Você está na página 1de 15

O ANARQUISMO DA COLÔNIA CECÍLIA: UMA JORNADA

DO SONHO A DESILUSÃO

ANARCHISM CECILIA'S COLOGNE: A JOURNEY OF DREAMS


DISILLUSIONMENT

Luiz Fernando Roscoche 1


1
Professor da Universidade Federal do Pará - Faculdade de Geografia – Campus de Altamira. Graduado em
Geografia pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (PR); Mestre em Turismo pela Universidade de Caxias
do Sul (RS). Email: luizfrrs@hotmail.com

Artigo recebido em 18/08/2010 e aceito em 03/06/2011

RESUMO
O presente artigo tem como objetivo traçar um panorama da Colônia Cecília desde o contexto de sua criação,
concretização até chegar os dias atuais levantando algumas problemáticas sobre o futuro incerto do patrimônio
cultural da colônia. Busca-se ainda desmistificar alguns pontos obscuros e errôneos dessa experiência que tem
sido propagados no decorrer da história. Utilizou-se para tanto, uma revisão teórica caucada em obras de cunho
científico. Ao final do artigo, elabora-se um balanço de algumas das variáveis que se considerou de maior
importância e delineia-se algumas ações que estão sendo levadas a cabo na atualidade e que poder auxiliar a
compreender o futuro do patrimônio histórico da Colônia Cecília.
Palavras chave: anarquismo, anarquia, Colônia Cecília (PR), Giovanni Rossi, Palmeira (PR)

ABSTRACT
This article aims to give an overview of the Colônia Cecília (Palmeira-PR) from the context of its creation,
implementation until the present day by raising some issues about the uncertain future of the cultural heritage of
the colony. Seeks to clarify some points still obscure and erroneous that experience that has been propagated
throughout history. It was used for both, a theoretical review cauca in works of a scientific nature. At the end of
the article, draws up a balance sheet of some of the variables that were considered most important and outlines
some actions are being undertaken at present and that can help understand the future of the historic Colônia
Cecília Cecília. .
Keywords: anarchism, anarchy, Colônia Cecília (PR), Giovanni Rossi, Palmeira (PR)

Revista de Geografia (UFPE) V. 28, No. 1, 2011. 25


ANARQUISMO E EVOLUÇÃO sem governo, como a dos indígenas, teriam
em geral, um grau infinitamente maior de
A palavra ANARQUISMO tem origem no
felicidade que aqueles que vivem sob os
termo grego ánarkhos, cujo significado é,
governos europeus. (DALARI, 2009, P.
aproximadamente, "sem governo". O
18)
anarquismo é freqüentemente apontado
como uma ideologia negadora dos valores Em 1825, teria surgido nos Estados Unidos

sociais e políticos prevalecentes no mundo uma experiência anarquista intitulada New

moderno: o Estado laico, a lei, a ordem, a Harmony, idealizada por Robert Owen

religião, a propriedade privada. (CLASSIC (KOROSUE, 2007 p. 38-39). Já em 1840,

ENCYCLOPEDIA, 2010) o Dr. Benoit Jules Mure, teria organizado

A história do termo e das primeiras uma colônia às margens da Baía de

discussões sobre o anarquismo não é Babitonga, perto da atual cidade São

recente, remota a Grécia Antiga com o Francisco do Sul (SC). E, não muito longe

filófoso Zenão (342-267 ou 270 aC), que dali, Michel Derrion, teria instalado a

argumentava que a razão poderia substituir Colônia de Palmital. Todas as experiências

a autoridade na administração dos assuntos tiveram pouco tempo de existência.

humanos. Ele acreditava que se fosse (GÜTTLER, 1994, p. 16)

permitido aos povos seguissem seus A primeira experiência anarquista de


instintos, não haveria necessidade de Giovanni Rossi
existência de leis, cortes, polícia e outros
Rossi era graduado em medicina
instrumentos de governo e controle.
veterinária pela escola de Pisa, com Pós-
(CLASSIC ENCYCLOPEDIA, 2010)
Graduação em Perúgia e passou a residir
O anarquismo se fez presente na China em
em Montescudaio (Província de Pisa) onde
600 AC, através do pensador Lao Zi e na
iniciou sua vida profissional.
Idade Média, na Europa, através de
Concomitantemente ao desenvolvimento
movimentos como a Irmandade do Espírito
de sua profissão de veterinário, em
Livre, Adamitas e Anabaptistas.
Montescudaio, Rossi publicava ensaios e
Muitos nomes defenderam a causa artigos versando sobre sua área
anarquista como Leo Tolstoi, Gerrard profissional de atuação e também outros
Winstanley, Edmund Burke, William versando sobre os ideais socialistas. Essas
Godwin, Piotr Kropotkin, Pierre-Joseph ultimas publicações, em especial sua
Proudhon e até mesmo Thomas Jefferson. participação na publicação de “Un
Este último, teria dito, que as sociedades Comune Socialista”, este foi preso e desde

