Você está na página 1de 5

Descendentes de Giacomo Vespignani

Em junho de 2011, fui entrevistada pelo jornalista Procópio para matéria a ser publicada
na Revista do Arquivo Público do Rio de Janeiro. Infelizmente ele morreu no mês seguinte,
antes de concluir a matéria. Daquele contato nasceu meu interesse em desenvolver um aspecto
sobre o qual ele perguntara: a trajetória dos descendentes no quesito escolarização.
Cerca de um ano depois, fui procurada pelo pesquisador italiano Luigi Cantagalli que se
interessava pelo relacionamento, aqui no Brasil, entre parentes que migraram da província
italiana de Ravenna.
Com o jornalista Procopio tinha sido abordada a família Vespignani por conta do
casamento de Carolina com Giuseppe Cantoni, objeto de texto meu que ele havia lido. Para
atender ao Cantagalli, falei da mesma família Vespignani porque havia indícios de prováveis
parentes de Carolina que os filhos dela, nascidos no Brasil, não conheceram.
Voltanto do início. Em 1997 eu havia consultado microfilmes da província de Ravenna
num Centro de História da Família da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Eu os
requisitara por ter visto referências a duas famílias Vespignani em livros da Hospedaria Horta
Barbosa pertencentes ao acervo do Arquivo Público Mineiro. Ao buscar pelos nomes nos
microfilmes, cheguei a cinco Giacomo Vespignani e quatro Francesco Vespignani. Estes eram os
nomes dos chefes das famílias citados nos livros da Hospedaria. Não consegui descobrir se
eram parentes de Carolina Vespignani. Levantei apenas a hipótese de que poderiam ser
descendentes de Giacomo Vespignani e Giovanna Ferniani.
Estas foram as bases do texto publicado em 2012 sobre os Vespignani e que mais tarde
foram citados na revisão da Genealogia da Família Cantoni e também em pequenas postagens
sobre imigrantes em Palma, Piau, Recreio e Bicas.
Em 2015, logo depois de terem sido publicadas as digitalizações dos microfilmes de
Ravenna no site Family Search, fiz uma revisão do material anteriormente coletado. Mas
somente no início deste ano de 2019, ao preparar a terceira edição do trabalho sobre os
Cantoni, veio a confirmação da minha hipótese: Carolina era parente de Francesco e Giacomo.
Este texto tem, pois, o objetivo de divulgar três gerações de ascendentes de Carolina
Vespignani e seu parentesco com duas famílias do sobrenome que viveram na zona da mata de
Minas Gerais.

a) Nilza Cantoni

Estudo de Nilza Cantoni – www.cantoni.pro.br – novembro 2019


Página 2
Descendentes de Giacomo Vespignani

1-Giacomo Vespignani e Giovanna Ferniani, naturais da Emilia-Romagna, tiveram pelo menos seis filhos:
Matteo, Luigi, Giuseppe, Catterina, Giovanni e Filippo. Netos do casal passaram ao Brasil no final do
século XIX.

2-Matteo Vespignani nasceu cerca de 1803 em Modigliana, Forlì, Emilia Romagna, e faleceu a 2 Nov
1879 em Scavignano, Ravenna, Emilia Romagna. Ele se casou com Ana Cantagalli, filha de Carlo
Cantagalli e Francesca Ravani. Ana nasceu em Scavignano onde faleceu a 7 Nov 1872.
Há registros de pessoas com o sobrenome Cantagalli em algumas listas de passageiros destinados a
Minas Gerais. Um deles, Luigi Cantagalli, natural de Ravenna, faleceu em Belo Horizonte.

2-Luigi Vespignani nasceu a 15 Dez 1811 em Tredozio, Forlì, Emilia Romagna.

2-Giuseppe Vespignani nasceu a 2 Abr 1813 em Dovadola, Forlì, Emilia Romagna, e faleceu a 6 Jul
1877 em Brisighella, Ravenna, Emilia Romagna. Ele se casou com Annunziata Ortolani, filha de
Antonio Ortolani e Francesca Pelliconi. Annunziata nasceu em Brisighella, Ravenna, onde faleceu a 1
Ago 1902. Eles tiveram quatro filhos: Giacomo, Francesco, Maria e Luigi.

3-Giacomo Vespignani nasceu a 3 Jun 1853 em Brisighella, onde se casou com Domenica
Mariana Tomba, filha de Domenico Tomba e Colomba Sartoni, a 19 Out 1884. Domenica
nasceu a 1 Mar 1862 em Brisighella, onde faleceu a 20 Nov 1895. Eles tiveram três filhos: Maria
Assunta Gaspera, Maria Alfiera Gaspera e Colomba Maria Giuseppa.
Giacomo e as filhas Maria Assunta e Colomba Maria desembarcaram em junho de 1896 do
vapor Montevideo no Porto do Rio de Janeiro e seguiram para a Hospedaria Horta Barbosa, de
onde saíram sob contrato com Francisco Bastos José de Campos, de Bicas, MG. Não se sabe
qual foi a grafia do sobrenome adotada no Brasil. Nos registros de matrimônio de Bicas, há
italianas de nome Assunta e Giuseppa que pela idade poderiam ser filhas de Giacomo mas não
consta o nome dos pais das noivas.

