Você está na página 1de 16

Introdução

1.A EPÍSTOLA DE GÁLATAS

a)- Autor: Paulo ,o Apóstolo da liberdade.


b)- Época: cerca de 49 a 52 anos depois de Cristo, menos de 25 anos após o
ministério de Jesus Cristo.
c)- Objetivo: denunciar e corrigir os falsos ensinos que se tinham infiltrado nas
igrejas pelos judaizantes.
d)- Para quem foi escrita: para as igrejas fundadas por Paulo e Barnabé na
Galácia ,província do Império Romano.
e)- Os gálatas eram os bárbaros.

2. SEU CONTEÚDO

a)- Está epístola foi uma revolução para a igreja, alertando os crentes sobre os
judaizantes (legalismo).
b)- Foi uma circular que tinha o intuito de ser passada adiante a outras igrejas.
c)- Paulo visitou a Galácia em sua primeira viagem missionária ( AT 13:51; 14:8-20 )
e na terceira (At 18:23 ).
d)- Temas principais:
1. Salvação pela fé.
2. As bênçãos de Abraão.
3. Redenção da lei.
4. O fruto do espírito.
5. As obras da carne.
e)- É considerado um dos maiores documentos da fé e da liberdade cristã.
f)- Sua mensagem é sempre a mesma “ Fé para Salvação e Espiritualidade “.

3. PAULO, O APÓSTOLO (GL 1:1)

a)- Apóstolo vem do grego “ apóstolos” , feito de duas palavras : APO – de STELLO
– Enviar, significando delegado , embaixador, aquele que é enviado.
b)- Não da parte de homens (plural), nem de homem algum (singular), mas por
Jesus.
c)- Só Deus nos chama para o ministério.
d)- Nenhum grupo pode conceder ministério a ninguém, ele vem de Deus.
e)- Paulo não teve imposição de mãos dos outros apóstolos.
LIÇÃO 1

1. UNIDADE NA IGREJA PRIMITIVA ( GL 1:2 )

a)- Paulo não trabalhava só.


b)- Devemos aprender a trabalhar juntos em harmonia e unidade.
c)- Um reino dividido não subsiste ( LC 11:17 ).
d)- “ ... às Igrejas da Galácia “ , esta epístola estava sendo enviada para várias
igrejas da Galácia, que compreendia as cidades de Icônio, Listra ( onde Paulo foi
apedrejado ), Derbe e Antioquia, na Ásia menor.

2. GRAÇA E PAZ VINDO DE DEUS ( GL 1:3 )

a)- Graça é favor não merecido.


b)- Graça vêm de Deus, obras vêm dos homens.
c)- A paz é um produto da graça.
d)- Quando saímos da graça e tentamos pregar as obras, a primeira coisa que
perdemos é a paz.
e)- Pela graça sois salvos ( EF 2:8 ).
f)- Não podemos agradar a Deus pelas obras ( HB 11:6 ).
g)- Não é a obra que agrada a Deus, mas a fé que usamos para fazer a obra.
h)- Quando entendermos a graça, entenderemos a paz.

3. LIBERTAÇÃO ( GL 1:4 )

a)- Jesus entregou-se a si mesmo pelos nossos pecados para nos livrar do mau.
b)- Jesus tomou... E nos deu...
Maldição Benção
Pecado Redenção
Injustiça Justiça
Pobreza Riqueza
Doença Saúde
c)- Tudo isso aconteceu na cruz !
d)- Jesus nos deu todas as coisas no que diz respeito à vida ( RM 8:32 ).
e)- A vontade de Deus para nossas vidas ( II Pe 3:9 , I Jo 3:23, Jo 10:10 ).
f)- Deus não quer que ninguém sofra, não fomos criados para sofrer ( Gn 1: 27-31 ).
g)- Os que nasceram de novo, tem vida eterna e abundante, AGORA !
h)- Por duas vezes Paulo deu o plano da salvação ( V 3 e 4 ).

