Você está na página 1de 2

Atribuição de nacionalidade portuguesa por efeitos de nascimento para

menores de 14 anos

Pais casados entre si, ambos de nacionalidade portuguesa

● Certidão narrativa de registo de nascimento local do menor em original (solicita-se cópia


fotostática certificada do livro, este documento inclui as assinaturas do pai que declarou o
nascimento, das testemunhas e do chefe do Registo Civil).
● Documento de identificação (em vigor).
● Documento de identificação válido de ambos os pais (Bilhete de Identidade ou Cartão de
Cidadão).
● Certidão de nascimento dos pais com casamento averbado (poderá ser obtida oficiosamente
pelo Consulado, sem custos para o utente).

Pais casados entre si, um português e o outro estrangeiro

● Certidão narrativa de registo de nascimento local do menor em original (solicita-se cópia


fotostática certificada do livro, este documento inclui as assinaturas do pai que declarou o
nascimento, das testemunhas e do chefe do Registo Civil).
● Documento de identificação (em vigor).
● Documento de identificação válido de ambos os pais.
● Certidão de nascimento do progenitor português com casamento averbado (poderá ser
obtida oficiosamente pelo Consulado, sem custos para o utente).
● Certidão narrativa de registo de nascimento local do progenitor estrangeiro em original, com
menos de 6 meses de emissão. Caso ter nascido fora da Venezuela, esta certidão deve estar
legalizada com a apostilha da Haia ou certificada na Embaixada ou Consulado de Portugal do
país de origem (nos casos em que a certidão não seja na língua portuguesa, espanhola ou
inglesa deve ser traduzida à língua portuguesa).

Pais não casados entre si, ambos de nacionalidade portuguesa

● Certidão narrativa de registo de nascimento local do menor em original (solicita-se cópia


fotostática certificada do livro, este documento inclui as assinaturas do pai que declarou o
nascimento, das testemunhas e do chefe do Registo Civil).

Pág. 1
● Documento de identificação (em vigor).
● Documento de identificação válido de ambos os pais (Bilhete de identidade ou Cartão de
cidadão).
● Certidão de nascimento dos pais (poderão ser obtidas oficiosamente pelo Consulado, sem
custos para o utente).

Pais não casados entre si, um português e o outro estrangeiro

● Certidão narrativa de registo de nascimento local do menor em original (solicita-se cópia


fotostática certificada do livro, este documento inclui as assinaturas do pai que declarou o
nascimento, das testemunhas e do chefe do Registo Civil).
● Documento de identificação (em vigor).
● Documento de identificação válido de ambos os pais.
● Certidão de nascimento do progenitor português (poderá ser obtida oficiosamente pelo
Consulado, sem custos para o utente).
● Certidão narrativa de registo de nascimento local do progenitor estrangeiro em original, com
menos de 6 meses de emissão. Caso ter nascido fora da Venezuela, esta certidão deve estar
legalizada com a apostilha da Haia ou certificada na Embaixada ou Consulado de Portugal do
país de origem (nos casos em que a certidão não seja na língua portuguesa, espanhola ou
inglesa deve ser traduzida à língua portuguesa).

IMPORTANTE

o Para efetuar este pedido deve ingressar na página


https://caracas.consuladoportugal.mne.gov.pt/ seção Agendamentos Online.
o Se o requerente é natural de outro país, não Venezuela: A certidão de nascimento original
deve ser legalizada com a apostilha da Haia ou certificada na Embaixada ou Consulado de
Portugal do país de origem (e nos casos em que a certidão não seja na língua portuguesa,
espanhola ou inglesa deve ser traduzida à língua portuguesa).
o Os documentos a apresentar devem-se encontrar em bom estado e o conteúdo deve
corresponder à informação dos intervenientes.
o Certidão de perfilhação (caso exista).
o Os progenitores casados fora de Portugal devem antecipadamente proceder ao respetivo
registo de casamento.
o Presença indispensável dos pais no dia da marcação.

Pág. 2

Você também pode gostar