4-Maria Assunta Gaspera Vespignani nasceu a 14 Ago 1885 em Brisighella, Ravenna.

4-Maria Alfiera Gaspera Vespignani nasceu a 30 Ago 1887 em Brisighella, onde faleceu
antes de 1896.

4-Colomba Maria Giuseppa Vespignani nasceu a 15 Jun 1892 em Brisighella.

3-Francesco Vespignani casou com Virginia Linari, filha de Domenico Linari e Lucia Sandri, a 28
Abr 1889 em Brisighella, Ravenna onde Virginia nasceu. Eles tiveram sete filhos: Giuseppina,
Antonio, Annita Maria Gaspera, Igino Giuseppe Gaspare, Giovanna Annita Maria, Igino e
Anna. Francesco passou ao Brasil em 1897 com a mulher e os filhos Ana, Antonio, Giuseppina e
Igino [segundo]. No dia 24 de março de 1897, a família saiu da Hospedaria Horta Barbosa com
destino a Recreio, MG, sob contrato com Teófilo Barbosa da Fonseca, filho do nobre português
Manoel Barbosa da Fonseca, Visconde de São Manoel, proprietário da fazenda Belmonte, em
Recreio.

4-Giuseppina Vespignani nasceu a 22 Jul 1884 em Brisighella, Ravenna, Emilia Romagna.

4-Antonio Vespignani nasceu a 1 Mai 1886 em Brisighella.

4-Annita Maria Gaspera Vespignani nasceu a 16 Mar 1888 em Brisighella onde faleceu a
26 Mar 1888.

4-Igino Giuseppe Gaspare Vespignani nasceu a 17 Set 1889 em Brisighella onde faleceu a
1 Abr 1892.

4-Giovanna Annita Maria Vespignani nasceu a 27 Jan 1892 em Brisighella, onde faleceu a
30 Jan 1892.

Estudo de Nilza Cantoni – www.cantoni.pro.br – novembro 2019


Página 3
Descendentes de Giacomo Vespignani
4-Igino Vespignani [segundo] nasceu a 12 Ago 1893 em Brisighella, Ravenna.

4-Anna Vespignani nasceu cerca de 1896 na Itália.

3-Maria Vespignani nasceu em Jan 1869 em Brisighella, Ravenna, Emilia Romagna, onde
faleceu a 24 Mai 1871.

3-Luigi Vespignani nasceu a 16 Fev 1876 em Brisighella, Ravenna, Emilia Romagna, Italia onde
faleceu a 21 Fev 1876.

2-Catterina Vespignani nasceu a 27 Fev 1815 em Tredozio, Forlì, Emilia Romagna, e faleceu a 26 Mar
1870 em Brisighella, Ravenna, Emilia Romagna. Ela se casou com Lorenzo Piazza, filho de Giuseppe
Piazza e Francesca Bassani. Lorenzo faleceu a 14 Fev 1873 em Brisighella. Eles foram pais de:

3-Antonio Piazza nasceu a 12 Ago 1845 em Fognano di Brisighella, Ravenna. Ele se casou com
Angela Mercuriali, filha de Giuseppe Mercuriali e Rosa Cembali, a 14 Mar 1869 em Brisighella.
Angela era irmã de Maria Mercuriali mulher de Filippo Vespignani citado adiante.
Não foi possível estabelecer parentesco entre Antonio Piazza e os irmãos Carlo, Carolina e
Nicodemo Piazza que chegaram ao Brasil em 1888, tendo saído da Hospedaria Horta Barbosa
no dia 9 de setembro. Há referências ao sobrenome em Belo Horizonte, indicando tratar-se de
família que teria inicialmente residido em Piau.

2-Giovanni Vespignani faleceu a 23 Nov 1889 em Tredozio, Forlì, Emilia Romagna. Ele foi casado com
Teresa Merendi com quem teve o seguinte filho:

3-Giacomo Vespignani nasceu em Brisighella onde se casou com com Domenica Camprini, filha
de Luigi Camprini e Pasqua Malmerendi, a 21 Ago 1892. Eles tiveram, pelo menos, duas filhas:
Tereza Giovanna Maria Luigia e Giovanna.

4-Tereza Giovanna Maria Luigia Vespignani nasceu a 6 Mar 1893 em Brisighella, onde
faleceu a 8 Ago 1896.

4-Giovanna Vespignani nasceu em Mai 1895 em Brisighella, onde faleceu a 8 Ago 1896.