Revista de Geografia (UFPE) V. 28, No. 1, 2011. 26


então foi perseguido por autoridades Rossi veicula suas ideias que recebe a
italianas. Rossi ficou tocado pelas adesão de muitos nomes do socialismo da
condições de miséria e desinformação as época. O lugar escolhido para esta
quais os colonos italianos viviam. Imersos primeira experiência seria nos arredores de
em crendices e a falta de cultura faziam Roma e teria como objetivo criar uma
dos colonos alvos fáceis de manipulação e colônia agrícola cooperativa de
exploração. Ficou impressionado ainda aproximadamente 100 hectares. Dessas
com a falta dos mais simples cuidados de discussões surge em novembro de 1887 a
higiene a sanidade, tanto pessoais quanto Associação Agrícola Cooperativa de
do trato com os animais. Cittadella, localizada em Stagno
Além de sua formação em veterinária, sua Lombardo (Cremona), a primeira tentativa
personalidade, segundo avalia Candido de de Rossi na busca da comprovação prática
Mello Neto (1998, p. 68) “sintetiza o dos ideais socialistas. Embora esta
filósofo, sociólogo e o político”, com uma experiência tenha trazido resultados
invejável capacidade de liderança e produtivos positivos, não teria atingido os
doutrinação que lhe seriam muito úteis objetivos libertários do anarquismo. Como
para seus intentos. secretario da associação, Rossi foi
Desde sua adolescência Rossi defendia o obrigado a substituir a Estatuto inicial
socialismo e a tese de que as ideias caucado na experiência de Rahaline
socialistas deveriam ser postas em prática (Irlanda), que foi gradativamente perdendo
em colônias experimentais para que se suas características originais e se tornando
pudesse verificar sua viabilidade. uma simples sociedade coletivista, longe
(MELLO NETO, 1998, p. 67) dos ideais anarquistas. Em relação a essa
No ano de 1873, Rossi, ainda com 17 anos experiência, Rossi publicaria em 1889 no
apresentou a seção Internacional a que jornal de Cremona que:
pertencia um projeto de fundação de uma
colônia socialista na Polinésia, projeto este Em geral as pessoas são
arquivado sem maiores explicações. Esse saudáveis, inteligentes e boas.
foi o primeiro, daquela que seria a São inteligentes, porém
obsessão de sua vida, a implantação de impregnadas ainda de
uma experiência de comunidade preconceitos religiosos e sociais.
anarquista. Elas possuem ainda aquele média
A partir de sua atuação em Gavardo, pelos de egoísmo mesquinho que
idos de 1883, através de suas publicações, encontramos em toda nossa

Revista de Geografia (UFPE) V. 28, No. 1, 2011. 27


geração. Socializaram o Rossi ao sair da Itália é acusado por alguns
trabalho- o que já é muito –mas companheiros de deserção ao que ele
não quiseram socializar os responde que a “acusação não tem
interesses e a convivência. fundamento, uma vez que, não
(MELLO NETO, 1998 p. 84) pertencendo a nenhum exército, não
reconhecendo nem chefe nem discípulo, os
Não sabia Rossi que analise semelhante a que escolheram a experiência comunitária
esta seria feita por ele em relação aos não podem ser considerados desertores”.
integrantes da vindoura Colônia Cecília. (FELICI, 1998, p. 4; MELLO NETO,
O sucesso material do empreendimento de 1998, p. 74).
Cittadela possibilitou a Rossi criar em No Brasil, o destino de Rossi seria o Porto
1889, um projeto de Colônia Agrícola Alegre, Rio Grande do Sul, porém, devido
chamada Unione Lavoratrice, que ganhou a problemas de saúde de alguns
a adesão de muitos colonos de Torricella, companheiros, o pequeno grupo de seis
sendo que alguns deles, mais tarde, faria pessoas (incluindo uma mulher)
parte da Colônia Cecília. Infelizmente resolveram parar e instalar a colônia
Rossi não conseguiu capital suficiente para socialista no Paraná. Ao contrário do que
dar inicio ao projeto em questão. se prega “tudo isso aconteceu sem
Após a experiência da Cittadela, Rossi nenhuma intervenção ou mesmo
teria expressado o desejo de ir para as conhecimento do Imperador Pedro II”
colônias coletivistas na América do Norte (ROSSI, 2000, p. 12)1. Cabe lembrar que
(Kaeach, na Califórnia e Sinaloa, no no momento em que os italianos
México) (ROSSI, 2000, p. 21; MELLO anarquistas chegavam ao Brasil para
NETO, 1998, p. 73-89). iniciar a instalação da Colônia Cecília,
Porém, Archille Dondelli teria oferecido das-se inicio ao nascimento da República,
convite para que Rossi implantasse sua separando Igreja e Estado e instituindo o
experiência na América do Sul. Uma das casamento civil, fatos esses que causavam
primeiras opções teria sido o Uruguai, certa efervescência literária e jornalística
porém Rossi teria desistido em função da
Revolução entre Brancos e Colorados 1
Segundo Mello Neto (1998, p. 102-103) “Não
encontramos referencia a algum contato, anterior à
(segundo teria afirmado Cherciai na Carta carta de Santa Bárbara, do anárquico [Giovanni
de Santa Bárbara). Porém, nenhum escrito Rossi] com o monarca brasileiro [Dom Pedro I].
Rossi, incorrigível detalhista, não faz qualquer
de Rossi revela a troca do Uruguai pelo alusão a isso em livros, em cartas, a familiares e
amigos ou em relatórios ao seu biógrafo de
Brasil. (MELLO NETO, 1998, p. 106). Zurique”. (grifo do autor)

