Você está na página 1de 22

ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 1

PROFESSOR DE EDUCACAO FISICA C. E. HERBERT DE SOUZA


BLOCO UNICO - ANDAR 3 - SALA 20 CADEIRA: 013
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR RG 130499627 IFP RJ

LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES NESTA PÁGINA

* Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) Caderno de Questões com o enunciado das questões da
prova objetiva. b) Folha de Respostas destinada às respostas das questões da prova objetiva.
* É responsabilidade do candidato certificar-se de que recebeu a prova correspondente (verifique o
cabeçalho do Caderno de Questões). Notifique o fiscal qualquer irregularidade.

FOLHEAR O CADERNO DE QUESTÕES ANTES DO INÍCIO DA PROVA IMPLICA NA ELIMINAÇÃO DO


CANDIDATO. SOMENTE APÓS AUTORIZADO O INÍCIO DA PROVA, VERIFIQUE SE ESTE CADERNO DE
QUESTÕES ESTÁ COMPLETO E EM ORDEM. NOTIFIQUE O FISCAL QUALQUER IRREGULARIDADE
IMEDIATAMENTE.
* Verifique se as informações contidas na Folha de Respostas estão corretas. Caso contrário, notifique o
fiscal.
* Não esqueça de assinar seu nome, com caneta esferográfica de tinta na cor preta ou azul, no espaço
próprio da Folha de Respostas.
* O candidato deverá assinalar as respostas das questões da “Prova Objetiva” na “Folha de Respostas”,
preenchendo os alvéolos com caneta esferográfica transparente, de tinta azul ou preta. Será de inteira
responsabilidade do candidato os prejuízos advindos de marcações feitas incorretamente na Folha de
Respostas (dupla marcação, marcação rasurada, marcação emendada, falta de marcação e campo de
marcação não preenchido integralmente).
* Tenha muito cuidado com a Folha de Respostas para não DOBRAR, AMASSAR ou MANCHAR. A Folha de
Respostas somente poderá ser substituída caso esteja danificada em suas margens superior ou inferior
– BARRA DE RECONHECIMENTO PARA LEITURA ÓTICA.
* Ao candidato somente será permitido levar o Caderno de Questões da Prova Objetiva 2 (duas) horas
antes do horário previsto para o término da prova.
* Não é permitido o uso de: (Edital 9.15):
* a) aparelhos eletrônicos, tais como telefones celulares, smartphones, tablets, iPod®, gravadores,
pendrive, mp3 player, similares e fones de ouvido; b) qualquer receptor ou transmissor de dados e
mensagens, tal como bipe, notebook, palmtop, Walkman® e similares; d) agendas eletrônicas ou
similares; e) máquina fotográfica, máquina de calcular; f) controle de alarme; g) relógio de qualquer
espécie; h) óculos escuros; i) protetor auricular; h) lápis, lapiseira/grafite, marca-texto, caneta
esferográfica que não seja transparente; k) borracha; l) acessórios de chapelaria, tais como chapéu,
boné, gorro etc.
* Será eliminado do concurso o candidato que (Edital 9.20): e) fizer anotação de informações relativas às
suas respostas em qualquer outro meio, que não os permitidos;
* Itens do Edital: 9.16. O INSTITUTO ACESSO recomenda que o candidato não leve nenhum dos objetos
ou equipamentos proibidos e não permitidos neste Edital. Caso seja necessário o candidato portar
alguns desses objetos, estes deverão ser obrigatoriamente acondicionados em envelope de guarda de
pertences fornecidos exclusivamente pelo INSTITUTO ACESSO.
* O envelope de guarda de pertences, devidamente lacrado pelo candidato deverá ser mantido embaixo
da carteira até o término de sua prova. O envelope de guarda de pertences só deverá ser deslacrado
fora do local de prova.
* Em caso de telefones celulares, smartphones, o candidato deverá retirar a bateria ou desligar o
aparelho antes do acondicionamento no envelope, garantindo, assim, que nenhum som será emitido,
inclusive do despertador caso esteja ativado.
* Quando terminar, entregue obrigatoriamente ao fiscal a Folha de Respostas. NÃO DEIXE DE ASSINAR A
LISTA DE PRESENÇA.
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 2
LÍNGUA PORTUGUESA
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 3

1ª QUESTÃO

Assinale a alternativa em que a palavra exerça, no texto, papel adjetivo.

a) interior (linha 65)


b) muitos (linha 11)
c) tudo (linha 1)
d) outros (linha 18)
e) literatura (linha 3)

2ª QUESTÃO

Assinale a alternativa em que a palavra, no texto, NÃO exerça papel anafórico.

a) Tais (linha 8)
b) esta (linha 51)
c) essa (linha 19)
d) aqui (linha 11)
e) essa (linha 35)
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 4
3ª QUESTÃO

Mas não há dúvida quanto ao papel fundamental que o ensino de literatura nas universidades e
escolas desempenha em sua constituição. (linhas 3 e 4)

Assinale a alternativa em que, alterando-se a estrutura do segmento sublinhado no trecho acima,


tenha-se mantido a correção gramatical. Não leve em consideração possíveis alterações de
sentido.

a) Mas não hão de haver dúvidas...


b) Mas não devem haver dúvidas...
c) Mas não hão de existir dúvidas...
d) Mas não houveram dúvidas...
e) Mas não pode existir dúvidas...

