Você está na página 1de 13

MUNICÍPIO DE NOVO HAMBURGO

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2019


NÍVEL SUPERIOR - MANHÃ

ENGENHEIRO CIVIL
NOME DO CANDIDATO INSCRIÇÃO

Composição do Caderno Instruções


Língua Portuguesa 01 a 10 1. Confira seu nome, o número do seu documento e o número
Raciocínio Lógico 11 a 15 de sua inscrição na Folha de Respostas. Além disso, não se
esqueça de conferir seu Caderno de Questões quanto a falhas
Legislação 16 a 20 de impressão e de numeração. Preencha os campos
Conhecimentos Específicos destinados à assinatura e ao número de inscrição. Qualquer
21 a 50
divergência, comunique ao fiscal.

2. O único documento válido para avaliação é a Folha de


Respostas. Só é permitido o uso de caneta esferográfica
transparente de cor azul ou preta para o preenchimento da
Folha de Respostas, que deve ser preenchida da seguinte
maneira: ●

3. O prazo de realização da prova é de 4 (quatro) horas,


incluindo a marcação da Folha de Respostas. Após 60
(sessenta) minutos do início da prova, o candidato estará
liberado para utilizar o sanitário ou deixar definitivamente o
local de aplicação, não podendo, no entanto, levar o Caderno
de Questões e nenhum tipo de anotação de suas respostas.

4. Ao término de sua prova, comunique ao fiscal, devolvendo-


lhe a Folha de Respostas devidamente preenchida e assinada.
O candidato poderá levar consigo o Caderno de Questões
somente se aguardar em sala até o término do prazo de
realização da prova estabelecido em edital.

5. Os 3 (três) últimos candidatos só poderão retirar-se da


sala juntos, após assinatura do Termo de Fechamento do
envelope de retorno.

6. As provas e os gabaritos preliminares estarão disponíveis


no site do Instituto AOCP - www.institutoaocp.org.br, no dia
posterior à aplicação da prova.

7. O NÃO cumprimento a qualquer uma das determinações


constantes em Edital, no presente Caderno ou na Folha de
Fraudar ou tentar fraudar Concursos Públicos é Crime! Respostas incorrerá na eliminação do candidato.
Previsto no art. 311 - A do Código Penal
_______________________________________________________________________________________________

Língua Portuguesa Os homens vivem apostando corrida, Maria. Nos


escritórios, nos negócios, na política, nacional e
internacional, nos clubes, nos bares, nas artes, na
Para Maria da Graça
literatura, até amigos, até irmãos, até marido e
Paulo Mendes Campos mulher, até namorados, todos vivem apostando
Agora, que chegaste à idade avançada de 15 corrida. São competições tão confusas, tão cheias
anos, Maria da Graça, eu te dou este livro: Alice de truques, tão desnecessárias, tão fingindo que
no País das Maravilhas. não é, tão ridículas muitas vezes, por caminhos
Este livro é doido, Maria. Isto é: o sentido dele tão escondidos, que, quando os atletas chegam
está em ti. exaustos a um ponto, costumam perguntar: "A
Escuta: se não descobrires um sentido na corrida terminou! Mas quem ganhou?" É bobice,
loucura, acabarás louca. Aprende, pois, logo de Maria da Graça, disputar uma corrida se a gente
saída para a grande vida, a ler este livro como um não irá saber quem venceu. Se tiveres de ir a
simples manual do sentido evidente de todas as algum lugar, não te preocupe a vaidade fatigante
coisas, inclusive as loucas. Aprende isso a teu de ser a primeira a chegar. Se chegares sempre
modo, pois te dou apenas umas poucas chaves onde quiseres, ganhaste. [...]
entre milhares que abrem as portas da realidade.
A realidade, Maria, é louca. Adaptado de: https://contobrasileiro.com.br/tag/cronica-de-paulo-
mendes-campos/ Acesso em: 04/02/2020.
Nem o Papa, ninguém no mundo, pode
responder sem pestanejar à pergunta que Alice faz 1. Considere os sentidos expressos no
à gatinha: "Fala a verdade Dinah, já comeste um trecho “Por isso te digo, para tua
morcego?" sabedoria de bolso: se gostas de gato,
Não te espantes quando o mundo amanhecer experimenta o ponto de vista do rato. Foi
irreconhecível. Para melhor ou pior, isso acontece o que o rato perguntou à Alice:
muitas vezes por ano. "Quem sou eu no mundo?" ‘‘Gostarias de gato se fosses eu?” e
Essa indagação perplexa é lugar-comum de cada assinale a alternativa INCORRETA.
história de gente. Quantas vezes mais decifrares (A) O narrador ressalta a importância de se
essa charada, tão entranhada em ti mesma como praticar a empatia, considerando a realidade
os teus ossos, mais forte ficarás. Não importa qual de cada um.
seja a resposta; o importante é dar ou inventar (B) É apresentada a ideia de que, antes de
uma resposta. Ainda que seja mentira. defenderem o ponto de vista de alguém, as
A sozinhez (esquece essa palavra que inventei pessoas devem se colocar no lugar de quem
agora sem querer) é inevitável. Foi o que Alice tenha uma visão diferente da sua.
falou no fundo do poço: "Estou tão cansada de (C) A menção ao discurso do rato permite que o
estar aqui sozinha!" O importante é que ela leitor concretize a ideia de empatia, sugerida
conseguiu sair de lá, abrindo a porta. A porta do pelo texto, favorecendo a compreensão da
poço! Só as criaturas humanas (nem mesmo os lição de vida ensinada pelo narrador.
grandes macacos e os cães amestrados) (D) Ao utilizar as figuras do gato e do rato,
conseguem abrir uma porta bem fechada ou vice- busca-se revelar que os mais fortes devem
versa, isto é, fechar uma porta bem aberta. se colocar no lugar dos mais fracos.
Somos todos tão bobos, Maria. Praticamos uma (E) O narrador considera que a lição que ensina
ação trivial, e temos a presunção petulante de é insignificante, por isso ele a denomina
esperar dela grandes consequências. Quando como “sabedoria de bolso”.
Alice comeu o bolo e não cresceu de tamanho,
ficou no maior dos espantos. Apesar de ser isso o 2. Sobre os conectivos em destaque no
que acontece, geralmente, às pessoas que excerto que segue, assinale a alternativa
comem bolo. correta.
Maria, há uma sabedoria social ou de bolso; nem “Aprende, pois, logo de saída para a
toda sabedoria tem de ser grave. grande vida, a ler este livro como um
A gente vive errando em relação ao próximo e o simples manual do sentido evidente de
jeito é pedir desculpas sete vezes por dia, pois todas as coisas, inclusive as loucas.
viver é falar de corda em casa de enforcado. Por Aprende isso a teu modo, pois te dou
isso te digo, para tua sabedoria de bolso: se apenas umas poucas chaves entre
gostas de gato, experimenta o ponto de vista do milhares que abrem as portas da
rato. Foi o que o rato perguntou à Alice: "Gostarias realidade.”
de gato se fosses eu?"