Revista de Geografia (UFPE) V. 28, No. 1, 2011. 28


na época, atraindo interesse inclusive dos No dia 28 de março de 1880 o grupo de
recém-chegados, anarquistas. Outro mito, Rossi chega ao Paraná através do Porto de
seria de que os colonos anarquistas teriam Paranaguá e somente no dia 2 de abril
recebido as terras de graça. Candido de Rossi chega a “simpática cidadezinha de
Mello Neto (1998, p. 106), lembra que o Palmeira” (ROSSI, 2000, p. 37) (Figura 1).
terreno não foi doado e sim “adquirido ao
preço de L 15 (quinze liras) por hectare”,
pago em prestações pelos anarquistas.

Figura 1 - - Mapa de localização do municipio de Palmeira (PR)

Ao vistoriar o local onde se instalaria a em dúvida em razão da pouca fertilidade


Colônia Cecília e analisar a flora e fauna do solo atribuindo como causa a
local, Rossi utilizando-se de seus superabundância do azoto ou por outras
conhecimentos como agrônomo relata que razões. Acrescenta a sua analise o
o solo que ali era considerado pouco fértil, argumento de que é considerado muito
na Itália seria uma benção. Rossi se mostra fértil “um terreno solto, que apesar de

Revista de Geografia (UFPE) V. 28, No. 1, 2011. 29


muitos anos de pastos, conserva a cor recente prejuízo na colheita de milho,
avermelhada” (ROSSI, 2000, p. 38). devido a invasão de animais de destruíram
a cerca mal construída que protegia a
Giovanni Rossi, através de suas
referida plantação. (MELLO NETO, 1998,
observações, diz considerar a caça bastante
p. 148-149). Nessa época, na ausência do
farta na região. Também realiza uma
idealizador colônia que encontrava-se na
descrição da pecuária e da agricultura na
Itália, eram esquecidos ou simplesmente
região, descrevendo pormenorizadamente
afastados os princípios libertários. Ouve
os tipos e técnicas de cultivo e confessa a
inclusive a tentativa de um grupo de
profunda emoção e admiração que
impor-se e decretavam ordens e outros se
cultivava em relação as matas paranaenses.
recusavam a exercer tarefas simples e
(MELLO NETO, 1998, p. 106). Rossi diz
rotineiras (MELLO NETO, 1998, p. 154).
“ter raramente experimentado emoção tão
forte, tão profunda e duradoura como a “Em meados de junho de 1981, as sete
que sentiu quando pela primeira vez”, famílias que haviam fixado primeiro
adentrou as florestas paranaenses (MELLO anunciaram sua saída, sob o pretexto de
NETO, 1998, p. 131). reconstruir a colônia com elementos
A experiência anarquista que iniciou em menores, apoderando-se do capital social,,
1890 com pouco menos de uma dezena de que, depois, foi repartido entre eles”.
pessoas passou, teve um salto no ano (ROSSI, 2000, p. 68). Em novembro de
posterior para pouco mais de 150 pessoas. 1981, é registrada a chegada de inúmeras
Em 1890, nasce o primeiro ceciliano, famílias que podem ser classificadas em
Geiuseppe Dondelli, filho de Achille dois grupos, o primeiro deles composto
Dondelli e Cattharina Benedetti. É também por famílias que foram instigadas por
em 1890 que Rossi viaja pra Itália com o outros colonos e “fundamentalmente,
intuito de conseguir novos adeptos a atraído pela esperança de propriedade
colônia. (MELLO NETO, 1998, p. 146- individual”. Esse primeiro grupo
147). Na metade desse ano inúmeras permaneceu poucos dias na colônia
famílias deixam a colônia, sendo que duas transferindo-se na seqüência para outra
delas levaram os animais consigo e outros região. Já o segundo grupo que chegou
dirigindo-se para Curitiba. Ainda com dias depois permaneceu na colônia e
Rossi na Itália é registrada a chegada dos impulsionou os trabalhos agrícolas da
primeiros lavradores a colônia no região (MELLO NETO, 1998, p. 70).
momento em que a colônia amargava um