2-Filippo Vespignani nasceu a 9 Nov 1822 em Modigliana, Forlì, Emilia Romagna, e faleceu a 6 Jan
1889 em Brisighella, Ravenna, Emilia Romagna. Ele se casou com Maria Mercuriali, filha de Giuseppe
Mercuriali e Rosa Cembali. Ela nasceu por volta de 1839 em Brisighella, onde faleceu a 31 Mai 1874.
Foram pais de:

3-Carolina Vespignani nasceu a 15 Mai 1869 em Brisighella, Ravenna e faleceu a 27 Set 1912
em Juiz de Fora, MG. Casou-se com Giuseppe Cantoni, filho de Giovanni Cantoni e Maria Alpi,
a 29 Abr 1894 em Brisighella. Giuseppe nasceu a 14 Out 1865 em Fornazzano, Ravenna e
faleceu a 22 Jun 1917 em Juiz de Fora, MG. Eles tiveram dois filhos: Emília e João.
Giuseppe residia próximo ao Castellaccio di Fornazzano em fevereiro de 1880, com seus pais e
os irmãos Assunta, Egidio, Federico e Giglio. Em abril do ano seguinte a família já havia fixado
residência na rua Monteromano, em Brisighella, onde faleceu a matriarca. Em 1894, Giovanni
Cantoni e seu filho Giuseppe estavam trabalhando em Marradi, Firenze, na Toscana.
Em agosto de 1896, Giuseppe, sua esposa Carolina e seu pai Giovanni desembarcaram do vapor
Attività no Porto do Rio de Janeiro. Foram encaminhados para a Hospedaria Horta Barbosa, em
Juiz de Fora, de onde saíram no dia 25 de agosto sob contrato com Joaquim Fabiano Nogueira
Alves para trabalharem em Guarará.
Muitos foram os passageiros da mesma viagem transatlântica que se dirigiram para Minas
Gerais, sendo que 68 famílias foram contratadas para municípios próximos a Juiz de Fora.
A genealogia da Família Cantoni encontra-se publicada no site www.cantoni.pro.br

Estudo de Nilza Cantoni – www.cantoni.pro.br – novembro 2019


Índice de nomes

ALPI Giuseppe, 3
Maria, 3 Lorenzo, 3
BASSANI RAVANI
Francesca, 3 Francesca, 2
CAMPRINI SANDRI
Domenica, 3 Lucia, 2
Luigi, 3 SARTONI
CANTAGALLI Colomba, 2
Ana, 2 TOMBA
Carlo, 2 Domenica Mariana, 2
CANTONI Domenico, 2
Giovanni, 3 VESPIGNANI
Giuseppe, 3 Anna, 3
CEMBALI Annita Maria Gaspera, 2
Rosa, 3 Antonio, 2
FERNIANI Carolina, 3
Giovanna, 2 Catterina, 3
LINARI Colomba Maria Giuseppa, 2
Domenico, 2 Filippo, 3
Virginia, 2 Francesco, 2
MALMERENDI Giacomo, 2, 3
Pasqua, 3 Giovanna, 3
MERCURIALI Giovanna Annita Maria, 2
Angela, 3 Giovanni, 3
Giuseppe, 3 Giuseppe, 2
Maria, 3 Giuseppina, 2
MERENDI Igino [segundo], 2
Teresa, 3 Igino Giuseppe Gaspare, 2
ORTOLANI Luigi, 2, 3
Annunziata, 2 Maria, 3
Antonio, 2 Maria Alfiera Gaspera, 2
PELLICONI Maria Assunta Gaspera, 2
Francesca, 2 Matteo, 2
PIAZZA Tereza Giovanna Maria Luigia, 3
Antonio, 3

Estudo de Nilza Cantoni – www.cantoni.pro.br – novembro 2019


Fontes consultadas
AMATI, Amado. Dizionario Corografico dell'Italia. Milano: Dottor Francesco Vallardi, 186*.
Archivio di Stato di Firenze. Stato Civile della restaurazione, Forlì, Nati 1816-1860. Disponível em
<http://www.antenati.san.beniculturali.it/> Último acesso 23 mar 2019
Archivio di Stato di Firenze. Stato civile napoleonico, Tredozio, Nati 1811-1815. Disponível em
<http://www.antenati.san.beniculturali.it/> Último acesso 16 jul 2019
Archivio di Stato di Ravenna. Brisighella. Matrimoni 1869-1896; Morti 1866-1909; Nati 1869-1893.
Arquivo Público Mineiro. Livros da Hospedaria Horta Barbosa. SA 902; SA 910 e SA-920
Atti di Nascita. Comune de Brisighella.
Cartório de Registro Civil de Bicas, MG. Casamentos 1900-1920.
Cartório de Registro Civil de Guarará, MG. Óbitos 1896-1901.
Cartório de Registro Civil de Juiz de Fora, MG. Óbitos 1896-1917.
Cartório de Registro Civil de Palma, MG. Casamentos 1900-1923.
Cartório de Registro Civil de Recreio, MG. Casamentos 1900-1923; Óbitos 1896-1925.
Igreja Menino Deus, Recreio, MG. Casamentos 1900-1930; Nascimentos 1897-1910.
Ministero dei Lavori Pubblici del Regno d'Italia. Dizionario Geografico-Postale. Torino: Giulio Speirani e
Figli, 1863.
MOLINARI, Alessandra. Archeologia Medievale: Cultura materiale insediamenti territorio. Firenze:
All'insegna del Giglio, 2010.
PIOVENE, Guido. Viaggio in Italia. Verona: Arnoldo Mondadori Editore, 1958.

Estudo de Nilza Cantoni – www.cantoni.pro.br – novembro 2019