4ª QUESTÃO

Na Uerj, 50% das vagas são reservadas para alunos de escolas públicas do estado, tendo sido esta
universidade a pioneira do regime de cotas raciais e sociais no Brasil. (linhas 50 a 52)

No trecho acima, foi realizada a concordância correta no trecho sublinhado. Assinale a alternativa
em que isso igualmente tenha ocorrido.

a) Era esperado que 1,37 milhão comparecesse.


b) Nunca saberíamos se ele alcançaria sequer 0,8 pontos.
c) Não se saberia dizer se havia chegado 10% dos convidados.
d) Não se iniciaria a sessão sem que estivessem presentes 1/6 dos convidados.
e) Somente 0,96% desejavam a mudança.

5ª QUESTÃO

Tais instituições não são refratárias ao momento político e social em que estão inseridas. (linha 8)

Assinale a alternativa em que a alteração do segmento sublinhado no período acima tenha sido
feita de acordo com a norma culta. Não leve em consideração as mudanças de sentido.

a) em que se imiscuem.
b) a que almejam.
c) que necessitam.
d) que visam.
e) de que lembram.

6ª QUESTÃO

Na linha 16, idílico só NÃO poderia, sob pena de grave alteração de sentido, ser substituído por

a) utópico.
b) idealizado.
c) devaneante.
d) fantasioso.
e) puro.
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 5
7ª QUESTÃO

Com base na leitura do texto e possíveis inferências, analise as afirmativas a seguir:

I. A escola vem passando por mudanças em relação ao tratamento e à eleição de cânones


literários, encontrando-se num estágio ainda intermediário dessa mudança, por não ter
abandonado estudos que poderiam ser considerados impróprios ao mundo contemporâneo.

II. Com a mudança de paradigmas provocada pelas exigências de leituras pelas Universidades em
seus processos vestibulares, os professores de Ensino Médio têm de se adaptar a essa nova
abordagem da história da literatura no Brasil, o que implica reaprendizado.

III. A mudança de leituras selecionadas abre a oportunidade para que os educadores


redimensionem o lugar da literatura e do fazer literário. Com esse cenário, as obras lidas e os
estudos literários mais se aproximam da realidade dos educandos.

Assinale

a) se todas as afirmativas estiverem corretas.


b) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas.
c) se nenhuma afirmativa estiver correta.
d) se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas.
e) se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas.

8ª QUESTÃO

Se essa tentativa de diálogo com a instituição canônica por excelência da literatura brasileira não
teve êxito (Conceição recebeu apenas um voto), sua presença nos estudos literários veio para
ficar: a universidade de Passo Fundo indica a seus candidatos a leitura dos contos de Olhos
d’água, e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul incluiu em sua lista de leituras obrigatórias
o romance Ponciá Vicêncio. (linhas 34 a 39)

Em relação ao segmento imediatamente anterior, o trecho entre parênteses, sublinhado no


excerto acima, introduz uma

a) exemplificação.
b) explicação.
c) especificação.
d) enumeração.
e) explicitação.
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 6
9ª QUESTÃO

Ainda não cancelaram José de Alencar – escritor que defendeu publicamente a escravidão e
organizou um retrato idílico das populações indígenas conveniente ao Estado imperial de sua
época – mas os homens brancos do passado já têm de abrir espaço não só a outros homens, mas
também a mulheres pretas, do passado e do presente. (linhas 15 a 18)

Assinale a alternativa em que se apresente pontuação igualmente correta para o período acima.

a) Ainda não cancelaram José de Alencar (escritor que defendeu publicamente a escravidão e
organizou um retrato idílico das populações indígenas conveniente ao Estado imperial de sua
época); mas os homens brancos do passado já têm de abrir espaço, não só a outros homens
mas também a mulheres pretas, do passado e do presente.
b) Ainda não cancelaram José de Alencar, escritor que defendeu publicamente a escravidão e
organizou um retrato idílico das populações indígenas conveniente ao Estado imperial de sua
época; mas os homens brancos do passado já têm de abrir espaço não só a outros homens
mas também a mulheres pretas do passado e do presente.
c) Ainda não cancelaram José de Alencar – escritor que defendeu publicamente a escravidão e
organizou um retrato idílico das populações indígenas conveniente ao Estado imperial de sua
época, mas os homens brancos do passado já têm de abrir espaço não só a outros homens
mas também a mulheres pretas do passado e do presente.
d) Ainda não cancelaram José de Alencar – escritor que defendeu publicamente a escravidão e
organizou um retrato idílico das populações indígenas conveniente ao Estado imperial de sua
época –, mas os homens brancos do passado já têm de abrir espaço não só a outros homens,
mas também a mulheres pretas, do passado e do presente.
e) Ainda não cancelaram José de Alencar, escritor que defendeu publicamente a escravidão e
organizou um retrato idílico das populações indígenas conveniente ao Estado imperial de sua
época – mas os homens brancos do passado já têm de abrir espaço não só a outros homens
mas também a mulheres pretas, do passado e do presente.