Revista de Geografia (UFPE) V. 28, No. 1, 2011. 30


Conforme levantamento realizado por de barris. Em dezembro de 1892 a colônia
Felici (1998, p. 56) (Figura 2) em relação a contava com exatamente 84 habitantes.
evolução da população na Colônia (MELLO NETO, 1998, p. 71). Em maio
Cecília), em 1892 a Colônia conta com de 1983, a Colônia apresentaria um
aproximadamente 40 pessoas, número este declínio que se arrastaria até o final desse
que passa a crescer no final deste ano e ano e todo o ano de 1984. Nesse período a
permanece até o inicio de 1983. No fim de população da Colônia Cecília seria em
1892 registra-se a chegada de outras média em torno de 20 habitantes (FELICI,
famílias e instala-se na ocasião, uma 1998).
oficina de calçados e outra de fabricação

Figura 2- Evolução da população da Colônia Cecília segundo Isabelle Felici.

Segundo Felici (1998, p. 13) “desde que a membros a trabalharem na construção de


colônia ultrapassa os 150 membros e que a estradas para o Estado e até mesmo Rossi
miséria se instala, esses desentendimentos em determinado momento teria ido a
se acentuam”. A miséria era uma constante Castro lecionar e trabalhar em uma
na colônia, levando muitos de seus farmácia.

Revista de Geografia (UFPE) V. 28, No. 1, 2011. 31


A entrada e saída de integrantes da no respeito a todas as partes envolvidas e
Colônia revela a instabilidade que esta na sinceridade dos sentimentos, já o
sofreu durante os anos, alguns a segundo seria mero impulso sexual. Sobre
abandonavam com medo de dividir ou este ultimo, Rossi ressalta o caso da
perder a mulher, outros com o anseio de “jovenzinha precose” que teria chegado a
adquirir sua propriedade, outros não colônia com um grupo de italianos
adaptaram-se aos trabalhos rurais por oriundos da região de Parma e que se pôs a
possuírem profissões liberais ou ligadas a namorar todos os homens da colônia, entre
setores como a industria e muitos outros eles o próprio Rossi e até homens casados.
motivos. Alguns integrantes chegaram até Fica claro que muito integrantes não se
mesmo a roubar bens e capital da Colônia afinizavam com os princípios do
quando de sua saída. Uma outra fonte de anarquismo defendidos por Rossi como a
conflitos teria sido rivalidade e os inexistência de coerção de autoridade,
ressentimentos entre os que trabalhavam amor livre, a dissolução da unidade
mais e aqueles que trabalhavam menos. familiar, a propriedade coletiva, trabalho
Até mesmo o que teria sido um dos fatores livre e a não religião. Contraditoriamente
de atração da Colônia, o amor livre, Rossi afirma que “ninguém deixou a
poucas vezes se concretizou na prática, Colônia por oposição aos princípios
ficando restrito a apenas dois casos. Um econômicos e políticos fundamentais sobre
deles envolvendo uma mulher de nome os quais se a colônia se assenta” (Rossi,
Adele e outros três homens, o 2000, p. 78). A pesquisadora Isabelle
companheiro que a acompanhou desde a Felici (1998, p. 30), no entanto, reitera que
Itália chamado Anniballe; o próprio Rossi na realidade, a dificuldade não teria sido o
e ainda o jovem Jean Géleác (FELICI, respeito aos princípios anarquistas mas sim
1998, pgs. 21-22) Anniballe convicto dos a própria instauração deles, ou seja, os
ideais anarquistas teria concebido a relação conceitos não foram postos em prática por
entre Rossi e Adele, porém, as custas de muito daqueles que viveram na colônia.
muito sofrimento pessoal. A falta de Um fato que teria exercido influencia para
mulheres na colônia também é fonte de o fim da colônia teria sido o apoio dado
reclamações entre os integrantes. pelos anarquistas aos Revolucionários
Como bem relata Mello Neto (1998, p. Margatos na Revolução Federalista.
179), Rossi procurava estabelecer uma Giovanni Rossi teria atuado como
distinção entre o que seria o amor livre e o enfermeiro nessa luta armada no Paraná.
amor “libertino”. O primeiro seria calcado