4. GLORIFICANDO AO SENHOR ( GL 1:5 )

a)- “... a quem seja a glória “ , Paulo glorifica ao Senhor Jesus.


b)- Devemos viver para glorificar ao Senhor.
LIÇÃO 2

1. O AFASTAMENTO DO VERDADEIRO EVANGELHO (GL 1: 6:9)

a)- Admirar no grego – THAUMAZO , maravilhoso, espantado.


b)- Paulo estava espantado com a mudança de parecer dos crentes.
c)- Outro evangelho:
HETEROS – Outro de outro tipo.
ALLOS – Outro do mesmo tipo ( Evangelho da Paz, da graça, do reino ).
Ex: Maçã e laranja = FRUTAS – Aspectos diferentes.
“ Para outro evangelho o qual não é outro ... “
“ Para HETEROS o qual não é ALLOS ... “
d)- Desertar – Abandonar, deixar, renunciar, desistir, afastar-se.
e)- Aqueles que pervertem o evangelho ( Ap 22 : 18-19 ).
f)- O Judaísmo fizera de Deus um ditador , um juiz severíssimo, que para escapar
da sua vingança, todos os homens teriam que se esforçar penosamente a serem
perfeitos observadores da lei mosaica.
g)- Os judeus estavam dizendo que a mensagem deles era somente outra forma de
evangelho.

2. ALGUMAS DEFINIÇÕES

a)- Anátema : Amaldiçoado por Deus, designa algo amaldiçoado para ser destruído.
b)- Judaísmo: Religião dos Judeus baseada na lei mosaica.
c)- Judaizantes: Judeus convertidos ao cristianismo que queriam que a Igreja
guardasse a lei.
d)- Legalismo: Idéia de que devemos colocar algo junto com a graça para obtermos
salvação.
e)- Religião: É o esforço do homem para obter a salvação, significa também
tradição ( GL 1:14 ). Religião cega o povo da verdade do evangelho.

3.PAULO DEFENDE SEU MINISTÉRIO APOSTÓLICO(GL 1:10-16)

a)- “ Não procuro agradar o homem... “ , ( v 10 ) Jo 12:49, I Co 3: 21-22 .


b)- Paulo defendendo seu ministério ( I Co 9 e II Co 10 ).
c)- Antes Paulo agradava aos homens.
d)- O evangelho não é segundo o homem ( v 11 ).
e)- Quando andamos no caminho da fé descobrimos que há muitos que são contra.
f)- Tradição (v 14 ) – pessoas religiosas e tradicionais são as mais difíceis de serem
conquistadas para Cristo.
g)- Religião vem da mente dos homens.
h)- Aqui vemos o contraste entre a religião e o evangelho.
i)- Chamada de Paulo ( v 15 ) – Jr 1:5 ; Is 49:1
j)- Não consultou carne e sangue ( v 16 ).
h)- 1. Chamada, 2 Revelação, 3. Pregação – Não pode pregar aquele que não recebe
revelação. Revelação não vem da carne e do sangue ( homem ) é espiritual ( II Co
2:14 ).

LIÇÃO 3

1. TODOS TEMOS UM CHAMADO

a)- Existe um chamado (0Ef 1.8)


b)- Todos nós temos nosso lugar no corpo, procure o seu!
c)- Todos nós temos o ministério da reconciliação (2 Co 5.18).
d)- Não podemos receber o ministério pela fé, ele vem de Deus.
e)- Não procure se promover, deixe Deus promover você.
f)- Parábola dos talentos ( Mt 25.14-29).
g)- Fomos chamados para servir ( RM 1: 1 ).
h)- Deus é quem vai desenvolver seu dom e ministério.
i)- A unção segue a chamada.
j)- Quem entra no ministério por iniciativa própria dependerá de si mesmo.
L)- Quem entra no ministério por influência de pessoas, será controlado.
m)- A única porta correta de entrada no chamado é o próprio Deus.
n)- Deus não depende do que somos ou do que temos, mas sim do que Ele pode
fazer por nós (Fl 2:13)
o)- Para termos nosso ministério reconhecido, devemos começar reconhecendo o
dos outros.

2. ATUANDO NA CHAMADA

a)- Os dons e a chamada são irrevogáveis.


b)- Quando Deus chama Ele se responsabiliza.
c)- Sempre que Ele chama, dá à pessoa chamada a compreensão do seu chamado.
d)- Há um tempo entre o chamado e a separação.
e)- Faça o que vier em tuas mãos fielmente ( Ec 9:10 ).
f)- Seja fiel no pouco, que no mundo Deus te colocará ( MT 24: 45 ).
g)- Trabalhe em unidade ( I Pe 3:8 ).