10ª QUESTÃO

Assinale a alternativa em que a palavra tenha sido formada por composição, e não derivação.

a) pós-colonial (linha 67)


b) abolicionista (linha 44)
c) misoginia (linha 67)
d) distópico (linha 53)
e) professora (linha 32)

11ª QUESTÃO

Para comprovar a ideia central do texto, o autor se vale, mormente, de

a) referências a instituições de autoridade.


b) dialéticas entre os cânones.
c) dados estatísticos crescentes.
d) narrativas de vida, passadas e contemporâneas.
e) exemplificações factuais
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 7
12ª QUESTÃO

Assinale a alternativa em que NÃO se tenha indicado caso de aposto presente no texto.

a) Chimamanda Nzozie Adichie (linha 66)


b) conjunto de livros considerados referências de uma época ou cultura (linha 2)
c) do passado e do presente (linha 18)
d) escritor que defendeu publicamente a escravidão e organizou um retrato idílico das
populações indígenas conveniente ao Estado imperial de sua época (linhas 15 a 17)
e) disco do grupo de rap paulista Racionais MC’s (linhas 12 e 13)
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 8
CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS

13ª QUESTÃO

Sabe-se hoje que nem aluno, nem professor devem ter papel de destaque na relação pedagógica,
mas que o foco dos processos pedagógicos deve se voltar para a interação entre ambos.

(Quino. Mafalda)

Na tirinha acima, caracteriza-se uma determinada relação professor-aluno. Essa relação se dá com
base na ideia de que o processo pedagógico praticado pela professora deve

a) popularizar os conteúdos curriculares para que esses sejam promotores de autonomia aos
estudantes.
b) considerar os conteúdos experienciais dos estudantes a fim de garantir um currículo
emancipador e libertador dos sujeitos.
c) emancipar os sujeitos que aprendem, com autonomia e possibilidades de aprendizagens
múltiplas.
d) seguir uma programação curricular prévia, independente das aprendizagens e conhecimentos
prévios dos estudantes.
e) buscar os interesses de leitura e escrita dos estudantes, aproximando-os de suas experiências
pessoais.
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 9
14ª QUESTÃO

Em tempos de pandemia, por conta da covid-19, nunca foi tão importante pensar sobre a função
social da escola. Com os estudantes afastados das escolas, revelam-se, com força, as
desigualdades sociais de nosso país e enfatiza-se o lugar de destaque das escolas públicas para
as classes populares.

Em relação ao lugar que a escola ocupa na vida das pessoas, analise as afirmativas a seguir:

I. A cultura, que nos identifica e nos dá lugar nesse mundo, é parte significativa da escola, como
espaço de circulação de diferentes expressões culturais.

II. A escrita é uma experiência escolar determinante, na qual colocar em ordem o pensamento é
um exercício escolar que determina o sentido próprio da escola.

III. A diferença é condição de uma formação escolar que prima pela homogeneização dos tempos
e ritmos de aprendizagem, condição para a escolaridade.

Assinale

a) se nenhuma afirmativa estiver correta.


b) se todas as afirmativas estiverem corretas.
c) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.
d) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
e) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.

15ª QUESTÃO

No texto das Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica, afirma-se: “...tendo como base
o teor do artigo 27 da LDB, pode-se entender que o processo didático em que se realizam as
aprendizagens fundamenta-se na diretriz que assim delimita o conhecimento para o conjunto de
atividades”.

Sendo assim, o documento assinala que os conteúdos curriculares da Educação Básica


observarão, ainda, as seguintes diretrizes:

I. a difusão de valores fundamentais ao interesse social, aos direitos e deveres dos cidadãos, de
respeito ao bem comum e à ordem democrática;

II. consideração das condições de escolaridade dos estudantes em cada estabelecimento;

III. orientação para o trabalho.

Analise os itens acima e assinale

a) se somente os itens II e III estiverem corretos.


b) se somente os itens I e II estiverem corretos.
c) se todos os itens estiverem corretos.
d) se somente os itens I e III estiverem corretos

e) se nenhum item estiver correto


ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 10
16ª QUESTÃO

Em relação à obrigatoriedade de permanência do estudante na escola, principalmente no Ensino


Fundamental, há, na Lei 9.394/96, exigências que se centram nas relações entre a escola, os pais
ou responsáveis, e a comunidade, de tal modo que a escola e os sistemas de ensino se tornam
responsáveis pelos itens listados nas alternativas a seguir, À EXCEÇÃO DE UMA. Assinale-a.

a) articular-se com as famílias e a comunidade, criando processos de integração da sociedade


com a escola
b) informar os pais e responsáveis sobre a frequência e o rendimento dos estudantes, bem como
sobre a execução de sua proposta pedagógica
c) zelar, junto aos pais ou responsáveis, pela frequência à escola
d) articular-se com o Estado para notificar processos de violência nas dependências da escola
e) notificar ao Conselho Tutelar do Município, ao juiz competente da Comarca e ao respectivo
representante do Ministério Público a relação dos estudantes que apresentem quantidade de
faltas acima de cinquenta por cento do percentual permitido em lei

17ª QUESTÃO

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), em seu Capítulo IV, que versa sobre o Direito à
Educação, à Cultura, ao Esporte e ao Lazer, ao assinalar o direito à educação, visando ao pleno
desenvolvimento, preparo para o exercício da cidadania e qualificação para o trabalho das
crianças e dos jovens, assegura-lhes

( ) que haja diversidade de condições para o acesso e permanência na escola;


( ) direito de contestar critérios avaliativos, podendo recorrer às instâncias escolares
superiores;
( ) o acesso gratuito à escola, mesmo que distante de sua residência.