________________________________________________________________________________________________
ENGENHEIRO CIVIL 2
_______________________________________________________________________________________________

(A) Ambos têm função explicativa. 6. Sobre a formação e a função da palavra


(B) A primeira ocorrência estabelece uma em destaque no trecho “A sozinhez
relação de causa; a segunda, de (esquece essa palavra que inventei agora
consequência. sem querer) é inevitável.”, informe se é
(C) A primeira ocorrência estabelece uma verdadeiro (V) ou falso (F) o que se afirma
relação de conclusão; a segunda, de a seguir e assinale a alternativa com a
explicação. sequência correta.
(D) A primeira ocorrência estabelece uma
relação de explicação; a segunda, de ( ) O sufixo -ez permite que seja nomeada
conclusão. uma qualidade, a partir do adjetivo
(E) Ambos tem função conclusiva. “sozinho”, assim como ocorre em
“polidez”.
3. Assinale a alternativa em que a ( ) A criação do vocábulo é inadequada,
classificação da figura de linguagem visto que já existe o adjetivo “solidão”
presente no trecho dado esteja para caracterizar pessoas solitárias.
INCORRETA. ( ) O sufixo -ez indica origem, significando
(A) “[...] pois te dou apenas umas poucas aquele que vem de um local solitário, tal
chaves entre milhares que abrem as portas como ocorre em “francês”.
da realidade.” = metáfora.
(B) “Quantas vezes mais decifrares essa (A) F – F – V.
charada, tão entranhada em ti mesma como (B) V – V – F.
os teus ossos, mais forte ficarás.” = (C) V – F – F.
comparação. (D) V – V – V.
(C) “Agora, que chegaste à idade avançada de (E) F – F – F.
15 anos [...]” = ironia.
(D) “Não te espantes quando o mundo 7. Assinale a alternativa em que o acento
amanhecer irreconhecível. Para melhor ou grave indicativo de crase seja mantido ao
pior [...]” = antítese. substituir a palavra em destaque, no
(E) "Estou tão cansada de estar aqui sozinha!" = trecho: “Apesar de ser isso o que
hipérbole. acontece, geralmente, às pessoas que
comem bolo.”.
4. Assinale a alternativa que analisa (A) Indivíduos.
corretamente a função sintática de (B) Seres.
“Dinah” no trecho “Fala a verdade Dinah, (C) Indivíduo.
já comeste um morcego?”. (D) Criaturas.
(A) Sujeito que pratica a ação de falar. (E) Sujeitos.
(B) Vocativo para quem o discurso é dirigido.
(C) Sujeito que pratica a ação de comer. 8. A oração em destaque, em “Não importa
(D) Palavra que complementa o sentido do qual seja a resposta; o importante é dar
verbo “falar”, completando seu sentido. ou inventar uma resposta. Ainda que seja
(E) Palavra que complementa o sentido do mentira.”, estabelece com as demais uma
nome “verdade”. relação de
(A) adição.
5. Assinale a alternativa em que a utilização (B) oposição.
do sinal de pontuação esteja (C) concessão.
INCORRETA. (D) conclusão.
(A) “Praticamos uma ação trivial, e temos a (E) condição.
presunção petulante de esperar dela
grandes consequências.” 9.
Assinale a alternativa que reescreve
(B) “A realidade, Maria, é louca.” adequadamente a frase “O importante é
(C) “A corrida terminou! Mas quem ganhou?” que ela conseguiu sair de lá [...]”,
(D) “[…] eu te dou este livro: Alice no País das preservando-lhe o sentido.
Maravilhas.” (A) A saída dela foi importante lá.
(E) “Escuta: se não descobrires um sentido na (B) É importante que ela saia daqui.
loucura, acabarás louca.” (C) Importa ela sair dali.
(D) O fato de ela ter saído de lá é importante.
(E) Lá, ela conseguiu sair.
________________________________________________________________________________________________
ENGENHEIRO CIVIL 3
_______________________________________________________________________________________________