3. MANTENDO SUA CHAMADA

a)- Dependa do Espírito Santo ( Rm 8:14 ).


b)- Busque a Deus em primeiro lugar ( Mt 6:33 ).
c)- Resista ás tentações ( Tg 1: 13-15 )
d)- Resista ao diabo ( Tg 4:7 ).
e)- Ande em amor ( Ef 5:2 ).
LIÇÃO 4

1. PAULO PERMANECE LONGE DE JERUSALÉM ( GL 1:17 )

a)- “... Nem subi a Jerusalém”, Ele não consultou os líderes da Igreja, não foi para a
sede da religião.
b)- Jerusalém era o centro das atividades religiosas na época.
c)- Por vários anos Paulo permaneceu longe da igreja em Jerusalém.
d)- Paulo considera-se apóstolo igual aos outros.
e)- Paulo pregava o que conhecia e experimentava..
f)- “.... voltei outra vez para Damasco... “ – A primeira vez foi em At 9:19-22.
g)- Paulo prega nas sinagogas em Damasco e os judeus queriam matá-lo ( AT 9:20-
25 ).
h)- Esteve sob direção divina ao pregar para os gentios.

2. PAULO EM JERUSALÉM ( GL 1:18-20 )

a)- “...passados três anos subi a Jerusalém” ( v 18 ).


b)- Paulo no momento certo foi á Jerusalém para tratar da situação do judaísmo, e
estava certo de que se não tratasse essa situação certamente poderia destruir o
que estava fazendo até agora.
c)- Os discípulos tiveram medo de Paulo, não acreditando que ele fosse discípulo
( AT 9:26 ).
d)- Barnabé defende Paulo, falando da sua conversão ( At 9:27 ).
e)- Deus tem a mensagem certa em momentos delicados do nosso ministério, para
nós não destruirmos tudo !
f)- “... Não minto” ( v 20 ) – os legalistas tinham colocado dúvidas nas mentes dos
gálatas.
g)- Paulo tinha que defender sua autoridade, em amor.
h)- Seja fiel na palavra e um dia serás exaltado ( Pv 4:8 ).

3. TEMPO DE “ PROVA ” ( GL 1:21:24 )

a)- Paulo era conhecido pelas “grandes igrejas”, viajou pelas regiões da Síria e da
Cilícia ( v 21 ).
b)- Quanto mais responsável você for agora, maior responsabilidade receberá.
c)- Não exalte a sí mesmo, exalte a Palavra ( Mc 10:44 ).
d)- “ Glorificavam a Deus a respeito de mim ....” ( v 24 ) – Dê a glória para Deus !
( I Co 2:2 ).
e)- Paulo tinha uma reputação ( I Co 2:2 ).
f)- Nosso testemunho fala aos outros.
LIÇÃO 5

1. INCIDENTE EM JERUSALÉM ( GL 2:1-10 )

a)- ( v. 1 ) Paulo sobe outra vez para Jerusalém com Barnabé ( segunda viagem
missionária – At 15 ).
b)- A viagem foi devido a uma revelação, foi planejada por Deus, no tempo certo.
c)- Leva Tito, o gentio grego não circuncidado convertido ao evangelho, que fora
constrangido a circuncidar-se ( v 3 ).
d)- “... falsos irmãos” ( v 4 ) – Cuidado com os falsos irmãos.
e)- O legalismo faz escravos e tira a liberdade.
f)- Os judaizantes diziam que os cristãos deviam ter Jesus como Salvador e
guardar a lei para Deus.
g)- Hoje em dia os legalistas só mudam o que vai obedecer, não mais a lei, mais
regras e preceitos de homens.
h)- “ ... Deus não aceita aparência do homem...” ( v 6 ).
i)- “ ...pareciam ser alguma coisa, nada me acrescentaram “ ( v 6 ).

2. PROBLEMA DA CIRCUNCISÃO.
a)- Circuncisão: Cortar em roda. Sinal físico externo. Uma ordem dada a Abraão
ratificada pela lei, onde a criança judia ao oitavo dia de nascida tinha a pele do
prepúcio ( pele da parte superior do órgão sexual masculino ) cortada ( Lv 12 ).
b)- Estudando o livro de Atos capítulo 15, encontramos a questão da circuncisão no
concílio de Jerusalém.
c)- O fato da notícia da conversão dos gentios ter produzido grande alegria a
todos no Concílio, favoreceu a posição de Paulo e Barnabé naquela assembléia.
d)- Paulo fora judeu e abandonou o judaísmo por algo melhor.
e)- O concílio prepara carta às igrejas afetada pelas doutrina judaizante.
f)- Nós fomos circuncidados com a circuncisão de Cristo .

