Você está na página 1de 7

Conheça a Antártica, o

continente gelado em que não


existem países
Veja curiosidades legais sobre as geleiras do Polo Sul

A Antártica é cheia de pinguins e baleias, mas não tem muita gente por lá

Pense em um lugar muito frio. Muito mesmo. Agora, imagine gelo cobrindo a terra, um
mar cheio de icebergs, ventos fortíssimos, paisagens e bichos incríveis. Pronto: você
pensou na Antártida, o local mais frio da Terra!

A Antártida ou Antártica (os dois nomes são certos) fica no Pólo Sul e é formada por
terras quase totalmente cobertas de gelo. Por lá, há regiões em que a camada de gelo
chega a 4.800 metros de espessura e é tão pesada que certas áreas afundaram e estão
abaixo do nível do mar.
O continente fica bem no Polo Sul

Frio e ventania

No litoral é um pouco menos frio. No interior a temperatura média no verão fica em


torno de -32 graus e no inverno perto de -65 graus. Mas os termômetros já marcaram
-89,2 graus Celsius, a temperatura mais baixa registrada no planeta. Além de ser o mais
frio, a Antártida é o continente com mais ventos. Sem encontrar obstáculos nos campos
de gelo e neve, eles podem alcançar mais de 150 quilômetros por hora!

Por que é gelado?

A Terra está inclinada em relação ao Sol, por isso os raios solares não chegam aos pólos
tão diretamente quanto na região do Equador. Para completar, o gelo reflete esses raios,
devolvendo parte do calor.

O Ártico (que fica no norte da Terra) é menos frio do que a Antártida porque é formado
por água do mar congelada. Essa água armazena mais calor no verão do que o solo que
está sob o gelo na Antártida.
Por causa da inclinação, os raios do Sol não chegam com força total ao Polo Sul

Bicharada no gelo

Vários animais vivem na Antártida. O oceano que fica em volta do continente é rico em
nutrientes, que são trazidos pelas correntezas. Além disso, a luz dos longos dias do verão
ajuda o desenvolvimento de vegetais aquáticos. Esses nutrientes e vegetais alimentam
bichinhos como o krill, um crustáceo bem pequeno que serve de comida para baleias,
focas, pingüins e peixes. No inverno, entre abril e setembro, muitos bichos migram para
outras regiões para fugir do frio intenso.
O filhote de foca costuma ser bem curioso!

Gelo por todo lado

Cerca de 70% da água doce do planeta está congelada na Antártida e aparece em forma
de geleiras, também chamadas de glaciares. Esses enormes blocos de gelo se formam
pelo depósito de neve. Com o tempo, o peso dos montes de neve de cima comprime a
neve que está embaixo e ela se transforma em gelo.

As geleiras deslizam lentamente na direção do mar e podem avançar sobre ele, criando
plataformas que parecem pontes, com centenas de quilômetros.

Alguns pedaços se soltam e formam os icebergs, blocos de gelo imensos que flutuam no
oceano. Há também o gelo marinho, que cerca o continente principalmente durante o
inverno.

Se todo o gelo da região derretesse, o nível do mar poderia subir cerca de 60 metros,
cobrindo o litoral de vários países.

Debaixo d’água

No fundo do mar, vivem seres diferentes, como estrelas-do-mar de até 50 braços e cerca
de 100 espécies de peixes que só existem lá.

Para não morrer de frio no inverno, muitos animais marinhos têm substâncias especiais
no sangue para impedir seu congelamento.
Um polvo navega pelas águas profundas e geladas do mar Glacial Antártico

Disfarce colorido

O bicho mais famoso da região é o pinguim, uma ave adaptada para viver na água.
Usando as asas como remos, ele nada rapidamente e faz mergulhos bem profundos. Para
se proteger do frio, o pinguim tem bastante gordura sob a pele e uma grossa camada de
penas. Elas são cobertas por um óleo que não deixa a água penetrar, mantendo o animal
aquecido.

Quando eles nadam, as cores enganam os predadores. Se forem vistos de cima, o preto
das costas se confunde com a água escura. Vistos de baixo, o branco da barriga se
disfarça na claridade. Mas um dos maiores inimigos dos pinguins não cai nesse truque. É
um pássaro chamado skua, que ataca seus ovos e filhotes. No inverno, o skua foge do frio
e viaja até o Ártico, no lado oposto da Terra.
Grupo de pinguins descansa ao sol

Você sabia que...

 A Antártida é o único continente sem habitantes nativos e que não pertence a um


país? Um acordo internacional permite só a instalação de centros de pesquisa por
lá.
 Só no século 19 se descobriu que havia mesmo um continente lá?
 Em 1911, o norueguês Roald Amundsen foi o primeiro aventureiro a chegar ao
Polo Sul?

Ficha do continente

 Localização: Polo Sul do planeta


 Área: 14.108.000 km2
 Altitude: quase 3 mil metros
 Temperatura média: -23ºC (janeiro) e -76ºC (julho)
 Descoberta em: 1911, pelo norueguês Roald Amundsen
 Países: existem 26 países que possuem bases de pesquisa científica no
continente: África do Sul, Alemanha, Argentina, Austrália, Brasil, Bulgária, Chile,
China, Coréia do Sul, Equador, Espanha, EUA, Federação Russa, Finlândia, França,
Índia, Itália, Japão, Noruega, Nova Zelândia, Peru, Polônia, Reino Unido, Suécia,
Ucrânia e Uruguai.
Focas comem peixe!

Consultoria: Luiz Alexandre Schuch (coordenador do Núcleo Antártico da Universidade


Federal de Santa Maria - RS).

http://www.recreio.com.br/licao-de-casa/antartica