10. O plural de “lugar-comum” é (E) eles não conseguiram pagar e adquirir esse
(A) lugares-comuns. pacote de viagens, pois ainda faltavam R$
(B) lugares-comum. 150,00 para cobrir o custo total.
(C) lugar-comuns.
(D) lugar-comum, havendo somente a flexão na 13. Em um evento, compareceram 130
palavra que acompanha a expressão. homens e 208 mulheres. A taxa
(E) lugars-comuns. percentual que representa a quantidade
de homens em relação ao total de
Raciocínio Lógico mulheres é igual a
(A) 37,5%.
11. Considere como verdadeira a seguinte (B) 160%.
sentença: “Carlos escreve poemas e (C) 51,3%.
ensina Gramática”. A negação dessa (D) 62,5%.
sentença, por definição, será dada por (E) 40%.
(A) “Carlos não escreve poemas ou não ensina
Gramática”. 14. Considere os conjuntos A, B e C no
(B) “Carlos escreve poemas ou não ensina seguinte diagrama:
Gramática”.
(C) “Carlos não escreve poemas ou ensina
Gramática”.
(D) “Carlos escreve poemas ou ensina
Gramática”.
(E) “Carlos não escreve poemas se, e somente
se, ensina Gramática”.

12. Três amigos decidiram viajar em um final


de semana. Após procurarem em várias Assinale a alternativa que indica a região
agências por uma pousada, encontraram destacada desse diagrama que
um pacote de viagem para três pessoas, representa (𝑩 ∩ 𝑨) − 𝑪.
com o custo total de R$ 800,00. No
(A)
momento de pagar e adquirir esse pacote
de viagem, analisando a quantia de
dinheiro disponível por todos naquele
momento, verificaram que Carlos possuía
R$ 250,00, Fernanda possuía R$ 100,00 a
𝟕
menos que Luís e Luís possuía da
𝟓
quantia de Carlos. Dessa forma, somando (B)
a quantia que os três amigos possuíam, e
não havendo a possibilidade de arrecadar
mais dinheiro, é correto afirmar que
(A) eles não poderiam pagar e adquirir esse
pacote de viagens, pois ainda faltavam R$
50,00 para cobrir o custo total.
(B) se Fernanda tivesse R$ 100,00 a menos,
(C)
ainda assim poderiam pagar e adquirir esse
pacote de viagem.
(C) eles poderiam pagar e adquirir esse pacote
de viagens, sobrando, ainda, R$ 50,00 do
dinheiro que possuíam.
(D) se Luís tivesse R$ 100,00 a menos, ainda
assim conseguiriam pagar e adquirir esse
pacote de viagem.

________________________________________________________________________________________________
ENGENHEIRO CIVIL 4
_______________________________________________________________________________________________

(D) 17. Assinale a alternativa correta sobre as


regras das infrações previstas no Código
de Posturas de Novo Hamburgo.
(A) A pena é de caráter pessoal, não podendo
os pais responderem pelos filhos menores.
(B) Ao infrator que incorrer, simultaneamente,
em mais de uma penalidade legal, será
aplicada a pena média, sem acréscimos.
(E) (C) Quando a infração for coletiva, a pena será
aplicada aos que forem identificados.
(D) Todos os cidadãos poderão defender-se
alegando desconhecimento da Lei.
(E) As pessoas jurídicas não respondem aos
autos de infração lavrados pela Prefeitura de
Novo Hamburgo.