Revista de Geografia (UFPE) V. 28, No. 1, 2011. 32


Findada a experiência anarquista é “nada acrescentou a sua existência”
registrada a presença de Rossi em Curitiba (MELLO NETO, 1998, P. 227).
no ano de 1985. Rossi tenta instalar uma
destilaria em Curitiba mas vai a falência Um balanço da Colônia Cecília
como muitos outros pequenos empresários Ao responder ao questionamento de que a
da época atingidos pela crise. Ele tem Colônia teria servido a alguma coisa o
muita dificuldade em conseguir emprego próprio Rossi relembra que seu objetivo
na capital devido ao seu posicionamento não era a experimentação utopista de um
reconhecidamente anarquista como ideal, mas o estudo experimental, pautado
demonstrou em inúmeras palestras na em critérios científicos, buscando registrar
capital. (FELICI, 1998, p. 34) as atitudes humanas em relação a
No ano de 1986, Rossi já se encontrava em determinados problemas. (MELLO NETO,
Taquari no Rio Grande do Sul, onde 1998, p. 223)
lecionava em uma na Escola Superior de Em seu balanço, Rossi registra a passagem
Agricultura. (FELICI, 1998 p. 38; MELLO de trezentas pessoas que viveram na
NETO, 1998, p. 245). Nesse mesmo ano, colônia, sendo que seu tempo de
Adele deixa Curitiba onde morava com permanência bastante díspar. Segundo ele,
Annibale e seus filhos e muda-se para o essas pessoas poderiam ser classificadas
Rio Grande do Sul, junto a Rossi. Em entre operários e lavradores, pessoas da
1897 a família muda-se para Blumenau classe médio, profissionais liberais e
onde dirige então o centro agronômico de funcionários. Quanto ao nível de instrução
Rio dos Cedros e em 1904 é transferido era possível verificar a existência e
para Florianópolis. Em março de 1907 ele analfabetos até pessoas com curso
e a família embarcam para a Itália onde superior. Quanto a qualidade moral
vive até seus 83 anos, morrendo em Pisa existiram os intolerantes, os céticos, os
em janeiro de 1943. (FELICI, 1998 p. 38) benevolentes, despreocupados,
Rossi deixou a colônia Cecília no ano de supersticiosos, mansos e violentos,
1893, quando esta contava com otimistas e perniciosos, entre outros. Rossi
aproximadamente 50 habitantes. Depois da levado outras classificações que
saída de Rossi a colônia persistiria por demonstram que a população da Colônia
mais um ano, registrando-se a entrada de Cecília seria bastante diversa, fato que
algumas famílias atraídas pelo propaganda segundo ele representa “fielmente a média
feita na Europa. Todavia, o ano de 1894 da população italiana”.

Revista de Geografia (UFPE) V. 28, No. 1, 2011. 33


Todavia, essa complexa variedade anarquista. Segundo o próprio Rossi, o seu
de atores sociais faz com que seja difícil mundo anarquista “era pequeno demais e
mensurar em que nível os habitantes pobre demais para nos conceder o pão, a
estavam convictos dos ideais anarquistas garrafa de vinho, o lugar no teatro, a cama
ou que simplesmente buscavam aventura, macia, a companhia amorosa [...] (MELLO
fugir da pobreza e realizar um novo NETO, 1998 P. 237). Nessa passagem,
começo na América do Sul. Bem sabemos podemos interpretar as frustrações
que quando trabalhamos com ciências materiais, bem como ideológicas, como a
sociais não conseguimos isolar nosso incipiência do amor livre na colônia e
objeto de estudo como ocorrem com outras ainda a privação cultural a qual eram
ciências. Adiciona-se a isso o fato de que expostos os integrantes da colônia. A vida
os indivíduos que ingressaram na colônia intelectual segundo Rossi restringia-se as
Cecília vinham de um sistema capitalista conversas durante o trabalho, refeições,
vigente na Itália, fato este que como reuniões noturnas e leitura de jornais
registrou o próprio Rossi interferiu na socialistas e políticos ou se algum livro e
implantação dos preceitos anarquistas. escola para as crianças. Rossi lamenta o
Talvez, se os indivíduos nascessem dentro fato de não ter conseguido oferecer aos
do sistema anarquista seria mais fácil habitantes da colônia o acesso a instrução,
implantar o sistema anarquista porque não a musica, teatro, bailes e diversões de
haveria outro sistema para que se fizesse vários gêneros. (ROSSI, 2000, p. 76)
comparação. Na análise de Rossi, um dos maiores
Entre suas considerações Rossi relata o empecilhos para a vida anárquica “é a
fato que a população que ali viveu viveram família e dentro dela, como maior
livres de qualquer lei ou de qualquer responsável, a mulher com atrasado
autoridade, embora, reconhecesse que desenvolvimento intelectual” (MELLO
muitas faculdades anti-sociais oriundas da NETO, 1998, p. 225). Ao falar sobre esse
vida burguesa ainda estivesse presente em problema, em especial sobre a figura
muitos comportamentos dos habitantes da feminina, Rossi diz que: “as mulheres pelo
Cecília. seu atraso no desenvolvimento intelectual,
Entre as principais razões pela dissolução são energicamente conservadoras e pouco
da Colônia a pobreza em todas as suas acessíveis aos ideais de renovação humana
interfaces é um dos fatores mais representam na Cecília o egoísmo
contundentes. Essa pobreza acabava doméstico”. Segue seu relato dizendo que
afetando outras variáveis da vida as mulheres sempre competiam para tirar