Com relação ao direito à educação, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa.

Assinale a alternativa que apresente a ordem correta, de cima para abaixo.

a) V – V – F
b) V – F – F
c) F – V – F
d) F – F – V
e) F – V – V
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 11
18ª QUESTÃO

As tecnologias digitais têm ocupado um papel central nas profundas mudanças experimentadas
em todos os aspectos da vida social. As Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) têm tido
um papel fundamental no ensino remoto, diante da impossibilidade de aulas presenciais, no
contexto da Pandemia por coronavírus.

O uso dessas tecnologias tem sido um desafio para professores e estudantes. As aulas remotas
têm acontecido por meio de diferentes plataformas e redes sociais, tais como Facebook, Youtube,
Zoom, Google Meet, Stream Yard.

Os conceitos de ensino remoto, educação on-line e educação a distância são distintos. Por ensino
remoto, é correto compreender

a) uma modalidade educacional que possui metodologia própria, que abrange conteúdos,
atividades e todo um design adequado às características das áreas dos conhecimentos gerais
e específicos.
b) um conjunto complexo de atividades que ocorrem entre membros de um sistema social em
diferentes dimensões, desde a interpessoal à internacional.
c) as aulas que ocorrem num tempo síncrono com videoaula, aula expositiva por sistema de
webconferência; atividades seguem durante a semana no espaço de um ambiente virtual de
aprendizagem (AVA) de forma assíncrona
d) aulas que acontecem em programas de relacionamento como Instagram, Twitter, Whatsapp
entre sujeitos de diferentes grupos sociais.
e) plataformas virtuais relacionadas à tecnologia e utilizadas para a criação e desenvolvimento
de ferramentas ou sistemas utilizados no espaço on-line.

19ª QUESTÃO

As concepções de metodologia de ensino são as mais variadas. Existem relacionadas com


questões epistêmicas das teorias que lhes embasam.

O construtivismo não é um método de ensino, mas pode-se dizer que é uma teoria que
fundamenta algumas formas de trabalhar na educação. Uma delas pode ser o
sociointeracionismo.

O sociointeracionismo se caracteriza por referir-se

a) à ideia de que a única fonte de conhecimento do ser humano é adquirida pela experiência
resultante das percepções sensoriais do indivíduo.
b) ao desenvolvimento cognitivo que se dá com base na assimilação e acomodação, resultando
em novos esquemas mentais, provocando o conhecimento que acontece a partir de
experiências individuais.
c) à aprendizagem, que deve se dar a partir de um conhecimento prévio, dando, assim,
significado ao processo ou gerando aprendizagens significativas para os sujeitos.
d) à aprendizagem como resultado de associação de estímulos e respostas e que o
comportamento pode ser moldado a partir desses estímulos ambientais.
e) à natureza como mediadora das funções psicológicas mais complexas e por ter como
pressupostos básicos a ideia de que o ser humano se constitui na sua relação com o outro no
meio social.
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 12
20ª QUESTÃO

Para assegurar o acesso ao Ensino Fundamental, como direito público subjetivo, no seu artigo 5º,
a LDB instituiu medidas que se interpenetram ou complementam, estabelecendo que, para exigir
o cumprimento pelo Estado desse ensino obrigatório, qualquer cidadão, grupo de cidadãos,
associação comunitária, organização sindical, entidade de classe ou outra legalmente constituída
e, ainda, o Ministério Público, podem acionar o poder público. Essa medida se complementa com a
obrigatoriedade atribuída aos Estados e aos Municípios, em regime de colaboração, e com a
assistência da União, de recensear a população em idade escolar para o Ensino Fundamental, e
os jovens e adultos que a ele não tiveram acesso, para que seja efetuada a chamada pública
correspondente.

Quanto à família, os pais ou responsáveis são obrigados a matricular a criança no Ensino


Fundamental, a partir da idade de

a) cinco anos e meio.


b) seis anos e meio.
c) seis anos.
d) quatro anos.
e) sete anos.

21ª QUESTÃO

Todo ensino implica um planejamento. Mas nem sempre ouvimos falar do planejamento da
avaliação, compreendendo-a como parte separada do processo de ensino. Para que a avaliação
aconteça de forma sistematizada e planejada, é preciso decidir quais instrumentos de
acompanhamento do processo são adequados para os conteúdos que se está a trabalhar.

A ideia de avaliação como acompanhamento do processo de ensino e aprendizagem se encontra


na concepção de uma avaliação

a) somativa.
b) de desempenho.
c) formativa.
d) emancipatória.
e) diagnóstica.

22ª QUESTÃO

O currículo pode ser analisado com um vasto campo de estudos que se relaciona com as práticas,
as políticas e é permeado por diferentes concepções e perspectivas.

Quando nos referimos às práticas cotidianas nas salas de aula, podemos dizer que estamos com o
foco no currículo praticado, em ação.