18. Acerca das normas do regime estatutário


15. Afirmar que “Clara trabalha de manhã e dos servidores públicos de Novo
Clara trabalha à tarde ou à noite” é Hamburgo, assinale a alternativa
equivalente a afirmar, por definição de INCORRETA.
equivalência de proposições compostas, (A) A posse será pessoal ou por procuração
que reconhecida em cartório de notas.
(A) “Clara nunca trabalha à noite”. (B) A investidura em cargo público, cumpridas
(B) “Clara trabalha somente de manhã”. as exigências legais, ocorrerá com a posse.
(C) “Clara trabalha de manhã ou à tarde e Clara (C) O concurso público será de provas, ou de
trabalha de manhã ou à noite”. provas e títulos, realizado em uma ou mais
(D) “Clara trabalha de manhã, à tarde e à noite”. etapas, conforme dispuser o regulamento
(E) “Clara trabalha de manhã e à tarde ou Clara geral e o edital, observados os princípios
trabalha de manhã e à noite”. constitucionais.
(D) Exercício é o efetivo desempenho das
Legislação atribuições do cargo, e é de cinco dias o
prazo para o servidor entrar em exercício,
16. Dentre as alternativas seguintes, assinale contados da data da posse.
a correta em relação à Lei Orgânica de (E) Posse é a aceitação expressa das
Novo Hamburgo. atribuições, deveres e responsabilidades
(A) O cidadão novo-hamburguense pode ser inerentes ao cargo público, com o
investido na função de vereador e na de compromisso de bem servir, formalizada
prefeito ao mesmo tempo. com a assinatura do respectivo termo pela
(B) A eleição para Vice-Prefeito de Novo autoridade competente e pelo servidor
Hamburgo é indireta. empossando.
(C) Não compete ao Município fixar os feriados
municipais.
(D) São tributos da competência municipal os
impostos sobre propriedade predial,
territorial urbana e rural.
(E) O Município de Novo Hamburgo deve
respeitar os princípios estabelecidos nas
Constituições Federal e Estadual.

________________________________________________________________________________________________
ENGENHEIRO CIVIL 5
_______________________________________________________________________________________________

19. Acerca das normas do regime estatutário (A) Apenas I e II.


dos servidores públicos de Novo (B) I, II e III.
Hamburgo, assinale a alternativa (C) Apenas I e III.
INCORRETA. (D) Apenas III.
(A) A frequência e a assiduidade do servidor (E) Apenas II e III.
público serão controladas pelo ponto e por
forma determinada em regulamento, quanto Conhecimentos Específicos
a servidores não sujeitos ao ponto.
(B) O servidor está sujeito ao regime padrão de
21. Na finalização de uma obra civil por
jornada de trabalho de até 40 (quarenta)
profissional tecnicamente habilitado, há a
horas semanais, que não poderá exceder a
possibilidade de entrega do registro de
08 (oito) horas diárias, em atendimento às
dados que servem de base para a
normas constitucionais, ressalvadas as
conclusão de obra ou serviço técnico,
exceções legais.
consistindo na revisão dos elementos do
(C) Pelo serviço realizado em regime de
projeto em conformidade com o que foi
sobreaviso ou sob a forma de plantões, o
executado. Essa peça técnica entregue
servidor público perceberá o respectivo
éo
adicional.
(A) caderno de especificações técnicas.
(D) O servidor público que exercer cargo em
(B) caderno de avaliação pós-ocupação.
comissão, função de confiança ou
(C) caderno de auditoria.
desempenhar atividade em regime de
(D) cadastro técnico multifinalitário.
dedicação plena, perceberá adicional por
(E) cadastro como construído (as built).
eventual jornada laboral excedente à legal.
(E) Por necessidade de serviço, a jornada legal
22. Um engenheiro civil foi convocado pelo
do servidor público poderá ser ampliada,
chefe do executivo municipal para
consoante o determinar a autoridade
realizar análise e avaliações para seleção
competente.
e recomendação de alternativas para a
concepção de determinada edificação e
20. Analise as assertivas sobre o Plano de
de seus elementos, instalações e
Classificação de Cargos e Funções para
componentes. Dessa maneira, o
os servidores municipais e assinale a
profissional deve entregar para o Prefeito
alternativa que aponta (a)s correta(s).
Municipal um
(A) Estudo de Viabilidade do Empreendimento -
I. Os cargos em comissão têm como
(EVE).
atribuições essenciais a direção, a chefia
(B) Estudo de Viabilidade Arquitetônica - (EV-
e o assessoramento de órgãos e
ARQ).
unidades administrativas integradas à
(C) Estudo de Viabilidade Urbanística - (EV-
Administração Municipal, competindo,
Urb).
aos respectivos detentores, dirigir e
(D) Estudo de Viabilidade Econômico-
supervisionar todas as atividades
Financeira – (EVEF).
administrativas afetas a esses órgãos e
(E) Estudo de Viabilidade de Arquitetura - (EV-
unidades, segundo as diretrizes e
ARQ).
determinações exaradas pela autoridade
superior competente.
23. Quando um engenheiro civil realiza a
II. Quando o provimento do cargo em
atividade de acompanhamento do
comissão se der mediante nomeação de
desenvolvimento de uma obra ou serviço,
servidor público, o respectivo detentor
segundo norma especifica, visando fazer
perceberá tão somente gratificação
cumprir o respectivo projeto ou
pecuniária correspondente a cinquenta
planejamento, ele realiza
por cento da remuneração fixada para o
(A) um planejamento técnico.
cargo em comissão, enquanto perdurar o
(B) um plano técnico.
respectivo exercício, além da
(C) uma orientação técnica.
remuneração do seu cargo permanente.
(D) uma operação técnica.
III. No provimento de cargos em comissão,
(E) uma padronização técnica.
pelo menos um quarto dos cargos serão
preenchidos por servidores públicos.