Revista de Geografia (UFPE) V. 28, No. 1, 2011. 34


vantagens dos bens comuns, visando impediram que se manifestassem o que ele
beneficiar sua própria família. Tratavam chamou de "maus temperamentos"
com desdém os companheiros recém (FELICI, 1998, p. 28) que por sua vez, se
chegados considerando que esses como chocavam com os ideais anarquistas.
responsáveis pelo escasseamento dos Em meio a tantos conflitos (internos e
poucos recursos disponíveis. externos) Rossi, em seus relatos, sempre
O posicionamento de Rossi pode soar enalteceu o fato de que mesmo entre as
como uma contradição, pois se de um lado discussões mais violentas “nunca foi
defende que homens e mulheres devem ter desferido um muro sequer”, pois se isso
direitos iguais, porém, na experiência realmente tivesse acontecido teriam seus
vivida atribui um papel bastante membros se “sentido envergonhados e
depreciativo a mulher. desonrados” (ROSSI, 2000, p. 70).
Mais a frente, em seus escritos, Rossi Vergonha e desonra sentiram os
reconhece que os egoísmos ao qual se integrantes da colônia quando antigos
refere não é uma exclusividade das colonos da Cecília foram presos acusados
mulheres mas, um fator presente em de roubo em 1891. Tal fato, comprometeu
grande parte dos habitantes da colônia. a boa reputação que tinha tido até então a
Rossi analisa que esse egoísmo é oriundo Colônia Cecília (FELICI, 1998, p. 25)
da sociedade burguesa, onde, segundo ele Outro fato desagradável que abalou a
é típico daqueles camponeses “que foram imagem da colônia nas cercanias de
explorados, que sofreram muito e que de Palmeira foi a repercussão de violento
geração a geração, para não sucumbir, artigo redigido por Pierrô Colli, que
deviam fazer-se desconfiados e egoístas” atacava a procissão da padroeira e o
(MELLO NETO, 1998, p. 237). comportamento dos fiéis. Tal animosidade
Rossi em um dos seus relatos sobre a fez Colli mudar-se para a cidade de Ponta
colônia ressente-se em relação a lentidão Grossa (MELLO NETO, 1998, P. 250).
do processo de transformação Porém, tal posicionamento não era
comportamental dos colonos que defendido pelos demais integrantes da
demoravam desaparecer a mentalidade que colônia, que vivam em razoável harmonia
eles herdaram da sociedade burguesa. A com seus vizinhos, embora tenham sido
"vida em comum", "solidariedade de propagadas historias de conflitos
interesses", "a aplicação prática do constantes entre os italianos anarquistas e
conceito de liberdade" contribuíram para os poloneses que residiam nas redondezas.
transformar essa mentalidade, porém, não