Em relação ao currículo praticado, as alternativas a seguir apresentam afirmativas verdadeiras, À


EXCEÇÃO DE UMA. Assinale-a

a) As aulas ocorrem no pátio, nas varandas, e, com isso, os estudantes criam diferentes
possibilidades de compreensão dos conteúdos de matemática.
b) O currículo prescrito embasa os Projetos Político-Pedagógicos das escolas, que embasam os
planejamentos dos professores para suas aulas diárias.
c) A aula segue seu ritmo normal: alguns conteúdos são trabalhados com mais tranquilidade,
outros exigem mais intervenções por parte da professora
d) O currículo acontece a todo instante, sem pressa e, às vezes, inesperadamente, seja nas salas
de aula, seja nos demais espaços da escola.
e) A professora desenvolve atividades a partir do planejamento com base nas Diretrizes
Curriculares Nacionais.
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 13
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 14
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

23ª QUESTÃO

No final da década de 1970 e início de 1980, começa a surgir um conjunto de ideias denominado
Promoção da Saúde. A elaboração da Declaração de Alma-Ata foi um marco nesse processo.
Assinale a alternativa que aponte o tipo de cuidado inserido nesse documento.

a) secundário
b) terciário
c) quaternário
d) quinário
e) primário

24ª QUESTÃO

Em conversa com outros professores durante o intervalo, Haroldo teceu alguns comentários sobre
suas aulas de capoeira com turmas do oitavo ano de escolaridade:

“Para instigar o debate, lancei algumas questões para os alunos: o que sabem sobre a presença
do negro no Brasil? O que sabem sobre a África? Como vocês acham que são as pessoas de lá e
como vivem? Os poucos que responderam disseram que a escravidão foi uma coisa muito ruim e
que pensam na África como um lugar bem pobre e miserável. Fui trazendo informações sobre o
continente, destacando a riqueza da diversidade dos povos e mostrei imagens com as crueldades
do colonizador. Li, também, o trecho de uma música que ressalta os traços de resistência e luta
na história dos negros à exploração. Os estudantes ficaram indignados com a falta de
humanidade e surpresos com a força dos explorados”. (Trecho extraído e adaptado de Neira, M. G. Educação
Física Cultural: inspiração e prática pedagógica. Paco Editorial, 2019, p.50).

Marcos Garcia Neira sugere que as aulas de Educação Física sejam multiculturalmente orientadas.
O autor afirma que “quando as situações didáticas ampliam o leque de oportunidades de acesso a
vários significados e proporcionam uma participação mais equitativa, constata-se um princípio do
currículo cultural”.

Ao considerar o depoimento do professor Haroldo, as reflexões de Neira e os estudos, as


produções e os debates feitos na área, assinale a alternativa que apresente o princípio do
currículo cultural que aponta “as condições para o diálogo entre culturas, convivência e partilha
coletiva com o diferente, questionando a existência de culturas particulares autênticas”.

a) Ressignificação
b) Mapeamento
c) Ancoragem Social do Conteúdos
d) Descolonização do currículo
e) Tematização
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 15
25ª QUESTÃO

Na tentativa de sistematizar algumas ideias e pressupostos acerca de concepções e práticas do


esporte, Marco Paulo Stigger debate com alguns autores no seu livro “Educação Física, Esporte e
Diversidade”. Entre os especialistas e os estudiosos do fenômeno esportivo contemplados no
texto por Stigger, está Allen Guttmann, que fez uma pesquisa e apresentou algumas
características que diferenciam o esporte moderno de atividades similares praticadas em outros
momentos históricos.

Conforme a análise de Guttmann, é característica que diferencia o esporte moderno das práticas
em outros contextos históricos os elementos listados nas alternativas a seguir, À EXCEÇÃO DE
UMA. Assinale-a.

a) Organização Burocrática
b) Especialização
c) Racionalização
d) Recorde
e) Arbitrariedade

26ª QUESTÃO

O professor Antônio resolveu consultar o fascículo de Educação Física dos Parâmetros


Curriculares Nacionais – terceiro e quarto ciclos do Ensino Fundamental (PCNs, 1998)
para definir quais conteúdos pretende abordar ao longo do ano letivo. Ainda com dificuldades
para organizar sua rotina e dar conta do cumprimento da carga horária semanal de trabalho,
Antônio acabou fazendo registros equivocados sobre o documento, pois precisou sair correndo
para não chegar atrasado à outra escola em que trabalha.

Entre as anotações feitas pelo docente, está uma lista com os critérios adotados pelos PCNs para
a seleção dos conteúdos propostos no mesmo documento. Na listagem do professor, constam os
seguintes “critérios”:

I – Relevância Social;

II – Mídia, Apreciação e Crítica;

III – Inclusão;

IV – Especificidades do Conhecimento da Área; e

V – Características dos Alunos.

Após analisar os “critérios” anotados pelo professor, assinale a alternativa que é


EXCLUSIVAMENTE formada pelos CRITÉRIOS EXPRESSOS no fascículo de Educação Física dos
Parâmetros Curriculares Nacionais – terceiro e quarto ciclos (1998) para a seleção dos conteúdos.

a) I, IV e V.
b) I, III e IV.
c) I, III e V.
d) III, IV e V.
e) II, III e IV.
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 16
27ª QUESTÃO

Débora é professora de Educação Física e atua na Educação de Jovens e Adultos (EJA). Na turma
W, todos os estudantes têm mais de 45 anos de idade. Em seu planejamento de curso, ela
pretende trabalhar com a turma W, durante o segundo trimestre, o desenvolvimento da
capacidade cardiorrespiratória (aptidão cardiorrespiratória ou resistência aeróbica) como resposta
à prática regular de atividade física.