3. OS ASPECTOS MAIS IMPORTANTES DA LEI.

a)- A lei mosaica está nos cinco primeiros livros da Bíblia ( O Pentateuco ).
b)- A lei pode ser dividida em três categorias:
1. Lei Moral – Os 10 mandamentos com o propósito de mostrar ao homem
como pecador a necessidade de um salvador.
2. Sombra de Cristo ( Hb 10: 1-4 ) – Descreve como o pecado foi retirado.
3. Lei Social – Lei humana.
c)- A lei foi dada somente para Israel ( Ex 19:3 , Lv 26:46 , Rm 3:19 , 9:4 ).

4. O CRENTE NÃO ESTÁ DEBAIXO DA LEI.


a)- A lei tentou dar vida de fora para dentro, Cristo dá vida de dentro para fora
(Rm 6:14 , 8:1-2 e Ef 2:14-15 ).
b)- Hoje a lei tem significado só para o incrédulo ( I Tm 1: 9-10 )
c)- Um dia os incrédulos serão julgados pela lei ( Mt 25: 31-46 ).
d)- A lei não salva, não justifica, não dá vida, não dá o Espírito Santo e não produz
milagres.

LIÇÃO 6

1. ESPIRITUALIDADE PELA GRAÇA ( GL 2: 11-17 )

a)- Paulo pregou em Antioquia – igreja dos gentios.


b)- A sede em Jerusalém mandou Pedro para investigar.
c)- Pedro tinha conhecimento da liberdade ( At 10: 2b ).
d)- Os legalistas chegam e Pedro se separa dos gentios ( v 12 ).
e)- Pedro rejeita a liberdade por medo.
f)- Um só ato de legalismo dividiu a igreja ( v 13 ).
g)- O conflito entre Paulo e Pedro ( v. 14 ).
h)- Paulo mostra que a lei não salva ( v 16 ).
i)- Os cristãos estão mortos para a lei, sua sentença foi executada por Jesus
Cristo.
j)- Ninguém é salvo ou justificado pelas obras da lei.

2. CRUCIFICADO COM CRISTO ( Gl 2:18-20 )

a)- A lei não foi designada para dar vida ( v 19 ).


b)- Tentar alcançar a vida eterna através da lei é suicídio ( II Co 3:6 ).
c)- FOMOS crucificados com Cristo ! ( v 20 ).
d)- Não podemos mudar Deus pela fé. Tudo o que temos que fazer é aceitar pela fé
o que Ele já fez.
f)- Graça é Deus se achegando a nós e fé é nós se achegando a Ele.
g)- Cristo não morreu em vão ( v 21 ).

3. OBRAS DA LEI OU OUVINDO DA FÉ ( Gl 3: 1-5 )

a)- Insensatos – falta de senso ou razão ( v 1 ) é quase o mesmo que estúpido.


b)- A palavra fascinado quer dizer hipnotizado.
c)- Tiraram os olhos da verdade para considerar a mentira.
d)- Recebemos o Espírito através da fé e não guardando a lei ( v. 2 ).
e)- Paulo pergunta se o povo nasceu de novo no espírito pelos próprios esforços, ou
se a redenção foi um dom de Deus.
f)- Nossa fé não nos isenta de enfrentarmos provações e tribulações neste mundo
por causa da palavra ( v 4 ).
g)- Mas Deus não nos envia tribulações para testar a nossa fé.
h)- Perseguição é enviada por satanás ( Jo 16:33, Mc 4:17, Jo 10:10 , Mc 10:30 ).
LIÇÃO 7

1. A JUSTIÇA DE ABRAÃO ( GL 3:6 ).


a)- Abraão viveu e morreu antes que a lei fosse dada ( v 6 ). ( Rm 4: 1-5, Gn 15: 6 ).
b)- Abraâo não nasceu judeu, nem se tornou judeu pela circuncisão da carne, mas
após crer na aliança, com o sinal de comunhão com Deus.
c)- Gentios são os que não são judeus.
d)- Os que são da fé são filhos de Abraão ( v 7 ).
e)- Descendentes de Abraão: Natural ( Judeus ) e Espiritual ( Igreja ).
f)- Fomos abençoados como o crente Abraão ( v 9 ).
g)- Abraão foi justificado pela fé. ( v 8 ).
h)- Não sejas incrédulo, mas crente ( Jo 20:27 ).

