Você está na página 1de 2

Ofício nº 08/2021/GDEK Brasília, 18 de fevereiro de 2020.

A Sua Excelência o Senhor

IBANEIS ROCHA
Governador do Distrito Federal
Palácio do Buriti, Praça do Buriti Brasília - DF / CEP 70075-900.

C/C

ADVAL CARDOSO DE MATOS


Subsecretário do Sistema Penitenciário do Distrito Federal – SESIPE
S.I.A. TRECHO 3, LOTES 1370/1380. - Bairro BRASILIA - CEP 71200-032 - DF 61-
3234-4486

C/C

OSNEI OKUMOTO
Secretario de Estado de Saúde
E-mail: gabinete.saude.df@gmail.com

Senhor Governador,

Ao cumprimentá-lo cordialmente, vimos pelo presente solicitar a V.


Excelência a adoção de providências no âmbito do Sistema Prisional do Distrito
Federal, no sentido de assegurar a vacinação dos (as) internos (as) pertencentes aos
grupos de prioridade previstos nas quatro primeiras fases do PLANO OPERACIONAL
DA ESTRATÉGIA DE VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 NO BRASIL.

2. Neste sentido, ressaltamos que o referido plano prevê a vacinação das


Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas e Pessoas com deficiência
institucionalizadas nas primeiras fases do processo vacinal. Estamos a falar de
populações residentes em locais de abrigamento público, análogas às unidades
prisionais.
3. Vale lembrar que as pessoas em privação de liberdade pertencem ao
decimo sétimo nível no ordenamento de prioridade na Campanha Nacional de
Vacinação contra a covid-19 – 2021. É de se destacar ainda a Juíza Titular da Vara
de Execuções Penais, Dra. Leila Cury, face ao início da campanha de vacinação
contra a covid-19 no Distrito Federal, solicitou ao GDF a vacinação imediata de todas
as pessoas privadas de liberdade da capital, que perfazem o total de 15.487 ou, ao
menos, das pessoas idosas, que perfazem o total de 168, sendo que, destes,
aproximadamente sete possuem 80 anos ou mais, conforme documento encaminhado
pela magistrada ao Poder Executivo em 4 de fevereiro do corrente ano.

4. Face ao exposto, e tendo em vista que o sistema prisional já representou o


maior foco de disseminação do COVID-19 no DF e as medidas acertadas adotadas
pelo GDF foram determinantes para a contenção em massa da doença em tela,
submetemos o presente pleito para a adoção das providências cabíveis pelo Governo
do Distrito Federal junto à SEAP e à Secretarias de Saúde.

Atenciosamente,