Ao passo que a docente está interessada em seguir as orientações feitas nas principais
referências bibliográficas do assunto, ela procura não se descuidar com possíveis efeitos
indesejáveis da atividade física, sobretudo em pessoas com idade mais avançada ou com
sobrepeso. Para implementar suas intenções pedagógicas e se aproximar do alcance dos objetivos
pretendidos, no início do período letivo em tela, ela pretende organizar um teste de aptidão
cardiorrespiratória para avaliar a resistência aeróbica de todos os estudantes envolvidos na ação
didática.

Segundo Nahas, em “Atividade Física, Saúde e Qualidade de vida: conceitos e sugestões para um
estilo de vida ativo” e outras literaturas especializadas no tema, assinale a alternativa que
apresente o teste de aptidão cardiorrespiratória mais adequado para os estudantes da turma W.

a) Teste de Léger e Lambert (1982).


b) Teste dos 12 minutos de Copper com duração e intensidades máximas exigidas.
c) Teste do Jogging de McArdle (1998).
d) Teste de Banco do Queen’s College.
e) Teste da Caminhada da milha (The Rockport Fitness Walking Test).

28ª QUESTÃO

O processo de avaliação na Educação Física escolar exige planejamento, diálogo com os


objetivos, conteúdos, metodologias e compromisso com o estudante que está sendo avaliado. Nas
últimas décadas, foram conduzidas discussões alusivas à questão da nota e outras focadas em
pensar o “por que avaliar”, “o que avaliar”, “para que avaliar”, “quem avalia”, “quando avaliar” e
“como avaliar”, consideradas dimensões que enriquecem a prática pedagógica.

As afirmativas a seguir revelam a dimensão do “como avaliar” voltadas para o uso doportfólio
como instrumento e possibilidade do processo avaliativo, À EXCEÇÃO DE UMA. Assinale-a.

a) Possibilita a organização e sistematização de trabalhos produzidos pelos alunos ao longo de


um período de tempo.
b) Tem como principal finalidade proporcionar um diálogo entre os envolvidos no processo
avaliativo na sua composição.
c) Inclui textos, projetos, produções, reflexões pessoais dos alunos e não precisa ser organizado
necessariamente em papel.
d) Materializa-se em mais um elemento do processo avaliativo, sendo potencializado por outros,
como observação, registro e autoavaliação.
e) O processo de avaliação é verticalizado com o uso do portfólio, pois somente o professor pode
reunir os documentos e produções feitas pelos alunos.
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 17
29ª QUESTÃO

Flávio é um estudante com deficiência visual e está no sétimo ano do Ensino Fundamental. Ele
adora esportes e, desde os quatro anos de idade, comenta que seu sonho é “correr e ganhar uma
medalha de ouro para o Brasil”. Na escola, está entre os mais empolgados com as aulas de
Educação Física e fica muito frustrado quando “não consegue” participar das atividades propostas
pelos professores.

Léa é uma professora muito experiente, estudiosa e responsável com suas atribuições. Embora
concorde e entenda acerca dos direitos de todos os estudantes à escolarização, a docente
confessa: “Fico perdida e não sei proceder efetivamente diante dos alunos com deficiência nas
aulas práticas, principalmente quando tento propor as mesmas tarefas para todos da turma.
Imagina quando vejo o Flávio empolgado? É uma sensação ruim, paradoxal... alegria e desespero
misturados.”

Para além da contemplação dos estudantes público-alvo da Educação Especial na educação


formal, discutem-se diversidade e inclusão nas aulas de Educação Física escolar. Levando em
consideração o relato acima, as problematizações e as considerações feitas por estudiosos nesse
sentido, assinale a alternativa correta.

a) Para dar conta da diversidade discente dilatada pelas recentes reformas educacionais no
contexto nacional, os sistemas de ensino e suas respectivas unidades escolares precisam
levar em consideração as proposições feitas em Salamanca, que caminham na direção da
Integração de quaisquer estudantes e superam a obsolescência das sugestões equivocadas do
movimento de Inclusão.
b) As aulas sempre precisam ser organizadas, pelo menos, em dois blocos distintos: atividades
convencionais pensadas para todos os alunos interessados; e atividades adaptadas para os
estudantes que têm alguma dificuldade mais específica, como o Flávio.
c) O papel da professora Léa não se restringe à seleção de múltiplos conteúdos que contemplem
a diversidade no espaço escolar, mas observar conflitos criados por essas diferenças, pensar
em estratégias que permitam que os alunos enxerguem possíveis atitudes inadequadas,
reflitam a respeito dessas e modifiquem suas ações a fim de tornar o ambiente mais inclusivo.
d) A professora Léa, na condição de especialista da cultura corporal, deve padronizar alguns
movimentos que servem para todos os envolvidos na aula. Os alunos, independentemente de
suas dificuldades, vão conseguir participar satisfatoriamente das atividades e se sentir
incluídos nelas.
e) Considerando os blocos de conteúdos sugeridos pelos PCNs e em uma tentativa de ampliação
da noção do conceito de participação nas aulas de Educação Física, a professora Léa deve
ratificar o envolvimento de Flávio exclusivamente com atividades conceituais. Além de evitar
possíveis acidentes ocorridos em conteúdos procedimentais, o estudante pode ampliar seus
conhecimentos teóricos sobre a participação de brasileiros nas Paralimpíadas fazendo
pesquisas na web, por exemplo.