________________________________________________________________________________________________
ENGENHEIRO CIVIL 6
_______________________________________________________________________________________________

24. Os projetos complementares ao projeto (E) Os elementos de concreto protendido são


arquitetônico visam auxiliar na aqueles nos quais parte das armaduras é
construção da edificação, considerando- previamente alongada por equipamentos
se as interfaces e as compatibilizações especiais de protensão, com a finalidade de,
entre eles. Dessa maneira e segundo em condições de serviço, impedir ou limitar
Norma Técnica, assinale a alternativa que a fissuração e os deslocamentos da
NÃO corresponde aos equipamentos e estrutura, bem como propiciar o melhor
elementos complementares de um aproveitamento de aços de alta resistência
projeto. no estado-limite último (ELU).
(A) Elementos de comunicação visual
(ambientes exteriores e interiores). 26. O engenheiro civil do município de Novo
(B) Equipamentos sanitários. Hamburgo, em análise ao projeto
(C) Mobiliário acessório ou incorporado, em estrutural em concreto armado de uma
ambientes exteriores e interiores. creche municipal, se depara com o
(D) Jardins e paisagismo. símbolo-base da seguinte figura. O
(E) Sistemas de instalações prediais. profissional deve saber que essa letra “s”
minúscula significa
25. Assinale a alternativa correta quanto às
definições da protensão no concreto
armado.
(A) A armadura ativa (de protensão) é a
armadura constituída por barras, fios Fonte: ABNT
isolados ou cordoalhas, destinada à
produção de forças de protensão, isto é, na (A) a largura da alma de uma viga.
qual se aplica um alongamento final. (B) o espaçamento entre as barras da
(B) O concreto com armadura ativa pré- armadura.
tracionada (protensão com aderência inicial) (C) a altura total da estrutura ou de um lance de
é o concreto protendido em que o pré- pilar.
alongamento da armadura ativa é feito (D) o comprimento do apoio paralelo ao vão de
utilizando-se apoios independentes do uma viga.
elemento estrutural, antes do lançamento do (E) a abertura de fissura.
concreto, sendo a ligação da armadura de
protensão com os referidos apoios desfeita 27. A durabilidade das estruturas em
após o endurecimento do concreto; a concreto armado é altamente dependente
ancoragem no concreto realiza-se somente das características do concreto e da
por penetração. espessura e qualidade do concreto do
(C) O concreto com armadura ativa pós- cobrimento da armadura. Diante dessas
tracionada (protensão com aderência características, assinale a alternativa que
posterior) é o concreto protendido em que o apresenta o cobrimento nominal para
pré-alongamento da armadura ativa é armaduras de um pilar, com a classe de
realizado após o endurecimento do agressividade ambiental forte, em
concreto, sendo utilizadas, como apoios, milímetros.
partes do próprio elemento estrutural, mas (A) 10
não sendo criada aderência com o concreto, (B) 20
ficando a armadura ligada ao concreto (C) 30
apenas em pontos localizados. (D) 40
(D) O concreto com armadura ativa pós- (E) 50
tracionada sem aderência (protensão sem
aderência) é o concreto protendido em que
o pré-alongamento da armadura ativa é
realizado após o endurecimento do
concreto, sendo utilizadas, como apoios,
partes do próprio elemento estrutural,
criando posteriormente aderência com o
concreto, de modo permanente, através da
injeção das bainhas.

________________________________________________________________________________________________
ENGENHEIRO CIVIL 7
_______________________________________________________________________________________________

28. Para o engenheiro civil poder especificamente dessa informação, o


calcular/dimensionar uma obra em engenheiro municipal deve
concreto armado, ele deve conhecer os (A) reprovar o projeto, pois a Norma Técnica de
materiais e suas características, por Instalações Elétricas de Baixa Tensão
exemplo, a massa específica do concreto permite o uso de alumínio como condutor,
que está compreendida entre 2 000 kg/m³ porém a seção nominal dos condutores deve
e 2 800 kg/m³. Dessa maneira, deve ser maior que 60 mm².
conhecer a relação da resistência à (B) reprovar o projeto, pois não é permitido o uso
tração direta do concreto (fct) pela de alumínio como condutor de eletricidade.
resistência à tração indireta (fct,sp) que é (C) aprovar, pois a Norma Técnica de
de Instalações Elétricas de Baixa Tensão não
(A) fct = 0,70 fct,sp. especifica a seção nominal dos condutores.
(B) fct = 0,90 fct,sp. Permite apenas que sejam utilizados dois
(C) fct = 0,80 fct,sp. tipos de materiais para conduzir energia:
cobre e alumínio.
(D) fct = 0,60 fct,sp.
(D) aprovar, pois a Norma Técnica de
(E) fct = 0,55 fct,sp. Instalações Elétricas de Baixa Tensão prevê
essa possibilidade do uso do alumínio como
29. Referente ao dimensionamento das condutor e determina que a seção nominal
fundações de uma obra, a análise de dos condutores seja igual ou superior a
interação fundação-estrutura deve ser 50 mm².
feita, sendo obrigatório o estudo no (E) reprovar o projeto, pois a Norma Técnica de
seguinte caso: Instalações Elétricas de Baixa Tensão
(A) estruturas nas quais a carga variável é permite o uso de alumínio como condutor,
menor em relação à carga total, tais como porém a seção nominal dos condutores deve
silos e reservatórios. ser maior que 100 mm².
(B) estruturas que sofrem a força dos ventos
superiores a 100 km/h. 32. A figura a seguir mostra um esquema
(C) estruturas com mais de 55,00 metros de ilustrativo de um tipo de linha elétrica,
altura, medida do térreo até a laje de que se refere a
cobertura do último piso habitável.
(D) relação altura/largura (menor dimensão)
superior a seis.
(E) fundações ou estruturas convencionais.