2. O LEGALISMO HOJE.

a)- Muitos legalistas usam o texto de Dt 22:5 e I Pe 3:3-6 para combater usos e
costumes na igreja.
b)- As mulheres são as principais vítimas dos legalistas.
c)- A questão de I Pe são as prioridades, temos que dar ênfase na beleza de Cristo
em nós e não nos enfeites. Pedro não proíbe, ele está falando para não priorizar os
enfeites.
d)- Quem quiser guardar a lei deve guardá-la como um todo, são mais de 615
ordenanças e não pode falhar em nenhum senão a maldição de todas recai sobre
ele.

3. A MALDIÇÃO DA LEI.
a)- Não se pode tropeçar em nada na lei ( Tg 2:10 ).
b)- Normas de igreja não muda a vida de ninguém.
c)- Usos e costumes não separa o povo do pecado.
d)- Pecado é absoluto, usos e costumes são relativos.
e)- Pecado é pecado em qualquer parte do mundo, mas os costumes mudam.
f)- Todo aquele que está na lei está debaixo da maldição porque ninguém consegue
cumprir toda a lei, por isso permanece maldito ( v 10 ).

4. RESPEITANDO AS DIFERENÇAS.
a)- Não somos todos iguais, não temos a mesma impressão digital.
b)- Quando todos são iguais os defeitos não aparecem.
c)- Deus não dá prioridade à aparência.
d)- A manifestação do Espírito não é aprovada por conduta.

5. A LEI NÃO É DA FÉ ( GL 3 11-12 ).


a)- Não fazemos boas obras para sermos salvos, mas porque já somos salvos.
b)- Obras da lei não justificam ninguém perante Deus ( v 11 ),
c)- Obras são os meios com os quais ganhamos almas para Deus.
d)- Fomos criados em Cristo para as boas obras ( EF 2:10 ).

LIÇÃO 8

1. A GRANDE TROCA, MALDITOS NUNCA MAIS ! (GL 3:13-14 )

a)- A fim de tornar-nos o que Cristo é, Ele teve de tornar-se o que nós éramos ( v
13 ).
b)- A maldição da lei agora são as bênçãos de Abraão ( v 14 ).
c)- Cristo nos resgatou da maldição da lei.
d)- Não somos mais malditos, somos abençoados , maldição nunca mais !

2. A ALIANÇA ABRAÂMICA E NÓS ( GL 3:15,16 )

a)- Contrato estabelecido – uma vez que um contrato é assinado entre duas pessoas
daquele momento em diante aquele contrato é inalterado, sem o consentimento de
uma das partes ( v 15 ).
b)- Jesus é a semente de Abraão ( v 16 ) ( Hb 5:7-9 ).
c)- Deus já nos abençoou ( passado ).
d)- Deus cumprirá sua parte da aliança ( v 17 ).

3. A LEI, NOSSA PROFESSORA ( GL 3:21-25 )

a)- A lei não está em oposição à promessa, ela a complementa ( v 21 ).


b)- Antes que a fé viesse, estávamos na prisão guardados por um carcereiro : a lei (
v 23 ).
c)- A lei foi uma professora para nos conduzir a Cristo.
d)- Preparou-nos para receber Jesus como nosso Salvador.
e)- As razões básica pelas quais as pessoas se colocam em escravidão são: preguiça,
medo e insegurança ( v 25 ).
f)- Se a lei provesse salvação e justiça, não teria sido necessário um salvador.
g)- A lei vigorou até João Batista ( Lc 16:16 ).
h)- Somos livres para não mais pecar.

4. COMPLETOS EM CRISTO ( GL 3: 26-29 ).

a)- Somos filhos de Deus pela fé em Cristo ( v 26 ).


b)- Nós nos tornamos filhos maduros de Deus quando fomos batizados em Cristo
( v 27 )
c)- Todos somos um, Cristo não faz distinção ( v 28 ).
d)- Cristo em nós a esperança da glória !