Revista de Geografia (UFPE) V. 28, No. 1, 2011. 35


Sobre a contribuição dos anarquistas no experiência sentiram-se, segundo Mello
movimento operário, Felici (1998, p. 8) Neto (1998, p. 251), capazes e até mesmo
considera que essa contribuição é necessários para a propagação e dos
frequentemente exagerada, embora, Mello princípios anarquistas.
Neto (1998, p. 252), tenha identificado
documentos em Curitiba que ligavam PARA NÃO CONCLUIR
remanescentes da colônia no primeiro
Ao final da experiência, é difícil elaborar
movimento operário de protesto e
um balanço preciso. Pode-se afirmar que a
reivindicação, que teria deflagrado a greve
Colônia Cecília contribuiu para a história
de ferroviários que exigiam melhores
de Palmeira e de seus descendentes e
condições de trabalho.
influenciou o cenário nacional e até
Segundo Mello Neto (1998, p. 251) como
mesmo internacional. A experiência teve
força de propaganda para o movimento
uma significativa influência cultura através
anarquista brasileiro, a descendência da
dos livros, filmes e outros.
Colônia Cecília, não teria atingido os
Como uma experiência cientifica é
resultados desejados pelos pioneiros.
indiscutível a meticulosidade das
Segundo o autor, a colônia foi muito além
descrições de lugares, situações e até
de um fluxo migratório, pois:
mesmo das pessoas fornecidas por Rossi.
Também no aspecto quantitativo o
[...] o imigrante ceciliano não era
idealista italiano mantém seu rigor na
um emigrante comum, trazia
medida do possível. Porém, um dos
consigo, por mais humilde que
principais problemas de Rossi foi ter
fosse, uma semente de cidadania,
considerado que toda sua amostra (a
uma aspiração a mais que a
população da Colônia Cecília) era
simples vontade de vencer a
homogênea, quando sabemos que nem
miséria econômico-financeira;
todos, ou podemos até dizer, grande parte
carregava um ideal, convertido
das pessoas que por lá passaram tinham
em esperança, de transformação
pouca ou nenhuma afinidade com os ideais
social para preparar um novo
socialistas. Ainda analisando pelo prisma
mundo. (MELLO NETO, 1998, p.
cientifico o método de controle e a
251)
avaliação de sua experiência não é claro e
dá margem a interpretações extremamente
Os poucos remanescentes da colônia que
subjetivas por parte do idealizador.
permaneceram no Brasil após finalizada a

Revista de Geografia (UFPE) V. 28, No. 1, 2011. 36


Como já visto anteriormente embora se dispersa. No ano de 2010 a Associação
Felici tenha considerado como Cata-Vento e a Secretaria Municipal de
“exagerada” a ideia de que os anarquistas Educação realizaram a II Semana da
tenham contribuído bastante para a luta Colônia Cecília, com apresentação de
operária em nosso pais, Mello Neto (1998, filmes, concurso de artigos e outras
p. 252) considera que houve influencia dos atividades que tinham como tema central a
anarquistas em movimentos operários no experiência anarquista em questão.
Paraná. Felici (1998, p. 50) considera Estudos e discussões recentes como a da
outro exagero considerar Rossi como um pesquisadora Isabele Felici (1998), bem
dos anarquistas mais ativos do movimento com outros altos estudos envolvendo a
operário brasileiro do início do século, história da Cecília tem desvendado muitos
quando ele nunca participou dele. mitos, incongruências e erros que se
No que se refere a contribuição cultural da perpetuaram na história em relação a essa
Colônia Cecília, pode-se afirmar que foi experiência permitindo assim que a
vasta pois rendeu inúmeros livros, bibliografia existente se aproxime ainda
romances e até mesmo peças teatrais e mais da realidade dos fatos.
filmes. Felici (1998, p. 53) destaca, por A Prefeitura do Município de Palmeira
exemplo, o romance de Afonso Schmidt, levou a cabo no ano de 2003, o projeto
que inspirou o filme de longa metragem de turístico de uma rota rural intitulada de
Jean-Louis Comolli, La Cecilia, 1976. “Caminhos da Cecília”, da qual faziam
uma peça de teatro brasileira, Colônia parte igrejas, pesque-pagues, cantina de
Cecília, escrita por Renata Pallottini por vinho artesanal, pousada, produtores de
encomenda do governador do estado do cogumelos e produtos orgânicos, café
Paraná. Outra produção seria a musica "La colonial, entre outras atividades típicas dos
Colônia Cecília", que foi gravada pelo agricultores familiares e suas comunidades
Instituto De Martino, de Milão, em julho que ocupam esta região. Muitos desses
de 1962. Centenas de matérias em jornais e empreendimentos pertencem a
periódicos além de artigos, monografias, descendentes de anarquistas da referida
dissertações e teses no âmbito acadêmico. colônia. O projeto foi abandonando tempos
Devido a grande produção bibliográfica e mais tarde em virtude problemas de
artística muitos órgãos do município de integração entre os participantes e
Palmeira (PR) estão buscando unir principalmente por falta de infra-estrutura
esforços para centralizar e organizar toda a básica como por exemplo, a manutenção
diversificada produção que hoje encontra- das estradas. Ou os turistas se deparavam