30. Quando o engenheiro civil estiver


tratando de solicitações obtidas de
combinação de ações, para fins de
Fonte: ABNT
dimensionamento de fundações nas
quais o vento é a ação variável principal, (A) condutores isolados ou cabos unipolares em
os valores da tensão admissível de eletroduto de seção circular embutido em
sapatas e tubulões e as cargas parede termicamente isolante.
admissíveis em estacas podem ser (B) cabos unipolares ou cabo multipolar sobre
majorados em até parede ou espaçado desta menos de 0,3 vez
(A) 15%. o diâmetro do cabo.
(B) 10%. (C) cabos unipolares ou cabo multipolar em
(C) 12%. bandeja perfurada, horizontal ou vertical.
(D) 33,33%. (D) cabos unipolares ou cabo multipolar
(E) 22%. afastado(s) da parede mais de 0,3 vez o
diâmetro do cabo.
31. O engenheiro civil do município de Novo (E) condutores isolados ou cabos unipolares em
Hamburgo, em análise a um Projeto eletroduto aparente de seção não-circular
Elétrico de um comércio (baixa tensão), sobre parede.
percebeu que o profissional que elaborou
o projeto dimensionou os condutores em
alumínio e que a seção nominal dos
condutores é de 50 mm². Diante
________________________________________________________________________________________________
ENGENHEIRO CIVIL 8
_______________________________________________________________________________________________

33. Um engenheiro civil solicita ao mestre de 36. Assinale a alternativa que apresenta o
obras que teste o sistema de tipo de orçamento utilizado em licitações
abastecimento de água, recém-finalizado, com o objetivo de servir de paradigma
de um prédio de quatro pavimentos. Essa para a Administração pública fixar os
edificação possui uma cisterna com critérios de aceitabilidade de preços –
abastecimento público onde depois a total e unitários – no edital, sendo a
água é bombada para a caixa d’água. principal referência para a análise das
Assim, para o acompanhamento correto propostas das empresas participantes na
e conferência das tubulações, o mestre fase externa do certame licitatório.
sabe que o percurso de água desde a (A) Orçamento-padrão.
caixa d’água até o ponto de suprimento (B) Orçamento-básico.
deve ser (C) Orçamento-base.
(A) Barrilete > Ramal > Coluna de Distribuição > (D) Orçamento-complementar.
Sub-ramal. (E) Orçamento-real.
(B) Barrilete > Coluna de Distribuição > Ramal >
Sub-ramal. 37. O custo global de referência de obras e
(C) Barrilete > Ramal > Sub-ramal > Alimentador serviços de engenharia será obtido a
de distribuição. partir das composições dos custos
(D) Coluna de Distribuição > Barrilete > Ramal > unitários previstas no projeto que integra
Sub-ramal. o edital de licitação, menores ou iguais à
(E) Coluna de Distribuição > Barrilete > mediana de seus correspondentes nos
Alimentador de distribuição > Ramal. custos unitários de referência do Sistema
Nacional de Pesquisa de Custos e Índices
34. No dimensionamento hidráulico de uma da Construção Civil – Sinapi, EXCETO
escola pública, o engenheiro civil deve nos casos de serviços e obras de
prever as pressões estáticas e dinâmicas (A) infraestrutura de transporte.
nas tubulações. O profissional registrado (B) saneamento básico.
no Crea (Conselho de Engenharia e (C) iluminação pública.
Agronomia) deve prever a ocorrência de (D) transporte coletivo.
sobrepressões devidas a transientes (E) galpões industriais.
hidráulicos e estas NÃO podem superar
(A) 200 kPa. 38. O prefeito de determinado município
(B) 100 kPa. realizou acordo com a população de mais
(C) 300 kPa. baixa renda do seu município para
(D) 400 kPa. realizar construções de pequenas
(E) 500 kPa. edificações populares em que a
característica principal é o telhado de
35. O ruído proveniente de tubulação é alpendre ou simplesmente alpendre.
gerado quando suas paredes sofrem Esse tipo de cobertura, apresentado nas
vibração pela ação do escoamento da edificações do acordo, caracteriza-se por
água. Dessa maneira, o profissional da ser um telhado
engenharia, que foi requisitado por um (A) formado por dois planos inclinados que
cliente para verificar ruídos na tubulação concorrem na linha de cumeeira.
recém-instalada, pode descartar que o (B) constituído por quatro planos inclinados, na
barulho seja oriundo da velocidade da forma de triângulos e/ou formando uma
água, pois, como foi ele mesmo que pirâmide.
dimensionou o sistema, sabe que o ruído (C) constituído por quatro planos inclinados, na
de escoamento de fato não é significativo forma de trapézios concorrentes em linha de
para velocidade média da água inferior a cumeeira ou espigão.
(A) 5 m/s (metros por segundo). (D) constituído ou formado por uma única água.
(B) 4 m/s (metros por segundo). (E) com águas côncavas.
(C) 1,5 m/s (metros por segundo).
(D) 2 m/s (metros por segundo).
(E) 3 m/s (metros por segundo).