5. NOSSA REDENÇÃO DA LEI ( GL 4: 1-5 )

a)- O Messias nasceu sob a lei ( v 1-4 ).


b)- Fomos adotados como filhos ( Ef 1:5 , Jo 1:12 ).
c)- Não somos pecadores adotados mas somos os próprios filhos de Deus !

LIÇÃO 9

1. NÃO MAIS SERVOS, MAS FILHOS ( GL 4: 6-12 ).

a)- Intimidade com o Pai ( v 6 ) .


b)- No Velho Testamento éramos servos. Moisés não era filho mas servo.
c)- Somos herdeiros de todas as promessas ( Hb 1:2 ).
d)- Se somos livres do paganismo, não podemos voltar a ser escravos ( v 8 e 9 ).
e)- Guiados pelo Espírito e não pela lei. Paulo repreende os gálatas por permitir o
legalismo judeu influenciá-los a observar o calendário judeu, ao invés de se apegar
à liberdade que foi conquistada na cruz por Cristo.
f)- “Sejam como eu sou ...” ( Gl 4: 11-12 ).

2. A ENFERMIDADE DE PAULO ( GL 4: 13 ).
a)- Não era uma enfermidade física.
b)- Espinho na carne era perseguição ( II Co 12:7 ).
c)- Paulo foi apedrejado em Listra ( At 14: 19-23 ).

3. OS FILHOS DE ABRAÃO ( GL 4:22-23 ).

a)- Ismael é uma figura de nossa velha posição sob a lei, e Isaque é o filho da
promessa, uma figura de nossa posição em graça.
b)- Ismael ( aquele que nasce da carne ) Isaque ( Aquele que nasce do Espírito ).
c)- Isso não se refere somente a um parto natural, mas também a idéias, conceitos
e programas ( v 23 ).
d)- Ismael é produto ( filho ) do raciocínio, da lógica e da imaginação.
e)- Aprenda a ouvir a voz do Espírito de Deus, não vá pela lógica.
f)- Ismael custou muito para o povo judeu até os dias de hoje ( Palestinos ).
g)- O filho da escrava fala em sermos guiados pela carne, e o filho da livre fala de
sermos guiados pelo Espírito.
h)- Homem velho ( Hagar ) e seus feitos ( Ismael ), lancemos os dois fora !
i)- Não somos filho da escrava ( Hagar ) mas da livre ( Sara ).

4. PERMANEÇA FIRME NA LIBERDADE ( GL 5:1 ).


a)- Liberdade é diferente de libertinagem.
b)- Liberdade é o estado do homem livre, confiança, familiaridade, intimidade.
c)- Devemos estar vigilantes para preservar e proteger nossa liberdade espiritual.
d)- Paulo exorta para ninguém colocar os gálatas novamente no cativeio com leis
impostas por homens.
e)- Não permita que ninguém coloque você em cativeiro.
f)- A circuncisão não salvou Abraão, ela simboliza externamente o que tinha
acontecido internamente com ele.
g)- Só Jesus cumpriu toda a lei para que não pudéssemos mais ser justificados
através dela (Mt 5:17).

LIÇÃO 10

1.A CORRIDA DA FÉ ( GL 5: 7 ).

a)- A palavra grega traduzida “ empecilho “ é exemplo das corridas gregas; refere-
se à ação de que um corredor corta o caminho de um outro, fazendo-o diminuir a
velocidade, até causar-lhe a queda.
b)- Corramos com paciência esta corrida ( Hb 12:1 ).
c)- Aquele peso é o peso da lei que não liberta, mas como o pecado, ela se revela,
realmente emaranhando-se aos pés dos corredores para causar-lhes derrota e
fracasso.

2. FERMENTO DA LEI ( GL 5: 8-9 ).

a)- Fermento nunca é usado na Bíblia como algo bom ( Mc 8:15 ).


b)- O fermento dos fariseus são seus ensinos ( regras ).
c)- Temos que tirar o fermento da massa.

3. RELIGIÃO E PAGANISMO ( GL 5: 10-12 ).

a)- Os perturbadores sofreram condenação ( v 10 ).


b)- Os judaizantes negando a redenção ( v 11 ).
c)- Não se agrada a Deus pelo Ascetismo ( abnegação ou punição física por
ferimentos ).
d)- Fomos chamados para a liberdade sem dar ocasião à carne ( v 13 ).