Revista de Geografia (UFPE) V. 28, No. 1, 2011. 37


com estradas em péssimas condições ou Já no que toca as políticas públicas em
com propriedades fechadas para visitação. relação ao patrimônio da colônia Cecília,
nas ultimas gestões municipais os
Outra linha de ação está sendo levada a
responsáveis pelos departamentos de
cabo pelo professor, radialista e escritor e
turismo e cultural demonstrou-se
membro da academia paranaense letras,
favoráveis a criação de um memorial em
Arnoldo Monteiro Bach, proprietário do
homenagem a colônia, muito embora tal
Espaço Cultural Sítio Minguinho. Nesse
ideia nunca tenha sido sequer posta no
espaço, o escritor possui inúmeros espaços
papel em escala municipal ainda sobre a
como uma casa de imigrantes alemães do
temática do memorial da colônia Cecília, é
Volga; uma escola pública da Colônia
importante lembrar que a constituição do
Pugas (Palmeira), um bodega de secos e
estado do paraná trás o compromisso de
molhados (que pertencia a que pertencia a
reconstituição de parte da colônia numa
Bárbara e José Cardoso Monteiro); uma
parceria entre estado, município e
réplica de selaria (de propriedade de Hugo
comunidade, fato este que não ocorreu até
Krambeck); um Salão de Barbeiro (de
os dias de hoje.
Paulo Bach) e uma réplica de uma
O deputado estadual Péricles de Mello,
ferraria. Também foram montados os
lembrou em pronunciamento na
ambientes do trabalho rural, como o
assembleia legislativa do estado do paraná
monjolo para moer milho, a tafona (fábrica
(11/06/2007), que a constituição do paraná
de farinha de mandioca) e o barbaquá
estabelece a construção de um monumento
(onde era preparada a erva-mate). Depois
em palmeira quando a colônia cecília
de todos esses espaços, o novo projeto de
comemorasse 100 anos de história, o que,
Arnoldo é construir um espaço destinado a
segundo ele já teria ocorrido e que
Colônia Cecília.
portanto o projeto ainda não foi
concretizado. a legislação a que o
deputado se refere é o Artigo 32 que traz a
seguinte redação.
Art. 32. O Estado, em
colaboração com o Município e a
comunidade de Palmeira e sob a
coordenação da Secretaria de
Estado da Cultura, reconstituirá,
dentro de dois anos da

Revista de Geografia (UFPE) V. 28, No. 1, 2011. 38


promulgação desta Constituição, FELICI, I. A verdadeira história da
Colônia Cecília de Giovanni Rossi.
parte da Colônia Cecília, fundada
(tradução: Edilene T. Toledo; Revisão:
nesse Município, no século XIX, Sergio S. Silva). Cad. AEL, n. 8/9, 1998
disponível em
para a preservação de seus
<http://www.ifch.unicamp.br/ael/website
caracteres histórico-culturais. -ael_publicacoes/cad-8/Artigo-1-
p09.pdf> acesso em 26/04/2010.
GÜTTLER, A. C. A Colonização do Saí
Como pode ser observado, a lei não trás (1842-1844): esperança de
nenhum menção sobre o fato de que a falansterianos, expectativa de um
governo. 1994. Dissertação (Mestrado
reconstituição da referida Colônia em História) – Curso de Pós-Graduação
estivesse condicionada ao fato desta em História. Universidade Federal de
Santa Catarina. Florianópolis. 1994
completar 100 anos como disse o
KOROSUE, A.. Autogestão e relações
deputado. Com isso, pode-se perceber que
de trabalho: transformação ou
existem amarrações legais que Manutenção das condições precárias do
trabalho no Capitalismo?. 2007. 188 f.
fundamentam a construção de um
Dissertação (Mestrado em Educação) -
memorial, ou como diz a lei, a Programa de Pós- Graduação Stricto
Sensu do Centro de Ciências da
reconstituição de pelo menos parte da
Educação, da Universidade Federal de
Colônia, com vistas a preservação de seus Santa Catarina, Florianópolis, Santa
Catarina, 2007
caracteres histórico culturais.
MELLO NETO, C. O Anarquismo
REFERÊNCIAS experimental de Giovanni Rossi (De
Poggio al Maré à Colônia Cecília). 2 ed.
CLASSIC ENCYCLOPEDIA (Based Ponta Grossa: Ed. EPG, 1998
on the 11th Edition of Encyclopaedia
Britannica). Anarchism. Disponível em PARANÁ, Constituição(promulgada a 5
< de outubro de 1989). Constituição do
http://www.1911encyclopedia.org/Ana Estado do Paraná - Unidade
rchism >aceso em 26/04/2010. Federativa do Brasil. Curitiba,
Assembléia Legislativa, 1989.
CARARO, I.; FELIX. L.;
SOCHODOLAK, H. 1890- Colônia ROSSI, G.. Colônia Cecília e outras
Cecília, uma experiência anarquista no utopias (trad. e introdução Marzia
Paraná. Revista Eletrônica Lato Sensu – Terenzi Vicentini e Miguel Sanches
Ano 3, nº1, março de 2008. ISSN 1980- Neto). Curitiba: Imprensa Oficial, 2000.
6116
DALARI, D. A. Elementos de Teoria
Geral do Estado. 28ª edição. São Paulo:
Saraiva, 2009

___________________________________________________________________________

Revista de Geografia (UFPE) V. 28, No. 1, 2011. 39

Você também pode gostar