30ª QUESTÃO

Os jogos cooperativos e os jogos competitivos fazem parte do contexto da Educação Física na


escola e trazem diversas intencionalidades. Assinale a alternativa que apresente um objetivo do
jogo cooperativo.

a) envolver todos que jogam independente das habilidades e potencialidades individuais


demonstradas
b) excluir de forma recorrente um membro do grupo durante uma partida
c) intensificar o sentimento de derrota e tristeza no coletivo que joga
d) incentivar o protagonismo da vitória acima de tudo e de todos que jogam
e) classificar os alunos por performance e desempenho técnico demonstrado
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 18
31ª QUESTÃO

Quantos jogadores, por equipe, iniciam uma partida de voleibol de quadra?

a) Sete
b) Dois.
c) Cinco.
d) Seis.
e) Quatro.

32ª QUESTÃO

Partindo das considerações feitas por David Le Breton, no compêndio organizado por Couto e
Goellner, em relação “à individualização do corpo e as tecnologias contemporâneas” e demais
contribuições da comunidade científica que vão ao encontro desse debate, analise as afirmativas
a seguir:

I. Nem o corpo, nem o gênero, nem a orientação sexual são essências, mas construções sociais
por certo personalizadas e, portanto, inegociáveis.

II. A cibercultura liberta o indivíduo da injunção identitária, dispensa-o de prestar contas,


suspende sua identificação ontológica com o corpo. Na esteira desse raciocínio, o corpo torna-se
um dado facultativo.

III. No processo de ciborguização, as tecnologias da informação e da comunicação se misturam ao


corpo e alimentam a liquefação do indivíduo pós-moderno.

IV. Para lutar contra o envelhecimento ou a morte, faz-se necessário aniquilar o homem no corpo,
desalojando-o de suas fragilidades.

Assinale

a) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.


b) se somente a afirmativa IV estiver correta.
c) se somente as afirmativas III e IV estiverem corretas
d) se todas as afirmativas estiverem corretas.
e) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 19
33ª QUESTÃO

Durante as décadas de 1980/90 surgiram estudos resistentes às concepções biológicas,


mecanicistas, esportivistas e tradicionais na Educação Física. Hoje, temos discursos que
ampliaram esse debate a partir de outros marcadores sociais. Assinale a alternativa que
redimensione essas concepções citadas.

a) Proporcionar, por meio das vivências da cultura corporal de movimento, a igualdade de


oportunidades; a reflexão crítica; a inclusão; o respeito às diferenças, sejam elas étnicas,
religiosas, de raça, sociais, de gênero; os conhecimentos históricos, sociais; e os saberes
articulados com a promoção de diferentes significados.
b) Incentivar o protagonismo do esporte de alto rendimento em detrimento de outros conteúdos
com a inserção de conhecimento técnico das respectivas modalidades esportivas e
valorizando metodologias de ensino que separam meninos e meninas, por peso e altura.
c) Exercitar a cultura corporal de movimento a partir de destrezas técnicas, levando o aluno a
compreender as possíveis classificações que podem ocorrer na turma entre alunos mais ou
menos habilidosos.
d) Identificar exclusivamente os padrões de beleza, desempenho, os modelos disseminados pela
mídia, discutir posturas consumistas como elementos da cultura corporal de movimento
necessários no desenvolvimento da prática pedagógica do professor.
e) Experimentar o movimentar-se sem reflexão sobre a prática dos conteúdos da cultura
corporal de movimento, tendo como objetivo a “prática pela prática” de conteúdos esportivos,
ginásticos, circenses e dos jogos e brincadeiras de rua.

34ª QUESTÃO

A quebra de paradigmas ultrapassados que ocorreram e ocorrem na Educação Física escolar é


decorrente de tendências/abordagens que vão se constituindo no processo histórico desse
componente curricular. A respeito da “Concepção de aulas abertas”, assinale a alternativa correta

a) O ponto forte desta abordagem é o movimento pelo movimento e está baseada no


desenvolvimento de habilidades motoras adequadas às faixas etárias com o estabelecimento
de uma classificação hierárquica dos movimentos dos seres humanos.
b) Possibilita maior integração com uma proposta pedagógica ampla e integrada da Educação
Física no início da Educação Básica. Compreende aspectos das proposições de Vygotsky e
Jean Piaget e busca a cultura de jogos, brincadeiras e as rodas cantadas que compõem o
universo do aluno.
c) Considera a possibilidade de codecisão no planejamento, no estabelecimento de objetivos e
conteúdos e nas formas de transmissão e de comunicação no ensino. As possibilidades de
decisão dos alunos são determinadas cada vez mais pela decisão prévia do professor.
d) Tem por objetivo favorecer a autonomia no gerenciamento da Aptidão Física relacionada à
Saúde. Informar, promover a prática sistemática de exercícios, mudar atitudes e propiciar a
elaboração de conhecimento sobre atividade física são ações básicas no trabalho com essa
abordagem.
e) Está preocupada com o desenvolvimento da criança e sua aprendizagem nos processos
cognitivos, afetivos e psicomotores, buscando garantir a formação integral do aluno. Valoriza
o conhecimento de origem psicológica da ação educativa, que deve acontecer a partir dos
movimentos espontâneos do infante.
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 20
35ª QUESTÃO

Com relação à abordagem crítico-superadora, analise as afirmativas a seguir:

I. Entende que o professor deve levar em conta a observação, análise e conceituação de


elementos que compõem a totalidade da conduta humana e que se expressam no
desenvolvimento de atividades.

