavra dissilábica, aguda e ão é a sílaba tónica.

9.1. Corrige as afirmações falsas.

__________________________________________________________________
__________________________________________________________________
__________________________________________________________________

10. «O laço era bonito.»

10.1. Identifica o adjetivo. ____________________

10.2. Reescreve a frase colocando o adjetivo nos seguintes graus:


a) Comparativo de igualdade.
________________________________________________________
b) Superlativo absoluto analítico.
________________________________________________________
c) Superlativo relativo de superioridade.
________________________________________________________

9
Grupo III

Vais agora escrever um pequeno texto. Tens duas opções, das quais só
podes escolher uma. Não te esqueças de a assinalar com um X.

Opção A: O que estará dentro da caixa? Continua a história do texto A, mas não te
esqueças que és o narrador.

Opção B: Conta como costumas passar o teu dia de Natal: com quem passas o dia, o que
costumas comer neste dia, o que mais gostas de fazer, que prenda já recebeste e gostaste
muito, etc.

Antes de começares a escrever, toma atenção às seguintes instruções:

 Escreve sobre o que te é pedido;

 Faz um texto com o mínimo de 90 palavras;

 Dá-lhe um título;

 Faz um rascunho, a lápis, numa folha própria;

 Revê com cuidado, o rascunho e corrige o que for necessário;

 Copia o texto para a folha do teste, com letra bem legível, a caneta.

10
________________________

_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________

11

Você também pode gostar