________________________________________________________________________________________________
ENGENHEIRO CIVIL 9
_______________________________________________________________________________________________

39. O setor de engenharia de um município protegê-la contra a ação deletéria desses


recebeu um laudo de uma empresa de esforços.
engenharia a respeito das condições da (D) Camada de proteção térmica é o estrato com
cobertura de um antigo prédio público a função de reduzir o gradiente de
que, na peça técnica, traz bem claro que temperatura atuante sobre a camada
a tesoura de madeira que sustenta a impermeável, de modo a protegê-la contra
cobertura está com sua trama os efeitos danosos do calor excessivo.
condenada. Assim, a equipe de (E) Camada drenante é o estrato com a função
engenharia municipal entende que de facilitar o escoamento de fluidos que
deverá providenciar, com urgência, a atuam junto à camada impermeável.
substituição da estrutura secundária da
tesoura integrada pelas 42. Apareceram trincas na alvenaria de um
(A) terças, escoras e vistas. prédio público em concreto armado e
(B) terças, caibros e ripas. fechamento em alvenaria recém-
(C) escoras, vistas e ripas. finalizado. O engenheiro civil
(D) escoras, contrafrechal e vistas. responsável pela fiscalização da obra
(E) escoras, contrafrechal e ripas. acionou a empresa que realizou o serviço
para sanar o problema. O responsável
40. O engenheiro civil de um município técnico da empresa, então, em análise ao
orientou o setor de licitações municipais ocorrido, informou que irá aplicar um
que abrisse uma licitação para produto industrializado, com
contratação de empresa de engenharia características de deformação plástica,
especializada em impermeabilizações, para preenchimento e calafetação dessas
pois em seu diagnóstico preliminar há um rachaduras nesse primeiro momento.
problema crônico nos prédios municipais Assim, o engenheiro municipal sabe que
com patologias ligadas a essa atividade. o colega de profissão irá aplicar
Dessa maneira e após todos os trâmites (A) mástique.
legais e a execução do serviço de (B) uma manta de impermeabilização.
avaliações pela empresa, foi apresentado (C) uma membrana para impermeabilização.
para o engenheiro que há um problema (D) uma solução asfáltica elastomérica.
de água confinada exercendo a pressão (E) um véu estruturante.
hidrostática superior a 1 kPa (0,1 m.c.a),
de forma direta à impermeabilização de 43. Um trabalho pericial, cujo
alguns prédios, sendo que isso é desenvolvimento se faz através de
(A) água de aplicação. metodologia adequada, deve atender a
(B) água sob pressão negativa. todos os requisitos essenciais, como o
(C) água sob pressão positiva. levantamento de dados, que deve
(D) água de condensação. apresentar todas as informações
(E) água de percolação. disponíveis que permitam ao perito
elaborar seu parecer técnico. Dessa
41. Ajude o engenheiro civil do Município de maneira, a qualidade do trabalho pericial
Novo Hamburgo a entender os termos e deve estar assegurada quanto
definições da impermeabilização na (A) à inclusão de um número mínimo de três
construção civil e assinale, a seguir, a fotografias por cada bem periciado, com
alternativa INCORRETA. exceção dos casos onde ocorrer
(A) Camada de berço é o estrato com a função impossibilidade técnica.
de apoio e proteção da camada (B) à execução de um projeto de situação.
impermeável contra agressões provenientes (C) à descrição detalhada dos bens nos seus
do substrato. aspectos físicos, dimensões, áreas,
(B) Camada de imprimação é o estrato com a utilidades, materiais construtivos e assim por
função de favorecer a aderência da camada diante.
impermeável, aplicado ao substrato a ser (D) à indicação e perfeita caracterização de
impermeabilizado. eventuais danos e/ou eventos encontrados.
(C) Camada de proteção mecânica é o estrato
com a função de absorver e dissipar os
esforços estáticos ou dinâmicos atuantes
por sob a camada impermeável, de modo a
________________________________________________________________________________________________
ENGENHEIRO CIVIL 10
_______________________________________________________________________________________________