4. DIFERENTES SIGNIFICADOS PARA O AMOR.

a)- Devemos andar em amor ( Ef 5:2 ).


b)- Temos 3 tipos de amor no grego que são: Amor Ágape, Fileo e o amor Eros.
1. Amor Ágape, é o amor único e exclusivamente de Deus. É incondicional,
não busca seus próprios interesses, é o amor descrito em I Co 13.
2. Amor Fileo, é o amor humano, a pessoa retribui o amor na medida do amor
que recebe. Busca sempre algo em troca. Ama de acordo como é tratado.
3. Amor Eros, é o amor relacionado com a parte sensual e sexual. É um amor
apaixonado. Hoje em dia, quando se fala de amor, logo se pensa em sexo.
c)- Quem ama cumpre a lei.
d)- O amor é mais importante que a fé e a esperança ( I Co 13:13 ).
LIÇÃO 11

1. ANDANDO NO ESPÍRITO ( Gl 5: 15-18 ).


a)- Andar em espírito também é andar em amor.
b)- Paulo fala dos pecados da língua ( v 15 ).
c)- A fé opera pelo amor ( v 6 ).
d)- O Espírito de Deus nos guia e testifica ao nosso espírito ( v 16 ).
e)- Os filhos de Deus são guiados pelo seu Espírito ( Rm 8:14 ).
f)- Meditando na Palavra de Deus colocaremos sob o controle do Espírito a nossa
mente, vontade e emoções.
2. OBRAS DA CARNE ( GL 5: 19-21 )
a)- Dá-se o nome de carne à natureza humana, sem o Espírito de Deus, e dominada
pelas paixões.
b)- A carne produz resultados temporais.
c)- Toda obra produz um salário, o salário do pecado é a morte.
d)- Aqui segue uma lista parcial das obras da carne:
1. Prostituição : Relações sexuais ilícitas;
2. Adultério: Atividade sexual ilícita de um indivíduo que é casado.
3. Fornicação: Sexo ilícito com uma pessoa solteira.
4. Lascívia: Quando pensamentos imundos controlam uma pessoa – cobiça
sexual.
5. Impureza: No grego a palavra fala de prática sexual por pensamento, sem
o contato físico entre si. Impureza que corrompe a moralidade e a alma
de uma pessoa.
6. Idolatria: Adoração a qualquer coisa , seja imagens, pessoas, animais etc,
se estar tomando o lugar de Deus é idolatria porque a palavra idolatria é
adoração, e só a Deus devemos adorar.
7. Feitiçaria: Bruxaria.
8. Inimizade: É uma palavra comum para descrever separação entre
inimigos. Devemos amar aos nossos inimigos.
9. Ódio: Hostilidade pessoal contra uma pessoa.
10. Discórdia: Desacordo, um desgosto entre pessoas por causa de
diferentes opiniões.
11. Porfia: Disputas, debates, lutas, mau comportamento que resulta em
inimizades.
12. Ira: Manifestação exterior de ódio interior.
13. Dissensões: Discórdia ou desarmonia.
14. Facções: Divisão.
15. Heresia: Tudo o que é contrário à palavra de Deus.
16. Inveja: Ciúme sem alvo particular.
17. Assassinato: Derramamento de sangue inocente.
18. Bebedices: O uso excessivo de álcool.
19. Glutonarias: Excesso. É uma palavra que nos recorda que mesmo o
excesso em coisas que não são más pode ser errado. A pessoa que não
pode recusar comida não está mostrando o autodomínio que Deus exige
de nós.

e)- “... e coisas semelhantes a estas”, esta não é uma lista completa de todos os
pecados possíveis que uma pessoa pode cometer. Paulo está simplesmente dando a
diferença entre a pessoa que é governada pelo Espírito e aquela que é governada
pela carne.
f)- Deus não categoriza pecados. O conceito de graus de pecados é invenção
humana, e não de Deus.