II. Defende práticas mecânico-burocratas como aplicação de testes, detecção de talentos, seleção
de alunos, separação de grupos e mensuração de tempos durante os jogos.

III. Prioriza somente a reflexão pedagógica teleológica, pois busca encaminhar alternativas de
resposta e possibilidades de solução para os problemas sociais da classe social que a reflete.

Assinale

a) se nenhuma afirmativa estiver correta.


b) se somente a afirmativa I estiver correta.
c) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.
d) se somente a afirmativa II estiver correta.
e) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.

36ª QUESTÃO

Conforme o livro de Educação Física dos Parâmetros Curriculares Nacionais – primeiro e


segundo ciclos do Ensino Fundamental (PCNs, 1997), espera-se que, nas aulas de Educação
Física, ao final do primeiro ciclo, os estudantes sejam capazes de

a) adotar atitudes de respeito mútuo, dignidade e solidariedade em situações lúdicas, buscando


solucionar os conflitos de forma não violenta.
b) organizar, com a supervisão de adultos, alguns jogos, brincadeiras ou outras atividades
corporais simples.
c) conhecer algumas de suas possibilidades e limitações corporais de forma a poder estabelecer
algumas metas pessoais (qualitativas e quantitativas).
d) participar de diferentes atividades corporais, procurando adotar uma atitude cooperativa e
solitária, sem discriminar os colegas pelo desempenho ou por razões sociais, físicas, sexuais
ou culturais.
e) conhecer, privilegiar, priorizar e desfrutar de algumas das diferentes manifestações de cultura
corporal presentes no cotidiano.

37ª QUESTÃO

O conteúdo “Dança” nas aulas de Educação Física escolar é considerado por muitos professores
como desafiador na exploração e contemplação nos planejamentos didáticos. A respeito da
dimensão procedimental do conteúdo “Dança”, assinale a alternativa correta.

a) Problematizar o hábito da leitura de jornais e revistas, nos quais é possível observar críticas
de espetáculos de dança, assim como propagandas de apresentações e suas implicações na
sociedade.
b) Informar sobre as várias manifestações da cultura, nos diferentes contextos e épocas,
alertando os alunos sobre os contextos históricos, sociais, políticos, culturais e econômicos.
c) Vivenciar os princípios básicos das qualidades do movimento ou estruturas coreológicas para
a construção de desenhos coreográficos a partir do espaço, forma e tempo.
d) Discutir sobre as danças expostas pela mídia com o enfoque no desenvolvimento do senso
crítico na formação do aluno, desconstruindo a ideia de que só sabe dançar aquele é
especialista em dança.
e) Estimular atitudes não discriminatórias quanto à habilidade, ao sexo ou a outras questões que
venham a ser o motivo de exclusão durante a elaboração de uma coreografia.
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 21

38ª QUESTÃO

O pâncreas é considerado uma glândula

a) simpática.
b) mista.
c) endócrina.
d) exócrina.
e) parassimpática.

39ª QUESTÃO

A abordagem crítico-emancipatória em Kunz é um dos desdobramentos da tendência crítica. Do


ponto de vista das orientações didáticas, o professor confronta, no primeiro momento, o aluno
com a realidade do ensino. Existe uma proposição de sequência de estratégias denominada
“transcendência de limites”, baseada nas seguintes etapas: encenação, problematização,
ampliação e reconstrução coletiva do conhecimento.

Assinale a alternativa que caracterize a encenação.

a) Manipulação e exploração direta das possibilidades, propriedades dos recursos didáticos. Pode
possibilitar vivências socioemocionais de forma comunicativa e na forma de dramatização
b) Levantamento de dificuldades, questões, verificadas nas ações, assim como na apresentação
de subsídios que ampliem a visão dos temas vivenciados pelos alunos.
c) Possibilita a autoavaliação do envolvimento do aluno no processo e nas problematizações que
são feitas em conjunto com o professor e suas estratégias didáticas.
d) Consiste no confronto e na discussão das diversas situações de ensino. Deve acontecer por
meio da linguagem e da ação, não denunciando apenas as contradições e os conflitos.
e) Permite uma nova atribuição de significado ao conteúdo, utilizando análises e discussões.
Destina-se, sobretudo, à emancipação, autonomia e transcendência dos alunos.

40ª QUESTÃO

Paulo Ghiraldelli Junior, ao coordenar uma pesquisa científica que analisou livros e periódicos
(revistas) acerca da Educação Física no Brasil, sugeriu um quadro classificatório com as principais
tendências e correntes da área.

De acordo com as considerações e os levantamentos feitos por esse autor, assinale a alternativa
que apresente a concepção de Educação Física que está intimamente ligada ao crescimento da
rede de ensino público no país e recebeu seu impulso vital principalmente nos anos 50 do século
XX, entrelaçada com a ideologia nacionalista-desenvolvimentista do Governo Juscelino
Kubitschek.

a) Educação Física Competitivista.


b) Educação Física Progressista.
c) Educação Física Inclusiva.
d) Educação Física Pedagogicista
e) Educação Física Popular.
ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR - 22