(E) à obediência aos requisitos essenciais, que, (D) Vistoria e/ou exame do objeto da perícia >
nas perícias judiciais, torna-se obrigatória, Diagnóstico dos itens objeto da perícia >
sendo que, no caso de avaliações, devem Coleta de informações > Escolha e
ser obedecidos ainda os critérios das justificativa dos métodos e critérios periciais
normas aplicadas à espécie, principalmente > Elaboração de Projetos necessários >
no caso de trabalhos de cunho provisório. Soluções e propostas, quando possível e/ou
necessário > Justificativas.
44. A prefeitura de determinado município (E) Vistoria e/ou exame do objeto da perícia >
possui um imóvel alugado para fins de Diagnóstico dos itens objeto da perícia >
depósito de produtos a serem entregues Coleta de informações > Escolha e
nas escolas e creches da cidade. Porém, justificativa dos métodos e critérios periciais
para facilitar a entrada e saída de > Análise das ocorrências e elementos
materiais, o engenheiro civil do município periciais > Soluções e propostas, quando
projetou e executou uma rampa na possível e/ou necessário > Considerações
entrada do imóvel. Dessa maneira e como finais e conclusões.
pode notar-se na descrição apresentada,
foi efetuada uma benfeitoria no imóvel e 46. Quando um engenheiro precisa
a Norma técnica de avaliação e pericias determinar o custo total de uma
classifica essa benfeitoria como edificação, considerando, além dos
(A) necessária. custos iniciais, os custos de operação e
(B) útil. manutenção ao longo da sua vida útil, ele
(C) voluptuária. precisa então levantar o custo
(D) real. (A) global.
(E) pontual. (B) real.
(C) verdadeiro.
45. As atividades básicas de uma perícia (D) integral.
devem atender condições específicas e (E) acabado.
as etapas básicas elencadas em qual das
alternativas a seguir? 47. O engenheiro municipal recebeu uma
(A) Vistoria e/ou exame do objeto da perícia > ordem de serviço para inserir novas
Diagnóstico dos itens objeto da perícia > tecnologias no prédio da prefeitura
Coleta de informações > Escolha e municipal, organizando a instalação de
justificativa dos métodos e critérios periciais acessos com identificação facial,
> Elaboração de Projetos necessários > monitoramento à distância e eficiência
Soluções e propostas, quando possível e/ou energética. Dessa maneira, todo esse
necessário > Considerações finais e processo de atualização do paço
conclusões. municipal recebe a denominação técnica
(B) Vistoria e/ou exame do objeto da perícia > de
Diagnóstico dos itens objeto da perícia > (A) incorporação.
Coleta de informações > Escolha e (B) estado da arte.
justificativa dos métodos e critérios periciais (C) retrofit.
> Análise das ocorrências e elementos (D) manutenibilidade.
periciais > Elaboração de Projetos (E) durabilidade tecnológica.
necessários > Considerações finais e
conclusões.
(C) Vistoria e/ou exame do objeto da perícia >
Diagnóstico dos itens objeto da perícia >
Coleta de informações > Escolha e
justificativa dos métodos e critérios periciais
> Análise das ocorrências e elementos
periciais > Elaboração de Projetos
necessários > Justificativas.

________________________________________________________________________________________________
ENGENHEIRO CIVIL 11
_______________________________________________________________________________________________

48. Um sistema de piso, sendo um sistema 50. A melhor técnica para pintar a madeira,
horizontal ou inclinado, é composto por sem acabamento, é conferir se a
um conjunto parcial ou total de camadas, superfície está seca, sendo aceitável no
destinado a cumprir a função de máximo 20 % de umidade, verificando se
estrutura, vedação e tráfego. Assinale a está limpa, livre de pó, gordura e partes
alternativa que apresenta um sistema de soltas, lixando as farpas e limpando a
piso genérico, considerando as camadas poeira com um pano umedecido com
do solo até o acabamento em sua (A) álcool.
sequência correta. (B) primer.
(A) Camada estrutural > Camada de contrapiso (C) cera.
> Impermeabilização > Camada de fixação > (D) aguarrás.
Camada de acabamento. (E) verniz.
(B) Camada de contrapiso > Camada estrutural
> Impermeabilização > Camada de fixação >
Camada de acabamento.
(C) Camada de contrapiso > Camada estrutural
> Camada de fixação > Impermeabilização >
Camada de acabamento.
(D) Camada estrutural > Camada de contrapiso
> Camada de fixação > Impermeabilização >
Camada de acabamento.
(E) Camada estrutural > Impermeabilização >
Camada de contrapiso > Camada de fixação
> Camada de acabamento.

49. Um fiscal de obra foi conferir se a pintura


de um posto de saúde estava sendo
executada de maneira correta. Quando
chegou ao local, verificou que o pintor
estava utilizando um rolo de espuma de
poliéster para aplicação de textura na
parte externa da edificação. Diante dessa
constatação, o responsável pela
conferência pode anotar em seus
apontamentos que
(A) a pintura em textura está sendo aplicada de
forma correta e com as ferramentas
adequadas.
(B) a pintura em textura está sendo executada
com a ferramenta equivocada. Deveria o
operário estar usando rolo de espuma rígida
para aplicação desse tipo de tinta.
(C) a pintura em textura está sendo executada
com a ferramenta equivocada. Deveria o
operário estar usando rolo de lã sintética de
cerdas baixas para aplicação desse tipo de
tinta.
(D) a pintura em textura está sendo executada
com a ferramenta equivocada. Deveria o
operário estar usando rolo de lã de carneiro
para aplicação desse tipo de tinta.
(E) a pintura em textura está sendo aplicada de
forma correta, porém o mais correto é que
aplicação de textura tivesse sendo
executada com uma trincha.

________________________________________________________________________________________________
ENGENHEIRO CIVIL 12
_______________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________
ENGENHEIRO CIVIL 13