LIÇÃO 12

1. O FRUTO DO ESPÍRITO ( GL 5:22-23 ).

a)- A carne produz obras, o espírito produ fruto.


b)- Há apenas um fruto: O Amor, os demais são manifestações do amor.
c)- Fruto é a evidência física de um poder invisível que opera por dentro.
d)- Para darmos frutos temos que estar ligados à videira ( Jo 15:1 ).
e)- 1. Raiz : Deus ; 2. Seiva : Espírito Santo ; 3. Árvore ( Oliveira ) : Jesus.
f)- Características do fruto do amor:
1. Amor – no grego “ Ágape “ significa amor divino. O amor de Deus
demonstrado a nós no seu filho Jesus Cristo.
2. Alegria – É aquele profundo senso de bem estar o qual nenhuma
circunstância pode alterar ( Ne 8:10 ).
3. Paz – Estabilidade interior, quando tudo em volta de nós está
desmoronando ou fracassando.
4. Longanimidade – Paciência, longo ânimo.
5. Benignidade – Amabilidade em direção a outros.
6. Bondade – Tratar as pessoas na graça .
7. Fidelidade – Significa dependência.
8. Mansidão – Não significa fraqueza, é alguém que não se irrita facilmente,
que sabe receber ensinamentos e correção.
9. Domínio próprio – Auto controle em todos os aspectos da vida; é resumido
por uma simples regra, temperança em todas as coisas.

2. VIDA NO ESPÍRITO ( GL 5: 24-26 ).

a)- Enquanto nós somos livres, também temos a responsabilidade de viver de


acordo com a Palavra ( v 24 ).
b)- Pecadores almejam o poder, nós almejamos o Reino de Deus ( v 26 ).
c)- Estamos no mundo mas não somos do mundo.
d)- Viver no espírito não é uma opção, é um modo de vida.

3. RESTAURANDO UM ESPÍRITO DE MANSIDÃO ( GL 6:1 )

a)- A palavra falta é “ paratona “ que às vezes traduzida como pecado. Ela significa
realmente cair em falta, lapso ou divergência, errar não intencionalmente, ou
transgressão involuntária.
b)- “ ... nós que somos espirituais, devemos restaurar “ , no grego significa “
recolocar um osso deslocado “.
c)- Alguns cristãos pensam que os seus erros e fracassos e falta de comunhão com
o Senhor não afetará diretamente a ninguém , mas isso é mentira.
d)- Quando falhamos todo o corpo sofre ( I Co 12:26 ).
e)- Quando vemos alguém cair, é fácil se tornar orgulhoso.
f)- Sete coisas que Deus aborrece ( Pv 6:16-19 ).

LIÇÃO 13

1. DIVIDINDO AS CARGAS ( GL 6: 2-5 ).

a)- Esta é a lei, que devemos amar nosso Deus com todo nosso coração e ao próximo
como a si mesmo ( v 2 ).
b)- Paulo fala de auto-exaltação e não de auto-depreciação ( v 3 ).
c)- Deus nos confia a tarefa de nos examinar na luz da lei do amor.

2. COMPARTILHANDO AS COISAS BOAS ( GL 6:6 ).

a)- “...Faça participante...” significa “ Koinonia” ( comunidade ou amizade ).


b)- Paulo está ensinando sobre comunidade ( vida compartilhada ).
c)- Em Cristo somos um, dividimos juntos uma fé comum, uma herança e
compromisso comum.

3. SEMEAR E COLHER ( GL 6: 7-8 )

a)- Lei ou princípio ? ( v 7 ).


b)- O princípio existiu muito antes da lei.
c)- O dízimo já existia antes da lei.
d)- O princípio de semear está em toda bíblia – quem semeia colhe.
e)- Se não desanimarmos ( v 9 ).
1. Para semearmos e colhermos temos que atentarmos para os princípios da
semeadura, temos que ter a semente ( palavra ), terra ( nosso coração ) e
água (Espírito Santo ).

2. A semente em um bom solo nunca produzirá se o semeador desistir por


causa das dificuldades trazidas pelo inimigo, como pragas e ervas
daninhas.
3. Não há colheita sem semeadura.
4. Nós plantamos e Deus dá o crescimento.

5. ENCERRAMENTO.

a)- Faça o bem a todos ( v 10 ) – principalmente os da família da fé.


b)- Que grandes letras ( v 11 ) – Ênfase aos seus escritos.
c)- Crucificado para o mundo e o mundo para ele ( v 12-14 ).
d)- Uma nova regra ( v 15-16 ) – importa que somos novas criaturas,
e)- Sem mais problemas ( v 17 ).
f)- A benção ( v 18 ).